Fiat Strada Freedom 2019 – Nova Versão de Cabine Simples


Modelo chega às concessionárias por R$ 61 mil.

No dia sete de agosto de 2018, a Fiat, uma das três maiores empresas fabricantes de automóveis do país, fez uma nova versão para o Fiat Strada, adicionando a ele uma cabine dupla. Devido ao sucesso desse lançamento, a marca lançou a versão com cabine simples, custando R$ 11.700 a menos que o modelo com cabine dupla, que custa R$ 73.290. Ela traz de série o motor Fire de 1.4l, com torque máximo de 12,5 kgfm e com 88 cv de potência.

Custando um valor de R$ 61.590, esta nova versão é a mais cara se comparada entre as configurações com cabine simples (que até em então é a Fiat Strada Working 1.4, custando um valor de R$ 49.790 e a Fiat Strada Hard Working 1.4, custando R$ 56.490). Ela foi pensada visando os consumidores que não querem abrir mão do conforto, mas necessitam de um espaço a mais para carga na caçamba, tendo isto como sua principal vantagem.

A Strada Freedom CS tem a mesma lista de equipamentos que a configuração de cabine dupla. As rodas são de liga leve com aro de 14 polegadas, conta com sensor de estacionamento traseiro, volante em couro com comando do rádio, para-choque com kid plate, ar-condicionado, encosto dos bancos com um bordado gravando o nome “Freedom” num tecido exclusivo da versão, iluminação do porta-luvas, faróis de neblina com detalhes cromados, retrovisores com ajuste elétrico, rádio B6 Connect, retrovisores e maçanetas na cor da carroceria, vidros e travas elétricas, para-sóis com espelhos, direção hidráulica, e como um dos principais itens, a capota marítima. Por fim, conta com uma pintura especial no painel do rádio, nas saídas de ar e no comando da climatização.

A picape pode ter um pacote de equipamentos opcional, chamado de Pacote Techno, por R$ 2.890, no qual está incluído: reprodução de DVD e TV digital, entrada USB, câmera de ré e até mesmo uma central multimídia com tela de 6,2 polegadas. Com esse pacote, o valor total da picape fica por R$ 64.480.

A Fiat Strada, por 18 anos, tem se mantido na liderança do segmento, que é apenas dois anos a menos de seu nascimento no mercado brasileiro. Esse marco é devido as inovações oferecidas pela marca, sendo a primeira a desenvolver uma cabine estendida, uma terceira porta, e até mesmo airbarg e freios ABS em picapes pequenas.

Ao longo destes 20 anos de inovação, foram desenvolvidas sete versões da picape Fiat Strada, sendo delas, apenas três com cabine simples. A mais barata é a Working 1.4, se comparado ao preço Freedom com cabine simples, é uma diferença de R$ 11.800. Todo esse dinheiro é como um investimento em conforto, pois diferente da Freedom, a Working 1.4 não tem farol de neblina, vidros elétricos dianteiros, volante com regulagem de altura, entrada USB, rádio FM/AM, ar-condicionado, tão pouco ar-quente. Esse é grande diferencial da Freedom, nem mesmo a Hard Working 1.4, com diferença de preço em R$ 5.100, tem tal conforto.

Cada versão da Fiat Strada tem seu diferencial, o que todas têm em comum é fator da segurança, devido todas elas terem em seu equipamento sempre um sistema HSD, freios ABS e airbags duplo. Cada versão foi pensada na intenção de satisfazer um tipo de consumidor. A versão de cabine dupla é ideal para os consumidores que buscam convivência e conforto. A cabine estendida é perfeita para os que procuram praticidade. A cabine curta (ou simples), foi criada para ser perfeita no uso diário. Claramente, a Freedom é a mais completa entre as versões de cabine curta, sendo ela mais prática, segura, confortável e cheia de estilo. Ao comentar das vantagens da freedom, é impossível não ressaltar a Capota Marítima, pois além de ser um item estiloso, ela também proporciona mais segurança no transporte de cargas, evitando acúmulo de água, danos na caçamba e formação de ferrugem.

Fabio Santos


Fiat 500X 2019 – Características, Novidades


Linha 2019 do Fiat 500X conta com novos motores e pequenas alterações em seu design.

O novo Fiat 500X em sua linha 2019 está sendo apresentado com certas novidades, até porque o veículo se encontra no meio de um ciclo de sua geração, e como não é diferente de outros modelos e do próprio mercado automobilístico, o mesmo necessita constante lançando suas atualizações com o objetivo de se manter atualizado e atraente.

Como já era de se espera ele traz um novo visual que pode ser considerado sutilmente modificado, passando a contar com mais recursos tecnológicos e também novos motores com turbo, isso no modelo apresentado para o mercado europeu, pois os modelos a serem comercializados no mercado dos Estados Unidos ainda não foram apresentados.

Tratando do design geral do veículo, o novo par de faróis do modelo é o que mais atrai os usuários em uma primeira impressão, conta com DRL’s em LED, além de suas lanternas da parte de trás que também possuem tecnologia LED. Há como opção também, o modelo que conta com faróis em full-LED a disposição dos clientes, que de acordo com a própria a montadora italiana, iluminam ainda mais que os faróis convencionais de xênon, em cerca de 20%.

O novo modelo Fiat 500X modelo 2019 ganha também uma versão nova a qual foi batizada pela montadora como Urban, que com o próprio nome já diz é um veículo com um maior foco para atuar em trechos urbanos, ao tempo que as outras versões como City Cross e Cross foram desenvolvidas com visual atualizado.

Na parte interna do carro, pode-se encontrar um painel novo com um quadro de instrumentos que conta com gráficos renovados. O seu volante também é um elemento novo no carro, contando com acabamento de couro Techno e controles de áudio, que facilitam a vida do condutor para controlar o mesmo enquanto realiza a pilotagem.

A sua central de entretenimento e informação é conhecida como Uconnect HD Live, com um display no tamanho padrão atual, de 7 polegadas, Android Auto e Apple CarPlay. Este display de 7 polegadas possui a tecnologia touchscreen, sendo então sensível ao toque, além de a central apresentar ainda conexão Bluetooth, portas USB e reconhecimento de voz.

Para os usuários que são fãs de um toque um pouco mais agressivo ficarão felizes com as novidades interessantes que deverão surgir nos motores do modelo: o Fiat 500X abandona os propulsores aspirados movidos a gasolina e os substitui pelos novos Firefly turbo com quatro e três cilindros, este que também são utilizados no novo Jeep Renegade lá no exterior.

O menor dos propulsores em questão é um turbo que possui 1000 cc com três cilindros e com capacidade de gerar uma potência de 120 cv. Este é conectado a uma caixa manual de transmissão que conta com seis velocidades.

Um pouco acima desta motorização vem um que também é turbo com 1300 cc, equipado com 4 cilindros e possui capacidade de gerar 150 cavalos de potência, a qual vem acompanhado de uma caixa de transmissão DCT com dupla embreagem e com 6 velocidades. Sempre tendo o eixo dianteiro como tração.

Há também um motor que gera simples 110 cv de potência, que é conhecido como 1.6 E-Torq.

Já quanto o assunto é motores movido a diesel, o lançamento da Fiat para 2019 possui algumas opções, sendo uma de 1300 cc que possui 95 cv, uma outra com 1600 cc e que tem potência de 120 cv e por fim uma terceira que conta com um motor de 2 litros (2 mil cc) e com potência de 150 cv, possuindo um torque de 35,6 kgfm.

O SUV da Fiat pode ser uma das atrações a serem apresentadas no Salão do Automóvel da capital paulista que ocorre no mês de novembro.

Por Filipe Silva

Fiat 500X 2019

Fiat 500X 2019

Fiat 500X 2019


Fiat Uno 2019 – Nova Versão Way e Preços


Modelos chegam com motor 1.3 e preços maiores.

Para quem gosta de novidades no mundo automobilístico, mais uma vez a Fiat surpreende os seus consumidores e anuncia que em 2019 vai trazer de volta um de seus maiores sucessos de vendas: o Fiat Uno Mille Way.

O modelo estava fora do mercado desde junho deste ano, quando saiu de cena em virtude de estratégias de mercado e agora promete voltar com toda força para inaugurar a nova linha 2019 da montadora.

Com o objetivo de fazer uma 'limpeza' na sua categoria hatch e incrementar as vendas na linha Sedan, por sinal, uma das categorias que mais cresceu no mercado brasiliro em 2018, a Fiat resolveu tirar de sua linha de montagem a versão Sport do Mille, com os respesctivos motores do tipo 1.0 e 1.3 Firefly.

A estratégia parece que tinha dado muito certo no começo, mas com o acirramento o mercado dos veículos mais alongados, a marca percebeu um redução do mercado da sua linha Mille na categoria hatch, também prejudicada por seus concorrentes que lançaram no Brasil modelos do mesmo tipo, mais luxuosos e com preços semelhantes como o famoso Onix da Chevrolet.

Apesar do anúncio da lançamento do seu modelo Argus, na categoria hatch, os resultados não estão apontando para o esperado. Como resultado, a Fiat resolveu, de mansinho, tentar ressuscitar o seu modelo de sucesso e, mais uma vez, resolveu apostar no espírito aventureiro dos seus consumidores.

Como resultado, o Fiat Uno Mille na sua versão aventureira, a Sport, deverá voltar com toda força no ano que vem.

Para reconquistar a confiança e a preferência, a montadora italiana resolveu equipar o modelo com seus famosos motores 1.3 e 1.0.

Quem vai ganhar nesta história, talvez seja o consumidor, que vai ter mais uma alternativa de compra de um veículo capaz de encarar alguns terrenos mais difíceis, porém, com um 'jeitão' de modelo mais popular.

A nova linha 2019 do Mille Sport vai trazer de volta alguns detalhes que marcaram esta categoria como os detalhes dos para-choques e nas rodas em plástico preto, sem pintura e os frisos nas portas no mesmo estilo. Além disto, ele volta também com a sua característica suspensão traseira mais elevada, o que proporcina um ar mais esportivo.

Com a motorização 1.0 e 1.3, a nova linha volta às concessionárias em todo o Brasil na versão manual de cinco marchas. Esta configuração permite uma potência de 77 cvs e de 109cvs para cada tipo respectivamente.

No aspecto interno, o novo modelo deverá retomar os itens que fazim parte da linha anterior como o ar condicionado, direção elétrica, travas elétricas, rodas de 14 polegadas, calotas de fábrica, vidros das portas dianteiras na função one-touch e volante com regulagem de altura.

Entretanto, para que o consuidor possa ter de volta todas as vantagens do famoso modelo, ele vai ter que meter a mão no bolso e pagar um pouco mais caro se quiser ter o modelo Sport na garagem de sua casa. Aliás, este é um dos mais tradicionais costumes das montadoras quando resolvem sempre lançar uma nova linha a cada ano de um modelo já existente. Para esta versão do Uno Mille, a desculpa é dupla pelo fato do veículo ter sido tirado de circulação desde o segundo semestre do ano.

Mas vamos aos preços do novo modelo. A versão do tipo Sport já deverá chegar às lojas da marca em todo o Brasil custando algo em torno de R$ 47.000,00 para o modelo 1.0 e R$ 53.000,00 para o modelo mais potente de 1.3. Portanto, se você está disposto a matar a saudade daquela versão mais esportiva do famoso Mille , mesmo que tenha que pagar a mais por isto, então é bom ir preparando o bolso para este final de ano e entre 2019 com carro novo na garagem.

Emmanoel Gomes


Recall Fiat Uno, Mobi, Palio, Strada, Grand Siena, Weekend, Cronos e Argo


Montadora anuncia chamado devido à problemas no câmbio.

Se você adquiriu um carro da Fiat recentemente, essa notícia pode ser para você. A partir da última segunda-feira, dia 1 de outubro, os proprietários dos oito modelos da marca (Uno, Mobi, Palio, Strada, Grand Siena, Weekend, Cronos e Argo) deverão realizar o agendamento de uma visita a qualquer uma das concessionárias da marca para realizar um recall.

O motivo da verificação é uma possível falha no funcionamento do sensor de marcha dos modelos que são equipados com uma transmissão automática Dualogic/GSR. Por isso, em caso de necessidade, é feita a substituição do componente.

Tempo estimado e importância do Recall

De acordo com informações da assessoria de imprensa da Fiat, o reparo é feito em um tempo estimado de aproximadamente uma hora. No total, são 11.669 unidades envolvidas no chamamento, sendo dessas 5.097 exemplares do hatch Argo 1.3 GSR.

Entre os possíveis danos que a falha pode causar está a mudança inesperada da marcha para o ponto morto, a posição apontada como “Neutro”. Isso ocorreria com o carro em movimento, ocasionando a perda da potência do veículo, comprometendo a sua dirigibilidade. Em casos mais extremos, é possível que tal falha cause, inclusive, graves acidentes.

Versões, ano/modelo e chassis envolvidos

Se você possui um dos oito modelos e ficou na dúvida em relação ao seu automóvel, nós te damos as versões, ano/modelo e os seis últimos dígitos referentes aos chassis envolvidos no recall.

Sendo assim, começaremos com o modelo mais afetado, o Argo 1.3 GSR do ano de 2018. Os chassis são: H10294 a G64699, totalizando 5.097 exemplares. Na sequência, o Mobi 1.0 modelo 2018 tem chassis 465048 a 547697, com 2.572 unidades.

O Cronos 1.3 e modelo 2018/2019 tem chassis 000012 a 022737, com um total de 2.276 unidades. E o Uno 1.3 e modelo 2018/2018 traz os chassis 796635 a 835113, com 916 unidades.

Ainda, o Grand Siena 1.6 e modelo 2017/2018 envolve os finais 329230 a 341048, totalizando 567 unidades. Já o Palio 1.6 e modelo 2017 traz chassis 192022 a 199837 e 141 unidades.

Em penúltimo lugar, o modelo Weekend 1.6 de ano 2017/2018 engloba os chassis 097241 a 099833, com um total de 66 unidades. E por fim, o Strada 1.8 e modelo 2017 tem envolvidos os chassis 152494 a 168706, totalizando 34 unidades do carro.

Para maiores informações

Para quem busca maiores informações e quer consultar sobre os chassis que estão envolvidos no recall, a Fiat está disponibilizando o seu portal para que os proprietários contatem a empresa. O endereço eletrônico é o www.fiat.com.br.

Além desse, ainda é possível entrar em contato diretamente pelo telefone com a Central de Serviços ao Cliente. O número é o 0800 707 1000.

Recalls da Fiat em 2018

Esse já é o sexto recall anunciado pela montadora no ano de 2018. O primeiro foi feito em janeiro com os proprietários dos carros Grand Siena, Novo Palio e Uno de ano/modelo 2010 a 2012, em que foi detectada uma possível degradação do deflagrador de airbag quando exposto a variações elevadas das temperaturas e da umidade.

Na sequência, em março foram convocados os modelos Novo Palio, Punto, Idea, Palio Fire, Uno, Siena, Grand Siena, Weekend, Fiorino e Strada de ano/modelo 2016 e 2017, devido a falha do alternador. Já em junho, foi a vez da Fiorino e Palio Weekend (2018-2019), Strada (2017-2018), Grand Siena (2018-2019) e Toro, Mobi, Argo e Uno (2018-2019), por falha nos relés.

No mês seguinte, foi a vez do Freemont, ano e modelo 2014 e 2015. Nesse, em caso de piloto automático acionado no veículo, havia a possibilidade de uma eventual falha na central da injeção eletrônica, que não permitiria a sua desabilitação.

E, por fim, o quinto recall da marca foi em agosto de 2018, convocando os proprietários dos modelos Grand Siena, Novo Palio e Uno de ano 2012. Nesses também foi detectada a possibilidade de uma degradação no deflagrador do airbag, bem como visto em janeiro em outros modelos.

Para mais detalhes e ficar ligado em todos os recalls da marca, basta acessar o site no endereço https://www.fiat.com.br/ja-tenho-um-fiat/fiat-recall.html.

Kellen Kunz


Fim do Hyundai Azera, Fiat 500 e Renault Kangoo no Brasil


Modelos saem de linha para entrada de novos modelos.

O Hyundai Azera, Fiat 500 e Renault Kangoo quase já não podem ser encontrados nas ruas atualmente. Crises econômicas, taxas de câmbio e os números de venda quase que inexpressivos determinaram o futuro desses três modelos, que agora saem definitivamente de linha no mercado nacional.

De acordo com informações levantadas pelo site Auto Esporte, as vendas continuarão somente enquanto os estoques nas concessionárias durarem.

Ainda segundo a reportagem do portal de notícias, todas as marcas confirmaram as novas medidas. Quem tem a perspectiva de adquirir um desses modelos deve se apressar um pouco, até porque há estoques, mas a situação deles já é muito reduzida.

Azera

Dentre os três carros apontados, somente o Azera tem uma remota possibilidade de ter no futuro uma nova geração no Brasil.

Segundo informações da Caoa, responsável por importar os carros da Hyundai, de fato, o cronograma da empresa prevê que o New Azera seja importado para o Brasil. Entretanto, ainda não há uma data definida para esse caso.

A título de curiosidade e mesmo sem nada ter sido tomado por certo, o novo sedã da Hyundai já consta na edição 2018 do programa do Inmetro de etiquetagem veicular.

Renautlt Kangoo

A Renault, companhia responsável pela produção do Kangoo, já lançou o sucessor do modelo atual em terras argentinas. Aliás, o furgão é fabricado por lá. É interessante observar que a versão latina do Kangoo é estruturada com base no Dacia Dokker. Coisa diferente ocorre na Europa: por lá o carro tem uma geração “nativa”.

Mas segundo informa a marca, não existe nenhum tipo de projeto que tenha em vista o lançamento, no Brasil, de alguns dos dois modelos do Kangoo, ao menos até o final de 2019.

Fiat 500

Em 2015, o Fiat 500 ganhou uma leve atualização em seu visual. Aqui no Brasil, havia a expectativa de sua chegada no mínimo há dois anos. Mas como podemos observar, isso nunca ocorreu de fato.

Aqui há um “x” desconhecido, uma vez que a montadora não informou quais foram os reais motivos que a levaram a desistir de importar, do México, o novo Fiat 500. Porém, especula-se que um dos motivos seja a taxa cambial desfavorável.

Kia Picanto

Diferentemente de todos os modelos citados anteriormente, o Kia Picanto passou por algumas alterações há bem pouco tempo. A nova geração chegou a estrear no Brasil no mês de janeiro deste ano. Nessa ocasião, a marca comentou que a disponibilidade do carro envolvia apenas um lote com 100 unidades.

De fato, com poucos meses foi possível vender todos os 100 carros. Entretanto, o dólar entrou em disparada e acabou inviabilizando a chegada de novos modelos. Aliás, esse foi o fator principal que fez com as vendas do Picanto GT fossem interrompidas.

Mercado automotivo

De acordo com dados da Fenabrave, os índices do mercado automotivo brasileiro são otimistas. No mês de julho deste ano foram registrados 208 mil emplacamentos. Em termos comparativos, esse número representa um percentual 17 vezes maior do que o obtido no mesmo mês de 2016.

No caso das vendas de carro zero-quilômetro, o índice aponta um crescimento de 7%. No acumulado, considerando o período situado entre os meses de janeiro e julho de 2018, a alta aponta um índice de 12,81% em comparação com o mesmo período do ano anterior.

O mercado automotivo de carros usados também obteve uma alta. Mas nesse caso ela foi muito sensível. A variação positiva registrou 0,3% no acumulado de janeiro a julho e em comparação com o mesmo espaço de tempo em 2017.

No que diz respeito a concessão de crédito para financiamento veicular, a situação é um tanto complicada. De acordo com a Fenauto, a cada 10 pedidos de financiamento, somente 3 são aprovados.

Aproveite para compartilhar esse conteúdo em suas redes sociais preferidas!

Denisson A. Soares


Fiat Toro Ranch 2019 – Ficha Técnica, Lançamento


Nova versão da Fiat Toro traz novidades em um novo conceito de refinamento e sofisticação para um veículo deste tipo de categoria.

Os consumidores brasileiros que já estão se acostumando ao novo Toro da Fiat, agora deverão contar com mais uma novidade para o novo utilitário da marca italiana.

Tudo isso por causa da nova versão 2019 que chega ao mercado brasileiro trazendo algumas novidades e um novo conceito de refinamento e sofisticação para um veículo deste tipo de categoria.

A nova geração que promete estar nas concessionárias já no final do ano de 2018 e que promete ser a grande novidade da marca, já tem um novo conceito: a Toro Ranch e que é considerada o ‘top’ de linha da marca.

Sem perder a tradição de ser considerado um veículo forte e apto para o transporte de consideráveis quantidades de cargas, o novo modelo vai estar disponível para os consumidores brasileiros na tradicional versão a diesel e com tração do tipo 4×4 com um motor do tipo Turbo do tipo AT9.

Para ser considerado um veículo de referência em sua categoria, a Fiat não economizou em muitos detalhes que também vão fazer a diferença no preço final ao consumidor.

Para quem gosta de detalhes e também de muitas novidades, basta dizer que a montadora italiana resolveu mais uma vez inovar e como sempre gosta de encantar o seu fiel público consumidor com muitas exclusividades.

Em relação aos detalhes internos do novo veículo, não é demais afirmar que a nova Toro Ranch dá a impressão que estamos dentro de um carro do tipo Sedan de luxo, caso não fosse o fato de sua cabine típica de um utilitário.

Basta dizer aos consumidores que até o estilo próprio da nova Toro permitiu a projeção de um novo tipo de cabine mais larga, bem mais alongada e que surpreende com seu grande espaço interno.

A sensação de pilotar um carro do tipo ‘Top’ pode ser sentida em todos os detalhes cromados que compõe tanto o interior quanto o exterior do novo modelo.

Na nova Toro, os espelhos retrovisores externos, os estribos laterais, o santantônio e o gancho do reboque traseiro do tipo removível ganharam generosos detalhes prateados.

A nova Toro vem também com uma soleira metálica que é uma exclusividade da nova versão, protetor de vidro traseiro, protetor de tanque de combustível e para-barros traseiros e dianteiros.

Os detalhes internos da nova versão também não ficam nada a dever em termos de sofisticação, elegância e muito charme.

Os bancos ganharam um luxuoso revestimento na cor marrom, em contraste com a cor escura predominante no seu painel central, tapetes e parte do revestimento das portas. Nestas, o mesmo tom dos bancos está nos seus detalhes centrais.

Todos os revestimentos dos bancos e tapetes ganharam também a inscrição “Ranch” em alto relevo, assim como o console frontal do veículo.

Os itens de conforto feitos para suas ocupantes são compostos ainda pelo ar condicionado do tipo dual zone, central de multimídia com tela de cinco polegadas e que responde muito bem ao toque dos dedos e também a um comando de voz que pode ser programado.

Além disso, ele apresenta sistema de GPS, Bluetooth, entradas USB e todos os comandos do veículo podem ser acessados na tela central através de imagens coloridas.

A nova Toro conta com sistema de partida feita remotamente pelo controle externo que trava o veículo e a sua ignição é do tipo elétrica, sem o uso de chave e apenas com um toque num botão no painel do veículo.

Para a segurança de seus usuários, a nova versão 2019 vem com sensor de chuva, sensor de crepúsculo, câmera de ré, retrovisor interno do tipo eletrocrômico com uma série de itens que prometem conquistar os seus consumidores.

Para todas estas novidades, é claro que o preço também não vai ser o mesmo da versão atual no mercado. Segundo os sites especializados no assunto, para levar o novo modelo para casa, o consumidor vai ter que desembolsar perto dos R$ 150.000,00.

Por Emmanoel Gomes

Fiat Toro Ranch 2019

Fiat Toro Ranch 2019

Fiat Toro Ranch 2019


Fiat Strada 2019 – Preço e Novidades


Modelo chega com mais equipamentos e versão inédita.

Uma das maiores companhias automotivas do mundo, a FIAT, está com novo lançamento no mercado internacional. A companhia Fiat Chrysler Automobiles consiste em uma das maiores montadoras europeias de automóveis em todo o mundo, com sua sede global localizada na cidade de Turim, norte da Itália.

Assim, tornando-se em pouco tempo uma líder em vendas, tomando a dianteira entre todas as picapes compactas em série, o modelo Fiat Strada atingiu significativo espaço dentro da linha 2019, munida de muito mais equipamentos, que fazem parte tanto da série quanto de seus opcionais, além de uma inédita versão, a intitulada Freedom 1.4 Cabine Dupla. Os valores estipulados partem de 49.790 reais, que são cobrados pela especializada Working 1.4 Cabine Simples, e mais 79.490 reais para a sua configuração de tipo Adventure 1.8 Cabine Dupla. No caso da Strada Freedom, o valor chega a 71.990 reais.

Portanto, nesta novidade que compõe a linha 2019, a Fiat Strada Freedom, chega para tornar-se uma verdadeira alternativa entre os consumidores que fazem uso deste tipo de picape tanto para o trabalho quanto para a rotina que inclui outros afazeres práticos. Este se tornará o modelo atual Top de Linha munido de um motor 1.4 Fire com 88 CV e desempenho de 12,5 KGFM, constantemente equipada com um câmbio manual em cinco marchas e mais uma cabine dupla.

Munido das travas e dos vidros elétricos; das rodas de liga leve com dimensões de 14 polegadas; dos retrovisores aparelhados com o ajuste elétrico; com um volante multifuncional revestido em couro; dispositivo de rádio com a entrada USB; possui uma capota marítima e o sistema de ar-condicionado, entre outros atributos e especificações. Entretanto, a mesma picape tem chance de ser equipada com uma central multimídia composta de uma razoável tela de 6,2” polegadas, além do GPS e da câmera de ré.

Para completar todo o pacote, ele possui uma pintura bastante especial sobre o painel e junto do emblema da versão impressa nos bancos de tecido e em seus adesivos laterais.

Com relação às suas já citadas variações, a Working e a Hard Working, as mesmas estão munidas de um sistema de pré-disposição para sintonia de rádio e, entre as versões opcionais, há alternativas com protetor de cárter; com vidros e com as travas elétricas; dispositivo de rádio com USB; o banco do motorista possui o ajuste na altura; vem com a capota marítima, entre outras especificações.

O modelo Strada Adventure está mais segura com a adaptação para os pneus mistos tipo Scorpion ATR e, também, por uma vantagem a mais que lhe foi acrescentada, ou seja, o sistema Locker de bloqueio mecânico em modo diferencial. A companhia Fiat, por meio de seus líderes, decidiu aproveitar esta ocasião de produção para operar uma simplificação sobre todo o seu plano de manutenção, que a partir de então passa a ser por tempo ou por quilometragem, seja o que vier em primeiro.

A relação de versões e valores do modelo Fiat Strada 2019:

  • A versão Strada Working de motor 1.4 e Cabine Simples está no valor de 49.790,00;
  • A versão Strada Hard Working de motor 1.4 e Cabine Simples está no valor de 56.490,00;
  • A versão Strada Hard Working de motor 1.4 e Cabine Estendida está no valor de 64.990,00;
  • A versão Strada Hard Working de motor 1.4 e Cabine Dupla está no valor de 67.990,00;
  • A versão Strada Freedom de motor 1.4 e Cabine Dupla está no valor de 71.990,00;
  • A versão Strada Adventure de motor 1.8 e Cabine Dupla está no valor de 79.490,00.

Paulo Henrique dos Santos


Fiat Argo 2019 – Características, Especificações


Modelo não terá muitas novidades em sua motorização, mas haverá mudanças em seu visual e em seu interior.

O seu lançamento deve apresentar sendo uma das principais novidades a nova versão esportiva para o modelo, além também da chegada de suas versões sedan. Confira os preços das suas versões atuais, bem como os detalhes da sua ficha técnica e os dados de consumo em relação ao combustível.

Alvo de polêmica e muito suspense muito próximo ao seu lançamento aqui no Brasil, o novo Fiat Argo recebeu muita ênfase para a seu chegada para o mercado nacional, a Fiat prometeu que esse iria receber muita atenção até para os menores detalhes, e não com certeza não é atoa que o novo Fiat Argo hoje é visto com o modelo que possui o melhor acabamento da Fiat levando em consideração os padrões adotados para o ano de 2017.

O modelo foi lançado no mês maio ainda de 2017, e seu objetivo no hatch compacto, é poder aposentar o Fiat Punto que é inclusive o DNA do Argo, aproximadamente uns 20% do Punto é composto na plataforma em que é produzido o Fiat Argo e proporciona ao Argo uma rigidez e estabilidade muito maior do que o Punto, ele vêm ao mercado para enfim suceder algumas das versões do antigo em sua linha, o Fiat Palio.

O Fiat Argo virá para agradar uma ampla gama dos consumidores, e terá oito versões, seus preços também podem variar e muito, assim como a sua motorização desde o pequeno 1.0 que possui a tecnologia Fiat Firefly, até o mais potente de 1.8 E.etorQ, a mesma tecnologia que é usada no motor de sua picape a Fiat Toro, que está prometendo um desempenho ainda melhor que irá agradar quem está buscando um carro com essa atitude, assim como é possível encontrar o motor intermediário com 1.3L que também utiliza a tecnologia Firefly, e para poder trabalhar em conjunto nesses motores, algumas variações em suas transmissões podem já ser escolhidas, como câmbio manual com cinco marchas que podem ser vistos junto com qualquer um desses três motores, já o automatizado GSR com 5 marchas que também é usado no Fiat Mobi pode ser encontrado nas versões de motor 1.3 litros, e já o automático com 6 marchas é exclusivo no 1.8 litros e ele é o mesmo encontrado no Fiat Toro e Jeep Renegade.

Para o lançamento do Fiat Argo 2019, não está esperando muitas mudanças e nem muitas novidades em quesito de motorização a não ser o novíssimo motor 1.3 litro turbo, que irão chegar inicialmente para o novo modelo do Fiat Argo 2019 na Europa, e ainda não tem previsão para ser lançado no Brasil, e também vale lembrar que seu motor turbo ainda está em fase de desenvolvimento, porém não irá se diferenciar muito ao sistema turbo que já é usado pela Fiat.

Algumas leves mudanças em seu visual e no seu interior do Fiat Argo 2019 estão sendo muito esperadas, principalmente para a parte de tecnologia do carro, o mais importante é a chegada do seu modelo sedan do Argo, que há muitos rumores dizem que chegará ainda no primeiro trimestre deste ano de 2018, portanto já podem ser encontradas as suas versões disponíveis do novo modelo do Fiat Argo 2019, e provavelmente chegará ao mercado brasileiro para aposentar os Fiat Linea e Grand Siena.

Com certeza será uma ótima opção de compra, por isso esteja atento a todas as novidades. E quando for lançado no Brasil não deixe de fazer um test drive para conferir pessoalmente essa linha que é uma das melhores na atualidade da Fiat.

A montadora está desenvolvendo o Fiat Argo para chegar ao topo de vendas em todo o mundo. Não deixe de conferir essa novidade da Fiat.

Por Ricardo Ferreira Rodrigues

Fiat Argo 2019

Fiat Argo 2019


Fiat Palio pode Voltar ao Mercado


Presidente do Grupo na América Latina afirma que o Palio pode voltar no futuro.

O Palio é um dos modelos de maior sucesso da Fiat, pois conquistou o Brasil inteiro, por isso o consumidor ficou tão surpreso com a notícia de que o hatch saiu de linha, já que a montadora preferiu investir pesado no Argo. Porém, o fim do Palio ainda não é definitivo e ele pode voltar. Quando a FCA (Fiat-Chrysler) apresentou seus planos para o Brasil para os próximos 5 anos, o presidente do grupo para mercados na América Latina, Antônio Filosa, informou que 'Palio' é um nome que se tornou praticamente um ícone para a empresa, por isso ele até pode retornar no futuro.

A declaração deixou os amantes do Palio empolgados, mas vale ressaltar que Filosa em momento algum deu previsão de quando poderia retornar com o modelo que foi um dos campeões de vendas no Brasil. A primeira geração chegou ao mercado nacional no ano de 1996, com o objetivo de ser o concorrente direto do Gol, que estava rendendo bons lucros à Volkswagen.

Para aquele ano, o Palio tinha um visual moderno, ousado e conseguiu conviver muito bem com o Uno, um ponto importante que muito beneficiou a Fiat. Com o sucesso do modelo, a montadora continuou investindo e a cada ano trazia pequenas mudanças, para não correr o risco de atrapalhar as vendas. Até que em 2001 houve a primeira grande mudança no hatch, principalmente no visual. Giorgetto Giugiaro, designer italiano, trouxe linhas mais modernas ao carro, que contava com motorização Fire 1.0 8V e também o 1.0 16V. Não demorou muito para chegar a opção flex e depois o modelo com motor Fire 1.4. E assim, o Palio foi acompanhando a evolução do mercado, tentando se manter entre os primeiros.

Em 2004, a Fiat resolveu fazer uma outra grande mudança no Palio, pois a concorrência estava disponibilizando modelos com design avançado, mas foi em 2008 que chegou o Novo Palio, mais uma tentativa da empresa de manter o modelo vivo, mesmo depois de tantos anos. Em 2011 é que chegou a segunda geração e em 2014 foi a vez do Palio Fire se tornar o modelo de entrada, até que este ano foi aposentado, para tristeza de muitos, que o consideravam com fôlego para mais algum tempo.

O Palio fez tanto sucesso que em 2006 a Fiat lançou um projeto ousado, o Palio Elétrico, em parceria com a KWO, uma empresa suíça e outros parceiros. A hidrelétrica Itaipu Binacional solicitou o modelo, que contava com um motor de 15 Kw, cerca de 20cv e tinha autonomia de 120 km. As baterias ficavam logo abaixo do assoalho do porta-malas, assim não roubou espaço. Só que logo surgiram os primeiros problemas, por exemplo, a recarga era muito lenta, o veículo ficava conectado a uma tomada trifásica de 220 volts por 8 horas para ser completamente carregada. O console central tinha um display onde eram exibidos todos os dados sobre a bateria, informando a carga, temperatura, entre outros.

No ano de 2001, o Palio ganhou uma carroceria nova para celebrar a chegada do século XXI, com rodas 14", saias laterais, faróis de neblina e pára-brisa degradê.

Depois de tantos anos no mercado, o Palio tornou-se um nome forte, sinônimo de beleza, qualidade e economia, só que o mercado de automóveis evoluiu muito, hoje são várias opções no mercado oferecendo tecnologia de ponta e muitas novidades para conquistar o consumidor. O Palio acabou ficando obsoleto e por isso foi aposentado. Como disse Antônio Filosa, pode ser que futuramente o nome volte a constar no catálogo de lançamentos da Fiat, mas por enquanto, fica apenas na lembrança de todos, podendo retornar futuramente, mas aí, teria que passar por uma reformulação completa.

Por Russel


Fiat Weekend 2019 – Preço e Novidades


Com 20 anos de história, Palio Weekend retorna com novidades.

O Palio é um dos carros mais populares da Fiat e um dos mais conhecidos no Brasil. A linha do Palio já teve várias versões diferentes desde do hatch mais popular até uma das versões mais diferenciadas, como a Weekend.

E é este modelo que começou a ser vendido por aqui há 20 anos, foi atualizado mais um vez pela montadora e chega com cara nova ao mercado com seu modelo 2019 em duas versões, a Adventure e a Attractive.

A primeira vista, alguns até zombam da aparência off-road que o modelo tem, por conta dos detalhes em plástico preto na dianteira e traseira do carro. Detalhes que a Fiat mantém como uma opção de versatilidade.

Ao longo dos anos, uma das coisas que mudou foi o preço. Agora chegam às concessionárias por R$ 79.290 em sua versão Adventure, enquanto a Attractive 1.4 inicia com preço sugerido a apenas motoristas frotistas por R$ 62.500.

Com o aumento do preço, novos itens diferenciados também foram incluídos ao longo dos anos. Como por exemplo o ar condicionado, controle de roda, central multimídia compatível junto com Android, volante de couro, câmara e sensores de marcha ré, entre outros.

Especificações técnicas

O Palio Weekend, versão Adventure, roda com gasolina e etanol cujo desempenho em velocidade com gasolina é de 10,9 segundos e com etanol é de 9,8 segundos. O Attractive apresenta um desempenho pouco mais lento, pois com gasolina de 0 a 100km chega com 13,5 segundos e com etanol chega em 13,4 segundos.

As dimensões internas de ambos os modelos são iguais: a capacidade do porta malas é de 460 litros e o tanque de combustível conta com espaço para 51 litros.

Outras igualdades dos Adventure e do Attractive são em relação ao sistema de freios. O comando é mecânico e atua nas rodas traseiras com compensação de desgaste.

Equipamentos de segurança, conforto e mídia também são os mesmos nas duas versões, pois já vem da concessionária com itens de série como:

  • Luz no porta malas;
  • Rodas de liga leve;
  • Banco traseiro rebatível;
  • Ajuste do volante na altura mais confortável para o motorista;
  • Apoio de braço centra para o motorista;
  • Apoios de cabeça dos bancos dianteiro com regulagem de altura;
  • Apoios de cabeça traseiros (3) rebaixados e com regulagem de altura;
  • Desembaçador do vidro traseiro temporizado;
  • Direção hidráulica;
  • Controle eletrônico de aceleração;
  • Embreagem com acionamento hidráulico;
  • Porta-óculos;
  • Relógio digital;
  • Retrovisores externos com comando interno mecânico
  • Revestimento na coluna entre as portas;
  • Revestimento de todo o porta-malas;
  • Rodas de aço com pneus 185/65 R14
  • Espelho no para-sol nos dois lados, entre outros itens.

Novidades da linha Fiat weekend

Quem esperava por mudanças no visual, não vai ser dessa vez que verá os plásticos ao redor do para choque e para lamas, ganhando um material diferenciado. Não houveram mudanças significativas no design do Palio.

Outra novidade é que a nova Weekend será apresentada nas versões Attractive e Adventure. A versão Adventure contará com o sistema Locker, que segundo a montadora oferece um sistema de tração nas rodas dianteiras no estilo 4×2 e permite que o carro saia de situações adversas como pistas molhadas, subidas, terrenos arenosos ou com barro com maior facilidade.

A versão Adventure será a única disponível para os motoristas comuns, pois as unidades do Attractive 1.4 serão vendidas apenas para frotistas.

O modelo que será ofertado ao consumidor comum vem com os seguintes itens de série:

  • Direção hidráulica;
  • Ar condicionado;
  • Chave canivete;
  • Vidros elétricos nas quatro portas;
  • Travas elétricas;
  • Rádio Connect com CD, MP3, sistema de viva-voz integrado e entrada USB;
  • Volante multifuncional;
  • Sensor de estacionamento;
  • Freios ABS;
  • Comando interno da tampa do tanque, entre outros.

Apenas um único item foi disponibilizado como opcional na versão Adventure: o sistema Locker. E no modelo Attractive o ar condicionado é vendido também de forma separada e com um custo de R$4.490.

Ana Beatriz de Oliveira


Fiat Mobi VeloCITY 2018 – Especificações, Características


A Fiat investiu em um design arrojado, compacto, esportivo, deixando o carro com um porte ótimo para o dia a dia.

A Fiat continua trazendo para o mercado nacional, modelos que vão de encontro às necessidades dos consumidores e com isso têm conseguido bater de frente com a concorrência. O Fiat Mobi, por exemplo, acaba de ganhar uma nova opção, justamente para ser mais uma escolha para quem está pensando em adquirir um veículo novo. O VeloCITY, apesar do nome, não tem seu principal destaque na velocidade, até porque, conta com um motor 1.0 6V Firefly com 3 cilindros.

Mas o Fiat Mobi VeloCITY 2018 tem seus diferenciais e é bom o consumidor ficar de olho neles. Uma das diferenças que logo é percebida se trata do visual bem mais esportivo e a personalização exclusiva. Tudo isso deveria ficar em R$ 5 mil, porém, custa R$ 2.500,00. É uma versão que tentará conquistar principalmente o jovem, que gosta de carro diferenciado, com um estilo mais singular.

Tendo como base a versão Drive, o Mobi VeloCITY oferece teto e retrovisores pretos, como diferenciais, mas não para por aí, pois todo revestimento na parte de dentro é mais escuro, assim como as rodas de liga-leve de 14 polegadas. E o kit ainda conta com sensores traseiros para auxiliares na hora de estacionar o veículo, faróis de neblina, câmera de ré e também vem com ar-condicionado, tem máscara escurecida nos faróis, direção elétrica, travas elétricas, o volante conta com regulagem de altura, vidros dianteiros elétricos e o quadro de instrumentos conta com tela de 3,5 polegadas.

O Fiat Moby VeloCITY tem o preço de R$ 44.990,00 e com seu visual exclusivo, certamente será um destaque no mercado brasileiro de carros. Não há dúvidas de que a maioria das pessoas que vai comprar um automóvel, primeiro analisa o carro por fora e o design conta muito nesta hora, o que acaba sendo uma grande vantagem para o VeloCITY, pois é um justamente este um de seus principais diferenciais. A Fiat investiu em um design arrojado, compacto, esportivo, deixando o carro com um porte ótimo para o dia a dia na cidade, mas ele não faz feio nas viagens.

O teto na cor preta deixa o Fiat Moby VeloCITY com um estilo único, combinando com sua frente com linhas de carro aventureiro. Os retrovisores na cor preta fazem a combinação perfeita, mas a carroceria é sempre na cor vermelha ou branca.

Mas é importante ressaltar que essa característica de carro esportivo é mesmo só no visual, porque não foi feita nenhuma mudança no motor. O torque é de 10,9 mkgf e pode deixar a desejar quando a família é grande e sai de viagem.

Mas os diferenciais pesam na hora da escolha, como a lista de acessórios que teve um super desconto, certamente o consumidor vai levar isso em conta na hora de compará-lo com outro modelo.

O que pode gerar descontentamento por parte do consumidor é a ausência do sistema de som, um detalhe importante que foi ignorado pela Fiat. Com os descontos, o preço do VeloCITY acabou ficando igual ao do Argo, mas só a versão de entrada. A questão é que o Argo conta com o mesmo motor, só que vem menos equipado, porém, é maior, oferece mais espaço interno e é bem mais refinado. Agora é analisar bem para escolher aquele que melhor combine com o perfil de cada um.

O Fiat Mobi VeloCITY 2018 chega para ocupar um pequeno espaço que estava aberto e pode fazer toda a diferença, mas no final quem ganhou mesmo foi o consumidor que tem uma opção a mais na hora da compra. Outra vantagem do VeloCITY é que ele não é só diferente no visual, também tem suas vantagens, seja no preço, no kit, assim como tem seus pontos negativos. Como cada um tem suas próprias necessidades, é só ver qual a melhor opção, mas certamente VeloCITY merece uma análise caprichada, pois tem muito a oferecer.

Por Russel

Fiat Mobi Velocity 2018

Fiat Mobi Velocity 2018


Fiat Uno 2019 terá Menos Versões e Antigo Motor 1.0 Fire


Mudanças da montadora visam baratear e popularizar mais o carro.

O Uno já foi um dos carros de maior sucesso da Fiat, agora a montadora tenta fazer com que ele volte a ficar entre os líderes de venda. Mas como a situação no país não está fácil e os preços pesam muito na hora do consumidor tomar a decisão final, a Fiat resolveu enxugar as versões e também voltar com o motor 1.0 Fire, assim consegue manter um valor competitivo e evita dores de cabeça, pois terá um carro com mecânica já conhecida. A linha Uno 2019 até vem recebendo críticas pela decisão, mas não tem volta, serão apenas duas versões e ambas irão usar o motor 1.0, ou seja, nada mais de Uno 1.3 manual e muito menos automatizado.

Mas as decisões da Fiat não pararam por aí e a empresa foi além e mexeu ainda no propulsor 1.0 3 cilindros Firefly, que foi lançado há pouco tempo e estava no Attractive, versão de entrada, sendo que agora é o antigo propulsor 1.0 4 cilindros 8V Fire Flex. Essa opção foi lançada no mercado em 2016, também pelo Uno, na família Firefly e o mercado fica sem entender porque a Fiat daria um passo para trás, quando a concorrência tem procurado avançar nesta questão.

O Uno Attractive 1.0 Fire tem preço de R$ 42.990,00 e de série ele conta com direção hidráulica, ar-condicionado manual, máscara negra nos faróis, o volante oferece regulagem de altura, os vidros elétricos são apenas para as portas dianteiras, entre outras opções. Quem pagar mais R$ 499,00 terá direito ao desembaçador, limpador e lavador para o vidro traseiro. E pagando R$ 1.890 a mais, leva todos os itens anteriores, mais rádio USB/AUX, bluetooth, áudio streaming e pré-disposição para som.

O Uno Drive 1.0 Firefly, a segunda versão, custa R$ 44.820,00 e vem mais recheada de itens, trazendo retrovisores e também as maçanetas na mesma cor do carro, a coluna B tem revestimento na cor preta, os retrovisores contam com luzes indicadoras, a direção elétrica tem a função city, que dá ainda mais leveza nas manobras e também serve para diminuir o esterço do volante quando o carro está sendo manobrado em velocidade mais baixa, tem ainda partida a frio mesmo se não tiver gasolina no reservatório auxiliar, a grade dianteira tem um diferencial na cor cinza, entre outras opções.

Quem pagar pelo opcional Kit Comfort Plus, terá que desembolsar R$ 2.950,00, porém, contará com uma série de itens para deixar o carro bem mais equipado, podendo contar com o assistente de partida em rampas, o banco do motorista pode ter a altura ajustada, tem apoia-braço para quem sentar na frente, o banco de trás é bipartido, controle de estabilização e também tração, os vidros elétricos traseiros contam com antiesmagamento, no para-sol do motorista tem espelho, porta-objetos no teto para os passageiros de trás, bancos dianteiros com porta-revista no encosto, sistema que monitora a pressão dos pneus e muitas outras opções.

Tem ainda um outro opcional, que é o Kit Connect Plus, que custa R$ 2.500,00 e traz menos opções, mas são todas tecnológicas, com alarme, viva-voz, audio streaming, comandos no volante para facilitar ao motorista a realização de alguns comandos, tela TFT monocromática para o computador de bordo, além de bluetooth, alarme e chave canivete.

Por fim, o Kit On Plus, com preço de R$ 2.500,00 e tem uma lista de opções bem parecida com a anterior, mas traz o sistema Live On, as funções multimídias do veículo são integradas ao celular através de um aplicativo, então é bom o consumidor ficar atento às opções de cada um dos opcionais para ver qual lhe é mais interessante.

Esta é a estratégia da Fiat para o Uno 2019, agora cabe ao consumidor analisar, comparar com a concorrência e ver se a montadora conseguiu realmente atender suas expectativas e necessidades.


Fiat Mobi Way Extreme 2019 – Características e Lançamento da Série Especial


O Fiat Mobi Way Extreme 2019 traz um série de itens e algumas mudanças no design que prometem agradar os mas jovens e aventureiros.

A Fiat conseguiu reduzir os preços para os modelos de entrada do Fiat Mobi e com isso espera que o modelo consiga mais mercado, porém, a grande aposta da montadora é a versão chamada Way Extreme, pois ela traz uma série de itens, entre eles a câmera de ré e o sensor de estacionamento. Mas o Mobi Way Extreme 2019 ainda oferece outros equipamentos e também algumas ligeiras mudanças no design. O valor total cobrado pelo modelo é de R$ 43.490,00 e este preço é a soma do valor cobrado do Mobi Way, que é de R$ 40.690,00 mais o adicional relacionado aos opcionais, que é de R$ 2.800,00.

Alguns nem consideram o Mobi Way Extreme uma edição especial, acham mesmo que é só um modelo com pacotes de itens extras, inclusive, no site o carro é apresentado desta forma.

O Fiat Mobi Way Extreme é uma versão ideal para aquele consumidor que tem o perfil mais aventureiro e prefere um carro subcompacto, só que com mais equipamentos. Esta versão conta com alguns itens que estão presentes no Kit Connect, como o rádio com Bluetooth e USB, mais limpador e desembaçador de vidro traseiro. Também estão presentes os faróis de neblina e as rodas de 14 polegadas de liga leve.

Por dentro, o Mobi Way Extreme recebeu um revestimento em tonalidade mais escura. Por fora, um dos diferenciais está nos retrovisores em cinza fosco, que lhes dão um leve realce. Quanto à grade dianteira, o modelo recebeu um acabamento mais caprichado e as rodas receberam pintura especial. O logo da versão foi parar na lateral do veículo, ajudando a dar aquele visual aventureiro.

Apesar nas mudanças no visual e também na parte interna do veículo, o que realmente deve alavancar as vendas do Mobi Way Extreme 2019 é o seu preço competitivo. Para ter o pacote opcional o consumidor precisa pagar apenas R$ 2.800, ou seja, somente R$ 480 a mais do que custa o Kit Connect e estes itens a mais tornam a nova aposta da Fiat em um subcompacto aventureiro de verdade, assim não é preciso gastar a mais com a versão Drive.

A Fiat equipou o Mobi Way Extreme 2019 com motor 1.0 Fire 8V com 75 cv a 6.250 rpm e 9,9 kgfm a 3.850 rpm. O câmbio manual de 5 marchas é outro atrativo e o modelo promete potência, mas com um baixo consumo de combustível.

O mercado nacional de automóveis está muito competitivo e apesar da crise que assola os brasileiros, o consumidor continua exigente, ou seja, não quer apenas pagar menos, quer um carro novo que de fato ofereça diferenciais e a Fiat tem problema neste sentido, pois bate de frente com modelos de outras montadoras que veem sendo elogiados, justamente pelos itens disponibilizados.

A intenção de trazer o Mobi Way Extreme 2019 é justamente a de começar a brigar por este perfil de cliente, oferecendo um carro subcompacto, mas que foi bem planejado, com um espaço interno que atende muito bem o dia a dia na cidade e se a família for pequena, também vai bem nas viagens.

A Fiat ainda quis deixar bem claro que é uma versão aventureira, porque sabe que o consumidor mais jovem geralmente prefere estes modelos. E quem quiser pagar menos, encontrará as outras versões que a Fiat disponibilizou, como a Easy Comfort com valor de entrada a partir de R$ 35.690 já contando com ar-condicionado e rodas 14", dois itens que antes eram encontrados somente no Mobi Like.

O Mobi Way Extreme 2019 é um veículo com visual moderno, que realmente chama a atenção e o preço também é tentador, sendo assim, a Fiat acredita que fez um bom trabalho e agora é esperar e torcer para que o mercado também aprove o modelo.

Por Russel

Fiat Mobi Way Extreme 2019

Fiat Mobi Way Extreme 2019

Fiat Mobi Way Extreme 2019


Fiat Mobi 2019 – Características, Especificações


A Fiat teve o cuidado de melhorar cada item, preocupando-se com a segurança, potência, economia, beleza e espaço, por isso, o Mobi 2019 já chama a atenção logo à primeira vista.

O Fiat Mobi 2019 traz uma série de novidades para o consumidor brasileiro que anda cada vez mais exigente, afinal, são muitas opções oferecidas e com tamanha concorrência, as montadoras estão tendo que inovar em seus novos modelos. Há alguns anos, os subcompactos não faziam tanto sucesso no Brasil, mas este cenário vem mudando muito e a popularidade destes veículos está em alta. A Volkswagen, por exemplo, lançou o Up! como sendo um subcompacto moderno, com ótimo custo-benefício e o modelo foi bem aprovado. A Fiat não perdeu tempo e apostou alto no Mobi.

O consumidor brasileiro vem aceitando bem este novo conceito, mesmo com tantos SUV's se destacando no mercado nacional. A Fiat logo viu que era preciso buscar uma fatia neste mercado e o Mobi foi a resposta da empresa. O público aprovou o Mobi, que compartilha a plataforma com o Uno, modelo com grande credibilidade no país e isto ajudou muito.

Inicialmente, foram lançadas 5 versões do Fiat Mobi e isto foi outro detalhe que ajudou o modelo a conquistar o consumidor, pois com tantas opções, era possível escolher uma que melhor se encaixava em suas necessidades. O Fiat Mobi 2019 continua nesta proposta, de surpreender, inovar e continuar alavancando as vendas, o desafio para a montadora é deixar o carro mais moderno, mas sem tirar uma de suas principais características, que é o bom custo-benefício.

A Fiat teve o cuidado de melhorar cada item, preocupando-se com a segurança, potência, economia, beleza e espaço, por isso, o Mobi 2019 já chama a atenção logo à primeira vista, com o para-choque em novas dimensões. Os faróis trazem dupla parábola e também LEDs diurnos. As rodas de liga leve completam o conjunto, em parceria com as maçanetas cromadas.

Outro diferencial do Mobi 2019 será o design, mas nada radical, as linhas sofrerão ligeiras mudanças, deixando o veículo com um visual mais moderno, mas sem perder o seu estilo, pois a Fiat não quer mudar demais, temendo que acabe prejudicando as boas vendas de seu modelo.

O mercado de subcompactos no Brasil, conta atualmente com ótimas opções e o Mobi, que vem conquistando seu espaço aos poucos, terá grandes concorrentes. A Fiat prefere não se arriscar com um modelo completamente novo e ir trazendo as novidades aos poucos, para que o consumidor possa se acostumar e principalmente, para saber o que é bem aceito no mercado e aquilo que é rejeitado.

Outra questão muito importante nesta batalha da Fiat, para tornar o Mobi 2019 o queridinho dos brasileiros, foi em relação às cores oferecidas. Elas foram escolhidas com grande critério e o modelo estará disponível nos tons: Vermelho Alpine, Preto Vulcano, Branco Banchisa, Branco Alaska e Prata Bari.

Entre os itens oferecidos, o Fiat Mobi 2019 procurou oferecer muita modernidade e opções que garantissem o conforto do motorista e passageiros, assim ele oferece display digital de 3,5", direção hidráulica, vidros elétricos na frente, brake light, banco traseiro bipartido, volante com regulagem de altura, entre outras opções. O modelo tem altura do solo de 146 mm, altura de 1,490 mm e o tanque de combustível tem capacidade de 47 litros. O porta-malas é de 235 litros e o consumidor precisa ter em mente que é um modelo que atende muito bem no dia a dia das grandes, médias e pequenas cidades, mas para uma viagem, se a família for grande, então o espaço deixará a desejar, afinal, é um subcompacto.

Motor 1.0 com câmbio manual e a média de 13Km por litro na cidade quando abastecido com gasolina e 16Km por litro quando for etanol, são opções que o comprador também precisa analisar antes de se decidir pela compra.

E claro que os preços não podem ser deixados de lado, aí é preciso analisar bem as versões para escolher:

  • Easy 1.0 Flex manual: a partir de R$34.690,00;
  • Like 1.0 Flex manual: a partir de R$40.890,00;
  • Way 1.0 Flex manual: a partir de R$42.590,00;
  • Drive 1.0 Flex manual: a partir de R$42.590,00;
  • Easy 1.0 GSR Flex automatizado: a partir de R$46.790,00.

Por Russel

Fiat Mobi 2019

Fiat Mobi 2019


Fiat Cronos 2019 – Especificações, Novidades


Novo Fiat Cronos recebeu um toque esportivo, deixando o modelo mais robusto, porém, sem perder o estilo sofisticado.

O novo Fiat Cronos é um sedan com estilo mais esportivo, que traz muitas novidades para conquistar o mercado e é a grande aposta da empresa para este ano, pois oferece segurança, beleza, conforto e potência. O problema é que a concorrência está cada vez maior e o Cronos tem um grande desafio pela frente. Para conseguir chamar a atenção neste concorrido mercado, a Fiat resolveu radicalizar e deu ao carro um toque esportivo, deixando o modelo mais robusto, porém, sem perder o estilo sofisticado.

Assim que o consumidor se depara com o novo Fiat Cronos, já nota seu grande diferencial, que é o design impactante, é um modelo que chama a atenção por onde passa, com seu capô mais alongado e linhas frontais modernas, que oferecem um traço mais dinâmico, mas sem exagerar. O conceito wraparound foi utilizado, fazendo com que o veículo pudesse ser alongado, com um porta-malas mais amplo, com 525 litros de capacidade, ficando entre os maiores da categoria. Para quem tem família grande e gosta de viajar, o modelo tornou-se perfeito, atendendo praticamente a todas as necessidades do motorista e dos passageiros.

O Cronos conta com duas motorizações, a E.torQ 1.8 16V de 139 cv, podendo ser com câmbio manual ou automático e a versão Firefly 1.3, também com câmbio manual ou automatizado.

A primeira versão, a 1.8, traz um câmbio automático com 6 marchas e o acesso pode ser feito do modo convencional ou pelo volante mesmo, através das 'borboletas', assim o motorista pode se sentir mais seguro e dirigir pelas estradas ou mesmo na cidade, se torna uma experiência bem mais prazerosa.

Outro diferencial no novo Fiat Cronos é a tecnologia empregada, que não é apenas para o entretenimento, mas também para a segurança dos ocupantes. O Keyless Entry'N'Go é um sistema que destrava as portas do veículo sem precisar usar as chaves, basta estar com elas na mão ou até mesmo o bolso. A partida é dada através de um botão, sem o uso da chave e à noite, as Puddle Lamps que estão nos retrovisores iluminam o chão, assim fica mais fácil para entrar no carro. O consumidor precisa ter tempo para avaliar o Cronos, porque ele está repleto de detalhes que fazem toda a diferença no dia a dia e é bom conhecer todos para ver o quanto a Fiat caprichou neste modelo.

Por dentro, a tecnologia se faz ainda mais presente, começando pela Central Multimídia Uconnect que deixa todos conectados com o Apple CarPlay ou o Android Auto. A tela é de 7 polegadas e conta com um moderno design flutuante que facilita o acesso a streaming de músicas, mapas, aplicativos e muito mais. O motorista tem ainda a comodidade de acessar o Waze e o WhatsApp através dos botões no volante, assim a segurança é garantida.

O motorista conta com uma série de sensores que trabalham durante todo o tempo para auxiliá-lo na condução do veículo, inclusive nos momentos em que ele mais precisa de ajuda, por exemplo, quando começa a chover. Assim que o para-brisa recebe as primeiras gotas de chuva, os limpadores são acionados e quando escurece, o sensor crepuscular é ativado e os faróis são acessos.

A direção elétrica está mais leve, as respostas aos comandos são rápidas e quando for dar ré, a câmera traseira envia a imagem para a tela da central multimídia, auxiliando o motorista nas manobras, evitando qualquer tipo de colisão.

Outro sistema presente no Fiat Cronos é o Hill Holder, que auxilia as partidas em aclives, mantendo os freios acionados por mais 2 segundos, após o motorista tirar o pé para acelerar o veículo. E quando o motorista for surpreendido por um obstáculo na pista, ou um buraco e precisar fazer uma manobra brusca, os freios podem ser acionados, ou ter uma redução do torque, para garantir estabilidade ao carro.

Acesse aqui cronos.fiat.com.br o site que a Fiat preparou, com todas as informações sobre o novo Cronos.

Por Russel

Fiat Cronos 2019

Fiat Cronos 2019


Novos modelos SUVs da Fiat e Jeep Renegade no Brasil


Novo Jeep Renegade e SUVs da Fiat serão lançados no Brasil em breve.

Os modelos Suvs têm ganhado cada vez mais espaço no mercado automobilístico nacional. E para aproveitar esse crescimento considerável a Fiat lançará dois modelos em breve. E mais um lançamento do Jeep Renegade também entrará para o mercado brasileiro.

Os carros da Jeep têm ganhado cada dia mais espaço no Brasil e ganhando mais adeptos da marca que tem se deliciado com os modelos confortáveis e movidos a diesel.

Já a Fiat está entrando no mercado das SUVs recentemente, e está procurando seu espaço a cada lançamento.

A linha do Jeep Renegade vem para revolucionar o mercado em relação à segurança, seu modelo conta com 7 airbags, isso mesmo que você leu. São 7 airbags para garantir maior segurança em relação à colisão.

Ele conta também com direção elétrica, para maior facilidade e segurança na hora de guiar o carro, trazendo ainda mais uma sensação de segurança em relação ao conforto do carro.

Os modelos da FIAT contarão com 7 lugares, e seu design totalmente inovador e elegante. Com certeza encherá os olhos dos amantes de carros. Por ser um modelo de uma montadora nacional com certeza irá surpreender os adeptos aos nacionais. E dará uma nova visão para os que preferem os importados.

Os lançamentos estão previstos para até no máximo 2022, então fique atento às novidades.

O segmento provavelmente será a nova geração do modelo 500X, que ainda permanece sendo fabricado na Europa pela Fiat e contará com uma plataforma totalmente melhorada. Outra grande possibilidade anunciada pela montadora é que caso o Argo não tenha uma versão cross, ele seja projetado para se tornar uma SUV podendo disputar de igual para igual com a Chevrolet o modelo Onix Activ e a Hyundai pelo modelo HB20X e até disputando com o futuro modelo aventureiro que será lançado pela Volkswagen. Caso isso venha a ocorrer, outra hipótese é que a Fiat lance uma versão do carro que seja abaixo do Renegade já confirmado através da Jeep.

A expectativa é que tenhamos alguns modelos inovadores para os próximos anos, onde as SUVs têm ganhado muito espaço no mercado, e conquistando os gostos dos brasileiros.

Em relação à segurança e conforto esses modelos têm ganhado de longe a preferência das famílias brasileiras, tornando-se ótimos carros para viagens familiares. Por isso, se seu interesse é um carro para viajar com a família essa é sua grande oportunidade.

Portanto, se pretende comprar uma SUV fique atento a esses novos lançamentos, pesquise sobre os carros e faça sua escolha. Ponha tudo na balança e veja qual carro oferece melhor aquilo que você procura.

Para não se arrepender depois, olhe tudo que cada modelo oferece, para fazer a melhor escolha. Pois cada modelo possui sua peculiaridade, então você deve ver bem o que realmente procura para que possa fazer a melhor aquisição, no modelo que atenderá melhor as suas necessidades e de toda sua família.

Com certeza, as SUVs que estão por vir irão agradar os brasileiros, a grande dúvida é qual ficará melhor entre elas ou o Renegade da Jeep, a única certeza que temos é que qualquer um desses modelos irá te fazer feliz e atenderá todas as suas expectativas.

Vamos aguardar e enquanto isso ficar atentos às novidades dos novos modelos, e os preços quando forem atualizados. Provavelmente teremos mais novidades em breve.

Por Ricardo Ferreira Rodrigues

J

Jeep Renegade 2018

Jeep Renegade 2018


Fiat Mobi 2018 – Ficha Técnica, Características


Fiat Mobi 2018 é um carro completo que reúne muitas funções modernas.

O Fiat Mobi 2018 é um carro que tem muitas características além da beleza. Sua modernidade e potência elevam sua reputação aos olhos da maioria dos usuários. Vale lembrar que os itens de série e a beleza interna do Fiat Mobi 2018 tão são exemplares que agradam a maioria dos usuários da marca. Agora vamos falar de forma mais clara sobre as principais características do Fiat Mobi 2018.

Fiat Mobi 2018 é chamativo

O Fiat Mobi 2018 é um carro que possui muita presença e beleza, e chama a atenção por onde passa. Ele também costuma agradar a muitos usuários independente do gênero. Ele é um carro grande e com design moderno, mesmo sendo visto como robusto por alguns consumidores. Ele tem faróis grandes e de lentes simples, capô longo, lanternas médias na parte traseira e para-choques com desenho mais agradável.

Carro com porta-malas de 215 litros

O Fiat Mobi 2018 tem porta-malas de 215 litros e esse tamanho é suficiente para guardar muitas coisas. Não é um tamanho absurdamente grande, porém, ele é considerado ideal por muitos consumidores de carro brasileiros.

Fiat Mobi 2018 tem muitos itens de série

Falando dos itens de série do Fiat Mobi 2018, vale afirmar que eles são necessários e muito desejados. Pois são importantes para melhorar o desempenho do carro e facilitar a vida dos usuários. Veja abaixo quais são os itens de série da versão de entrada:

– Airbag duplo

– Painel com iluminação de LED

– Para-choque na cor do carro

– Retrovisores e maçanetas pretas

– Display digital de 3,5 polegadas

– Vidros manuais

– Rodas de aço 13 polegadas com calotas

– Retrovisores externos com controle interno

– Banco traseiro com dois apoios de cabeça ajustável

– Câmbio manual com 5 marchas

Conheça os itens de série opcionais

Para os consumidores que querem colocar mais itens importantes no carro pode optar pelos adicionais que também fazem toda a diferença para os motoristas. Veja abaixo quais são os opcionais para a versão de entrada:

– Desembaçador de vidro traseiro

– Trava elétrica nas 4 portas

– Vidros elétricos dianteiros com One Touch

– 2 Alto-falantes falantes traseiros

– Desembaçador do para-brisa

– Entre outros

Fiat Mobi 2018 mantém mesma motorização

O motor do Fiat Mobi 2018 continua o mesmo, e é interessante afirmar que esse motor é potente e já conquistou os usuários na versão anterior do Fiat Mobi 2018. O motor é o 1.0 Fire Flex de quatro cilindros com 8 válvulas. Ele consegue fazer a potência máxima de 75 cv se abastecido com etanol e 73 cv se abastecido com gasolina. Já seu torque máximo é de 9,9 kgfm e o rpm é 3.850.

Carro com espaço interno

Para quem gosta de espaço interno o Fiat Mobi 2018 vai agradar muito. Ele comporta muito bem todos os ocupantes do carro, além de proporcionar conforto total. Ele é muito usado por pessoas que tem família grande e com criança. Se esse é seu caso, esse pode ser seu carro ideal.

Valor das versões do Fiat Mobi 2018

O Fiat Mobi 2018 possui 5 versões que são completas e que foram feitas para agradar vários tipos diferentes de consumidores. Cada versão tem suas características especiais e detalhes para encantar qualquer tipo de usuário. Veja os valores das versões abaixo:

– Fiat Mobi Drive 1.0 com valor de R$45.450,00

– Fiat Mobi Way 1.0 com valor de R$41.260,00

– Fiat Mobi Drive 1.0 com valor de R$41.260,00

– Fiat Mobi Like 1.0 com valor de R$39.780,00

– Fiat Mobi Easy 1.0 com valor de R$34.210,00

Veja o consumo médio da versão de entrada

A versão de entrada tem um bom consumo médio e por isso esse carro é considerado econômico. Veja abaixo:

Na estrada

Esse carro faz 9,2 km/l se abastecido com álcool e 13,3 km/l se abastecido com gasolina.

Na cidade

Esse carro faz 8,4 se abastecido com álcool e 11,9 km/l se abastecido com gasolina.

Essas são as principais informações do Fiat Mobi 2018!

Por Cristiane Amaral

Fiat Mobi 2018

Fiat Mobi 2018


Fiat Argo 2019 ganha Nova Versão de Entrada


Novo modelo custa R$ 44 mil.

Há algum tempo estava surgindo rumores nos quais diziam que a Fiat iria lançar uma versão mais barata e econômica do Argo, dito e feito. A Fiat anunciou nesta quarta-feira (16) uma versão inédita da entrada para o Argo 1.0, de uma forma bem mais discreta e moderada em seu site de ofertas. O preço sugerido pela fabricante será de R$ 44.990, ou seja, R$ 2.800 a menos que modelo 1.0 Drive.

Nessa nova versão apresentada pela fabricante o carro irá possuir: ar condicionado, vidros elétricos dianteiros, travas e direção elétrica, sistema start-stop, computador de bordo, volante com regulagem de altura e rodas de Aço de 14 polegadas.

Mas o que surpreendeu a todos é que o valor é quase R$ 3.000 a menos em relação à antiga versão de entrada Drive 1.0 , que foi lançada no ano passado no preço de R$ 46.847, que atualmente custa 47.790.

Porém, como todas as coisas, também haverá os seus malefícios. Essa nova versão deixa de oferecer diversas coisas, dentre elas: limpador traseiro, desembaçador traseiro, predisposição para rádio, chave canivete com telecomando, banco do motorista com regulagem de altura, porta óculos, alça de segurança e acabamento cromado do difusor de ar.

Além disso, você precisará tirar da carteira mais R$ 1.300 a mais para ter rádio com Bluetooth e volante com comando de rádio, e também mais 1.200 por retrovisores externos elétricos com luzes indicadoras de direção, rádio, vidros elétricos traseiro com um toque e anti esmagamento. O novo Argo é equipado com o mesmo motor de 3 cilindros que desenvolve até 77 cavalos e câmbio manual de 5 marchas.

O novo Argo já é premiado. O modelo usa o design italiano e todo o seu sistema de multimídia de aspecto flutuante. Já foi extremamente elogiado em competições com itens de segurança antes restritos a outros segmentos, com airbags laterais dianteiros, câmera de ré com linhas dinâmicas e sensores de estacionamento.

Essa nova versão será uma espécie de comemoração de 1 ano de lançamento do hatch, que no Brasil foi o décimo carro mais vendido no ano, levando em consideração os números até o mês de abril, que abrange todos os automóveis e comerciais leves que inclui picapes e furgões divulgados pela federação dos concessionários a Fenabrave.

A Fiat irá disponibilizar dois pacotes de opcionais e adicionais para o Argo 1.0.

Os pacotes disponibilizados serão:

Kit Convenience, que irá incluir: Retrovisores externos elétricos, luzes indicadoras de direção, função tilt down, rádio connect, vidros elétricos traseiros, com once touch e anti- esmagamento.

E o Kit Rádio Connect, que ira incluir: Áudio streaming, Bluethooth e volante com comandos de rádio.

De série, a FIAT sempre disponibilizou em todos os seus modelos a direção com assistência elétrica (que já vem presente nesse novo Argo), Start e Stop, ar condicionado e bancos com ISOFIX, que irão permitir ao seu comprador que caso precise fixar alguma cadeira infantil no interior do carro, fará com mais facilidade e qualidade. Suas versões mais sofisticadas podem trazer ainda Controle Eletrônico de Estabilidade, Controle de Tração, Hill- Holder ( que é um sistema que mantém o freio pressionado por até três segundos, tempo suficiente para que o motorista possa trocar os pedais sem deixar que o carro volte e esbarre no que está parado logo atrás) e transmissões automática de seis velocidades.

Preços:

  • Fiat Argo 1.0 – R$ 44.990,00
  • Fiat Argo Drive 1.0 – R$ 47.790,00
  • Fiat Argo Drive 1.3 – R$ 54.990,00
  • Fiat Argo Drive 1.3 GSR – R$ 59.990,00
  • Fiat Argo Precision 1.8 – R$ 62.290,00
  • Fiat Argo Precision 1.8 AT6 – R$ 68.290,00
  • Fiat Argo HGT 1.8 – R$ 65.290,00
  • Fiat Argo HGT 1.8 AT6 – R$ 71.390,00

Gabriel Pierini


Fiat lança Novos Motores Firefly Turbo 1.0 e 1.3


Novos motores só deverão chegar ao Brasil em 2020.

A Fiat continua na luta para ser uma das marcas de automóveis mais admiradas dos brasileiros e com isto ter os seus carros entre os mais vendidos do país, mas a missão não é nada fácil e a empresa pretende crescer lá fora também, pois tem perdido uma boa fatia do bolo. A concorrência é grande e tem lançado modelos que vão de encontro ao gosto do consumidor, mas algumas novidades poderão fazer com que a Fiat consiga reagir. Os motores turbo 1.0 de 120 cv e também os motores 1.3 de 180 cv prometem chamar a atenção de quem pretende comprar um carro econômico, mas potente.

Os motores Firefly terão versões turbinadas, é o GSE – Global Small Engine e já foram apresentados no Simpósio Internacional de motores de Viena. A intenção da Fiat-Chrysler é fazer com que estes dois motores turbos possam estar presentes em vários modelos da marca, mas ainda será feito um estudo para ver o que seria vantajoso e principalmente, qual seria a aceitação do mercado.

Esse motor turbo 1.0 que foi mostrado em Viena, conta com 120 cv e 19,3 kgfm de torque. Já o motor 1.3 oferece 180 cv e 27,5 kgfm e este resultado é obtido usando o turbo de fluxo único, mas a Fiat tem um projeto em desenvolvimento onde é analisado o uso de uma nova versão que usaria fluxo duplo, porém, a empresa preferiu não dar detalhes do que já obteve até o momento e quais seriam as vantagens oferecidas por esta nova versão.

Um detalhe importante é que ambos os motores oferecem a opção de serem eletrificados, no caso do uso ser em modelos híbridos. Já tinha vazado a informação de que estava sendo testado um Cronos com o motor 1.3 turbo, só que os engenheiros aqui do Brasil acharam melhor deixar a potência entre 150 e 160 cv, levando em consideração a resistência do motor e também do câmbio automático.

E há muitas alterações que ainda poderão ser feitas. Esse modelo aspirado conta com 2 válvulas por cilindro, entretanto, há versões que tem cabeça com 4 válvulas por cilindro. Em outra linha, foi implantada injeção direta com pressão de 200 bar, tendo controle de válvulas variável e o cabeçote foi integrado ao coletor de escape. Estas modificações são importantíssimas, porque irão ajudar na redução do aquecimento e também garantindo maior economia de combustível. O cabeçote e o bloco são todos em alumínio e o peso total do motor não passa de 91 kg na versão 1.0 de 3 cilindros e fica em 110 kg na versão 1.3 de 4 cilindros.

A princípio, a intenção da Fiat era desenvolver apenas uma versão, Firefly turbo 1.3. A versão 1.0 ficou na gaveta por um longo período, com a empresa em dúvida se esse projeto seria ou não desenvolvido. Quando os trabalhos começaram é que a versão 1.0 foi aprovada, pois os engenheiros descobriram as muitas vantagens termodinâmicas e ficaram empolgados com as novas possibilidades.

Agora a Fiat acredita que esses motores Firefly serão utilizados por um longo período, inclusive já há projetos para eles serem usados nos lançamentos que acontecerão até depois de 2025, mas claro que até lá os estudos continuaram sendo feitos, muitos projetos serão testados e pode ser que a tecnologia encontre um caminho melhor para ser trilhado, mas por enquanto, é isto que a empresa tem em mente.

Para os brasileiros, a expectativa não é nada boa, pois estas versões turbinadas deverão chegar por aqui só em 2020, que é quando a Fiat pretende colocar no mercado uma reestilização do Argo e também do Cronos, então será usado o motor 1.3 turbo de 160 cv, substituindo o atual que é de 1.8 E.torQ.

Por Russel


Fiat Uno 2019 – Características, Novidades


O Uno 2019 será a terceira reestilização do modelo e será lançado em junho deste ano com grande expectativa.

A intenção da Fiat Chrysler Automobile é terminar este ano como líder do mercado nacional, mas a tarefa não é fácil, pois a concorrência é grande e há ótimos modelos sendo lançados, mesmo assim o projeto continua firme e a expectativa é que haja um bom resultado nas vendas das marcas Fiat e também Jeep. Com uma conquista de cada vez, a meta é chegar a 2020 com a Fiat ocupando a liderança novamente no Brasil, posição que perdeu em 2016, quando a GM mostrou que estava melhor estruturada e conseguiu atender aos anseios do consumidor com seus modelos.

Antonio Filosa, presidente da empresa, se encontrou com alguns jornalistas em São Paulo para falar sobre as metas da empresa e foi quando fez a revelação audaciosa. Filosa está no grupo Fiat desde 1999, mas só no último mês de março assumiu o posto de presidente, antes ocupado por Stefan Ketter. E o novo Uno 2019 é um dos grandes investimentos da empresa para subir no ranking, sendo que o carro conta com diversas mudanças no visual e tem ainda as novas versões do Mobi.

O Uno já foi um grande sucesso de vendas no Brasil e um dos principais modelos dentro da Fiat, mas perdeu o posto com a chegada do Argo, o que acabou no fim das versões Way e Sporting. Mas agora o modelo volta a ser o centro das atenções e com preço de R$ 40 mil, se torna uma ótima alternativa entre Mobi e Argo, dando uma opção a mais ao consumidor. Será a terceira reestilização nesta geração do Uno, agora em junho e toda mudança sempre gera grande expectativa, mas também uma certa insegurança, pois só após o lançamento é que será possível ver realmente se o mercado aceitou o novo modelo.

Em 2014 o Uno passou por uma revolução no visual, deixando de lado aquela grade assimétrica e o painel foi completamente reformulado. Dois anos depois vieram alguns leves retoques e a motorização Firefly. Agora Filosa chama a atenção para o grande trabalho de pesquisa que foi realizado, que resultou no desenvolvimento de novas tecnologias e garantiu que o etanol pode ser considerado como que um 'ouro verde' para o país. A FCA tem grandes planos para a tecnologia flex, inclusive, quer alcançar melhores rendimentos para os motores, de forma que os veículos possam ter assim uma autonomia bem maior que a atual.

O Fiat Uno perdeu espaço no mercado, em parte por causa da própria Fiat, que trouxe o Mobi e Argo para o consumidor brasileiro, que certamente são opções bem mais interessantes. Na hora de comprar, o consumidor irá preferir um carro mais moderno, pagando praticamente o mesmo e assim o Uno foi sendo deixado de lado. Em junho poderá ser a hora da vira, com o Fiat Uno 2019 sendo anunciado, mas agora com uma realidade completamente diferente.

A nova linha Uno chegará com grandes mudanças, sendo uma das principais o motor 1.0 Firefly flex de 3 cilindros, evitando assim, uma disputa interna com o Argo. Com isso, o preço ficará na casa de R$ 40 mil e o consumidor que quiser economizar, passa a ter uma nova opção, poderá até contar com uma versão Vivace, o que ainda não foi confirmado.

A Fiat está acreditando muito nesta estratégia, mas ainda é cedo para dizer se o Uno conseguirá voltar a ser um dos principais queridinhos dos brasileiros, mesmo custando R$ 40 mil, pois por esse valor é possível encontrar boas opções no mercado e pagando só um pouquinho a mais, ter modelos bem melhores, que trazem uma série de vantagens. Para quem pretende comprar um carro novo no próximo mês, vale a pena esperar e poder ter uma opção a mais para analisar e comparar.

Por Russel

Novo Uno


Recall Fiat 2018 – Palio, Uno, Idea, Strada, Siena e Fiorino


Falha atingiu cerca de 16 mil unidades.

Atenção. Se você possui um carro novo da marca Fiat, saiba que a marca acaba de anunciar um novo recall. Continue lendo este artigo e saiba tudo sobre o mais novo recall da Fiat, que dessa vez envolve 10 modelos da marca.

Quando compramos um carro com zero quilômetro de rodagem sabemos que por muito tempo poderemos estar tranquilos. Afinal, motor novo, peças novas e tudo mais novo, dificilmente ele apresentará algum defeito e diferentemente dos carros usados não precisará das numerosas idas e vindas às oficinas mecânicas, que demandam tempo e dinheiro dos proprietários, pois qualquer reparo pode sair por um preço bem alto.

Pois bem, carros com baixa quilometragem, recém-retirados de concessionárias, também podem apresentar defeitos, mas geralmente as concessionárias na hora da compra ofertam algumas manutenções consideradas rotineiras para esses veículos sem que os proprietários precisem pagar nada.

Mas isso tudo é bem diferente de um recall, pois quando uma marca anuncia um recall, quer dizer que o problema pode ser bem mais grave e que pode causar sérios danos materiais e físicos.

Nesta última sexta-feira dia 09 do mês de março, a Fiat fez um comunicado oficial afirmando que 10 de seus modelos devem passar por reparos pois possuem um defeito originário de sua fabricação.

De acordo com as informações da marca italiana, são mais de 15 mil unidades que devem ser reparadas. Somente do modelo do Novo Palio são 8. 373, seguido pelo Strada 1.4 que são 2.731 unidades, até chegar no Siena 1.4, que precisa ter 2 de suas unidades vistoriadas.

É preciso compreender que nem todos os veículos envolvidos no recall podem apresentar o defeito, mas são convocados todos os que pertencem ao mesmo ano de fabricação, até mesmo por questões de segurança.

Veja abaixo quais são os dez modelos e seus respectivos números de chassis, que foram convocados para vistoria nas concessionárias Fiat.

  • Palio Fire 1.0 – 585667 a 605940;
  • Idea 1.4 – 286655 a 287019;
  • Punto – 342058 a 348260;
  • Uno 1.0 e 1.4 – 75664 a 771071;
  • Novo Palio – 16344 a 297737;
  • Palio Weekend 1.4 – 089496 a 098502;
  • Siena 1.4 – 063979 a 065020;
  • Fiorino 1.4 – 058971 a 080249;
  • Strada 1.4 – 083657 a 123494;
  • Grand Siena 1.4 – 300812 a 337173;

Todos esses modelos pertencem ao ano/modelo 2016/2017. Desse modo, confira se seu veículo está entre os convocados para o Recall.

A Fiat informou que esses modelos podem ter sido equipados com um alternador que tem o risco de falhar e essa falha pode levar a irregularidades no funcionamento do motor, dentre elas a mais preocupante é a possibilidade de que ele seja desligado de forma repentina, o que pode ser muito perigoso, ocasionado acidentes.

A marca deixa claro aos proprietários desses veículos que não foi registrado nenhum acidente, casos de colisão em decorrência desse defeito, mas que assim que ele foi identificado por seus especialistas, foi realizada a convocação para que assim todos possam trafegar com seus veículos em plena segurança, sem oferecer riscos à segurança de motoristas, ocupantes e até mesmo terceiros.

É possível que os proprietários observem se seus veículos possuem esse defeito. Para isso, basta observar a luz espia da bateria, caso ela esteja acesa, ou acenda no quadro de instrumentos, a falha pode se manifestar a qualquer momento. Por isso a concessionária deve ser acionada o mais rápido possível. A recomendação principal é que os motoristas estejam atento a isso.

Mas todos os envolvidos devem ser apresentados a uma concessionária Fiat para que seja realizada a vistoria e o reparo que a troca do alternador. Os profissionais da Fiat afirmam que a manutenção deve levar cerca de uma hora, por isso recomenda-se que os proprietários desses veículos liguem agendando um horário.

Em caso de dúvidas acesse o site da Fiat ou ligue para 0800 707 100 para mais informações.

Sirlene Montes


Fiat Uno – Versões que serão descontinuadas


Rumores indicam que as versões Uno Sporting (1.3 e 1.3 GSR) e Uno Way (1.0, 1.3 e 1.3 GSR) serão descontinuadas pela Fiat.

A Fiat está causando um certo rebuliço no setor automobilístico. Após anunciar que irá parar de fabricar o modelo Palio, a montadora divulgou também que irá descontinuar algumas versões do Uno.

A estratégia se dá devido a grande quantidade de hatchbacks compactos da marca, totalizando três carros distintos até o momento: o próprio Uno, o recém-lançado Argo e o Mobi. Sendo assim, a ideia é que se reduza o conflito entre os preços dos três, já que com aproximadamente R$ 45 mil o cliente poderá optar pela compra do Argo Drive 1.0, o Mobi Drive GSRou o Uno Way 1.0.

Modelos que se despedem

Apesar de a assessoria de imprensa da Fiat não ter informado quais são as versões do Uno que deixarão de ser produzidas, sob o argumento de que ainda está avaliando sobre a gama de hatches de forma a definir as variantes que irão continuar ou quais serão descontinuadas, há boatos de que sairão de linha o Uno Sporting (na configuração 1.3 e também 1.3 GSR) e o Uno Way (em 1.0, 1.3 e, por fim, 1.3 GSR).

A notícia teve seu surgimento devido a um comunicado feito no último mês pela FCA (Fiat Chrysler Automobiles) a boa parte das concessionárias. Conforme o documento que vazou para a internet, as redes de lojas da montadora foram alertadas sobre as restrições em faturas relacionadas às encomendas das versões Sporting e Way, isso nos pedidos relacionados às vendas diretas.

Atualmente, o Uno conta com três versões disponíveis, sendo elas as duas nomeadas, bem como a Drive. No total, portanto, são seis as opções do automóvel.

Porém, não há ainda previsões de quando ocorrerá o fim da produção desses modelos. Cogita-se que as mesmas serão comercializadas nas concessionárias e no site oficial da Fiat enquanto durarem todos os estoques no pátio da fábrica.

Competitividade dentro da montadora

Esse enxugamento na linha do Uno, como já mencionado anteriormente, pode ter sido avaliado devido à grande competitividade nas vendas de outros dois modelos da Fiat no mercado automobilístico. Com a estréia do hatch Argo, as vendas do Uno foram consideravelmente afetadas.

Atualmente, o Fiat Argo possui preços que variam, do topo de linha para o mais básico, de R$ 71.390 a R$ 47.790. Já o Uno varia na mesma sequência de R$ 56.990 a R$ 43.990. O destaque vai para o Uno Way GSR com o câmbio automático, que sai por R$ 55.990 e o Uno Sporting 1.3 com câmbio manual que parte de R$ 52.390.

Mais descontinuações

Apesar de alguns modelos do Uno saírem de linha, a montadora garante que o Uno continuará sendo comercializado normalmente, apenas com um leque menor de opções. Sendo assim, o caso não pode ser comparado ao anúncio feito pela Fiat em novembro de 2017, quando foi feita a divulgação do fim da produção do Palio Fire e do Novo Palio aqui no Brasil.

Já nos meados do ano passado, o Palio Fire foi substituído como carro de entrada da Fiat pelo modelo Mobi, um subcompacto que teve a sua inspiração inicial no Uno. Já a saga do Novo Palio também foi barrada pela reestilização feita no Uno, adotando alguns equipamentos exclusivos e de série, como é o caso do assistente de partida nas rampas e o controle de estabilidade.

Por aqui, já há previsões para que em um futuro próximo deixem de ser ofertados outros carros importantes da marca. Com isso, ainda no segundo semestre de 2018, tudo indica que o Grand Siena também saia de cena, devido ao impacto da chegada do sedã Cronos. Resta ficar ligado e aguardar tudo que reserva o setor em 2018.

Por Kellen Kunz

Uno Sporting

Uno Way


Fiat Cronos 2018 – Preço, Fotos e Ficha Técnica


Conheça o carro Fiat Cronos e confira todos os seus detalhes.

Você já ouviu falar sobre o Fiat Cronos? Esse veículo está dando o que falar na Argentina e aqui no Brasil, mesmo não tendo sido lançado ainda. Ficou curioso para saber mais sobre o Fiat Cronos? Então confira esse post! Aqui nós iremos apresentar-lhe este fabuloso modelo e todos os detalhes que o circundam. Veja mais!

Fiat Cronos, um belo carro, muito conforto e economia

O carro Fiat Cronos já foi lançado na Argentina. Desde a metade dos mês de janeiros os argentinos conhecem esse belo modelo. No Brasil, o Fiat Cronos será apresentado apenas daqui algumas semanas, no dia 21/02/2018. Por não ter sido lançado oficialmente, o valor de compra e venda deste veículo ainda é um mistério, é provável que haja um aumento de 4 mil reais em relação às versões correspondentes do modelo Fiat Argo.

O valor ainda não está claro para os brasileiros, mas o que já sabemos com certeza é que haverão duas versões do Fiat Cronos comercializadas no Brasil, as quais são: a versão Drive e a versão Precision. O comprador terá duas opções de motorização para escolher e três opções de transmissão.

Mesmo que o modelo Cronos tenha tido a mesma plataforma que o veículo Argo, ele possui engenharia própria. As mudanças na estrutura do carro que será lançado no dia 21 são consideráveis: 10 quilos a mais e 36 centímetros extras no comprimento (resultando 4,36 metros no total) em relação ao modelo Argo. A capacidade do porta-malas é maior do que a do carro Argo, ele atinge 525 litros de capacidade no porta-malas, os quais não prejudicam a dinâmica do carro. As medidas de entre-eixos e largura são idênticas as do Argo: 1,72 metros de largura, 2,52 metros de entre-eixos.

Segundo a montadora e fabricante Fiat, a estrutura do sedã Cronos, desde a parede denominada como “corta-fogo” até o porta-malas do veículo, é de certa forma mais rígida que a do hatch Argo. Além da estrutura interna do carro, os amortecedores, barra estabilizadora e molas possuem uma calibração especial e diferenciada, da mesma forma é o eixo traseiro que também é diferente do utilizado no carro Argo.

Principais acessórios de série e equipamentos do Fiat Cronos

Cronos modo Drive 1.3 versão manual (valor aproximado R$ 59 mil): volante que possui opção de comandos de áudio e telefonia, sistema Uconnect com tela touchscreen de 7 polegadas, direção elétrica, Isofix, porta USB, trava elétrica das portas, ar-condicionado, vidros dianteiros elétricos, monitoramento da pressão dos pneus, airbags na zona frontal, computador de bordo com tela TFT de 3 polegadas e meia no painel de instrumentos, sistema de sinalização de frenagem de emergência, banco do motorista ajustável, cintos de segurança versão de três pontos para todos os passageiros traseiros, chave com telecomando, apoiador de cabeça central traseiro, entre outros acessórios.

Cronos modo Drive 1.3 versão GSR (valor aproximado R$ 64 mil): câmbio veicular automatizado, opção de cinco marchas, sistema Start&Stop, luz ambiente, controlador de velocidade versão cruzeiro, assistente de partida em rampa, vidros elétricos traseiros, retrovisores com opção elétrica onde possuem rebatimento dos espelhos com repetidores de setas sinalizadoras integrados, apoio braçal para o motorista, controles de tração e estabilidade.

Cronos modo Precision 1.8 versão manual (valor aproximado R$ 66.300): itens da versão Drive 1.3 GSR com o acréscimo de faróis com luz de posição em LED, sensor de estacionamento traseiro, banco traseiro bipartido, rodas de liga leve de 16 polegadas, faróis de neblina e alarme.

Todas as versões do carro Fiat Argo possuem acessórios que podem ser acrescentados no veículo.

Carolina B.


Fiat Cronos 2018 – Especificações Técnicas, Características


O Fiat Cronos 2018 é um carro com muito conforto e segurança.

O Fiat Cronos 2018 traz uma proposta bem interessante para seus usuários. Ele é um carro muito confortável e indicado para a família, pois com toda certeza as viagens nesse carro serão inesquecíveis e confortáveis. Além desse detalhe, ele também tem em seu quesito de qualidade a segurança e a economia. E são esses três quesitos que tornam esse carro com todo diferencial e muita qualidade. Vamos conhecer um pouco mais sobre todas as características desse carro.

Carro com design europeu

Para quem gosta de carros chamativos e de grande beleza vai adorar o visual do Fiat Cronos 2018. Ele lembra muito os carros europeus e, por isso, mostra muita modernidade e uma pitada de luxo. Ele vai agradar aos usuários mais exigentes e que gostam de carros chamativos.

Esse carro tem traseira hatchback e suas lanternas são arredondadas e que transpassam o porta-malas. É muito luxo em um carro só.

Vamos conhecer a modernidade na parte interna desse carro

A modernidade do Fait Cronos 2018 poderá ser vista na parte interna dele. Veja abaixo tudo que tem dentro dessa máquina poderosa:

– Direção elétrica progressiva

– Entrada USB

– Volante com comandos do rádio e telefone

– Sistema de reconhecimento de voz

– Retrovisores externos elétricos com luzes indicadoras de direção integradas

– Viva voz com Bluetooth

– Travas elétricas

– Kit multimídia

– Quadro de instrumentos com tela central

– Câmera de ré com linhas dinâmicas

– Sistema start/stop

– Travas elétricas

– Kit Parking- Sensor de estacionamento traseiro com visualizador gráfico

– Rádio Connect- AUX/USB/MP3/AM/FM

– Retrovisores externos elétricos com luzes indicadoras de direção integradas

– Vidros dianteiros com acionamento elétrico, one touch e antiesmagamento

– Isofix

– Ar condicionado

– Bluetooth

– Função Tilt Dow (rebatimento automático retrovisor direto ao acionar a ré)

– Banco do motorista com ajuste de altura

E muitas outras funções.

Falando da segurança do Fiat Cronos 2018

O Fiat Cronos 2018 é um carro que terá muitas funções que envolve a segurança. Essa é uma das características mais importantes desse carro, pois a maioria dos usuários preza pela segurança principalmente pela segurança da sua família. Veja as funções de segurança desse carro:

– Travas elétricas

– Vidros dianteiros com acionamento elétrico

– Banco do motorista

– Volante com ajuste de altura

– Segunda porta USB para passageiros da parte traseira

– Vidros dianteiros com acionamento interno

– Isofix

– Cintos de segurança retráteis de três pontos para todos os ocupantes

– Sistema de reconhecimento de voz

– Direção elétrica progressiva

– Sistema start/stop

– Display de alta resolução no quadro de instrumentos

Veja o preço do Fiat Cronos 2018

O preço do Fiat Cronos 2018 está dentro do esperado, não é considerado tão alto, é um ótimo investimento, visto a modernidade do carro. Seu valor inicial pode variar de R$48.000 a R$75.000.

Conheça a ficha técnica do Fiat Cronos 2018

O Fiat Cronos é um carro completo e com medidas perfeitas para quem preza pelo espaço e conforto. Conheça agora a sua ficha técnica:

– Comprimento 4,4 metros

– Motor 1.0 litro Firefly e 1.8 litro E.torq Evo

– Porta-malas 520 litros

– Largura 1,75 metros de altura

Outras informações como peso, altura e tanque não foram divulgadas.

Consumo o médio

O consumo médio ainda não foi informado, porém se avaliarmos a versão anterior, podemos concluir que seu consumo será bom e muito econômico.

Motor

Esse carro tem motor muito potente o que completa a sua excelência. Ele tem moto 1.0 litros Firefly de 3 cilindros, 1.3 litros Firefly motor de quatro cilindros. Essas informações são da sua versão mais simples.

Por Cristiane Amaral

Fiat Cronos 2018

Fiat Cronos 2018


Fiat Ducato 2018 – Preço das Versões e Novidades


Modelo deverá chegar às concessionárias custando a partir de R$ 103 mil.

A Fiat está repleta de lançamentos para este ano de 2018, um deles em especial promete chamar muito a atenção de quem busca por um carro que leve muitas pessoas com muito conforto e potência, que é o Fiat Ducato 2018.

O Ducato chegou ao Brasil no ano de 2000 e de lá para cá está cada vez mais popular pelas ruas e estradas do país, com configurações de minibus e cargo que possuem diversas versões.

Todo veículo foi desenvolvido para oferecer aos seus ocupantes muito conforto e segurança e até mesmo seu design foi criado para ser mais versátil, dando um ar de força, determinação e robustez.

Em termos de motorização todas as versões do Fiat Ducato possuem motores de 2.3 Multijet, movido a diesel e que oferece um rendimento de 127 cavalos de potência com capacidade de torque de até 30,7 kgfm.

O Ducato possui um câmbio manual composto por cinco marchas. A Fiat, para essa linha de 2018, se preocupou em reduzir o nível de consumo do Ducato, assim como reduzir a emissão de poluentes, atendendo às necessidades do planeta.

Como se trata de um carro para transporte de cargas ou passageiros, a fabricante se preocupou em desenvolver um conjunto que reduza o número de trocas de marchas, levando à retomadas mais rápidas.

Como ponto positivo do Fiat Ducato de 2018 temos essa otimização do consumo que vai agradar a muitos consumidores. Em contrapartida, como pontos negativos temos a sua suspensão e as portas que frequentemente ficam desreguladas.

Sempre que se fala em lançamento de carros, as pessoas logo querem saber quais são seus itens de série, que fazem toda a diferença na decisão de compra dos consumidores. Por isso, confira abaixo alguns desses itens que o Fiat Ducato Cargo oferece:

– Alternador de 150 A;

– Abertura porta traseira 270°;

– Banco do passageiro biposto;

– Direção hidráulica;

– Pneus 205/75 R16;

– Kit Anteparo do Motor;

– Tapete de borracha (opcional);

– Faróis com regulagem elétrica de altura;

– Câmbio no painel;

– Freio a disco nas 4 rodas;

– Sistema auxiliar de partida a frio;

– Airbag duplo e cintos de segurança dianteiros com pré-tensionador;

– Desembaçador com ar quente;

– Ecobag (opcional);

– Porta lateral corrediça;

– Mola traseira bi-lamina;

– Entre outros.

Agora veja os itens do Fiat Ducato Minibus:

– Airbag duplo e cintos de segurança dianteiros com pré-tensionador;

– Apoios de cabeça nos bancos dianteiros;

– Banco do passageiro biposto;

– Desembaçador com ar quente;

– Freios ABS;

– Pneus 205/75 R16;

– Ecobag (opcional);

– Direção hidráulica;

– Faróis com regulagem elétrica de altura;

– Kit Anteparo do Motor;

– Mola traseira bi-lamina;

– Vidros climatizados verdes;

– Sistema auxiliar de partida a frio;

– Entre outros;

Como características de sua ficha técnica temos um motor 2.3 tipo TDI Multijet, com transmissão manual composta por 5 marchas, com potência de 127 cavalos e velocidade máxima de 156 km por hora. O veículo possui os quatro freios à disco, sendo que dois deles possuem ventilação. Com direção hidráulica e tanque de combustível com capacidade para 80 litros.

Veja abaixo os preços das versões do Fiat Ducato do ano de 2018:

– Fiat Ducato 2.3 TDI Multijet Eco Cargo 7.5m³ 2018: Saindo por R$ 103.350,00;

– Fiat Ducato 2.3 TDI Multijet Eco Cargo L 9.0m³ 2018: Saindo por R$ 106.900,00;

– Fiat Ducato 2.3 TDI Multijet Eco10m³ MaxiCargo 2018: Saindo por R$ 110.600,00;

– Fiat Ducato 2.3 TDI Multijet Eco12m³ MaxiCargo 2018: Saindo por R$ 113.010,00;

– Fiat Ducato 2.3 TDI Multijet Multi (Teto Alto) 2018: Saindo por R$ 121.170,00;

– Fiat Ducato 2.3 TDI Multijet Eco 15L Minibus 2018: Saindo por R$ 123.970,00;

– Fiat Ducato 2.3 TDI Multijet Minibus (15 Lug) (Teto Alto) 2018: Saindo por R$ 136.450,00.

Sirlene Montes


Fiat Punto 2018 – Versões, Preço e Ficha Técnica


Veja aqui mais detalhes sobre o novo Fiat Punto 2018.

A Fiat é uma marca de carros que há muitos anos no Brasil vem surpreendendo os consumidores com automóveis de todos os portes e para todos os estilos de pessoas, sempre focada na segurança e qualidade.

E para quem não perde um lançamento da montadora italiana, a Fiat acaba de lançar o Novo Punto do Ano de 2018, um carro bem moderno e com ótimas opções de motorização.

O Novo Fiat Punto do ano de 2018 foi desenvolvido com base no modelo Fiat Argo e se caracteriza por ser um automóvel com visual bem mais moderno e esportivo.

O modelo lançado para o ano de 2018 possui uma personalização diferenciada, que é fortemente marcada por seu estilo.

Como dito anteriormente, o carro está sendo produzido com base no modelo Argo, um recente lançamento da montadora e vem com a tarefa de substituir o Fiat Palio, o Bravo e também algumas versões do modelo Palio.

O Fiat Punto foi lançado no Brasil no ano de 2005. De lá para cá ele ficou bastante conhecido e também elogiado, passando por várias modificações em seu visual, o que deve se repetir neste lançamento para o ano de 2018. Pois a Fiat está disposta a investir num Punto que enfrente os seus principais concorrentes que são o Hyundai HB20 e o Chevrolet Onix.

Falando do seu interior, os itens continuam os mesmos da sua versão anterior. Veja abaixo alguns dos equipamentos que o carro possui e que devem ser mantidos:

– Airbags;

– Antena;

– Alarme anti-roubo;

– Ar condicionado;

– Bluetooth;

– Câmera de ré;

– Alto falantes;

– Espelho retrovisor;

– Seleção de marcha;

– Tampa de combustível com trava elétrica;

– Computador de bordo;

– Bancos de regulagem;

– Farol para neblina;

– Câmbio automático;

– Sensor para estacionamento;

– Câmbio Dualogic;

– Travas elétricas.

A Fiat no Punto de 2018 focou mais na segurança, procurando facilitar a condução do veículo, assim como em oferecer mais segurança aos seus ocupantes.

Além disso, o carro chega com muitas inovações tecnológicas. Sem falar da qualidade de seus equipamentos, que são de última geração, como por exemplo, o sistema start-stop e o sistema de controle de estabilidade, entre outros. Em termos de acabamento, o carro também está muito melhorado. Veja abaixo alguns itens extras para oferecer conforto e segurança aos seus usuários:

– ABS;

– Ar-condicionado automático digital;

– Airbags;

– Hatch teto solar elétrico;

– Câmera de ré;

– Retrovisor interno eletrocrômico.

– Entre outros;

Em termos de ficha técnica temos um carro com três opções de motorização, sendo eles 1.4, 1.6 e 1.8. Seu tanque possui capacidade máxima para 60 litros de combustível e seu porta-malas comporta até 280 litros.

Sempre que se fala em um lançamento automobilístico como este, os consumidores logo procuram saber qual o seu consumo. Pois bem, o Novo Punto 2018 em sua versão 1.4 com álcool faz uma média de 12,5 km por litro na cidade e 15 km por litro na estrada. Já o motor 1.8 com gasolina tem um consumo de 9 km por litro na cidade, enquanto que na estrada seu consumo é de 12,6 km por litro.

Se você gostou do Novo Punto 2018 e gostaria de saber os valores de suas versões, veja a tabela abaixo:

– Novo Punto 1.4 Attractive2018 ( versão de entrada): Saindo por R$ 51.650,00;

– Novo Punto 1.6 Essence2018 : Saindo por R$ 57.560,00;

– Novo Punto 1.6 Essence Dualogic 2018 : Saindo por R$ 61.690,00;

– Novo Punto 1.8 Blackmotion 2018 : Saindo por R$ 63.620,00;

– Novo Punto 1.8 Blackmotion Dualogic 2018: Saindo por R$ 67.510,00;

Sendo assim, pelas tantas características do Novo Punto 2018, com certeza esse carro será mais um sucesso da Fiat no Brasil, atingindo excelentes níveis de vendas, estando no mesmo nível que seus concorrentes. Um carro bonito, potente, moderno e com um preço intermediário, enfim, um ótimo investimento.

Sirlene Montes


Fiat Weekend 2018 – Preço, Versões, Ficha Técnica


Veja aqui todos os detalhes sobre o Fiat Weekend 2018.

A linha Weekend é reconhecida pelo seu conforto, espaço e versatilidade para o dia a dia. Além do design robusto e do amplo espaço interno, tem porta-mala versátil, que é ideal para viajar com turma ou toda a família. Mas a nova linha 2018 já está sendo comercializada e a versão de entrada, que é a Attractive 1.4, que custa nada menos que R$ 60.390,00, não tem ar-condicionado ou desembaçador com ar-quente.

Por isso, atualmente, é considerado o carro mais caro do Brasil sem ar-condicionado, sendo que é um dos equipamentos essenciais para o conforto e bem-estar. Na versão, ele pode ser comprado como adicional a um preço de R$ 4.311,00. Além do ar-condicionado, há outros opcionais que podem ser comprados como, por exemplo, o desembaçador de ar quente por R$ 640,00 e o Kit Creative, que custa R$ 4.849,00 e acompanha retrovisores elétricos, vidros traseiros elétricos, volante revestido em couro que conta com comando de som e roda de liga leve com 14 polegadas.

Além disso, é possível acrescentar pintura metálica por R$ 1.790,00. Outra novidade é que a versão Weekend Adventure não está mais oferecendo a transmissão automatizada Dualogic e oferece como opção o bloqueio de diferencial Locker por R$ 2.912,00 e também a pintura metálica por R$ 1.790,00.

Na nova versão 2018, o design se destaca pelo farol com moldura e máscara negra, que ressalta ainda mais o caráter imponente. Outro diferencial é a praticidade devido à presença do sensor de estacionamento, em que o sensor de ré avisa quando há algum tipo de obstáculo no percurso, oferecendo mais proteção.

O porta-mala é o maior e o mais prático de toda a categoria e a parte externa ainda tem acabamento cromado. Para quem gosta de aventuras, o novo Weekend tem também o sistema Locker na tração dianteira 4×2, que permite que o carro saia das condições adversas de forma mais fácil como, por exemplo, em subidas íngremes, terrenos arenosos ou locais molhados.

Entre outros destaques da categoria estão a roda de liga leve 16’, computador de bordo, rádio connect, bússola e o motor e torq 1.8 16V flex. A categoria pode ser encontrada em três versões diferentes:

  • Weekend Attractive 1.4 no valor de R$ 60.390,00
  • Weekend Adventure 1.8 no valor de R$ 74.760,00
  • Weekend Adventure Dualogic 1.8 no valor de R$ 78.970,00.

A categoria conta apenas com dois tipos de motorização. Na versão Attractive é de 1.4 litro Fire Flex, que conta com 4 cilindros e consegue render cerca de 85 cavalos de potência com gasolina e 86cv com etanol, a 5.750 rpm e o torque pode chegar de 12,4 Kgfm e 12,5 Kgfm, de forma respectiva a 3.500 rpm.

Na linha adventure, o motor é de 1.8 litro E.torQ flex, que conta com 4 cilindros e pode atingir cerca de 130 cv com gasolina e 132 cv usando etanol, sendo 5.250 rpm e torque de 18,4 Kgfm e 18,9 Kgfm de forma respectiva a 4.500 rpm, que tem câmbio manual de cinco velocidades ou pode ser automatizado.

O desempenho também é o esperado para as novas versões, sendo que no motor Fire 1.4, por exemplo, o carro consegue atingir de 0 a 100Km/h em apenas 13,5 segundos na gasolina e no etanol em 13,4 segundos. A velocidade máxima atingida é de 166 Km/h e 167 km/h, respectivamente.

No 1.8 E. torQ, o novo Weekend tem capacidade para alcançar 100 Km/h em apenas 10,5 segundos e 10,9 segundos, com velocidade máxima de 182 Km/h e 184 Km/h. Em relação à revisão do carro, a marca geralmente faz a cada 10.000 Km rodados e na nova versão de 2018 o custo total de até 50.000 Km será em torno de R$ 2.900,00.

O que achou das novidades sobre o Weekend 2018?

Por Babi


Fiat Fiorino 2018 – Preço, Novidades, Ficha Técnica


Conheça a única opção comercial para quem pretende usar o furgão.

O Fiat Fiorino 2018 não traz muitas mudanças dos seus antigos modelos, porém, existem pequenos detalhes que fazem desse modelo um carro com toda a diferença. Conheça todos esses detalhes logo abaixo:

Vamos falar do valor do Fiat Fiorino 2018

Como já citei anteriormente, a nova versão do Fiat Fiorino 2018 não trará muitas mudanças, e uma das coisas que vai se manter nesse novo modelo é o padrão de preço. Essa é uma boa notícia para quem não quer ter surpresas com o valor do Fiat Fiorino 2018.

Design se manterá o mesmo

O Fiat Fiorino 2018 vai manter a mesma linha de design da sua versão passada. E para os amantes dessa marca e modelo de carro, isso é muito bom, pois quem tem interesse em comprar a versão 2018, está se baseando na versão antiga de 2017. O tamanho e dimensões desse carro serão os mesmos, sendo assim, não se terá surpresas nesse quesito.

Nova versão da Fiat Fiorino 2018 terá o mesmo motor e potência

A potência do motor do novo Fiat Fiorino continua a mesma. E isso não deixa de ser uma notícia muito boa, já que o seu motor antigo é considerado muito bom, assim como a potência do mesmo. Vamos a potência das versões do Fiat Fiorino 2018:

  • Fiorino 1.4 EVO FLEX 2018 2 portas
  • Fiorino Hard Working 1.4 EVO FLEX 2018 2 portas

Então as duas versões de lançamento Fiat Fiorino 2018 tem o motor 1.4.

Fiat Fiorino 2018 tem muitos itens de séries

Uma das partes mais interessantes para a decisão da compra do novo carro são seus itens de série. Eles podem fazer muita diferença na escolha e na decisão final de compra do novo carro. Então vamos aos itens de séries desse novo modelo:

– Barra de proteção nas portas

– Assoalhos em carpetes

– Alça de segurança dianteira do lado do passageiro

– Brake light

– Cintos de segurança dianteiro retráteis de 3 pontos

– Bancos revestidos em tecidos

– Cobertura da alavanca (empunhadura) do freio de mão

– Frisos de proteção laterais com inscrição Fiorino

– Assoalho em carpete

– Iluminação no compartimento de carga

– Inibidor de marcha ré

– Ganchos para amarração de carga

– Console central parcial com porta-copos

– Para-choques na cor preta

– Parede divisória em chapa

– Portas traseiras assimétricas sem vidros

– Iluminação no compartimento de carga

– Indicador digital de temperatura de água

– Novo motor Fire 1.4 EVO 8V Flex

– Relógio Digital

– Volante Espumado

– Quadro de instrumentos com iluminação branca

– Tomada 12V

– Vidros climatizados verdes

– Luz de leitura dianteira com interruptor na porta do motorista

E muitos outros itens de séries.

Vamos falar do valor do Fiat Fiorino 2018

O modelo do Fiat Fiorino Hard Working 1.4 EVO FLEX 2018 2 portas é de R$ 63.460,00.

O modelo Fiat Fiorino 1.4 EVO FLEX 2018 2 portas é de R$ 56.060,00.

Ficha técnica do Fiat Fiorino EVO FLEX 1.4 2018

  • Cilindradas- 1.368
  • Direção- Mecânica OPT Hidráulica
  • Torque máximo- 12,5 e 12,4 g- 3.500 rpm
  • Nº de cilindros- 4 em linha
  • Nº de válvulas por cilindros- 2
  • Tipo de Ignição- Eletrônica Digital
  • Combustível FLEX- Gasolina e etanol
  • Transmissão- Câmbio de 6 marchas
  • Altura- 1.9000 mm
  • Peso- 1117,6 kg
  • Largura- 1.926,4 mm
  • Comprimento- 4.384 mm
  • Rodas- 175/70 R14 88T- 5.5X14”
  • Tanque de combustível- 58l
  • Tração- Dianteira com juntas homocinéticas
  • Alimentação: Injeção eletrônica- Magnetti Marelli
  • Distância entre eixos- 2.717 mm
  • Suspensão dianteira- MC Pherson com rodas independentes
  • Suspensão traseira- Eixo Rígido
  • Freios dianteiros- Disco ventilado- Pinça flutuante
  • Freios traseiros- Tambor com sapata autocentrante
  • Velocidade máxima: 158 km/h e 157 km/h (g)
  • Compartimento de bagagem- C x L x A: 1887,7x 1339,3×1089,6
  • Aceleração- de 0 a 100km/h: 11,9s (e) 12,4s (g)

Essas são as principais informações do Fiat Fiorino 2018!

Cristiane Amaral


Fiat Ducato 2018 – Ficha Técnica, Características


Modelo é moderno, bonito e possui ótimas características.

Se você não perde um lançamento automobilístico, com certeza vaicse surpreender com o Fiat Ducato 2018. Um automóvel muito moderno, bonito e o melhor, com a garantia de qualidade da Fiat que todos conhecem.

O Ducato chegou ao Brasil no ano de 2000 e possui as mesmas configurações minibus e cargo que são oferecidas em diversas versões.

O Ducato 2018 chega com um visual cujo desenho busca ser mais versátil, sempre com muito conforto para seus ocupantes e segurança para as cargas transportadas.

Para este ano a montadora Italiana procurou desenvolver um visual que passe mais robustez, força e determinação.

Seu modelo Cargo possui 4 versões que oferecem uma variedade maior de escolha. Por sua vez o Minibus possui duas versões.

Falando da motorização do Fiat Ducato temos em todas as versões motores de 2.3 Multijet movidos a diesel, que oferecem um desempenho de 127 cavalos de potência e capacidade de torque de 30.7 kgfm. Já o câmbio é manual com 5 marchas.

Um dos pontos fortes do Ducato 2018 está na otimização do consumo, pois a Fiat se preocupou em equipá-lo de uma forma que consuma menos combustível contribuindo para a diminuição de poluentes no meio ambiente.

Como pontos fracos da linha temos portas que se desregulam com certa frequência e a suspensão que não é lá das melhores.

O que todo mundo sempre deseja saber é sobre os queridos itens de série que compõem as versões, pois bem o Ducato 2018 chega com uma grande variedade de itens, sendo que cada versão possui itens próprios. Mas no geral, veja abaixo os itens desta linha:

Fiat Ducato Cargo: Airbag duplo e cintos de segurança dianteiros que possuem pré-tensionador, apoios de cabeça nos bancos dianteiros, alternador de 150 A, Cintos de segurança dianteiros nas laterais que são retráteis e possuem regulagem de altura, Direção hidráulica, relógio digital, volante com regulagem de altura, Faróis com regulagem elétrica de altura, entre outros.

Fiat Ducato Minibus: Cintos de segurança dianteiros nas laterais que são retráteis e possuem regulagem de altura, desembaçador com ar quente, apoios de cabeça nos bancos dianteiros, extintor de incêndio, direção hidráulica, faróis com regulagem elétrica de altura, freio a disco nas 4 rodas, sistema auxiliar de partida a frio, Válvula antirrefluxo de combustível, entre outros.

Conheça um pouco da ficha técnica do Ducato 2018: Seu motor é 2.3 e sua transmissão é manual composta por 5 marchas. São 127 cavalos de potencia e capacidade máxima de torque de 32,6 KGfm. Com um desempenho de 126 km/h. Seus freios são a disco e com um par de ventilados. Com direção hidráulica e capacidade para 80 litros de combustível.

Preços do Ducato 2018:

– Ducato 2.3 TDI Multijet Eco Cargo 7.5m³: Siando por R$ 103.350,00;

– Ducato 2.3 TDI Multijet Eco Cargo L 9.0m³ 2018: Saindo por R$ 106.900,00;

– Ducato 2.3 TDI Multijet Eco10m³ MaxiCargo 2018: Saindo por R$ 110.600,00;

– Ducato 2.3 TDI Multijet Eco12m³ MaxiCargo 2018: Saindo por R$ 113.010,00;

– Ducato 2.3 TDI Multijet Multi (Teto Alto) 2018: Saindo por R$ 121.170,00;

– Ducato 2.3 TDI Multijet Eco 15L Minibus 2018: Saindo por R$ 123.970,00;

– Ducato 2.3 TDI Multijet Minibus (15 Lug) (Teto Alto) 2018: Saindo por R$ 136.450,00.

Com certeza o Fiat Ducato é um carro potente, forte e bonito tanto para quem transporta cargas quanto para quem transporta passageiros. A variedade de seus itens de série e itens opcionais faz desses veículos muito completos o que com certeza irá chamar a atenção de muitos admiradores que se tornarão consumidores.

Sem sombra de dúvidas o Ducato 2018 será um sucesso de vendas. Por isso escolha a versão que mais combine com você e entre o ano novo com um dos melhores carros do mercado.

Por Sirlene Montes

Fiat Ducato 2018

Fiat Ducato 2018


Fiat Argo 2018 – Novidades e Preço


Conheça aqui os principais detalhes e as novidades do Fiat Argo 2018.

Uma das maiores companhias automobilísticas internacionais está com novo veículo no mercado. Trata-se do Fiat Argo 2018, que é um automóvel do tipo hatch, desenvolvido pela Fiat. Sua estreia ocorreu na Europa, no final do mês de maio desse mesmo ano de 2017. A intenção está em promover uma substituição em relação ao modelo Punto e as versões do Palio, que possuem alto preço.

Portanto, existe previsão de estreia desse modelo no Brasil, com todas as suas novidades e acessórios para o ano 2018.

Este novo carro estilo hatch, prestes a estrear em território nacional, pela Fiat brasileira, está sendo revelado como econômico e popular, que pretender ser mais bem sucedido que o Palio, porém, as versões que são mais acessíveis e baratas, em termos de preço, continuarão a ser produzidas dentro desta linha. Entretanto, a produção do modelo Punto foi suspensa a partir do mês de janeiro de 2017, abruptamente.

De acordo com especialistas no assunto, já estava em tempo de a companhia Fiat anunciar uma novidade. Ao realizar esse feito, ela acabou por lançar um dos veículos mais comentados do momento, na internet. A expectativa do público consumidor era a de que seria o ressurgimento do clássico dos anos 90, Fiat Tipo, antes que surgisse a ideia de um novo hatch. Porém, no continente europeu, o nome Tipo é muito comum. Entretanto, a montadora batizou esse novo carro de Argo. Ainda assim, toda a estrutura básica desse Argo está em conformidade com o velho Tipo europeu. No velho continente, o Fiat Tipo já foi relançado em 2016. Os especialistas prosseguem nas previsões de que o hatch de agora se torne, no futuro, a base de um Sedan, no sentido de fazer frente aos modelos da Chevrolet, sobretudo ao Prisma e ao Hyundai HB20S.

Mas, voltando ao cerne da questão, este novo Fiat Argo 2018 estará nas concessionárias embalado pela meta de causar grande impacto nos consumidores brasileiros, pois este modelo foi precedido de outros dois carros bem sucedidos por todo o país, ou seja, o Chevrolet Onix e o Hyundai HB20, assim como outras opções de hatch dentro do segmento de grandes disputas no mercado nacional.

Mas o Fiat Argo ganhou destaque na série, tornando-se o Hatch Premium que mais atinge as expectativas dentro do mercado, conforme informações angariadas da companhia Fiat. Em realidade esse "destaque" é um modo de fazer propaganda e projetar essa marca sobre os seus competidores. Porém, é necessário que este novo Fiat Argo 2018 esteja repleto de excelentes atributos, ou seja, possuir um design esportivo, moldado ao gosto do freguês atual, com um interior espaçoso, refinado, acolhedor e aconchegante, cheio de tecnologia que facilite a vida, tornando-se cada vez mais atraente.

No que tange ao interior, o novo Fiat Argo possui uma ampla cabine, com capacidade de proporcionar muito mais conforto aos passageiros. Os especialistas em padrões secretos automotivos intuem que este novo Fiat muito provavelmente apresentará um design interior muito mais amplo e atrativo do que a concorrência pode oferecer no momento. Mesmo assim, para superar os líderes da concorrência, já coroados com o sucesso em vendas, esse novo Fiat necessitará tornar-se um padrão desejável entre os consumidores, ladear os melhores, tanto em vendas quanto em consistência. Nesse rumo, a Fiat poderá tornar-se um concorrente capaz de ocupar o lugar da Chevrolet, que hoje está nesse top.

A ficha técnica da linha Fiat Argo 2018, em termos de bom desempenho, segue:

O Motor de 1.0 na versão FireFly chega a 72 CV e torque de 10,4 KGFM quando utiliza gasolina e chega a 77 CV e 10,9 KGFM quando utiliza álcool, estando constantemente atrelado ao câmbio manual munido de cinco marchas.

O Motor de 1.3 na versão Firefly chega a 101 CV e 13,7 KGFM em seu desempenho com gasolina e chega a 109 CV e 14,2 KGFM quando utiliza álcool. Essa versão está aparelhada com dois câmbios, ou seja, o manual com cinco velocidades e o automatizado Dualogic com cinco marchas.

O Motor de 1.8 na versão E.torQ EVO chega a 135 CV a 5.750 de RPM e a 18,8 KGFM em torque a 3.750 RPM quando utiliza gasolina. Quando utiliza álcool esse veículo atinge até 139 CV a 5.750 de RPM e torque de até 19,3 KGFM a 3.750 de RPM. Aparelhada com os dois tipos de câmbio, essa versão pode utilizar tanto o manual, com cinco velocidades, quanto o automático com seis marchas.

As dimensões físicas do novo Fiat ainda não estão disponíveis, mas conforme a apreciação dos especialistas, ele certamente terá um comprimento de até 4 metros, com a distância dos entre-eixos em 2,5 m e o seu porta-malas terá provavelmente capacidade de mais ou menos 300 litros.

Vale a pena consultar as fotos e mais detalhes acessando o site da montadora.

Paulo Henrique dos Santos


Fiat Doblo 2018 – Ficha Técnica, Preços


Fiat Doblo 2018 tem motor potente e design moderno. Confira as versões e preços.

O Fiat Doblo já é um carro bem conhecido aqui no Brasil, e sua reputação é muito boa também. Esse modelo foi lançado aqui no Brasil no ano de 2001 e desde então vem conseguindo muitos admiradores de sua modernidade. O que pode afirmar que esse modelo de carro é top de linha.

Fiat Doblo 2018 promete muitas mudanças

O novo modelo Fiat Doblo 2018 terá muitas mudanças e uma delas é seu motor 1.8 litros Flex. E além dessa mudança que já agradou a muitos admiradores dessa linha de carro, tem também essas abaixo:

– Controle de tração e estabilidade

– Novos faróis e o design totalmente novo

– Ar condicionado Digital

– Linhas mais retas que vai lembrar o Kia Soul

– Variados novos itens de séries que vamos conhecer logo abaixo nesse artigo

Fiat Doblo 2018 tem design robusto e que chama atenção

Para quem gosta de um carro grande e chamativo, esse modelo é muito indicado. Além do design bem moderno, esse carro traz maior conforte e sensação de liberdade. Outro detalhe bem interessante desse carro é que ele tem uma grande área envidraçada, o que o torna mais bonito ainda.

Onde é fabricado o Fiat Doblo 2018?

Poucas pessoas sabem que O Fiat Doblo é fabricado na cidade de Betim, em Minas Gerais. Ele é considerado um dos carros mais completos da linha. Indicado para os amantes de carros potentes e robustos.

Veja os itens de série do Fiat Doblo 2018

Os itens de série são muito importantes em qualquer carro, e por isso o Fiat Doblo 2018 caprichou nos seus itens de série. Veja abaixo a lista completa:

– My Car Fiat

– Protetor de cárter

– Airbag Duplo

– Direção Hidráulica

– Ar-Condicionado

– Follow Me Home

– Vidros dianteiros elétricos

– Computador de bordo

– Freios ABS com EBD

– Portas laterais corrediças

– Vidros dianteiros elétricos

– Console central com portas-copos, porta-objetos sob o teto, e bolsas porta-objetos nas portas dianteiras

Veja os itens de série da versão Adventure 1.8 com 6 lugares

– Ar condicionado digital

– Apoio de braço para o motorista

– Vidros e travas elétricas

– Cinto de três pontos para os passageiros

– Sistema de rádio connect

– Direção Hidráulica

– Volante revestido em couro com comandos para rádio e regulagem de altura

– Rodas de liga leve aro 16

Consumo do Fiat Doblo 2018

Outra informação importante sobre o Fiat Dobo 2018 é o seu consumo. Já podemos adiantar que o consumo médio da versão 2018 é muito parecido com a versão 2017, não havendo mudanças tão grandes. O consumo médio com etanol na cidade é de 6,4 km/l e na estrada pode chegar até 7,0 km/l.

Já o consumo médio com gasolina na cidade é de 9,3 km/l e na estrada pode chegar até 10,2 km/l.

Veja os valores das versões da nova Fiat Doblo 2018

O modelo mais barato é o Novo Doblo Essence 1.8 Flex 5 lugares R$ 78.040,00

O modelo de valor médio é o Novo Doblo Essence 1.8 Flex 7 lugares R$ 79.460,00

O modelo mais caro é o Novo Doblo Adventure 1.8 Flex 6 lugares R$ 86.510,00

Como podemos ver são 3 opções para o diversos gostos e bolsos, e todas as versões são top de linhas. O que diferencia o valor de cada modelo são pequenos detalhes e itens que acabam tornando um carro mais caro que o outro.

O Fiat Doblo é um carro completo e que dificilmente vai desagradar o consumidor final. Ideal para quem gosta de passar horas no trânsito com muita segurança e conforto!

Por Cristiane Amaral

Fiat Doblo 2018


Fiat Palio 2018 – Ficha Técnica, Características


O novo Fiat Palio 2018 apresenta algumas mudanças significativas. Confira.

A grande maioria das indústrias que atuam no Brasil sejam elas de qual setor for estão apostando que o ano de 2018 vai ser mais uma temporada de recuperação associada a um bom número de vendas. Visto que, nos últimos meses a economia brasileira voltou a crescer e as empresas voltaram a ter um bom lucro. Após o período de recessão que todo o país enfrentou. E esse fato não é diferente para o setor automobilístico. Já que, a maioria das montadoras já anunciou seus modelos de automóveis para o próximo ano. E um dos carros que promete agitar o mercado em 2018 é o novo Fiat Palio modelo 2018. Conheça um pouco mais sobre este veículo.

Nome forte no grupo das maiores montadoras do mundo. A Fiat foi fundada na cidade de Turim na Itália a mais de um século. Unindo a paixão dos italianos por carros, a qualidade e a sofisticação dos produtos italianos a marca é uma das que mais vendem carros ao redor do mundo. Devido também ao bom preço de seus veículos. A Fiat conta com concessionárias, lojas autorizadas e fábricas nos mais diferentes países dos diversos continentes atendendo a um público numeroso que sabe dos benefícios em adquiri um produto da montadora italiana.

Os carros da empresa de Turim são conhecidos em todo o mundo e a marca é uma das mais lembradas quando uma pessoa pensa em adquirir um novo carro. Além disso, os automóveis são muito bem avaliados também pela crítica especializada em veículos. Pois, a cada novo lançamento a Fiat consegue se reinventar e voltar mais forte no mercado automobilístico competindo de igual para igual com outras montadoras espalhadas pelo mundo.

Falando de forma mais específica, o seu mais novo lançamento é o novo Fiat Palio modelo 2018.

Todos conhecem o Palio, ele é um dos modelos mais tradicionais do mundo e também um dos que mais tiveram sucesso em todo mercado nacional. Visto que é um carro que atende a necessidade de diferentes grupos de pessoas, desde indivíduos mais novos que estão adquirindo o primeiro automóvel até os de pessoas mais velhas que há anos possuem carros. Primeiramente, o novo Fiat Palio modelo 2018 apresenta algumas mudanças significativas. A primeira transformação se deu em seu design, ele está muito mais esportivo, graças às novas formas do Palio. Ele ganhou um ar mais dinâmico e arrojado para enfrentar qualquer tipo de pista. Ele também está maior e com mais espaço para que motoristas e passageiros tenham uma boa acomodação.

Na parte interna, o Palio 2018 ganhou um novo desenho em seu painel. Esta parte ganhou mais repartições e também foi revestida com um material melhor. O painel do motorista apresenta mais funções, para que ele saiba exatamente todas as condições do carro. O novo Fiat Palio modelo 2018 pode ser sincronizado com diferentes aparelhos eletrônicos para que você possa ouvir suas músicas, carregar celulares, dentre outras funções. O volante também ganhou mais funções, o motorista pode dar início a diferentes comandos a partir dele. Lançado em diferentes versões com motorizações diversas, o Palio 2018 conta inicialmente com 73 cavalos, um bom número para quem vai usar o modelo apenas na área urbana. Ele também conta com novos itens de segurança, como travas elétricas, estabilizados e outros mecanismos. Ele pode ser abastecido com gasolina ou etanol, isso fica a cargo do motorista.

O seu preço final tende a variar muito. Já que a Fiat oferece aos consumidores muitas possibilidades de inclusão ou exclusão de equipamentos, mudança nas cores do carro. Você pode montar um veículo muito particular e que atende ao seu gosto. O novo Fiat Palio modelo 2018 já está à venda em todo o Brasil e pode ser encontrado inicialmente pelo preço de R$ 40.000,00.

Para saber mais sobre o modelo, acesse: www.fiat.com.br/index.html.

Por Isabela Castro

Fiat Palio 2018

Fiat Palio 2018


Fiat Grand Siena 2018 – Novidades, Características


O novo Grand Siena chega ao Brasil com novos itens de série, transformando-se em um sedan premium.

O ano de 2018 será de muitas novidades para o setor automotivo. As grandes marcas estão investindo muito para conquistar mais clientes e aumentar as suas vendas para o próximo ano.

E neste artigo vamos falar sobre um dos modelos mais requisitados da Fiat, o Siena 2018 que agora é chamado de Grand Siena 2018. Você já sabe sobre as novidades que este carrão vem trazendo para o ano que vem?

Se você ficou interessado em saber e é um dos seguidores da Fiat, gosta dos carros que ela fabrica, continue lendo este texto e veja o que vem por aí e quais inovações vão aparecer no Grand Siena em 2018.

Histórico

O Grand Siena foi lançado em 2012 e em 2018 será reestilizado e passará por algumas mudanças, a primeira e última mudança foi feita neste ano de 2017.

Este sedan compacto da Fiat é a segunda geração do Fiat Siena. Nesta geração as alterações que foram feitas foi o chassi, desenho e interior. Estas mudanças fizeram com que este novo veículo aumentasse seu comprimento, altura, largura e espaço entre eixos.

Com este novo estilo o porta malas passou de 500 para 520 litros em relação a primeira geração.

Novos retoques para 2018

Uma promessa foi feita: elegância e agilidade. Segundo informações, o novo Grand Siena chega ao Brasil com novos itens de série, transformando para um sedan premium, veja abaixo o que pode surgir com estas novidades.

Um novo câmbio automático com 6 marchas, sistemas de controle de estabilidade e tração, além disso, assistente de partida em rampa e novos motores, sendo um deles 1.3 flex 16V da nova família GSE.

Consumo pode mudar

Mudanças no consumo também podem ocorrer. O motivo é por conta da nova parte mecânica do Grand Siena, em relação ao modelo 2017, segundo informações o consumo médio do novo modelo será semelhante.

A média para o modelo 1.0 e câmbio manual de 5 velocidades é de 8,1 km/litro com etanol na cidade, no entanto, na estrada poderá chegar até 9,8 km/litro. Com abastecimento a gasolina, o consumo na cidade chega em torno de 11,5 km/litro e conforme dados do Inmetro na estrada percorre cerca de 14,1 km/litro.

Grand Siena 2018 pode ficar mais caro

A Fiat é uma das montadoras que mais emplaca carros no Brasil. No entanto, existem alguns relatos noticiam que o modelo 2018 será construído em Córdoba na Argentina, um fator que poder encarecer um pouco os preços aqui no Brasil.

Se considerar a inflação de 2017, o novo modelo na versão 1.0 pode sair cerca de R$ 44.240 e a Essence 1.6 poderá chegar até R$ 61.180.

Segunda metade de 2018 está previsto

A chegada do Grand Siena 2018 está prevista para chegar ao Brasil na segunda metade de 2018 e as novidades para este modelo serão alguns equipamentos opcionais e uma nova roda que é item da série especial Sublime.

Haverá um pacote Creative para as versões Atractive onde as maçanetas e retrovisores externos serão na cor do veículo, com friso cromado e luzes de cortesia traseiras. Além disso, estão inclusos vidros elétricos traseiros com one touch e antiesmagamento, os retrovisores elétricos e outros itens que podem ser conferidos na parte itens opcionais.

O valor inicial deste pacote será de R$1.640. Agora é esperar e confirmar as novidades e possíveis inovações para este novo sedan da Fiat.

Lembrando que a Fiat tem liderado as vendas no Brasil nas últimas décadas e para os próximos anos não será diferente, um dado importante é que no ano de 2016 ela foi responsável de 20% de todos os automóveis emplacados no Brasil.

Será que essa informação vale um destaque? Se este artigo foi interessante, compartilhe com outros fãs do Grand Siena e as novidades para 2018.

Por Marcio Ferraz

Fiat Grand Siena 2018

Fiat Grand Siena 2018


Fiat Strada 2018 – Preço, Ficha Técnica e Novidades


Confira aqui mais detalhes sobre o Fiat Strada 2018.

Mais uma vez, a Fiat surpreende todos os seus consumidores fiéis e, desta vez, ela tenta inovar mais uma vez no segmento dos utilitários leves, que já conquistam a cada dia mais o mercado brasileiro.

Depois de lançar neste ano de 2017 o robusto Fiat Toro, também na versão à Diesel, a montadora se volta para uma completa reestilização de um de seus sucessos no segmento dos utilitários: O Fiat Strada.

Feito para concorrer com outros utilitários, o veículo deve chegar às concessionárias brasileiras com a algumaas modificações que poderão ser notadas a começar pelo tamanho.

A versão 2018 será maior que a atual e de outros modelos como o Oroch da Renault. Entretanto, quem pensa que ele vai ser uma alternativa ao Toro, pode estar redondamente enganado. Ele ficou um pouco menor, justamente, uma opção desenvolvida para os consumidores que gostam de carregar peso, mas nem tanto.

As outras mudanças podem ser notadas pela nova motorização desenvolvida pela marca, além do espaço interno cuja finalidade é proporcionar um maior conforto aos seus ocupantes.

Lançada inicialmente em 1999, a Fiat Strada surgiu como uma versão de carga do saudoso Fiat Uno. A mesma plataforma foi utilizada pela montadora para o lançamento das versões do tipo furgão.

Com o passar do tempo e com o surgimento de novas picapes de carga pequenas por parte dos concorrentes, a marca sentiu a necessidade de se utilizar novos modelos mais robustos e que também pudesse oferecer mais vantagens aos seus usuários.

O atual modelo foi projetado sobre a antiga plataforma de um outro sucesso já fora de linha da montadora, o Palio, ainda dos anos 90.

Com a versão 2018, é possível que a Fiat tenha aproveitado a mesma estrutura do Toro, o que contribuiu para dar mais robustez e força ao novo modelo.

A nova Strada vai passar de ter uma cabine um pouco mais alongada para uma cabine dupla de verdade. Esta é uma das principais mudanças no visual do novo veículo. Assim, quem comprar uma e tiver uma família numerosa, vai poder levar até cinco passageiros na sua parte interna.

Tanta robustez e maior capacidade pede um motor mais eficiente. Deste modo, a Fiat promete um motor, além de mais potente, mais limpo e econômico.

A novidade fica por conta do motor 1.3 de quatro cilindros e com 100 cavalos de potência. Além desta versão, a Fiat vai manter a versão mais potente de 1.8 com 139 cavalos, a torQ EVO.

Além do motor, a nova linha vai ganhar outra transmissão mais moderna, agora com seis marchas. Assim sai de cena o já ultrapassado câmbio Dualogic e este dá lugar ao de modo automático, o mesmo sistema adotado no Fiat Toro e no seu concorrente, o Renegade.

Para quem já está preocupado se com a nova Linha 2018, os outros modelos poderão desaparecer do mercado, pode ir ficando tranquilo. A montadora não acenou com a possibilidade de deixar de fabricar as outra versões.

Os fãs do utilitário da Fiat que pensam em trocar o seu modelo antigo pela nova versão 2018 ou que estão pensando em comprar o novo lançamento, deverão aguardar até o ano que vem.

Além de entrarem numa fila de espera para comprar o novo modelo, quem quiser ter o seu modelo na garagem vai ter que preparar o bolso também. O atual modelo, considerado um dos utilitários mais vendidos no Brasil, não está saindo por menos de R$ 46.000,00 a mais básica e por mais de R$ 76.000,00 a mais completa.

Para 2018, com as novas modificações e as novidades para o consumidor brasileiro, este preço deverá ser mais elevado com toda a certeza.

Emmanoel Gomes


Fiat Toro 2018 – Versões, Ficha Técnica


Fiat Toro 2018 conta com motor potente 1.8.

A Fiat fez muitas mudanças no novo modelo da Toro 2018, e umas das principais delas foi o motor que agora é 1.8. para quem gosta de um carro com o motor mais potente, o Fiat Toro cumpre muito bem esse papel. Com motor Flex e 139 cavalos esse carro se torna uma versão bem rápida e potente, para quem gosta de pisar no acelerador ele tem essa vantagem.

Fiat Toro 2018 tem câmbio automático

O Fiat Toro possui câmbio automático e 9 marchas. Realmente é um carro bem completo tanto na parte do motor como em seus acessórios. Tem tudo para bater muitas vendas em pouco tempo, já que ele possui muitos atrativos.

Versão com cabine simples

A nova versão traz a cabine simples que também é um ponto positivo, já que muitas pessoas optam por poucos detalhes nessa parte do carro. E isso também ajuda a destacar o design interno e externo, como cor e detalhes como as rodas, retrovisores e maçanetas.

Itens de série

O Fiat Toro tem muitos itens de séries, e dependo do modelo esses itens são completos. Veja abaixo os itens que podem estar em algum modelo do Fiat Toro:

– Piloto automático

– Freios ABS

– Vidros elétricos

– Computador de bordo

– Direção elétrica

– Ar condicionado

– Airbags duplos

Itens de luxo para as versões mais completas

Para quem gosta de ter itens luxuosos no carro, o Fiat Toro 2018 também traz essa possibilidade. Alguns modelos podem ter:

– Faróis em LED

– Sensor de estacionamento

– Rodas de liga aro 17

– Central multimídia com tela LCD touch Screen de 5 polegadas

– Teto solar elétrico

– Volante Multifuncional revestido em couro

– Direção elétrica

– 7 Airbags

– Retrovisor elétrico com memória

– Tração 4×4 4WD

– Piloto automático

Carro com teste de consumo Fiat Toro 2018

Para garantir que o consumo do Fiat Toro é muito bom, foi realizado um teste do INMETRO que constatou que esse modelo de carro, consegue roda com facilidade na cidade e também na estrada. Isso se baseando no abastecimento com gasolina e álcool.

Motor 1.8 Flex

– O consumo cidade foi avaliado e o resultado foi: 5.8 com álcool e 7.4 com gasolina por km/l.

– O consumo estrada foi avaliado e o resultado foi: 8.3 com álcool e 10.5 com gasolina por km/l.

Motor 2.0 diesel

– O consumo na cidade foi avaliado e o resultado foi: 9.4 com diesel por k/l.

– O consumo na estrada foi avaliado e o resultado foi: 12.9 com diesel por k/l.

A conclusão final desse teste mostrou que ele o Fiat Toro 2018 é um carro econômico e versátil. Capaz de tornar a vida do seu condutor bem mais prática, e isso aumenta mais ainda as chances de as vendas serem um sucesso.

Carro confortável

O Fiat Toro é um carro muito confortável, seus bancos proporcionam bem-estar tanto ao motorista, quanto aos outros ocupantes. Essa é uma grande preocupação na hora de comprar um carro novo e nesse quesito a marca está de parabéns.

Valor de mercado

O valor de mercado do Fiat Toro é bem acessível para quem pode pagar por uma máquina dessas. Ele está dentro da normalidade e pode variar muito de acordo com o modelo escolhido e pelos acessórios que ele tem. Veja a tabela abaixo:

– Fiat Toro Freedom 1.8 automático 4×2 Flex custa R$ 82.930,00

– Fiat Toro Freedom 2.0 diesel automático 4×4 custa R$ 124.550,00

– Fiat Toro Freedom Opening Edition 1.8 automático 4×2 Flex custa R$ 84.400,00

– Fiat Toro Freedom 2.0 diesel manual 4×4 R$ 107.150,00

– Fiat Toro Freedom 2.0 diesel manual 4×2 R$ 98.730,00

Agora é só escolher o modelo prefiro e comprar!

Por Cristiane Amaral

Fiat Toro 2018

Fiat Toro 2018


Fiat Strada – Novidades da Nova Geração


Nova geração da picape traz mudanças e será lançada no final de 2018.

A picape que está na frente das vendas do seu segmento desde o ano de seu lançamento (1998) estreia neste próximo ano a sua nova geração de carros. Esta estreia servirá para manter a Strada no caminho do sucesso, a montadora pretende adequar a geração inteira do modelo dentro dos gostos dos seus compradores que se renovam a cada ano.

Ansioso para saber o que vem por aí? Então acompanhe o post, nós vamos te contar quais são as características previstas para o carro, além dos rumores que se entrelaçam no lançamento e as novidades sobre a nova geração do Fiat Strada 2018.

Confira algumas informações sobre a picape esportiva da Fiat!

Qual será a data de lançamento da nova geração da Fiat Strada?

As mudanças na picape foram totalmente pensadas nos gostos, ideias e opiniões dos consumidores, por isso não há como colocar defeitos nas mudanças, todas elas foram pensadas e entrelaçadas ao conforto e economia que os motoristas de carros deste estilo precisam.

Mesmo tendo uma ideia do que virá no lançamento da nova picape da Fiat, já sabemos também que ela, que promete ser um belo econômico e ainda mais confortável carro, não será lançada neste ano de 2017. A data certa de liberação para compra do carro no Brasil ainda não foi definitivamente divulgada, mas a empresa responsável informou que a nova geração 2018 dos carros Strada será disponibilizada para compradores apenas no término do ano que vem.

Quais são as mudanças previstas no modelo 2018?

Se você gosta de carros esportivos este novo modelo irá encher os seus olhos e a vontade de adquirir este modelo vai aumentar quando observar as fotos divulgadas pela fabricante Fiat, através dela podemos imaginar o que esperar andando nas ruas durante o finalzinho do ano que vem. Belas mudanças estão a caminho, algumas podemos afirmar de acordo com as fotos oficiais, outras foram mostradas através de comunicados e notícias da própria fabricante de carros.

Confira a lista com algumas mudanças na mais nova picape esportiva da Fiat:


· A cabine poderá, por fim, ser considerada dupla: Mais espaço à vista, o carro leva até 5 pessoas com tranquilidade e conforto!


· A Strada que antes possuía 4 metros e 47 centímetros passará a medir 4,70 metros.


· O motor das máquinas será mais potente e também mais econômico.


· O câmbio automático dualogic será substituído pelo câmbio automático com 6 marchas.


· O design do carro foi mudado, o que possibilitou para o modelo um ar ainda mais esportivo e ao mesmo tempo muito elegante.

Strada: carro clássico da Fiat possui concorrentes firmes no mercado brasileiro

O modelo Strada da Fiat é considerado um veterano da marca, por este motivo muitos clientes da montadora dão preferência pelo modelo por conhecerem e confiarem na performance automobilística da Strada.

Já os novos clientes que estão pensando adquirir o modelo Strada, também cogitam adquirir um modelo da Renault, o Oroch (ou seja este é o principal concorrente da Fiat Strada de acordo com as pesquisas feitas no mercado atual com clientes em potencial).

Mas conforme feitas as mudanças para adaptar a Strada aos novos gostos dos antigos e novos clientes, o modelo repaginado tem muitas vantagens acima do modelo Oroch. Questões como economia, design, versatilidade, conforto tanto para o motorista quanto para os passageiros e versatilidade fazem com que a nova geração do modelo Fiat Strada possua preferência no gosto dos próximos clientes da marca.

Muitas tecnologias acompanham este modelo. O que você achou das mudanças feitas no carro Strada? Conta pra gente na caixa de comentário logo abaixo do post!

Por David Ferreira

Fiat Strada 2018


Fiat Argo 2018 – Lançamento, Características


Como estratégia para alavancar as vendas do novo modelo, a Fiat apostou em linhas mais dinâmicas e modernas, o que traz um visual mais leve e mais esportivo ao modelo.

Para quem é fã dos veículos da FIAT já sabe que a montadora italiana já é famosa por sua capacidade de inovar e sempre reinventar os seus modelos de automóveis que já estão em uso no mercado.

Mantendo esta tradição, a montadora resolveu presentear os consumidores brasileiros e, desta vez, apresenta a sua grande aposta para 2018: o Fiat Argo.

Sempre mantendo a sua atuação num dos segmentos de carros que mais vende no Brasil, a categoria hatch, a Fiat continua firme e forte e aposta todas as suas fichas naquele que promete ser mais um sucesso de vendas, assim como foi durante anos desde o lançamento do famoso Fiat 147, na década de 80, o precursor do Uno Mille da década de 90.

Tentando aliar conforto, qualidade e, principalmente, economia, o novo Fiat Argo deverá surgir no cenário brasileiro para substituir as versões mais caras do tradicional Palio e do Fiat Punto, uma versão mal sucedida de um hatch de luxo que não emplacou muito bem no Brasil (ele deixou de ser fabricado em definitivo em janeiro de 2017).

Mas não se assustem os consumidores brasileiros pelo fato do Fiat Palio sair de linha. Não serão todos. A versão mais barata, a Fire continuará a ser fabricada (para a alegria da maioria!). Mantendo o seu modelo mais econômico e com a promessa de que o novo modelo não deixará este fator de lado, a montadora assume o compromisso da economia com seus consumidores.

Depois de tentar manter em segredo o lançamento do novo modelo, a Fiat até que tentou esconder, inclusive mudando o nome do projeto de X6H, depois para Fiat Tipo (um sucesso de vendas na década de 90), mas não conseguiu por muito tempo.

A intenção da empresa italiana é que depois do lançamento do Argos em 2018, a mesma plataforma seja aproveitada na fabricação de um modelo do tipo Sedam que segue, por hora, sem definição pela mesma.

A chegada do Fiat Argo ao mercado brasileiro é uma tentativa de fazer concorrência na categoria dos hatches aos seus principais concorrentes como o Onix, da Chevrolet e o HB 20, da Hyundai.

Como estratégia para alavancar as vendas do novo modelo, a montadora apostou em linhas mais dinâmicas e modernas, o que traz um visual mais leve e mais esportivo.

Esta seria uma das maneiras que a Fiat encontrou para conseguir mais fãs da marca. Realmente quem já viu as primeiras fotos do estreante pode confirmar o seu visual bem mais arrojado e conectado com as últimas tendências do mercado.

O novo Fiat Argo deverá chegar às concessionárias da marca em todo o país com três tipos de versões: o motor 1.0 do tipo Firefly com 72 e 77 cv de força e a gasolina e a álcool, respectivamente e um câmbio manual de cinco tempos; motor 1.3, com 101 e 109 cv de força, sendo a gasolina e álcool e com câmbio manual e automático e motor 1.8,o mais potente da linha, com 135 cv de força, a gasolina e álcool com 139 cv de potência. Ambos também com câmbios tanto automáticos quanto manuais.

Em termos de comprimento, o novo modelo possui cerca de 4 metros e vem com um porta-malas com capacidade para cerca de 300 litros.

Como itens de segurança, ele vem com sistema start stop e controle automático de tração e de estabilidade (somente para as versões mais completas por enquanto).

No aspecto interno, o novo Fiat Argo promete um espetáculo de conforto e funcionalidade. Com bancos mais anatômicos, um painel de navegação e uma central multimídia digital em tela plana que deverá ser capaz de se conectar com os aparelhos celulares, a Fiat pretende implantar um conceito de sofisticação e funcionalidade ao seu novo modelo hatch.

Com relação ao preço, este é um quesito que a empresa ainda conseguiu manter em sigilo. Se você gosta de novidades, então é bom aguardar o ano de 2018 chegar e reservar um bom dinheiro no banco se estiver disposto a levar o Argo para casa.

Por Emmanoel Gomes

Fiat Argo 2018


Novo Fiat Cronos 2018 – Novidades e Vídeo de Apresentação


Confira aqui as principais novidades presentes do Fiat Cronos 2018.

A Fiat já divulgou as imagens oficiais do seu novo projeto, o Cronos. Primeiro foi um vídeo no Youtube que deixou todo mundo a par do que vem por aí e foi possível ver uma espécie de versão sedã do Argos, com algumas novidades e muitas melhorias. E não é por menos que a Fiat está chamando a atenção para o Cronos, pois a Volkswagen está investindo pesado no Virtus.

O vídeo oficial do Cronos é rápido, mas mostra muito sobre o modelo e a frase 'Um Novo Tempo' fez muita gente lembrar do lançamento do Tempra, quando a empresa adotou o slogan 'É Tempo de Tempra'. A empresa parece gostar de usar a palavra 'tempo' em suas campanhas publicitárias, para dar uma ideia de que está à frente da concorrência, quando na verdade a Fiat sempre parece correr atrás do prejuízo. Mas com o Cronos muita coisa pode mudar, já que o modelo inclusive tem chances de trazer novos conceitos para o mercado, principalmente no que diz respeito ao visual.

No vídeo que circula pela internet, é possível perceber logo o estilo colméia do veículo, na cor preto muito brilhante e o capô com vincos bem parecidos com os do Argos. Tudo indica que o Cronos, apesar de novo, em alguns pontos pode trazer antigos conceitos, sendo uma mistura do que já é sucesso com as novidades que a empresa quer trazer para o mercado.

Por dentro, quase nada é visto, mas do pouco que é mostrado percebe-se um acabamento interno mais escurecido e bem melhor do que seu irmão hatch. A Fiat deve ter escutado as críticas em relação ao Argos e procurou acertar mais neste modelo.

No vídeo, a companhia quis fazer um suspense, mas acabou mostrando mais do que gostaria, começando pela traseira, que aparece mais alta e com linhas que deixam o visual bem mais harmonioso com o restante do veículo. A lanterna traseira logo chama a atenção, contando com iluminação em LED e visual triangular, muito parecido com a do Audi A3 Sedan. A promessa da Fiat de trazer um veículo novo para o mercado, acaba não sendo cumprida totalmente, pois o Cronos em alguns aspectos, parece ter adotado partes de outros modelos, mas sem perder a beleza como um todo, pois conseguiu mesclar bem cada parte. Um bom exemplo são os retrovisores com as setas integradas.

Deixando a parte estética um pouco de lado, o Cronos diferencia do Argos em vários pontos no conjunto mecânico, por exemplo, não será possível encontrar a versão equipada com motor 1.0 de 3 cilindros, pois ele é muito mais pesado e um motor mais fraco não conseguiria cumprir seu papel. Sendo assim, a versão de entrada é a 1.3 Firefly com 109 cv e 14,2 kgfm. A opção de câmbio é manual com 5 marchas e também o automotorizado GSR, com 1.8 E.torQ de 139 cv e 19,3 kgfm.

O consumidor deve ter em mente que antes de optar por um Cronos, é preciso saber o que tem em mente. Quem busca economia, já pode procurar por outra opção, porque esta não é a meta deste modelo. Agora, quem gosta de tecnologia, potência, conforto, segurança e muita modernidade, além de buscar por um veículo com visual diferenciado, certamente ficará satisfeito com o novo lançamento da Fiat.

Um detalhe importantíssimo é que apesar de chegar ao mercado prometendo inovação, na verdade a concorrência está com modelos equiparados ao lançamento da Fiat, ou seja, tudo que você encontra neste modelo, poderá ver em veículos de outras marcas, com preços diferenciados, então é bom comparar e ver a configuração de cada um, analisando finalmente o preço, para ver os prós e contras de cada um e assim fazer a escolha certa, adquirindo um veículo que atenderá suas necessidades.

Por Russel


Fiat Mobi 2018 – Ficha Técnica, Versões


O modelo é um subcompacto muito prático para ser usado na cidade no dia a dia.

A proposta racional do FIAT Mobi é de um carro subcompacto com muita praticidade na cidade, para o uso no dia a dia, no trânsito e para trajetos urbanos, nem por isso o pequeno da FIAT deixa de ter qualidades em sua oferta de equipamentos e principalmente na boa relação custo-benefício, agradando muitos compradores que prezam pela economia de combustível e robustez na condução.

Com um design polêmico para muitos e arrojado para outros, o FIAT Mobi tem 3,56 metros de comprimento e entre eixos de 2,3 metros, perfeito para grandes centros urbanos onde a oferta de vagas é reduzida e a condução pesada no tráfego se faz necessária com um carro ágil.

A motorização é o motor 1.0, flexível, já presente em vários outros modelos da montadora italiana, com 75 cavalos de potência e 9,9 kgfm de torque, o câmbio é o manual de cinco marchas ou automatizado dependendo da versão oferecida.

A FIAT disponibiliza o seu pequeno notável em cinco versões, MOBI Easy, MOBI Like, MOBI Drive, MOBI Way e MOBI Drive GSR, sendo a top de linha a aventureira, MOBI Way e a MOBI Drive GSR com câmbio automatizado, o descritivo de todas elas estão abaixo:

Versões, Equipamentos e Preços

FIAT MOBI Easy 2018

Motor 1.0 flex com cinco portas

Preços a partir de R$ 34.210,00

Cores Disponíveis: Sólidas Branco, Vermelho e Preto, Metálicas Prata e Perolizadas Branca

Ficha Técnica:

Porta-Malas de 235 litros

Tanque de Combustível de 47 litros

Altura de 1490 milímetros, Comprimento de 3566 milímetros e Largura de 1633 milímetros

Principais Equipamentos de Série:

Barras de proteção nas laterais das portas, rodas de aço, luz interna de leitura, sistema anti-travamento, airbags e tomada 12V.

Opcionais:

Kit Funcional com lavador e limpador do vidro traseiro e vidros e travas elétricas por R$ 1.966,00 ou Ar Quente com Desembaçador por R$ 541,00

FIAT MOBI Like 2018

Motor 1.0 flex com cinco portas

Preços a partir de R$ 40.190,00

Cores Disponíveis: Sólidas Branco, Vermelho e Preto, Metálicas Prata e Perolizadas Branca

Ficha Técnica:

Porta-Malas de 235 litros

Tanque de Combustível de 47 litros

Altura de 1490 milímetros, Comprimento de 3566 milímetros e Largura de 1633 milímetros

Principais Equipamentos de Série:

Ar condicionado, barras de proteção nas laterais das portas, rodas de aço, luz interna de leitura, sistema anti-travamenteo e airbags, tomada 12V, vidros elétricos e regulagem de altura do volante

Opcionais:

Kit Live com rádio e lavador e limpador do vidro traseiro por R$ 2.549,00 ou Kit Connect com rádio, volante com funções e lavador e limpador do vidro traseiro por R$ 2.227,00.

FIAT MOBI Drive 2018

Motor 1.0 flex com cinco portas

Preços a partir de R$ 41.790,00

Cores Disponíveis: Sólidas Branco, Vermelho e Preto, Metálicas Prata e Perolizadas Branca

Ficha Técnica:

Porta-Malas de 235 litros

Tanque de Combustível de 47 litros

Altura de 1490 milímetros, Comprimento de 3566 milímetros e Largura de 1633 milímetros

Principais Equipamentos de Série:

Ar condicionado, barras de proteção nas laterais das portas, rodas de aço, luz interna de leitura, sistema anti-travamenteo e airbags, tomada 12V, vidros elétricos e regulagem de altura do volante

Opcionais:

Kit Tech com rodas de liga leve, sensores de estacionamento e faróis de neblina por R$ 3.922,00, Kit Connect com rádio, volante com funções e lavador e limpador do vidro traseiro por R$ 1.540,00, Kit Tech Live com computador de bordo e predisposição para rádio por R$ 1.696,00.

FIAT MOBI Way 2018

Motor 1.0 flex com cinco portas

Preços a partir de R$ 41.790,00

Cores Disponíveis: Sólidas Branco, Vermelho e Preto, Metálicas Prata, Cinza e Verde e Perolizadas Branca.

Ficha Técnica:

Porta-Malas de 235 litros

Tanque de Combustível de 47 litros

Altura de 1490 milímetros, Comprimento de 3566 milímetros e Largura de 1633 milímetros

Principais Equipamentos de Série:

Ar condicionado, barras de proteção nas laterais das portas, rodas de aço, luz interna de leitura, sistema anti-travamenteo e airbags, tomada 12V, vidros elétricos e regulagem de altura do volante

Opcionais:

Kit Connect com rádio, volante com funções e lavador e limpador do vidro traseiro por R$ 2.227,00, Kit Tech Live com computador de bordo e lavador e limpador do vidro traseiro por R$ 2.549,00.

FIAT MOBI Drive GSR 2018

Motor 1.0 flex com cinco portas

Preços a partir de R$ 45.990,00

Cores Disponíveis: Sólidas Branco, Vermelho e Preto, Metálicas Prata e Perolizadas Branca.

Ficha Técnica:

Porta-Malas de 235 litros

Tanque de Combustível de 47 litros

Altura de 1490 milímetros, Comprimento de 3566 milímetros e Largura de 1633 milímetros

Principais Equipamentos de Série:

Câmbio Automatizado, Ar condicionado, barras de proteção nas laterais das portas, rodas de aço, luz interna de leitura, sistema anti-travamenteo e airbags, tomada 12V, vidros elétricos e regulagem de altura do volante

Opcionais:

Kit Tech com rodas de liga leve, sensores de estacionamento e faróis de neblina por R$ 3.922,00, Kit Connect com rádio, volante com funções e lavador e limpador do vidro traseiro por R$ 1.425,00, Kit Tech Live com computador de bordo e predisposição para rádio por R$ 1.592,00.

O comprador pode configurar todas estas versões com todos os detalhes através do link: www.fiat.com.br/carros/mobi/monte-seu-carro.html.

Por C. B.

Fiat Mobi 2018

Fiat Mobi 2018


Fiat Weekend 2018 – Versões, Ficha Técnica


A Weekend 2018 é oferecida em duas versões principais, a Weekend Attractive e a Weekend Adventure.

A FIAT disponibilizou recentemente a linha 2018 da Weekend, antiga Palio Weekend, para os menos desavisados. Com uma gama enxuta de versões e motorizações, a perua com ótimo espaço interno, tenta sobreviver em um segmento cada vez mais restrito, em boa parte devido ao sucesso das SUV(s) de pequeno e médio porte com os seus preços mais competitivos e apelos tecnológicos.

Versões, Preços e Equipamentos

A Weekend 2018 é oferecida em duas versões principais, a Weekend Attractive e a Weekend Adventure, vamos as características de cada uma:

Fiat Weekend Attractive

Oferecida somente com motorização 1.4, este é o modelo de entrada da linha Weekend, com preços a partir de R$ 60.390,00.

Ficha Técnica

– Motor 4 cilindros flex, com 85cv de potência a Gasolina e 86cv usando Etanol, com torque máximo de 5750 rpm

– Tanque de Combustível de 51 litros

– Velocidade Máxima de 166,0 km/h, com aceleração de 0 a 100 km/h de 13,5 segundos

– Tração dianteira com embreagem de 5 marchas

– Freios a disco na dianteira e a tambor na traseira

– Amortecedores Hidráulicos

– Suspensão Dianteira Mc Pherson e Traseira semi-independentes com barra estabilizadora

– Direção Hidráulica

– Pneus R14 de 185/65, aro de 14 polegadas

– Peso de 400 kg

– Porta-Malas com capacidade para 460 litros

– Dimensões principais, comprimento de 4251mm, largura de 1639mm e entre eixos de 2437mm

– Altura livre do solo de 130mm

– Cores oferecidas: Sólidas Branca e Preta, Metálicas Cinza e Prata

Principais equipamentos de série:

– Aerofólio traseiro na cor do veículo

– Limites de velocidade e manutenção com sensores de alerta

– Barras de Proteção nas Portas e no Teto

– Calotas nas Rodas

– Computador de Bordo, com funções como distância, autonomia, consumo e velocidade

– Faróis de neblina

– Iluminação interna e do porta-malas

– Vidros e Travas elétricas, com travamento automático a partir de 20 km/h de velocidade

– Vidros Climatizados Verdes

– Tomada 12v

Fiat Weekend Adventure

A versão Adventure é a mais luxuosa e completa, oferecida com o potente motor 1.8 16v e com uma boa gama de equipamentos, com preços a partir de R$ 75.990,00.

Ficha Técnica

– Motor 4 cilindros flex, com 130cv de potência a Gasolina e 132cv usando Etanol, com torque máximo de 4500 rpm

– Tanque de Combustível de 51 litros

– Velocidade Máxima de 182,0 km/h, com aceleração de 0 a 100 km/h de 10,9 segundos

– Tração dianteira com embreagem de 5 marchas

– Freios a disco ventilado na dianteira e a tambor com sapata autocentrante na traseira

– Amortecedores Hidráulicos e telescópicos

– Suspensão Dianteira Mc Pherson e Traseira independentes com barra estabilizadora

– Direção Hidráulica

– Pneus R16 de 205/60, aro de 16 polegadas

– Peso de 400 kg

– Porta-Malas com capacidade para 460 litros

– Dimensões principais, comprimento de 4310mm, largura de 1721mm e entre eixos de 2466mm

– Altura livre do solo de 190mm

– Cores oferecidas: Sólidas Branca e Preta, Metálicas Cinza, Verde e Prata

Principais equipamentos de série:

– Aerofólio traseiro

– Ar condicionado

– Bancos Bi Partidos

– Interruptores de luzes de leitura nas portas

– Barra de Proteção nas Portas Laterais

– Chave tipo canivete para fechamento e abertura das portas através de telecomando

– Inclinômetro e Bússola como itens de série

– Abertura Interna do Porta-malas e tanque de combustível

– Indicadores de temperatura externa, temperatura de combustível e da água

– Computador de Bordo com várias funções como distância, autonomia, velocidade média, consumo e tempo para percurso

– Faróis de neblina

– Iluminação interna e do porta-malas

– Porta-objetos central com console

– Vidros e Travas elétricas e Retrovisores Elétricos

– Vidro Traseiro com desembaçador e temporizador

– Sensores traseiros de estacionamento

– Vidros Climatizados Verdes

– Tomada 12v

– Acessórios para a Wekeend 2018 e Configurador da marca

O consumidor tem a disposição diversos acessórios sob encomenda tanto para a versão Attractive como Adventure e se desejar pode configurar o seu modelo da maneira que desejar através do link: www.fiat.com.br/carros/weekend/monte-seu-carro.html?modelo=374&versao=37417D0.

Por C.B.

Fiat Weekend


Fim do Fiat Palio, VW Golf 1.6 e Renault Fluence?


Queda nas vendas pode tirar de linha Fiat Palio, VW Golf 1.6 e Renault Fluence.

O tempo passa e alguns modelos de carros que em certa época eram os mais vendidos ou top de linha perdem espaço para novos modelos.

Mas por qual motivo alguns veículos saem de linha?

Será que são as vendas? Pode ser problemas de importação de novos modelos e até mesmo a reposição de peças? Atualização?

Na verdade existem algumas razões possíveis. Neste artigo investigamos quais veículos e os principais motivos que podem levar alguns modelos a sair de linha no próximo ano de 2018.

Ficou interessado no assunto? Quer saber se seu veículo está na lista dos fora de linha? Continue lendo este artigo e descubra se está ou não.

Razões possíveis

Uma das possíveis razões para que um veículo possa sair de linha é a queda nas vendas. Problemas na importação e a queima de estoque para uma possível atualização pode ser um dos motivos.

Na verdade, o que faz este indício de saída de linha ficar mais forte são as quedas dos números de emplacamento dos modelos tradicionais. Por muitas vezes, estes números seguem caindo durante meses consecutivos.

Neste artigo fizemos uma pesquisa e identificamos que quatro veículos estão com seus números bem discretos e tem registrado vendas menores. Buscamos entender se realmente estão saindo de linha ou estão passando por algum processo de atualização.

Modelos desaparecendo

Em nossas pesquisas identificamos que alguns modelos de veículos estão desaparecendo das concessionárias. E por conta disso, investigamos se estão saindo de linha ou não.

A seguir vamos listar os principais modelos que estão com suas vendas mais tímidas e estão começando a sair dos estoques das lojas.

Palio

Será? Um modelo que foi líder de vendas da Fiat por muitos anos está com seus dias contados?

Com a chegada do novo hatch da Fiat, o Argo, no final de maio, segundo alguns especialistas, foi decretada a morte do Palio. A história do Palio começou em 1996 para ser um possível sucessor do Uno, o que não aconteceu.

No entanto, teve mais de 3 milhões de unidades vendidas durante estes 21 anos. E aos poucos, vai se despedindo de seus usuários, saindo discretamente do mercado.

Algumas concessionárias consultadas da Fiat em cidades do estado de São Paulo, Salvador, Rio de Janeiro, Curitiba e Manaus, foi identificado que em sua maioria das lojas, não estão recebendo novas unidades do hatch por pelo menos uns 3 meses.

Uma observação é que em algumas concessionárias, não há estoque do modelo.

A Fiat não se manifestou sobre o assunto, mas segundo algumas pesquisas, o Palio deve retornar apenas em versão única 1.0 e os modelos com motorização 1.4 e 1.6 sairão de linha.

Golf

Outro modelo que está desaparecendo das concessionárias, em alguns casos já não existe nenhuma unidade disponível. O modelo Golf 1.6 teve vida curta, onde foi lançado em janeiro de 2016, como opção de entrada da fabricante.

Em menos de 2 anos, já está de malas prontas para se despedir do mercado. No site da Volkswagem não está sendo mais listado. Segundo a VW, o modelo ainda está à venda.

A culpa para poucas vendas é o próprio Golf, com a versão 1.0 Turbo. O modelo com o motor mais potente de 125 cv contra 120 cavalos do modelo 1.6, sendo vendido com preço inferior ao tradicional.

Outra razão é o Polo, modelo hatch um pouco menor, porém, com características semelhantes, sendo que seu top de linha se aproxima do Golf 1.6 e seus itens de série vão além do que o Golf apresenta, sendo que a dirigibilidade do Polo é semelhante ao Golf.

Fluence

Este modelo não saiu ou tem previsão de sair de linha, no entanto, está sendo comercializado apenas para vendas diretas. O veículo é encontrado nas concessionárias da Renault, porém, existe um departamento exclusivo para suas vendas.

Em algumas unidades da concessionária havia a disponibilidade de duas versões a 2.0 CVT e com opcional Techno Pack e os preços de venda estão bem abaixo do anunciado no site.

Um exemplo é a variação dos preços de venda de R$ 72.190 e 72.900 nas concessionárias, contra os R$ 99.350 e R$ 108.300 mostrados no site.

Marcio Ferraz


Nova Fiat Strada será lançada em 2019


Toda a porção dianteira da nova Strada deve ser mantida conforme a arquitetura 326, tal como o novo Palio, ou em 327, do Uno, e a parte traseira terá o mesmo design de parte da 178.

Em meados do ano de 2016 a Fiat havia anunciado que os códigos X6P estavam em perfeita consonância com o modelo utilitário e com os membros do grupo do X6, além do hatch Argo (X6H) e o já tradicional sedan X6S, que havia sido avistado rodando em diversas estradas brasileiras, certamente passando por testes em termos de avanço tecnológico, e que resultou em uma perfeita combinação, sendo que, a substituição da Strada alcançou o status de melhor picape da geração, fruto dessa união.

Entretanto, o projeto original de X6P foi alterado, pois o valor de empenho e o custo na arquitetura do Argo tornou-se alto demais para a companhia Fiat, que discute se é melhor a utilização de uma determinada plataforma que exige menor custo, aplicada na fabricação da nova Picape Strada, cujo lançamento está previsto para o ano de 2019.

O novo projeto, que mantém a mesma designação de X6P, não estará dentro da utilização do tipo de plataforma 178, que foi usada para a fabricação da geração legítima dos modelos Strada, ou, ao menos, não será usada de forma integral. A solução encontrada pela empresa é o estabelecimento de uma associação como a seguinte: toda a porção dianteira do veículo deve ser mantida conforme a arquitetura 326, tal como o novo Palio, ou em 327, do Uno, e a parte traseira terá o mesmo design de parte da 178.

A combinação dos dois tipos de plataformas nunca foi uma novidade nos procedimentos da empresa. Por exemplo, o Fiorino foi elaborado dentro da base 327 na parte da frente e em padrão 178 na parte de atrás, que foi uma das maneiras de imprimir uma força maior para cargas elevadas. Assim, com relação ao método de reaproveitamento dos designs, não é necessariamente uma questão de facelift, pois o projeto original foi levado para frente, e é considerado como a nova geração em Strada, sendo que foram agregadas apenas as duas partes de arquiteturas antigas, das gerações anteriores. Algo parecido aconteceu com a elaboração do modelo Argo, o qual permaneceu com estrutura agregada de outros modelos, mais ou menos 20% da arquitetura definida para a MP1 do Punto, ou da Linea e Doblò.

De acordo com uma informação divulgada pela Autoesporte, que ouviu de fontes internas da companhia, é sempre possível o reaproveitamento de alguns elementos que formam a base do Argo, em especial as ditas longarinas e as estruturas de deformação presentes. Portanto, existe uma grande necessidade de atender a certos parâmetros mais rigorosos em conformidade com os crashtests, que auxilia e justifica o investimento empenhado. Assim, trata-se de uma evolução imprescindível, pois que, a Strada estreou originalmente no ano 1998, sendo, já naquele tempo, derivada do projeto em padrão 178, próprio do Palio 1996 e também passou por cinco novas estilizações, em seus quase 20 anos de existência.

Assim, as mudanças operadas sobre o Strada, podem ser descritas, sumariamente, pelo seguinte: em relação à base e a suspensão, o novo modelo projetado não possui exigências de mesmo handling do hatch, entre outros, como o espaço na parte de atrás entre os bancos dianteiros e traseiros. Os consumidores que desejam esse tipo de estrutura tem chance de procurar pela Toro, conforme está explicado em uma fonte. Já que o objetivo principal está em conservar a função de trabalho, a suspensão da parte traseira permanecerá sobre o eixo rígido, que foi instalado no Fiorino, também.

Sobre as dimensões e carroceria, a arquitetura 326/327 está sendo alterada e será constituída de uma corpulência um pouco mais elevada do que os atuais 4,47 metros em termos de comprimento, entretanto, os entre eixos não estarão muito isentos dos 2,75 m. São inovações qualitativas. Nesse sentido, este é o momento de a Strada receber o potente motor Firefly 1.3 8V de 109/101 CV e mais 14,2/13,7KGFM em torque com 3.500 de RPM, contendo a opção de mais potência, garantindo maior transporte de carga do que a atual 1.4 Fire de 86/85 CV e com 12,5/12,4 KGFM de torque com 3.500 de RPM.

Esta nova geração da Strada está programada para 2019 ou até após esse ano, já que houve atraso na elaboração do projeto da X6P original, que estava previsto para o ano 2018. Mas, é fato que o novo modelo compartilhará design estrutural com a antiga versão projetada no primeiro momento.

Por Paulo Henrique dos Santos

Fiat Strada


Fiat Strada 2018 – Novidades das Versões e Preço


Conheça aqui as principais novidades e o preço do Novo Fiat Strada 2018.

Quando se escuta falar em uma picape compacta, é impossível não se lembrar automaticamente do modelo Fiat Strada. E não bastassem todos os diferenciais já conhecidos do automóvel, a montadora anuncia agora que chega às concessionárias versões ainda confortáveis e racionais daquelas já apresentadas.

Falamos da Adventure, para os mais aventureiros, e das variações para o trabalho, a Working e Hard Working. Disponível em seis opções de cor, três mais sólidas (vermelho Alpine, branco Branchisa e preto Vulcano) e três mais metálicas (cinza Tellurium, prata Bari e verde Amazon), há ainda alternativas exclusivas da versão Adventure.

E se você ficou curioso para conhecer um pouco mais sobre elas e tudo que aguarda os seus usuários no ano de 2018, nós te damos um pequeno aperitivo do que vem por aí. Vamos lá.

Um pouco mais sobre o Fiat Strada Adventure

A Fiat Strada Adventure é uma das versões apresentadas pela montadora, priorizando o conforto para a linha do novo ano. Além disso, a tecnologia merece destaque, já que temos a bordo uma exclusiva central de multimídia de série de 6,2 polegadas Mopar.

Na versão mais top de linha, conhecida como a Adventure 1.8, há a possibilidade da central multimídia vir com diversas funções muito interessantes e exclusivas. São elas: navegador GPS, câmera traseira para estacionamento, conexão Bluetooth, rádio AM e FM, CD e DVD player e, por fim, uma TV digital. Além dessas, ainda há uma gama ampla de itens de série, contendo os itens disponíveis nas versões Working e Hard Working e muito mais, como volante em couro com um comando de rádio no mesmo, bússola e os seus inclinômetros, capota marítima e rodas de liga leve em 16 polegadas.

Em relação a algumas alterações realizadas para melhorar a praticidade e acessibilidade do carregamento, a localização da porta USB é nova, ficando agora no console central. A caracterização visual também é muito atrativa, tornando o modelo Adventure um dos maiores destaques do seu segmento. Ou seja, esse é um dos produtos mais completos para quem quer realizar uma excelente compra.

As versões e os preços da Strada Adventure

As versões e os preços da versão Strada Adventure variam de uma para a outra. No total, temos duas opções, sendo elas: a Adventure 1.8 com Cabine Estendida e a Adventure 1.8 com Cabine Dupla.

Os valores das duas, respectivamente, são: R$ 71.990 e R$ 75.490.

Um pouco mais sobre o Fiat Strada Working e Hard Working

A configuração dos modelos Working e Hard Working do Strada na linha de 2018 é muito mais focada na sua utilização como um carro comercial, focado no trabalho. Esse formato mais racional vem com colunas, maçanetas, puxadores, tecido no teto e forro nas portas mais escurecidas, bem como outros itens não mencionados. Com isso, têm-se uma aparência mais limpa por muito mais tempo no seu interior.

Além desse fato, a versão conta com alguns itens de série, como o computador de bordo, iluminação, protetor para caçamba, entre outros. Na Working, é possível presenciar no mercado alguns opcionais interessantes, como a grade do vidro traseiro e protetor de cárter, predisposição para o rádio, ar quente e rádio com a conexão de USB.

Já na Hard Working, há a disposição os mesmos pacotes na versão de entrada, contando ainda com uma nova identificação de versão na traseira do carro, direção hidráulica, ar condicionado, rodas escurecidas, ajuste do volante, protetor de cárter e muito mais.

Nos opcionais, há itens como: porta-óculos, capota marítima, faróis de neblina, soleira nas portas com a inscrição da versão, vidros e travas elétricas, sensores para estacionamento, janelas traseiras corrediças, rádio Connect com o CD player, Bluetooth e USB, rodas de liga leve aro 14 (cabine dupla) e calotas integrais.

As versões e os preços da Working e Hard Working

São no total 4 versões mais comerciais do Fiat Strada. São elas: a Working 1.4 com cabine simples, a Hard Working 1.4 com cabine simples, a Hard Working 1.4 com cabine estendida e a Hard Working 1.4 com cabine dupla.

Os preços, na ordem, são: R$ 47.250, R$ 53.490, R$ 60.240 e R$ 63.740.

Strada Hard Working

Strada Adventure

Interior

Kellen Kunz


Fiat Argo Drive 1.3 2018 – Análise, Preço e Novidades


Confira aqui todos os detalhes sobre o Fiat Argo Drive 1.3

A Fiat lançou no mês de julho seu mais novo hatch, o Argo. A marca investiu pesado no modelo para ser um dos carros mais vendidos do país, com o intuito de deixar pra trás até mesmo outras versões da marca, como o Uno, Palio e Mobi.

A Fiat pretende investir mais em tecnologia e conforto, e deixar um pouco o “populismo” de lado. O modelo básico não será como a maioria dos seus carros e o Argo de entrada será a Drive. Todo investimento para concorrer com os dois modelos mais vendidos do país: o HB20 da Hyundai e o Onix da Chevrolet.

Argo 1.3

Para quem escolher adquirir o Fiat Argo com motor 1.3, terá duas opções: o Argo 1.3 manual no valor de R$ 53.900 e o 1.3 automatizado no valor de R$ 58.900.

Para competir fortemente com os seus principais concorrentes, esses dois modelos já virão equipados com um volante multifuncional para configurações da central de multimídia, que virá com tamanho de 7 polegadas.

Além disso, os modelos de motor 1.3 terão direção elétrica, ar-condicionado digital, computador de bordo com visor colorido, travas e vidros elétricos, além da tecnologia start-stop. Para a opção de câmbio automatizado, o motorista ganha auxílio de partida em subidas, vidros traseiros elétricos e controles de estabilidade e tração.

Para quem quiser mais funcionalidades para o veículo, a Fiat abre opções para que o cliente possa incluir câmera de ré e sensor de estacionamento, que sai no valor de R$ 1.200 e as rodas de liga leve, no valor de R$ 1.900.

Investimento

Não é necessário procurar muitas fontes seguras para perceber que a Fiat está investindo para transformar o Argo como seu maior trunfo. Conhecida por ser uma marca popular, a Fiat sempre produziu carros com materiais mais simples e com pouco acabamento.

Pela propaganda comercial que a marca colocou no ar, percebe-se que é o melhor carro que a Fiat já produziu. Até mesmo alguns acessórios ganham em quesito qualidade do que os modelos mais caros da marca, como o Renegade, Toro e Compass.

O Argo conta com alguns botões de comando protegidos com um material emborrachado e para acionar as setas do veículo percebemos o quão mais leve e suave estão. Parece simples, mas esses cuidados não eram vistos nos outros modelos da Fiat.

Agora o mais surpreendente é a central de multimídia de 7 polegadas. A Fiat não fabricava carros com esse tipo de tecnologia e estava bem atrasada na questão de conectividade. Os acessórios de tecnologia da marca sempre foram muito simples e pouco modernos.

Outro ponto positivo é o design interno e o tamanho do Argo. Os materiais utilizados são bem melhores e o modelo virá forte para competir com seus dois principais concorrentes. O espaço interno também teve uma grande melhoria. A Fiat é conhecida por seus carros menores para compensar o preço, agora o Argo vem maior que o Palio e o Punto.

Concorrência

Na parte de motor, suspensão, dirigibilidade e potência, também são os mais novos investimentos da Fiat. Com o motor 1.3 e 109 cavalos, o Argo consegue ser mais potente que o modelo 1.4 Onix, da Chevrolet. A suspensão está mais ajustada e confortável para dirigir e o volante com direção elétrica é extremamente leve.

A Fiat, claro, ainda está em constante melhorias e sabe que precisa de mais e mais investimentos para ganhar de vez a concorrência. Com o Argo a Fiat fica próxima do pódio, mas ainda precisa rever seu câmbio automatizado.

A primeira vez que a Fiat usou uma transmissão GSR foi no Novo Uno em 2016 e depois no Mobi com melhorias. Mesmo assim, está um pouco longe para competir com câmbio automático de alguns modelos concorrentes.

A Fiat pretende concorrer com a versão 1.4 do Onix, o carro mais vendido do Brasil desde 2015. A versão menos equipada da Chevrolet sai por R$ 51.650, a mais completa sai por R$ 56.650, mesmo assim a Fiat consegue entregar mais itens especiais.

Com o HB20, o Argo compete com a versão turbo da Hyundai, com os equipamentos oferecidos o carro sai mais barato que o novo lançamento da Fiat, mas também fica devendo em muitos acessórios que o Argo oferece.

A concorrência vai ser muito saudável e boa para os consumidores. A Fiat pretende emplacar 5 mil carros por mês até 2017, contudo, a crença do mercado é que esse número seja ainda maior.

Por Carolina Costa


Versão Sedan do Fiat Argo será lançada em 2017


Novo modelo tem previsão de ser lançado no final deste ano.

No mês de junho, o lançamento do novo hatch Argo, ajeitou a estrada para que fosse lançada a versão sedan do modelo, que internamente na fábrica é conhecido pelo projeto de código X6S.

A montadora italiana, entretanto, não tem tanta pressa e a marca planejou lançar o modelo novo apenas no final deste ano, para ser mais preciso no último trimestre de 2017. O modelo que possui o código de X6S ainda não possui um nome para ser colocado no comércio. A única coisa que se sabe é que não colocarão o nome de Argo Sedan.

A ideia é lançar algo novo. Tal modelo irá substituir o Grand Siena, o qual continuará firme e forte até a data determinada, caso o mercado queira que seja assim.

Até o mês de maio de 2017, o Grand Siena estava na quinta posição no ranking de vendas, de acordo com informações da Fenabrave, que é a associação dos revendedores. Ficando somente atrás do Chevrolet Prisma, VW Voyage, Hyundai HB20S e Toyota Etios Sedan, e melhor posicionado do que o Ford Ka+, Renault Logan e o Nissan Versa.

Até o mês de junho, quando foi flagrado ao realizar testes de campo, o novo X6S era sempre visto no formato de mula. Isto é, era uma parte do X6S, com parte de quaisquer outros carros.

Agora, não. Algumas pessoas já flagraram o sedan da forma completa, finalizada, estando em fase de protótipo.

Embora o modelo ainda não conte com nome próprio, o veículo irá guardar muita semelhança com relação ao Argo hatch, o qual tem o projeto com o código X6H, sendo a letra “H” de hatch. Ele pode contar com alguma alteração visual básica, em seu para-choque ou na grade dianteira.

Entretanto, a estrutura será a mesma em sua essência, utilizando seus para-lamas, para-brisa, portas dianteiras e também seu interior, como bancos e painel. Da mesma forma que seu irmão, o modelo X6S, também possuirá os mesmos motores sendo um 1.0, 1.3 e um 1.8, os quais podem ter opções de câmbios automático, automatizado e manual.

Por Filipe Silva

Fiat Argo Sedan


Fiat lança Nova Linha de Peças para Carros Usados


Nova linha de peças traz mais de 180 componentes para modelos fabricados há mais de três anos.

A Fiat está lançando a linha de peças Classic Line, que traz mais de 180 componentes da divisão Mopar, que servirão para os modelos Fiat que foram fabricados há mais de três anos.

Sendo assim, já que é voltada para esses modelos com mais de três anos de uso, essa linha de peças da Fiat é, em média, 30% mais barata. Estando à venda pela Mopar, a linha foi nomeada como Classic Line e, conforme mencionado, traz 180 itens de alto giro – que não são originais, mas que foram testados e também aprovados pela fabricante, visando trazer a mesma garantia.

De acordo com a Fiat, cerca de 80% dos carros da marca que estão circulando pelo Brasil já passaram dos três anos de uso, o que resulta em uma frota que se aproxima dos 7 milhões de veículos. Sendo assim, para tal público é que foi feita essa linha, tendo os itens separados em oito categorias: freios, cabos, correias e tensores, filtros, suspensão, embreagem, limpador de para-brisa e iluminação.

Um levantamento feito pelo site iCarros por meio da consulta a algumas concessionárias da Fiat teve o objetivo de para verificar a diferença de preço entre as peças oferecidas por essa nova linha da Mopar e as originais. Utilizando como referência um Palio 2011 com motor 1.6, fizeram a cotação das seguintes peças: conjunto do filtro de ar, filtro de óleo e farol esquerdo. Nesses três casos, as peças da Classic Line estiveram mesmo mais em conta do que as peças originais, conforme publicaram:

Conjunto do filtro de ar

  • Concessionárias: R$ 332,70 (valor médio)
  • Mopar Classic Line: R$ 220,12

Filtro de óleo

  • Concessionárias: R$ 38,78 (valor médio)
  • Mopar Classic Line: R$ 13,95

Farol esquerdo

  • Concessionárias: R$ 699,38 (valor médio)
  • Mopar Classic Line: R$ 539,14

Sobre a Fiat

Desde 1976, a Fiat foi instalada em Betim, Minas Gerais, tendo uma capacidade de produção de 800 mil veículos por ano. A fabricante está fechando um relevante ciclo de investimentos no valor de R$ 7 bilhões, fazendo a modernização da fábrica de Betim.

Além disso, a Fiat Automóveis está sempre investindo em novos produtos, novas tecnologias, qualidade e capacitação da engenharia para fazer com que seus projetos sejam cada vez mais inovadores, em sintonia com os desejos e as aspirações dos consumidores.

Iris Gonçalves


Fiat Argo – Pontos Positivos e Negativos do Carro


Confira aqui as pricipais qualidades e defeitos do Fiat Argo.

A Fiat, que está procurando se renovar, iniciou as vendas no mercado brasileiro do novo Argo, um modelo hatchback compacto, o qual busca rivalizar com o Hyundai HB20 e Chevrolet Onix para ser o líder no segmento.

Com valores oscilando entre R$ 46.800 e R$ 70.600, sem somar os opcionais, o Fiat Argo desembarca para que o Bravo e o Punto se aposentem, além das versões com preços mais altos do modelo Fiat Palio, o qual não irá mais existir. Confira abaixo diversas informações sobre o modelo, como preços, versões e equipamentos, bem como os opcionais.

Preços sugeridos e as versões:

  • Opening Edition Mopar (mil unidades) – R$ 75.200
  • Drive 1.3 (câmbio manual) – R$ 53.900
  • Drive 1.0 (câmbio manual) – R$ 46.800
  • Drive 1.3 GSR (câmbio automatizado) – R$ 58.900
  • HGT 1.8 (câmbio manual) – R$ 64.600
  • Precision 1.8 (câmbio manual) – R$ 61.800
  • HGT 1.8 (câmbio automático) – R$ 70.600
  • Precision 1.8 (câmbio automático) – R$ 67.800

Parte externa

A montadora italiana fala que o Fiat Argo teve seu desenvolvido realizado do “zero”, entretanto, a sua plataforma não é completamente nova. A fabricação tem aproximadamente 20% de seus elementos que advieram do Punto, porém, nada tão visível, somente em sua estrutura de aço, que teve de ser reforçada utilizando materiais mais resistentes.

O desenvolvimento do Fiat Argo ocorreu no Brasil, porém, a montadora se gaba de ter um design “italiano", entretanto, diversos indivíduos encontraram semelhanças com modelos como Hyundai HB20, Volkswagen Gol, Ford Ka, etc. Na realidade ele possui elementos de Mobi, Toro, da Alfa Romeo e do Tipo (lançado na Europa).

Ao comparar com o seu predecessor, o Fiat Argo aumentou seu entre-eixos em 1 cm de distância e na largura uma mais de 6 cm, dando um pouco mais de espaço interno e em seu porta-malas, que possui 300 litros. Entretanto, no comprimento ele diminuiu 6,5 cm, ficando com 4 m.

NEGATIVO: Embora seja novo, o design não inova no segmento e ainda possui distâncias e desalinhamento entre as peças na montagem.

POSITIVO: Dimensões maiores que as de seus rivais e visual razoavelmente moderno.

FILIPE R SILVA


Fiat Uno 2018 – Novidades e Tabela de Preços


Confira aqui as principais novidades e os preços da linha 2018 do Fiat Uno.

Para os amantes do veículo Uno, a notícia é boa. Isso porque a Fiat anunciou na última segunda-feira, dia 8 de maio, que estará chegando ao mercado a linha 2018 do carro.

Com diversas modificações importantes, as configurações automatizadas que levavam o nome de Dualogic, são chamadas, a partir de agora, de GSR. Essa configuração já pode ser encontrada em outros modelos da Fiat, como por exemplo, o Mobi.

Além disso, a anteriormente conhecida como opção de entrada Attractive, também sofreu mudanças no nome. Agora ela se chama Drive e, não bastasse isso, será R$ 340 mais barata que a do modelo do ano de 2017.

O Uno 2018 trará também um maior monitoramento da pressão dos pneus em qualquer uma das versões disponíveis. É importante ressaltar alguns agregados que chegaram no ano passado para o carro, como os novos motores que são chamados de Firefly.

Na opção de 1.0 tricilíndrico 6V, o veículo entrega um total de 77 cavalos de potência com o etanol e 72 cavalos com a gasolina, o seu torque máximo varia de 10,9 kgfm a 10,4 kgfm, seguindo a mesma ordem. Já na opção de 1.3 8V, a potência pula para 109 cavalos quando utilizando o etanol e 101 cavalos com gasolina. Respectivamente, o torque é de 14,2 kgfm e 13,7 kgfm.

Em relação ao câmbio, esse pode ser tanto automatizado como manual. Em qualquer uma das duas opções, esse possui um total de cinco marchas.

Porém, para quem optar pelo sistema automatizado, precisa saber que a convencional alavanca foi substituída pelos comandos realizados por botões, incluindo também as já conhecidas borboletas que estão localizadas atrás do volante. Portanto, é possível fazer todas as trocas de marchas manuais utilizando esse acessório.

As versões que levam a opção GSR terão um assistente de partida quando em modo rampa, bem como um maior controle de tração e de estabilidade do carro. Já aqueles modelos que possuem motor maior terá incluído um sistema de Start/Stop.

Sobre os preços do Uno 2018, a Fiat anunciou os seguintes valores: Drive 1.0 por R$ 42.980 (na versão Attractive era R$ 43.320); Way 1.0 por R$ 44.150 (valor anterior de R$ 44.490); Way 1.3 por R$ 49.120 (valor anterior era R$ 49.320); Way 1.3 GSR por R$ 53.630 (valor anterior era R$ 53.830); Sporting 1.3 por R$ 51.080 (não alterou o valor) e Sporting 1.3 GSR por R$ 55.580 (também sem alterações no valor).

Kellen Kunz


Fiat Argo – Novo Hatch que irá substituir o Punto e Bravo


Nome do novo hatch da Fiat foi revelado na semana passada.

Para os apaixonados pelo modelo Fiat ou para quem deseja ter seu primeiro carro da marca, a Fiat desvendou seu maior mistério na semana passada. Durante a madrugada do dia 20, a marca revelou o nome do novo hatch (X6H) que substituirá os modelos Punto e Bravo.

Em um hotsite brasileiro, a marca informou aos seus clientes que o Fiat Argo será o novo queridinho da empresa. Na página virtual, os consumidores tiveram acesso a um texto que dizia que o Fiat Argo é o mais novo lançamento da empresa.

Segundo a montadora, o carro é o mais completo hatch premium do mercado e será o produto que vai consolidar o momento atual da marca Fiat no Brasil. Além de muito conforto, o modelo promete aos consumidores muita tecnologia para se descobrir novas experiências.

Fiat Argo

O Fiat Argo é um modelo inspirado no Tipo europeu. Ele é a grande aposta da Fiat para substituir os modelos Punto, Bravo e talvez as versões mais caras do tão conhecido Palio. No pacote de equipamentos, o carro terá assistente de partida em rampas e controle de tração e estabilidade, além de direção elétrica com função City.

Além desse modelo, a Fiat quer surpreender ainda mais seus consumidores, pois o X6S, modelo fabricado na Argentina, será seu mais novo sedã e virá para substituir o Grand Siena.

Mecânica

Para quem gosta de carros e avalia todos os requisitos dos automóveis, inclusive a mecânica, o novo Argo será lançado no modelo 1.0 e possuirá 3 cilindros com até 77 cv, no modelo 1.3 com quatro cilindros (até 109 cv) e na versão 1.8 e Torq com 139 cv de potência.

O veículo terá câmbio automático de seis marchas. Para o modelo 1.3, a Fiat lançará o automático GSR, que virá com melhorias do Mobi Drive GRS, além de cinco marchas.

Fabricação

O Fiat Argo será fabricado em Betim (MG). Ele tem como plataforma a nova Latam e atende as novas normas de construção, com metais nobres, menor peso e maior rigidez. As peças e suas folgas terão qualidade superior a do Mobi.

Além disso, sua marca registrada é o conforto. O carro tem amplo espaço interno e 4 metros de comprimento. O novo modelo da Fiat tem o Renault Sandero como uma das suas inspirações.

Por Serrana Filetti


Recall do Fiat Uno e Strada – Problema no Motor


Modelos contam com um defeito na central eletrônica do motor. Recall envolve veículos modelo 2016/2017.

Quase todas as pessoas que tem carro com menos de cinco anos de fabricação, provavelmente já passou por algum tipo de recall ou conhece alguém que já enfrentou a maratona e sabe muito bem como é algo desgastante e as vezes, bem demorado. A bola da vez é a montadora italiana Fiat, presente em terras brasileiras desde 1976 e com sede na cidade mineira de Betim. O anúncio de um recall por parte da montadora será feito essa semana para dois de seus modelos mais conhecidos no país, que são o Uno e a pickup Strada.

Proprietários dos modelos Uno com motor 1.0 e 1.3 do segmento Firefly e da Strada equipada com motor Fire 1.4, serão convocados para a realização de serviços nos propulsores, em que foi identificada uma falha que precisa ser reparada o quanto antes.

No total, serão 17.111 carros ano 2016/modelo 2017, em todo o Brasil, que precisam retornar as concessionárias para a realização do serviço, sendo 5.089 unidades do Uno e 12.022 da pickup Strada. Na verdade, o verdadeiro motivo do recall foi a descoberta de um pequeno defeito na central eletrônica do motor, que se não for reparado, pode provocar um funcionamento incorreto do mesmo e na pior das hipóteses, o desligamento durante o movimento do carro, colocando em risco a segurança de todos os ocupantes. No Uno, a falha pode até mesmo afetar o sistema de liga/desliga do motor e pode ter consequências diretas na função do equipamento.

A Fiat alega que se a peça não for trocada, poderá trazer o risco de acidentes, pois o motorista pode perder o controle do carro. O conserto consiste na troca da peça ou na atualização do software da central eletrônica do motor, dependendo do caso. Todas as unidades do Uno terão a bomba de combustível trocadas durante o recall, além do serviço já mencionado.

Todo o serviço de recall da montadora italiana terá início no dia 03 de abril e a Fiat disponibiliza um telefone para sanar dúvidas e fazer o agendamento dos serviços que é o 0800 707 1000. Os chassis convocados podem ser vistos no site da montadora www.fiat.com.br a partir da próxima segunda-feira. Lembrando que todo o serviço é gratuito e só pode ser feito em qualquer concessionária no território nacional.

Rodrigo Souza de Jesus


Fiat Mobi com Câmbio Automático – Preço da Nova Versão


Modelo chega às concessionárias para ser o mais caro da família.

Na quarta feira, dia 29, a montadora Fiat publicou o preço de uma versão do modelo Mobi. O hatch, lançado no ano passado, agora tem uma configuração com propulsor de mil cilindradas e 3 cilindros, além de cambio câmbio automático, se tornando o mais caro da família, custando R$ 44.780.

Os preços do Mobi 2018 são:

  • Drive GSR (1.0): R$ 44.780
  • Drive (1.0): R$ 40.650
  • Way (1.0): R$ 40.650
  • Like (1.0): R$ 39.190
  • Easy (1.0): R$ 33.700

A montadora efetuou melhoras no câmbio Dualogic e deu o nome da tecnologia que não utiliza embreagem de GSR, Gear Smart Ride. O modelo é o primeiro a contar com essa novidade, porém, a nomenclatura deverá estar presente nos veículos com câmbio automático.

A ativação do sistema é realizada através de botões localizados no console central e por meio de borboletas situadas na parte traseira do volante, para que ocorra a troca de marchas. Além de não ter embreagem, tem outra característica parecida com a de veículo automático tradicional, que é o inicio de movimentação, ao motorista retirar o pé do freio.

O consumo do veículo é reduzido, sendo em área urbana de 9,8 km/l (etanol) e 14 km/l (gasolina). Já na estrada o consumo é de 11,1 km/l (etanol) e 15,9 km/l (gasolina).

Com o câmbio automático, o modelo é situado entre os veículos de mil cilindradas com menor consumo de combustível à venda no Brasil, porém, não supera os propulsores 1.2 da Citroën e da Peugeot, que hoje são os mais econômicos, exceto os modelos híbridos.

Este referido câmbio será utilizado de forma exclusiva na versão Drive, possuindo 3 cilindros e motor mil (FireFly). As outras configurações (Like, Way e Easy) são equipadas ainda com o antigo motor Fire 1.0 de quatro cilindros, com 75 cavalos.

Fabricado exclusivamente para o mercado brasileiro, o motor FireFly 1.0 gera uma potência de 77 cavalos e torque de 10,9 kgfm abastecido com etanol.

A italiana possui meta de vendas de 4500 unidades do modelo Mobi para cada mês, colocando o veículo entre os cinco 5 mais emplacados no Brasil, sendo que hoje está na 11ª colocação.

FILIPE R SILVA


Fiat 500 Híbrido será lançado em 2019


Novo modelo 500, da Fiat, será lançado e 2019 e contará com o sistema híbrido.

De acordo com informações transmitidas pela revista inglesa de automóveis Auto Express, a FCA investe em uma nova abordagem específica para o Novo Fiat 500 para o ano de 2019. O veículo que é um clássico da montadora italiana deverá fazer a substituição do propulsor 1.3 Multijet movido a Diesel por um motor híbrido leve, o qual irá fazer uso de um sistema elétrico com 48 Volts.

Essa tecnologia da marca é conhecida pelo nome de “mild hybrid”, a qual consiste em um propulsor de partida muito mais potente do que o modelo comum, o qual tem a finalidade não apenas de dar partida no motor através da função Start e Stop, mas de movimentar também o veículo em seus primeiros metros que antecedem a entrada do propulsor em seu devido funcionamento.

Para a montadora italiana Fiat, esse novo sistema com 48 Volts é uma das soluções, se não a solução de maior viabilidade para que seja contornado o problema que existe devido as emissões de NOx e assim conseguir atender as regras dos novos limites de poluentes impostos por lei. Além disso, por ser um modelo mais simples, o custo do mesmo é menor e assim pode ser absorvido pelos veículos subcompactos e compactos, de forma diferente dos modelos híbridos puros e especialmente relacionados aos plug-ins que são caríssimos.

Além de tudo isso, o novo modelo Fiat 500 deverá continuar com o mesmo estilo do anterior, entretanto, esta versão será um pouco mais leve e também terá um menor valor no custo final de sua produção, se comparado com o modelo atual. Embora o foco no momento seja a tecnologia de 48 Volts, a FCA (Fiat Chrysler Automobiles) informou que irá manter em dia os planos de híbridos plug-in, fazendo uso dessa opção de forma intensa no modelo Alfa Romeo e na Maserati, sendo que o valor agregado bem superior acaba compensando a utilização de um determinado sistema que possui um valor mais caro.

Por Filipe Silva

Fiat 500 Híbrido

Fiat 500 Híbrido

Fotos: Divulgação


Fiat Toro é a Picape mais Vendida no Brasil – Fevereiro 2017


Modelo custa a partir de R$ 84 mil e conta com 5 versões.

Neste mês de fevereiro de 2017, a montadora Fiat teve 2 (dois) exemplares nas 2 (duas) primeiras colocações entre as 10 (dez) picapes mais vendidas no Brasil. A Strada ficou em segundo lugar com 3.289 veículos e a picape Toro, grande campeã, teve 3.582 exemplares vendidos.

Por curiosidade, neste mesmo ranking mencionado acima, a Saveiro da Volkswagen, em terceiro, teve 2.992 unidade vendidas e a Toyota Hilux, em quarto lugar, comercializou 2.034 veículos. Com uma "dobradinha", a Chevrolet aparece na quinta e sexta posição, respectivamente com a S10 (1.664 unidades) e a Montana (964 picapes vendidas). A Ford Ranger teve 963 veículos, na sétima posição, enquanto a Renault ficou em oitavo vendendo 848 Duster Oroch. Em nono lugar ficou a Mitsubishi L200, com 630 exemplares, e em décimo lugar, novamente a Volkswagem com a Amarok, com 563 picapes comercializadas.

Entrando no site da Fiat e buscando a ficha técnica da campeã, podemos notar que a picape Toro possui 5 (cinco) versões, sendo duas Flex e três à Diesel, todas com 4 (quatro) portas. A Toro Freedom Flex 16V possui as variações de motor 1.8 (com capacidade de 650 quilos de carga) e 2.4 (carregando até 750 kgs). Já no caso das versões à diesel, o motor é de 2.0, também 16V, carregando até 1 tonelada. Todas as versões possuem um tanque com capacidade de 60 litros de combustível, o comprimento de 4,915 metros e a largura de 1,844 metros.

No site da montadora podemos observar os itens de série desta picape, entre eles estão o ar condicionado, controle de tração ASR, controle eletrônico de estabilidade (ESP), abertura do tanque de combustível elétrico, alerta de limite de velocidade e da manutenção programada, piloto automático com a velocidade controlada, regulagem de altura no apoio de cabeça em todos os 5 (cinco) bancos, regulagem de altura no banco do motorista, porta-objetos e porta-copos na lateral traseira e no console central, telecomando para fechar e abrir as portas na chave "canivete", cintos de segurança retráteis de 3 (três) pontas, sendo que os dianteiros possuem regulagem de altura, conta-giros, direção elétrica, volante com comando de fones, regulagem de altura e de profundidade, High Safety Drive, com freios ABS com EBD e Airbag para o motorista e passageiro dianteiro, LED na lanterna traseira, luz de leitura, maçanetas e retrovisores externos em cor preta, porta-luvas iluminado e muito mais.

O preço, no site da Fiat, está a partir de R$ 84.590,00, onde a variação deste valor está nos modelos e nos acessórios que este irá receber.

Por Fernando Dias


Recall do Fiat Punto e Linea – Problema no Eixo Traseiro


Chamado envolve os veículos dos modelos fabricados entre 2009 e 2012.

Conforme previsto na Lei nº 8.078/90 do Código de Defesa do Consumidor, a informação e a segurança é um dos direitos básicos para qualquer pessoa que comprar um produto ou contratar um serviço. Sendo assim, todo fornecedor de produtos ou serviços deve comunicar as autoridades competentes e aos seus clientes um problema que pode colocar em risco à vida e à segurança do usuário. O "recall" é um chamado ao consumidor para correção de um eventual problema sem custo para o mesmo.

A FIAT anunciou este retorno para os proprietários do Punto e do Linea em todas as unidades dos anos e modelos entre 2009 e 2012 comercializados aqui no Brasil. O tempo estimado do reparo, caso haja a necessidade de troca, é de quatro horas e meia, que se teve por conta de uma trinca no eixo traseiro. Segundo divulgado pela montadora, 113.512 veículos devem retornar para sanar este problema.

Esta chamada preventiva envolve os veículos com o número do chassis de 9BD11056991505203 até 9BD11056CC1542284 do Linea e o número não sequencial do chassis do Punto, que vai de 9BD11812191065435 a 9BD118181C1165352.

A suspeita é que estes veículos podem apresentar uma trinca na borda da travessa do eixo, o que pode causar desalinhamento do volante, ruído excessivo e até dificuldade para atingir uma velocidade desejada. Esta manutenção é necessária para prevenir que o pneu entre em contato com a carroceria, na proteção plástica interna,

Para mais informações, a Fiat disponibilizou o telefone 0800-707-1000 ou o seu próprio site, www.fiat.com.br, que irá orientar os compradores destes veículos citados a cima a uma inspeção e a uma eventual troca do eixo já mencionado a partir de 31 de janeiro deste ano, 2017.

FIAT vem da abreviação de " Fabbrica Italiana Automobili Torino" e é uma das maiores fabricantes de automóveis no mundo. Ela começou a sua história produzindo o seu primeiro carro em 1899, após ser fundada no dia 11 de julho deste mesmo ano por Giovanni Agnelli. Tudo começou quando a empresa, após a segunda guerra mundial, investiu no mercado de jatos, trens, tratores e construção com o apoio do governo. O centro de todas as atividades está na Itália, mas a sua marca é mundialmente conhecida.

Por Fernando Dias


Fiat Palio Fire, Linea, Bravo, Freemont e Idea saem de linha em 2017


Montadora inicia o ano encerrando a produção de alguns modelos no país.

O ano de 2017 mal começou e a montadora Fiat resolveu anunciar que já pôs em prática uma considerável ‘faxina’ em seus modelos fabricados no Brasil e que aparentemente não estavam dando lucro para a empresa no país.

Deste modo, vários modelos, alguns até que já foram bastante populares como Palio Fire, assim como modelos mais sofisticados como a Freemont, deixarão de ser fabricados em terras brasileira.

O primeiro da lista, já citado anteriormente, será o antes popular Palio Fire. Lançado inicialmente em 1996, as suas várias atualizações foram feitas através nos anos de 2001, 2004 e 2008. Apesar disto, permanecem os modelos da picape Strada e o modelo Weekend, que conservam o "DNA" inicial de seu antecessor.

Seguindo a linha dos hatchs mais luxuosos, entra na lista de extinção o modelo o Fiat Idea, um pouco mais espaçoso que os seus semelhantes da mesma categoria. Lançado em 2005, a marca não teve muitas atualizações, a não ser a mudança do seu motor em 2010. Mesmo assim, o sucesso entre o público brasileiro foi muito pequeno e assim não se justifica a sua presença na linha de montagem.

Chegando na linha dos sedans, a Fiat bem que tentou emplacar o Linea em 2008, entretanto, a adesão foi muito baixa. Talvez o modelo ofereceu muito pouco do que se propagava em relação ao seu espaço traseiro e não vinha emplacando há bastante tempo.

Voltando ao segmento dos hatchs, agora de volume médio, outro que deixa a cena por não conseguir aquecer este segmento da empresa será o Bravo. Talvez seus admiradores possam sentir saudades apenas do seu potente motor de 152 cavalos de força, usado no seu modelo T-Jet. Ele segue também um tendência do já desativado Fiat Punto.

A Fiat bem que tentou, mas não conseguiu emplacar no país o seu modelo mais luxuoso, a Freemont, numa tentativa frustrada de concorrer no disputadíssimo mercado dos SUVs brasileiros. Inicialmente trazido do México, os modelos 2005 eram fabricados a partir da união do modelo Dodge com um motor menos potente. Entretanto, nesta categoria a montadora resolveu manter o Journey, uma versão menor do modelo que sai de cena.

Nos utilitários, sai também de linha somente o Doblô do tipo cargo. Os outros modelos deverão continuar. Ele deverá ser substituído pelo modelo Fiorino e pelo Ducato.

Emmanoel Gomes


Fiat Mobi Drive 1.0 3 Cilindros 2017 – Test Drive e Ficha Técnica


Confira aqui uma análise e a ficha técnica do Fiat Mobi Drive 1.0 3 Cilindros 2017.

Faz bem pouco tempo que a Fiat apresentou oficialmente o novo Mobi Drive. A apresentação aconteceu neste final de ano, durante a realização do Salão do Automóvel de São de Paulo. A versão intermediária do ainda recente modelo vai andar com um motor que, em termos gerais, foi meio que emprestado, sendo ele o propulsor 1.0 de três cilindros Firefly. A título de curiosidade o Uno já usa esse motor desde o mês de setembro de 2016.

Incialmente o Fiat Mobi Drive vai ser vendido por R$39.870. A nova opção da linha vai ficar logo abaixo das já conhecidas configurações Like e Way. Estas continuaram mantendo o motor antigo.

Dirigindo o Fiat Mobi Drive

Do lado de fora do Mobi Drive o único detalhe que entrega a nova opção do modelo é a presença de um emblema situado na tampa traseira de vidro. Mas é só isso. Logo ao girarmos a chave de ignição vamos notar o clássico ruído dos motores de três cilindros (aquele típico som metálico e agudo mais acentuado do que as opções de quatro cilindros). Na seção de instrumentos o Mobi recebeu a tela TFT. Ela é a mesma que exibe as informações referentes ao sistema de som e de computador de bordo, que se encontra presente no seu “irmão maior”.

Segundo as informações da própria Fiat, o principal destaque desta opção vai ficar com o consumo de combustível. O negócio parece ser interessante a levar pelo fato de que o modelo acabou de conquistar o título de ser o 1.0 mais econômico do país.

Temos até 77 cavalos de potência a 10,9 kgfm de torque. Com isso, o conjunto mecânico deve garantir uma certa agilidade para os 945 kg desse compacto da Fiat. Mas isso não é no geral. Quando circulamos com baixa rotação o Mobi Drive de fato se mostra mais esperto. Mas é só aumentar um pouco os giros que vamos perceber que há sim limites claros no motor.

Fiat Mobi Drive – Ficha Técnica

  • Motor: Transversal, dianteiro, 3 cilindros em linha, 6V, flex e comando simples.
  • Capacidade total: 999 cm².
  • Potência: 77/72 cavalos a 6.250/6.000 rpm.
  • Torque: 10,9/10,4 kgfm de 3.250 rpm.
  • Direção: Elétrica.
  • Câmbio: Manual.
  • Dimensões: 3,56m de comprimento, 1,63m de largura, 1,50m de altura e 2,30 de distância entre eixos.

Por Denisson Soares


Fiat Grand Siena Attractive 2017 – Preço e Novidades


Confira aqui as principais novidades e o preço do Fiat Grand Siena Attractive 2017.

O dia 2 de dezembro de 2016, sexta-feira, foi a data escolhida pela Fiat para anunciar sua mais nova novidade e que preencherá o espaço deixado pelo fim da linha do Siena EL. Trata-se do Grand Siena Attractive, carro que virá na opção de motor 1.0 Evo e que terá valor a partir de R$ 43.590.

Com rendimento máximo de 75 cavalos de potência quando utilizando o etanol e torque de 9,5 kgfm, o veículo vem somente na opção de câmbio manual com cinco marchas. Outros itens de série do carro são: ar condicionado, vidros elétricos dianteiros, direção hidráulica, travas elétricas, predisposição para utilização de rádio com quatro alto falantes e antena, computador de bordo, roda de 14 polegadas com calota e alertas sobre limite de velocidade.

Além disso, o carro vem equipado com pneus super verdes que, na essência, acabam proporcionando uma menor resistência quando entram em contato com o solo. Ainda, os mesmos garantem consumo inferior de combustível, bem como menos emissão de gases prejudiciais, menos ruídos e melhor frenagem.

Ainda, para aqueles clientes mais exigentes, há ainda pacotes opcionais que garantem um conforto extra para seus usuários. O “Kit Attractive Um” apresenta para os clientes um pacote que inclui vidros elétricos na parte traseira, regulagem de altura do volante, retrovisores externos e elétricos com possibilidade de rebaixamento automático, porta óculos, banco de motorista com regulagem da altura, alças de segurança e apoio de pé para o motorista.

Já o segundo kit, intitulado de “Kit Attractive Dois”, inclui ainda um sensor de estacionamento traseiro, rádio com Bluetooth, CD, entrada USB e volante multifunções.

Siena Attractive 1.4 e Essence 1.6 Flex

Pensando em economia, a Fiat manteve as opções do Siena Attractive 1.4 e 1.6. Com valores de R$ 50.750 e R$ 55.950, respectivamente, os modelos são mais econômicos e possuem consumo médio menor do que a versão do motor 1.0 Evo. Na comparação da fabricante, o motor 1.0 faz na cidade, em média, 11,2 km/l com gasolina e 7,9 km/l com o etanol.

Em contrapartida, o Grand Siena Attractive 1.4 apresenta desempenho de 14 km/l com gasolina e 9,5 km/l na cidade. Já o modelo 1.6 registrou 13,4 km/l com gasolina e 9,3 km/l com etanol, levando em conta o mesmo trecho.

Kellen Kunz


Fiat Mobi Drive 2017 – Preço e Novidades


Modelo ganha novo motor e está mais econômico.

A Fiat aparece com seu novo projeto de carro popular, que vem para entrar no lugar do agora ultrapassado Fiat Palio. O modelo, que internamente era chamado de X1H, recebeu no nome de Mobi.

A definição por este nome de batismo foi devido a uma referência por encurtar a palavra ‘mobilidade’. O veículo de fato é um hatch pequeno, que possui dimensões ainda menores que a do Fiat Uno, o qual tem um comprimento de 3,81 metros.

Até que enfim chegou o momento em que a marca equipou o hatch Mobi com um propulsor Firefly 1.0 de três cilindros, que gera uma potência de 72 cv ao ser abastecido com gasolina e 77 cv ao utilizar etanol. Resultado alcançado pelo desenvolvimento de escala global da Fiat Chrysler Automobiles, a FCA, que faz sua estreia dentro do mercado brasileiro. A nova versão, com câmbio manual, chega às lojas e será comercializada pelo valor de R$ 39.870.

A sua arquitetura conta com duas válvulas para cada cilindro, além de ter otimizado a geometria do conjunto, o que faz com que o motor tenha uma melhora de rendimento, mesmo com giros mais baixos, certificando que a economia seja ainda maior, que os níveis de emissões de gases sejam menores, que haja mais silêncio quando se está a bordo e ocorra uma melhor performance.

Sem contar que ainda há uma gama de equipamentos opcionais que dão direito ao consumidor fazer a personalização do seu Mobi Drive. Nesta lista consta itens como o rádio Connect com entradas auxiliar, USB e Bluetooth; sensor de estacionamento traseiro; retrovisores elétricos com luz de seta integrada e Tilt Down; volante multifuncional; alarme com telecomando; faróis de neblina; rodas de liga leve de 14 polegadas e console de teto com espelho auxiliar.

Na quarta-feira, dia 23, o Carpress realizou um teste com o modelo em uma pista fechada no município de Tuiuti (SP) e conduzindo o veículo de forma econômica, com o ar condicionado desligado e abastecido somente com gasolina, bateu a marca de 30,3 km/l de consumo máximo, com uma média de 29,7 km por litro.

FILIPE R SILVA


Fiat Toro 2017 – Preço e Versões


Veja aqui os preços das versões do Fiat Toro 2017.

O novo Fiat Toro 2017 é um modelo de pick-up que está chegando com a novidade Sport Utility Pick-up (SP), com maior robustez no carro e conforto ao motorista e passageiros. Mas, esses não são seus únicos destaques. Conheça abaixo mais informações sobre o Fiat Toro 2017, bem como preço e versões.

Quem está em busca de uma pick-up maior que as compactas do mercado, mas menor que as médias, encontra no Fiat Toro 2017 o que precisa. O preparo para o novo modelo foi planejado e focado em torná-lo ainda melhor.

Mudanças notáveis são no pára-choque, grade frontal e formato dos faróis, que não fogem aos olhares dos mais atentos aos detalhes. Já por dentro, o que se pode ver de diferente são a forração tanto do painel, quanto interna.

Já as especificações da ficha técnica são quase as mesmas do modelo 2016, do veículo que tem produção nacional, na cidade de Goiana, no estado de Pernambuco.

A velocidade máxima do Fiat Toro 2017 é de 182 km/h, com capacidade de combustível de 55 litros. Já as suas medidas são: comprimento: 4.493 mm, largura: 1.708 mm; largura com espelhos retrovisores: 1.893 mm e altura: 1.497 mm. Quanto as capacidades em litros da caçamba são: Cabine simples 934L e para a Cabine estendida de 734L.

A novidade é que o Fiat Toro 2017 vem com a opção tanto de motor Diesel, quanto Flex. Veja a seguir:

  • 1.8 16v AT6 Flex 4P
  • 2.0 16V Diesel 4P
  • 2.0 16V 4×4 Diesel 4P
  • 2.0 16V 4×4 AT9 Diesel 4P

Há no mercado cinco versões para este veículo. Conheça abaixo:

  • Freedom 1.8 Flex 4×2 automático (6 marchas)
  • Freedom 2.0 diesel 4×2 manual
  • Freedom 2.0 diesel 4×4 manual
  • Opening Edition 1.8 Flex 4×2 automático (6 marchas)
  • Volcano 2.0 diesel 4×4 automático (9 marchas)

Já os valores do Fiat Toro 2017 sofreram reajustes, variando de acordo com a versão escolhida. Veja abaixo:

  • Freedom 1.8 Flex 4×2 automático (6 marchas): R$ 76.500
  • Freedom 2.0 diesel 4×2 manual: R$ 93.900
  • Freedom 2.0 diesel 4×4 manual: R$ 101.900
  • Opening Edition 1.8 Flex 4×2 automático (6 marchas): R$ 84.400
  • Volcano 2.0 diesel 4×4 automático (9 marchas): R$ 116.500

Gostou do nosso post? O que achou do nosso artigo? Compartilhe conosco seus comentários e experiências!

Kika Akita


Fiat Siena 2017 – Preço, Ficha Técnica e Versões


Confira aqui o preço e todos os detalhes sobre o novo Fiat Siena 2017.

Um novo modelo que traz inovações de design e tecnologia. O Siena 2017 traz três qualidades que reunidas oferecem uma ótima experiência para o usuário: conforto, elegância e modernidade. Neste post iremos destacar todas as novidades deste novo modelo.

Desde 1998 o Siena está competindo no mercado brasileiro. E a Fiat buscou manter os padrões da categoria até então. Sendo um dos líderes de mercado e o carro-chefe da montadora, o novo Siena 2017 vem com expectativas para manter a briga no ranking.

As novidades deste modelo são bem interessantes e cada parte tem seu destaque. Então vamos por partes:

Porta-Malas

A capacidade é o diferencial. São 520L bem distribuídos com sistema de abertura elétrico e iluminação interna. E esta capacidade pode ser ampliada, basta apenas rebater os bancos, movendo seus encostos para frente.

A iluminação facilita na organização das malas. A tampa é aberta automaticamente quando acionado o logo push na chave de telecomando.

Performance – Motorização

São duas as opções que foram disponibilizadas. Dois motores: o Fire EVO 1.4 e o E.torQ 1.6 de 16 válvulas Flex. Desenvolvidos para oferecer maior economia e melhor performance nas vias, tanto na estrada quanto na cidade.

O motor 1.4, com gasolina possui 85 cavalos de potência e com álcool 88 cavalos. Já o motor 1.6 mantém 115 cavalos com gasolina e chega a 117 cavalos com álcool.

Os testes de consumo do novo Siena 2017 manteve a média dos demais, conforme informações do Inmetro. O Siena 1.4 abastecido com gasolina obteve o consumo de 10km/l na cidade e 13Km/l na estrada. Abastecido com alcool cosumiu 6,5 Km/l na cidade e 10 Km/l na estrada.

Siena por dentro

A marca registrada deste modelo é o espaço interno. A garantia de conforto e bem-estar de seus passageiros é o diferencial. Além da qualidade, o design interno está nos detalhes cromados em seu painel, alto falantes, nas saídas do ar condicionado e no quadro de instrumentos.

Os bancos possuem a textura com tecidos estilizados, o acabamento faz com que este veículo seja o preferido das famílias.

Preço

O preço é a desvantagem deste novo Siena. Alguns clientes acharam que a Fiat encareceu muito em relação as pequenas modificações quanto aos anteriores.

Siena 1.4 Attractive avaliado em R$ 50.750 e modelo 1.6 Essence R$ 55.950.

Agora é só esperar novas avaliações dos novos proprietários deste novo Siena 2017.

Marcio Ferraz


Fiat Palio 2017 – Informações sobre o novo modelo


O modelo de 2017 não vem com grandes modificações com relação ao visual ou ainda na parte mecânica. Mas a montadora investiu um pouco nos itens de série para deixar o carro mais equipado.

O Fiat Palio 2017 foi anunciado pela marca na mesma data em que o modelo ganhou somente 1 estrela no teste de colisão realizado pela Latin NCap com o objetivo de fazer a avaliação em relação a segurança dos veículos.

Em linhas gerais o modelo de 2017 não vem com grandes modificações com relação ao visual ou ainda na parte mecânica. Mas, por outro lado, a montadora investiu um pouco nos itens de série para deixar o carro mais equipado.

A lista de preços é a seguinte:

  • Palio Attractive 1.0 – R$42.410,00
  • Palio Attractive 1.4 – R$45.990,00
  • Palio Essence 1.6 – R$50.890,00
  • Palio Sporting 1.6 – R$ 53.410,00

O Palio 2017 recebeu um novo painel central. Destaque para o acabamento exclusivo que marca fez para cada versão. O quadro de instrumentos vem também com uma nova grafia, uma nova posição da entrada USB, novos tecidos já de série e um interior mais escurecido.

No exterior o Palio 2017 traz uma nova cor nas rodas de liga leve, a presença de novas faixas laterais e novas calotas.

Attractive 1.0:

A montadora adicionou aos itens de série revestimento interno da soleira das portas, 3° apoio de cabeça traseiro rebaixado, alças de segurança traseiras, volante com regulagem de altura, composto por apoia pé para o motorista, pré-disposição para rádio e o Kit Comfort, banco do motorista com regulagem de altura e porta óculos.

De opcionais vamos ter o rádio Connect, vidros elétricos traseiros, volante com comandos de rádio e retrovisores externos elétricos.

Attractive 1.4:

A mais na lista de itens de série vamos ter vidros elétricos traseiros, volante com comandos de rádio, retrovisores externos elétricos e rádio Connect.

Essence 1.6:

Kit parafusos antifurto das rodas, spoiler na tampa traseira na cor do veículo e rodas de liga leve 6.0 x 15" + pneus 185/60 R15 estão entre os opcionais. Os acréscimos nos itens de série ficam por conta do alarme, vidros elétricos traseiros e volante em couro.

Sporting 1.6:

Além das novas faixas laterais que, como apontamos, são exclusivas e as rodas de liga leve 16” com uma nova pintura teremos na lista de série (a mais) os itens kit parafusos antifurto das rodas, alarme, vidros elétricos traseiros e volante em couro comandos do rádio. Não há itens opcionais para esta versão.

Por Denisson Soares

Fiat Palio 2017


Fiat Toro Black Jack 2017 – Edição Especial


Saiba aqui as principais novidades presentes no novo Fiat Toro Black Jack 2017.

No início de 2015, a Audi havia anunciado que iria dar início às vendas do R8 no Brasil, em 2016. Na época, alguns representantes da marca afirmaram para diversos sites especializados no setor que ele seria oferecido aqui em duas versões sendo a V10 com 526 cavalos e a V10 Plus com 610 cavalos. Nos dois casos a informação da época era que os modelos teriam o mesmo propulsor 5.2 aspirado, juntamente com um câmbio automático de sete velocidades e dupla embreagem.

Informações sobre os preços na época não foram divulgadas. Mas, no mês de maio do ano passado, no Reino Unido, a versão V10 custava 119.500 Euros e a V10 Plus 137.500 Euros.

Agora, com a chegada do Salão do Automóvel de São Paulo de 2016 (o evento acontece entre os dias 10 e 20 de novembro), a Audi enfim anunciou a aparição de sua maior estrela, ao menos neste ano: O R8 Coupé V10 plus em sua segunda geração. O modelo que atrai olhares e críticas tem previsão de chegar ao mercado já no mês de dezembro deste ano. Os preços novamente não foram informados.

De qualquer forma, até que tudo se torne mais claro por parte da fabricante, vejamos alguns detalhes que já são certos nesse lançamento.

A Audi equipou o R8 plus com o motor 5.2 V10 (central-traseiro). A nova versão do esportivo que traz tração integral tem capacidade para entregar 610 cavalos de potência. Já a aceleração de 0 a 100 km/h, de acordo com a montadora, é feita em 3,2 segundos. A velocidade máxima do carro é de R$ 320 km/h.

O atraso da chegada do R8 no Brasil (afinal foram mais de dois anos desde sua aparição no Salão de Genebra) se deve em especial devido ao número relativamente alto de modelos que ainda estavam em estoque da versão que foi substituída.

Anteriormente apontamos que a Audi não deu detalhes sobre os preços. Ainda assim, alguns sites do setor automobilístico já “avisam” que as cifras podem ultrapassar um milhão de reais facilmente.

A Audi também trouxe para seu estande em São Paulo algumas novidades bem esperadas como o RS6 e RS7. Performance que foram melhoradas em termos mecânicos e ganharam um “up” na potência chegando a 605 cavalos.

Por Denisson Soares


Fiat Toro ganha Novo Motor 2.4 Tigershark


Nova versão será vendida nas concessionárias por R$ 98 mil.

A montadora italiana Fiat anunciou no dia 3 de novembro o aumento da gama de motorizações da picape Toro ao lançar a motorização 2.4 Tigershark Multiair flex com tração 4×2, versão esta que já tinha sido vista e comentada por alguns indivíduos na internet. O propulsor possui uma potência de 186 cavalos e 24,8 kgfm de torque máximo, somado ao já conhecido câmbio automático com nove velocidades, que até o momento era combinado apenas com o motor a diesel de 170 cavalos de potência e torque de 35,7 kgfm.

Chamada de Freedom 2.4, a versão nova é comercializada nas concessionárias pelo preço de R$ 98.730, o mesmo valor da Freedom 2.0 com motor a diesel e tração 4×2. A mesma deverá corresponder por cerca de 20% do mix de vendas, hoje 70% dos emplacamentos são da versão 1.8 flex.

Fabricada pela Chrysler nos Estados Unidos, o propulsor 2.4 flex foi evoluído a partir do 2.0 flex, o mesmo que hoje é usado pelo Jeep Compass, porém, com cabeçote Multiair, o qual faz uso do controle eletro-hidráulico para abertura das válvulas de admissão. Quando se trata de desempenho, segundo informações da fabricante, a pickup chega a bater os 100 km/h em apenas 9,9 segundos, tendo como velocidade máxima 200 quilômetros horários.

Segundo a empresa, o consumo dentro da cidade é de 8,6 km/l com gasolina e de 5,9 km/l com etanol. Já na estrada, o valor aumenta para 10,8 km/l com o derivado do petróleo e 7,4 km/l com o combustível de origem vegetal. Dentre os recursos que irão melhorar o desempenho energético do motor estão o alternador (que é gerenciado eletronicamente) e o sistema start-stop.

A lista de acessórios da Toro Freedom 2.0 é o mesmo presente na versão 1.8, acrescido apenas de capota marítima, volante de couro com aletas para realização das trocas de marchas na parte posterior do volante e retrovisores elétricos com rebaixamento que facilita as manobras.

A Fiat Toro, que foi eleita a pickup do ano no começo da semana passada, foi o utilitário mais vendido do Brasil no mês outubro, somando um emplacamento de 4.288 unidades. No total do ano, o veículo fabricado em Goiana, em Pernambuco, conta com 31.922 unidades licenciadas. Fica atrás somente da Fiat Strada, que possui 49.487 unidades.

FILIPE R SILVA


Fiat Strada 2017 – Preço, Características e Novidades do Modelo


Confira aqui o preço e as principais novidades do novo Fiat Strada 2017.

Depois de aparecer com a Nova Toro, a Fiat chega com a Strada e já deixa um aviso bem claro: As mudanças na linha 2017 da picape mostram que ela está se tornando cada vez mais um modelo para o uso comercial. Esse aspecto é tão forte que a Strada chegou a ganhar uma configuração nova chamada de Hard Working. A já conhecida versão Working, por sua vez, também ganhou uma nova opção. O cliente comum também será atendido na linha 2017. A Fiat desenvolveu uma alternativa Adventure que conta agora com câmbio automático. Sobre os preços, a informação é de que ficam entre R$ 46.790 e R$ 77.600.

Como era de se esperar, há algumas novidades para a linha 2017 da picape líder. Ela deixa de contar com o motor 1.6 de 115 cv. O mesmo que se encontrava presente na Strada Trekking. No lugar dele vamos ter o bloco 1.4 de 85 cv e um 1.8 com 130 cv. As duas opções são flex. Sempre contando com cinco marchas, o câmbio poderá ser manual ou automatizado.

Mas nos concentrando um pouco mais nas mudanças, elas foram maiores no pacote de equipamentos e nos preços (fato que muita gente não deixou passar em branco).

Agora com oito versões, a Fiat tinha que fazer sua parte e começar a “informar” o consumidor. Por exemplo, de acordo com a fabricante, a opção mais indicada para o setor frotista é a Working CS (custando R$46.790). Ela vem com uma capota marítima e também com iluminação de caçamba. Já pelo valor de R$ 48.820 o consumidor poderá ter uma Working Plus CS com porta-escadas, protetor de vidros traseiros, brake light e direção hidráulica.

Dando um salto nas versões vamos para a Adventure CE. Esta será sempre equipada com o motor mais potente da linha (1.8 com 130cv). O preço sugerido é de R$ 66.280. Aqui o consumidor terá a sua disposição rodas de 16 polegadas, entrada USB, Bluetooth, MP3, rádio com CD, retrovisores externos elétricos, sensor de estacionamento, entre outros itens. Vale chamar a atenção para o fato de que a Adventure CD com câmbio automático de cinco velocidades irá cobrar um acréscimo de R$ 4.470.

Por Denisson Soares


Fim do Fiat 500 e Freemont no Brasil


Fiat anuncia fim das vendas do 500 e Freemont no Brasil.

A Fiat interrompeu a importação de mais dois modelos, o Freemont e o 500, cujos últimos modelos estão sendo vendidos pelas lojas que estocaram em 2015 na última importação.

O motivo do cancelamento da importação do compacto 500 se deu exclusivamente pela alta do dólar, que fez com que o modelo no período de quatro anos, encarecesse consideravelmente. Além disso, sua venda foi relativamente baixa, desde a sua chegada em 2009 até 2011, de forma que os números indicam que foram vendidas um total de 2.200 unidades, que eram importadas da Polônia.

O importado polonês era constituído de motor 1.4 de 16 válvulas, que oferecia 100 cv e 13,4 kgfm, movido a gasolina, de câmbio manual e Dualogic, de 5 velocidades.

Em 2011, o modelo começou a ser importado do México, com motor 1.4 de 16 válvulas, 105 cavalos de potência e 13,6 kgfm, com opção de 6 marchas. Modelo que em 2013 ganha motor flex, passando para 107 cv e 13,8 kgfm. Quando as vendas tiveram um aumento, contabilizando o total de 15.922 veículos emplacados em 2012.

Atualmente o 500 possui três versões, a Cult (Manual e Dualogic), a conversível Cabrio (manual, Dualogic e automática) e a Abarth.

Já o Freemont chegou ao Brasil em 2011 com propulsor 2.4, de 173 cavalos e 22,4 kgfm, com câmbio automático de 4 marchas, que após dois anos de vendas passou a ter seis marchas.

No período de quatro anos foram emplacadas 22.593 unidades, sendo que a metade desse montante foi vendida em um único ano. Porém, neste ano as vendas caíram muito, uma vez que se contabilizou até o mês de setembro a venda de apenas 500 unidades. Fato que levou a interrupção da importação do modelo.

Para quem deseja comprar um crossover, o modelo ainda está sendo vendido nas versões de cinco lugares (Emotion) e de sete lugares (Precisison), pelos respectivos preços de R$ 109.500 e R$ 119.900.

Na realidade, o que se observa é que a Fiat não assume o cancelamento da importação dos dois modelos, principalmente devido aos problemas já citados. Mas segundo informações, os modelos não fazem mais parte da FCA Automobiles.

Sirlene Montes


Fiat Fiorino 2017 – Preço e Novidades


Veja aqui o preço e as principais novidades do Fiat Fiorino 2017.

Há muitos anos o Fiat Fiorino é um grande sucesso entre os consumidores e 25 após o seu lançamento, o veículo ainda continua mantendo uma excelente hegemonia perante os seus concorrentes. O sucesso da Fiorino é devido ao fato de ela ser um veículo de carga de pequeno porte, fator este que favorece sobremaneira a sua utilização principalmente nos grandes centros urbanos. É nessa perspectiva que a Fiat lançou a linha 2017 da Fiorino, sendo que a grande novidade trazida foi a criação de uma série inédita do veículo, a qual foi denominada Hard Working.

A versão Hard Working é uma variante da Fiorino, que fica posicionada acima do modelo de entrada e por esse motivo chega ao mercado com novo acabamento e um pacote mais recheado de itens de série, tais como ar-condicionado, assento do condutor com regulagem de altura, direção hidráulica, brake light, faróis de neblina, computador de bordo, vidros elétricos nas portas dianteiras, volante dotado de regulagem de altura, bem como assoalho do vão da carga inteiramente recoberto.

Além de todo esse pacote de série, para os consumidores mais exigentes, a Fiat disponibilizou alguns opcionais, tais como para-choque frontal na mesma cor que o veículo e para-choque traseiro parcialmente pintado na cor do veículo, sensor traseiro para estacionamento, além de rádio dotado de sistema USB MP3/WMA com RDS.

Já a versão mais básica da Fiorino 2017 é a denominada 1.4 Evo Flex, a qual possui de série retrovisores internos com comando, brake light, enquanto os opcionais disponibilizados são sistema de regulagem de altura no volante e adaptação completa para a instalação do mesmo rádio da versão Hard Working.

E como forma de agradar ainda mais os consumidores, caso eles queiram incrementar e personalizar o veículo ainda mais, eles podem comprar outros 40 acessórios a vulso, como por exemplo, rodas de liga leve, parafuso antifurto, alarme, ecobag, dentre outros.

O valor de comercialização da Fiorino 2017 está fixado inicialmente em R$ 53.340 para a versão mais básica 1.4 Evo Flex e de R$ 60.390 para a versão Hard Working, dotada do mesmo propulsor mencionado acima.

O certo é que este veículo será mais uma aposta da Fiat para tentar espantar a má fase de vendas vividas pelo setor automotivo no ano de 2016.

Por Adriano Oliveira


Novo Fiat Uno 2017 – Preços e Características


Confira aqui as características e o preço do Novo Fiat Uno 2017.

Já se passaram os tempos em que o Uno era considerado como o veículo mais básico da grande e renomada fabricante de veículos Fiat, uma vez que com as diversas modificações das tendências de mercado, a empresa acabou investindo em outros veículos mais básicos, tais como o subcompacto Mobi e o Palio na versão Fire, lançamentos estes que fizeram com que o renomado Uno ficasse como a terceira opção de veículos de entrada dentre os modelos comercializados pela Fiat aqui no Brasil.

E é nessa perspectiva que a linha 2017 do Uno chegará às concessionárias, uma vez que nessa nova versão o carro será disponibilizado com motores 1.0 dotado de três cilindros e 1.3 dotado de quatro cilindros, mudanças estas que sem sombra de dúvidas irão contribuir sobremaneira para que o veículo seja um sucesso de venda.

A nova versão do Fiat Uno 2017 foi apresentada oficialmente pela fabricante na unidade da cidade de Betim (MG), entre as principais mudanças feitas estão a substituição do sistema de direção hidráulica pelo sistema de direção elétrica em toda a gama, bem como a disponibilização do controle de estabilidade, o qual virá de série na versão 1.3 com câmbio automatizado, contudo, será comercializada como opcional nas demais.

O novo Uno 2017 chegará ao mercado nacional com as seguintes versões: Atractive 1.0 no valor de R$ 41.840, Way 1.0 no valor de R$ 42.970, Way 1.3 no valor R$ 47.640, Way 1.3 Dualogic por R$ 51.990, Sporting 1.3 por R$ 49.340 e a topo de linha do modelo que será a Sporting 1.3 Dualogic, a qual será comercializada pelo valor de R$ 53.690.

Com relação aos acessórios, a Fiat disponibilizou aos consumidores dois pacotes distintos, sendo um denominado Kit Comfort (que tem valor variando entre R$ 890 a R$ 1.300) e o outro Kit Tech (que possui variações entre R$ 2.970 até R$ 4.500, variações de valores estas conforme a versão do modelo contemplado).

Muitas coisas mudaram nesse Novo Uno, a começar pela parte mecânica, tendo em vista que o veículo só será disponibilizado com os novos propulsores. Outras grandes novidades trazidas pelo veículo e que irão agradar a muitos consumidores brasileiros foi a inserção dos tão esperados controles de estabilidade e tração, os quais virão de série nas versões que possuem propulsor 1.3 e câmbio Dualogic, sendo que nas demais estes itens serão comercializados como opcionais.

Com essas e tantas outras novidades, com certeza vale a pena conhecer as novidades trazidas pelo nono Uno 2017, inclusive no seu desing que também foi revitalizado.

Por Adriano Oliveira


Fiat Uno 2017 terá Novos Motores e Controle de Estabilidade


Novo modelo contará com motor 1.0 de 3 cilindros ou 1.3 de 4 cilindros.

Para fazer a estreia mundial da nova família dos motores Firefly da FCA, a Fiat escolheu o Uno 2017. Vamos ter as versões de 1.0 com 3 cilindros e a 1.3 com 4 cilindros. O hatch também ganhou alterações visuais bem sutis. Há novos equipamentos para a segurança e o conforto como a direção elétrica, que já estará presente como item de série em todas as versões. O controle de estabilidade também será de série para a 1.3 Dualogic, para as demais esse “acessório” será um opcional.

Essa nova gama de motores já vinha sendo muito aguardada. A nova linha apresenta propulsores com cabeçote de duas válvulas por cilindro. Aqui temos uma curiosidade: Essa é a primeira vez que estará presente em um 1.0 tricilíndrico no Brasil. Esse detalhe acaba proporcionando melhorias para o torque em baixas rotações. De quebra ainda favorece o baixo consumo de combustível.

No 1.0 6V ele pode gerar 72-77 cavalos de potência e 10,4-10,9 kgfm movido a gasolina/etanol. Esse é o maior torque encontrado entre os modelos 1.0 aspirados nacionais. No caso do 1.3 V8, há uma entrega de 101-109 cv e 13,7-14,2 kgfm na mesma sequência gasolina/etanol. Aqui poderá ser tanto com a presença do câmbio manual de cinco marchas ou com o automatizado Dualogic integrado.

A construção modular dos novos motores tem chamado a atenção. Tanto o de 3 quanto de 4 cilindros contam com a mesma dimensão de cilindro e pistão. Em outras palavras, isso quer dizer que o 1.3 é apenas o 1.0 com um cilindro extra. Sendo assim, há a possibilidade de se compartilhar diversos componentes. Isso acaba por facilitar tanto a manutenção quanto a produção propriamente dita, já que uma mesma peça poderá ser usada em qualquer um dos dois motores.

A linha 2017 do Uno fará sua estreia com seis versões. Ela contará de série com ar-condicionado, computador de bordo, travas elétricas, vidros dianteiros elétricos e direção elétrica. Entre os opcionais podemos destacar o sistema Live On para conexão de celular e a central multimídia que traz uma tela com 6,2 polegadas.

Os preços do Uno 2017 começam em R$ 41.840 na versão Attractive 1.0 e vai até os R$ 53.690,00 para a Sporting 1.3 Dualogic.

Por Denisson Soares


Fiat 147 – Primeiro Carro da FIAT produzido no Brasil


Confira aqui um pouco da história do Fiat 147, primeiro carro da Fiat produzido no Brasil.

Há exatos 40 anos, a FIAT inaugurava sua primeira fábrica no Brasil. Em 1976, o então presidente da montadora italiana, Giovanni Agnelli, vinha ao Brasil para inaugurar a fábrica de Betim, na região metropolitana de Belo Horizonte. Ali seria fabricado o primeiro carro brasileiro, o Fiat 147, uma adaptação do modelo europeu 127, lançado cinco anos antes.

O carro prometia ser um sucesso, já que sua inspiração europeia havia acabado de vender mais de 500 mil unidades, tornando-se o bólido com maior número de vendas no Velho Continente. O Fiat 147 chegava com o pioneirismo como sua marca. Era o primeiro em vários quesitos: primeiro carro brasileiro com motor transversal dianteiro; primeiro carro no Brasil com coluna de direção articulada; primeiro carro no Brasil a ter todas as versões (hatch, perua, sedan, picape e furgão); primeiro carro no Brasil a ter estepe e macaco embaixo do capô dianteiro; primeiro carro no Brasil a ter para-choques de plástico; primeiro carro no Brasil a ter desembaçador traseiro; em 1979, tornou-se o primeiro carro no mundo movido a álcool a ser produzido em série.

Seus 3,63 metros de comprimento foram muito bem aproveitados. Apesar de ser 40 cm menor que seu concorrente da Volkswagen, a Brasília, o 147 tinha um aproveitamento de espaço interno invejável. Cerca de 80% do espaço interno do carro eram destinados a bagagem e passageiros. Outro fator, até então incomum no país e que proporcionava a ampliação do porta-malas, era a possibilidade de rebater o banco traseiro. A publicidade do carro à época destacava essa característica, com os slogans: “enfim, um carrão pequeno” e “no Fiat 147 quem fica de lado é o motor, não os passageiros”.

Em seus dez anos de fabricação no Brasil, o modelo vendeu mais de 700 mil unidades. Em 1978, a Revista Autoesporte elegeu o Fiat 147 como o Carro do Ano. Em 1986, o Fiat 147 deixou de ser fabricado no Brasil, dando lugar ao Uno. Seu sucessor incorporou algumas das suas características, como por exemplo, o estepe no compartimento do motor.

Talvez o grande ponto fraco do Fiat 147 fosse sua correia dentada, que necessitava de maior manutenção e de ser trocada com maior constância que as de seus concorrentes. O modelo também enfrentou certo preconceito, devido ao seu tamanho mais compacto e à sua aparência frágil. Os pedais curtos e o volante em posição mais horizontal faziam com que o condutor tivesse que se sentar mais para a frente. E sua marcha de quatro câmbios também foi motivo de reclamação, já que era difícil encontrar as marchas na sua primeira edição.

Problemas à parte, o Fiat 147 foi um sucesso no Brasil. Tanto que, até hoje, o modelo encanta colecionadores pelo país inteiro.

Renato Senna Maia


Novo Fiat Doblò Cargo 2017 – Lançamento na Argentina


Modelo deve chegar ao mercado com diversas mudanças.

A Fiat acaba de lançar na Argentina uma nova geração do Fiat Doblò Cargo, que chega com mudanças visuais e novo conceito para a linha 2017. O novo Doblò Cargo se assemelha ao modelo vendido na Europa e tem capacidade para transportar até 750 quilos.

O novo visual do Doblò lançado na Argentina vem com grade mais robusta, novos faróis, para-choques com novo formato e novas medidas: o veículo possui 4,39 metros de largura, 1,84 metro de altura e 2,75 metros entre eixos. As linhas foram modificadas e o design se tornou mais moderno.

O veículo foi remodelado para atender às necessidades de empresas e empreendedores que precisam de um modelo econômico e com boa capacidade de transporte de carga para o dia-a-dia. De acordo com a Fiat, o Doblò Cargo traz eficiência e produtividade ao permitir que mais carga seja transportada de uma só vez e ao oferecer um veículo com consumo de combustível menor, reduzindo custos de operação.

O Fiat Doblò Cargo 2017 vendido no mercado argentino possui motor 1.3 litro a gasolina, com 95 cavalos de potência e 12,9kgfm de torque, além de câmbio manual com 5 marchas. O compartimento de cargas do Doblò Cargo 2017 tem compartimento de carga com volume de 3,4 metros cúbicos e capacidade de transporte de 750 quilos.

O modelo oferece aos clientes uma boa gama de equipamentos de fábrica, como ar-condicionado, direção hidráulica, espelhos retrovisores externos com regulação elétrica, freios ABS com EBD, airbags frontais, rodas de 16 polegadas, sensor de estacionamento, luzes diurnas em LED, sistema de som com Bluetooth integrado, volante com ajuste de altura e profundidade, porta-objeto nas portas, assentos ergonômicos, computador de bordo, entre outros. O novo Doblò também chega à Argentina com mudanças no painel de instrumentos.

O novo Fiat Doblò Cargo 2017 pode ser encontrado em concessionárias da marca em toda a Argentina pelo preço de 324,5 mil pesos – ou cerca de R$ 69,2 mil. Ainda não há previsão da chegada do Novo Fiat Doblò Cargo remodelado no mercado brasileiro.

Mais informações sobre o novo modelo Doblô Cargo da Fiat para o mercado da Argentina podem ser obtidas através do site da Fiat Argentina: http://www.fiat.com.ar/content/doblo-cargo-1.

Por Luana Neves


Fiat Doblò 2017 – Características e Preço


Confira aqui as características e preço do novo Fiat Doblò 2017.

Quase sem nenhuma alteração na aparência, a montadora italiana lança o Fiat Doblo em sua linha 2017. As principais novidades ficam por conta de uma configuração nova da gama de versões com o aumento de alguns itens em sua lista de equipamentos e também da retirada do antigo motor de 1.4 litros. O acréscimo de itens fez com que o utilitário italiano ficasse um pouco mais caro, iniciando as vendas agora no valor de R$ 76.890.

A versão Doblo Adventure

Na parte externa da nova versão Adventure é possível ver na moldura do para-choque frontal um acabamento novo na cor cinza escuro, além de rodas em liga leve junto com um estepe de aro de 16 polegadas com uma pintura mais escura. Na parte interna por sua vez, conta agora com itens de série como apoio de braço no banco do motorista, volante revestido de couro com comandos do rádio, banco bipartido na parte traseira com cinto de três pontas. Já o sistema locker para bloqueio do diferencial é vendido como item opcional.

A versão Doblo Essence

As versões Essence do Doblo, com 5 e 7 lugares, ganharam também alguns itens de série novos, como apoio de braço no banco do motorista e o banco bipartido com cinto de três pontas na parte traseira. Entretanto, na lista padrão já havia direção hidráulica, ar condicionado, barras no teto e travas elétricas. Já retrovisores externos elétricos, rádio Connect CD MP3 e WMA, faróis de neblina, sensor de estacionamento traseiro e volante com acabamento em couro e seis botões de comandos de rádio, que fazem parte do Kit Evolution, que é opcional.

O utilitário da Fiat também pode contar com alguns acessórios da Mopar, que seria uma central multimídia adicionado com câmera de ré, alarme antifurto, grade divisória no banco traseiro, Car Bag, barras transversais, dentre diversos outros.

Confira abaixo os novos valores das respectivas versões da linha 2017 do Fiat Doblò?

  • Doblò versão Essence com 5 lugares motor 1.8 – R$ 76.890.
  • Doblò versão Essence com 7 lugares motor 1.8 – R$ 78.290.
  • Doblò versão Adventure com motor 1.8 – R$ 85.230.

FILIPE R SILVA


Novo Fiat Mobi Way – Lançamento do Carro


Versão aventureira do Fiat Mobi é lançada no Brasil. Versão busca elevar as vendas do modelo no país.

Depois de exatos um ano e meio do lançamento oficial do Fiat Mobi, a grande e renomada fabricante de veículos automotores Fiat iniciou o envio aos seus concessionários da versão com apelo aventureiro do Mobi, qual foi batizada com o nome de Way. Após este lançamento, agora o modelo já possui a sua linha completa, sendo que agora a principal pretensão da fabricante é que o número de vendas desse subcompacto aumente ainda mais.

No mês de maio a Fiat conseguiu comercializar 2.400 unidades, sendo que daqui para frente o objetivo da empresa é conseguir chegar a marca de 3.500 a 4.000 unidades emplacadas mensalmente.

Para que a Fiat consiga conquistar essa meta, essa nova variante aventureira do Mobi irá  assumir um papel preponderante, tendo em vista que, segundo as expectativas da fabricante, o modelo representará um mínimo de 35% das vendas do modelo podendo chegar a até 50%.

Para melhorar o conceito desse novo veículo perante a imprensa, bem como perante o público consumidor, a Fiat tem trabalhado em torno da imagem do seu produto, sendo que a fabricante já deixou bem claro que o Mobi não é um mini-Uno. Outro aspecto que também é importante é que este, atualmente, é o veículo de menor dimensão fabricado no Brasil, fator este que faz com que o modelo assuma a sua identidade urbana, porém, apesar de ter um tamanho reduzido, o Mobi possui um espaço maior para o condutor do que o seu principal concorrente, que é o VW Up! E falando em rival, o principal atrativo que o Mobi trás com relação ao Up! é o seu pacote de equipamentos, bem como o seu valor de comercialização, que é um pouco menor.

Vale ressaltar que a versão Way do Mobi não é um veículo destinado para o ambiente off-road, mas a elevação de 15 mm em relação ao solo ajudam o pequeno a enfrentar alguns terrenos adversos.

Outra novidade que é aguardada para o Mobi é o lançamento do sistema Live On, o qual faz com que o smartphone vire uma central multimídia, segundo a Fiat este sistema será disponibilizado para o Mobi em breve.

O certo é que com o fechamento da gama o Mobi terá todas as armas disponíveis para se consolidar no mercado nacional.

Por Adriano Oliveira


Fiat Punto 2017 – Lançamento e Preço no Brasil


Confira aqui as principais novidades e o preço do novo Fiat Punto 2017.

Nesta última quarta-feira, dia 01 de junho de 2016, a grande e renomada fabricante de veículos automotores Fiat apresentou o novo Fiat Punto 2017. Apesar de o modelo não ter ganhado nenhuma alteração expressiva, a fabricante anunciou que o veículo ganhou pacotes tecnológicos mais recheados. Esse novo Punto chega ao mercado com cinco versões distintas sendo estas: a Attractive 1.4 (que será comercializada por R$ 51.650), a Essence 1.6 (que custará R$ 57.560), a Essence Duallogic 1.6 (que será vendida por R$ 61.690), a Blackmotion 1.8 (custando R$ 63.620) e a topo de linha Blackmotion Dualogic 1.8 (que custará R$ 67.510).

A versão de entrada, a Attractive, será disponibilizada ao consumidor saindo de série com volante revestido em couro (inclusive com comando do rádio), rádio, CD com MP3 e entrada USB, vidros traseiros com acionamento elétrico com antiesmagamento e tecnologia one Touch. Os opcionais dessa versão será um kit denominado Itália, o qual é composto por uma central de multimídia Uconnect, volante com revestimento feito em couro dotado de comandos de telefone e rádio, rodas de liga-leve de 15 polegadas, borda escurecida nas lanternas traseiras, dentre outros.

A versão Essence 1.6, dentre os seus principais atrativos estão a central de multimídia Uconnect com um display de LCD Touch Screen de 5 polegadas, a qual possui além de rádio AM/FM, entrada USB, reconhecimento por voz e conexão via Bluetooth. O diferencial dessa versão são as rodas de liga-leve no tamanho 16 polegadas, bem como o sensor de estacionamento traseiro dotado de visualizador gráfico.

Já a versão Essence Dualogic 1.6 é análoga a versão Essence convencional, porém, com o acréscimo do sistema de câmbio automático Dualogic Plus, o qual dispõe de alavancas seletoras de marchas tipo borboleta no volante, bem como piloto automático.

O Punto Blackmotion 1.8, além de todos os acessórios trazidos nas versões mencionadas acima, ele será disponibilizado com outros dois kits de acessórios opcionais. O primeiro Kit foi batizado com o nome de Stile 3 e é composto por assentos revestidos parcialmente em couro, banco traseiro com apoio de braço central e bipartido, além de rodas de liga-leve no tamanho 17 polegadas. Já o segundo Kit chama-se Blackmotion e tem em sua composição teto solar com acionamento elétrico Skydome, ar-condicionado automático digital, retrovisor central externo eletrocrômico, sensor crepuscular, câmera de ré e sensor de chuva.

E por fim a versão topo de linha Blackmotion Duallogic 1.8, que possui todos os acessórios contidos na versão Blackmotion 1.8 com acréscimo do câmbio do modelo Dualogic Automático Plus dotado de seletor Dinâmico, Normal, Autonomia (DNA), bem como alavancas seletoras de marchas no volante estilo borboleta.

Por Adriano Oliveira


Fiat Chrysler: Carro sem motorista pode chegar em cinco anos


CEO da Fiat Chrysler afirma que carro autônomo pode ser realidade em cinco anos

Não faz muito tempo a notícia de que o Google e a Fiat Chrysler se juntaram em uma pareceria tomou conta do noticiário. O objetivo final é aprimorar e colocar logo em prática os conceitos de carros autônomos. Mas para quem acha que o plano era bem mais para frente pode se surpreender. Ao menos segundo o pensamento do presidente da montadora Fiat Chrysler (FCA).

Sergio Marchionne comentou sobre a parceria e avaliou que os carros autônomos, completamente sem a presença de um motorista, já podem estar circulando nas ruas dentro de um prazo de cinco anos.

De acordo com ele o desenvolvimento de um veículo autônomo tem uma grande importância e uso na vida real. O que leva a crer que não é algo tão distante do nosso cotidiano. O mais interessante é o otimismo do presidente. Em declaração para a imprensa ele destacou que enquanto as pessoas falam de coisa de 20 anos nos planos dele não levará os cinco citados.

A “casa mãe” do Google, a Alphabet, anunciou na última semana que havia encomendado 100 unidades do modelo Pacifica (minivan) com a finalidade de praticamente dobrar a frota usada nos testes para a criação do tão falado veículo sem motorista que, provavelmente, irá carregar o nome Google Car.

O processo para agilizar os trabalhos será resultado de uma parceria de engenheiros da FCA com os colegas integrantes da Alphabet. A ideia é que seja possível chegar a uma versão que seja perfeitamente adaptada e que tenha uma integração sem nenhum problema entre os computadores com os programas e sensores de direção autônoma do Google.

O projeto em si deve custar muito caro. Mas sobre esse ponto o presidente da FCA não quis dar nenhum tipo de detalhe.

O próximo passo que se espera da parceria é que seja mais rápido o processo de adequação da tecnologia de direção do Google junto às unidades da Chrysler Pacifica.

A título de curiosidade essa é a primeira vez que uma empresa originária do Vale do Silício se une a uma montadora com a finalidade de trabalhar em um projeto de carro autônomo.

A união promete trazer resultados mais amplos. Mesmo assim, outras montadoras não querem ficar para trás e também trabalham em seus próprios projetos de carros autônomos.

Por Denisson Soares


FCA e Google se unem em parceria para desenvolvimento de carros autônomos


No início deste mês a FCA e o Google decidiram anunciar a mais nova parceria com o objetivo principal de desenvolver e testar novas tecnologias de condução autônoma de veículos produzidos pelo grupo Fiat Chrysler Automobiles. De acordo com as informações divulgadas até o momento a previsão é que a produção inicial seja de 100 unidades da minivan híbrida Chrysler Pacifica que, por sua vez, receberá os sistemas do Google.

Tecnicamente o projeto em si já chama a atenção. Afinal é a primeira vez que a gigante da tecnologia se junta com alguma montadora tradicional com o objetivo de dar mais amplitude aos estudos. Antes disso, o projeto que envolvia a criação de um carro autônomo pelo Google vinha sendo levado adiante em testes feitos em protótipos que a própria empresa fabricava ou então com modelos SUVs da Lexus. Ainda assim não havia nenhuma espécie de contrato oficial.

Sergio Marchionne, CEO do FCA destacou que a oportunidade de trabalhar em parceria com o Google significa uma grande chance para que as duas companhias impulsionem o ritmo de inovação no setor automobilístico. Em comunicado ele ainda acrescentou que a parceira será produtiva para os dois lados e que será fundamental para gerar impactos positivos e benefícios para os consumidores nessa área.

Sobre o projeto em si a informação que se tem é que tanto engenheiros da FCA quanto do Google passem a trabalhar juntos com a finalidade de avançar nos estudos nesse sentido.

A parceria também deve provocar uma certa agilidade nos testes. Já para este ano há a previsão de que as unidades adaptadas do Pacífica sejam testadas na Califórnia em um campo fechado. A próxima etapa ( e depois de melhorado) será testar o carro em vias públicas a exemplo do que o Google já fez com outros carros.

O Google, por sua vez, manifestou-se a respeito da parceira dizendo que a oportunidade irá tornar mais rápido todos os esforços para a criação de um carro que seja completamente autônomo.

De acordo com informações da FCA as 100 minivans praticamente irão mais do que dobrar a atual frota que a empresa possui.

Já fazem dois anos que o Google deixou de lado as especulações e passou para a ação na criação de carros autônomos. Dos primórdios até o hoje a companhia já evoluiu muito nesse sentido levando seus protótipos para cidades controladas e vias públicas.

Por Denisson Soares


Mobi – Preço, espaço e motor podem afetar as vendas


A Fiat anda trabalhando para afastar a ideia de uma marca que só vende carro “barato”. O fato está tão presente na companhia que ela própria afirma que a novíssima picape Toro é a “cereja do bolo” servindo como um ícone para representar essa nova etapa da marca em terras brasileiras. No outro lado da moeda está outro lançamento: O Fiat Mobi. Um veículo pensado e desenvolvido para ser de uso urbano. Aspecto muito bem explicado pela presença exclusiva do motor 1.0. E é sobre ele que vamos ver alguns detalhes. Mas resumindo esses dois lançamentos mostram claramente que a marca está investindo em veículos mais sofisticados.

Voltando ao Mobi, basicamente o carro terá como missão ser o novo modelo de entrada. E se você estiver pensando o que será do Palio Fire… Bom, de acordo com a montadora ele deverá continuar no mercado por algum tempo.

O Mobi chega ao mercado como modelo básico e sendo assim já quebra alguns parâmetros que a marca tinha nesse setor. Mesmo sendo um modelo de entrada o design do carro está mais trabalhado. Além disso, ele é o único modelo a contar com poucos opcionais.

O que a Fiat está fazendo apesar de parecer novo não é. Outras marcas já adotaram a estratégia e obtiveram sucesso no Brasil. Por exemplo, hoje em dia não encontramos mais um Onix, um HB20 ou um Ford Ka que não conte com direção hidráulica e ar já de série. Quem ignorou esse fato foi a Volkswagen ao lançar o Up! lá em 2014.

Quando o Mobi foi anunciado havia uma certa expectativa de que o carro fosse um pouco mais barato. Mas a ideia foi extinta com a divulgação oficial dos preços. Mesmo a opção que não traz ar-condicionado tem sua faixa de preço acima dos R$30 mil.

Tirando o Up! praticamente todos os outros concorrentes do Mobi já passam a faixa dos R$40 mil. Mas o Mobi não fica muito atrás. A Way On, versão mais completa, os valores podem chegar a R$44 mil.

Além de ser menor do que o Uno o Mobi ainda tem outro problema além do tamanho. O “coração” do modelo é o mesmo do velho Palio Fire que tinha 4 cilindros e 75 cavalos. Futuramente a Fiat deve mudar isso, mas por enquanto…

De fato o design do carro chama a atenção. Mas dificilmente os aspectos positivos vão suplantar a questão do preço, do espaço e do motor. Mas quem sabe a Fiat tenha uma relativa sorte com o Mobi.Vamos aguardar para ver os resultados.

Por Denisson Soares


Fiat Mobi – Informações e Características do Novo Carro


Confira aqui as principais informações sobre o Fiat Mobi, novo carro compacto da Fiat.

A FIAT, famosa montadora italiana conhecida em todo o mundo, traz ao mercado o seu novo carro, o FIAT Mobi. Nesta matéria, listaremos os principais aspectos e curiosidades que você precisa saber sobre o novo compacto da FIAT.

O primeiro aspecto que chama atenção é a cara de mau do FIAT Mobi, que deixa o veículo com um visual agressivo e passa a sensação de ser um pouco maior.

Pouco tempo depois de trazer a FIAT Toro ao mercado de veículos automotores e inovar o mercado de pick-ups, o FIAT Mobi veio para também inovar o mercado de compactos. O veículo vem para competir de frente com o Volkswagen Up! e, de forma interna, com o Uno Vivace e Palio Fire. A montadora possui uma boa expectativa sobre o FIAT Mobi e já diz que o carro será líder de mercado. Há uma expectativa de sejam fabricados ao menos 100 mil veículos por ano.

Com a proximidade do lançamento, alguns veículos já aparecem sem a camuflagem e vários flagras foram registrados Brasil a fora.

Segundo algumas informações levantadas, o FIAT Mobi terá quatro versões: o Easy (por R$ 30 mil), o Easy On (que custará R$ 32 mil), o Like e Like On (que terá preço aproximado de R$ 35 mil) e a Way (topo de linha, que custará R$ 37 mil).

O visual é diferente ou, para aqueles mais conservadores, até um pouco estranho. As lanternas são exageradas, os para-choques são bicudos e dão um ar diferente ao carro. Além disso, a tampa do porta-malas é composto de vidro temperado, o que possibilitou a redução de 6 Kg no peso final.

Em questão de acabamento interior, o veículo não foge do padrão dos veículos de entrada. Apesar de alguns detalhes como o black piano, que proporciona um ar descolado ao veículo, a extensão do FIAT Mobi acaba por deixar o usuário apertado. O tanque de combustível é um pouco menor que o do Up!, com 47 litros contra 50.

A princípio, o motor a ser empregado no FIAT Mobi é o Fire de 4 cilindros.

Como um bom compacto, o FIAT Mobi oferece algumas vantagens e desvantagens. Porém, devido à grande variedade populacional do Brasil, o veículo tende a ser bem aceito pelo mercado.

Raquel Alice Moreira


Novo Fiat Tipo ganha Versões Hatch e Perua


Novas versões do veículo foram apresentadas no Salão de Genebra 2016.

A Fiat apresentou no Salão de Genebra, que se estende até o dia 13 de março, na Suíça, mais dois novos modelos para a família Fiat Tipo. As novidades são as versões perua e hatch do veículo da montadora italiana.

No ano passado a montadora lançou a nova geração desse automóvel, que fez tanto sucesso na década de 90, na versão sedã. Para esse ano, a aposta da Fiat fica por conta desses dois novos modelos (perua e hatch) incorporados à família.

No quesito de motor, há uma pequena diferença entre os dois novos modelos. O hatch terá como única opção um motor 1.6 com 120 cavalos de potência, sendo que ainda possui a opção de câmbio manual ou automático. Já para a versão perua, o motor é basicamente o mesmo do hatch, porém, com a opção de ser equipada com um motor 1.4.

De acordo com a fabricante, o dimensionamento da versão hatch é composto por 4,37 metros de comprimento, 1,5 metros de altura e ainda 1,79 metros de largura. Já a versão perua conta com 4,57 metros de comprimento, a mesma largura e para a altura apenas 1 centímetro a mais que a versão hatch.

O porta-malas do Tipo Hatch possui uma capacidade de até 440 litros. A perua é um pouco mais espaçosa no quesito porta-malas e pode ser carregada com até 550 litros.

Um dos destaques da nova geração do Fiat Tipo é a central multimídia do veículo, que vem equipada com uma tela de 7 polegadas direto de fábrica, sendo que o sistema consegue se conectar com o Apple CarPlay e também com o Android Auto, fazendo ainda o espelhamento com smartphones, que torna o carro um objeto de desejo para aqueles que gostam de estar sempre conectados.

Essas são apenas duas novidades da Fiat para esse ano, o que se espera da montadora é um ano muito melhor do que o de 2015. Porém, o que se tem até agora já agrada os olhos dos críticos, que esperam apenas pelo preço dos modelos para que a avaliação possa ser completa de forma mais adequada.

Por Igor Furraer


Fiat revoluciona o mercado de picapes com o lançamento da nova Toro


Picape de porte médio pertence ao segmento denominado Sport Utility Pick-up (SUP), que no Brasil competirá com o novo lançamento da Renault, o Duster Oroch.

A Fiat revoluciona o mercado de picapes com o lançamento da picape Fiat Toro. Maior que a Fiat Strada e menor que a GM/S10, a inédita picape de porte médio pertence ao segmento denominado Sport Utility Pick-up (SUP), traduzido como Picape Utilitária Esportiva, que no Brasil competirá com o novo lançamento da Renault, o Duster Oroch.

Embora seu principal rival seja o Renault Duster Oroch, com 4,69 metros de comprimento, a Fiat Toro é maior (4,91 metros) e mais cara, porém, menor e mais barata que as caminhonetes de maior porte, como a Chevrolet S10, a qual possui 5,34 metros de comprimento.

A picape Fiat Toro será produzida no país, na cidade de Goiana (PE), na mesma montadora onde é fabricado o Jeep Renegade. Mas a Fiat Toro não utilizará somente a plataforma da montadora. Os motores da nova picape serão os mesmos do Jeep Renegade, bem como o sistema de transmissão. Portanto, o modelo poderá ser adquirido com motor 1.8 flex, equipado com câmbio automático de 06 velocidades ou manual com 06 marchas ou ainda com motor a diesel 2.0 e câmbio automático de 09 velocidades ou manual de 06 marchas, sendo a tração 4×4 exclusiva dos modelos Freedom e Volcano, ambos com valor de mercado superior a cem mil reais.

Com um design bastante agressivo, o modelo vem com grandes novidades. O grupo ótico frontal superior é composto por luzes de LEDs que indicam posição e direção, contando ainda com a luz DRL (Daytime Running Lamp), também de iluminação a LED de alta intensidade, proporcionando maior segurança na condução durante o dia, principalmente em rodovias. Já o grupo ótico responsável pela iluminação e profundidade, o seja, os faróis, ficam integrados à grade principal, que compõe o para-choque frontal.

Nas laterais a Fiat Toro possui um vinco na altura das maçanetas e seguem até as lanternas traseiras, dando maior esportividade e aerodinâmica ao modelo.

Na caçamba, com capacidade de 820 litros, a tampa traseira é separada ao meio em sentido vertical, formando duas portas que se abrem lateralmente. Uma novidade que facilita muito a vida do usuário, pois são muito mais práticas e leves que os modelos tradicionais.

Internamente o modelo esbanja tecnologia com tantas funções de comando que chegam a dar a impressão de que o usuário está dentro de uma aeronave. Composições em cores nos acabamentos e revestimento de couro no volante realçam a tecnologia.

No Brasil, os valores da nova Fiat Toro devem variar entre R$ 76.000,00 e R$ 116.000,00.

Por Allan Carlos Marques

Fiat Toro

Fiat Toro

Fotos: Divulgação


Fiat Toro passa por Testes em Brasília (DF)


Nova picape da Fiat passa por testes mecânicos e será apresentada para a imprensa entre os dias 15 e 16 de fevereiro.

Em Brasília, a Toro, que é a nova picape da Fiat, pode ser fotografada rodando nas ruas. Segundo as fontes, os modelos rodavam para serem utilizados em um tipo de avaliação de treinamento para mecânicos da companhia italiana.

Para a imprensa, o Fiat Toro será apresentado entre os dias 15 e 16 do mês de fevereiro deste ano de 2016. A picape vai ser lançada com um motor 1.8 flex, com uma potência de 138 cavalos. Outra opção é a diesel 2.0 Multijet, de 170 cavalos de potência. Os dois propulsores serão equipados com uma transmissão automática de seis ou nove velocidades. Há também a opção de um câmbio manual para ambos os motores.

O Fiat Toro conta com 4,91 metros em seu comprimento, tendo uma capacidade de carregar até uma tonelada. As fotos que foram tiradas do modelo mostram duas versões: sendo uma simples e a outra com mais itens. Em termos do seu interior, a picape se assemelha em diversos aspectos com o Jeep Renegade (mesma plataforma da nova picape Fiat).

Nas imagens, a versão que aparece tende a ser a topo de linha, com o nome Volcano, a qual conta com um motor movido a diesel e câmbio automático com nove velocidades. Há também nesse modelo opções de tração, sendo que o botão foi flagrado no console nas imagens. O Fiat Toro também conta na sua versão top com rádio Uconnect, que apresenta navegador, volante e bancos de couro, além de alguns detalhes com a tonalidade em bronze.

Em termos de preços ainda não há informações oficiais. Os rumores apontam que a picape pode contar com valores que variam entre R$ 75 até R$ 115 mil.

O Fiat Toro chegará para ser uma picape de porte médio, com produção sobre monobloco. Ela deverá atuar um patamar acima de outras picapes compactas como a Strada e também de médio-grandes como é o caso da S10. A sua concorrente no mercado deverá ser a Renault Oroch.

A fabricação da Toro será na planta de Goiana, em Pernambuco. A picape será o primeiro modelo da Fiat que sairá do complexo em questão. 


Fiat Mobi – Novo Carro Popular deverá ser lançado no Primeiro Semestre de 2016


Modelo irá substituir o Palio Fire e terá baixo custo de manutenção e preço acessível.

A montadora italiana Fiat já está realizando testes no Brasil com o novo projeto de carro popular, que chegará a ser comercializado ainda no primeiro semestre deste ano. Até então, o modelo era conhecido internamente como X1H, porém, o nome foi alterado e agora se chamará Mobi. A pista surgiu através do INPI (Instituto Nacional da Propriedade Industrial), onde já foi realizado o registro.

A escolha por este nome seria uma referência a um encurtamento da palavra "mobilidade". Foram flagradas algumas unidades camufladas em Betim (MG) e foi possível perceber que realmente se trata de um hatch pequeno, com um menor comprimento que o Fiat Uno, o qual mede 3,81 metros.

A fabricante italiana tem como objetivo resgatar o conceito de carro popular, com baixo custo de manutenção e preço mais acessível, seguindo o mesmo formato do Uno Mille, que foi um veículo de muito sucesso no Brasil nas décadas de 80 e 90.

O novo Mobi virá para substituir o Palio Fire, porém, especula-se que os dois irão conviver juntos por algum tempo, devido à performance de vendas da versão Fire.

É muito provável que a estrutura do veículo receba elementos do atual Uno, inclusive o desenho da carroceria, para que assim possa reduzir o custo do veículo.

Os flagras também revelam um veículo com uma frente com faróis grandes e uma grade frontal no formato colméia.

A tampa do porta-malas irá ser inteira de vidro e o para-choques terá detalhes em preto.

É possível que o motor do novo Mobi seja 1.0 com três cilindros, que gera cerca de 75 cavalos de potência e com torque de 9,9 kgfm a 3.850 giros, abastecido a etanol. O bloco deverá ser retrabalhado para que fique mais econômico e potente, com um câmbio manual de cinco marchas. Desta forma, o preço inicial do veículo ficará em torno dos R$ 30 mil.

FILIPE RIBEIRO DA SILVA


Fiat lançará Nova Série Extreme para Dobló, Weekend e Idea


Montadora divulga informações de sua nova série em seu site. Empresa não informou valores dos novos modelos.

Não há como negar que alguns modelos fabricados pela Fiat fazem o maior sucesso no mercado nacional e ficam sempre no topo da briga dos mais vendidos no país. A fim de manter essa hegemonia, após ter lançado a série Extreme para a picape Strada, agora a Fiat aposta as suas fichas no lançamento da série Extreme para linha Adventure dos veículos Dobló, Weekend e Idea. Apesar destas novidades já estarem presentes no site da fabricante, ela não disponibilizou a respectiva tabela de preço destes veículos.

Essa nova série lançada pela Fiat modificou levemente o já conhecido visual destes veículos, haja vista que as mudanças ficaram por conta da inserção de rodas de liga leve pintadas na cor cinza escuro, faróis com a presença de máscara negra, o logotipo Extreme nas portas frontais, retrovisores e grade na cor grafite.

Já na parte interna, os veículos da série foram contemplados com uma nova central multimídia com tela de 6,2 polegadas, a qual possui as seguintes funções integradas: TV Digital, GPS, câmera de ré integrada, DVD, rádio, Bluetooth e USB. Os outros itens que também foram inseridos foram: câmera de ré, sensor de estacionamento e volante multifuncional.

Com relação à motorização dos veículos dessa nova série, todos os modelos irão ser equipados com o propulsor 1.8 16V E.Torq, o qual possui a capacidade de desenvolver uma potência de até 132 cavalos e um torque de 18,9 Kgfm quando abastecidos com etanol.

Uma outra surpresa que a Fiat preparou para os seus clientes foi a disponibilização de uma nova cor para todos os veículos da série, o Branco Kalahari.

Portanto, para aqueles que gostaram das novidades e pretendem ir nas concessionárias da montadora ver estes veículos de perto, por enquanto, terão de aguardar porque esta série especial ainda não possui data marcada para chegar às lojas.

Por Adriano Oliveira


Novo Fiat Palio e Uno Sporting Blue Edition


Montadora lança série especial com diversos itens e detalhes na cor azul.

A grande e renomada fabricante de veículos automotores italiana Fiat lançou uma nova série especial dos seus veículos de maior sucesso no mercado, o Uno e o Palio. Essa série especial será destinada somente às versões Sporting, o nome de batismo dessa série é Blue Edition e o seu principal destaque são os detalhes confeccionados na parte externa dos veículos na cor azul, além disso, os retrovisores externos dos veículos dessa série são cinza. Já o interior dos veículos desta série terão revestimentos com apliques e costuras na cor azul. Nas laterais, os veículos irão trazer adesivos com o logotipo da série.

A novidade é que o Palio Sporting Blue Edition sairá de fábrica equipado com alarme, parafusos antifurto nas rodas, vidros elétricos inclusive na parte traseira, teto solar elétrico e volante com revestimento integralmente feito em couro com a presença de comandos de rádio.

Já o Uno Sporting Blue Edition sairá de fábrica com uma excelente lista de acessórios, tais como retrovisores dotados da função tilt down e elétricos, vidros com acionamento elétrico nas portas traseiras, além de chave do tipo canivete com a presença de destravamento de alarme e das portas.

Os consumidores que quiserem ir até às concessionárias da Fiat de todo o Brasil para conhecer ou até mesmo adquirir estes veículos já podem ir, pois os modelos já estão disponíveis para comercialização, sendo que o Uno custa R$ 46.550 e o Palio R$ 55.140. Os clientes terão a opção de escolher os veículos nas seguintes cores: Branco Kalahari, Preto Vesúvio e Prata Bari.

Os grandes diferenciais dessa nova série de fato é o oferecimento de uma inovadora gama de equipamentos e acessórios na cabine, além da agregação de detalhes únicos no visual.

Com relação à motorização, o Uno será disponibilizado com o propulsor 1.4 EVO, já  o Palio terá o motor 1.6 E.torQ.

Por Adriano Oliveira


Fiat X1H – Novo Carro Popular Deve Substituir o Palio Fire


Modelo deverá custar cerca de R$ 28 mil e terá como concorrente direto o Volkswagen Up!

O X1H, código do modelo, está quase pronto para entrar no mercado como o novo popular da Fiat. O veículo teve a sua montagem feita na fábrica de Betim, em Minas Gerais, para alguns testes. Mesmo sendo um projeto inédito, o hatch da Fiat deverá contar com um motor antigo 1.0 litro Fire, o mesmo propulsor que se encontra no Palio e no Uno.

O bloco de 1.0 da marca conta com 75 cavalos em sua potência e um torque de 9,9 kgfm. A transmissão do novo carro popular da Fiat será uma de cinco velocidades.

Inicialmente a montadora pretendia lançar o X1H com um propulsor GSE de três cilindros (bloco e cabeçote feitos de alumínio), com uma potência total de 80 cavalos. No entanto, o mesmo deverá ter a sua produção começada somente no mês de agosto do ano que vem. Com isso, a nova geração do Palio deverá ficar responsabilizada pela estreia do novo motor.

A intenção é que o novo popular da Fiat entre no mercado no lugar do Palio Fire. O preço do veículo deverá ficar aproximadamente em R$ 28 mil. O concorrente no mercado do X1H deverá ser o Volkswagen Up!. O modelo da VW conta com um motor de 1.0 litro com três cilindros e uma potência de 82 cavalos. O torque fica com 10,4 kgfm.

Recall da Fiat Freemont

No dia 01 de dezembro, a Fiat divulgou um novo recall para 10.307 veículos da marca Freemont, com a fabricação entre 03 de maio de 2012 e 27 do mês de março deste ano. Isso ocorreu devido uma possibilidade de desativação para o sistema de freio ABS e também do controle de estabilidade.

Em novembro, o modelo também teve um recall por um problema em algumas unidades.

Para esse recall, a Fiat apontou que o problema poderá acontecer devido a uma infiltração de líquidos no chicote do sistema dos freios ABS, que se situa no lado direito do compartimento do motor.


Fiat 500e Stormtrooper Concept inspirado no filme Star Wars


Modelo foi inspirado no sétimo filme da saga Star Wars: “O Despertar da Força”.

O lançamento do sétimo filme da saga Star Wars: “O Despertar da Força”, inspirou a marca Fiat a produzir o 500e  Stormtrooper Concept. O veículo foi apresentado no Salão de Los Angeles.

Faltando apenas alguns dias para a estreia do sucesso mundial, o modelo foi desenvolvido pela empresa Garage Italia Customs e pretende promover a Saga Star Wars através de caracterizações que imitam um soldado galáctico.

Na parte exterior, as cores preto e branco tentam imitar as armaduras utilizadas pelos soldados. Todos os vidros do 500e foram adesivados para complementar a estética personificada. Já nos pneus, é possível enxergar a cabeça de um ‘Stormtrooper’.

A fantasia, muito bem planejada, continua no interior do veículo, onde é possível encontrar bancos de couro branco com algumas partes em preto. Nos descansos de cabeça, volante e portas há bordados da Primeira Ordem. No porta-luvas existe o escrito “Star Wars”. O capo do veículo juntamente ao paraíso formam uma espécie de capacete. Do ponto de vista do design, a Fiat está de parabéns por tornar o cenário realmente convincente.

Em relação ao desempenho e características mecânicas, a Fiat não realizou alterações e manteve  o motor com potência de 110 cv e 199 Nm e bateria de íons de lítio do modelo convencional do 500e.  

A má notícia é que o carro não será colocado à venda, a ideia da marca italiana é deixá-lo à disposição do serviço do Uber, na cidade de Nova York. A iniciativa seria uma maneira justa de oferecer a oportunidade de muito mais gente aproveitar a experiência e promover ainda mais a Fiat através do marketing e boca a boca.

Os fãs aprovaram, afinal, quem não gostaria de andar em um carro promovido para uma das sagas de maior sucesso mundial? A estreia de Star Wars: O Despertar da Força acontecerá no dia 17 de Dezembro. E você? Já garantiu o seu ingresso?

Por Beatriz 

Fiat 500e Stormtrooper Concept

Fiat 500e Stormtrooper Concept

Fotos: Divulgação


Fiat 124 Spider 2016 – Salão do Automóvel de Los Angeles 2015


Veículo da Fiat é feito seguindo o design do Mazda MX-5 e será vendido a partir de maio do próximo ano (2016).

A Fiat colocou à mostra pela primeira vez o 124 Spider no Salão de Automóveis da cidade de Los Angeles. O veículo foi produzido em parceria com a Mazda. É o segundo modelo do carro. O primeiro foi feito em 1966, 49 anos atrás.

O lançamento foi revelado com tração traseira, motor turbo, câmbio manual e desenho de natureza clássica, em alusão ao antecessor de quase meio século. Os traços fortes da Mazda no lançamento da Fiat são o chassi e o interior (adaptados do MX-5 da montadora japonesa).

O conversível tem motor 1.4 MultiAir turbo, que produz 140 cavalos de potência e 24,4 kgfm. A estrutura do carro é composta por alumínio e aços de alta resistência, o que reduz o peso e aumenta a rigidez torcional, conforme a Fiat. A suspensão é constituída de braços duplos triangulares na frente e múltiplos atrás. Segundo a empresa, isso faz o modelo não sair do controle do motorista mesmo em alta velocidade e garante resposta rápida ao giro do volante. Ainda nos quesitos comportamento e segurança, o carro possui controle eletrônico de tração e  barra de segurança para capotamento. Todas as versões serão vendidas também com central multimídia em tela touchscreen, conectividade bluetooth e portas USB.

Sem se alongar em detalhes, a fabricante afirmou também que a novidade possui demais ferramentas de segurança e todas elas estarão presentes em todos os modelos da linha de 2016.

Como opcionais, a segunda geração do roadster conta com faróis equipados com sensor crepuscular, sensores de chuva, câmera de ré, GPS e sistema de som premium.

Nos Estados Unidos e na Europa, o 124 Spider começará a ser comercializado a partir de maio de 2016. O preço não foi divulgado para nenhum dos dois mercados. Em relação ao Brasil e às demais partes do mundo, não há ainda informação oficial sobre chegada ou venda.

Bruno Klein


Fiat Fullback – Nova Picape Média é apresentada no Salão de Dubai


Picape utiliza a mesma plataforma da L200 e será vendida apenas na Europa, Oriente Médio e África.

Já fazia um certo tempo que rolava na internet alguns boatos de que a Fiat, a montadora italiana com sede em Turim, lançaria uma nova picape média. Tal notícia veio a se confirmar com o lançamento da nova Fullback. O modelo foi apresentado pela empresa italiana no dia 10 de novembro de 2015, em Dubai, nos Emirados Árabes Unidos, no Salão do Automóvel.

Esse modelo é uma criação que partiu de uma parceria entre a Mitsubishi e a própria fabricante, a Fiat. Ela é baseada na nova geração da picape modelo L200, porém, vem com um novo conjunto de para-choque e grade, este recurso já foi aplicado também nos modelos Freemont e Dodge Jouney.

É importante lembrar que este mesmo modelo será comercializado somente no continente europeu, no Oriente Médio e na África, pois já foi oficialmente descartada a possibilidade de ser vendido em mercado brasileiro. A representante da Mitsubishi no país, a MMCB, anunciou que o acordo realizado entre as duas marcas não contempla nosso país, onde a mesma possui direito exclusivo de distribuição e comercialização, além da fábrica.

A nova picape Fiat Fullback será vendida em duas versões diferentes do motor 2.4 turbodiesel, onde uma vem com 180 cv de potência e a outra com 150 cv, que podem escolhidas em transmissão automática com cinco marchas ou em transmissão manual com 6 marchas de velocidade, ambas equipada com tração integral.

A picape em questão não será comercializada no Brasil, porque além da Strada, a nova Toro será a única pickup da empresa italiana dentro do mercado brasileiro, a qual é baseada na plataforma do Jeep Renegade, mas obviamente com algumas atualizações, a qual terá sua produção realizada em Goiana (PE) e poderá chegar nas lojas brasileiras no início do próximo ano.

FILIPE RIBEIRO DA SILVA


Sucessor do Palio Fire deve ser lançado em 2016


Novo carro da Fiat deve ser apresentado no terceiro trimestre do próximo ano e custará entre R$ 25 mil e R$ 30 mil.

O ano de 2016 deve marcar o lançamento de um provável sucessor do Palio Fire da Fiat. Antes disso, a montadora também deverá apresentar no início do ano que vem a picape média Toro, que tem a sua produção feita na cidade pernambucana de Goiana.

Porém, o destaque deve ficar mesmo para o modelo que vai aposentar o Fire. Fontes do jornal brasileiro Estadão apontam que um protótipo foi visto sendo transportado em um caminhão na cidade mineira de Sete Lagoas. Depois, algumas fotos foram enviadas à publicação que flagraram um carro camuflado na BR-381, que fica em Betim, em Minas Gerais. É nessa localidade que a Fiat conta com a principal fábrica brasileira e onde será fabricado esse novo modelo da marca.

O carro, que está batizado de X1H, deve ficar numa média de preço entre R$ 25 mil até R$ 30 mil. Porém, isso fica difícil de apontar, uma vez que o lançamento do mesmo deverá ocorrer somente no segundo trimestre do ano que vem e ainda não dá para ter uma noção da situação econômica do país, principalmente sobre a inflação.

Com o intuito de cortar alguns custos, a Fiat vai utilizar alguns componentes que estão contidos no Palio e no Uno, o que inclui parte da plataforma. No entanto, o novo modelo deve ter um entre-eixos menor e também um tanto mais curto. A cabine, porém, deverá ser mais elevada para que se compense essa redução, o que daria maior espaço para a cabeça dos passageiros e motorista.

Em termos de motorização, a Fiat deverá apresentar novidade para o lançamento. Devem aparecer os blocos de 1.0 litros 12 V com três cilindros (potência de 80 cavalos) e outro propulsor de 1.4 litros e 16 V (potência de 10 cavalos). Somente o primeiro motor citado deverá estar presente no X1H. Futuramente, o modelo deverá contar com uma versão quase aventureira, como acontece no Palio Way e no Uno Way.


Novo Fiat Egea pode ser produzido no Brasil


Carro poderá ser produzido na fábrica de Pernambuco a partir de 2017.

O Fiat Egea pode ser produzido no Brasil. Essa é a nota da imprensa europeia. Se isso acontecer, será algo bastante interessante para a empresa e para o mercado de carros do nosso país. O Fiat Egea, que é um carro muito bonito, participou de testes no leste europeu.

Sobre a chance de ser produzido em terras brasileiras, a empresa respondeu da seguinte forma: “Sim, os planos existem, mas apenas como importado de baixo volume”. No entanto, amigos e amigas, o mercado de carros está sempre em transformação, de modo que tudo indica que em 2017 o Fiat Egea será produzido numa fábrica da Fiat em Pernambuco.

O Egea será um carro muito elegante e com uma pegada mais tradicional, afinal, é isso o que observamos em seu design. Este sedã terá quatro opções, a saber: 1.4 e 1.6 E.TorQ a gasolina ou 1.3 e 1.6 Multijet a diesel. O câmbio será de seis marchas e pode ser manual ou automático.

Em termos de preços, vale dizer, a empresa ainda não divulgou valores oficiais.

O carro é compacto por dentro e promete ser bem vendido. A Fiat, no Brasil, já é líder no mercado de automóveis por conta de seu mercado rápido, de ações inovadoras e por causa do marketing atual. No mais, aqui no Brasil a Fiat se pronunciou e disse que a produção nacional do Fiat Egea, por enquanto, não passa de especulação. No entanto, como amantes do universo dos carros, não custa nada ficar atento e tentar ver o que vem por aí. O Egea terá várias versões. Uma delas, caro leitor, já foi produzida na Turquia. Assim, sendo otimista, por que não imaginar que o Brasil pode produzir um desses? Os brasileiros estão entre os principais compradores de carro do mundo. Agora só nos resta esperar e ver o que a Fiat vai decidir.

Madson Lima de Oliveira


Novo Fiat Siena EL 2016 – Lançamento e Novidades


Linha 2016 ganhou novos painéis traseiros e dianteiros, além de novas rodas.

Sucesso de vendas da marca Fiat, o Siena El 2016 chega às lojas com aspectos conservadores, ou seja, o modelo seguirá com poucas mudanças, mas ainda assim é uma boa opção para os consumidores.

As 2 versões disponíveis de motores (1.0 e 1.4) serão mantidas e a inovação estará nos novos painéis traseiros e dianteiros e na renovação das rodas que foram aprimoradas pela Fiat.

Vale lembrar que o novo Fiat Siena EL 2016 recebeu o volante EAS (Energy Absorbing System), que proporciona ergonomia e comodidade ao motorista.

Em meio aos acessórios opcionais será possível adquirir vidros e travas elétricas, banco do motorista com possibilidade de ajuste para altura, direção hidráulica, ar-condicionado, farol de máscara negra e/ou neblina, spoiler traseiro, entre alguns outros.

Os preços divulgados dos modelos 1.0 e 1.4 serão respectivamente R$ 35.770 e R$ 38.500, vale lembrar que esses valores não incluem os itens opcionais citados acima, para adquiri-los o consumidor precisará gastar mais.

Para quem está procurando carros com amplo espaço no porta-malas, o Siena continua sendo uma boa opção, unindo sofisticação e design, mantém o visual moderno proporcionando boas experiências nas ruas.

A boa notícia é que a Fiat também anunciou que a linha Siena EL 2015 contará com redução dos valores até o fim dos estoques, vale a pena ficar atento não é mesmo?

Sobre a Fiat:

Está na lista de maiores fabricantes de carro do mundo, foi fundada no ano de 1899, possui presença em mais de 60 países e emprega atualmente mais de 200 mil pessoas.

No Brasil é líder de vendas e conhecida pelo lançamento de vários carros que marcaram a história por suas características funcionais e preços acessíveis, realiza constantes investimentos na área de tecnologia a fim de impactar positivamente a vida de seus consumidores e evoluir no mercado de fabricação de automóveis.

Por Beatriz 


Fiat pode lançar Chave com Bafômetro em 2016


Chave deverá chegar ao mercado no próximo ano e poderá ser vendida como um acessório para os veículos.

Já imaginou um carro que avise quando o motorista está embriagado e o proíba de dar a partida no veículo? Pois a Fiat apostou nessa inovação e o primeiro carro com essa funcionalidade está previsto para chegar ao mercado no próximo ano.

A tecnologia será chamada de Fiat Safe Key e faz parte de um projeto de conscientização do motorista quanto ao risco de misturar bebida e direção. Segundo a montadora, em alguns casos não basta somente investir em campanhas. É preciso fazer com que as pessoas pensem duas vezes antes de beber e pegar no volante. A empresa acredita que pode fazer algo no sentido de fornecer a possibilidade da proibição da direção para pessoas embriagadas. A declaração foi feita por Fred Saldanha, diretor responsável pela criação da agência Isobar. A agência foi a responsável pelo desenvolvimento da campanha conscientizadora  e pela encomenda da chave.

Funcionamento:

A chave possui um tipo de mini bafômetro acoplado, que leva em torno de 1 segundo para acusar a presença de álcool no sangue do motorista. Se for encontrado algum vestígio de álcool no sangue do motorista, uma luz vermelha acenderá e a chave, que é do tipo canivete, não aparece para que o motorista dê a partida no veículo. Caso o teste dê negativo para a ingestão de álcool, a chave aparece normalmente e o motorista pode conduzir seu carro sem problemas.

E as funcionalidades da chave são ainda mais interessantes: assim que o bafômetro registra que o motorista ingeriu álcool, um sinal é enviado automaticamente para o celular do motorista, que se conectará com um aplicativo de táxis ou enviará um SMS para algum contato já registrado previamente, que poderá auxiliar o motorista na sua volta para casa.

Segundo a montadora, um dos maiores desafios foi reduzir o tempo de processamento do bafômetro convencional para adaptá-lo ao modelo da chave. Como a resposta independe da quantidade de álcool ingerida pelo motorista, o que faz com que o exame seja um pouco mais demorado, a resposta caiu para somente um segundo.

O desenvolvimento da chave durou 8 meses e encontra-se atualmente em fase de pré-produção. Nesta fase são escolhidos os materiais usados na confecção dos modelos. A previsão é de que a Safe Key seja lançada oficialmente em 2016.

O preço do acessório e a forma como a chave será disponibilizada para os clientes ainda não foram confirmados. A desenvolvedora trabalha para que a chave tenha valor bem próximo do que os modelos tradicionais de chave, para popularizar seu uso.

A ideia da montadora é que a chave possa ser comercializada não só para os novos modelos, mas também para os carros que já estão em circulação, como um acessório adicional.

Por Patrícia Generoso


Novo Fiat Weekend Adventure 2016 – Lançamento e Preço


Nova perua chega com mais itens de série e custa mais barato que a versão antiga.

Recentemente a Fiat decidiu anunciar mais uma novidade para o mercado de automóveis: a chegada da linha 2016 de sua já conhecida perua Weekend. A título de curiosidade, vale chamar a atenção para a história do carro. Ela já pode (e é) considerada uma veterana no mercado. A montadora italiana lançou o modelo por aqui a primeira vez há 18 anos. Nessa época, ainda sob o nome de Palio Weekend. Voltando para a linha 2016, vamos encontrar algumas novidades em especial no que diz respeito à lista de itens. Confira:

Como itens de série a montadora está disponibilizando na linha 2016 Bluetooth, USB, entradas auxiliares, MP3/WMA, CD Player e Sensor de Estacionamento Traseiro.

O destaque do lançamento fica mesmo por conta da versão topo de linha, a Adventure. Essa versão também recebeu algumas modificações em seus itens de série. Como exemplo, podemos chamar a atenção para o sistema anti-esmagamento, vidros traseiros que agora apresentam as funções “um toque”, apoia braço para o motorista e por fim, as maçanetas que são da cor do veículo.

A notícia boa é que apesar de estar relativamente mais equipada, a versão topo de linha ganhou de quebra uma redução nos preços. Boa notícia quando olhamos para o cenário econômico e as vendas no setor atualmente. A queda nos preços corresponde ao valor de R$1.152. Para efeito de comparação, o modelo era vendido por R$ 63.472,00. Agora, com todas as modificações na configuração, sai das concessionárias (linha 2016) por R$ 62.320,00.

No caso das outras versões, as informações são as seguintes: Para a versão Attractive, que conta com um motor 1.4, os preços ficam na faixa de R$ 49.150. Já a versão Trekking, intermediária, sai por R$ 51.350. A motorização desta última é um bloco 1.6 flex.

A Weekend 2016 também tem outras novidades, tais como a adição da nova cor batizada de Vermelho Oppulence. Central Multimídia, tapetes e porta bicicletas.

Para finalizar, o modelo continua a ocupar o posto de perua média mais vendida no Brasil. De acordo com a Fenabrave, apenas no 1° semestre foram vendidas 5.986 unidades.

Por Denisson Soares


Recall do Fiat Grand Siena e Fiorino – Problema no Volante


Fiat anuncia recall dos modelos Fiat Grand Siena e Fiorino. Donos destes modelos devem agendar uma vistoria nas concessionárias da Fiat. Conserto do problema será gratuito.

Os donos de veículos devem estar sempre atentos para as chamadas de manutenção de urgência, chamadas de Recall. O Recall é importante, pois algumas falhas podem ocasionar acidentes que poderiam colocar em risco a vida do motorista ou dos ocupantes do veículo.

A Fiat Chysler anunciou no último dia 18, sábado, que 62.301 unidades dos modelos Grand Siena e também Fiorino estão sendo chamados para um Recall, por causa de uma provável trinca no encaixe da base do volante, localizada na coluna de direção. O comunicado do Recall também informa que esse lote de peças com defeito pode ocasionar a separação entre o volante e a coluna de direção, o que pode fazer com que o motorista perca o controle do veículo. 

Os donos de unidades do Grand Siena que devem estar atentos são os que possuem as versões Attactive 1.4, Tetrafuel e Essence 1.6. Os números de chassis devem ser entre 98D197132E3107557 e 9BD197132F3207529. A data de fabricação dos modelos é de junho de 2013 até maio do ano seguinte.

Já os donos do Fiorino com chassis de numeração 98BD265122E9009031 até 9BD265122F9018861 também estão sendo convocados para o Recall. A data de fabricação desses modelos é de abril de 2014 até julho do mesmo ano.

O agendamento da inspeção pode ser feito a partir desta segunda-feira (dia 20) em uma das concessionárias da Fiat. Se for necessária a substituição do volante, o reparo durará aproximadamente 60 minutos. A montadora reforça que o custo da manutenção é gratuito.

Os motoristas que desejarem agendar o Recall por telefone podem solicitar atendimento através do telefone 0800 7071000 e também pelo 08100 2821001.

É muito importante participar do Recall se você for dono de um dos carros acima citados. Mesmo que você ache que não possua o defeito em questão, não custa nada prevenir, já que muitas vezes os defeitos são latentes e só serão revelados após um acidente. Agende já a sua revisão gratuita em uma das concessionárias Fiat e garanta a sua segurança e a dos ocupantes de seu veículo.

Por Patrícia Generoso


Novo Fiat Palio Fire 2016 – Lançamento e Preço no Brasil


Fiat lança Novo Palio Fire 2016 no Brasil. Nova versão do carro custa entre R$ 27.590 e R$ 31.190.

O novo Fiat Palio Fire 2016 já está nas concessionárias e traz uma série de novidades para manter o modelo no topo da tabela dos automóveis mais vendidos no Brasil.

E para conquistar o consumidor brasileiro em tempo de crise, o Palio Fire 2016 investiu mais em novos itens de séries e conta com menos novidades no visual externo.

Entre as principais novidades estão os faróis com canhões pretos que darão um novo visual ao modelo, porém, a versão Way não contará com esta novidade, pois o Way vai continuar tendo os faróis com máscara negra.

Outra novidade no visual, só que na parte interna do veículo, é a cor "cinza chumbo" aplicada no painel frontal, ela vai estar disponível em todas as versões, inclusive a Way, assim como o espelho no "para-sol" que fica do lado do motorista.

O Palio Fire é o modelo em produção no Brasil que oferece o menor preço, o que justifica a crescente procura pelo modelo, mas a Fiat sabe que o consumidor brasileiro tem sido cada vez mais exigente e para não perder vendas, o Fire 2016 recebeu várias atualizações como relógio digital, indicador digital que mostra o nível do combustível, vidros climatizados verdes e também luz de leitura na dianteira.

Mas as novidades não se resumiram à parte interna do novo modelo da Fiat e no quesito "novidade externa", o que mais se destaca é a nova cor "Branco Kalahari", que está disponível para a versão Sporting.

E o modelo mais vendido no Brasil tem como itens de série: freios ABS com EBD, airbag duplo, comando interno para os retrovisores externos, indicador digital do nível de combustível, para-choques na mesma cor do veículo, luz de leitura na parte da frente e relógio digital.

Confira os preços para as versões do novo Fiat Palio Fire 2016:

  • Fiat Palio Fire 1.0 Flex 2 portas: R$ 27.590,00.
  • Fiat Palio Fire 1.0 Flex 4 portas: R$ 29.920,00.
  • Fiat Palio Fire Way 1.0 Flex 4 portas: R$ 31.190,00.

Por Russel


Novo Fiat Palio 2015 – Novidades e Preço no Brasil


Novo Palio 2015 é sucesso de vendas. Veículo já pode ser encontrado em todo o Brasil e custa a partir de R$ 39.060.

No ano passado, o Novo Fiat Palio se tornou o carro mais vendido no Brasil e até agora vem se mantendo firme nesta posição. A liderança em sua categoria se deve muito a reformulação que o veículo passou nos últimos, onde ganhou um design bem mais moderno, além de itens tecnológicos que caíram de vez no gosto dos consumidores.

Atualmente, o carro é vendido em quatro versões: Attractive 1.0, Attractive 1.4, Essence 1.6 e Sporting 1.6. Estas versões se diferenciam entre si pelo motor e também pelos itens de série. Com relação ao preço do veículo, ele custa a partir de R$ 39.060 e é vendido em 7 cores (Amarelo Interlagos, Branco Branchisa, Vermelho Modena, Cinza Cromo, Cinza Scandium, Prata Bari e Preto Versúvio).

Com relação ao motor, o carro é equipado com os motores Fire 1.0 EVO, Fire 1.4 EVO e E-Torq 1.6 16V Flex, este último é capaz de fornecer 117 cavalos de potência e um torque de 16,8 kgfm a 4.500 rpm. Vale lembrar que o Novo Palio possui um câmbio de 5 marchas.

Comentando um pouco sobre o seu design, o veículo possui uma linha de cintura mais alta e inclinada, além de contar com linhas suaves que dão uma sensação se esportividade e modernidade ao carro. Para reforçar ainda mais esta sensação, o carro conta com rodas de liga leve de 16 polegadas.

Outros atrativos do carro que podemos citar é o seu teto solar elétrico Sky Wind (disponível apenas em algumas versões), o seu Sistema Multimídia Rádio Connect (que reproduz CD e MP3, além de contar com Viva Voz, Bluetooth e Áudio Streaming), Câmbio do Tipo Borboleta (também disponível apenas em algumas versões), Computador de Bordo (com indicador de distância, consumo instantâneo, consumo médio, autonomia, velocidade média e tempo de percurso), Retrovisores com Tilt Down (onde o retrovisor do lado do passageiro se inclina para baixo ao engatar a ré, para facilitar a manobra do motorista), Piloto Automático (onde é possível definir uma velocidade constante para o carro seguir), Airbags (frontais e laterais), além de Freios ABS com EBD.

Em sua parte interna, o Novo Palio se mostrou bastante espaçoso e acomoda perfeitamente cinco pessoas. O painel de instrumentos do veículo também é bastante bonito e conta com diferentes cores e texturas que logo chamam a atenção de quem entra no carro. Outro detalhe bacana no carro é a presença de vários porta-objetos, no painel, no console central, nas portas e até na tampa de proteção do porta malas. Por falar no porta malas, ele possui uma capacidade de até 280 litros.

Por fim, vale lembrar que recentemente a Fiat lançou a edição especial Best Seller do carro. Esta edição celebra a conquista da liderança de vendas do Palio e traz diversos itens de série, como Retrovisores Elétricos, Volante com Regulagem de Altura, Rádio Connect, Spoiler Traseiro na cor do veículo e Adesivos Exclusivos.


Novo Fiat Bravo 2016 – Novidades e Preço no Brasil


Novo Fiat Bravo 2016 traz inovações e custará a partir de R$ 62 mil.

A Fiat disponibilizou de forma oficial recentemente a reestilização do modelo Bravo, com atualização divulgada ao público do Brasil no Salão de São Paulo, em outubro do ano passado. O veículo disponibilizado em 2010 possui alterações e já está presente como ano/modelo 2016.

Ameaçado por quase todos os concorrentes do ramo, que são mais recentes e possuem uma mecânica mais eficaz, segura e forte, o modelo investe em pequenos consertos no design e no reforço da lista de conforto e tecnologia fornecidos a bordo da cabine para buscar continuar na disputa.

É um momento desconfortável, onde em sua trajetória no território brasileiro, a Fiat vendeu unidades do Bravo como a Ford comercializou o Focus em dois anos (aproximadamente 40 mil). No último ano, de acordo com a Fenabrave, estiveram presentes 21.859 Focus, 16.118 Volkswagen Golf, 17.049 Chevrolet Cruze, 5.180 Hyundai i30, 5.574 Peugeot 308 e 4.436 Bravo. É importante recordar que a Ford irá alterar o Focus na passagem do semestre, a Volks já encaminha o Golf do México (e em pouco tempo o fará no território brasileiro) e a GM atualizou o Cruze.

O Bravo terá como componentes de série: direção com assistência elétrica, computador de bordo, volante multifuncional com revestimento de couro, ar condicionado, rodas de 16 polegadas diamantadas, saias laterais e pequeno spoiler de teto, saída de ar para o banco de trás, faróis de neblina com função de luz de curva, freios antitravamento ABS e airbags duplos. Neste momento, o sistema multimídia UConnect também é integrante da lista, trocando o anterior.

Não existem alterações mecânicas importantes, onde o trem-de-força, como exemplo, permanece sem modificações considerando a potência e torque, com alterações realizadas somente considerando as emissões de poluentes, devido o ajuste de novos ciclos do Inmetro. Para as versões biocombustível, está presente o motor 1.8 flex de 130/132 cv, com base na gasolina e etanol, tendo a transmissão de cinco velocidades manual, com alternativa de transmissão automatizada.

Felipe Couto de Oliveira


Novo Uno Sporting Dualogic – Novidades e Test Drive


Fiat lança Novo Uno Sporting Dualogic. Nova versão possui diversas novidades e custa R$ 41 mil.

O Volkswagen Uno é conhecido por ser um carro simples e econômico, mas parece que esse conceito está mudando. A nova versão Evolution possui pintura azul Maserati com detalhes em vermelho, que deixa o veículo com aparência bastante esportiva. A versão conta também com câmera de ré e sensores no para-choque traseiro que auxiliam o motorista a executar manobras e evitar colisões. É ideal para aquela situação onde o motorista deve estacionar em algum lugar com pouco espaço e não tem ninguém para auxiliá-lo.

Em relação à conectividade, o modelo possui sistema de som com conexão Bluetooth e entradas USB para inserção de pendrives e dispositivos MP3.

Internamente o modelo conta com assentos com encosto de braços, painel com cluster branco e ponteiros vermelhos, visor para câmera de ré próximo ao retrovisor e display de informações de 3.5 polegadas. O display de informações não mostra o consumo médio e atual de combustível. Apesar de ser atraente por fora e possuir um interior aconchegante digno de um modelo esportivo, a versão possui motor 1.4 Evo de 88 cv, que pode ser considerado inferior a vários modelos do mercado. O motor trabalha com uma boa velocidade entre 3500 rpm e 4000 rpm, após isso, o rendimento em relação a aceleração diminui.

O modelo conta com câmbio automático de cinco marchas e direção hidráulica. As trocas de velocidades são mais lentas do que o ideal, apresentando intervalo na troca de marcha.

O espaço interno é bom, podendo levar até quatro adultos de forma segura. Já o porta malas possui capacidade para até 280 litros. As saídas maiores de ar condicionado são consideradas um ponto positivo, já que atinge a temperatura ideal rapidamente. O câmbio automatizado é semelhante ao de alguns modelos esportivos, além de possuir botões centrais como a Ferrari. Mas as semelhanças são apenas físicas.

O Uno Evolution possui preço superior ao Punto Essence 1.6. Sem dúvida a versão Evolution possui um belíssimo acabamento e itens utilizados para chamar atenção da clientela, como por exemplo, as rodas de aro 15 com pneus 185/60R. Porém, o modelo é semelhante a versões clássicas do Uno e deixa de lado a relação custo-beneficio. A nova versão do hatch compacto possui preço sugerido minimo de R$ 41.650.

Sobre o Fiat Uno:

O Fiat Uno é um automóvel compacto que foi apresentado na Europa no ano de 1983. No Brasil, ele foi lançado um ano depois, sendo vendido até hoje. Já a sua nova geração foi lançada no ano de 2010 e surpreendeu os apaixonados por automóveis. Esta nova geração nada mais é do que uma releitura da geração anterior, onde foi utilizado o conceito "Rounded Square", tendência já utilizada em outros veículos como o Kia Soul e o Scion XB. Entre os concorrentes do Novo Uno estão: Ford Ka, Chevrolet Celta, Renault Clio e Volkswagen Gol.

Foto: Divulgação

Por Wendel George Peripato


Fiat Palio Best Seller – Lançamento da Série Especial


Fiat lança novo Palio Best Seller. Série Especial custará a partir de R$ 40 mil.

Confraternizando a liderança de comercializações e também a posição de veículo mais comercializado com o Palio no último ano, a Fiat divulgou a disponibilização da série especial Best Seller, com a ausência de limite de volume nas versões Attractive 1.0 e 1.4, neste momento mais completas, fornecidas por um valor público recomendado de R$ 40.740 e R$ 43.780, respectivamente.

O último ano foi o 13º da Fiat na liderança do Brasil e a primeira ocasião onde o Palio esteve na posição de veículo mais comercializado. Foram 183.745 unidades vendidas no total no último ano, tendo um market share de 5,5%.

A série Best Seller possui acabamento interno com tecido único, entrada USB, Viva-voz Bluetooth, função Audio Streaming, Rádio, Player de CD MP3 e WMA, banco com regulagem de altura, dentre outros. A versão Palio Attractive 1.4 Best Seller tem também retrovisor com Tilt Down, que é abaixada de forma automática no momento que a marcha ré é engatada.

Na parte de fora, as versões Attractive 1.0 e 1.4 possuirão spoiler traseiro na cor do modelo, faróis com máscara negra e adesivos Best Seller nas colunas de trás, com ausência de mais alterações no design.

A picape média pioneira na história da Fiat poderá ser disponibilizada em 2015. Fornecedores verificaram protótipos do modelo sendo experimentados na neve.

Com grande disfarce, os modelos testados pareciam ser de versões diferentes, onde uma delas possivelmente mais comum e outra mais sofisticada. Apesar da camuflagem é possível verificar que o carro tem uma carroceria similar com a do protótipo FCC4, divulgado no Salão do Automóvel de São Paulo, no último ano.

O projeto poderá ser feito sob a plataforma do Fiat Freemont / Dodge Journey, explicando as dimensões similares. Fornecedores informam que a picape será comercializada com duas alternativas de motorização, sendo 2.4 flex com até 170 cavalos e 2.0 turbodiesel com 200 cavalos. 

Felipe Couto de Oliveira


Fiat 500XL pode ser lançado em 2016


Fiat pode lançar novo 500XL no próximo ano. Carro usará plataforma idêntica ao do Jeep Renegade.

A Fiat tem o objetivo de produzir um novo crossover mais qualificado que o 500X. De acordo com detalhes do portal Autocar, o veículo poderá ter o nome de 500XL e será disponibilizado no próximo ano. A postagem enfatiza que o CEO da FCA (Fiat Chrysler Automobiles), Serio Marchionne, procura expandir a integração da empresa no ramo de crossovers e utilitários.

Desta forma, o 500X disponibilizado atualmente no Salão de Paris, poderá originar o 500XL, que seria recebido em uma versão mais compacta. É importante recordar que o 500X é produzido na plataforma idêntica do Jeep Renegade, que também poderá receber uma versão inferior. Entretanto, a variante do SUV ainda não possui denominação definida.

A Fiat divulgou recentemente a série especial Rio 450 do Novo Uno Way. O fator distinto da novidade está relacionado com os adesivos com o símbolo da comemoração na tampa do porta-malas e na lateral do veículo, como também o bordado nos bancos da frente. O kit estará presente somente na versão “aventureira” Way 1.0, que possui as rodas de liga leve da versão 1.4 e também nova cor nos anéis da grade dianteira.

Segundo a Fiat, a série especial será comercializada em todo o território brasileiro com valor recomendado de R$ 37.890, aproximadamente R$ 500 superior que o modelo recente. O motor 1.0 possui 4 cilindros, possibilitando 75 cv ao ser abastecido com etanol.

A Fiat também divulgou atualmente o recebimento da linha 2016 dos modelos Punto e Linea. Com base na linha do semelhante maior (Bravo), os dois neste momento fornecem o sistema Uconnect do grupo FCA para entretenimento, navegação e comunicação, presente nas versões completas de acabamento, onde é de série na versão T-Jet do modelo e nas variantes completas do sedã. Existe como opcional o Uconnect Touch NAV, que é distinto pelo sistema de navegação GPS, com o software da Tom Tom.

Felipe Couto de Oliveira


Novo Fiat Punto e Linea 2016 – Lançamento e Preços


Fiat lança Novo Punto e Linea 2016 no Brasil. Carros tem como principal novidade uma nova central multimídia.

A Fiat, montadora italiana de grande sucesso em todo o mundo, já anunciou a linha 2016 para dois de seus modelos bem tradicionais na atualidade: o Fiat Punto e o Fiat Linea. Vale ressaltar que uma das principais novidades e que está presente em ambas as linhas é a chegada do novo sistema de central multimídia. Trata-se do sistema mundial Unconnect, que foi desenvolvido pelo grupo FCA. A nova central multimídia está disponível em todas as versões dos dois automóveis, sendo de série no Linea e na versão T-Jet do Punto.

Essa central multimídia é uma das mais comentadas entre os clientes que apreciam uma boa tecnologia nos automóveis. Segundo a Fiat, essa nova central é bastante intuitiva, interativa e possui um desempenho acima da média quando o assunto é conectividade, além de permitir total integração com o carro, bem como funções de mídia e telefone.

Vale ressaltar que a nova central multimídia possui diversas funções, dentre as quais: reprodução de playlists através de áudio por streamming, conexão Bluetooth, entrada USB e auxiliar, possui leitura e envio de SMS através de mensagens pré-gravadas, comando de voz para chamadas, dentre outros.

Um detalhe muito importante é que você também pode optar pelo opcional Unconnect Touch NAV. O mesmo conta com sistema de navegação GPS, que utiliza software Tom Tom. Esse opcional dispõe de funções de navegação bastante interessantes: planejamento de percurso, comandos e orientações por voz, gerenciamento de pontos de interesse, atualização dos mapas via USB, serviços de emergência, personalização do menu, navegação com opção de visualização de mapa em 2D ou 3D e câmera de ré com visor LCD.

Logo abaixo você poderá conferir os preços sugeridos do Punto e do Linea:

Fiat Punto 2016:

  • Punto Attractive 1.4: R$ 45.810.
  • Punto Essence 1.6: R$ 49.580.
  • Punto Sporting 1.8: R$ 53.810.
  • Punto Blackmotion 1.8: R$ 56.780.
  • Punto T-Jet  1.4 Turbo: R$ 65.900.

Fiat Linea 2016:

  • Linea Essence 1.8: R$ 59.500.
  • Linea Absolute Dualogic 1.8: R$ 69.700.

Sobre o Fiat Punto:

O Fiat Punto foi lançado no ano de 1993 e é produzido até hoje. No Brasil, o carro desembarcou apenas em 2007, mas caiu no gosto dos brasileiros. Entre os concorrentes diretos do Punto estão: Citroen C3 e Volkswagen Polo. 

Sobre o Fiat Linea:

O Fiat Linea é um modelo considerado bastante novo, tendo sido lançado oficialmente no ano de 2008. O veículo é produzido até hoje e possui dois nomes: Fiat Tofas (na Turquia) e Fiat Linea (no Brasil). O carro tem como principais concorrentes o Citroën C4 Lounge, o Peugeot 308, o Peugeot 408, o Honda Civic, o Chevrolet Cruze, o Renault Fluence, o Toyota Corolla e o Novo Ford Focus.

Por Bruno Henrique