Fiat 500 Vintage 57 será apresentado no Salão de Genebra


Foi divulgado em primeira mão a primeira imagem da mais nova aposta da montadora Fiat, essa nova criação da montadora foi batizada com o nome de 500 Vintage 57, esse modelo foi desenvolvido com o objetivo exclusivo de simplesmente homenagear a versão original do compacto.

Pela foto, visualmente, já foi possível fazer uma comparação entre os dois modelos e visualizar as principais diferenças, sendo elas: a cor da carroceria (que agora é azul pastel, o qual dá um verdadeiro contraste com o teto), além do difusor de ar traseiro, a capa dos retrovisores e a antena, que são todos pintados na cor branca. Outro detalhe que chamou bastante a atenção foram as rodas aro 16 que equipam o veículo, segundo a Fiat, a ideia da colocação dessas rodas no veículo ocorreu após o desejo de que montadora tinha de inspirar as rodas desse novo veículo nas rodas do modelo produzido na Itália entre as décadas de 50 e 70.

Já a parte interna do veículo ficou muito interessante devido ao fato de que os engenheiros utilizaram no revestimento couro marrom com detalhes na cor creme, o painel de cor branca chama bastante a atenção por causa da sua elegância e no volante foi inserido um emblema retrô de época da fabricante que também aproveitou o ensejo e fez a substituição dos atuais logotipos que eram utilizadas na parte frontal e traseira do veículo.

Como nesse tipo de veículo o conforto não pode ser deixado de lado, o carro já vem com vários itens de série, tais como: Blue&Me, Sistema Start&Stop, sistema de conectividade, sete airbags, assistência para arrancada em rampas e controles de tração e estabilidade. Pelo tanto de itens que foram citados, não restaram dúvidas que realmente o veículo é bastante recheado e completo.

A comercialização desse veículo será feita com cinco tipo de motorizações distintas, sendo que serão quatro opção movidas à gasolina e apenas uma opção movida à Diesel. Se o consumidor escolher a versão mais potente desse veículo, que é a com o motor capaz de produzir 106 cv, o carro tem a capacidade de acelerar de 0 a 100 km/h na incrível marca de apenas 10 segundos.

Por Adriano Oliveira


Novo Fiat Uno Attractive – Preço e Novidades


A concorrência no ramo de hatches compactos está cada vez mais acentuada. E existem alternativas para todas as preferências. A categoria envolve modelos mais experientes e veículos modernos que apresentam confortos e tecnologias de segurança e entretenimento. Nesta disputa, quase sempre fica à frente o que pode fornecer uma lista de itens de série qualificada com um valor atraente, saindo um pouco da visão muito reduzida das versões "de entrada". Um exemplo disso é o Uno Attractive, que possui uma especificação mais barata entre as cinco presentes com o face-lift feito em setembro do último ano. O novo Uno equivale a 60% das vendas, onde o Attractive possui 26%.

O Attractive possui faróis, lanternas, capô, grade superior, além de para-choque e para-lama distintos, conforme o novo padrão de visual do modelo. Somado a isso, o veículo possui maçanetas com fechadura integrada e retrovisores externos com repetidores de luz de seta (opcional). Na parte de dentro, o modelo possui uma tela de 3,5 polegadas em alta resolução, que oferece dados de computador de bordo, temperatura, entre outros. Já o comando dos vidros elétricos foi transferido do console central para as portas.

O modelo possui o motor 1.0 8V da Fiat. Ele possibilita 73 cv/9,5 kgfm com gasolina no tanque e 77 cv/9,9 kgfm ao ser abastecido com etanol. Ele não apresenta como alternativa o câmbio automizado Dualogic, que neste momento atua com botões no Uno e não com uma alavanca. O Uno Attractive pode alcançar a velocidade máxima de 151 km/h e sai do zero aos 100 km/h em 13,8 segundos (com etanol no tanque).

O valor de início do Fiat Uno Attraticve é de R$ 36.330, estando presentes ar condicionado, direção hidráulica, além de vidros dianteiros e travas elétricas.

Felipe Couto de Oliveira


Fiat Bravo 2016 chega reestilizado a partir de R$ 61 mil


O Fiat Bravo reestilizado foi apresentado aos curiosos e a imprensa em geral durante a realização do Salão do Automóvel de São Paulo. O evento aconteceu no mês de outubro do ano passado. Mas já tem novidade na área. De acordo com alguns sites especializados no setor bem como certas “deixas” da montadora o modelo deverá chegar às concessionárias ainda este mês.

E tem mais, já como linha 2016. Mesmo assim não houve grandes apostas por parte da fabricante uma vez que o hatch apenas ganhou certas atualizações visuais bem discretas. Fora isso, temos também o pacote de equipamentos que está um pouco mais completo.

Preços da linha:

De acordo com as informações anunciadas até o momento os preços iniciais devem partir de R$ 61.990 e vão até R$ 78.490.

Visual:

Externamente falando o Fiat Bravo agora conta com novos para-choques, a grade também foi renovada e junte-se a isso um “bigode” bem tradicional.

No que diz respeito a parte traseira do modelo podemos dizer que ela está com “uma cara” mais limpa. O que contribuiu para esse aspecto foi a retirada dos informações relativas as versões e ao motor e o nome do modelo que foi transferido para o centro do bagageiro. Para finalizar ainda temos as lanternas que trazem agora uma moldura na cor preta. Um detalhe interessante é que o spoiler traseiro agora se encontra integrado em todas as versões da linha.

Sobre a questão das mudanças estéticas é bem provável que o consumidor não se animará tanto com elas. O lado bom é que a Fiat já havia pensado nisso antes e por isso resolveu colocar no carro novos itens para que, de certa forma, se tornasse mais atrativo.

Ainda seguindo nessa linha uma das novidades que deverão chamar a atenção é a central multimídia que está presente em todas as versões do modelo. Essa central conta com uma tela de cinco polegadas sensível ao toque.

Além da citada tela, a central que recebeu o nome de Uconnect ainda traz integrado a si entradas auxiliares, USB, sistema de áudio streaming, Bluetooth, comando de voz e ainda é capaz de ler arquivos no formato MP3.

Para finalizar dentre outros opcionais oferecidos no Bravo pela montadora podemos destacar o Kit Creative Plus, o pacote Safety e o câmbio automatizado Dualogic Plus.

Por Denisson Soares


Fiat Palio e Uno ganham novos equipamentos em 2015


Uma ótima notícia para quem deseja comprar um carro zero quilômetro em 2015, a montadora Fiat, decidiu investir em acessórios nas suas duas principais estrelas, os modelos populares Fiat Uno e Pálio, que estão cada vez mais confortáveis e atrativos para a maioria dos brasileiros.

As novidades são as seguintes, todos os novos modelos terão ar-condicionado, vidros elétricos dianteiros one-touch, travamento automático das portas quando o carro estiver numa velocidade de 20km/h e direção hidráulica de série.

Tanto conforto, fará também com que haja um aumento nos valores dos modelos, sendo que de agora em diante os modelos de Fiat Uno e os Pálio passarão a custar as seguintes quantias:

Novo Uno Attractive 1.0 – atualmente o carro sairá por R$ 36.330 e trará a seus ocupantes o conforto de ter ar condicionado, vidros e travas elétricas, faróis de neblina e um bonito quadro de instrumentos com formato de display LCD de alta resolução que possui acoplado um computador de bordo.

Novo Uno Way 1.0 – passará a ser R$ 37.354 sendo que também ganhou uma série de itens como: ar condicionado, vidros e travas elétricas, faróis de neblina e um quadro de instrumentos também em display de LCD que possui alta resolução para um computador de bordo.

Novo Uno Evolution 1.4 – custará a bagatela de R$ 40.130 e ganhou acessórios como ar condicionado e faróis de neblina.

Novo Uno Way 1.4 – o novo valor passará a ser de R$ 40.130 e também ganhou uma nova série de itens como ar condicionado e faróis de neblina.

Novo Uno Sporting 1.4 – o novo preço a ser de R$ 41.650 e virá agora com ar condicionado.

Novo Palio Attractive 1.0 – sairá por R$ 38.560 e também será fabricado com ar condicionado.

Novo Palio Attractive 1.4 – será vendido por R$ 41.800 virá equipado por um ar condicionado.

Novo Palio Essence 1.6 – o novo preço ficou um pouco salgado R$ 46.086 mais em conpensação virá com uma série de rádio Connect CD MP3, mais entrada USB, viva-voz Bluetooth e Audio Streaming e retrovisores externos elétricos com Tilt down.

Novo Palio Sporting 1.6 – o seu preço agora será de R$ 48.373 e virá com um rádio Connect CD + MP3 que possui entrada USB, viva-voz Bluetooth e Audio Streaming e retrovisores externos elétricos com a tecnologia Tilt down.

Então agora é só escolher o seu modelo preferido e desfrutar de todas essas comodidades, sendo que no ano passado a Fiat foi a líder absoluta de venda de automóveis no Brasil.

Por Rodrigo da Silva Monteiro


Fiat Freemont 2015 não apresenta mudanças significativas


O Fiat Freemont, como bem sabemos, é o primeiro SUV da Fiat aqui no Brasil. O mais legal é que o modelo até que tem dado um jeito de se sair bem no mercado nacional. Faz mais ou menos quatro anos que o modelo foi lançado e dessa época até agora conseguiu atingir a marca de 21 mil unidades emplacadas. Com isso a montadora deixou claro o seu objetivo de permanecer com um “bom volume” nas vendas. Isso se manifestou para todos quando a marca de origem italiana fez o anúncio oficial da chegada da linha 2015 desse utilitário-esportivo. Até aí nada de anormal. O problema é que tecnicamente falando nenhuma mudança significativa foi feita.

Para não ficar tudo “no branco” o que a montadora traz por novidade diz respeito apenas a variedade de cores do modelo. Os consumidores terão agora à sua disposição as seguintes: Branco Gioioso (perolizada), Preto Provocatore (metálica), Prata Nimbus (metálica) e Branco Caldo (sólida). E o que mais? Nada. A linha 2015 do Fiat Freemont permanece inalterada em todos os sentidos. Mesmo assim vejamos alguns detalhes de algumas versões:

A Emotion, tida como versão de entrada, chega até com uma certa completude. Como itens de série vamos encontrar diversos tais como o sistema de som Uconnect 4.3, faróis com regulagem elétrica de altura, faróis de neblina, controle de tração e de estabilidade, abertura das portas e partida do motor sem chave, ar-condicionado digital de duas zonas, freios ABS com EBD, airbag duplo, telefone e comandos de mídia, volante (em couro) com controle de cruzeiro dentre diversos outros.

Dando um salto e indo para a versão topo de linha o Fiat Freemont Precision vamos encontrar navegador GPS, câmera de ré, vidros dianteiros elétricos com sistema “one-touch”, airbags laterais e de cortina, sensor de estacionamento traseiro, retrovisores com rebatimento elétrico, banco do motorista com regulagens elétricas, ar-condicionado digital de três zonas e rádio Uconnect 8.4 com DVD entre outros.

Neste último caso vale destacar que a montadora oferece como opcional rodas de liga leve de 19 polegadas, bancos revestidos em couro com aquecimento e teto solar elétrico.

Para os dois casos citados o motor que integra as versões é um 2.4 litros de 16 V. O bloco tem potencial para desenvolver 172 cavalos de potência. A transmissão é automática e conta com seis velocidades.

Para finalizar é interessante uma observação. Como vimos anteriormente não foram feitas alterações no modelo. Mesmo assim os preços da linha aumentaram. As versões  ficaram cerca de dois mil reais mais caras.

Por Denisson Soares

Fiat Freemont 2015

Fiat Freemont 2015

Fotos: Divulgação


Linha 2015 da Fiat Freemont sai a partir de R$ 98 mil


A Fiat aproveitou o início do ano e lançou a linha 2015 de seu utilitário esportivo: o Freemont. Gêmeo de seu irmão mais caro, o Dodge Journey, a linha 2015 do SUV da Fiat chega às lojas da marca italiana com poucas novidades e com preços que partem dos R$ 98.530.

A Fiat, que oferece o Freemont no mercado nacional desde 2011 e já emplacou mais de 21.000 unidades do crossover, não promoveu nenhuma modificação estética no veículo, sendo que as únicas novidades visuais para o modelo são as novas cores disponíveis: Branco Caldo (sólida), Branco Gioioso (perolizada), Prata Nimbus (metálica) e Preto Provocatore (metálica).

Além disso, o carro manteve a vasta lista de equipamento de série e teve algumas novidades acrescentadas, tudo para deixar o SUV ainda mais competitivo. Portanto, desde a versão mais básica, o veículo conta de série com seis airbags, freios com ABS, EBD e BAS, controle eletrônico de tração e estabilidade, sistema eletrônico anticapotamento, monitoramento de pressão dos pneus e rodas de liga leve de 17 polegadas.

Para completar, entre outros itens, o Freemont 2015 vem com ar-condicionado automático com três zonas, volante multifuncional com revestimento em couro e ajuste de altura e profundidade, piloto automático, retrovisores externos com antiembaçamento, sistema Entry & Go (Keyless), sistema de som com seis alto-falantes e sistema multimídia Uconnect com tela touchscreen de 4,3 polegadas que abrange diversas funções, como o sistema de navegação via satélite e conectividade Bluetooth.

Mecanicamente também não houve alterações. Sendo assim, o Fiat Freemont 2015 mantém o já conhecido motor quatro cilindros 2.4 16V DOHC Dual VVT com injeção direta de gasolina, capaz de entregar 172 cv potência e torque de 22,4 kgfm. Dotado de tração dianteira, trabalhando em conjunto com o bloco está uma transmissão automática sequencial com seis velocidades.

Abaixo, versões e preços do Fiat Freemont 2015:

– Emotion 2.4 16V: R$ 98.530.

– Precision 2.4 16V: R$ 105.950.

 Por Caio Polo


Fiat Palio é o Carro Mais Vendido no Brasil em 2014


É de conhecimento geral que a venda de veículos automotores no Brasil e no mundo gera uma disputa muito grande entre as montadoras para ver quem vai sair na liderança nas vendas ou até mesmo qual modelo irá se sobressair sobre o concorrente da outra montadora.

No Brasil, no ramo dos carros populares há muitos anos sabemos que os dois carros que dominam esse setor e vêm liderando há anos a liderança de vendas são os famosos Fiat Palio e o Volkswagem Gol. Estes dois modelos têm uma aceitabilidade muito grande no mercado brasileiro, devido à tradição e ao baixo custo, que é mais um atrativo que pesa na hora dos consumidores fazerem as suas escolhas.

No ano de 2014 não poderia ser diferente, a briga foi acirrada entre a Fiat e a Volkswagen, a fim de ver qual seria o modelo que ficaria na liderança de vendas no ano de 2014. Para alimentar essa briga, vários artifícios foram utilizados para atrair os clientes, as montadoras deram facilidades no financiamento, fizeram vendas diretas com preços abaixo da tabela, esses artifícios ainda contribuíram para que no mês de dezembro de 2014 fosse registrada a terceira maior média de veículos automotores vendidos no Brasil.

Nesse ano, após o balanço realizado, foi constatado que após 27 anos de liderança, quem ficou para trás na corrida do mais vendido foi o volkswagem Gol, porém por muito pouco, haja vista que o Palio vendeu 183.744 unidades e o Gol vendeu 183.366, a diferença de vendas foi pequena, foi apenas de 400 unidades a mais, contudo, essa diferença trouxe para o Fiat Palio o prêmio de campeão de vendas no ano de 2014.

Para quem ficou curioso em saber quais foram os outros veículos mais vendidos do ano de 2014, aí vai o ranking dos 10 primeiros colocados: Fiat Palio, VW Gol, Fiat Strada, GM Onix, Fiat Uno, Hyundai HB20, Ford Fiesta hatch, Fiat Siena, VW Fox e Renault Sandero.

A grande curiosidade que pôde ser observada entre esse ranking, quando se comparado o ano de 2013, foi a que apesar da variação de colocação de alguns modelos, os dez veículos mais vendidos do ano foram exatamente os mesmos, fato este que demonstra a fidelidade e a tradição que os consumidores brasileiros seguem a risca.

Por Adriano Oliveira


Confira um Comparativo entre as picapes Saveiro Cross e Fiat Strada


A picape Saveiro Cross da VW é melhor que a Strada da Fiat? Confira um comparativo para tirar todas as suas dúvidas. 

No quesito espaço, ambos veículos não podem ser exigidos, já que não deve ser considerado um carro de passeio tamanho família. É um tipo específico de utilitário para servir dentro dos meios urbanos de modo prático e útil. Diferente das caminhonetes com maior suporte de carga, porém, grandes o suficiente para dar trabalho ao estacionar, etc.

Dessa forma, a picape Saveiro tem uma leve vantagem porque o espaço interno é adequado para quatro pessoas adultas sem maiores dificuldades. Enquanto que a Strada, só acomodariam bem dois adultos no banco da frente. O banco traseiro tem um tamanho confortável para duas crianças.

Em relação a potência, a Saveiro que, apesar de ter 1.6 16v flex. com 120 cv possui desempenho melhor do que a Strada com seu motor 1.8 16v flex. e 132 cv.

O designer da Saveiro Cross parece que também agradou mais aos avaliadores das picapes. A Strada tem um jeito mais bruto. Já a Saveiro preservou aparência agradável, moderna e aventureira sem exageros.

O próximo motivo pelo qual a Saveiro Cross foi preferida à Strada é o valor. A Strada tem sido o carro da categoria mais emplacado no ano como afirma a matéria. No entanto, no conjunto da obra a Saveiro Cross que é vendida (R$ 61.870,00) um pouco mais caro que a Strada (R$ 60.780,00), além da qualidade já apresentada, inclui itens de série, tais como: sistema de som e sensor de obstáculo que se forem adicionados na Strada elevam o preço para acima dos R$64.000.

Caso o cliente deseje complementar a Strada com teto solar e outros opcionais, não disponíveis para na Saveiro, a picape pode chegar aos R$ 75.000,00 equiparando-se aos sedãs e demais carros sofisticados, o que, em tese, não compensaria a troca.

Por Roberta Lima


Jeep Renegade chegará em 2015


A Jeep é uma marca tradicional do mercado, que atua principalmente na produção de SUVs e off-roads. Em 2015, a empresa trará ao mundo automobilístico sua nova SUV, a Jeep Renegade, que promete ser concorrente direta da Ford EcoSport. No Brasil o carro será fabricado em Goiana, estado de Pernambuco.

O carro tem a suspensão bem alta, ideal para quem quer curtir um cenário mais fora das estradas, e está disponível em várias versões. O carro recebe destaque na manutenção de formas mais quadradas, bem características da marca e bem diferencial de suas concorrentes, como o EcoSport e o Renault Duster. Quase todos os carros do segmento têm apostado em linhas mais arredondadas.

Foto: divulgação

O carro conta com visual bem elegante e grandes portas, que abrem até 80 graus, tornando a entrada no veículo confortável. O painel é de alta qualidade, finalizado com plásticos mais macios, enquanto as portas deixam um pouco a desejar nos detalhes, sendo feitas de material não tão bom. O porta-malas tem 350 litros de capacidade e conta com um fundo em dois níveis para melhor distribuição.

A versão Trailhawk conta com motor de 2.0 litros turbodiesel, capaz de fornecer ao carro uma potência de 170 cavalos. Essa configuração do carro será a melhor vendida no Brasil. A tração será 4WD Active Drive Low e contará com câmbio automático de nove marchas.

No Brasil, a versão deve chegar por não menos que R$ 100 mil. A versão europeia conta com airbags dianteiro e lateral, hillholder, ar-condicionado digital de duas zonas, controles eletrônicos de tração e estabilidade e sensores de estacionamento.

Foto: divulgação

O carro conta com versões mais baratas, entre as quais, uma com preço bem próxima ao preço do EcoSport (provavelmente a versão que concorrerá com a marca). As versões mais modestas contam com motores menos potentes, à gasolina e, obviamente, menos opcionais e equipamentos de luxo vindos de fábrica.

O sistema de 4×4 é inteligente, jogando mais tração para as rodas dianteiras gerando uma economia de combustível.

Por Nosf

Foto: divulgação


Fiat faz recall para modelos com problema no sistema de câmbio Dualogic


A montadora Fiat publicou no último dia 23 de dezembro de 2014 a lista dos modelos que necessitarão fazer o recall do sistema de câmbio automático denominado "Dualogic". Os veículos que farão a troca serão aqueles produzidos entre 2 de julho e 28 de novembro de 2014.

A chamada pública se deve ao fato de que foi constatada falha em um componente presente no atuador de embreagem do sistema. O complicador dessa falha é que, rodando sem o recall, o condutor poderá vir a sofrer dificuldades nas arrancadas do motor, comprometendo o bom funcionamento das marchas, tanto no engate quanto na troca das mesmas, impedindo a identificação do momento correto do acoplamento e desacoplamento do disco de embreagem.

O serviço de inspeção preliminar não durará mais do 60 minutos, porém, caso seja preciso fazer a troca do atuador, poderá levar um tempo médio de seis horas.

Ao todo, foram identificados 10.035 automóveis, distribuídos entre os modelos Punto, Linea, Idea, Grand Siena, Novo Palio, Strada, Bravo e Palio Weekend.

Segundo a assessoria da montadora no Brasil, os modelos que farão o recall são estes:

MODELOS E MOTORIZAÇÃO

Nº DE SÉRIE DOS CHASSIS ENVOLVIDOS

LINEA ESSENCE e ABSOLUTE

1.8 16V FLEX

1569536 a 1572016

PUNTO ESSENCE, BLACKMOTION e SPORTING

1.6 e 1.8 16V FLEX

1308365 a 1316168

IDEA ADVENTURE e ESSENCE

1.8 e 1.6 16V FLEX

2270163 a 2274376

NOVO PALIO SPORTING e ESSENCE

1.6 16V FLEX

2236881 a 2245194

GRAND SIENA ESSENCE

1.6 16V FLEX

3213714 a 3233830

BRAVO ESSENCE, SPORTING e ABSOLUTE

1.8 16V FLEX

9035650 a 9036482

PALIO WEEKEND ADVENTURE

1.8 16V FLEX

5063909 a 5072141

STRADA ADVENTURE CABINE ESTENDIDA e ADVENTURE CABINE DUPLA

1.8 16V FLEX

7845988 a 7919023

A empresa informou que, em princípio, o objetivo da convocação será "verificar os veículos e, se necessário, substituir o componente" defeituoso.

Para atendimento desses clientes, será necessário contatar, gratuitamente e em horário comercial, uma das centenas de concessionárias da Rede FIAT espalhadas por todo o país e agendar uma vistoria.

Quem preferir, bastará ligar para a Central de Relacionamento da FIAT, pelos pelos telefones 0800 707 1000 ou 0800 282 1001.


Fiat Uno Sporting 2015 – Características e preços


A Fiat, famosa montadora italiana, que há anos fabrica carros para todo o mundo, agora, lança o seu mais novo carro: o Fiat Uno Sporting. O carro apresenta algumas inovações, além de um design inovador e robusto. Vale a pena conferir.

Apesar de ser considerado um veículo popular há anos, no Brasil, o preço desse carrinho está cada vez mais salgado e menos acessível ao consumidor brasileiro de classe média. A versão do Fiat Uno Sporting 1.4 Dualogic 2015 não sai de uma concessionária por menos de R$ 37.190,00.

Porém, ainda há uma notícia mais desagradável para aqueles que não possuem uma condição financeira tão boa, claro! O Fiat Uno Sporting 1.4 Dualogic 2015 na versão mais completa é ainda mais caro, não sai da concessionária por menos de R$ 47.730,00.

Essa versão do Fiat Uno Sporting 1.4 Dualogic 2015 conta com câmbio automatizado, ar condicionado, dispositivo de conexão Bluetooth, kit com central multimídia, auxiliar USB, comandos no volante que dão ao carro uma maior esportividade, apoio para os braços nos bancos, regulagem de altura para o banco do motorista, entre outros. Além disso, o motorista que quiser um Fiat Uno Sporting 1.4 Dualogic 2015 com pintura metálica terá que desembolsar mais alguns trocados. No final das contas, o veículo sai por um preço médio de R$ 48.996,00, caso o motorista queira a versão mais completa do Fiat Uno Sporting 1.4 Dualogic 2015 com pintura metálica.

Outro aspecto que chama a atenção em relação à versão anterior do Fiat Uno Sporting 1.4 Dualogic 2015 está no cano de descarga. No modelo anterior, ele se localizava na parte direita inferior do veículo. Hoje, o carro conta com o cano de descarga localizado na parte central traseira do Fiat Uno Sporting 1.4 Dualogic 2015.

O carro, sem dúvidas, é lindo, arrojado, e com boas funcionalidades. Porém, o conceito de popular, devido ao preço, não pode ser aplicado ao Fiat Uno Sporting 1.4 Dualogic 2015.

Por Daniel Alves

Fiat Uno Sporting 2015

Fiat Uno Sporting 2015

Fiat Uno Sporting 2015

Fotos: Divulgação


Fiat faz investimentos no Brasil e quer manter a liderança no país


Já faz um bom tempo que o principal mercado, a “princesinha dos olhos” da Fiat é o Brasil. Afinal de contas, é aqui onde a montadora mantém seu posto de líder absoluta. E esse é um dos principais motivos que levam otimismo para a fabricante e ao mesmo tempo faz com que ela permaneça preparada para não perder seu posto.

Para se ter uma ideia, mesmo que superficial da preocupação da Fiat, é só considerarmos o fato de que para o biênio 2015-2016 já existem lançamentos projetados. Ano que vem uma das marcas que mais vamos ver nesse setor é a Jeep que promete muita coisa e que a título de curiosidade já agora, finalzinho de 2014, faz uso dos números de desempenho da FCA. Ou seja, a Fiat Chrysler fazendo as somas das vendas da Fiat Chrysler, RAM, Dodge e Jeep.

Claro que o principal objetivo disso tudo é fazer com seja ampliada ainda mais a diferença entre suas principais rivais: General Motors, Ford e Volkswagen. Vale ressaltar que todas essas poderosas perderam participação no mercado. Entretanto, a manobra da montadora facilita e muito para a marca se manter com uma relativa folga na ponta com percentual de 21,3% de participação.

Vale chamar a atenção para outra questão: a implantação da nova unidade fabril em Goiana (PE). Por lá, a sua submarca Jeep irá predominar. As obras da fábrica já estão com uma conclusão de 90%. De quebra ainda terá o título, posto e seja lá mais do que for que a montadora quiser chamar de unidade mais avançada do grupo no mundo.

Com isso, fica estampando na cara o desejo da empresa de dar um importante passo para chegar até seu objetivo e se manter líder no nosso mercado.

O que a montadora vê são números. De acordo com alguns levantamentos feitos por ela mesma os dados apontam que em 20 anos o Brasil irá pular de 3,4 milhões de emplacamentos por ano para 7,5 milhões. Mercado crescendo e a Fiat se preparando.

Para tanto a Fiat planeja lançar até o final de 2016, ao menos é isso que os principais sites estão abordando com força, seis novos modelos. Já nos foi apresentado o Jeep Renegade. Entretanto, os outros cinco até o momento são apenas especulações. Dentre eles estariam o sedan Viaggio e os modelos luxuosos da linha Alfa Romeo.

Bom, é esperar para ver o que montadora anda preparando.

Por Denisson Soares

Jeep Renegade 2015

Fiat Viaggio 2015

Fotos: Divulgação


Fiat voltará a exportar modelos brasileiros para o México


Recentemente a Fiat Chrysler (FCA) decidiu retomar as exportações de seus modelos brasileiros para o México. O fato não é algo aleatório. A companhia basicamente resolveu aproveitar o atual cenário que mostra certa melhora cambial em relação às vendas externas brasileiras e, claro, juntando-se a isso a problemática envolvendo o mercado interno. A notícia foi divulgada na última segunda, 15, pelo próprio presidente da companhia para a América Latina Cledorvino Belini.

Vale destacar um fator interessante: a decisão da montadora de retomar as exportações para o México acontece exatamente após uma “pausa” de três anos. De acordo com as informações que Belini deu aos jornalistas as exportações, ao menos por enquanto, vão envolver a picape Strada e o compacto Palio.

O Executivo lembrou também que em termos de exportações para o México a partir do Brasil no ano de 2010 a companhia conseguiu chegar ao patamar de 15 mil unidades. Já a estimativa para o câmbio do ano que vem é de R$ 2,80 por dólar.

Mais detalhes:

A Fiat Chrysler (FCA) anda em pleno vapor nos preparativos para a abertura de sua segunda fábrica de carros em terras brasileiras. A unidade ficará situada em Goiana no estado de Pernambuco. A expectativa é de que tudo já esteja em perfeito funcionamento em março de 2015. A Fiat também tem sua visão para 2015 esperando um ano de estabilidade no mercado nacional em comparação com  2014. Ressaltando que o ano que vem deve registrar a segunda queda anual em sequencia de vendas no mercado.

Beline também recorda um ponto bastante interessante: O fato de que ninguém andava esperando uma queda tão grande no mercado em 2014. Mas de acordo com ele, mesmo com tantos “contras” o mercado brasileiro continua a ser um grande terreno para se trabalhar.

A expectativa é de que além de uma estabilidade melhor, 2015 também traga em seu segundo semestre um cenário mais agradável devido aos ajustes econômicos que estão por vir. Mas fica a lembrança que essa parte é por conta do governo e da equipe escolhida por ele para trabalhar na área.

Por Denisson Soares

Fiat Palio

Fiat Strada

Fotos: Divulgação


Fiat volta a exportar carros do Brasil para o México em 2015


No início desta semana, a Fiat anunciou que vai retomar as suas exportações do Brasil diretamente para o mercado do México, isso a partir de 2015.

As informações foram dadas pelo presidente da Fiat Chrysler Automobiles (FCA), Cledorvino Belini, para a a agência Reuters.

A negociação se dá depois de três anos sem qualquer tipo de exportação. Isso se deve a melhoria cambial para as exportações e também as dificuldades sobre o mercado interno.

Segundo Belini, entre os veículos que serão vendiso para o mercado do México, estão a picape Strada e o Palio.

A Fiat é um dos maiores fabricantes de automóveis de todo o mundo, sendo que a sua sede fica em Turim, na Itália.

A Fiat Automobiles S.p.A teve a sua formação em janeiro de 2007, momento em que a Fiat fez a reorganização dos seus negócios automotivos.

O primeiro Fiat produzido foi no ano de 1899.

fiat-brasil-mexico


Fiat Doblò 2015 – Novo modelo é lançado na Europa com alterações visuais


Foi revelado pela Fiat o Doblò 2015. O novo modelo chegará nas concessionarás da marca com alterações visuais em seus para-choques, na grade frontal e também nos seus faróis.

Nas lanternas traseiras podemos perceber um novo desenho das mesmas. O porta-malas agora não abre mais como o antigo, que era no estilo “balcão”.

Os fãs da marca podem conferir agora uma cabine com seu console todo remodelado, trazendo um painel multimídia de 5 polegadas. Diferente dos bancos da versão anterior, que contavam com cores em dois tons de cinza, eles agora estão com duas combinações de coloração.

novo-doblo-2015

novo-doblo-2015-fiat

O modelo, que é produzido na Turquia, segundo a Fiat, conta com a disponibilidade de 11 cores, configurações de cinco e sete lugares e três níveis de acabamento, que são Easy, Pop e Lounge.

A capacidade de carga do carro é de 790 litros e, caso os bancos sejam rebatidos, ela pode ficar de 3.200 até 4 mil litros.

Sobre o motor do novo Doblô, a versão 2015 conta com cinco variações. São elas: 1.4 movido a gasolina de 95 cavalos, 1.4 a gasolina T-Jet com 120 cavalos, 1.4 T-Jet flex de 118 cavalos, 1.6 a diesel Multijet com 90 e 105 cavalos, e o motor 2.0 a diesel Multijetc de 133 cavalos.

Os novos modelos 2015 do Doblò podem ser encomendados em 29 países da Ásia, Oriente Médio e Europa. A entrega começa a ser feita em fevereiro de 2015.


Fiat Uno Sporting – Modelo esportivo traz novo visual


O Fiat Uno conta com 9 configurações para atender a todo tipo de consumidor e assim garantir melhores vendas! A versão de motor mil e duas portas é para os clientes que pensam, acima de tudo, em economia.

Em seguida vem o Fiat Uno que oferece motorização básica, mas já garante alguns poucos itens de série, mas o suficiente para atrair aqueles que são mais exigentes, mas querem gastar pouco.
E assim, o Fiat Uno segue até chegar à versão sofisticada que é aquela feita exclusivamente para atender o consumidor exigente, que não se preocupa com preço, quer um veículo que oferece potência, conforto e segurança, além de muita tecnologia.

E como sempre é preciso ter um modelo esportivo, a Fiat apostou no Uno Sporting que não é a versão mais vendida, pelo contrário, está bem longe disso, mas a intenção é ter um modelo esportivo para não perder espaço para a concorrência. O Fiat Uno Sporting é aquele modelo que atrai principalmente o consumidor mais jovem, o cliente moderno que se preocupa com o visual.

Mas quem observar bem verá que o Fiat Uno Sporting na verdade só ajustou a suspensão, no mais é só mesmo a estética e o nome que o tornam esportivo.

Mas como este consumidor está de olho é no visual, o Uno Sporting fez questão de caprichar e consegue chamar a atenção! Os para-choques ficaram mais agressivos e os faróis com máscara negra dão um toque especial!

As minissaias laterais ficaram da mesma cor do veículo e a ponteira de escapamento é dupla, localizada no centro e é cromada!

Na frente, a grade dianteira é preta e brilhante. E o Uno Sporting conta com anéis vermelhos para dar o toque final ao visual esportivo.

O Uno Sporting custa a partir de R$ 37.190,00 e traz somente itens básicos de série. Nem o ar-condicionado vem no Sporting, será preciso pagar pouco mais de 3 mil para ter ar-condicionado no carro. Claro que há vários opcionais para deixar o Uno Sporting bem mais interessante, porém, incluindo os principais acessórios, o modelo poderá ir para mais de R$ 48 mil!

Por Russel

Fiat Uno Sporting

Fiat Uno Sporting

Fiat Uno Sporting

Fotos: Divulgação


Fiat Palio Sporting 2015 – Características e novidades da nova versão


Vamos tratar de alguns pontos do Fiat Palio Sporting 2015. O modelo é versão hatch do esportivo compacto da montadora (ou seja, o carro em sua opção mais básica). Inicialmente o preço sugerido para o modelo em questão é de R$ 44.810.

Custando a cifra apontada o Palio Sporting chega às concessionárias tendo como itens de séries vidros dianteiros que contam com acionamento elétricos, travas elétricas, direção com assistência hidráulica. Também tem ar-condicionado, mas o acionamento é manual.

E por falar em questões manuais, os vidros traseiros dessa versão básica também devem ser acionados manualmente. Ainda falando da parte de trás são apenas dois apoios de cabeça. Quem for como passageiro do banco de trás terá à sua disposição um porta-revistas que fica “instalado” no encosto dos bancos da frente.

O Palio Sporting também conta de série com o lava limpador do vidro traseiro, desembaçador do vidro traseiro, o sistema Drive by Wire – que basicamente é o controle eletrônico da aceleração. O carro também vem com o sistema de sinalização de frenagem de emergência.

Já no painel de instrumentos o modelo traz um econômetro além de um sistema de iluminação.

Sobre uma das partes mais importantes de qualquer carro: a segurança, esse modelo oferece um airbag duplo para o motorista e também passageiros. Os freios ABS com distribuição eletrônica de frenagem também se fazem presentes.

Tratando da parte técnica do Palio Sporting o modelo traz integrado um bloco E.Torq 1.6 16V que tem capacidade para gerar até 117 cavalos. Isso a 5.500 rpm e com torque máximo de 16,8 kgfm. Toda essa composição vem acoplada a uma transmissão de cinco marchas manual.

Entretanto, se o comprador quiser há a opção do carro ser equipado com uma transmissão automática Dualogic Plus.

Como curiosidade vale lembrar que o bloco de motor presente nesse Palio Sporting é o mesmo que da versão Essence.

Para quem se interessa principalmente pelo consumo do carro temos a informação de que rodando na cidade e com etanol é de 7,4 km/l. Já na estrada isso pode atingir  a média de 9,4 km/ também com o mesmo combustível.

Por Denisson Soares

Fiat Palio Sporting 2015

Fiat Palio Sporting 2015

Fiat Palio Sporting 2015

Fiat Palio Sporting 2015

Fotos: Divulgação


Principais minivans do mercado brasileiro


As minivans já tiveram um bom espaço no mercado. Hoje tentam recuperar esse espaço. Carros grandes, para grandes famílias e que prezam por conforto. São carros na categoria luxo, onde já vêm equipados com ar condicionado, direção hidráulica, entre outros. Hoje no mercado prevemos uma briga boa entre a Spin da GM e o Doblo da Fiat.

O Spin pode ser adquirido nas versões 5 e 7 lugares, com motor flex 1.8. A entrada mais agressiva do Spin no mercado se deve a vontade da GM de aposentar ao mesmo tempo a Meriva e a Zafira, carros com o mesmo estilo, porém com menos conforto e atrativos tecnológicos, mas que foram muito bem vendidas nesse segmento. A GM foi questionada se os passageiros que viajam nos últimos lugares versão de 7 lugares teriam a mesma segurança que os passageiros do meio. A GM garante que o transporte é igualmente seguro em ambos os lugares.

O Doblo da Fiat possui um design diferente, mais arrojado e agressivo. Porém no comparativo de motores, perde para a GM Spin, com um motor mais fraco. O espaço interno de ambos os carros é satisfatório, mas o porta-malas do Fiat Doblo comporta mais bagagem. Quanto aos itens de série dos veículos, o Spin possui um conjunto melhor, no que se diz respeito ao ar condicionado e à direção elétrica.

A Fiat terá que repensar o Doblo para fazer frente ao GM Spin que vence o concorrente em quase todos os quesitos, exceto em transporte de cargas, sendo o Doblo mais indicado.

Um novo carro que promete correr por fora nessa briga é o novo Scenic, da Renault. Um design moderno. No interior um carro espaçoso, muito bem pensado no conforto do motorista e dos passageiros. Tem muitos itens de série para segurança, como sensores que sentem constantes desníveis no solo, câmeras traseiras para ré entre muitos outros. Vale a pena conferir. Se cair no gosto dos brasileiros, Spin e Doblo terão trabalho.

Por Luciana Viturino

GM Spin

Fiat Doblo

Renault Scenic

Fotos: Divulgação


Novo Fiat Uno traz novidades e visual mais moderno


O Fiat Uno mudou e parece que para melhor, com novas versões de equipamentos e até alguns inéditos, o compacto promete seguir sendo um dos líderes de vendas no Brasil. Confira agora algumas novidades que o carro traz:

O que mudou?

O visual externo do carro está diferente, com uma cara mais moderna, e por que não dizer, mais adulta?

O painel do uno foi totalmente modificado, centralizando o rádio e também com novas texturas. Nas versões com motor 1.4 também há novidades no painel de instrumentos, com um visor de LCD de alta resolução, melhorando a qualidade e o conforto, além de dar um visual mais bonito para o carro.

O que há de novo?

A principal novidade no carro é, com certeza, a função Star/Stop, que desliga o motor automaticamente em paradas no trânsito, é uma função que já é usada em carros de linha premium e é a primeira vez que é desenvolvido para funcionar também com etanol, com essa novidade será possível economizar até 20% de combustível!

O Dualogic Plus (câmbio automatizado sem alavanca) também é uma grande novidade, onde apenas botões são encontrados no console central. É importante lembrar que será possível a troca de marchas manualmente através dos botões que se encontram no próprio volante.

O que continua igual?

As dimensões do carro ainda são as mesmas, por ser um compacto ainda fica difícil se sentir confortável quando o carro estiver em sua lotação máxima e essa nova versão não traz nenhuma novidade em relação a isso.

Quais são as desvantagens?

Mesmo com todas as novidades tecnológicas e inovações, o usuário só vai poder aproveitá-las nas versões mais completas do Uno que chegam a custar até R$ 37. 970, o que pode desinteressar o público jovem, que cada vez mais procura novidades tecnológicas.

Para quem procura compactos, o Fiat Uno ainda é uma boa escolha e apesar dos preços terem subido consideravelmente, o carro ainda é um dos melhores no segmento.

Por Tom Vitor de Freitas

Fiat Uno 2015

Fiat Uno 2015

Fiat Uno 2015

Fiat Uno 2015

Fiat Uno 2015

Fotos: Divulgação


Fiat 500 Abarth será lançado no Brasil


A FIAT (Fabbrica Italiana Automobili Torino) é uma conhecida e popular montadora de veículos italiana. No Brasil a empresa merece destaque no que diz respeito ao mercado de carros populares, tendo veículos de sua marca constantemente colocados entre os mais vendidos dos meses ou do ano. Atualmente, por exemplo, temos o Palio Fire, estrelando como carro mais vendido do mês de outubro no Brasil. É uma marca de tradição, com mais de 100 anos de história. Há poucos anos atrás foi lançado o FIAT 500, um Hatch que segue bem as linhas de tendência do atual mercado de automóveis compactos.

Aparentemente a Fiat está em busca agora de mudar as caras do 500, dando a ele um visual mais esportivo e um motor turbo, ressuscitando a famosa linha Abarth da Fiat no Brasil. A linha Abarth é conhecida exatamente por isso: dar cara e coração novos e muito mais agressivos aos veículos tradicionais da marca. A linha sempre está ligada a motores potentes e novas linhas de design para os carros. O novíssimo Fiat 500 Abarth começa a ser vendido já no ano de 2014 e conta com um motor de 1.4 litros turbo a gasolina capaz de gerar até 167 cavalos de potência para o Hatch. Apesar de o preço da novidade ainda não estar definido, acredita-se que o valor seja algo em torno de R$ 80 mil.

Apesar do novo kit visual ser mais imponente ele ainda falha em transmitir a força do que está abaixo do capô. É difícil tirar a cara de bonzinho do compacto. As modificações, entretanto, são bem-vindas. Entre as principais podemos destacar o aumento do para-choque dianteiro, as rodas exclusivas de liga leve em 16 polegadas, e a dupla saída de escape cromada que deixa os sons do motor mais graves. Os retrovisores vêm com uma cor que contrasta com a cor original do carro. 

O carro é capaz de chegar de 0 a 100 km/h em apenas 6,9 segundos e tem velocidade máxima de 214 km/h.

Por Nosf

Fiat 500 Abarth

Fiat 500 Abarth

Fiat 500 Abarth

Fotos: Divulgação


Fiat Uno Vivace série especial Itália – Lançamento e novidades do modelo


O mercado brasileiro de automóveis é extremamente concorrido, pois o mesmo dispõe de um grande número de consumidores, sendo assim, um dos maiores mercados consumidores do mundo. Por esses e outros motivos o número de montadoras que atuam no país é bastante grande, dessa forma, a concorrência apenas tende a aumentar.

E dentre as empresas que atuam no mercado brasileiro não podemos deixar de citar a Fiat, marca italiana de grande sucesso em todo o mundo. Vale destacar que a Fiat é bastante conhecida no Brasil devido aos seus modelos populares e com preços acessíveis. E visando mais destaque no mercado a Fiat anunciou recentemente o lançamento do Uno Vivace série especial Itália. Confira mais sobre este lançamento na continuação desta matéria.

Dentre os destaques desta nova versão está justamente o pacote de itens mais amplo, ou seja, você terá mais opções de itens de série a sua disposição. É importante ressaltar que esta versão dispõe de unidades para venda limitada, serão apenas 1.000 unidades disponíveis.

Outro detalhe interessante é que esta série está disponível apenas para a versão do Uno com o visual antigo. E como já foi citado nesta matéria o pacote de itens de série está bastante generoso nesta versão e entre eles podemos destacar: ar-condicionado, direção hidráulica, vidros elétricos dianteiros com one-touch para motorista, travas elétricas, desembaçador do vidro traseiro, limpador e lavador do vidro traseiro, porta objetos no teto, quadro de instrumentos com econômetro e conta giros, predisposição para rádio, comando interno de abertura do porta-malas e da tampa do tanque de combustível, cintos de segurança laterais traseiros dentre outras novidades.

E para justificar o nome da versão, o Uno Vivace vem acompanhado de molduras na grade dianteira nas cores da bandeira da Itália. Além disso, o modelo também conta com outras exclusividades: faróis de máscara negra, lanternas traseira fumê, selo na coluna traseiro, maçanetas e retrovisores na cor do veículo, revestimento externo nas colunas das portas além de sigla na tampa traseira com as cores da bandeira italiana. Os bancos traseiros também são exclusivos e possuem bordado exclusivo da série, bem como moldura central no painel de instrumentos.

Os preços começam em R$ 34.430 e possuem variação até R$ 35.356.

Por Bruno Henrique

Fiat Uno Vivace s?rie especial It?lia

Fiat Uno Vivace s?rie especial It?lia

Fiat Uno Vivace s?rie especial It?lia

Fotos: Divulgação


Fiat Bravo 2015 foi lançado no Salão de São Paulo e traz novidades


A Fiat aproveitou o Salão do Automóvel de São Paulo para apresentar o Bravo com um leve facelift. Com lançamento para o mercado brasileiro confirmado para o fim deste ano, o hatch médio da marca italiana, além de ganhar uma nova central multimídia, passou por alterações visuais pontuais, com a adoção de novas rodas de liga leve e detalhes na parte anterior e posterior.

Com a intenção de deixar o Bravo renovado e mais competitivo, a Fiat foi bem modesta ao promover o facelift no carro, contudo, as alterações o deixaram com um visual mais interessante. Na dianteira, a adoção de uma nova grade frontal com uma barra que centraliza o logotipo da marca, a nova entrada de ar inferior ampliada com detalhe cromado, a nova moldura em torno dos faróis de neblina e o novo para-choque deixam o carro mais imponente e esportivo. Enquanto a lateral recebeu rodas redesenhadas, a traseira ganhou para-choque com novo detalhe na parte inferior que imita uma grade e o logotipo “Bravo” centralizado e na parte superior do emblema da Fiat.

No interior, o grande destaque fica por conta do novo sistema de entretenimento com tela touchscreen de LCD, que abrange diversas funções, como o sistema de som, comandos de mídia, conexão Bluetooth e a possibilidade de realizar chamadas telefônicas com comandos situados no volante multifuncional com revestimento em couro. A central multimídia pode trazer ainda sistema de navegação via satélite (GPS) e exibir as imagens da câmera de segurança para manobras em marcha ré.

Mecanicamente não houve nenhuma alteração e, portanto, a Fiat continua equipando o  Bravo com os já conhecidos motores 1.8 16V E.TorQ que entrega até 132 cv e torque de 18,9 kgfm quando abastecido com etanol, e o bloco 1.4 16V Turbo na versão T-Jet, com 152 cv e torque de 23 kgfm. Acoplado ao motor 1.4 Turbo da versão T-Jet está um câmbio manual de seis marchas, enquanto que as outras configurações que utilizam o motor 1.8 E.torQ podem trazer a transmissão automatizada Dualogic Plus ou o câmbio manual de cinco marchas.

Com a exclusão da configuração Absolute, o Fiat Bravo 2015 será oferecido nas concessionárias da fabricante italiana nas versões Essence, Sporting, T-Jet e Blackmotion.  

Por Caio Polo

Fiat Bravo 2015

Fiat Bravo 2015

Foto: Divulgação


Crise no mercado automobilístico do Brasil


A crise financeira que o mercado automobilístico está passando já revela prejuízo para muitas montadoras. Como exemplo, a Ford obteve em torno de US$ 975 milhões de prejuízos nas transações comerciais em toda a América do Sul. Inclusive, o Brasil que apresenta fraqueza na economia, pois a alta variação cambial existente permite gerar maior índice de perdas em diversos negócios.

A Ford revela também a queda da importação da Argentina e a baixa produção na Venezuela. Porém, mesmo que a faixa de lucro da Ford tenha caído em torno de 4,4%, ainda é considerado pela “Wall Street” um número considerável de que o negocio não esteja tão ruim para a montadora. 

A Ford não alcançou a meta de lucros almejada aqui, mas ainda mantém um lucro considerável de US$ 835 milhões em aproximadamente cada trimestre. Só que para a empresa automobilística ter uma perda de 31% a cada três meses, afeta a criação de novos investimentos, como é o caso na Europa e também na América do Sul, regiões onde o prejuízo foi constatado.  Como também aumenta as possibilidades de investimento na América do Norte e Ásia, locais onde não deixou a empresa ficar totalmente no prejuízo. 

O mercado brasileiro anseia por novas propostas que possam melhorar o setor automobilístico, pois é o que a Associação Nacional de Fabricantes de Veículos Automotores (ANFAVEA) está aguardando com as novas oportunidades de parceria entre Brasil e Colômbia. Esse acordo está previsto para ser aprovado em novembro de 2014.

No Brasil, a taxa de câmbio está provocando muitos prejuízos, ou seja, está inibindo o crescimento do mercado de venda de veículos, que é considerado de grande importância para o desenvolvimento da economia do país, onde a importação de veículo é mais favorável do que as exportações.

Nesta perspectiva, a venda de veículos diminui, mas não para. As marcas que tiveram mais saídas foram a Fiat, Chevrolet, Volkswagen. A Ford ficou na quarta posição no ranking registrado no mês de setembro de 2014.

Portanto, é preciso torcer que a taxa de câmbio comece a melhorar no Brasil, assim o mercado de importação possa oferecer novas oportunidades de compra de veículos com boas condições de pagamento para todos. Como também aumentar as expectativas de produção no Brasil, que contribui para o crescimento da economia do país.

Por Jaqueline Mendes

Fiat

Foto: Divulgação


Fiat Strada Hard Working – Características e preços da nova versão especial lançada no Brasil


O mercado automobilístico brasileiro é um dos mais concorridos de todo o planeta, haja vista o grande número de consumidores que o mesmo possui. Por esse e outros motivos é possível encontrar um grande número de empresas do ramo automobilístico instaladas em diversas regiões do país. É importante destacar a grande concorrência do mercado brasileiro, o que acaba exigindo novos lançamentos e disputas acirradas entre as empresas.

Dentre as empresas que atuam no Brasil, podemos destacar a Fiat, que é uma empresa italiana de grande sucesso em todo o mundo. Essa é uma das marcas mais procuradas no Brasil, pois a mesma faz bastante sucesso principalmente na categoria de carros populares. E se você está em busca de lançamentos, saiba que a Fiat anunciou recentemente a série especial do Fiat Strada, trata-se do Strada Hard Working.

Caso não saiba, o Fiat Strada é nada menos que o comercial leve mais vendido de todo o país. Após ultrapassar 1 milhão de vendas em todo o país, a Fiat resolveu anunciar o lançamento da versão Hard Working. O grande objetivo da empresa italiana é justamente quanto a oferecer uma versão mais robusta, mais arrojada, visando assim o público que utiliza o automóvel no trabalho. Um detalhe importante é que o lançamento foi disponibilizado em versões de cabine curta, estendida e dupla.

Um dos pontos interessantes do lançamento é quanto aos conteúdos exclusivos que esta série especial trás. Um ótimo exemplo são os faróis de máscara negra que deixam o design do automóvel ainda mais arrojado e com um tom esportivo. Além disso, também faz parte das novidades: rodas em aço com pintura escura (liga leve de 15” para a versão de cabine dupla) que são calçadas com pneus de uso misto.

A lista de itens de série desse lançamento é bastante ampla e conta com: ar-condicionado, para-brisas degradê, direção hidráulica; travas e vidros elétricos dianteiros com one touch e antiesmagamento, volante com regulagem de altura, faróis de neblina, predisposição para rádio com dois alto-falantes e antena, dentre outros itens.

Logo abaixo é possível conferir os preços das respectivas versões:

–       Strada Hard Working CC: R$ 42.770;

–       Strada Hard Working CE: R$ 46.060;

–       Strada Hard Working CD: R$ 51.190;

–       Strada Hard Working CD (com rodas de liga leve): R$ 51.690.

Por Bruno Henrique

Fiat Strada Hard Working

Fiat Strada Hard Working

Fiat Strada Hard Working

Fotos: Divulgação


Novo Fiat Doblo reestilizado estará à venda em 2015


A Fiat apresentou no mercado europeu, durante o Salão de Hannover, especializado no segmento de utilitários, uma grande modernização adotada na segunda geração do Doblò. Encarregada de manter o veículo multiuso competitivo até a chegada de uma próxima geração, a reestilização adotada pela Fiat assemelhou o carro ao seu “irmão” comercializado na América do Norte pela RAM, o ProMaster City. As vendas no “Velho Continente” do Doblò atualizado, disponível tanto na configuração para passageiros quanto para cargas, terão início em 2015.

Esteticamente, a Fiat fez modificações pontuais, alterando principalmente a parte dianteira, tudo para manter o Doblò europeu competitivo no mercado. Com isso, a dianteira passa a ser idêntica a do ProMaster City, com exceção da grade dianteira, que no modelo da Fiat segue o padrão adotado na entrada de ar inferior do para-choque, enquanto que o carro vendido pela no mercado norte-americano traz a tradicional grade da Dodge. Além disso, o modelo conta com para-choques remodelados, rodas de liga leve com calotas redesenhadas e lanterna traseira com nova disposição das luzes.

No interior, as modificações são significativas, adotando um layout similar dos mais novos lançamentos da marca após a fusão com o Grupo Chrsyler. Sendo assim, o Doblò reestilizado possui nova disposição do console central, novo sistema de som, novas saídas de ar centrais posicionadas na vertical, novo volante multifuncional, painel de instrumentos reformulado e novos porta-objetos.

Mecanicamente, além dos motores a diesel (1.3 MultiJet II nas configurações com 75 e 90 cv, 1.6 MultiJet II de 100 e 105 cv e 2.0 MultiJet II com 135 cv de potência), os motores a gasolina 1.4 com 95 cv e o 1.4 Turbo Jet de 120 cv continuarão a ser oferecidos pela Fiat. A novidade fica por conta de uma nova versão EcoJet equipada com os blocos MultiJet nas variações mais brandas, com pneus de baixa resistência à rodagem, pacote aerodinâmico, sistema Start&Stop e outras melhorias para reduzir o consumo de combustível, que passará a ser oferecida. De acordo com a marca italiana, as versões EcoJet terão um consumo médio de combustível de 22,7 km/L.

Por Caio Polo

Fiat Doblo 2015

Fiat Doblo 2015

Fiat Doblo 2015

Fotos: Divulgação


Recall Fiat Idea, Doblo, Punto e Bravo – Problemas com a caixa de câmbio dos modelos


A Fiat anunciou, neste fim de semana, um Recall envolvendo os modelos Idea, Doblò, Punto e Bravo, num total de aproximadamente 87 mil unidades. De acordo com a marca italiana, a convocação para reparo tem como objetivo a substituição do óleo lubrificante da caixa de câmbio, bem como uma possível troca de componentes da transmissão de veículos com quilometragem superior a 40.000 km.

Segundo a Fiat, o motorista poderá ter dificuldade em engatar precisamente a primeira marcha da relação, causando, por conseguinte, dificuldade para arrancar com o carro. Em casos extremos, devido à falha na engrenagem da primeira marcha, poderá ocorrer acidentes com eventuais riscos de danos físicos e matérias ao condutor e a terceiros.  

Em comunicado oficial, a montadora italiana solicita aos proprietários dos modelos Idea Adventure, Sporting e Sporting Dualogic (chassi 2207059 a 2263214) e Punto Essence e Essence Dualogic (chassi 1194449 a 1296320), ambos produzidos entre 1º de fevereiro de 2012 e 22 de fevereiro de 2014, para regularizar a troca do óleo lubrificante da caixa de câmbio de acordo com o previsto pelo Manual de Uso e Manutenção dos carros.

No entanto, os donos dos modelos Idea Adventure, Adventure Dualogic, Essence e Essence Dualogic (chassi 2207056 a 2263233), Doblò Adventure (chassi 1091042 a 1113929), Punto T-Jet (chassi 1194671 a 1295853) e Bravo Essence, Essence Dualogic, Sporting, Sporting Dualogic, Absolute e Absolute Dualogic (chassi 9014646 a 9034364), todos também fabricados entre 1º de fevereiro de 2012 e 22 de fevereiro de 2014, devem efetuar a troca do óleo lubrificante da caixa de câmbio e de componentes da engrenagem da primeira marcha, exclusivamente para carros com quilometragem acima de 40.000 quilômetros.

De acordo com a Fiat, a convocação do Recall e a substituição dos componentes de veículos com mais de 40.000 km de uso é uma medida preventiva que visa evitar o processo antecipado de desgastes das peças em questão e possíveis acidentes.

Com relação ao tempo de reparo, a substituição do óleo lubrificante da caixa de câmbio é efetuada em até uma hora. Contudo, se houver a necessidade da troca dos componentes, o serviço poderá ser realizado em até dez horas, com variação do tempo de acordo com o fluxo de atendimento no momento da solicitação de reparo na concessionária autorizada.

Com início no dia 22 de setembro de 2014, para mais informações e agendamento prévio para os envolvidos no Recall, o proprietário poderá entrar em contato com uma concessionária da marca ou através do telefone 0800 707 1000.

Abaixo, modelos, versões e chassi dos carros envolvidos no Recall:

– Ideia – Adventure, Sporting e Sporting Dualogic – chassi 2207059 a 2263214;

– Ideia – Adventure, Adventure Dualogic, Essence e Essence Dualogic – chassi 2207056 a 2263233;

– Doblò – Adventure – chassi 1091042 a 1113929;

– Punto – Essence e Essence Dualogic – chassi 1194449 a 1296320;

– Punto – T-Jet – chassi 1194671 a 1295853;

– Bravo – Essence, Essence Dualogic, Sporting, Sporting Dualogic, Absolute e Absolute Dualogic – chassi 9014646 a 9034364.

Por Caio Polo

Fiat Punto

Fiat Bravo

Fiat Doblo

Fiat Idea

Fotos: Divulgação


Fiat Uno 2015 – Novo modelo oferece opções de comodidade e bom desempenho


O ano de 2015, que já se aproxima, reserva boas surpresas para quem pensa em comprar ou trocar de carro, principalmente se for um carro popular, econômico e que agora vem com um cardápio de opcionais para escolher. Essa é a proposta do Novo Uno 2015, na linha Vivace, uma combinação perfeita entre desempenho, economia e um design bastante inovador.

Entre as maiores novidades do Uno 2015, está o Econômetro, uma ferramenta digital que ensina ao motorista, em tempo real, a forma ideal de dirigia de forma a se economizar combustível. A meta é ensinar  como conduzir o Uno de modo prudente e ainda economizando.

Por integrar a linha popular da Fiat, o Uno 2015 tem na lista dos seus opcionais ar condicionado, direção hidráulica, para-brisas degradê, travas elétricas, vidros elétricos dianteiros, vidro traseiro térmico temporizado com limpador e lavador, comando interno para abertura de porta-malas e de tampa do reservatório de combustível,  console no teto, porta-óculos, gancho para retenção de carga, entre outros itens.

Já nos itens de série, o Vivace ano 2015 traz airbag duplo, freios com ABS EBD, relógio digital, hodômetros digitais total e parcial, brake light, Fiat Code, rádio USB MP3/WMA, cintos de segurança dianteiros com regulagem retráteis e ademais comodidades que são surpreendentes para um carro popular.

O Novo Uno 2015 tem motor Evo 1.0, com número de cilindros em quatro linhas, com duas válvulas por cilindro, 999 de cilindrada, 6250 rpm de potência com posição do motor em transversal e pode ser vendido na versão 2 ou 4 portas.

O design do Uno 2015 também surpreende pelas linhas modernas que possui. O objetivo da Fiat é atrair o público que deseja obter um carro popular, por ter um preço mais acessível, mas, sem abrir mão da beleza e das comodidades que um carro precisa ter.

Uma boa notícia é que o Uno 2015 já se encontra nas concessionárias Fiat de todo o Brasil, com preços a partir de R$ 30.000 – por isso considerado um dos carros mais baratos do mercado. Esse valor pode ser pago por financiamento, carta de consórcio e outras formas de pagamento.

Mais informações, no site www.fiat.com.br.

Por Michelle de Oliveira

Fotos: Divulgação


Fiat Uno 2015 terá novidades e função Start&Stop


A Fiat revelou imagens e informações da linha 2015 do Uno. Além de trazer algumas novidades estéticas e um interior melhorado, o modelo da marca italiana será o primeiro carro nacional dotado do sistema Start&Stop, desenvolvido pela Bosch, que será equipado na nova versão Evolution 1.4 que substituirá a atual configuração Economy.

Esteticamente, na dianteira do compacto da Fiat cabe destaque para o novo para-choque, nova entrada de ar inferior, novos faróis e nova grade dianteira, que está mais estreita, mas mantém os três quadrados característicos do modelo. 

Foto: divulgação

Na traseira, a mudança fica por conta das lanternas com lentes translucidas e acabamento em quadrados que parecem estar sobrepostos.

Na cabine, nota-se uma evolução substancial do modelo, com uma nítida inspiração nos carros do Grupo Chrysler, em especial o Chrysler 200, para o layout do console central, que conta com um novo sistema de som posicionado centralizado entre duas saídas de ar verticais.

Além disso, o novo Uno 2015 ainda possui novo quadro de instrumento com mostrador digital no centro do velocímetro, novos tecidos para revestimentos dos bancos, botões para acionamento dos vidros idênticos ao do Punto, bem como volante multifuncional, com os mesmos botões dos carros da 300C, Town e Country S, da Chrysler.

Foto: divulgação

Quanto ao sistema Star&Stop, tecnologia que desativa e reativa o motor em paradas breves, no Fiat Uno, esta só poderá ser utilizado caso o veículo esteja desengatado e a embreagem não pressionada. Nesse casso, o motor ficará desativado por até 2 minutos e 45 segundos, bastando pressionar a embreagem para que o motor volte a ligar e o carro esteja pronto para sair.

Se o carro estiver com o sistema de ar-condicionado ligado, o tempo máximo em que o motor ficará desativado reduz para 1 minuto, tudo para manter o interior refrigerado.

Para somar ao Start&Stop, a fabricante italiana alongou a quinta marcha do veículo e equipou o carro com pneus Pirelli P1, de menor resistência a rodagem. Com isso, segundo o Programa de Etiquetagem do Inmetro, o modelo teve autonomia média em perímetro urbano de 8,9 km/L e 10,5 km/L na estrada, sempre abastecido com etanol, o que lhe rendeu nota A de consumo.

Foto: divulgação

Mecanicamente, além das modificações já citadas, a Fiat manteve os mesmos motores atuais, ou seja, o motor Fire 1.0 8V EVO Flex que gera até 75 cv e torque de 9,9 kgfm, além do bloco Fire 1.4 8V EVO Flex, com 88 cv e torque de 12,5 kgfm.

Para a versão 1.4 Sporting, a Fiat equipou o modelo com a transmissão automatizada Dualogic Plus,com opções de trocas sequenciais através de Paddle Shifts atrás do volante.

Com relação às versões oferecidas, o Fiat Uno 2015 contará com Vivace 1.0, que agora é a versão de entrada, mantendo o visual e o interior do modelo 2014 e que terá como maior foco o mercado de frotista.

O compacto ainda terá a inédita versão Attractive 1.0, Way 1.0 e 1.4, Evolution 1.4 e a Sporting 1.4.

Por Caio Polo


Novo Fiat Punto 2015 Série Especial Itália chega com preço de R$ 45.460


Nos últimos dias do mês de agosto, a Fiat tratou de anunciar que vai chegar uma linha do Punto na sua Série Especial Itália para as concessionárias do Brasil.

Nesta edição, ela terá como base a versão de entrada do Punto, que é a Attractive com motor 1.4 Flex. Em termos de custo, o modelo vai ser vendido por R$ 45.460 e ainda vai trazer itens de série para maior conforto e também um visual mais requintado.

No exterior do carro, o Punto contará na sua série especial com faróis de neblina, faróis com máscara negra, spoiler na tampa traseira com a cor do carro, lanterna com borda escurecida, rodas de liga leve aro 15 e a insígnia da edição nos para-lamas.

Já no seu interior, o Punto Série Especial Itália contará com o rádio Connect, trazendo CD player, MP3 e entrada para conexão USB. O volante contará com um controle multifuncional, sendo o mesmo revestido em couro.

Entre outros itens deste novo Punto, ele contará com retrovisores elétricos e os vidros traseiros com sistema antiesmagamento.

Curiosidade

Esse motor 1.4 Flex do Punto conta com um consumo de 10,1 km/l na cidade e 12 km/l na estrada movido a gasolina. Com o etanol, o carro fica com 6,9 km/l na cidade e 8,2 k,/l na estrada.

fiat-punto-serie-especial-italia


Novo Uno 2015 chega ao mercado com sistema start&stop


A Fiat vai apresentar a linha 2015 do Novo Uno que vai estar disponível nas concessionárias com a sua versão atualizada: Evolution. Nessa nova versão, o Uno conta como item o sistema start&stop, que faz o desligamento do motor do veículo de maneira automática.

 Isso acontece quando o motorista para o carro e deixa a transmissão em ponto morto. O motor vai religar quando o pedal da embreagem for acionado para dar a saída do automóvel.

O novo item de sério da versão Evolution do Novo Uno, a Fiat aponta que o veículo contará com uma economia de até 20% do consumo do seu combustível. Isso deve ocorrer, principalmente, quando o carro estiver em um trânsito muito pesado. O fato também contribui para que aconteça uma menor emissão de gases.

Outro destaque que pode ser apontado para o Novo Uno, é que o modelo ganhou também alguns leves ajustes na sua estética em seu interior e exterior. O intuito da Fiat é dar um toque de maior conforto e requinte para o automóvel.

Além do Novo Uno Evolution com motor 1.4 e sistema Start&Stop, a linha do modelo também vai contar com outras edições. São elas: o Attractive com motor 1.0, Way com motor 1.0 e 1.4, Sporting com motor 1.4, além da versão Vivace de propulsor 1.0 com opção de duas ou quatro portas.

novo-fiat-uno

novo-uno-2015

uno-interior


Fiat Doblo 2015 – Novo modelo traz poucas novidades


A Fiat continua a atualização de sua gama de produtos disponível no mercado brasileiro e, desta vez, o modelo que chegou à linha 2015 foi o Doblò. Sem nenhuma novidade mecânica, a marca italiana lançou a linha 2015 do modelo apenas com novos detalhes visuais e alguns equipamentos opcionais. O Fiat Doblò 2015 tem preços a partir de R$ 57.950.

Mantendo o mesmo visual da linha passada e, portanto, com as mesmas características, o Doblò tem como maior diferencial o fato de ser um carro funcional e versátil, com capacidade para transportar até 7 passageiros.

Disponível em três versões de acabamento, com a possibilidade com duas opções de motores, o Fiat Doblò 2015  convencional pode ser vendido em configurações: Attractive 1.4 8V Flex, Essence 1.8 E.torQ 16V Flex e Adventure 1.8 E.torQ 16V Flex.

Para completar a família, o modelo ainda tem as versões Cargo, que deixa de contar com os bancos para levar os passageiros traseiros para dar lugar a 3.200 litros de capacidade de carga. Na configuração cargo, a Fiat coloca à disposição duas verões, uma com o motor 1.4 e outra com o motor 1.8 E.torQ.

Entre as novidades, a linha Doblò 2015 traz chave do tipo canivete com telecomando, novo pomo do câmbio, sensor de estacionamento traseiro, sistema de Rádio Connect com função Audio Streaming, que conta com conexão via Bluetooth, permitindo a conexão entre o sistema de som com telefone celular e possibilitando que as músicas do celular sejam reproduzidas no rádio. Além disso, o modelo ainda conta com bancos com novos tecidos para a configuração Essence e retrovisores externos e tampa que cobre o estepe, na versão Adventure, na nova cor Grigio Villa Fosco.

Abaixo, confira as versões e os preços da linha 2015 do Fiat Doblò:

– Cargo 1.4 8V Flex – R$ 46.020;

– Cargo 1.8 E.torQ16V Flex – R$ 51.400;

– Attractive 1.4 8V Flex – R$ 57.950;

– Essencce 1.8 E.torQ 16V Flex – R$ 64.610;

– Adventure 1.8 E.torQ 16V Flex – R$ 69.480.

Por Caio Polo

Fiat Doblo 2015

Fiat Doblo 2015

Fiat Doblo 2015

Fotos: Divulgação


Fiat Grand Siena Itália – Nova edição especial foi lançada no Brasil


A Fiat lançou nos últimos dias no mercado brasileiro a série especial Itália para o sedan compacto Grand Siena. Disponível há algum tempo em outros carros da Fiat, como o Uno, Palio, Punto e Idea, a edição Itália possui a lista de equipamentos mais completa entre os seus diferenciais. O Grand Siena Itália tem preço sugerido de R$ 49.450.

No visual, o Grand Siena Itália não muda muito em relação ao modelo convencional, trazendo os faróis máscara cinza metalizado e o logotipo “Itália” em alusão a versão nos para-lamas dianteiros entre as novidades estéticas.

Embora não traga muitos itens de design, o Grand Siena Itália se destaca pela lista de equipamentos mais recheada. Baseado na configuração de acabamento Essence, a edição Itália do sedan compacto vem com volante multifuncional revestido em couro, retrovisores externos elétricos e com função Tilt Down (inclina o espelho quando o motorista engata a marcha ré), vidros dianteiros e traseiros com acionamento elétrico, além do Rádio Connect com leitor de CD, MP3/WMA, entrada USB, função Audio Streaming e conexão via Bluetooth.

Como a edição limitada é baseada na configuração Essence, se o interessado optar em comprar o Grand Siena convencional, oferecido por R$ 46.150, e aderir ao carro o sistema de som com conectividade Bluetooth e retrovisor com função Tilt Down (Kit Evolution 2 – R$ 1.801), o volante com comandos do som e revestido em couro (R$ 437) e os vidros traseiros elétricos (R$ 548), o modelo com os opcionais sairia por R$ 48.936, mais barato que a versão Itália, que só teria a mais o logotipo em alusão a edição.

O Grand Siena Itália ainda conta com os demais itens da versão Essence, como os freios ABS com EBD, airbag duplo, direção hidráulica, ar condicionado, computador de bordo, trava automática das portas a 20 km/h, faróis de neblina, rodas de liga leve de 16 polegadas, entre outros.

Sob o capô, não há nenhuma novidade e o modelo vem com motor 1.6 16V E.TorQ, capaz de entregar até 117 cv e torque de 16,8 kgfm, quando abastecido com etanol. 

Por Caio Polo

Fiat Grand Siena It?lia

Foto: Divulgação


Fiat 500 Cabrio fica mais barato no Brasil


O Fiat 500 Cabrio, primeiro modelo cabriolet da marca italiana no Brasil, ficou mais barato no mercado brasileiro e pode ser equipado com motor 1.4 8V Evo Flex. Com versões a partir de R$ 56.900, o Cinquecento, além de ser o carro mais barato no Brasil nessa categoria, pode vir com câmbio manual ou transmissão automatizada Dualogic.

Dotado de uma vasta lista de equipamentos de série, o compacto da Fiat vem equipado de série com airbag duplo, freios ABS com EBD, controle eletrônico de estabilidade (ESP) e tração (ASR), sinalização de frenagem de emergência, assistente de partidas em aclives (Hill Holder), sensor de estacionamento, faróis dianteiros com regulagem elétrica de altura, volante com regulagem de altura, banco do motorista com apoia-braços, regulagem de altura com memória, banco do passageiro com memória, retrovisores externos, vidros e travas com acionamentos elétricos, comando elétrico de abertura do porta-malas e da tampa do combustível, banco traseiro bipartido, porta-objetos sob o banco do passageiro, nas portas, no encosto dos bancos dianteiros e no console central, além das rodas de liga leve de 15 polegadas.

Completa a lista de itens o sistema de ar-condicionado, direção elétrica, computador de bordo, função Sport, chave do tipo canivete com acionamento abertura e travamento das portas por telecomando, sistema Follow Me Home e sistema de som com leitor de CD, MP3, entrada auxiliar e seis alto falantes.

As demais versões trazem os mesmos itens das versões dotadas de câmbio manual, acrescendo apenas a transmissão automatizada Dualogic ou a automática com seis velocidades.

Opcionalmente, a Fiat oferece ainda volante multifuncional com revestimento em couro, piloto automático, sistema Blue&Me com conexão via Bluetooth e USB, além do pacote Áudio Alpine Premium.

A grande novidade para o 500 foi a adoção de uma versão Cabrio dotada do motor 1.4 8V Evo Flex, mesmo propulsor que equipa a versão de entrada do 500 (Cult), sendo capaz de entregar até 88 cv e torque de 12,5 kgfm quando abastecido com etanol. O motor 1.4 16V MultiAirFlex, que gera até 107 cv e torque de 13,8 kgfm com etanol, ainda continua disponível na versão Cabrio topo de linha dotada da transmissão automática de seis velocidades.

Para a versão conversível de entrada (Cabrio 1.4 Evo Flex), a Fiat disponibiliza a capota retrátil em duas opções de cores: vermelha e preta. Controlada eletronicamente, a capota retrátil pode ficar em três posições diferentes, desde uma pequena abertura até a capota totalmente retraída junto à tampa do porta-malas. A abertura ou o recolhimento do teto pode ser realizado com o carro em movimento, desde que o veículo esteja a até 80 km/h.

Abaixo, versões preços do Fiat 500:

– Cult – R$ 47.390

– Cult Dualogic – R$ 49.600

– Cabrio 1.4 Evo Flex – R$ 56.900

– Cabrio 1.4 8V Evo Flex Dualogic – R$ 59.900

– Cabrio 1.4 16V MultiAir Automático – R$ 66.300

Por Caio Polo

Foto: divulgação


Fiat Weekend 2015 recebeu pequenas alterações no design


Recentemente a Fiat anunciou o lançamento no Brasil da sua linha 2015 da perua Weekend (antigo Palio Weekend). Esta é apenas uma das poucas representantes que esse setor ainda tem no país. A linha 2015, mesmo mantendo o visual meio que “inspirado” da primeira geração do Palio, recebeu algumas alterações, ainda que sutis, em sua estética.

Os preços do modelo 2015 começam a partir de R$ 45.550 na configuração Attractive 1.4 Flex.

A montadora optou por oferecer a linha 2015 em três versões: a Atractive, a Adventure e a Trekking. Em todos os casos o nome Weekend vai fixado na tampa traseira. Além das cores internas do acabamento que foram renovadas, as versões também receberam novos modelos de volantes. Porém, no caso da versão Adventure 1.8 Flex, que é a mais cara de todas elas (R$ 56.560), são oferecidos de série as rodas de liga leve de 16 polegadas bem como uma nova grafia para o quadro de instrumentos. Esses itens só são aplicados nessa versão e não se estendem as outras duas.

Para a Weekend Attractive, como itens opcionais é oferecido o sensor de estacionamento. No caso das demais há o kit chamado de Locker, que conta com bloqueio do diferencial, rodas de liga leve com uma pintura exclusiva, rede porta-objetos no porta-malas e faróis com máscara negra.

O Kit Urban é oferecido apenas para a versão Adventure. Apesar da contradição de se ter um carro dito “aventureiro” com um kit “urbano” o mesmo traz uma nova pintura para as rodas e estepe, faróis com máscara negra, rede porta-objetos no porta-malas e pneus de uso urbano 205/60 R16.

Para os compradores que optarem por adquirir a versão intermediária, a Weekend Trekking, o motor que integra o modelo é um 1.6 Flex. O valor sugerido para a versão é na faixa de R$ 47.600.

Agora o resta é ver a reação dos consumidores da marca e saber se as versões conseguirão entrar bem no mercado nacional.

Por Denisson Soares

Fiat Weekend

Foto: Divulgação


Fiat Strada 2015 – Preços das novas versões que serão vendidas no Brasil


A Fiat é uma das melhores marcas que fabrica veículos no Brasil, e a mesma fez a divulgação do seu mais novo modelo que promete estar entre os mais vendidos dos últimos tempos.

Estamos falando do seu novo Fiat Strada 2015, que é a mais nova picape da marca que vai ser comercializada em três versões, sendo o Strada Working, Strada Trekking e Strada Adventure.

Esse carro tem um lindo design, e as alterações que foram realizadas e que se destacam se referem à sua frontal que foi redesenhada, tendo grade esportiva, os seus estribos das laterais são antiderrapantes, suas rodas são de liga leve aro 16, os faróis são de profundidade e neblina e seus retrovisores possuem luzes de direção integrada.

O que você achou do modelo até aqui? Está gostando?

Então saiba que o modelo ainda conta com diversos itens e acessórios, como por exemplo, uma série de equipamentos de som, como rádio connect CD MP3 com viva-voz e Bluetooth e entrada USB. Existe também computador de bordo, câmbio dualogic e automático Plus.

Essa picape tem bastante espaço, e cabe até três pessoas, e a sua caçamba tem capacidade que varia de 400 a 705 quilos, e de 680 a 1220 litros.

As portas, motorista e passageiro, possuem a abertura para frente, e as portas do passageiro têm abertura para trás.

O seu motor é 1.4 Fire 8 V, que pode ser abastecido apenas com gasolina, tendo a potência de 85 cavalos e o torque de 12,4 mkgf.

Os valores de cada versão são:

– Strada Working cabine simples por R$ 36.120;

– Strada Working cabine estendida pelo valor de R$ 39.330;

– Strada Working cabine dupla com 3 portas pelo valor de R$ 45.310;

– Strada Trekking cabine dupla com 3 portas pelo valor de R$ 51.750;

– Strada Adventure cabine estendida por R$ 52.990;

– Strada Adventure cabine dupla com 3 portas pelo valor de R$ 58.480.

Por Josiane Fernandes de Jesus

Fiat Strada 2015

Foto: Divulgação


Fiat Linea 2015 – Versão Absolute traz sofisticação ao modelo


A FIAT não aceita ficar para trás com seus produtos, e por isso vem trabalhando em adaptações do seu sedan Linea 2015. O modelo Linea teve lançamento em 2008 com intuito de chegar ao mercado para disputar com os sedans médios da época, mas não teve muito sucesso em sua empreitada.

Com o passar do tempo os sedans cresceram e hoje possuem dimensões de 2,70m de entre-eixos. Já o Linea possui apenas 2,60m o que o deixou atrás de seus concorrentes. Visto isso, a Fiat optou por uma nova estratégia de mercado para o seu modelo: preparar o mesmo para que seja capaz de disputar com os modelos compactos superiores que se classificam com Premium no país.

Neste cenário, surge o Absolute que traz ares mais sofisticados, embora com pequenas mudanças, quando comparado à linha 2014. O carro aparentemente passa a contar com novos para-choques, grade frontal, tampa do porta-malas, rodas de liga leve e faróis de neblina redesenhados. O para-choque traseiro foi redesenhado dando ares de ser um carro maior. Ainda na traseira do automóvel é possível ver a grafia Linea sobre a tampa do porta-malas em material cromado.

O interior do carro é o local que reserva as mudanças mais perceptíveis. O painel frontal do Linea foi completamente modificado com composições nas cores bege e preto, os bancos possuem revestimento parcial em couro e o quadro de instrumentos possui iluminação branca.

A mecânica do carro conta com um motor 1.8 16V  com potência de 130/132 cv  e 18,4/18,9 kgfm de torque. Os itens de série do automóvel contam com volante multifuncional, regulagem elétrica dos faróis, controlador de cruzeiro, travas e retrovisores elétricos, direção hidráulica,  computador de bordo, sensores traseiros de estacionamento com visualizador gráfico e sistema de áudio baseado no Windows Mobile, entre outras novidades.

O valor estimado de venda do carro completo, incluindo itens opcionais como retrovisor eletrocrômico, navegador GPS, airbags laterais e de cortina é de R$ 72.234.

Por Jaime Pargan

Fiat Linea 2015

Foto: Divulgação


Novos modelos da Fiat e expectativas de vendas para os próximos anos


Foram reveladas pela Fiat as novidades do Fiat Chrysler, o qual promete ser um dos substitutos do Linea na Europa. Desta forma, para você que pretende adquirir um, fique atento a esta matéria, na qual vamos revelar as principais características do veículo que pretende reverter o quadro histórico dos últimos meses.

A princípio temos uma expectativa de vendas de aproximadamente 700.000 unidades até meados de 2018. No entanto, em questão de meta a Fiat espera resultados positivos e a grande aposta encontra-se na Europa, pois espera-se que o número de vendas seja grande por lá. Desta forma, o objetivo da montadora é que o veículo ultrapasse o atual 1,5 milhão para 1,9 milhão daqui a quatro anos. Como fabricante, provavelmente a América Latina será o principal mercado, com 800.000 unidades emplacadas em cinco anos.

Na área da Ásia-Pacífico, o objetivo é triplicar o número de vendas e atingir pouco mais de 300.000 unidades. Já na América do Norte, a estimativa é de 100.000 veículos vendidos. Diante disso, a Fiat está planejando uma boa reestruturação em sua gama de produtos e promete grandes vendas no decorrer dos próximos anos.

Uma das novidades da empresa encontra-se na família 500 que crescerá com a inclusão do 500X, um crossover compacto, de alto segmento na Europa e no Brasil. O novo hatch 5 portas provavelmente irá substituir o Punto na Europa no ano de 2016 e ficará posicionado entre o 500 e o 500L, uma minivan derivada do subcompacto.

Temos ainda, o Bravo, hatch médio da marca, que virá juntamente com a nova família de produtos hatch, um sedan e um station wagon. Para o ano de 2017 a estreia ficará por conta do crossover compacto e em 2018 será o lançamento da geração Panda. No momento não temos confirmação para a chegada dos veículos no Brasil, mas é bem possível que essa gama de modelos de médio porte chegue por aqui também. 

Por Luciana Viturino

Fiat 500X

Foto: Divulgação


Vendas da Fiat caem após o fim da produção do Uno Mille


Em um país com tantos radares por todos os lados e com combustíveis cada vez mais caros, o veículo Uno sempre foi uma boa alternativa para os proprietários que desejavam ter um carro de baixo consumo de combustível, para uso na cidade ou até mesmo para pequenas viagens, além de um preço de aquisição bem em conta, essas são as características de um dos veículos mais famosos do país.

Além da grande popularidade do veículo, esse carro tinha um expressivo prestígio por parte da sua fabricante e montadora, a alemã Fiat, principalmente, por causa do grande número de vendas que liderava por muitos anos os recordes de venda da montadora no Brasil e ajudava a impulsionar os lucros da empresa. No ano de 2014, porém, a montadora decidiu parar com a produção do Uno Mille, por achar que com a série de exigências do mercado brasileiro de itens de segurança, como airbags e freios ABS, itens obrigatórios a partir do ano de 2014, o carro iria ficar com o custo-benefício muito alto para produção e para aquisição.

Foram quase 30 anos de produção nacional e no início, quando o Uno Mille foi criado, ele era caracterizado como revolucionário, por causa do seu design moderno para aquela época e até hoje é referência entre em espaço interno e visibilidade entre os hatches compactos. Depois da saída de cena desse modelo, as vendas da montadora Fiat despencaram no ano de 2014. O Fiat Uno que já chegou a ser o vice-líder no ranking de aquisição de veículos, agora com a saída do seu modelo Mille, o Uno nova versão ocupa a modesta 9º no ranking da Federação Nacional de Distribuidores de Veículos (Fenabrave).

Assim, sem a presença do Uno Mille, o Uno se afastou de ser um dos modelos mais vendidos do Brasil. A Fiat, no entanto, tenta dar sobrevida ao modelo com a versão Rua, homenagem à Copa do Mundo. A grande estratégia da montadora para voltar a vender bem o Uno é uma reestilização, que chegará, ainda, no ano de 2014.

Por Adriano Oliveira

Fiat Uno Mille

Foto: Divulgação


Fiat lança o Uno Rua e pega carona no tema da Copa


A Fiat resolveu pegar carona com a Copa do Mundo para lançar uma série especial do Uno Rua. O carro, que é baseado na versão Vivace 1.0 de quatro portas, terá uma edição limitada de 2.000 unidades, custando R$ 33.590 mil.

O carro, que está sendo considerado uma “despedida” do Uno Rua, chega nas cores Amarelo Interlagos e Branco Kalahari.

O carro vem com adesivo da série nas portas dianteiras, adesivo da bandeira do Brasil nas colunas traseiras, faróis de neblina e com máscara negra, lanternas fumê, asa traseira, retrovisores e maçanetas na cor do veículo, rodas de liga leve, de 14 polegadas com uma pintura exclusiva.

Como itens de série o carro vem com direção hidráulica, volante de couro com regulagem de altura, ar-condicionado, desembaçador do vidro traseiro, travas elétricas, vidros dianteiros elétricos, limpador com lavador (automático na marcha ré), painel de instrumentos com conta-giros, cintos de segurança traseiros e dianteiros na cor azul, acabamento azul nos botões do ar-condicionado e um tecido exclusivo para os bancos dianteiros.

Os obrigatórios airbags duplos frontais e freios ABS e EBD também estão inclusos. O sistema de som é opcional e o veículo vem com pré-disposição para rádio. O motor é 1.0 flex, com 75 cavalos de potência e 6.250 rpm e 9,9 kgfm de torque; o câmbio é manual de cinco marchas.

O preço inicial do Uno Vivace 1.0 é R$ 25.880 mil (na versão duas portas) e R$ 27.970 na versão quatro portas (sendo um pouco mais barato que a versão Fiat Rua). O carro não é o Uno 2015 (que será lançado nos próximos meses) e sim, apenas uma “edição comemorativa” em relação à Copa no país.

Apesar da Fiat não ser uma das patrocinadoras da seleção ou até mesmo, do evento em si, a Fiat aproveita esse momento oportuno e deixa como divulgação do modelo a frase “ o carro vem para festejar e reforçar a liderança em vendas Fiat no Brasil há 12 anos.”

Por Mariana Caetano

Foto: divulgação


Fiat Strada 2015 – Novos equipamentos de série e opcionais


Após atualizar os outros veículos da sua linha, a Fiat apresentou a linha 2015 da Strada, sua pick-up compacta. Visando manter o carro entre os principais veículos vendidos pela fabricante, a linha 2015 da pick-up compacta não traz nenhuma novidade estética, mas vem com novos equipamentos de série e opcionais.

Embora a versão de entrada Working não contar com nenhuma novidade, a Fiat realizou um reajuste de preço do modelo. A configuração básica com carroceria cabine simples passa a ser oferecida por R$ 36.120, um aumento de R$ 530. A carroceria com cabine estendida, por sua vez, sofreu um reajuste de R$ 580, passando a ser vendida por R$ 39.330. Finalizando o reajuste na versão Working, a carroceria com cabine dupla encareceu R$ 670, e tem preço sugerido de R$ 45.310.  

Diferentemente da configuração Working, a versão intermediária Trekking, vendida apenas na carroceria com cabine dupla, ganhou novos equipamentos de série e agora a pick-up compacta vem equipada com banco com ajuste de altura no banco do motorista, predisposição para instalação do sistema de som e chave do tipo canivete. Com isso, o carro sofreu um reajuste em R$ 760, sendo vendida por R$ 51.750.

Por fim, a versão topo de linha Adventure, disponível na carroceria com cabine estendida e dupla, ganhou apenas a predisposição para a instalação do sistema de som. Mesmo assim, a versão Aventure cabine estendida ficou R$ 1.040 mais cara, passando a ter preço sugerido de R$ 52.990, enquanto que a configuração topo de linha com carroceria com cabine dupla sofreu um aumento de R$ 1.150, com preço tabelado em R$ 58.480.

Entre os itens opcionais, a marca italiana põe à disposição da linha 2015 da Strada o novo pacote chamado de Kit Dark. Acrescendo R$ 3.160 na versão Trekking e R$ 2.395 na configuração Adventure, o pacote adiciona ao carro faróis com máscara negra, retrovisores externos com acionamento elétrico, sistema de som com leitor de CD e MP3, entrada USB e conexão via Bluetooth, volante com comando do som e com revestimento em couro, capota marítima e rodas de liga leve de 14 polegadas com novo acabamento.

Abaixo, versões e preços da linha 2015 da Fiat Strada:

– Working Cabine Simples – R$ 36.120;

– Working Cabine Estendida – R$ 39.330;

– Working Cabine Dupla – R$ 45.310;

– Trekking Cabine Dupla – R$ 51.750;

– Adventure Cabine Estendida – R$ 52.990;

– Adventure Cabine Dupla – R$ 58.480.

Por Caio Polo

Fiat Strada 2015

Foto: Divulgação


Fiat Punto 2015: novidades e preços no Brasil


A Fiat lançou no mercado brasileiro a linha 2015 do Fiat Punto. Com algumas novidades na lista de equipamentos de série e disponibilização de novos itens opcionais, o hatchback da marca italiana chega com preço inicial de R$ 43.450 na versão Attractive 1.4.

Seguindo o que se viu na atualização de toda sua gama de veículos, o Punto 2015 mantém o mesmo visual da linha anterior, não trazendo nenhuma novidade no visual.

As mudanças que a fabricante italiana promoveu no Punto 2015 ficaram apenas no quesito equipamento, já que agora o carro vem com a nova função Lane Change, que aciona as setas por cinco vezes na direção indicada, novos tecidos para revestir os bancos nas versões Attractive e Sporting, alarme antifurto e piloto automático para as configurações Sporting e Blackmotion.

Além disso, o modelo ainda conta com nova serigrafia do painel de instrumentos e novas rodas de liga leve de 16 polegadas na versão Sporting, sistema de som com entrada USB na configuração Essence e novas calotas para cobrir as rodas de aço de 15 polegadas nas versões Attractive e Essence.

Opcionalmente, a versão Essence pode ser equipado com novas rodas de liga leve de 16 polegadas e com o novo Kit Emotion, que acresce ao veículo, por R$ 1.003 a mais no preço final, apoia-braço central no banco do motorista, painel na cor bege claro, novo revestimento dos bancos, iluminação interna com efeito “Night Design”, banco traseiro bipartida com apoia braço central e porta-objetos central com tampa.

Mecanicamente o Fiat Punto 2015 não traz nenhuma novidade mecânica, mantendo os já conhecidos motores 1.4 EVO 8V Flex, 1.6 E.TorQ 16V Flex, 1.8 E.TorQ 16V Flex e o 1.4 16V Turbo T-Jet.

Abaixo, versões e preços da linha 2015 do Fiat Punto:

– Punto 1.4 Attractive – R$ 43.450
– Punto 1.6 Essence – R$ 46.740
– Punto 1.8 Sporting – R$ 51.280
– Punto 1.8 Blackmotion – R$ 54.000
– Punto 1.4 T-Jet – R$ 61.840

Por Caio Polo

Foto: divulgação


Novo Fiat Palio Fire – Novidades e preços


O Fiat Palio Fire ganhou alguns apetrechos com as novas versões e com o fim do Mille. O hatch é o mais barato da marca. Diante disso, vamos abordar nesse artigo algumas características do veículo que tem ganhado cada vez mais espaço no mercado automotivo.

O Palio Fire entrou no ramo com o preço reduzido, porém, após um tempo seu preço voltou a subir. Atualmente ele se encontra com um preço de R$ 24.490, porém, há dois meses o mesmo veículo foi anunciado com um preço de R$ 23.990, o que já faz total diferença para o consumidor. As novidades da linha 2014 vão muito além daquelas esperadas pelos consumidores. Não são apenas simples retoques, pois são grandes destaques que têm feito a diferença na hora da venda.

A parte interna, por exemplo, foi substituída pelo que era usado nas versões mais caras antes da mudança de geração em 2003. Além disso, o veículo ganhou um econômetro, medidor que indica a faixa ideal de aceleração para conter o consumo do combustível. Todavia, ele não é tão prático, pois dentro da área verde a condição de rodagem é a mais econômica. Já a parte vermelha indica o gasto além do estipulado. Entretanto, é impossível conseguir manter-se todo o tempo durante a parte verde.

O mostrador do veículo revela o consumo instantâneo e mede a quantidade de combustível enviado ao motor pelos bicos injetores. Desta forma, o ponteiro consegue ir do verde ao vermelho em apenas uma única acelerada. Assim, para que o condutor consiga economizar é necessário atentar-se às médias de consumo e manter o giro do motor abaixo dos 3000 rpm no trânsito urbano.

Quanto à parte exterior, o visual foi mantido e apenas a grade do radiador passou por revisão de estilo e conta com novos filetes cromados. A versão quatro portas está avaliada em R$ 26.520, porém, se o carro estiver todo equipado esse preço pode ser elevado a R$ 31.689.

Por Luciana Viturino

Fiat Palio Fire 2015

Foto: Divulgação


Fiat 500X – Lançamento no dia 04 de julho


Foi divulgado pela Fiat, uma foto da produção do carro 500X, que deve ser lançado no dia 04 dejulho. A imagem foi tirada na fábrica da empresa em Melfi, na Itália, local onde é produzido o Jeep Renegade, que utiliza da mesma plataforma.

O modelo 500X é um crossover que foi inspirado num conceito que foi lançado em 2015. O lançamento deve acontecer no dia 04 de julho, que é a data do 57° aniversário do Fiat 500.

Carros.

Veja também – Recall Fiat 500e

Foi anunciado pelo Grupo Fiat Chrysler um recall para 4.141 unidades do modelo Fiat 500e, que foram fabricados entre os anos de 2013 a 2014.

Haverá a substituição de um módulo de potência inversa, cujo um liquido de arrefecimento poderia ser que se infiltrasse em componentes elétricos gerando curto-circuito e perda de potência do modelo.

Depois de analisar cinco casos que foram encontrados o tal problema, a empresa descobriu o ocorrido e pediu o recall. Não foram divulgados detalhes sobre acidentes que possam ter ocorrido.

É o segundo recall no 500e, modelo elétrico da Fiat. No ano passado, a empresa teve que fazer a substituição de parafusos que fixam a metade dos eixos em mais de 270 automóveis do modelo. Este chamado foi apenas para os Estados Unidos.

Veja também – Concurso de design internacional da VW

Foi criado pela Volkswagen um concurso de design internacional. A marca pediu para seus fãs criarem um novo conceito. O concurso está em andamento e a VW visa alunos de faculdade que produzam um novo e empolgante modelo que tenha o estilo da marca.

No concurso, os participantes podem trabalhar de maneira individual ou em até em uma equipe de duas pessoas.

Para a fabricante, é importante que os jovens talentos se concentrem em um ou em todos, dos aspectos apresentados do projeto, que são: Interior, Exterior, Interface, Gráficos, Cor e Estofados.

Os interessados podem se inscrever até o dia 15 de agosto. Os projetos serão julgados por especialistas do departamento de design da marca. Os quesitos de avaliação são design, inovação e implementação.

O resultado será divulgado no dia 30 de setembro. Os três melhores no concurso serão convidados a participar de um estágio de seis meses no departamento de design da Volkswagen em Wolfsburg, na Alemanha. 


Fiat 500e – Recall faz a troca de módulo de potência inversa


Foi anunciado pelo Grupo Fiat Chrysler um recall para 4.141 unidades do modelo Fiat 500e, que foram fabricados entre os anos de 2013 a 2014.

Haverá a substituição de um módulo de potência inversa, cujo um liquido de arrefecimento poderia ser que se infiltrasse em componentes elétricos gerando curto-circuito e perda de potência do modelo.

Depois de analisar cinco casos que foram encontrados o tal problema, a empresa descobriu o ocorrido e pediu o recall. Não foram divulgados detalhes sobre acidentes que possam ter ocorrido.

É o segundo recall no 500e, modelo elétrico da Fiat. No ano passado, a empresa teve que fazer a substituição de parafusos que fixam a metade dos eixos em mais de 270 automóveis do modelo. Este chamado foi apenas para os Estados Unidos.

Carros.

Veja também – Fiat 500X

Foi divulgado pela Fiat, uma foto da produção do carro 500X, que deve ser lançado no dia 04 dejulho. A imagem foi tirada na fábrica da empresa em Melfi, na Itália, local onde é produzido o Jeep Renegade, que utiliza da mesma plataforma.

O modelo 500X é um crossover que foi inspirado num conceito que foi lançado em 2015. O lançamento deve acontecer no dia 04 de julho, que é a data do 57° aniversário do Fiat 500.

Veja também – Concurso de design internacional da VW

Foi criado pela Volkswagen um concurso de design internacional. A marca pediu para seus fãs criarem um novo conceito. O concurso está em andamento e a VW visa alunos de faculdade que produzam um novo e empolgante modelo que tenha o estilo da marca.

No concurso, os participantes podem trabalhar de maneira individual ou em até em uma equipe de duas pessoas.

Para a fabricante, é importante que os jovens talentos se concentrem em um ou em todos, dos aspectos apresentados do projeto, que são: Interior, Exterior, Interface, Gráficos, Cor e Estofados.

Os interessados podem se inscrever até o dia 15 de agosto. Os projetos serão julgados por especialistas do departamento de design da marca. Os quesitos de avaliação são design, inovação e implementação.

O resultado será divulgado no dia 30 de setembro. Os três melhores no concurso serão convidados a participar de um estágio de seis meses no departamento de design da Volkswagen em Wolfsburg, na Alemanha. 


Fiat Idea 2015 está à venda no Brasil


A Fiat é uma das maiores empresas automobilísticas de todo o planeta, pois o seu sucesso é em escala global, sendo ela uma empresa transnacional, ou seja, atua em vários países. Dessa forma, atuando em vários países ao mesmo tempo, a Fiat se consolidou como uma das principais marcas em seu ramo em todo o mundo. No Brasil, a marca italiana está fortemente presente no mercado brasileiro, com várias linhas e versões de automóveis, sejam eles populares ou mais sofisticados.

Para você que é cliente da Fiat e está sempre atento aos lançamentos da marca, saiba que recentemente a mesma deu início às vendas referentes ao modelo Fiat Idea 2015, uma linha de grande sucesso e que promete bastante no mercado nacional. Na continuação deste artigo você encontra mais detalhes em relação ao lançamento aqui destacado.

Dentre as novidades apresentadas pelo Idea 2015 podemos destacar o novo rádio Connect com a função Audio Streaming, que oferece a opção de sincronização do celular do cliente juntamente com o sistema de áudio do carro por meio de conexão Bluetooth, além disso, ainda é possível tocar as músicas armazenadas no aparelho de celular. Vale ressaltar que esse recurso é de série na versão Adventure. Em relação ao kit podemos destacar: volante multifuncional e sistema de áudio com entradas USB, iPod e Auxiliar.

O preço do automóvel sofreu algumas alterações, levando em consideração as versões além de seus itens de série. A versão Attractive tem preço sugerido de R$ 46.400 e dispõe de mudanças apenas nos pacotes de equipamentos. Quanto à versão intermediária, a Essence 1.6, a mesma passou a custar R$ 48.620. A versão Adventure é a mais cara, com preço inicial sugerido de R$ 56.800 com as seguintes novidades: novo sistema de som com CD Player, MP3, entrada auxiliar, Bluetooth e Streaming de música como já foi citado acima.

Caso esteja interessado, saiba que o Fiat Idea 2015 já pode ser encontrado nas melhores concessionárias do país.

Por Bruno Henrique

Fiat Idea 2015

Foto: Divulgação


Fiat Siena EL 2015 traz novos itens de série


Como muitos bem sabem o mercado automobilístico é altamente competitivo e para que as empresas possam ser manter bem quanto ao número de vendas é sempre bom estarem lançando novas versões, bem como novas linhas de automóveis. No Brasil, a situação não é diferente, haja vista a grande quantidade de empresas atuando no território brasileiro, dessa forma, a concorrência é grande e acaba beneficiando os próprios brasileiros.

Dentre o grande número de empresas que atuam no Brasil, um grande destaque fica por conta da Fiat, uma das lideres em vendas e de grande sucesso no país. Para aqueles que são fãs da marca, saibam que a mesma lançou recentemente o Fiat Siena EL 2015, modelo que promete fazer bastante sucesso. Com esse lançamento, a Fiat pretende manter o bom número de vendas em 2014. Mais informações a respeito do automóvel, você poderá encontrar na continuação deste artigo.

Vale ressaltar que o Siena EL 2015 não sofreu grandes alterações em seu visual, ou seja, o design foi preservado. As grandes mudanças estão relacionadas aos itens de série. Na atual versão a regulagem de altura para o volante é de fábrica, além disso, novas cores no interior do automóvel também fazem parte das novidades. Quanto aos opcionais, você poderá encontrar sensor de estacionamento traseiro, regulagem de altura do banco do motorista e faróis escurecidos. Além disso, ainda vale destacar o Kit Stile que é uma novidade bastante interessante, o mesmo é composto por rodas de liga leve 14, faróis com máscara negra, spoiler na tampa traseira na cor da carroceria além de faróis de neblina.

Abaixo é possível observar os preços sugeridos de ambas as versões:

– Siena EL 1.0: R$ 32.070;

– Siena EL 1.4: R$ 34.870.

Para você que é cliente da Fiat e está interessado no lançamento da empresa, saiba que o novo Fiat Siena El 2015 já está disponível nas melhores concessionárias do país.

Por Bruno Henrique

Fiat Siena EL 2015

Foto: Divulgação


Fiat revela planos para o Brasil até 2018


No dia 06 de maio o CEO do Grupo Fiat Chrysler Automobiles, Sergio Marchionne, deu entrevista à Revista Auto Esporte falando sobre os planos que a companhia tem até o ano de 2018, entre as informações contidas no planejamento da empresa está primordialmente a reestruturação das marcas que compõem o portfólio da empresa.

A companhia estima triplicar o numero de vendas, a fim de atingir o conceito de maior montadora do mundo, atualmente a Volkswagen e a Toyota já ocupam lugares no ranking das maiores.

As estimativas da companhia é conseguir aumento de 43% do seu número de vendas somente na América Latina. Para conseguir alcançar seus indicadores, a Fiat já tem data programada para o lançamento de oito novos produtos no mercado, que serão apresentados dentro deste período, sendo o Brasil o país mais importante para atingimento das metas.

No plano de mudanças que a empresa passará a seguir, as primeiras modificações serão realizadas no Fiat Uno que já receberá reestilização já no ano de 2014 com intuito de enfrentar a concorrência direta com o Volkswagen up!

Para isso, a equipe de desenvolvimento da Fiat trabalham para apresentarem um modelo mais atrativo para o automóvel, e quem espera ansioso para ver as mudanças terão que aguardar até Outubro quanto o novo Fiat Uno será apresentado no Salão de São Paulo.

Outra novidade no mercado da Fiat é a sua fábrica em Pernambuco que já começa suas atividades no próximo ano. Para estrear as operações nas novas instalações a montadora Italiana já planeja a fabricação de sua nova Pick-up, assim como seu seu novo sub-compacto  que será desenvolvido na fabrica de Betim em Minas Gerais, será este sub-compacto que irá substituir o atual Palio Fire.

Já para 2016, os planos da Fiat são a chegada no novo Punto e do Grand Siena e em 2017 será a vez de novo frescor que chegará para causar frisson nos segmento de hatches compactos.

Por Jaime Pargan

Foto: divulgação


Novo Fiat Palio Fire Economy da Série Especial Itália


Um dos carros considerados mais queridos entre os modelos populares é, sem dúvida, o Palio Fire e este carro ganha mais uma nova versão para a Série Especial Itália da Fiat.

A montadora já lançou versões da série como o Uno College, Grand Siena Subline, Punto Blackmotion e o Bravo Wolverine, mas o foco da vez é as mudanças para versão do Fire.

A nova versão do Palio Fire Economy será a priore vendido ao preço de R$ 31.580. O novo modelo da série, assim como os anteriores, contará com itens como ar condicionado, direção hidráulica, travas e vidros elétricos. O automóvel terá faróis escurecidos com anel cromado, além de faróis de neblina com revestimento fosco localizados na coluna central e também nas portas; também são vistas minissais laterais bem como retrovisores externos na cor do veículo, o carro também recebe pneus e calotas com aro 14 polegadas e badge Itália.

Nos bancos do carro é possível ver a otimização da Série Itália por meio de bordado e também há porta-óculos, comando interno para utilização dos retrovisores externos, quadro de instrumentos que conta também com conta giros e os bancos receberam apoio de cabeça para os bancos traseiros e os fatores de segurança contam com cintos de segurança laterais traseiros de três pontos.

Tudo isso para que o queridinho dos carros populares ganhe um ar ainda mais sofisticado sem perder o ar casual que tanto convence quem adquire este modelo de automóvel. Quem ama carros com certeza terá muitos motivos para amar o novo Fire Economy e aproveitar todas as vantagens que ter este modelo na garagem pode oferecer.

Em resumo, o novo Palio da série Itália tem muito conforto e atualização para automóveis oferecidos pelo mesmo preço acessível que tanto conquista quem quer adquirir um modelo econômico. 

Por Jaime Pargan

Novo Fiat Palio Fire

Foto: Divulgação


Fiat Freemont: preços e características


Essa é mais uma novidade da Fiat para o mercado. Alguns pontos de destaque são: design perfeito (estilo carro americano); completo em acessórios; espaço interno; ótima dirigibilidade (cidade e estrada); ótimo consumo para um motor 2.4. estamos, pois, falando do Fiat Freemont, um carro grande e bem dinâmico.

Apesar de ter sofrido algumas aletrações para se tornar Freemont, como na dianteira e na cabine, o modelo manteve a motorização de 2,4 litros 16V a gasolina da Chrysler.  No mais, antes que o leitor pergunte, a verdade é que os valores desse automóvel, dependendo da sua versão, são os seguintes: R$ 96.530,00 a R$ 103.950,00. 

Eis alguns detalhes que fazem diferença no Fiat Freemont: Suspensão tipo multibraço e traseira com barra estabilizadora, roda tipo independente e molas helicoidal, Suspensão tipo McPherson e dianteira com barra estabilizadora, roda tipo independente e molas helicoidal.

Chave ou cartão inteligente automático, inclui entrada sem chave e inclui partida sem chave, conexão externa para entretenimento, inclui tomada com entrada auxiliar e inclui conexão USB, muito mais para agradar seus clientes e consumidores.  

Trata-se, no fim das contas, de um automóvel bom para andar em vários tipos de terreno. Além disso, o Fiat Freemont também é um carro super seguro e de boa dirigibilidade e conforto, pontos que são diferenciais na hora de escolher um veículo confiável para o dia a dia. 

O custo benefício também é um ponto a favor, uma vez que suas peças são baratas e a manutenção não é tão cara assim. O Freemont, por sua vez, também entrou no mercado para disputar com o Honda CR-V. o carro da Fiat é mais conservador, porém tem uma condução melhor e bem mais prática. 

O Freemont é importado do México e veio para fazer sucesso. Sendo assim, com essas informações, cabe ao leitor comentar e ver se esse Fiat vale ou não a pena.  

Por Juan Wihelm

Foto: divulgação


Grupo Fiat Chrysler irá lançar o Relatório da Sustentabilidade


O Grupo Fiat Chrysler anunciou no site oficial que a empresa vai lançar o Relatório da Sustentabilidade, conjunto de documentos relacionados com as ações e iniciativas que o empreendimento realiza de forma global em termos sustentáveis.

Consiste na primeira divulgação de relatório ambiental depois que a Chrysler se juntou à Fiat, cujas negociações que duraram desde o ano de 2009 apenas foram concluídas no final de 2013. Presidente Sérgio Marchionne indica que o Grupo tem destaque não apenas por conta da qualidade dos produtos como também em consequência do compromisso ao conduzir as atividades.

Ele ainda indica que a união entre Fiar e Chrysler permite com que se intensifique a linha de produção e ao mesmo tempo aumente o olhar crítico à sustentabilidade, com práticas positivas que servem para aumentar os pontos fortes.

Marchionne indica que o Grupo tem estratégia no sentido de alcançar maior equilíbrio das tecnologias nas linhas de produção e promover alternativas que beneficiam o meio ambiente. A presidência indica que o grande desafio consiste em ser sustentável e continuar a oferecer preços acessíveis junto à qualidade.

No ano de 2013, o Grupo registrou de modo público o compromisso no sentido de identificar áreas ambientais, econômicas e sociais que sejam favoráveis em termos de sustentabilidade. No Relatório foram analisadas metas globais ao longo prazo, tais como melhorar de maneira contínua a queda das emissões de CO2 nos motores e desenvolver maior economia de combustível entre os modelos da montadora.

Em terras europeias a grande parte dos veículos Fiat emite 120g de CO2 por quilômetro. Nos Estados Unidos os caminhões leves da marca tiveram queda no consumo de combustível de 32 milhas por 24 milhas ao levar em conta medida do galão (MPG).

A marca lidera as vendas de veículos compostos por gás natural, ao todo são mais de doze caros dos gêneros no setor de automóveis comerciais leves.

Por Renato Duarte Plantier

Fiat Chrysler

Foto: Divulgação


Programa Fiat Club visa estreitar o relacionamento com o cliente


No sentido de ampliar a qualidade no relacionamento que possui com os clientes no Brasil, a Fiat lançou o Programa FIAT Club. De acordo com tal projeto existem vantagens e benefícios para a fiel clientela da marca italiana.       

Qualquer pessoa pode se inscrever no Programa, seja cliente ou apenas amante da montadora. Até mesmo quem não tem um carro tem o direito de inscrição gratuita.

Para empresas do segmento e porte da FIAT essa consiste em uma iniciativa do tipo pioneira no que tange à exclusividade na relação com clientes do Brasil. Até quem não tem veículo da marca pode se inscrever de modo gratuito no site www.fiatclub.com.br, depois de confirmar que é fã da empresa nas principais redes sociais. Por outro lado, proprietários de automotivos do selo italiano apenas precisam ativar cadastro na página oficial.

De acordo com nota divulgada no site da FIAT para anunciar a criação do Club, o Grupo acredita que a qualidade mantida com clientes consiste na principal premissa de sucesso das vendas em terras nacionais. No Brasil, tal montadora é líder no comércio de veículos populares.

Há tempos a empresa investe na qualidade ao se relacionar com clientes. No ano de 2009 foi lançado o Programa L Único que focava de modo preferencial consumidores dos modelos completos da marca. Com os novos planos do Fiat Club o projeto ainda continua, mas presente em patamar avançado.

A gerente de marketing e mídias sociais da FIAT, Patrícia Pessoa, afirma que o mercado automotivo se reinventa de modo constante e nos dias de hoje o cenário traz maior nível de competição. Ela diz que ficar na memória dos consumidores consiste em grande desafio.

Patrícia indica que no site os consumidores conhecem o potencial da marca junto com os valores corporativos. A FIAT ganha no sentido de ampliar o contato. A empresa deseja diminuir a distância com clientes ao se tornar amiga e parceira.

Por Renato Duarte Plantier

Programa Fiat Club

Foto: Divulgação


Novo Fiat Palio 2015 – Lançamento e Preços no Brasil


A Fiat iniciou as vendas no mercado da linha 2015 do Palio. Sem apresentar qualquer alteração na estética, a fabricante italiana incrementou o modelo com alguns itens de série desde as versões de entrada. Com preço inicial de R$ 33.520, o modelo sofreu um aumento de R$ 860 quando comparado à linha 2014.

As grandes novidades presentes em todas as versões do veículo ficam por conta da adoção de travas e vidros dianteiros com acionamento elétrico, alarme antifurto, Logo Push (novo acionamento para abertura do porta-malas) e chave do tipo canivete com telecomando. O modelo ainda ganhou anéis cromados nos comandos de climatização, visando deixar o interior mais requintado, além do recurso Lane Change, que ativa a seta por três vezes ao acionar a alavanca.

A marca ainda aumentou a lista de equipamentos opcionais, passando a disponibilizar o sistema Tilt Down, que inclina para baixo o espelho retrovisor externo do lado do passageiro quando o motorista engata a marcha ré. Com isso, o condutor passa a ter uma melhor visualização na hora de manobrar o carro na marcha reversa. Contudo, o sistema Tilt Down só estará disponível para as configurações do Palio que já possuem o retrovisor com acionamento elétrico.

Disponibilizado em três configurações de acabamento e três opções de motores, mecanicamente a Fiat não promoveu nenhuma alteração e portanto a marca italiana mantém os mesmo motores da linha 2014: o 1.0 Evo 8V Flex, o 1.4 8V Evo Flex e o 1.6 16V E.torQ Flex.

Assim como na linha 2014, o Fiat Palio 2015 já vem equipado desde a versão de entrada com airbag duplo frontal, freios ABS com EBD, direção hidráulica, entre outros itens.

Confira abaixo as versões e os preços da linha 2015 do Fiat Palio:

  • Attractive 1.0 8V Evo Flex: R$ 33.520.
  • Attractive 1.4 8V Evo Flex: R$ 37.030.
  • Essence 1.6 Evo Flex: R$ 41.010.
  • Sporting 1.6 16V E.torQ: R$ 43.030.

Por Caio Polo


Novo Fiat 500X será apresentado em 4 de julho


Especulado pela imprensa especializada, e muito aguardado pelos consumidores desse segmento, bem como pelos fãs da marca italiana, o utilitário esportivo compacto 500X, baseado no recém-lançado Jeep Renegade, já tem data marcada para estrear no mercado: dia 4 de julho.

A data não foi escolhida por acaso, já que esse dia coincide com o 57º aniversário do lançamento do primeiro Fiat 500. Embora o local para a apresentação de julho ainda não tenha sido revelado pela fabricante, é certo que o crossover estará presente no Salão de Paris, em setembro.

O batismo 500X, que ainda é dúvida, devido o ocorrido com o Jeep Renegade, que inicialmente estava previsto para se chamar Jeepster ou Laredo, foi supostamente confirmado nesta semana pelo site “Indian Autos Blog”, que divulgou o possível logotipo do crossover que estará presente na carroceria do veículo.

Um dos principais lançamentos nesse ano e a principal investida da Fiat para o segmento dos utilitários compactos no mercado europeu, a marca italiana pretende concorrer por lá com Opel Mokka, Nissan Juke, Renault Captur e Peugeot 2008.

Por lá, o 500X terá opções de motorização que incluirá os blocos MultiAir Turbo a gasolina, o MultiJet a diesel, além de uma versão flex. Entre as opções de transmissão, a Fiat colocará à disposição a transmissão automática desenvolvida pela ZF, com dupla embreagem e nove velocidades.

Fabricado ao lado do Jeep Renegade na unidade fabril de Melfi, na Itália, as variantes de entrada do 500X contarão com tração dianteira, enquanto que as versões topo de linha trarão tração integral.

Para o Brasil, ao contrário do que se especulava anteriormente, ainda não houve a confirmação da chegada do 500X. Agora, a expectativa é que a FCA (Fiat Chrysler Automobiles) aposte suas fichas no lançamento do Jeep Renegade para o mercado brasileiro, posicionando o crossover como um concorrente para o Ford EcoSport, Renault Duster, Chevrolet Tracker e Mitsubishi ASX, deixando o utilitário da Fiat, a princípio, restrito ao mercado europeu.

Por Caio Polo

Foto: divulgação


Fiat Doblò 2014 – Novidades e mudanças do novo modelo


No ano de 2014, o Novo Fiat Doblò chega ao mercado repleto de novidades que impressionam inclusive ao público sádico aos modelos da marca italiana. A empresa indica que trabalhou para tornar o projeto atraente aos clientes em geral.

A sofisticação consiste na grande mudança que se relaciona ao novo modelo Fiat. Representantes Fiat indicam que apostam no sentido de aumentar o julgamento de valor dos produtos e ao mesmo tempo crescer o nível de satisfação aos consumidores.

Modernidade representa outra novidade que se faz presente no veículo. Também existem praticidades presentes não apenas aos motoristas como também entre os passageiros.

Engenheiros indicam que empregaram um novo volante, no qual o público em geral consegue modificar os comandos do rádio sem precisar tirar os olhos da pista. Consumidores também repararam a presença de novas tonalidades na parte interna do painel.

No banco existe tecido de alta qualidade que aumenta o nível de estilo e ao mesmo tempo proporciona maior resistência ao longo prazo. Inclusive a coluna A conta com novo revestimento.

Ao lado de passageiros e motoristas existem porta-objetos, nos quais basta apenas esticar o braço para colocar ou retirar itens pessoais. No painel também há espaços para guardar objetos.

Como opcional os consumidores possuem o rádio feito de forma específica para o carro e que conta com tecnologia RDS. Não se pode ignorar o fato de que para a nova temporada existe um kit iluminação, no qual consumidores gastam quase R$ 400 para ter faróis de neblina especiais. Ao comparar com os preços das peças no varejo há uma economia de 11% na compra do kit.

A notícia interessante consiste no conjunto de equipamentos de série. Consumidores têm freios ABS e airbags duplo para aumentar a segurança de motoristas e passageiros.

Clique no link e conheça fotos exclusivas do Novo Fiat Doblò.

Por Renato Duarte Plantier

Fiat Dobl? 2014

Foto: Divulgação


Fiat Strada 2014 ganhou o título de Melhor Picape Pequena


A Fiat Strada, picape mais vendida no Brasil, ganhou outro prêmio que consagra o modelo no mercado. O título de Melhor Picape Pequena foi concedido na Décima Sexta Eleição dos Melhores Carros, da lista do BEST CARS.

Importante notar que desde quando o veículo foi lançado, no final de 2013, conseguiu conquistar seis prêmios importantes. Por causa do novo título, o Strada aumenta a distância na primeira posição entre as picapes compactas mais vendidas no país.

A Fiat indica que o carro não apenas tem título de ser campeão nas vendas de picapes no Brasil, como também está no topo do ranking entre os veículos comerciais campeões de vendas em terras nacionais.

De acordo com o BEST CARS, no ano de 2014, aconteceram mudanças significantes no carro. A crítica especialista indica que principal inovação se encontra presente na terceira porta, um tipo de novidade pioneira entre os veículos da marca italiana.

Com a terceira porta, Fiat indica que objetivou proporcionar maior conforto para quem usa o veículo. A marca espera revolucionar os conceitos de comodidade nos carros do ciclo produtivo.

Especialistas indicam que a diferença de preços entre os modelos Strada consiste em uma arma usada, de forma eficaz, para que o carro seja líder no segmento. A edição “Working” tem motor 1.4 Flex e preços populares. Oferece cabines duplas que se estendem conforme necessário.

Um pouco mais caro é o modelo Trekking, também com a presença de cabine dupla. Tal veículo trabalha com propulsor no motor 1.6 16V Flex. Também há duas edições Adventure que trabalham em motorização 1.8.

De forma prática o modelo custa preço baixo ao comparar com picapes compactas de outras marcas que trazem cabine dupla estendida. O carro Fiat oferece nível de qualidade semelhante aos concorrentes em termos de motor.

Conheça mais informações ao acessar o site oficial da Fiat (clique aqui).

Por Renato Duarte Plantier

Fiat Strada 2014

Foto: Divulgação


Lucro líquido do Grupo Fiat atingiu quase 2 bilhões de euros em 2013


No ano de 2013 o Grupo Fiat conseguiu lucro líquido de quase 2 bilhões de euros, valor superior aos 900 milhões de euros no registro de 2012. Não se pode ignorar o fato de que os ativos da Chrysler ajudaram de forma direta para acontecer aumento repentino na lucratividade.

Também aconteceram notícias positivas para a marca italiana no que tange à dívida ativa, que diminui 1,7 bilhões de euros entre os anos de 2012 e 2013. Países compostos no bloco do EMEA conseguiram diminuir as perdas ao registrarem aumento de 470 milhões de euros, entre os dois períodos anuais.

APAC consiste em outro bloco econômico que trouxe avanços no lucro operacional no ano de 2013 à Fiat, com aumento de quase quarenta por cento, o que se equivale em aproximados 360 milhões de euros.

Por outro lado, ao NAFTA aconteceu queda no lucro de nove por cento, ou seis por cento se considerar as variações cambiais. Importante considerar o câmbio ao levar em conta que representantes do bloco econômico aumentaram os custos da indústria para amortizar despesas de pesquisas ou lançar produtos.

O mercado de veículos luxuosos também demonstrou melhoras à Fiat ao considerar o lucro líquido de 2013. A Maserati conseguiu o triplo de vendas, com lucratividade de 170 milhões de euros. Ferrari também foi outro selo de luxo que conquistou destaque no mercado.

Para notar a diferença do fluxo financeiro entre setembro e dezembro de 2013 da Fiat, vale ressaltar os quase 30 bilhões de euros na liquidez total no último mês do ano, contra 3 bilhões de euros ao mês de setembro.

A Fiat indicou no site oficial que prevê gerar receitas líquidas de aproximados 93 bilhões de euros para o ano de 2014. Em termos de lucro operacional há expectativa entre 3,5 e 4 bilhões de euros.

Por Renato Duarte Plantier

Logo Fiat

Foto: Divulgação


Fiat irá reorganizar a administração interna do Grupo Chrysler


Depois de comprar o Grupo Chrysler a Fiat anunciou que vai reorganizar parte da administração interna, conforme aponta o Conselho da marca italiana. De forma prática devem ser estudadas iniciativas para melhorar a qualidade em termos de estrutura na governança da companhia.

O Conselho de Administração da Fiat Chrysler Automobiles N.V agora tem a matriz principal estabelecida no território holandês. Bolsas de Valores de cidades como Nova York e Milão devem negociar ações ordinárias da companhia.

De acordo com palavras do próprio John Elkann, presidente da FIAT, a união entre as duas empresas representa um novo capítulo, não apenas à marca italiana, como também na história do mercado automotivo ao redor do mundo.

Elkann diz que há décadas a Fiat estudou para encontrar a fórmula ideal de liderar o mercado global de forma mais complexa, quando surgiu a chance de se unir ao Grupo Chrysler. A junção também se demonstra útil para aumentar a atuação geográfica dos motores e veículos da nova marca.

Não se pode ignorar o fato de que os principais conselheiros da Fiat entraram em acordo no sentido de ofertar uma ação ordinária para cada pessoa que detém papel da marca italiana no mercado de ações.

Apesar dos mercados correntes em Nova York ou Milão e da matriz central na Holanda, é no Reino Unido que se encontra o domicílio fiscal oficial da Fiat Chrysler. O presidente Elkann garantiu de modo público que tal fato não deve prejudicar os impostos a serem pagar nas jurisdições das atividades produtivas da marca.

No sentido de desenvolver base com maior nível de solidez, o Grupo deve adotar mecanismos e políticas sobre valorização para cada detentor de ações. Tal objetivo do projeto consiste em oferecer rentabilidade no longo prazo e maior flexibilidade à empresa alcançar as metas das estratégias de produção.

Por Renato Duarte Plantier

Grupo Fiat Chrysler

Foto: Divulgação


Fiat conquistou a ISO 50001 no Brasil


A Fiat aumenta o poder sustentável da marca ao ser a primeira fábrica de automóveis, presente no Brasil, que conquistou a ISO 50001, um certificado que qualifica a qualidade na gestão de energia.

De acordo com representantes da marca italiana, para conseguir tal certificado o empreendimento investiu em tecnologias a melhorar o desempenho de energia dos carros na linha produtiva. As mudanças estão presentes do projeto inicial até a montagem final.

Desde o ano de 1994, para cada veículo que a fábrica produz aconteceu uma redução de 50% na porcentagem do consumo de energia. Nos setores de gestão ambiental e de energia, a empresa investiu trinta milhões de reais, nos últimos cinco anos, sem contar com os recursos empregados de maneira indireta para melhorar a tecnologia no setor.

A Fiat indica que a economia de energia da fábrica de Betim, em Minas Gerais, proporcionou quantidade energética o suficiente para abastecer um município com oitenta mil pessoas. Inspetores trabalharam para identificar perdas ou oportunidade a reduzir energia em cada espaço da zona industrial.

No ano de 2013, a Fiat implantou cabines de exaustão com inversores de frequência para controlar o motor elétrico que injeta ar fresco no sistema. Durante projetos anteriores, a motorização funcionava de modo ininterrupta e com a capacidade máxima. Com investimento de dois milhões de reais a empresa conseguiu mudar o processo e diminuir consumo da energia em trinta por cento.

O gerente da Fiat na América Latina, Cristiano Felix, indica que a soma dos investimentos às iniciativas energéticas serve no sentido de aumentar a presença global da marca no mundo.

Ele também diz que a presença do certificado consiste em melhores resultados não apenas à economia do combustível como também em preservar o meio ambiente natural. Atualmente quase cem por cento da energia elétrica na fábrica de Betim da Fiat vêm de fontes sustentáveis.

Por Renato Duarte Plantier

Fiat

Foto: Divulgação


Fiat Linea 2015 – Preços e características do novo modelo


A Fiat lançou nesta quarta-feira, dia 2 de abril, o Linea 2015. Com modificações no visual, na parte interna e contando com novos equipamentos na lista, o sedan chega para se adaptar a uma nova estratégia da marca italiana: se posicionar entre os sedans compactos e médios. O Linea 2015 chega ao mercado com preços que partem dos R$ 55.850.

Oferecido apenas nas versões Essence e Absolute, o Linea 2015 dispõe de mudanças pontuais no visual, como os novos para-choques, nova grade frontal, nova tampa do porta-malas e rodas de 16 e 17 polegadas com desenho exclusivos.

Na cabine, as principais alterações estão no novo painel, que conta com quadro de instrumentos com iluminação mais atraente e que se assemelha muito com o do Punto, alinhado com os demais modelos da Fiat, nova iluminação para os comandos internos e console central redesenhado, que conta com porta-objetos em formato de rede na lateral. Na configuração Absolute o sedan traz também apoio de braço com porta objeto e saída do sistema de ar condicionado para os passageiros do banco traseiro, item que é opcional à versão Essence.

Mecanicamente não houve mudanças e, portanto, o Linea continua sendo equipado com motor 1.8 16V E.torQ Flex, que entrega até 132 cv e torque de 18,4 kgfm, quando abastecido com etanol.

Desde a versão Essence o sedan traz entre os itens de série os freios ABS, airbags frontal, sinalização de frenagem de emergência (ESS), Lane Change, Welcome moving, sisitema Follow me Home, regulagem elétrica dos faróis, volante multifuncional com acabamento em couro e com regulagem de altura e profundidade, travas e retrovisores com acionamento elétrico, vidros com acionamento elétrico com “One Touch” e sistema antiesmagamento, chave tipo canivete, faróis de neblina, sistema de som com leitor de CD e MP3, com entrada auxiliar, ponteira de escapamento cromada, rodas de liga leve de 15 polegadas, entre outros.

Os equipamentos opcionais para a versão de entrada são: Night Design, sensores de estacionamento traseiro com visualizador gráfico, sensor de chuva, sensor crepuscular e retrovisor interno eletrocrômico, ar condicionado automático digital, apoia-braço central dianteiro com porta-objetos, saída de ar para o banco traseiro, bancos revestidos parcialmente em couro ou em tecido Baltic com faixas exclusivas, sistema Blue&Me, sistema Blue&Me Nav, transmissão Dualogic Plus e alavanca de seleção das marchas tipo borboleta no volante, sidebags dianteiros, windowbags e rodas de liga leve de 16 ou 17 polegadas.

A versão Absolute (topo de linha) traz os mesmos itens de série da Essence, acrescido de transmissão Dualogic Plus com opção de trocas sequências por Paddle Shifts no volante, sensor de estacionamento traseiro com visualizador gráfico, ar condicionado automático digital, sistema Blue&Me, cortina para-sol no vidro traseiro, volante multifuncional com revestimento em couro e com comandos do rádio e telefone, bancos revestidos parcialmente de couro, tapetes com bordado em alusão a versão e rodas de liga leve de 17 polegadas.

Opcionalmente, a Fiat oferece o sensor crepuscular e de chuva, sistema de som Hi-Fi com subwoofer, sistema Blue&Me NAV (que traz o navegador GPS integrado ao quadro de instrumentos com operação por comando de voz), retrovisor interno eletrocrômico, sidebags dianteiros e windowbags. O Fiat Linea 2015 ainda pode receber acessórios da Mopar, com destaque para o sistema multimídia com tela touchscreen de 4,3 polegadas e espelho retrovisor com câmera para manobras em marcha ré.

Com três anos de garantia sem limite de quilometragem, o Linea pode ser adquirido nas cores Branco Banchisa, Branco Kalahari, Preto Vulcano, Prata Bari, Cinza Scandium e Pret Vesúvio.

Abaixo estão versões e preços do Fiat Linea 2015:

– Fiat Linea – Essence – R$ 55.850;

– Fiat Linea – Essence Dualogic – R$ 59.240;

– Fiat Linea – Absolute – R$ 66.450.

Por Caio Polo

Fiat Linea 2015

Foto: Divulgação


Novo Fiat Freemont Cross – Características do modelo


Fiat indica que desenvolveu com sucesso o projeto do Novo Freemont Cross. A marca italiana que produz e fabrica automóvel fez a estreia do modelo no Salão de Genebra, na Suíça.

Especialistas que trabalharam de modo ativo no projeto indicam que a proposta geral consiste em trazer design, estilo e funcionalidade com melhor equilíbrio. Quem observou o carro nos testes indica que a grande mudança nítida se encontra na aparência robusta e nas novidades diferenciadas em termos estéticos.

Ao comentar o lado externo do carro não se pode ignorar a presença da tonalidade, composta por cor de platina, com preto brilhante presente na grade dianteira. As rodas com dezenove polegadas trazem seis laterais e cinco raios compostos também por tom platinado.

Na parte externa o Novo Freemont Cross também tem destaque a se considerar de maneira positiva no material do estofado. Inserções de tecido de malha esportiva junto com couro de alta qualidade fazem parte principal das composições dos bancos.

Tecnologia do modelo Fiat é outro fato que merece considerações afirmativas: som composto de amplificador 368 W, seis alto falantes distribuídos na parte interna, câmera presente no lado traseiro para ajudar a estacionar, navegador com tela de toque, entre outros pontos tecnológicos desejados por grande parte dos consumidores.

Vale ressaltar que existe tecnologia que aquece os retrovisores nos momentos de necessidade. Freios ABS, direção hidráulica e seis airbags se encontram presentes na lista dos itens de segurança. Ainda há porta corpos iluminados e controle do som nos botões presentes no volante.

O novo Freemont Cross tem motor 2.0 e caixa de câmbio que funciona de maneira manual, composta de seis velocidades. Quem deseja trocar a marcha de modo automático precisa pagar preço adicional.

Quer saber mais sobre o New Freemont Cross? Clique no link e acesse a página oficial da Fiat.

Por Renato Duarte Plantier

Novo Fiat Freemont Cross

Foto: Divulgação


Fiat New Panda Cross – Lançamento no Salão de Genebra


A Fiat anunciou no site oficial que escolheu o Salão de Genebra para demonstrar de maneira pública o New Panda Cross. Em termos práticos esse é um projeto do tipo aventureiro às finanças da montadora, tendo em vista que tal modelo está nas linhas produtivas de alto padrão da marca italiana.

A empresa garante que no novo modelo há estilo exclusivo, não encontrado no mercado. Engenheiros trabalharam para achar o design que demonstra modernidade e caráter robusto à estrutura interna ou externa. Conforto representa sentimento que grande parte dos motoristas sente ao trafegar no New Fiat Cross, diz a Fiat, indica a nota oficial publicada na página da montadora.

O sistema de transmissão tem equipamento acionado de forma automática. Tal tecnologia ajuda os motoristas a trafegarem em situações complicadas do trânsito. Ao acionar o sistema de controle no New Panda Cross, condutores ganham opções diferentes para dirigir.

A marca italiana indica que trabalhou para o carro ter equipamentos de SUV 4X4, em veículo fácil de manusear e feito às aventuras no espaço urbano. Em termos práticos, os detalhes externos do automóvel foram feitos para serem reconhecidos facilmente.         

No que tange ao visual do automotivo vale destacar o para-choque que impressiona no estilo, inclusive aos condutores que não se importam com características estéticas nos automóveis. Cor vermelha e brilhante faz parte do reboque e aumenta o poder da imagem de veículo robusto.

Quem repara a parte lateral pode perceber os novos elementos estéticos. Nos lados do veículo há inclusive o emblema com a palavra “Cross”. As rodas estão compostas com design inovador, além de materiais de qualidade que aumentam o poder da durabilidade por longos anos. Metal polido é um exemplo que faz parte da composição.

Saiba mais do New Panda Cross Fiat ao clicar aqui e acessar o site oficial da montadora italiana.

Por Renato Duarte Plantier

Fiat New Panda Cross

Foto: Divulgação


Fiat Uno T completa 20 anos em 2014


Lançado no ano de 1994, o Uno T (Turbo) completa vinte anos em 2014. Especialistas indicam que o modelo iniciou a tendência downsizing nas pistas nacionais e por esse motivo é lembrado até os dias de hoje entre os amantes da marca italiana.

Amantes de veículos turbos também têm lembranças positivas da primeira geração do Uno T, que marcou o final da primeira metade dos anos noventa, no século XX. Interessante notar que esse foi primeiro carro que trouxe de fábrica a presença de motor turbinado.

Além da alta potência, o automóvel se destacou quando surgiu no mercado por conta do excelente nível em termos de esportividade, além do projeto, que se relaciona de forma direta com a sustentabilidade ambiental.

Na época em que surgiu no mercado não existiam motores pequenos e potentes, capazes de fornecerem eficiência energética suficiente junto com a potência aos motoristas. Por esse motivo que o Uno Turbo ganhou destaque da imprensa especialista em veículos a motor, durante a década dos anos de 1990.

O eficiente e pequeno motor funciona com qualidade por conta do trabalho dos quatro cilindros. Turbo compressor representou a grande novidade da época em termos de motorização para automóveis. Capacidade de desenvolver quase 120 cavalos, com potência que se equivale aos carros 2.0.

Como veículo com preço pequeno no mercado, o grande destaque aos amantes de velocidade se encontra no fato de motoristas atingirem de zero a cem quilômetros por hora em nove segundos. O limite do velocímetro alcança quase duzentos quilômetros por hora.

Tal carro esportivo revolucionou a produção de modelos pequenos e potentes do ciclo produtivo da Fiat. Após o projeto downsizing conquistar sucesso no mercado, a empresa italiana não ficou com os braços abertos e lançou outros modelos com motorização semelhante, tais como o Tempra ou o Marea, por exemplo.

Por Renato Duarte Plantier

Fiat Uno T

Foto: Divulgação


Novo Uno Furgão – Lançamento e Preços no Brasil


O mercado de automóveis no Brasil é extremamente competitivo e isso apenas trás vantagens para os brasileiros. O grande número de empresas e montadoras instaladas no Brasil acaba fazendo com que os preços dos automóveis sejam revistos pelas montadoras, dessa forma, se tornando mais acessível aos brasileiros. Dentre as várias montadoras que atuam no país, podemos destacar a Fiat, velha conhecida dos brasileiros.

Para aqueles que são clientes da Fiat e estão em busca de lançamentos da marca, saibam que a mesma já deu início as vendas do Novo Uno Furgão, o mais novo modelo da Fiat que promete fazer bastante sucesso. O mesmo dispõe de um design bastante arrojado e não se trata de furgão com design clássico ou antigo, o que é uma ótima alternativa para quem busca um automóvel espaçoso e ao mesmo tempo moderno.

O preço oficial do utilitário é a partir de R$ 32.190, porém, o mesmo dispõe de algumas variações nas quais você poderá acompanhá-las nesta matéria. O valor inicial é a versão equipada com motor 1.0 Evo. A versão com motor 1.4 Evo possui o preço de R$ 34.280. Ambas as versões citadas são acompanhadas de itens necessários como os freios ABS com EBD, airbarg duplo e iluminação no compartimento de carga. Além disso, ainda é possível optar por itens opcionais como o ar condicionado (R$ 3.238) e direção hidráulica (R$ 2.114).

É importante destacar que o novo Uno Furgão foi baseado na versão básica do Uno Vivace 2p. No entanto, as diferenças podem ser notadas principalmente na parte interna do furgão, o mesmo dispõe de apenas dois lugares e o seu portas-malas é destinado ao transporte de cargas, com amplo espaço, sendo possível o transporte de até 400 quilos ou 1000 litros. Você poderá adquirir o lançamento da Fiat nas cores prata ou branco.

Como já citado nesta matéria, o lançamento da Fiat já se encontra disponível para venda, por isso, basta se dirigir a uma concessionária da marca e adquirir o seu.

Por Bruno Henrique


Fiat Bravo Wolverine 2014


Quem aprecia o personagem Wolverine, do desenho X-Men, pode gostar das novidades na edição especial do Fiat Bravo, que homenageia o super-herói. As quatro versões do Bravo trazem modelos especiais do Wolverine: Essence 1.6 16 v, Sporting 1.8 16 v, DUALOGIC 1.8 16 v e T-JET turbo 16 v.

Em termos práticos, a edição se relaciona de forma direta com o filme Wolverine – Imortal, que se encontra nas telas do cinema ao redor do mundo e representa sucesso mundial. A Fiat apostou no acordo ao levar em conta a personalidade do personagem que se parece com o espírito do Fiat Bravo. Vale ressaltar que o herói está entre os preferidos entre fãs dos X-Men.

 Nas concessionárias do Brasil também há modelos no mostruário do Bravo que servem para homenagear o herói. Não se pode ignorar o fato de que a parceria entre Fiat e Fox Film representou ponto que causou impacto no mercado de forma principal, por ser acordo inédito entre os mundos cinematográfico e automotivo.

Acordo entre as duas empresas também serviu para aumentar o número de escolhas do Bravo aos consumidores ao redor do mundo, que amam o veículo da FIAT. Os traços que trazem a lembrança de Wolverine aumenta o nível do estilo para quem aprecia ser reconhecido por escolher e não abrir mão em selecionar de modo exclusivo.

Interessante notar que na parte interna há personalização com material de primeira qualidade e que impressiona, inclusive, aos olhos de quem não liga para destaques artísticos na parte interna do carro. Bancos frontais têm logotipo da Marvel e o carpete bordado traz a imagem de Wolverine.

Quem compra o veículo tem direito ao kit oficial que tem um chaveiro personalizado de acordo com os traços do personagem. A tecnologia no carro permite com que condutores tenham sistema de comando de voz com tecnologia de primeira linha.

Por Renato Duarte Plantier

Foto: divulgação


Série Especial Punto Blackmotion 1.8 16 v


Site da Fiat indica que a Série Especial Punto Blackmotion 1.8 16 v custa R$ 53.400. Motor TORQ-1.8 funciona com desempenho de qualidade inclusive aos motoristas com a primeira Carteira Nacional de Habilitação (CNH). Vidros elétricos e sensor para estacionar, dois itens de fábrica.

Quem repara as cores da lataria percebe que existe o mesmo tom presente no painel do carro. O design moderno se apresenta junto ao revestimento dos materiais de qualidade e à cor preta.

Entre os principais pontos positivos, se destaca o motor 1.8 com 16 válvulas e Flex, que funciona com rotações baixas e torques pequenos. A empresa garante que existe motorização que trabalha para diminuir o consumo de combustível e oferecer melhor desempenho nas pistas. 

O motor funciona de forma silenciosa. Com etanol há torque de 4.500RPM (18,9kgfm) ao ponto que o torque em gasolina se equivale a 4.500RPM (18,4kgfm). Ao levar em conta o preço médio se pode dizer que esse modelo tem motorização superior do que a média de mercado.

Outra novidade consiste no fato de condutores dirigirem tanto com marcha automática como também em lenta. As trocas acontecem de modo veloz e ágil, por causa do trabalho das alavancas borboletas presentes no volante e que estabelecem o equilíbrio mecânico na transmissão.

Condutor se comunica com o carro quando usa a tecnologia do “seletor DNA”. Ao selecionar as opções do sistema no automóvel, quem dirige escolhe se prefere dirigir de forma esportiva ou com maior economia. Quem está em uma estrada sem congestionamento ganha ao selecionar a primeira escolha, enquanto que a segunda opção representa ponto a favor aos motoristas que trafegam no congestionamento.

Ao selecionar a opção DNA de acordo com as condições da pista, os motoristas aumentam a qualidade para trafegar na pista, indica a nota publicada no site da FIAT.

Por Renato Duarte Plantier

Foto: divulgação


Fiat Chrysler abrirá novo polo industrial automotivo em Pernambuco


A Fiat Chrysler está construindo o novo polo automotivo industrial brasileiro em Pernambuco. Após 35 anos da primeira instalação oficial de matriz no Brasil, o grupo reforça os laços com o país ao construir a estrutura na região nordeste e oferecer trabalho para o povo nordestino.

A empresa indica em nota no site oficial que milhares de pessoas devem se beneficiar com o novo polo industrial em Pernambuco. O empreendimento acredita que vai abrir nova frente para desenvolver a região de modo social e econômico, além de trazer tecnologia e projetos inovadores às terras nacionais.

O projeto que objetiva construir o novo polo automotivo industrial da Fiat indica que na estrutura devem existir aproximados quatorze milhões de metros quadrados de área construída na cidade de Goiana, Zona da Mata, Pernambuco. Interessante notar que o local está em menos de 62 quilômetros de Recife e João Pessoa, duas cidades que possuem força econômica no nordeste do Brasil.

No polo automotivo não há apenas a presença da fábrica como também dos parques de fornecedores. Interessante notar que o projeto original aponta existirem centros, tais como de treinamento ou de pesquisas, que servem para desenvolver a tecnologia empregada nas linhas dos veículos Fiat. Outro destaque da estrutura está no campo de provas e nas pistas de teste.

A empresa indica que investe quase sete bilhões de reais no sentido de construir a estrutura. O empreendimento prevê que deve fornecer quase nove mil empregos formais aos pernambucanos. Especialistas indicam a nova fábrica com capacidade de produzir duzentas mil unidades por ano.

Quem está em busca de novo emprego na área de automóveis não pode perder tempo. O site que serve para contratar funcionários está com dezenas de vagas abertas. Clique no link e saiba mais informações ao acessar a página oficial da Fiat no Brasil.

Por Renato Duarte Plantier

Fiat Chrysler


Foto: Divulgação


Fiat Punto Attractive 1.4 – Especificações do modelo


O Fiat Punto Attractive 1.4 tem a vantagem do ar condicionado de série, além de freios ABS, direção hidráulica e airbags. O rádio traz funções para tocar MP3 ou qualquer arquivo digital de áudio no IPOD. Esse veículo sai da fábrica com direção hidráulica.

Engenheiros da Fiat indicam que trabalharam no sentido de aumentar o estilo esportivo e moderno do carro. De forma prática a empresa italiana indica que o desenho faz crescer a força da personalidade forte, que na prática sempre foi um dos principais objetivos do modelo Punto. Quem tem exigência ao extremo quando o assunto é design pode encontrar no carro Fiat a escolha ideal.

Nas lanternas traseiras existe iluminação do tipo LED. O conjunto traz efeito estético o qual aumenta o nível de estilo do carro. Sem contar que as luzes trabalham com maior capacidade de responder com rapidez aos comandos dos motoristas. Interessante notar que o conjunto dos faróis tem maior vida útil do que os produtos tradicionais.

Quando motoristas pressionam o logo da Fiat o porta-malas abre de maneira instantânea, o que de forma prática demonstra um grande nível funcional no projeto do carro.

Outro ponto que vale a pena considerar está nas características onipresentes nos para-choques com design jovial e esportivo. Para atenuar o estilo no visual há uma faixa decorativa com luzes que indicam direções aos motoristas e se encontra na parte superior dos faróis de neblina.

O visual esportivo do Punto ganha forma por conta do spoiler traseiro. Não se pode ignorar o fato de que em consequência da estrutura existe maior controle na aerodinâmica, proporcionando estabilidade na pista e economia no combustível.

As rodas diamantadas com aro de dezesseis polegadas também aumentam a beleza no estilo singular que existe no FIAT Punto.

Deixe no final da página a sua opinião sobre o Fiat Punto Attractive 1.4.

Por Renato Duarte Plantier

Fiat Punto Attractive 1.4

Foto: Divulgação


Novo Fiat Uno Economy 1.4 EVO – Características e novidades do modelo


O Novo Uno Economy 1.4 EVO 4P tem motor Fire 1.4 Evo Flex que foi feito para proporcionar potência aos motoristas e menos envio de gases para a atmosfera. Nas lojas oficiais da Fiat o carro custa R$ 30 mil, aproximadamente.

No quadro de instrumentos existe conta-giros e econômetro, dois instrumentos importantes no sentido de administrar o uso do combustível. As rodas de liga leve têm 14 polegadas. A tecnologia se faz presente ao levar em conta o comando viva voz que funciona com sistema Bluetooth. Entrada USB para encaixar aparelhos eletrônicos. Rádio com MP3.

Freios ABS e direção hidráulica são adicionais de série. Quem deseja colocar acessório adicional paga valor além do que o cobrado de modo oficial, de acordo com a fábrica. Branco, preto, vermelho, prata, cinza, azul e metálica são cores disponíveis para a escolha de clientes que compram o Novo Uno Economy 1.4.

Na estrutura interna do carro há portas-objetos que ajudam na vida de quem dirige ou é passageiro. Possível guardar objetos pessoais, celulares ou carteiras com praticidade. Para aumentar não apenas a funcionalidade como também o estilo que apenas italianos conseguem impor nas suas obras, os principais compartimentos estão no teto.

Interessante notar que também há local para alcançar os óculos. A empresa indica que investiu no formato funcional no sentido de motoristas conseguirem guardar ou acessar itens sem esticar o corpo.

Como ponto negativo vale ressaltar que o ar-condicionado consiste em item opcional, ou seja, consumidores precisam pagar adicionais para ter o acessório. Ao levar em conta o verão que existe em terras nacionais a empresa poderia aumentar as vendas ao dispor ar-condicionado de série.

Outro ponto que o consumidor pode considerar de forma negativa se encontra no fato de vidros e travas elétricas também serem itens considerados adicionais, dois elementos essenciais para aumentar o nível de segurança.

Por Renato Duarte Plantier

Fiat Uno Economy 1.4 EVO

Foto: Divulgação


Fiat Uno Furgão – Modelo destinado para o transporte de cargas


Em outubro de 2013 a Fiat anunciou na Fenatran o Uno Furgão, uma versão do Novo Uno com apenas dois lugares e um porta-malas bem maior, destinado especificamente para o transporte de cargas.

Na parte estética, o veículo se mantém basicamente com o design já conhecido dos automóveis da marca. Entretanto, as mudanças ficam por conta dos para-choques que foram retocados para combinar com os retrovisores na cor preta. Os vidros da parte traseira também são escurecidos e possuem uma grade de proteção. A capacidade de transporte da parte traseira é de cerca de 1.000 litros.

Apesar de ser uma novidade no Brasil, o Uno Furgão vem de fábrica apenas com os airbags duplos e freios ABS, que são obrigatórios em todos os veículos em produção no país. Outros itens de conforto como ar condicionado, travas, vidros elétricos e direção hidráulica são opcionais.

Para os interessados, o valor inicial do veículo nas concessionárias da marca é de R$ 32.190 na versão 1.0 e de R$ 34.280 com motor 1.4. A fábrica oferece, por enquanto, apenas duas opções de cores: o branco e o prata.

A grande jogada da Fiat por trás do modelo furgão é unir forças com a Nova Fiorino para adquirir a parcela de clientes órfãos da Kombi, que deixou de ser produzida pela Volkswagen. Seguindo essa estratégia, a montadora também tratou de realizar modificações na Fiorino, principal veículo de carga da companhia. Agora o modelo 2014 possui a frente do Novo Uno, os faróis da Doblô e a suspensão da Strada. O motor 1.4 de 88 cv é o mesmo do Uno Furgão e de outros veículos de passeio produzidos pela montadora.

Com a dupla de furgões, a Fiat visa dominar o mercado de veículos para uso comercial no Brasil. Entretanto, é possível que o tiro possa sair pela culatra, já que a nova versão do Uno pode causar uma baixa de vendas na Fiorino, que é atualmente o carro-chefe do segmento de veículos de carga da montadora.

Por Ebenezer Carvalho

Fiat Uno Furg?o

Foto: Divulgação


Fiat irá produzir nova versão do Renegade


A Fiat anda trabalhando duro para produzir em sua nova fábrica (em Pernambuco) quatro modelos de carros que, até o momento têm sido bem comentados. Estamos falando do Renegade que será produzido em versão Fiat e que, por incrível que possa parecer ainda não teve seu nome divulgado. De acordo com as primeiras informações dadas sobre o modelo será um SUV com características para não dizer tamanho maior que o que estamos acostumados.

Esse SUV até o momento desconhecido é, em poucas palavras, uma picape inédita. A base do Renegade foi feita com base de um veículo produzido pela própria Chrysler, o famoso e admirado Dogge Dart. De acordo com as primeiras informações que circulam em sites especializados no setor há a informação de que o carro terá versões que poderão ser tanto de duas quanto de quatro portas. Lembrando que isso diz respeito apenas as versões da Fiat.

Todas as novidades não param por aí. Para a nova unidade da montadora no estado de Pernambuco ainda se cogita a produção do sucessor da Linea.

Um Jeep com cara de ser global

O Renegade chegará ao mercado com uma função, missão ou como queiram chamar, bastante importante: a de ser o primeiro Jeep global da marca desde o lançamento do primeiro modelo original. O Jeep contará com uma tração dianteira e também possuirá a opção 4×4. Outros detalhes que chamam a atenção é a tecnologia a bordo do veículo. De certa maneira o compacto SUV foi meio (ou completamente) planejado para fazer frente a um público que é bastante expansível. Isso quer dizer que ele pode agradar desde quem precisa de um veículo para família quanto para quem é fã de off-road.

O anunciou sobre a produção do veículo foi feito recentemente. Uma das informações mais destacadas é de que além do Brasil o modelo também será fabricado em outros países com a China, os Estados Unidos e a Itália que, neste caso, terá uma linha de produção com o objetivo de prover a demanda da montagem para as necessidades exigidas na Europa.

Por Denissson Soares

Jeep Renegade 2015

Foto: Divulgação


Fiat Grand Siena 2015 teve poucas mudanças e pequena alteração de preços


A Fiat lançou oficialmente a linha 2015 para o Grand Siena, que chega ao mercado com pequenas mudanças e um leve reajuste de preços. O sedan compacto da marca italiana mantém o mesmo visual, mas passa a disponibilizar novos equipamentos e detalhes de acabamento em algumas configurações. Em média, a variação do preço final do sedan da Fiat foi de R$ 720. 

Uma novidade muito bem-vinda para as versões Attractive 1.4 e Tetrafuel 1.4 é a adoção das rodas de aço de 15 polegadas, que passam a vir de série no veículo e que anteriormente eram oferecidas opcionalmente por R$ 170. Quanto às novidades de acabamento, o Fiat Grand Siena passa a contar com revestimento na tampa do porta-malas e anéis cromados nos comandos do sistema de ar condicionado. Outra novidade é a seta com função “Lane Change”, recurso já utilizado em outros veículos da marca, que consiste em um sistema que aciona, através de um toque, a seta por apenas cinco vezes para indicar a mudança de faixa.

Entre os equipamentos opcionais disponibilizados pela Fiat, a linha 2015 do Grand Siena agora pode trazer alarme e função Tilt Down para o espelho com acionamento elétrico, que inclina o espelho retrovisor do lado do passageiro quando a marcha ré é engatada, melhorando a visualização do condutor nas manobras de estacionamento. Esse mesmo item também é oferecido em carros da Volkswagen.

Mecanicamente não houve alterações e, portanto, o sedan pode ser equipado com motor Fire EVO 1.4 de até 88 cv e torque de 12,5 kgfm quando abastecido com etanol, ou o bloco E.TorQ 1.6 16V Flex, que entrega até 117 cv e torque de 16,8 kgfm.  O propulsor da versão Tetrafuel é o Fire EVO 1.4, mas com a possibilidade de ser abastecido com gasilina, etanol, GNV e gasolina pura.

Abaixo seguem os preços da linha 2015 do Fiat Grand Siena:

– Grand Siena Attractive 1.4 – R$ 40.590;

– Grand Siena Tetrafuel 1.4 – R$ 50.040;

– Grand Siena Essence 1.6 – R$ 45.430.

Por Caio Polo

Fiat Grand Siena 2015

Foto: Divulgação


Novo Fiat Uno Way EVO – Diferenças entre as novas versões


Na prática a diferença entre os dois modelos do Novo Uno Way EVO (1.0 e 1.4) se encontra na estrutura do motor. O carro 1.0 custa R$ 29.030, ao ponto que o veículo 2.0 tem R$ 33.210 no valor de mercado, é o que diz informações do site da Fiat no Brasil.

O Novo Uno Way EVO 1.0 com quatro portas tem motor Fire 1.0. De acordo com engenheiros da empresa italiana a estrutura de motorização foi feita para proporcionar economia aos consumidores e ao meio ambiente. O máximo de potência que consegue atingir é 75 cavalos. Traz torque de 3.850 RPM.

Por outro lado, o Novo Uno Way EVO 1.4 tem motor que atinge no máximo 88 cavalos e torque a 3.500 RPM. A Fiat garante que a motorização alia qualidade na pista junto com queda no consumo de combustível.

De forma positiva, além da qualidade da estrutura dos dois motores, vale destacar também as diferentes opções que consumidores possuem para escolher os revestimentos. Cada modelo composto na linha do Novo Uno traz escolhas interessantes para compor os traços dos bancos.

Airbag, direção hidráulica e freios ABS são itens que não acarretam custos adicionais no momento de comprar o carro. A FIAT indica que o Novo Uno está composto com tecnologia High Safety Drive (HSD) no sistema de airbag, com proteção dupla aos ocupantes dos bancos da frente. O freio ABS tem recursos EBD, sistema que trabalha para aumentar a força da frenagem nas rodas.

Não se pode ignorar o fato de que no lado de fora o veículo traz design moderno e repleto de características singulares e destacáveis, em principal ao comparar com a estrutura externa que a concorrência oferece nos seus veículos populares.

Quer saber mais informações sobre o Novo Uno? Então clique no link e acesse o site da Fiat.

Por Renato Duarte Plantier

Novo Uno Way EVO

Foto: Divulgação


Fiat 500 Abarth 695 Biposto é apresentado em Genebra


Enquanto a Fiat planeja trazer o 500 Abarth convencional para o mercado brasileiro, no Salão de Genebra a marca italiana revelou o 500 Abarth 695 Biposto, cinquenta anos depois do primeiro modelo que foi apresentado em 1964. Bem diferente do modelo antigo, mantendo apenas as características visuais, o novo compacto apimentado chega para ser, de acordo com a fabricante, uma fusão entre um carro de passeio e um de corrida.

Esteticamente o 500 Abarth 695 Biposto possui elementos que remetem aos carros de corrida, como os um kit aerodinâmico, que inclui saias laterais, para-choques, arcos de roda e spoiler com apliques em fibra de carbono, para-choque traseiro com difusor de ar e janelas fixas com acabamento em policarbonato.

Outro ponto interessante é a pintura texturizada em cinza, que, segundo a Fiat, dá a impressão de que o carro foi criado direto das estradas. A marca italiana ainda caprichou nos detalhes, com acabamento em titânio nos parafusos das rodas, na tampa do porta-malas, nas maçanetas das portas e do porta-malas, nos escapes e na tampa do tanque de combustível. 

Completa o visual externo as rodas de 18 polegadas da OZ calçadas com pneus 215/35, as pinças de freio na cor vermelha, além da saída dupla de escape, com escapamentos Akrapovic. No interior, com apenas dois lugares, o compacto traz bancos esportivos ancorados em um reforço estrutural que substitui os bancos traseiros, inscrição “695” em alusão à versão no apoio de cabeça dos bancos, cintos de quatro pontos e acabamento do painel, das portas e na parte traseira dos bancos em fibra de carbono. 

De acordo com a nota da fabricante italiana divulgada no site brasileiro Autoesporte, "O Abarth 695 Biposto não é uma edição limitada, mas é certamente um carro para os motoristas 'especiais,  aqueles que podem mostrar que sabem como conduzi-lo".

Mecanicamente o Abarth 695 Biposto vem equipado com motor quatro cilindros 1.4 T-Jet, capaz de entregar 192 cv, fazendo com que o compacto esportivo de apenas 997 quilogramas tenha uma relação peso/potência de 5,2 kg/hp.

Com amortecedores ajustáveis, sistema de freios da Brembo com discos ventilados e perfurados (305 x 28 milímetros), o pequeno esportivo traz a opção de condução Sport, ativada mediante um botão no painel, que promove a abertura completa da válvula de escape, potencializando o som do bloco turbo.  

Com tudo isso, o Fiat Abarth 695 Biposto acelera de 0 a 100 km/h em 5,9 segundos, com velocidade máxima de 230 km/h, fazendo com que essa versão seja a mais rápida da história do Cinquecento.

Por Caio Polo

Foto: Newspress


Fiat Palio Fire 2014 teve os preços reajustados


Anunciado no início do ano como o substituto do Uno Mille, modelo que havia sido aposentado devido às novas exigências da legislação brasileira, referentes à inclusão de airbags e freios ABS como itens obrigatórios nos carros novos fabricados no País, passando a figurar como o carro de entrada da marca italiana no mercado nacional, o Palio Fire 2014 já passou pelo segundo reajuste em seus preços.

Na época de seu lançamento, o hatch popular da Fiat custava a partir de R$ 23.990 na versão duas portas e de R$ 25.990 na versão quatro portas. Pouco tempo depois, os valores iniciais foram incrementados em R$ 200, e agora, conforme é possível verificar no site oficial da fabricante, os preços do Palio Fire 2014 foram novamente reajustados, custando a partir de R$ 24.490 (duas portas) e de R$ 26.520 (quatro portas).

Mesmo com os aumentos, a versão de entrada do Palio ainda manteve o título de carro mais barato do Brasil, posto que poderá ser perdido em pouco tempo para o compacto chinês QQ, da Chery, que atualmente sai a R$ 24.590, e até mesmo para o Renault Clio, cujo preço inicial é de R$ 24.690 no momento, caso os valores sejam novamente majorados nos próximos meses.

Além dos novos equipamentos exigidos por lei instalados de fábrica, o Novo Palio Fire 2014 traz painel de instrumentos com econômetro, relógio digital, para-choques na cor do veículo, volante com desenho diferenciado, novos revestimentos para os bancos e painéis de portas, vidros climatizados verdes e console central com porta-copos. Entre os opcionais, há rádio com entrada USB, acionamento elétrico para vidros e travas, ar condicionado e direção hidráulica.

O motor é o 1.0 8V Flex, acoplado ao câmbio manual de cinco marchas, que desenvolve 73 cv de potência e 9,5 kgfm de torque, se abastecido a gasolina, e 75 cv e 9,9 kgfm, quanto utilizado o etanol. O propulsor pode levar o hatch a atingir uma velocidade máxima de 164 km/h, segundo os dados da Fiat.

Por André Gonçalves

Palio Fire 2014

Foto: Divulgação


Fiat Siena 2014 – Itens de série, pontos positivos e negativos do modelo


O Fiat Siena continua sendo um carro e tanto para esta temporada. Com um jeito despojado e moderno, o automóvel ainda tem uma estrutura boa de segurança e um conforto de primeira linha. 

Alguns pontos positivos são, por sua vez, os descritos a seguir: extremamente confortável, ar condicionado, silêncio dentro do carro, porta malas gigante. Já em termos de pontos negativos podemos falar dos seguintes pormenores: espaço interno, direção hidráulica pesada, leve vibração passada para o volante. Seja lá como for, esse carro é de grande porte e tem tudo para continuar sendo um veículo que vende muito. A Fiat afirmou que o Siena será ainda mais prático e que terá ainda mais recursos para o clientes.

No mais, para conhecer melhor suas especificações, traremos agora os itens de série do Fiat Siena 2014. Entre eles: rodas dianteiras e traseiras em ferro 14 com 5,5pol de largura, retrovisores das portas do motorista e passageiro com ajuste interno na cor preta, portas motorista, atrás do motorista, passageiro, atrás do passageiro e abertura à frente, suspensão tipo McPherson e dianteira com roda tipo independente e molas helicoidais, suspensão tipo eixo de torção e traseira com roda tipo semi-independente e molas helicoidais.

Esse automóvel tem os seguintes preços de aquisição: de R$ 31.000,00 a R$ 33.960,00.

Essas são as principais informações sobre o Fiat Siena 2014 que, para conquistar seu público, também está investindo pesado na beleza de seu carro, pois foi provado que isso faz toda a diferença. Outra novidade é que o Siena está bem mais técnico e com recursos mais simples que vão, por seu turno, facilitar a vida de seus donos.  Aliás, com computador de bordo de muita qualidade, o Fiat Siena 2014 também está mais atual e moderno, seguindo o manual dos carros que querem fazer sucesso este ano. 

Por Juan Wihelm

Fiat Siena 2014

Foto: Divulgação


Fiat Strada 2014, mais conforto e segurança


O mercado de carros está bombando e, nesse ano de 2014, muitas serão as novidades, lançamento e modelos de carros. E, entre essas novidades, está o Fiat Strada 2014. Sendo assim, para manter sua liderança em termos de vendas, a Fiat colocou, adicionou mais uma porta no Strada.

A linha 2014 está mais moderna e está pautada ainda mais em pontos relevantes como conforto e segurança. O carro também ganhou lanternas melhores e, por conta das três portas, o acesso ao banco traseiro está mais fácil e prático.

A cabine simples ganhou 120 litros. Outro ponto no que tange a segurança é que, por sua vez, o Fiat Strada 2014 também ganhou um airbag do tipo duplo, o que é essencial para a segurança de todos que estiverem no automóvel. Com freios abs, cabine dupla, entre outras coisas, o Strada veio mais moderno para 2014.  Mas será que isso será o bastante?

O Strada quer se manter líder, e a criação da terceira porta foi feita justamente para isso, para que a Fiat continue dominando o mercado de automóveis em relação a esse setor. O banco traseiro da Strada cabine dupla continua sendo apertado para qualquer pessoa com mais de 1,70 m de altura.

Porém, a tarefa de acessar a segunda fileira ficou bem mais simples e tornou a entrada mais fácil que a de um carro de quatro portas convencional, uma vez que, com a abertura invertida da porta e sem coluna, os movimentos não têm contorcionismos. Assim, cheio de novidades e mudanças, o Fiat Strada 2014 surge como uma boa opção para quem quer um carro diferente nessa nova temporada.

Valores:

– Working 1.4 simples: R$ 33.750.
– Working 1.4 estendida: R$ 36.870.
– Working 1.4 dupla com três portas: R$ 42.330.

– Trekking 1.6 dupla com três portas: R$ 48.360.

– Adventure 1.8 estendida: R$ 49.480.
– Adventure 1.8 dupla com três portas: R$ 54.360.

Por Juan Wihelm

Foto: divulgação


Novo Fiat Linea 2015 – Novidades e Preço no Brasil


A Fiat divulgou nesta terça-feira, dia 25 de fevereiro, as primeiras imagens oficiais do Linea 2015. De acordo com as imagens e o comunicado emitido, a marca italiana antecipou algumas alterações pontuais no exterior e na cabine do carro. De modo geral, o Linea 2015 reestilizado tem lançamento previsto para abril e chegará mais refinado, trazendo alguns detalhes da versão vendida no mercado turco.

Segundo as imagens divulgadas, é possível perceber mudanças pontuais estéticas na parte externa, com a adoção de um novo para-choque, nova grade frontal, friso cromado posicionado abaixo da grade dianteira, rodas de liga leve redesenhada, régua com o nome do modelo e suporte da placa na tampa do porta-malas cromados, além do para-choque traseiro dotado de um suposto difusor de ar na cor preta.

Na cabine as alterações serão mais perceptíveis, já que o interior será mais interessante e requintado que a do Linea vendido atualmente. O sedan reestilizado terá as linhas gerais e o layout do painel semelhante ao do atual Fiat Punto vendido por aqui, trazendo inclusive a mesma tonalidade na iluminação, diferenciando apenas pelo grafismo adotado nos mostradores. Outras novidades serão o sistema Blue&Me atualizado e o software EcoDrive, já disponível por aqui no Fiat 500, que analisa o modo de condução do motorista e busca uma melhor autonomia do carro.

Como já é de praxe da fabricante por aqui, as novidades não se aplicam ao conjunto mecânico e portanto o Fiat Linea 2015 continuará sendo equipado com o mesmo motor 1.8 E.TorQ Flex, capaz de entregar até 132 cv, com opções de câmbio manual ou automático, ambas com cinco velocidades.

Desde o seu lançamento, o Linea nunca correspondeu à expectativa de vendas da marca, já  que o sedan nunca conseguiu concorrer com Civic e Corolla, dois carros consagrados no segmento. Com o facelift, a Fiat pretende dar novo fôlego ao sedan médio, com intuito de emplacar mais veículos que atualmente, mas mudando o foco, já que a fabricante pretende tirar as vendas dos sedans compactos mais completos. Para isso, embora não tenha divulgado os preços, a Fiat deve manter o mesmo padrão do modelo atual, com a versão de entrada (Essence) na casa dos R$ 55 mil e a versão topo de linha (Absolute) na faixa dos R$ 65 mil.

Por Caio Polo


Novo Fiat Freemont Cross terá lançamento no Salão de Genebra 2014


Depois da Chrysler revelar o Journey Crossroad, em Chicago, a Fiat não ficou para trás e antecipou alguns detalhes do Freemont Cross, que será apresentado oficialmente no Salão de Genebra, em março.

Batizada de Cross, a versão aventureira do SUV da Fiat traz algumas novidades estéticas bem semelhante às de seu irmão mais luxuoso da Dodge que diferencia a versão das demais configurações do Freemont, como os faróis e lanternas escurecidas, o acabamento em preto na grade frontal e nas lanternas, soleiras nas portas, rack de teto, rodas de 19 polegadas com desenho exclusivo pintada na cor preta, além dos novos para-choques, que dispõe de um detalhe na cor prata na dianteira simulando um quebra-mato.

No interior, o Fiat Freemont Cross possui acabamento em couro preto com costuras em cinza nos bancos, no painel e nos apoios de braços. Além disso, o SUV aventureiro da fabricante italiana traz novo acabamento em grafite no painel de instrumentos, console central e em outros pontos da cabine.

Assim como o modelo da Chrysler, o crossover da Fiat vem equipado com sistema de entretenimento com tela touchscreen de 8,4 polegaas, que abrange sistema de som, conectividade Bluetooth, sistema de navegação via satélite (GPS), leitor de DVD e que ainda exibe imagens da câmera de segurança para manobras em marcha ré.

Fora do Brasil, o Freemont Cross será oferecido com tração dianteira e motor 2.0 MultiJet de 141 cv, que trabalha em conjunto com um câmbio manual de seis velocidades. Haverá ainda uma versão com tração integral e equipada com mesmo bloco MultiJet, mas configurado para oferecer 172 cv, que pode trazer câmbio manual ou transmissão automática de seis velocidades. Portanto, a Fiat descarta os propulsores 2.4 e 3.6 V6 a gasolina do Dodge.

Para o mercado brasileiro, o Fiat Freemont Cross ainda não foi confirmado, mas como o Dodge Journey Crossroad irá chegar por aqui, é muito provável que a marca italiana traga a versão Cross para competir no segmento com preços mais acessíveis.

Carros.


Novo Fiat Panda Cross – Apresentação no Salão de Genebra 2014


Após apresentar o Punto Avventura no Salão de Nova Déli, a marca italiana insiste nas versões com espírito aventureiro e além de mostrar o Freemont Cross, a Fiat irá apresentar também o Panda Cross durante a realização do Salão de Genebra, em março.

Nesta versão, o Fiat Panda recebe visual e equipamentos que deixam o modelo mais robusto e de certa forma pronto para o off-road. Dotado de tração integral, que definitivamente faz uma grande diferença em trechos off-road, o Fiat Panda Cross ainda vem com apliques em plástico nos para-choques e para-lamas, detalhes em alusão à edição aventureira, bem como uma placa de proteção na cor titânio, que simula um quebra-mato. Para completar o visual off-road, o Panda Cross ainda vem com rodas de liga leve de 15 polegadas (com desenhos exclusivos e acabamento em titânio escuro), calçadas com pneus de uso misto, suspensão levemente elevada e lanternas traseiras modificadas, acrescentando barras maiores de tejadilho.

A marca italiana mantém o interior do veículo em segredo, porém, confirma que o Panda Cross trará detalhes de acabamento na cor da carroceria, controle climático automático, volante multifuncional e sistema multimídia Blue & Me.

Com relação à suspensão elevada, está trabalha em conjunto com o controle eletrônico de estabilidade (ESC), com a função de bloqueio de diferencial eletrônico (ELD), com a tração nas quatro rodas e com um seletor que permite ao motorista determinar entre três tipo de configuração de condução: Auto, Lock (tração nas Quatro Rodas sempre ativa) e Hill Descent. Segundo a marca italiana, em comparação com o Panda 4×4, a versão Cross irá encarar as trilhas tranquilamente, graças aos melhores ângulos de entrada e saída, a 24 e 33 graus, respectivamente.

Sob o capô o veículo terá duas opções de motores: o 1.3 MultiJet II a Diesel (com 79 cv) e o bloco dois cilindros 0.9 Twin Air Turbo a Gasolina (capaz de entregar 89 cv). A configuração com motor 0.9 vem equipada com uma transmissão específica de 6 velocidades com a primeira marcha reduzida.

O novo Fiat Panda Cross estará disponível nas revendas do mercado europeu no começo do segundo semestre.

Foto: Divulgação

Por Caio Polo


Fiat Uno Grazie Mille – Versão de despedida do mercado brasileiro


Grazie Mille, em português que dizer “muito obrigado” em italiano. Esse foi o nome dado pela Fiat para as últimas duas mil unidades do Uno, que será a série de despedida do Mille por R$ 31,2 mil.

Nascido em 1984, o Uno ocupou um importante lugar no mercado nacional desde então. Para a época, um projeto moderno, com tecnologias inovadoras. Desde o primeiro modelo até o Grazie Mille muita coisa melhorou, desde a qualidade de montagem até a qualidade final dos modelos.

O primeiro modelo do Uno tinha no painel um quadro de instrumentos, caixas satélites com os controles dos faróis e limpadores de para-brisa. Tudo muito inovador. Bancos confortáveis com regulagem de altura, um bom espaço para os pés para quem está no banco de trás. A posição de dirigir e a boa visibilidade que o automóvel eram alguns dos requisitos para a compra.

Muita coisa aconteceu ao longo desses anos e a tecnologia do carro melhorou significativamente. A qualidade de engate do câmbio, o ruído do câmbio (que era o que mais incomodava nos consumidores em marcha lenta e em ponto porto) acabou. Os motores 1.050 e 1.300 carburados eram econômicos para a época, mas nem se comparam com o motor 1.0 Fire com injeção eletrônica, além da curva (potência/torque) que supera à do antigo motor 1.300.

Já o corretor de frenagem não evoluiu igual aos outros componentes. A versão atual continua produzindo ruído. Dirigir em um piso irregular e fazer uma frenagem repentina com o veículo descarregado, bloca as rodas traseiras antes das dianteiras, alterando a trajetória. Isso não deveria acontecer no Grazie, mas aconteceu. Voltando para a parte boa do novo modelo, o funcionamento e a eficiência do freio de mão são incomparáveis. O antigo Uno tinha os “puntoni”, que veio junto com a suspensão, ao invés da barra estabilizadora, que acabava dando perda na estabilidade direcional com o veículo em alta velocidade e desgastando prematuramente os pneus. No Grazie Mille, além dos “puntoni” – que têm construção e buchas bem mais modernas – existe barra estabilizadora.

Por Carolina Miranda

Fiat Uno Grazie Mille

Foto: Divulgação


Fiat Palio Fire teve preço reajustado em 2014


A Fiat Chrysler Automobilies – FCA reajustou os valores do Palio Fire, que continua sendo o veículo mais barato produzido no Brasil. A Fiat, que mudou de nome após comprar as ações da Chrysler, fez um negócio que girou em torno de US$ 4,35 bilhões na aquisição da montadora. Agora com um novo nome e novo logotipo, o grupo pretende continuar mantendo o Palio como o veículo mais em conta.

Os valores foram reajustados principalmente pelo fato da montadora não mais produzir o Uno Mille Fire, por conta da nova legislação em que as montadoras devem produzir carros com airbags e freios ABS. Já que a plataforma do Mille não permite que sejam instalados. Vale ressaltar que em outros países não foi necessária a intervenção do governo para que as fabricantes adicionassem os itens de segurança. Modelos como a Kombi da Volkswagen não serão mais produzidos por não poderem receber os itens.

O Palio Fire se tornou o carro mais barato em janeiro e os preços foram reajustados em pouco menos de 0,8%. O valor de tabela do modelo de duas portas passou de R$ 23.990 para R$ 21.190 e o de quatro portas passou de R$ 25.990 para R$ 26.990. O que representa um aumento de R$ 200. Algo não muito relevante se for comprado por financiamento.

Não é porque o modelo é o mais barato que ele é ruim. O Palio Fire possui novos faróis e para-choques pintados na mesma cor que a carroceria. O novo painel está com um quadro de instrumentos redesenhado. Seu motor é 1.0 etanol/gasolina que gera até 75 cavalos de potência, além de rodas de aço de 13 polegadas e pneus 165/170. O comprador ainda pode escolher entre os opcionais que vão desde de tons metálicos, rodas de 14 polegadas com pneus 175 / 65, direção hidráulica, ar condicionado e outros. 

Por Robson Quirino de Moraes

Palio Fire

Foto: Divulgação


Novo Fiat Punto Avventura – Apresentação no Salão de Nova Déli 2014


O principal destaque da Fiat para o Salão do Automóvel de Nova Déli é o conceito Punto Avventura. Com as tradicionais modificações que fazem muito sucesso no Brasil, o modelo é uma versão com “espírito aventureiro”, trazendo suspenção elevada e outros diferencias no visual.

Seguindo a receita adotada por aqui, a Fiat expõe na Índia um conceito em uma versão pseudo-aventureira do Punto. Entre as novidades, o conceito da marca italiana conta com suspenção elevada (com 200 milímetros de altura em ralação ao solo, contra os 185 milímetros atuais), estepe pendurado na tampa do porta-malas dentro de uma espécie de case, além dos apliques de plástico um pouco menos exagerados que os da versão Adventure oferecida no mercado brasileiro. Nota-se ainda o design das rodas semelhantes ao dos modelos da linha 500, bem como um novo desenho da parte frontal, com direito a novo para-choque, nova grade e novos faróis, semelhante ao do Fiat Viaggio.

No interior, o veículo possui detalhes na cor laranja no volante multifuncional, no console central, nas saídas de ar e no painel de instrumentos. Além disso, o Punto Avventura traz três mostradores (bússola e inclinômetro) na parte superior do console central, semelhantes aos das versões oferecidas por aqui.

Mecanicamente o modelo poderá ser oferecido na Índia em duas configurações do motor 1.3 MultiJet a Diesel, capaz de entregar 75 cv ou 90 cv.

De acordo com os sites indianos “CarBlogIndia” e “IndianAutosBlog”, o Fiat Punto Avventura foi desenvolvido pelo centro técnico indiano, localizado em Chennai, com o apoio da sede na Itália. A versão de produção, que deve eliminar alguns detalhes típicos dos carros-conceito, competirá no mercado indiano com o Toyota Etios Cross e o Volkswagen Cross Polo. Ainda não há informações sobre a chegada do modelo em solo brasileiro, mas essa versão aventureira do Punto poderia agradar os interessados desse nicho do mercado por aqui.

Por Caio Polo


Nova marca – Fiat Chrysler Automobiles (FCA)


O grupo Fiat concluiu a compra das ações da americana Chrysler e agora irá formar um novo grupo e uma nova marca. A negociação foi ultimada no fim de janeiro e na última quarta-feira (29) o Conselho de Administração da italiana Fiat aprovou a formação da Fiat Chrysler Automobiles (FCA).

Até o mês passado as duas empresas usavam suas marcas em separado. Com a conclusão definitiva da compra, a empresa FCA apresentou seu novo logotipo. A sede principal da Fiat Chrysler Automobiles está registrada na Holanda, mas o domicílio fiscal se encontra na Inglaterra. As ações estarão apostas nas bolsas de Milão e Nova York, cidades-sede da Fiat e Chrysler, respectivamente.

Animado, o presidente da Fiat, John Elkann divulgou uma nota falando sobre a nova empresa. “A FCA nos permite enfrentar o futuro com um renovado sentido de propósito e vigor”. A criação do novo grupo irá fazer frente as outras marcas automotivas, segundo a FCA.

Resumo

A Fiat Chrysler Automobiles é agora um grupo de 16 marcas comerciais com 77 centros de pesquisa e design. Com mais de 200 mil funcionários, o grupo atua em 140 mercados em todo o mundo. E não é só a Chrysler e a Fiat que fazem parte desta nova empresa. Além delas têm a Jeep, Lancia, Ram Trucks, Dodge, Alfa Romeo, Fiat Profissional, SRT e Abarth e claro, as suntuosas Ferrari e Maserati. Também compõe a nova marca FCA, a Magneti Marelli, Comau, Mopar e Teksid, empresas de suplementos e componentes.

Novo logotipo

A nova marca da empresa Fiat Chrysler Automobiles foi criada pela agência italiana de design RobilantAssociati, com a intenção de expor uma marca com identidade única. A sigla foi escolhida com propósito de facilitar a pronúncia nas línguas italiana e inglesa.

Com todos os detalhes que só um bom design pode oferecer, as letras e suas formas são guiadas pela essência que possui um automóvel. Segundo a FCA, o ‘F’, com seus ângulos retos, simboliza concretude e solidez, a ‘C’, derivado de um círculo, representa rodas e movimento. O ‘A’ derivado de um triângulo, indica a energia e um estado perene de evolução.


Novo Fiat Strada 2014 – Preços e Novidades


O mercado de automóveis no Brasil possui uma concorrência muito grande. São várias as marcas, modelos e linhas de automóveis disponíveis nas várias concessionárias espalhadas pelo território nacional. Dentre as várias marcas, um grande destaque fica por conta da Fiat, marca italiana bastante consagrada e com muitas linhas e modelos com baixo custo de aquisição e excelente qualidade.

Dentre os modelos de grande sucesso da Fiat no Brasil, podemos destacar as suas picapes que sofreram alterações ao longo dos anos. Uma das linhas mais procuradas é a Strada, que está ganhando uma atualização neste ano de 2014.

O Fiat Strada 2014 chega com novidades em todas as seis versões. A versão Working (com cabines curta, estendida e dupla) terá motorização 1.4 Fire Flex. Já a versão Trekking (com cabine dupla) virá acompanhada de um propulsor E-torQ 1.6 16V Flex. A versão Adventure (que terá duas versões com cabine estendida e dupla) usará um motor E-torQ 1.8 16V Flex. Além disso, convém ressaltar que todas as versões citadas agora possuem airbags frontais e freios ABS de série.

O Fiat Strada 2014 passou por um processo de reestilização que pode ser notado na traseira, com as novas lanternas, a linha de cintura mais alta e a caçamba um pouco maior. Em relação à versão Working, a mesma ganhou novo para-choque dianteiro. Além disso, a maior novidade é quanto às versões cabine dupla, que são acompanhadas da inédita terceira porta.

Abaixo você pode conferir os preços referentes a cada versão do Fiat Strada 2014:

  • Strada Working 1.4 Flex: R$ 33.750
  • Strada Working Cabine Estendida: R$ 36.870,00
  • Strada Working Cabine Dupla (3 portas): R$ 42.330
  • Strada Trekking CD (3p) 1.6: R$ 48.360
  • Strada Adventure CE 1.8: R$ 49.480
  • Strada Adventure CD (3p): 1.8: R$ 54.360

Por Bruno Henrique


Novo Fiat Idea Sublime – Lançamento e Preço da Versão Especial


A Fiat lançou nesta semana no mercado brasileiro a série especial Sublime para o monovolume Idea. Já oferecido anteriormente em outros veículos da marca, como o Linea e o Siena, a edição tem como destaques os detalhes visuais exclusivos e o acréscimo à lista de equipamentos de série, deixando o modelo mais recheado que a versão convencional.

Na parte externa, o Fiat Idea Sublime pode ser diferenciado pelo maior número de detalhes e frisos cromados, pelos faróis com máscara negra, pelas luzes de neblina, pelos adesivos com alusão à versão especial e pelas rodas de liga leve de 16 polegadas com pintura exclusiva.

Baseado na configuração de acabamento da versão Essence, Idea Sublime conta com bancos com revestimento em couro marrom e detalhes em marfim, possui painel bicolor com Insert Molding na parte central do console (emoldurando o rádio e o sistema de ar-condicionado), tem apoio de braço no banco do motorista, possui tapetes exclusivos em carpete, conta com protetor de soleira com alusão à versão, possui vidros elétricos em todas as portas, tem volante com revestimento em couro e com comandos do rádio e possui sistema de som Connect CD (com leitor de MP3/WMA, conexão via Bluetooth e entrada USB).

Vale lembrar que a versão Essence 1.6 convencional (R$ 47.300) já vem de série com ar condicionado, computador de bordo, direção hidráulica e travas e vidros elétricos dianteiros (com one touch e antiesmagamento). Ao adicionar os equipamentos adicionais, a versão convencional sobe para R$ 50.833, ficando com preço abaixo da versão Sublime, no entanto, não conta com os ornamentos na parte externa e o acabamento no interior da série especial.

Mecanicamente, seguindo um padrão da marca italiana, a edição especial não apresenta nenhuma novidade. Portanto, o modelo vem equipado com motor 1.6 16V E-TorQ Flex, capaz de entregar até 117 cv quando abastecido com etanol. Acoplado ao bloco o Idea Sublime pode contar com transmissão manual de cinco velocidades (R$ 52.150) ou com câmbio automatizado Dualogic (R$ 54.890).

O modelo será oferecido pela Fiat em apenas duas opções de cores: Branco Kalahari e Preto Vulcano.

Com um acréscimo de R$ 4.850 quando comparado à versão convencional, o Fiat Idea Sublime estará disponível nos próximos dias nas concessionárias da marca.

Por Caio Polo


Novo Fiat Doblò Cargo 2014 – Lançamento e Preço no Brasil


Após atualizar o Fiat Doblò convencional no ano passado, chega ao mercado brasileiro o modelo 2014 do Doblò Cargo, que traz novidades em sua linha.

Entre as principais novidades da versão Cargo do Fiat Doblò 2014 estão: o novo volante, a nova cor e grafia do painel de instrumentos, o novo revestimento dos bancos e das portas, o novo porta-objetos, além do airbag duplo e dos freios ABS, que agora são exigidos por lei no Brasil. O novo rádio com leitor de MP3 e entrada USB é opcional, acrescendo R$ 181 ao preço final do carro. A Fiat ainda oferece opcionalmente um “Kit de Iluminação”, que adiciona ao veículo faróis de neblina e brake light, pelo preço de R$ 388, o que representa uma economia de 11% caso os itens fossem adquiridos separadamente.

Com 4,252 metros de comprimento, 1,722 metros de largura, 1,834 metros de altura e 2,566 metros de distância entre-eixos, o Doblò Cargo tem capacidade para 3.200 litros e 620 quilogramas de carga.

Com adoção dos novos equipamentos, somado ao aumento do Imposto de Produtos Industrializados (IPI) de 7% para 9%, o Fiat Doblò Cargo 2014 teve uma elevação em quase R$ 2 mil, para as duas configurações que a marca italiana irá oferecer por aqui.

A versão de entrada (R$ 43.590) traz o motor 1.4 8V Flex, capaz de entregar 85 cv com gasolina ou 86 cv quando abastecido com etanol. A configuração mais cara (R$ 48.690) vem equipada com o bloco 1.8 16V Flex E-TorQ, que entrega até 132 cv com etanol. Essa opção traz os mesmos itens da versão de entrada, acrescida de direção hidráulica.

A versão de entrada da linha 2014 teve um acréscimo de R$ 1.880 em relação ao Doblò Cargo 2013. Já o modelo 2014 com motor 1.8 teve um acréscimo de R$ 1.990 em relação à linha anterior.

Por Caio Polo


Fiat lança novo Palio Fire 2014


Depois de anunciar a aposentadoria do Mille e estabelecer o Palio Fire como carro de entrada da marca no Brasil, a Fiat não quis saber de perder tempo e já lançou a linha 2014 do Palio. E nem o fim da redução do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) nem a obrigatoriedade de equipamentos como airbag duplo e freios ABS foram capazes de encarecer o popular da marca italiana. O Pailo Fire chega às lojas por R$ 23.990,00 na versão com duas portas e R$ 25.990 com quatro portas.

E essa redução de cerca de R$ 600,00 em relação ao modelo 2013 não tem nenhuma relação com a falta de novidades. Pelo contrário. O Palio 2014 chega com cromado na grade frontal e nas molduras dos faróis, além de apresentar um novo acabamento no interior. O modelo apresenta ainda o econômico, com um painel que vem com diferencial de consumo instantâneo.

Os preços apresentados pela Fiat fazem parte do pacote básico do hatch, mas há uma extensa lista de opcionais, que evidentemente provocam um aumento no preço final do modelo. Entre eles estão ar condicionado, direção hidráulica, pneus extra-série e desembaçador com ar quente. De acordo com a Fiat, os opcionais mais procurados também tiveram redução em seus preços.

A Fiat anunciou ainda uma redução no preço do Uno, o segundo carro mais barato da montadora no mercado brasileiro. A versão Vivace 1,0 chega agora por R$ 24.990,00, ou seja, R$ 1.410,00 a menos do preço sugerido no fim de 2013. A versão Economy, que apresenta motor 1.4, agora aparece por R$ 29.600 e não mais pelos R$ 30.160,00 cobrados anteriormente.

Há quem acredite que a estratégia da Fiat tem motivações na concorrência direta pela linha popular, principalmente porque a Volkswagen irá lançar o Up! no início de fevereiro e o modelo passará a concorrer com o Gol pelo título de carro mais vendido no Brasil, marca que o hatch detém há 27 anos consecutivos. Isso significa que a montadora alemã irá concorrer com ela mesma e poderá deixar os concorrentes de terceiro lugar para baixo.

Por Chris Lino

Foto: divulgação


Fiat é líder de vendas de automóveis no ano de 2013


A Fiat ficou como líder do mercado de vendas do setor automotivo no Brasil em 2013. Os dados foram divulgados na sexta, dia 03, pela Federação da Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave).

Neste ano que passou, a Fiat contou com 762.950 veículos vendidos, com o correspondente a 21,34% do mercado. A Volkswagen aparece na segunda colocação com 666.707 exemplares e um percentual de 18,64%.

No ranking dos carros, o VW Gol continuou com sua hegemonia e teve 255.057 unidades vendidas, o Uno (184.362 exemplares), e o Palio (177.014 exemplares), ambos da Fiat,  completam os três primeiros lugares.

Top 10 das marcas em 2013:

1º Fiat – 762.950 unidades (21,34%)
2º Volkswagen – 666.707 (18,64%)
3º GM – 649.726 (18,17%)
4º Ford – 335.015 (9,37%)
5º Renault – 236.337 (6,61%)
6º Hyundai – 212.900 (5,95%)
7º Toyota – 176.074 (4,92%)
8º Honda – 139.268 (3,89%)
9º Nissan – 77.830 (2,18%)
10º Citroën – 66.109 (1,85%)

Top 10 dos carros em 2013:

1º Volkswagen Gol – 255.057
2º Fiat Uno – 184.362
3º Fiat Palio – 177.014
4º Ford Fiesta – 136.712
5º Volkswagen Fox/CrossFox – 129.927
6º Fiat Siena – 129.825
7º Fiat Strada – 122.904
8º Chevrolet Onix – 122.333
9º Hyundai HB20 – 122.320
10º Renault Sandero – 102.514

Fiat.

Mille para de ser fabricado

O site de imprensa da Fiat mostrou a imagem do último modelo fabricado do Mille. O modelo, que foi lançado no Brasil, no ano de 1984, deixou de ter a sua produção no final do ano passado.

Isso aconteceu, pois não foi possível adequá-lo às novas regras, que obrigam a utilização de airbag duplo e freios ABS em todos os veículos produzidos no Brasil, a partir do mês de janeiro de 2014.

A Fiat ainda chegou a lançar uma série limitada, com dois mil exemplares, do Grazie Mille do hatch, para celebrar a história do compacto, que contou com 3,7 milhões de unidades vendidas nos seus quase 30 anos no mercado brasileiro.


Fiat é líder de vendas de carros em 2013


A Fiat ficou como líder do mercado de vendas do setor automotivo no Brasil em 2013. Os dados foram divulgados na sexta, dia 03, pela Federação da Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave).

Neste ano que passou, a Fiat contou com 762.950 veículos vendidos, com o correspondente a 21,34% do mercado. A Volkswagen aparece na segunda colocação com 666.707 exemplares e um percentual de 18,64%.

No ranking dos carros, o VW Gol continuou com sua hegemonia e teve 255.057 unidades vendidas, o Uno (184.362 exemplares), e o Palio (177.014 exemplares), ambos da Fiat,  completam os três primeiros lugares.

Top 10 das marcas em 2013:

1º Fiat – 762.950 unidades (21,34%)
2º Volkswagen – 666.707 (18,64%)
3º GM – 649.726 (18,17%)
4º Ford – 335.015 (9,37%)
5º Renault – 236.337 (6,61%)
6º Hyundai – 212.900 (5,95%)
7º Toyota – 176.074 (4,92%)
8º Honda – 139.268 (3,89%)
9º Nissan – 77.830 (2,18%)
10º Citroën – 66.109 (1,85%)

Top 10 dos carros em 2013:

1º Volkswagen Gol – 255.057
2º Fiat Uno – 184.362
3º Fiat Palio – 177.014
4º Ford Fiesta – 136.712
5º Volkswagen Fox/CrossFox – 129.927
6º Fiat Siena – 129.825
7º Fiat Strada – 122.904
8º Chevrolet Onix – 122.333
9º Hyundai HB20 – 122.320
10º Renault Sandero – 102.514

Fiat.

Mille para de ser fabricado

O site de imprensa da Fiat mostrou a imagem do último modelo fabricado do Mille. O modelo, que foi lançado no Brasil, no ano de 1984, deixou de ter a sua produção no final do ano passado.

Isso aconteceu, pois não foi possível adequá-lo às novas regras, que obrigam a utilização de airbag duplo e freios ABS em todos os veículos produzidos no Brasil, a partir do mês de janeiro de 2014.

A Fiat ainda chegou a lançar uma série limitada, com dois mil exemplares, do Grazie Mille do hatch, para celebrar a história do compacto, que contou com 3,7 milhões de unidades vendidas nos seus quase 30 anos no mercado brasileiro. 


Fiat mostra foto do último modelo Mille fabricado no Brasil


O site de imprensa da Fiat mostrou a imagem do último modelo fabricado do Mille. O modelo, que foi lançado no Brasil, no ano de 1984, deixou de ter a sua produção no final do ano passado.

Isso aconteceu, pois não foi possível adequá-lo às novas regras, que obrigam a utilização de airbag duplo e freios ABS em todos os veículos produzidos no Brasil, a partir do mês de janeiro de 2014.

A Fiat ainda chegou a lançar uma série limitada, com dois mil exemplares, do Grazie Mille do hatch, para celebrar a história do compacto, que contou com 3,7 milhões de unidades vendidas nos seus quase 30 anos no mercado brasileiro.

Automóveis.

Fiat foi a líder de vendas em 2013

A Fiat ficou como líder do mercado de vendas do setor automotivo no Brasil em 2013. Os dados foram divulgados na sexta, dia 03, pela Federação da Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave).

Neste ano que passou, a Fiat contou com 762.950 veículos vendidos, com o correspondente a 21,34% do mercado. A Volkswagen aparece na segunda colocação com 666.707 exemplares e um percentual de 18,64%.

No ranking dos carros, o VW Gol continuou com sua hegemonia e teve 255.057 unidades vendidas, o Uno (184.362 exemplares), e o Palio (177.014 exemplares), ambos da Fiat,  completam os três primeiros lugares.

Top 10 das marcas em 2013:

1º Fiat – 762.950 unidades (21,34%)
2º Volkswagen – 666.707 (18,64%)
3º GM – 649.726 (18,17%)
4º Ford – 335.015 (9,37%)
5º Renault – 236.337 (6,61%)
6º Hyundai – 212.900 (5,95%)
7º Toyota – 176.074 (4,92%)
8º Honda – 139.268 (3,89%)
9º Nissan – 77.830 (2,18%)
10º Citroën – 66.109 (1,85%)

Top 10 dos carros em 2013:

1º Volkswagen Gol – 255.057
2º Fiat Uno – 184.362
3º Fiat Palio – 177.014
4º Ford Fiesta – 136.712
5º Volkswagen Fox/CrossFox – 129.927
6º Fiat Siena – 129.825
7º Fiat Strada – 122.904
8º Chevrolet Onix – 122.333
9º Hyundai HB20 – 122.320
10º Renault Sandero – 102.514


Novo Fiat 500 versão 2015 será lançado com cinco portas no mercado europeu


Já está pronto o mais novo Fiat 500 versão 2015 com cinco portas no mercado europeu. A empresa de origem italiana decidiu dar um novo rumo ao carrinho de apenas 8 cv que foi produzido no ano de 1957 a 1975. Todavia, a intenção agora é outra, transformar o humilde carro em um Mini Cooper. Porém, o capitalismo tem mudado muito nos últimos tempos e os produtos se tornaram mais diversificados.

Contudo, a intenção da montadora era fazer com que o pequeno carro ganhasse versões diferentes não só nos painéis, mas também nas carrocerias. No Brasil, ainda não temos a vantagem que os europeus possuem e ainda estamos restritos aos carros com apenas três portas, no modelo citado. Também não é novidade para nós saber que a Fiat já está trabalhando num 500x crossover, para brigar com a EcoSport da Ford, entre outros SUVs que vem ganhando espaço no mercado automobilístico.

O novo Fiat 500 cinco portas, foi revelado pela revista inglesa Auto Express. Segundo ela, o carro de cinco portas será diferente do Fiat Punto e terá proporções parecidas com o 500 três portas e o 500L. Todavia, a previsão de lançamento será mesmo só em 2015, ano em que teremos uma nova fábrica da Fiat em Goiana, Pernambuco. Porém, a Fiat não divulgou os modelos que serão produzidos nesta fábrica.

O novo Fiat 500 é chamado pelos italianos de Cinquecento, por ter ganhado diferentes tipos de carroceria, ser bem prático e ser maior, em todas as proporções, inclusive na altura. Vale salientar que, os carros da Fiat estão entre os mais vendidos no mercado brasileiro devido ser bastante econômico e ter alta durabilidade. Entre os jovens, ele também tem sido destaque, principalmente no universo feminino, devido seu novo universo de cores e modelos que vem oferecendo, além de ter um preço bem acessível.

Por Luciana Viturino

 

Foto: Divulgação

 

 


Nova impressora 3D imprime desenhos para serem confeccionados em autopeças


Temos uma super novidade para quem gosta do mundo automobilístico e é fascinado por carros: é a nova impressora 3D para criar desenhos. Elas, nada mais, nada menos, conseguem imprimir, quase que imediatamente, componentes de plástico – desenhos – que levariam semanas para serem confeccionados em autopeças.

Como um exemplo disso podemos citar a Ford, que já comemora a produção de 500 mil peças e o desenvolvimento da cobertura do novo Mustang. Segundo especialistas, os métodos tradicionais levariam aproximadamente quatro meses para a produção a um custo de quase R$ 1,2 milhão, enquanto que, com a impressão 3D, a mesma peça é feita em quatro dias por um custo de R$ 7.110,00. Os engenheiros adoraram essa idéia e estão fazendo desenhos cada vez mais radicais. O objetivo é fazer com que, em um futuro próximo, consigam obter a impressão das peças em metal.

Este novo tipo de impressão trabalha com finas camadas de plástico, juntando-as para criar peças finais em efeito tridimensional. O novo Chevrolet Malibu também está seguindo o conceito de optar por peças 3D.

A grande vantagem de tudo isso é que a indústria elimina a necessidade de ferramentas e moldes específicos para partes que podem ser modificadas com o decorrer do projeto. Com toda essa tecnologia, é possível fazer desenhos ainda mais radicais, de forma econômica e rápida. Porém, montar carros com a tecnologia 3D ainda não é possível, uma vez que não pode ser utilizada para produção em massa. Contudo, pode ser aplicado em automóveis de nicho, ou artesanais, o que tem agradado muitos condutores.

Todavia, com a velocidade com que estas tecnologias vêm crescendo, em breve a impressão 3D representará uma grande oportunidade para a manufatura. Um trabalho que levaria semanas para ser confeccionado em autopeças, pode ser agilizado quase que imediatamente através de componentes de plástico. É uma evolução que o mundo automobilístico agradece.

Por Luciana Viturino

 

Foto: Divulgação

 


Fiat lança última versão do Mille – Grazie Mille


A obrigatoriedade dos freios ABS e do airbag duplo a todo e qualquer veículo fabricado no Brasil a partir de 2014 acabou servindo como pano de fundo para a Fiat promover o adeus ao Mille, considerado até então o carro mais barato da montadora italiana. A última versão do modelo que chegou ao Brasil em 1984, com a nomenclatura Uno, vem com itens especiais, a começar pela identidade.

A edição será chamada de Grazie Mille e será limitada a duas mil unidades numeradas, nas cores Prata Bari e Verde Saquarema.

A versão chegará com faróis de máscara negra, rodas de liga leve de 13 polegadas, ponteira de escapamento esportiva, entre outras características. Na parte interior, o medo virá com o nome bordado nos assentos pedaleiras esportivas e forro do teto na cor preta. Todas as unidades dessa versão terão ar condicionado, direção hidráulica, vidros e travas elétricos e retrovisores com controle manual. O preço sugerido para a versão é de R$ 31.200,00.

O Mille desembarcou no Brasil em 1984, sendo chamado de Uno. Três anos mais tarde, com a chegada da variante 1.5 R, o modelo passou a ganhar a preferência do público mais jovem e logo depois surgiu a versão 1.6 R.

Foi em 1995 que o Uno 1.0 ganhou injeção eletrônica e passou a ser chamado de Uno Mille e, no ano seguinte, passou a sofrer concorrência dentro da própria Fiat com a chegada do Palio. Mas foi somente a partir de 2010 que o popular passou a realmente perder espaço e identidade.

Quando a Fiat lançou o Novo Uno, totalmente remodelado e que em nada lembrava o modelo clássico, o primeiro Uno passou a ser chamado apenas de Mille, enquanto o antigo nome tornava-se propriedade do novo modelo. Com as alterações na legislação brasileira, a aposentadoria foi decretada de maneira oficial.

Com a saída do Mille, o carro mais barato da Fiat no Brasil passa a ser o Palio Fire.

Por Chris Lino

Fiat Grazie Mille

Foto: Divulgação


Nova Doblò 2014 traz poucas mudanças


Será lançada ainda neste semestre a nova Doblò 2014 que vem com poucas mudanças. A Doblò continua com as três versões: Attractive 1.4, Essence 1.8 16v e Adventure 1.8 16v. 

Na parte interna traz uma nova composição de cores no painel, volante mais moderno com controles do sistema de som, quadros de instrumentos com nova grafia, e iluminação na cor branca deixando mais clean, com uma opção para cada versão. Traz ainda porta objetos nas portas e porta copos, sendo que 2 na parte da frente e um no banco de trás.

Vem com desembaçador do vidro traseiro num sistema de temporização, controle eletrônico que mantém aceleração sempre constante, chave desmodrômica, computador de bordo (onde calcula distancia, consumo médio de combustível, tempo decorrido, tempo de percurso, velocidade média e autonomia e tempo da viagem). 

O seu sistema de som conta com novos alto-falantes e tweeters colocados na coluna em três opções: na Attractive o rádio vem com WMA/ USB MP3 embutido no painel com RDS. Nas versões Essence e Adventure os comandos do som vem no volante.

O carro teve poucas mudanças na parte externa. Ele traz o nome do modelo na lateral, estepe preso na porta traseira do lado de fora, e novos pneus rodas e calotas que deixam o carro com um visual mais atraente. 

O Doblò 2014 vem com duas opções de motor. Na versão Attractive vem com motor 1.4 Flex, que gera 85 cavalos de potência (86 cavalos quando abastecido com etanol). As versões Essence e Adventure vêm com motor E.TorQ, 1.8 16V Flex, com 130 cavalos de potência (132 cavalos quando abastecido com etanol). 

A Doblò estará a venda pelos seguintes preços : 

Fiat Doblò Attractive 1.4 Flex por R$ 52.780 

Fiat Doblò Essence 1.8 16V Flex por R$ 58.840 

Fiat Doblò Adventure 1.8 16V Flex por R$ 63.080.

Por Mariana Rodrigues

Doblò 2014

Foto: Divulgação


Fiat Ottimo – Novo hatch médio com design agressivo


Quem está acompanhando os eventos no exterior deve ter visto no Salão de Cantão 2013, na China (um evento pequeno em meio a dois gigantes em Los Angeles e Tóquio), a nova aposta da FIAT. O carro anunciado no estande da marca é um hatch médio chamado Ottimo. O lançamento foi apresentado pela GAC-Fiat, empresa que a fabricante italiana atua no país.

Chegando atrás de carros como o Fiat Bravo e o sedan Viaggio, o novo veículo ainda não tem previsão de lançamento em outros países, até porque não sabemos nem se ele chegará à Europa. Mesmo com a fábrica que está sendo construída aqui, no Estado de Goiânia, pode ser que as vendas fiquem apenas no mercado asiático, por enquanto.

Ele chega com um visual bastante promissor e um design um pouco agressivo. As unidades expostas no salão tinham revestimento em tecido. Possui teto solar e 2,70 metros de espaço entre-eixos. O motor é 1.4 T-Jet, sobrealimentado por turbo e com única opção: a gasolina. Apenas as configurações se diferenciam, uma possui 122 e outra com 152 cavalos de potência. O câmbio é de cinco marchas ou com DDVT-C635, de dupla embreagem e seis marchas. Se ele realmente vir ao Brasil o motor T-Jet terá que ser importado da Europa com 152 cavalos.

Em relação à sua produção na China, a companhia está na expectativa de dobrar sua produção anual, atualmente localizada no Cantão, cidade ao sul da China próxima a Hong Kong. Ele chegará às lojas em dezembro e custará entre  R$ 37.500 e R$ 47 mil, o que depende dos adicionais.

O ano de 2013 não foi de muitas novidades trazida pela Fiat, que embora seja de origem italiana tem um grande número de fábricas no Brasil e é líder de mercado, principalmente na fabricação de carros econômicos.

Por Jaime Pargan

Fiat Ottimo

Foto: Divulgação


Fiat Punto 2014 – Edição Black Motion


A Fiat vem investindo fortemente na campanha de marketing do Punto 2014 Black Motion, a fim de aumentar o número das aquisições até o final deste ano.

Recém-lançado, o Punto 2014 edição Black Motion não teria atingido (ainda) o número de vendas esperado se comparado às vendas do Fiat Stilo (que tem a versão com a mesma nomenclatura), se comparado ao mesmo período de lançamento. Considerando que o novo Punto não deixa a desejar no visual e tão pouco nos itens de série. Ele pode ser adquirido por uma valor equivalente a R$ 49.990  e R$ 40.590 para a  sua versão mais simples.

Punto Black Motion 2014

Foto: Divulgação

O hatch de porte médio da categoria top desenvolve até 132 cavalos e tem motor 1.8 (Flex) com 16 válvulas.

A nova série Black Motion está disponível em duas opções de pintura podendo ser diamantada ou mais fosca (Grigio Netuno). As rodas são de liga leve (aro 16), o visual interno conta com uma nova textura e possui o Black Motion em relevo por diversas partes, inclusive nos bancos. O cinto de segurança na cor cinza dá  mais estilo em um contraste de tom sobre tom e o carro está disponível nas cores branco (duas opções), prata e cinza.   

Por Luciana Ávila


Fiat 500 Cabrio – Modelo Cabriolet com preço acessível no Brasil


Fiat 500 CabrioOs carros conversíveis são um símbolo de status há muito tempo. O simples fato de poder modificar toda a estrutura de design do veículo é algo bastante interessante e, mesmo após vários anos esse modelo ainda permanece como um dos favoritos da indústria automotiva.

No entanto, os modelos Cabriolet como também são conhecidos, não costumam ser baratos e embora tenham um dos estilos mais antigos, podem ser encontrados em diversas faixas de valores.

O Fiat 500 Cabrio é o modelo conversível mais “baratinho” à venda por aqui. No Brasil ele pode ser encontrado por cerca de humildes R$ 62.290. Um preço relativamente baixo, se considerarmos o design bonito do modelo e, é claro, a facilidade de o convertermos para um veículo sem cobertura.

No entanto, ele não pode ser considerado um Cabriolet padrão, já que as laterais do veículo não se retraem. Por um lado, isso é até interessante, já que o corpo do veículo não precisa de nenhum reforço, o que garante mais leveza. Por dentro o carrinho é chique demais para o seu valor; possui um painel moderno, câmbio automático de 6 marchas com possibilidade de utilização no modo sequencial, capacidade de mudança para o modo “Sport” que responde mais sensivelmente ao acelerador, controles eletrônicos de tração e estabilidade.

O modelo é muito econômico e tem potência de 105 cv num motor 1.4 de 16 V. O conversível tem apenas 4 lugares e não é a melhor opção para viajar longas distâncias com a família, mas sem dúvida os passeios pela cidade vão ficar muito mais estilosos.

Por Ebenézer Carvalho


Fiat e Chrysler Negociam União Oficial para 2014


O ano de 2014 pode chegar com novas decisões no mercado automotivo. A Fiat é uma das companhias que está estudando possibilidades e fazendo negociações. Para quem não sabe a Chrysler – montadora de nacionalidade americana – está pedindo nada mais, nada menos que US$ 5 bilhões (cerca de 11,1 bilhões de reais) para o Grupo.

O valor solicitado é para adquirir os 41,5 % da empresa, que pertencem ao fundo de saúde da central de metalúrgicos da montadora italiana United Auto Workes, responsável pela Crysler.

Apenas quando a americana apresentar a IPO, uma documentação para uma oferta pública inicial de ações, nos EUA, será finalizado o processo. Ainda não foi informado quais seriam as ações e o custo das mesmas, porém, o presidente executivo das duas companhias, Sergio Marchinne, acredita que no próximo ano tudo esteja resolvido e a compra concluída.

Para que a Fiat não entre em conflito com as empresas, até o momento, o Grupo está pensando em voltar a compartilhar projetos, plataformas e recursos que faziam parte do acordo entre as fabricantes. Um exemplo disso é a Dodge, que também faz parte do grupo Fiat. No Brasil, o Freemont foi construído sobre o mesmo projeto do Dodge Journey.

Por Jaime Pargan


Fiat Punto T-Jet – Novo modelo com motor 1.4 de 16 válvulas Turbo


Fiat Punto T-Jet 2014A Fiat caprichou e o novo Punto T-Jet, considerado a melhor linha do modelo, chega ao mercado de maneira muito intimidadora. A montadora apostou em rodas com aro 17”, pneus com perfil baixo, para-choque com entrada de ar que resfria os freios, saias e aerofólio traseiro, saída dupla de escapamento, freios com detalhes vermelho. O hatch da montadora pelo menos no que diz respeito à sua aparência não perde em nada para os puros sangues da velocidade.

No interior do capô há um motor 1.4 de 16 válvulas Turbo, que pode chegar até 150 cavalos e giro de 4.500 rotações por minuto. O novo Punto T-Jet bate a casa dos 200 km/h e muda de 0 a 100km/h em apenas 8,3 segundos. O Punto T-Jet ainda oferece uma opção que torna possível alterar a forma de direção entre  econômica, esportiva ou normal, a pegada do modo esportivo está na rápida resposta ao toque do acelerador, o que em grandes cidades deve ser usado com cautela para não se perder o controle e colidir no carro da frente, uma vez que o carro dá verdadeiros saltos cada vez que se toca no acelerador com o modo esportivo ativado.

Vendido por aproximadamente R$ 60.000,00, o Punto traz consigo não somente sua decoração e motor potente, mas conta também com airbag duplo, freios ABS, ar condicionado, piloto automático, sensor de estacionamento e sistema  Blue&Me.  

Se não for o bastante para o seu gosto, a montadora ainda fornece como opcional ar condicionado digital, teto solar, parafusos de roda antirroubos e sensor para dias chuvosos e de claridade.

Por Fernando Setoue


Novo Fiat Uno Série College – Versão exclusiva para universitários


Fiat Uno Série College A estratégia da Fiat de criar uma série especial para a maioria de seus veículos parece estar funcionando bem.

Após dedicar uma série inteira ao seu país de origem, agora é a vez dos universitários ganharem uma versão exclusiva do Uno.

Em termos de desempenho e motor o veículo permanece exatamente o mesmo que as suas versões padrão, com motor 1.0 Fire Evo que desenvolve uma potência de 75 cv e transmissão manual de 5 velocidades. Nesse conjunto, o hatch consegue obter uma velocidade máxima final de 150 km/h e faz de 0 a 100 km em 13,8 segundos. Algo consideravelmente bom para a categoria.

Agora, em termos de modificações estéticas a Série College traz um verdadeiro pacote de modificações no maior estilo Need for Speed (os fãs de videogames piram!). Por apenas R$ 5.656 a mais, é possível incluir no carro conta-giros, econômetro, pré-disposição para rádio, volante com regulagem de altura, vidros e travas elétricas, faróis de neblina, ar condicionado, rodas de liga leve de 14 polegadas e direção hidráulica.

O exterior pode vir pintado de branco ou azul e os retrovisores, maçanetas e molduras são vermelhos por padrão. O teto possui racks e as rodas também são brancas. Detalhes do interior como o volante, painel e puxadores da porta vêm na cor azul e vermelho.

Embora essa versão possa tentar dar um pouco mais de fôlego ao modelo, o Uno não anda muito bem de vendas e já está muito próximo de cair para o quarto lugar no segmento de veículos 1.0. No entanto, a reestilização do modelo está próxima e pode ser que a introdução de um novo motor inédito de 1.0 com 3 cilindros venha a colocá-lo de volta no topo da lista.

Por Ebenézer Carvalho