Modelos deixarão de ser produzidos e vendidos no país.

O ano de 2019 mal chegou e muitas mudanças já começaram a ser sentidas para quem gosta de acompanhar as novidades que sempre acontecem no mercado automotivo mundial. Desta vez, a notícia vem de uma das gigantes do automobilismo mundial, a Peugeot.

A marca anunciou oficialmente em seu site que suspenderá em definitivo a produção tanto do seu modelo 308 quanto do famoso 408 em suas unidades brasileiras.

A decisão foi tomada após a empresa constatar o baixíssimo volume de vendas de ambos os modelos por pelo menos dois anos consecutivos nas concessionárias brasileiras espalhadas por todo o país. Deste modo, os consumidores brasileiros que ainda queiram se aventurar para adquirir um destes remanescentes, deverão contar ainda com o estoque final que ainda permanece no pátio de montadora em sua unidade brasileira. A intenção da empresa é zerar o seu saldo atual.

Nos últimos anos, a comercialização deste tipo de veículo estava ficando cada vez mais dífícil, ao contrário do que se observou no início dos anos 2000, quando o segmento dos chamados hatchs médios estava em alta em todo o Brasil.

O aumento da procura por veículos curtos e que fossem fáceis de dirigir e manobrar, principalmente, no complicado trânsito das grandes cidades acendeu a luz verde para a comercialização deste tipo de veículo.

Entretanto, como uma das mais importantes características neste complexo universo de carros espalhados pelo mundo, a tendência de consumo da população sempre está em constante modificação e com a explosão de interesse pelos chamados SUVs nestes últimos três anos fez a venda dos veículos mais compactos despencar cada vez mais.

Diante deste quadro, a fabricante francesa viu dois dos seus maiores sucessos de vendas entrarem para a lista dos carros menos vendidos em todo o Brasil. Para se ter uma ideia, no ano de 2018, o 308 vendeu pouco mais de 400 unidades em todo o país. Este foi o modelo que mais foi atingido pelo fracasso das vendas.

Já o 408 conseguiu emplacar pouco mais de 730 unidades no ano passado, não que pudesse ser considerada uma situação mais confortável, mas ficou também muito aquém das expectativas da empresa e, por isto, entrou também para a lista de suspensão de fabricação nas unidades brasileiras.

Ambos os modelos ainda estão sendo comercializados no país pelo preço de R$ 90.000,00 para o 308 e a partir de R$ 70.000,00 para o 408. Todos eles já saem de fábrica com o famoso motor THP de 1.6 com 173 cvs e transmissão automática de seis velocidades.

Com a saída destes modelos da linha de vendas da Peugeot, a empresa já anunciou que vai direcionar toda a sua estratégia de venda para os veículos que fazem parte da categoria SUV: 2008, 3008 e 5008, além do seu modelo 208 e os veículos destinados ao uso comercial como o Partner, o Boxer e o Expert.

Apesar da suspensão em terras brasileiras, os modelos continuarão a ser fabricados em um dos vizinhos mais próximos do Brasil como a Argentina. Além disto, eles deverão ganhar um design e uma nova concepção bem mais luxuosa inspirada em um primo bem próximo, o 508.

Caso você queira conhecer os novos modelos, basta pesquisar nos principais sites automobilísticos do país as fotos da nova geração tanto do 308 quanto do 408. Com um visual bem mais alongado e mais luxuoso, os novos veículos prometem satisfazer os consumidores argentinos que, via de regra, parecem ser bem mais exigentes que os brasileiros.

Para quem ainda que ter seu modelo na garagem, apesar da sua saída do mercado, é bom ir logo reservando o seu exemplar na concessionária mais próxima e fica na expectaiva para recebe o seu.

Emmanoel Gomes


A Peugeot já organiza as suas estratégias para a realização de uma evolução extremamente profunda no que diz respeito à nova família do 208.

Recentemente, foram flagradas rodando pela Europa algumas unidades que serviram para teste daquilo que indica ser a nova geração do modelo Peugeot 208. E, com isso, já se pode ter um indício de quais serão as formas finais de sua carroceria. De acordo com informações de veículos voltados para o setor automobilístico, a nova geração já está pronta para o seu lançamento. Isso deve ocorrer já no início do próximo ano, durante a realização do Salão de Genebra. De forma a acirrar a concorrência entre os modelos de outras fabricantes, como os renovados Ford Fiesta e Volkswagen Polo, a Peugeot já organiza as suas estratégias para a realização de uma evolução extremamente profunda no que diz respeito à nova família do 208. Isso já pode ser sentido, inclusive, na plataforma, uma vez que o hatch compacto deverá ser construído baseado em uma arquitetura CMP, considerada uma das mais modernas da montadora. Sendo assim, tal fato permitirá que o modelo 208 2020 tenha a sua propulsão de forma totalmente elétrica.

Até 2021, o grupo francês já realizou o anúncio para o lançamento de outros 11 automóveis eletrificados. Na lista está incluída a versão híbrida do modelo Peugeot 3008, muito aguardada para o ano de 2019.

Sobre o Peugeot 208 2020

A nova geração do Peugeot 208 irá preservar as opções em gasolina, levando a utilização de motores considerados compactos. Deve seguir sendo oferecido também o propulsor 1.2 e com 3 cilindros, que já é oferecido no país. Na Europa, todavia, o motor 1.2 chega oferecendo injeção turbo e direta para o mesmo modelo, entregando potência de cerca de 150 cv na sua calibração. Vale lembrar que essa é focada no mais alto desempenho e oferecido nas versões mais caras do automóvel. Em projeções realizadas, o Peugeot 208 deverá adotar para a sua nova linhagem um design muito aproximado àquele encontrado nos demais modelos da marca, como o 5008 e o 3008, com traços mais elegantes e retos. Na traseira, bem como nos SUVs da fabricante, estará presente o elemento que une as lanternas. Em relação às suas prováveis dimensões, o comprimento do carro deve ser de cerca de 4 metros, bem como foi aplicado pelos concorrentes. Porém, uma vez que ele utiliza os motores compactos, a dianteira do hatch será menor, priorizando a maior distância entre-eixos. Sendo assim, o resultado é uma cabine com muito mais espaço. A redução no peso do veículo também pode ser explicada pela utilização de uma plataforma muito mais moderna e que integra aços nobres. Sendo assim, o veículo fica mais leve e garante um melhor desempenho e redução de gastos e de emissões de gases poluentes. Como se sabe, tais atributos são muito valorizados atualmente no setor, uma vez que contribuem para a sustentabilidade.

Sobre o design e o acabamento na cabine, entende-se que a montadora busca um posicionamento mais sofisticado no universo dos automóveis. Sendo assim, o que se pode esperar é um conceito de i-Cockpit. Isso quer dizer que o painel estará mais destacado para o ocupante.

Já a central de multimídia também terá destaque especial, uma vez que estará atualizada e oferecendo o melhor no que diz respeito ao seu funcionamento mais rápido e eficaz.

Nacionalização do Peugeot 208 2020

Agora, resta somente saber se a montadora Peugeot irá seguir aqui no Brasil a nacionalização da nova geração. A dúvida surge uma vez que há modelos no mercado brasileiro que já são consagrados no segmento e que trazem reestruturações no próximo ano, como é o caso do Hyundai HB20, Chevrolet Onix e o novo VW Polo. Por isso, para conquistar esse segmento, as fabricantes têm precisado investir e manter os seus representantes bem atualizados sobre as mudanças. Fato é que o setor por aqui espera que a Peugeot não deixe de investir em sua nova geração do 208 por aqui, mesmo que entregue uma versão mais simplificada.

Por isso, resta somente aguardar mais detalhes sobre a apresentação do modelo em março de 2019, na Europa. Assim, será possível perceber os rumos que a fabricante tomará para a região e para o Brasil. Fiquem ligados.

Por Kellen Kunz

Peugeot 208 2020

Peugeot 208 2020


A série especial do Peugeot 208, InConcert, teve apenas 250 unidades produzidas.

O novo Peugeot 208 série especial InConcert chega ao mercado e acaba com a ansiedade de muitos usuários que estavam à espera desse modelo. Ele vem com muitas características marcantes e pode ser considerado um carro completo e muito moderno. Por ser um carro tão especial e muito esperado, serão apenas 250 unidades nesse primeiro momento de lançamento. Então se você quer um modelo, corra logo e não perca sua chance de comprar uma máquina dessas. Para saber mais detalhes desse carro, continue lendo este texto.

Conhecendo os itens de série do novo Peugeot 208 InConcert

Esse novo modelo tem muitas funções e observações positivas, e entre elas estão seus itens de série. E é claro que isso é muito animador para qualquer usuário de carro. Entre seus itens estão:

– Câmera de ré

– Isofix

– Direção elétrica

– Retrovisores na cor preta brilhante

– Rodas de liga leve aro 15

– Volante revestido em couro

– Alarme

– Monogramas In Concert nas laterais

– Vidros e travas elétricas

– Ar-condicionado

– Câmbio automático

Entre outros.

Carro com muita modernidade

O novo Peugeot 208 InConcert é um carro muito moderno, e a altura da marca, que já é bem conhecida por fabricar máquinas bem potentes. Nele o usuário encontram muitas funções a altura de um carro top de linha, como exemplo podemos citar:

– Central multimídia de 7 polegadas

– Subwoofer amplificado Slim de 250 Watts

– Sonorização e mídias completas

Dessa forma fica muito simples viajar dentro desse carro, com mais conforto e diversão para todos os usuários.

Design moderno

Outro detalhe que é muito positivo nesse carro, é o seu design moderno e atrativo. Seu desenho é diferenciado e seus faróis grandes tornam esse carro muito chamativo, e por isso ele não passa despercebido por onde passa. A marca disponibiliza e cores que são Cinza Aluminium e Branco Branquise. A boa notícia é que mesmo sendo 2 cores a serem escolhidas, ambas são lindas.

Peugeot 208 InConcert tem câmbio automático e 6 marchas

Para os consumidores que gostam de mais praticidade ao pilotar, o Peugeot 208 InConcert tem tudo para agradar. Ele possui câmbio automático e 6 opções de marchas, ele também possui 4 modos diferentes de condução. Esse também é um lado positivo e que muitas pessoas buscam na hora de escolher um novo modelo de carro.

Valor de mercado do Peugeot 208 InConcert

O preço de mercado desse carro vai agradar a maioria dos consumidores, pois ele está dentro do esperado. O preço médio desse carro é de R$65.490,00. Se avaliarmos todas as funções desse modelo, assim como seu design e modernidade, fica claro que ele é um ótimo custo-benefício. Pois se trata de um carro com ótima duração e desempenho. Ele também fica na frente da sua concorrência sem muito esforço. Então vale a pena optar por esse modelo na hora da escolha do novo carro.

Modelo Peugeot 208 InConcert tem motor 1.6

O motor do Peugeot 208 InConcert é o 1.6 que é considerado muito potente. Por isso, esse carro é ideal para quem gosta de velocidade na estrada, além de conforto e segurança em um carro só.

Carro espaçoso

Outro fator que vai agradar muito nesse modelo, é que ele é muito espaçoso. Por isso, ele é indicado para famílias grandes ou com crianças. Pois ele comporta todos os seus usuários de forma correta e no fim das contas, a viagem se torna perfeita e muito aconchegante.

Com essas informações é possível notar que esse modelo tem muito a oferecer, principalmente para os usuários mais exigentes!

Por Cristiane Amaral

Peugeot 208 InConcert

Peugeot 208 InConcert

Peugeot 208 InConcert

Peugeot 208 InConcert

Peugeot 208 InConcert


Novo utilitário esportivo chega ao país em duas versões com preços a partir de R$ 154 mil.

Mais um lançamento pela Peugeot no Brasil foi anunciado essa semana. O novo Peugeot 5008 modelo 2018 em duas versões custando o Griffe R$ 154.9920 e Griffe Pack e R$ 163.990, segundo o site da Peugeot. Segundo a empresa, o modelo é “a consolidação do seu projeto de marca”.

Tanto o Griffe quanto o Griffe Pack utilizam a mesma plataforma do Novo SUV Peugeot 3008, sendo um utilitário esportivo com 20 centímetros a mais que o anterior. 0 5008 mede 1.64m de altura, com 4.64m de comprimento – 20 centímetros a mais que o 3008, 1.90m de largura e distância entre eixos de 2,84m. Seu porta-malas vem com capacidade de com banco traseiro em posição normal 780 litros e os bancos rebatidos 1.940 litros de bagagem e com capacidade para 7 pessoas distribuídas entre os dois acentos da frente, três fileiras traseiras e mais duas na terceira. Os bancos das segunda e terceira fileiras são retráteis podendo formar um piso plano

Sua motorização é de 4 cilindros e 16 válvulas com motor 1.6 turbo cilindrada. Movido a gasolina seu taque comporta 56 litros, com economia e potência. É o melhor em termos de emissão de CO2. Sua alimentação é de injeção direta com uma potência máxima cv/rpm de 165/6000. Sua velocidade máxima é de 206 km, com câmbio automático com seis marchas (sendo 6 na frente e 1 na ré), além da opção de modo Sport, o que proporciona mais dinamização na direção. Suas rodas dianteiras são independentes, com barra estabilizadora, amortecedores hidráulicos pressurizados e molas helicoidais. Já as rodas traseiras são semi-independentes, com a barra de dois braços deformáveis e as mesmas especificações da dianteira. Os freios dianteiros são em discos ventilados, molas helicoidais e amortecedores hidráulicos.

Quanto a sua segurança o novo Peugeot será equipado com o mais novo sistema avançado de condução. Seu sistema de frenagem automática junto com o alerta de colisão pode encontrar obstáculos a frente emitindo assim alertas em diferentes níveis de forma a evitar acidentes. Acoplado com leitor de sinalização de velocidade o 5008 consegue informar a velocidade máxima que é permitida na via e adequá-la ao limite. Além disso, o seu piloto automático inteligente regula automaticamente a velocidade para a fim de evitar risco de colisão, fazendo com que o condutor adeque a distância através dos níveis perto, normal e distante, assegurando a segura e conforto. Suas versões contam com 2 airbags dianteiros, 2 traseiros e 2 de cortina, que dão proteção para o motorista e passageiros na dianteira e traseira.

Com um impressionante design interno e externo, chama a atenção pela beleza da cromação de sua carroceira, além de lanternas LED e rodas de liga leve diamantadas.

No seu sistema de tecnologia, vale informar que ele traz o sistema de ponto cego ativo funcionando através de sensores de ultrassom laterais e uma câmera de vídeo que emite alerta caso algum veículo entre em seu ponto cego. Seus faróis vêm com sensor de chuva e crepuscular proporcionando acendimento automático e partida de motor sem chave.

Em sua multimídia touchscreen é possível espelhar o smartphone por conta da tecnologia Mirror Screen integrada ao seu painel com o Google Android Auto e Apple CarPlay. Alto-falantes, Bluetooth, carregador de celular sem fio são alguns outros diferenciais.

Com impressão de marca em sua propaganda “nunca um SUV foi tão longe”, o Novo Peugeot 5008 reúne design, conforto, experiência de condução, tecnologia e segurança. Um emotion drive pode ser agendado para sanar todas as dúvidas sobre como é “pilotar” essa nova máquina da Peugeot. Mas atenção, o preço anunciado vale apenas para o mês de março, pois segundo a empresa haverá aumento no próximo mês.

Por Helen Costa Galvão de Brito


Modelo chegará às concessionárias brasileiras no dia 19 de março de 2018.

A atração que os consumidores possuem por um tipo determinado de veículo pode levar à criação de novas tendências neste mercado tão vasto na atualidade, sendo que os formatos mais esportivos têm ganhado adeptos fiéis de forma intensa.

Neste ponto, considerando as funcionalidades em carros do tipo utilitário esportivo, haverá o lançamento na próxima semana do Peugeot 5008, cujos detalhes serão apresentados a seguir neste artigo.

Informações gerais sobre o Peugeot 5008

De forma geral, o Peugeot 5008 consiste em uma versão mais longa do modelo desta mesma concessionária – Peugeot 3008 – que terá seu lançamento oficial no Brasil dia 19 de março de 2018.

Este veículo é classificado como um utilitário esporte com capacidade para receber em seu interior, de maneira confortável, até 7 pessoas incluindo passageiros e motorista.

Com relação ao seu tamanho, o Peugeot 5008 apresenta 4,64 metros de comprimento de forma total, o que representa um aumento de 20 centímetros quando comparado com o Peugeot 3008, tendo ainda uma largura de 1,88 metros, altura de 1,64 metros, bem como distância entre-eixos de 2,72 metros.

É importante mencionar, ainda, que o Peugeot 5008 quando tem a utilização de apenas 5 lugares permite ao seu porta-malas uma capacidade de armazenamento que chega a 780 litros de bagagem.

Pontos específicos sobre novo Peugeot 5008

O novo Peugeot 5008 apresenta um funcionamento mecânico semelhante ao seu companheiro Peugeot 3008, com motor de 1.6 litros turbo movido a gasolina do tipo THP.

Ainda com relação à sua motorização, este modelo conta com funcionamento mecânico por injeção direta possuindo, desta maneira, capacidade para oferecer uma potência de 165 cavalos e 24,5 Kgfm. Contém, ainda, tração do tipo traseira e transmissão automática com seis marchas.

Mas o Peugeot 5008 pode ser ofertado no Brasil, assim como no mercado europeu, em modalidades menos potentes como 1.2 litros do tipo turbo com potência de até 131 cavalos ou a versão movida a diesel com potência que varia de 100 a 180 cavalos.

Componentes internos do Peugeot 5008

Um destaque relevante deve ser considerado quanto ao espaço interno do Peugeot 5008 que permite uma acomodação confortável para os seus integrantes com bancos possuindo revestimento em couro com materiais de excelente qualidade.

Apresenta, também, diversos porta-objetos distribuídos no seu interior com volante do tipo multifuncional e uma central multimídia possuindo alternativas tecnológicas diversas com relação às possibilidades para uso e entretenimento de seus ocupantes.

O seu painel de instrumentos é do tipo digital com tela em alta resolução, possuindo 12,3 polegadas, que oferece uma qualidade tanto gráfica quanto visual à sua composição, que tornam o resultado realmente diferenciado das demais opções deste mercado.

O espaço interior deste utilitário é um dos maiores deste mercado, sendo ofertado com a opção de possuir três, ou ainda, dois bancos independentes com alternativas como escamoteamento e extração para potencialização no uso do espaço traseiro.

Os bancos individuais presentes na segunda linha de bancos deste veículo possuem a mesma altura, com encosto para a cabeça, tendo regulação em comprimento, além de 5 posições quanto à inclinação oferecida aos seus ocupantes.

Preços para aquisição do Peugeot 5008

Uma informação relevante deve ser considerada quando se pretende adquirir um Peugeot 5008, relacionada com o preço de compra, o qual, de acordo com sua prática no mercado europeu, será a partir de R$155.000,00 para a versão do tipo Griffe.

Existe, ainda, a modalidade Pack deste Peugeot, que será comercializada por valores acima de R$165.000,00 por ser dotada de acessórios adicionais para melhor assistência e segurança na condução rotineira deste veículo.

Conclusão

Portanto, o Peugeot 5008 diz respeito a uma melhoria com relação ao tamanho e também suas possibilidades de uso, se tornando desta maneira uma alternativa interessante quando se pensa em conforto e bom desempenho para um automóvel.

Ana Camila Neves Morais


Chamado se deve a problemas na manta que faz o isolamento acústico do capô.

Sempre que compramos um carro zero quilômetros sabemos que diferentemente dos carros usados, passaremos um bom tempo longe das oficinas mecânicas, pois um motor novo oferece uma boa quilometragem de rodagem sem nenhum tipo de problema. A não ser que seja para manutenções rotineiras, que as próprias concessionárias oferecem, o que é bastante comum no caso de carros zero quilômetros.

Mas infelizmente carros novos também podem dar problemas a seus proprietários colocando a seguranças de seus passageiros em risco. Assim, quando as montadoras detectam este tipo de problema em seus veículos, logo realizam os chamados recalls.

Para quem desconhece este termo, ele é usado quando as concessionárias descobrem que algum modelo de sua produção foi vendido com um problema de fabricação. Esses problemas podem ser simples ou até mesmo graves, por isso o recall é uma convocação dos veículos em questão para realização de reparos.

É o que está acontecendo com dois modelos da Peugeot que são comercializados no Brasil. Estamos nos referindo aos modelos de Peugeot 308 e 408. Por isso, se você possui um desses veículos, fique atento às informações que seguem e verifique se o seu carro está incluído na convocação que acaba de ser realizada pela montadora.

Pois bem, a Peugeot do Brasil acabou de fazer o anúncio de um recall que envolve dois modelos seus, sendo eles o 308 e 408.

Segundo o que informou a Peugeot, unidades que pertencem a esses modelos e que tiveram como ano de produção o período que vai do ano de 2011 até 2015 e que possuem motor de 1.6 turbo.

Assim, proprietários de carros que se identificam com o descrito devem levar seus veículos até concessionárias Peugeot para que o reparo seja realizado.

O problema que esses veículos possuem foram descritos pela montadora como falhas encontradas na parte da fixação da manta que é responsável pelo isolamento acústico de seu capô.

A depender do caso o componente usado para fixar a manta pode acabar se deformando e assim ficar em contato com o motor, o que pode oferecer o risco de o compartimento pegar fogo, colocando em risco a segurança e a vida dos ocupantes dos veículos.

De acordo com a Peugeot, o reparo será realizado por meio de uma instalação de travas novas para a fixação da manta em questão e se for preciso a peça será trocada.

Como o reparo é simples, será realizado nas próprias concessionárias. Para isto basta os proprietários levarem seus veículos até uma concessionária. O reparo tem previsão de duração para até uma hora.

Se o proprietário preferir pode ligar antes e agendar um horário. Para isso basta ligar para o número 0800-703-2424.

No caso do Peugeot 308, os proprietários precisam conferir o número do chassi, sendo que os que necessitam de reparo possuem numerações que vão de DG002244 a GG006174.

Já quem possui um Peugeot modelo 408 deve conferir se a numeração do chassi está incluída entre os números CG001821 e GG005804 (não são sequenciais).

Caso você ainda esteja com alguma dúvida, ligue para o telefone que a marca disponibilizou e tire todas as suas dúvidas. Também pode passar em uma das concessionárias de qualquer parte do país, que os especialistas irão verificar. Mas o importante é que todos os proprietários compareçam com seus veículos a uma concessionária para que o reparo seja realizado.

Se o recall foi anunciado é porque trata-se de um reparo realmente importante, pois embora nenhum acidente neste sentido já tenha ocorrido com os veículos incluídos, o risco existe. Por isso não vale a pena colocar a segurança de ninguém em risco.

Apresente seu veículo a uma concessionária Peugeot e utilize seu automóvel com toda segurança necessária.

Sirlene Montes


Veja aqui mais detalhes sobre o Peugeot 3008 Griffe 2018.

Para os amantes da marca Peugeot no Brasil, o ano de 2018 promete ser de bastante novidades. Tudo isto porque a montadora resolveu mais uma vez inovar e lança agora a sua linha mais atual com vários itens que irão fazer os consumidores ficarem atraídos por tanta novidade.

Se você não está acostumado com inovações e a agilidade da marca em antecipar o futuro, saiba que neste cenário de início de 2018, a empresa é a primeira indústria automobilística no mundo todo a antecipar a sua linha 2019.

Uma das grandes novidades da linha fica por conta do novo estilo e design da linha. O visual do novo 3008 está mais agressivo e com requinte bem mais sofisticado. As lanternas dianteiras estão bem mais alongadas, com uma nova grade na parte frontal, com o leão como símbolo característico da marca fazendo parte do contexto.

A inovação no estilo do modelo 3008 fica completo por conta das rodas com novo desenho e linhas mais rebaixadas, o que dá um ar de esportividade. Afinal, a Peugeot com seu novo modelo aportou definitivamente no concorridíssimo mercado SUV brasileiro.

Agora, o SUV da montadora francesa cuja inovação vem conquistando aos poucos o mercado brasileiro com a sua linha Griffe, não perde tempo e já antecipa ainda a sua tendência de sofisticação e qualidade e lança a linha 2019, a Griffe Pack.

Os consumidores brasileiros que buscam economia, a linha Griffe 2019 promete muito neste quesito com os motores THP do tipo Turbo e que chegam com mais de 164 cavalos de força. A Peugeot quer mais força e agilidade com baixo consumo de combustível e com uma reduzida emissão de CO2 para o meio ambiente.

A nova linha vem equipada com transmissão automática e câmbio de seis tempos com o exclusivo sistema EAT6 (Efficient Automatic Transmission), que proporciona uma troca de marchas bem mais rápida e suave, o que proporciona uma sensação bem mais leve ao dirigir o novo modelo.

A máxima segurança num maior prazer em dirigir a nova linha 2019

Uma das grandes novidades para a nova linha foi o alto investimento em inovação e segurança que a Peugeot empregou em seus modelos.

Pensando na segurança dos seus milhares de usuários, o novo 3008 da linha Griffe Pack traz agora alguns importantes sistemas como o de frenagem automática de emergência, alerta de colisão frontal, alerta de mudança de faixa e um detector de presença de outros veículos dentro do chamado ‘ponto cego’ do motorista’.

Para uma maior segurança e poder de adaptação, o sistema de segurança pode ser programado para três tipo de níveis diferentes. Para isto, o sistema leva em conta a distância e a velocidade do outro veículo a frente. Ele também funciona para pedestres. Uma novidade na tentativa de se evitar casos inesperados de atropelamentos em vias públicas.

Outra novidade que visa aumentar a segurança para motorista e passageiros é a presença de um detector de fadiga e a possibilidade de se estabelecer e regular a velocidade de cruzeiro para o veículo.

Como novidades na parte interna, temos um painel digital frontal onde se pode ter acesso a todas as funções do veículos, seis airbags, bancos de couro com regulagem elétrica e sensores para a chuva e para a luz.

Todas estas novidades e muito mais podem ser encontradas na nova linha 2019 por um preço um pouco superior ao modelo atual ,que já existe no mercado. Quem quiser se antecipar e levar a sua versão 2019 para casa terá que desembolsar cerca de R$ 155.000,00. Uma diferença de quase R$ 10.000,00 a mais que a linha Griffe atual.

Emmanoel Gomes


Confira aqui todos os detalhes sobre o Peugeot 2008 2018.

As novidades trazidas pela montadora francesa Peugeot fizeram com que os fascinados por SUVs compactos ficassem abismados, impressionados e ansiosos pela experiência de dirigir uma máquina com tanta tecnologia.

São grandes mudanças no carro que levaram o SUV a um patamar elevado se comparado com os modelos concorrentes. A maior mudança no carro foi a substituição das 4 marchas por um conjunto de 6 marchas, deixando o veículo ainda mais potente.

Não deixe de se inteirar sobre tudo o que aconteceu com o modelo 2008 da Peugeot! Leia o post que preparamos para você ficar por dentro das novidades do modelo Peugeot 2008! Confira as informações sobre o SUV compacto da fabricante francesa Peugeot na mais nova versão e se surpreenda com as mudanças no veículo!

SUV Peugeot 2008 versão 2018

A Peugeot do nosso país já entrou no novo ano com a bela apresentação de seu modelo 2008 SUV Compacto. A principal novidade que esse veículo traz é a tecnologia de transmissão automática, que oferece ao motorista do carro mudanças de 6 marchas. Essa mudança pontua a superação de um dos grandes pontos fracos da versão anterior, que era o fato do carro possuir apenas 4 velocidades, deixando a desejar na velocidade alcançada do veículo (esse modelo de caixa era utilizado há aproximadamente 10 anos).

O novo SUV francês vem com o novo câmbio de 6 marchas assinado pela Aisin, do Japão, caracterizando uma unidade pertencente à terceira geração. Duas versões receberão esse novo câmbio: a Griffe e a Allure.

O acréscimo das velocidades acarreta em trocas mais precisas, portanto, essa nova transmissão promete o mesmo que a marca já anunciou: melhora na eficiência, desempenho maior custando consumo menor. Essas informações foram comprovadas pelo órgão Inmetro, que regula dados relacionados ao consumo. Segundo ele, o Peugeot 2008 com transmissão de 6 marchas é mais econômico que o de 4 marchas em todas as situações de teste, exceto na cidade em uso de gasolina.

Acerca do desempenho, a velocidade do carro não deixa a desejar, o modelo 2008 ano 2018 atinge a velocidade de nada mais nada menos que 186 km/h.

Há mais uma novidade que vale a pena a menção: o seletor de modos para conduzir. São 4 modos: sequencial, sport, eco e drive. Para quem pilota de maneira manual, o modo sequencial é o ideal. Já quem preocupa-se com a velocidade, dinamicidade e agilidade do carro, deve optar pelo modo sport, pois ele faz com que os giros do veículo sejam maiores e as trocas ficam ainda mais alongadas. O modo eco de direção é ideal para quem valoriza a economia de combustível e o modo drive se adequa aos motoristas convencionais, que possuem uma direção e velocidade constantes.

Falando em versões, o modelo da Peugeot Crossway está sendo incorporado à linha Peugeot 2008 – 2018, com novidade nas rodas de liga leve aro 16 polegadas e também novo revestimento automotivo: bancos em couro de cor escolhida pelo comprador e detalhes internos em tecido de primeira linha.

Os preços dos veículos da série Peugeot 2008 – 2018 já foram divulgados para comercialização, confira na lista abaixo os preços atualizados do modelos no Brasil:

  • Peugeot versão 2008 Allure ano 2018: 72.990 reais

  • Peugeot versão 2008 Crossway AT6 ano 2018: 87.190 reais

  • Peugeot versão 2008 Allure AT6 ano 2018: 78.590 reais

  • Peugeot 2008 Griffe THP ano 2018: 89.990 reais

  • Peugeot 2008 Griffe AT6 ano 2018: 85.190 reais

E então?! O que você achou sobre as mudanças impostas no modelo 2008 da montadora francesa Peugeot?! Compartilhe a sua opinião nos comentários abaixo! A nossa equipe quer saber: Você compraria o novo Peugeot 2008? Se sim, qual versão? Se não, por que?

David Ferreira


O Peugeot Partner é um carro que foi projetado para transportar volumes, dos pequenos aos médios, possuindo uma capacidade total de transportar até 800 kg.

A maioria dos brasileiros é apaixonada por carros e quando eles são lançamentos essa paixão tende ser ainda maior. Afinal, quem não gosta de um possante do ano? Assim, se você é um desses amantes de 0 km conheça o Peugeot Partner 2018, um lançamento que vai conquistar muitos consumidores.

O Peugeot Partner teve seu lançamento na França no ano de 1996, os brasileiros tiveram que esperar 3 anos para que seu lançamento fosse realizado no Brasil. Desde o ano de 2001 o modelo passou a ser feito na Argentina, mas no ano de 2010 uma reestilização foi realizada.

O intuito da montadora é realizar aquelas atualizações em sua mecânica e em seu design para que o modelo possa se manter na competição enfrentando seus concorrentes que são o Renault Kangoo e o Fiat Fiorino. Na realidade existe uma possibilidade de o Partner estar com seu visual um pouco defasado, o que pode não atrair tanto a atenção e novos compradores.

O Peugeot Partner é um carro que foi projetado para transportar volumes, dos pequenos aos médios, possuindo uma capacidade total de transportar até 800 kg.

De acordo com informações da sua montadora, o intuito foi produzir um automóvel que proporcione um excelente espaço com flexibilidade que permita o transporte de variados tipos de cargas, sempre pautado na praticidade e segurança.

E por falar em praticidade as portas de trás abrem em um ângulo de 180 ° e os vidros possuem um preparo que permitem ao motorista uma visibilidade melhor. Para o melhor manuseio de cargas em ambientes com espaço restrito, a porta lateral é ideal.

As caixas de roda foram feitas para que o compartimento de carga seja mais espaçoso, permitindo a realização de carregamento até mesmo pelo uso de pallets de forma direta por empilhadeiras.

Neste compartimento para cargas existem ganchos para amarração que foram estrategicamente posicionadas. As fechaduras foram embutidas no piso e internamente foram colocadas as maçanetas.

Para proporcionar mais conforto o veículo possui ar-condicionado, regulagem de altura para o volante e direção hidráulica.

Sua cabine possui um design que é parecido com o de um carro de passeio. Para ser ainda mais seguro foi colocada uma grade que faz a divisão do compartimento de carga e da cabine, sendo que é possível para o motorista ver tudo o que ocorre dentro do veículo. E para dar ainda mais segurança há um dispositivo de bloqueio instalado na porta lateral para que acidentes sejam evitados.

Falando do motor e sua potência o Peugeot Partner tem um motor de 1.6 de 16 Válvulas e Flex, com uma capacidade de até 113 cavalos quando abastecido com álcool e 110 cavalos de potencia quando abastecido com gasolina, seu torque máximo é de 15,5 kgfm. Sua transmissão é manual com cinco marchas.

De acordo com sua montadora o carro faz uma performance elogiável, até mesmo com está com carregamento em seu limite máximo.

Entre os pontos positivos do modelo estão as portas laterais que são corrediças, que permitem o estacionamento em espaços menores e a sua praticidade, por poder carregar passageiros e carga.

Como pontos negativos podemos citar seu visual que já está um pouco defasado precisando de mudanças mais marcantes e sua rede de concessionárias que ainda é pequena para o país.

Veja alguns itens de série de cada versão:

– Peugeot Partner Furgão: Rodas dianteiras e traseiras 14’’, volante com ajuste de altura, ajuste de altura nos bancos dianteiros, bloqueio de vazamento do tanque de combustível, em caso de acidentes, estepe em ferro, garantia total do veículo – OEM 36, luz de leitura dianteira, airbag dianteiro para motorista e passageiro, sistema de Ar-condicionado com 4 velocidades e opção de ar quente, entre outros.

O Peugeot Partner 1.6 Furgão ano 2018 será vendido por R$ 59.990,00.

Por Sirlene Montes

Peugeot Partner 2018


Peugeot 308 2018 é um carro seja potente, versátil e bonito. Confira suas especificações técnicas.

Para quem procura um carro novo que seja potente, versátil e bonito, já podemos dizer que ele já foi encontrado. É que todos esses requisitos podem ser facilmente encontrados no Peugeot 308 e sua linha 2018.

O Peugeot já é bastante conhecido dos brasileiros, afinal já está no Brasil desde o ano de 2012, quando o modelo 308 foi oficialmente lançado para substituir seu antecessor, o 307.

No ano de 2016 o modelo passou por uma interessante reestilização e assim a cada ano algumas coisas em seu visual vêm sendo modificadas.

Como novidade da linha de 2018 temos a volta da Roland Garros, uma série especial da marca que foi muito sucesso. Essa série é composta por carros que apresentam um diferenciado design, como os seus retrovisores que são cromados, nas rodas e no volante que é revestido de couro. Além disso, os tapetes e bancos também forma feitos com muito capricho e com exclusivos detalhes.

Na realidade, a intenção da fabricante era desenvolver um automóvel que fosse mais esportivo, passando uma ideia mais forte de dinamismo, sem perder o estilo marcante. Tudo isso acrescentados de tecnologia de ponta e itens extras de segurança.

O Peugeot 308 é um modelo que exibe um design sofisticado e moderno. Seus faróis foram equipados com luzes em LED e foram posicionados de forma afilada, dando mais personalidade e uma de refinamento ao carro.

Suas rodas são em liga leve de 17”, além de serem diamantadas. Sua grade frontal foi recolocada na vertical e recebeu um contorno todo cromado, deixando seu visual com um toque robusto.

No seu interior é impossível não reparar no seu teto panorâmico que está mais amplo. Além disso, todo o interior está refeito desenvolvido com foco na ergonomia.

Ainda temos uma central multimídia que possibilita o espelhamento da tela de aparelhos smartphones, operando com os sistemas Link My Peugeot, Apple e Android. Assim, com os usos desses sistemas e aplicativos todas as informações sobre o carro podem ser transmitidas para o celular como, por exemplo, o alerta para revisões.

Já falando de sua motorização em todas as versões encontramos um motor de 1.6 turbo Tipo THP Flex. Assim sua potencia chega a 165 cavalos quando abastecido com gasolina e 173 cavalos quando abastecido com etanol. Já o torque é de 24,5 kgfm, no máximo.

Sua transmissão é automática formada por seis marchas. A fabricante afirma que utilizou de sistemas eletrônicos que reduzem em até 7% o consumo de combustível.

Como pontos positivos do Peugeot 308 do ano de 2018 temos um veículo que oferece uma boa estabilidade, alto nível de acabamento e equipado com bons itens.

Por sua vez seus pontos fracos estão por conta de uma desvalorização rápida no mercado, o espaço do banco de trás que poderia ser maior e a visibilidade traseira que fica um pouco comprometida.

Conheça alguns dos itens de série que estão disponíveis para a linha 2018 do Peugeot 308:

Peugeot 308 1.6 THP Business Pro BVA: Volante revestido em couro, faróis de neblina dianteiros, luzes diurnas de LED (Day Running Lights), ar-condicionado com regulagem manual, computador de bordo, controle eletrônico de estabilidade (ESP), Entrada AUX + USB, banco do motorista com regulagem manual, alarme Periférico e Volumétrico, Sensor de estacionamento traseiro, entre outros.

Peugeot 308 1.6 THP Roland Garros: Volante revestido em couro com detalhes cromados, piloto automático e limitador de velocidade, teto de vidro Panorâmico, central multimídia touchscreen de 7″, acendimento automático dos faróis, banco do motorista com regulagem de altura, comandos no volante para rádio e Bluetooth, retrovisores externos com comandos elétricos, vidros elétricos sequencial/anti-esmagamento, entre outros.

Preços:

Peugeot 308 1.6 THP Business Pro BVA (Flex) linha 2018: Saindo por R$ 69.990,00;

Peugeot 308 1.6 THP Roland Garros (Aut) (Flex) linha 2018: Saindo por R$ 101.590,00.

Por Sirlene Montes

Peugeot 308 2018


O Peugeot 408 do ano de 2018 chega após passar por uma renovação em seu design procurando fazer a combinação de elegância e esportividade, sempre focando no conforto e no acabamento, mas sem perder seu estilo.

Que todo brasileiro é apaixonado por carros isso não é nenhuma novidade. Novidade mesmo é o Peugeot 408 do ano de 2018, que chega ao Brasil para surpreender e conquistar muitos compradores. Quer saber todos os detalhes? Continue lendo este artigo.

Como a maioria das pessoas já sabem o Peugeot 408 é um automóvel que é um lançamento da marca francesa no ano de 2011, chegando ao mercado para concorrer com os também consagrados Toyota Corolla e Honda Civic.

Em 2011 seu lançamento foi um verdadeiro sucesso, porém no ano de 2016 o modelo 408 passou por uma reestilização, de modo que suas faculdades mecânicas foram aprimoradas e alguns detalhes no visual foram modificados.

E já falando em detalhes visuais o Peugeot 408 do ano de 2018 chega após passar por uma renovação em seu design procurando fazer a combinação de elegância e esportividade, sempre focando no conforto e no acabamento, mas sem perder seu estilo.

Como novidade temos uma grade com cromo nas barras, além de um sofisticado conjunto de faróis para neblina que dão uma aspecto de robustez.

Na parte de traz do veículo linhas leves foram colocadas e as lanternas em LED ganharam um novo formato. As rodas do Peugeot também foram substituídas sendo de 17” de liga leve e diamantadas.

Em termos de tecnologia o 408 conta com uma central multimídia que recebe comandos por meio de uma tela touchscreen de 7 polegadas e que opera com uma tecnologia chamada Mirrorscreen, que possibilita espelhar aplicativos do telefone de forma direta no painel. Esta nova tecnologia possui compatibilidade com Apple CarPlay e Android Auto. O aplicativo Link My Peugeot é bastante útil uma vez que possibilita a transmissão de diversas informações do veículo para o aparelho celular, como por exemplo, o alerta para a realização de revisões.

As versões do Peugeot 408 2018 possuem motor de 1.6 turbo com THP Flex que possui um desempenho de até 173 cavalos de potência quando abastecido com etanol e 166 cavalos de potência quando abastecido com gasolina.

Todas as versões possuem transmissão automática composta por seis velocidades. Algumas partes foram alteradas para que o consumo de combustível fosse reduzido.

Como pontos fortes do modelo 2018 temos uma excelente estabilidade, muito conforto e bons equipamentos.

Agora, os pontos fracos ficam por conta de uma suspensão rígida, o consumo de combustível que ainda deixa a desejar e uma desvalorização no mercado que se dá de forma mais rápida

Agora vamos falar dos queridinhos itens de série que as duas versões possuem. Vamos lá.

– Peugeot 408 Sedan BUSINESS 2018: Volante revestido em couro, 3 apoios de cabeça traseiros com regulagem altura, maçanetas internas, cromadas, piloto automático e limitador de velocidade, banco do motorista com regulagem de altura, tomada de energia 12V, trava de segurança infantil nas portas traseiras, ar condicionado com regulagem manual, vidros elétricos sequencial/anti-esmagamento, entre outros.

– Itens de série Peugeot 408 Sedan GRIFFE 2018: Teto solar, cintos de segurança dianteiros pirotécnicos, piloto automático e limitador de velocidade, freios ABS e REF (Distribuição eletrônica), 3 cintos de segurança traseiro de 3 pontos, 3 apoios de cabeça traseiros com regulagem altura, Coluna direção com regulagem altura e profundidade, alarme perimétrico e volumétrico, entre outros.

Gostou dos itens de série das duas versões? Mas eles não param por aí não. Veja abaixo a sugestão de preços das versões do modelo.

– Peugeot 408 Sedan BUSINESS 1.6 THP 2018: Saindo por R$ 86.680;

– Peugeot 408 Sedan GRIFFE 1.6 THP 2018: Saindo por R$ 99.280.

Nesse sentido, se você busca por um carro potente, imponente e sofisticado, com certeza você vai gostar do Peugeot 408 2018.

Por Sirlene Montes

Peugeot 408 2018

Peugeot 408 2018


Modelo ganhou uma alteração importante: a transmissão automática de quatro marchas foi trocada por uma caixa mais moderna, de seis.

Bonito, bom de guiar e com um pacote de equipamentos atraente, o Peugeot 208 nunca foi o sucesso de vendas esperado pela marca francesa no Brasil. Mesmo após ganhar o facelift, no ano passado, seus emplacamentos não embalaram. Agora, na linha 2018, uma mudança importante pode ajudá-lo a entrar no radar dos consumidores: a troca da transmissão automática de quatro marchas por uma caixa mais moderna, de seis, a mesma usada pelo novo 3008 e presente nos primos Citroën C3 e Aircross.

Responsáveis por 40% das vendas do modelo, as versões automáticas com motor 1.6 agora partem de R$ 65.990 e chegam a R$ 70.490 no topo de linha Griffe, avaliada aqui. Além do novo câmbio, o 208 ganhou uma central multimídia mais funcional e compatível com Google Android Auto e o Apple CarPlay. A telinha também já está habilitada para espelhar o aplicativo Waze. Confira como ficou o carro com as melhorias

Impressões gerais

O 208 é tão agradável de dirigir quanto de olhar. O design do hatch é com certeza um de seus pontos fortes, mas a dirigibilidade também está na lista de qualidades. A direção elétrica é leve e o pequeno volante ajustável em altura e profundidade continua a oferecer ótima empunhadura. Mas é preciso tomar cuidado para a peça não encobrir o quadro de instrumentos, que fica acima e não "dentro" do volante. Resolvido esse pequeno problema, o motorista desfruta de um interior caprichado, especialmente na versão Griffe, a única com detalhes em cromado e preto brilhante em diversas peças da cabine.

Impressões ao volante

Na hora de guiar, o motor 1.6 16V continua a oferecer um desempenho satisfatório, tanto na cidade quanto na estrada, mostrando que o casamento com o novo câmbio Aisin é bem sucedido. As trocas de marchas são suaves e estão mais rápidas. Mas o quatro cilindros perdeu um pouco de rendimento ao ser recalibrado: agora são 118 cv e 16,1 kgfm de torque – antes eram 122 cv e 16,4 kgfm. A mudança, no entanto, não alterou a disposição do hatch nas acelerações e retomadas de velocidade, que mostra agilidade no dia a dia.

Se desejar respostas mais instantâneas ao pisar no acelerador, basta acionar o modo Sport, uma novidade vinda com a nova transmissão. O recurso tende a compensar a perda das borboletas para trocas de marchas atrás do volante, até então ofertada nessa versão. De qualquer forma, as mudanças sequenciais ainda podem ser realizadas, mas o comando é feito pela própria alavanca do câmbio.

Outro aspecto que poderia ter melhorado é o consumo. Com a atualização do câmbio, era esperada uma redução considerável no gasto de combustível. Mas não foi o que aconteceu. Na cidade, os números até pioram, mesmo com o modo Eco acionado. Segundo o Programa Brasileiro de Etiquetagem Veicular do Inmetro, o 208 registrou uma média 7,7 km/l, contra 8,1 km/ de antes. As marchas adicionais ao menos beneficiaram o consumo na estrada, que agora é de 9,3 km/l, uma melhoria pequena em relação aos 9,1 km/l aferidos pelo 208 com a caixa de quatro marchas.

Custo-benefício

Desde a versão Allure, de R$ 65.990, o hatch vem equipado com quatro airbags (dianteiros e laterais), ar-condicionado digital de duas zonas, controlador de velocidade e teto solar panorâmico. A central multimídia foi atualizada. A tela sensível ao toque tem sete polegadas e reúne desde as funções do sistema de som e telefone, até informações do carro (consumo e autonomia). Na linha 2018, ela também passou a ser compatível com Android Auto e Apple CarPlay, afora o espelhamento do Waze (só via Android). No geral, ficou bem mais rápida e amigável do que antes.

Mais bem acabada, a versão Griffe ainda tem diferenciais como airbags tipo cortina, sensores de estacionamento dianteiro, câmera de ré, acendimento automático dos faróis e sensor de chuva. Pena que o controle de estabilidade só seja oferecido na versão esportiva GT, um recurso de segurança importante e já presente em rivais como Ford Fiesta e as configurações mais completas do novo Fiat Argo.

Por Isabela Castro

Peugeot 208 2018

Peugeot 208 2018


Novo modelo deve chegar ao mercado brasileiro com um atrativo espaço para até sete pessoas.

Uma super novidade no ramo automobilístico foi divulgada para o ano de 2018. Trata-se do Peugeot 5008, que, ao que tudo indica, deve chegar ao mercado brasileiro com um atrativo espaço para até sete pessoas.

As informações oficiais foram compartilhadas pela agência de noticiais Reuters. A base para a chegada do modelo 5008 foi feita pelo bom desempenho do 3008, que possui até mesmo fila de espera de aproximadamente quatro meses. Isso porque a cota avaliada para o SUV era de 250 unidades por mês. Porém, devido à grande demanda, essa já chega a necessidade de 900 veículos mensais.

Um pouco mais sobre o Peugeot 5008

Exibido em primeira mão no Salão do Automóvel de Buenos Aires, que ocorreu no mês de junho de 2017, o Peugeot 5008 possui a mesma plataforma modular em EMP2 de seu irmão e de outro modelo da Citroen, o Grand C4 Picasso. Com entre-eixos de 2,84 metros, uma das diferenças do 5008 é o comprimento de 4,64 metros, o que o coloca numa posição de um pouco menor do que o Chevrolet Equinox 2018 ou, ainda, o Novo Honda CR-V.

Com faróis do utilitário esportivo em full LED e luzes diurnas com diodos que emitem luz e repetidores de direção, o carro vem com lanternas na parte traseira também em LED e acabamento diferenciado em preto brilhante. Porém, é importante destacar que, apesar das semelhanças com o 3008, o 5008 apresenta as suas colunas D com um desenho próprio e com os frisos em alumínio.

Muito conforto em um carro só

Uma das características mais atraentes do Peugeot 5008 se refere ao cluster i-Cockpit, com tela digital de 12,3 polegadas e volante oval pequeno. Em relação à multimídia do automóvel, essa utiliza um sistema Android exclusivo para carros, o Android Auto e Car Play.

Outro detalhe que não pode passar despercebido é o ajuste elétrico e a função de massagem dos bancos. Tudo isso para garantir o maior conforto de quem estiver dentro dele.

Outras especificações

O Peugeot 5008 possui outras especificações e elementos que irão deixar os seus usuários apaixonados por esse carro. Entre eles, pode-se citar o frigobar localizado entre os bancos, o teto solar com visão panorâmica, o carregamento indutivo de um smartphone e toda a iluminação interna em LED.

Já na segunda fileira de bancos, os assentos possuem ajustes longitudinais, permitindo o fácil acesso à fileira localizada na traseira. Todavia, os lugares do fundo do SUV não possuem um ajuste nos seus encostos verticais, o que proporciona um espaço mais reduzido no bagageiro.

O que é esperado para o motor do Peugeot 5008?

Na Europa, o utilitário já é comercializado na versão com motor 1.2 turbo de 130 cv e no 1.6 THP de 165 cavalos. Além disso, ainda há as variantes disponíveis a diesel.

Já no Brasil, a motorização esperada para chegar ao mercado no Peugeot 5008 é somente a padrão da marca francesa, o já mencionado motor 1.6 THP, com 165 cavalos de potência e torque de 24,5 kgfm. Esse será somente a gasolina. Já o câmbio será automático e de seis marchas.

Melhora da Percepção

Uma forte estratégia da Peugeot de melhorar a sua percepção entre os usuários brasileiros da marca, o 5008 busca elevar a imagem da marca no país, trazendo uma gama de veículos que já está na Europa. A mudança já começou com a importante chegada do 3008 que, apesar do pequeno volume de vendas em unidades totais, já apresenta resultados satisfatórios.

Portanto, resta aguardar mais detalhes do que vem por aí no próximo ano. Fique ligado e não perca nenhum lance importante da montadora francesa.

Por Kellen Kunz

Peugeot 5008


Modelo estará à venda no Brasil em meados de julho e terá preço inicial de R$ 135.990.

Nesta terça-feira, 20 de junho, a Peugeot lançou oficialmente no mercado brasileiro a mais nova geração do 3008.

Com preço inicial de R$ 135.990, preço esse que é promocional devido à pré-venda, essa é uma das grandes apostas da montadora francesa. A marca ainda destaca que o automóvel estará disponível nas concessionárias a partir de meados de julho. Em relação ao preço, a Peugeot também destaca que pode haver aumento.

Essa é a segunda geração da linha 3008 que foi apresentada pela primeira vez em 2009 como um automóvel da categoria crossover, ou seja, que mescla caraterísticas de tipos distintos de veículos. Porém, o mais novo lançamento trás um novo conceito: o novo Peugeot 3008 está com aparência de um SUV. Vale destacar que o mesmo será disponibilizado em apenas uma única versão que foi batizada de Griffe.

Um dos destaques deste lançamento é, sem sombra de dúvidas, o grande número de itens de série que estão presentes no automóvel.

Confira aqui esses itens: ar condicionado com tecnologia para motorista e passageiro; controles de tração e estabilidade; seis airbags; retrovisor interno antiofuscante; faróis full LED; sensores de luz, chuva e estacionamento dianteiro e traseiro; rodas de 19 polegadas; teto solar panorâmico; fixação Isofix; bancos de couro, sendo que há regulagem elétrica para o motorista; central multimídia com tela de 8 polegadas e espelhamento Android Auto, Apple CarPlay e MirrorLink; e quadro de instrumentos digital de 12,3 polegadas.

Como já destacado nesta matéria, o design do novo Peugeot 3008 é uma das principais atrações deste lançamento. O grande destaque é a ausência de semelhanças entre o visual da nova geração e a antiga. A nova configuração trás um conjunto mais arrojado. Com isso, a grade passou por mudanças e ganhou novo formato além de ter ficado menor. O capô também passou por mudanças, haja vista o mesmo estar mais comprido e horizontal. A traseira também tem novidades: as lanternas agora são retangulares e divididas em três barras.

Já quando o assunto é a parte mecânica, saiba que a motorização é a mesma da linha anterior. Com isso, está sob o capô o motor 1.6 turbo de 165 cv. Devido ao fato de este modelo ser importado da França, o motor é movido apenas à gasolina. Caso não saiba, os modelos nacionais da Peugeot que contam com este mesmo motor contam com a versão flex de 173 cv. Em relação ao câmbio, o mesmo é de seis marchas e automático.

Se o motor é o mesmo da geração anterior, a plataforma não deixa a desejar. O novo 3008 conta com a EMP2, uma das plataformas mais modernas da montadora francesa e que também está presente no Peugeot 308 nova geração e o Citroën C4 Picasso, por exemplo.

Por Bruno Henrique

Peugeot 3008

Peugeot 3008


Versões custam a partir de R$ 101 mil.

A montadora francesa de veículos, a Peugeot, iniciou a comercialização de sua mais nova edição especial para os modelos 408 e 308, remetendo a Roland Garros. Os veículos terão suas vendas iniciadas no valor de R$ 101.590,00. A fabricante é a empresa que patrocina a famosa competição de tênis e irá produzir 300 exemplares, onde 200 das mesmas serão produzidas em um modelo hatch e as outras 100 serão no modelo sedã, todas elas com cor branca e tendo como base a versão mais completa, conhecida como Griffe. Para se ter como uma base de valores, o modelo Peugeot 408 na versão Griffe atualmente custa R$ 98.590.

Esse valor representa um aumento de 3 mil reais. Nessa diferença de preço já está incluso alguns itens para personalizar o modelo. De acordo com informações da fabricante, ambos os veículos irão ser comercializados com os emblemas da competição francesa de tênis na tampa do porta malas, nas laterais, nas rodas Horus de aro 17, tapete customizado, acabamento especial em seus bancos traseiros, dianteiros e nos apoios de braço cinza claro em couro com costuras na cor laranja e capas cromadas nos retrovisores.

Os modelos lançados pela Peugeot irão contar com um propulsor flex 1.6 THP, que consegue gerar uma potência de até 173 cavalos, combinado com uma transmissão automática de seis velocidades, permitindo também que o condutor realize trocas manuais das marchas, por meio de uma alavanca.

Além deste lançamento, a montadora também está realizando uma promoção, que é um sorteio de uma viagem para a cidade de Paris, na qual o vencedor irá assistir o jogo da semifinal do torneio masculino, a ser realizado no dia 9 de julho de 2017. Para participar desta promoção e então ter a oportunidade de concorrer a este prêmio, o consumidor deve realizar um cadastro com seu número de CPF, diretamente na página eletrônica da promoção e então seguir os passos apresentados no site para que o sistema gere um número da sorte e possa concorrer.

Se você gosta do esporte e deseja assistir esse jogo, não perca esta chance.

FILIPE R SILVA


A nova geração do Peugeot 3008 totalizou 319 pontos e foi eleito o Carro do Ano na Europa.

Na briga pelo posto de Carro do Ano 2017 no Velho Mundo, a geração nova do Peugeot 3008 acabou se consagrando campeã. O veículo foi elogiado por ofertar um bom espaço e também pelo seu desenho, além da praticidade de seu interior que foram determinados como um das principais pontos positivos do modelo. Ao todo, foram sete modelos que chegaram até a etapa final e somente o crossover francês ultrapassou a marca dos 300 pontos, totalizando 319.

A marca francesa Peugeot inusitou no setor automotivo ao conseguir eleger o modelo 3008, no Salão de Genebra, como o Carro do Ano na Europa. Tal título que acabou por consagrar a montadora da França veio por meio de um júri, que foi composto por 58 jornalistas, de 22 países do continente europeu.

Os pontos positivos do veículo que acabaram por chamar mais atenção do júri foram o design e também o espaço interno. Hakan Matson, o presidente da bancada e também especialista em automóvel da revista sueca de economia Dagens Industri, comentou sobre seu voto, dizendo que o júri reconhece o quanto a quota do setor dos veículos Crossover e SUV tem aumentado e que o modelo Peugeot 3008 era um vencedor digno.

O modelo Francês já teve sua apresentação realizada aqui no Brasil, durante o Salão de São Paulo, no mês de novembro do ano passado. Entretanto ainda não iniciou suas vendas. Acredita-se que até o próximo ano, o 3008 já seja vendido no Brasil.

A segunda posição foi conquistada pelo Alfa Romeo Giulia, que atingiu 296 pontos, vindo logo atrás no pódio está o Mercedes-Benz Classe E, com 197 pontos. O ranking ainda conta com o Volvo S90 com 172 pontos, o Citroën C3 com 166 pontos, o Toyota C-HR com 165 pontos e também o Nissan Micra com 135 pontos.

Todos os veículos foram submetidos a diversos tipos de avaliações e testes de cada um dos jurados e então foi recebeu uma determinada nota.

O prêmio foi entregue em uma cerimônia que ocorreu às vésperas do Salão de Genebra.

Por Filipe Silva

Peugeot 3008

Peugeot 3008

Fotos: Divulgação


Modelo conta com itens exclusivos e custa a partir de R$ 83 mil.

E para os brasileiros apaixonados por carros, a Peugeot está com novidades. É o Crossway, uma nova versão do Peugeot 2008 com um visual moderno de muito estilo. A nova versão vem com itens exclusivos de série e com algumas modificações, tanto no seu interior, quanto no exterior. Com a versão que é especial e limitada no Brasil, o modelo recebeu como cor padrão o Blanc Nacré e tem o valor inicial de R$ 83.690,00.

Diferente da antiga versão, o Crossway apresenta um interior estilizado. Os bancos dianteiros são diferenciados, confeccionados em couro e com um bordado que traz o logotipo da série especial. Já o banco do motorista tem regulagem de altura e o volante possui dimensões reduzidas. O painel está localizado em posição superior ao aro de direção, permitindo a regulagem de altura e profundidade. Além de aletas atrás do volante para as trocas de marchas manuais. Para completar o ambiente interno, jogos de tapetes e seis air-bags.

Do lado de fora as mudanças também estão evidentes, a começar por um pacote de acessórios e pelas molduras pretas instaladas nas caixas de roda. As rodas são de 16 polegadas Titane Noir Onyx, com um revestimento também em tinta preta, mais uma pigmentação especial, desenvolvida exclusivamente para essa versão. A lateral está coberta por um adesivo e sobre os retrovisores, que agora são equipados com pisca, existe uma capa cromada. Detalhes requintados que fazem o Crossway um automóvel marcante e atraente.

Mas as novidades não param por aí, o modelo também possui recursos tecnológicos que oferecem conforto e praticidade aos seus usuários. Com o sistema i-Cockpit, que facilita a vida do motorista permitindo o ajuste de posição, somado ao design do volante, resultam em uma performance melhor e mais segura. A central multimídia com tela de 7 polegadas, Touschscreen (sensível ao toque), com inúmeras funções como rádio, GPS, computador de bordo e acesso ao sistema Link My Peugeot, um sistema de aplicativos que possibilita o acesso a informações sobre o carro.

Com o motor 1.6 flex de 122 cavalos de potência, câmbio automático e muito mais, o Novo Peugeot 2008 Crossway 2017 chega ao Brasil prometendo eficiência, conforto, segurança e prazer em dirigir.

Sirlene Montes


Confira aqui o preço e a ficha técnica do Novo Peugeot 308 2017.

A montadora francesa Peugeot anunciou recentemente que em breve será comercializado o modelo 308 na linha 2017. O veículo agora está equipado, em todas as versões, com um propulsor de 1.6 THP, sendo comercializado nas opções Griffe THP e Allure THP, além da versão que será exclusiva para Pessoas com Deficiência (PCD), a Allure Business THP.

O motor conseguirá gerar uma potência de 173 cavalos, trabalhando juntamente com um câmbio com relações alongadas em 11 por cento, o EAT6, função RDT, novo conversor de torque, modo ECO e modo Sport, que diminui o consumo de combustível em 7,5%.

Os freios serão mantidos acionados, pelo sistema Hill Assist, por até dois segundos, tanto em descidas quanto em subidas.

Confira abaixo os valores das versões com sua lista de itens:

Peugeot 308 versão Allure Business THP. Valor: R$ 69.990 (exclusivo para pessoa com deficiência)

  • Câmbio automático de seis marchas
  • Teto panorâmico de vidro
  • Modo ECO
  • Farol de neblina
  • Piloto automático e controlador de velocidade
  • Sensor de chuva e limpador de parabrisa automático
  • Acendimento automático dos faróis
  • Trio elétrico
  • Ar-condicionado digital automático de duas zonas
  • Direção eletro-hidráulica
  • Sensor de estacionamento traseiro
  • ESP com Hill Assist
  • Alarme
  • 6 airbags
  • Isofix
  • Revestimento dos bancos em tecido
  • Porta-luvas iluminado e refrigerado
  • Rodas de liga leve com 17”
  • Rádio com comandos na coluna de direção
  • Central multimídia com Car Play e Mirror Link

Peugeot 308 versão Allure THP. Valor: R$ 83.490

Além dos equipamentos da versão acima, conta com:

  • Revestimento do volante em couro
  • Luzes diurnas em LED
  • Revestimento dos bancos em tecido e couro
  • Retrovisor interno eletrocrômico

Peugeot 308 verão Griffe THP. Valor: R$ 89.490

Os itens da versão acima mais:

  • Câmera de ré
  • Sensor de estacionamento dianteiro
  • Navegador GPS
  • Retrovisores externos rebatíveis eletricamente
  • Bancos revestidos em couro
  • Rodas diferenciadas com 17 polegadas
  • Volante esportivo revestido em couro com detalhes cromados
  • Nos para-sois, espelhos iluminados
  • Apoio de braço no banco traseiro

As cores Preto Perlanegra e Cinza Alumínio custam R$ 1.290 e por R$ 1.690 é possível escolher a cor Branco Nacre. Já a Branco Banquise, que não está disponível para a Griffe THP, sai por R$ 500.

FILIPE R SILVA


Confira aqui um comparativo entre o Peugeot 208 GT e o Renault Sandero RS.

No meio automobilístico, de vez em quando ouvimos expressões como “pocket rockets”, o que em um português claro quer dizer basicamente "foguetinho de bolso", ou seja, aqueles modelinhos pequenos e rápidos de carros. Sabendo disso, a boa notícia é que o Brasil agora conta com mais dois representantes dessa categoria.

Para refrescar a memória, no mês de setembro de 2015 chegou por aqui o Renault Sandero RS, este por sua vez tem sua unidade de fabricação localizada em São José dos Pinhais (PR). Na tabela oficial de preços ele parte dos R$ 61.509. Já da fábrica da Peugeot, situada em Porto Real, no estado do Rio de Janeiro, irá chegar o 208 GT. A informação é de que os preços iniciais ficam em R$ 79.790.

Analisando as duas opções, uma das primeiras conclusões a que chegamos é que entre os modelos que seguem essa linha os dois defendem muito bem o conceito dos “pocket rocket”. Um dos principais pontos que contribuem para isso é o fato de que eles entregam mesmo uma ótima qualidade em termos de agilidade. Mas há um porém, quando o assunto é uma pegada um pouco mais para o lado esportivo, eles deixam a desejar. Outro aspecto que deve ser considerado nesse sentido é o fato de que a recém-lançada versão do 208 chega com um preço batendo na porta dos R$ 80.000. A título de curiosidade, acaba sendo mais caro que o Sandero RS.

Agora se formos tratar das versões tradicionais, o 208 sem dúvida alguma segue sendo superior ao Sandero. Logo a primeira vista a Peugeot se destaca na questão da construção do carro, que consequentemente acaba afetando de maneira direta no “gosto de guiar” do condutor. Além disso, ainda podemos incluir na lista o acabamento do carro, digno de uma certa dose de respeito e um ponto que muita gente deverá adorar: a diversidade tecnológica que se encontra integrada no modelo. Já naquela parte que interessa a qualquer um que planeja ter um carro, o GT de cara anda mais rápido do que RS.

A novidade prestes a estar presente nas lojas de todo país possui um motor 1.6 flexível, com capacidade de gerar até 173 cv. O RS com o 2.0 aspirado entrega 150 cv, observando o fato de que nos dois casos foram analisados com o uso do etanol.

Por Denisson Soares


Modelo traz mudanças no design exterior e na mecânica.

O Peugeot 208 da linha 2017 chega ao mercado com algumas novidades que se faz essencial destacar. Nesta matéria, apresentaremos os principais aspectos de mudanças do carro da marca.

No que diz respeito ao design exterior, foram realizadas mudanças pontuais na parte frontal e na parte traseira do veículo. Os faróis dianteiros, agora, possuem maior ar de agressividade, haja vista terem ganhado uma máscara negra. As lanternas traseiras passaram por mudanças substanciais que não deixam de ser percebidas. Foram empregadas luzes de LED que dão uma sensação de tridimensionalidade e, ao mesmo tempo, mais modernidade ao carro.

As laterais do Novo Peugeot 208 não passaram por mudanças visíveis.

No que diz respeito à mecânica, o Novo Peugeot 208 chega com um motor de entrada com 1.2 litro que rende 90 cavalos de potência máxima com etanol e 84 cavalos de potência máxima com gasolina. Um item que é interessante nesse veículo é um sistema de pré-aquecimento de combustível que, automaticamente, dispensa aquele tanquinho que você tem que ficar completando rotineiramente com gasolina.

O Novo Peugeot 208 foi classificado como nota “A” pelo INMETRO em relação à economia de combustível e emissão de poluentes. Tal fato dá ao carro uma grande vantagem diante de alguns de seus concorrentes diretos, haja vista que, atualmente, a economia de combustíveis e a emissão de poluentes ser fator verificado por muitas pessoas, se não a maioria, no momento da compra. Para se ter uma noção básica sobre a economicidade do novo carro da montadora francesa, o Instituto MAUÁ realizou um teste de rodagem entre São Paulo e Brasília, ou seja, cerca de 1.000 Km de distância, no qual, com apenas um tanque de combustível, cerca de 55 litros, foi possível realizar toda essa corrida. Foi possível perceber que o Novo Peugeot 208 desempenhou uma média de 21,8 Km/l.

Com relação ao preço, o Novo Peugeot 208 varia de R$ 48.190,00, em sua versão Active com um motor 1.2 manual a R$ 78.990,00 com um motor 1.6 THP manual. Importante ressaltar que essa última versão é a GT, topo de linha do modelo.

Sem dúvidas, o Novo Peugeot 208 impressiona por seus números e ousadia.

Por Raquel Moreira

Peugeot 208 2017

Peugeot 208 2017

Fotos: Divulgação


A informação é de que o modelo será lançado do Salão de Automóvel de Paris. O carro está mais leve e conta com mais espaço interno

O Peugeot 3008 vai chegar com uma cara mais parecida com a de um SUV. As primeiras imagens do carro foram divulgadas recentemente pela montadora francesa. De acordo com as imagens o carro apresenta uma aparência bem mais esportiva e robusta. Isso graças a alguns aspectos interessantes como pára-choque mais largos, apliques com saias laterais e rodas maiores bem como barra de teto entre outros.

Mesmo considerando essas modificações a marca fabricante afirma que o novo modelo é cerca de 100 kg mais leve do que seu antecessor. O carro foi construído em cima da plataforma modular de EMP2.

Com relação as medidas do 3008 temos 4,45 m de comprimento, 8 cm a mais se comparado com a versão anterior.

Um dos principais benefícios desse aumento foi para a distância entre os eixos. O aumento aqui cresceu para 6,2 que resulta em 2,67 m. Como resultado o aumento interno cresceu. A capacidade do porta-malas também. Agora ele conta com capacidade de 520 litros, 90 L a mais do que antes.

E tem mais, com o lançamento a Peugeot criou uma bicicleta e um scooter elétricos e que são dobráveis para que seja possível transporta-los no veículo. Aqui a largura permanecerá a mesma sendo 1,84m por 1,62 m respectivamente. Já a distância entre o solo é de 22 centímetros.

Outro aspecto interessante de ser destacado no 3008 é o teto solar que foi renovado em todas as versões.

A parte interior tem seus destaques também. O painel de instrumentos é completamente digital e ocupa uma tela de 12.3 polegadas. São 5 opções de display que entre outros dados mostra ao condutor dicas de rota e alertas ao motoristas. O controle pode ser feito perfeitamente por meio do volante. Esse item por sinal ficou menor e deve deixar uma pegada melhorar para ao motorista. Ainda de acordo com o a marca a visão do painel ficou mais ampla bem como o espaço para as pernas.

A central de multimídia ainda conta com o Apple Car Play e o Android Auto para reprodução de smartphones nas telas. O novo conceito abordado pela montadora batizado de “i Cockpit” ainda tem bancos que trazem massageadores e aromatizadores.

Por Denisson Soares


Reajuste nos preços variam de R$ 1,1 mil e R$ 1,6 mil.

A Peugeot reajustou os preços dos veículos do ano no Brasil. Os modelos 208, 308, 408, 2008 e 3008 foram os que tiveram aumento em seus preços. As alterações foram de R$ 1,1 mil a R$ 1,6 mil. O 3008 teve a mudança mais impactante, R$ 3 mil a mais no valor de venda. O veículo mais acessível de toda a linha Peugeot 2016 agora custa R$ 46.590, já com kit multimídia de série.

O Peugeot RCZ conversível continuou no mesmo valor. E a versão de entrada do 208, sem sistema de áudio e que custava R$ 46.090, não será mais produzida.

Abaixo, veja a tabela dos aumentos dos valores divulgada pela empresa.

O 208 teve elevação de valores em R$ 1,1 mil em todas as versões:

  • 1.5 Active passou de R$ 46.590 a R$ 47.690.
  • 1.5 Active Pack passou de R$ 50.090 a R$ 51.190.
  • 1.5 Allure manual passou de R$ 53.390 a R$ 54.490.
  • 1.5 Allure automático passou de R$ 57.490 a R$ 58.590.
  • 1.5 Griffe manual passou de R$ 59.290 a R$ 60.390.
  • 1.5 Griffe automático passou de R$ 62.690 a 63.790.

O modelo 308 teve aumento geral de R$ 1,5 mil:

  • 1.6 Griffe THP passou de R$ 82.990 a R$ 84.490.
  • 1.6 Allure passou de R$ 69.990 a R$ 71.490.
  • 2.0 Aluure passou de R$ 75.990 a 77.490.

O Peugeot 408 ficou R$ 1,6 mil mais caro:

  • 2.0 Allure passou de R$ 75.990 a R$ 77.590.
  • 1.6 THP Griffe passou de R$ 86.990 a R$ 88.590.

As versões do 2008 tiveram reajuste de R$ 1,4 mil:

  • 1.6 Allure manual passou de R$ 67.190 a R$ 68.590.
  • 1.6 Allure automático passou de R$ 70.890 a R$ 72.290.
  • 1.6 Griffe manual passou de R$ 71.290 a R$ 72.690.
  • 1.6 Griffe automático passou de R$ 74.990 a R$ 76.390.
  • 1.6 Griffe THP manual passou de R$ 79.590 a R$ 80.990.

O 3008 crossover 1.6 Griffe THP custava R$ 115.990 e agora sai por R$ 118.990.

Bruno Klein


Novo carro chega cheio de novidades e irá concorrer com o Renault Megane e Opel Astra.

O novo modelo da Peugeot, o 308 GTi, é considerado um concorrente à altura para veículos como o Renault Megane RS 275 Tropy e o Opel Astra. Seu visual interior é caprichado e seu design externo garante um belo visual aos amantes da marca.

O modelo GT lançado no ano passado possuía 205 cv de potência e já despertava o interesse dos consumidores, mas esse ano chega o que o mercado considera a "cereja do bolo". O novo modelo GTi possui um motor de 1.6 THP e pode ter impressionantes 250 ou 270 cv. Ambos os modelos contam com 33,5 kgfm de torque.

O modelo também agrada aos motoristas que gostam de "sentir" o carro: nada de transmissão automática! São seis marchas manuais e tração dianteira que oferece muito mais autonomia ao motorista. O modelo consegue ir de 0 a 100 km em apenas 6,2 segundos para a versão com 250 cv e 6,0 segundos para a versão com 270 cv. Outros detalhes do modelo é o seu visual inovador: o modelo possui um escape duplo cromado e um difusor traseiro de ar em detalhe preto brilhante.

A aerodinâmica é discreta e o carro possui duas entradas de ar laterais, localizadas no para-choque dianteiro, além de contar também com grades em formato de colmeia.

A parte interna do GTi possui costuras vermelhas e detalhes em alumínio como os pedais, apoio de pé e alavanca de câmbio. Os clusters são personalizados e os bancos são em Alcântara ou couro. As rodas terão as opções de 18 polegadas para o modelo de 250 cv e 19 polegadas para a versão de 270 cv, contrariando o que foi apresentado no folder publicitário do novo modelo.

Se você é daqueles fãs de carro que adora um ronco de motor potente, vai adorar ver o novo vídeo que a Peugeot liberou do novo modelo. O vídeo-relaese possui apenas alguns segundos, mas já deixa os futuros consumidores ansiosos por andar no novo e potente modelo da Peugeot.

E você? Gostaria de experimentar toda a potência do novo Peugeot 380 GTi?

Por Patrícia Generoso


Peugeot apresenta Novo 308 GTI. Carro será equipado com um motor 1.6 turbo e custará cerca de R$ 128 mil.

A fabricante de veículos Peugeot fez a revelação nesta quinta-feira, dia 18 de junho, do novo Pegeout 308 modelo GTi. Antes dessa revelação, vários teasers do veículo foram divulgados. Este novo modelo do 308 nada mais é do que uma versão mais do que apimentada, pois virá equipada com um propulsor turbo 1.6 tetra cilíndrico, o qual será capaz de oferecer ao veículo uma potência máxima de nada mais nada menos que 250cv ou 270cv, além de um torque máximo de 33,65 Kgfm. Este motor envenenado foi conjugado a uma transmissão manual de seis marchas. No total, este conjunto mecânico terá um peso de 1.205 kg, porém, permitirá que este carro consiga acelerar de 0 a 100 Km/h na incrível marca de 6,2 segundos.

Este modelo já virá de fábrica equipado com rodas de liga leve no tamanho de 18 polegadas, bancos no estilo esportivo, enquanto a versão topo de linha terá como diferencial rodas de 19 polegadas, bem como diferencial de deslizamento limitado da marca Torsen, tecnologia esta que tem a capacidade de bloquear parcialmente uma roda quando o veículo patina e transferir parte do torque para outra roda .

Como é um veículo esportivo, ele foi rebaixado 1,1cm e por este motivo teve que passar por uma série de renovações no chassis e no seu sistema de direção. Outra novidade trazida por este veículo é a possibilidade que o condutor terá de desativar o controle de estabilidade do carro. A emissão de poluentes desse carro já virá conforme determina as normas vigentes na Europa, por falar nisso, o consumo médio desse carro será de 16,6 Km/l.

Não restam dúvidas de que o visual deste novo Peugeot 308 GTi ficou ainda mais agressivo, pois na parte traseira foi inserido um difusor na cor preta e escapamento com dupla saídas. As entradas de ar tiveram os seus tamanhos ampliados e as saias que ficam nas laterais foram estendidas. Outro detalhe que acabou dando mais charme a este carrão são os discos de freios, que tiveram os seus tamanhos aumentados e pinças na cor vermelha.

Ao que tudo indica este veículo será apresentado oficialmente no Festival de Velocidade de Goodwood, evento este que ocorrerá a partir do dia 26 de junho do ano de 2015, na Inglatera, sendo que a estimativa de valor dele será de algo em torno de R$ 128.807, podendo até mesmo chegar a R$ 136.568 na versão topo de linha, contudo, ainda não há informações a respeito da importação deste carro aqui para o Brasil.

Por Adriano Oliveira


Novo Peugeot 2008 Griffe THP chega às concessionárias em maio de 2015. Preço do carro varia entre R$ 67.190 e R$ 79.590.

Os consumidores brasileiros que gostam de carros do tipo SUVs ou de peruas ganharam mais uma nova opção no mercado. Essa nova opção é o recém-lançado Peugeot 2008 Griffe THP, este veículo chegou aqui no mercado brasileiro com preços entre R$ 67.190 e R$ 79.590, valores estes que são bastante competitivos em relação aos seus principais concorrentes. Vale lembrar que este veículo começará a ser comercializado nas concessionárias a partir do mês do maio.

Apesar de ter sido lançado recentemente, esse novo Peugeot 2008 chega em um cenário bastante competitivo, haja vista que os recém-lançados Honda HR-V e Jeep Renegade também têm um excelente mercado aqui no país.

O grande atrativo desse lançamento e que em todas as versões o Peugeot 2008 é muito bem equipado, uma vez que ele já vem equipado de série com ar condicionado digital (o qual possui duas zonas), tela multimídia com a função de navegação por GPS e quatro airbags.

Com relação à motorização, a montadora francesa preparou para o consumidor brasileiro duas opções, sendo a primeira o motor 1.6 aspirado, o qual tem a capacidade de produzir uma potência de 122cv e pode ser equipado com um câmbio manual de cinco marchas ou para aqueles que gostam e são adeptos ao câmbio automático, nesta configuração o câmbio apresenta apenas quatro marchas. Já a segunda versão é a topo de linha, que é a mais potente de toda a categoria, a qual vem equipada com um motor turbo flex capaz de produzir uma potência de 173cv, motor este que foi aliado com um câmbio manual de seis marchas.

O Peugeot 2008, apesar não ter uma versão com tração nas quatro rodas, conta com um excelente sistema que realiza a adaptação automática aos mais diferentes tipos de terreno.

Esse veículo possui um excelente acerto de suspensão, o qual é perfeito para as condições encontradas aqui no país, sendo que o seu ponto forte é a dirigibilidade, uma vez que o veículo faz curvas maravilhosamente bem como nenhum outro concorrente do seguimento faz. Então, se você pretende adquirir um SUV ou uma perua, não deixe de conhecer este maravilhoso lançamento que está chegando ao Brasil.

Sobre o Peugeot 2008:

O Peugeot 2008 foi apresentado no ano de 2013, com o codinome "A94". O veículo utiliza a plataforma PF1 e compartilha dos mesmos componentes do Peugeot 208. Primeiramente a sua produção era realizada na cidade de Mulhouse, na França. Porém, agora o veículo também é produzido aqui no Brasil, na fábrica da montadora em Porto Real, no Rio de Janeiro. Apesar do início das vendas do carro acontecer somente no próximo mês, a Peugeot já está disponibilizando a pré-venda do veículo. Para conhecer um pouco mais sobre o carro, acesse o site http://www.peugeot.com.br/2008/.

Por Adriano Oliveira


Concessionárias já recebem encomendas do Peugeot 2008. Veículo custará a partir de R$ 65 mil.

Algumas concessionárias Peugeot já podem ter encomendas do SUV 2008 com um sinal de R$ 1.000. A versão básica (Allure) terá o valor de cerca de R$ 65 mil. Já a versão de elite THP estará custando perto de R$ 85 mil. Em um primeiro momento, as versões completas serão comercializadas somente com transmissão manual, de cinco velocidades para o motor 1.6 aspirado e sendo seis para o motor 1.6 THP.

Como o Ford EcoSport, a Peugeot também necessita vencer os modelos Jeep Renegade e Honda HR-V. A versão inicial do 2008 possuirá central multimídia, faróis de neblina de série e leds. O veículo estará presente para test-drive a partir de 15 de abril e as unidades de estoque pioneiras serão recebidas pouco depois. Mais informações a respeito do veículo serão anunciadas durante a apresentação do carro para a mídia.

Novos Equipamentos do Peugeot 3008:

A Peugeot ampliou a lista de equipamentos de série do 3008. Com isso, o crossover da marca francesa ficou R$ 7.400 mais caro, saltando de R$ 106.590 para R$ 113.990.

Seis novos componentes são acrescentados aos já presentes na lista de itens do veículo. A partir de agora, o modelo tornará a ser recebido de fábrica com bancos de couro com aquecimento, retrovisores elétricos rebatíveis, central multimídia com câmera de ré, retrovisor interno eletrocrômico, tapete revestido de carpete e cortinas laterais de airbags nas portas de trás. A lista de componentes já possuía ar-condicionado de dupla zona, trio elétrico (com vidros one-touch), direção elétrica, piloto automático, rodas de liga leve diamantadas aro 17, seis airbags (sendo dois frontais, dois laterais e dois da forma cortina na parte dianteira e traseira) e faróis com luzes diurnas em LED, da mesma forma como as lanternas caracterizadas por três garras em efeito 3D.

O Peugeot 3008 possui motor 1.6 turbo de 165 cavalos e 24,5 kgfm, além de uma transmissão automática de seis velocidades. A parte interior do modelo é bem iluminada.

Felipe Couto de Oliveira


Peugeot lança Novo 3008 2016 no Brasil. Carro traz novos itens de série.

Após tanto ser aguardada, chegou ao mercado nacional a versão 2016 do Peugeot 3008. A notícia que desanimou os consumidores foi a de que essa nova versão veio custando R$ 7.400 a mais do que a versão anterior, inicialmente o preço sugerido desse veículo aqui no Brasil é de R$ 113.990, contudo, o que justifica esse aumento no valor do veículo são os novos itens que estarão disponíveis de série.

No total, as inovações destes itens de série são seis, sendo eles: bancos com aquecimento revestidos integralmente em couro (sendo que nos modelos branco e prata o revestimento utilizado é o Tramontane com tonalidade escura, já nos modelos preto o revestimento será o Guerande, porém na tonalidade clara), retrovisores externos eletronicamente rebatíveis, retrovisor interno eletrocrômico, revestimento de carpete nos tapetes, central de multimídia com a função câmera de ré, além de cortinas laterais nas portas traseiras.

Mesmo a montadora francesa tendo investido em mais conforto e tecnologia neste carro, por meio dessas mudanças nos itens de série, nos requisitos motorização e visual a empresa não o modificou nada em relação à versão anterior desse veículo.

Quem tiver interesse em adquirir este carro terá apenas uma única opção de acabamento, que será a Griffe THP. Quanto à motorização, foi utilizado o motor 1.6 16V THP, o qual é capaz de produzir uma potência de 165 cv e um torque de 24,5 mkgf, a transmissão desse veículo é automática e com seis velocidades.

Além das novidades citadas acima, a montadora trouxe outros itens que ajudam bastante os motoristas, tais como o sistema Hill Assist (que dá assistência aos condutores quando estes forem arrancar o veículo em rampa), sistema de climatização interna inteligente, bem como freio de estacionamento elétrico.

Assim, apesar de esse crossover não ter tido praticamente nenhuma mudança na sua estética externa, ele ainda continua com uma aparência muito elegante.

Por Adriano Oliveira


Peugeot anuncia a produção do Novo 2008 no Brasil. Carro será produzido na fábrica de Porto Real.

O modelo 2008 da Peugeot é a mais nova proposta de vendas em destaque para 2015, pois a fabricante promete que vai fazer sucesso no mercado automobilístico com este veículo. Desde o lançamento, que foi em outubro de 2014, na cidade de São Paulo, o carro apresenta um estilo e novas adaptações que prometem agradar muita gente.

A Peugeot já iniciou a produção do veículo no Brasil. A promessa é de que o novo hatch estará disponível nas lojas a partir do mês de abril. E o modelo apresenta 7 polegadas de painel com tela sensível ao toque, volante multifuncional e mais 200 novas peças para reforçar a segurança, conforto e comodidade do motorista e dos passageiros.

E para iniciar o trabalho com toda a dedicação que merece, a empresa está com uma ampla quantidade de profissionais envolvidos na produção do novo 2008. A fábrica de Porto Real está totalmente comprometida em executar e assim atender toda demanda de produção do veículo.

A fábrica da Peugeot em Porto Real está completando 14 anos de intensa atividade de fabricação, e para garantir ainda a produção dos veículos, a empresa está recebendo muitos incentivos como novos equipamentos modernos para atender as tecnologias que necessitam nesta produção do 2008.

Como o modelo Peugeot 2008 passou por novas modificações e o objetivo da fabricante é conquistar muitos clientes através de todas as características que o carro pode oferecer ao motorista. É bem provável que o carro desperte o interesse de muitos consumidores, que se tiverem interesse poderão adquirir o veículo por valores entre R$ 60.000,00 (sessenta mil reais) e R$ 80.000,00 (oitenta mil reais). Esses valores estão disponíveis conforme os opcionais desejados.

Portanto, os interessados em adquirir o novo Peugeot 2008 já podem começar a pensar em qual modelo vai atender as necessidades de uso e garantir o novo carro para curtir por aí.

Sobre o Peugeot 2008:

O Peugeot 2008 foi lançado no ano de 2013 e teve como principal objetivo substituir o modelo 207 SW. O veículo foi produzido sob o código "A94" e utilizou a plataforma PSA PF1. Atualmente o carro é produzido em dois locais, em Mulhouse (na França) e em Porto Real (Brasil).

Para conhecer um pouco mais sobre o carro, confira o vídeo abaixo:

Por Jaqueline Mendes Rodrigues dos Santos


A Peugeot produz novos modelos para estabilizar novamente no mercado. Após o sucesso do trio 208, 2008 e 308 no continente europeu, a empresa possuirá um novo crossover de sete lugares, o 6008, para trocar o 5008, afirma a revista francesa Largus. Segundo a postagem, o novo modelo é famoso pelo código P87 e será produzido com base no protótipo SXC, que utiliza a plataforma EMP2, sendo a que também está presente na nova geração do Citroën C4 Picasso.

A notícia de que o 6008 está vindo também foi possibilitada pelo comunicado oficial à mídia que veio do sindicato da fábrica da PSA em Rennes (França), que afirma que um novo modelo, denominado somente como P87, será fabricado em 2016. O que virá desta unidade de produção não foi garantido, uma vez que lá são produzidos os sedãs C5 e 508, que estão com as comercializações baixas. Com isso, com o 6008, diversos empregos poderão continuar.

Somado à França, o 6008 também será produzido na China, entretanto, somente a partir de 2017, em um primeiro momento com motor a gasolina. Após isso, em 2019, também poderá ser produzida a versão híbrida plug-in.

A empresa francesa Peugeot foi iniciada em 1882 por Armand Peugeot. A companhia iniciou como uma empresa desenvolvedora de bicicletas, passando a fabricar automóveis em 1890. O modelo produzido neste ano recorria a um motor Daimler. A empresa foi a marca pioneira a colocar pneus de borracha na fabricação de automóveis.

No ano de 1896, a empresa produziu seu motor pioneiro, colocando-o no modelo Type 15. Neste mesmo ano, Armand Peugeot afastou-se da firma familiar, criando uma nova fábrica. Em 1903, a Peugeot colocou um motociclo à sua lista, começando a fabricar motociclos.

No ano de 1929, a empresa disponibilizou o modelo 201, que foi o Peugeot pioneiro a ser fabricado em massa com suspensão frontal independente, onde também foi o automóvel pioneiro a usar a numeração com três dígitos.

Felipe Couto de Oliveira


A Peugeot irá apresentar a versão renovada do 208 no Salão de Genebra (Suíça), no próximo mês. Entretanto, as imagens pioneiras do carro foram disponibilizadas na internet. As imagens mostram que o carro terá uma lista de novos detalhes. Inicia pela frente, com os para-choques reestilizados e a grade estilo mais esportivo, adotando o padrão do novo 308 GT.

Somado a isto, os faróis tiveram lentes escurecidas e os auxiliares de neblina passaram a ter uma moldura de plástico com filetes cromados. Na traseira, as lanternas também possuem novos fatores, onde pode-se citar o efeito 3D da iluminação por LEDs, como também a parte inferior mais transparente afastada da superior por um friso cromado.

O interior possui acabamento texturizado no painel e novo sistema multimídia com visor sensível ao toque com funcionalidade que possibilita dividir o mostrador do celular inteligente para tornar mais simples a utilização no momento que é conectado no carro.

No conjunto mecânico, o 208 europeu poderá possuir motores de três cilindros com 1.0 ou 1.2 litro de cilindrada, aspirados ou turbos, que possibilitam entre 68 cv e 110 cv. Seu funcionamento ocorre com transmissão manual de cinco velocidade ou automática de seis. Existe também o 1.6 THO de 165 cv e o GTi e o 205 cv. Novas alternativas de cores estarão presentes na Europa, assim também como jogos de rodas exclusivos.

No Brasil o principal fator novo na linha 208 será versão esportiva GT, que já foi visualizada em praticamente sem disfarces. O carro será recebido dentro de dois meses. Como relatam as projeções de João Kleber Amaral, o GT possuirá dupla saída de escapamento, faróis com lentes escurecidas, rodas de 17 polegadas, teto panorâmico, bancos com abas laterais largas, como também um novo ajuste suspensão e freios redimensionados. Somado a isto, GT será o modelo pioneiro da empresa a possuir transmissão automática de seis velocidades e relações mais curtas.

Felipe Couto de Oliveira


A marca francesa Peugeot produz carros pertencentes ao grupo PSA Peugeot Citroen e está entre os carros mais vendidos da história. Entre os compromissos da marca está a inovação e alta tecnologia e mais uma vez surpreendem com o lançamento do Peugeot 208 GT.

Peugeot 208 GT uma versão do Peugeot 208, composto com motor de 1.6 turboTHP Flex de 173 cavalos se for abastecido com Etanol. Essa máquina possui transmissão manual de seis marchas e carroceria de 4 portas, saída dupla de escapamento, rodas de alumínio de 17 polegadas, faróis com máscara negra e teto solar panorâmico.

Além de toda essa tecnologia associada a um ótimo desempenho da engenharia o Peugeot 208 GT tem um design interior surpreendente, volante revestido com couro perfurado, bancos esportivos e para dar um toque de classe, detalhes em vermelho nos bancos e painel.

Na parte mecânica o show ficou por conta da suspensão mais firme e freios mais potentes que promovem segurança na hora de parar o modelo esportivo.

As marchas estão mais próximas entre si e foi criada a sexta para rodar serenamente nas ruas e estradas, o arranque também está mais intenso, podendo até ser comparado ao Citroen DS3 que chega a marca de 0 a 100 km/h em apenas 7,7 segundos. O 208 GT possui capacidade de dobrar a pressão do turbo, função overboost, que deixam as marchas mais altas.

O preço estimado para essa beleza é de 66 mil e sua estreia nas lojas está prevista para o primeiro trimestre de 2015.

A caixa manual importada faz com que o Peugeot 2008 GT chegue bem próximo do GTI europeu, não se iguala porque o Peugeot GTI europeu possui 200 cv.

Os Peugeot fizeram nome e a marca está no topo, podendo brigar com outras marcas como a Volkswagen e a pegada e mecânica do 208 GT possuem rigor germânico o que encanta os amantes de carros.

Por Luciana Ap. Santos e Silva


Uma promoção inédita promete agradar os consumidores que possuem cadastro no programa de milhas Multiplus. É que exatamente no dia 26 de janeiro de 2015, a partir das 10:00, será possível trocar os pontos do programa por um carro zero quilômetro.

Segundo a Multiplus, estarão disponíveis para troca apenas 3 veículos do modelo Peugeot 208. Para garantir o seu carro o consumidor deverá ter 80 mil pontos Multiplus e ser rápido, pois conforme dissemos anteriormente, são apenas três carros e quem solicitar a troca primeiro levará o veículo.

Esta ação faz parte de uma parceria entre a Peugeot e a Multiplus. Quem quiser aproveitar a promoção deverá acessar o hotsite da promoção “Resgates Incríveis” através do link http://promo.multiplusfidelidade.com.br/resgatesincriveis.

É importante lembrar que apenas um carro poderá ser resgatado por CPF. Além disso, não estão inclusos despesas extras com Emplacamento, IPVA, Licenciamento, Seguro, entre outros carros. A Multiplus salienta que e-mail automático enviado logo após o pedido de resgate não garante a transação. A transação só será garantida com o envio de outro e-mail com mais informações que deverá ser enviado pela empresa em até 24 horas úteis depois da solicitação de resgate. Para conferir mais detalhes sobre esta promoção, acesse o regulamento.

Para ter mais informações sobre o programa de fidelidade Multiplus, acesse o site www.multiplusfidelidade.com.br.

Confira agora as especificações do carro que estará disponível:

  • Modelo: Peugeot 208 Active MEC.
  • Ano: 2014/2015.
  • Cor: Branco Banquise.
  • Motor: 1.5 Flex.
  • Itens de Série: Volante Sport Drive, i-Cockpit, Ar Condicionado, Direção Elétrica, Rádio com USB e Bluetooth, Vidros Elétricos (nas portas da frente), Lanternas Traseiras de LED, Luzes Diurnas Halógenas, Freios ABS, Airbag Dianteiro, Travamento Central por Chave Canivete.
  • Garantia: 3 Anos.

Multiplus Peugeot 208


Há quatro anos a Peugeot perdeu espaço considerável para outras marcas em território brasileiro. Dessa forma, a montadora apresentou no ano passado o modelo Peugeot 2008, que deve ser sua aposta para reverter a situação desfavorável em 2015. O modelo deverá ser lançado ainda no primeiro semestre do ano, e deverá custar cerca de R$ 65 mil em sua versão básica.

Inicialmente o modelo terá duas versões de motores, o primeiro será 1.6 aspirado, possuindo 122 cavalos de potencia, ou 1.8 flex com 173 cavalos de potência. A versão básica do produto conta com ar condicionado, tela multimídia, retrovisores e vidros elétricos, airbag, freios ABS e câmbio de 5 manuais.

Apenas no continente europeu já foram fabricadas cerca de 200 mil unidades, o que é um sucesso já que o modelo apresenta apenas um ano e meio de vendas. O Brasil deve ser o terceiro país a fabricar o modelo.

O 2008 possui a mesma plataforma e design interno do modelo Hatch 208. Segundo informações da montadora, o veículo conta com volante menor e painel de instrumento acima da direção, evitando que o motorista tenha que desviar os olhos do percurso.

O Peugeot 2008 precisa batalhar muito para ganhar espeço no território brasileiro. No país, existe uma grande concorrência no segmento, como: Ford EcoSport, Renault Duster e Chevrolet Tracker. Além disso, o Honda HR-V – anunciado recentemente – promete ser a maior pedra no caminho do modelo 2008, já que o modelo da fabricante nipônica apresenta câmbio CVT e freio de mão elétrico.

Outro concorrente forte no segmento será o Jeep Renegade que promete duas versões com motor 1.8 e 2.0, e três opções de marchas (5 marchas manual, 6 e 9 marchas automáticas). Todos os concorrentes do Peugeot 2008 serão fabricados no país.

O crossover Peugeot 2008 é a aposta da montadora de reestabelecer o seu lugar no mercado automotivo brasileiro. Há quatro anos, a empresa era a sétima marca mais vendida do país, tendo contribuição total de 3 por cento. Ao fim de 2014 a empresa garantiu apenas 1,2% das vendas nacionais.

Por Wendel George Peripato

Peugeot 2008

Peugeot 2008

Peugeot 2008

Fotos: Divulgação


Tradicionalmente oferecido para a linha “200”, como ocorreu no 206 e 207, a Peugeot lançou no mercado brasileiro a nova edição limitada Quiksilver para o 308. Resultado da parceria entre a marca francesa de automóveis e a fabricante australiana que produz roupas, acessórios e equipamentos para praticantes de surf, skate, esqui e snowboard, a configuração especial vem com o motor 1.6 e tem como diferenciais o apelo esportivo, além de alguns detalhes de acabamento e visuais exclusivos. A versão Quiksilver terá apenas 600 unidades, com preço sugerido de R$ 63.190.

Entre os detalhes que deixam a edição limitada diferenciada estão o retrovisor externo na cor preta, o volante revestido em couro com base achatada, logotipo da Quiksilver presente nas portas, na tampa do porta-malas, nos tapetes e nos bancos, além de ter a carroceria pintada exclusivamente na cor Branco Banquise. Com relação aos equipamentos de série, entre outros, o 308 Quiksilver vem com airbag duplo, freios ABS com EBD, teto panorâmico de vidro, sistema de ar-condicionado digital dual-zone, sistema de som com conexão Bluetooth faróis com máscara negra, luzes diurnas de posição compostas por LEDs e rodas de liga leve de 17 polegadas escurecidas.

Baseado na versão Active 1.6, o Peugeot 308 Quiksilver traz sob o capô o motor 1.6 16V com tecnologia FlexStart, que dispensa o uso de tanquinho para partidas a frio, capaz de entregar até 122 cv de potência e torque de 16,4 kgfm. Trabalhando em conjunto com o bloco 1.6 está um câmbio manual com cinco marchas. A adoção do propulsor 1.6 16V de 122 cv ao invés do bloco 2.0 com 151 cv ou do 1.6 THP de 165 cv pode ter sido feita para não deixar a edição limitada absurdamente cara, que afugentaria o público alvo do carro: os jovens. Portanto, mesmo não sendo o motor mais potente disponível para o hatchback, o bloco é suficiente para deixar o carro divertido e interessante.

Além do hatchback médio, o 208 também irá ganhar a série Quiksilver em breve, trazendo alguns equipamentos e detalhes estéticos diferenciados para atrair o público jovem e deixar o carro ainda mais divertido, assim como foi feito com o 308.

Por Caio Polo

Peugeot 308 Quiksilver

Peugeot 308 Quiksilver

Peugeot 308 Quiksilver

Fotos: Divulgação


A Peugeot aposta no seu mais novo lançamento no mercado brasileiro, o Peugeot 2008, para tentar reverter sua queda em vendas, que se verifica nos últimos 4 anos no mercado nacional. Apresentado no Salão do Automóvel de São Paulo, ocorrido entre os dias 31 de outubro e 9 de novembro de 2014, a versão nacional do crossover começa a ser produzida em Porto Real (RJ), e terá a missão de recuperar a marca Peugeot no mercado nacional.

O modelo apresenta novidades, como o motor 1.6 THP flex de 173 cv, o mesmo do Citroen C4 Lounge. O modelo será equipado com câmbio manual de 6 marchas e opção de câmbio automático. Não foram divulgadas estimativas de preço, o que ocorrerá no lançamento do veículo previsto para o início do ano que vem.

O Peugeot 2008 será fabricado na mesma plataforma do hatch 208, terá 4,15 metros de comprimento, 1,74 metro de largura, 1,55 metro de altura e 2,53 metros entre-eixos. Além da mesma plataforma o SUV divide com o hatch o interior, que ainda não foi apresentado pela Peugeot. No entanto ela informou que o 2008 será equipado com volante menor, e painel de instrumentos acima da direção, evitando que o motorista não precise desviar sua atenção na estrada, como acontece com o hatch 208.

O Brasil deverá ser o terceiro país a produzir o Peugeot 2008, atrás apenas da França e da China. Lançado há um ano e meio na Europa, o modelo já ultrapassou as 200 mil unidades vendidas. Mas as expectativas no mercado brasileiro não são das mais animadoras, porque além das estrelas já conhecidas como o Ford EcoSport e o Renault Duster, outras ainda estão por vir depois de agitar o Salão do Automóvel de São Paulo, como o Jeep Renegade, Honda H-RV, JAV T5 e T6 entre outros. A Nissan também exibiu um novo veículo conceito, para entrar neste tão disputado mercado.

A Peugeot vem amargando quedas contínuas de vendas no mercado brasileiro desde 2010, quando vendeu 81 mil veículos, o que correspondia a 3% do mercado brasileiro, e desde então vem caindo ano após ano. Naquele ano ainda, era a 7ª maior emplacadora de veículos, e neste ano está na 11ª posição com 28,6 mil veículos vendidos, o que corresponde a 1,8% de participação.

Por Russel Hernandes

Peugeot 2008

Peugeot 2008

Peugeot 2008

Peugeot 2008

Fotos: Divulgação


A Peugeot relançou no mercado brasileiro a edição Roland Garros para o hatchback médio 308. Limitada em apenas 250 unidades, assim como na série oferecida em 2013, o modelo especial baseado na versão topo de linha Griffe THP, é inspirado em um dos torneios de tênis mais tradicionais do mundo e conta com alguns detalhes exclusivos. O novo 308 Roland Garros tem preço sugerido de R$ 79.900.  

Visualmente, o modelo conta com faróis com máscara negra, retrovisores externos cromados, logotipo nas portas dianteiras em alusão à série especial e rodas de liga leve de 17 polegadas com desenho diferenciado e acabamento diamantado. No interior, a edição limitada do Peugeot 308 se diferencia pelos bancos com revestimento em couro branco e o carpete com logotipo do torneio de tênis.

Quanto aos equipamentos de série, entre outros, a edição limitada do hatch médio da Peugeot vem com freios ABS com repartidor eletrônico de frenagem (REF) e auxílio a frenagem de emergência (AFU), controle eletrônico de estabilidade e tração, seis airbags (frontais, laterais e do tipo cortina), ar-condicionado digital dual-zone, volante esportivo multifuncional revestido em couro, sensor de estacionamento traseiro, luzes diurnas de posição em LED, faróis de neblina e teto de vidro panorâmico.

Completa a lista o sistema de navegação WIP Nav com tela de 7 polegadas retrátil que abrange diversas funções do veículo, como o sistema de navegação via satélite (GPS), sistema de som com quatro alto-falantes e dois tweeters integrados ao painel, leitor de CD e MP3 e conexão via Bluetooth.

Mecanicamente o Peugeot 308 Roland Garros vem equipado com o já conhecido motor 1.6 16V THP (Turbo High Pressure), capaz de entregar 165 cv e torque de 24,5 kgfm. Trabalhando em conjunto com o bloco Turbo está uma transmissão automática de seis velocidades, com opção de trocas de marchas sequenciais através da manopla do câmbio. 

Por Caio Polo

Peugeot 308 Roland Garros

Peugeot 308 Roland Garros

Peugeot 308 Roland Garros

Fotos: Divulgação


A Peugeot está planejando apresentar durante  a realização do Salão de Paris o novo Peugeot 208 HYbrid Air 2L. O evento está marcado para acontecer no próximo mês. Mas, falando do carro em si, de certa forma ele representa uma evolução do conceito que foi apresentado pela fabricante em Genebra, no começo do ano.

Neste novo modelo como um dos principais destaques está o conjunto mecânico híbrido. O carro tem capacidade de fazer até 50 quilômetros com um litro de combustível (gasolina). Além disso, e que também pode contribuir para a economia, está o fato de o carro ser desenvolvido com materiais leves o que provocou uma redução de peso de cerca de 100 kg.

O motor por trás do novo Peugeot 208 é o 1.2 litro Puretech 82 de três cilindros a gasolina, destacando o fato de que ele recebeu algumas melhorias em especial no que concerne às perdas por atrito. Esse ponto é responsável por algo em torno dos 20% da potência que chega a ser consumida por um bloco de motor.

Continuando a falar sobre o motor, o mesmo conta agora com revestimentos Diamond Like Carbon para os pistões e os comandos de válvulas.

Entretanto, no caso do HYbrid Air 2L ainda há um ponto que o diferencia um pouco mais: a dupla alimentação que, neste caso, é com ar comprimido e gasolina.

Segundo informações da própria fabricante a tecnologia usada no automóvel, a HYbrid Air, faz a combinação das duas energias com o objetivo de conseguir sempre o melhor rendimento conforme as diferentes situações que o carro poderá enfrentar. O conjunto possui um cilindro de ar comprimido que fica situado sob o assoalho do porta-malas além desse, também há outro reservatório de baixa pressão localizado na altura da suspensão traseira.

No Peugeot 208 o modo “Combinado” é indicado tanto para a cidade quanto para a estrada que, como citado anteriormente, faz a combinação para que o consumo possa ser otimizado.

No caso do modo “Air” o modelo será movido através da energia que é obtida por meio da liberação do ar comprimido em alta pressão. Ressaltando que neste caso não há qualquer emissão de CO2 ou consumo de gasolina.

Por Denisson Soares

Peugeot 208 HYbrid Air 2L

Peugeot 208 HYbrid Air 2L

Fotos: Divulgação


A Peugeot vem perdendo espaço no segmento dos sedans e station wagons de luxo, principalmente no mercado europeu, onde a gama 508 se faz mais presente. Para conter o avanço da concorrência e voltar forte ao segmento, a fabricante francesa apresentou oficialmente a linha 2015 do Peugeot 508 trazendo novidades visuais, com desenho mais próximo do Exalt Concept, além de uma nova opção de motorização.

Com a aproximação do Exalt Concept, conceito luxuoso que foi apresentado na edição deste ano do Salão de Pequim, a dianteira do Peugeot 508 2015 passa a oferecer um novo conjunto óptico Full LED, para-choque e grade redesenhada seguindo o formato dos recentes lançamentos da marca e capô mais retilíneo. Enquanto a lateral manteve a linha de cintura alta e traz apenas rodas de liga leve redesenhada, a traseira do carro ganhou novo para-choque com saída dupla de escape integrada e nova lanterna com grafismo atualizado.

No interior as alterações foram ainda mais modestas. Mantendo o layout sóbrio e requintado, a Peugeot preferiu adotar novas tecnologias a modificar o acabamento do veículo. Com isso, a linha 2015 do 508 passa a contar com uma nova central multimídia que abrange diversas funções do veículo, painel de instrumentos com uma nova tela colorida centralizada com diversas informações ao condutor, ar condicionado dual-zone digital, volante multifuncional com acabamento em couro e base achatada, além do Head-Up display, que exibe informações importantes no para-brisa do veículo.

Mecanicamente, a novidade fica por conta do motor a diesel 2.0 BlueHDi, que além da configuração com 180 cv passa a ter também uma variação com 150 cv. O Peugeot 508 2015 ainda pode trazer sob o capô o bloco a gasolina 1.6 THP (Turbo High Pressure) com 165 cv e o propulsor 2.0 HYbrid4 de 148 cv. Todas as gamas do motor do 508 trabalham em conjunto com uma transmissão automática de seis velocidades.

A Peugeot ainda não confirmou os preços da linha 2015 do 508, mas é provável que não haja um reajuste tão grande devido o objetivo da Peugeot em aumentar seus índices de venda no segmento nos mercados em que o modelo está presente. 

Por Caio Polo

Peugeot 508 2015

Foto: Divulgação


Prestes a chegar ao mercado brasileiro, a Peugeot lançou na Colômbia o crossover compacto 2008. Importado da Europa, o utilitário compacto chegou ao mercado colombiano em duas versões de acabamento, uma única opção de motor e duas possibilidades de câmbio. Com preços que variam entre 52.990.000 e 58.990.000 pesos (cerca de R$ 62.700 e R$ 69.900), a expectativa da marca francesa no país vizinho é ganhar mercado no segmento que por lá conta com Ford EcoSport, Chevrolet Tracker e Nissan Juke.

Esteticamente, o Peugeot 2008 possui as características mais atuais da marca francesa, contando com um visual moderno, atraente e harmônico. Na cabine, além do bom acabamento interno, o layout do painel de instrumentos e console central segue o mesmo padrão moderno e “clean” do novo 208.

Por lá, o utilitário compacto da marca francesa vem de série com airbags frontais e laterais, freios ABS com EBD, controle eletrônico de estabilidade, direção com assistência elétrica, ar condicionado automático, controle de velocidade, assistente de partida em aclives, faróis de neblina, luzes diurnas de posição compostas por LEDs, rack de teto e rodas de liga leve. Para completar a boa lista de equipamentos, o modelo ainda traz sistema de som com entrada USB e volante multifuncional, bem como kit de iluminação interna composta por LEDs, o que deixa o interior mais requintado.

Mecanicamente, o modelo é oferecido na Colômbia apenas com o motor 1.6 VTi a gasolina, capaz de entregar 120 cv. Trabalhando em conjunto com o bloco 1.6 pode estar um câmbio manual de cinco marchas ou uma transmissão automática com quatro velocidades.

No Brasil:

O lançamento do Peugeot 2008 para o mercado brasileiro deverá ocorrer no ano que vem com a produção do utilitário concentrada na unidade fabril da PSA Peugeot-Citroën de Porto Real – RJ. Por aqui, é provável que o SUV compacto da Peugeot traga mais opções de motores e configurações de acabamento para competir no segmento.

O 2008, que chegará ao Brasil para disputar com o novo EcoSport, Duster, Tracker e ASX, será apresentado ao público brasileiro durante o Salão do Automóvel de São Paulo, que será realizado em outubro. 

Por Caio Polo

Peugeot 2008

Foto: Divulgação


A concorrência que o mercado automobilístico proporciona entre as várias marcas que atuam no Brasil facilita a vida daqueles que pretendem adquirir o seu automóvel. Vale ressaltar que um grande número de empresas já estão instaladas no país, dessa forma, a variedade de modelos e linhas bem como de preços é muito grande.

Dentre as marcas que atuam no mercado brasileiro, um grande destaque fica por conta da Peugeot, marca francesa de sucesso mundial. São vários os modelos da marca em circulação no Brasil, desde os populares até mesmo aos chamados carros de luxo.

Caso você esteja em busca de lançamentos, saiba que a Peugeot anunciou recentemente o lançamento único do Peugeot 3008 2015. Como já foi citado, essa é uma versão única e promete fazer bastante sucesso no mercado brasileiro. Mais informações a respeito do automóvel você pode encontrar na continuação desta matéria.

O Peugeot 3008 2015 é justamente o primeiro veículo da marca francesa a ser lançado no Brasil com as novas características de design. O mesmo vem acompanhado de muitos itens tecnológicos, conforto, segurança além de muitas outras atrações. O carro está disponível apenas na versão Griffe THP e seu preço sugerido é de R$ 99.990.

É importante destacar que o automóvel dispõe de motor 1.6 THP que é capaz de desenvolver 165 cv de potência e 24,5 kgfm de torque, o mesmo é acoplado ao câmbio automático de seis marchas. Um dos grandes destaques é o seu design, principalmente a sua dianteira, que possui novos faróis com luz diurna de LED, para-choque redesenhado com nova grade, suporte de placa, difusor de ar e nova moldura dos faróis de neblina.

Além disso, o 3008 2015 disponibiliza pacote com diversos equipamentos eletrônicos de série como, por exemplo, freio elétrico de estacionamento, assistente ao arranque em rampas, controle dinâmico de estabilidade, distribuidor eletrônico de frenagem, assistente de frenagem de urgência e assistente antiderrapagem.

Por Bruno Henrique

Peugeot 3008 2015

Foto: Divulgação


O Peugeot 308 THP é a aposta da Peugeot para colocar esportividade a um preço razoavelmente acessível em sua linha de hatch médio. E podemos dizer que tiveram sucesso.

O motor 1.6 turbo de 165cv, aliado a um ágil câmbio Tiptronic Aisin-Porsche de 6 velocidades, o mesmo conjunto presente no RCZ e no 308 CC (conversível), dão ao modelo uma agilidade ímpar. E o teto Cielo é uma atração à parte, passando bem a impressão de se estar em um conversível.

Andamos em um 308 Feline THP 2013 com 5.000km rodados. O modelo praticamente não tem diferenças em relação ao Griffe 2014. Com isso, temos a vantagem de termos o parecer do dono do carro e também de testarmos um carro já não tão novo, com consumo e desempenho já um pouco diferentes em relação ao zero km.

INTERIOR

Por dentro, de início, chama a atenção o ótimo acabamento, com bancos de couro, até mesmo com apoia-braços nos bancos da frente e cromados no painel e portas. Repara-se o foco em praticidade e conforto, com abundância de porta-trecos no painel, no console central e até mesmo nos bancos dianteiros, além da presença de ar condicionado digital dual zone. Também é possível carregar dois celulares ao mesmo tempo, já que o veículo conta com duas tomadas de 12V no console central. O sistema de multimídia WIP NAV/WIP Sound passa um ar requintado. Quando se liga o carro, a tela do sistema sobe do meio do painel, mostrando temperatura externa, bússola, altitude, mapas de GPS e detalhes do som (faixa ou rádio que se está escutando). A tela central também exibe informações do sensor de estacionamento, quando se está dando ré, e mensagens do veículo, como quando se liga o limpador automático de para-brisas, quando os farois se ligam automaticamente ou quando há algum problema com o veículo. O sistema ainda conta com Bluetooth e atendimento de celular em uma das paletas logo atrás do volante e entrada USB no console central, piloto automático e limitador de velocidade, que corta a aceleração quando se atinge a velocidade limite.

Os ajustes de som, atendimento de celular por Bluetooth e controles do piloto automático e limitador de velocidade ficam em paletas atrás do volante. As teclas ficam bem ao alcance dos dedos, não tornando necessário que se tire a mão do raio do volante, mas a visualização das funções fica um pouco prejudicada.

O teto Cielo, embora escuro, deixa passar bastante calor para dentro da cabine quando se está aberto. Mesmo assim, o ar condicionado compensa bem. O carro conta com três saídas de ar centrais, duas laterais e outras duas para os passageiros de trás, o que ameniza muito o calor. E, claro, se a tampa, que acompanha o acabamento do teto, estiver fechada, o calor que invade a cabine é similar ao de um carro sem nem mesmo teto solar.

 

O hatch é bastante espaçoso para quem vai na frente. O banco do motorista acomoda alguém com 1,90m confortavelmente, sem apertos. E sem comprometer muito o espaço atrás, onde caberia um adulto mais baixo (de 1,65m) ainda confortavelmente. Deste modo, o 308 leva pelo menos três pessoas altas e duas baixas com conforto.

Por ser comprido e largo, o 308 também conta com um bom porta-malas sem comprometer o espaço para passageiros. São 430 litros, suficientes para levar duas malas médias e mais alguns itens.

EXTERIOR

Discreto, o 308 THP quase passa despercebido de outros 308 quando se olha o carro de fora. Os únicos detalhes que revelam que se trata de um THP são o discreto emblema na tampa do porta-malas e suas rodas e retrovisores mais escuros. Assim mesmo, o visual é bastante esportivo, algo característico da linha 308. O teto Cielo dá um tom preto bonito para a parte de cima do carro e um destaque são os largos pneus 225/45 R 17.

COMO ANDA

O 308 THP anda muito bem. O câmbio automático de 6 marchas com diferenciador de torque não tem uma troca imperceptível como acontece com sistemas de dupla embreagem, mas é bastante rápido. Quando se pisa fundo, o carro imediatamente passa para uma marcha mais baixa e já começa a ganhar velocidade. De todo modo, o sistema possui um botão para deixá-lo em modo esportivo, algo que mantém a rotação em torno de 3 a 4 mil RPM (em contraste com os cerca de 2 mil no modo drive normal), deixando o carro numa melhor faixa de torque e potência e tornando desnecessária a diminuição de marcha que o câmbio automático faz quando se pisa mais fundo. Se o motorista ainda preferir, há a opção de troca sequencial de marchas manual, na alavanca do câmbio. De qualquer maneira, em quaisquer dos modos, o 308 THP é muito ágil nas ultrapassagens. E isso sem comprometer o consumo, que fica em torno de 12km/l na estrada, com ar condicionado ligado, mesmo numa direção mais esportiva.

Na cidade, o consumo sofre um pouco. Neste veículo específico, o dono alega que consegue um consumo de cerca de 6km/l utilizando o carro em ruas centrais de Curitiba, em horário de pico. A capital paranaense tem um trânsito lento e muitos semáforos, causando muitas paradas, o que eleva o consumo. O consumidor de uma cidade com trânsito mais fluído, com mais vias expressas, pode esperar um consumo acima de 7km/l.

A suspensão é firme, bastante confortável para uma estrada em bom estado de conservação, mas dura para vias com muitas irregularidades e buracos. É um conjunto que passa bastante os defeitos do asfalto para os ocupantes da cabine.

O motor não é flex, aceita somente gasolina. Por se tratar de um motor pequeno com alta potência, a taxa de compressão é alta e, claro, o fabricante recomenda gasolina de alta octanagem, do tipo Premium (no Brasil, existe a Premium da Ipiranga, de 91 octanas e a Podium da Petrobras, com 95 octanas). Em nosso teste, notamos que o 308 THP tem uma resposta melhor em alta rotação quando abastecido com gasolina Premium. O consumo, no entanto, é similar. Mesmo assim, o carro roda muito bem com gasolina comum aditivada (a que o proprietário costuma usar) e não há problema algum em abastecer com ela se você estiver na estrada ou em uma cidade do interior, onde é mais difícil encontrar gasolina de maior octanagem. Recomendamos, portanto, aos proprietários desses carros que abasteçam com gasolina Podium ou Premium se forem usar o carro em modo esportivo ou se forem pisar mais forte, mantendo o giro do motor elevado por mais tempo, até para evitar desgastes prematuros.

Carros.


O mercado automobilístico brasileiro deu um grande salto nas últimas décadas, sendo assim, o mercado cresceu ainda mais, bem como o número de consumidores. Um dos grandes motivos é a variedade de modelos e linhas de automóveis, que vão desde aos mais caros até mesmo aos mais populares e com preços acessíveis. Essa grande concorrência entre as fabricantes traz bastantes vantagens para o brasileiro.

Dentre as várias fabricantes que atuam em território brasileiro, podemos destacar a Peugeot, marca francesa de enorme sucesso em todo o mundo. O que chama bastante a atenção dos consumidores é justamente o design impecável dos modelos dessa marca, tanto o design interior quanto exterior são de grande qualidade. Além disso, são automóveis de qualidade e recheados de tecnologia.

Para aqueles que já são clientes da marca francesa ou até mesmo que desejam adquirir um automóvel com a mesma, saibam que uma boa indicação é o Peugeot 208 2015. O novo Peugeot vem com algumas novidades bem interessantes e, entre elas, podemos destacar justamente a versão com câmbio automático, Active Pack. Mais detalhes você encontra na continuação desta matéria.

A versão Active Pack está equipada com câmbio automático e dispõe de preço sugerido de R$ 51.990. O motor desta versão é igual ao modelo top de linha, ou seja, motor 1.6 16V flex de 122 cavalos e câmbio automático de quatro marchas. O Active Pack ainda possui os seus itens de série, entre os quais podemos destacar: airbag duplo, freios com sistemas BAS e EBD, ar condicionado, faróis de neblina, rodas de liga leve de 15 polegadas e central multimídia com tela sensível ao toque e acompanhada de GPS.

Caso você esteja interessado, saiba que já é possível encontrar o automóvel nas melhores concessionárias do país, por isso, basta ir à busca do seu. Lembrando que além da versão aqui citada, Active Pack, você ainda pode escolher entre outras cinco versões que estão disponíveis na linha 2015 do Peugeot 208.

Por Bruno Henrique

Peugeot 208 2015

Foto: Divulgação


O Peugeot 308 THP é a aposta da Peugeot para colocar esportividade a um preço razoavelmente acessível em sua linha de hatch médio. E podemos dizer que tiveram sucesso.

O motor 1.6 turbo de 165cv, aliado a um ágil câmbio Tiptronic Aisin-Porsche de 6 velocidades, o mesmo conjunto presente no RCZ e no 308 CC (conversível), dão ao modelo uma agilidade ímpar. E o teto Cielo é uma atração à parte, passando bem a impressão de se estar em um conversível.

Andamos em um 308 Feline THP 2013 com 5.000km rodados. O modelo praticamente não tem diferenças em relação ao Griffe 2014. Com isso, temos a vantagem de termos o parecer do dono do carro e também de testarmos um carro já não tão novo, com consumo e desempenho já um pouco diferentes em relação ao zero km.

INTERIOR

Por dentro, de início, chama a atenção o ótimo acabamento, com bancos de couro, até mesmo com apoia-braços nos bancos da frente e cromados no painel e portas. Repara-se o foco em praticidade e conforto, com abundância de porta-trecos no painel, no console central e até mesmo nos bancos dianteiros, além da presença de ar condicionado digital dual zone. Também é possível carregar dois celulares ao mesmo tempo, já que o veículo conta com duas tomadas de 12V no console central. O sistema de multimídia WIP NAV/WIP Sound passa um ar requintado. Quando se liga o carro, a tela do sistema sobe do meio do painel, mostrando temperatura externa, bússola, altitude, mapas de GPS e detalhes do som (faixa ou rádio que se está escutando). A tela central também exibe informações do sensor de estacionamento, quando se está dando ré, e mensagens do veículo, como quando se liga o limpador automático de para-brisas, quando os farois se ligam automaticamente ou quando há algum problema com o veículo. O sistema ainda conta com Bluetooth e atendimento de celular em uma das paletas logo atrás do volante e entrada USB no console central, piloto automático e limitador de velocidade, que corta a aceleração quando se atinge a velocidade limite.

Os ajustes de som, atendimento de celular por Bluetooth e controles do piloto automático e limitador de velocidade ficam em paletas atrás do volante. As teclas ficam bem ao alcance dos dedos, não tornando necessário que se tire a mão do raio do volante, mas a visualização das funções fica um pouco prejudicada.

O teto Cielo, embora escuro, deixa passar bastante calor para dentro da cabine quando se está aberto. Mesmo assim, o ar condicionado compensa bem. O carro conta com três saídas de ar centrais, duas laterais e outras duas para os passageiros de trás, o que ameniza muito o calor. E, claro, se a tampa, que acompanha o acabamento do teto, estiver fechada, o calor que invade a cabine é similar ao de um carro sem nem mesmo teto solar.

 

O hatch é bastante espaçoso para quem vai na frente. O banco do motorista acomoda alguém com 1,90m confortavelmente, sem apertos. E sem comprometer muito o espaço atrás, onde caberia um adulto mais baixo (de 1,65m) ainda confortavelmente. Deste modo, o 308 leva pelo menos três pessoas altas e duas baixas com conforto.

Por ser comprido e largo, o 308 também conta com um bom porta-malas sem comprometer o espaço para passageiros. São 430 litros, suficientes para levar duas malas médias e mais alguns itens.

EXTERIOR

Discreto, o 308 THP quase passa despercebido de outros 308 quando se olha o carro de fora. Os únicos detalhes que revelam que se trata de um THP são o discreto emblema na tampa do porta-malas e suas rodas e retrovisores mais escuros. Assim mesmo, o visual é bastante esportivo, algo característico da linha 308. O teto Cielo dá um tom preto bonito para a parte de cima do carro e um destaque são os largos pneus 225/45 R 17.

COMO ANDA

O 308 THP anda muito bem. O câmbio automático de 6 marchas com diferenciador de torque não tem uma troca imperceptível como acontece com sistemas de dupla embreagem, mas é bastante rápido. Quando se pisa fundo, o carro imediatamente passa para uma marcha mais baixa e já começa a ganhar velocidade. De todo modo, o sistema possui um botão para deixá-lo em modo esportivo, algo que mantém a rotação em torno de 3 a 4 mil RPM (em contraste com os cerca de 2 mil no modo drive normal), deixando o carro numa melhor faixa de torque e potência e tornando desnecessária a diminuição de marcha que o câmbio automático faz quando se pisa mais fundo. Se o motorista ainda preferir, há a opção de troca sequencial de marchas manual, na alavanca do câmbio. De qualquer maneira, em quaisquer dos modos, o 308 THP é muito ágil nas ultrapassagens. E isso sem comprometer o consumo, que fica em torno de 12km/l na estrada, com ar condicionado ligado, mesmo numa direção mais esportiva.

Na cidade, o consumo sofre um pouco. Neste veículo específico, o dono alega que consegue um consumo de cerca de 6km/l utilizando o carro em ruas centrais de Curitiba, em horário de pico. A capital paranaense tem um trânsito lento e muitos semáforos, causando muitas paradas, o que eleva o consumo. O consumidor de uma cidade com trânsito mais fluído, com mais vias expressas, pode esperar um consumo acima de 7km/l.

A suspensão é firme, bastante confortável para uma estrada em bom estado de conservação, mas dura para vias com muitas irregularidades e buracos. É um conjunto que passa bastante os defeitos do asfalto para os ocupantes da cabine.

O motor não é flex, aceita somente gasolina. Por se tratar de um motor pequeno com alta potência, a taxa de compressão é alta e, claro, o fabricante recomenda gasolina de alta octanagem, do tipo Premium (no Brasil, existe a Premium da Ipiranga, de 91 octanas e a Podium da Petrobras, com 95 octanas). Em nosso teste, notamos que o 308 THP tem uma resposta melhor em alta rotação quando abastecido com gasolina Premium. O consumo, no entanto, é similar. Mesmo assim, o carro roda muito bem com gasolina comum aditivada (a que o proprietário costuma usar) e não há problema algum em abastecer com ela se você estiver na estrada ou em uma cidade do interior, onde é mais difícil encontrar gasolina de maior octanagem. Recomendamos, portanto, aos proprietários desses carros que abasteçam com gasolina Podium ou Premium se forem usar o carro em modo esportivo ou se forem pisar mais forte, mantendo o giro do motor elevado por mais tempo, até para evitar desgastes prematuros.

Carros.


A Peugeot lançará uma edição limitada de carros que receberá o nome de RCZ Red Carbon que receberá novos equipamentos de série. Para esta edição serão fabricados apenas 300 modelos.

A montadora desenvolveu um olhar especial para desenvolvimento do line up para o RCZ Red Carbon. Dos 300 modelos fabricados, 200 deles serão comercializados apenas no Reino Unido, o RCZ Red Carbon é um modelo RCZ que será equipado como equipamentos opcionais.

Embora chamado de RCZ Red Carbon, o carro não apresenta nenhuma guarnição de fibra de carbono nem mesmo na carroçaria, tão pouco é limitada sua fabricação a cor vermelha, sendo o preto a outra cor disponível; a grade frontal é na cor preta, assim como os acabamentos do espelho, porta, pinças de freio e os arcos do teto. Foi desenvolvido também acabamento preto fosco para as rodas com aro de 19 polegadas. Os faróis foram desenvolvidos em xenônio.

O interior do carro recebe tons vermelhos no painel de instrumentos, volante e bancos da frente. O câmbio de direção é manual e possui seis velocidades. Para demonstrar seu ar esportivo, o RCZ  traz três opções para o motor: o 156bhp 1.6-litro a gasolina com valor de  R$ 78.000,00, a versão 197bhp por R$ 84.400,00,  e a versão com motor 163bhp 2.0-litro por R$ 81.850,00.

Para quem deseja carros com itens especiais, consegue tê-los com acréscimo de R$ 4.500,00 para o RCZ Carbon Red.  Para incluir itens no RCZ é possível consegui-los com acréscimo de R$ 7.500,00.

Quem ama carros com certeza está motivado para por as mãos neste novo modelo da Peugeot que promete bom desempenho e sofisticação para carros e como arma de marketing em edição limitada, o que causa mais empolgação nos amantes de automóveis.

Por Jaime Pargan

Peugeot RCZ Red Carbon

Foto: Divulgação


O Peugeot 308 THP é a aposta da Peugeot para colocar esportividade a um preço razoavelmente acessível em sua linha de hatch médio. E podemos dizer que tiveram sucesso.

O motor 1.6 turbo de 165cv, aliado a um ágil câmbio Tiptronic Aisin-Porsche de 6 velocidades, o mesmo conjunto presente no RCZ e no 308 CC (conversível), dão ao modelo uma agilidade ímpar. E o teto Cielo é uma atração à parte, passando bem a impressão de se estar em um conversível.

Andamos em um 308 Feline THP 2013 com 5.000km rodados. O modelo praticamente não tem diferenças em relação ao Griffe 2014. Com isso, temos a vantagem de termos o parecer do dono do carro e também de testarmos um carro já não tão novo, com consumo e desempenho já um pouco diferentes em relação ao zero km.

INTERIOR

Por dentro, de início, chama a atenção o ótimo acabamento, com bancos de couro, até mesmo com apoia-braços nos bancos da frente e cromados no painel e portas. Repara-se o foco em praticidade e conforto, com abundância de porta-trecos no painel, no console central e até mesmo nos bancos dianteiros, além da presença de ar condicionado digital dual zone. Também é possível carregar dois celulares ao mesmo tempo, já que o veículo conta com duas tomadas de 12V no console central. O sistema de multimídia WIP NAV/WIP Sound passa um ar requintado. Quando se liga o carro, a tela do sistema sobe do meio do painel, mostrando temperatura externa, bússola, altitude, mapas de GPS e detalhes do som (faixa ou rádio que se está escutando). A tela central também exibe informações do sensor de estacionamento, quando se está dando ré, e mensagens do veículo, como quando se liga o limpador automático de para-brisas, quando os farois se ligam automaticamente ou quando há algum problema com o veículo. O sistema ainda conta com Bluetooth e atendimento de celular em uma das paletas logo atrás do volante e entrada USB no console central, piloto automático e limitador de velocidade, que corta a aceleração quando se atinge a velocidade limite.

Os ajustes de som, atendimento de celular por Bluetooth e controles do piloto automático e limitador de velocidade ficam em paletas atrás do volante. As teclas ficam bem ao alcance dos dedos, não tornando necessário que se tire a mão do raio do volante, mas a visualização das funções fica um pouco prejudicada.

O teto Cielo, embora escuro, deixa passar bastante calor para dentro da cabine quando se está aberto. Mesmo assim, o ar condicionado compensa bem. O carro conta com três saídas de ar centrais, duas laterais e outras duas para os passageiros de trás, o que ameniza muito o calor. E, claro, se a tampa, que acompanha o acabamento do teto, estiver fechada, o calor que invade a cabine é similar ao de um carro sem nem mesmo teto solar.

 

O hatch é bastante espaçoso para quem vai na frente. O banco do motorista acomoda alguém com 1,90m confortavelmente, sem apertos. E sem comprometer muito o espaço atrás, onde caberia um adulto mais baixo (de 1,65m) ainda confortavelmente. Deste modo, o 308 leva pelo menos três pessoas altas e duas baixas com conforto.

Por ser comprido e largo, o 308 também conta com um bom porta-malas sem comprometer o espaço para passageiros. São 430 litros, suficientes para levar duas malas médias e mais alguns itens.

EXTERIOR

Discreto, o 308 THP quase passa despercebido de outros 308 quando se olha o carro de fora. Os únicos detalhes que revelam que se trata de um THP são o discreto emblema na tampa do porta-malas e suas rodas e retrovisores mais escuros. Assim mesmo, o visual é bastante esportivo, algo característico da linha 308. O teto Cielo dá um tom preto bonito para a parte de cima do carro e um destaque são os largos pneus 225/45 R 17.

COMO ANDA

O 308 THP anda muito bem. O câmbio automático de 6 marchas com diferenciador de torque não tem uma troca imperceptível como acontece com sistemas de dupla embreagem, mas é bastante rápido. Quando se pisa fundo, o carro imediatamente passa para uma marcha mais baixa e já começa a ganhar velocidade. De todo modo, o sistema possui um botão para deixá-lo em modo esportivo, algo que mantém a rotação em torno de 3 a 4 mil RPM (em contraste com os cerca de 2 mil no modo drive normal), deixando o carro numa melhor faixa de torque e potência e tornando desnecessária a diminuição de marcha que o câmbio automático faz quando se pisa mais fundo. Se o motorista ainda preferir, há a opção de troca sequencial de marchas manual, na alavanca do câmbio. De qualquer maneira, em quaisquer dos modos, o 308 THP é muito ágil nas ultrapassagens. E isso sem comprometer o consumo, que fica em torno de 12km/l na estrada, com ar condicionado ligado, mesmo numa direção mais esportiva.

Na cidade, o consumo sofre um pouco. Neste veículo específico, o dono alega que consegue um consumo de cerca de 6km/l utilizando o carro em ruas centrais de Curitiba, em horário de pico. A capital paranaense tem um trânsito lento e muitos semáforos, causando muitas paradas, o que eleva o consumo. O consumidor de uma cidade com trânsito mais fluído, com mais vias expressas, pode esperar um consumo acima de 7km/l.

A suspensão é firme, bastante confortável para uma estrada em bom estado de conservação, mas dura para vias com muitas irregularidades e buracos. É um conjunto que passa bastante os defeitos do asfalto para os ocupantes da cabine.

O motor não é flex, aceita somente gasolina. Por se tratar de um motor pequeno com alta potência, a taxa de compressão é alta e, claro, o fabricante recomenda gasolina de alta octanagem, do tipo Premium (no Brasil, existe a Premium da Ipiranga, de 91 octanas e a Podium da Petrobras, com 95 octanas). Em nosso teste, notamos que o 308 THP tem uma resposta melhor em alta rotação quando abastecido com gasolina Premium. O consumo, no entanto, é similar. Mesmo assim, o carro roda muito bem com gasolina comum aditivada (a que o proprietário costuma usar) e não há problema algum em abastecer com ela se você estiver na estrada ou em uma cidade do interior, onde é mais difícil encontrar gasolina de maior octanagem. Recomendamos, portanto, aos proprietários desses carros que abasteçam com gasolina Podium ou Premium se forem usar o carro em modo esportivo ou se forem pisar mais forte, mantendo o giro do motor elevado por mais tempo, até para evitar desgastes prematuros.

Carros.


O Peugeot 308 THP é a aposta da Peugeot para colocar esportividade a um preço razoavelmente acessível em sua linha de hatch médio. E podemos dizer que tiveram sucesso.

O motor 1.6 turbo de 165cv, aliado a um ágil câmbio Tiptronic Aisin-Porsche de 6 velocidades, o mesmo conjunto presente no RCZ e no 308 CC (conversível), dão ao modelo uma agilidade ímpar. E o teto Cielo é uma atração à parte, passando bem a impressão de se estar em um conversível.

Andamos em um 308 Feline THP 2013 com 5.000km rodados. O modelo praticamente não tem diferenças em relação ao Griffe 2014. Com isso, temos a vantagem de termos o parecer do dono do carro e também de testarmos um carro já não tão novo, com consumo e desempenho já um pouco diferentes em relação ao zero km.

INTERIOR

Por dentro, de início, chama a atenção o ótimo acabamento, com bancos de couro, até mesmo com apoia-braços nos bancos da frente e cromados no painel e portas. Repara-se o foco em praticidade e conforto, com abundância de porta-trecos no painel, no console central e até mesmo nos bancos dianteiros, além da presença de ar condicionado digital dual zone. Também é possível carregar dois celulares ao mesmo tempo, já que o veículo conta com duas tomadas de 12V no console central. O sistema de multimídia WIP NAV/WIP Sound passa um ar requintado. Quando se liga o carro, a tela do sistema sobe do meio do painel, mostrando temperatura externa, bússola, altitude, mapas de GPS e detalhes do som (faixa ou rádio que se está escutando). A tela central também exibe informações do sensor de estacionamento, quando se está dando ré, e mensagens do veículo, como quando se liga o limpador automático de para-brisas, quando os farois se ligam automaticamente ou quando há algum problema com o veículo. O sistema ainda conta com Bluetooth e atendimento de celular em uma das paletas logo atrás do volante e entrada USB no console central, piloto automático e limitador de velocidade, que corta a aceleração quando se atinge a velocidade limite.

Os ajustes de som, atendimento de celular por Bluetooth e controles do piloto automático e limitador de velocidade ficam em paletas atrás do volante. As teclas ficam bem ao alcance dos dedos, não tornando necessário que se tire a mão do raio do volante, mas a visualização das funções fica um pouco prejudicada.

O teto Cielo, embora escuro, deixa passar bastante calor para dentro da cabine quando se está aberto. Mesmo assim, o ar condicionado compensa bem. O carro conta com três saídas de ar centrais, duas laterais e outras duas para os passageiros de trás, o que ameniza muito o calor. E, claro, se a tampa, que acompanha o acabamento do teto, estiver fechada, o calor que invade a cabine é similar ao de um carro sem nem mesmo teto solar.

 

O hatch é bastante espaçoso para quem vai na frente. O banco do motorista acomoda alguém com 1,90m confortavelmente, sem apertos. E sem comprometer muito o espaço atrás, onde caberia um adulto mais baixo (de 1,65m) ainda confortavelmente. Deste modo, o 308 leva pelo menos três pessoas altas e duas baixas com conforto.

Por ser comprido e largo, o 308 também conta com um bom porta-malas sem comprometer o espaço para passageiros. São 430 litros, suficientes para levar duas malas médias e mais alguns itens.

EXTERIOR

Discreto, o 308 THP quase passa despercebido de outros 308 quando se olha o carro de fora. Os únicos detalhes que revelam que se trata de um THP são o discreto emblema na tampa do porta-malas e suas rodas e retrovisores mais escuros. Assim mesmo, o visual é bastante esportivo, algo característico da linha 308. O teto Cielo dá um tom preto bonito para a parte de cima do carro e um destaque são os largos pneus 225/45 R 17.

COMO ANDA

O 308 THP anda muito bem. O câmbio automático de 6 marchas com diferenciador de torque não tem uma troca imperceptível como acontece com sistemas de dupla embreagem, mas é bastante rápido. Quando se pisa fundo, o carro imediatamente passa para uma marcha mais baixa e já começa a ganhar velocidade. De todo modo, o sistema possui um botão para deixá-lo em modo esportivo, algo que mantém a rotação em torno de 3 a 4 mil RPM (em contraste com os cerca de 2 mil no modo drive normal), deixando o carro numa melhor faixa de torque e potência e tornando desnecessária a diminuição de marcha que o câmbio automático faz quando se pisa mais fundo. Se o motorista ainda preferir, há a opção de troca sequencial de marchas manual, na alavanca do câmbio. De qualquer maneira, em quaisquer dos modos, o 308 THP é muito ágil nas ultrapassagens. E isso sem comprometer o consumo, que fica em torno de 12km/l na estrada, com ar condicionado ligado, mesmo numa direção mais esportiva.

Na cidade, o consumo sofre um pouco. Neste veículo específico, o dono alega que consegue um consumo de cerca de 6km/l utilizando o carro em ruas centrais de Curitiba, em horário de pico. A capital paranaense tem um trânsito lento e muitos semáforos, causando muitas paradas, o que eleva o consumo. O consumidor de uma cidade com trânsito mais fluído, com mais vias expressas, pode esperar um consumo acima de 7km/l.

A suspensão é firme, bastante confortável para uma estrada em bom estado de conservação, mas dura para vias com muitas irregularidades e buracos. É um conjunto que passa bastante os defeitos do asfalto para os ocupantes da cabine.

O motor não é flex, aceita somente gasolina. Por se tratar de um motor pequeno com alta potência, a taxa de compressão é alta e, claro, o fabricante recomenda gasolina de alta octanagem, do tipo Premium (no Brasil, existe a Premium da Ipiranga, de 91 octanas e a Podium da Petrobras, com 95 octanas). Em nosso teste, notamos que o 308 THP tem uma resposta melhor em alta rotação quando abastecido com gasolina Premium. O consumo, no entanto, é similar. Mesmo assim, o carro roda muito bem com gasolina comum aditivada (a que o proprietário costuma usar) e não há problema algum em abastecer com ela se você estiver na estrada ou em uma cidade do interior, onde é mais difícil encontrar gasolina de maior octanagem. Recomendamos, portanto, aos proprietários desses carros que abasteçam com gasolina Podium ou Premium se forem usar o carro em modo esportivo ou se forem pisar mais forte, mantendo o giro do motor elevado por mais tempo, até para evitar desgastes prematuros.

Carros.


A Peugeot retorna ao Rali Dakar (2015) depois de 25 anos sem participar do evento (desde 1990), a montadora francesa apresentou o carro que irá participar da competição, o Peugeot 2008 DKR que é uma parceria da Peugeot com a Red Bull e a Total (empresa de lubrificantes automotivos e industriais).  

Mesmo herdando o nome do crossover compacto 2008, ele não se assemelha com o modelo de produção. O 2008 DKR tem um design único e, claro, todo adaptado para o rali. O modelo tem uma aparência agressivo, robusta, com uma ótima passagem de ar por sua lateral e aros de 37". A pintura está em um tom de preto fosco, mas pode ser trocada por um tema exclusivo da parceira Red Bull.  

Para a criação desse modelo, os engenheiros da Peugeot consideraram conhecimentos de medida ideal de curso para a suspensão, o espaço dos pilotos na cabine, o tamanho dos aros e pneus.  

Justificando a não semelhança com o Peugeot 2008, a montadora afirmou que o 2008 DKR pode se considerar um exemplo do que seria um 2008 cupê com duas portas. O carro precisou de adequados ângulos de entrada e saída, o balanço dele foi um pouco reduzido para isso.

Apesar de uma competição de rali sugerir tração integral, o 2008 DKR não possui. A montadora decidiu usar apenas tração em duas rodas (2×4) para dar lugar a uma suspensão com maior curso, o que é mais ágil em terrenos acidentados. Informações técnicas do 2008 DKR ainda não foram divulgadas pela marca.

O que sabemos é que no modelo terão dois pilotos bem experientes: o bicampeão do Campeonato Mundial de Rali (WRC), Carlos Sainz, que venceu o Dakar em 2010 e o Cyril Despres, que venceu a competição por 5 vezes de moto.

O Rali Dakar 2015 terá início em 4 de janeiro, atravessando a Argentina, Chile e Bolívia.

Por André Barbosa

Peugeot 2008 DKR

Foto: Divulgação


O Salão de Pequim, que começou no dia 20 de abril, vai mostrar uma cara bem diferente da recessão que o governo quer colocar ao mercado. As montadoras estão investindo muito em automóveis premium, de luxo e alto luxo para apresentá-los no evento e atender o mercado local que não para de crescer neste segmento. As montadoras orientais vão entrar tentando colocar algum peso na disputa. E as marcas ocidentais, claro, vão apresentar carros de altíssimos níveis para atender esse mercado.

E para as empresas ocidentais, a notícia é boa. Quando se trata de carros, os chineses preferem os estrangeiros. A fatia do mercado para as marcas locais, segundo dados de março, é de apenas 39,3%. Foram 2,17 milhões de veículos chineses comercializados no último mês. E a estratégia do ocidente é continuar investindo no mercado chinês, que não para de crescer no segmento de luxo.

Um dos carros que será apresentado em Pequim é um conceito do crossover da Audi, que abre portas ao futuro Q4, pensada justamente para competir com BMW X4 e Porsche Macan. Essa versão será para atender os consumidores que acham o Q3 e o Q5 sem graça.

Já a marca alemã quer apresentar em Pequim um alto luxo extravagante. Um sedan já tratado como Série 9 que pode até encarar o Bentley Flying Spur, um automóvel de alto nível de R$ 1,5 milhão. O carro da BMW provavelmente será apresentado como um molde de um Série 8 de duas portas e Série 9 quando for de quatro portas.

A marca japonesa Toyota vai apresentar a Lexus no Salão de Pequim juntamente com o NX, um novo crossover compacto que será visto também no Salão de Nova York.

As marcas da PSA, Peugeot e Citroën, também vão mostrar que querem atender o mercado chinês. Os conceitos Exalt e DS5 LS-R, respectivamente serão vistos no Salão de Pequim. O primeiro é um cupê e o segundo uma variação esportiva de um DS sedan aparentado ao C4 Lounge. Não estão no mesmo patamar que os outros, mas no Brasil com certeza custariam mais de R$ 100 mil.

Por Carolina Miranda

Audi TT Offroad Concept

Audi TT Offroad Concept

Foto: Divulgação


Enquanto não confirma a chegada do novo sedan compacto 301, a Peugeot anuncia o lançamento do modelo 207 In Concert, edição especial que tenta manter o fôlego do modelo. Com uma boa lista de equipamentos de série, a versão In Concert tem preços que partem dos R$ 36.090.

De fábrica, o 207 In Concert vem com freios ABS, possui duplo airbag, tem direção hidráulica, conta com vidros elétricos dianteiros, possui travas elétricas nas portas (com acionamento automático em velocidade programada), tem porta-malas com telecomando, possui sistema de ar condicionado, tem limpador do para-brisa com temporizador vinculado à velocidade do carro e possui inscrições em alusão a edição especial nas laterais e na soleira das portas.

Para completar, a versão In Concert tem como grande novidade o sistema de som da Clarion, dotado de amplificador de quatro canais, alto-falantes de 180W de potência nas portas dianteiras, leitor MP3 e WMA, controle remoto sem fio, conexão Bluetooth, streaming de áudio e integração com gadgets da Apple via entrada USB. De acordo com a Peugeot, o cliente poderá utilizar o aplicativo de rádio online Pandora e o iTunes Tagging, que permite a marcação de músicas para que o usuário possa fazer o download no iTunes Store posteriormente.

Com modestas alterações estéticas e nenhuma modificação mecânica, a edição In Concert do Peugeot 207 é baseada na versão Active 1.4 do modelo e por isso, sob o capô o carro traz o motor 1.4 8V Flex, que entrega até 82 cv de potência e torque de 12,85 kgfm, quando abastecido com etanol. Trabalhando em conjunto com o bloco 1.4 está uma caixa de câmbio manual de cinco marchas.

Oferecido na cor cinza cendré, a marca francesa disponibiliza como opção a pintura na cor branco braquise e cinza aluminium, com acréscimo ao preço final de R$ 500 e R$ 1.100, respectivamente.

Por Caio Polo


Depois de um lançamento impecável no último Salão do Automóvel de Genebra, o Peugeot 2008 conseguiu realizar sua estratégia e o modelo se tornou um dos mais vendidos no ano passado, com mais de 100 mil unidades fabricadas na produção de Mulhouse, na França. A versão, que conseguiu exportação para incontáveis países, possui a tecnologia Grip Control, um sistema que administra a motricidade das rodas dianteiras.

Para criar mais um mito da marca, a unidade 100 mil, o exato número do Peugeot 2008 – produzido na famosa indústria de Mulhouse da França – foi entregue pessoalmente ao cliente que, além do modelo, teve a vantagem de visitar a produção de onde seu automóvel saiu e recebeu simbolicamente a chave do veículo das mãos de Corinne Spilios, Diretora do Centro de Produção da fábrica.

No teste Euro NCAP, o modelo recebeu o título de cinco estrelas. As vendas foram tantas e tão inesperadas que a escala de fabricação foi acrescida três vezes. Desde o seu anúncio, a sede de Mulhouse teve que dobrar a fabricação diária de unidades do Peugeot 2008. Além desse imprevisto sucesso, o modelo já recebeu dez prêmios em países como a Irlanda, Turquia, Polônia, França, Itália e Espanha. Atesta também a subida de gama agenciada pela Marca no segmento B com 68% de suas vendas nas versões de acabamento superiores.

O triste da história é que a marca ainda não tem fabricação no Brasil. A previsão de dar origem por aqui está para o fim deste ano, no Centro de Produção de Porto Real (RJ). Mesmo assim, até a montagem do modelo começar, a data se amplia ainda mais, indo para mais de um ano, podendo então estar efetivamente produzido no primeiro semestre de 2015. Enquanto isso, o veículo já chega neste semestre na China, onde será produzido na planta industrial de Wuhan.

Por Carolina Miranda

Peugeot 2008

Foto: Divulgação


O clube Flamengo vai disponibilizar os seus sócios torcedores um Peugeot do modelo 207 como um incentivo para atrair novos associados para o quadro. Outros torcedores ainda podem ganhar camisetas oficiais do clube.

A Peugeot afirmou a parceira com o clube nesse mês como já previam algumas especulações. O time carioca ganha destaque nas manchetes do exterior em relação a imagem e notícias relacionadas e, segundo o IBGE, é o segundo time com maior número de torcedores seguido do time paulista Corinthians.

O valor do prêmio é estimado em quase trinta e um mil reais. A parceria, que gerou polêmica e que não teve valores informados, pretende ser apenas o início de uma grande parceria e ao que tudo indica muitas novidades ainda virão nesse ano.

A Peugeot, que também é novo patrocinador do clube carioca, também havia citado sobre o assunto no evento da apresentação do uniforme oficial e o vice presidente de marketing informou que o clube não tem interesse algum em praticar "rodízio" de patrocinadores.

A união entre as duas maiores paixões do brasileiro, que há décadas são os carros e o futebol, visa pontos favoráreis e grande destaque internacional que vai valorizar ainda mais os dois lados dessa parceria. A marca será exibida na camisa até o dia 1º de Maio, lembrando que a exibição na parte da frente faz parte de uma cortesia do clube, já que o contrato é apenas para a parte de trás.

A Adidas que é uma das empresas atuantes nesta parceria informa que sobre o modelo, o mesmo é semelhante ao do Mundial de 1981 e alguns detalhes na altura do peito representam o relevo do Rio de Janeiro.

Por Luciana Ávila

Foto: divulgação


O novo Peugeot 208 GTI já está na mira dos brasileiros e é o mais bem aprimorado da família francesa, com um motor de 1.6 THP. Assim como o 308, o modelo super esportivo possui acabamento impecável e uma repaginada que chama a atenção de qualquer consumidor apaixonado por carro. 

Já com presença confirmada na Argentina, os modelos GTI e também premium XY são diferenciados devido a sua carroceria de três pontas e também com caixas de rodas mais largas dos demais. Ambos oferecem seis airbags, ESP (ou controle de estabilidade), teto panorâmico, ar condicionado de duas zonas (dual zone), navegador, Bluetooth, controle de cruzeiro, pinças de freio vermelhas entre outros diferenciais que se acoplam perfeitamente no conjunto de itens.

Ainda para os dois modelos, o propulsor, conforme citado, é 1.6 THP com 200 cv no modelos esportivo e 156 cv no modelo luxuoso e ambos possuem câmbio manual de seis marchas sem a opção automática da caixa. Os valores aproximados são de R$ 84 mil para o GTI e R$ 74 mil para o XY que a fabricante garante ser bem empregados já que o modelo esportivo, por exemplo, além de chegar a 100 km/h em apenas sete segundos também possui interior personalizado e bancos esportivos.

Os freios e a direção foram projetados para um melhor ajuste dessa versão mais potente. As cores também são diferenciadas: Branco Banquisa, Perla Nera e Vermelho Rubi que prometem esbanjar ousadia e charme por onde passar.

O modelo luxuoso tem uma curiosidade em relação ao seu nome: XY é nada menos que a representação dos cromossomos masculinos e femininos, uma espécie de "sugestiva" a ambos os sexos já que pode ter o diferencial da beleza para as mulheres e um ótimo conjunto mecânico para os homens, detalhes que podem ser mais visados para ambos. O importante é que os futuros proprietários poderão ter a certeza de um bom desempenho em traços totalmente atraentes desenhados pela designer Anna Costamagna. 

Por Luciana Ávila

Foto: divulgação


Se você está em busca de um carro espaçoso, leve e confortável vem aí o Peugeot 308 – o mais novo líder do segmento na Europa. É um carro super fácil de dirigir, fornece aos passageiros do banco traseiro bastante conforto devido ao espaço e altura que possui, uma vez que uma pessoa com altura de aproximadamente 1,80 m ainda fica com 4 dedos abaixo do teto do carro.

Todavia, ele só começará a ser vendido no Exterior a partir de outubro de 2014 e no Brasil apenas em 2015. O seu design virá bem parecido com o Audi 3, o que garante uma diferença do painel em relação ao último modelo fabricado. A cabine também virá com mais qualidade e suavidade. Importante lembrar que, no Exterior ele será vendido também na França e Europa, uma vez que está entre os melhores carros fabricados pela Peugeot e tem sido muito pedido lá fora.

O motor mudou um pouco em relação ao último, pois desta vez ele foi projetado pela BMW, transmitindo ao condutor leveza e garantia de velocidade caso o motorista precise dar uma arrancada com o veículo. Ressalte-se que, se você tem o pé pesado, atente-se para este carro, pois ele tem uma arrancada bem forte e desta vez virá com i-cockpit, que é o nome do novo painel do Peugeot 308.

Durante o teste drive você já perceberá a agilidade e a estabilidade que o carro fornece. Dentre as inúmeras qualidades do carro a principal é o conforto que dá ao condutor e aos passageiros, pois dá para colocar 5 pessoas tranquilamente. Devido à sua característica espaçosa, alguns montadores do carro o apelidaram de “carro família”.

Os carros da linha Focus e Golf que se atentem, pois o Peugeot 308 será um de seus maiores concorrentes. Desta vez, ele virá 2 centímetros menor, com um porta malas maior e garantirá mais qualidade e conforto. 

Por Luciana Viturino

Novo Peugeot 308

Foto: Divulgação


Após o Recall feito nos modelos 308 e 408 da Peugeot para evitar  possíveis problemas nos freios no mês de maio deste ano, agora é a vez de 775 unidades do modelo 208 passar pela revisão ainda neste final de ano.

Caso o problema não seja brevemente corrigido, os proprietários dos veículos envolvidos podem correr sérios riscos já que isso  pode ocasionar um desprendimento do pivô da roda fazendo com que o condutor perca a direção e sofra acidentes com maior facilidade. A chamada são  para os modelos fabricados entre 23 de Julho a 10 de Agosto deste ano.  Este serviço (óbviamente) é gratuito.

A montadora francesa disponibiliza um telefone exclusivo em casos dúvidas sobre as  informações complementares a respeito deste recall que é o 0800-7032424. A ligação também  é gratuita e o atendimento é  em horário comercial. O tempo para a revisão não foi estipulado pela fabricante, mas quanto antes for feita a checagem, menor é  o risco físico que poderá ser representado aos ocupantes do veículo.

A duração total do serviço pode ser de  até três horas e os chassis envolvidos são EB017919 a EB032339 lembrando que não são números sequenciais.  Um fato curioso é que nos últimos dois anos, as maiores montadoras tiveram seus nomes nas filas do Recall. Sendo assim fica realmente difícil a escolha do consumidor na hora de adquirir um veículo zero km com mais tranquilidade.

No geral os problemas não são nada ignoráveis e eles vão desde um defeito na transmissão automática até este  possivel desprendimento do pivô da roda. Em Janeiro a Renault deu a largada do Recall e a nova moda foi seguida por nomes como BMW, Volkswagem, Honda , Nissan, Maserati, Fiat, GM, Chrysler, Mitsubishi, Jaguar, Mercedes e Peugeot.

Os consumidores se perguntam se já que existe a ISO espalhada pelo Brasil e no mundo, quando vamos poder realmente comprar com a garantia  e ter o principal benefício que é a nossa segurança?  Enfim, caros proprietários vamos agendar mais esta!  

Por Luciana Ávila


A Peugeot está trabalhando no desenvolvimento do RCZ R e investindo no marketing de que este será o mais poderoso automóvel da marca a ser visto nas estradas. Embora o valor do RCZ ainda não esteja definitivamente determinado pela marca, a estimativa é de que ele chegará ao mercado ao preço de 32.500 libras, sendo o primeiro modelo a chegar às concessionárias no dia 2 de janeiro do próximo ano.

Para isso a empresa tem focado todos os seus esforços no trabalho de sua equipe de desenvolvimento de carros de luxo.

Segundo Pierre Budar; gerente da área de fabricação de modelos esportivos e individuais da Peugeot , "o carro foi desenvolvido em resposta à demanda dos clientes por um RCZ com mais potência e que corresponda a sua aparência elegante."

Peugeot RCZ R

Foto: Divulgação

Cyrille Jourdan, gerente técnico da equipe da Peugeot  comenta que "a meta para o novo carro é que seja  algo fácil de ser conduzido pelas estradas, mas que realmente impressione, para alcançar este fim o equilíbrio, a potência e tração foram todos trabalhados”.

O motor a gasolina será de 1.6 litros, passou por uma revisão completa e chegará com um turbo maior que aumenta devido a uma pressão mais elevada, enquanto que a ignição foi redesenhada para um fluxo mais livre. O bloco do motor foi reforçado com pistões provenientes adicionados. Há também um intercooler maior, novo coletor de escape com uma pressão menor que aciona as rodas dianteiras através de uma nova embreagem, a caixa de velocidades foi redesenhada com proporções diferentes para um modelo padrão.

O motor desenvolve 266bhp e 330Nm, 69bhp e 55nm mais do que antes.

Cyrille  ainda acrescentou que o desenvolvimento do novo modelo tem apresentado um bom resultado e reforça quanto ao foco dado no desenvolvimento do motor para um carro mais potentes: “Precisamos de motor de confiança. Sendo assim, algumas das lições que aprendemos com os carros de corrida serão consideradas”.

Por Jaime Pargan


A montadora Peugeot, uma das mais importantes do cenário automotivo mundial, acaba de anunciar excelentes condições de pagamento para a compra do 408 Allure e do 308 Active.

Os carros estão saindo por R$ 54.990 e R$ 49.990, respectivamente. Vale acrescentar que os descontos oferecidos pela Peugeot chegam a R$ 5.000. O 408 em promoção é oferecido na versão 2.0 Flex, com transmissão manual de cinco marchas. O 308  com desconto, por sua vez, vem equipado com potente motor 1.6 Flex e conta com câmbio manual de cinco velocidades.

Os modelos em questão estão sendo disponibilizados com taxa zero, parcelamento em até 24 meses, entrada de 60% do preço total do carro e pagamento da primeira parcela apenas em janeiro do próximo ano.

Quem deseja obter um prazo mais extenso de pagamento terá que desembolsar a taxa de 0,99% ao mês. Há a possibilidade também de pagar a entrada menor de 30% do valor total e fazer o financiamento do valor restante em até 48 meses.

Cumpre salientar que os descontos e condições especiais são válidos em todas as revendas da Peugeot, até o final de outubro de 2013. As vantagens são muitas, então, se você procura um bom carro com excelente custo-benefício, essa oportunidade da Peugeot é de fato imperdível!

Por Larissa Mendes de Oliveira Soares


Pouco tempo após serem iniciadas as vendas do 308 na Europa, a montadora francesa Peugeot já começa a pensar na versão GTI do seu novo hatch. Segundo Christophe Valet, executivo da empresa, o modelo deverá ter o bloco 1.6 THP e deve atingir uma potência de 250 cv na versão mais simples. Além disso, Valet ainda afirmou que o modelo deve ter uma suspensão rebaixada com molas e amortecedores mais rígidos (de forma a melhorar a estabilidade), terá entradas de ar maiores nos para-choques, possuirá rodas de 19 polegadas, terá freios mais eficientes, entre diversos outros detalhes.

O modelo mais potente deve ser o 308 R, que deve ter a potência aproximada de 270 cv e alguns ajustes na motorização em geral.

Por enquanto, o 308 vendido por aqui é produzido na Argentina e é praticamente o mesmo do restante da Europa. Nesse mês, no entanto, o Novo Peugeot 308 deve surgir lá no Velho Mundo com uma reestilização total. A segunda geração do hatch médio lembra muito o Volkswagen Golf e não deve aparecer por aqui tão cedo. O atual 308 apareceu aqui há apenas um ano e meio, ou seja, há uma defasagem já de costume entre os lançamentos da francesa e a chegada ao Brasil.

Entretanto, para não deixar o povo aqui chateado, a versão atual vendida aqui deve sofrer algumas alterações leves no mês que vem, como câmbio automático de seis marchas no lugar do de quatro. A versão 1.6 mais simples no Brasil custa cerca de R$ 52.990.

Ebenézer Carvalho


Peugeot 308 2014 Fora os renovados 308 R Concept e o 308, a empresa Peugeot irá levar ao Salão de Frankfurt (Alemanha) o atualizado monovolume 308 com renovada identidade no visual. Fora o lado estético com novo estilo, o veículo ganhou novidades no que se refere à tecnologia e novos itens de série e opcionais.

Por fora, o 308 conta, agora, com grade dianteira cromada em um formato parecido com o do 508 da mesma marca, elementos que formam um conjunto óptico, lanternas com novos desenhos e para-choques que aparentam um visual de maior robustez. A cabine ganhou apliques em cromo e o monitor multimídia foi mudado do console de centro para a parte de cima do painel. Entre todos os elementos, o veículo passou a ter alerta de colisão, câmera de ré e assistente da partira em rampa.

O motor no mercado de autos da Europa não passou nenhuma alteração. O 308 vai continuar sendo vendido com os propulsores a gasolina 1.6 L VTi de 120 cv e o 1.6 THP 165 cavalos de potência. No que se refere à opção a diesel, há o 1.6 e-HDI FAP 115 cavalos de potência e o 2.0 HDI FAP 150 cv ou com 163 cv.

Há ainda a variação do tipo híbrida, que apresenta bloco turbo-diesel 2.0 L junto a um motor elétrico, garantindo potência total de 204 cavalos de potência, além de um consumo médio que supera os 26 km/l.

Os valores do 308 de 2014 ainda não foram anunciados pela companhia, mas no mercado brasileiro o veículo é vendido (sem a atualização de estilo) pelo preço de R$ 86.990 somente com o motor 1.6 THP 165 cavalos de potência.

Por Marcelo Araújo


Peugeot RCZChegou ao mercado automotivo o mais novo carro da Peugeot. Trata-se do RCZ, uma grande promessa do segmento. O carro custará R$ 132.990 e cerca de 50 mil unidades do veículo já foram vendidas, o que representa um grande sucesso para um lançamento tão recente.

O Novo Peugeot RCZ teve o para-choque redesenhado e está com linhas mais agressivas, os faróis passaram a ter máscara negra e, além disso, o veículo conta ainda com LEDs diurnos. Na parte interna, o Novo CRZ foi otimizado, ficando mais amplo, confortável e esportivo.

Na parte visual os detalhes cromados chamam a atenção, bem como, o moderno acabamento em couro. O lançamento traz ainda TCS, ESP, completo sistema multimídia, 4 airbags, navegador GPS,  Bluetooth, tela de 7 polegadas retrátil, sistema de áudio JBL, rodas de liga leve 18”, seis auto-falantes, sensor de estacionamento, dentre outros atributos.

Em termos mecânicos, o carro vem equipado com potente motor 1.6 THP capaz de gerar 165 cavalos.  Além do motor, o Novo CRZ vem com caixa automática de seis velocidades. Segundo a Peugeot, o carro será encontrado nas seguintes cores: Branco Nacré, Vermelho Erythrée e Perla Nera. A garantia será de 3 anos.

Por Larissa Mendes de Oliveira Soares


Novo Peugeot 2008 O Peugeot 2008 já chegou ao mercado automotivo com toda a força. As imagens oficiais do carro já estão circulando na internet e a montadora francesa já confirmou que o novo carro será comercializado inicialmente na França, China e Brasil.

O automóvel é um crossover  que foi lançado no Salão de Pequim no ano passado e nenhum carro da marca causou tanto burburinho como o modelo 2008. Nem mesmo o 206 foi cercado de tamanha expectativa.

Em breve ele começa a ser vendido em nosso país e, ao que tudo indica, será concorrente direto do Renault Duster e do Ford Ecosport, ambos destaques na categoria dos crossovers.

O carro é baseado no famoso 208 e virá equipado com propulsores 1.5 8V com 93 cavalos de potência e 1.6 16V de 122 cavalos de potência. As duas versões contarão com injeção direta de combustível, freio ABS, seis airbags, controle de estabilidade, acabamento refinado, design agressivo, dentre outros atributos complementares.

Vale destacar que o valor de venda no Brasil ainda não foi divulgado, mas no mercado francês ele é comercializado pelo valor equivalente a R$ 38.700.

Por Larissa Mendes de Oliveira Soares


O Festival de Goodwood, na Inglaterra, é muito famoso por destacar vários lançamentos mundiais. Neste ano, o evento contou com a divulgação das primeiras fotos do que será o novo modelo da Peugeot, denominado RCZ R.

O novo modelo da montadora será equipado com motor 1.6 L, este motor sairá de fábrica com turbocompressor com no mínimo 1.900 giga-hertz, conseguindo dessa forma alcançar os 100 quilômetros por hora em apenas 6 segundos. Infelizmente, os fascinados por velocidade ficarão limitados aos 249 quilômetros por hora, uma vez que a velocidade do carro é controlada eletronicamente.

A montadora anunciou ainda que rebaixou a suspensão do veículo em 1 centímetro, colocou rodas com aro de 19” na traseira e adicionou um spoiler para garantir a estabilidade do novo RCZ R em alta velocidade.

No entanto, quem se empolgou com a notícia deverá ter muita paciência, uma vez que a chegada do veículo no mercado Europeu está prevista para o início de 2014. Além disso, a montadora não tem previsão estimada de quando o veiculo será lançado no Brasil, isso se for lançado, vale lembrar.

Por Fernando Setoue


Novo Peugeot 208O novo Peugeot 208 está chegando com tudo ao Brasil. É um lindo carro esportivo, inovador na categoria, confortável e resistente. Mas como todos os outros carros, e isso é normal, ele tem seus pontos positivos e negativos, porém há muito mais pontos positivos do que negativos.

Este automóvel tem um design impecável e perfeito, não há do que reclamar nesse quesito. Dono de uma tecnologia de ponta, é um carro bastante econômico em se tratando de viagens, mas na cidade, não parece ser tão econômico assim. Seu motor é silencioso o que torna este automóvel ainda mais agradável. Tem uma boa aparência por dentro e por fora e, diga-se de passagem, o porta-luvas é enorme, se comparado aos outros carros da Peugeot. O painel, volante e o teto desde carro são incríveis em seu design e tecnologia. Este veículo também tem um excelente sistema de amortecimento, tornando-o ainda mais confortável.

O valor dele está um pouco alto, dependendo das versões, porém vale a pena fazer este investimento, pois é um carro sensacional. 

Por Lidiane Freitas


Foi anunciado no Salão do Automóvel em Buenos Aires, o lançamento em 2014, no Brasil, do esportivo compacto Peugeot 208 GTI. O Hatch ainda não tem definidos nem o valor do preço de venda, nem a data de vinda para o nosso país.

Ele será importado da França com posterior fabricação na planta da Peugeot Porto Real, no Rio de Janeiro.

Alguns dos atrativos deste carro que já desperta a cobiça dos amantes das quatro rodas são:

 – motor de 1,6 THP Turbo a gasolina

 – 200 cv de potência

 – Rodas de Liga Leve de 17 polegadas

 – Suspensão mais baixa que o do Peugeot 208, ficando mais próximo do solo

 – Câmbio manual de seis marchas

 – Amortecedores mais firmes que o seu precursor.

O "hot hatch" atinge uma velocidade de 100 Km por hora em 6,7 segundos e pode alcançar uma velocidade máxima de 230 Km, capacidade viável pelas características do motor, estilo das rodas com perfil mais baixo (8 mm mais baixo que o 208) e pelas barras estabilizadoras.

Especula-se que o preço será de aproximadamente R$80.000, o valor do Citroen DS3, visto que esses dois automóveis compartilham a mesma plataforma.

Por Melina Menezes


A empresa Peugeot deve revelar em pouco tempo uma reformulação na gama do modelo 207. Isso irá ocorrer por causa da introdução do 208 na unidade fabril localizada em Porto Real, no Rio de Janeiro.

O 208, segundo informações da marca, será um dos grandes sucessos da empresa para o ano de 2013.

Com o objetivo de conseguir mais espaço dentro da linha de produção para a fabricação do novo veículo, o modelo 207 irá ser produzido na Argentina, em El Palomar, com uma linha de versões reduzidas.

O 207 Sedan, que era vendido recentemente com a designação Passion, terá a sua comercialização reduzida no mercado de autos nacional e argentino. O mesmo processo irá acontecer com a carroceria de 3 portas do 207 hatch. Com isso, restará na gama 207 somente o veículo de 5 portas e a Hoggar, uma compacta picape. Ambos continuam sendo fabricados em Porto Real, mas de forma limitada e com previsão de um possível substituto.

Com o objetivo de substituir o Sedan 207, a empresa pode introduzir no país o 301, um veículo maior e com mais atrativos do que o seu anterior. O novo veículo da Peugeot terá como principal concorrente o Chevrolet Cobalt, atual líder do segmento.

Por Marcelo Araújo


A Peugeot anunciou através de seu site oficial recentemente o recall dos modelos 308 THP e 408 THP exclusivamente no mercado brasileiro. O motivo pelo qual esses modelos terão que passar por recall é a possível montagem de forma incorreta do tubo de vácuo do sistema ligado ao freio, o que pode gerar um desgaste mais profundo em algumas peças e dessa forma uma redução na assistência de frenagem e endurecimento do pedal.

No caso do modelo 308 THP, os veículos afetados foram fabricados entre as datas 3 e 11 de julho do ano de 2012 com os números de chassis não sequencias indo do DG018232 a DG018529. Já para o modelo 408 THP as unidades convocadas foram montadas de 16 de março de 2011 a 9 de agosto de 2012 com os chassis também não sequenciais que vão de CG001821 e DG034635.

Para quem adquiriu o carro e gostaria de saber se o recall é preciso, a Peugeot disponibilizou um serviço em sua página oficial onde o proprietário digita o número do chassi de seu carro e o sistema verifica automaticamente se é preciso realizar o recall ou não.

Por Henrique Nicolau


A empresa francesa Peugeot lançou no início do mês o novo Peugeot 208 2014, o primeiro fabricado no Brasil

O carro vem com 2 opções de motorização. O modelo mais básico vem com motor 1.5 8 V Flex, com 93 cavalos de força quando utilizando etanol. O top de linha vem com motor 1.6 16 V EC5 que chega até 122 cavalos de força e um sistema que não necessita de um reservatório de gasolina nas partidas a frio, com o nome de FlexStart. 

O Peugeot 208 vem com transmissão manual ou automática, sendo a manual de 5 marchas e a automática sequencial de 4 marchas (transmissão automática somente está disponível na versão top de linha). 

Ele vem em 4 versões, sendo Active, Allure, Griffe manual e Griffe automático. O Active 1.5 vem com os principais itens de serie, freios ABS, duplo airbag, ar condicionado, computador de bordo, direção elétrica, luzes de LED diurnas e trio elétrico. 

O Allure 1.5, que além dos itens do Active, também vem com uma central multimídia com tela touchscren de 7 polegadas (Bluetooth e GPS), rodas de liga leve aro 15, retrovisores elétricos, faróis de neblina e teto de vidro panorâmico. 

O Griffe 1.6 é o mais sofisticado com 2 opções de câmbio, ar digital de duas zonas, banco traseiro bipartido, sensores de chuva e estacionamento, rodas de liga leve aro 16, alarme, banco de trás com um terceiro apoio de cabeça e também traz teto panorâmico. 

O Peugeot 208 está sendo vendido a partir de R$ 39.990 na versão Allure 1.5 e R$ 54.690 na versão Griffe 1.6 16V automático.

Por Mariana Rodrigues


A indústria automotiva francesa PSA Peugeot Citroën apresentou um novo tipo de carro híbrido que não usa a eletricidade como combustível e sim o ar comprimido. O chamado Hybrid Air serve como uma fonte de propulsão que age juntamente com um motor movido a gasolina, desta forma o carro permite que os veículos como Citroën C3 ou o Peugeot 208 produzam somente 69g/km de CO2.

O Hybrid Air possui um motor a gasolina convencional ligado a uma transmissão automática epicyclic sob medida que é composta por uma engrenagem central com várias engrenagens ao redor ligadas ao eixo, assistido por um bom motor hidráulico que se alimenta por ar comprimido. Um compressor e a bomba de ar são posicionados pela frenagem regenerativa enchendo o compartimento de ar para que o combustível seja gerado.

O carro só se move por meio de gasolina, ar ou os dois juntos como é feito com o carro híbrido elétrico.

O  Hybrid Air é destinada ao uso urbano que quando tem carga funciona até 70 km/h. Essa tecnologia pode economizar até 45% de combustível.

PSA Peugeot Citroën estima que os primeiros carros a usar o Hybrid Air serão lançados somente em 2016.

Por Mariana Rodrigues


A versão Premier do novo Peugeot 208 foi comercializada por apenas R$ 54.990. Para fazer uma menção ao nome do modelo “208”, foram vendidas somente 208 unidades da versão Premier. Esse modelo foi oferecido para as pessoas que participaram do Salão do Automóvel em São Paulo sendo que o carro foi oferecido exclusivamente para 3.300 pessoas.

Quem não teve acesso à versão citada pode encomendar o novo modelo das lojas autorizadas. No preço já está incluído a taxa do IPI referente ao mês de abril que é quando os consumidores poderão retirar os carros.

A versão básica do novo modelo chega custando R$ 39.990 e é um ótimo carro popular. A versão completa custa em média R$ 55 mil e vem equipada com computador de bordo, GPS com tela de sete polegadas, banco de couro, transição de marcha automática, vidros elétricos, entre outros.

Um dos grandes diferenciais do modelo 208 é o motor, pois dessa vez ele vem maior e mais potente. O motor é Flex, 1.5 e desenvolve 93 de etanol para 89 de gasolina. Os cavalos têm potencia de 5.500 rpm.

Por Jéssica Posenato


A Peugeot divulgou que o seu novo modelo 208 começará a ser comercializado no Brasil a partir do mês de abril. A meta da montadora é vender cerca de duas mil e quinhentas unidades do veículo no mercado brasileiro.

Ao todo, o novo modelo conta com quatro versões diferentes: a Active 1.5, a Allure 1.5, a Griffe 1.6 Manual e a Griffe 1.6 Automático.

A versão mais simples é o 208 Active 1.5, que chega ao Brasil custando R$ 39.990. Essa versão é equipada com chave-canivete, computador de bordo, vidros elétricos, freios ABS e REF, airbags, assistência elétrica, ar-condicionado, lanternas traseiras de LED e rodas de aço.

A versão 208 Allure 1.5 chega custando R$ 45.990. Essa versão é equipada com os mesmos itens do Active 1.5. Além disso, o veículo conta com detalhes cromados, tem comandos no volante, possui revestimento em couro, tem rodas diamantadas, possui luzes de neblina, tem retrovisores elétricos, possui central multimídia e tem teto panorâmico.

Já a versão 208 Griffe 1.6 Manual custa R$ 50.690. Além dos itens das versões já descritas, ele também possui um motor mais moderno e potente. Esta versão possui rodas de aro 16, tem ar-condicionado digital com duas zonas, possui alarme, tem piloto automático, possui luz para estacionar e tem sensor de chuva.

Por fim, o 208 Griffe 1.6 Automático é praticamente igual ao Griffe 1.6 Manual. O único diferencial é a sua transmissão automática de quatro marchas, que possui trocas sequenciais.

Por Jéssica Posenato


No meio dos veículos mais aguardados do tradicional Salão de Genebra, que abriu as portas para a imprensa no último dia 5 de março, surge uma versão de produção do compacto Peugeot 2008.

Introduzido no Salão de Paris, o veículo foi desenvolvido com base no hatch 208.

Segundo informações do diretor-geral da empresa, Maxime Picat, o veículo será produzido no Brasil apenas na unidade fabril de Porto Real (Rio de Janeiro), a partir do ano de 2015.

Em 2013, o modelo terá sua produção realizada no continente europeu, sendo que seu principal concorrente (o Ford EcoSport) estreia no mesmo ano. No ano que vem, o SUV francês estreará no mercado chinês. 

Entre as características, o novo modelo apresenta 1,74 metros de largura e 4,14 metros de comprimento, como foi visto no protótipo do Salão de Paris de 2012.

No mercado europeu, o 2008 virá equipado com um motor 1.2, 1.4 ou 1.6. O câmbio do veículo será do tipo manual ou automático.

Para os fãs da marca no Brasil, o diretor-geral da Peugeot anunciou que estará no país em breve. Por aqui, ele espera que o modelo incremente as vendas da marca no mercado nacional.

Por Marcelo Araújo


Os carros híbridos elétricos já são realidade no mundo, pois as fabricantes de automóveis têm investido mais no setor, principalmente em questão da diminuição da emissão de poluentes. Entretanto, uma novidade surgiu no mercado: os veículos híbridos movidos a ar comprimido.

Conforme informações da PSA Citroen Peugeot, essa realidade já está caminhando para existir, porque a empresa já vem investindo em tecnologias de veículos que sejam capazes de rodar com ar comprimido. Tanto que já está desenvolvendo o Hybrid Air, que é um automóvel que possui um tanque de ar comprimido, utilizado para movimentar os pistões do motor hidráulico para acioná-lo.

Porém, um dos pontos ruins é que o carro, usando somente o ar, só atinge a velocidade de 70 km/h e para percorrer longos trajetos se faz necessária a utilização de gasolina. Apesar disso, em pequenos trajetos o Hybrid Air pode ser utilizado com tranquilidade.

Além disso, pelo fato de não necessitar de baterias, o peso do carro é menor do que os carros híbridos elétricos. Uma das características que mais chamaram a atenção é que o Hybrid Air percorre 49 quilômetros por litro.

De acordo com a PSA Citroen Peugeot, os primeiros modelos do carro serão lançados a partir de 2016.

Por Guilherme Marcon


Na última segunda-feira, dia 14 de janeiro, a Peugeot iniciou oficialmente a pré-venda do seu novo carro, o Peugeot 208, no mercado brasileiro.

O veículo havia sido apresentado durante o Salão do Automóvel de 2012, que aconteceu em São Paulo, e chega ao Brasil primeiramente na versão Premier, que é uma edição limitada. O modelo Premier teve apenas 208 unidades colocadas à venda e o seu diferencial é que ele possui um design diferenciado e um número maior de itens para conforto e lazer.

De acordo com a unidade brasileira da Peugeot, o lançamento final do veículo acontecerá no dia 13 de abril deste ano e as entregas do modelo 208 Premier devem começar em 14 de março, um mês antes, nas concessionárias escolhidas.

O novo Peugeot 208 Premier sai por R$ 54.990 na pré-venda. Quem quiser comprá-lo pode acessar o hotsite criado para o produto e preencher uma ficha até o dia 21 de janeiro, após isso uma nota fiscal será gerada e o pagamento de um sinal de R$ 5 mil deve ser efetuado. A quitação do restante do valor deve ser feita até o dia 28 de fevereiro.

Por Guilherme Marcon


Depois de ser exibido no Salão de Paris e no Salão de Pequim no ano passado, o Peugeot 2008 finalmente teve sua versão final revelada ao mercado.

Já no início deste ano, a Peugeot revelou como ficou o Peugeot 2008, afirmando que o carro será lançado ainda no primeiro semestre na França. Além disso, a produção do veículo também acontecerá, de acordo com a fabricante, no Brasil e na China, sendo que nestes dois mercados a estreia acontecerá no ano que vem.

O novo automóvel da Peugeot foi criado sob a plataforma do 208 e surgiu para concorrer diretamente com o novo Ford EcoSport.

Serão comercializadas diversas versões do veículo em diversos locais do mundo, com variações apenas nos motores. Um dos principais exemplos é o que acontecerá na Europa, onde o carro será vendido em modelos com motor a gasolina ou turbodiesel, sendo um deles o motor 1.2 turbo, que possui somente três cilindros.

O novo Peugeot 2008 é um pouco diferente do protótipo apresentado nos Salões do ano passado. As principais mudanças foram no para-choque e no conjunto óptico. De acordo com a Peugeot, o carro tem a mesma distância entre eixos que o 208, sendo de 2,54 metros. Já o comprimento do veículo é de 4,16 metros e a largura é de 1,74 metro.

Especificamente, a fabricante francesa afirmou que o novo Peugeot 2008 chegará à França entre os meses de março e abril deste ano, porém, ainda não se sabe o valor que ele custará. A expectativa é que o Peugeot 2008 chegue ao Brasil no segundo semestre de 2014, porém, a divisão nacional da fabricante francesa não confirmou a informação.

Por Guilherme Marcon


Quem gosta de um carro compacto, econômico, confortável e ainda lindo, não pode deixar de fazer um teste drive no Pegeout GTI 2013 antes de decidir que carro comprar. O que a Pegeout teve como proposta para remodelar o seu modelo 208 foi a palavra velocidade, o que explica o acréscimo da sigla GTI ao carro.

O novo Pegeout 208 GTI vem na versão hatch com motor 1.6 16 V turbo e dotado de 197 cavalos de potência. Dá para compreender que, de fato, este automóvel ganhou muita velocidade não é mesmo? Aliás, para ser mais preciso, com o Pegeout GTI o motorista vai para 100 Km/h em apenas sete segundos. Boa notícia também é que ele já está em concessionárias Pegeout à sua espera.

Para dar mais beleza, este carro ainda vem com bancos de couro, rodas adiamantadas, pedais de alumínio, sistema de navegação, além de direção hidráulica, ar condicionado, air bag, entre outras características.

O preço do Pegeout 208 GTI especula-se que vai ser de R$ 62.000,00, um valor em igualdade com sedans de outras marcas. Com tanta velocidade, força e conforto, sem dúvidas é um preço bem convidativo para um carro 2013.

Por Michele de Oliveira
 


O sedã médio 408 da Peugeot vai ganhar uma edição especial denominada de Limited.

O modelo, que foi inspirado na versão Allure, vai ser produzido em um número bem reduzido: somente 408 unidades.

A montadora francesa apostou em um pacote generoso de itens diferenciais de série para o Peugeot 408 Limited, como freios ABS, seis airbags, ar condicionado digital de duas zonas, controle de estabilidade, direção eletro-hidráulica, bancos revestidos em couro, sistema de auxílio de frenagem de emergência, teto solar, faróis de neblina, sensor de chuva, sensor de estacionamento, sensor crepuscular, rodas de liga-leve aro 17", piloto automático e trio elétrico.

Outro destaque do veículo é a nova central multimídia com display touchscreen, que conta com sistema de navegação GPS, entrada para iPod e USB, TV digital, Bluetooth, visualização das imagens da câmera de ré, entre outros recursos.

Para conferir mais exclusividade, cada unidade do modelo virá com um símbolo nos espelhos retrovisores externos com a indicação do número do exemplar (que vai de 1 a 408).

Quanto ao motor, é 2.0 flex de 151 cavalos de potência (abastecido com etanol).

preço do Peugeot 408 Limited é de R$ 64.990 e o cliente pode optar por uma das quatro opções de cores disponíveis: preta, azul e dois tipos de cinza.

Por Andrea Gomes


O próximo modelo da Peugeot a ser fabricado no mercado brasileiro é o novo 208, que terá sua produção realizada em Porto Real (Rio de Janeiro).

Na última versão do Salão do Automóvel de São Paulo, o modelo compacto foi um dos maiores destaques da marca. De acordo com informações da empresa, que deu ênfase ao veículo durante o evento, “no dia 13 de abril de 2013, o dois-volumes será oficialmente introduzido no país”.

Entre as principais características do Novo Peugeot 208 estão a motorização 1.6 do tipo FlexStart, os 122 cv se abastecido com etanol, 5.800 rpm e 16,4 kgfm quando abastecido também com etanol. O tipo de transmissão será manual, apresentando 5 marchas e, provavelmente, terá uma automática de 4 velocidades.

Como marco do início da produção e vendas no mercado brasileiro, a Peugeot irá oferecer uma edição especial chamada Premier que terá apenas 208 veículos fabricados, em referência ao nome do carro. Segundo informações da marca francesa, o novo automóvel virá equipado com uma ampla gama de itens de série. Entre eles, destacam-se Bluetooth no volante, central multimídia apresentando tela de 7 polegadas (touchscreen), faróis com acendimento automático, sensor de chuva, lanterna com LED, entre outros equipamentos.

Por Marcelo Araújo


A montadora francesa Peugeot mostrou no Salão do Automóvel de São Paulo a nova estrutura do Peugeot 208.

Antes do anúncio da novidade, a empresa destacou que está há 20 anos e 8 meses no mercado brasileiro e que a evolução é a premissa da marca.

Apostando na simbologia dos números, o Peugeot 208 possui várias peculiaridades entorno de suas vendas. O veículo, que terá como concorrentes o Novo Fiesta, o Fiat Punto, o Chevrolet Sonic e o Citroën C3, só começará a ser vendido dentro de 208 dias.

O modelo será produzido na PSA de Porto Real (RJ) e sua montagem terá início no final do ano.

O novo Peugeot 208 será produzido na mesma fábrica onde é montado o novo C3. Além disso, ambos contam com engenharia semelhante, como exemplo podemos citar os LEDs diurnos, o teto panorâmico, o motor flex 1.5 ou 1.6 e o câmbio manual de cinco marchas ou automático de quatro velocidades.

Com relação ao seu visual, o 208 se tornou mais arrojado e compacto.

A Peugeot também deve lançar uma versão limitada do modelo composta por 208 unidades. A versão se chamará Premier e contará com seis airbags, cor fosca, rodas aro 16, sensores de estacionamento, pedaleiras de alumínio e numeração do exemplar no painel.

Por A.V.S


Entre as novidades do Salão do Automóvel de Paris, a Peugeot chamou a atenção pela apresentação do conceito Onyx, um veículo desenvolvido com interior feito em jornal e carroceria fabricada com cobre. O objetivo da montadora com esta estranha combinação foi mostrar que está atenta à pesquisa sobre novos materiais.

Visualmente, o conceito Onyx é bastante inovador. O veículo apresenta linhas futuristas que mostram como a Peugeot desenvolverá seus novos modelos. De acordo com sites especializados, o protótipo pode ser visto como uma antecipação do portfólio que a empresa pretende lançar em 2013. Além das características externas, o interior do veículo chama a atenção por ser feito com jornal prensado. Essa característica será uma tendência da marca, que está sendo chamada pela Peugeot de Paper Wood.

O automóvel enquadra-se perfeitamente no conceito de ecologia e sustentabilidade, mas, além disso, a marca francesa investiu no desempenho do Onyx. O carro apresenta motorização 3.7, V8 (diesel), com 600 cavalos de potência. Fora isso, há tração traseira e uma bateria que funciona com íon-lítio alimentando um elétrico de 80 cavalos de potência.

No evento parisiense, a empresa conseguiu destaque ao apresentar o Onyx. O estande da Peugeot é um dos mais visitados da tradicional feira.

Por Marcelo Araújo


Peugeot 2008 terá como rival o Ford EcoSport.

Antes de ser apresentado de modo oficial no Salão de Paris, que acontece em 29 de setembro, o carro conceito 2008 da Peugeot teve as suas primeiras imagens sendo divulgadas.

O modelo deve ser o rival do Ford Ecosport, que também deve ser comercializado na Europa.

A expectativa é que o 2008 chegue ao Brasil em 2013 para bater de frente com os modelos Ford EcoSport e o Renault Duster.

O conceito é uma evolução do Urban Corssover, que teve o seu protótipo apresentado no Salão de Pequim.

Ele foi desenvolvido em colaboração dos funcionários de Paris, Xangai e São Paulo. O Peugeot deve ser vendido em vários países.

O carro terá 4,14 metros de comprimento e 1,74 de altura. Com relação ao motor, o modelo chega com duas opções: o propulsor 1.6 de 122 cavalos e 2.0 de 151 cavalos.


O Salão de Paris é um dos eventos mais esperados do mercado de veículos europeu.

As maiores marcas do velho continente costumam marcar presença no evento que começa no final de setembro. Aliás, uma empresa francesa irá apresentar uma novidade no evento. A Peugeot revelará as atualizações do cupê RCZ, que passou por alterações no visual e também nos equipamentos. Foram inovados os desenhos dos para-choques, faróis e grade do modelo. Além disso, o veículo apresenta 6 lâmpadas LED no para-choque, fora o console central e o painel, que ganharam acabamento novo em alumínio.

Pelo lado visual o veículo sofreu atualizações, mas internamente também foram alterados muitos elementos do RCZ. Nos motores não houve nenhuma alteração, foram mantidos os antigos, a gama oferece uma opção de 1.6 turbo (gasolina), gerando 156 cv e 2.0 turbo (diesel), rendendo 200 cv.

Além da versão de entrada, será lançada uma opção chamada RCZ “R”, que teve seu propulsor feito juntamente com a marca BMW e possui 263 cv, sendo a maior potência já produzida pela marca. Apesar do bom desempenho, o índice de emissão de gás carbônico na atmosfera é de somente 155 g/km.

Por Marcelo Araújo


A Peugeot é responsável pela fabricação de veículos que têm como principal diferencial o visual moderno e característico da marca.

Sabendo disso, a montadora está anunciando a sua principal atração para o Salão de Paris, que ocorre ainda neste mês de setembro, começando no dia 29 e terminando na data de 14 de outubro.

De acordo com as informações divulgadas, o veículo escolhido para brilhar no evento é o Urban Crossover, agora apresentado pelo nome 2008, por ser uma versão produzida com base no hatch 208.

Trata-se de um modelo que poderá ter fabricação também no Brasil, a partir do ano que vem, considerando o sucesso e a demanda do segmento no país.

Mais informações a respeito do 2008 serão apresentadas durante o andamento do Salão de Paris. Por enquanto, só o que se sabe acerca do veículo são suas medidas, que correspondem a 1,74 m de largura e 4,14 m de comprimento.

Ainda segundo a Peugeot, o crossover 2008 foi especialmente elaborado pelas equipes de design da montadora na China, na França e no Brasil. Sem dúvida, este deve ser uma das grandes apostas para o setor de automóveis em 2013.

Por Anne A. Matioli Dias


Pelas fotos divulgadas pela montadora francesa, o Peugeot 208 GTi terá um visual mais divertido, porém, com um forte desempenho.

O novo modelo da empresa entrará no mercado automobilístico da França para concorrer com o Renault Clio RS, também de marca francesa e do mesmo segmento.

Oficialmente, a estreia do Peugeot 208 GTi ocorrerá no Salão de Paris, o mais tradicional do país. O evento vai de 29 de setembro a 14 de outubro. Porém, as vendas do veículo terão início apenas no 2º trimestre de 2013.

A concorrência com o Renault Clio RS será difícil e para obter êxito a Peugeot equipou o modelo com um motor 1.6 THP turbo, de 203 cv e 28 kgfm de torque.

De acordo com as informações da empresa, o modelo alcança uma velocidade de 100 km/h em menos de 7 segundos.

Compacto, o veículo tem peso de 1.160 quilos, 119 quilos a menos que o Clio RS.

Visualmente, o 208 GTi sofreu algumas alterações no design, que agora lhe conferem um estilo mais esportivo. Fora isso, o veículo apresenta rodas aro 17, emblema GTi ao lado dos vidros de trás, grade preta especial para a versão, além de sistema de faróis halógenos.

Por Marcelo Araújo


Luxo é o que não falta na nova versão desse carro. Assim como na apresentação da linha 208 da Peugeot em Genebra, o 208 XY também receberá grande destaque no Salão de Paris neste mês de setembro, onde serão anunciados o preço e os detalhes da venda.

A novidade do XY fica principalmente por conta do estilo, texturas e cores. Um dos destaques é a versão roxa que recebeu o nome de Purple Night e outras cinco cores também serão apresentadas. Na parte externa, o 208 XY vem com grade cromada, spoiler traseiro, farol de neblina, além de roda com desenho diferenciado e 17 polegadas.

O luxo também está presente no interior do veículo que tem agora parte da superfície coberta em couro para os bancos, volante, apoio de braço nas portas e alavanca de câmbio. Tapetes especiais e pedais de alumínio acompanham o novo modelo da Peugeot.

Serão oferecidas ainda opções para quem quer personalizar a cabine, que vão desde as maçanetas e acabamento em couro. O XY também traz a opção de luzes decorativas que contornam o veículo, teto panorâmico, GPS e sistema auxiliar de estacionamento.

Por Flaviane Oliveira


Peugeot 208 GTi.

Foi divulgada nesta segunda (03) as primeiras imagens e dados técnicos do Peugeot 208 GTi.  O modelo, que deve ter o seu lançamento no início de 2013, trará o mesmo motor 1.6 16V turbo que está no modelo RCZ e no Citroën DS3.

A novidade é que no modelo esportivo do 208, o propulsor foi ajustado para ter uma potência de 197 cavalos e 28 mkgf de torque. De acordo com a marca, o 208 GTi vai utilizar um câmbio manual de seis marchas com relações curtas.

Isso oferece uma ajuda para acelerar o veículo aos 100 km/h em menos de 7 segundos e atingir uma velocidade máxima de mais de 225 km/h.

Toda a eficiência do motor e o peso do modelo 1.160 kg fazem com que o esportivo emita apenas 145 g/km de CO2.

Peugeot 208 GTi.

Comparando com um 208 comum, o novo GTi é cerca de 10mm mais largo no eixo dianteiro, e 200 mm mais largo no seu eixo traseiro. Ele também deverá apresentar rodas de aro 17 polegadas com pneus 205/45 e freio com discos ventilados.

Outra novidade é a suspensão mais rígida com barras estabilizadoras mais fortes. No visual, o 208 GTi, traz o logo da versão ao redor da carroceria, manoplas de câmbio e pedaleiras de alumínio e painel com fundo em branco.

Peugeot 208 GTi.


Peugeot 308 CC chega ao Brasil.

Foi confirmado pela Peugeot o lançamento de um novo modelo da marca no Brasil. Trata-se do 308 CC, veículo conversível que terá um preço de R$ 129.990.

O modelo vai retomar a tradição de carros coupé-cabriolet da Peugeto no mercado nacional.

Com relação aos itens de série do 308 CC, ele chegará com airbag, freios ABS, controle de estabilidade, sistema de aquecimento de cabeça, navegador de 7 polegadas, bluetooth, entre outros.

A motorização do carro chega com um propulsor de 1.6 Turbo (THP), com uma potência de 165 cavalos.

A transmissão do 308 CC é automática, de seis velocidades. Porém, ainda não se tem uma data oficial de quando o modelo será disponibilizado nas concessionárias da marca por aqui.

Peugeot 308 CC.

Confira o vídeo do modelo – 


301 será lançado no Salão de Paris.

Foram divulgadas novas imagens oficiais do novo Peugeot 301. O sedã deve ser lançado no Salão de Paris em 2012, que acontecerá no final do mês de setembro.

O objetivo da montadora é direcionar o veículo para mercados automotivos em desenvolvimento.

Primeiramente, o carro irá chegar para países da África e da Ásia, sendo que as estimativas apontam que o modelo deverá ser vendido no Brasil somente em 2014.

A versão de entrada do veículo deverá chegar com vários itens de séris, como rádio com MP3 e entrada USB, ar-condicionado automático, Bluetooth e sensor de estacionamento.

Peugeot 301.

Com relação a motorização, o 301 deve ser lançado com três opções, com duas movidas a gasolina e outra a diesel.

Os propulsores a gasolina terá uma versão 1.2 com 72 cv, e outra com motor 1.6 e 115 cavalos. Já o movido a diesel chega com propulsor 1.6 e podendo alcançar 92 cv de potência.

Peugeot 301.


Peugeot 208 GTI.

Foi anunciado pela Peugeot que a montadora irá mostrar a sua versão definitiva do modelo 208 GTI durante o Salão de Paris. O evento vai ser aberto ao público a partir de 29 de setembro de 2012.

O veículo foi lançado como carro-conceito no Salão de Genebra deste ano. O 208 GTI deverá contar com um motor 1.6 turbo.

Ele chegará com duas configurações na sua potência, sendo a primeira de 154 cavalos e a outra de 204 cavalos.

A opção com maior potência deve conseguir ir de 0 a 100 km/h em menos de sete segundos, segundo expectativas da Peugeot.

A versão de produção do carro está garantida, sendo que estimativas apontam que o modelo 208 GTI deve chegar até as concessionárias em 2013.

Peugeot 208 GTI.
Peugeot 208 GTI.


Divulgação

Foi anunciado pela General Motors a realização de uma aliança global com a PSA Peugeot Citroën.

O intuito da empreitada é que o grupo de origem francesa tome conta da maior parte da logística da GM no mercado europeu e também na Rússia.

Segundo a General Motors, os planos de operações para o território europeu vão ficar a cargo da Gefco, que é uma subsudiária da PSA Peugeot Citroën.

Esta empreitada terá foco nas marcas Opel/Vauxhall, Chevrolet e Cadillac, sendo que o principal objetivo é aprimorar a entrega dos componentes paras as fábricas, transporte dos veículos novos para as empresas revendedoras e a distribuição de peças de reposição.

De acordo com a GM, este será um dos maiores acordos de logística em toda a história automotiva da Europa.

A previsão é que o início das operações aconteça em 2013. O vice-presidente da GM, Steve Girsky, comentou a aliança:

“Isso marca o primeiro passo de uma grande aliança com a PSA. Este acordo logístico trará maior eficiência operacional e redução de custos para a GM”, comenta.


Mais uma novidade interessante chega ao mundo automobilístico brasileiro, pois a Peugeot apresentou na última quinta-feira (dia 31 de maio de 2012) o seu modelo 508, que faz parte da categoria dos sedãs grandes.

Este novo carro foi mostrado para todos em Campos do Jordão, no Estado de São Paulo. O veículo consiste em uma aposta da marca francesa neste mercado de automóvel que cresceu 50% em 2011, e no qual esta montadora não atua desde o ano de 2009, quando aposentou o Peugeot 407.

O novo Peugeot 508 possui uma única versão, a qual chega ao mercado nacional por um valor de R$ 119.990,00.

Os principais concorrentes do modelo são o Volkswagen Passat, o Kia Cadenza e o Hyundai Azera.

Com relação às suas inovações, o 508 usa um propulsor 1.6 turbo, de 165 cavalos e 24,5 kgfm de torque. Além disso, o veículo possui câmbio automático de seis marchas (que também é encontrado no Cupê RCZ, no Crossover 3008, no Citroën DS3 e no BMW Série 1).

Sobre os equipamentos que o compõem, o Peugeot 508 possui como diferencial o Head Up Display (que projeta informações no para-brisa) e o Park Assist (que auxilia nas manobras). Não bastasse isso, o automóvel ainda vem equipado com ar condicionado, GPS, seis airbags e sistema de controle de estabilidade.

Por ser um modelo importado da França, o 508 está disponível no Brasil apenas nas cores preto, prata, branco e cinza escuro.

Por Ana Camila Neves Morais


A Peugeot lança no Brasil o seu novo sedã de luxo: o 508. O grande destaque fica para o seu motor 1.6, o mesmo que já foi utilizado no crossover 3008, que foi lançado por aqui em 2010.

Naquela época, se pensava que o propulsor não desse conta para um carro tão grande e pesado. Porém, o que se viu foi que o motor cumpriu a tarefa e ainda ofereceu mais economia e leveza para o motorista.

Com isso, podemos esperar as mesmas características para o 508. O novo sedã chega com um preço de R$ 119.900. A concorrência no mercado será grande, pois baterá de frente com o renovado Volkswagen Passat 2.0 Turbo (R$ 122.450), Mercedes C180 1.8 (R$ 134.900) e Hyundai Azera 3.3 (R$ 114.924).

A montadora está apostando no extenso pacote de equipamentos que o carro traz. A Peugeto decidiu trazer o modelo para o brasil antes da redução das taxas do IPI, mas isso não afetará em nada as intenções da fabricante, segundo o presidente da marca no Brasil, Frederic Drouin.

Entre os itens que acompanham o 508 estão:

  • head up display colorido, tela translúcida, park-assist, sistema open e go, ar-condicionado com climatização de quatro zonas, faróis de duplo xenôn, regulagem elétrica de bancos, teto-solar, freio elétrico de estacionamento, entre outros.

Com relação ao motor 1.6, ele foi desenvolvido em parceria com a BMW e oferece 165 cavalos de potência a 6 mil rpm. Os 24,5 kgfm de torque ficam disponíveis para os 1.400 rpm. O câmbio do 508 é automático de seis marchas e a transmissão pode ser feita por meio de borboletas atrás do volante.

O conforto também é um dos pontos interessantes do 508. O entre-eixos de 2,81 disponibiliza um bom espaço para as pernas, em especial no banco de trás. O porta malas também é bom, com 473 litros.

Confira algumas fotos do modelo – 

 

 


O modelo Peugeot 508 deve chegar ao Brasil no final deste mês de maio, mas a montadora não esperou o seu lançamento oficial para divulgar algumas informações do sedã.

No site da Peugeot, já podemos encontrar diversos detalhes importantes em uma página exclusiva para o modelo 508.

No Brasil, o 508 chegará com o motor 1.6 THP com 165 cavalos, que já encontramos no sedã 408, no esportivo RCZ e no crossover 3008.

Com relação aos itens de série do modelo, ele vai oferecer:

  • ar-condicionado digital com quatro zonas de regulagem de temperatura, faróis de xênon, sistema multimídia com tela de sete polegadas e GPS, volante multifuncional, sistema start-stop, som de alta fidelidade com dez alto-falantes, luzes diurnas em LEDs, freio de estacionamento elétrico e assistência de partida em aclives,

Mais detalhes no site – www.peugeot.com


A Peugeot divulgou os primeiros detalhes do modelo 301, o futuro sedã compacto da montadora com foco em mercados emergentes e será apresentado no Salão de Paris.

Este modelo apresenta a identidade visual mais recente da Peugeot. Com relação ao seu design, ele foi adaptado para ser comercializado no mercado global.

O conforto e o espaço dos ocupantes são priorizados em seus 4,44 metros de comprimentos e 2,65 metros de entre-eixos. A montadora vai oferecer motores movidos a diesel e gasolina de 1.2 litros (três cilindros) e 1.6 litros com potências que vão de 72 a 92 cavalos.

A transmissão pode ser selecionada como manual ou automática. Nos itens de série do 301 encontramos os freios ABS, controle de estabilidade, quatro airbags, rádio com MP#, ar-condicionado automático, conexão USB e Bluetooth, além do sensor de estacionamento traseiro.

O modelo vai ter sua produção na planta de Vigo, na Espanha e terá o início de suas vendas em novembro na Turquia. Logo após, a Peugeot o lançará nos mercados da Europa Central e Oriental, Oriente Médio, África e América Latina.


O segmento dos sedãs premium no Brasil deverá ganhar um novo integrante até o final do mês de maio. É que de acordo com informações veiculadas em alguns sites, a Peugeot vai lançar no país o luxuoso sedã 508 para entrar firme na briga com a concorrência deste segmento.

Ele terá rivais de peso como o Ford Fusion, Kia Optima e Hyundai Sonata. Para conquistar a preferência dos compradores, a montadora francesa aposta na alta tecnologia empregada no desenvolvimento do 508, que oferece itens como sistema multimídia completo, ar condicionado automático e de quatro zonas, controle de estabilidade, freios ABS e bancos com aquecimento e ajuste elétrico.

Além disso, o sedã 508 conta com seis airbags, partida sem chave, sensor de estacionamento traseiro, freio de estacionamento elétrico, rodas de liga leve de 17 polegadas, teto panorâmico, porta-malas com capacidade para 560 litros, revestimento interno em couro de alta qualidade, entre outros itens.

Na parte mecânica, o novo sedã terá sob o capô o motor de 1.6 litro e 16 válvulas, turbinado e movido a gasolina, com capacidade para desenvolver 156 cv de potência, gerenciado pela transmissão automática de seis velocidades.

A Peugeot ainda não se pronunciou sobre os preços que serão praticados no mercado nacional, mas especula-se que o sedã 508 deverá custar em torno de R$ 100.000,00. A montadora também não confirmou quais as versões do 508 estarão à venda no Brasil. 

Por André Gonçalves


Há muito tempo duas montadoras de sucesso não fazem acordos entre si. Porém, atualmente a General Motors e a Peugeot prometem firmar uma aliança para focar na produção de veículos de pequeno porte. A Europa será o principal continente beneficiado, já que essa produção vai se lançar especialmente no mercado automotivo europeu.

A montadora francesa e a norte-americana ainda não confirmaram as notícias que rondam por aí, mas admitem que as discussões em torno do assunto já estão sendo tratadas com cautela e em breve uma resposta será dada. Muitos garantem que a aliança pode favorecer a abertura de novos empregos na França.

Ainda que a GM tenha sofrido com a falta de lucros no ano de 2008 em seu país de origem, a empresa garante que se recuperou 100% e que está pronta para se firmar como uma das maiores fabricantes de automóveis compactos.

Porém, mesmo que a General Motors tenha se recuperado no mercado norte-americano, na Europa a montadora não teve um bom desempenho no ano de 2011.

Por Jéssica Monteiro


A Peugeot divulgou imagens do novo 308 europeu, que exibe um novo padrão de design bastante arrojado.

O veículo teve a sua grade do motor redesenhada, mas ainda se parece um pouco com a do modelo 307. Outras mudanças visuais no 308 estão em seus faróis (que ficaram menores e com detalhes mais arredondados) e em seu capô (que teve os vincos mais reforçados, formando um “V”).

Já as laterais foram mantidas, com detalhes que se iniciam nas portas dianteiras e vão de maneira ascendente de encontro as lanternas traseiras. A parte de trás se parece muito com a de seu antecessor, exceto por apresentar um detalhe cromado na tampa do porta-malas. Além disso, a nova lanterna se parece muito com a do Nissan Tiida.

As rodas do carro também receberam um novo desenho e podem ser de 17 ou 18 polegadas.

O carro da marca francesa é importado da Argentina e já está sendo distribuído para as concessionárias brasileiras. A prova disso são as fotos que mostram o veículo em cegonhas que passavam pela Rodovia Régis Bittencourt.

O modelo virá com o motor 1.6 Flex Start ou 2.0 Flex. Há a possibilidade de que a marca anuncie um modelo esportivo equipado com motor 1.6 THP de 156 cv.

Por Felipe Ogawa


As montadoras de automóveis têm investido cada vez mais em veículos alternativos para melhorar a mobilidade urbana. Nos últimos meses foram apresentados diversos modelos compactos, movidos a energia elétrica, que podem ser boas opções para um futuro bem próximo. Quem também resolveu seguir este caminho foi o grupo PSA Peugeot-Citroën, que apresentou o Velv Concept, veículo de três rodas e com capacidade para 3 pessoas, de design futurista e bastante semelhante a um triciclo.

O protótipo Velv, cujo nome significa “Veículo elétrico leve para a cidade”, tem apenas 7,2m de diâmetro de esterçamento, o que lhe proporciona uma boa agilidade, fator essencial para o trânsito nos grandes centros urbanos. Conforme indica o seu nome, o peso do veículo também chama a atenção: 650 kg.

Ele é equipado com um propulsor elétrico capaz de gerar 27 cv, potência suficiente para levá-lo a atingir uma velocidade máxima de até 110 km/h, desempenho nada ruim para um veículo destinado ao tráfego dentro das cidades.

De acordo com a montadora, o Velv consegue rodar por 100 km, antes que seja necessária recarregar as baterias de íon lítio, responsáveis pela alimentação do motor. Para não ficar no meio do caminho, o modelo conta com um software que informa ao condutor a carga restante da bateria, calculando quantos quilômetros o compacto elétrico ainda conseguirá se movimentar.

Por enquanto, não há previsão de quando a versão definitiva do Velv será lançada.

Fonte: PSA Peugeot-Citroën

Por André Gonçalves


Outra boa notícia vinda diretamente do Salão de Frankfurt para o Brasil foi dada pela Peugeot, que confirmou o lançamento do cupê RCZ no país para o mês de outubro. O modelo possui a configuração 2+2 e é baseado na mesma plataforma utilizada para a produção do sedã 308.

Ainda não se tem informações de qual versão do RCZ chegará ao Brasil, mas acredita-se que seja a top de linha, que traz sob o capô o motor THP de 1.6 litro, turbinado e com injeção direta de combustível, que gera 200 cv de potência e torque de 27,5 kgfm. O bloco, acoplado a uma transmissão automática de seis velocidades, com opção de trocas sequenciais, permite ao cupê sair da inércia e chegar aos 100 km/h em 7,5 segundos. A velocidade máxima é de 237 km/h.

De série, o modelo conta com airbags frontais e laterais; sistema de entretenimento (com player de CD, DVD e MP3, leitor de cartões SD, entrada USB, Bluetooth e disco rígido com capacidade de armazenar 10 GB); GPS; controle de tração; controle de estabilidade; assistente de frenagem de emergência; sistema para auxiliar durante as manobras de estacionamento; entre outros itens.

Com relação ao preço, a montadora francesa não liberou detalhes, porém, o RCZ deverá ser comercializado por cerca de R$ 150.000, valor abaixo do praticado pelo seu concorrente direto, o cupê TT, da Audi.

Por André Gonçalves


Já está à venda em todo o país o Peugeot 307 Hatchback 2012, última atualização do modelo que dará lugar, no próximo ano, ao Peugeot 308. A nova linha do hatchback chega com novidades na lista de itens de série e passa a oferecer uma nova opção top de linha, batizada de Premium.

O modelo de entrada, Presence 1.6 2012, equipado com o propulsor 1.6 bicombustível, que desenvolve 113 cv de potência, passa a custar R$ 53.490. Ele ganha retrovisores eletrocrômicos, sensor de chuva e faróis com acendimento automático, que se juntam ao duplo airbag frontal, computador de bordo, ar condicionado, freios ABS e direção hidráulica, itens que já eram oferecidos anteriormente.

A versão intermediária, Presence Pack 1.6 2012, que utiliza o mesmo bloco 1.6, ganha teto solar elétrico, ar condicionado de duas zonas e novo equipamento de som com conexão Bluetooth. O modelo podendo ser encontrado pelo preço de R$ 57.930.

Já a nova versão top de linha do 307 2012, a Premium, cujo valor sugerido é de R$ 68.900, conta com motor 2.0 flex, que entrega 151 cv de potência, acoplado ao câmbio automático de 4 velocidades, e acrescenta bancos de couro e outros itens ao pacote do modelo intermediário.

Por André Gonçalves


Neste próximo fim de semana, de 17 a 19 de junho, todas as revendedoras do Grupo Strasbourg participarão de um mega-feirão de novos e semi-novos.  

Haverá uma atração à parte que é o lançamento de novos modelos da Peugeot; com destaque para o magnético 207 (Passion, SW e HB), bem como o modelo 408.

Estes lançamentos fazem parte de uma forte campanha já em ação da montadora francesa.

Falando da compra de semi-novos, o conjunto de facilidades, para toda a linha, o que inclui, por exemplo, mais de 300 unidades só na Strasbourg Joni Semi Novos, de Blumenau, é uma atração à parte.

Todos os carros podem ser financiados em até 60 meses, além de reduções em relação à tabela da FIPE e facilidades no uso do usado no pagamento.

A Strasbourg possui lojas em Brusque, Itajaí, Blumenau e Jaraguá do Sul; esta última loja não abrirá no domingo.

O horário de atendimento é na sexta-feira das 8 às 19 horas e no fim de semana das 9 às 17 horas.

O site da rede é www.strasbourg.com.br

Por Emerson Del Sent


As novas versões XS do Peugeot 207 2012, acabam de chegar ao Brasil. Os modelos hatch, perua e sedã, que já contavam com ar condicionado com controle de temperatura, rodas de liga leve aro 15, bancos esportivos e vidros traseiros elétricos, tiveram adicionados à lista de itens de série um sistema de áudio (com rádio AM/FM, player de CD/MP3, entrada auxiliar, porta USB e Bluetooth com viva-voz para o telefone celular), além de comando para o acionamento na coluna de direção.

Também estão sendo oferecidos de série o duplo airbag frontal e os freios ABS.

Outra novidade é a cor Azul Bourrasque, disponível para toda a linha 2012 do 207.

As versões XS têm sob o capô um propulsor Flex 1.6 16V, que desenvolve 113 cv de potência e torque de 15,5 kgfm, quando movido a álcool. O câmbio pode ser manual de 5 marchas ou o automático TipTronic.

Os preços sugeridos para as versões XS são os seguintes: 207 XS: R$ 45.500 (manual) e R$ 48.590 (automático); 207 SW XS: R$ 44.190 (manual) e R$ 52.290 (automático); 207 SW Escapade XS: R$ 51.400; e 207 Passion XS: R$ 48.500 (manual) e R$ 51.590 (automático). 

Por André Gonçalves





CONTINUE NAVEGANDO: