Mitsubishi Eclipse Cross – Lançamento, Especificações


A Mitsubishi afirma que o Eclipse Cross é a combinação de tecnologia e aventura, é o 4×4 com o high-tech. Mesclando elementos como conforto, eficiência, design, elegância e muita tecnologia envolvida.

A Mitsubishi é uma das montadoras de carro mais famosas do mundo e conta com uma fábrica no Brasil, a MMC Automóveis do Brasil Ltda é a montadora Mitsubishi Motors no Brasil, atuando há quase três décadas no país. A fábrica já vendeu mais de 200 mil veículos para o mercado brasileiro.

A fábrica da Mitsubishi é um grande conglomerado de empresas, inclusive um dos maiores de toda a Ásia e um dos dez maiores em todo o mundo. Incluindo desde os carros, até cerveja e câmeras fotográficas.

Mas, focando em seu lado fabricante de veículos, a Mitsubishi foi uma das primeiras montadoras a chegar ao Brasil, em 1991, e alguns anos mais tarde transformou a sua unidade em Catalão, no sudeste do estado de Goiás, na primeira fábrica da marca no Brasil.

Agora a marca está com o seu mais novo lançamento, o Mitsubishi Eclipse Cross. Um SUV que faz jus ao nome e a mais nova estrela dos olhos da fábrica.

Em seu site oficial, a Mitsubishi afirma que o Eclipse Cross é a combinação de tecnologia e aventura, é o 4×4 com o high-tech. Mesclando elementos como conforto, eficiência, design, elegância e muita tecnologia envolvida. A marca afirma que algumas tecnologias que envolvem o Eclipse não foram vistas em outros modelos – mesmo em outras marcas.

Para começo de conversa, o Mitsubishi Eclipse Cross já chega em duas versões disponíveis. A primeira, é a versão com tração dianteira e custa R$ 149 mil. Já a segunda versão, a S-AWC, com alguns componentes a mais, custa R$ 155 mil.

Em questões mais práticas, ele traz a potência esperada de um novo SUV. O motor do Eclipse faz parte de um SUV completo. 1.5 com 165 cv de potência, além de um torque de 25,5 mkfg. O câmbio CVT simula oito marchas e apresenta borboletas fixadas na coluna da direção – assim como alguns esportivos. Além disso, o motor do Cross também apresenta um duplo comando de válvulas variável e também sistemas de admissão, direta e indireta. Além disso, toda essa potência garante ao Eclipse chegar entre 0 a 100 km/h em apenas 10 segundos. Mas, por outro lado, o SUV decepciona na questão de economia, na cidade ele faz apenas 8 km/l e 11 km/l na estrada. E com as rodas de liga leve com 18 polegadas e pneus 225/55 R18, o carro pede uma estrada asfaltada, lama não é para esse conjunto de rodas e pneus.

Já pensando em questões estéticas, ele pode deixar a desejar. A dianteira do Eclipse pode se passar por uma SUV da Mitsubishi, sem problemas. A grande questão estava na traseira, que muitos compararam com a traseira do antigo Pontiac, que já foi considerado um dos carros mais feios da sua época. O visual do Mitsubishi Eclipse Cross é diferente, a grande questão foi a inovação.

Existem outros pontos a serem detalhados no carro. Por exemplo, ele apresenta um teto solar panorâmico que chega até o banco de trás. Ar condicionado, bancos de couro com aquecimento, chave presencial, além de ajustes elétricos para o motorista e sensores nas partes dianteira e traseira do veículo. Sete airbags, incluindo uma bolsa para o joelho do condutor, sistema de frenagem de emergência, alerta de mudança de faixa involuntária, assistente de partida em rampas, sensor de tráfego cruzado e um sistema que previne a aceleração involuntária, que é acionado contra obstáculos imóveis, como paredes, por exemplo.

Por dentro não mantém o ar de luxo, mas continua com um aspecto mais modernizado. O volante vem com um controle de cruzeiro adaptativo, controles de mídia e conexão com o telefone e uma função diferenciada, uma câmera lateral no retrovisor, que projeta a imagem no principal painel de mídia. Por falar em multimídia, a versão vendida no Brasil tem uma tela de 7” com vários sistemas integrados para conectar diretamente ao telefone do motorista.

O novo Eclipse promete ser um sucesso de vendas no exterior. Resta aguardar para saber se será também aqui no Brasil.

Por Stephanie de Quadros

Mitsubishi Eclipse Cross

Mitsubishi Eclipse Cross


Novo Mitsubishi Pajero Sport 2019 – Análise e Preço


Confira aqui os prós e contras do novo Mitsubishi Pajero Sport 2019.

O Pajero Sport, novo SUV da Mitsubishi, está chegando diretamente da Tailândia com o valor de R$ 265.990. Se você está curioso para saber tudo sobre desempenho, design, segurança e tudo o mais, leia este texto até o final.

Resposta do veículo e desempenho

Seja nas vias urbanas, seja nas rurais, o Pajero Sport demonstra uma ótima resposta, especialmente em relação às retomadas. Até em estradas de terra o veículo tem uma ótima resposta. Na verdade, até mesmo em trechos alagados é possível passar tranquilamente, se houver até 70 centímetros de lâmina d’água.

Com motor igual ao Mitsubishi L200 Triton, o Pajero Sport possui motor MIVEC 2.4 com 16 válvulas, injeção direta e turbocompressor. A transmissão é feita de modo automático e há oito velocidades. A alteração de marchas é feita nas aletas do volante.

É possível alterar facilmente os modos de condução: fora da estrada, por exemplo, o próprio SUV segura a passada de marchas por um tempo maior. O sistema de bloqueio do diferencial do eixo traseiro oferece proteção em condições extremas de suspensão de rodas como por exemplo as temidas valetas. Segundo a fabricante, é possível movimentar o carro com apenas uma roda.

Uma evolução em relação ao seu antecessor é que a direção do veículo é ainda mais leve, a ponto de que a impressão que o motorista tem é que o carro que ele conduz não é nem um pouco pesado. A estabilidade do SUV aumenta a sensação de segurança.

Design

O que o Pajero Sport tem de bom no desempenho, deixa a desejar em relação ao design: Apesar de ter uma dianteira bem-feita, os traços da parte traseira estão em total desarmonia com o resto do carro.

Os aerofólios, que já viraram característicos da Mitsubishi, são esquisitos, mas não tanto quanto outros veículos como o Eclipse Cross. Como já é de praxe, os bancos e o acabamento de volante são feitos em couro.

Há seis opções de cores para você escolher.

Conforto

Para esta versão, a Mitsubishi recalibrou os amortecedores e, graças a isso, mesmo nos trechos mais sinuosos, os passageiros do veículo ficarão confortáveis. Além disso, a ausência de uma estrutura de aço possibilitou uma viagem tranquila, mesmo que ela tenha durado horas.

Se você não gosta do barulho externo, vai ficar feliz com a notícia de que o Pajero Sport possui isolamento acústico. O veículo ainda conta com ar-condicionado e exaustor de teto.

Interior e espaço disponível

Com sete lugares disponíveis, o Pajero possui uma última fileira razoavelmente confortável e espaçosa, o que a faz ser melhor do que os concorrentes. Os últimos bancos são destinados às crianças e, por conta disso, podem ser dobrados e guardados embaixo do assoalho.

Com todos os bancos ocupados, o porta-malas comporta 571 litros. Esse espaço aumenta para 1.731 litros se os bancos da segunda fileira estiverem rebaixados. Um ponto negativo em relação ao porta-malas é que a abertura não é muito boa.

O Pajero Sport conta com duas tomadas e entradas USB, onde você poderá carregar o seu smartphone. Quanto à central multimídia, ela possui Wi-Fi, Android Auto e Apple Car Play.

Segurança

O Pajero Sport conta com um amplo sistema de segurança, como por exemplo os 11 airbags (lateral, de cortina, dianteiro, para o joelho do motorista, etc.) e para o assistente em declives, que ajuda o motorista na frenagem. Além disso, outro ponto positivo é o sistema que previne acelerações involuntárias.

No entanto, sentimos falta dos sistemas que detectam pedestres, faixas e que alertam o motorista que está fadigado.

O novo Pajero Sport foi uma evolução de sua geração anterior, em que a Mitsubishi claramente analisou os pontos fracos para melhorar ainda mais nesse lançamento. Apesar de uma ou outra falta (não consideramos como falha, apenas falta), o veículo se mostra uma boa opção para quem gosta de SUVs.

Por: Jéssica Lima Cochete


Mitsubishi ASX 2020 – Novidades e Mudanças


Modelo deverá ser apresentado em março no Salão de Genebra 2019.

Para a surpresa de muitos, o Mitsubishi ASX 2020 está de aparência nova na Europa e ao que tudo indica, vai demorar um bom tempo para deixar as lojas, podendo até mesmo concorrer ao Troféu Imortal. Devido a isso, alguns ousam chamar o SUV de “quase imortal”. Ele será apresentado no Salão de Genebra, localizado na Suíça, no dia 5 de março, e algumas imagens já foram divulgadas. Apesar do sucesso em vendas em 2018 (emplacando um número superior a 5 mil unidades comercializadas), infelizmente não há previsão de quando será o lançamento no Brasil, porém, a comercialização por aqui já está confirmada.

Chega a ser muito fácil desvendar de onde vem toda a influência para o desenvolvimento do novo visual de sua quarta reestilização, claramente foi baseado no modelo L200 triton em vários aspectos, carro este que ainda não foi lançado no Brasil, mas sua estreia foi confirmada para o final de 2020, então está cada vez mais perto. Então, se você quiser sentir o gostinho de dirigir um Mitsubishi ASX 2020 e não quiser esperar muito, há essa opção de similar. Para perceber as semelhanças, basta observar seu aplique cromado suja o formato lembra a letra “C”.

As alterações realizadas no design foram extravagantes, com destaque na dianteira, mas ainda sem mudanças interessantes nas laterais, e a plataforma se manteve como nas atualizações anteriores. Mesmo a lateral não tendo grande relevância no requisito de mudanças, é possível notar o acréscimo de um novo friso cromado situado próximo à caixa de roda dianteira. A grade agora está mais inclinada, os buracos encontrados no para-lama dianteiros para os piscas farão falta, o para-choque ganhou uma perspectiva mais reta e agressiva com difusor falso integrado e saídas de ar nas extremidades. Como se já não fosse o bastante, os faróis de neblina foram divididos em quatro pontos de luz em cada um deles e todos contam com iluminação de LEDs adicionados na traseira e no centro do para-choque, com direito a novo grafismo, mesmo zelando pelo formato. É possível que tal iluminação também seja baseada no modelo L200, nele a iluminação é separada dos faróis principais que, por sinal, ficam um tanto quanto mais deslocados para baixo.

Em seu interior, o Mitsubishi ASX 2020 mostra boas novas sublimes na central multimídia, que tem uma tela de oito polegadas e é sensível ao toque, equipada com GPS Tomtom integrado a um aplicativo capaz de checar o nível de combustível, mostrar o trânsito em tempo e indicar qual o posto mais próximo. Também virou portador de novas cores, variando entre os tons de vermelho Diamond, marrom Oak a laranja Sunshine. Caso você tenha passado o olho nas fotos e teve a leve impressão de que já viu aquela grade em algum lugar, saiba que não foi mera coincidência, pois ela lembra bastante a do modelo Eclipse Cross, considerado como o seu irmão.

Para manter o carro como imortal, a motorização foi mantida sem nenhuma modificação, ainda com um motor de quatro cilindradas de 2 litros, preparado para atingir cerca de 150 cv (cavalos) e 22 kgfm de torque na Europa e está disponível nas concessionárias locais já em setembro. Aqui no Brasil, o motor ganhou uma tecnologia mais flexível, ficando ainda mais potente, com a possibilidade de alcançar os 170 cv. O carro é disponibilizado somente com câmbio CVT. Ambos os casos tem opção de tração integral ou dianteira e a transmissão pode ser automática do tipo CVT (que simula 6 velocidade) ou manual com 5 velocidades. Os preços variam entre R$ 104.900 e R$ 130.990. A produção nacional dessa nova geração será efetuada na fábrica de Catalão, em Goiás, mas ainda não há data de chegada definida.

Fabio Santos


Mitsubishi L200 Triton 2019 – Primeiro Facelift na Tailândia


Modelo ganha novo desenho no exterior. Ainda não há previsão de sua chegada ao Brasil.

A montadora japonesa Mitsubishi realizou o primeiro facelift do modelo L200 Triton na Tailândia, um mercado em que possui o costume de ser precursor em qualquer alteração realizada na linha de picapes de tamanho médio, visto que este país oriental tem um mercado mais forte neste tipo de veículos do que os automóveis de passeio. Por lá, as vendas irão iniciar agora neste mês de novembro, entretanto, o desembarque do modelo no Brasil não foi confirmado ainda pela Mitsubishi.

Apesar da marca não informar nada com relação ao lançamento por aqui, espera-se que sua chegada não ultrapasse o ano de 2020. A marca oriental tem tido uma pequena lentidão para conseguir trazer as novidades de suas linhas. Para que se tenha uma ideia, foi lançado, no exterior, no ano de 2015, o modelo Pajero Sport e só agora está chegando em território brasileiro. Contudo, é válido lembrar que a atual geração do modelo Mitsubishi L200 teve seu lançamento realizado no mesmo ano da referida Pajero, porém, desembarcará no Brasil no próximo ano.

O estilo da parte da frente da Mitsubishi, que possui elemento em formato de “X”, foi batizado de “escudo dinâmico” e foi levado muito a sério. Seus faróis agora são afilados e o desenho remete a Pajero Sport, a qual foi recém-lançada em sua segunda geração, considerado um dos principais modelos da montadora japonesa a ser apresentado no Salão do automóvel na cidade São Paulo. Apesar disso, a picape ainda parece ter uma ousadia maior, especialmente se prestarmos atenção em seus faróis auxiliares enormes, que se encontram incrustados em seu para-choque na parte dianteira.

As alterações em seu perfil, por sua vez, foram tímidas, tendo somente seus para-lamas novos um pouco mais pronunciados, e também seu novo conjunto de rodas em liga leve. Na região traseira, o modelo possui iluminação por filetes com tecnologia de lâmpadas de LED, suas lanternas possuem elementos tridimensionais e têm molduras.

A marca também considerou o fato de apresentar o modelo com uma pegada mais crossover, não somente no exterior mais também em sua lista de elementos que auxiliam o motorista. Com materiais mais macios, foram revestidos o console, o painel e também o apoio de braço, os quais possuem uma costura aparente. O modelo também conta com um novo volante que possui quatro raios e está equipado com botões que permitem o condutor comandar o som, o telefone, o controle de cruzeiro, entre outros recursos.

A picape média, além de contar com uma dose extra de refinamento, recebeu também um upgrade em seus recursos tecnológicos, que passou a incluir diversos auxílios como alerta de ponto cego, alerta de tráfego cruzado, o qual informa se tem veículos trafegando quando se engata a marcha ré e também detector de carros e pedestres localizados a frente do automóvel.

O mais curioso é o assistente UMS – Ultrasonic Misacceleration Mitigation System, o qual realiza a detecção de acelerações indevidas ao realizar manobras para estacionar. Desta forma o modelo tenta dar um fim nas colisões que ocorrem por não prestar atenção nas ações realizadas com seu pé direito. Além deste recurso, não sendo o único que auxilia no momento das balizas, a Mitsubishi Triton ainda vem com uma câmera com visão de 360 graus.

Ao se tratar do seu trem de força, a marca continuou com o mesmo propulsor turbodiesel 2.4, porém, acoplou uma nova transmissão automática com seis marchas, diante da de cinco marchas que equipava o veículo anteriormente. A picape conta com cinco modos de condução, lama ou neve, cascalho, rocha e areia.

FILIPE R SILVA


Mitsubishi Eclipse Cross 2019 – Características, Especificações


Na parte estética do carro a montadora não deixou a desejar, começando pela sua parte exterior que traz design traseiro jamais visto em outro carro, o qual separa o vidro traseiro em duas partes com a lanterna de freio.

Antes de qualquer coisa, sobre um SUV como é o caso do Mitsubishi Eclipse Cross é importante citar qual está sendo sua importância atual no mercado, pois quando olhamos ao redor tanto na cidade quanto na estrada podemos ver uma grande movimentação destes modelos, isso por que o mercado está deixando cada vez mais presente esse modelo para as vendas, e as responsáveis por isso são as grandes empresas que investem cada vez mais seu tempo neste tipo de carro, sendo assim, espera-se e é apostado pelas empresas que este mercado cresça mais ainda devido ao fato dos compradores estarem cada vez mais satisfeitos em suas compras.

Agora falando particularmente sobre o SUV Mitsubishi Eclipse Cross, é claramente um dos melhores atualmente no mercado, até por que é um modelo novo, diferente de sua montadora que é do Japão que completa 100 anos no ano de 2018. Como já citado é um modelo novo, ou seja, uma nova aposta da montadora em algo diferente e inovador, lembrando assim os tempos de produção do seu famoso Mitsubishi Pajero, e agora na conduta da aliança Renault Nissan, procura voltar a famosa produção de SUV's.

Características

Uma base de um carro é realmente a plataforma em que ele será montado em cima, e no caso do Eclipse Cross, dividirá espaço com mais dois modelos na plataforma, esses modelos são o Outlander e o ASX, que também são apostas de sucesso para a marca. Pensando na plataforma, algumas melhorias foram feitas tanto para desenvolvimento quanto para segurança de quem está dentro do veículo como, por exemplo, o aumento em 55% dos aços resistentes do carro, coisa que tem complementação na segurança com os 9,6 metros de adesivos que ajudarão na parte de reforço das soldas do carro.

Outra coisa que no modelo chama atenção particularmente são suas suspensões, que para um carro grande, devem ser bem confortáveis e difíceis de quebrar, sendo assim, nele é incluso uma suspensão traseira que é independente e multilink, e para quem sabe de carros, entende que é uma das maiores tecnologias atualmente visando à parte de suspensão, e além de ser essa, ainda recebeu reforços em sua rigidez lateral. E mais uma coisa que pode ser considerada inovadora é sua direção, esta que tem um auxílio elétrico que possui uma grande inteligência, ao passar dos 80 km/h a direção fica mais "pesada" e isso ajuda que o condutor mantenha a boa direção com menos chances de acidentes.

No visual

Na parte estética do carro, é claro que a montadora não deixou a desejar, começando pela sua parte exterior, que está extraordinária, com design traseiro jamais visto em outro carro, o qual separa o vidro traseiro em duas partes com a lanterna de freio, porém a frente ainda relembra alguns modelos já existentes.

Em sua parte interior é possível observar a tecnologia e futurismo do carro, e o quanto é investido no carro para que ele possa oferecer ao mesmo tempo, segurança, conforto e tecnologia, e nota-se que não deixa a desejar, com painel muito amplo, design do "futuro", bancos de couro e muito espaço.

Ficha técnica

  • Motor: 1.5 transversal;
  • Cilindros: 4 cilindros em linha;
  • Válvulas: 16 válvulas;
  • Injeção: direta;
  • Central multimídia: São 8 polegadas e também é sensível ao toque;
  • Sua potência é de 163 cv estando a 5.500 rpm;
  • Câmbio: Automático tipo CVT este possui 6 marchas e sua tração é integral;
  • Direção: como já citado na matéria é elétrica;
  • Tanque: grande de 50 litros;
  • Porta-malas: surpreendente para um SUV são 341 litros;
  • Peso: 1.520 kg.

Vantagens

Como mostrado, investir em um veículo desses é investir em segurança, conforto e tecnologia e espera-se a garantia de que não haverá arrependimento.

Por Gustavo Martins

Mitsubishi Eclipse Cross 2019

Mitsubishi Eclipse Cross 2019

Mitsubishi Eclipse Cross 2019


Mitsubishi ASX 2019 – Preço e Novidades


Confira aqui o que muda no novo Mitsubishi ASX 2019.

O novo Mitsubishi ASX 2019 chega com tecnologia de ponta, pequenas mudanças no design, conforto, segurança e preço a partir de R$ 104.990. A primeira vista pode até parecer alto demais o valor, mas levando em consideração os concorrentes do modelo, é um valor bem em conta, o problema é se o consumidor quiser uma versão mais completa, que vem com mais itens, aí será preciso desembolsar bem mais.

Esta já é a quarta reestilização do SUV de sucesso da Mitsubishi, que nos últimos anos vem tentando deixá-lo cada vez mais próximo de modelos atuais da empresa.

E o mercado brasileiro, que conta com tantos bons SUVs, recebe o Mitsubishi ASX com um visual diferenciado, mas as mudanças não foram tão radicais. A empresa tenta deixar o modelo alinhado com meus 'irmãos' maiores, como o Eclipse Cross e o Outlander, que aliás já estão disponíveis no site da marca, mas para pré-venda.

Quem se contentar com o Mitsubishi ASX básico, desembolsará R$ 104.990 e aqueles que fizerem questão de ter a versão top de linha, pagará R$ 130.990. Cada versão tem seus diferenciais, mas é bom lembrar que nem tudo é preciso para muitos consumidores, por isso é preciso despender um tempo para conhecê-las detalhadamente e então optar por aquela que realmente atende seu perfil.

Na parte externa, um dos diferenciais está na dianteira, que traz um desenho na grade, substituindo os filetes horizontais, agora há uma trama formando uma colméia. O ASX 2019 adota o sistema de luzes diurnas em LED, que se encontram bem próximas aos faróis de neblina. É um recurso moderno e que deu um diferencial ao modelo, deixando o conjunto dianteiro mais bonito.

Atrás também tem algumas pequenas novidades, por exemplo, o para-choque agora tem uma abertura que não é encontrada em nenhum dos modelos anteriores, trazendo nas extremidades pequenos refletores e tem ainda um extrator falso de ar. Também é possível ver um pequeno friso cromado que fica posicionado logo acima da placa.

Os controles de tração, conhecidos como ATC, e também os controles de estabilidade – ASC ou ESP, estão presentes em todas as versões, uma boa notícia para quem está pensando em adquirir esse veículo. E as versões ainda contam com assistente de partida em aclives e até em declives, mais o monitoramento de pressão em todos os pneus, multimídia com tela de 6,75 polegadas, ar-condicionado e também a conexão com Apple CarPlay e Android Auto. São itens que o consumidor encontrará independente da versão escolhida.

No caso das versões com tração integral, o consumidor poderá contar com faróis automáticos, sensor de chuva, a opção de dar a partida através de um botão, chave presencial, os retrovisores têm rebatimento elétrico e para maior segurança dos ocupantes, são 9 airbags. Mas relembrando que tudo isso é só para as versões que contam com tração integral. Tem ainda o modelo mais caro que ainda oferece teto solar panorâmico que dá um diferencial ao carro e faróis de xênon que conta com regulagem automática.

Confira os valores das versões:

  • ASX 2WD CVT – R$ 104.990,00.
  • ASX AWD CVT – R$ 121.990,00.
  • ASX AWD CVT com xênon e teto panorâmico – R$ 130.990,00.

Observe que a segunda versão é praticamente igual à terceira, os únicos diferenciais são os faróis e o teto. Quem fizer questão de ter estes dois itens, pagará R$ 17 mil a mais. Se vale a pena ou não, pagar tudo isso a mais, aí dependerá do perfil de cada consumidor.

O ASX 2019 vem com motor 2.0 flex, com 170 cv de potência e 23 kgfm de torque. O câmbio é automático CVT e as trocas podem ser feitas manualmente através das aletas no volante. A versão 2WD tem tração traseira e a AWD é integral.

Por Russel


Mitsubishi Eclipse Cross 2019 – Novidades e Pré-Venda


Montadora inicia pré-venda de seu novo SUV.

É cada vez mais comum ver no cenário, principalmente brasileiro, a presença maior de SUV's e o mais interessante é que estes são de todas as marcas e de todos os modelos possíveis, isso para que se tenha uma diferença entre um e outro, popularizando suas vendas e aumentando seus rendimentos e ganhos. A Mitsubishi então, não está afim de ficar para trás, e o seu novo SUV no mercado é o Eclipse Cross, carro este que possui design e características muito inovadoras, as quais serão descritas nos próximos parágrafos.

Ressaltado pela Mitsubishi, as suas vendas na Europa são correspondidas por 77%, isso mostra o quão chamativo e inovador é o carro, até porque o design que será descrito a seguir, tem detalhes considerados incomuns nos tempos de hoje, mas que vêm ganhando espaço no cenário automotivo, como sua traseira um pouco incomum e um design mais "riscado".

O Eclipse Cross irá seguir com a próxima geração (g) de outro carro conhecido da marca, chamado Outlander, um modelo com dimensões um pouco menores do que o outro, com característica claramente de um SUV. O qual foi criado cuidadosamente para de maneira especial colocar a marca entre as tops de linha num mercado composto por muitos outros concorrentes que vêm fortes para a disputa, principalmente de algumas outras marcas renomadas, e pelo que se viu até agora, a montadora não está atrás, e suas propostas de carros estão cada vez mais atraentes e chamativas para o mercado consumidor, atraindo aqueles que não entendem muito de carros até os mais exigentes compradores, resultando assim em uma provável grande venda.

Como já citado anteriormente, o carro vem mais avançado em seus traçados, com uma traseira com ares de cupê e melhores características gerais. O carro Eclipse Cross é então como o seu "antecessor" Outlander, feito em relação a mesma plataforma do outro modelo, que tem características parecidas, chamado ASX. Isso explica o motivo dos três carros, mesmo sendo de modelos diferentes, terem a mesma distância entre-eixos, que é de 2,67 metros, medida que é agradável em um SUV, principalmente desta categoria.

Levando em conta agora os seus termos estéticos, este carro segue a linha que já é esperada para um SUV, relacionando o ar mais familiar da parte da frente com um perfil dinâmico, contendo grandes caixas de rodas e linha de cintura com um design incrível e totalmente futurístico, porém, cada vez mais comum de ser encontrado nos carros atuais.

A parte de trás em si, com uma especificação de janela de fora com o ar de translúcida, aumenta a área de vidro. Alguns outros carros tendo exemplo como o Citroën C4 VTR e o modelo hatch do Civic apresentam uma solução parecida. É diferente, porém, espera-se que os brasileiros se acostumem.

O carro que será ofertado no Brasil terá motor 1.5, que é o que se sabe da motorização até o momento. O seu lançamento será espetacular, nada melhor que combine com seu nome quanto o verdadeiro eclipse, e será lançado exatamente onde poderá ser visto primeiro, e contará com a presença ilustre de um surfista de ondas gigantes que completará o espetáculo.

As suas pré-vendas não serão feitas presencialmente, e sim por um hotsite, isso porque é mais fácil e a empresa apostou exatamente nisso, então as encomendas poderão ser feitas por estes hotsites.

Concluindo, nota-se assim que o carro é uma ótima opção para quem busca um novo modelo e uma experiência com a família que seja incrível e cheia de tecnologia, com um design que realmente está chamativo e inovador.

Gustavo Martins


Mitsubishi ASX 2019 – Características, Novidades


O Mitsubishi ASX 2019 chegará às lojas com muitas novidades, mas nenhuma mudança radical, já que o modelo passou recentemente por uma reformulação geral.

O novo Mitsubishi ASX 2019 chegará às lojas com muitas novidades, mas nenhuma mudança radical, já que o modelo passou recentemente por uma reformulação geral, mesmo assim a empresa providenciou alguns detalhes que dão um toque especial nesta versão, deixando ela realmente esportiva. Desde que entrou no mercado de SUVs em 2010 que a Mitsubishi vem caprichando neste modelo, por isso ele tornou-se um dos favoritos, já que oferece beleza, personalidade e potência.

O ASX 2019 traz uma proposta diferenciada, mostrando que é possível oferecer visual esportivo, um interior com estilo luxuoso e confortável, além de ótimo desempenho. O carro foi criado na plataforma de utilitários que seguem a mesma proposta, por isso é um sucesso desde que foi concebido, atraindo tanto os consumidores mais exigentes em relação ao visual, como também aqueles que dão prioridade ao desempenho.

O farol ficou um pouco mais alongado e apesar de ser apenas um detalhe, fez uma diferença enorme, combinando com a grade frontal que foi totalmente redesenhada para deixar o modelo mais imponente.

O ASX 2019 traz um motor 2.0 flex, transmissão automática CVT e garante um desempenho bem melhor que o modelo anterior, os testes realizados já mostraram isso.

Em relação à tecnologia, a Mitsubishi caprichou e seu novo modelo traz muitas novidades, garantindo não só mais conforto, mas também maior segurança e mais conectividade.

Confira alguns itens do ASX2019:

  • Freios ABS com EBD.
  • Airbags frontais.
  • Direção elétrica.
  • Isofix.
  • Ar-condicionado automático.
  • Trio elétrico.
  • Banco de couro garantindo um visual interno mais luxuoso.
  • Controles de estabilidade e tração para dar total segurança nas curvas, mesmo em velocidade mais alta.
  • Android Auto e Apple CarPlay para o motorista ficar conectado.
  • Volante em couro, assim como a alavanca de câmbio.
  • O sistema multimídia conta com tela de 7".
  • Piloto automático.
  • DVD player.
  • Câmera de ré.
  • Bluetooth.
  • GPS.

Um detalhe importante nos novos faróis de xenôn, não está apenas no visual que combina com o conjunto, mas também por oferecer maior visibilidade à noite sem ofuscar a visão de quem vem na direção contrária e isso garante maior segurança a todos. Na lateral do veículo, acabamento cromado, inclusive nos frisos das janelas que deixam o Mitsubishi ASX 2019 mais luxuoso e quem optar pela versão na cor preta, poderá perceber ainda mais este detalhe, já que o cromo terá maior destaque.

Vale destacar também o teto panorâmico que ocupa quase todo teto do modelo, dando a sensação de maior liberdade, principalmente para quem gosta de viajar com o carro para locais mais próximos à natureza.

O motor agora consegue oferecer até 170 cv quando abastecido com etanol e 160 cv quando é gasolina, com 22,9 kgfm de torque com etanol e 21,9 kgfm com gasolina. Essa pode não ser uma relação que surpreenda muito, mas também não deixa a desejar, principalmente se tratando de estradas e ruas no Brasil. É um carro com 1420 kg que vai muito bem no dia a dia na cidade e também nas estradas. O modelo vai de 0 a 100km/h em apenas 11,9s e alcança a velocidade máxima de 188km/h.

A transmissão automática CVT é com modo manual de 6 marchas e este é um modelo que apesar do tamanho e do peso, consegue garantir uma economia media de combustível, fazendo a média de 10.7 km/l na estrada e 9.4 km/l na cidade quando abastecido com etanol. Os dados dos testes com o modelo abastecido a gasolina ainda não foram divulgados oficialmente.

O preço sugerido é de R$ 102.490 para o modelo de entrada e a versão completa com tração 4×4 chega a R$ 119.490. O novo Mitsubishi ASX 2019 tem muito a oferecer, tanto em design, como também em desempenho e tecnologia, por isso é bom o consumidor analisar todas as versões com calma para escolher aquela que melhor atende seu perfil.

Por Russel

Mitsubishi ASX 2019

Mitsubishi ASX 2019

Mitsubishi ASX 2019


Mitsubishi Pajero Sport 2019 – Características, Novidades


Nova linha 2019 da Pajero traz novidades e mudanças que irão agradar os consumidores.

Os fãs da marca Mitsubishi, que esperavam uma grande novidade para a nova linha 2019 da Pajero, com toda certeza não vão sair decepcionados.

Tudo isso por que a nova linha 2019 chega ao mercado trazendo bastante modificações para os usuários em todo o mundo, apesar da própria montadora afirmar que esta nova geração não iria mudar muito o seu estilo.

Entretanto, uma coisa é certa: na geração, a linha Pajero busca aperfeiçoar o seu estilo e tenta incorporar os novos avanços tecnológicos que a cada dia surgem dentro do mercado de automóveis em todo o mundo.

Logo de cara, já se percebe a grande mudança na nova linha. A Mitsubishi fez questão de incorporar o novo conceito de faróis automotivos desenhados para utilizar o sistema de LED.

Além disso, o estilo está mais fino e a marca não economizou nos detalhes cromados dos para-choques e da grade frontal. Resultado: a linha 2019 ficou com um visual bem mais arrojado, agressivo e muito mais esportivo em todas as suas versões.

E por falar em versões, a nova linha 2019 chega ao mercado em seis versões bem distintas apesar de alguns detalhes bastante semelhantes. São elas: a Outdoor 3.2, a HPE 3.2 e o modelo Full em quatro versões: a 3.2, 3.2 3D, a 3.8 e a 3.8 HD.

Todas são projetadas para atender uma gama muito grande de usuários que terão a chance de escolher a que mais se adapta às suas necessidades e também ao ‘bolso’ de cada um.

Para quem gosta de conforto e sofisticação, então vai gostar do novo interior do carro. Para começar, o novo e mais largo espaço interno só é possível por causa das medidas externas do novo modelo. A geração 2019 está com dimensões como largura, comprimento e altura maiores, bem com uma distância entre-eixos maior.

O novo interior revela um volante bem mais luxuoso (com piloto automático acoplado) e um painel frontal digital de sete polegadas bem mais sofisticado e com comandos capazes de controlar todas as condições térmicas em favor dos seus ocupantes.

As versões disponíveis já estão no mercado com cinco ou sete lugares, sendo que cada uma delas possui vários itens acessórios capazes de satisfazer aos usuários mais exigentes.

Os novos modelos estão disponíveis no mercado tanto na versão a gasolina quanto na versão Diesel.

A primeira vem equipada com um motor V6 de 3.8 litros e com uma potência de 250 cv. Na versão a diesel, temos um motor de 3,2 litros do tipo DI-D e com uma potência de 180 cvs. No caso das versões HPE e Outdoor. Para a versão Full, esse valor sobe para 200 cvs.

A linha 2019 vem equipada de fábrica com um sistema de transmissão automática de cinco velocidades e existe a possiblidade do motorista utilizar o modo esportivo, o que permite a troca de marchas de modo manual.

Além da possibilidade de escolher o tipo de transmissão, a nova Pajero possui um sistema inteligente que permite analisar qual o perfil do motorista e assim consegue se adaptar ao se estilo, garantindo assim uma melhor segurança e melhor dirigibilidade.

Ela conta ainda com uma tração do tipo integral para as quatro rodas e que pode ser usado independentemente, de acordo com as necessidades do usuário. Existe a possibilidade de utilizar somente os eixos dianteiro no sistema 2×2 com ou sem o diferencial operando no modo travado. Isto é muito útil principalmente em descidas muito íngremes.

Se você está pensando em trocar o seu modelo 2018 ou pretende ter sua versão 2019 na sua garagem, então é bom ir fazendo a contas e escolhe uma que caiba direitinho dentro do seu orçamento.

A linha 2019 chega ao mercado brasileiro com preços variando entre R$ 166.000,00 e R$ 249.000,00, dependendo da configuração escolhida pelo comprador.

Por Emmanoel Gomes

Mitsubishi Pajero Sport

Mitsubishi Pajero Sport


Mitsubishi Outlander 2019 – Lançamento do modelo híbrido no Brasil


A Mitsubishi anunciou que pretende trazer para o Brasil um modelo híbrido do Outlander.

Há algumas décadas, as marcas japonesas conquistaram os consumidores brasileiros. As empresas do Japão são produtoras de diferentes mercadorias usadas no dia a dia de qualquer pessoa e os seus produtos se destacam por contarem com tecnologia de ponta e sempre apresentarem novidades. E um dos principais setores com mais vendas em território nacional é o automobilístico. As companhias japonesas sempre tentam lançar um veículo novo no Brasil e seguindo essa meta a Mitsubishi anunciou que vai trazer para o país a Mitsubishi Outlander híbrida (crossover) 2019. Um carro moderno e que conta com características bem interessantes. Para conhecer um pouco mais sobre ele leia o texto abaixo.

Todas as versões do Outlander 2019 e os preços


· Mitsubishi Outlander 3.0 V6 Full Tecnology Pack


· Mitsubishi Outlander 2.2 Diesel Full Tecnology Pack


· Mitsubishi Outlander 2.2 Diesel


· Mitsubishi Outlander 2.0 Comfort


· Mitsubishi Outlander 2.0

As cinco versões do Mitsubishi Outlander contam em sua totalidade com as mesmas características. O que as diferenciam obviamente é, sobretudo, a potência do motor. Já em relação ao preço, a versão 2.0 deve chegar ao mercado nacional com um preço a partir de R$ 140.000,00. Já a versão 3.0 deve custar a partir de R$ 205.000,00.

Sobre as características físicas da Mitsubishi Outlander 2019

A Mitsubishi Outlander versão 2019 tem uma aparência de carro familiar, devido ao seu tamanho. Na parte da frente deste veículo, o que mais chama atenção é a integração entre os faróis e a grande frontal. Todos esses componentes foram unidos. A grade frontal conta apenas com duas linhas grossas e pouco espaçadas. Coladas com elas estão os dois faróis que possuem uma dimensão maior e que possuem um novo recorte onde se integram com a grade frontal. Além dessa primeira união, os faróis também contam com uma estrutura que os ligam com o para-choque. Essa estrutura que lembra a letra “S” parece ter sido produzida em um material resistente como o aço.

Já o para-choque está inserido dentro dessa estrutura que lembra a letra “s”. Ele não é proeminente à frente como em outros veículos. Essa estrutura ainda entrega os dois pares de faróis que estão na linha do para-choque. Esses dois faróis são menores. E os dois conjuntos de faróis contam com uma luz em LED.

Em relação ao capô deste carro, ele também tem duas linhas na posição vertical que cria a sensação de desnível, ou seja, que o meio está mais afundado que as laterais. O teto do Outlander 2019 também conta com um suporte para se transportar objetos em cima do carro. Por se tratar de um veículo grande, ao bagageiro deste veículo também não tem nada a desejar. Visto que, ele conta com um excelente espaço interno.

Já na parte interna, o Mitsubishi Outlander pode acomodar de cinco a sete passageiros tranquilamente. A parte interna do carro foi toda coberta por couro e em algumas versões esse couro pode ser da cor branca. Os ocupantes vão desfrutar de uma tela LCD em que diferentes aplicativos podem ser acionados. O motorista tem o conforto de um volante em couro e que o permite controlar diferentes funções do veículo. Neste veículo também se tem na porta do motorista, botões controladores de porta e de vidro. Por enquanto, em algumas fotos divulgadas pela internet, se viu que esse carro foi fabricado na cor prata e com o para-choque preto.

A respeito do motor da Mitsubishi Outlander 2019 e a chegada deste veículo no Brasil

De acordo com algumas informações que foram divulgadas, a Outlander deve contar com um motor a partir de 160 cavalos (versão 2.0). A respeito do combustível, por se tratar de um veículo híbrido, esse veículo vai ser possível ser abastecido com gasolina ou diesel. O carro ainda conta com transmissão CVT e seis marchas. Esse automóvel é capaz de chegar a 100 km/h em menos de 15 segundos. Por fim, a previsão é que esse carro ainda chegue neste ano de 2018.

Se você deseja saber outros dados acesse: https://www.mitsubishimotors.com.br.

Por Isabela Castro

Mitsubishi Outlander 2019


Mitsubishi L200 Triton Sport 2019 – Novidades, Características


Esse carro conta com um motor de 190 cavalos e um motor a diesel 2.4.

Nos últimos anos, os brasileiros passaram a comprar os modelos picapes e trazer para a área urbana. Pois, antes se via muito esse tipo de carro em áreas mais no interior dos estados brasileiros. Essa mudança se deve a diferentes fatores e um dos principais é que as fabricantes decidiram remodelar as picapes e passaram a vender automóveis mais modernos. E um dos veículos mais interessantes dentro dessa categoria é a L200 Triton Sport 2019, que é o novo lançamento da Mitsubishi. A marca japonesa se prepara para vender esse novo automóvel no Brasil. Confira agora as principais informações sobre este veículo.

O valor da L200 Triton Sport 2019

A grande maioria das picapes tem um preço superior a R$ 100.000,00 e com a L200 Triton isso não é diferente. Visto que, esses automóveis são grandes, possuem diversos adereços e muita potência no motor. Além disso, qualquer item que se acrescente faz com que o carro se torne mais caro. Dessa forma, esse novo veículo da Mitsubishi está saindo a partir de R$ 150.000,00.

O motor desse veículo

Inicialmente, é importante falar que a L200 Triton é 4×4, ou seja, ela conta com tração nas quatro rodas. E isso é importante para um veículo com as dimensões de uma picape, pois, distribui de maneira uniforme a força do carro por todas as rodas.

Esse carro conta com um motor de 190 cavalos e um motor a diesel 2.4. Por se tratar de um veículo moderno, conta também com um câmbio automático e ele possui cinco marchas. E esse veículo tem um consumo médio de 10 km por litro de combustível.

O exterior e também o interior da Mitsubishi L200 Triton Sport 2019

O primeiro ponto que chama atenção, nessa Mitsubishi L200 Triton Sport 2019 são as extremidades do carro. Visto que, estão ainda mais arredondados ou com curvas mais acentuadas. Anteriormente, as traseiras das picapes eram mais retas e pontiagudas. Isso deu a L200 Triton um ar ainda mais moderno.

Além disso, outro ponto para os apaixonados por veículos apreciarem é a parte frontal deste carro. Uma vez que ele sofreu algumas alterações. Os faróis, por exemplo, estão maiores e ocupam a parte frontal e um pouco da lateral do veículo. O para-choque ganhou luzes de neblina e a grande frontal também segue o desenho mais arredondado, se estendendo mais pela lateral e parece que adentrando mais no veículo. O capô também conta com aquelas duas linhas na vertical, criando duas superfícies com profundidades diferentes.

A carroceria desse veículo pode carregar objetos que pesam até 1.060 quilos. Ainda falando em carroceria, ela também ganhou sofreu mudanças. Antes essa parte dos veículos era mais plana ou reta. No caso, da L200 Triton Sport 2019 o fundo da carroceria foi inclinado para cima. Assim, o efeito final do desenho da carroceria com o carro é mais bonito. Parece que o carro é ainda mais alto.

Já por dentro, essa Mitsubishi é ainda melhor. Muitas pessoas acham que ao comprar uma picape, que consequentemente vem com uma grande carroceria, perdem um pouco do espaço interno. E com a L200 Triton Sport 2019 isso não acontece. Esse veículo tem sim um bom espaço no seu interior e as pessoas podem realizar uma viagem tranquila.

Além disso, o interior conta com o já tradicional volante multifuncional, ou seja, que o motorista pode dar partida a diferentes comandos a partir do volante. O painel é bem dividido e as informações aparecem de forma muito clara. Esse veículo conta com diferentes apetrechos eletrônicos, como leitor de DVD e CD, GPS, entradas para ligar a smartphones e outros eletrônicos.

Os bancos também apresentam diferentes níveis de posições. O interior do veículo é todo claro. E uma tecnologia que está presente neste veículo são as câmeras que ajudam o motorista a estacionar e fazer baliza. Por fim, o sistema de segurança também é muito bom contando com diferentes itens entre eles um sistema de airbags facilmente acionados.

Para mais informações acesse: https://www.mitsubishimotors.com.br.

Por Isabela Castro

Mitsubishi L200 Triton Sport 2019

Mitsubishi L200 Triton Sport 2019

Mitsubishi L200 Triton Sport 2019


Mitsubishi L200 Triton 2018 – Características, Ficha Técnica, Preços


Conheça aqui as principais novidades presentes no Novo Mitsubishi L200 Triton 2018.

Robustez, sofisticação e força. Esta são as principais palavras para definir com exatidão a nova versão da Mitsubishi Triton L200 na sua versão 2018.

Projetado inicialmente para ser um carro do meio rural, as sucessivas versões ao longo dos anos desde a sua estreia em 1978, deixaram o novo modelo com um visual bem sofisticado, sem descuidar do conforto, o que o tornou bastante atrativo para quem busca um carro de força para ser usado no meio urbano.

Desde que a sua primeira versão no final dos anos 70, a Mitsubishi conseguiu sintetizar de forma bastante perfeita a sua verdadeira ‘obsessão’ em fabricar veículos que traduzem a sofisticação e a alta tecnologia como característica marcante dos japoneses.

A linha 2018 da sua L200 Triton traz novos conceitos de uma máxima dirigibilidade que podem oferecer bem mais que força.

Para os leitores que já conhecem a nova versão 2018 ou até mesmo para aqueles que desejam conhecer mais perto o novo estilo Mitsubishi, a Triton 2018 não deixa nada a desejar em relação a seus concorrentes de maior peso no mercado automotivo.

Os novos motores que garantem mais força e melhor performance em qualquer terreno

Os consumidores brasileiros que gostam de avalizar um veículo pela sua força do motor, aqui vai uma boa notícia: Com toda certeza, não vão se decepcionar.

A versão 2018 traz como uma de suas novidades uma nova geração de motores: os de 2.4 DI-D MIVEC, com sistema de turbocompressão de configuração bastante variável. Em uma base de alumínio, o novo sistema é capaz de atingir uma performance de 190 CV sem muito esforço. Nesta configuração, o motorista pode optar pela versão do tipo Flex ou a Diesel.

Além disto, a linha 2018 oferece a versão 3.2 L DID-H, também na versão Diesel e com um rendimento superior a 180 CV.

Nesta configuração, o motor possui um cooler do tipo frontal que ajuda no funcionamento do seu sistema turbo, o que garante a manutenção da potência e ajuda a minimizar os desgastes do motor com uma redução da temperatura.

Para quem gosta de optar pelo tipo de motor na hora da compra, então pode escolher também a versão 2.4 do tipo Flex e com cerca de 142 Cv de força.

Para todas as versões, há a possiblidade do consumidor optar pelas versões com câmbio manual e automática de cinco a seis velocidades.

Todas estas configurações estão disponíveis nas três versões disponíveis para o modelo no mercado: A L200 Sport, a Triton Savana/Outdoor e a Triton GLX. Neste caso, o comprador pode perfeitamente optar pela versão que mais se adeque à suas necessidades e às suas possibilidades.

Além dos detalhes mecânicos, a nova linha 2018 vem uma série de itens que fazem a alegria dos seus fiéis consumidores. Para começar, podemos destacar o seu interior com um acabamento bastante sofisticado.

Dependendo da versão escolhida na hora da compra, alguns itens podem ser ofertados e outros não, mas alguns já fazem parte de todas as versões disponíveis.

São eles: Ar condicionado, faróis do tipo Led e com máscara negra, airbags, maçanetas do tipo cromadas, retrovisores do tipo elétrico, volante do tipo multifuncional com regulagem de altura e de profundidade, controles eletrônicos de estabilidade e tração, freios do tipo ABS, assistente de partida em rampas, destravamento das portas e a possiblidade de partida sem ouso da chave.

Com relação ao preço, caso você esteja interessado em levar o novo modelo para a garagem de sua casa, então é bom ir preparando o bolso. Caso o consumidor opte por qualquer uma das versões escolhidas para a nova linha 2018, ele deverá desembolsar uma quantia entre R$ 108.000,00 e R$ 175.000,00. Nada mau para um modelo considerado um dos ‘tops’ do mercado.

Emmanoel Gomes


Mitsubishi Eclipse Cross 2019 – Lançamento, Características


Novo modelo SUV conta com um visual atraente e será comercializado no Brasil no 2º semestre deste ano.

O mercado automobilístico do Brasil se tornou um dos principais mercados nos últimos anos. Devido a isso, as montadoras estão sempre tentando trazer as novidades o mais rápido possível para serem vendidas no país. E um dos ótimos representantes que começa a ser vendido a partir do segundo semestre em território nacional é o Mitsubishi Eclipse Cross. O automóvel fabricado pela montadora japonesa é um SUV e apresenta ótimas características. Confira agora alguns detalhes interessantes desse veículo que tem todas as qualidades para ser um dos melhores carros comercializados no país no segundo período de 2018.

O lançamento e o preço do Mitsubishi Eclipse Cross no Brasil

Até o momento a informação oficial que se tem é que o Mitsubishi Eclipse Cross vai ser lançado no segundo semestre de 2018. O que ainda não se sabe é se isso vai ocorrer antes ou depois de novembro. O mês em questão é quando acontece o tradicional evento do Salão de Automóvel na cidade de São Paulo.

Já em relação ao preço a estimativa é que este carro seja vendido a partir de R$ 130.000,00. O preço final pode variar devido a diferentes fatores. Já que hoje as montadoras permitem que os consumidores incluam e tirem diversos acessórios dos automóveis.

O visual do novo veículo da Mitsubishi

Este SUV conta com algumas mudanças significativas em sua aparência. Ao começar pela parte da frente. No capô aquelas duas linhas na vertical que tem se usado muito são menos marcadas. Assim parece que se têm menos ondulações nesta parte do carro.

Já os faróis contam com dois pares, um par localizado no final do capô e o outro perto do para choque. O primeiro par fica posicionado apenas na parte da frente, ele não se estende para as laterais do veículo como está se usando em outros veículos. Já o par que fica mais abaixo, está envolto por uma estrutura quadrada e ele fica dentro dessa estrutura. Em relação à grande frontal ela também está mais imponente, ganhou novos materiais e está maior.

A parte de trás do veículo conta com uma estrutura que divide o vidro traseiro em duas partes. Já sobre o porta-malas ele possui um espaço muito grande, já que ele conta com mais de 340 litros inicialmente. Caso os bancos traseiros sejam retirados, esse número sobre para mais de 480 litros. Então espaço interno não é uma preocupação para as pessoas que adquirirem este veículo. Nas fotos oficiais, viu-se que o Eclipse Cross foi fabricado em vermelho, branco, amarelo e uma espécie de marrom. Todas essas cores são metálicas.

A aparência interna do veículo é algo que chama bastante a atenção devido ao design clean e moderno. O espaço interno é revestido por um material muito bom, o que parece ser couro. O motorista já conta com o tradicional volante multifuncional, o que permite que ele acione diferentes funções. A porta do motorista também tem vários botões para dar partida a vários recursos. Esses dos pontos são uma tendência dos carros mais modernos.

Todos os passageiros podem ver diferentes conteúdos graças à tela LCD presente no painel do carro, esta tela pode ser ligada a diferentes aparelhos eletrônicos. O porta-luvas conta também com um bom espaço para se guardar diferentes objetos. Um ponto que chama atenção são as disposições dos bancos, todos os ocupantes vão se sentir confortáveis ao passearem com o Mitsubishi Eclipse Cross.

Em relação ao motor do Eclipse Cross

Esse Mitsubishi conta com um motor de 163 cavalos, além de 04 cilindros. Ele é um modelo 4×4, ou seja, possui tração nas quatro rodas. Possui câmbio manual e seis marchas. Segundo algumas informações, o Mitsubishi Eclipse Cross é capaz de atingir os 100 km/h em menos de 10 segundos.

Para mais informações acesse: https://www.mitsubishimotors.com.br.

Por Isabela Castro

Mitsubishi Eclipse Cross 2019

Mitsubishi Eclipse Cross 2019


Mitsubishi L200 Triton Sport 2019 – Características, Especificações


São disponibilizados seis tipos de versões, começando pela simples GLX até a requintada HPE-S, com diversos tipos de acabamentos internos e externos, transmissões e trações conjugadas.

Montada na cidade de Catalão, no estado Goiano, a Mitsubishi disponibiliza a versão 2019 da sua picape de maior comercialização e interesse no mercado, a L200 Sport, já em sua nova geração.

Ao todo são seis tipos de versões diferentes, começando pela simples GLX até a requintada HPE-S, com diversos tipos de acabamentos internos e externos, transmissões e trações conjugadas.

A versão 2019 conta também com novos equipamentos oferecidos como suspensões com sistema de ajuste e novos sistemas multimídias com telas de 7 polegadas sensíveis ao toque.

A motorização é a mesma para toda gama Sport, motor de 2,4 litros com turbo, feito em alumínio de 190 cavalos e excelentes 43,9 Kgfm de torque.

Fora as seis versões vendidas no varejo, a Mitsubishi também inovou com duas versões com acabamento e equipamentos mais simples, porém exclusivas para frotistas; a Mitsubishi L200 Triton Sport GL Manual, com preços a partir de R$ 120.990,00 e Mitsubishi L200 Triton Sport GLS Automática, esta com preços sob consulta ao fabricante.

As versões da Mitsubishi L200 Triton Sport

A Mitsubishi disponibiliza a nova L200 Sport em seis versões principais no mercado, detalhamos a seguir cada uma:

Mitsubishi L200 Triton Sport GLX

Preços a partir de R$ 126.990,00

Principais Características e Destaques:

  • Motorização a Diesel contando com um potente motor de 2.4 litros e 190 cavalos de potência
  • Espaço de sobra para 5 pessoas
  • Transmissão do tipo Manual
  • Acabamento interno dos Bancos em Tecido
  • Equipamentos em Destaque: Airbag Duplo, sistema RISE de segurança, sistema J-Line, veículo equipado com sistema Anti-Travamento das rodas conjugado com EBD e BAS para a carroceria.

Mitsubishi L200 Triton GLS Manual a Diesel

Preços a partir de R$ 131.990,00

Principais Características e Destaques:

  • Motorização a Diesel contando com um potente motor de 2.4 litros e 190 cavalos de potência e tecnologia MIVEC
  • Espaço de sobra para 5 pessoas
  • Transmissão do tipo Manual de 6 velocidades
  • Acabamento interno dos Bancos em Tecido
  • Equipamentos em Destaque: Airbag Duplo, sistema RISE de segurança, sistema J-Line, veículo equipado com sistema Anti-Travamento das rodas conjugado com EBD e BAS para a carroceria.

Mitsubishi L200 Triton GLS Automática a Diesel

Preços a partir de R$ 137.990,00

Principais Características e Destaques:

  • Motorização a Diesel contando com um potente motor de 2.4 litros e 190 cavalos de potência
  • Espaço de sobra para 5 pessoas
  • Transmissão do tipo Automática
  • Acabamento interno dos Bancos em Tecido
  • Equipamentos em Destaque: Airbag Duplo, sistema RISE de segurança, sistema J-Line, veículo equipado com sistema Anti-Travamento das rodas conjugado com EBD e BAS para a carroceria.

Mitsubishi L200 Triton Sport Automática HPE

Preços a partir de R$ 154.990,00

Principais Características e Destaques:

  • Motorização a Diesel contando com um potente motor de 2.4 litros e 190 cavalos de potência e tecnologia MIVEC
  • Espaço de sobra para 5 pessoas
  • Tração do tipo Super Select II
  • Transmissão do tipo Automática
  • Acabamento interno dos Bancos em Couro
  • Equipamentos em Destaque: veículo equipado com sistema J-Line, ASC e HSA, além de câmera de ré para auxilio em manobras traseiras

Mitsubishi L200 Triton Sport Automática HPE com sistema FTP

Preços a partir de R$ 174.990,00

Principais Características e Destaques:

  • Motorização a Diesel contando com um potente motor de 2.4 litros e 190 cavalos de potência e tecnologia MIVEC
  • Espaço de sobra para 5 pessoas
  • Tração do tipo Super Select II
  • Transmissão do tipo Automática de 5 velocidades
  • Acabamento interno dos Bancos em Couro
  • Equipamentos em Destaque: veículo equipado com sistema J-Line, ASC e HSA, sistema GPS em língua portuguesa, pacote interno Full Airbags, sistema de partida Start and Stop e exclusivo pacote FTP

Mitsubishi L200 Triton Sport Automática HPE-S

Preços a partir de R$ 174.990,00

Principais Características e Destaques:

  • Motorização a Diesel contando com um potente motor de 2.4 litros e 190 cavalos de potência e tecnologia MIVEC
  • Espaço de sobra para 5 pessoas
  • Tração do tipo Super Select II
  • Transmissão do tipo Automática de 5 velocidades
  • Acabamento interno dos Bancos em Couro
  • Equipamentos em Destaque: veículo equipado com sistema J-Line, ASC, KOS e HSA, sistema GPS em língua portuguesa, pacote interno Full Airbags, faróis de xênon, sistema de partida Start and Stop e exclusivo pacote FTP, acabamento externo com grade frontal cromada e rodas de aro de 17 polegadas de liga-leve.

Gostou? Que bom! Por que ainda tem mais versões da L200.

Se o portfólio das versões disponibilizadas para a L200 Triton Sport já é completo, o consumidor ainda conta com mais três versões de sucesso da L200, porém com o design da carroceria da geração anterior; a L200 Triton GLX, a L200 Triton Outdoor e famosa versão customizada off-road, L200 Triton Savana.

Todas as novidades técnicas, amplo catálogo fotográfico e uma exclusiva ferramenta de configuração para cada versão, podem ser acessadas diretamente no site da Mitsubishi através do link: https://www.mitsubishimotors.com.br/picapes/nova-l200-triton-sport-2018-hpe-com-ftp-12.

Agora é a hora de conferir toda esta robustez.

Por C. B.

Mitsubishi L200 Triton Sport 2019


Mitsubishi ASX 2018 – Versões, Preço e Novidades


Conheça aqui mais detalhes sobre o novo Mitsubishi ASX 2018.

Produzido no munícipio de Catalão, no estado de Goiás, o Mitsubishi ASX traz como principal novidade em sua linha 2018 um motor mais potente e a adoção de câmbio automático em todas suas versões.

O SUV da marca nipônica agora é disponibilizado com um motor 2.0 litros flex de 170 cavalos de potência, cerca de 10 cavalos a mais que o anterior, além do torque maior na ordem de 23,0 mkgf, o motor conta com um sistema para partida a frio quando o combustível utilizado é o etanol através de pré-aquecimento, seguindo as tendências de modelos semelhantes em sua categoria.

Suas quatro versões disponibilizadas: ASX CVT 4×2, ASX AWD, ASX AWD com Teto e faróis de Xenon e por fim a personalizada ASX Outdoor Flex, tem câmbio CVT automático como item de série, além disto, todas também contam com central multimídia com câmera de ré, além de sistema de fixação para cadeiras Isofix.

A Mitsubishi adota uma estratégia agressiva para seu SUV de porte médio para um nicho extremamente concorrido, com preços competitivos e importantes atualizações mecânicas, agora é esperar os bons resultados!

Versões Mitsubishi ASX 2018

– ASX com câmbio CVT e tração 4×2

Preços a partir de R$ 99.990,00

Principais características desta versão:

Motor com tecnologia VVT, 2.0 flexível (aceita tanto gasolina como etanol), transmissão automática CVT, tração nas duas rodas (2WD), espaço para 5 pessoas, volante estilo Black Piano com bancos no padrão de cor preta.

Principais equipamentos:

Central multimídia com GPS em língua portuguesa, duplo airbag (motorista e passageiro), veículo equipado com pneus ecológicos, comandos no volante incluindo áudio, velocidade de cruzeiro controlada através do piloto automático.

– ASX Outdoor com câmbio CVT e tração 4×2

Preços a partir de R$ 106.990,00

Principais características desta versão:

Motor com tecnologia VVT, 2.0 flexível (aceita tanto gasolina como etanol), transmissão automática CVT, tração nas duas rodas (2WD), espaço para 5 pessoas, volante estilo Black Piano com bancos no padrão de cor preta.

Principais equipamentos:

Central multimídia com GPS em língua portuguesa, duplo airbag (motorista e passageiro), comandos no volante incluindo áudio, velocidade de cruzeiro controlada através do piloto automático, controles de tração e estabilidade, assistente para partidas em aclives e rodas aro 17 polegadas de liga leve.

– ASX com câmbio CVT e tração 4×4

Preços a partir de R$ 119.490,00

Principais características desta versão:

Motor com tecnologia VVT DUO, 2.0 flexível (aceita tanto gasolina como etanol), transmissão automática CVT, tração nas quatro rodas (4WD), espaço para 5 pessoas, volante estilo Black Piano com bancos no padrão de cor preta.

Principais equipamentos:

Central multimídia com GPS em língua portuguesa, airbags distribuídos no interior do veículo (incluindo motorista e passageiro e airbags de cortina), veículo equipado com pneus ecológicos, comandos no volante incluindo áudio e controle para o telefone, velocidade de cruzeiro controlada através do piloto automático, botão de acionamento do motor Start and Stop, ré com câmera e tecnologia TPMS.

– ASX com câmbio CVT, tração 4×4 mais Teto Solar e Faróis Xenon

Preços a partir de R$ 128.490,00

Principais características desta versão:

Motor com tecnologia VVT DUO, 2.0 flexível (aceita tanto gasolina como etanol), transmissão automática CVT, tração nas quatro rodas com sistema eletrônico integrado (4WD), espaço para 5 pessoas, volante estilo Black Piano com bancos no padrão de cor preta em couro.

Principais equipamentos:

Central multimídia com GPS em língua portuguesa, airbags distribuídos no interior do veículo (incluindo motorista e passageiro e airbags de cortina), veículo equipado com pneus ecológicos, comandos no volante incluindo áudio e controle para o telefone, velocidade de cruzeiro controlada através do piloto automático, botão de acionamento do motor Start and Stop, ré com câmera e tecnologia TPMS, teto solar na carroceria e faróis com tecnologia xênon.

Todas as versões estão disponíveis nas cores: Cinza, Prata, Marrom, Preto, Azul, Vermelho e Branco.

Os consumidores interessados podem acessar diretamente a página do Mitsubishi ASX 2018 no link: https://mitsubishimotors.com.br/frotista/asx-outdoor-2018-flex-24 e conferir todas as novidades.

Autor: C. B.


Mitsubishi L200 2018 – Preços, Versões, Novidades e Ficha Técnica


Conheça aqui todos os detalhes sobre a nova Mitsubishi L200 2018.

Um dos lançamentos da Mitsubishi para 2018 é nada menos que a nova L200, uma picape na categoria média que é produzida aqui mesmo no Brasil. Um detalhe interessante é que a mesma está disponível em duas gerações para a linha 2018: os modelos GLX, Savana e Outdoor (representando a geração antiga) e a nova geração disponível como Sport. O preço sugerido pode variar de R$ 108.990 (versão de entrada) até R$ 174.990 (versão mais equipada).

Uma das principais características desse modelo é justamente a linha em formato de jota, responsável por separar a caçamba da cabine de passageiros. É através desse detalhe que o entre eixos fica um pouco menor e o banco de passageiros fica com espaço confortável. Outro ponto que chama a atenção é a capacidade da caçamba: 1.046 litros.

Na parte interior da picape é possível encontrar bastante tecnologia e muita sofisticação. O acabamento em Black e Chrome Silver deixa o interior bastante luxuoso. Mas o principal destaque fica mesmo por conta da central multimídia equipada com tela de 7 polegadas, além de: navegador de bordo, hotspot Wi-Fi, TV digital, espelhamento para conexão com smartphone, conexão Bluetooth, entrada para MP3/CD/DVD/USB, dentre outras funcionalidades.

Conforto também será algo facilmente encontrado na nova Mitsubishi L200 2018. A picape vem equipada com coluna de direção ajustável, trio elétrico e ar-condicionado dual zone. As portas, bem como os bancos, possuem acabamento em couro.

Principais itens de série

A versão de entrada, denominada L200 Triton GLX, que vem equipada com motor diesel 3.2, além de câmbio manual de 5 marchas, tem como principais itens de série: airbag duplo, ar-condicionado, direção hidráulica, trio elétrico, freios ABS, rodas de liga leve de 16 polegadas, rack de teto e faróis de neblina.

Na versão L200 Triton e suas variações, Savana e Outdoor, são encontrados todos os itens da versão de entrada, além de adicionar: ar-condicionado automático, detalhes estéticos exclusivos, bem como acabamento personalizado, faróis de dupla parábola equipados com máscara negra, volante com comandos de áudio e controle de cruzeiro, dentre outros itens. Vale destacar que a versão intermediária possui sob o seu capô o motor a diesel 3.2 capaz de gerar 180 cv ou o 2.4 Flex com 142 cv. O câmbio é manual de cinco marchas ou automático de cinco velocidades.

Já a versão mais equipada da linha 2018 da L200, Triton Sport, ainda conta com os seguintes equipamentos de série: nove airbags distribuídos nas regiões laterais, frontais, para o joelho do motorista e de cortina; freios ABS com EBD; maçanetas cromadas; volante multifuncional com funcionalidades de ajuste de altura e profundidade; banco do motorista com ajuste elétrico; ferramentas para controle de estabilidade do trailer; controle de descida; retrovisores com rebatimento elétrico; sistema Isofix; sinalização de frenagem de emergência; controles de tração e estabilidade; opção para destravar bem como iniciar partida sem o uso da chave; assistente de partida em rampas; dentre outros itens. Sob o seu capô está o motor a diesel 2.4 de 190 cv, além de duas opções de câmbio: manual de seis marchas ou automático de cinco velocidades.

Preços

Confira abaixo a tabela de preços sugeridos para as versões da nova Mitsubishi L200 bem como suas variantes:

  • L200 Triton GL 3.2 Diesel MT 4×4: R$ 108.990
  • L200 Triton GLX 3.2 Diesel MT 4×4: R$ 114.990
  • L200 Triton Outdoor 2.4 Flex AT 4×2: R$ 91.990
  • L200 Triton Outdoor 3.2 Diesel MT 4×4: R$ 121.990
  • L200 Triton Outdoor 3.2 DieselAT 4×4: R$ 133.990
  • L200 Triton Savana 3.2 Diesel MT 4×4: R$ 138.990
  • L200 Triton Savana 3.2 Diesel AT 4×4: R$ 146.990
  • L200 Triton Sport GLS 2.4 Diesel MT 4×4: R$ 131.990
  • L200 Triton Sport HPE 2.4 Diesel MT 4×4: R$ 154.990
  • L200 Triton Sport HPE (com FTP) 2.4 Diesel MT 4×4: R$ 174.990

Por Bruno Henrique


Mitsubishi Outlander 2018 – Ficha Técnica, Especificações


Preocupada em atender as diferentes demandas de seus usuários, a marca entrega ao mercado nacional um carro confortável, sofisticado e prático.

Sempre atualizando os seus modelos em versão inovadoras, a Mitsubishi não faz diferente com o New Outlander 2018. Aliando características de um SUV e um, Crossover, mas sem perder a essência esportiva, a fabricante japonesa lança um Novo Outlander com sua principal identidade: a tecnologia. Preocupada em atender as diferentes demandas de seus usuários, a marca entrega ao mercado nacional um carro confortável, sofisticado e prático.

O New Outlander vem com opções de gasolina ou diesel e 5 versões.

Acompanhe os detalhes.

Sobre a performance do New Outlander

As versões do modelo vem com 3 opções de motor:

Motor 2.2 L Diesel

165 CV, 16 válvulas DOHC e 36,7 KGF.M, Autonomia.

Motor 3.0 L gasolina

240 CV, 24 válvulas V6 SOHC e 31,0 KGF.M, Potencia.

Motor 2.0 L gasolina

Dual drive, 16 válvulas V6 SOHC, 20,1 KGF.M, 160 CV, Economia.

O design deste modelo não é apenas para dar sofisticação ao veículo, além da questão estética, o túnel de vento projetado permite uma aerodinâmica, eficaz aumentando a performance e o tornando mais econômico e silencioso.

A tração é 4×4 e conta com um acionamento eletrônico, com 3 opções de operação, podendo ser escolhido apenas com um clique: 4WD Lock: uso fora da estrada, 4WD Eco: uso normal 4×4 ou 4×2; e 4WD: predomínio da estabilidade para maior segurança.

O modelo tem transmissão automática de 6 velocidades e as 4 rodas possuem suspensão independente, sendo a suspensão dianteira McPherson e a traseira multilink que melhora a condução em solos irregulares.

Mais conforto e tecnologia

No New Outlander a refrigeração é distribuída por doze pontos tornando o espaço interno mais confortável e a temperatura agradável para todos os ocupantes.

O Modelo está equipado com GPS, USB, Bluetooth, bussola, radio, DVD e CD, entrada para cartão SD, inclinação frontal, acelerômetro e DIS.

A antena tem o formato de uma barbatana de tubarão e o requinte pode ser conferido nos itens cromados no interior do veículo.

A tranquilidade e a praticidade em se dirigir o New Outlander está em todos os detalhes, inclusive o motorista é avisado sobre quando calibrar os pneus devido ao sistema de monitoramento de pressão.

Ficha Técnica e itens de série

Comprimento: 4.695 mm

Entre-eixos: 267 mm

Largura: 181 mm

Tanque de combustível: 60 L

Peso: 1.640 KG

Itens

· Direção elétrica;

· Rodas aro 18 liga-leve;

· Câmera de ré, sensor de chuva e de estacionamento;

· Multimidia;

· Ar condicionado duo;

· Computador de bordo;

· Ajuste elétrico no banco do motorista;

· Bancos revestidos com couro;

· Controle de cruzeiro;

· Airbags;

· Freios com EBD, ABS;

· Faróis de neblina e luzes diurna;

· Teto solar e retrovisores elétricos.

Acessórios:

· Engate, trava antifurto para as rodas;

· subida automatizada os vidros;

· kit alarme e geladeira portatil;

· bag organizadora e bagageiro no teto;

· Gravador de vídeo;

· cadeira para crianças com isofix;

· DVD com tela de encosto;

· Frisos laterais e protetor de carter;

Destaques das versões do Mitsubishi New Outlander e valores iniciais

Outlander 2.0L

Preço inicial: R$ 144.990,00;

Lugares: 5 Ocupantes;

Tração: 4×2;

Transmissão automática (CVT);

Acabamento: Bancos revestidos com couro;

Destaque dessa versão: Multimidia, teto solar, ABS, BAS Full Airbags e sistema Rise.

Outlander 2.0L Comfort

Preço inicial:R$ 151.990,00;

Lugares: 7 Ocupantes;

Tração: Dianteira 4×2;

Transmissão automática (CVT);

Acabamento: Bancos com aquecimento;

Destaque: Botão stop/start, Eco Mode, controle de pressão dos pneus, portas destravadas por aproximação, 9 airbags, ar condicionado dual zone.

Outlander 2.2L Diesel

Preço inicial:R$ 181.990,00;

Tração: 4wd eletrônica;

Lugares: 7 Ocupantes;

Transmissão automática (INVECS II);

Acabamento: interior nas cores preta ou bege;

Destaque: Auto Hold, Full airbags e multimídia.

Outlander 3.0 L V6 Gasolina

Preço Inicial R$ 184.990,00;

Espaço para 7 ocupantes;

Transmissão automática.

Outlander 2.2 L diesel

Preço inicial:R$ 205.990,00;

Lugares: 7 Ocupantes;

Acabamento interno em preto ou bege;

Tração: eletrônica;

Transmissão automática;

Destaque: ACC, HSA, FCM, LDW, KOS teto solar.

Por Fabíola de Moraes

Mitsubishi Outlander 2018


Mitsubishi Outlander Comfort – Nova Versão com 7 Lugares


Modelo chega com 7 lugares e motor 2.0 de 160 cv.

O mercado nacional não oferece, tampouco já ofereceu, muitas opções de veículos com 7 lugares. O robusto Mitsubishi Outlander já era uma das opções oferecidas, porém, apenas disponível com as motorizações 2.2 turbodiesel e V6. Agora a novidade da Mitsubishi é o Outlander Comfort, o qual é equipado com um motor 2.0 com 160 cv, com torque de 20,1 kgmf e câmbio CVT.

Preço

O estiloso Mitsubishi Outlander Comfort chegou ao mercado nacional a um preço de: R$142.990, ficando próximo, ou seja, R$ 7.000 a mais do que seu modelo configurado para 5 lugares e considerando a versão V6 fica abaixo R$33.000.

Disposição dos bancos

Quando a terceira fileira de bancos não está acionada ela fica escondida exatamente no assoalho do veículo, semelhantemente ao modelo da Zafira GM, lembra? Isto faz com que não haja perda de espaço no seu espaçoso porta-malas, que conta com uma disponibilidade de nada menos do que 798 litros, quando considerado a utilização com apenas 5 lugares.

Tecnologia embarcada

Uma outra novidade da família fica por conta da nova central multimídia, a qual agora vem contando com espelhamento de smartphones por via de Apple CarPlay e também Android Auto, com sistema de som muito interessante high definition audio com auxílio de subwoofer.

Itens de série

Entre os itens de série já conhecidos da linha, destacam-se o ar-condicionado com atuação dupla zona, o acionamento de abertura e fechamento do porta-malas por sistema elétrico, rodas compostas com aro 18”, sensor que detecta pressão dos pneus, controles para tração e estabilidade, partida com chave modo presencial, bancos que possuem ajuste elétrico para o motorista e que contam com aquecimento, além de 7 disparos de airbags.

Sem duvida alguma será mais um veículo da Mitsubishi Motors que marcará. Considerando o espaço, a força e robustez, além do conforto, somados à tradição da marca do grupo que é um grande conglomerado japonês, que pauta por muita qualidade e tecnologia… então já é um sucesso.

Para saber mais sobre o Mitsubishi Outlander Comfort acesse o site oficial da Mitsubishi Motors no Brasil em: https://www.mitsubishimotors.com.br/ e fique por dentro de todos os detalhes destas máquinas.

Por Silvano Andriotti


Mitsubishi L200 Triton Sport – Lançamento da nova picape


Modelo está é disponibilizado para o mercado em três versões: L200 Triton Sport GLS (131.990), L200 Triton Sport HPE Top (R$ 174.990), L200 Triton Sport HPE (R$ 164.990).

A montadora japonesa Mitsubishi fez o lançamento de novas picapes, conhecidas como Mitsubishi L200 Triton Sport. Serão produzidas na fábrica na cidade de Catalão (GO) e já é disponibilizada para o mercado, em três versões: L200 Triton Sport GLS (131.990), L200 Triton Sport HPE Top (R$ 174.990), L200 Triton Sport HPE (R$ 164.990).

O carro possui um novo motor turbo 2,4 litros, a diesel, que entrega uma potência de 190 cavalos e torque máximo de 43,8 kgfm, somado a um câmbio manual ou automático de seis velocidades, com aletas atrás do volante. A montadora informou que a L200 Triton Sport é a picape que iniciou o uso de motor de alumínio, que reduz 30 Kg o seu peso.

A caminhonete ganhou linhas laterais novas que melhorou sua aerodinâmica, facilidade e agilidade para pilotá-la. Tais mudanças receberam na carroceria a marca “J-Line”.

A turbina do motor permite altos torques, mesmo em rotações mais baixas. O sistema de tração conta com bloqueio do diferencial e tração 4×4 reduzida. No quesito suspensão possui braços duplos triangulares que são independentes, na parte frontal e na traseira eixo rígido. Além de fazer uso também de molas helicoidais mais rígidas e barra estabilizadora expandida.

O projeto diminui a distância entre eixos, porém não teve perda da capacidade de carga ou do conforto interno. Além de possuir dissipador de água, que faz com que a água não seja projetada para o para-brisa.

Possui faróis de bi xênon com DRL, espelho com rebatimento elétrico e também maçanetas cromadas. Na parte interna, os acabamentos são cromados no painel, no console central, no seletor eletrônico da tração. Na lista de itens tem multimídia com tela de 7", ar-condicionado dual zone, sensores de luminosidade, estacionamento e chuva, botão liga/desliga para partida e câmera de ré.

O preço de revisão do modelo é fixo e será vendida em nove diferentes cores: Branco Fuji, Branco Alpino, Prata Rodhium, Prata Cool, Preto Ônix, Vermelho Rubi, Azul Petróleo, Marrom Cacau e Cinza Londrino.

Veja as versões e os preços abaixo:

  • L200 Triton modelo 2.4 Flex Outdoor – R$ 91.990,00
  • L200 Triton modelo Savana Manual – R$ 138.990,00
  • L200 Triton modelo Outdoor Automática – R$ 136.990
  • L200 Triton modelo Savana Automática – R$ 146.990,00
  • L200 Triton modelo GL Manual – R$ 105.990,00
  • L200 Triton modelo GLX Manual – R$ 111.990,00

Por Filipe Silva

Mitsubishi L200 Triton Sport 2017


Mitsubishi Pajero Full 2017 – Características do modelo


Nessa nova versão o elegante carrão chega na categoria SUV dotado de tração 4X4 com versões de três e cinco portas, recursos tecnológicos de segurança de primeira linha, bem como carroceria monobloco.

Grande parte dos consumidores quando vão comprar um veículo automotor procuram um veículo que seja robusto, apresente um bom design, conforto, bem como um excelente e recheado pacote de acessórios e opcionais. É nessa perspectiva que a grande e renomada Mitsubishi Motors está lançando no mercado nacional mais uma grande novidade para o mercado brasileiro. O mais recente lançamento da fabricante é a Pajero Full 2017. Nessa nova versão o elegante carrão chega na categoria SUV dotado de tração 4X4 com versões de três e cinco portas, recursos tecnológicos de segurança de primeira linha, bem como carroceria monobloco.

Nessa versão 2017 a Pajero Full será disponibilizada em quatro versões sendo estas as seguintes: 3.8 G 3 portas, HPE 3.2 D três portas, HPE 3.8 G 5 Portas e HPE 3.2 D 5 portas. O pacote tecnológico do veículo chegará bastante recheado, haja vista que contará com sistema de tração denominado Super Select SS4-ll, sistema de suspensão independente nas quatro rodas, o qual possui a função de dar ao veículo não só estabilidade, mas também precisão nas curvas. Além de tudo isso o veículo ainda conta com oito airbags, assistente para declives.

Com relação às motorizações, as versões mencionadas acima receberão propulsores movidos a diesel ou a gasolina. O propulsor movido a diesel de 3,2 litros possui a capacidade de produzir uma potência de 200 cavalos a 3.750 rpm e conta com o sistema de injeção direta chamado Common Rail DI-D. Já nas versões movidas à gasolina, o motor utilizado foi o V6 de 24 válvulas, o qual é capaz de produzir umas potência de incríveis 250 cavalos. Nessas versões movidas à gasolina um quesito que deixou a desejar foi a autonomia, pois conforme os testes realizados pelo INMETRO, no ambiente urbano o veículo consegue fazer apenas 5,3 Km/l enquanto no ambiente rodoviário essa média sobe para 6,7 Km/l.

Todavia, não podemos esquecer que se trata de uma Pajero, modelo amplamente conhecido e conceituado mundialmente e não há como negar que o modelo carrega além de grande estilo um design que chama a atenção por onde passa.

Os valores de comercialização dessa grande novidade aqui no país serão de a partir de R$ 188.990 na versão mais básica que é a de três portas movida à gasolina, enquanto a versão topo de linha que é de cinco portas movidas a diesel sairá por singelos R$ 239.990.

Por Adriano Oliveira

Mitsubishi Pajero Full 2017


Nova geração da Mitsubishi L200 Triton será lançada no Brasil


Versões que serão lançadas no Brasil são Sport HPE Top, Sport HPE e Sport GLS.

A montadora Mitsubishi recentemente anunciou o desembarque da nova geração da L200 Triton em território brasileiro. A caminhonete só chegará no mês outubro, em três versões diferentes: Sport HPE Top, custando R$ 174.990, Sport HPE, custando R$ 161.990 e a versão mais barata Sport GLS, custando R$ 131.990.

A mais recente L200 lançada contará com um motor diesel novo, com quatro cilindros e 2400 cilindradas (2.4), que gera uma potência de 190 cavalos e um torque máximo de 43,8 kgfm. Feito em alumínio, o mesmo é mais leve em cerca de 30 kg se comparado com o antigo motor.

Na versão GLS a transmissão é manual com seis velocidades. Nas outras versões, o câmbio é automático, podendo realizar as mudanças através de aletas localizadas atrás do volante. Ainda há um seletor de tração, onde é possível escolher 4×4 ou 4×2, com modo de asfalto, 4×4 e também reduzida.

Visualmente, o veículo ganhou algumas mudanças, agora possui faróis espichados para as laterais, uma grade mais demarcada e lanternas que chegam até a parte lateral da caçamba.

A versão mais completa vem de fábrica equipada com ar-condicionado digital de duas zonas, faróis de xenônio com luz de rodagem diurna, central multimídia com tela de 7 polegadas, sensores de luz, botão de ignição, chuva e estacionamento, câmera de ré, airbags frontais, que são obrigatórios, de cortina, laterais e de joelho, para o condutor e bancos de couro, com regulagens elétricas também para o condutor.

Sem contar que o modelo ainda possui controles de estabilidade, controles que auxiliam em descidas e subidas e controle de tração.

Mesmo com o lançamento desta nova geração, a montadora irá continuar fabricando a geração atual. As duas serão produzidas na fábrica da Mitsubishi na cidade de Catalão, em Goiás.

Veja abaixo os valores das outras versões, que ainda continuam com o antigo visual:

  • L200 Triton Savana com transmissão manual, custando R$ 138.990,00
  • L200 Triton Outdoor transmissão automática, custando R$ 136.990
  • L200 Triton Savana transmissão, automática, custando R$ 146.990,00
  • L200 Triton GLX transmissão, manual, custando R$ 111.990,00
  • L200 Triton GL transmissão manual, custando R$ 105.990,00
  • L200 Triton 2.4 Flex Outdoor, custando R$ 91.990,00

Por Filipe Silva

 

Nova Mitsubishi L200 Triton


Nissan assume o controle das ações da Mitsubishi


Aquisição acontece logo depois de escândalo envolvendo a Mitsubishi

Depois de menos de um mês da divulgação do escândalo envolvendo a grande e renomada fabricante de veículos automotores Mitsubishi, em que a empresa assumiu que fraudava os testes de consumo no Japão, teve como resultado a aquisição de 34% das ações da empresa adquiridas pela Nissan em uma negociação que custou US$ 2,2 bilhões. Na prática, a aquisição dessa parcela das ações da Mitsubishi Motors pela Nissan fez com que a Nissan se apresente como a principal acionista da fabricante, historicamente aliada ao grupo Mitsubishi, o qual é, atualmente, um dos maiores conjuntos industriais e financeiros do planeta.

Por incrível que pareça, todo este fato envolvendo as fraudes na Mitsubishi foi descoberto pela Nissan, empresa a qual a Mitsubishi fabricava carros de menor porte para serem comercializados no mercado japonês. Com o decréscimo acentuado no valor das ações da Mitsubishi o processo de compra teve início, fato este que já era especulado antes mesmo de ocorrer a crise.

Com esse acontecimento, a Mitsubishi poderá ter a injeção de capital para fazer novos investimentos e correções. Vale lembrar que este mesmo fenômeno aconteceu com a própria Nissan no ano de 1999, ocasião em que a francesa Renault adquiriu boa parte das ações da Nissan e passou a ser a principal acionista da empresa, fato este que criou a união de sucesso Renault-Nissan, a qual, atualmente, figura no seleto grupo dos maiores produtores de automóveis do mundo, ocupando a quarta posição.

Segundo informações do CEO da Nissan, Ghosn, salientou que esta nova união entre as empresas permita o compartilhamento de fornecedores, plataformas, manufatura, bem como pesquisa tecnológica, numa possível estratégia de decréscimo de custos que deve manter a identidade característica da linha Mitsubishi.

Esta nova união confirma uma tendência que já era especulada no setor automotivo que era a de diminuição do número de fabricantes japoneses nos próximos anos, sendo que muitos especialistas e analistas já arriscam em dizer que, no futuro, haverá uma concentração das fabricantes japonesas em apenas três marcas sendo estas: a Toyota, a Honda e a Nissan. Situação esta que iria significar a supressão de empresas de menor porte, tais como, as conhecidas Madza, Subaru, Suzuki e Daihatsu.

Por Adriano Oliveira


Mitsubishi ASX-S – Edição Limitada chega ao Brasil custando R$ 120 mil.


Modelo chega com novos detalhes visuais e acessórios. Versão terá apenas 200 unidades vendidas no Brasil.

Não há como negar que a grande e renomada fabricante de veículos automotores, Mitsubishi  Motors, cada vez mais vem agradando o público brasileiro com os seus veículo, uma prova muito clara disso é o fato de que os veículos da marca estão sendo vistos com uma frequência muito maior na frota nacional. A fim de conquistar ainda mais o público por aqui, a empresa anunciou oficialmente na última terça-feira, dia 08 de março de 2016, o lançamento de uma série especial de um dos seus modelos atuais mais famosos, o ASX. Esta nova versão do veículo foi batizado com o nome de ASX-S.

A versão S do ASX será comercializada por R$ 120.990 e virá equipada com o mesmo propulsor das outras versões, ou seja, o 2.0 com potência de 160 cavalos, o câmbio utilizado será o modelo CVT automático e o veículo sairá de fábrica com tração 4×4.

O diferencial dessa nova versão do ASX ficou por conta de detalhes visuais, haja vista que essa versão possui rodas de liga leve e teto com pinturas na cor cinza grafite, além de luzes diurnas de LED, faróis com a presença de máscara negra e saias e frisos laterais na cor idêntica à carroceria. O nome da versão será estampado nas laterais e na retaguarda do carro.

O ASX na versão S terá de série os seguintes itens: controle de estabilidade e tração, airbags para o motorista nas laterais, joelho e cortina, bancos com revestimento integral em couro  e aquecimento, já o assento do condutor terá ajustes elétricos, botão de partida, sistema shift-paddles para realização das mudanças de marchas, bem como central de multimídia.

Para os consumidores que até mesmo antes de ver o veículo já gostaram da novidade, vale ressaltar que esta será uma série limitada do ASX, pois segundo as informações divulgadas pela própria Mitsubishi, essa versão aqui no Brasil terá somente 200 unidades, as quais terão o seu valor fixado em R$ 120.990. Apesar de o valor ser um pouco salgado para a realidade atual do cenário econômico do país, essa versão é mais uma das apostas da Mitsubishi para o ano de 2016.

Por Adriano Oliveira


Recall do Mitsubishi L200 e Pajero – Problema no Capô


Problema atinge os modelos L200 Triton (dos anos de 2007 a 2016), Pajero Dakar Importado (dos anos de 2009 a 2011), além da Pajero Dakar e 4×4 Nacional (dos anos de 2010 a 2016).

Foi anunciado pela Mitsubishi na última quarta-feira dia 02 de março, um recall para dois automóveis da marca, o L200 e a Pajero. O recall é devido a um possível problema com o capô dos veículos. Segundo informações da montadora, os proprietários de algum desses dois veículos citados devem fazer o agendamento do reparo em uma das concessionárias da marca a partir do dia 14 de março.

Os veículos convocados para o recall são o modelo L200 Triton, entre os anos 2007 e 2016, que possuam os chassis com finais (não sequenciais) de 700001 até E99999.

Já para a Pajero mais de um modelo são convocados, entre eles a Pajero Dakar importada, dos anos 2009 até 2011, com chassis terminados entre 00101 até 15982. Outros modelos afetados são a Pajero Dakar e Pajero 4×4 de fabricação nacional, fabricados entre 2010 e 2016, tendo a parte final dos chassis, não sequencial, de 00001 até 21525.

No anúncio feito pela montadora Mitsubishi, é dito que em condições severas de uso, estradas mal conservadas, ou apenas com piso irregular, aliadas a alta velocidade do veículo em trechos de longa distância, podem causar o rompimento no ponto de fixação da alça de retenção que faz o travamento do capô. Isso acarretará na abertura involuntária do capô, que pode vir a causar acidentes devido a perda de visibilidade do motorista com relação a pista de tráfego, podendo ainda causar danos físicos e materiais para o motorista e os passageiros do veículo, bem como o de terceiros.

Uma outra orientação feita pela empresa aos proprietários dos veículos é que seja evitado o uso dos automóveis em condições severas até que o reparo seja feito após o início da campanha.

Para todos os proprietários que desejam receber mais informações sobre o recall e também outras instruções quanto ao problema, a Mitsubishi disponibiliza uma linha através do fone 0800 702 0404, que fica disponível para atendimento das 8 horas até às 18 horas, de segunda a sexta-feira. Ainda, para quem preferir, o contato pode ser feito através do e-mail sac@hpeautos.com.br ou pelo site da Mitsubishi Motors no Brasil, no link www.mitsubshimotors.com.br.

Por Igor Furraer


Nova Mitsubishi ASX Outdoor 2016 chega ao Brasil


Novo modelo custa cerca de R$ 98 mil e vem com câmbio manual e tração 4×4.

A japonesa Mitsubishi apresentou na última sexta-feira, dia 27 de novembro de 2015, na cidade de Ribeirão Preto, no interior de São Paulo, a ASX Outdoor. Uma nova versão da marca com um design diferenciado e uma proposta para estrada e fora dela (off-road), além de contar com tração nas quatro rodas (4×4) e alguns itens novos na linha. Equipada de forma exclusiva com câmbio manual e motor 2.0 de 16 válvulas, o veículo custará aproximadamente 97.990 reais.

A empresa deu uma retocada no crossover, trazendo assim, um visual ainda mais aventureiro. A ASX Outdoor agora está equipada com rodas em alumínio com pneus de 16 polegadas ATR (o qual é apropriado para off-road) e o para-choque dianteiro está na cor cinza grafite. Algumas novidades são os faróis que contam com máscara negra, a moldura do farol de neblina, a nova grade dianteira, o novo acabamento dos retrovisores externos, a nova maçaneta das portas e o flare das rodas, os quais estão na cor cinza grafite.

Na parte de trás do veículo, as lanternas têm acabamento escurecido e são em lâmpadas de LED, o para-choque vem no mesmo tom de cinza, com dois ganchos que auxiliam em uma provável trilha. Na parte superior foi inserido um novo rack de teto, o qual foi desenvolvido de forma especial para esta versão.

Segundo a Mitsubishi, o sistema de suspensão foi reajustado, juntamente também com as molas e amortecedores. O que ainda continua sem alteração é o motor de 2.0 litros movido à gasolina, com a potência de até 160 cavalos, somado a tração 4×4 e um câmbio de 5 marchas manual.

Além desta versão vir com estas novidades, o ASX Outdoor conta também com um controle de estabilidade e tração, assistente de subida, suspensão traseira Multilink e suspensão dianteira independente McPherson com barras estabilizadoras e molas helicoidais.

De acordo com a fabricante japonesa, a meta inicial é que sejam vendidos 100 carros por mês.

FILIPE RIBEIRO DA SILVA


Mitsubishi ASX 2016 – Lançamento no Salão de Los Angeles


Rumores indicam que o novo modelo contará com alta performance e um motor movido a bioeletrecidade.

Essa notícia automotiva vai para os fãs de carros. A Mitsubishi ASX 2016 deve ser apresentado no Salão de Los Angeles. Para enfrentar esta nova geração de carros futuristas e esportivos que vem tomando conta do mercado mundial, a gigante dos automóveis Mitsubishi já projeta a próxima geração do ASX. Linha também conhecida como Outlander Sport em alguns países.

Em uma entrevista recente, o diretor administrativo fabricante da Mitsubish da divisão britânica, Lance Bradley, enfatizou bem que o novo modelo deve ser apresentado no ano de 2016. Portanto, os fãs da Mitsubishi terão que aguardar por mais um tempo até mais informações técnicas.

Não há muitos detalhes técnicos a respeito do novo modelo Mitsubishi ASX. Já sabemos que o modelo deve contar com uma incrível variante de alta performance, e um motor potente movido a bioeletrecidade. A estética do ASX deverá ser influenciada pelo conceito do XR-PHEV II, apresentado durante o Salão de Genebra deste ano.

A grande novidade para os ansiosos fica por conta de uma imagem do modelo que deve ser apresentada Salão do Automóvel de Los Angeles, que deve ocorrer a partir do dia 18 de novembro nos Estados Unidos.

A montadora japonesa promete divulgar no evento, dois novos modelos para sua linha: o ASX (ou Outlander Sport) e o Mirage (Space Star). Temos poucas notícias sobre o modelo, entretanto, ao que tudo indica pela imagem, dá para notar que o Mitsubishi ASX deve ser equipado com novas mudanças na estética, com direito a novos faróis, grade e para-choque no substrato dianteiro do carro.

O novo Mitsubishi ASX deve seguir a mesma linha do seu irmão maior, o Outlander. A montadora deve ter mais informações sobre os novos modelos no evento de Los Angeles. Teremos que aguentar a ansiedade até os novos pronunciamentos técnicos da Mitsubishi.

Por Felipe Pancheri Colpani

Mitsubishi ASX 2016

Mitsubishi ASX 2016

Fotos: Divulgação


Novo Mitsubishi EX Concept é apresentado no Salão de Tóquio 2015


Carro autônomo e elétrico deve substituir o ASX no próximo ano.

Ainda não colocado no mercado, mas já exposto como protótipo no Salão do Automóvel de Tóquio, o Mitsubishi EX Concept traz grandes mudanças promovidas pela montadora japonesa. A 44ª edição do Tokyo Motor Show recebeu o que deve ser o modelo da Mitsubishi ASX a partir do próximo ano. O veículo manterá a sua essência SUV, porém, passará a ser elétrico e ter estilo inspirado em shooting brakes. O desenho é baseado em carros que são peruas montadas sobre esportivos de duas portas. Além disso, terá comandos independentes da ação do condutor. As alterações formam o conceito EX apresentado pela marca.

A maior mudança da atualidade para o lançamento de 2016 é sem dúvida a troca do motor tradicional a base de gasolina pelo totalmente elétrico. Entre as poucas informações até então divulgadas pela montadora, foi feito o esclarecimento de que a tração será totalmente feita por dois propulsores elétricos, equivalentes a 95CV de força cada. As baterias, localizadas na parte inferior do veículo, garantem autonomia de até 400 quilômetros. Na comparação com o modelo atual, a autonomia em distância não se faz um diferencial, porém, a energia é muito mais limpa e barata, além de renovável.

Ainda não se sabe se o sistema de condução autônomo do EX dirigirá o carro por um período de tempo estimado pelo computador de bordo ou se apenas será um sistema de segurança. No momento, tais sistemas já são consolidados em realizar frenagem por percepção de perigo de batida. Mas apresentações de direção própria por parte do veículo por longos espaços de tempo já foram exibidas. A Mitsubishi não revelou mais detalhes sobre a função.

Em relação à ASX que roda hoje, o interior apresentado mostrou um design futurista e limpo, com pouco espaço de painel de uso. Os botões diminuíram bastante enquanto as telas e comandos touchscreen aumentaram na mesma proporção.

Bruno Klein


Mitsubishi lança sistema Android de multimídia para modelos


Assim como outras montadoras, a japonesa agora também adota o kit multimídia com base no Android para os carros da marca.

Multimídia. Essa é a palavra que cada vez mais os carros novos estão agregando. A Mitsubishi fez um anúncio através de sua seção produtos eletrônicos para o novo kit com base no sistema operacional Android.

Essa nova leva de itens multimídia poderá aparecer em diversos carros que a marca conta. Nele poderemos ver uma tela touch screen de 12 polegadas e exibe até três tipos de funções de uma vez. Uma outra tela em HD vai estar no painel de instrumentos dos modelos da marca. Além disso, o para-brisas contará com um sistema de projeções de outras informações.

Como o display deste kit pode ser dividido em três maneiras distintas (tela cheia, tela dividida ao meio e dividida em três blocos) o motorista e ocupantes do carro terão a possibilidade de operar até três funções distintas. O nome do kit é FlexConnect e toda a plataforma tem base o sistema do Google.

Como você está no trânsito e não pode ter muita distração para mexer em coisas do tipo, a Mitsubishi já apontou que todos os comandos são operados de maneiras bem simples. Como todo o sistema tem comunicação com o projetor de informações que fica no para-brisas do carro, o motorista não vai se distrair da rua e trânsito.

Na parte de trás dos veículos, o kit também contará com mais duas telas para os passageiros. Haverá grande interação também de informações para os celulares e outros dispositivos que os passageiros tenham no momento em que estão no carro. Enquanto um vê vídeos o outro pode procurar um trajeto no GPS.

O sitema Android para carros

Foi no mês de março que o Google disponibilizou o seu Androi Auto. Esse tipo de programa poderá ser visto já em veículos norte-americanos, australianos e do Reino Unido.

O Google visou a não distração do motorista do trânsito, uma vez que os dados dos celulares Android que ficam sincronizados com o carro, dão prioridade para os comandos de voz.

Com algumas palavras ditas, o motorista poderá ver mapas de sua cidade com informações do trânsito em tempo real. Para aqueles que gostam de ficar ouvindo músicas, que muitas vezes distraem os motoristas na hora de mudar a canção, com o sistema Android Auto não será necessário tocar no painel do carro.

Além da Mitsubishi como vimos no texto, outras montadoras como a Ford, Fiat, Chevrolet e Hyundai e mais outras 30 montadoras iriam usar o Android Auto.

O sistema do Google vai bater de frente com a plataforma da Apple, que é chamada de CarPlay. Neste sistema da empresa de Cupertino, o motorista utiliza algumas ferramentas do seu iPhone no painel do seu veículo. 


Mitsubishi L200 Triton Savana Off – Nova Edição Especial


Novo Mitsubishi L200 Triton Savana Off terá apenas 200 unidades produzidas. Edição Especial da picape custará R$ 128.990 e virá com diversos itens exclusivos.

A Mitsubishi lançou recentemente no Brasil uma versão especial do seu modelo L200 Triton Savana. Esta série especial foi chamada de "Off" e terá apenas 200 unidades produzidas. A versão, que custará cerca de R$ 128.990, traz como principais novidades a sua cor laranja Sunshine e diversos itens exclusivos, como capaz de neoprene nos bancos, plaqueta com o número de série, rodas de liga leve na cor grafite e adesivos alusivos à edição.

A edição especial do carro é inspirado no canal de TV "OFF", que é dedicado aos esportes radicais. Outros itens bacanas presentes na picape são um cooler customizado da marca Ogio, uma garrafa de aço inoxidável e um chaveiro do tipo mosquetão para que as chaves possam ser fixadas em cintos ou mochilas.

Já com relação aos itens de série presentes no veículo, podemos citar o ar condicionado automático, a direção hidráulica, a chave presencial, os pneus Scorpion MTR 255/70 R16, o volante revestido em couro (com ajuste de altura e comandos do som), os tapetes de borracha, o rack de teto, o snorkel, a prancha para auxílio em situações de atolamento, entre outros.

Falando agora um pouquinho sobre o seu conjunto mecânico, ele não sofreu nenhuma alteração significativa. Sendo assim, o modelo continua tendo um motor 3.2 turbodiesel com injeção direta de combustível, que é capaz de oferecer até 180 cavalos de potência (a 3.500 rpm) e 38 kgfm de torque (a 2.000 rpm). Com relação à sua transmissão, ela é manual de cinco marchas.

E por falar no Mitsubishi L200 Triton, neste mês de abril a versão 2015 da picape ganhou cinco estrelas no ANCAP, que através de um Crash Test analisa a segurança do carro. O modelo equipado com motor 2.4 MIVEC conseguiu conquistar 36,22 pontos de um total de 37 pontos, com isso conquistou o prêmio. Os impactos na parte lateral e frontal da picape renderam 15,22 pontos de um total de 16 pontos. Já o efeito chicote foi considerado bom e a proteção contra os pedestres foi considerada aceitável.

Sobre o Mitsubishi L200:

O L200 é a picape mais popular da Mitsubishi Motors. A primeira versão do veículo foi lançada no ano de 1978, ainda com o nome de Mitsubishi Forte. O modelo manteve esse nome até o ano de 1986, quando passou a se chamar Mitsubishi Strada, Vale lembrar que a picape também conhecida como L200, Triton, Strakar e Mighty Max, dependendo do país.

O veículo é produzido em dois países: Na Tailândia (que exporta o modelo para mais de 140 países) e no Brasil (na fábrica de Catalão, em Goiás).

Os principais concorrentes da picape são: Toyota Hilux, Mazda BT50, Nissan Navara, Isuzu D-Max, Chevrolet S10, Ford Ranger e Dodge Power Ram 50.

Confira abaixo algumas fotos do Novo Mitsubishi L200 Triton Savana:


Fim Mitsubishi Lancer Evo X – Fotos da Versão de Despedida


Mitsubishi divulga fotos do novo Lancer Evo X. Modelo ganhará uma Edição Especial de despedida.

Foi realizada pela montadora de veículos Mitsubishi, a divulgação das fotos da série final da décima geração do veículo Lancer Evolution, este veículo foi lançado no ano de 2007, mas agora chegou à fase final do seu ciclo no Japão e na Europa. Já aqui no Brasil, ainda é possível encontrar algumas poucas unidades a venda.

Esta última série que será lançada desse veículo terá um lote de apenas 1000 exemplares do Lancer Evo, os quais serão produzidos com destinação exclusiva para o mercado automobilístico japonês, versão esta que sairá de fábrica equipada com câmbio manual de cinco marchas, bancos da Recaro modelo esportivo totalmente revestido em couro, sistema de freio da marca Brembo e plaquetas com uma numeração inserida, as quais serão numeradas com o nome da edição.

Com relação à motorização utilizada nesse veículo, o motor será o famoso e consagrado motor turbo de 2 litros com quatro-cilindros, o qual é capaz de produzir uma potência original de 295cv, apesar de ainda a montadora não ter sinalizado nenhum tipo de aumento de força, porém, notícias oriundas dos bastidores da Mitsubishi dão conta de que este modelo de motor poderá ter um ajuste mecânico, a fim de que ele consiga superar a potência de 300cv, potência esta que ainda está bastante distante dos antigos 473cv que era possível extrair do motor que foi apresentado no conceito do Evo X Final Show Car, conceito este que foi lançado no Salão de Tóquio, no Japão, no último mês de dezembro.

Apesar de a entrega desse veículo estar começando a ser agendada somente para para o mês de agosto, quem quiser ser o dono de um destes mil exemplares já pode efetuar a sua encomenda, o veículo sairá por um valor de aproximadamente R$ 110 mil, o que com certeza para quem é amante do carro não é um preço alto, principalmente devido ao fato de que esta será uma edição exclusiva e limitada.

Além de anunciar o fim da produção do veículo, a Mitsubishi também divulgou um vídeo de despedida do modelo. No vídeo, podemos ver o inglês John Easton, que contou um pouco sobre a sua história e seu convívio com o Mitsubishi Lancer Evo. Para aqueles que não sabem, John Easton foi o responsável pelas quatro conquistas do World Rally Championship que o  Lancer Evo conquistou em sua história. O vídeo mostra ainda o piloto Luiz Razia dabdo algumas voltas no veículo.


Novo Mitsubishi Pajero Sport 2016 é Flagrado em Testes


Mitsubishi faz testes do Novo Pajero Sport 2016 na Austrália. Carro já foi flagrado nas ruas e possui linhas proporcionais e harmônicas.

Há quase dez anos no mercado de automóveis sem mostrar alguma mudança significativa, a Mitsubishi promete, ainda este ano, criar uma nova geração do famoso Mitsubishi Pajero Sport.

Segundo rumores no site Autópolis, o conceito GC-PHEV estava antecipando as linhas do SUV Pajero Sport. Entretanto, uma equipe flagrou o novo modelo durante um test-drive na Austrália e este parece ter linhas mais proporcionais e harmônicas.

A frente do SUV continuará carregando as principais marcas do carro, como a grade, que é adornada por frisos cromados, que dão origem aos faróis, uma das novas marcas registradas da empresa. Já a carroceria é volumosa e fica mais evidente graças ao para-lama traseiro, que é bem destacado no SUV.

Mesmo com algumas alterações que são visíveis aos olhos dos fãs do carro, como o fato de ser mais esportivo e ter o teto um pouco mais baixo, este continuará com o conceito off-road. Ainda há falta do estepe, que geralmente era pendurado na tampa do porta-malas.

O novo Pajero Sport será lançado com cinco portas e sete lugares, no entanto, ainda não foi divulgado se a versão de três portas com entre-eixos será mantida. A versão será lançada em 2016 com sistema de gasolina, diesel e híbrida. Essa nova geração tem a pretensão de ser mais leve e sobretudo eficiente. Além disso, deverá ganhar um novo motor turbodiesel de 2.4 litros, que possibilitará que o carro desenvolva 181 cavalos de potência e forneça 43,85 kgfm de torque.

O câmbio automático e manual deverá continuar, ambos dotados de seis marchas.

A Mitsubishi é um conglomerado japonês repleto de inúmeras empresas e é uma das maiores do mundo. Além de investir em carros, a Mitsubishi se volta para a produção de câmeras fotográficas, no setor aeroespacial, no turismo, hotelaria e também no mercado de seguros e maquinaria.

Andréa Corneli Ortis


Novo Mitsubishi Outlander 2016 tem teaser divulgado


Mitsubishi divulga novo teaser do Outlander 2016. Novo SUV deverá ser apresentado no Salão de Nova Iorque, em abril deste ano.

O Outlander 2016 teve o seu primeiro teaser apresentado pela Mitsubishi. O modelo será divulgado no Salão de Nova Iorque, que irá começar no dia 2 de abril. É possível verificar que ele terá grandes alterações no design.

A parte visual do Mitsubishi Outlander 2016 terá como base o Outlander PHEV Concept-S, uma vez que a versão recente não conseguiu satisfazer grande parte dos consumidores, por causa que o seu visual mostrava um pouco de retrocesso em comparação a geração antecedente. A parte de dentro também poderá ser consertada, com a implementação de materiais mais qualificados no acabamento.

O Outlander PHEV também poderá ter modificações, com uma versão otimizada do sistema híbrido. O veículo utiliza um motor 2.0 a gasolina de quatro cilindros e outros dois elétricos, com bateria de íon de lítio com capacidade de 12 kWh. A independência do modelo é de 55 km na forma elétrica ou 880 km na forma híbrida.

A nova L200 foi garantida para ser recebida no território brasileiro. Depois de ser divulgada e ter se destacado no stand da Mitsubishi no Salão de Genebra 2015, o veículo será vendido ainda em 2015 no continente europeu, entretanto, no território brasileiro a data de recebimento ainda não foi divulgada. A nova geração do modelo será comercializada junto com a recente geração “Triton”. O modelo divulgado no Salão de Genebra possui motor 2.4 diesel, de 184 cv de potência.

No visual, as linhas da L200 apresentam elegância, com a ausência da perda da característica robusta, transmitindo uma grande impressão do design, com modificações recebidas para dar força nas comercializações. O veículo poderá ser recebido no próximo ano, importado, com ausência da data confirmada pela empresa.

O modelo possui um novo câmbio manual de seis velocidades, com alternativas de trocas manuais em aletas na traseira do volante.

Sobre o Mitsubishi Outlander:

O Mitsubishi Outlander foi lançado pela primeira vez no ano de 2001. Inicialmente o modelo foi lançado no Japão e era chamado de Mitsubishi Airtrek. Ele foi baseado no Mitsubishi ASX, carro conceito apresentado pela empresa no Salão North American International Auto Show, também em 2001. Para aqueles que não sabem, o conceito ASX marcou a entrada da Mitsubishi na indústria dos SUVs. O Mitsubishi Outlander foi criado pelo designer Olivier Boulay e tem como principais concorrentes o Honda CR-V e o Hyundai Santa Fe.

Felipe Couto de Oliveira


Novo Mitsubishi L200 2016 será vendido no Brasil


A nova geração da L200, após ter sido revelada no ano passado e ter sido oficialmente lançada no Salão de Genebra, será comercializada aqui no Brasil, contudo, esse veículo não terá fabricação nacional, a proposta da montadora Mitsubishi é de importa-la para cá. Segundo informações da empresa, essa nova geração da L200 conviverá normalmente com a atual versão da L200 Triton, que atualmente tem fabricação inteiramente nacional na cidade de Catalão, no estado de Goiás.

Nessa novíssima versão, a picape veio muito bem equipada com acessórios que vem de fábrica, que fazem muita diferença, tais como ar-condicionado digital, câmera de ré e piloto automático adaptativo.

A parte interna do veículo foi modificada, a fim de que houvesse uma diminuição dos ruídos que eram ouvidos na cabine nas versões anteriores, assim, nessa nova versão a cabine passou por um tratamento acústico.

E as mudanças não pararam por aí, na parte externa, a picape teve a sua frente reformulada, com a presença de uma grande grade cromada e novos modelos de faróis que agora trazem luzes diurnas de LED e lanternas redesenhadas, o visual da picape ficou bastante agradável e chama a atenção de quem a vê.

A nova L200 será comercializada no mercado europeu com duas possibilidades de motorização, a primeira com o motor 2.4 MIVEC turbodiesel, com 152cv de potência e torque máximo de 38,7mkgf. Já a segunda opção será com o mesmo motor, contudo, com 178cv de potência e torque de 43,8 mkgf. Essas duas versões serão fabricadas com a tração 4X4, mas a montadora dará aos clientes a opção de escolher um câmbio manual de seis marchas ou um câmbio automático de cinco velocidades.

Apesar de a montadora não ter divulgado a data exata em que iniciará a comercialização dessa novidade aqui no Brasil, ela já divulgou que essa nova geração da L200 começará a ser comercializada na Europa no segundo semestre deste ano.

Sobre a Mitsubishi:

O Grupo Mitsubishi foi fundado no ano de 1870, por Yataro Iwasaki, um importante industrial japonês que nasceu na província de Aki, no Japão. O Grupo Mitsubishi é composto por 3 entidades: Mitsubishi Bank (maior banco do Japão), Mitsubishi Corporation (maior empresa comercial do Japão) e Mitsubishi Heavy Industries (composta das empresas Mitsubishi Motors, Mitsubishi Atomic Industry e Mitsubishi Chemical). Falando um pouco mais sobre a Mitsubishi Motors, ela fabrica carros e caminhões. Atualmente a Mitsubishi Motors é a 6ª maior montadora japonesa, sendo considerada também a 10ª maior montadora do mundo. Entre os carros produzidos pela empresa estão: ASX, Challenger, Fuzion, L200, L300, Lancer, Outlander, Pajero, RVR e Toppo. Para conhecer um pouco mais sobre a empresa, acesse o site www.mitsubishimotors.com.br.

Por Adriano Oliveira


Mitsubishi Concept XR-PHEV II no Salão de Genebra 2015


A Mitsubishi garantiu recentemente que irá apresentar o Concept XR-PHEV II no Salão de Genebra, que começa em 3 de março. De forma geral, o modelo é um aprimoramento do XR-PHEV concept, divulgado originalmente no Salão de Tóquio em 2013. Pequenas alterações no design foram realizadas, onde pode-se citar o novo formato da grade frontal inferior, que possui saídas de ar laterais cromadas, novos faróis, novas rodas e câmeras nas portas.

De forma interessante, a maior modificação está na parte de trás, com formato muito semelhante com a parte da frente. O modelo possui um objetivo mais atrativo, esportivo e radical em comparação ao conceito antecedente, tendo como detalhes principais fortes traços e uma carroceria com estilo cupê, tendo quatro portas.

A motorização do Concept XR-PHEV II é híbrida plug-in, tendo um motor a combustão e um motor elétrico, sendo este com 163 cavalos de potência, acompanhado por uma bateria de íon-lítio de 12 kWh. As emissões de CO2 são bem inferiores, com média de 40 g/km. Somado a isso, existe uma forma de condução 100% elétrica.

O modelo conceitual da Mitsubishi possui como fator principal a frente com formato em “X”, porte elegante e esguio, assim como lanternas traseiras chanfradas e tendo o apoio sobre uma divisória horizontal na vigia traseira.

Na parte de dentro, o modelo possui duplo cockpit com console central, que avança entre os bancos é um detalhe atrativo, da mesma forma como uma característica esportiva fornecida pela implementação de fibra de carbono, volante de fundo chato e tonalidade preto e vermelha.

Embora seja chamado de “compacto”, o veículo se trata de um crossover do segmento C, sendo médio no Brasil, através de 4,49 m de comprimento, 1,89 m de largura, 1,62 m de altura e 2,67 m de entre-eixos. Esta adoção importante do modelo irá resultar em um grande utilitário com objetivo bem esportivo.

Felipe Couto de Oliveira


Nova Mitsubishi L200 – Lançamento da picape no Salão de Genebra 2015


No dia 17 de fevereiro de 2015, a Mitsubishi divulgou informações sobre o lançamento da nova picape L200. O showroom está previsto para o início do mês de março de 2015, no Salão de Genebra, na Suíça.

Fabricada na Tailândia, a picape L200 vem para substituir o antigo modelo produzido há 9 anos, sendo a quinta geração de lançamento, cuja produção esperada pela fabricante será de 1.3 milhão de unidades a ser vendida.

O carro vai apresentar um modelo esportivo e utilitário, permitindo também conforto e confiança ao motorista e passageiro ao andar pelas estradas. A nova máquina dispõe de um motor de 2.4 litros turbo diesel, com a opção de 181 cavalos e 43,85 mkgf de torque ou um modelo mais básico de 154 cavalos de potência e 38,75 mkgf de torque. Vale lembrar que a picape também possui uma transmissão manual de 6 marchas.

Além dessas opções de ajuste, o veículo também oferece a opção de cabine dupla ou simples. A picape ainda tem ar condicionado, piloto automático, aletas no volante para mudanças de marcha, moderno sistema digital e câmera de ré.

O antigo modelo irá sair de linha, mas o novo modelo vai surpreender muita gente, já que ele terá um motor menos poluente e seu sistema de suspensão será todo revisado.

O design do veículo oferece beleza através da traseira redesenhada. Além disso, a picape contará com novos modelos de para-choque e lanterna. Não bastasse isso, foi criado um suporte de apoio para colocar materiais na caçamba com mais facilidade. Todos os detalhes com mais riqueza de modernidade e praticidade para o usuário.

A Mitsubishi tem a intensão de oferecer uma L200 mais resistente e potente. Para isso, a montadora irá utilizar o melhor material de produção, tanto no acabamento interno e externo, como também nas peças e em toda sua estrutura.

Portanto, a nova Mitsubishi L200 vem com o objetivo de proporcionar mais espaço, conforto e beleza aos olhos de todos os motoristas. Agora ficamos todos na expectativa aguardando por este novo lançamento.

Por Jaqueline Mendes Rodrigues dos Santos 


Mitsubishi Outlander Sport 2015 ganha Novo Motor


A Mitsubishi informou que a próxima geração do SUV Outlander Sport possuirá motor 2.4 cilindros com 168 cv. O novo bloco é 20 cv superior em relação ao modelo recente, equipado com motor 2.0 de quatro cilindros.

A motorização 2.4 também será existente na versão Sport GT, que também possui pedais de alumínio, retrovisores com luzes de LED e banco do motorista com ajuste elétrico e estofamento em couro premium. Também estão presentes teto panorâmico e sistema de navegação por GPS.

Segundo a Mitsubishi, os preços são de US$ 21.295 para a Outlander Sport e de US$ 23.595 para a Outlander Sport GT.

Famoso no Brasil e na Europa como Mitsubishi ASX, o Outlander Sport norte-americano começa a ter o motor 2.4 MIVEC de quatro cilindros e 168 cv, o que é um número maior em relação ao propulsor 2.0 que o equipava. O modelo é disponibilizado nas versões ES e GT, onde o GT possui vários itens, onde pode-se citar banco do motorista com ajustes elétrico, pedaleiras de alumínio, manopla do freio de mão revestida em couro, racks de teto na cor preta e retrovisores com luzes de seta com LEDs.

O Outlander Sport possui outros componentes extras, como o sistema de som Rockford Fosgate de 710 Watts (com nove alto-falantes, subwoofer de 10 polegadas com Punch Control, DTS Neural Surround, PremiDIA-WIDE surround e Dolby Volume), teto solar panorâmico e sistema multimídia MMCS (com tela de sete polegadas e mapas de navegação em três dimensões).

No exterior, o modelo possui garantia de cinco anos ou 100 mil Km. Além disso, o motor e o câmbio possuem garantias de 10 anos.

No último ano, havia sido feito uma alteração na implementação de luzes diurnas de LED junto aos faróis de neblina. Na cabine, haviam sido implementados novos padrões de acabamento no painel, inclusive detalhes em black piano e imitação de fibra de carbono.

Felipe Couto de Oliveira


Mitsubishi Pajero TR4 sai de linha no Brasil depois de 16 anos


Para os apaixonados por Pajero essa é uma notícia bastante triste, afinal, depois de 16 anos no mercado brasileiro o Mitsubishi Pajero TR4 saiu de linha. De acordo com a Mitsubishi, no ano que vem o SUV não será mais produzida na fábrica de Catalão, onde vinha sendo montado desde 2002.

No comunicado, a montadora não informou se irá lançar um substituto, apenas afirmou que as peças de reposição continuarão a ser produzidas por tempo indeterminado para os carros que já foram vendidos. O Mitsubishi Pajero TR4 começou a ser comercializado no Brasil em 1998 e desde então foram mais de 100 mil unidades vendidas.

Mesmo a marca japonesa tendo lançado o Pajero em 1998, esse modelo só começou a ser produzido no Brasil quatro anos depois com uma versão nacional chamada de Pajero Pinin. Foi o primeiro modelo a combinar tração integral e motor flex. Em 2010 o TR4 foi totalmente reestilizado, apenas manteve a plataforma que era do modelo original.

O modelo teve o seu último suspiro com a série especial O”Neill que foi apresentado em setembro. A série foi uma parceria da montadora com um fabricante de equipamentos de surfe. Nessa série foram produzidas apenas 600 unidades do veiculo. Na sua última configuração, o TR4 contava com motor flex 2.0 16V de 140 com álcool, tração 4×2 ou 4×4 reduzida e transmissão manual ou automática de cinco marchas.

Para os especialistas, o sucessor do TR4 deve ser considerado o ASX, porém a grande diferença do TR4 é sua resposta em estradas de terra e a possibilidade de lavar praticamente todo o carro por dentro e ainda permanecer como novo, diferente do que acontece com o ASX. Outro porém é que o ASX custa mais caro que o TR4. Resta esperar que a Mitsubishi se pronuncie sobre qual modelo será o real sucessor do TR4 e quando esse possível novo modelo será lançado.


Nova Mitsubishi L200 Triton teve algumas mudanças no design


A Mitsubishi revelou oficialmente nesta terça-feira, dia 18 de novembro, a nova picape L200 Triton. Diretamente da Tailândia, onde o modelo é fabricado na unidade fabril de Laem Chabang, a nova picape da marca japonesa, que será vendida em aproximadamente 150 países do mundo espalhados pelo Sudeste Asiático, Oceania, África, Oriente Médio, América Latina e Europa, apresenta-se com um visual renovado e com semelhanças estéticas advindas do utilitário esportivo Outlander que foi muito contestado pelo seu design. Será que vai?

Após nove anos mantendo o mesmo visual, a Mitsubishi apresentou uma reestilização para a L200, adotando algumas mudanças pontuais para a picape que já estava desgastada pelo tempo de mercado. De certa forma, a fabricante japonesa não efetivou uma renovação completa, tendo em vista que é possível notar características básicas da geração anterior nessa nova L200, como por exemplo, o formato da cabine e da caçamba, que aparentemente não sofreu nenhuma modificação.

Por outro lado, a Mitsubishi rejuvenesceu a caminhonete com a adoção dos novos faróis dianteiros e lanternas traseiras, ambas com certa inspiração no novo Outlander, para-choques remodelados e também com a nova grade dianteira, que deixou a parte anterior do veículo mais agressiva. Contudo, percebe-se que a nova picape não possui praticamente nenhuma caraterística do GR-HEV Concept, carro-conceito mostrado durante o Salão de Genebra de 2013 que parecia ser o norte que a fabricante japonesa iria tomar para renovar por completo a L200.

O que se nota, portanto, é que o objetivo principal da Mitsubishi era oferecer ao cliente uma picape que aliasse a esportividade, confiabilidade e funcionalidade de uma caminhonete, com o conforto de um carro de passeio, já que o modelo passou por melhorias no isolamento acústico, na absorção e amortecimentos de vibrações, e ainda ganhou novo ajuste na suspensão.

Com opções de carroceria com cabine simples e dupla, a nova geração da L200 Triton ainda conta com quatro opções de motorização. Sendo assim, o modelo pode ser equipado com os já conhecidos e atualizados motores 2.4 a gasolina de 128 cv e torque de 19,8 kgfm, 2.5 Turbodiesel com duas configurações de potencias, sendo uma com 128 cv e torque de 24,5 kgfm e a outra com 178 cv e torque de 40,8 kgfm, além do novo bloco 2.4 MIVEC Turbodiesel capaz de gerar 181 cv e torque de 43,8 kgfm.

Associado aos motores, a nova L200 Triton pode dispor de um câmbio manual de cinco ou seis marchas, ou ainda trazer uma transmissão automática de cinco velocidades.

mitsubishi-l200-triton-2015-01 mitsubishi-l200-triton-02-2015 mitsubishi-l200-triton-03-2015

Por Caio Polo


Mitsubishi Lancer 2015 produzido no Brasil foi apresentado


Aproveitando todo o prestígio e movimento de público do Salão do Automóvel de São Paulo, a Mitsubishi lançou oficialmente seu sedan Lancer produzido em território brasileiro.

Com fabricação sediada em Catalão – GO, o Lancer nacionalizado traz alguns detalhes diferenciados em relação ao modelo importado do Japão, como novas opções de cores e um preço levemente inferior, deixando-o mais competitivo. Anteriormente com configurações que partiam dos R$ 67.990, agora o Mitsubishi Lancer 2015 tem versões com preços a partir de R$ 66.490.

Esteticamente o Lancer fabricado no Brasil não sofreu grandes alterações, acrescentando apenas alguns detalhes diferenciados em relação ao modelo japonês. Sendo assim, as novidades do sedan produzido em Catalão ficam por conta das novas rodas de liga leve de 18 polegadas com inédito desenho, novo detalhe no para-choque dianteiro nas configurações com preços mais elevados, novo ajuste de suspensão para oferecer melhor dirigibilidade em rodovias e cidades brasileiras, além de um pacote antirruído para aumentar o conforto dos ocupantes da cabine do veículo.

No interior, a marca japonesa ampliou a oferta de equipamentos de série, com destaque para a nova central multimídia com tela touchscreen de 7 polegadas, que abrange diversas funções do veículo, como sistema de som, reprodutor de DVDs, bússola e até indicador de aceleração lateral.

Sob o capô, o Mitsubishi Lancer 2015 mantém o mesmo motor já oferecido anteriormente. Portanto, o carro vem equipado com bloco quatro cilindros 2.0 MIVEC 16V DOHC a gasolina, capaz de entregar 160 cv de potência e torque de 20,1 kgfm. Trabalhando em conjunto com o propulsor, dependendo da versão escolhia, o modelo pode trazer câmbio manual de cinco marchas ou uma transmissão automática CVT com sistema de trocas sequenciais que simula seis velocidades. A tração é sempre dianteira, com exceção da versão GT AWD, que conta com as opções de tração dianteira 4×2 (2WD), tração 4×4 com distribuição eletrônica automática ao eixo traseiro conforme necessidade (4WD On-Demand), ou ainda tração 4×4 em tempo integral (4WD Lock).

Como dito anteriormente, a nacionalização deixa o sedan mais competitivo em um dos segmentos mais disputados no mercado brasileiro onde a liderança é controlada pelo Toyota Corolla. Com a produção local, a Mitsubishi terá maior liberdade e facilidade para adequar o modelo aos interesses do público brasileiro.

Abaixo, versões e preços do Mitsubishi Lancer 2015:

– 2.0 CVT – R$ 72.490,00;

– 2.0 MT – R$ 66.490,00;

– 2.0 GT – R$ 83.990,00;

– 2.0 GT AWD – R$ 97.490,00.

Por Caio Polo

Mitsubishi Lancer 2015

Foto: Divulgação


Vendas de carros da Mitsubishi superam as vendas da Citroen


Estamos chegando ao final de 2014 e já é hora de verificarmos como anda a lista dos carros mais vendidos (ou marcas) no Brasil.

Em termos gerais as coisas continuam como sempre estiveram. Ou seja, a Fiat, Volks, GM e Ford ainda permanecem no domínio do segmento. E isso mesmo levando em consideração que essas marcas tenham perdido certas fatias de participação nos últimos tempos. Essa parte não é realmente a que interessa. As mudanças começam na parte de baixo da lista, exatamente aquela que quase ninguém olha.

Desde o mês de setembro de 2014 cinco marcas fabricantes de carros de origem asiática começaram a se fixar como as mais vendidas. Dentre essas a novidade é o fato de que a Mitsubishi superou a marca francesa Citröen.

Vejamos os detalhes:

A montadora de origem japonesa conseguiu atingir um total de 43.490 modelos emplacados até o referido mês. No caso da Citröen os dados analisados foram de 41.934 modelos vendidos. A marca que chegou nesse meio como uma estranha foi a Renault, que agora ocupa a 6° posição no ranking. Vale ressaltar que a montadora já teve a companhia de outras marcas conterrâneas. Tomemos um exemplo, a Peugeot está lá atrás, na 12° posição. O que é bastante longe da 7° colocação que já teve um dia.

Voltando a tratar da Mitsubishi é interessante considerar que o 10° lugar obtido pela marca tem lá seus méritos. Aqui, em terras brasileiras, a montadora e representada pelo grupo empresarial Souza Ramos.

Os resultados positivos da marca se deve ao fato de uma criação muito bem feita em torno da mesma que concedeu a ela uma certa aura de aventura. O resultado disso foi uma fidelização maior de clientes.

Nesse meio termo é de se perguntar qual o motivo. Se dermos uma olhada na linha da montadora apenas o sedan Lancer não tem capacidade de encarar um bom lamaçal. Já o resto, todos tem capacidade para estradas e terra.

Pontos fundamentais esses que fizeram com que a Mitsubishi obtivesse um crescimento de 15,5% neste ano.

Por Denisson Soares

Mitsubishi ASX

Mitsubishi ASX

Foto: Divulgação


Mitsubishi irá produzir nova picape média e Lancer nacionalizado


A Mitsubishi divulgou um comunicado nesta semana a respeito da parceria feita com a Fiat-Chrysler para a produção de uma nova picape média e aproveitou também para confirmar a produção nacional do sedan Lancer.

O acordo firmado entre a Mitsubishi e a Fiat-Chrysler trata-se do desenvolvimento de uma caminhonete média utilizando a plataforma da próxima L200 Triton. Com isso, surgiram especulações sobre uma possível descontinuação no mercado nacional da picape da marca japonesa em prol do modelo desenvolvido pela marca italiana, que será um produto exclusivo da Fiat. No entanto, a Mitsubishi deixou claro que manterá a produção da linha de picapes L200 Triton, bem como suas futuras atualizações, em sua unidade fabril situada em Catalão – GO.

Aproveitando o comunicado sobre a parceria firmada entre as marcas, a Mitsubishi confirmou que o sedan Lancer terá sua produção nacionalizada ainda no ano de 2014. Vale lembrar que a fabricante havia prometido anteriormente a nacionalização do sedan para 2013.

Para atender a produção do Lancer, a montadora nipônica já está preparando as linhas de montagem da unidade de produção de Catalão – GO, que atualmente é responsável pela fabricação da picape L200, dos SUVs Pajero Dakar e Pajero Sport, bem como do crossover compacto ASX.  

Com a produção local do Lancer, embora não haja nenhuma confirmação por parte da Mitsubishi, é possível que o sedan sofra alguma alteração no seu preço, tudo para deixar o carro ainda mais competitivo no segmento dos sedans médios.

Vendido em versões que partem dos R$ 67.990, o modelo nacionalizado deverá manter a opção de motorização atual, ou seja, o sedan continuará a ser equipado com motor 2.0 16V MIVEC abastecido a gasolina, capaz de entregar 160 cv e torque de 20,1 kgfm. Associado ao bloco o modelo pode trazer um câmbio manual de cinco marchas ou transmissão automática do tipo CVT com trocas sequenciais que simula seis velocidades.

Por Caio Polo

Mitsubishi Lancer

Mitsubishi Lancer

Fotos: Divulgação


Mitsubishi Pajero TR4 ONeill – Lançamento da série especial no Brasil


A Mitsubishi lançou no mercado brasileiro uma nova série especial para a Pajero TR4: a O’Neill. Com visual inspirado no Surf, a Pajero TR4 O’Neill estará disponível nas concessionárias da marca japonesa a partir de outubro, com preço sugerido de R$ 82.990.

A parceria feita entre a Mitsubishi e a marca de roupas e artigos esportivos norte-americana O’Neill rendeu uma série limitada para a Pajero TR4, que terá apenas 600 unidades vendidas no mercado brasileiro e estará disponível em duas opções de cores: Verde Floresta e Prata Cool.

O principal destaque da nova Pajero TR4 O’Neill fica por conta de algumas novidades visuais, como o grafismo com o logotipo da marca de roupas nas portas dianteiras, no capô e nos vidros traseiros, novo suporte do personalizada, moldura da grade dianteira na cor prata e novas rodas de liga leve de 17 polegadas com acabamento grafite.

Quanto aos itens de série, a TR4 possui, entre outros, airbag duplo, freios ABS com EBD, chassi monobloco reforçado, sistema RISE de absorção de impactos em caso de eventual colisão, banco do motorista com ajuste de altura e sistema de entretenimento com tela touchscreen, leitor de CD, DVD e MP3, entrada USB e conexão Bluetooth.

Além disso, a versão limitada da TR4 ganhou bancos com revestimento em neoprene e grafismo O’Neill, plaqueta de identificação com numeração no painel com assinatura do fundador da grife, Jack O’Neill e rack de teto com travessas com espuma protetora para transportar as pranchas de surf sem que estas sejam danificadas. Por fim, os proprietários da edição especial da TR4 ainda ganham um exclusivo chaveiro da O’Neill.

Mecanicamente não houve alterações e, portanto, a TR4 O’Neill vem equipada com motor 2.0 16V Flex que entrega até 140 cv e torque de 22 kgfm. Dotada de tração integral 4×4 e transmissão automática, o modelo traz sistema de tração Super Select 4WD-i com quatro modos: 2H (4×2), 4H (4×4), 4HLc (4×4 bloqueado) e 4LLc (4×4 bloqueado e com reduzida). 

Por Caio Polo

Mitsubishi Pajero TR4 O'Neill

Mitsubishi Pajero TR4 O'Neill

Mitsubishi Pajero TR4 O'Neill

Fotos: Divulgação


Mitsubishi Pajero Dakar 2015 foi lançado no Brasil


Sem trazer novidades, a Mitsubishi iniciou a venda no mercado brasileiro da linha 2015 de seu SUV Pajero Dakar. O utilitário fabricado no Brasil na planta fabril da marca japonesa situado em Catalão – GO não sofreu alterações em seu preço em comparação a linha 2014, e é oferecido com motores bicombustível e a diesel, ambos com tração 4×4 integral e com preços a partir de R$ 146.900.

A Mitsubishi oferece a Pajero Dakar em duas configurações de acabamento, a HPE tanto com motor flex como motor a diesel, além da Diesel AT.

A versão Diesel AT, que parte dos R$ 146.990, vem equipada de série com airbag duplo, freios ABS com EBD e BAS, ar condicionado, coluna de direção com ajuste de altura, direção hidráulica, piloto automático com comandos no volante, vidros com acionamento elétrico, sistema de som com quatro alto-falantes, CD Player, MP3, entrada USB, conexão Bluetooth, entre outros.

A outra opção de configuração de acabamento é a HPE, que pode ser tanto a Flex (R$ 146.990) como a Diesel (R$ 172.990). A versão HPE traz os itens já citados na versão Diesel AT, acrescidos de oito airbags (dois frontais, dois laterais e quatro do tipo cortina), ar condicionado automático, comando de áudio no volante, sistema de som com quatro alto-falantes e dois tweeters, bancos com revestimento em couro, bancos dianteiros com ajuste elétrico, volante multifuncional revestido em couro e com Paddle Shift, sensor de chuva e crepuscular, sensor de estacionamento, câmera de segurança para manobras em marcha ré e sistema de entretenimento com tela touchscreen de 7 polegadas que abrange diversas funções, como GPS, sistema de som, leitor de DVD e que ainda exibe imagens da câmera de ré.

A lista ainda possui faróis de xenon HID com lavador e regulagem automática de altura, luz de posição em LEDs, acabamento cromado nas grades, nos faróis de neblina, maçanetas e retrovisores externos, repetidores de setas nos retrovisores, terceira fileira de bancos rebatíveis, entre outros.

Mecanicamente, enquanto a versão bicombustível vem equipada com motor 3.5 V6 24 válvulas, capaz de entregar até 205 cv e troque de 33,5 kgfm com etanol, ambas as versões a diesel contam com o bloco 3.2 Turbodiesel 16 válvulas, que gerar 180 cv e torque de 38 kgfm. Todas as configurações trazem associadas aos propulsores transmissões automáticas, mas a versão flex possui quatro velocidades e os modelos a diesel possuem cinco marchas.

Por Caio Polo

Mitsubishi Pajero Dakar 2015

Foto: Divulgação


Conheça a Mitsubishi Pajero Full geração 2015


As últimas modificações do modelo atual do Mitsubishi Pajero Full 2015 já foram feitas. A expectativa é de que o modelo possa ser substituído até o fim de 2015 por uma geração que, segundo as informações divulgadas, é totalmente nova.

Recentemente a montadora de origem japonesa apresentou ao público em sua terra natal a linha 2015 do modelo utilitário-esportivo. Na nova linha, entre as novidades mostradas estão algumas mudanças realizadas no interior e no visual.

De acordo com informações de sites especializados do setor, bem como com projeções da própria montadora, a previsão é de que a linha chegue ao Brasil já nos próximos meses.

O Pajero Full 2015 recebeu uma nova grade dianteira. O acabamento é cromado e faz uma união com o para-choque que, por sinal, também é novo. Além disso, temos as luzes diurnas de LED presentes no modelo, elas foram posicionadas ao redor dos faróis de neblina. Também foram acrescentados novos detalhes cromados e novas rodas, dentre diversas outras coisas.

O modelo de quatro portas traz uma nova capa de estepe que tem um objetivo interessante: o de (tentar) simular uma certa continuação do vidro traseiro do veículo.

Entre as novidades do interior do Pajero 2015 teremos um novo console central e alguns pequenos detalhes nas saídas de ar. O acabamento escolhido para o interior foi o preto brilhante para versão VR II. Já nas variações Exceed e Super Exceed vamos encontrar acabamento em madeira. Outro detalhe, segundo informações da montadora, é o fato de que o isolamento acústico foi melhorado.

No que diz respeito aos motores, ainda permanecem os blocos 3.0 V6 movido a gasolina com 250 cv e o de quatro cilindros turbodiesel que tem 200 cv. Nos dois casos há a associação do bloco de motor com uma transmissão automática que conta com cinco velocidades. Além disso, podemos acrescentar na lista a tração nas quatro rodas.

No mercado japonês o Mitsubishi Pajero Full 2015 já está sendo oferecido. O preço inicial é de 2.921,400 ienes o que, sem contar com os impostos, seria algo em torno dos R$ 64 mil.

Por Denisson A. Soares

Foto: divulgação


Mitsubishi ASX 2015 foi lançado na Europa


A Mitsubishi lançou no mercado europeu a linha 2015 de seu utilitário esportivo compacto: o ASX. Com novidades importantes, o crossover da marca japonesa já está disponível nos principais mercados do “Velho Continente”, trazendo modificações visuais leves, principalmente no conjunto óptico frontal, e novos equipamentos na lista de itens de série. Na mecânica, a principal alteração foi a adoção, dependendo do mercado em que é vendido, de uma nova transmissão automática do tipo CVT, denominada como INVECS III CVT.

No visual, a Mitsubishi não ousou muito, mantendo as principais características do veículo que já é vendido há algum tempo por aqui e em outros mercados, completando apenas a reestilização que já havia sido aplicada em um momento anterior. Portanto, o ASX 2015 traz entre as principais novidades a adoção de luzes diurnas de posição compostas por LEDs situadas no para-choque, circundando o farol de neblina, novas rodas de liga leve redesenhada, além de uma nova opção de cor azul para a carroceria. A traseira e a lateral, com exceção das novas rodas, não apresentam nenhuma novidade.

Com relação à lista de equipamentos de série, a Mitsubishi ampliou os equipamentos que serão oferecidos, sendo a mudança mais profunda da linha 2015. A partir de agora o ASX vem, em todas as versões vendidas na Europa, com itens como computador de bordo, sistema de ar condicionado, vidros com acionamento elétrico nas quatro portas, rodas de liga leve. Freios com ABS, controle eletrônico de tração e de estabilidade e múltiplos airbags, que já eram oferecidos, foram mantidos.  

Mecanicamente, o Mitsubishi ASX 2015 pode ser equipado com motor 1.8 e 2.0, ambos a gasolina, ou ainda com o bloco 2.2 Turbodiesel. Com isso, a nova transmissão CVT é a principal novidade na parte mecânica que, dependo do mercado, poderá ser oferecido associado aos motores a gasolina. A nova caixa de câmbio ainda não foi confirmada para o propulsor a diesel.

É provável que as modificações estéticas realizadas no mercado europeu chegue ao modelo brasileiro, para dar um fôlego ao crossover para competir no segmento dos utilitários esportivos compactos.

Por Caio Polo

Mitsubishi ASX 2015

Foto: Divulgação


Mitsubishi Outlander – Evolução dos carros


Quem nunca sonhou com os carros voadores do clássico desenho “Os Jetsons”, a família futurista da Hanna Barbera,  que lançavam a ideia que os anos 2000 seriam o ápice da tecnologia, as casas no céu e os veículos sendo naves domésticas. Até  o filme “Blade Runner”, dos anos 80, também brinca com essa ideia. Mas e na realidade? Finalmente chegamos nos anos 2000. Estamos em 2014 e os carros não evoluíram? Na verdade eles ainda não podem voar, mas já existem veículos com tecnologias bem avançadas e eles estão à venda no mercado.

Um exemplo é a terceira geração da Mitsubishi Outlander, que está completamente remodelada, com uma nova plataforma e chega ao Brasil em três versões: Outlander 2.0, Outlander GT V6  e GT V6 full Technology Pack.

O carro tem duas opções de motor: 2.0 de 16V com potência de 160 cv e o 3.0 V6 de 240 cv. Na primeira opção o câmbio é CVT; na segunda o câmbio tem transmissão automática de seis marchas com opção de troca sequencial (borboleta no volante) e tração 4×4 que pode ser usada em três modos: eco (4X2), auto (4X4 inteligente) e lock (4X4 permanente).

O carro tem de série nove airbags, freios ABS com EBD (distribuição de força de frenagem), controle de tração e de estabilidade, ar condicionado digital, direção elétrica, faróis de LED e de neblina, destravamento das portas e partida do motor sem chave. Sim, finalmente depois de quase 2 séculos o carro não precisa mais da chave para dar a partida (nisso superamos os Jetsons, que ainda possuíam uma chave para a ignição). Há também coluna de direção com ajustes de altura e profundidade, bancos de couro com ajustes elétricos, teto solar e sistema de som multimídia.

A partir da versão V6 GT 4×4 o carro ganha faróis bi-xenon, piloto automático (que funciona em baixas velocidades), sensores de chuva e crepuscular, câmera de ré, GPS e terceira fileira de bancos.

No topo de linha V6 GT 4×4 Full Technology Pack, destaque para o sistema que freia o carro automaticamente (um sistema que pode salvar a vida do motorista), ele evita colisões em baixas velocidades. Assim que detecta a colisão ele freia sem o comando de quem está no volante.

O carro conta também com o sistema de assistência para partidas em rampa: mesmo sem acionar o pedal do freio, o carro fica parado por três segundos, permitindo que o motorista faça a arrancada ou a manobra de estacionamento sem riscos.

Por Rafael da Silva

Mitsubishi Outlander

Foto: Divulgação


Ralliart chegou ao Brasil e irá criar kits exclusivos para carros da Mitsubishi


Sediada em Mogi Guaçu – SP, a Ralliart, tradicional divisão de alta performance da Mitsubishi chega ao Brasil. Instalada em uma área com 10 mil m², a unidade possui equipamentos necessários para o projeto e preparação dos veículos, além de fazer a manutenção dos carros de competição da marca, dentre eles os veículos utilizados no Rali dos Sertões e Lancer Cup.

Segundo Guilherme Spinelli, Presidente da Ralliart Brasil, a divisão de alta performance será responsável por projetar, desenvolver, preparar e até customizar os carros da Mitsubishi. Ainda de acordo com o executivo, as competições disputadas pelos carros da marca japonesa são uma espécie de “laboratório” onde é possível testar todos os aspectos e componentes ao máximo, além de possibilitar o desenvolvimento de produtos com tecnologia superior e mais resistente.

A Ralliart é mundialmente conhecida por seus veículos serem responsáveis por conquistar importantes títulos no automobilismo. Para ter uma ideia, os modelos Ralliart são doze vezes campeões do Rally Dakar, prova mais importante do Rali, quatro títulos no World Rally Championship (WRC), mundial de rali de velocidades, onze vezes campeões do P-WRC, mundial de rali de velocidade com carros de produção, entre outras conquistas em campeonatos no automobilismo mundial.  

Com 30 anos de história, a Ralliart está presente em mais de 20 países, mas apenas no Brasil a divisão está ligada diretamente à fábrica, e conta com todo o complexo do autódromo Velo Città, local de testes e adequação dos veículos da Mitsubishi.

Atualmente, a equipe da Ralliart Brasil é responsável por 84 veículos, entre eles estão os modelos Lancer, que disputam a Lancer Cup, os protótipos de desenvolvimento, L200 Triton que são usadas na Mitsubishi Cup, além dos carros que disputam o Rally Dakar, Rali dos Sertões e o Campeonato Brasileiro de Rali Cross-Country.

Por fim, a Ralliart Brasil será responsável pela criação de kits exclusivos para os carros da Mitsubishi, e a divisão de alta performance já iniciou seus trabalhos nesse quesito.

Por Caio Polo

Ralliart no Brasil

Foto: Divulgação


Mitsubishi L200 Triton Savana – Lançamento da Edição Especial


Quem quer aproveitar para desfilar com o Mitsubishi L200 Triton Savana precisa correr para não perder a vez. A edição especial que foi fabricada para comemorar 20 anos do rali Mitsubishi Motorsports, contará apenas com 20 unidades disponíveis no mercado.

A previsão é de que os carros estejam disponíveis para vendas nas concessionárias a partir do mês de maio e o valor estimado é de R$ 118.990, portanto, quem deseja adquirir essa máquina já pode reservar seu carro acessando o hotsite criado exclusivamente para isso.

O que vem de novo nesta versão que a diferencia das demais são as rodas de liga leve grafite, os adesivos que podem ser vistos nas portas traseiras e no capô do carro e o detalhe que o torna mais exclusivo: o emblema de comemoração dos 20 anos do rali, bem como a inscrição "Limited Edition".

Preservando suas funções principais, a pick-up foi desenvolvida para uso off-road, por isso o carro vem equipado com snorkel que possibilita que o carro atravesse alagamentos com profundidade de até 80 cm. O sistema de tração do carro é seletivo e permite que o motorista escolha entre as trações 4×2 (que facilita a condução no asfalto), 4×4 (ideal para trechos com baixa aderência, tipo terra e areia) e 4×4 com reduzida (para uso em trecho que exijam mais do carro).

O modelo também se inspirou em conforto para o motorista e traz um painel multimídia que possui tela sensível ao toque.

O motor da máquina é 3.2 16V, com potência de 180 cv e torque de 38 kgfm a 2 mil giros. O veículo possui ainda câmbio de cinco velocidades.

Visualmente o modelo também é imponente e agradável de ser ver, o que aponta que tem tudo para conquista o gosto do público. A cor escolhida para fabricação é bege Jizan.

Por Igor Lima 


Mitsubishi Lancer Evolution X será descontinuado por falta de demanda


Segundo o jornal norte-americano “Automotive News Daily”, a Mitsubishi irá descontinuar a produção do Lancer Evolution X até o segundo semestre deste ano. A marca nipônica decidiu deixar de produzir o carro por causa da baixa demanda de vendas do esportivo em todos os países em que o modelo é oferecido.

A primeira geração do Lancer Evolution foi lançada em 1992. Desde a primeira edição, o sedan de alto desempenho fabricado pela Mitsubishi sempre veio equipado com motor 2.0 Turbo e tração integral. Voltado, inicialmente, ao mercado japonês, o sedan de alto desempenho começou a ser vendido no Reino Unido, mediante importação não oficial, a partir de 1998. Devido ao sucesso de sedans de alto desempenho, como o Subaru Impreza WRX STI, que oferecia um grande desempenho por um preço acessível, a Mitsubishi passou a exportar a oitava geração do Lancer Evolution para os Estados Unidos em 2003. Lançado em 2007, a décima e atual geração do Lancer Evolution passou por poucas mudanças, deixando o carro com visual um pouco defasado, embora ainda seja um belíssimo carro.

Mesmo tirando de linha o Evolution X, a fabricante japonesa não pensa em deixar de participar no segmento dos sedans esportivos. Pensando nisso, a Mitsubishi já desenvolve, em parceria com a Renault, a próxima geração do Mitsubishi Lancer Evolution. Até o momento, a grande novidade é que, desde o projeto, o carro poderá ganhar pela primeira vez uma versão híbrida. Talvez os mais conservadores não aprovem essa atitude, mas é uma das formas do sedan oferecer maior potência e melhor desempenho sem alterar a cilindrada, modificar muito as configurações do turbo e de outras características do veículo.

De toda forma, a próxima geração do Evolution ainda irá demorar pra chegar, já que a 11ª geração não deve ser lançada antes do fim de 2016.

Embora o Lancer Evolution X deixe de ser fabricado em outros mercados, no mercado brasileiro o Mitsubishi Lancer, versão convencional do sedan, será mantida até o fim de 2015.

Por Caio Polo

Mitsubishi Lancer Evolution X

Foto: Divulgação


Parceria entre Renault, Nissan e Mitsubishi


A Aliança Renault-Nissan anunciou que está a unir forças com a Mitsubishi Motors, uma vez que planejam explorar vários novos projetos em conjunto.

A joint venture NMKV existente entre Nissan e Mitsubishi Motors foi desde 2011 e, após o sucesso do Dayz e Mitsubishi eK wagon que foi colocado à venda no Japão este ano, o empreendimento foi ampliado através da mais ampla Aliança Renault-Nissan.

A expansão permitirá que as três marcas compartilhem plataformas e tecnologias de última geração, com o foco em veículos elétricos e tecnologias avançadas. No entanto, os primeiros modelos a serem lançados sob a nova colaboração usaram o emblema Mitsubishi, porém baseados nas características da Renault . O primeiro será um modelo do segmento D semelhante em tamanho a um Passat da Volkswagen produzido exclusivamente para os mercados norte-americanos, enquanto o segundo será um Golf modelo em tamanho a competir no mercado global do segmento C.

Entre a Nissan e a Mitsubishi, os fabricantes irão co-desenvolver um carro pequeno e novo, incluindo uma versão elétrica específica que pode ser vendido em uma base global. Ele será baseado em um carro Kei desenvolvido em conjunto anteriormente (mais detalhes ainda não foram anunciados).

"Nissan e Mitsubishi Motors têm beneficiado em conjunto de várias colaborações no passado, mais recentemente, a bem sucedida joint-venture em carros Kei no Japão", disse o presidente e CEO da Aliança Renault-Nissan, Carlos Ghosn, "Congratulo-me com a direção a ser tomada para esta cooperação mais ampla, criando novas oportunidades para a Renault, além de alavancar ainda mais o relacionamento produtivo entre Nissan e Mitsubishi Motors."

O que o mercado espera de fato é que esta aliança possa trazer ao mercado, mais tecnologia, qualidade nos produtos desenvolvidos pelas marcas, além de design que favoreça a elegância e glamour dos carros.

Os apaixonados por carros não veem a hora de se deparar com os primeiros modelos nas ruas. Enquanto os últimos ajustes entre as marcas são feitos, ficamos de olho no que chegará ao mercado.

Por Jaime Pargan

Renault-Nissan-Mitsubishi

Foto: Divulgação