Greve na Chevrolet: três fábricas paradas depois de demissão por telegrama

Demissão por telegrama e posterior greve. Fique a par do que está acontecendo na GM brasileira.

A demissão de funcionários por meio de telegramas e as subsequentes paralisações de suas unidades por greve têm afetado significativamente as fábricas da GM em São Paulo. No sábado, dia 21 de outubro de 2023, funcionários de três unidades da GM em São José dos Campos, Mogi das Cruzes e São Caetano do Sul foram demitidos. Segundo o sindicato, as notificações foram enviadas via telegrama e email​. A demissão em massa foi uma surpresa para muitos trabalhadores, que foram informados por um meio pouco convencional, em pleno fim de semana.

No entanto, a GM oferece uma explicação: a razão citada para as demissões foi a queda nas vendas. O sindicato, contudo, argumenta que não houve negociação prévia​, mesmo com propostas para redução de jornada, férias coletivas e outras medidas.

Em resposta às demissões, os metalúrgicos da GM em São José dos Campos decidiram entrar em greve em todas as três fábricas da GM no estado de São Paulo na segunda-feira, dia 23 de outubro de 2023​​. Em uma das fábricas, a linha de montagem foi interrompida quando os trabalhadores entraram em greve para protestar contra as demissões planejadas de quase 800 empregados. O Sindicato dos Metalúrgicos em São José dos Campos informou que 5.200 trabalhadores entraram em greve na manhã de sexta-feira, interrompendo a produção diária de 300 Chevrolet Trailblazers e caminhonetes S10, informa a AP.

A crise na GM São Paulo ilustra as tensões trabalhistas e os desafios enfrentados tanto pelos empregados quanto pelos empregadores na indústria automobilística. As demissões em massa e as greves subsequentes refletem a complexa interação entre as pressões econômicas, as expectativas dos trabalhadores e escancaram a crise econômica pela qual o Brasil vem passando, que afeta de maneira particularmente grave o setor automobilístico.

Cabe notar que o mercado brasileiro vem se recuperando em 2023, com o acumulado já tendo passado aquele visto em 2022, exceto para caminhões, que estão ainda muito abaixo dos números do ano passado. No entanto, a base é fraca e as vendas ainda podem ser consideradas tímidas.

Imagem: Trabalhadores em greve, imagem gerada por IA

Posts Recentes

Corridas, tecnologia e inovação: o que esperar do TCR Brasil e Le Mans 2024

O calendário do TCR Brasil 2024 já está disponível e promete ser inesquecível, com corridas em circuitos lendários e muita… Leia Mais

Audi celebra 30 anos no Brasil com ofertas na Service Week

A Audi do Brasil anuncia a Audi Service Week, de 24 a 29 de junho, oferecendo condições especiais para manutenção… Leia Mais

Trinidad e Tobago recebe a primeira concessionária da BYD no Caribe

A nova concessionária da BYD em Trinidad e Tobago marca um passo importante na expansão global da empresa, oferecendo uma… Leia Mais

Volkswagen e Minions se unem em campanha inovadora para novo filme

Volkswagen colabora com os Minions de Despicable Me 4 em uma campanha global que promete trazer humor e inovação para… Leia Mais

Novo BMW 420i Cabrio: o conversível dos sonhos agora no Brasil

Com motor 2.0l TwinPower Turbo, o BMW 420i Cabrio acelera de 0 a 100 km/h em 8,2 segundos, combinando potência,… Leia Mais

Nova geração do MINI Cooper 5 Door: design e tecnologia de ponta

Veja como o novo MINI Cooper 5 Door se destaca pela sua combinação de performance e funcionalidade. O novo MINI… Leia Mais