5 motivos para comprar uma moto elétrica

Se há alguns anos a eletrificação dos veículos parecia uma realidade muito distante, atualmente a frota de veículos eletrificados (sejam elétricos ou híbridos) pelas ruas do Brasil só cresce.

Somente em 2022, as vendas de eletrificados registraram crescimento de 31% e, dentre estes, as motos e scooters elétricas foram as que mais cresceram.

Somente no ano passado, foram emplacadas mais de 7.200 novas unidades, representando um aumento de 346% em relação a 2021. Embora esse número seja ainda pequeno se comparado com as motocicletas a combustão, as quais emplacaram 1,3 milhão de unidades em 2022, o presidente da Fenabrave, José Maurício Andreta Jr., comenta que a entidade acompanha com interesse esse segmento, especialmente em razão do expressivo crescimento registrado no ano passado.

O aumento exponencial no número de motos elétricas registrado em 2022 demonstra que os motociclistas brasileiros estão cada vez mais interessados no segmento de eletrificados. Esse interesse nas motos elétricas levanta algumas questões: motos elétricas são mais vantajosas que motocicletas com motores a combustão? Quais seriam essas vantagens? É possível economizar comprando uma moto elétrica? Para responder a essas questões, preparamos uma lista com cinco motivos para você investir em uma moto elétrica. Confira.

Economia

O aumento nos preços dos combustíveis no Brasil tem sido um assunto recorrente nos últimos tempos e, embora as motos com motores a combustão sejam muito mais econômicas se comparadas aos carros, as motos elétricas conseguem ser ainda mais econômicas.

Se um hatch compacto roda, em média, 12 km por litro de combustível, uma motocicleta a combustão roda cerca de 40 km por litro, enquanto a moto elétrica tem um gasto muito menor. A autonomia média de uma moto elétrica costuma ser em torno de 180 km (questão que pode ser um problema para pilotos que precisam rodar distâncias maiores) e, para rodar essa distância, uma motocicleta a combustão vai consumir cerca de R$ 10,00 em gasolina, enquanto uma moto elétrica consumirá cerca de R$ 1,50. Ou seja, recarregar uma moto elétrica sai muito mais em conta do que reabastecer no posto de combustível.

Menor emissão de gases poluentes

A principal justificativa para substituir os veículos a combustão por veículos eletrificados está na emissão de gases poluentes, os quais causam o super aquecimento do planeta. Considerando apenas os dados divulgados pela Companhia Ambiental do Estado (CETESB) referentes ao ano de 2020, no estado de São Paulo, as motocicletas a combustão emitiram mais de 20% de monóxido de carbono, um gás poluente emitido por veículos convencionais. As motos elétricas, no que lhe concerne, não emitem gases poluentes.

Facilidade para recarregar a bateria da moto elétrica

Se as baterias de carros elétricos podem ser um problema na hora de recarregar, as baterias das motos elétricas são muito mais simples. Para fazer a recarga da bateria de uma moto elétrica, basta retirá-la e conectar o carregador (o qual é bastante compacto) a uma tomada simples de 110 volts. O tempo de recarga costuma variar entre 5h e 10h e o carregador desliga sozinho assim que a carga da bateria estiver concluída.

Manutenção econômica

Enquanto as motos convencionais precisam passar por trocas programadas de peças, trocas de óleo, entre outras, para funcionarem melhor, as motos elétricas exigem gastos basicamente apenas com os pneus. Uma economia e tanto.

Preço de compra

O valor das motos elétricas já foi um impedimento para adquirir uma. Atualmente, porém, há diversas opções de scooters elétricas, por exemplo, que custam cerca de R$ 13.000, enquanto motos elétricas podem ser adquiridas por valores a partir de R$ 19.000.

Outros motivos para comprar uma moto elétrica

Eco-friendly

A principal vantagem de uma moto elétrica é sua eco-friendliness. Elas não emitem gases poluentes, sendo consideradas uma alternativa mais limpa e sustentável em comparação com motos a combustão. Isso significa que você pode andar sem prejudicar o meio ambiente.

Baixo custo de manutenção

Motos elétricas são geralmente mais baratas de manter do que as motos a combustão. Elas têm menos peças móveis, significando menos desgaste e menos necessidade de manutenção. Além disso, você economizará dinheiro em combustível, já que as motos elétricas são alimentadas por eletricidade, sendo geralmente mais barata do que a gasolina.

Motos Elétricas são Silenciosas

As motos elétricas são extremamente silenciosas, o que significa que você não causará ruído excessivo e não incomodará seus vizinhos ou outras pessoas ao redor. Isso também significa que você terá uma experiência de pilotagem mais tranquila e agradável.

Desempenho

As motos elétricas têm um desempenho impressionante em relação às motos a combustão. Elas geralmente têm aceleração mais rápida, são mais ágeis e têm mais torque. Além disso, os motores elétricos geralmente são mais duráveis do que os motores a combustão.

Tecnologia

As motos elétricas são equipadas com tecnologia de ponta. Elas geralmente têm uma variedade de recursos avançados, como sistemas de freios regenerativos, controle de tração e modos de pilotagem personalizáveis. Isso significa que você pode ter uma experiência de pilotagem mais avançada e personalizada.

Compartilhe

Posts Recentes

Veículos elétricos vendem pouco e GM resolve apostar em híbridos

Inconvenientes e caros, veículos 100% elétricos são preteridos pela GM, que resolve mudar o foco… Leia Mais

Calendário IPVA 2024 RJ – datas, prazo, desconto

Pagamento do IPVA 2024 no Rio de Janeiro começa no dia 22 de janeiro. Cidadãos… Leia Mais

Calendário de pagamento do IPVA 2024 PR – alíquotas, parcelamento, desconto

Prazo de pagamentos para o estado do Paraná já começou a valer. À medida que… Leia Mais

IPVA 2024 São Paulo – prazo de pagamento, descontos

Prazos de Pagamento O IPVA 2024 para veículos em São Paulo possui um calendário específico… Leia Mais