Moto elétrica da Honda custa a metade e rende o dobro que a Caloi

A montadora Honda recentemente apresentou nova linha scooter elétrica MS01, a qual foi elaborada e projetada em boa parceria junto à rede do varejo da marca japonesa MUJI.

Feita para atender, exclusivamente, o mercado chinês, esta linha foi produzida em formato mais próximo de um tipo de “mobilete” do que uma clássica scooter. A meta, segundo a fabricante, foi de priorizar a capacidade e eficiência de efetuar deslocamentos a pequenas distâncias.

A companhia MUJI consiste em uma ampla rede de supermercados que atua no segmento minimalista e no setor de reciclagem, sendo a companhia encarregada de cuidar do design da moto MS01, ao passo que a esteira de produção da Honda foi encarregada de produzir e montar o resto desse aparato. Esse serviço abrange o total da parte estrutural e mecânica desta boa scooter de motorização elétrica.

A liderança do departamento de design da rede MUJI preparou o belo desenho da MS01, que foi inteiramente baseada no formato padrão da antiga bicicleta, de grande vendagem, comercializada pela própria rede. A pintura em tons preto e branco tem essa origem nesse processo, que finaliza a dupla cor da superfície em partes mais foscas, pois, nesta cultura de minimalismos, o foco está em inserir cores que não cansem a vista de quem mire o veículo.

Do mesmo modo que a estrutura da Mobylette, a fabricante decidiu equipar a MS01 de novo acelerador eletrônico e do chamado pedal assistido, ou seja, a partir da inserção deste mecanismo o piloto deste Moto-Bicicleta estará diante de duas boas alternativas: pedalar (se preferir) ou descansar as suas pernas em uma pilotagem mais automática. Embora se trate de uma estrutura motora bastante simples, se a linha estivesse sendo comercializada em nosso país, provavelmente cada unidade seria enquadrada na lei de emplacamento e seria exigida a retirada de CNH para a conduzir pelas ruas.

Destaques estruturais

A linha está equipada de duas rodas em aro 17 polegadas (43,18 centímetros), que rodam com pneus que dispensam câmera, os quais, conforme nota da fabricante, estão perfeitamente adaptados para entrar em contato com qualquer piso do meio urbano. Está aparelhada de motorização elétrica de força 400W, que permite chegar a velocidade máxima em 25 km (h); a bateria tem força de 48 V, proporcionando boa autonomia rodando em torno de 65 km na modalidade elétrica, não precisando pedalar e nem chegar até a tomada.

A marca também deixou claro que o piloto mais acostumado com esse tipo de veículo saber que este tipo de moto (MS01) precisa ser recarregada uma ou duas vezes por semana, dado que é muito utilizada nas grandes cidades como meio de transporte de muitos trabalhadores.

Entretanto, esta linha ainda está longe de ser fabricada ou comercializada em território brasileiro, dado que somente cinco mil unidades serão vendidas, e todas elas destinadas ao mercado chinês, na faixa de preço equivalente a quatro mil reais. Diante disso, a MS 01 se torna bem menos custosa que a Caloi Mobylette aqui vendida, na faixa de 10 mil reais.

Sobre as empresas

A Muji constitui uma grande rede de varejo, de origem japonesa, especializada no comércio de ampla variedade em bens domésticos e para consumo. A diretriz de design de Muji está baseada no estilo minimalista e trabalha enfatizando processos de reciclagem, para a redução dos desperdícios na produção e no ramo de embalagem, formando uma política diferenciada e sustentável.

A companhia Honda Motor é só uma das mais importantes fabricantes de automóveis e motocicletas em todo o planeta, criada e inaugurada via ação empresarial, tornou-se uma das automotivas mais indispensáveis ao mercado atual. Hoje ela está ligada a outras fabricantes, tanto orientais quanto ocidentais, incluindo o mercado alemão, mas, sempre se mantendo como uma marca universal.

Compartilhe

Posts Recentes

Veículos elétricos vendem pouco e GM resolve apostar em híbridos

Inconvenientes e caros, veículos 100% elétricos são preteridos pela GM, que resolve mudar o foco… Leia Mais

Calendário IPVA 2024 RJ – datas, prazo, desconto

Pagamento do IPVA 2024 no Rio de Janeiro começa no dia 22 de janeiro. Cidadãos… Leia Mais

Calendário de pagamento do IPVA 2024 PR – alíquotas, parcelamento, desconto

Prazo de pagamentos para o estado do Paraná já começou a valer. À medida que… Leia Mais

IPVA 2024 São Paulo – prazo de pagamento, descontos

Prazos de Pagamento O IPVA 2024 para veículos em São Paulo possui um calendário específico… Leia Mais