Royal Enfield vendeu mais de 10 mil motos no Brasil em 2022

Montadora indiana, fabricando motos no Brasil, começa a ter números interessantes no mercado.

Todo aventureiro está em busca de desbravar e explorar, parece este o ímpeto da Royal Enfield quando expandiu suas operações para o Brasil em 2017, no entanto, o que parecia uma aventura, hoje, se concretiza com uma grande empreitada, afinal os números da Fenabrave (Federação Nacional de Distribuição de Veículos Automotores) apontam que no período de 2022 a marca emplacou mais de 10 mil vendas. Ao todo saíram da planta nacional da montadora cerca de 10.126 motocicletas, um recorde para a empresa indiana até então.

Num mercado altamente competitivo onde figuram Harley-Davidson, Kawasaki e Ducati esse número de vendas não se explica simplesmente pelo acaso, senão pela inventividade e coragem de uma marca que é líder internacional no segmento de motocicletas de média cilindrada. Com a planta localizada atualmente em Manaus, a montadora passou a produzir e distribuir seu produto por vários pontos espalhados pelo Brasil, como Belo Horizonte, São Paulo e Ribeirão Preto, regiões extremamente fortes no setor automobilístico, logo foi se popularizando e ganhando espaço entre os amantes de velocidade sob duas rodas, mas com uma pegada extremamente classuda.

Dito isso, a Royal Enfield lançou Classic 350, uma moto que de fato a colocou no mapa e num curto período foi o “carro” chefe da montadora. Quando se trabalha num setor mais vintage que se volta para visuais mais retrô e estilos clássicos, trabalhar com a modernidade passa a ser um desafio, contudo, nessa moto isso não foi um problema, os engenheiros acharam a justa medida que equilibra um estilo anos 1950 com a contemporaneidade do século XXI, espelhado na experiência de condução e conforto da moto, portanto, ela é um modelo atemporal.

Além disso, a revista Motociclismo Brasil em sua quarta premiação Moto de Ouro do segmento clássico trouxe como umas de suas concorrentes a Royal Enfield Continental GT 650 e a Royal Enfield Interceptor 650. Ambos modelos extremamente despojados e versáteis com motores bicilindricos. E não para por aí, segundo a Fenabrave, no segmento Custom a Royal Enfield liderou com mais unidades emplacadas, sendo 4.677 unidades vendidas da Meteor 350.

Com base no exposto, podemos notar que a empresa indiana teve um ano realmente bom no que diz respeito às suas vendas. Atingiu um número expressivo de vendas considerando seu segmento e no ranking geral aparece como a quinta colocada entre as marcas que mais colocaram motocicletas nas ruas. Seus desenhos são charmosos e elegantes, ao mesmo tempo, trazem novidades e recursos de pilotagem tecnológicos, mostrando que a marca não parou no tempo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *