Suzuki Jimny Desert 2019 – Lançamento, Especificações


O modelo destaca-se entre os outros por ser elaborado em um design muito mais aprazível, dada a adoção de elementos únicos e distribuídos sobre o visual externo e sobre a cabine.

No interior do Japão, projetado por uma das maiores companhias automobilísticas do planeta, dado o grande sucesso de seus modelos nos mais diversos mercados, uma nova estreia chegou ao público consumidor. A Suzuki apresentou nesta última quarta-feira, dia primeiro de agosto de 2018, para o Brasil, o lançamento de mais uma série inédita dentro da linha Jimny.

O modelo Desert, assim batizado, destaca-se entre os outros por ser elaborado em um design muito mais aprazível, dada a adoção de elementos únicos e distribuídos sobre o visual externo e sobre a cabine. Está equipada com o mesmo tipo de motor, porém, a companhia destacou que, nesta mecânica, várias alterações positivas foram produzidas, no sentido de potencializar ainda mais o desempenho dito Off-Road. Seu valor é de 85.990 reais.

O desenho externo tenderá a atrair mais ao consumidor levando em conta a presença de alguns detalhes importantes: um bagageiro de tipo cesta situado no teto e cor Bege Jizan, discreta, elegante e inspirada nas próprias areias dos desertos, de onde o modelo foi inspirado. Na sua parte dianteira ele está munido com faróis em acabamento de grafite; Rock Slider Tubular; equipado com pneus tipo Pirelli Scorpion 215-75R, aro 15 MTR e uma suspensão elevada a 68 mm.

Com relação ao já citado Off-Road, trata-se da instalação de Snorkel, o qual permite a realização de travessia em trechos alagados, além dos recursos extras, tais como os quatro protetores instalados nos braços de suspensão; mais dois protetores embutidos sobre os amortecedores das rodas traseiras e um amortecedor para direção.

Outras especificações são: a presença de retrovisores produzidos em grafite, munidos de instruções sobre o Mapa Mundi em suas laterais, as quais operam instruindo sobre a localização dos desertos mais acidentados e desafiadores em todo o mundo. O veículo está equipado de bancos portando revestimento especial, com bolsos frontais e nas laterais, adornados com uma costura de cor bege, e o remate bordado como logotipo escrito “Desert” além de suas texturas referentes às marcas dos pneus utilizados. O pacote integral inclui a “cereja do bolo” com uma plaqueta de inscrição “Desert” instalada no console central, nas molduras de suas saídas de ar e na totalidade do acabamento central que compõe o painel, estilizado em cor Bege Jizan, com o seu assoalho todo revestido em borracha.

Outros atributos podem ser relacionados conforme segue: está aparelhado com um sistema multimídia estruturado em uma tela de sete polegadas, inteiramente compatível com o sistema Android e o iOS; possui dispositivo de preparação de instalação dos acessórios mais comuns, como a câmera de ré e a TV digital. Seu quadro de funções está munido de novo grafismo e de novos elementos inteiramente prateados, incluindo uma inédita tela digital. Com relação à segurança, a mesma relação de atributos inclui os airbags frontais; o sistema de freios em ABS; as barras de proteção nas laterais; os cintos produzidos em três pontos e mais os encostos para a cabeça distribuídos para todos os ocupantes do veículo, entre outros.

Sobre a sua força, o Desert está bem aparelhado de um sistema de tração 4 por 4, exatamente como as versões anteriores, proporcionando 15 combinações na marcha: 2WD destinada à utilização urbana por meio da tração traseira; em 4WD opera na tração sobre as quatro rodas e em 4WD-L, que é uma função programada para acionar a marcha reduzida.

Todas essas alterações produzidas na tração foram realizadas sobre o painel por meio do sistema chamado Drive Action 4 por 4. Abaixo do capô, se oculta o motor de 1.3 a gasolina que rende 85 CV, em 6 mil RPM e mais 11,2 KGFM no torque e desempenho de 4.100 RPM. O câmbio permanece o prático manual em 5 marchas.

Vale a pena conferir a novidade.

Por Paulo Henrique dos Santos

Suzuki Jimny Desert 2019

Suzuki Jimny Desert

Suzuki Jimny Desert


Suzuki Jimny Desert 2019 – Preço e Novidades da Edição Especial


Conheça aqui as principais novidades e o preço do Novo Suzuki Jimny Desert 2019

Apresentado no último dia primeiro de agosto pela Suzuki, a edição especial Jimny Desert vem com inúmeros diferenciais externos e internos de acabamento, mantendo o mesmo ótimo conjunto do valente jipinho que faz muito sucesso em ambientes off-road, conquistando uma legião de fãs no nicho em que é comercializado.

Preço e Diferenciais

A Suzuki estará oferecendo o Suzuki Jimny Desert a partir dos R$ 85.990,a lista de itens que a diferenciam externamente e internamente das demais versões atualmente comercializadas pela Suzuki é extensa, dentre eles destacamos principalmente:

– Tração nas quatro rodas com opção de reduzida;

– Pneus de tamanho 215/75 tipo MTR com rodas de 15 polegadas;

– Proteção para os Amortecedores da parte Traseira e também para os Braços de Suspensão do Veículo;

– Laterais do veículo com inclusão do acessório Rock Slider Tubular;

– Transmissão com sistema Skid Plate;

– Acabamento preto para o Rack do Teto e também para o Bagageiro;

– Acabamento em Borracha no Assoalho do Veículo;

– Emblema Desert tanto nos Bancos como nos Bolsos Laterais e Frontais;

– Acabamento das molduras das Saídas Laterais do sistema de Ar Condicionado na cor bege da versão especial;

– Identificação da versão especial através da Plaqueta Desert;

Fora todos estes itens, também chama atenção sua suspensão de 68mm de altura (ideal para terrenos acidentados), o conjunto de protetores instalados e a adoção do snorkel, possibilitando o veículo transitar em trechos com altura da água mais elevada.

A mecânica é a mesma, o Jimny oferece um motor de 1,3 litros movido a gasolina, com torque de 11,2 kgfm e rpm máximo de 4.100, tudo isto é comandado por uma caixa de câmbio manual de 5 marchas. O sistema de tração da opção de até 15 diferentes tipos de combinações de marcha, sempre focadas em três tipos principais:

– Tração traseira 2WD com o foco principal no uso urbano;

– Tração integral 4WD;

– Tração integral 4WD-L com opção de acionamento da reduzida;

Toda esta robustez é complementada com requintes tecnológicos internos como a disposição de uma tela multimídia de sete polegadas com total compatibilidade com os sistemas Android e IOS, além da possibilidade do comprador poder instalar outros acessórios se desejar como uma câmera de ré ou até uma TV Digital.

Na versão Desert o quadro de instrumentos também conta com novos grafismos, os bancos contam com revestimentos especiais além de práticos e úteis bolsos laterais e frontais e a alusão a série especial Desert com costuras de seu logotipo neles.

Os itens de segurança não foram esquecidos, muito pelo contrário, o Suzuki Jimny conta com airbags para os passageiros da frente, sistema de freios com ABS, laterais do veículo com barras de proteção, sistema para fixação do tipo Isofix e cintos com ancoragem de três pontos.

A nova geração pode vir para o Brasil

É bom citar que uma nova geração do Suzuki Jimny já foi mostrada e lançada no mercado externo, mas e para o Brasil?

Nosso mercado sempre foi prioritário para a Suzuki neste segmento e seus esforços na divulgação de seus modelos e versões são visíveis neste ponto.

Por hora não existe previsões concretas mas sim rumores internos que a nova geração deve ir e ainda poder conviver com a atual (e mais antiga) de forma conjunta na comercialização de versões.

Enquanto aguardamos maiores informações e datas, os futuros compradores podem averiguar todo o detalhamento técnico deste valente jipinho através da página disponibilizada pela Suzuki sobre o modelo Jimny aonde a versão Desert é ressaltada: http://suzukiveiculos.com.br/novo/Veiculos/Jimny

Boas trilhas a todos.

Autor: Carlos B.


Suzuki Vitara 2019 – Características, Especificações


O novo Vitara 2018/2019 vem para unir o útil ao agradável, ou seja, a Suzuki buscou unir a modernidade com a tecnologia e o prazer de dirigir.

Para quem curte carros esportivos, a Vitara da marca Suzuki lançada em 1988 é uma ótima opção. O carro está presente no mercado brasileiro desde o lançamento de sua 2ª geração, dez anos após o seu lançamento. A última geração, 4ª, foi lançada no ano de 2016, e trouxe muitas novidades. Todos os anos a Suzuki se preocupa em inovar os acessórios e as especificações do Vitara. Atualmente ele é fabricado aqui mesmo no Brasil, em uma fábrica localizada em Catalão, no estado de Goiás.

Suzuki Vitara 2018/2019 – Design

O novo Vitara 2018/2019 vem para unir o útil ao agradável, ou seja, a Suzuki buscou unir a modernidade com a tecnologia e o prazer de dirigir. Seguindo essa linha de raciocínio o design do veículo é composto por linhas robustas, outro ponto alto é que o consumidor pode personaliza-lo para que o agrade ainda mais. A personalização possui três opções de peças de design e mais sete tipos de texturas, ou seja, não falta opção para que o cliente possa deixar o carro a seu gosto.

Esses itens condizem somente com a parte externa, a parte interna também poderá ser personalizada pelo comprador, onde será possível escolher entre dez opções de texturas para personalizar a moldura do painel, saída do ar-condicionado, volante e câmbio.

Agora falando sobre as características do carro, foi adicionado novos faróis que ajudam a tornar o carro mais “imponente”, além disso, o carro irá contar com rodas de alumínio aro 17 e saídas de ar em suas laterais.

Pensando no conforto do motorista, a Suzuki adicionou ao carro um ar-condicionado digital automático, bancos com ajuste de altura, um computador de bordo e um volante com regulagem de altura, além de um porta-malas de 1120 litros de capacidade.

Suzuki Vitara 2018-2019 – Motores e Potência

Agora falando sobre a parte mecânica, foi adicionado ao novo Suzuki Vitara 2018/2019 um motor 1.4 turbo movido a gasolina, o mesmo da versão 4Sport, onde há 146 cv de potência e 23,5 kgfm de torque e um câmbio automático possuindo seis marchas que poderão ser trocadas manualmente através das borboletas posicionadas atrás do volante. As versões 4You e 4All irão contar com um motor 1.6 também movido a gasolina com 126 cv e 16,7 kgfm possuindo uma transmissão automática de seis velocidades.

Suzuki Vitara 2018/2019 – Destaques Positivos

Os destaques do novo Suzuki Vitara 2018/2019 ganhou destaque devido a seus equipamentos, ele irá contar com vários componentes que além de garantir a segurança dos passageiros, também irá zelar pelo conforto.

Além disso, o novo Suzuki Vitara 2018/2019 também contará com uma tração 4×4 e um consumo otimizado, a junção perfeita para agradar o consumidor.

Suzuki Vitara 2018/2019 – Destaques negativos

Assim como há muitos destaques positivos, há também os negativos, mas por sorte eles são menores do que os positivos. Os pontos fracos do novo Suzuki Vitara 2018/2019 são apenas questões de conforto.

O primeiro é pelo fato de não haver muito espaço interno, isso acaba prejudicando o conforto do motorista e passageiros, principalmente quando é necessário realizar viagens longas.

O outro ponto negativo é a falta de concessionarias para adquirir o veículo, atualmente a rede de concessionárias disponíveis para adquirir o veículo é muito pequena, esse fator faz com que muitas vezes o comprador perca o interesse de adquirir o carro pela dificuldade de encontra-lo.

Suzuki Vitara 2018/2019 – Versões

O novo Suzuki Vitara 2018-2019 irá contar com as seguintes versões:

  1. Vitara 6 4ALL 2018 2019;
  2. Vitara 1.6 4ALL (Aut) 2018 2019;
  3. Vitara 1.6 4YOU (Aut) 2018 2019;
  4. Vitara 1.6 4YOU 4WD (Aut) 2018 2019;
  5. Vitara 1.4T Boosterjet 4Sport (Aut) 2018 2019;
  6. Vitara 1.4T Boosterjet 4Sport 4WD (Aut) 2018 2019.

Os preços serão os seguintes: R$ 79.590,00 (1), R$ 85.590,00 (2), R$ 94.900,00 (3), R$ 99.990,00 (4), R$ 109.490,00 (5), R$ 114.990,00 (6).

Então se você é apaixonado por carros esportivos, fique atento ao lançamento do novo Suzuki Vitara 2018/2019.

Por Isabela Pierini

Suzuki Vitara 2019

Suzuki Vitara 2019


Suzuki Jimny 2018 – Ficha Técnica, Especificações


O jipe Jimny, da Suzuki, ganhou novos equipamentos para a versão 2018.

A montadora japonesa Suzuki lançou o jipe Jimny com novos equipamentos para a versão 2018. Uma central multimídia com tela de sete polegadas e com funções de espelhamento de smartphones é a grande novidade, fora o painel de instrumentos com visor digital e o volante com empunhadura.

Conhecido por sua robustez, o motor do Jimny é de 1.3 litros de alumínio, injeção multiponto, potência de 85 cv e toque de 11,2 kgfm e câmbio manual de 5 marchas. Mas não é só isso. O jipinho tem tração nas quatro rodas (4X4) que pode ser reduzida a 4X2. A corroceria tem ângulos entre 35 a 51 graus e o peso chega a 1420kg. Quanto ao tamanho o carro tem 3,6m de comprimento, 1,6m de altura e 1,7m de altura. Seu raio de giro é de 4,9m, o que faz com que as manobras sejam muito mais fáceis.

Nova versão do famoso jipinho

A Suzuki lançou a primeira versão do jipe em 1970 e depois de algum tempo voltou a fabricá-lo novamente. A proposta da montadora é colocar no mercado um carro que seja versátil e ao mesmo tempo tenha bom desempenho em qualquer situação. O modelo arrojado deixa claro o estilo aventureiro do veículo, ao mesmo tempo que tem uma estrutura forte e resistente, pois não apresenta dificuldade de trafegar por qualquer terreno.

Fora isso a posição do motorista no veículo é mais alta, facilitando o controle do carro. O design interno aproveita bem os espaços, mesmo sendo os bancos traseiros reclináveis, o que proporciona mais conforto ao passageiro. O jipe também possui barras de proteção nas laterais, sistema de assistência de frenagem, ar-condicionado, farol de neblina, rodas de liga leve e brake light. Pode ser encontrado nas cores prata rhodium, branco alpino, vermelho mônaco, laranja fun, amarelo rally, preto onix, verde sertões, azul pacífico.

Média de preço no mercado

A Suzuki disponibiliza quatro opções de comercialização, são elas:

1. Suzuki Jimny 4All – R$68.890

2. Suzuki Jimny 4Sport – R$76.690

3. Suzuki Jimny 4Work – R$67.490

4. Suzuki Jimny 4Work off Road – R$75.290

Ficha Técnica

Motor: 1.3

Transmissão: Manual de 5 marchas

Aceleração (0 a 100km/h): 14,1 s

Velocidade Máxima (km/h): 140

Cilindrada (cm3): 1328

Potência (cv): 85

Torque (kgfm): 11,2

Freios: Dois freios à disco

Comprimento: 3645 mm

Largura: 1600 mm

Altura: 1705 mm

Distância entre eixos: 2250 mm

Peso: 1090 kg

Porta – Mala (L): 113

Direção: Hidráulica

Tanque de Combustível: 40 L

Últimas informações

Todas as versões do jipe Jimny contam com equipamento de segurança, acabamento e conforto, além de retrovisores na cor do veículo, para-choques dianteiros e traseiros, direção hidráulica, abertura interna de combustível, faróis halógenos, estepe na parte traseira, limpador intermitente do para-brisa dianteiro, portas com luz interna, ar quente, ventilação forçada, novo painel de instrumentos, volante com três raios revestido em couro, assoalhos internos revestidos com borracha ou carpete, forros internos de teto feitos de tecido, bancos com revestimento de tecido, console central para porta copos e porta objetos nas portas dianteiras, assoalho revestidos de carpete, lavador e limpador traseiro com desembaçador, além de antena na primeira coluna do veículo do lado esquerdo e central multimídia.

Na segurança o carro possui indicador do acionamento da tração, farol de neblina, cintos de segurança traseiros e dianteiros de 3 pontos, airbag duplo para motorista e passageiro, hodômetro e conta-giros, sistema keyless e imobilizar, luz de neblina e auxiliar de freio traseiro. A Suzuki também possui um programa de recompra garantida, o que possibilita o motorista trocar de carro a cada dois anos.

Para mais informações sobre o possante consulte o site http://suzukiveiculos.com.br.

Por Loriza Kettle

Suzuki Jimny 2018

Suzuki Jimny 2018


Suzuki Jimny 2018 – Novidades, Versões e Preços


Modelo chega com novo painel e central multimídia.

O valente jipinho Jimny da montadora japonesa Suzuki ganha novos equipamentos e retoques pequenos em seu interior em sua versão 2018.

A maior novidade é a central multimídia, composta por uma tela de sete polegadas com funções de espelhamento para smartphones, disponível na versão 4Sport.

O painel de instrumentos possui visor digital e o volante de direção conta com empunhadura e formato similar aos outros modelos comercializados pela marca. Por fora o Jimny é praticamente o mesmo.

O Jimny é fabricado na cidade de Catalão, em Goiás. O modelo é famoso pela sua robustez e desempenho fora-de-estrada, isto se traduz por sua construção de chassi-carroceria e seu motor de 1.3 litros feito em alumínio, com injeção multiponto, potência de 85 cv e torque de 11,2 kgfm, comandados por um câmbio manual de 5 marchas.

A tração é nas quatro rodas (4×4), com opção de reduzida ou 4×2 (somente em duas rodas). A carroceria tem ótimos ângulos de entrada e saída, variando de 35º a 51º, enquanto o seu peso total é de 1420kg.

O jipinho tem dimensões compactas com 3,6 m de comprimento, largura de 1,6 m, altura de 1,7 m e vão livre do solo de 2 mm, porém, com muita versatilidade, tanto que seu raio de giro é de apenas 4,9 m, tornando as manobras muito mais fáceis.

A Suzuki possui ainda um programa de recompra garantida, estimulando a troca dos modelos a cada 2 anos.

Versões e Preços

A Suzuki disponibiliza 4 versões de comercialização de seu valente jipinho, são elas:

Suzuki Jimny 4All

  • Rodas com aro de 15 polegadas, Pneus ATR e Tração nas quatro rodas (4×4) com reduzida.
  • Versão com preço inicial de R$ 68.890,00.

Suzuki Jimny 4Sport

  • Rodas com aro de 15 polegadas, Tração nas quatro rodas (4×4) com reduzida e bancos com revestimento premium.
  • Versão com preço inicial de R$ 76.690,00.

Suzuki Jimny 4Work

  • Rodas com aro de 15 polegadas, Pneus ATR e Tração nas quatro rodas (4×4) com reduzida e Interior lavável, sendo o revestimento dos bancos em vinil e do assoalho em borracha.
  • Versão com preço inicial de R$ 67.490,00.

Suzuki Jimny 4Work Off Road

  • Rodas com aro de 15 polegadas, Pneus ATR e Tração nas quatro rodas (4×4) com reduzida e Interior lavável, sendo o revestimento dos bancos em vinil e do assoalho em borracha.
  • Versão com preço inicial de R$ 75.290,00.

Fora isto, todas as versões já contam com uma lista de equipamento de segurança, acabamento e conforto bem completos, composta por: Retrovisores na cor do veículo escolhido, para-choques dianteiros e traseiros na cor grafite, direção hidráulica, ar-condicionado, abertura interna de combustível, faróis halógenos, estepe na parte traseira em todas as versões, limpador intermitente do para-brisa dianteiro, portas com luz interna acionadas com o seu manuseio, ar quente, ventilação forçada, novo painel de instrumentos, volante com três raios revestido em couro, assoalhos internos revestidos com borracha ou carpete, forros internos de teto feitos de tecido, bancos com revestimento de tecido, console central para porta copos e porta objetos nas portas dianteiras, assoalho revestidos de carpete, lavador e limpador traseiro com desembaçador, rodas de liga leve de 15 polegadas conjugadas com pneus ATR de formato 205/70, além de antena na primeira coluna do veículo (coluna A) do lado esquerdo e central multimídia (exclusiva na versão 4Sport),

O pacote de segurança é composto por: Indicador do acionamento da tração, farol de neblina, cintos de segurança traseiros e dianteiros de 3 pontos, airbag duplo (para motorista e passageiro), hodômetro e conta-giros, sistema keyless e imobilizar, luz de neblina e auxiliar de freio traseiro.

O Jimny é comercializado nas cores branco, prata, preto, verde, vermelho, azul, laranja, amarelo e bege.

Para maiores informações sobre o modelo, consulte a página da montadora: http://suzukiveiculos.com.br/.

Carlos B.


Suzuki Jimny Canvas – Preço e Venda no Brasil


Modelo chega às lojas em duas versões e custa a partir de R$ 80 mil.

Apresentando no fim do ano passado no Salão da cidade de São Paulo como conceito, o modelo Suzuki Jimny Canvas já se encontra disponível em algumas concessionárias da montadora conforme informações divulgadas por alguns sites. Serão oferecidas, ao todo, duas versões, sendo a 4Sport Canvas (pelo valor de R$ 86.990) e 4All Canvas (pelo valor de R$ 80.990). Na cidade de São Paulo já há modelos para pronta entrega na configuração 4All, onde alguns exemplares já se encontram em exposição nos showrooms.

O Canvas possui uma capota removível, que foi criada para satisfazer o público que possui um espírito aventureiro. Do mesmo modo que suas versões mais convencionais, o modelo possui uma motorização de 1300 cc com 16 válvulas, movida a gasolina e que gera uma potência de 85 cavalos e 11,2 kgfm de torque máximo, acoplado a um caixa de transmissão manual de cinco velocidades e uma tração 4×4.

Destinado ao uso por quatro ocupantes e com grande foco para fora de estrada, o Jimny já conta com direção hidráulica desde a versão 4All, além de rack de teto, ar-condicionado, rodas de liga leve com 15 polegadas, faróis de neblina, rádio com USB e Bluetooth, isofix para fixar cadeiras infantis e também trio elétrico. A versão 4Sport soma ainda volante revestido em couro, pneus de uso misto e também engate.

Ao ser consultada, uma das concessionárias informou ainda que as versões Canvas contarão também com interior lavável e bancos revestidos em couro que antes eram ofertados apenas na 4Work. A pronta entrega foram encontrados exemplares da 4All na coloração laranja, branco e amarelo. Para os consumidores que pretendem comprar o modelo em alguma outra cor, estima-se que o mesmo tenha que esperar cerca de 50 dias para receber o veículo. Já a 4Sport deverá estar nos showrooms em breve.

O jipinho conta com um comprimento de 3,64 m e possui também 35º como ângulo de entrada e 45º no ângulo de saída na 4All. Já na versão 4Sport conta respectivamente com 41° e 44°.

FILIPE R SILVA


Fim do Suzuki Swift – Modelo Sai de Linha no Brasil


Modelo era importado do Japão e custava R$ 79 mil.

Na última quarta-feira (22) a marca Suzuki confirmou a imprensa de que não venderá mais o modelo Swift no Brasil. O automóvel, que mais é um compacto com um estilo esportivo, estava sendo comercializado no país desde agosto de 2014 em duas versões. O Swift, que era importado do Japão, custava 79.990 reais (a linha Sport) e 82.990 (a linha Sport R). Os dois modelos contavam com um motor 1.6 de 142 cavalos.

De acordo com a Suzuki, devido a troca de geração do modelo no Japão, no fim do ano passado (2016), a organização resolveu colocar um fim na exportação para o Brasil. Até mês passado e início deste mês ainda tinha últimas unidades em estoque, contudo, elas já foram vendidas. Nem mesmo no site da empresa aparece mais o modelo Swift.

Porém, para os amantes do modelo, ainda existe uma boa notícia. A esperança é que a negociação da empresa com o Brasil para a vinda da nova geração do modelo se concretize. Infelizmente ainda não há um prazo certo para que a negociação se acerte de vez e que o novo modelo comece a chegar ao nosso país.

A nova versão do Swift tem algumas mudanças para dar mais dinamismo ao carro. O novo Swift terá uma fórmula mais leve e motores diferenciados. O motor 1.6 segue no mesmo padrão, porém, a marca adicionou um 1.0 turbo e um 1.2 aspirado para dar uma versão híbrida ao carro e isso tudo sairá de forma inédita para o novo veículo.

O modelo também ganhou nova modelagem tanto por dentro como por fora. Na parte exterior do veículo as linhas estão ainda mais arredondadas, dando um ar ainda mais compacto. A grade de fora, a do radiador, está maior e na parte interna do carro os materiais estão melhores e o design mais moderno.

O que ficou da marca Suzuki aqui no Brasil é exclusivamente veículos utilitários. Tem três modelos, o jipinho Jimmy, os crossovers S-Cross e o Vitara.

Agora é aguardar a chegada do novo modelo que contém algumas belas novidades e com uma versão ainda mais interessante e mais potente.

Por Carolina Costa


Novo Suzuki Vitara 2017 – Preço e Versões


Confira as versões e o preço do Novo Suzuki Vitara 2017.

O jipinho tradicional da Suzuki chegará ao Brasil nesse mês. A estréia está marcada para antes do Salão de São Paulo. Duas versões são as principais do Vitara: a 4You (que conta com motor 1.6 aspirado) e a inédita 4Sport (com motor 1.4 turbo). O anúncio dos modelos e dos preços foi feito nessa quarta feira (dia 13) pelo assesoria da Suzuki. Veja a lista dos preços abaixo:

Novo Suzuki Vitara, preços e versões:

  • 4All 1.6 MT: R$ 83.990
  • 4All 1.6 AT: R$ 89.990
  • 4You 1.6: R$ 94.990
  • 4You All Grip 1.6: R$ 99.990
  • 4Sport 1.4 Turbo: R$ 107.990
  • 4Sport All Grip 1.4 Turbo: R$ 112.990

O jipinho da Suzuki rivaliza com outros carros conhecidos na categoria. Um deles é o HR-V da Honda, que possui design semelhante ao seu “pai”: a CR-V. Outras marcas que competem com o Vitara 4Sport são a Nissan, Ford e a Jeep, respectivamente com o Nissan Kicks, Ford EcoSport e o Jeep Renegate.

Em termos de tamanho, a categoria do Vitara se propõe a ser o tamanho intermediário entre os SUV’s, no entanto, o jipinho também ficou menor do que os concorrentes da mesma categoria. No caso da HR-V e do Nissan Kicks, são 4,29 metros. Já o Jeep Renegate e a Ford EcoSport ficam com 4,24 metros, maior do que o lançamento da Suzuki, que conta com 4,18 metros.

Por dentro o Suzuki Vitara possui computador de bordo e sistema start-stop. O sistema da Suzuki realiza o desligamento automático do carro em paradas superiores aos 5 segundos, isso para garantir a máxima eficiência do combustível. O carro é reacionado quando o motorista necessita continuar a atividade.

Apenas as versões mais avançadas contam com o motor inédito da Suzuki, o 1.4 turbo. Nas versões 4All o câmbio é automático, já nas outras ele é manual.

Para além da versão básica, consta no jipinho Vitara a integração com os sistemas da Apple Car Play e Android.

Sobre o consumo, o SUV intermediário apresentou rendimento de 12km/L na cidade e alcançou 13,6 km/L nas estradas. A análise foi feita pelo Inmetro.

Matheus Griebeler


Novo Suzuki SX4 S-Cross – Preço e Lançamento


Suzuki lança Novo SX4 S-Cross no Brasil. Carro chegará às concessionárias por R$ 74.900 e irá concorrer com o Honda CR-V.

Nesta semana, a Suzuki lançou o seu novo crossover SX4 S-Cross. O veículo chega às concessionárias para concorrer diretamente com o Honda HR-V, que foi lançado no início deste mês de abril e que está sendo um tremendo sucesso de vendas.

O principal diferencial do Suzuki SX4 S-Cross é a presença de tração 4X4 em parte das versões do carro, coisa que não existe no Honda HR-V e Peugeot 2008. Apesar disso, um carro deve dar trabalho ao novo Suzuki é o Renault Duster, que além de ser maior, também possui tração 4×4.

O Suzuki SX4 S-Cross será vendido em quatro versões diferentes: 2WD MT GL, 2WD CVT GLX, 4WD CVT GLX e 4WD CVT GLS.

O SX4 S-Cross 2WD MT GL é a versão de entrada do veículo. Ela custa R$ 74.900 e conta com ar condicionado, câmbio manual de cinco marchas, sistema multimídia com bluetooth, tração dianteira 4×2, rodas de liga leve aro 16, freios  com ABS, EBD, BAS e BOS, controle de tração, controle de estabilidade, bancos com Isofix para cadeirinhas, assistente em rampas, airbag, cintos com pré-tencionador, entre outros itens.

Já o SX4 S-Cross 2WD CVT GLX custa R$ 88.900 e vem equipado com tração 4×2, bancos com revestimento de tecido, rodas de aro 17, câmbio automático CVT, aletas de troca de marchas no volante e ar condicionado digital.

Com relação ao S-Cross 4WD CVT GLX, ele custa R$ 95.900 e vem com tração integral, selecionador de modo de condução, bloqueiro do diferencial, além de revestimento em couro branco nas portas e bancos.

Por fim, o S-Cross 4WD CVT GLS é a versão top de linha do veículo. Ele custa R$ 105.900 e vem com tração 4WD, câmbio automático CVT, faróis com facho bi-xênon e pontos de LED para iluminação diurna, rodas de aro 17, teto solar elétrico com dupla abertura, além de sistema multimídia touchscreen de 8 polegadas e sistema operacional Android, capaz de se conectar com smartphones (por wi-fi) e realizar download de aplicativos. Um detalhe importante de se mencionar é que esta versão possibilita ainda que o usuário personalize a carroceria e o teto do carro com cores diferentes, este serviço custa R$ 1.000 além do preço do carro.

Recall de Veículo:

Nesta semana, a Suzuki também anunciou que irá realizar um recall de mais de 2 milhões de veículos. O problema é que foi constatado um problema na chave de ignição de alguns veículos produzidos entre 1998 e 2009. Este problema abrange modelos vendidos no Japão (principalmente), Austrália e no Mercado Europeu. A empresa aproveitou para salientar que não houve registro de acidentes por causa deste problema.

Fotos: Murilo Mattos/Divulgação


Suzuki Alto Turbo RS – Lançamento e Novidades


Suzuki apresenta Novo Alto Turbo RS. Nova versão do carro traz mais esportividade ao modelo.

No ramo de “carros K” do Japão, com suas limitações atrativas no tamanho, cilindrada e potência, a Suzuki disponibiliza uma versão de apelo esportivo para o seu modelo Alto. A versão foi chamada de Turbo RS. O modelo tem rodas pretas de 15 polegadas, saias laterais e especificações no para-choque, além de cor idêntica adotada nos retrovisores, defletor traseiro e faixas laterais.

O motor de 660 cm³ (máxima cilindrada para um veículo K) e três cilindros com turbo possibilita uma potência de até 64 cv e torque de 10 mkgf. O consumo do veículo é de 25,6 km/l quando utilizado gasolina. A versão possui ainda comandos no volante para a alteração da velocidade da transmissão, freios mais eficazes e suspensão recalibrada. O modelo tem o peso de 670 kg com tração dianteira e 720 kg com a integral.

A Suzuki divulgou dois conceitos no Salão de Genebra, sendo os hatches IK-2 e IM-4. Este conceito apresentado apenas mostrava a receita comum dos carros, com faróis elegantes e grandes rodas. O visual parece finalizado para a entrada na fabricação.

O IK-2 será direcionado para o continente europeu, local onde predominam o Volkswagen Polo, o Ford Fiesta, o Opel Corsa, entre outros. O veículo foi produzido em uma nova plataforma e possui motor turbo a gasolina de 1,0 litro com injeção direta, chamado pela Suzuki como Boosterjet. No momento que for recebido nas ruas, também terá alternativa híbrida. O exterior possui linhas comuns, entretanto, de bom agrado, com cantos arredondados e vincos fortes. As rodas tratam-se de 18 polegadas.

Já o IM-4 trata-se de um pequeno 4×4 com motor 1,2 litro e propulsão híbrida. A espessa coluna de trás com três frisos recorda modelos anteriores da empresa. A parte lateral limpa com chapas elevadas, junto com as janelas reduzidas, possibilitam a verificação de que o veículo é elevado.

Felipe Couto de Oliveira


Suzuki Jimny ganhará novas atualizações e será lançado em 2017


A Suzuki é uma empresa japonesa com mais de 100 anos de história e é conhecida por apresentar aos consumidores inovação e qualidade. Nos últimos 40 anos a Suzuki investiu em pesquisa e desenvolvimento para carros 4×4, surpreendendo o mercado na época.

O Suzuki Jimny é fabricado desde 1998 sem muitas alterações (fabricado inclusive em terras tupiniquins) e é, portanto, um dos jipes mais antigos do mercado. O carro, diferente dos 4×4 atuais, é um modelo característico off-road. Os utilitários compactos da atualidade seguem mais um estilo crossover, aproximando-se muito mais de carros de passeio do que de off-roads propriamente ditos. Essas mudanças no mercado deixaram o Suzuki Jimny ultrapassado e, de certa forma, estagnado no tempo. Para se manter vivo no mercado o carro pede severas alterações. Por isso a Suzuki está correndo contra o tempo para lançar o novíssimo Jimny em 2017.

Como é de se esperar o novo Jimny, deve sofrer uma evolução que o integre aos padrões automobilísticos atuais. Segundo a marca mesmo com as mudanças que estão previstas, o condutor ainda saberá que está no Jimny. A promessa é que o Jimny se desenvolva sem se tornar um crossover urbano, mantendo as raízes nos padrões off-road. Haverá uma modernização no sistema de suspensão (antes muito duro), que agora propiciará mais conforto sobre o asfalto e manterá o esquema com 4×4 reduzida. Como não poderia deixar de ser, o carro irá ganhar componentes controlados eletronicamente que darão assistência ao condutor tanto na direção em asfalto quanto fora dele. Um exemplo? O controle de velocidade em descidas.

O carro promete manter o design, com jeitão de brinquedo do Suzuki Jimny original. O lançamento internacional está previsto para o ano de 2017, porém não se sabe ainda se o Jimny receberá uma nova versão nacional no mesmo período. A empresa prometeu mais notícias e detalhes da novidade no ano que vem.

Por Nosf

Suzuki Jimny nova gera??o

Suzuki Jimny nova gera??o

Fotos: Divulgação


Suzuki S-Cross – Características do novo modelo


O crossover S-Cross da Suzuki foi uma das principais atrações da fabricante durante a realização do Salão de Automóveis de São Paulo. O evento se foi, mas ainda é hora de conhecer um pouco mais do modelo.

O S-Cross ao que parece não quer ser tímido no mercado e sendo que uma de suas missões é ocupar a posição de modelo mais vendido da marca. A título de curiosidade quem é o dono da posição atualmente é o Grand Vitara. Mas vamos lá. Para conquistar o posto a fabricante fez diversas apostas. É possível até enumerá-las. O carro conta com um motor com potência para 120 cv e que tem como prioridade economizar combustível, o sistema de tração inteligente também faz parte do pacote e para fechar, o carro é daqueles que se encaixam perfeitamente na categoria de “baixo peso”.

Até agora em relação ao preço do novo crossover só foram encontradas especulações. Mas de acordo com a própria marca o modelo deve dar as “caras” nas lojas no mês de maio de 2015 e seus preços devem ser bem parecidos com os do Grand Vitara. Este por sua vez é vendido por algo em torno dos R$78 mil.

O S-Cross é produzido longe, lá na Hungria. De acordo com as informações técnicas divulgadas o carro terá um motor 1.6 de 16V de 120 e 15,5 kgfm. Um detalhe interessante é que a base usada por ele é a mesma que integra o esportivo Swift. Mas tem alguns “ajustes” com o objetivo de ser possível realmente economizar o combustível e de quebra reduzir a emissão de poluentes.

Como falamos um pouco antes ele é um baixo peso e este tem sido um dos principais atributos do modelo a chamar a atenção logo de cara. Ao todo o peso é de 1.135 kg. Se comparado com seus principais concorrentes é uma diferença de cerca de 250 kg.

De acordo com a montadora o modelo terá quatro versões: 4×2 manual GL, 4×4 CVT GLX, 4×4 CVT GL Plus e a 4×2 com câmbio CVT que conta ainda com um pacote de equipamentos GL Plus.

Por Denisson Soares

Suzuki S-Cross

Suzuki S-Cross

Suzuki S-Cross

Fotos: Divulgação


Suzuki Vitara – Características da nova geração apresentada no Salão de Paris


Personalizada e com mais itens de segurança, a nova geração do Suzuki Vitara é apresentada no Salão de Paris. O SUV deverá entrar para a comercialização no mercado automobilístico no próximo ano e será produzido na Hungria.

Com pouco mais de 25 anos de história o modelo Suzuki Vitara foi repaginado e ganhou uma nova geração que pretende conquistar novos adeptos e surpreender os amantes do veículo já declarado. Além do visual reestilizado, a dianteira do carro ganhou grade trapezoidal cinza e mais rebuscada, além de acabamento cromado e com vincos. O emblema da Suzuki dessa vez é apresentado emoldurado em um Hexágono. No capô detalhes lembram a primeira versão do modelo com entradas de ar que permitem melhor ventilação.

A segurança foi pensada com o uso do piloto automático, além de aviso de colisão e frenagem autônoma.

A personalização é tamanha que permitirá que partes do carro tenha cores diferentes ao bel sabor dos apaixonados, como, por exemplo, receber uma pintura de uma cor no  teto e uma outra cor na carroceria e outra no interior, ou por que não detalhes coloridos? Quatro cores diferentes nos aros e no console central.

Mas vamos ao que mais interessa, os motores. A Suzuki apresentou a nova geração em duas verões de motores, ambas com 1.6 litro de 120 cavalos. O propulsor a gasolina com geração de 15,9 kgfm de torque e o diesel, com 32,6 kgfm.

Já as opções de câmbio, são manual de cinco marchas e automático de seis marchas para o motor a gasolina, além do câmbio manual de seis marchas para a opção a diesel.

De série vem a tração nas quatro rodas, além dos modos de condução: Auto (com conforto e economia de combustível), a versão Sport (com mais tração), uma opção para Neve (especial em  superfícies com pouca aderência) e Bloqueio (que permite a transferência da tração da roda com menos contato com o solo para ajudar as que mais precisam de força equilibrando a necessidade de cada roda).

Por Vivian Schetini

Suzuki Vitara

Suzuki Vitara

Suzuki Vitara

Fotos: Divulgação


Suzuki Swift estreia no Brasil no 2° Semestre


Após um tempo sem grandes novidades, a Suzuki até que enfim, anunciou um novo lançamento para o mercado brasileiro. E as novidades são até interessantes.

De acordo com o divulgado, o que vai chegar de estreia em nosso mercado será o Swift, o modelo hatch compacto que traz um visual descolado e moderno. A parte mecânica também merece sua parcela de destaque. Na versão que vem para o nosso mercado, a Sport, será um motor 1.6 de 16V capaz de gerar 136 cv.

De acordo com as informações divulgadas em alguns sites especializados no setor, o Suzuki Swift Sport deverá ter sua venda anunciada no país no segundo semestre deste ano. Com relação ao preço do modelo em si, ainda há dúvida. Entretanto, as estimativas sugerem que o valor do carro deva partir dos R$ 70 mil.

Falando em termos internacionais, o Suzuki Swift Sport também recebeu seu reconhecimento. Entre os “prêmios” ostentados estão o cinco estrelas no teste de segurança realizado pela Euro NCAP, além de prêmios relacionados a melhor compra em diversas revistas europeias.

No caso da versão Sport, a potência desenvolvida é mediana, entretanto, vale destacar que acaba ganhando um pouco no desempenho pelo fato de ser relativamente leve. O carro em si pesa cerca de 1.000 kg. Isso acaba por garantir uma espécie de relação peso/potência bastante equilibrada para um carro do tipo esportivo.

Com relação ao interior do carro não há muito o que dizer. Sendo mesmo que ele é pequeno, como do tamanho de qualquer outro carro do seguimento. O carro leva quatro pessoas e tem capacidade de porta-malas de 211 litros.

O Swift Sport, aqui no Brasil será comercializado como um carro compacto premium da Suzuki. Em outras palavras, basicamente, isso quer dizer que ele deverá fazer concorrência com os modelos Mini Cooper, Citroen DS3 e o Audi A1.

Agora é aguardar o começo das vendas e ver se o carro terá ou não sucesso em terras brasileiras.

Por Denisson Soares

Foto: divulgação


Suzuki Jimny 4SPORT 2015 – Novo jipe será vendido no Brasil


A busca por um automóvel se torna algo mais comum no Brasil a cada ano que se passa. É importante destacar que, na atualidade, podemos encontrar uma grande quantidade de fabricantes em todo o país, ou seja, a concorrência é muito grande e o beneficiado é sempre o consumidor, que dispõe de vários modelos de carros a sua disposição por preços variados.

Para aqueles que são apaixonados por jipes, a boa notícia é que a Suzuki anunciou o lançamento do novo Jimny 4SPORT 2015, que promete fazer grande sucesso no mercado brasileiro. Convém destacar que este modelo é fabricado aqui mesmo no Brasil, isso desde o final de 2012. O 4×4 está recheado de novidades em sua mais nova versão, por isso, continue acompanhando esta matéria e descubra o que o Jimny 4SPORT traz em sua nova versão.

Dentre as novidades do jipe, podemos destacar os novos para-choques que nesta versão são formados por peças modulares com fixações externas, esse novo formato foi desenvolvido com o intuito de facilitar a manutenção do carro, bem como ajudar a esconder o exclusivo engate dianteiro. Outras novidades interessantes são: side setep, que é o apoio para o pé e que está integrado nas laterais, o que irá facilitar o acesso ao teto; novos frisos laterais, snorkel e flares que foram redesenhados.

Além disso, é importante ressaltar que o Suzuki Jimny 4SPORT 2015 está equipado com os itens de segurança obrigatório, os quais são: airbags frontais e freios ABS. O motor a gasolina é de 1.3L 16v VVT com duplo comando de valvular e é capaz de gerar até mesmo 85 cv de potência.

Em sua versão top de linha, o jipe custa R$ 64.990. Você ainda pode optar pela versão 4SUN de R$ 62.990, que dispõe de teto solar panorâmico, além disso, ainda existe a versão 4ALL que é destinada ao uso urbano e possui preço sugerido de R$ 58.990. Você poderá adquirir o seu jipe nas seguintes cores: Prata, Preto, Branco, Vermelho, Verde Amazônia, Verde Tropical, Amarelo, Roxo, Laranja, Rosa e Azul.

Por Bruno Henrique

Suzuki Jimny 4SPORT 2015

Foto: Divulgação


Suzuki IV-4 – Novo modelo será lançado no Salão de Frankfurt


Suzuki IV-4 A montadora japonesa Suzuki, fabricante de motos e veículos lançará no próximo Salão do Automóvel de Frankfurt, que acontecerá na Alemanha em meados de setembro, o seu mais novo modelo IV-4.

A principio, o modelo está muito mais para um conceito, que visa antecipar as tendências que os próximos SUV compactos da montadora japonesa venham a produzir.

Acredita-se que no Brasil o possível SUV competirá de frente contra o famoso Ford EcoSport e contra o implacável Renault Duster, ficando abaixo apenas do majestoso Grand Vitara, por este ser considerado um SUV de porte médio.

De linhas agressivas e logo facilmente identificado na parte frontal do veículo, esse novo conceito denominado IV-4 possuirá grandes encaixes para faróis no para-choque e, espante-se, no teto.

A Suzuki nasceu para os veículos em 1955 quando lançou seu primeiro carro denominado Suzulight e daquela época para os tempos atuais vem ganhando espaço gradativamente com sua performance arrojada de produção e comercialização.

Especialistas afirmam que o novo IV-4 será uma categoria acima do Jipe Jimny, o que proporcionará uma opção mais esportiva ao hatch SX4.

Por Fernando Setoue


Suzuki Grand Vitara 2014 – Lançamento e Preço no Brasil


A linha 2014 do Suzuki Grand Vitara está disponível nas concessionárias. Fora o selo de comemoração dos 25 anos do veículo, a gama apresenta inovações, com ênfase na lista dos equipamentos.

Nas opções com transmissão do tipo automática, o modelo Grand Vitara vem com rodas de liga leve de 18 polegadas e conta com retrovisores com luzes de seta. Fora isso, o veículo tem sistema de multimídia com integração do GPS, oferecido como elemento opcional em todas as opções.

A marca Suzuki também irá vender o modelo Grand Vitara Limited Edition, que inclui uma cor exclusiva em bronze, com acabamento na parte interna em couro bege e tecido. Esta opção especial irá ser oferecida apenas com teto solar e transmissão do tipo automática.

O modelo Grand Vitara 2014 utiliza motorização 2.0/16V (gasolina), com 140 cavalos de potência e torque máximo de 18.7 mkgf.

No que se refere aos itens de série, o SUV apresenta sistema de ar-condicionado do tipo digital, banco de motorista regulável e tração 4×2.

Os preços do Grand Vitara 2014 são os seguintes:

  • Modelo 2.0 L 4×2 MT: R$ 75.490.
  • Modelo 2.0 L 4×2 AT: R$ 85.840.
  • Modelo 2.0 L 4×4 MT: R$ 84.490.
  • Modelo 2.0 L 4×4 AT: R$ 93.920.
  • Modelo Limited Edition: R$ 101.990.

Por Marcelo Araújo


Suzuki Jimny – Novo Jipe para Aventuras


Se você é um daqueles que na infância adorava brincar de carrinho e o fazia enfrentar diversos obstáculos, tais como lama, grama, pedras e até paredes, saiba que enfim chegou ao mercado um veículo que não irá escalar paredes, mas com certeza irá satisfazer todas as suas vontades possíveis. O Suzuki Jimny foi concebido para realizar tudo o que a física permite no que se diz respeito a carros.

O pequeno jipe está à venda no mercado brasileiro por aproximadamente R$ 55.000. O veículo é capaz de superar fendas gigantescas, buracos, subidas íngremes e tudo mais que uma trilha off road oferece. Ideal para aventureiros de plantão. 

O segredo desta máquina está em seu motor feito em alumínio e movido a gasolina, que confere um ótimo desempenho atrelado ao seu baixo peso.

O veículo é bastante compacto e não chega a 4 metros de comprimento e nem ultrapassa de 1,70m de altura. Outro segredo está em sua suspensão, que possui eixo rígido e molas especiais. De quebra, o Jimny ainda vem com tração 4×4 e reduzida. 

Este carro é para quem gosta de grandes aventuras.

Por Fernando Setoue


Suzuki Jimny será produzido no Brasil


Há três anos a Suzuki surpreendeu a todos ao informar que iria produzir veículos no Brasil. Agora, a companhia irá cumprir essa promessa com o Jimny, o primeiro carro da empresa a ser fabricado no mercado nacional.

Ainda que o modelo mantenha o mesmo design, ele continua sendo atual. Para reforçar sua vocação fora de estrada o modelo recebeu novos itens que incluem novo scoop no capô e novos para-choques. O Jimny será vendido em quatro versões diferentes: 4ALL, 4Work, 4Sport e 4Sun.

As quatro versões vêm com motor 1.3 16V a gasolina, 85 cv a 6.000 rpm e transmissão manual de cinco marchas.

O modelo conta ainda com tração nas quatro rodas com acionamento manual, podendo ser ativada em até 100 km/h. Algumas das especificações do carro foram pensadas nos consumidores que gostam de encarar pistas mais perigosas.

Como itens opcionais o jipe possui pneus lameiros e diversos acessórios.

Como itens de série todas as versões possuem ar condicionado, rádio CD player com entrada USB e Bluetooth, direção hidráulica, retrovisores e travas elétricas.

É estranho que o modelo não traga airbag e freios ABS como itens de série, mas, segundo a Suzuki, eles serão inclusos até o final de 2013.

A versão mais em conta do Jimny é a 4All, que custa R$ 55.990 e a versão mais cara sai por R$ 61.990.

Por Felipe Santos Bonfim


Suzuki GS120 – Moto mais barata


A fabricante japonesa de automóveis e motocicletas lançou no Brasil a moto mais barata com o objetivo de crescer em vendas, a GS120 custará em torno de R$ 3.990.

O GS120 vem com o motor de 113 cilindradas e um sistema tambor nas rodas, tem o câmbio manual com quatro velocidades sequenciais, seu comprimento é de 1.900 mm, sua largura é de 750 mm com entre-eixos de 1.215 mm.

A GS120 comporta até 9,2 litros de combustível, seu motor é de 8,43 cv e tem o catalisador no escapamento para evitar a emissão de poluentes. A Suzuki GS120 também ganhou outras alterações como as pedaleiras das garupas que estão fixadas na balança traseira, as rodas são raiadas com aro 17 substituindo as de liga leve, o escape é mais estreito e o assento é um pouco menos confortável.

As cores disponíveis são: vermelho, azul, preta, cinza e branca. É uma moto própria para o dia a dia por facilitar a locomoção no transito devido ao peso mais leve. As concorrentes da GS120 será a Honda Pop 100 e a Dafra Super 100.

Por Mariana Rodrigues


Volkswagen lançará nova linha de SUV’s compactos


Sinônimo de beleza, conforto e bom desempenho, a montadora Volkswagen promete novidades para o próximo ano. É que a marca, conhecida pelos excelentes carros de passeio e trabalho, em breve lançará uma nova linha de SUV´s compactos inovadores.

Segundo fontes ligadas à montadora, a nova família de carros terá dimensões similares as do Audi Q2, mas seu visual será inspirado no modelo VW Cross Coupé, que recentemente estreou a nível mundial no Salão Internacional do Automóvel de Tóquio. Como novata no segmento, a montadora alemã terá que enfrentar grandes nomes da atualidade como o Countryman da Mini e o Juke da Nissan.

Ainda não se sabe muito acerca do projeto da montadora, mas de acordo com algumas especulações que circularam na internet, a novidade contará com bancos revestidos em couro, porta-objetos, completo sistema multimídia, porta-malas amplo, computador de bordo, sistema Bluetooth, tela touchscreen, GPS, entrada USB e som potente.

Nada foi mencionado sobre a parte mecânica, sendo assim, a motorização e transmissão do novo SUV continuam sendo um mistério, assim como os preços de venda. 

Os apaixonados por carros compactos não perdem por esperar!

Por Larissa Mendes de Oliveira


Suzuki Jimny produzido no Brasil deve ser comercializado em 2013


No segundo dia do Salão Internacional do Automóvel de São Paulo, a montadora japonesa Suzuki anunciou que as vendas do jipe Jimny (produzido no Brasil sob encomenda na fábrica da Mitsubishi, localizada em Catalão-GO) terão início no primeiro semestre de 2013. O Jimny é uma série especial do jipe Grand Vitara 2013 e antes era fabricado apenas no Japão.

O preço do modelo Jimny será o mesmo praticado em sua versão importada, que é de R$ 54.990. Porém, uma versão mais em conta está em fase de produção e deve entrar no mercado futuramente ao preço de R$ 46.990. Cerca de sete mil unidades do jipe já devem ser produzidas para a pronta comercialização.

“Esse é um momento histórico pra marca e para o grupo. Tomamos essa decisão em 2010 e, agora, eles estão sendo produzidos aqui e serão distribuídos no começo do ano que vem”, afirmou Luiz Rosenfeld, presidente da Suzuki no Brasil.

A Suzuki também trouxe para o Salão o conceito G70. O novo modelo investe em tecnologia de motores ‘’downsizing’’, que possui propulsores menores e com tecnologia para maior torque e potência. O modelo também é bastante econômico, faz 32 km por litro e emite 70g de CO2 por quilometro.

Por A.V.S


Novo Suzuki Jimny – Informações e Lançamento


O mercado dos veículos do tipo utilitário esportivo terá em breve mais uma novidade interessante, pois a nova geração do Jimny está próxima de ser apresentada para o mundo todo.

Este novo modelo do jipe da Suzuki será feito com base no carro conceito XA Alpha Compact SUV, que já foi mostrado durante o Salão do Automóvel em Nova Déli, na Índia.

O novo modelo terá 4 metros de comprimento, um motor de 1.3 litros com 84 cavalos de potência, sendo que este motor é ligado a um câmbio manual com cinco marchas, além de possuir tração integral nas quatro rodas.

No seu aspecto estético, foram feitas algumas melhorias nos faróis, lanternas, grade, para-choques e capô, dando assim maior modernidade e esportividade para este automóvel.

Do lado de dentro não houve alterações importantes, mas apenas um aumento nas opções disponíveis de forração do veículo.

O novo Jimny estará disponível inicialmente apenas no mercado europeu, já que várias de suas mudanças são uma adequação às regras e leis ambientais existentes no velho continente.

Deste modo, para aqueles que gostam deste modelo esportivo, será preciso aguardar um pouco mais para comprar e rodar com a nova versão do Jimny pelas ruas e estradas brasileiras.

Por Ana Camila Neves Morais


Suzuki Grand Vitara 2013 – Lançamento no Japão


A Suzuki é caracterizada como uma companhia de origem japonesa, responsável por fabricar motocicletas e automóveis. Com a tecnologia e o design diferenciado de seus veículos, a montadora se tornou uma das empresas mais conhecidas mundialmente.

Dessa forma, a fabricante apresenta uma novidade no Japão, trata-se do lançamento da nova linha do Grand Vitara, que lá é chamado de Escudo.

No caso, as alterações foram feitas apenas visualmente. Elementos como para-choque, grade e faróis escurecidos fazem parte da mudança realizada na parte frontal. Já na parte traseira, o suporte do estepe foi retirado, passando a ser encontrado sob o veículo.

No geral, as rodas ganharam um novo desenho e internamente o veículo recebeu um novo revestimento.

Quanto às especificações técnicas, não houve alteração. O carro continua com o motor 2.4, capaz de gerar uma potência de até 166 cv e torque máximo de 23 kgfm. Além disso, a escolha pelo câmbio manual de 5 velocidades ou automático de 4 foi mantida.

Com relação ao lançamento em outros países, não há informação ainda, mas tudo leva a crer que não vai demorar muito para que a Suzuki exiba o seu novo produto em outros mercados.

Por Anne A. Matioli Dias


Fiat termina parceria com Tata Motors – Italiana pode ampliar negócios com Suzuki


Parece que a parceria entre a Fiat e a Tata Motors está próxima de um fim. De acordo com informações da agência de notícias Automotive News, as empresas encerram o acordo que já durava seis anos e autorizava a venda de veículos Fiat nas concessionárias Tata.

Segundo especialistas do mercado, a decisão pode fazer com que a Fiat amplie sua parceria com a Suzuki, que já dura por mais de 10 anos. Isso poderia auxiliar os italianos a expandirem a presença da marca na Índia, onde a Suzuki onde detém 42% do mercado.

Com isso, a montadora japonesa, em uma troca de “favores”, poderia pleitear a utilização dos motores a diesel desenvolvidos pela Fiat, além de expandir a sua distribuição no mercado brasileiro, região onde a Fiat conta com uma vasta rede de concessionárias.

A aliança entre a Fiat e Suzuki seria importante para a marca italiana, pois ganhou novo fôlego no mercado norte-americano depois que comprou a Chrysler, mas ainda está sofrendo com pouca popularidade no continente asiático, onde detém somente 3% nas vendas no ano passado.


Nova Suzuki SX4 2012 – Lançamento e Preço no Brasil


A linha 2012 do Suzuki SX4 já está pronta para estrear no Brasil, e chega com praticamente nenhuma mudança visual em relação aos modelos que eram vendidos por aqui.

A novidade mesmo aparece nos preços. A versão de entrada do veículo aventureiro, equipada com transmissão manual de 5 marchas, que anteriormente custava R$ 61.990, passa a custar R$ 59.990. Por outro lado, a variante top de linha do SX4, que conta com o câmbio automático sequencial de 4 velocidades, teve o preço majorado na versão 2012, saltando de R$ 62.990 para R$ 64.990.

Nos outros quesitos, o modelo “sportcross” (um misto de carro para o asfalto e para as trilhas) se manteve sem alterações.

Na parte mecânica se destacam o motor de 2.0 litros, movido a gasolina, que entrega 145 cv de potência e torque de 18,7 kgfm. Além disso, o veículo possui tração nas quatro rodas (na versão mais cara), freios ABS com distribuição eletrônica de frenagem, rodas de liga leve de 16 polegadas e direção eletricamente assistida.

O SX4 2012 dispõe ainda de duplo airbag frontal, computador de bordo, trio elétrico, rack de teto, ar condicionado digital automático, farol de neblina dianteiro e rádio com MP3, CD player e 4 alto-falantes, todos instalados de fábrica.

Para quem prefere um modelo mais diferenciado, a Suzuki oferece as versões AWD Mormaii (R$ 67.335); AWD Sport Pack (R$ 70.529); e AWD Full Mormaii (R$ 70.688), que vêm recheadas de itens exclusivos.

Fonte: Suzuki

Por André Gonçalves


Novos Carros Ecológicos da Suzuki – Salão de Tóquio


Outra montadora que vai apresentar a sua nova linha de carros ecológicos no Salão de Tóquio é a Suzuki. Serão 3 novidades, em versões conceituais, carregadas de tecnologia e com design diferenciado, que podem estar nas ruas em um futuro próximo.

O Q-Concept parece ter sido inspirado no Renault Twizy, possuindo um design bastante semelhante ao compacto francês, que chega às lojas no final do ano. Ele tem 2,5m de comprimento e 1,30m de largura, e a cabine tem capacidade para duas pessoas. O propulsor elétrico deverá ter uma autonomia de aproximadamente 50 km, e a velocidade máxima é de 60 km/h.

Já o Suzuki Regina é a base para o novo compacto global da marca e se destaca pela utilização de materiais leves em sua construção (o que lhe dá um peso de 750 kg) e pelo motor bastante econômico e com baixas emissões de poluente. Segundo os dados oficiais, o propulsor dispõe de um consumo médio de 32 km/l e emite 70 g/km de CO2.

Por sua vez, o Swift EV Hybrid Concept é o que está mais perto de ser produzido, segundo especulações. A versão alternativa do compacto japonês vai rodar entre 20 km e 30 km se utilizado apenas o bloco elétrico, e trará outras mudanças em relação ao Swift convencional, como o renovado conjunto óptico, as novas rodas e um novo painel de instrumentos.

Os detalhes completos de cada modelo serão conhecidos em dezembro.

Fonte: World Car Fans

Por André Gonçalves


Parceria entre Suzuki e Volkswagen pode estar chegando ao Fim


A parceria entre as fabricantes de automóveis Volkswagen e Suzuki, criada em 2009, ano em que a montadora alemã adquiriu 19,9% das ações da marca japonesa, pagando cerca de US$ 2,9 bilhões, pode estar chegando ao fim. A motivação para o encerramento da aliança seria a compra de motores a diesel fabricados pela Fiat, por parte da Suzuki, fato que não agradou à cúpula da Volkswagen.

O acordo nascido há dois 2 anos daria à Suzuki o direito de ter acesso à tecnologia desenvolvida pela VW para a fabricação de propulsores movidos a diesel e também aos blocos híbridos. Por sua vez, a VW iria se beneficiar da forte presença da Suzuki no mercado da Índia, onde lidera a venda de veículos no segmento de compactos, para também aumentar a sua participação naquele país. Outro objetivo da parceria era a produção de um novo modelo em conjunto, projeto que acabou não saindo do papel.

As duas partes ainda não entraram em acordo sobre como se dará o fim da aliança. A diretoria da fabricante asiática propõe devolver a parcela de 1,5% das ações compradas junto à Volkswagen, além de comprar de volta a sua parte vendida para a montadora alemã em 2009. Já a VW, segundo notícias veiculadas na imprensa internacional, tem interesse em prosseguir com a parceria, apesar dos problemas que ocorreram recentemente.

Por André Gonçalves


Suzuki vai abrir fábrica em Itumbiara (GO)


A terra brasileira é tão grande que são poucos os cidadãos, durante a sua vida, que puderam ou poderão visitar cada estado, cada cidade. Itumbiara, localizada em Goiás, tornou-se nacionalmente conhecida após o ex-jogador Ronaldo enfrentar, junto com o Corinthians, o time local.

Em breve, a cidade ficará mais conhecida, pois a Suzuki Veículos do Brasil anunciou no dia 04 de maio, a edificação de uma fábrica no município. Com previsão de inauguração no final do próximo ano, a unidade será responsável por produzir sete mil unidades anuais do modelo Jimny. Previsões iniciais apontam que serão necessários R$ 100 milhões para o intento, e que pode gerar aproximadamente 600 postos de trabalho.

Para Luiz Rosenfeld, presidente da Suzuki Veículos do Brasil, a edificação ilustra um ponto importante de solidificação da marca no país e confirma, assim, a confiança da fabricante quanto ao potencial interno do público brasileiro.

O Jimny é um 4×4 com 40 anos de idade que, ao longo dos tempos, foi se adaptando às necessidades dos mais exigentes consumidores. Atualmente, está presente em 188 países.

Por Luiz Felipe T. Erdei

Fonte: Assessoria de Imprensa


Suzuki Kizashi EcoCharge Concept 2011 – Lançamento no Salão de Nova York


A Suzuki está lançando o seu novo modelo, o Kizashi EcoCharge Concept, lançado no Salão de Nova York deste mês. O sedã é um híbrido que possui propulsor de combustão e também um sistema elétrico. A ideia da Suzuki é obter um automóvel de qualidade pensando na conscientização ambiental – dessa forma, o Kizashi economiza até 25% de combustível em relação a sua versão anterior.

O motor funciona tanto com gasolina quanto com as baterias de íon de lítio – a combinação de ambos resulta numa potência maior do carro. As baterias podem ser recarregadas na tomada e o motor elétrico chega a 15 cavalos. Ele possui transmissão de tipo automática, com seis velocidades.

O motor a gasolina é de 2 litros, com 144 cavalos. O Kizashi possui sistema start/stop, para reduzir o gasto de combustível.

 A versão nova ainda apresenta faróis dianteiros azuis e faróis de nevoeiro com LED.

Por Livia Hay

               


Suzuki Jimny – Fabricação no Brasil


Após sua saída do Brasil em 2003 e seu retorno às atividades em território brasileiro, a Suzuki anunciou a construção de uma fábrica em nosso país, para a fabricação do seu compacto 4×4 Jimny.

Apesar de compacto, o Jimny poderá transportar até quatro pessoas, o veículo será equipado com motor 1.3 16V com 85 cv de potência, além de sistema de tração dianteira com seletor 4×4 e 4×4 seletiva.

O Jimny será lançado em três versões: Básica, HR e DDS.

A versão básica contará com itens como ar-condicionado, trio elétrico, direção hidráulica, faróis de neblina, entre outros. A versão sairá pelo preço de R$ 54.790.

Para a versão intermediária (HR), o veículo oferecerá além dos itens anteriores novos para-choques, adereços visuais, entre outros. O preço estimado é de R$ 57.590.

Para a versão Jimny by DDS, o projeto foi voltado para situações severas de off-road, com suspensão elevada, rodas de 16 polegadas, revestimentos dos bancos em neoprene, faróis com máscaras, entre outros. A versão sairá pelo preço de R$ 75.000.

A Suzuki informou que o veículo passará a ser fabricado no Brasil a partir de 2012.

Por Henrique Pereira


Suzuki Grand Vitara Limited Edition 2011 com conexão para iPod


A Suzuki vai comercializar, a partir de 1º de março, uma versão especial do Grand Vitara para o Brasil, apelidada de Grand Vitara Limited Edition 2011. As novidades são a grade dianteira pintada na cor grafite, mesmo tom que aparece nas rodas aro 17; estribos laterais; aerofólio na traseira; adesivos identificando a versão; e som com conexão para iPod.

Alguns dos itens de série são ar condicionado digital, sistema de áudio com quatro alto-falantes, CD player com capacidade para até 6 discos, volante multifunções, airbag duplo frontal, cintos de três pontos para todos os lugares, freios ABS e computador de bordo com 11 funções.

A versão especial do utilitário esportivo tem tração integral, sistema de absorção de energia em caso de impactos e vem equipada com o motor DOHC 2.0, de 16 válvulas, movido a gasolina, que gera 140 cv de potência. A transmissão é automática, de 4 velocidades.

Por André Gonçalves


Recall Suzuki SX4 2007, 2008 e 2009 – Problema na Fixação do Espelho Retrovisor


Devido a problemas apresentados na fixação dos espelhos retrovisores da parte externa do veículo SX4, a Suzuki do Brasil divulgou nesta sexta-feira, 10 de dezembro, a realização de recall nos modelos fabricados no período de maio de 2007 a setembro de 2009.

Os chassis envolvidos são: A6200001 a A6200090, A6300001 a A6300060, 85110005 a 85110006 e 96200004 a 96200005. 

A partir do próximo dia 15 deste mês, os proprietários dos veículos relacionados deverão entrar em contato com uma concessionária da marca, para realizar o recall nos espelhos retrovisores externos, onde haverá substituição dos parafusos dos mesmos.

De acordo com a empresa, o uso dos parafusos sem a fixação adequada dificulta a visibilidade, pela vibração provocada, além de haver a possibilidade do desprendimento do equipamento, com consequente risco de acidentes.

Por Elizabeth Preático


Suzuki Swift 2011 – Fotos


A fabricante japonesa Suzuki divulga oficialmente novas fotos do Swift 2011, e prova que carros econômicos também podem ter um design moderno e acabamento interno de qualidade.

Apresentado no começo do mês passado, o Swift 2011 será oferecido ao mercado com 2 opções de motorização: 1.2 L a gasolina com 93cv e outro 1.3 L a diesel, que segundo o fabricante, terá consumo médio de 26,9 km/l. Este fator “consumo de combustível” é o grande apelo do modelo, que promete fazer uma média de 23 km/l com gasolina em trechos mistos (cidade/estrada), o que diga-se de passagem é uma ótima marca para carros que usam somente motores a combustão.

Nas linhas externas tudo foi modificado, inclusive a estrutura que conta com um tipo de aço mais resistente, lanternas com desenho mais alongado e curvas mais acentuadas na parte traseira do veículo.

Por Eloir Junior


Novo Suzuki SX4 2010 com Dual Step Folding – preço e equipamentos


A Suzuki está lançando o SX4 no Brasil, um crossover que chega para agradar o pessoal que está pensando em comprar uma Tucson ou Sportage. E para agradar e conquistar mercado, nada melhor que encher o carro de equipamentos e lançá-lo por um preço considerado baixo para este nível.

A versão básica custa a partir de R$ 61.990,00. Com câmbio automático, o preço pula para R$ 66,790,00. Quando equipado com Sport Pack, que inclui pintura esportiva, rodas pintadas na cor grafite, ponteira do escapamento cromada, bancos de couro com duas cores e outros itens esportivos, o carro custa R$ 65.990,00 com câmbio manual e R$ 70.790,00 com câmbio automático.

Os equipamentos são bons. Na versão básica, o carro já traz o sistema Dual Step Folding – que permite rebater os bancos em dois estágios e deixar o portamalas com mais de 1400 litros de capacidade -, freios ABS com EBD, airbag duplo, vidros e travas elétricas, direção elétrica, ar condicionado, som com MP3 e entrada para iPod, além de outros itens.