Chevrolet Tracker 2017 – Preço, Consumo, Motor e Novidades


Nova versão do SUV chega ao país cheio de tecnologia.

Em 2017 a empresa apostará alto em seu novo modelo, o Tracker. Conhecido por ser um SUV urbano, sua nova versão vem para reafirmar a sua fama com tudo o que a tecnologia pode proporcionar. Em questão de maquinário, o carro está equipado com um motor turbo flex de 153 cavalos e um torque de 24,5 kgfm, sistema start/stop (desligamento do carro quando está parado em algum sinal ou congestionamento, afim de economizar combustível), um câmbio automático top de linha com 6 velocidades e direção elétrica, a mais leve e precisa do mercado.

O interior do modelo é surpreendente e traz tecnologias inovadoras como o alerta de ponto cego, que é um aviso no retrovisor quando o sensor capta a presença de algum carro no ponto cego do motorista. Além desse sistema, elevando ainda mais a segurança do veículo, tem-se os freios ABS, 6 airbags e câmera de ré. O sistema de conectividade é muito bom e traz a opção de conectar o celular totalmente com o carro, seja em Android com o app Android Auto ou em IOS com o Apple Carplay. Por meio desses aplicativos o motorista consegue, através de comandos de voz, trocar mensagens, definir uma rota para o GPS e escolher as músicas a serem tocadas.

Além de tudo citado, a Chevrolet proporciona o sistema exclusivo OnStar, por meio do qual o dono do veículo acessa ferramentas de navegação, emergência e segurança através do celular ou do botão OnStar no painel do carro. Esse sistema fornece recursos interessantes como o monitoramento em rota, que permite conversar com um atendente Chevrolet e receber informações durante uma viagem ou rota urbana, além do alerta de vallet, que envia avisos pelo aplicativo caso o automóvel saia do raio de 500m de onde foi estacionado.

O SUV estará disponível em duas versões: O modelo mais completo LTZ, que contém todos os recursos disponíveis, custa R$ 89.900. Já a versão LT sai por R$ 79.900 e é mais simples e com menos recursos. Ambos possuem motor Flex e conseguem fazer com gasolina 10km/L em áreas urbanas e 11,7km/L em estradas. Já com etanol, o consumo é de 7,5km/L nas cidades e 8,2km/L nas rodovias, segundo informações do Inmetro.

Rodrigo Souza de Jesus


Novo Chevrolet Tracker com Motor Turbo – Lançamento e Preço no Brasil


Confira aqui o preço e as principais novidades do Novo Chevrolet Tracker.

Em novembro do ano passado tivemos a realização do Salão do Automóvel de São Paulo. Uma das principais atrações do evento foi o Novo Tracker. O modelo reestilizado da Chevrolet, que está equipado com o mesmo trem de força do Cruze de segunda geração, já chegou às concessionárias e promete ser um dos grandes sucessos de 2017.

O SUV compacto começou a chegar às concessionárias de todo o país com preço sugerido de R$ 79.990 na versão LT. A versão top de linha é a LTZ, que não sai por menos de R$ 89.990, sendo que com mais R$ 3.000 o automóvel vem acompanhado de airbags laterais e de cortina.

Além disso, assim como aconteceu na nova geração do Cruze, o Tracker fez uma mudança em sua motorização: o antigo 1.8 flex deu lugar ao 1.4 turbo bicombustível e com injeção direta. Tal motor possui potência de 153 cv e 24,5 kgfm de torque a 2.000 rpm. Em relação ao câmbio não houve mudanças, haja vista a permanência do automático de seis marchas, que foi ajustado visando uma condução mais econômica.

Uma preocupação dos desenvolvedores do novo Tracker foi, sem sombra de dúvidas, o consumo. Com isso, o automóvel também vem acompanhado de assistência elétrica de direção, um item importante e que não necessita do uso de um compressor acoplado ao motor, trazendo mais autonomia e redução do consumo. Além disso, todas as versões são acompanhadas de start-stop, um mecanismo que desliga o motor de forma automática em paradas rápidas.

Em relação ao design, saiba que a dianteira do automóvel sofreu grandes mudanças. Com isso, novos faróis, grade, capô e para-choque renovados estão entre os destaques das mudanças. Tais mudanças seguiram o mesmo estilo dos lançamentos mais recentes da Chevrolet, como é o caso do Cruze, Onix e do Cobalt.

Um dos destaques nas atualizações na parte dianteira foram os faróis, haja vista terem ficado mais estreitos e a inclusão de condução diurna de LEDs. Em relação à grade, a mesma manteve o antigo formato bipartido, sendo que a sua gravata passou a ficar na parte superior juntamente com o capô, sendo que antes a mesma era centralizada.

Em relação à cabine, a mesma vem acompanhada de uma nova central multimídia, assim como no Cruze, Tal central é totalmente compatível com o Apple Car Play, além do Android Auto.

Por Bruno Henrique


Chevrolet Tracker 2017 -Novidades e Lançamento no Brasil


Confira aqui as principais novidades do novo Chevrolet Tracker 2017.

O Salão do Automóvel acaba de apresentar mais uma novidade, o Chevrolet Tracker 2017, que está repleto de inovações tanto visuais, quanto mecânicas. Mas a grande novidade mesmo está em seu motor 1.4 turbo Flex e câmbio automático, sendo o primeiro de seu segmento a trazer essa configuração no motor, além de transmissão automática que opera com seis marchas e injeção direta.

Em nível de equipamentos o Novo Tracker traz bastante tecnologia como uma tela multimídia MyLink, que trabalha com Android Auto, Apple CarPlay e sistema OnStar. Além disso, os faróis são de LED, haverá um teto solar elétrico e um inteligente sistema de alertas anti-distração e alerta para situações de ponto cego. Equipamentos que oferecem mais segurança.

E não para por aí, o Tracker também possui câmera de ré que trabalha com um sistema de alerta em caso de movimentação traseira. Sua direção possui assistência elétrica. O motorista ainda pode contar com ajuste de profundidade e altura. A ignição pode ser acionada por um botão instalado no painel.

Por sua vez, o visual também apresenta modificações, percebe-se uma frente nova bem reformulada, enquanto que a parte traseira não sofreu nenhuma alteração que despertasse a atenção.

Internamente os bancos estão com uma aparência mais sofisticada, pois receberam um bonito acabamento. Características que rendem ao modelo um ambiente interno charmoso e aconchegante.

Uma das grandes vantagens desse carro é o Sistema OnStar, que já é utilizado no Chevrolet Cruze e que tem recebido muitos elogios, pois possui uma função que diagnostica através de um sistema Remoto Avançado possíveis problemas nos sistemas mais principais do carro, informando ao motorista.

As concessionárias do Brasil até o fim deste mês já estarão com o Novo Chevrolet Tracker 2017, disponível para a venda. Serão duas versões, a LTZ e a LT, ambas com motor 1.4 Flexionado. As cores disponíveis são Preto Ouro Negro, Branco Summit, Prata Switchblade e as inéditas cores Cinza Graphite e Vermelho Baroque.

Enfim, o Novo Chevrolet Tracker 2017, tem todas as características para conquistar muitos admiradores no Brasil. É um automóvel que oferece muito conforto, tecnologia e boa performance, com seu motor turbo e câmbio automático.

Sirlene Montes


Novo Chevrolet Tracker: Detalhes e lançamento


Com o nome de Trax nos EUA, modelo ficou parecido ao Malibu e Cruze. Dianteira tem grade maior e faróis mais afilados; motor deve ser o 1.4 turbo.

A Chevrolet deve apresentar para o modelo Tracker no mercado brasileiro atualizações iguais ao que o SUV obteve nos Estados Unidos. O carro conta com uma baixa nas vendas devido à concorrência forte que sofre com o Renegade e o HR-V.

Os boatos na imprensa dão conta que o facelift deve chegar no Brasil no Salão do Automóvel de São Paulo, que será realizado no começo do mês de novembro deste ano de 2016. O Trax, como é denominado nos Estados Unidos, apresentou mudanças na frente e na parte traseira.

O SUV no mercado americano ficou semelhante com o Ford EcoSport, mesmo que o modelo tenha seguido a identidade visual que a marca adotou recentemente. A semelhança com o modelo da Ford se dá devido os faróis da Trax com luzes em Led e também a sua tomada de ar situada abaixo da grade frontal.

No seu interior, uma peça com maior elaboração entra no lugar do painel que veio do Sonic, que agora apresentam mostradores analógicos e um display digital configurável. Por dentro, o veículo agora ganha um estilo com maior requinte. Há também um sistema de entretenimento novo com tela de 7 polegadas que é compatível com os aplicativos Android Auto e Apple CarPlay.

De acordo com a configuração que for selecionada, o Tracker poderá vir com monitoramento de pontos cegos, um alerta para colisões frontais, dez airbags e aviso para mudança de faixa feita involuntariamente. Com isso, o interior agora se apresenta bem mais moderno e com melhor acabamento.

Com relação a seu motor que se encontra no mercado dos Estados Unidos, há opção de propulsor 1.4 Turbo com potência de 138 cv, 20,4 mkgf e um torque que varia entre 1.850 até 45.900 rpm. A transmissão do modelo é automática com seis marchas. O motor da SUV conta com uma sofisticação menor que o novo Cruze, pois não apresenta a injeção direta de combustível. O Sedã pode produzir 155 cv de potência e 24,5 mkgf.

Ainda não há detalhes oficiais sobre a motorização do Tracker no mercado brasileiro. Caso venha importado do México, o modelo contará com o mesmo motor que é vendido nos Estados Unidos. Por outro lado, se ele tiver a fabricação na Argentina ao lado do Cruze, pode-se ter a unificação dos propulsores entre o sedã médio e o SUV compacto.

OSCAR ARIEL COLAÇO


Novo SUV deve substituir Chevrolet Tracker no Brasil


A Chevrolet já está preparando um novo utilitário esportivo para substituir o Tracker. A notícia foi divulgada  pelo presidente da General Motors na América Latina, Jaime Ardila, durante uma entrevista no Salão de Detroit 2015.

Segundo Jaime Ardila, a montadora avaliou e considerou o desempenho do Tracker no país bem fraco, tendo em vista que o modelo chega ao Brasil pelo conhecido sistema de cotas de importação de carros vindos do México. Não bastasse isso, Ardila afirmou que a General Motors não considera viável a reinserção do modelo no Brasil através de sua fabricação por aqui.

Por fim, Jaime Ardila afirmou que a solução encontrada pela General Motors é fabricar no Brasil um SUV totalmente novo. A previsão é de que este novo veículo seja lançado entre os anos de 2017 e 2018. Apesar do carro ainda estar em desenvolvimento, já se sabe que ele utilizará as plataformas dos compactos Prisma e Onix.

O Chevrolet Tracker foi vendido no Brasil no período entre 2001 e 2004, naquela época ele utilizava um motor Turbodiesel. Após o encerramento de suas vendas no país, ele voltou a dar as caras no ano de 2007, quando participou do Salão do Automóvel de São Paulo e foi um dos destaques da GM no evento. Apesar do sucesso que teve no Salão do Automóvel, a General Motors só voltou a vender o Tracker no Brasil em outubro de 2013. Porém, com o mal índice de vendas do modelo, no Brasil a sua comercialização está com os dias contados.

Chevrolet Tracker 2015


Novo Chevrolet Tracker – Lançamento no Brasil


Chevrolet Tracker O Tracker da Chevrolet chega ao Brasil no próximo mês e já conta com muitas novidades em sua apresentação.

Também chamado de Trax, o SUV é um esportivo super compacto que e a General Motors já aposta em sucesso absoluto. A montadora ainda supera a frustração do modelo Prisma Y, que foi apresentado em 2006 no Salão do Automóvel em São Paulo, porém nunca chegou a ser produzido. Esse, porém será o novo querido dos atuais proprietários da categoria. Diferente da ocasião, o Tracker realmente será lançado. 

Com a mesma  plataforma e o mesmo projeto mecânico do modelo Sonic, provavelmente o Tracker vem trazendo o motor Ecotec 1.8 flex de 140 cv de potência. A novidade terá ainda a opção manual de 5 velocidades ou de seis marchas na sua versão automática.

Até o  momento a montadora não garantiu o lançamento que trará a opção de tração 4X4, mas promete trazer boas garantias aos seus proprietários assim como garantem os seus concorrentes Renault Duster e o pop star EcoSport.

O valor estipulado para a aquisição está na faixa de R$ 55 mil a R$ 75 mil de acordo com variados acessórios que são disponibilizados de fábrica.  

Por Luciana Ávila


Novo Chevrolet Tracker 2014 – Lançamento no Brasil


Depois de ter colocado um teaser em seu site sobre o lançamento do seu novo utilitário esportivo compacto no Brasil, a Chevrolet apresentou o seu veículo Tracker no intervalo do Programa Fantástico, da Rede Globo.

O novo Tracker, que já havia sido lançado na Europa em 2012 (com o nome de Trax), também está para chegar à Argentina (com o nome de Tex). O veículo veio para competir com a EcoSport (da Ford) e com o Duster (da Renault).

A novidade possui motor Ecotec 1.8 Flex, conta com potência de 140 CV e possui rodas de 16 polegadas (em aço ou liga leve). Além disso, o veículo será disponibilizado em duas versões, a LT e a LTZ. Em questão de câmbio, ele será automático com seis marchas ou pode ser manual com cinco marchas.

Além disso, o SUV foi exibido em um evento da Chevrolet, que aconteceu em São Paulo (SP), logo após o comercial ter sido exibido no intervalo do Fantástico.

De acordo com o divulgado, o novo utilitário esportivo custará algo em torno de R$ 70.000 (no modelo mais barato) e poderá ser encontrado nas concessionárias da marca Chevrolet.

Por Guilherme Marcon


Chevrolet Tracker 2013 – Lançamento no Brasil


A General Motors anunciou a chegada da nova versão do Tracker ainda para este ano. Com valor estimado de R$ 70.000, o modelo SUV da montadora americana surpreende.

Os concorrentes diretos do Tracker são o Ford Ecosport e o Renault Duster, ambos com boa aceitação pelo mercado brasileiro, o que fará o Tracker suar para conseguir seu espaço.

O motor do veículo deverá ser o 1.8 Ecotec, o mesmo que é utilizado pela família Cruze. É bem possível que a versão brasileira do Tracker venha equipada com câmbio automático de seis velocidades, como no sedan Cruze.

O Tracker apresenta 4,28 metros de comprimento e a distância entre os eixos é de 2,55 metros.

O porta malas de 480 litros é um diferencial do modelo SUV, um dos maiores espaços da categoria.

O Tracker já foi lançado em países como o México e a Argentina. A chegada do SUV ao Brasil deverá acontecer até o fim do ano. 

Por Robson Quirino de Moraes