Mini Cooper S Clubman Exclusive – Lançamento da Nova Versão do Carro


Nova versão do carro será disponibilizada em 10 cores e contará com diversos itens de série.

No início desta semana a MINI anunciou o lançamento da versão Exclusive para a nova geração de seu modelo Clubman. Vale lembrar que este carro foi lançado no Brasil no finalzinho do ano passado, mais precisamente no mês de novembro. O MINI Clubman é equipado com um motor 2.0 turbo (movido a gasolina), que é capaz de proporcionar 192 cv de potência e 28,5 kgfm de torque. Com relação ao preço, ele custa cerca de R$ 152 mil.

A nova versão do Clubman será disponibilizada em 10 diferentes cores e contará com faróis full LED, chave presencial, rodas de 17 polegadas, entro outros itens de série. Não bastasse isso, o modelo ainda conta com um sistema multimídia com tela em LCD de 6,5 polegadas, que é capaz de acessar funções como o sistema de navegação, o celular e até mesmo o MINI Connected. É importante frisar que o sistema multimídia do carro terá um HD Interno de 20 GB e que será compatível com o uso de apps de streaming.

De acordo com Julian Mallea, diretor da MINI no Brasil, o MINI Cooper S Clubman Exclusive busca unir três fatores importantíssimos na hora de escolher um carro, que são: Design Arrojado, Alto Desempenho e Ótimo Custo Benefício. O objetivo da MINI com o carro é ampliar o leque de opções para seus consumidores e atender a preferência de muitos de seus clientes.

MINI John Cooper Works com motor de 304 cv:

No final do mês passado, a customizadora Manhart apresentou uma versão do MINI John Cooper Works que certamente surpreendeu os fãs da MINI, isso porque a versão tunada do veículo conta com uma atualização no módulo do motor que deixou-o com uma potência de 304 cv e 47,8 kgfm de torque. Para efeito de comparação, a versão normal do carro conta com um motor 2.0 biturbo capaz de oferecer 234 cv de potência e 32,6 kgfm de torque. Já com relação ao visual, o carro, que foi batizado como MINI F300, foi pintado de verde escuro e conta com detalhes em amarelo. As rodas presentes no veículo possuem 19 polegadas e listras laterais diferenciadas.

Segundo a customizadora, o carro é capaz de chegar aos 100 km/h em apenas 6,1 segundos.


Novo Mini Clubman é lançado no Brasil


Modelo custa cerca de R$ 179 mil e irá concorrer com veículos como Range Rover Evoque, Mercedes GLA, entre outros.

A Mini, que é uma montadora pertencente a BMW, lançou no Salão de Frankfurt a nova geração Clubman. O veículo foi aumentado em tamanho e atualmente é considerado o maior carro do segmento. A Mini passou a importar o veículo no final do ano passado.

Esta nova perua esportiva vem com diversas novidades, como suas dimensões, que aumentaram em relação ao seu antecessor. Ele é fabricado na mesma plataforma do carro Série 2 Active Tourer.

Entre os diversos equipamentos do veículo estão os itens de série, como: rodas de liga-leve de 18 polegadas, faróis Full LED, 6 airbags, ar-condicionado com duas zonas, três modos de direção, abertura elétrica do porta-malas, head-up display, abertura das portas sem chave, controle de tração e estabilidade, banco e volante revestidos em couro, além de possuir memória e ajuste elétrico, navegador GPS, teto solar panorâmico, HD interno com capacidade máxima de 20 GB e sistema multimídia com tela de 8,8 polegadas. A perua alemã pode vir com câmera de ré e sensores de estacionamento no pacote opcional por um acréscimo de 4 mil reais em seu valor total. O carro possui várias tecnologias, como o Mini Connected XL Jouney Mate e o Mini Connected, sistemas que permitem usar aplicativos de streaming de áudio e navegação.

O Mini Clubman será vendido com câmbio automático de oito velocidades, no Brasil é comercializado o de seis marchas. O carro terá um motor de três cilindros e 1.500 cilindradas biturbo, gerando 136 cavalos e chegando a atingir de 0 a 100 km/h em cerca de 9 segundos. O Clubman S terá um motor de 2.0 litros, que pode atingir 192 cv e alcançar 100 km/h em torno de 7 segundos. O Clubman D é uma versão com motor movido a diesel, também 2.0, que gerará 150 cv, indo a 100 km/h em pouco mais de 8 segundos.

O carro custará R$ 179.950 e concorrerá com Range Rover Evoque, Q3, Mercedes-Benz GLA, outros.

FILIPE RIBEIRO DA SILVA


Mini Cooper S 2016 está à venda no Brasil


Modelo começou a ser vendido pelo preço de R$ 179.950.

Em versão única para o país – Cooper S – a versão mais atual do Mini começará a ser vendida na primeira semana de dezembro. O preço também será único, de R$ 179.950. O carro teve suas dimensões aumentadas e foi mais bem esquipado.

A porta traseira do porta-malas do lançamento é dividida em duas partes, muito diferente do estilo convencional de abertura vertical das versões anteriores. De comprimento, o compacto premium cresceu em 27 centímetros e de largura, em nove. Com as mudanças, a capacidade do compartimento traseiro em 82 litros, de 278 para 360 – conforme a marca. O espaço interno também pode ser expandido com o ajuste possível dos bancos traseiros, outra novidade do Cooper S 2016.

O motor do veículo é um turbo 2.0 que gera 192 cavalos de potência. Com a característica de carro leve, a nova versão tem 1.390 quilos, o que auxilia no poder do motor. O novo Mini Clubman recebeu câmbio automático de oito marchas com trocadores na direção. A tração é totalmente dianteira.

A versão única para o Brasil possui ainda freio de estacionamento eletrônico, ajustes elétricos dos bancos dianteiros com memória de adaptação, partida por botão, ar-condicionado de bizoneamento, direção elétrica e sensores de ré. As grandes novidades em itens são o head-up display e o fechamento de portas por proximidade. A primeira função projeta dados no para-brisa para que o motorista não precise desviar o olhar da estrada. A segunda permite que se feche a porta ao passar o pé por baixo do carro, caso esteja com as duas mãos ocupadas.

O sistema multimídia é composto por GPS, Bluetooth, entrada USB 2.0, 20 GB de memória de armazenamento e controles em tela touchsreen de 8,8 polegadas. Além da iluminação colorida, o logo da Mini é projetado no chão assim que se estaciona o veículo e abrem-se as portas frontais.

As rodas são de 18 polegadas e podem ser pedidas na compra em cor preta ou prata.

Por Bruno Klein

Mini Cooper S 2016

Foto: Divulgação


Lançamento do Novo Mini Clubman 2016 no Brasil


Veículo é o maior já produzido pela Mini e chega ao país custando R$ 179 mil.

Acaba de ser lançado aqui no Brasil a nova geração do Mini Clubman, nesta edição o veículo ficou maior em praticamente todas as suas medidas, aumento este que proporcionará aos ocupantes maior conforto e espaço, outro fator de destaque é que este é o maior veículo já fabricado pela empresa.

A nova versão dessa Perua irá chegar às concessionárias neste mês de dezembro, contudo, apenas na versão Cooper S, a qual é dotada de um propulsor 2.0 TwinPower Turbo. O preço de comercialização deste veículo aqui no país será de R$ 179.950.

A edição 2016 do Clubman, comparada com a versão anterior, teve um acréscimo de 27 centímetros no comprimento (que agora passou a ter 4,25m), 9 centímetros na largura (ficando com 1,8m), bem como 10cm na distância entre-eixos (que passou a ter 2,67m). Com relação à altura, ela foi mantida nos mesmos 1,44m. No geral, todas essas modificações realizadas nas dimensões do veículo ocasionaram um aumento de 9 centímetros no espaço interno. O compartimento porta-malas também cresceu e nessa nova versão teve um acréscimo de 82 litros, acréscimo este que totalizou a capacidade de 360 litros no compartimento e se os bancos traseiros forem rebatidos, essa capacidade passa a ser de 1250 litros.

O veículo possui duas portas com abertura lateral, dentre os itens de série os consumidores que o adquirirem poderão contar com rodas confeccionadas em liga-leve, faróis Full LED, assentos e volante revestidos em couro, navegador GPS, sistema de multimídia dotado de tela com 8,8 polegadas, entre outros acessórios.

Com relação à motorização, este novo Mini Clubman possui um propulsor capaz de produzir uma potência de 192 cavalos a 5.000 rpm e um torque de 28,5 Kgfm a 1250 rpm, todo este conjunto trabalha com uma transmissão de oito velocidades automática com tração dianteira. Segundo os dados estatísticos divulgados pela MINI, este veículo possui a capacidade de acelerar de 0 a 100 Km/h em 7,1 segundos e alcança a velocidade máxima de 228 Km/h.

Por Adriano Oliveira


Novo Mini Convertible – Nova Geração deve ser lançada em 2016


Carro terá três versões e será mais comprido e largo.

O mercado automotivo anda ganhando novos representantes nestes últimos meses. A mais recentemente novidade é a nova geração do MINI Convertible, que está quase estreando. A propósito, já foi até apresentada a imprensa. De cara, já se tem comentado que o carro deverá prometer diversão ao condutor, já que agrega a já conhecida e tradicional condução MINI.

O novo conversível que está prestes a chegar tem como base, ou melhor, foi inspirado no modelo de três portas. Na verdade ele é meio que uma derivação deste último, daí a semelhança e estilo parecidos.

Algumas modificações foram feitas. Como exemplo podemos citar o fato de que o novo MINI Convertible está um pouco mais comprido e também mais largo, 98 mm e 44 mm, respectivamente. Curiosamente é apenas 1 milímetro mais alto. A distância entre eixos também acabou aumentando em 28 mm. Esse fato acaba por melhorar o espaço que é disponibilizado para os ocupantes (quatro no total). O porta-malas também cresceu.

Já na parte de dentro, o modelo agora conta com alguns elementos específicos situados no painel de instrumentos e também nas saídas de ventilação.

Um detalhe que chamou a atenção foi o fato da fabricante ter decidido reforçar a estrutura do MINI, um reforço bastante considerável por sinal. Vale destacar aqui as regulagens específicas do amortecimento e da suspensão.

No que diz respeito à motorização, temos três opções de motores. O detalhe é que todos os três agregam a tecnologia TwinPower Turbo da BMW. Dos três, dois contam com três cilindros e um com quatro.

Sobre os modelos em si, vamos ter o Cooper Convertible, que traz um bloco de 1.5 cilindros e tem 136 cv. Já a versão Cooper S Convertible, a topo de linha, é movida a gasolina e tem um motor 2.0 com 192 cv. Por fim, temos a única opção a diesel que também traz um bloco de três cilindros. Essa versão, a Cooper D Convertible, tem capacidade para 116 cv.

No mais a tração dos modelos será sempre dianteira.

A previsão é de que o novo MINI chegue ao mercado no início de 2016. Os preços e demais detalhes técnicos só serão informados quando o lançamento tiver próximo, isso se nada vazar antes.

Por Denisson Soares


Fabricação do Mini Countryman em Santa Catarina


Modelo será produzido na fábrica da BMW em Araquari. Primeiras unidades deverão chegar às lojas em dezembro por R$ 143 mil.

Já faz um ano desde a inauguração da primeira fábrica do grupo BMW no Brasil. Instalada em Araquari (próximo a Joinville), no norte do estado de Santa Catarina, a empresa já produzia os modelos X1, X3, Série 1 e Série 3.

Dessa vez, o quinto modelo a ser fabricado será o Mini Cooper S Countryman, ou seja, o primeiro automóvel com a marca MINI feito no Brasil. Desde 1994, o grupo BMW é dono da MINI.

Esta será a terceira unidade de produção da BMW a produzir veículos da marca Mini, as primeiras são na Inglaterra e Holanda, respectivamente.

Ao contrário do que se pensa, o preço do Countryman Brasileiro está estimado em R$ 143.950,00, ou seja, não é mais barato, mas com mesmo valor praticado nas unidades do veículo importado. A data prevista para lançamento do Mini Cooper S Countryman brasileiro é em dezembro de 2015.

Conforme a marca, serão produzidas as seguintes versões: Top e All 4.

Na versão Top o veículo possui tração dianteira, enquanto que a versão All 4 trabalha com tração integral. O motor 1.5 litro flex, que estará presente no BMW X1, não está previsto para o modelo crossover brasileiro da Mini, ao menos não no fim desse ano. Talvez essa novidade tenha que ficar no aguardo para final de 2016 ou início de 2017.

O design exterior do carro se mantém o mesmo dos modelos importados da Inglaterra. Os destaques ficam para o novo quadro de instrumentos na cabine e para os faróis de neblina, agora em LED.

Tanto a versão Top quanto a All 4 serão equipadas com o motor movido somente a gasolina de 1.6 litro, capaz de gerar 184 cavalos de potência e torque de 24,5 kgfm.

A notícia agitou discussões: Os fãs da MINI, de um lado, achando extremamente positivo o fato da fabricação de um modelo em solo brasileiro. Por outro lado, muitos acham um abuso a empresa instalar-se em solo brasileiro e praticar o mesmo preço dos modelos importados.

Por Júnior Beluzzo


Novo MINI Cooper 5 Portas chega ao Brasil


MINI Cooper 5 Portas chega ao país custando R$ 105.950.

Na última quarta-feira, 11 de março, a MINI apresentou o novo MINI Hatch 5 portas para o mercado brasileiro. Esse é um dos grandes lançamentos da montadora britânica para o mercado automobilístico, haja vista o novo MINI dispor de configurações inéditas. O MINI Cooper possui preço sugerido de R$ 105.950. Já o MINI Cooper S Exclusive conta com preço sugerido de R$ 122.500. Por fim, o MINI Cooper S Top possui preço sugerido de R$ 139.950.

Há uma grande expectativa a cerca deste grande lançamento pela MINI. “Este lançamento não é apenas um modelo com duas portas adicionais. Ele foi totalmente planejado para oferecer ainda mais espaço e conforto para seus ocupantes. Já havíamos identificado uma demanda por um MINI Hatch 5 portas e estamos muito confiantes de que sua aceitação no mercado será muito positiva”, destacou o diretor da MINI Brasil, Julian Negri.

Um dos principais objetivos deste lançamento foi justamente oferecer bastante conforto. É importante ressaltar que o design permaneceu o tradicional. Um detalhe bem interessante é que a distância entre os eixos foi ampliada, dessa forma, três assentos estão disponíveis na traseira. O novo MINI 5 Portas passou por diversas mudanças em suas medidas.

E para aqueles que são apaixonados pela parte mecânica dos automóveis, saibam que sob o seu capô o MINI Cooper 5 portas dispõe de um motor a gasolina 1.5 com três cilindros e uma potência de 136 cv. O Cooper S conta com o mesmo motor, no entanto, nesta versão são 4 cilindros com 192 cv de potência. Além disso, o cliente pode optar por transmissão Streptronic de 6 marchas ou Steptronic Esportiva que também conta com 6 marchas.

Entre os itens de série do MINI Cooper 5 portas, podemos destacar: airbags frontais, laterais e de cortina, ISOFIX e MINI Connected. Para aqueles que não sabem, o MINI Connected é nada menos que um sistema que permite que o usuário tenha acesso a funções exclusivas como, por exemplo, redes sociais, entretenimento, etc. A versão top de linha é acompanhada de Head-Up Display e Driving Assistant, sendo que esses dois itens adicionam: controle de velocidade de cruzeiro adaptativo por vídeo, aviso de colisão e pedestres com função de freio e assistente de farol alto.

Se você gostou do veículo e quer conhecer um pouco mais sobre o Mini, acesse o site www.mini.com.br.

Confira abaixo algumas fotos do carro:

Por Bruno Henrique


Novo Mini Minor será lançado em 2018


A imprensa britânica informa que a Mini possuirá o novo Minor no final de 2018. A empresa já relata seu objetivo de produzir “um Mini Legítimo” desde 2013, entretanto, o modelo não poderia ser fabricado na plataforma modular UKL da BMW. Com isso, a companhia tem a meta de aliar a outra empresa para atuar no projeto.

A empresa mais possível é a Toyota, já que informações relatam que uma parceria entre a BMW e a companhia japonesa para produzir um hatchback de entrada poderia acarretar na criação do novo Minor.

Segundo a revista britânica Car Magazine, o modelo poderá ser recebido no mercado no fim de 2018 ou início de 2019, tendo a medida de somente 3,4m (tamanho idêntico do Smart ForFour). A empresa também garante que o modelo de entrada terá o valor de aproximadamente € 12,500 (cerca de R$ 41 mil em uma conversão simples), onde a mais qualificada terá o valor de cerca de € 13,500 (em torno de R$ 44 mil).

Algumas previsões apontam que o modelo será baseado nos conceitos Paceman e Rocketman, com teto único e grade trapezoidal. A Toyota poderá ter a experiência novamente do modelo Starlet, que foi interrompido em 1999, na plataforma idêntica do Minor, para trocar o iQ.

Anteriormente, havia sido revelado que a BMW e a Toyota poderiam estender a parceria, que tem o objetivo da produção de tecnologias compartilhadas e dos Supra Coupe e BMW Z4.

Segundo a mídia internacional, as empresas já começaram os projetos da versão de entrada do Mini Minor. Entre os principais fatores novos, o destaque está na traseira e teto reformulado, além da nova grade dianteira trapezoidal.

Um fornecedor ligado a Mini afirmou que é cedo para relatar. Entretanto, no momento que o novo integrante do conselho de pesquisa e desenvolvimento, Klaus Fröhlich, foi para a América, este foi um dos temas da sua agenda.

Felipe Couto de Oliveira


Fim do Mini Roadster e Coupé


A marca britânica Mini confirmou o fim da produção de dois automóveis que fizeram sucesso: o Mini Coupé e o Mini Roadster. Os dois veículos da Mini foram produzidos quando a companhia focava na produção de carros de dois lugares. Agora, a Mini está com toda a sua atenção voltada para a produção de carros de três e cinco portas, os hatch. O Mini Coupé fazia parte do portfólio da marca desde 2011 e o Roadster desde 2012. 

Segundo um pronunciamento feito pela marca Mini na última quinta-feira, 12 de fevereiro, a empresa deixará de produzir os Mini de dois lugares e iniciará a produção de outras cinco carrocerias. As novidades da marca serão a fabricação do Countryman, Clubman, Hatch com três e cinco portas e Conversível. Outro modelo que será fabricado pela Mini será uma espécie de subcompacto misturando os conceitos do Rocketman e do Superleggera.

Apesar das novidades em termos de carroceria serem limitadas, o número de motores é bastante amplo, há uma boa quantidade de opções quando se trata de motores. Hoje, a Mini disponibiliza tanto na Europa como nos Estados Unidos sete opções de motores que vão desde o menor e mais simples (1.2 com três cilindros) até o motor maior e mais potente (2.0 de quatro cilindros).

Ainda de acordo com as informações divulgadas pela Mini, o novo lançamento será o Clubman, um Mini bem mais espaçoso que o tradicional. Este virá com algumas sensíveis diferenças, principalmente no que diz respeito ao design da parte traseira, onde temos saídas de ar nas lareiras remodeladas, duas tampas no porta- malas, lanternas horizontais e placa no para-choque. A novidade mais expressiva nesta versão é a utilização de materiais muito mais requintados, incluindo acabamento em couro e detalhes nas cores azul e prata nas portas e no painel.

O Clubman será apresentado durante o Salão de Genebra, que acontecerá no mês de março.

Por Melina Menezes.


MINI confirmou o fim da produção dos modelos Coupe e Roadster


Havia uma grande movimentação na imprensa internacional automotiva sobre os rumores de que a MINI, pertencente ao Grupo BMW, deixaria de produzir os modelos Coupe e Roadster. Contudo, a confirmação do fim da produção dos modelos citados surgiu, de acordo com o site “Autoguide”, durante a realização do Salão de Los Angeles.

Em declaração ao site supracitado, Patrick McKenna, chefe da MINI USA, confirmou que “o Coupe e o Roadster vão realmente sair de produção no próximo ano”.

A retirada da marca pode ter sido tomada, segundo a “Autoguide”, pelo fato dos modelos serem muito parecidos com outros carros existentes e oferecidos pela MINI, sendo que as versões topo de linha conversíveis já existentes se distinguiam do Coupe e do Roadster apenas pelo design exclusivo destes dois últimos. Além de compartilharem a mesma plataforma, os veículos contavam com o mesmo conjunto mecânico e interior, não animando tanto os consumidores, já que ambos tinham preços mais elevados.

Outro fator determinante para o encerramento da produção dos dois veículos é a estratégia da BMW que definiu que a MINI deve focar em carros que contam com maior volume de vendas. Como o modelo conversível com quatro lugares tem um maior número de vendas, mesmo que alguns clientes prefiram um veículo com apenas dois lugares, a MINI não pode atender todos os nichos, principalmente pelo fato da economia mundial não estar passando por um período positivo.  Portanto, ao invés de disponibilizar uma gama de produtos muito fragmentada e que atenda a nichos diferentes, algo desnecessário, a própria marca alemã assume essa responsabilidade.

Desta forma, a MINI irá concentrar a comercialização de 8 para apenas 5 ou 4 modelos, no máximo, mas que remete a marca britânica às origens, deixando de lado todos os tipos de variações de modelos que não tinham um alto volume de vendas. 

Por Caio Polo

Mini Coupe

Mini Roadster

Fotos: Divulgação


Mini Countryman e Paceman linha 2015 serão lançados na Europa


De acordo com as informações divulgadas a partir do final do mês de julho, a Mini estará disponibilizando para sua rede lojas da Europa a linha 2015 do cupê Paceman e também do crossover Countryman. Os novos modelos deverão primeiramente aparecer nos Estados Unidos e depois por aqui, durante a realização do Salão de Automóveis de São Paulo. O evento acontece entre os meses de outubro e novembro de 2014.

Os dois modelos ganharam algumas pequenas novidades em relação ao visual, ao acabamento interno além de equipamentos de série e um motor um pouco mais potente.

Tanto no MINI Countryman quanto no Paceman foi agregada a nova grade que conta com friso cromado na dianteira, e também há a presença de faróis de neblina em LEDs, faróis revisados, novas rodas de liga leve além de três opções de cores para a carroceria: Verde Jungle, Cinza Midnight e Azul Starlight.

No interior desses utilitários esportivos agora também tem as saídas de ar que contam com novo isolamento acústico e detalhes cromados, isso, com o objetivo de diminuir o ruído dentro do carro.

No caso do painel de instrumentos também foram feitas algumas modificações.

Indo direto para uma das partes mais importantes em relação a carros, temos agora o Countryman e o Paceman com seis cavalos de potência a mais no caso da versão Cooper S. A presença de um propulsor de 1.6 litro turbo com quatro cilindros permite que seja possível desenvolver 190 cv e 24,5 kgfm de torque. Em outras palavras isso é capaz de fazer com que os dois modelos possam ir de 0 a 100 km/h em 7,5, sendo que a velocidade máxima chega a 217 km/h. Já o JWC traz um motor 1.6 de 218 cv com tração ALL4 que por sinal está disponível para todos os modelos como item opcional. De qualquer maneira a transmissão sempre será de seis velocidades, tanto manual quanto eletrônico.

Por Denisson Soares

 

Mini Paceman e Countryman 2015

Foto: Divulgação


MINI revela o inédito Cooper com quatro portas


A MINI revelou nesta semana as primeiras imagens da inédita versão do clássico Cooper com carroceria quatro portas. O que até pouco tempo era uma versão inimaginável para marca britânica, por toda tradição que o compacto carrega, o MINI Cooper quatro portas estreará ao público europeu no segundo semestre, durante a realização do Salão de Paris, em setembro.

A novidade da MINI chega com um visual um pouco diferente do irmão com carroceria duas portas, no entanto, não é nenhuma alteração que distorce as características do veículo e que tiram a beleza de seu desenho. Além disso, o Cooper quatro portas traz vantagens em relação ao seu irmão “menor”: a dinâmica e a versatilidade do espaço interno ampliado.

De acordo com a MINI, o Cooper quatro portas possui 3,98 metros de comprimento, e 2,56 metros de distância entre-eixos. Portanto, em relação ao modelo duas portas, a novidade chega 16,1 centímetros mais comprido e com distância entre-eixos ampliada em 7,2 centímetros. O modelo ainda é 1,1 centímetros mais alto que seu irmão menor. 

Com isso, o Cooper quatro portas garante maior espaço interno para os passageiros e teve sua capacidade de carga ampliada para 278 litros, podendo chegar a até 941 litros quando os bancos estão rebatidos.  

Mecanicamente não houve alterações em relação à nova geração do veículo duas portas. Por isso, a versão quatro portas mantém os motores 1.5 Turbo de três cilindros com 136 cv, bem como o bloco 2.0 Turbo que entrega 192 cv.

Além disso, o MINI Cooper quatro portas ainda mantém para a Europa o propulsor tricilíndrico de 116 cv e o motor quatro cilindros 2.0 de 172 cv, ambos movido a diesel. Todos as configurações poderão ser equipadas com transmissão manual ou automática, ambas com seis velocidades.

Oferecido nas versões Cooper, Cooper S, Cooper D e Cooper SD, as vendas no mercado europeu serão iniciadas ainda neste ano.

Para o mercado brasileiro, a montadora que recentemente lançou a nova geração do modelo duas portas ainda não confirmou se a novidade chega por aqui.

Por Caio Polo

Foto: divulgação


Novo Mini Cooper está à venda no Brasil


A Mini começou a oferecer em suas concessionárias no Brasil a terceira geração da linha Cooper. Além do visual, que deixou o modelo mais moderno, o carro ainda conta com nova plataforma e uma nova gama de motores de três cilindros. Disponível nas versões Cooper, Cooper S, Cooper S Exclusive e Cooper S Top, o compacto chega com preços a partir de R$ 89.950.

Esteticamente, o compacto da Mini com carroceria duas portas traz novo conjunto óptico e lanternas traseiras, luzes diurnas de posição compostas por LEDs, novos para-choques dianteiros e traseiros, além de uma nova grade frontal com linhas inspiradas na primeira geração do Mini Cooper. Mesmo mantendo todas as características visuais do compacto, a terceira geração da linha Cooper dispõe de traços modernos e harmônicos.

Houve também alterações em suas dimensões, já que agora o modelo está 98 milímetros mais longo, 26 milímetros mais largo, 12 milímetros mais alto e com distância entre-eixos 28 milímetros mais longo. Com isso, a nova geração do Mini Cooper passa a medir 3,84 metros de comprimento, 1,73 metro de largura, 1,41 metro de altura e distância entre-eixos de 2,49 metros. Além disso, o novo Cooper agora oferece um porta-malas com 211 litros de capacidade de carga, 51 litros a mais que a geração anterior.

Na cabine, o que chama mais atenção é o novo desenho do console central e do painel de instrumentos, que deixa de apresentar o velocímetro integrado na parte central e passa a ficar posicionado à frente do condutor. No lugar do velocímetro na parte central está um sistema de entretenimento com tela touchscreen de 8,8 polegadas, que abrange diversas funções do carro.

Outra novidade fica por conta da adoção de um acabamento interno mais refinado, com matérias de melhor qualidade, com a utilização de couro e plásticos emborrachados. O console central mantém os botões inspirados em aviões, que dão um charme a mais ao veículo.

Contudo, as grandes novidades são a adoção do motor três cilindros 1.5 Turbo, capaz de entregar 138 cv e torque de 22,4 kgfm, e o bloco quatro cilindros 2.0 Turbo que rende 192 cv. Ambos os motores trabalham em conjunto com uma transmissão automática de seis velocidades.

Abaixo, encontram-se versões e preços do novo Mini Cooper:

– Cooper 1.5 Turbo – R$ 89.950;

– Cooper S Exclusive 2.0 Turbo – R$ 107.950;

– Cooper S 2.0 Turbo – R$ 113.950;

– Cooper S Top 2.0 Turbo – R$ 124.950.

Por Caio Polo

Novo Mini Cooper

Foto: Divulgação


Mini Clubman – Novo carro conceito será lançado no Salão de Genebra


Se você acha que a MINI, marca pertencente ao Grupo BMW, é muito tradicionalista na hora de desenvolver seus veículos, a segunda geração da station MINI Clubman, que será apresentada na forma de conceito no Salão de Genebra, tenta mudar esse pensamento.

A nova geração do MINI Clubman mantém algumas características visuais da marca, mas o conceito que será mostrado em Genebra revela que a marca britânica aposta numa mudança expressiva, quando comparado à versão vendida atualmente.

Redesenhado por completo, o Clubman Concept possui 4,22 metros de comprimento (26 centímetros mais longo), 1,84 metros de largura (17 centímetros mais largo) e 1,45 metros de altura, 26 centímetros mais alto que a versão atual. Tudo isso faz com que a perua ofereça um maior espaço interno, além de garantir o título de maior carro já produzido pela MINI, sendo maior, inclusive, que o SUV Countryman. “O novo Clubman terá mais tecnologia, espaço e mais conforto. Em suma: será mais carro e mais MINI”, revela Adrian van Hooydonk, Chefe de Design da BMW.

O design interior conta com formas e cores típicas Mini, mas com alguns diferenciais como detalhes em prata e faixas decorativas em madeira. Espera-se que o novo conceito Mini Clubman seja lançado ainda neste ano ou no início de 2015.

Completam as novidades as rodas de liga leve de 19 polegadas, a grade frontal cromada, o formato mais oval dos faróis, novas lanternas traseiras e a adoção das inéditas seis portas, sendo quatro convencionais, substituindo a da versão atual com abertura do tipo “suicida”, mais as duas verticais traseiras. Por fim, o Clubman passa a ser o primeiro veículo da MINI a trazer o "AirBreather" nas laterais, que funciona juntamente com a cortina de ar para garantir uma redução efetiva da resistência nas rodas traseiras, equipamento muito utilizado em outros carros BMW.

A versão de produção do MINI Clubman, que será praticamente igual ao conceito que será apresentado em Genebra, deve chegar aos principais mercados da marca ainda neste ano, ou no mais tardar no início de 2015.

Por Caio Polo

Mini Clubman

Foto: Divulgação


Mini New Fiesta chegará em Agosto no Brasil


 A Ford, grande montadora de renome nacional e internacional, já está produzindo o Mini New Fiesta que, por sua vez, será uma grande lançamento no mercado, de modo que os brasileiros apaixonados por carros já estão ansiosos para saber quando esse automóvel chegará no Brasil.

Os carros Mini-Fusion são tendência na atualidade e são bem modernos, de modo que, além da modernidade, beleza e design diferenciado, o carro também tem uma segurança, tecnologia de ponta, entre outras funções. 

Essa é a nova geração dos carros Sedan. O modelo agora exibe uma ampla grade trapezoidal, faróis e lanternas mais alongados e novos para-choque. Ele começa a ser vendido nas próximas semanas. Outro ponto bacana, em todo o caso, é que as fotos oficiais já foram lançadas nas mídias digitais.

O Sedan 2014 é à transmissão PowerShift, com seis velocidades, que utiliza a tecnologia de dupla embreagem. O modelo é equipado com o motor 1.6 flex de 130 cavalos de potência, quando abastecido com etanol, e conta com o sistema de aquecimento da linha de combustível para facilitar a partida nos dias frios.

O lançamento do New Fiesta Sedan 2014 no Brasil acontece simultaneamente com a chegada do modelo na América do Norte. Na verdade, para explicar os leitores de um modo mais completo, o fato é que esse carro tão esperado e inovador deve, por sua vez, chegar em terras brasileiras a partir da segunda metade do mês de agosto do ano em vigor. É o que afirma os representes da empresa aqui no Brasil.

Alguns ajustes ainda estão sendo feitos para que tudo possa correr bem.  Esse carro é, como afirmamos, um Mini-fusion, modelo em destaque em todo o mundo.

O carro tem algumas características marcantes como: Porta-malas de 465 litros, Freio a disco na dianteira com ABS e tambor no traseiro, Sistema Advance Trac com controle de estabilidade e tração assistente de partida em ladeira, Motor 1.6 16V TiVCT Flex, quatro cilindros com duplo comando de válvula variável, entre outras.

Por Juan Wihelm

Foto: divulgação


Mini Vision – Novo modelo será apresentado no Salão de Los Angeles


Mini Vision A Mini apresentará no Salão do Automóvel em Los Angeles o novo Cooper da marca, o Mini Vision.

A companhia já tinha anunciado o novo conceito no dia 25 de julho, mostrando as qualidades que viriam no novo Mini, entretanto não falou sobre o automóvel em si.

Ao que tudo indica a marca deixará passar o Salão de Munique e deixará para apresentar o seu novo carro em novembro, no Salão que ocorre nos Estados Unidos. Isto indica a forte ligação entre a Mini e a Califórnia, principalmente porque é nesse Estado americano onde a empresa vende a maior parte dos seus modelos.

Um fato reforça a ideia de que a empresa escolherá o Salão da Califórnia para apresentar o modelo, o site desse Salão informou que haverá muitas atrações nele e que a Mini mostrará ao mundo a ideia de novo modelo.

O compacto inédito da Mini incorpora muitos elementos de design que serão vistos nos próximos carros da companhia. O Cooper Vision busca aliar uma qualidade Premium aos carros compactos.

As técnicas usadas na produção do automóvel visavam diminuir o peso do carro, além de diminuir o consumo de combustível e melhorar a resistência aerodinâmica. Provavelmente, ele virá ao mercado com o intuito de ser o precursor da próxima linha de Cooper.

Por Melina Menezes


Mini Paceman 2014 – Características do novo mini cooper


Novo Mini PacemanO modelo da Mini, Paceman é um mini cooper um pouco maior que os concorrentes, porém apresenta um desempenho superior, sobretudo na mecânica e na versatilidade.

Chegando ao Brasil, o modelo apresenta uma boa performance por conta de suas características.

O Paceman vem com um motor 1.6 Turbo de 184 cv e 25 kgfm de torque, a gasolina. Com 1.330 quilos, o modelo possui uma câmbio automático sequencial de 6 velocidades. Ele possui uma forma agradável de guiar e é muito confortável, principalmente pela suspensão mais alta e as rodas que absorvem melhor as imperfeições das pistas.

O veículo é ágil no trânsito e aumenta a segurança de quem está guiando. Ele possui um bom desempenho e é econômico, podendo fazer até 13,3 km/l na cidade e 18,5 km/l no ciclo rodoviário.

Sua aceleração permite chegar aos 100 km/h partindo do 0 em 7,8 segundos, podendo alcançar uma velocidade máxima de 212 km/h, além do sistema overboost, que proporciona mais 2 kgfm de torque durante 6 segundos.

A frenagem também é boa. O Paceman apresenta quatro discos ventilados e pinças que permitem uma desaceleração estável, além do ABS. O diferencial fica por conta do controle eletrônico de estabilidade e tração, além direção elétrica, teto solar, GPS e faróis de xenônio.

Por Robson Quirino de Moraes


Novo Mini Paceman 2013 – Lançamento no Brasil


A fabricante britânica MINI, que é controlada pela BMW, anunciou que o seu novo Paceman vai chegar ao mercado brasileiro no mês de maio.

A novidade, cujo modelo brasileiro terá motor 1.6, será o primeiro carro da marca que terá seu nome “estampado” na parte traseira e também faróis delineados na horizontal. Além disso, o carro terá algumas versões disponibilizadas, como a com potência máxima de 184 CV, a com potência de 211 CV, o modelo top de linha Cooper S e uma versão com tração integral nas quatro rodas.

O MINI Paceman conta com alguns itens opcionais, como as rodas de aro 18, os sensores para auxiliar no estacionamento, seis airbags e controle eletrônico para que o carro se mantenha estável.

Além disso, o conjunto que compõe o veículo inclui sistema anti-furto controlado por ondas de rádio, faróis de xenônio, compatibilidade com Bluetooth, volante esportivo com controle do câmbio, entrada USB e aerofólio traseiro.

Os preços estimados do carro estão entre R$ 140 mil e R$ 150 mil, este valor para a versão Cooper S. Entretanto, conforme a MINI, a versão com tração integral deve chegar ao Brasil no segundo semestre de 2013, enquanto que a versão com 211 CV provavelmente chegará somente no ano que vem.

Por Guilherme Marcon


Mini Cooper S Coupé – Características do novo modelo


A MINI, marca de carro inglesa que pertence a marca alemã BMW, começou a desenvolver o modelo de carro Cooper nas versões conversível com dois ou quatro lugares, perua, estrada e esportivo com dois ou quatro lugares que, mesmo com plataformas diferentes, é facilmente possível reconhecer que são os carros da Mini.

O MINI Cooper S Coupé, que possui motor de 1.6 turbo é um modelo esportivo de com duas portas e é capaz de atingir 224 km/h em sua velocidade máxima.

Apesar de o carro ser apertado e possuir muito comando no console central, ele tem um bom desempenho, estabilidade e um ótimo porta-malas.

O câmbio é automático sequêncial, com 6 marchas e tração dianteira. Possui discos de freios nas 4 rodas e um tanque de combustível que suporta até 40 litros.

Para aqueles que gostam de velocidade o MINI Cooper S Coupé é um convite para “pisar fundo”.
Hoje, para ter um carro desses na garagem é preciso desembolsar R$ 139.950,00, mas para os amantes do carro será um investimento.

No site da MINI é possível ver todas as informações como design, equipamentos e dados técnicos.

Por Luana Lima


Novo Mini Paceman 2013 – Lançamento no Salão de Paris


Mais um grande destaque do mercado de veículos mundial será apresentado no badalado Salão de Paris, evento que começa no final do mês de setembro. A novidade será a introdução do Paceman, modelo da marca inglesa Mini.

A dona da Paceman é a BMW e nos descritivos do carro ela o apresenta como um SAV, denominação geralmente utilizada para os utilitários esportivos como o X1, o X2 e o X3.

Entretanto, o Paceman se trata de um crossover, reunindo elementos do hatch e apresentando algumas características dos utilitários. Isso pode ser comprovado no sistema de tração nas quatro rodas, apresentado para algumas versões.

De todas as opções, a única que não apresenta tração nas 4 rodas é a de entrada (Cooper Paceman), com apenas tração nas rodas da frente.

O veículo virá equipado com um motor 1.6 a gasolina, capaz de gerar até 122 cavalos de potência. O câmbio pode ser manual ou automático (com 6 marchas).

De acordo com as informações da empresa, na versão Cooper S Paceman, o motor 1.6 apresenta 184 cv e o veículo é capaz de ir de 0 a 100 km/h em apenas 7,5 segundos.

Por Marcelo Araújo


MINI e PUMA fazem parceria para lançar produtos esportivos com o logotipo da montadora inglesa


Mini

Parcerias no mundo dos automóveis é o que mais temos ouvido falar ultimamente. Pois bem, mas uma parceria foi anunciada, agora entre a Mini, a tradicional montadora inglesa, e a Puma, empresa alemã que produz materiais esportivos.

Segundo o diretor de coleções do Grupo BMW, Thomas Goerdt, o qual a Mini faz parte, a montadora encontrou na Puma uma grande oportunidade de levar adiante todo o trabalho visando projetos para o estilo de vida urbano e esportivo.

“Encontramos na Puma a parceira ideal para dividir nosso entusiasmo por um estilo de vida urbano e esportivo. Ambas as empresas têm um alcance mundial e um apelo especial junto a grupos jovens e de mente aberta”, comentou Thomas.

Em algumas das revendedoras da Mini, serão encontrados espaços direcionados para as vendas de produtos estilizados pela Puma.

Puma

As informações dão conta, que a primeira linha de artigos da parceria vai dar ênfase em mochilas, malas esportivas e carteiras, sendo que todas elas vão estar personalizadas com o logotipo da Mini.


BMW apresenta Novo Mini Clubvan


A BMW inovou mais uma vez no segmento de automóveis e apresentou um modelo de van desenvolvido a partir da plataforma do Mini Clubman. O novo modelo foi chamado de Mini Clubvan.

Segundo as informações apresentadas, o veículo possui somente 2 lugares e está sendo direcionado para um público-alvo de comerciantes.

O modelo já foi revelado e chega ao comércio europeu no próximo semestre, em 3 opções, com motores de 99 cv, 123 cv ou 113 cv (diesel).

O novo veículo possui 3,96 m de comprimento, 1,42 m de altura e 1,68 m de largura. Além disso, a capacidade de carga chega a 860 litros, por conta de o carro possuir apenas 2 lugares.

De acordo com as especificações técnicas, os modelos virão com alguns itens de série, tais como direção elétrica e o chamado sistema start/stop, que consiste em fazer com que o motor desligue automaticamente quando está parado, religando-o assim que o acelerador é acionado novamente.

As 3 versões possuirão, ainda, câmbio manual com 6 marchas, sendo que a versão a diesel possuirá também um modelo com transmissão automática.

Por Anne A. Matioli Dias


Novo Mini Cooper 2012 – Carro vai ter versão com quatro portas


Uma boa novidade vai ser apresentada para a nova geração do Mini Cooper. Trata-se de uma inédita opção de carroceria com quatro portas.

De acordo com detalhes da revista Autocar, o carro visa atender às exigências de grande parte dos consumidores da marca, que já disseram que desejariam um modelo com maior espaço para transportar crianças, por exemplo.

Mesmo que muitos apontaram que a nova geração faria uso de uma controversa solução de portas suicidas que já foi adotada no modelo Clubman, o hatchback vai ter portas traseiras com a sua abertura convencional.

Segundo os engenheiros da BMW, para poder colocar quatro portas em um veículo contando com menos de quatro metros de comprimento, foi preciso que a distância entre-eixos fosse alongada, além de reduzir o tamanho das portas da frente.

De acordo com a Autocar, o acesso para os adultos ficará um tanto quanto complicado, mesmo porque o objetivo é facilitar o embarque de crianças no carro.

Esta nova geração vai ser lançada no mesmo período que o hatchback de duas portas. O Mini Cooper de entrada utilizará uma nova linha de motores da BMW com três cilindros, que devem ter um menor consumo e serem menos poluentes.


Mini John Cooper Works GP – Fotos do compacto esportivo


A Mini acaba de lançar mais uma versão esportiva para seus automóveis. Trata-se do John Cooper Works GP, sendo que ele apareceu pela primeira vez de modo oficial no Mini United Festival, um evento direcionado para fãs da marca e foi realizado na França no último final de semana.

Ainda não temos detalhes sobre a motorização do modelo, mas o novo JCW GP vai ser mais rápido que o modelo anterior.

Em um teste feito no circuito de Nürburgring Nordschleife, em uma volta completa, ele obteve o desempenho de 8 minutos e 23 segundos, o que é uma diferença de cerca de 19 segundos a favor para a nova versão.

Isso se deve a preparação do esportivo. O banco traseiro da nova versão foi removido para aliviar o peso, novos freios foram colocados no Mini JCW GP, além de sua suspensão receber uma calibragem de competição e um kit cheio de apêndices aerodinâmicos.

Ao que tudo indica serão produzidas somente duas mil unidades do veículo em todo o mundo. O preço vai ser mais elevado se comparado com o John Cooper Works, que sai pelo custo de R$ 140 mil no Brasil.

Confira algumas fotos –


Recall do MINI Cooper e do MINI Countryman Cooper no Brasil


A MINI, fabricante inglesa de automóveis, está divulgando uma campanha de recall para alguns de seus modelos vendidos no Brasil. Os proprietários dos veículos Cooper S, Cooper S Clubman, Cooper S John Cooper Works, Cooper S Cabrio, Countryman Cooper S e Countryman Cooper S ALL 4, fabricados de março de 2006 a janeiro de 2011, devem ficar atentos ao chamado.

O motivo da convocação se deve a um problema na placa de circuitos da bomba de água suplementar do turbocompressor destes modelos. Tal falha pode causar o derretimento dos conectores, levando ao princípio de incêndio no compartimento do motor, em casos mais graves.

De acordo com a subsidiária brasileira, 2.470 unidades devem passar pela inspeção. Elas têm a seguinte numeração de chassi:

  • Cooper S: de T063357 a T063358, de TU91691 a TU94992 e de TZ31405 a TZ99285;
  • Cooper S John Cooper Works: de TX01277 a TX42383;
  • Cooper S Clubman: de TN71884 a TN73242;
  • Cooper S Cabrio: de TG07711 a TG07713 e de TY06501 a TY66880;
  • Countryman Cooper S: de WH96525 a WH98999;
  • Countryman Cooper S ALL 4: de WK61700 a WK94121.

Para a troca gratuita do componente, o proprietário deve agendar o serviço (que dura cerca de uma hora) em qualquer concessionária da marca. A substituição da peça na rede autorizada terá início no dia 6 de fevereiro.

Mais informações no site www.minibrasil.com ou através do telefone 0800-707-0578.

Por André Gonçalves


Mini Baker Street e Mini Bayswater – Modelos Especiais para as Olimpíadas 2012


Em homenagem aos Jogos Olímpicos de Londres 2012, a montadora britânica Mini lançou na última quinta-feira, dia 19 de janeiro, duas edições dos modelos Cooper e One, com apoio da patrocinadora oficial do evento, a BMW.

Os modelos ganharam nomes especiais para a capital londrina. Um deles é o Mini Baker Street (a rua onde morava o fictício Sherlock Holmes). Essa versão está disponível para o Mini One, o Mini One D, o Mini Cooper e o Mini Cooper D.

A edição Baker Street possui no capô listras pretas formando um V. Além disso, o veículo vem equipado com rodas de liga leve (de 16 polegadas), acentos de couro e tecido e tampas pretas brilhantes no espelho.

O outro modelo apresentado foi o Bayswater, fazendo referência a um bairro cuja área é a mais cosmopolita de Londres. Lá se encontram hotéis e comunidades estrangeiras. Essa versão é disponibilizada nos modelos Cooper, Cooper SD e Cooper S.

O Bayswater tem abordagem mais esportiva, com diferentes formas e distribuição de cores. O veículo possui ainda rodas de liga leve (de 17 polegadas) com bordas polidas e em preto brilhante e também um acabamento diferenciado no protetor de retrovisores.

A montadora ainda não divulgou se as edições especiais serão comercializadas mundialmente ou se apenas no mercado britânico.

Por Manoel da Costa Jr


MINI Cooper Roadster 2012 – Lançamento no Brasil


O MINI Cooper Roadster, apresentado como conceito em 2009, teve a sua versão definitiva lançada, com previsão de estreia em meados de 2012 na Europa.

Baseado no MINI Coupé, o conversível, de 2 lugares, tem uma capota retrátil que gasta cerca de 20 segundos para ser aberta ou fechada, de acordo com a fabricante, podendo ser acionada, inclusive, com o carro em movimento, desde que em velocidades de até 30 km/h.

De série ele traz retrovisores com ajuste elétrico, sistema de áudio com CD e MP3, bancos com ajuste de altura, ar condicionado e aerofólio traseiro automático, que se ergue quando o modelo ultrapassa os 50 km/h. Alguns dos opcionais são: o sistema de informação MINI Connected, o Park Distance Control e os faróis de xenon.

Estarão disponíveis quatro versões do modelo. O Roadster Cooper conta com um motor a gasolina, de 1.6 litro, capaz de gerar 122 cv de potência e 15,7 kgfm de torque, permitindo uma velocidade máxima de 199 km/h; enquanto o Roadster Cooper S é impulsionado pelo bloco 1.6 turbo, com rendimento de 181 cv, torque de 24,4 kgfm e velocidade máxima de 226 km/h.

Há ainda o Roadster John Cooper Works, que traz o motor 1.6 a gasolina, turbinado e com entrega de 208 cv e 24,5 kgfm de torque, capaz de acelerar até 236 km/h; e o Roadster Cooper SD, com o propulsor turbodiesel de 2.0 litros, que desenvolve 143 cv de potência.

O Roadster deve desembarcar no Brasil no primeiro semestre de 2012.

Fonte: Auto Express

Por André Gonçalves


Mini Coupé 2012 – Fotos e Novidades


A MINI resolveu liberar as informações que faltavam sobre o interior e o visual do MINI Coupé, nova versão esportiva do compacto de origem inglesa, que estreará no Salão de Frankfurt, na Alemanha, em setembro, e que deve chegar ainda em 2011 ao Brasil.

Nas primeiras fotos, o modelo aparecia com partes da carroceria cobertas. Com a divulgação das novas imagens, disponíveis no site Automobile Magazine, podemos ver o desenho diferenciado da coluna C, formando um arco, que vai até a parte traseira, e também o teto curto com vigia e defletor de ar integrado.

Internamente, o pacote de acessórios vai contar com itens presentes em outras versões da marca, com destaque para o sistema multimídia MINI Connected, que conta com DVD, som, tela de 6,5 polegadas e Bluetooth; sistema de navegação; direção hidráulica; 6 airbags; ar condicionado; acabamento esportivo, além dos tradicionais elementos com formas arredondadas. O modelo também vai contar com freios ABS, controle de estabilidade e faróis de xenônio.

O MINI Coupé estará disponível em quatro versões, todas equipadas com o motor 1.6. A top de linha, equipada com propulsor turbinado, vai entregar 208 cv de potência e poderá alcançar até 240 km/h de velocidade máxima.

Por André Gonçalves


MINI Coupé – Lançamento e Preços no Brasil


O MINI Coupé, novo modelo de dois lugares da marca inglesa, que fará sua estreia oficial no mês de setembro, no Salão de Frankfurt, na Alemanha, vai chegar ao Brasil mais cedo do que se pensava, conforme havíamos comentado há alguns dias. Segundo o presidente da marca no país, Martin Fritsches, duas das quatro versões do MINI Coupé estarão à venda por aqui a partir de outubro, sendo que a pré-venda já começa em agosto.

Uma delas é a versão de entrada, Cooper Coupé, que terá sob o capô o motor 1.6 aspirado, de 123 cv de potência e 16,3 kgfm de torque, suficientes para levar o pequeno carro a uma velocidade máxima de 204 km/h. O preço sugerido para o modelo deverá estar em torno de R$ 125.000.

A outra versão que chegará ao Brasil em outubro é a Cooper S Coupé, equipada com o bloco 1.6 turbo, cuja potência chega a 186 cv e o torque é de 26,5 kgfm. Para esta configuração, o veículo atinge a velocidade máxima de 230 km/h e a aceleração de 0 a 100 km/h é feita em 6,9 segundos. Já o preço, um pouco mais salgado, deve se aproximar dos R$ 150.000.

Fonte: Carro Online

Por André Gonçalves


Novo Mini Coupé – Fotos e Informações


Foram revelados novos detalhes sobre o MINI Coupé, versão de dois lugares do tradicional carrinho inglês, que deve chegar às revendedoras da marca, na Europa, a partir do mês de outubro, logo após a estreia oficial no Salão de Frankfurt. No Brasil, a expectativa de chegada é para 2012.

O novo modelo será vendido em quatro opções de configuração, baseadas nas já conhecidas versões Cooper, Cooper S, Cooper SD e John Cooper Works.

A versão Cooper terá um motor 1.6, de 121 cv de potência. Já a versão Cooper S possuirá um motor 1.6 turbo com injeção direta, de 181 cv. A versão Cooper SD, por sua vez, será equipada com um motor 2.0 turbo, de 141 cv. Por fim, a versão John Cooper Works virá equipada com um motor 1.6 turbo, com alterações, para gerar 211 cv de potência. Todas as versões virão com a transmissão manual de seis velocidades, ficando o câmbio automático (também de seis marchas) como opcional.

Os modelos vão contar ainda com direção elétrica e controle de estabilidade dinâmico, além de um spoiler traseiro retrátil, que se abre automaticamente quando o carro chega aos 80 km/h, otimizando a passagem de ar.

Nas fotos divulgadas pela fabricante, disponíveis no site Inside Line, partes da carroceria do MINI Coupé aparecem camufladas. Também não foi mostrado o interior do carro. Estas informações ficaram para o lançamento oficial.

Por André Gonçalves


Mini Clubman Hampton – Vendas no Brasil e Preço


A Mini anunciou além da versão de entrada One, a chegada para o mercado brasileiro de 100 unidades da série limitada Hampton, do Clubman S que será lançada durante a Casa Cor 2011 em São Paulo. A perua, que comemora os 50 anos da Mini se diferencia do modelo convencional pelos equipamentos exclusivos, deixando o visual mais requintado.

A versão Clubman Hampton pode ser reconhecida pelos faróis com máscara negra e pelas rodas de 17 polegadas em preto que equipam o veículo, além disso, detalhes que identificam a versão, como os emblemas espalhados pelo veículo.

As cores disponíveis para este modelo são: Preto Noite, Cinza Eclipse, Azul Reef e Branco Pepper. Internamente o veículo apresenta painel de instrumentos pretos e bancos com revestimento em couro com costuras vermelhas.

O veículo será equipado com motor 1.6 turbo com 184 cv de potência. O preço oficial do veículo será a partir de R$ 129.950,00.

Por Henrique Pereira


Seminovos de MINI Cooper em promoção na Euro Import Mini, de Curitiba


Com um design atraente, conceitual e bem característico, os veículos das diferentes famílias da MINI Cooper conquistam cada vez mais o mercado atraindo diferentes tipos de público. A chegada no começo deste ano de novos e repaginados modelos à concessionária Euro Import MINI, de Curitiba, aumentou não só a opção dos veículos 0km, mas também a oferta de seminovos- até então mais raros no mercado- que são recebidos na venda de modelos como o recém lançado Countryman, mais espaçoso e principal novidade da MINI para 2011.

Segundo o supervisor de seminovos da MINI, Fabrício Gomes, este giro gerado pela busca do Countryman e das demais novidades da marca pode ser a grande oportunidade para quem sonha em ter um MINI na garagem. Os motivos são vários. Não só pelo valor mais acessível do que o investido em um novo, mas pelo custo-benefício.

“Quem escolhe um seminovo MINI ao invés de optar pela compra de um outro modelo de veículo novo mais popular, investe na qualidade dos veículos em geral, pois pelo perfil dos usuários, a maioria possui baixa quilometragem, alguns ainda na garantia de fábrica. Há ainda a garantia de mais 90 dias de motor e caixa por parte do departamento de seminovos”, explica ele, que ainda acrescenta que os veículos que não atingem um padrão elevado de qualidade não são recebidos no departamento de seminovos da Euro Import MINI.

Para o supervisor, adquirir um veículo como segundo ou terceiro dono traz ainda a possibilidade de não precisar agilizar as documentações do ano atual, como seguros e taxas, já que em muitos casos elas já estão completamente quitadas.

O setor de seminovos da concessionária MINI Cooper trabalha também com outros seminovos multimarcas de elevado padrão, com preços interessantes e alta qualidade e conservação.

Serviço:

MINI Cooper Curitiba
Av. Presidente Arthur Bernardes, 575, Vila Isabel | Curitiba, PR
Tel.: (41) 3014-9800
www.euroimportmini.com.br


Novo Mini One – Venda e Preço no Brasil


Conforme havíamos informado em matérias anteriores, a MINI está trazendo para o Brasil o MINI One, uma versão mais em conta do famoso Cooper.

Apesar do veículo chegar ao país apenas no mês de junho, algumas concessionárias já estão fazendo reservas do carro.

Segundo comentários em alguns sites especializados, as revendedoras estão informando um preço de R$ 69.900 para a encomenda, o que significa uma diferença superior a R$ 10.000, em relação à atual versão de entrada, Cooper Salt, vendida por R$ 80.750.

Com todo este desconto, já era de se esperar que alguns acessórios da nova versão básica seriam modificados ou até retirados. Em relação ao Salt, o One perdeu o rádio Bluetooth com entrada USB e o ar condicionado agora é analógico (ao contrário do digital que equipa o Salt). Outras alterações estão no acabamento interior, nas rodas (que serão aro 15), além da anunciada diminuição da potência do motor 1.6 (de 120 cv para 98 cv).  

Especula-se também que o One será comercializado em apenas uma cor. Em compensação, permanecem os freios ABS, controle de estabilidade e 6 airbags. 

Por André Gonçalves


Mini GoodWood Inspired by Rolls-Royce – Lançamento


A inglesa Mini está lançando o seu novo compacto, que une características do Cooper e do Rolls-Royce. O novo modelo é o Mini Inspired by Goodwood, que apresenta carroceria do Mini Cooper no tom Diamond Black do Rolls-Royce.

O utilitário foi desenvolvido em conjunto com a equipe da Rolls-Royce – ambos são subsidiários da BMW AG. O pequeno deve chegar ao mercado inglês ainda este ano, em apenas 1000 unidades.

O Mini promete ser um compacto de luxo, com bancos em couro, além de outros detalhes em couro e madeira no painel, cashmere para revestir o veículo na parte interna e tapetes de lã de cordeiro.

A potência chega a 184 cavalos, com motor turbo 1.6. Possui rodas de liga leve, aro de 17 polegadas. Apresenta ainda faróis adaptativos, computador de bordo, sistema de áudio Mini Visual Boost, sensor de estacionamento e ar-condicionado automático.

Por Livia Hay

       


Mini oferece pacote de serviços gratuitos


Quem comprar um dos carros da MINI, comercializados no Brasil, durante o mês de maio, vai levar gratuitamente os serviços oferecidos pelo pacote “MINI Service Inclusive”, disponibilizado pela montadora em comemoração aos dois anos de atividades no país. O pacote conta com inspeções em geral no veículo, troca de óleo, filtro de combustível, filtro de ar, fluído de freio, troca das velas de ignição e microfiltro do ar condicionado. Todos incluem peças e mão de obra.

O pacote gratuito vale para os modelos 2010/2011, comprados em qualquer revenda oficial da MINI no território brasileiro. A linha vendida atualmente por aqui conta com os modelos Cooper Salt, Pepper, Chili, S; Cooper Cabrio e Cooper S Cabrio; Cooper S Clubman; Cooper Countryman Pepper, Countryman Chili, S Countryman e S Countryman All4; e Cooper S John Cooper Works.

O modelo de entrada, Cooper Salt, custa a partir de R$ 80.750, e vem com motor de 120 cv de potência e 203 km/h de velocidade máxima. Já o mais caro é o crossover Cooper S Countryman All4, equipado com propulsor que gera 184 cv de potência e velocidade máxima de 205 km/h, cujo preço sugerido é de R$ 145.750.

Outras informações no site www.minibrasil.com.


Lançamentos da MINI para 2011


A MINI está completando dois anos de atividades no Brasil, iniciadas no ano de 2009, quando abriu a sua primeira revendedora na cidade de São Paulo. Em 2010, a marca controlada pela BMW, praticamente dobrou as suas vendas, emplacando 1.635 unidades, de acordo com a Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave).

Atualmente são 13 concessionárias da MINI no Brasil, cuja meta de vendas é superar as 2.000 unidades em 2011. Para isso, a montadora promete uma série de novidades para o mercado nacional, como a chegada do MINI One, que vai custar cerca de R$ 70.000 e vem equipado com o propulsor 16V 1.6, com desenvolvimento de 98 cv de potência.

Em entrevista, o presidente da MINI Brasil, Martin Fritsches, afirmou que outro modelo que também estreará por aqui é o MINI Cooper John Cooper Works Cabriolet, com previsão de chegada para maio ou junho. O pequeno conversível terá o motor 1.6 turbo, capaz de gerar 211 cv de potência e 235 km/h de velocidade máxima, acoplado ao câmbio manual de seis marchas. 

Outra novidade será o lançamento do pacote de manutenção estendida, com serviços de manutenção preventiva, pelo prazo de três anos ou 50 mil quilômetros rodados.

Por André Gonçalves


Mini Mat Edition – Série especial – Vendas e Preço


A Mini lançou uma série especial de 250 unidades para os modelos Cooper D, Cooper e Cooper S John Cooper Works, que estão à venda exclusivamente na França, cheia de novidades.

Denominada Mini Mat Edition, a versão traz uma carroceria na cor preto fosco, rodas de alumínio com desenho exclusivo, retrovisores e antena com capa quadriculada, além de conter a numeração da unidade, para diferenciar cada uma delas, que aparece em várias partes do veículo, dentre as quais no para-lamas dianteiro, no painel de instrumentos e na chave.

Os motores oferecidos são os tradicionais 1.6 litros, de 118 cv; 1.6 turbo, que atinge 208 cv; e o 1.6 movido a diesel, que gera 110 cv de potência.

Os interessados em adquirir o pacote Mini Mat Edition devem acrescentar 2.800 euros (R$ 6.443) ao preço que será pago em um dos modelos disponíveis. O preço básico é de 22.500 euros (R$ 51.774).

Por André Gonçalves


Mini Paceman Concept – Lançamento no North American International Auto Show 2011


Os fãs da fabricante Mini continuam agitados. Depois da notícia da produção de um novo subcompacto, agora a BMW, detentora da marca, anunciou que vai apresentar no “North American International Auto Show”, que vai acontecer em janeiro, na cidade de Detroit, o novo Paceman Concept, que mais parece uma versão cupê do Countryman.

Com duas portas e espaço para quatro pessoas, maior comprimento e mais baixo em relação ao Countryman, o cupê terá o motor turbo de 1.6 litros, com capacidade para atingir 211 cv de potência e um torque de 26,5 Kgfm. Ele também terá tração nas quatro rodas.

Chamam a atenção no mais novo integrante da família Mini as rodas aro 19, as grades dianteiras renovadas em relação aos seus “parentes” e o teto, que parece um pouco inclinado para frente (o deixando parecido ao Range Rover Evoque). A BMW ainda não confirmou a data de início da produção do modelo.

Por André Gonçalves


Automóveis Mini – Lançamento de um novo subcompacto


Quem não se lembra do pequenino carro usado por um famoso comediante inglês que fez muito sucesso no Brasil no início dos anos 1990? Pois é, o carro que o Mr. Bean usava no seu programa, da fabricante inglesa Mini, que virou uma subsidiária da BMW, evoluiu nos quesitos visual, segurança, tecnologia e tamanho.

Mas, de acordo com uma entrevista dada ao Financial Times Deutschland por um diretor da empresa, a montadora quer lançar um veículo ainda menor, voltando às suas origens, para concorrer com o Toyota iQ e o Fortwo, da Smart (que pertence à Mercedes-Benz).

O Cooper, modelo básico da Mini, que tem 3,05m de comprimento, vai servir de molde para o novo subcompacto. Ele vai perder dois lugares, ficando no tamanho exato que a montadora quer. O novo Mini “mini” (o nome ainda não foi definido) já deve aparecer em algum dos diversos “Salões do Automóvel” a serem realizados em 2011.

Por André Gonçalves


Novo Mini Countryman 2011 – Fotos e Preço


Um carro esportivo e pronto para você que gosta de se aventurar em trilhas deixando o trânsito da cidade grande de lado. Esse é o novo modelo Mini, o Countryman que foi apresentado em terras brasileiras nesta última semana de novembro.

O veículo se apresenta na versão com quatro portas, alias fato inédito em modelos Mini.  Os brasileiros poderão encontra-lo no mercado com as versões Cooper e Cooper S . Este último tem o sistema de tração nas quatro rodas, o All4.

O motor é o mesmo para ambos, o 1.6 de 16V turbo, porém existe uma diferença. Para o Cooper a potência é de 122cv, já para o modelo Cooper S a potência fica em 184cv.

A capacidade do Countryman é de cinco pessoas. Os interessados já podem fazer reservas em concessionárias Mini. O modelo Cooper Pepper tem custo de R$107.700 e o Chilli sai por R$114.700. A versão do Cooper S 4×4, sai por R$144.700.

Por Oscar Ariel


Mini Ganha Novo Sistema de Som Inteligente


Muita gente diz que os animais de estimação acabam ficando parecidos com o dono. O mesmo pode-se de dizer dos automóveis. A diferença é que carros podem ser adaptados, reformados e tunados até fiquem do jeito que seu proprietário quer.

Mas talvez nem seja preciso ir tão longe. Para muita gente ter um carro que toque músicas conforme o estilo e o humor do motorista talvez já seja o bastante. E deve ter sido nisso que a Mini pensou ao criar seu novo sistema de som. Ou não. De qualquer forma, é isso o que o sistema faz. Ele toca músicas conforme o estilo de dirigir.

Se o motorista acelera muito e dirige agressivamente é bem provável que o rádio toque rock. Se for uma mulher que dirige tranquilamente, sem sobressaltos e sem acelerar muito, é possível que a música tocada seja algo como uma música romântica, por exemplo.

A Mini só não informou quais modelos contarão com o novo sistema, que também terá a capacidade de se integrar com o Facebook e o Twitter.

Por Maximiliano da Rosa


Lançamento da nova linha MINI 2011 da BMW


Está marcada para setembro deste ano no mercado europeu a chegada dos novos modelos da belíssima linha MINI, da BMW, onde estão inclusos o Cooper, o Clubman, o Cabrio e o One, este último, o mais simples dos modelos da linha, recebendo como inovação externa apenas o friso cromado no nível do radiador.

Já os demais modelos citados, apresentam entre outras coisas, novos desenhos em seus pára-choques, iluminação LED’s nos faróis traseiros e inovações nas luzes de ré e de neblina. Na parte interna, os bancos, tapetes e consoles estão disponíveis em novas cores e ainda há a opção de um equipamento que permite a conexão com o Facebook e o Twitter. Não há previsão do lançamento da linha no Brasil, mas estima-se que deverá ser somente em 2011.

Por Elizabeth Preático

 

Fontes: Portal G1, Circuito MT, Auto Sport


Mini Cooper Countryman Crossover 2011


É o primeiro modelo da Cooper com 4 portas, e não poderia ser melhor, afinal o Countryman é um mini com espírito de off Road, afinal é bem mais alto que os outros da família Mini Cooper.

Além de mais alto, o que chama a atenção é o grande adesivo ALL4 nas portas, que mostra e destaca a tração integral desta versão. O contorno na lataria perto das rodas em preto aumenta a impressão da distância das rodas até o chão.

O Countryman vem com motor 1.6, que pode ter a opção de turbinado ou aspirado, e promete ser uma revolução, afinal é o primeiro com 4 portas e estilo aventureiro, já mostrando que a BMW tem uma nova visão do mercado para o Mini Cooper.

Por José Alberi Fortes Junior


Mini Countryman chega ao Brasil em 2011


A marca Mini, que no Brasil pertence à BMW, divulgou durante a Mini Challenge, que trará para o Brasil o 4X4 Mini Countryman, em 2011. O carro será lançado na Europa em setembro, com preço em torno de 17 mil libras, o que equivale a R$ 49.243. A diferença é que o preço europeu são inclui os impostos nem a alíquota de importação. Ou seja, não há ainda um preço estipulado para quando entrar no país.

Possui rodas de liga leve, entre 16 e 19 polegadas, dependendo da versão. Como as outras versões, possui um velocímetro gigante no centro do painel e seu porta-malas tem capacidade para 350 litros. Tem cinco opções de motores: três a gasolina e dois a diesel, entre 90 e 184 cavalos de potência, fora os opcionais: banco traseiro de três lugares, faróis com regulagem de altura, teto panorâmico, sistema de navegação e áudio.

Fonte: G1 Carros

Por Fabrício Fuzimoto


Teste comparativo – Mini Cooper S vs Mini Cooper S Cabrio


Mais um teste do portal Vrum, desta vez comparando duas versões do mesmo carro, a versão de capota aberta e a conversível do Mini Cooper S, versão mais esportiva.

Por ser pequeno e leve, não há necessidade de um motor muito forte. O 1.6 de 120cv de potência já é capaz de levar a versão de capota fechada a 220km/h (217km/h na conversível) e fazer de 0-100km/h em 7,3s (7,7s na conversível). Bastante potência ao custo do consumo, de 7,7km/l (7,5km/l no conversível) em circuito misto.

Confira o teste