Novo Honda Accord 2018 no Brasil


Modelo deve chega ao país no 2º semestre de 2018.

A Honda anunciou uma importante notícia para o Brasil. Conforme a marca no Brasil, a décima geração do modelo Accord chegará ao país no segundo semestre do ano de 2018. Importado dos Estados Unidos, como já vem sendo feito atualmente, a montadora divulgou no início do mês de outubro, dia 2, alguns detalhes técnicos do sedã médio-grande, que chega ao mercado totalmente novo, desde a mecânica e a plataforma até a arquitetura eletrônica.

Aberta em 1982, a unidade localizada em Marysville, em Ohio, é a grande responsável por toda a produção do carro. Um dos grandes destaques do modelo é que, pela primeira vez, o Accord será disponibilizado somente na opção com motores turbo a gasolina, bem como com câmbio automático com dez marchas, tornando-se algo inédito nos sedãs com tração dianteira.

Tido como um dos carros de passeio mais vendidos em toda a história do mercado norte-americano, o veículo já teve mais de 13 milhões de unidades emplacadas em todos os 42 anos de história. Porém, o que se espera dessa nova geração é um carro ainda mais completo em relação àqueles apresentados até agora.

Em relação às medidas do Accord

Começando pelas medidas do Accord, a décima geração do modelo está ainda mais encorpada do que a atual. Com uma carroceria que é cerca de um centímetro mais curta no seu comprimento, medindo 4,8 metros, a altura também foi rebaixada em 1,5 centímetros, o que resultou em um total de 1,45 metro.

Já em relação à largura, essa cresceu um centímetro, totalizando 1,86 metro. Apesar de serem mudanças simbólicas, a maior mudança na forma é sentida no entre-eixos, que aumentou em 5,5 centímetros, chegando assim a 2,82 metros. Ainda, as bitolas também estão com dimensões maiores e mais largas, trazendo 2 centímetros a mais na traseira e 0,5 centímetros a mais na dianteira.

O volante foi rebaixado pela Honda em 2,54 centímetros na sua posição, realçando ainda mais a esportividade do sedã. Com isso, até mesmo os bancos traseiros foram reposicionados para baixo em 2 centímetros.

Essas mudanças importantes acabaram contribuindo na formação de um visual com aspecto muito mais musculoso e ainda mais esportivo. Lembrando muito o modelo Honda Civic em sua décima geração, principalmente em sua dianteira. O novo Accord possui uma grade grossa que acaba unindo os faróis e a traseira, que traz um caimento no teto e que prolonga até a tampa.

As alterações, no geral, melhoraram em aproximadamente 3% toda a aerodinâmica do sedã, fazendo com que, graças à nova plataforma, o peso total tivesse uma redução razoável, podendo a diferença ser de 50 a 80 quilos, dependendo da versão escolhida.

Um pouco sobre a mecânica do Novo Accord

Pela primeira vez o Accord utilizará motores turbinados. Com uma gama promissora, o modelo traz o motor 1.5 de 16 V turbo, com potência de 194 cavalos e torque de 26,5 kgfm, já utilizado pelo Civic. Nas versões de topo, a instalação feita foi do motor 2.0 turbo do Civic Type R, com potência de 255 cavalos e um poderoso torque de 37,7 kgfm. Esse utiliza um câmbio automático de dez marchas, enquanto em contrapartida, no motor 1.5 há a possibilidade de acoplar uma caixa manual de seis marchas ou uma transmissão do tipo CVT.

Tecnologias inéditas e muito mais

O novo Accord terá algumas tecnologias inéditas e que acompanham a evolução de seus concorrentes diretos. Em relação a essas, pode-se citar o Head-Up, um display que apresenta gráficos modernos, bem como os recursos de segurança semi-autônomos e ativos (frenagem automática, controle de cruzeiro, reconhecimento de placas de sinalização, entre outros) e o carregamento sem a necessidade de fio para os smartphones (utiliza a indução magnética).

Outra novidade é um quadro de instrumentos que foi projetado em tela LCD e com uma resolução alta, permitindo assim as configurações em layout. Ainda, a ausência de alavanca de câmbio pode ser sentida como uma das mudanças mais radicais do carro, sendo as marchas engatadas por teclas, propondo assim um câmbio automatizado.

Por fim, quanto à conectividade, o veículo traz uma tela multimídia de 8 polegadas no alto do painel, sensível ao toque e que promete as operações com simplicidade. As plataformas são o Google Android Auto e o Apple Carplay. Há ainda conexão por Bluetooth, oito auto-falantes (partindo da versão Sport) e duas portas USB.

Para os EUA, a notícia é de que o Accord será vendido em seis configurações a gasolina. São elas: Touring, Navi, EXL, EX, Sport e, por fim, LX.

Kellen Kunz


Recall do Honda Accord – Problema no Sensor da Bateria


Cerca de 555 unidades do modelo foram atingidas pelo problema. Proprietários devem entrar em contato para realizar o conserto.

Na última quarta-feira, dia 5 de julho de 2017, a Honda fez a convocação de um recall de 555 unidades do carro Accord. Segundo comunicado divulgado pela empresa, os veículos passarão por uma substituição de seu sensor de bateria. O sensor de bateria desses carros é o responsável por medições de tensão, corrente, temperatura e também resistência da bateria.

A Honda afirmou que uma falha pode fazer com que haja infiltração de líquido condutor dentro do sensor, correndo risco de curto-circuito e, pensando em casos extremos, de um incêndio do carro.

Os usuários poderão agendar a substituição do sensor de bateria por meio do telefone 0800-701-3432. O atendimento terá início no dia 30 de agosto de 2017.

No caso mencionado, estão envolvidas as unidades cuja produção foi feita entre os anos 2013 e 2016, que tenham os seguintes chassis: DA530001 a GA530010.

É fundamental que os donos desses veículos façam a troca junto à Honda o quanto antes, evitando assim possíveis problemas e acidentes, tendo a garantia de troca da empresa a partir do período mencionado.

Sobre a Honda Brasil

No ano de 1997, a HAB (Honda Automóveis do Brasil) fez a inauguração de sua fábrica, no município de Sumaré, uma cidade que fica no interior de São Paulo. Tal passo tão relevante aconteceu somente cinco anos depois do começo das importações para o Brasil, uma experiência que funcionou tão bem que a empresa optou que era o momento de expandir sua presença no Brasil.

Tendo uma produção de somente 20 unidades por dia do modelo Honda Civic e com 400 colaboradores, a empresa começou sua trajetória de sucesso no país. Hoje em dia, a capacidade da planta é de produzir 620 carros por dia, que se dividem entre os modelos Fit, Civic, City e HR-V. No total, a fábrica tem hoje cerca de 3,5 mil funcionários e, além de fazer o atendimento do mercado nacional, faz exportação para os outros países da América do Sul.

A aceitação dos consumidores foi tão grande que empresa começou, no final de 2013, a construir sua segunda fábrica de automóveis, na cidade de Itirapina, também no interior do estado de São Paulo.

Iris Gonçalves


Honda faz recall de veículos com problema no airbag


São mais de 325 mil automóveis da marca envolvidos no recall. Os modelos terão de trocar o airbag frontal que fica no lado do passageiro.

Na última semana, a Honda anunciou a necessidade de recall para alguns modelos da empresa no Brasil. São 325.130 veículos no total e os exemplares envolvidos são o Accord, CR-V, Civic, Fit e City. Os chassis são:

Fonte – Honda.

Conforme a empresa, os proprietários destes terão que ir à concessionária mais próxima e realizar a troca do airbag frontal localizado no lado do passageiro. Ainda, de acordo com ela, a substituição é necessária uma vez que, caso haja uma colisão de frente com intensidade média ou grave, o sistema do airbag pode se romper do insuflador, ocasionando assim um possível lançamento de partículas metálicas no interior do carro. Em caso de acidentes graves, este defeito pode ocasionar danos materiais extremos e, principalmente, lesões extremamente perigosas e, até mesmo, fatais aos que estão ocupando o veículo.

Segundo o site G1, 13 pessoas ao redor do mundo morreram devido aos defeitos em equipamentos produzidos pela japonesa Takata. A última ocorreu em 5 de maio de 2016, quando duas pessoas perderam a vida na Malásia após a explosão de airbags defeituosos. 

Sendo assim, o reparo realizado não terá custo para os proprietários e será feito por escalas nas concessionárias Honda. Em primeiro lugar, serão atendidos os donos do modelo Civic, a partir de 20 de junho, sendo este seguido pelo CR-V em 4 de julho. A agenda do Accord será dividida conforme os anos do modelo, sendo que a partir de 3 de outubro serão atendidos os modelos 2004 a 2007 e em 1 de agosto pelos exemplares de 2008 a 2011. Ainda não tem prazo de início de reparos os veículos Fit e City.

Apesar dos chassis divulgados e compartilhados, a Honda informa que nem todos os veículos do intervalo disponibilizado estão envolvidos e precisam realizar o recall do airbag. Sendo assim, para que os proprietários possam buscar mais informações, como consulta de reparo, a montadora disponibiliza o portal www.honda.com.br/recall/autos ou a Central de Atendimento, pelo telefone 0800-701-3432. O atendimento é de segunda a sexta-feira, das 8h às 20h, em horário de Brasília.

A Honda Motor Company é uma empresa com sede no Japão e uma das mais importantes fabricantes de automóveis e motocicletas do mundo, exportando veículos para o mundo todo. No Brasil desde 1971, a montadora lamentou o ocorrido e divulgou que está se esforçando ao máximo para disponibilizar as peças necessárias com o menor prazo possível, sempre buscando antecipar a data de atendimento aos proprietários.

Por Kellen Kunz


Recall Honda Civic, CR-V e Accord – Problemas nos airbags


A Honda, montadora japonesa, anunciou nesta quarta-feira, 3 de setembro de 2014, recall de três de seus modelos, o Civic, o CR-V e o Accord.

Segundo a marca o motivo são os airbags, que por conta de um defeito de fabricação correm o risco de, quando acionados, explodir o insuflador, fazendo com que metais do seu mecanismo interno sejam projetados dentro do veículo, o que pode causar lesões graves, incêndios e até a morte dos ocupantes.

A montadora anunciou que são 5.573 carros dos três modelos da marca que devem comparecer a uma concessionária para realizar os reparos, a partir do dia 12 de setembro.

Foram convocados os proprietários de automóveis Civic, fabricados entre 2011 e 2014. Os chassis são:

  • Modelo 2012: 200001 a 400051;
  • Modelo 2013: 201449 a 226272;
  • Modelo 2014: 100157 a 186692;
  • Modelo 2015: 200140 a 207030.

Os proprietários do modelo CR-V devem ficar atentos aos chassis 500020 a 505704. Já os de modelo Accord são os fabricados entre 2002 e 2003, de chassis entre 500001 e 500245.

Caso o cliente fique com dúvida se seu veículo está ou não entre os convocados para o recall a Honda recomenda que entre em contato com a empresa através do site (www.honda.com.br) ou do telefone 0800-701-3432, em horário comercial.

Há dois meses a Honda havia realizado um recall, pelo mesmo problema, para os modelos Civic e CR-V.

A Honda está realizando recall também em outros países, por conta do mesmo problema com o airbag. A marca Takata, não se pronunciou sobre o assunto, mas tem apresentado problemas para diversas montadoras, como a Toyota, a BMW e a GM, que também precisaram convocar recall por conta dos airbags.

Apesar do grande número de veículos no mundo todo que apresentaram esse problema, a Honda afirma que não houve nenhum acidente. A montadora percebeu o problema depois que a GM convocou um recall e notou-se que a fabricante do airbag era a mesma.

Por Joana Junqueira borges

Honda

Foto: Divulgação


Honda Accord Hybrid 2014 – Preço inicial , Vendas


A empresa Honda revelou os valores iniciais referentes ao modelo Accord Hybrid 2014. O preço divulgado para as vendas do veículo no mercado norteamericano começa em US$ 29.155 (64.135 reais) para a opção de entrada. Já para as opções Touring e EX-L os respectivos valores ficam em US$ 34.905 (76.784 reais) e US$ 31.905 (70.184 reais).

A apresentação dos preços ocorreu depois que o  Accord Hybrid passou por várias alterações no intuito de atender parâmetros novos de emissões de gases poluentes ao meio ambiente e de consumo.

O veículo terá as comercializações iniciadas nos Estados Unidos a partir do dia 31 do mês outubro, data da celebração do Halloween (conhecido como Dia das Bruxas no Brasil). A empresa de origem japonesa afirmou que optou pela data “que o consumidor perca o medo de se dirigir até os postos de combustíveis".

O modelo Accord Hybrid é instrumentado com um propulsor de gasolina com quatro cc de 2.0 L e 168 cv de potência, trabalhando em ação conjunta ao motor do tipo elétrico. Os propulsores, quando atuando juntos, entregam a marca de 198 cavalos de potência, médio consumo em 21,2 km/L (no percurso urbano), 19,3 km/L (na estrada) e 19,9 km/L (no ciclo combinado entre os dois citados).

Por Marcelo Araújo

Honda Accord Hybrid 2014


Honda Accord Híbrido – Início da Produção nos EUA


A Honda anunciou esta semana o início da produção do modelo Accord Híbrido. O veículo será produzido na unidade fabril de Ohio (Estados Unidos) e as primeiras unidades fabricadas serão vendidas nos EUA no fim deste ano.

A empresa afirma que o automóvel tem capacidade para percorrer cerca de 21,3 km com um litro de gasolina, se for utilizada de forma alternada a motorização elétrica e a combustão. Vale lembrar que com esta capacidade o carro pode ser considerado um dos modelos de maior economia no setor.

Ainda segundo informações da marca, o Accord do tipo híbrido irá chegar a uma independência de 1.083 km, distância 74 quilômetros maior do que a média alcançada por seus concorrentes do segmento.

A marca Honda afirma também que o veículo do tipo sedã chega a fazer 20 quilômetros por litro em caminho misto de estrada e cidade. Além disso, o auto apresenta uma motorização 2.0 (gasolina), com 143 cavalos de potência.

Nos Estados Unidos, o modelo deverá custar cerca de US$ 39.780. Já no Brasil, o veículo deverá ser vendido por valores bem maiores, visto os inúmeros impostos e taxas colocadas pelo Governo Brasileiro.

Por Marcelo Araújo


Novo Honda Accord 2014 – Novo Modelo


Quer encontrar novidade no ramo automobilístico? Então saiba que você vai encontrar isso no novo modelo Honda Accord sedan 2014, um carro de tamanho médio ideal para passeios com toda a família.

O novo Honda Accord 2014 chega ao mercado brasileiro depois de um grande sucesso nos Estados Unidos, e saiba que o modelo foi completamente reestilizado, fazendo parte da 9ª geração Accord.

É possível se deparar com duas versões do modelo, o EX 2.4, que custa o valor de R$ 119,9 mil, e EX 3.5 V6, que sai por R$ 147,9 mil.

O subchassi do novo modelo é composto por aço e alumínio, pois de acordo com a Honda isso deixa a sua estrutura mais segura em caso de colisão frontal.

Saiba que a versão Accord 2014 conta com um 2.4 16v que gera 175 cavalos e 22,9 kgfm de torque, acoplado a uma transmissão automática de 5 velocidades. Já o motor V6 é um 3.5 24V que gera 280 cv e 34,6 kgfm de torque e está acoplado a uma transmissão automática de seis marchas.

Porém, o sedan ainda tem itens de alta tecnologia, como por exemplo, lanternas traseiras com leds, viva-voz Hands Free Telephone, Bluetooth, câmera de ré multivisão, assistente de subida em ladeiras HSA (Hill Start Assist), sensores de estacionamento traseiros, para-brisas acústicos, entre outros. Confira esse grande lançamento.

Por Josiane Fernandes de Jesus

Novo Honda Accord 2014


Novo Honda Accord – Lançamento e Preço no Brasil


Depois do lançamento para o mercado brasileiro, que ocorreu na última sexta-feira (dia 28 de junho), a Honda anuncia o início das vendas do novo Accord já para esse mês de julho. A 9ª geração do veículo é americana e apresenta duas versões: a EX 3.5 V6 (que custa R$ 147.800) e a EX 2.4 (que chega a até R$ 119.900).

Aparentemente, o veículo foi todo redesenhado. No interior, ganhou tela de 8 polegadas “full-color” e luzes de iluminação coloridas. Grade, rodas, faróis, para-choques e capô foram mudados. As lanternas são de LED e outros equipamentos ganharam espaço, como o sistema inteligente de acionamento da ignição sem chave e abertura de portas, viva voz Bluetooth, assistente de subida de ladeiras, seis airbags, dentre outros.

A mecânica do Accord também foi modernizada com um subchassi de aço e alumínio, que segundo a Honda torna a estrutura mais segura em casos de colisão frontal.  Também foi evidenciada a melhoria na estabilidade do veículo através do coxim ativo que passa a ter a suspensão dianteira, reduzindo também a vibração na cabine e os ruídos.

O modelo 2.4 16V tem quatro cilindros e rende até 175 cavalos. A transmissão é automática de 5 marchas.

Já o modelo 3.5 V6, chega a render 280 cv e a transmissão acompanha 6 marchas. Esse ainda traz tecnologia VCM, que dependendo da demanda pode ativar ou desativar um dos cilindros.

O novo veículo chega ao Brasil nas cores preta, prata e branca, com garantia de três anos.

Por Manoel da Costa Jr


Novo Recall do Honda Accord V6 – Problema na Mangueira de Direção Hidráulica


A Honda convocou novamente os 1.091 proprietários do Accord V6 para um novo recall que visa resolver os problemas definitivamente. Na revisão anterior o problema era na mangueira de direção hidráulica. Dessa vez, o chamado é novamente para resolver o problema com a mangueira, pois em caso de defeitos ela pode pegar fogo e consequentemente explodir o carro.

Para minimizar os problemas, a montadora tem chamado esse recall de “reparo definitivo” e garante que os seus clientes não terão mais problemas.

As unidades com problemas fazem parte da versão EX automática do veículo, que foram fabricadas entre dezembro de 2003 e junho de 2006. De acordo com a Honda, a mangueira de direção hidráulica tem apresentando vazamento de fluído, quando esse fluído entra em contato com partes quentes do motor pode começar um incêndio.

Os números dos chassis envolvidos são: De 3HGCM66504G500001 a 3HGCM66504G500301, de HGCM66505G500001 a HGCM66505G500380 e de 3HGCM66506G500001 a 3HGCM66506G500410.

Para mais informações você pode acessar o site www.honda.com.br/recall ou ligar para o telefone 0800-7013432 (em horário comercial).

Por Jéssica Posenato


Novo Honda Accord 2013 – Informações e Novidades


Recentemente, a Honda situada nos EUA divulgou as primeiras fotos do novo Accord, tanto do cupê como do sedã. A nova versão do carro marca a nona geração e vem com um visual totalmente reformulado. O modelo cupê se manteve bem semelhante ao conceito do Accord que foi apresentado durante o Salão de Detroit, que aconteceu no início de 2012. A versão sedã vem um pouco diferente, para estimular os consumidores que gostam desse tipo de modelo de carro.

Conforme a Honda, em ambos os modelos o carro está com mais espaço interno, além de a aerodinâmica ter sido melhorada.

Na parte de trás do automóvel, foi acrescentado um novo conjunto de luzes, duas saídas para o escape e também um para-choque de tamanho maior. Além disso, as luzes diurnas estão em LED, o limpador agora é embutido e o para-brisa está mais nivelado, tudo para reduzir o consumo de energia do automóvel.

No mercado norte-americano, o Accord terá motor 2.4 de 184 cv ou motor 3.5 V6 de 271 cv, mantendo a transmissão tanto automática como manual. Mas ainda há expectativa de que seja acrescentada uma versão híbrida com motor 2.0 de 161 cv.

Ainda não há informações sobre o lançamento do novo modelo no Brasil. No site oficial da Honda brasileira, o Accord consta no portfólio de carros, porém é marcado como indisponível.

Por Guilherme Marcon


Honda Accord Crosstour pode ganhar Versão Conversível


A Honda não tem o costume de produzir conversíveis, mas como a concorrência está crescendo neste segmento, são fortes as especulações de que a montadora japonesa vai lançar um conversível ainda em 2011. E o escolhido para ganhar a nova carroceria deve ser o Accord Crosstour.

Segundo o site Autoblog, o modelo poderá se chamar Accord Crosstour Cabriolet, e chegaria para concorrer com o Nissan Murano CrossCabriolet, que foi bem recebido no mercado norte-americano.

A nova versão terá o motor V6 3.5 litros, desenvolve 271 cv de potência, e vai contar com tração nas quatro rodas ou apenas na dianteira, à escolha do comprador. Neste ponto, o modelo sai na frente do rival fabricado pela Nissan, que oferece somente a tração integral. Os dois componentes são herdados do utilitário esportivo, e da mesma forma podem aparecer outros, já que a Honda não divulgou muitos detalhes.

O conversível terá capacidade para quatro pessoas, e deve custar cerca de US$ 40.000 (R$ 64.480), sendo o modelo mais caro da linha Crosstour. Mesmo assim, sairá mais barato que o Murano CrossCabriolet, vendido a US$ 47.190 (R$ 76.070).

O lançamento pode acontecer no mês de junho.

Por André Gonçalves


Novo Honda Accord 2011 será Reestilizado


O Accord, da Honda, vai ter a suas versões sedã e perua reestilizados. A mudança será apresentada na Suíça, durante o Salão do Automóvel de Genebra, que vai do dia 03/02/2011 a 13/03/2011. Logo após, em abril, o carro chega ao mercado europeu.

As mudanças ocorrem tanto no motor, que passará a ter 2.2 litros a diesel e 150 cavalos de potência, quanto no câmbio manual, com seis marchas. A aerodinâmica e os pneus também passaram por mudanças.

Outras modificações foram nos para-choques, na área das entradas de ar e dos faróis de neblina.

A Honda não anunciou o preço do novo Accord.

Por E.S.


Honda Accord 2011 EX 2.0 e EX V6 – Preço


A linha 2011 do Accord, sedã de luxo da Honda, chegou ao mercado brasileiro apresentando diversas mudanças no visual e muitos equipamentos, com destaque para a segurança. São dois modelos, EX 2.0 e EX V6, ambos importados do Japão. Grade frontal cromada e rodas de liga leve com novo design, são algumas novidades.

A versão EX V6 tem um motor 3,5 litros, que alcança 278 cv de potência, enquanto que a EX 2.0 é equipada com um 2.0 litros, de 156 cv. Ambas as versões têm câmbio automático de cinco marchas e o sistema de segurança ACE, que é capaz de dissipar a força em caso de colisão.

Seis airbags (EX V6), freios a discos com ABS nas quatro rodas e o sistema VSA, que controla a estabilidade do carro, dentre outros equipamentos, completam o pacote de segurança do novo Accord 2011. Os preços sugeridos são R$ 99.800 (EX 2.0) e R$ 144.500 (EX V6).

Por André Gonçalves


Honda Accord Crosstour – Possível Lançamento no Brasil


O segmento dos Crossovers, utilitários esportivos de espírito aventureiro, força e resistência que está crescendo no Brasil pode em breve ganhar mais uma opção para os admiradores deste tipo de veículo que alia esportividade, potência e conforto. A Honda registrou a patente do seu modelo Crosstour no Instituto Nacional de Propriedade Industrial (INPI), o que pode significar que esta versão alternativa do modelo Accord, que já roda nos Estados Unidos, poderá desembarcar no Brasil.

Com um design singular, que ainda causa certa estranheza, pois reúne o desenho de um modelo cupê com características de um veículo utilitário esportivo. O Crosstour ainda precisará passar pelo crivo do gosto do mercado para se tornar um sucesso como outros modelos de outras marcas que apostaram nesta mistura de estilos principalmente no que se refere ao visual do carro.

Um dos fatores que podem impedir a chegada deste novo Crossover é o preço. Fabricado nos Estados Unidos, o peso das taxas de importação e impostos são grandes e o modelo aqui no mercado brasileiro, de acordo com especialistas, com certeza ultrapassaria a casa dos R$ 100.000. Nos Estados Unidos o preço inicial do modelo, que conta com três versões no mercado parte de US$ 29.600. Resta saber agora se vale a aposta de oferecer este modelo no acirrado segmento dos Crossovers do país.

Foto: Theophilus Chin

Por Mauro Câmara

Fonte: IG


Recall Honda Accord – Problema na Ignição


A Honda anunciou em nota que cerca de 120 unidades do Accord que rodão aqui no brasil apresentam falha na ignição.

Já são mais de  428mil veículos em toda Europa que apresentam esse problema , entre eles o Accord, Civic,Element e Acura.

Devido esse problema a montadora convocou os donos desses veículos para um recall de urgência em seus carros.

Essa falha na ignição poderia fazer o carro se movimentar mesmo estacionado, e algumas precauções podem ser tomadas : assim que estacionar o veículo o motorista deve acionar firmemente a alavanca do freio de mão, após fazer isso deve se colocar a alavanca do câmbio em P, e só assim pode se retirar a chave da ignição.

A montadora começara a convocar os proprietários desses veículos a partir de setembro e assim agendar um inspeção em todo veículo.

Serão chamado os donos de veículos com numeração de chassi entre 3HGCM56603G500126 e 3HGCM56603G500245.

Por: Ewerton Cruz