Fim da Aston Martin no Brasil


Montadora anuncia o encerramento de suas atividades no país.

Não é novidade para ninguém que a crise financeira que começou em 2015 afetou todos os setores da economia e com o segmento de carros não poderia ser diferente. Com as marcas de luxo, o processo foi um pouco mais demorado, mas infelizmente o setor também sofreu grandes quedas nas vendas e desde ano passado, está sentindo os negativos efeitos desse cenário nada animador.

A bola da vez do segmento de veículos luxuosos foi a Aston Martin, que fechou sua única concessionária que ficava na cidade de São Paulo e encerrou de uma vez por todas a importação oficial do imponente e luxuoso modelo para o Brasil.

Presente em terras brasileiras desde 2010, os modelos da montadora são famosos por causa de alguns filmes de James Bond em que os carros apareciam nas cenas. Os modelos mais vistos na televisão pelos amantes da glamorosa marca e que vão deixar saudades eram DB5, Vantage, Vanquish, DB9 e por último, o DB11.

O empresário Sérgio Habib era o representante da Aston Martin no país, além de ser o representante da conhecida marca chinesa JAC MOTORS, que parece ir de vento de polpa nos negócios, pois os carros comercializados são infinitamente mais baratos se comparados com a marca inglesa.

Logo no ano de estreia, a Aston Martin vendeu apenas 18 carros e em 2011 foram 30 modelos emplacados. Já nos anos seguintes, o número de unidades vendidas foram de 13, 12 e 11, respectivamente. Segundo uma recente pesquisa divulgada pela Associação Brasileira da Empresas Importadoras e Fabricantes de Veículos Automotores ( Abeifa), a crise financeira foi o maior motivo da grande queda nas vendas em geral. Em 2015 foram vendidos apenas 3 unidades do carro e ano passado, apenas dois carros foram comercializados. Se comparada com montadoras de mesmo nível, como a Ferrari, que vendeu 21 carros somente ano passado, as vendas da Aston Martin foram um tremendo fiasco. Somente a conterrânea Rolls Royce perdeu o páreo para a Aston Martin no Brasil, pois vendeu apenas 1 carro em 2016. No total, foram vendidos apenas 89 modelos da Aston Martin no Brasil, que sai de cena definitivamente sem previsão de retorno.

Rodrigo Souza de Jesus


Aston Martin DB11 – Lançamento do Carro no Salão de Genebra 2016


Veículo é considerado o maior lançamento da empresa desde 2003, quando a montadora lançou o modelo D9.

O Salão de Genebra deste ano trouxe muitas novidades para o mercado automobilístico mundial. Uma das maiores delas é o lançamento da Aston Martin, que apresentou o DB11, novo modelo esportivo da marca. De acordo com a própria montadora, o DB11 é o maior lançamento da empresa desde 2003, quando o D9 foi lançado. O esportivo vem para ser parte do novo plano da Aston Martin, o “Second Century”.

O modelo continua trazendo os traços característicos dos carros da marca, entretanto, algumas mudanças importantes podem ser vistas no novo modelo. Os faróis do carro foram um pouco modificados, ganhando uma curva na parte superior, além disso, pode ser notado que eles também estão mais lineares um com o outro. A grade do automóvel ganhou alguns centímetros de largura. Quando olhamos o veículo de lado podemos verificar um elemento prateado na parte superior, que abrange toda a lateral e se finda como parte do contorno da coluna C.

A parte traseira do DB11 é onde as maiores modificações se apresentam. O vidro traseiro deu uma diminuída e o difusor de ar ficou maior. Nas lanternas é possível ver que um toque de beleza muito grande foi adicionado ao carro, pois elas contornam o spoiler traseiro, trazendo um ar de elegância ao esportivo.

O DB11 apresenta um motor V12 turbo de 5.2 litros, que confere ao automóvel 608 cavalos de potência, juntamente com 71,4 kgfm de torque, consagrando o modelo como o mais potente dentre todos os Aston Martin já produzidos.

Para acelerar de 0 a 100 Km/h, o DB11 leva apenas 3,9 segundos e consegue alcançar uma velocidade máxima de 322 Km/h.

A transmissão do novo esportivo da Aston Martin é feita através de um câmbio automático de oito marchas.

Segundo a montadora, o DB11 possui toda a sua estrutura produzida em alumínio.

As dimensões do veículo também sofreram algumas modificações como um aumento de 5 centímetros no comprimento, deixando o veículo com 4,74 metros. O entre-eixos agora é de 2,81 metros, 6,5 centímetros maior. A largura e a altura não sofreram modificações e continuam sendo 1,94 metros e 1,28 metros, respectivamente.

O esportivo pesa cerca de 1.770 Kg, sendo que 51% se concentra na parte dianteira e 49% na parte traseira.

O sistema de infotenimento do veículo foi feito em conjunto com a Daimler, detentora dos direitos da Mercedes-Benz, e traz um quadro de instrumentos com a tela de 12 polegadas, além de uma central de multimídia de 8 polegadas.

Por Igor Furraer


Aston Martin – Novo modelo é revelado em vídeo teaser


A Aston Martin divulga o primeiro vídeo teaser do novo supercarro Vulcan. O vídeo prevê que ele será um modelo especial de pista. E garante a data de apresentação para 3 de março, no Salão de Genebra, na Suíça. Entretanto, antes disto, existe a possibilidade que ele apareça na internet.

A revista ingressa CAR Magazine prevê que o Vulcan adotará o estilo dos superesportivos com base nos protótipos que participam das 24 Horas de Le Mans, onde pode-se citar McLaren P1 GTR, Ferrari FXX K, dentre outros.

A Aston Martin iniciou em 1913 na Inglaterra como “Bamford & Maartin Lda)”, fundada por Robert Bamford e Lionel Martin. Somente um ano depois de sua existência possuiu o nome “Aston Martin”, devido uma grande corrida do fundador Lionel Martin em Aston hill (Buckinghamshire). Em 1920, a companhia foi transferida para Kensigton.

Em 1928, ela fez parte pela primeira vez da corrida “24H Le Mans)”. Até 1959, a empresa teve vitórias no mundo da competição e os carros eram fabricados como o DB2 ou DB4, que tiveram sucesso em pouco tempo. Em 1963, foi iniciado a fabricação do DB5, carro optado para integrar o filme de James Bond “Goldfinger”. Era apontado por muitos como o carro mais bonito do mundo.

Em 1970 a “Company Developments Lda” passou a ter o controle da companhia. Foi firmada uma parceria que relança no mercado a Lagonda com um modelo de nome harmônico. Na década de 80, a empresa altera novamente de dono. Victor Gauntlett, junto com a Pace Petroleum, passa a tomar o pulso da Aston Martin e em 1978 a Ford Motor Company compra 75% da companhia. Neste momento, o modelo V8 Volante participa de outro filme da saga James Bond (The Living Daylights).

Em 1993, a Ford Motor Company passou a ter o controle total da Aston Martin. O ramo do cinema retornou a estar presente com a empresa.

 Felipe Couto de Oliveira


Aston Martin fabricará novos motores


Após utilizar o velho motor 12 cilindros na linha Aston Martin, a montadora prepara nova usina de força em parceria com a AMG, bem como um novo motor oito cilindros em “v”. A divisão esportiva da Mercedes-Benz, para substituir o antigo seis litros, V12 desenvolvido pela Cosworth em 1999, e que passou durante esses quinze anos por inúmeras atualizações, entre as quais 435 cavalos de potência para 573 cavalos.

Diante das novidades, a Aston Martin afirma que continuará por um bom tempo oferecendo o V12 aos clientes. De antemão, diz que o motor é de seis cilindros e continuará disponível, porém, será atualizado constantemente, pois ele é o coração de vários carros da empresa, em um futuro distante.

Entre as novidades, podemos destacar o motor de oito cilindros que está presente não só no Vantage, como em outros veículos. Porém, no caso da plataforma VH, ela deverá sair de linha assim que ficar pronta.

A empresa de veículos Aston Martin é uma fabricante britânica de esportivos de luxo. O nome se dá devido ao nome de um dos fundadores da empresa e da velocidade de subida da montanha de Aston Hill próximo a Aston Clinton. Desde o ano de 1994 a empresa tem se tornado uma das maiores montadoras automobilísticas. Sua concorrente, Ford, chegou a oferecer mais de 925 milhões de dólares para que ela tornasse sua subsidiária.

Os veículos da marca são super velozes e proporcionam ao condutor conforto e praticidade no decorrer do dia. Os carros são excelentes tanto para quem gosta de dirigir na cidade quanto nas estradas. Aos que optam por carros mais luxuosos e confortáveis essa é a chance de garantir um carro que proporcione todos os gostos do cliente, além de poder levá-lo aos lugares mais fascinantes do mundo com altíssima durabilidade. O interior do carro é bem robusto, possui bancos de couro e ar condicionado.

Por Luciana Viturino

Aston Martin

Foto: Divulgação


Aston Martin Rapide – Carro de luxo será vendido por mais de R$ 1 milhão


A Aston Martin está trabalhando em um novo sedan de quatro portas. Diferentemente de outros modelos de quatro portas da Aston, o Rapide, nome dado ao novo modelo, será produzido em números reduzidos e não comporá a gama de modelos principais da marca.

Um dos colaboradores da Aston, atuante no projeto, declarou em entrevista à Revista Auto Express: "Eu posso confirmar que este é um de uma série especial da marca, assim como foi com o Q da Aston Martin e incluirá ofertas sob medida, assim como CC100".

Segundo imagens divulgas na internet, o carro terá os painéis da carroceria desenvolvidos a partir da fibra de carbono, como foi feito no Vanquish V12 Zagato. É possível notar também a maior distância entre eixos, o que garante mais espaço para os passageiros que viajam nos bancos traseiros. Segundo especulações divulgadas, o carro contará com motor V12 6.0 e câmbio automático de seis velocidades.

O carro provavelmente não será a aquisição de todos os apaixonados por automóveis, ficando restrito a uma gama de clientes mais ricos e influentes. O valor de venda sugerido é de uma “modesta” bagatela de £ 400.000 (libras), o equivalente a R$ 1.200.000,00 e sua produção contará com apenas 100 modelos de uma edição limitada e quase inacessível tanto em quantidade quanto em preço para quem não tem de fato “bala” na agulha para desfilar por aí em posse de um modelo tão sofisticado quanto o Rapide.

O carro provavelmente será trabalhado dentro do padrão de arquitetura VH alumínio que sustenta vários modelos da marca Aston.

Bem se vê que o amor a carros de luxo não é esporte para todos, é preciso mais do que querer para conseguir se aproximar de relíquias como essas, portanto aos meros mortais resta aguardar por mais essa impactante chegada às concessionárias do mundo e ainda mais às concessionárias do Brasil.

Por Jaime Pargan

Aston Martin Rapide

Foto: Divulgação


Mercedes-Benz investe na nova geração do GL


A nova geração da Mercedes GL está sendo planeja por engenheiros da marca alemã. Em prováveis quatro anos devem ser lançados os novos projetos. Porém, a Mercedes precisa ter cuidado por causa da concorrência que vai fazer veículos semelhantes, como o caso da Aston Martin, por exemplo.

Por causa do reconhecimento que a Mercedes ganha nos modelos GL existe a perspectiva de que empresa vai alongar a linha de produção, o que por consequência traria a chance de crescer o número de vendas e de aumentar a presença no mercado mundial.

Não existe a expectativa para que o aumento nos ciclos de produção da Mercedes aconteça ao GL, mas analistas de mercado indicam que as atividades produtivas devem começar no início do ano de 2018.

De qualquer maneira, para manter lugar de destaque das vendas de carros do gênero, a marca alemã precisa abrir os olhos, de forma principal porque parte do mercado especula que a Aston Martin trabalha na hipótese de investir em modelo semelhante.

A Aston Martin pode conseguir o direito de fazer esse projeto por causa do código X167, que permite o GL de comercializar variantes para outras marcas. Não se pode ignorar o fato de que a empresa inglesa necessita pagar valor de quase um bilhão de dólares. O plano de investimento do projeto abrange quatro anos e objetiva, além de manter a linha, lançar um novo SUV.

O fato é que nos dias atuais não se sabe o que vai acontecer. O mercado de veículos SUV aumenta em termos globais, mas existem incertezas para saber como se estabelece o consumo mundial no futuro. Analistas recomendam cautela em investir na confiança de compra em curto prazo, no setor de automotivos.

De qualquer maneira a nova geração da Mercedes GL deve contar com plataformas MHA e ter o nome de G-PULLMAN.

Por Renato Duarte Plantier

Novo Mercedes GL

Foto: Divulgação


Novo Ford Focus – Design do modelo lembra o do Aston Martin


A montadora americana Ford lançará o novo Focus na Europa durante o Salão de Genebra. O carro está com um novo design, sendo que sua dianteira lembra um pouco o Aston Martin.

As primeiras imagens oficiais de divulgação foram soltas esta semana e mostram o carro em duas versões, a hatchback e a station wagon, na cor azul. Mas o veículo já tinha sido flagrado anteriormente em sua semana de testes de segurança, potência, dentre outros, apesar das imagens não terem sido muito divulgadas.

O carro teve seu design modificado para adentrar visualmente os modelos mais recentes da marca Ford. Teve seus faróis e para-choques redesenhados, trazendo na parte trazeira o ar antes mencionado do Aston Martin. Apesar de não ter muitas transformações, o veículo está com um visual diferente da versão lançada no Brasil no começo de 2013.

Interiormente encontram-se mudanças mais fortes, como o console central que foi redesenhado, tendo menos botões do que a versão anterior, não “confundindo” tanto o motorista, sendo mais claro e objetivo.

O carro possui o mesmo motor que a versão anterior, 1.6 Sigma TiVCT, com o torque de 159 a gasolina e 164 a etanol, 131 cavalos de potência a gasolina e 135 cavalos de potência a etanol, tendo 5 velocidades em sua versão de câmbio manual e 6 velocidades na versão com transmissão sequencial powershift, porém, a montadora planeja acrescentar um motor 1.5 EcoBoost a gasolina, junto com um bloco de 1.5 movido a diesel.

O carro tem o lançamento para as vendas na Europa previsto para dezembro, mas é provável que o mesmo dê uma passada no Brasil no Salão de São Paulo, de 30 de outubro a 9 de novembro.

Não há previsão da vinda do carro para o Brasil, já que ele é inicialmente um lançamento apenas para os países europeus. 

Por Mariana Caetano

Novo Ford Focus

Foto: Divulgação


Parceria entre Mercedes-Benz e Aston Martin


Após a assinatura de uma carta de intenções em julho, Mercedes-Benz e Aston Martin confirmaram detalhes de sua parceria técnica. Mais significativamente permitirá que Mercedes e Aston desenvolvam o AMG V8 para a próxima geração de Aston Martins, que inclui substituições para o V8 Vantage e DB9.

Embora não haja dinheiro envolvido no negócio, a Mercedes vai receber 5% de ações sem direito a voto e obter o estatuto de observador no conselho Aston Martin. Outras partes interessadas atuais incluem Investimento industrial com 36% e O Dar de Investimento, um grupo de investimentos do Kuwait, com 58,2%, enquanto o restante é de propriedade de particulares.

Um comunicado de imprensa Aston Martin também confirmou que está trabalhando em um acordo para a Mercedes para fornecê-lo com componentes eletrônicos, e aliviou os receios de sua força de trabalho britânico, afirmando que continuará a fabricar todos os seus carros esportivos, em sua sede Gaydon, em Warwickshire.

No início do ano, o CEO cessante, Dr. Ulrich Bez, disse que o relacionamento também pode se estender para o compartilhamento de plataforma, e deu a entender que o projeto Lagonda SUV estava de volta na mesa. "Quatro anos atrás, eu já trouxe o conceito Lagonda, que foi baseado em uma plataforma Mercedes", disse Bez. "Se nós estamos olhando para os próximos 10 ou 20 anos, não deve haver limites".

Bez também disse que AMG V8 não são os únicos motores Aston previstos para uso: "Nós estamos olhando para a maioria V8s, mas eu acho que estamos a falar de V6s nos próximos anos também".

No novo acordo, Tobias Moers, Presidente do Conselho da Mercedes-AMG GmbH Gestão disse: "Ao assinar o Acordo ambas as partes concordaram com esta parceria técnica: Mercedes-AMG irá fornecer o ícone britânico Aston Martin com motores para suas próximas gerações de carros esportivos. Na sede da nossa empresa em Affalterbach estamos orgulhosos de trabalhar com a Aston Martin – este acordo é uma situação real para ambos os lados".

Por Jaime Pargan

Mercedes-Benz e Aston Martin

Foto: Divulgação


Aston Martin lançará 3 modelos no evento Pebble Beach


A Aston Martin comemorará seu centenário de existência de forma muito glamurosa. O anúncio se dará em um evento californiano nos dias 14 e 17 de agosto.

O Pebble Beach Concours d’Elegance terá a honra de exibir não somente um modelo do Aston Martin, o público será agraciado com todo o luxo que os três modelos da marca proporcionarão. Vale lembrar que este evento reúne os “mais cheios de dinheiro do mundo”. Ou seja, uma ótima forma de conseguir status e fama.

O ator principal do evento, sem sombras de dúvidas, será o Vanquish Volant, que aproveitará o momento para se lançar mundialmente. O Vanquish terá como companhia o Speedster Concept CC100 (este sim será lançado para comemorar o centenário) juntamente com o Vantage S.

O evento terá essas três estreias consecutivas, algo muito difícil de se ver no mundo glamuroso do automobilismo.

Os três veículos, além de luxuosos e deslumbrantes, ainda são potentes. Todos são dotados com motor V12 6.0 com potência para 565 cavalos. Já no quesito velocidade eles chegam aos 300 quilômetros por hora num piscar de olhos.

Vantage S

Vanquish Volant

Speedster Concept CC100

Speedster Concept CC100

Speedster Concept CC100

Vantage S

Por Fernando Setoue


Aston Martin V12 Vantage versão S


Aston Martin V12 Vantage SA empresa Aston Martin apresentou na última quarta-feira, dia 29, a nova versão S referente ao V12 Vantage. A velocidade máxima do veículo chega a 330 quilômetros por hora, dando ao automóvel o status de ser o mais rápido já desenvolvido da gama. O modelo é, também, o mais veloz de toda a história da Aston Martin, informou a empresa.

Segundo informações da Aston Martin, a motorização de 5.9 / V12 do veículo foi atualizada, pulando dos anteriores 517 cv para 573 cavalos de potência, sendo que o torque saltou de 58,1 kgfm aos 63,2 kgfm. Apresentando sete marchas, o câmbio é do tipo automatizado. Já a transmissão não tem mais o câmbio do tipo manual com 6 marchas. O veículo incorpora, também, os seguintes modos de condução: Track, Sport e Normal. Os três fazem alterações de parâmetros no acelerador, amortecedores, assistência da direção e na troca de marchas.

No visual, o modelo apresenta a mesma grade frontal do CC100 Concept e rodas com colorações exclusivas. O Aston Martin V12 Vantage S chega ao Reino Unido no fim de 2013. O valor inicial chega a R$ 435 mil.

Por Marcelo Araújo


Aston Martin Rapide S – Novo cupê super luxo


Para comemorar o seu aniversário de 100 anos, a fabricante Aston Martin lançou um novo modelo do seu cupê super luxo, o Rapide S.

A consoante “S” que foi acrescentada ao nome do carro é devido aos 1 kgfm de torque e 81 CV de potência a mais que o automóvel “tradicional” – que foi apresentado em 2009 – ganhou. Além disso, o novo modelo do cupê de alto luxo vem com um motor V12 6.0 e no total 558 CV e 62.2 kgfm, sendo que com isso se tornou o veículo mais rápido que a marca já produziu.

Para que o carro se “comporte” melhor ainda do que a versão anterior, o motor está 1.8 centímetro mais perto do chão, aliado a um sistema adaptativo dos amortecedores. E também, quem for dirigir o carro poderá optar entre três configurações: Track, Normal e Sport. A primeira extrai o máximo do motor e da sua potência, mas cada uma das configurações utiliza a suspensão, o câmbio e o motor de forma diferente.

Conforme os dados divulgados pela marca, o Rapide S vai de 0 a 100 km/h em 4.9 segundos, além de alcançar a velocidade máxima de 305 km/h – 4 km/h a mais que a versão anterior. Mas apesar dos aumentos no novo carro, a emissão de gás carbônico foi reduzida.

Ainda não há um preço definido para o novo carro, mas a expectativa é que ele saia por 150 mil libras, cerca de R$ 486 mil. O início das vendas será na Europa ainda neste mês.

Por Guilherme Marcon


Ações da Aston Martin serão leiloadas em breve


Uma notícia veiculada recentemente promete agitar o mercado de autos. É que foram confirmados os rumores sobre a possível venda da Aston Martin, marca inglesa de carros. Em breve, a empresa passará por um novo processo de comercialização.

Em 2007 a marca foi vendida pela montadora Ford para um consórcio de empresas de veículos por expressivos US$ 925 milhões. Agora, cinco anos mais tarde, esse mesmo consórcio passa por dificuldades financeiras e pretende vender 64% das ações da Aston Martin.

A marca vai a leilão e as possíveis compradoras são a Investment Industrial e a Mahindra. A oferta inicial das empresas é de US$ 400 milhões, mas a atual detentora dos direitos da marca está pedindo o dobro desse valor.

Caso as empresas permaneçam irredutíveis em suas propostas, o consórcio venderá somente 50% das ações.

De acordo com o jornal Financial Times, a favorita na negociação é a Investment Industrial, que corresponde a um grupo italiano de investidores privados, o mesmo grupo que comprou a marca Ducati no ano de 2006 e seis anos mais tarde, obteve o lucro de 300% vendendo-a para a montadora Audi.

Em breve o resultado do leilão será divulgado, mas o grupo italiano já estaria mantendo contato com grandes marcas como a Mercedes-Benz, a fim de implantar novas tecnologias nos modelos da Aston Martin.

Será que a Investment Industrial não estaria se precipitando?

Por Larissa Mendes de Oliveira


Aston Martin Virage chega ao Brasil


A marca britânica Aston Martin está trazendo para o Brasil um dos seus últimos lançamentos, o cupê Virage, que estreou na Europa no início de 2011. O novo modelo, intermediário entre os bólidos DB9 e DBS, também da fabricante, estará disponível no país a partir do mês de agosto, ao preço de R$ 1.065.000.

O Virage traz sob o capô um motor V12, de 6.0 litros, capaz de gerar 496 cv de potência e 58,1 kgfm de torque, que pode levar o cupê a uma velocidade máxima de 299 km/h. O câmbio é o automático Touchtronic II, de 6 velocidades, com opção de trocas manuais através das borboletas atrás do volante. Outros destaques na parte mecânica são a suspensão adaptativa, que oferece cinco tipos de configuração, e os freios de carbono e cerâmica.

A cabine, com espaço para duas pessoas, apresenta bastante luxo, com detalhes no acabamento em madeira, vidro e metal, além dos bancos esportivos em couro “Bridge of Weir”, com costura diferenciada e aquecimento. Já para o conforto dos ocupantes, o modelo vem com sistema de navegação por satélite, controle de cruzeiro, sistema de som Aston Martin Premium, com entrada para iPod e conexão Bluetooth, entre outros itens.

Por André Gonçalves


Aston Martin Cygnet deve chegar ao Brasil em outubro


A montadora de veículos Aston Martin já está preparando o terreno para a chegada de seu novo veículo ao mercado brasileiro, o Cygnet deve desembarcar por aqui em outubro deste ano. A empresa lançou o configurador do novo veículo, disponibilizando todas as informações sobre o compacto.

De acordo com o informado pela Aston Martin, o Cygnet chegará ao Brasil com o preço em cerca de R$ 80.000,00. O novo carro será equipado com motor 1.3 16V com 98 cv de potência. Como itens de série, são oferecidos: computador de bordo, 5 airbags, ar-condicionado digital, sistema de navegação, rodas aro 16 polegadas, freios ABS, assentos traseiros rebatíveis, som com leitor MP3, entre outros.

O Cygnet mede 3,07 m de comprimento, 1,50m de altura, 1,68m de largura, 2,00m de entre-eixos e peso de 988 kg. O modelo possui 22 opções de cores disponíveis.

Por Henrique Pereira


Aston Martin Concept Phone CPT002 – Celular de luxo


O modelo CPT002 promete revolucionar. Servirá como chave para abrir o automóvel, e poderá ser integrado, através de sensores, com câmeras instaladas no carro, permitindo atualizar as fotografias em tempo real na redes sociais Twitter e Facebook.

O modelo CPT002 Aston Martin Concept Phone, tem lançamento previsto para maio, numa parceria entre a fabricante de carros Aston Martin e a especializada em telefones de luxo, Mobiado. Prometendo estar um passo além dos limites da invenção, terá a gravação de músicas através de sensores e a integração com o GPS.

Aliás, uma integração simultânea rede social/celular/GPS, permitirá que os amigos acompanhem em tempo real a localização do veículo, e no mapa do GPS os amigos também poderão ser localizados, assim como as informações da cidade onde o motorista está situado.

Segundo o site suiço www. auto-media.info o aparelho também tem uma funcionalidade que lhe permite ficar transparente, quando no modo stand by. O novo smartphone só será compatível com carros da marca Aston Martin. A companhia promete lançar um modelo no Brasil até o fim do ano, com valor em torno de 90 mil reais, entretanto, os Aston Martin disponíveis hoje no mercado brasileiro podem custar entre 650 mil e 1,5milhão de reais.

Por Gislaine Rabelo


Aston Martin Virage com motor V12 6.0


A Aston Martin vai apresentar mais um integrante para a sua consagrada família de esportivos. O Virage, nas opções conversível ou cupê, chega como um intermediário entre os modelos DBS e DB9. A venda será feita em 41 países, segundo a fabricante inglesa.

O bólido tem um motor V12 6.0 litros, com novo sistema de escape (que o faz ter um ronco diferenciado), e é capaz de alcançar 490 cv de potência. Juntamente com o câmbio automático Touchtronic II, de seis marchas, ele sai de 0 a 100 km/h em 4,5 segundos. Completando o conjunto mecânico, o Virage é equipado com a suspensão Adaptive Damping System, que se ajusta automaticamente ao piso, além das rodas aro 20 e os freios de cerâmica de carbono.

O acabamento interno é em couro e de alto luxo, e tem ainda bancos aquecidos, potente sistema de som com diversas conexões e navegação via satélite. 

Créditos Flickr

Por André Gonçalves


Aston Martin V8 Vantage S – Recursos


A Aston Martin está lançando uma nova versão para o V8 Vantage, batizada de V8 Vantage S, que apresenta melhorias na parte mecânica e também no visual, segundo informações do site da montadora inglesa.

Equipado com motor V8 4.7 litros, o modelo tem agora 436 cv de potência (contra 420 cv do Vantage) e um torque máximo de 49,9 kgfm, acoplado a um câmbio Sportshift II, de sete marchas, que tem novas regulagens e a função Sport, que acelera a troca de marchas, melhorando o desempenho do bólido. Novos sistemas de amortecedores e freios também se fazem presentes.

Com relação ao visual, as novidades são, dentre outras, a grade dianteira renovada, feita em fibra de carbono (assim como o spoiler traseiro), as rodas aro 19 e a letra “S” desenhada nos bancos.

O modelo já pode ser encontrado nas revendedoras da marca, e está disponível nas versões cupê e conversível.

Por André Gonçalves


Aston Martin One-77 – Vendas, Preço e Vídeo


Quem tiver alguns milhões de reais sobrando na conta bancária pode se habilitar a comprar umas das unidades que restam do Aston Martin One-77. O esportivo da fabricante inglesa vai ter 77 unidades exclusivas produzidas, das quais 17 ainda não têm dono.

A Aston Martin, que também faz o carro do espião mais famoso do cinema, o 007, vai equipar o modelo com um potente motor 7.3 V12, que atinge 750 cv de potência, a um torque máximo de 76,48 kgmf. Pisando fundo, o carro pode chegar a 320 km/h.

Outros destaques do One-77 são com relação à aceleração (de 0 a 100 km/h em 3,5 segundos) e ao peso, que é de 1.500 quilos, o que o torna o mais leve Aston Martin já produzido. Para colocar um destes na garagem é preciso desembolsar 1,3 milhão de euros (ou R$ 2,94 milhões), mas com a carga tributária brasileira, ele pode chegar a R$ 6 milhões.

Confira o vídeo e fotos do modelo:

Por André Gonçalves


Aston Martin Cygnet – Fabricação de Modelo Subcompacto


De acordo com matéria do site Motor Dream UOL a fabricante inglesa de carros esportivos de luxo, a Aston Martin, confirmou a produção de um modelo novo em seu portfólio, que difere dos seus modelos hiperesportivos. Desta vez a montadora inglesa vai investir em um modelo urbano, feito para as ruas das grandes cidades e que será um subcompacto.

Um carro pequeno e de aspecto ágil, de linhas enxutas, de estrutura ambiciosamente compacta e reduzida, com suas dimensões que chamam a atenção: 2,99 metros de comprimento, 1,68 m de largura e 1,50 m de altura, tendo entre-eixos somente 2,0 metros.

O Cygnet começará a ser fabricado ano que vem e será o menor modelo a ser produzido pela Aston Martin e que terá a mesma plataforma do japonês Toyota iQ. Diferentemente de seus outros modelos, que primam por serem carros extremamente potentes, supervelozes que lembram carros de corrida, com a sofisticação e o requinte do luxo que é característica primordial da marca o Cygnet é um carro tipicamente cosmopolita, mas que com certeza manterá a tradição de luxo e requinte da famosa marca inglesa.

Foto: Jano 2106

Por Mauro Câmara


Aston Martin Vantage Roadster N-420 – Lançamento


Enriquecendo ainda mais o portfólio de suas jóias supervelozes a fabricante inglesa de carros esportivos de luxo, Aston Martin, está lançando uma nova série do seu sedutor modelo Vantage, o Vantage Roadster N-420.

É um conversível sedutor de linhas elegantes, porte imponente e estilo clássico que mantém a mesma motorização do Vantage Cupê N-420, conforme matéria do site Carro Online. Toda sua elegância é movida por um propulsor 4.7 V8 que produz 420CV de potência e teve seu peso total reduzido em função da fabricação de diversos de seus componentes em fibra de carbono. Sua velocidade máxima pode chegar a 290 Km/h com aceleração de 0 a 100 Km/h se dando em 4,5 segundos. Já o Vantage Roadster convencional acelera em 4,7 segundos.

A fabricante ainda não divulgou o preço desta jóia e nem se ela chegará ao Brasil. Mas pelo desempenho da única loja autorizada da marca no país, que fica em São Paulo, e que logo no primeiro mês de funcionamento teve resultados excelentes, se esta nova versão vier para terras nacionais com certeza deverá encontrar um bom mercado.

Por Mauro Câmara


Aston Martin One-77 – Novo Modelo


No universo dos esportivos luxuosos e caríssimos da fabricante Aston Martin uma nova estrela vai brilhar a partir do ano que vem. Trata-se do exclusivo, requintado e potentíssimo One-77 cujas informações a marca inglesa divulgou no último dia 21 de Setembro de acordo com matéria do site Carro Online.

Trata-se de mais um modelo sofisticado de carro esportivo que com certeza virá com todo o requinte que caracteriza a empresa inglesa, como já se vê pelo design esportivamente clássico, de carroceria arredonda na traseira e frente aerodinâmica de linhas intimistas que lembram um pouco antigos modelos esportivos que ainda hoje habitam o imaginário dos apaixonados por carros esportivos. Mas de antigo o futuro One-77 não tem nada e além das características de desenho, sofisticação e luxo da marca, este novo modelo trará potência e aprimoramentos técnicos.

Para começar seu motor aspirado será o mais potente do mundo. De acordo com as informações da fabricante seu super star vai oferecer 750 CV de potência com um motor V12 de 7.3, que utiliza peças de baixo atrito e móveis e outros detalhes técnicos que garantem a produção desta, literalmente, dose cavalar de potência.

Aliando todas as características técnicas deste modelo a Aston Martin informa que ele pode atingir a velocidade máxima de 320 Km/h com aceleração de 0 a 100 Km/h se dando em 3,5 segundos.

Para quem pode basta aguardar o lançamento no inicio do ano que vem e já ir sonhando com esta estrela de quatro rodas.

Foto: Jactoll

Por Mauro Câmara


Aston Martin abre Loja no Brasil – São Paulo (SP)


Os fãs da marca inglesa Aston Martin, que produz carros de luxo, já podem contar com uma loja no no Brasil. A concessionária fica localizada numa das regiões mais nobres de São Paulo, na rua Colômbia no Jardim Paulista.

Para que quiser saber os veículos que estarão expostos na nova loja, a empresa criou um site. É claro que modelos como o DB9, o DBS e o V8 Vintage não faltarão. Outro modelo que também estará à disposição para ser importado pelos brasileiros Rapide, um sedã-cupê.

Outros modelos também poderão ser encomendados, e a meta da empresa é vender cerca de 40 unidades anuais. Quem quiser ver de perto os modelos da Aston Martin poderá também ir ao Salão do Automóvel de São Paulo. O evento abrirá as portas no dia 27 de Outubro e vai até o dia 7 de Novembro.

Foto: Site da Aston Martin

Por Maximiliano da Rosa


Novo Aston Martin DB9 2011


O Aston Martin DB9 recebeu um novo design tanto no interior do veículo quanto na parte de fora do carro.

O para-choque recebeu novas entradas de ar,os faróis e as grades também sofrerão mudanças.

As rodas que antes eram aro 18 agora derão lugar ao aro 20 de liga leve, e as pinças de freio que agora são prateadas.

Por dentro as mudanças ficão no novo sistema de som e blueetoth,que são oferecidos como opcional.Além dessas mudanças no visual do carro,algumas mudanças na performance do veículo também foram feitas.

A suspensão do carro foi alterada assim ela proporciona um controle na rigidez do veículo em altas velocidades.

Não houve nenhuma mudança no motor do carro,que ainda continua com o v12 de 470cv e 6.0 litros.

Essa novidade chega ao Reino Unido agora em julho com valor aproximado de 122.445 libras pra o modelo coupe e a 131.445  com troca de marchas no volante.

Por: Ewerton Cruz


Aston Martin DB5 1964 de James Bond vai a leilão


O carro que fez John Stears ganhar o Oscar de efeitos especiais vai a leilão em outubro deste ano, na cidade de Londres. O Aston Martin DB5 1964, foi utilizado por Sean Connery em dois filmes do “007” e tem um valor estimado de quatro milhões de libras esterlinas, cerca de dez milhões de reais. Mais caro que um Pagani Zonda novinho.

O modelo super famoso nos cinemas é um dos originais pilotados por James Bond e possui uma série de equipamentos como telefone, radar, blindagem e até metralhadora, garantindo toda a aventura produzida para euforia dos espectadores dos filmes estrelados por Sean Connery, na interpretação do agente secreto. Todos os itens funcionam realmente, com exceção da metralhadora.

O carro atualmente pertence ao apresentador de rádio Jerry Lee, da Filadelfia, Estados Unidos, e o valor recebido no leilão será utilizado na sua fundação (Jerry Lee Foundation), que tem por objetivo ajudar pessoas pobres de cidades do interior americano.

Por Elizabeth Preático

Se estiver interessado, dizem que o carro está em excelente estado de conservação e só rodou pouco mais de 45 mil km. Tá certo que tá precisando trocar o couro dos bancos e tirar uma ferrugem, mas de resto tá novinho!