Novo Ford Mustang 2018 Conversível – Primeiras Imagens


Motadora apresenta primeiras imagens e informações da versão conversível do novo Mustang.

A montadora americana Ford lançou recentemente a versão reestilizada do Mustang conversível, que vai ser bem parecido com a versão cupê e vai estar presente em mais de 50 salões do automóvel espalhados pelo planeta.

O início das vendas do Mustang nos Estados Unidos será a partir do segundo semestre desse ano e a versão cupê do modelo estreou em terras americanas em setembro do ano passado e foi um sucesso de vendas.

No Brasil, o modelo deve dar as caras por aqui entre o segundo semestre desse ano e o início de 2018. A previsão da Ford é que a versão mais potente do Mustang, a V8, venha para o Brasil, onde o entusiastas do carro esperam ansiosamente por isso.

Além das pequenas mudanças no visual, como para-choque da frente, faróis e grade dianteira redesenhados, o potente esportivo ganhou 3 opções de novas cores para carroceria e 12 opções de conjunto de rodas.

A maior novidade é que o painel de instrumentos é todo digital e vem com uma tela sensível ao toque de 12 polegadas, que pode ser personalizada.

A parte mecânica do Mustang oferece um motor V8 ainda mais potente e com o conjunto de suspensão mais firme.

O tradicional motor 3.7 V6 irá sair de cena, ficando apenas o conhecido 5.0 V8 e o 2.3 Ecobost de quatro cilindros. As opções de câmbio manual e automático ainda é oferecido nas duas versões do Mustang, mas no motor V8, o modelo traz a dupla embreagem de brinde.

Caso o comprador opte pelo câmbio automático, além do potente motor, ele terá a disposição 10 marchas para usar a vontade, a versão anterior era de seis marchas. A Ford afirma que o novo câmbio permite trocas mais rápida e suaves ao mesmo tempo com trocas de marchas quase imperceptíveis. O grandalhão ainda conta com novo sistema de frenagem a distância, alerta de fadiga e distância de outros carros.

A montadora americana ainda não divulgou o preço do Mustang, mas ao que tudo indica, não será nada barato e vai ter um público extremamente seleto, geralmente pertencentes as classes A/B.

Algumas pessoas questionam se é economicamente viável lançar um carro desse porte aqui no Brasil, onde se instalou uma crise financeira que está assolando o país de norte a sul e o preço da gasolina saindo por quase 4 reais. Quem viver, verá!

Rodrigo Souza de Jesus


Novo Ford Mustang – Principais Mudanças e Lançamento no Brasil em 2018


Novo modelo pode perder motor V6 e deve contar com faróis menores.

O clássico dos anos 60, o americano Mustang, já está em sua sexta geração e vai dar o ar de sua imponência aqui no Brasil em 2018. Na verdade, essa é a primeira reestilização do muscle car da Ford desde sua nova geração e que não houve nem tempo para mistérios por partes dos projetistas da montadora, pois uma filmagem oficial que foi divulgada na internet, mostrou todo o glamour desse carrão que quer ganhar espaço em terras brasileiras.

O recém lançamento será o marco da era Mustang no Brasil. A nova geração do V8 divide opiniões e alguns admiradores do carro alegam que o muscle car ficou com aspecto mais entristecido por causa dos novos faróis, um pouco menores do que a antiga geração. Em contrapartida, outros dizem que o novo facelift que o Mustang ganhou foi a melhor coisa que poderia ter acontecido. As modificações do Mustang foram os novos faróis menores e grade dianteira mais alta, para-choque com novo design e luzes diurnas de leds, um pouco mais altas e mais chamativas, além do novo capô. Na parte traseira, as modificações foram mais sutis como no para-choque e lanternas, mas ainda lembra e muito a geração anterior. Ainda não foram divulgados nenhum vídeo ou imagem do inteiror do Mustang.

A parte mecânica é o grande atrativo desse americano que veio com o propósito de impressionar a todos. O câmbio automático de 10 marchas trabalha em perfeita sintonia com o grande e potente motor V8 5.0, que libera 441 cv. Os engenheiros da Ford estão pensando na possibilidade do Mustang perder o famoso motor V6 3.7 para que o motor 2.3 de quatro cilindros fique como padrão do carro.

A previsão é que em 2020, a versão híbrida do carrão entre em cena e a pretensão é que o muscle car renda força como um motor V8. A montadora americana ainda não detalhou quais as versões que o Mustang oferecerá aqui no Brasil, mas que certamente não está pensando em economia de combustível, tão necessária em época de crise financeira.

A maior questão é que esse tipo de carro já tem seu público certo e só falta saber se o muscle car dos anos 60 vai agradar quando chegar por aqui. Quem viver, verá!

Rodrigo Souza de Jesus


Ford Mustang pode ganhar Versão Híbrida em 2020


Versão híbrida deve ter quase a mesma potência da versão com motor V8 e deverá contar com mais torque.

A Ford anunciou recentemente que pretende ampliar seus projetos e investir ainda mais no desenvolvimento e comercialização de versões híbridas de modelos já existentes da marca. O anúncio foi feito através de coletiva de imprensa na fábrica de Flat Rock, localizada em Michigan (EUA). Além disso, a montadora também pretende trabalhar com novos modelos que devem ser desenvolvidos com propulsão elétrica, motorização híbrida e tecnologia de condução autônoma.

E um dos principais destaques desse anúncio é, sem sombra de dúvidas, a chegada do Mustang em sua versão híbrida. Com isso, o cupê esportivo Mustang deve ganhar uma grande atualização em 2020. Vale destacar que este é um clássico da Ford, sendo que o mesmo vem acompanhado, nas versões top de linha, com motor V8 e propulsor turbinados de quatro cilindros. Além desse modelo, a Ford pretende lançar outros 12 automóveis eletrificados.

A montadora norte-americana também destacou alguns pontos importantes deste lançamento. Segundo a Ford, a versão hibrida do Mustang irá contar com potência bastante similar àquela encontrada no V8, ou seja, próximo de 440 cv. Apesar disso, a versão híbrida terá ainda mais torque, sendo que a atual versão de oito cilindros consegue entregar 55,3 kgfm. Outro destaque interessante é quanto ao consumo de combustível, que deverá ser menor, haja vista essa ser uma das prioridades de automóveis deste tipo.

Além disso, a Ford ainda destaca que deve produzir as versões híbridas da picape F-150 e do Police Interceptor, sendo este último um automóvel exclusivo para as forças policiais nos Estados Unidos. Já o primeiro veículo da Ford totalmente autônomo só deve chegar ao mercado em 2021, sendo que o mesmo terá trem de força híbrido.

Tais anúncios são bastante importantes para a montadora e iniciam uma nova fase de investimento e busca por ainda mais sucesso por parte da Ford. Vale ressaltar que grande parte da produção dos modelos híbridos será concentrada em Flat Rock. A empresa anunciou um investimento total de US$ 700 milhões, sendo este uma parte do orçamento total de US$ 4,5 bilhões que tem como objetivo o desenvolvimento de automóveis eletrificados até o ano de 2020.

E foi nesta mesma coletiva de empresa que a montadora anunciou o cancelamento de projetos no México. O investimento no país latino-americano seria de US$ 1,6 bilhão através da construção de uma nova fábrica da Ford.

Por Bruno Henrique


Novo Ford Mustang chegará ao Brasil mais Elitizado


Montadora estuda cobrar valor alto pelo carro para preservar imagem de exclusividade e durabilidade do carro.

Para os fãs e apaixonados pelo belíssimo veículo da Ford, o famoso Mustang, as notícias são excelentes, haja vista que o fabricante garantiu que irá trazer este veículo esportivo para o Brasil, porém, os consumidores brasileiros terão que ter um pouquinho de paciência, porque esta chegada poderá acontecer somente no ano de 2018.

Um dos motivos para que o veículo não chegue tão rápido ao mercado nacional é a eterna calibração do propulsor para suportar os efeitos causados pela nossa gasolina, que é considerada como pouco pura, outro motivo é o fato de a Ford querer inserir no mercado nacional um versão atualizada e forte, que será destinada a poucos compradores, assim evitando o efeito colateral da popularização que ocorreu com o rival da Chevrolet, o renomado Camaro, que por aqui foi um sucesso.

Esses requisitos iniciais deverão refletir diretamente no preço em que o veículo chegará por aqui. Enquanto o Camaro custava R$ 180 mil quando estreou no Brasil e atualmente está custando R$ 250.290, o Mustang seria comercializado aqui no país por R$ 300 mil, contudo, teria a capacidade de cobrar o dobro do modelo da General Motors.

Como todos sabemos, no começo o Camaro foi um verdadeiro sucesso de vendas e acabou virando, além de desejo e sonho de consumo de muitos, hit musical, sendo que com toda essa divulgação acabou se tornando um ícone de desejo de um público emergente, que estava com foco em ostentar e não de conhecer realmente o carro, público este que aos poucos foram virando personagens das páginas policiais devido aos inúmeros acidentes registrados com o envolvimento dos veículos. Esse é um dos aspectos que a Ford não deseja que o Mustang passe aqui no Brasil, sendo que por este motivo, quando o carro chegar no Brasil, será um modelo elitizado.

A inserção deste novo Mustang no Brasil é uma coisa que, ao que tudo indica, será muito bem estudada e analisada pela Ford, até mesmo para respeitar e fazer jus a história do modelo no cenário automobilístico, tendo em vista que o conceito que a empresa coloca no Mustang é que ele é um veículo raro e que possui uma durabilidade de muitos anos.

Por Adriano Oliveira


Ford Mustang 2015 – Características da nova versão


O Ford Mustang, desde os tempos áureos do automobilismo tem nome como sinônimo de potência, força e robustez. Ao longo dos anos o carro sofreu várias reformulações, com melhoras na aerodinâmica, no motor, na transmissão, tornando-se com o passar do tempo cada vez mais moderno e poderoso. O carro é a essência daquilo que é chamado Muscle no mundo dos automóveis. A versão 2015 (a sexta geração) do carro chega agora ao Brasil trazendo consigo 50 anos de história e aprimoramentos para lá de bem-vindos.

O carro chega com valores que passam dos R$ 270 mil e mostra que vale cada centavo. O novo cupê foi lançado em Los Angeles. O motor é o típico V8 e o carro é concorrente direto do Dodge Challenger e Chevrolet Camaro. A novidade na concorrência vem da Audi e da BMW, que estão lançando carros na mesma linha do Ford Mustang.

A grade dianteira é no melhor estilo Ford atual, com o típico formato hexagonal que lembra muito o Fusion e o Ford Fiesta e é só isso que o carro tem que lembra seus primos distantes. O design é muito mais arrojado e agressivo, com linhas fortes que transmitem o potencial do veículo e a potência do motor.

O motor é praticamente uma obra de arte, ao pisar no acelerador o motorista sabe o que vai pilotar, escutando o ronco grave dos giros. O torque? 55kgfm, com uma arrancada muito poderosa. O motor V8 pode chegar à potência de monstruosos 441 cavalos. A versão mais comum disponibilizada para test drive tem seis marchas manuais. Sinceramente? Deve ser no mínimo desagradável dirigir uma máquina como essa com câmbio automático, o motorista perde todo o poder do carro que antes estava em suas mãos. Entretanto no mercado brasileiro a versão com câmbio automático também estará disponível para venda. Trata-se de um clássico revisitado e como tal merece atenção do público. É uma máquina muito potente.

Por Nosf

Ford Mustang 2015

Ford Mustang 2015

Ford Mustang 2015

Fotos: Divulgação


Ford Mustang Shelby GT350 – Nova geração será apresentada no Salão de Los Angeles


A Ford, após longo tempo de ausência de mercado, resgatou o clássico Shelby GT350 para dar ainda mais força à sexta geração do Mustang. Revelado oficialmente antes do Salão de Los Angeles, que tem início no dia 21 de novembro, o novo Mustang Shelby GT350 é a aposta da Ford para brigar diretamente com o rival Chevrolet Camaro Z/28, além de outros Muscle Cars que é vendido no mercado norte-americano.

Visualmente, o Ford Mustang Shleby GT350 conta com o mesmo visual da nova geração do Muscle Car, mas se diferencia pela adoção de um para-choque levemente redesenhado na parte inferior, novo capô, novo para-lamas dianteiro com saída de ar, para-choque traseiro com difusor de ar integrado, duas saídas duplas de escape e modesto e charmoso spoiler traseiro na tampa do porta-malas.

Para completar, o novo Shelby GT350 vem com rodas de liga leve de 19 polegadas calçadas com pneus Michelin Pilot Super Sport, amortecedores MagneRide e freios Brembo com pinças de seis pistões e discos com 394 milímetros na dianteira e discos de 380 milímetros e pinças com quatro pistões na traseira.

No interior, a Ford também caprichou na esportividade, principalmente pela adoção dos bancos esportivos Recaro e novo volante esportivo multifuncional com base achatada. Outro ponto interessante foi o fato da Ford reduzir substancialmente os detalhes de acabamento em cromo, para evitar que o brilho do sol distraia o condutor.

Além disso, o modelo ainda conta com uma vasta lista de equipamentos de série de conforto e segurança, com destaque para o sistema de condução com cinco modos que modificam o comportamento dos freios ABS com EBD, do peso da direção, do controle eletrônico de tração e estabilidade, da configuração de escape, do mapeamento do acelerador e do tuning MagneRide.

Mecanicamente, o novo Ford Mustang Shelby GT350 vem equipado com motor aspirado 5.2 V8 capaz de entregar 500 cv e torque de 55,3 kgfm. Apostando na alta rotação do motor, diferentemente do último Shelby, o GT500, que contava com um bloco V8 Supercharger de notáveis 671 cv de potência, o propulsor do GT350 tornou-se o mais potente de aspiração natural já fabricado pela marca estadunidense. A aposta no motor aspirado tem um motivo claro: a Ford queria um Mustang que fosse apto, tanto para as pistas de corridas quanto para o uso nas ruas.

Dotado de tração traseira e diferencial Torsen de deslizamento limitado, o motor V8 aspirado trabalha em conjunto com um câmbio manual de seis marchas. Para dar maior segurança aos ocupantes, a Ford reduziu a altura de rodagem do carro e promoveu um enrijecimento do chassi em comparação a versão convencional do Mustang, através da utilização de fibra de carbono. 

Por Caio Polo

Ford Mustang Shelby GT350

Ford Mustang Shelby GT350

Ford Mustang Shelby GT350

Fotos: Divulgação


Avião caça F-35 inspira série especial do Mustang


A famosa frase “é um homem ou um avião?” tornada clássica com o Super Homem pode ser convertida para “é um carro ou um avião?”. Isso, claro, porque o assunto tem mesmo a ver com carros e também com aviões. Estamos falando aqui do Mustang 2015 que foi projetado com a cara de um dos aviões de caça mais avançados e famosos do mundo, o Lockheed Martin F-35 Lightning II.

Criada pela Ford, a série especial foi apresentada ao público durante a realização de um evento, o EAA Air Venture que, diga-se de passagem, é o maior no setor de aviação dos Estados Unidos.

A parte mecânica da série especial continuou igual a que é apresentada pelo modelo base, que é um Mustang GT fastback. Ou seja, lá está o motor V8 de cinco litros, capaz de gerar 435 cavalos de potência. A coisa fica mesmo diferente é no exterior, que foi completamente personalizado com o objetivo de se parecer ao máximo com o caça americano.

Na parte da frente, um splitter feito em carbono o deixou ainda mais agressivo. Imitando a coloração das janelas do caça, as pinças dos freios e também dos vidros, bem como os retrovisores receberam uma cor amarela.

A coisa não fica só nisso. O sistema de escape tem ponteiras feitas em cerâmica. No caso da suspensão, há a presença de molas rebaixadas Eibach. Na parte de dentro do carro, o painel foi completamente redesenhado além do fato de que os tapetes foram bordados com o emblema específico da série especial. Esses são apenas alguns detalhes desse projeto interessante.

De qualquer maneira, a Ford já é uma velha conhecida no evento. Ela patrocina o mesmo há sete anos. Em cada edição lança um modelo que é destinado para leilão. Nesta edição, foi feita a mesma coisa e o dinheiro obtido pelo leilão foi direcionado para o programa Young Eagles que se propõe a incentivar jovens a seguirem em frente em carreiras que envolvam o mundo da aviação.

No ano passado o modelo foi leiloado por mais de US$ 400 mil. Já neste ano foi mantido em sigilo, tanto o valor, quanto quem comprou o carro especial.

Por Denisson Soares

Foto: divulgação


Novo Mustang em versão real e de açúcar


Sempre um sucesso nas ruas de várias partes do mundo, o Ford Mustang também ganhou uma versão diferente. A miniatura comestível foi feita em impressora 3D de comemoração ao Dia dos Namorados americano – comemorado na última sexta-feira (14). O “doce” carro é mais um tributo ao lançamento da nova geração e aos 50 anos do “pony car”.

A ideia surgiu em uma parceria entre a Ford e a 3D Systems e sua divisão de alimentos, The Sugar Lab, que inventaram o Mustang de açúcar. O modelo tem 10 cm de comprimento e 5 cm de altura, medidas parecidas com uma miniatura de carrinhos de aço. Para a receita de sucesso, a Ford disponibilizou para a 3D Systems a versão digital do Mustang para produzir o carro doce.

Até agora, o Mustang comestível é um produto apenas de demonstração, mas para os apaixonados pela marca e por guloseimas, a Ford já planeja a produção em escala do doce, e não só de açúcar, mas também de chocolate.

Parece que o novo Mustang foi inspirado na versão doce do carro. A Ford usou tecnologia de impressão 3D como, por exemplo, nas saídas de ar, painéis e painel de instrumentos. Além disso, peças do novo motor EcoBoost 2.3, como cabeçote, coletor de admissão e bloco do motor. E, na parte interna do verdadeiro carro, inclui a grade dianteira, lanternas traseiras e aberturas do capô. Tudo isso ainda em protótipo.

A ideia é que o novo Mustang seja lançado de forma progressiva em todos os cantos do mundo. As primeiras versões do lindo brinquedo estarão acessíveis nos Estados Unidos no segundo semestre deste ano e, na Europa, tudo indica que no começo de 2015 já estarão disponíveis para a venda. Na China e em outros países da região o automóvel chegará ao longo de 2015.

Infelizmente, no Brasil ainda não há previsão de chegada.

Por Carolina Miranda

Foto: divulgação


Ford Mustang – Novas versões da linha 2014


Ford Mustang 2014O tradicional Ford Mustang não para de cavalgar pelos mercados internacionais. Em um novo modelo do ano 2014, a montadora da Ford americana lança nas ruas em dez versões sua primeira linha de automóveis de todos os tempos, agora em sua melhor e mais potente forma.

Para quem gosta de um pouco de história, o primeiro Mustang apareceu no ano de 1964  em duas versões: Conversível e Coupé 2 portas, vinha equipado com um modesto motor 6L de 2,8L com 101HP até um V8 de 4,8L com 271HP. Concebido para satisfazer todos os gostos, o carro foi sinônimo de chame e elegância em sua época e também foi símbolo registrado da mesma.

Hoje ele chega imponente em sua sexta geração, ostentando design imponente, exalando poder e potência em cada uma de suas versões, que são as seguintes: V6, V6 Premium, V6 Convertible, GT,  V6 Premium Convertible, GT Premium, GT Convertible, GT Premium Convertible, Shelby GT500, Shelby GT500 Convertible. Os preços vão de US$ 22 mil a US$ 59 mil.  Todas contam com câmbio de seis velocidades, variando entre manual e automático.

Até hoje o Mustang é símbolo de sofisticação e potência em matéria de automóvel, e há quem ainda sonhe em ter o seu, porém, aqui no Brasil, fica a cargo dos mais abastados. 

Por Fábio G. Santos