Nova Yamaha Lander 250 com Motor Flex


Nova moto da Yamaha vem com motor flex e custa aproximadamente R$ 14.150.

A Yamaha, empresa mundialmente conhecida e renomada fabricante de motocicletas, divulgou na última sexta-feira, dia 26 de junho de 2015, o lançamento de sua mais nova motocicleta, a Lander 250 edição 2016. Esta motocicleta foi projetada em uma única versão e o preço sugerido pela fabricante para comercialização nas concessionárias de todo o país é de R$ 14.150, no entanto, ela estará disponível somente a partir da segunda quinzena do mês de julho.

Este novo lançamento da Yamaha teve algumas modificações em relação à versão anterior, ela recebeu um novo modelo de painel, foram inseridos piscas confeccionados em cristal, além de novos grafismos que foram aplicados nas inéditas cores branca e cinza, as quais foram adicionadas às opções laranja e azul, que já eram disponibilizadas na versão anterior.

O motor que foi utilizado nesta nova Lander 250 edição 2016 é o monocilíndrico de 249,45 cm³, o qual é dotado de comando simples de cabeçote e duas válvulas do modelo (SOHC), para a realização do arrefecimento misto, tendo em vista que esta motocicleta possui o auxílio de um radiador de óleo.

A maior novidade trazida por esta nova versão da motocicleta foi a inserção do sistema denominado BlueFlex, o qual possibilita que o proprietário possa fazer o abastecimento deste veículo tanto com gasolina quanto com etanol ou até mesmo com uma mistura destes dois combustíveis.

A montagem desse modelo foi feita no quadro do modelo berço semi-duplo todo confeccionado em aço, o qual é dotado de uma balança na parte traseira do modelo Monocross com link com curso de roda de 220 mm, já a suspensão dianteira foi projetada com um garfo telescópico de curso de 240 mm. O sistema de frenagem possui disco nas duas rodas, sendo que o traseiro possui uma espessura de 203 mm e o dianteiro de 245 mm.

A potência máxima do propulsor dessa motocicleta on/off da Yamaha é de 20,7 cavalos quando abastecida com gasolina e de 20,9 cavalos quando abastecida com etanol, ambos os dados foram obtidos quando atingidos os 8.000 giros. O torque máximo da moto é de 2,10 Kgm quando abastecida com etanol e de 2,09 quando abastecida com gasolina, disponíveis nos 6.500 giros.

Por Adriano Oliveira


Yamaha Motiv – Novo Carro deve ser lançado em 2019


Se você é fã da marca Yamaha e sempre está de olhos nos lançamentos da empresa, saiba que a transnacional japonesa dispõe de grandes planos para o mercado automobilístico nos próximos anos. Dentre as principais novidades que devem surgir na empresa nos próximos anos estão os projetos nas 4 rodas. Isso mesmo, a marca japonesa pretende lançar um microcarro para 2 pessoas. O mesmo deve ser lançado em 2019 na Europa.

As informações do lançamento de um automóvel pela Yamaha são de um porta-voz da companhia ao "The Wall Street Journal". Ou seja, é uma informação de dentro da empresa, o que deixa ainda mais expectativas. Vale ressaltar que um dos principais motivos para a aposta da Yamaha neste mercado é a diversificação de seus negócios. É importante destacar que em muitos mercados emergentes os clientes de motocicletas estão migrando cada vez mais para os carros. Levando em consideração esse fato, a marca japonesa pretende seguir a tendência e atuar no mundo das quatro rodas.

Um detalhe muito importante é que a transnacional japonesa ainda não chegou à conclusão de onde deve produzir o seu primeiro veículo urbano de quatro rodas. No entanto, a matéria do The Wall Street Journal já adiantou que a Yamaha não deve se associar com uma fabricante tradicional do ramo para fazer seu lançamento. Um grande exemplo seria a Toyota, haja vista a mesma possuir participação de 3,6% na Yamaha.

O lançamento da Yamaha para 2019 seria totalmente baseado no seu primeiro conceito de carro urbano, que foi apresentado no Salão de Tóquio em 2013. Com isso, uma das expectativas é que o motor seja elétrico, a gasolina ou até mesmo possua uma configuração híbrida. O automóvel também dispõe de transmissão de seis velocidades de dupla embreagem e teria de 70 a 80 cv de potência.

Dessa forma, o Motiv seria um grande rival para os modelos Smart, que são fabricados pela Daimler, marca alemã. Vale destacar que,atualmente as grandes montadoras estão sendo ameaçadas pelas empresas novatas, haja vista o Google (que desenvolveu seu carro autônomo), a Apple (que também pretende lançar um veículo na mesma categoria) e agora a Yamaha.

Por Bruno Henrique


Yamaha VMax – Modelo completa 30 anos no mercado


Há exatos 30 anos atrás, a grande sensação do mercado automobilístico eram os “muscle cars”. Os mesmos contavam com motores enormes, muitas vezes mal cabiam no capô dos carros, no entanto, faziam um sucesso enorme. Diante daquilo, Atsushi Ichijo, um projetista da Yamaha, decidiu levar aquela característica para as motos. Dessa forma, surgiu a famosíssima Yamaha VMax, uma das motocicletas mais conhecidas do mundo e com sucesso imenso.

Em 2015, a este ícone do mercado de motocicletas está completando nada menos que 30 anos de existência.

Para aqueles que não conhecem a Yamaha VMax, saibam que um dos grandes sucesso desta motocicletas foi justamente o seu motor V4 de 1.200 cc. O mesmo foi uma herança direta da touring Venture Royale. Devido a grande exigência por potência e velocidade naquela época, este motor conseguia gerar nada menos que 143 cv de potência.

Além disso, outro grande destaque desta motocicleta e que agradou bastante os clientes da época foi o seu visual arrojado e diferente. Um dos principais destaques eram as entradas laterais em formato de cornetas, algo presente em todas as gerações da Yamaha VMax.

O ano de 2005 também foi especial, haja vista ter sido apresentado no São de Tóquio daquele ano o ousado conceito power cruiser. Dessa forma, era esperado que o mesmo substituísse a VMax. Em relação ao projeto da VMAx apenas foi mantido as tradicionais entradas de ar ao lado do torque e motor VA, sendo que agora o mesmo contava com 1.700 cc. E alguns anos mais tarde, a Yamaha acabou com o suspense anunciou aquele modelo como sendo a nova geração da VMax.

Dessa forma, a VMax chegou ao mercado das motocicletas com o seu velho conceito e algumas novidades como o tanque abaixo do assento e com bocal escondido. Agradou ainda mais aqueles que curtem velocidade, haja vista o propulsor render até 200 cv de potência. E visando manter suas origens, de moto arisca, itens como controle de tração e demais assistência não foram adicionados. Apenas o sistema ABS fez parte da nova VMAx.

O ano de 2013 foi bem especial para os brasileiros, pois foi neste ano que a Yamaha anunciou a chegada da VMax ao Brasil. Ao todo foram importadas 14 unidades para o mercado brasileiro.

Por Bruno Henrique


Yamaha MT-07 – Lançamento e Preço da Moto no Brasil


Segunda pertencente da família MT a ser recebida no Brasil, a Yamaha MT-07 chega com receita atrativa para competir com a Honda CB 500F, a Suzuki Gladius 650 e a Kawasaki ER-6m no ramo de nakeds urbanas. A nova moto possui um motor moderno de 700 cc, conta com um design atrativo, tem comportamento dócil e seu valor recomendado de R$ 26.990 para a versão básica e de R$ 28.490 para aquela que possui freios ABS (antitravamento).

Presente em três cores, sendo branca, cinza fosco e vermelha, o modelo será recebido em março nas lojas de todo o Brasil. De acordo com a empresa, o objetivo é vender cerca de 350 unidades da moto por mês.

Através de traços significativos, da mesma forma como os da semelhante maior (a MT-09), a MT-07 possibilita atingir ao ponto máximo o conceito de naked: motor, quadro e outros componentes são bem visíveis, a aparência do farol em formato de diamante indica que no local existia uma carenagem que foi removida. A cobertura do tanque poligonal foge do comum. Na parte do lado, existem duas entradas de ar com a insígnia dos três diapasões, completando o design sofisticado.

Embora a massa esteja concentrada na parte dianteira, a naked também acrescenta esportividade através da rabeta alta, do assento bipartido e da lanterna de LED embutida. O escapamento curto presente no lado direito auxilia na centralização de massas.

A MT-07 possui um motor com 2-cilindros paralelos (no lugar de tricilíndrico). Apesar de possuir menor capacidade cúbica, o propulsor evidencia torque em expansiva faixa de rotações, onde estão presentes 6,9 kgfm a 6.500 rpm. Entretanto, uma significativa parte da força é entregue a 2.500 giros, que possibilita que a pilotagem seja mais simples para pessoas que estão começando, confirmando emoção com acelerações potentes.

O guidão está mais elevado e recuado em relação ao MT-09. Já as pedaleiras estão presentes mais à frente e abaixo.

Felipe Couto de Oliveira


Recall da Yamaha XTZ 150 Crosser – Problema na Roda Traseira


A Yamaha divulgou no dia 9 de fevereiro que realizará um recall da XTZ 150 Crosser, nas versões E e ED, ano/modelo 2014/2015. O motivo deste recall é a identificação de um defeito de fabricação no conjunto da roda traseira das motocicletas, que deverá ser trocado nas concessionárias.

Conforme a declaração da montadora, a profundidade dos furos de alojamento do raio teve um tamanho maior em relação ao que foi planejado para a motocicleta. Por conta desta falha, a tensão nos raios é maior do que o esperado, o que poderá ocasionar uma ruptura deles na roda traseira. Conforme a montadora, a ruptura de 6 ou mais raios da roda, poderá levar a uma falta de estabilidade, com perigo de resultar em acidentes e danos aos usuários da motocicleta e outras pessoas.

Neste recall que a Yamaha fará estão inclusas as versões ED (com os chassis entre 9C6DG2510F0000101 e 9C6DG2510F0026300) e E (com os chassis entre 9C6DG2520F0000101 e 9C6DG2520F0005600).

A substituição do conjunto da roda traseira na concessionária terá uma duração média de uma hora. Os donos das motocicletas que desejarem saber de maiores informações e tirar as suas dúvidas poderão entrar em contato através do telefone 0800 7743738. É importante ressaltar que o atendimento será em horário comercial. Não existe um prazo para o recall terminar, uma vez que o fabricante tem o dever de reparar os defeitos que foram constatados nos modelos, independente da data ou prazo que o consumidor se direcionar à concessionária. Mas é recomendado que os proprietários compareçam em um dos estabelecimentos da Yamaha o mais rápido possível, para evitar que outras peças da motocicleta sejam atingidas e posteriormente cause danos ou prejuízos ainda maiores.

O modelo XTZ 150 foi lançado no Brasil e começou a ser comercializado no mês de abril de 2014. Logo a moto conquistou um destaque no mercado, ocupando o 3º lugar entre as motocicletas mais vendidas da categoria (Trail/Fun). O modelo ficou em desvantagem somente com as concorrentes Honda NXR Bros 150 e Honda XRE 300.

Foto: Stephan Solon/Divulgação

Felipe Couto de Oliveira