Volkswagen deve fazer acordo de Recompra dos Carros a Diesel


Acordo deve atingir cerca de 500 mil proprietários de carros a Diesel e se deve ao caso de fraude na emissão de poluentes.

A Volkswagen (VW) pretende fazer um acordo com pelo menos 500 mil proprietários de carros a diesel nos Estados Unidos. O tratado, que deve ser anunciado pela empresa nesta terça-feira, dia 28, em Washington, irá incluir 10 bilhões de dólares como uma oferta de recompra de veículos da marca. Conforme o acordo previsto, os donos dos veículos prejudicados poderão escolher entre o reparo, que acarretará no aumento do consumo de combustível e menor aceleração do carro ou a venda deste para a fábrica.

Além disso, serão utilizados aproximadamente 5 bilhões em fundos de poluentes para agências governamentais de proteção ambiental e em tecnologias antipoluentes, compensando assim a emissão de diesel em quantidades grandes e como forma de aumentar a fabricação de carros com emissão zero.

Sendo assim, um total de 15 bilhões de dólares será utilizado para melhorar a imagem da empresa que ficou prejudicada após o escândalo que veio a tona em setembro de 2015, quando autoridades dos EUA denunciaram irregularidades e afirmaram que a organização manipulava o software dos veículos que possuíam motores a diesel, falsificando assim os valores das emissões de poluentes destes. Logo que comercializados, porém, os carros emitiam 40 vezes mais gases do que no momento do teste.

Já em abril deste ano, a agência de notícias Reuters divulgou que a VW teria fechado um acordo com as autoridades, estimando os gastos em US$ 10 bilhões para ressarcimento dos danos.

Apesar de a Volkswagen e a agência de proteção ambiental dos EUA não comentarem o fato, o escândalo levou a inúmeros processos judiciais americanos, podendo-se citar inclusive ações movidas pelos clientes que adquiriram um veículo da marca.

Além deste, há outros processos que foram movidos pelos consumidores para a marca no país, destacando-se a abertura de uma ação em janeiro de 2016 devido ao descumprimento de leis relacionadas ao meio ambiente em âmbito federal. Ao que consta, por esta a Volkswagen terá que desembolsar US$ 48 bilhões. Ainda, em março, o órgão de defesa dos consumidores apontou propaganda enganosa com a mensagem referente ao “diesel limpo”.

Além de afetar os veículos nos Estados Unidos, pelo menos 17.057 unidades da Amarok no Brasil também estão envolvidas no caso envolvendo os poluentes.

Kellen Kunz


Volkswagen lança novo Golf GTI Clubsport e bate recorde


Em cima da hora, mas deu tempo. O lançamento da nova versão do Golf GTI Clubsport feito pela Volkswagen conseguiu chegar para comemorar o aniversário de 40 anos do hatch. Mas a data que por si só já é especial ainda teve outro motivo para ser comemorada. Afinal de contas, não é todo dia que um carro com tração dianteira consegue quebrar o recorde nas pistas de Nurburgring.

O modelo médio de três portas deixou claro ao cravar seus 7m41s que será meio difícil de ser alcançado quando o assunto for as pistas de competição.

Para conseguir o feito o Golf não teve uma grande ajuda tecnicamente falando. Embaixo do capô vamos encontrar um motor que não é estranho: O 2.0 TSI. A diferença é que o bloco contou com o auxílio de uma nova bomba de combustível, uma central eletrônica reconfigurada e sistema de exaustão esportivo. Como resultado o carro conseguiu entregar 310 cavalos de potência a 38,71 kgfm de torque nas rodas dianteiras por meio da transmissão manual de seis velocidades.

De acordo com as informações da própria Volkswagen o Golf GTI Clubsport consegue chegar até 100 km/h em 5,8 segundos sendo que a velocidade máxima é de 260 km/h.

Mais especificamente sobre os números conseguidos em Nurburgring o motorista que quiser o feito terá que optar pelo modo “Green Hell” que se encontra disponível no menu do modo de direção. O sistema foi criado com as características da pista em questão. Para ajudar no processo de criação ninguém melhor do que o piloto Benny Leuchter. Esse foi o cara que conseguiu o recorde.

Essa versão do Golf GTI conta ainda com alguns diferenciais que são importantes como o caso de ser mais leve do que o modelo tradicional. Muito da perda de peso se deve a substituição dos bancos. Aqui foram usados bancos de competição em vez dos tradicionais.

A bateria também foi trocada por uma menor e o volante por outro com uma cara mais esportiva.

A parte externa do carro também não passa despercebida. As rodas seguindo o estilo Pretoria agora são de aro 19 e os pneus são Michelin Sport Cup 2. O para-choque conta com detalhes aerodinâmicos que fazem um bom conjunto com as luzes de LED e os faróis bixenon.

Inicialmente a informação é que serão fabricadas apenas 400 unidades do carro. Delas, 100 já estão reservadas exclusivamente para clientes alemães.

Por Denisson Soares


Volkswagen pode parar de produzir o Fusca


Queda nas vendas do Fusca incentivaram a montadora a descontinuar o modelo e passar a focar na produção de SUVs.

Eles são charmosos, coloridos e fizeram história ao longo dos anos. Muita gente ainda guarda na memória a história dos primeiros Fuscas produzidos no país e não é preciso andar longe para encontrar quem ainda tenha um na garagem. Mas a notícia divulgada recentemente vai desagradar os amantes do carro. Isso porque há possibilidade dele deixar de ser produzido nos próximos dois anos.

Recentemente a Volkswagen tomou a decisão de acabar com o Fusca. Isso deve acontecer até o final do ano de 2018.

Ao que tudo indica, a empresa pretende agora mudar de estratégia. A montadora alemã agora quer voltar os holofotes para a fabricação dos chamados SUVs, já que esse é um dos segmentos mais lucrativos no atual cenário econômico. Essa mudança também faria com que a empresa pudesse se desafogar, já que acabou investindo alto no desenvolvimento do Dieselgate.

Especialistas apontam que esse tipo de estratégia não é algo que cause muita surpresa, ainda mais depois que a Maserati fez o lançamento do Levante. Vale lembrar ainda que grande parte das marcas premium, como Lamborghini, Alfa Romeo e até a conhecida Rolls-Royce, farão o lançamento de SUVs.

Outra questão determinante para a decisão de deixar de produzir o Fusca é foco no lucro. A Volkswagen detectou que nos últimos anos a venda dos fuscas caiu muito. E essa queda não se restringe a países específicos: a baixa nas vendas foi no mundo todo, o que pesou de forma determinante para que a empresa resolvesse descontinuar a produção do modelo.

A prova de que o Fusca já não fazia mais tanto sucesso entre as novas gerações veio quando a Volkswagen optou por lançar as edições especiais. Essa estratégia dos últimos anos não surtiu nem de longe o efeito que era esperado.

Caso a empresa realmente tire o Fusca de linha no ano de 2018, a geração de um dos carros mais vendidos no Brasil chega ao fim depois de completar mais de 20 anos desde o ano em que estreou: 1997. Notícia acompanhada com pesar por quem gosta e até idolatra o Fusca, pois o carro tem história.

Flaviane Oliveira


Novo VW Touareg 2017 – Lançamento e Principais Novidades


Novo veículo chegará em 2017 mais leve e dinâmico.

A gigante Volkswagen provou mais uma vez que entende de máquinas automobilisticas e já anunciou que leveza e dinamismo serão uma das características marcantes do novo Touareg, que já está na sua terceira geração e vai chegar ao mercado consumidor em 2017.

Segundo notícias de veículos de comunicação na Alemanha, o modelo de luxo da famosa empresa alemã recebeu os mesmo padrões de plataforma do Bentley Bentayga e Audi Q7.

Com o slogan "Sofisticação em qualquer terreno", a marca alemã Volkswagen promete muitas novidades e diz também que esse será um automóvel para ultrapassar todas as fronteiras, pois é mais leve que os modelos das gerações anteriores, é mais eficiente no quesito economia de combustível e além dessas vantagens, ele promete ser bem menos poluente do que seus antecessores e atuais concorrentes.

O Crossblue é o conceito que foi escolhido mais uma vez para ser utilizado na inspiração do visual dessa novidade automobilística e apesar de muitas especulações e poucas notícias oficiais a respeito da sua ficha técnica, já foi anunciado que as alternativas de motores serão um motor novo V6 a diesel (com 300 cavalos) e outro motor V6 a gasolina (com potência de 330 cavalos). Uma versão híbrida plug-in do G7 e-tron ja é destaque no mercado europeu e foi estimado que deve chegar a uma potência de cerca de 370 cavalos, com um propulsor de 3.0 V6 (diesel).

A transmissão automática de 8 velocidades, com função Triptronic, também está sendo anunciada pela empresa alemã Volkswagen.

Para obter informações mais detalhadas dessa máquina e fazer consultas a respeito de futuras notícias, acesse ao site oficial da Volkswagen através do link http://migre.me/s1OEB. No próprio site você também encontra outros lançamentos e novidades que estão para chegar ao Brasil ainda esse ano e no ano que vem.

Prisca Fontes


Novo Volkswagen Up Speed com Motor TSI


Modelo ganha nova versão com motor de melhor desempenho e baixo consumo. Veículo deve custar aproximadamente R$ 49.990.

Foi lançado pela Volkswagen neste mês de julho o Up! com motor TSI na sua versão Speed. O anúncio foi feito na cidade de Campinas, em São Paulo. A montadora alemã aponta que essa versão do compacto contará com propulsor mais rápido e eficiente.

O Up Speed, que é o topo de linha, tem um preço de R$ 49.999, o que é considerado alto, apesar do bom desempenho e economia de combustível do mesmo. O bloco é o 1.0 l TSI com 105 cavalos de potência e mostra que mesmo sendo um propulsor 1.0, o motorista fica satisfeito com o seu desempenho nas ruas.

Os testes dão conta de que o novo Up tem as retomadas elogiadas e um bom fôlego quando as marchas são reduzidas. A velocidade máxima do Up TSI, segundo dados da Volkswagen, é de 184 km/h. A aceleração de 0 a 100 km/h é feita em apenas 9,1 segundos.

O Inmetro fez um teste sobre o consumo deste modelo do Up e apontou que o veículo pode andar 9,6 km/l na cidade e 11,1 km/l nas estradas, quando movido a etanol. Com gasolina, o carro conta com um consumo de 13,8 km/l na cidade e 16,1 km/l na estrada.

O Up Speed é comercializado apenas na cor branca e conta com novos detalhes na parte dianteira. A área do centro do para-choque tem a pintura em preto. Os retrovisores do modelo apresentam faixas na cor azul e também spoilers nas laterais. A roda de liga leve com aro 15 preto e diamante, é outro item exclusivo da versão. Da mesma maneira que acontece com as versões TSI do UP, a traseira tem a tampa do porta-malas na cor preta.

Na parte interna, o Up Speed conta com o teto e suas colunas pintadas em preto. O intuito é dar um ar mais esportivo para o veículo. Os bancos desta versão do Up contam com revestimento feito em couro sintético.

Apesar do preço, você acha que vale a pena o Up Speed com motor TSI?


Nova Geração do Golf GTI – Lançamento em 2019


Nova versão do veículo poderá ter 4 opções de motor.

Rumores fortes apontam que a Volkswagen lançará a nova geração do Golf GTI no ano de 2019. O veículo terá até quatro opções de motorização. As informações são do portal AutoBild. Segundo as notícias da marca, a atual geração do Golf contará com uma reestilização no ano que vem.

Já em 2018, a nova geração do modelo GTI será divulgada para que as vendas comecem em 2019. A oitava geração do Golf contará com até quatro versões de motorização.

A primeira versão é a GTI com 265 cavalos de potência. A versão intermediária será a GTI Performance, que terá 300 cavalos de potência. A versão topo de linha, que será a GTI Club Sport, terá um propulsor com 326 cavalos de potência. As configurações do bloco ainda não foram divulgadas.

Uma quarta versão para o motor do Golf ainda pode ser lançada pela Volkswagen. Neste caso, o modelo contará com tração integral e uma potência que ultrapassaria dos 400 cavalos.

Conceito Golf R 400:

O modelo conceito, que é considerado o mais esportivo da VW, vai ser lançado apenas no ano de 2017. O custo do modelo será de aproximadamente 50 mil euros, o que equivale a 182 mil reais. A notícia foi divulgada no site francês L’Automobile Sportive.

O lançamento do Golf R 400 vai coincidir com a renovação da linha do hatch esportivo da montadora alemã.

O custo alto do modelo se deve ao preço de seus concorrentes, o Audi RS3 Sportback (52,7 mil euros) e o Mercedes A45 AMG (51 mil euros). A fabricação do R 400 acontecerá em unidades limitadas.

O Golf R 400 contará com um motor 2.0 de quatro cilindros e uma potência de 414 cavalos. O bloco conta com 45,8 kgfm de torque. O conceito foi apresentado pela primeira vez durante o Salão de Genebra e o rpm ficará entre 2.400 e 6.300. O modelo ainda deve contar com uma suspensão renovada e mais baixa, além de um novo ajuste para o seu controle de estabilidade e tração integral. 


Novo Volkswagen Jetta Nacional 2016 chega às Lojas


Novo Jetta Comfortline nacional já está sendo vendido nas concessionárias de todo o Brasil. Veículo custa R$ 74.730.

Está chegando às concessionárias do Brasil, o Volkswagen Jetta que é fabricado na planta de São Bernardo do Campo, em São Paulo. O sedã médio nacional vai ser comercializado somente na versão Comfortline. O custo inicial do modelo ficará em R$ 74.730.

Esse Jetta chegará com um motor flex 2.0 MPI, com potência de 116 cavalos movido a gasolina e 120 cavalos movido a etanol. O torque fica em 17,7 kgfm a gasolina e 18,4 kgfm a etanol. A transmissão será automática do tipo Tiptronic com seis velocidades.

A fabricação desse modelo da linha intermediária do Jetta estava acontecendo na planta em questão desde o início de 2015. A versão será vendida junto com as que são importadas do México. São elas: a Trendline (com preço de R$ 70.690) e a Highline (por R$ 94.930).

A versão topo de linha do veículo conta com um propulsor 2.0 turbo TSI, com 211 cavalos de força e torque 28,6 kgfm, injeção direta de gasolina, transmissão DSG com seis velocidades e dupla embreagem.

Era esperado que a apresentação do modelo do Jetta fabricado no Brasil saísse junto com o motor 1.4 turbo recalibrado para ser movido a gasolina ou a etanol. Porém, esse fato não ocorreu e esse motor deve chegar somente com o Golf brasileiro.

Da mesma forma que as outras versões, o sedã médio nacional terá o sistema de suspensão traseira Multilink, quatro airbags, sistema isofix para fixar cadeiras para crianças, além de freios com ABS e EBD. Há também opcionais como volante com ajustes de altura e distância, rodas de liga leve e porta luvas com refrigeração.

As dimensões são as mesmas do modelo que é importado do México. Ele tem 4,65 metros de comprimento, 1,47 metros de altura, 1,77 metros de largura e o seu entre-eixos é de 2,65 metros. O espaço do porta-malas é de 510 litros.

Preços das outras versões:

  • Trendline sai por R$ 70.690.
  • Highline sai por R$ 94,930.


Volkswagen Gol G5 – Preço do Modelo Usado


Confira aqui o preço mínimo, médio e máximo cobrado pelo Volkswagen Gol G5 usado.

Volkswagen Gol G5 com motor 1.0 Flex com produção entre os anos de 2008 e 2013. Esse é o veículo que traremos para você informações sobre o preço que tem sido praticado no mercado de usados. O Gol é sempre um veículo que conta com boa revenda e muita gente visa para ter como “novo” carro. O mercado de usados cresceu neste ano de 2015 e os modelos da VW são sempre uma boa pedida.

Faixa de Preço:

O Gol no seu modelo Trend G5 com motor 1.0 de 2009 fica com a faixa de preço mínimo em R$ 18.499, preço médio de R$ 20.989 e preço máximo praticado em R$ 22.300. A tabela FIPE aponta que o preço sugerido fique em R$ 18.710.

Motor e Câmbio:

O combustível do modelo pode ser tanto álcool como a gasolina. A potência fica em 76 cavalos com etanol e 72 cavalos com gasolina. O torque fica a 10,6 kgfm com etanol e 9,7 kgfm com gasolina. O câmbio é um manual de cinco marchas.

Desempenho e Consumo:

A velocidade máxima do Gol G5 1.0 fica em 169 km/h e conta com uma aceleração de 0 a 100 km/h em 12,9 segundos. O seu consumo urbano fica em 7,4 km/l com etanol e 10,8 km/l com gasolina. Para a estrada, o consumo fica em 9,5 km/l com etanol e 14,1 km/l com gasolina.

Histórico:

O Gol G5 teve o seu lançamento em 29 de junho de 2008. O Novo Gol teve renovadas todas as suas características internas e externas. A plataforma utilizada para esse modelo do Gol foi a mesma que aparecia no Polo e no Fox.

O motor que era equipado no carro foi um transversal EA111. Eram dois tipos de motorização, a 1.0 e a 1.6. O Gol G5 contava com sete opções de cores para a sua venda. Em termos de suspensão, ela era a mesma da segunda geração do veículo, mas a dianteira contava com uma resistência maior para torções.

Foi no ano de 2009 que o Gol G5 foi lançado também com uma versão automática denominada de I-Motion. Esse tipo de transmissão foi elaborado por Magneti Marelli, o mesmo sistema utilizado também na Fiat, mas com o nome de Dualogic.


Volkswagen Golf R420 deve ser lançado no Salão de Frankfurt 2015


Volkswagen irá produzir o Novo Golf R420. Carro deve ser apresentado no Salão de Frankfurt 2015.

Na última semana, a Volkswagen confirmou que irá produzir o Novo Golf R400. O veículo foi apresentado pela primeira vez ao público no Salão de Pequim de 2014, ainda como conceito, sendo que agora será lançado oficialmente no Salão de Frankfurt, que acontece no mês de setembro deste ano.

Segundo as informações apuradas pela revista "Car", o Golf R400 virá equipado com um motor 2.0 turbo, que tem a capacidade de chegar a 420 cv de potência. Vale lembrar que este mesmo motor é utilizado pelo Audi TT. Além disso, na versão de fabricação o motor fornecerá 20 cv a mais do que a versão apresentada no carro conceito. Sendo assim, a Volkswagen deve chamar o novo carro de Golf R420 e não R400.

Já com relação à tração, ela deve ser integral, enquanto a sua transmissão deverá ser de seis velocidades.

Comentando agora um pouco sobre o seu design, ele não deve ganhar muitas mudanças e permanecerá com um visual bem esportivo, já que contará com detalhes em amarelo nas pinças de freio, na grade frontal e na costura do revestimento interno.

Por falar na esportividade, a Volkswagen deve oferecer ainda um Kit Aerodinâmico com difusores em fibra de carbono e com tubos duplos de escape centralizados.

Acredita-se que o novo Volkswagen Golf R420 deva chegar ao mercado alemão mais para o final do ano. Já com relação ao seu preço, ele deve custar cerca de 50 mil euros.

Linha 2016 do Volkswagen Up, Gol e Voyage:

Por falar em novidades, a Volkswagen lançou no Brasil a linha 2016 dos modelos Up, Gol e Voyage. Os veículos ganharam mais acessórios de série, porém, mantiveram praticamente o mesmo design. Outra mudança é com relação aos seus preços, que subiram. Agora, o Up custa de R$ 30,560 (modelo Take Up de duas portas) a R$ 44.830 (modelo Cross Up I-Motion). Já o Gol passou a custar de R$ 30.230 (modelo 1.0 Special com 2 portas) a R$ 60.030 (modelo 1.6 Rallye I-Motion). Por fim, o Voyage agora custa de R$ 40.390 (modelo 1.0 Trendline) a R$ 61.840 (modelo 1.6 Evidence I-Motion).


Preços do Novo Volkswagen Gol 2016


Confira a Tabela de Preços do Novo Volkswagen Gol 2016. Carro chega às concessionárias custando entre R$ 29 mil e R$ 58 mil.

Recentemente chegou às concessionárias o Novo Volkswagen Gol 2016. A nova versão do carro não possui grandes mudanças, apenas algumas alterações pontuais em alguns detalhes do veículo. Entre estas mudanças podemos citar a adição de detalhes cromados nas versões Comfortline e Highline. Não bastasse isso, o carro também ganhou retrorefletores nos para-choques de todas as versões.

Para aqueles que não se lembram, o Gol era o carro mais vendido do Brasil. Porém, no ano passado acabou sendo ultrapassado pelo Palio. Com esta nova versão, sem muitas mudanças aparentes, a Volkswagen pretende dar um pouquinho mais de fôlego para o seu atual modelo. Já a tão esperada reestilização do carro deverá ocorrer apenas em 2017. Até lá, os carros serão vendidos com motor 1.0 Flex (de 76 cv de potência) ou 1.6 (de 104 cv de potência). O carro terá ainda a possibilidade de vir com câmbio automatizado I-Motion nas versões Comfortline e Highline.

O Gol Trendline terá a opção de vir com direção hidráulica e pneus de medida 185/65 R14. Já o Gol Comfortline possui 4 portas e virá com detalhes cromados na cabine, além de rodas de 15 polegadas, pneus 195/55 R15, faróis e lanterna de neblina e grade dianteira em preto brilhante com inserto cromado.

Confira agora como ficaram os valores do Novo Vokswagen Gol 2016:

  • Gol Rallye 1.6 16V I-Motion: R$ 60.030 (preço anterior era de R$ 58.910)
  • Gol Rallye 1.6 16V: R$ 56.710 (preço anterior era de R$ 55.650)
  • Gol Highline 1.6 I-Motion 4 portas: R$ 56.850 (preço anterior era de R$ 55.690)
  • Gol Highline 1.6 4 portas: R$ 53.510 (preço anterior era de R$ 52.420)
  • Gol Comfortline 1.6 I-Motion 4 portas: R$ 49.690 (preço anterior era de R$ 48.030)
  • Gol Comfortline 1.6 4 portas: R$ 46.450 (preço anterior era de R$ 44.860)
  • Gol Trendline 1.6 4 portas: R$ 42.340 (preço anterior era de R$ 41.530)
  • Gol Track 1.0 4 portas: R$ 40.710 (preço anterior era de R$ 39.950)
  • Gol Comfortline 1.0 4 portas: R$ 41.950 (preço anterior era de R$ 40.440)
  • Gol Trendline 1.0 4 portas: R$ 37.910 (preço anterior era de R$ 37.180)
  • Gol Trendline 1.0 2 portas: R$ 35.680 (preço anterior era de R$ 35.000)
  • Gol Special 1.0 4 portas: R$ 32.290 (preço anterior era de R$ 31.670)
  • Gol Special 1.0 2 portas: R$ 30.230 (preço anterior era de R$ 29.650)

Sobre o Volkswagen Gol:

O Volkswagen Gol foi desenvolvido em solo brasileiro e é comercializado em diversos países. A primeira geração do carro chegou às lojas no ano de 1980, sendo produzida até o ano de 1994, ano em que foi lançada a segunda geração do veículo, que foi produzido até o ano de 2002. Já a terceira geração do carro foi lançada em 1999 e foi comercializada até o ano de 2005. Já o Gol G4, quarta geração do modelo, foi comercializado de 2005 a 2013. Em 2008 a Volkswagen lançou o Novo Gol, o veículo é a 5ª geração do modelo, porém, desta vez a montadora não utilizou a nomenclatura G5, deixando o veículo como Novo Gol mesmo. Por fim, a sexta geração, também conhecida como Gol G6, chegou às concessionárias no ano de 2012, sendo vendida até hoje.


Volkswagen Gol e Voyage 2016 – Lançamento, Novidades e Preço


Volkswagen inicia venda do Gol e Voyage 2016. Preços dos Novos Modelos subiram até R$ 1.500.

A Volkswagen lançou recentemente o Gol e o Voyage 2016. Os veículos foram disponibilizados nas concessionárias da marca sem muito alarde, provavelmente por não possuírem grandes alterações quando comparados às suas versões 2015. A principal novidade nos novos modelos é que agora eles possuem mais ítens de série. Mas se visualmente os carros continuam praticamente iguais, não podemos dizer o mesmo de seus preços, que ficaram mais caros. Agora, o Gol custa entre R$ 30.230 e R$ 60.030, um aumento de aproximadamente R$ 1.500 em cada versão. Já o Voyage custa de R$ 40.390 a R$ 61.840, dependendo da versão do modelo.

Entre as novidades presentes dos novos carros podemos citar os detalhes cromados nas cabines, as calotas com aro de 15", a grade frontal em preto brilhante e com barra cromada na base, as luzes de direção incluídas nos retrovisores, o defletor traseiro na cor do veículo, os três apoios de cabeça no banco traseiro e os novos faróis de máscara negra. Vale lembrar que estes ítens estão presentes no Voyage e no Gol Confortline.

Já as versões Highline dos modelos possuem todas as alterações mencionadas acima, além de também contarem com frisos cromados nos faróis, vidros (dianteiros e traseiros) elétricos, ar condicionado, retrovisores elétricos, volante multifuncional revestido em couro e com regulagem de altura e distância, faróis e lanternas de neblina, além de sensor de estacionamento.

Sobre o Volkswagen Gol:

O Volkswagen Gol é um veículo lançado em 1980 e que é comercializado até hoje em diversos países, incluindo Argentina e México. No Brasil, o modelo é um sucesso de vendas, sendo que em 2009 alcançou a marca de 5 milhões de unidades produzidas e superou as vendas do Fusca, também da Volkswagen. O carro tem como concorrentes: Chevrolet Corsa, Fiat Palio, Chevrolet Celta, Ford Fiesta, Ford Ka, Renault Sandero e Renault Clio.

Sobre o Volkswagen Voyage:

O Volkswagen Voyage é um carro sedã compacto que foi lançado um pouco depois do Gol, mais precisamente no ano de 1981. O veículo saiu de linha em 1995, porém, no ano de 2008 foi relançado em sua segunda geração. Um detalhe interessante de se citar é que o carro é produzido no Brasil, na fábrica da montadora em Taubaté (SP). Atualmente os principais concorrentes do modelo são o Chevrolet Cobalt e Fiat Grand Siena.

Confira abaixo as primeiras imagens dos novos Gol e Voyage 2016:


Novo Volkswagen Jetta 2016 – Lançamento e Preço no Brasil


Volkswagen lança Novo Jetta 2016 no Brasil. Nova versão do carro custa de R$ 69.990 a R$ 93.990.

Recentemente, a Volkswagen lançou no Brasil a nova versão do Jetta. O veículo, que chega as lojas reestilizado, custará a partir de R$ 69.990. Entre as novidades presentes no veículo podemos citar o novo para-choque, a nova grade dianteira, o novo recorte do porta-malas, e as lanternas com novos grafismos. Não bastasse isso, outra novidade que promete agradar bastante os consumidores é o seu novo painel, que ficou parecido com o do Golf.

O Novo Jetta será vendido em três versões. A primeira delas é a Trendline, versão de entrada do modelo, que será vendido pelo preço de R$ 69.990. Já a versão Comfortline é a intermediária e sairá pelo preço de R$ 73.990. É importante lembrar que estas duas versões vêm equipadas com o motor 2.0 flex aspirado, que oferece até 120 cavalos de potência. Os veículos contam ainda com câmbio automático de seis marchas. Já a versão Comfortline possui ainda volante multifuncional com borboletas para troca de marchas, controle de cruzeiro e sistema de som com tela de 6,5 polegadas.

Por fim, existe ainda a versão topo de linha, que é a Highline. Esta versão custa R$ 93.990 e o motor utilizado é o 2.0 turbo a gasolina, que é capaz de gerar 211 cavalos de potência. O veículo conta ainda com câmbio automático de seis velocidade e com dupla embreagem. Esta versão conta com todos os acessórios das outras versões, além de ter também controle de estabilidade, assistente de partida em rampa e direção elétrica.

A Volkswagen informou ainda que por enquanto o veículo continuará vindo do México, mas a pré-produção do carro no Brasil já começou. Ele será produzido na fábrica da montadora em São Bernardo do Campo, no Estado de São Paulo.

Sobre o Volkswagen Jetta:

O Volkswagen Jetta é um veículo sedã de porte médio que foi criado a partir do Golf. O veículo começou a ser fabricado no ano de 1979 e ao longo dos anos recebeu diversos nomes, como Bora, Atlantic, Jetta City, Jetta, Fox, Sagitar, Vento e Golf Sedan. No ano de 2011, a Volkswagen decidiu lançar uma nova versão do modelo, que ganhou um design mais moderno e diversos ítens de série. Os principais concorrentes do Jetta são: Audi A3, Citroën C4, Peugeot 408, Citroën C-Élysée, Peugeot 301, Chevrolet Cruze, Renault Fluence e Renault Logan.


Volkswagen deve lançar Novo Gol 2016 com Melhorias


Novo Volkswagen Gol 2016 deve ganhar novos equipamentos de série. Mudanças buscam aumentar as vendas do veículo.

A Volkswagen anunciou a chegada do próximo Gol para o ano de 2016. Tudo indica que o carro passará por sérias mudanças, mas sem perder a base de trabalho, semelhante ao que aconteceu com o Fox da geração atual: continua Fox mas ganhou um facelift, uma modernização de plataforma e traços. Assim sendo, vale declarar que não se trata de uma modernização da geração atual, não há uma nova geração. O que sofrerá grande mudança é o padrão de mercado. O carro de entrada da Volkswagen agora será o Up! e o Gol ganhará mais destaque nas vendas.

Acredita-se que isso ocorreu devido à perda da primeira posição em vendas após 27 anos mantendo o primeiro lugar. A Volkswagen percebeu que terá que repensar a estratégia de vendas do Gol e que ele dificilmente retomará ao primeiro lugar de vendas no mercado nacional.

Por outro lado, essa mudança pode ser muito boa. O carro, deixando de ser um produto de entrada, deve ganhar mais opcionais e artigos de luxo e conforto, ou seja, maior atenção será dada à versão. A ideia a princípio é bater de frente com os concorrentes usando as mesmas armas. Estamos falando do Chevrolet Onix, do Renault Sandero e do Ford Ka. A mudança para a próxima geração de Gols deve ocorrer apenas no ano de 2018. Até lá, espera-se que a versão melhorada de 2016 dê um pouco de fôlego à empresa e conquiste mercado.

É claro que as mudanças não virão de graça. Espera-se um aumento um pouco significativo de preço no carro que agora será mais "premium". A versão mais barata do conhecido nacional deve ficar em torno de R$ 36 mil, enquanto as mais caras devem beirar os R$ 60 mil, ainda sem previsões mais acuradas. Os novos modelos contarão com clara inspiração no irmão maior da marca, o Golf. Estarão presentes vários quadros de instrumentos, além dos bancos mais ergonômicos semelhantes aos do Golf.

Sobre o Volkswagen Gol:

O Gol foi lançado no ano de 1980 e até hoje é considerado um dos maiores sucessos da Volkswagen no Brasil. Vale lembrar que o Gol foi o primeiro modelo brasileiro a ultrapassar a marca de 5 milhões de unidades produzidas, chegando a superar assim o Fusca. O veículo também é comercializado em outros países, como Argentina e México. Por falar em suas vendas no Exterior, o Gol é o modelo mais exportado da história do Brasil, alcançando a marca de 1 milhão de unidades vendidas em mais de 50 países. É importante lembrar que o Gol nunca foi vendido na Europa, isso porque lá ele concorreria diretamente com o Polo, outro carro do mesmo segmento e que também é produzido pela Volkswagen. Entre os principais concorrentes do Gol estão: Fiat Uno, Chevrolet Corsa, Fiat Palio, Chevrolet Celta, Ford Fiesta, Ford Ka, Renault Sandero e Renault Clio.

Por Nosf


Volkswagen Amarok contará com série limitada


A picape terá a edição Dark Label com a fabricação de mil unidades e um design renovado.

A Volkswagen divulgou uma versão especial para a picape Amarok. Com o nome de Dark Label, o veículo possuirá fabricação com limitação a mil unidades e possuirá design distinto. Na parte externa, estribos laterais, santantonio, maçanetas, para-choque traseiro e capa dos retrovisores têm pigmentação preto fosco. A lista é completada também pelas lanternas de trás escurecidas, rodas de liga leve aro 17 e faixa decorativa com o logotipo Dark Lapel nas portas de trás.

No interior do modelo, existem pequenas especificações que tornam a versão distinta das outras, onde pode-se citar forração parcial dos bancos em couro Alcantara, moldura do rádio e das saídas de ar com acabamento especial, tapetes de veludo com logotipo da série e volante multifuncional com comandos do sistema de som, computador de bordo e telefonia.

A Amarok Dark Label estará presente entre as especificações Trendline e Highline, e possuirá sob seu capô o propulsor 2.0 turbodiesel de 180 cavalos de potência e torque de 42,9 kgfm junto com um câmbio automático de oito marchas e sistema de tração permanente 4motion.

A Volkswagen faz os preparativos para dois movimentos significativos com a família Golf 7 no território brasileiro em 2015, sendo de nacionalizar o modelo e retornar a perua Jetta Variant.

A Station irá implementar a denominação idêntica do continente europeu no resto do mundo, incluindo o território brasileiro. Na geração antecedente, o modelo foi denominado de Jetta devido o Golf 6 nunca ter sido comercializado no território brasileiro, que permaneceu com uma otimização do Golf 4. Com a defasagem, a Volks decidiu por associar a perua, mais sofisticada, ao sedã importado do território mexicano.

A Volks poderá continuar no Golf Variant com as especificações fornecidas pelo hatch, estando inclusas as denominações das versões Comfortline, Highline e GTI e a motorização 1.4 e 2.0 TSI, entretanto poderá ser recebido no país apenas através de importação.


Volkswagen T6 – Apresentação da Nova Geração da Kombi


Volkswagen T6 deve ser apresentado ao público em abril de 2015. Nova geração da Kombi trará novidades aos consumidores.

A Volkswagen divulgou o teaser pioneiro da nova geração da Transporter, modelo comercial proporcional à Kombi, no continente europeu. O veículo, que será recebido na sexta geração com o nome de T6, será divulgado no dia 15 de abril. A empresa não informou especificações técnicas do veículo, que é fabricado na Polônia. Pela expectativa, existe a possibilidade de verificar que lanternas, por exemplo, possuirão o formato idêntico, com distinções na disposição das luzes.

Denominada de T5, ela é fornecida em todo o continente europeu como van para passageiros ou para carga, com várias alternativas de motores e componentes. No território brasileiro, o modelo foi comercializado por 56 anos, até ser retirado de linha, em dezembro de 2013, por causa da alteração da legislação no Brasil, que obrigou a inclusão de airbags dianteiros e freios ABS para todos os modelos nacionais. O veículo, contudo, era integrante da segunda geração do modelo comercial, disponibilizado em 1967.

No continente europeu, a Transporter T2 foi finalizada em 1980, recebendo outras três gerações depois. A T5, mais atual, foi disponibilizada em 2003 e não é comercializada no Brasil.

A Volkswagen resolveu fazer parte do ramo de veículos com preços menores no mercado mundial. A companhia deseja adotar as metas da Renault com a Dacia. A empresa de Wolfsburg está atuando em um orçamento que previne diminuição de gastos com qualificada margem de lucro.

A meta é complicada, uma vez que o preço agregado desta forma de produto é bem reduzida. Os novos populares da empresa serão produzidos na China e em um primeiro momento, é previsto que se trata de um sedã, uma perua e uma minivan.

O objetivo é usar plataformas antigas com carrocerias novas, retirando desta forma muitos dos gastos de fabricação. Para continuar com o valor inferior, a empresa poderá fornecer ar condicionado e airbags laterais como opcionais. Os valores iniciais no território alemão estariam entre entre € 6.000 e € 7.000.

Felipe Couto de Oliveira


Volkswagen e-Golf Limited Edition – Lançamento nos EUA


A Volkswagen irá comercializar nos Estados Unidos o e-Golf Limited Edition, modelo que irá se tratar da versão de entrada do Golf elétrico. O e-Golf Limited possuiu o valor diminuído em US$ 2.000 e substituiu as rodas de liga-leve por rodas de aço de 16 polegadas e os faróis não se tratam mais de LED. Somado a isso, o acabamento interno teve a perda do couro nos bancos, que neste momento são de tecido. O modelo tem o valor de US$ 33.450.

O e-Golf Limited Edition permaneceu com o motor elétrico de 115 cv de potência e 27 mkgf de torque instantâneo. O modelo pode percorrer 133,5 km até que a bateria de 24,2 kWh necessite de recarga.

A Volkswagen também divulgou o conceito Sport Coupé GTE no Salão de Genebra. O modelo possui um novo estilo de visual da empresa, tendo como fator principal a grade dianteira, que tem o objetivo como continuação dos faróis. De acordo com a companhia, o modelo faz antecipação do sucessor do Passat CC e será uma base para a nova identidade de design da empresa nos próximos sedãs.

O conceito possui o seu capô alongado e o teto é mais inclinado. O veículo está sendo projetado com base na plataforma modular MQB, usada pelo Volkswagen Golf e pelo Audi A3. A velocidade máxima do GTE é de 250 km/h, atingidas devido o conjunto mecânico possuir um motor V6 TSO a gasolina e dois motores elétricos, com uma potência total de 380 cv. O modelo possibilita acelerar de 0 a 100 km/h em 5,2 segundos.

O GTE possui para-choque traseiro com escape duplo e rodas de liga leve de 21 polegadas. O interior tem teto solar panorâmico e espaço qualificado para as pernas, por causa da distância entre-eixos de 3,02m. O painel de instrumentos é mostrado em um visor de 12,3 polegadas e o console central possui a tela de 10,1 polegadas, que também está presente no banco traseiro.

Sobre a Volkswagen:

A Volkswagen é uma montadora de automóveis alemã que foi fundada no dia 28 de maio de 1937. Seu fundador foi Ferdinand Porsche. O Grupo Volkswagen é atualmente a maior fabricante de automóveis da Europa. O Grupo também é dono das marcas Audi, Bentley, Bugatti, Ducati, Lamborghini, Seat, Porsche, Skoda, MAN, Volkswagen Caminhões e Scania. A sede da empresa fica na cidade de Wolfsburg, na Alemanha. A empresa tem um faturamento anual de aproximadamente 159 bilhões de euros. Entre os carros produzidos pela empresa estão: Golf, Voyage, Saveiro, Fox, Polo, Bora, Passat, Touareg, Tiguan, Gol, Jetta, Amarok, Up, entre outros.

Felipe Couto de Oliveira


Volkswagen Gol sai da liderança para o oitavo lugar em venda


A industria automobilistica não via um mês tão complicado para o seu desenvolvimento desde 1999, em fevereiro deste ano, este setor obteve o seu pior resultado. De acordo com a Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores, a Fenabrave, houve uma queda de 27,28% na venda de automóveis se compararmos com os resultados obtidos no mesmo período no ano passado. 

Na lista dos 10 carros mais vendidos no último mês, o líder do ano passado com 14.077 veículos comercializados, agora ocupa a 8ª posição em termos de vendas mensais, o Volkswagen Gol. Em fevereiro deste ano, o modelo conseguiu vender apenas 5.883 unidades. Na situação atual, quem está liderando o ranking dos 10 veículos mais vendidos é o Fiat Palio com 9.205 unidades comercializadas. Seguindo a ordem decrescente, o seu colega, Fiat Strada, ficou em segundo lugar.

A briga do VW Gol não se limita somente à perda da liderança, o problema está sendo o Fiat Uno que também ocupa a sétima posição com 5.941 unidades vendidas. Incontestavelmente, a disputa pelos primeiros lugares na vasta lista cos carros vendidos no país continua em mãos da italiana Fiat e da alemão Volkswagen.

O mês de fevereiro não tem sido muito bom para os brasileiros, além do crescimento vertiginoso de impostos, taxas e preços de diversos produtos, outro resultado amargo foi conseguido neste mês, as vendas de automóveis foram de 178.822 unidades. Mais uma vez um setor do mercado dá indicios de que a situação econômica não anda muito bem no país. A queda das vendas indicam que os brasileiros estão evitando investir em bens, haja vista que na maior parte das vezes a compra do automóvel é possível graças a financiamentos e estes estão com taxas de juros muito altas.

Ainda sobre a queda das vendas dos automóveis neste período, cabe informar que os modelos Volkswagen  Up! e Ford Ka foram as excessões, estes carros não apresentara diminuição nas vendas.

Texto de Melina Menezes.


Fox passa Gol e é o novo carro-chefe da Volkswagen


O Gol, por quase 3 décadas, ficou como o título de carro mais vendido no Brasil, mas em 2014 o título ficou com o Palio, modelo da Fiat, que vem conquistando cada vez mais clientes. A Volkswagen bem que tentou manter o Gol na liderança, mas o mercado nacional de automóveis se voltou para o Palio que agora segue na liderança.

Mas este não é o único problema enfrentando pela VW, pois em Janeiro e Fevereiro deste ano, Fox conquistou o posto de mais vendido também na Alemanha, terra natal da Volkswagen que vê seus modelos ficando cada vez mais para trás em um mercado onde as concorrentes estão dominando rapidamente as primeiras posições e isto vem acontecendo em vários países.

Em janeiro de 2015 o Fox ficou na 4ª posição entre os modelos que foram mais emplacados, de acordo com a Fenabrave – Federação dos Concessionários. Enquanto o Fox teve 9.125 unidades emplacadas, o Gol só conseguiu a 8ª posição, com 7.866 unidades.

E a situação do Fox melhorou no mês de fevereiro, quando o modelo subiu para a 3ª posição com 7.365 unidades e o Gol, mais uma vez ficou na 8ª colocação, com 5.833 unidades.

E os resultados das pesquisas apontam que o crescimento do Fox no mercado não é apenas um fenômeno isolado, mas uma nova realidade. Deixar o Fox com um visual mais próximo do Golf foi uma das melhores decisões, pois o consumidor gostou do resultado e prova disto são as vendas.

A Volkswagen já começa a ver uma dificuldade muito grande na recuperação do Gol e pensa até em uma nova reestilização, mas isto só aconteceria no próximo ano. Outra solução, seria aguardar a nova geração do Gol, que vai chegar em 2017, com uma Plataforma Global.
Somente com uma reestilização ou a nova geração, será possível saber se o Gol ainda tem fôlego para brigar pela liderança ou se o modelo poderá ser abandonado de vez.

Por Russel


Volkswagen Jetta 2015 – Preço e Lançamento no Brasil


A Volkswagen já anunciou a produção de seu novo Jetta 2015. O veículo, apesar de ter sido anunciado que terá fabricação nacional, por enquanto continua sendo produzido na planta da montadora no México. A versão fabricada no Brasil deve chegar apenas daqui há, no mínimo, quatro meses.

Apesar de ser um carro bom e com visual requintado, a montadora alemã parou no tempo em termos de mecânica. No Jetta 2015, a configuração do modelo de entrada será a mesma utilizada na última década, com motor 2.0 litros TotalFlex com 8 válvulas, que fornece 116/120 cv de potência e 17,7/18,4 kgmf de torque (gasolina/etanol), deixando o modelo defasado em relação a seus concorrentes. Essa configuração é a mesma do Santana, com uma pequena variação, que deixou de ser fabricado em 2006.

A versão com motor 1.4 TSI turbo, a mesma do novo Golf, deverá esperar alguns meses, pois ela virá apenas com a versão fabricada no Brasil.

Em relação ao modelo 2014, o Jetta 2015 tem pouca variação no preço, pelo menos na versão de entrada, a Trendline, que deverá custar R$ 75 mil. O Jetta ainda terá mais duas versões, a Comfortline (intermediária) e a Highline (top de linha, com motor 2.0 TSI de 221 cv, porém, os valores ainda não foram divulgados.

Na parte visual, há mudanças pouco perceptíveis, como um novo para-choques dianteiro e traseiro e uma lanterna mais comprimida, em LED. Internamente, o novo Jetta ganha uma nova cor (bege) para os tapetes e o couro dos bancos. O volante deixa um pouco a desejar, sendo o mesmo formato do Golf, sem botões multifunção na versão básica.

A parte externa também ganha uma nova cor como modelo de entrada, sendo chamada de Azul Silk, um azul bem metálico. A Volks pretende vender bem mais Jettas em relação ao modelo 2014, o qual são comercializadas 800 unidades por mês.

Por Felipe Villares


Volkswagen CC Concept tem suposto teaser revelado


A montadora alemã Volkswagen anunciou, por meio de teaser não oficial, que irá apresentar mais uma grande novidade para os consumidores no Salão de Genebra, o qual terá início no dia 03 de março na Suíça, essa grande novidade será a apresentação do veículo CC Concept.

Segundo informações oriundas dos bastidores da empresa esse Coupé poderá servir de base para a fabricação da nova geração do VW Passat que tem a previsão de lançamento apenas para o ano de 2017.

Nessa nova versão o Coupé terá quatro portas e será equipado com um inovador sistema de tração 4X4, o qual seria atrelado a um motor movido a gasolina turbo juntamente com outros dois blocos elétricos.

Ainda não há informações oficiais a respeito da motorização do deste veículo, mas o que é especulado por especialistas da área automobilística é que há uma possibilidade muito grande de o CC Concept ser equipado com o motor TSI 1.4, motor este que já foi utilizado pela montadora no Passat em sua versão GTE, se realmente for este o motor utilizado pela montadora alemã ele irá trabalhar em conjunto com um bloco elétrico em que será capaz de fazer com o veículo produza a incrível potência de nada mais nada menos do que 218cv. Com toda essa potência o veículo realmente será um híbrido muito forte e veloz.

 Também para os especialistas há uma tendência muito forte de que os engenheiros da montadora alemã faça a opção para fazer a utilização de um câmbio automático de seis velocidades que será acionado por meio de um sistema de dupla embreagem.

O certo é que no final de tudo acredita-se que este veículo será uma versão muito idêntica à versão final do futuro Volkswagen Passat CC, então para quem ficou ansioso para saber maiores detalhes basta aguardar o início do Salão de Genebra e acompanhar todas as novidades, oficiais, que serão divulgas por lá.

 Por Adriano Oliveira


Novo VW Jetta chega no mês de Abril por R$ 75 mil


A Volkswagen anunciou a poucos dias a chegada da nova geração de um velho conhecido. Trata-se do novo Jetta que já estará disponível nas lojas em abril. A empresa afirmou que o carro chegará em três versões diferentes que custarão a partir de R$ 75.000,00. A marca ainda não deu valores exatos para o novo modelo e afirmou que este só será divulgado quando o carro já estiver disponível no mercado.

Outra consideração importante a ser feita é o fato de que o carro será nacionalizado. O modelo antigo era produzido no México e agora será produzido no Brasil, torando o produto final mais acessível ao consumidor. A Volkswagen anunciou que o novo Jetta será produzido em terras tupiniquins a partir do meio deste mesmo ano, sem divulgação de uma data exata. O veículo é o terceiro modelo mundial produzido no Brasil.

Todas as versões do novo Volkswagen Jetta contarão com transmissão automática de seis velocidades. As versões Comfort e Trendline contarão com um motor 2.0 total flex, capaz de fornecer ao conjunto uma potência de até 120 cavalos. A versão Highline ( topo de linha) contará ainda com um motor 2.0 TSI, capaz de fornecer ao carro uma potência total de até 211 cavalos.

O novo modelo conta com um novo visual externo com o aumento de tamanho da traseira e da frente ( um aumento muito sutil que passa despercebido aos olhos). A grade dianteira foi redesenhada também contando agora com filetes que a atravessam. Na traseira as mudanças foram para a tampa do porta-malas e para o pára choque.

O interior também sofreu uma reestilização significativa. O veículo conta com volante novo com acessórios disponíveis ao condutor e um novo painel central além dos novos detalhes em preto brilhante que deixaram o carro ainda mais bonito. O carro conta ainda com sistema Climatronic com novas saidas de ar e um novo sistema de iluminação ambiente para o conforto dos ocupantes.

Por Nosf


Volkswagen lança Novo Touareg no Brasil


A Volkswagen traz mais uma novidade para o mercado brasileiro. Trata-se do Volkswagen Touareg, um utilitário robusto que promete cativar os consumidores. O carro promete chegar às lojas em março desse ano.

Segundo a montadora, o veículo contará com diversos acessórios de conforto e segurança para seus ocupantes, além de muitas soluções em tecnologia não muito comuns em terras tupiniquins. Uma das novidades mais interessantes é o controle de velocidade e distância, que faz com que o carro seja capaz de percorrer distâncias praticamente "sozinho", já que o motorista ficará responsável apenas pelo volante. O veículo conta ainda com um sistema de freios especial a fim de evitar colisões secundárias, além de um sistema de proteção proativa dos passageiros e um detector de fadiga. A empresa ainda noticiou que o carro sairá por um valor em torno de R$ 250 mil.

Estarão disponíveis duas formas de motorização, uma V6 e uma V8. A versão com motor V6 terá a sua disposição uma capacidade de 3.6 litros, que pode gerar ao conjunto uma potência mecânica de 280 cavalos com câmbio automático de oito marchas. O carro é capaz de ir de 0 a 100 km/h em apenas 7,8 segundos e tem velocidade máxima de até 228km/h. Já a versão V8 do SUV contará com o motor FSI de 4.2 litros, que é capaz de fornecer ao conjunto a potência de 360 cavalos. Esta versão é capaz de sair de 0 a 100 km/h em 6,5s e pode atingir uma velocidade máxima de 245 km/h. 

Os veículos contarão ainda com mais de uma versão com diversos ítens opcionais. Uma delas contará com um moderno sistema de suspensão a ar inteligente, que ajustará a altura do carro de acordo com a velocidade a fim de alcançar um melhor desempenho, economia e conforto para os ocupantes do automóvel. O veículo tem um desenho moderno e robusto que atrai olhares. O painel no interior é cheio de instrumentos e opções e também conta com um design moderno que combina com o carro.

Por Nosf


Volkswagen oferece Curso Gratuito de Mecânica para Mulheres


Para quem é do sexo feminino e gosta ou tem vontade de aprender coisas relacionadas ao maravilhoso mundo automobilístico ou até mesmo da mecânica e manutenção de veículos automotores. A montadora alemã Volkswagen está ofertando gratuitamente um curso de mecânica exclusivo para mulheres em 110 concessionárias da empresa distribuídas por todo o país.

O curso iniciará no dia 14 de março de 2015, às 10 horas. Apesar de ser gratuito, as oportunidades oferecidas não são poucas, pois ao todo serão distribuídas mais de 2,8 mil vagas para as candidatas de todo o Brasil.

Se você gostou dessa nobre oportunidade e deseja efetuar a sua inscrição, saiba que você poderá preencher a ficha através do portal eletrônico da Volkswagen, que é o www.vwbr.com.br, até a data limite do dia 27 de fevereiro do ano de 2015, onde também pode ser visualizada a lista completa das concessionárias participantes dessa iniciativa.

Para a efetivação da inscrição, basta apenas preencher a ficha de participação no site citado acima, com os seguintes dados: nome completo, CPF, e-mail, telefone de contato e realizar a seleção do estado no qual você deseja se inscrever.

Esse curso foi idealizado pela montadora a fim de comemorar o Dia Internacional da Mulher. O curso foi batizado com o nome de “Mecânica Interativa para Mulheres”.

A grade curricular desse curso será composta por explanações a respeito dos seguintes assuntos: funcionamento de um automóvel e o esclarecimento a respeito dos principais mitos e verdades dos veículos em geral, tais como, a velha fala de que os veículos devem estar engrenados ao descer uma ladeira, o que realmente é uma verdade e não um mito como muitos pensam e dizem por aí. Em tempo, os organizadores dessa iniciativa solicitam que as candidatas inscritas cheguem aos locais onde realizaram os seus cursos com uma antecedência de no mínimo 30 minutos.

Os inscritos receberão no início do curso um kit que conterá um caderno, um lápis, uma borracha e uma apostila, que tem como tema base as dicas práticas e úteis para o dia a dia das motoristas.

Foto: Pedro Danthas

Por Adriano Oliveira


Volkswagen Gol ganha Novo Visual


Após perder a liderança no ranking de vendas de automóveis no país para o Fiat Palio, a Volkswagen já pensou em uma solução para deixar o Gol novamente no topo. Para isso a montadora decidiu modificar um pouco o visual do modelo que é atualmente o carro mais vendido, se levar em consideração os mais de 25 anos em que esteve na liderança.

Rumores afirmam que a nova versão poderá ser apresentada antes do previsto, em março ou abril deste ano, mesmo com o anúncio oficial da VW, que descarta o lançamento para 2015. Resta esperar para saber se é mais uma jogada de marketing para surpreender o público.

 O visual do Gol deve ser semelhante ao adotado pelo Polo alemão, quando em 2012, a marca adotou um novo design, que apresentou mudança em diferentes aspectos. O destaque ficou com os faróis, apresentado refletores quadrados, no lugar dos redondos, além do friso interno reto, que substituiu a onda estilizada. O para-choque também foi reestilizado, recebendo contornos novos e mais impactantes.

O Gol deve seguir o mesmo estilo também na traseira, que deve crescer e ficar um pouco mais quadrada do que atualmente, que são retangulares. O design interno também deve ser modificado para aliar aos padrões atuais. As alterações na cabine ficam por conta dos padrões de revestimento, nas cores e no grafismo. 

Seria uma boa um novo painel, como aconteceu com o Fiat Uno, contudo, um consultor da Volkswagen afirmou que a montadora não tem interesse em investir pesado neste quesito. Esta também deve ser a última repaginada desta versão do Gol, pois uma nova geração está prevista para o fim de 2018.

O Gol também pode estrear um novo motor, da família EA211, já adotado pelo Up. A aposta é o 1.0 de 3 cilindros e o 1.6 de 16V, que também será equipado em outras versões do Gol. Atualmente o modelo conta com o motor EA111, com rendimento inferior ao EA211. 

Ana Rosa Martins Rocha


Volkswagen Up ganha Novo Motor Turbo


Está previsto que a Volkswagen irá realizar o lançamento do seu modelo Up! Turbo, que será chamado de GT Up!, com o intuito de seguir o padrão que a marca VW decidiu colocar para identificar o modelo, onde é inserido primeiramente o nome da versão do veículo.

O motor está mais moderno, sendo ele o EA211 1.0, que vem com turbocompressor e sistema de injeção direta, aumentando de 82 cavalos para cerca de 100 cavalos, sendo movido a etanol. Na Europa estão disponíveis três tipos de calibragens com resultados que variam entre 95, 110 e 115 cavalos. O motor 1.0 será fabricado em São Paulo e já tem previsão de integrar outros modelos da Volkswagen, como por exemplo, o Fox e o Gol. Com este motor a marca pretende deixar os seus modelos ainda mais potentes.

Através da aplicação de um compressor na motorização 1.0, os fabricantes conseguiram produzir um motor com uma maior potência, sem que ocasionasse um aumento de tributos para a empresa e para os consumidores. Os impostos consistiriam no aumento do valor do IPI direcionado às empresas e no valor do IPVA que seria repassado aos proprietários do veículo.

Desde o ano 2000 a empresa já havia iniciado este tipo de desenvolvimento, para fabricar um motor com mais potência. A marca Ford também fabricou os seus carros Fiesta e o EcoSport com motores 1.0 Supercharged.

No ano de 2014, o Up! ficou em 16º lugar na lista dos carros mais vendido no Brasil, tendo uma desvantagem em relação a outros modelos da mesma marca, como por exemplo, o Gol e o Fox/Crossfox. No mês de janeiro de 2015, o modelo Up! da Volkswagen teve um recorde de vendas. O número de emplacamentos foi surpreendente, totalizando 6.780 unidades que foram comercializadas. Com o desenvolvimento e lançamento deste novo motor, é esperado que no decorrer deste ano aumente ainda mais as vendas no mercado.

Felipe Couto de Oliveira


Volkswagen Caddy 2015 – Novidades da Nova Versão da Van


A marca Volkswagen divulgou o seu novo modelo Caddy, que passou por uma reestilizada com o intuito de tornar-se mais atraente no mercado. Na Europa, o veículo já está há 15 anos sendo vendido no mercado, com um total de 1.5 milhões de unidades comercializadas em todo o mundo.

A quarta geração do Caddy será lançada no final de junho de 2015, vindo com um novo design na parte externa e com novos equipamentos no interior. Os principais diferenciais do modelo estão em sua parte dianteira, que foi renovada, seguindo a linha do hatch, com modernos faróis, para-choques e grade. A parte traseira oferece lanternas com um estilo diferenciado, além da tampa do porta malas que foi atualizada. Em algumas versões o veículo apresenta rodas de liga leve com detalhes coloridos.

Na parte interna, o modelo oferece um novo painel renovado e com um excelente acabamento. Em algumas versões este painel tem revestimentos cromados e também em Black Piano, com novos acabamentos nas portas e o volante multifuncional. Segundo a marca Volkswagen, alguns modelos apresentam equipamentos modernos como por exemplo, o sistema multimídia Discover Media conectado com rádio e GPS. Outro equipamento oferecido é o Park Assist, que tem a função de estacionar o carro de maneira automática.

A grande vantagem do modelo Caddy é a diversidade de opções de motor. Dentre estas opções, o veículo poderá ser movido a diesel com um motor 2.0 de quatro cilindros. Outra alternativa está no motor movido a gasolina, que poderá ser 1.0 de três cilindros, 1.2 de quatro cilindros ou 1.4 com quatro cilindros. A outra opção é o motor 1.4 EcoFuel sendo movido a gás.

No quesito segurança, o veículo oferece seis airbags, onde dois estão localizados na parte lateral, dois na parte dianteira e mais dois restantes do tipo cortina. O carro apresenta também o sistema City Emergency Braking, que é um freio de emergência que é acionado de modo automático em uma velocidade de até 30km/h.

Felipe Couto de Oliveira


Volkswagen Up bate Recorde de Vendas em Janeiro de 2015


O novo popular da Volkswagen não vai tão bem das pernas e nem teve uma estreia tão significativa no mercado. O Volkswagen Up, porém, começou janeiro com uma perspectiva melhor do que no ano anterior, batendo um recorde de vendas. No ano passado o carro ficou sendo o 16º mais vendido do país, longe de outros grandes sucessos da marca como o Gol e o Fox/Crossfox. O carro tem chegado timidamente no mercado, seu design e motorização são simplórios, não chamando muito a atenção do consumidor. O tradicional Fiat Palio e o novo Chevrolet Onix têm atraído muito mais a atenção das pessoas que buscam carros populares.

Agora em janeiro o carro conseguiu o recorde de emplacamentos com 6.780 unidades vendidas. O número é muito expressivo na venda do popular, que no ano passado teve 58.895 unidades vendidas. O carro vem para o mercado como uma alternativa ao Volkswagen Fox/Crossfox, mas sinceramente, ainda não engrenou. Desde que lançado, o carro conta com o típico e popular motor de 1.0 litro e 3 cilindros, capaz de fornecer ao conjunto uma potência bem modesta de 82 cavalos. O motor é flex, podendo se utilizar de etanol ou gasolina.

Quando comparado com o Fiat Palio, o popular mais vendido do Brasil o carro está na lanterninha. O carro da Fiat teve um total de 184.337 unidades emplacadas no ano passado e não demonstra sinais de que está perdendo o fôlego.

O carro da Volkswagen ainda é exportado para a Argentina, que já comprou aproximadamente 9 mil carros. O preço é bom para a linha, partindo de R$ 29.990. O problema é que o carro não apresenta nenhum diferencial ou chamariz para os consumidores. O visual retilíneo, sem um desenho moderno e arrojado, peca pela falta de detalhes mais bonitos. Os detalhes em prata são sutis e não chamam atenção. A motorização e potência encontram correspondência na concorrência, não oferecendo também nada de novo.

Por Nosf


Novo Golf 1.6 Trendline 2015 traz Novidades


A versão inicial do novo Golf fabricado no México teve suas caraterísticas apresentadas. Disponibilizado na Argentina, o Golf 1.6 Trendline é recebido com alterações significativas para permiti-lo ser mais acessível. Os destaques são o motor 1.6 MSI, o câmbio manual de cinco marchas e a suspensão traseira por eixo de torção.

O detalhe favorável é a continuidade do qualificado pacote de segurança, onde permaneceu os sete airbags, o controle de tração e estabilidade, o bloqueio eletrônico do diferencial, os freios ABS e o sistema Isofix. Os outros componentes da versão são as rodas de liga leve aro 16”, sistema de som com display de 5,8 polegadas, ar-condicionado Climatic, direção elétrica e os bancos da parte da frente com alterações de altura e de lombar.

Fabricado no território mexicano, o Golf Trendline para a Argentina possui o motor 1.6 16V EA211 apenas a gasolina, que possibilita 110cv de potência e torque de 15,8 Kgfm. O fator novo é o detalhe da empresa optar pelo câmbio de cinco marchas para trabalhar em união com este propulsor. As versões Comfortline e Highline permanecem tendo o câmbio manual de seis marchas e a alternativa da automizada DSG de sete marchas.

Uma alteração importante adicional é a opção de uma suspensão traseira mais comum. No mercado vizinho, o Golf 1.6 tem a ausência da suspensão traseira independente (mulilink), da mesma forma como ocorre em outras versões, tendo uma estrutura com o comum eixo de torção.

Da forma como a fabricação do modelo nacional não inicia, o mercado local permanece sendo abastecido através de unidades provenientes do território mexicano. Através da tecnologia bicombustível, o motor 1.6 do Golf disponibilizado para o Brasil irá possibilitar ter potência e torque bem maiores. No exemplo do Fox, estão presentes 120 cv e 16,8 Kgfm com etanol, como também está presente a transmissão de seis velocidades.

Felipe Couto de Oliveira


Golf Variant GTD – Nova Versão Esportiva a Diesel


A Volkswagen irá adicionar em breve ao mercado uma versão a diesel do Golf Variant, chamada Gran Turismo Diesel (GTD). Trata-se da primeira opção esportiva a diesel do wagon, que até então estava disponível apenas para o modelo hatch. A novidade, no entanto, não tem previsão de chegada ao Brasil, já que ainda não é possível importar nem o modelo convencional do Golf Variant.

Com fotos já disponíveis na internet, o modelo será apresentado oficialmente no Salão de Genebra, que será realizado no mês de março deste ano.

Assim como a Ford anunciou recentemente o Focus ST Estate com uma versão a diesel pela primeira vez, a Volkswagen também transferiu para a versão wagon o tipo de motor e as modificações da versão esportiva provenientes do hatch.

O carro contará com motor TDI 2.0 de 184 cavalos, capaz de atingir 100 km/h a partir do repouso em apenas 7,9 segundos, com o câmbio manual de seis velocidades. Como comparação, o modelo wagon gasta 0,4 segundos a mais para atingir a velocidade em relação ao hatch, porém, ele é cerca de 100 kg mais pesado.

Quanto ao consumo, o modelo gasta pouco por ser uma versão esportiva, percorrendo uma média de 22 km por litro de diesel.

Originalmente, as rodas serão disponibilizadas com aro de 17 polegadas, mas o comprador poderá adicionar rodas 18 polegadas e pinças de freio vermelhas para dar um ar ainda mais esportivo ao carro.

Adicionalmente, o veículo recebeu um spoiler no teto, lentes fumê nas lanternas traseiras, faróis bi-xenon e escapamento com duas saídas.

A suspensão em relação ao modelo convencional também sofreu alteração, sendo cerca de 15 milímetros mais baixa.

De acordo com a Volkswagen, as vendas do modelo começarão no mês de Abril, porém, ele só chegará às ruas pela primeira vez em Junho. O preço oficialmente será revelado apenas no Salão de Genebra, mas acredita-se que custará cerca de R$ 93 mil.

Rannier Ferreira Mendes


Recall do Volkswagen Fox, Cross Fox, Space Fox e Space Cross 2014


Você que é proprietário dos veículos Fox, Cross Fox, Space Fox e Space Cross, que foram fabricados entre os dias 13 de março e 18 julho do ano passado, saiba que você está convocado a comparecer em uma concessionária autorizada da Volkswagen para que haja uma substituição de dispositivos do sistema de airbag, mais precisamente dos dispositivos de comando desse sistema de segurança de seu carro.

A convocação, mas conhecida pelos proprietários de veículos como recall, aconteceu nesta quarta-feira, dia 21 de janeiro, pois de acordo com os engenheiros da fabricante Volkswagen, essa falha no sistema de airbag pode trazer graves complicações a seus proprietários, pois de acordo com a análise da empresa, essa disfunção pode ocasionar graves colisões ou acidentes fatais, pois a qualquer momento o dispositivo pode abrir involuntariamente e atrapalhar a direção do proprietário, dessa forma, podendo colocar não só os proprietários desses veículos em risco, mas também os proprietários de veículos terceiros, sem falar na possibilidade de danos materiais que esses possíveis acidentes podem causar.

Na mesma data informada desse recall a empresa Volkswagen divulgou outra convocação a proprietários dos veículos Fusca, Golf GTI e Jetta, que de acordo com a engenharia da empresa apresentou uma considerável possibilidade de vazamento de combustível, o que inevitavelmente traz risco de incêndio ao veículo.

Em sua totalidade, esse recall que fará manutenção no sistema de airbag, envolverá 2.370 unidades dos modelos de veículos apresentados, confira agora os chassis dos veículos que apresentaram problemas:

  • Fox: Chassis (não sequenciais) de 4137788 até 4170711.
  • Cross Fox: Chassis (não sequenciais) de 4134743 até 4168992.
  • Space Fox: Chassis (não sequenciais) de 4138212 até 4156764.
  • Space Fox: Chassis (não sequenciais) de A531637 até A536220.
  • Space Cross: Chassis (não sequenciais) de A531656 até A536146.

Para conferir informações mais detalhas sobre esse recall, você poderá entrar em contato com a  Volkswagen através do telefone 0800 019 8866. Quem preferir também pode acessar mais informações através do endereço eletrônico www.vw.com.br.

Por Rodrigo da Silva Monteiro


Volkswagen monta Primeira Carroceria do Novo Golf no Brasil


A Volkswagen é uma empresa que conta com uma base sólida no Brasil, tanto no que diz respeito à produção quanto no que diz respeito ao mercado. Agora, depois de 16 anos de produção na fábrica da montadora em São José dos Pinhais (PR), a empresa estreia a montagem da primeira carroceria do Novo Golf em terras brasileiras. A empresa fez esse anúncio recentemente e investiu R$ 520 milhões na fábrica para que ela pudesse comportar a produção do Hatch famoso da marca.

A empresa ainda confirmou o uso do conceito Modular (MQB) na produção do veículo, muito utilizado hoje em dia esse conceito facilita e flexibiliza o processo produtivo, o tornando bem mais eficiente que os modelos de produção tradicionais. A empresa também se integra no conceito “Think Blue.Factory”, que se destina a melhorar a qualidade ambiental das fábricas ao redor de todo o mundo, reduzindo o consumo de água e energia utilizado pelas empresas, assim como a redução da emissão de gás carbônico e produção de resíduos solventes. A meta é uma redução de 25% até 2018, sendo que o plano se iniciou no ano de 2010.

A preocupação da empresa com o meio-ambiente se reflete no cenário mercadológico atual que busca por mais eficiência e menos prejuízo em todos os aspectos da produção e do produto final oferecido para o consumidor.

O novo Golf contará no Brasil com o motor 1.4 litros TSI, idêntico ao do modelo que hoje é importado do México. Porém, o que se espera é que no Brasil seja disponibilizada uma versão com motorização EA211 de 1.6 litros e 16 válvulas, já presente em outros modelos oferecidos na Argentina.

O complexo fabril da Volkswagen em São José dos Pinhais é hoje responsável por empregar mais de 3000 pessoas e produz atualmente os modelos Fox, Fox BlueMotion, Cross Fox e Space Fox. As novidades para 2015 e 2016 consistem na produção do Audi A3 Sedan e do SUV Q3.

Por Nosf


Volkswagen apresenta Novo Polo R WRC 2015


Embalada por ter vencido as duas últimas edições do campeonato mundial de Rali, nas categorias de construtores e pilotos, a montadora alemã Volkswagen fez a apresentação oficial do novo modelo do Polo R WRC, o qual será utilizado pelos competidores nas competições da temporada de 2015.

Algumas modificações foram realizadas se comparado com o modelo anterior, pois a pintura ganhou grafismos novos onde ficam as logomarcas dos patrocinadores, bem como no conjunto óptico. Outra mudança que se tornou bem visível foi a dos faróis, que ficaram semelhantes aos dos carros de produção, já o aerofólio do hatch foi substituído por um novo modelo.

Para essa nova edição do veículo houve também algumas melhorias mecânicas, tais como a inserção de um novo sistema de acionamento hidráulico e borboletas para que os pilotos possam ter mais praticidade e assim conseguirem realizar as mudanças de marchas na parte posterior do volante e não mais naquele modelo mais comum de câmbio acionado pela alavanca que fica posicionada entre os bancos dos veículos.

Outra melhoria que irá trazer uma otimização de rendimento desse veículo nas competições foi a reestruturação de 75 % dos componentes que faziam parte da versão anterior, essa otimização irá fazer com que o veículo tenha ganhos importantes nas competições, tais como redução de peso, simplicidade e maior resistência. O certo é que como o Polo R WCR é um veículo destinado às competições, os projetistas que trabalharam na criação dessa nova versão 2015 com certeza trabalharam no sentido de criar um carro mais robusto, eficiente e com certeza mais rápido e dinâmico.

Apesar de a Volkswagen não ter divulgado maiores detalhes a respeito da motorização desse veículo, especialistas do ramo acreditam que esse veículo possivelmente possa superar os 315 cv e 43,3 kgfm de torque em seu motor, que é o 1.6 turbo, com o mesmo sistema de injeção direta de combustível que já era utilizada na versão anterior.

Por Adriano Oliveira


Novo Volkswagen Fox 2015 traz Novidades aos Motoristas


A Volkswagen entrega agora ao consumidor a mais nova versão do Fox, que promete um salto tecnológico e várias novidades em conforto. O carro foi lançado em 2003, ganhando uma nova versão em 2009. Entre o fim de 2014 e início de 2015, uma nova reformulação será entregue aos consumidores. A empresa traz ao carro um novo design e novas tecnologias a serviço do motorista no reformulado hatch Fox. Os preços variam entre R$ 35.900 e R$ 48.490.

O visual segue o já visto em outros modelos atuais da empresa. O capô segue mais alongado e a grade frontal sofreu uma certa afilada. Essas características deixaram o carro com um ar um pouco mais imponente, ainda que seja um hatch. Os faróis contam com linhas mais retas, que também combinam com o novo visual do carro. O para-choque dianteiro agora conta com luzes de neblina integradas. Na traseira é possível observar uma dupla lanterna, já vista em outros modelos maiores como o caso do Golf. O porta-malas conta com um dispositivo Easy Trunk para facilitar a sua abertura. As modificações de visual não se limitaram ao exterior. O interior também conta com um visual mais moderno, com alterações nos volantes e saídas de ar. A versão Highline conta com um sistema de áudio e possibilidade de integração com sistema de GPS.

Todos os modelos contam com direção com assistência elétrica. Nas linhas Comfortline e Bluemotion o carro conta com o sistema Park Pilot como opcional e este ainda é item de série na versão Highline. A versão Highline conta ainda com diversos adereços a mais como controle de tração, controle eletrônico de estabilidade, faróis de neblina com luz de conversão estática, entre outros.

O carro conta com motorização de 1.0 litros ou 1.6 litros. A versão de 1.6 litros conta com outra novidade: um câmbio manual de seis marchas, que dá ao carro respostas mais rápidas e maior eficiência no consumo de combustível.

Novo Fox 2015

Por Nosf