Volkswagen Gol sai da liderança para o oitavo lugar em venda


A industria automobilistica não via um mês tão complicado para o seu desenvolvimento desde 1999, em fevereiro deste ano, este setor obteve o seu pior resultado. De acordo com a Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores, a Fenabrave, houve uma queda de 27,28% na venda de automóveis se compararmos com os resultados obtidos no mesmo período no ano passado. 

Na lista dos 10 carros mais vendidos no último mês, o líder do ano passado com 14.077 veículos comercializados, agora ocupa a 8ª posição em termos de vendas mensais, o Volkswagen Gol. Em fevereiro deste ano, o modelo conseguiu vender apenas 5.883 unidades. Na situação atual, quem está liderando o ranking dos 10 veículos mais vendidos é o Fiat Palio com 9.205 unidades comercializadas. Seguindo a ordem decrescente, o seu colega, Fiat Strada, ficou em segundo lugar.

A briga do VW Gol não se limita somente à perda da liderança, o problema está sendo o Fiat Uno que também ocupa a sétima posição com 5.941 unidades vendidas. Incontestavelmente, a disputa pelos primeiros lugares na vasta lista cos carros vendidos no país continua em mãos da italiana Fiat e da alemão Volkswagen.

O mês de fevereiro não tem sido muito bom para os brasileiros, além do crescimento vertiginoso de impostos, taxas e preços de diversos produtos, outro resultado amargo foi conseguido neste mês, as vendas de automóveis foram de 178.822 unidades. Mais uma vez um setor do mercado dá indicios de que a situação econômica não anda muito bem no país. A queda das vendas indicam que os brasileiros estão evitando investir em bens, haja vista que na maior parte das vezes a compra do automóvel é possível graças a financiamentos e estes estão com taxas de juros muito altas.

Ainda sobre a queda das vendas dos automóveis neste período, cabe informar que os modelos Volkswagen  Up! e Ford Ka foram as excessões, estes carros não apresentara diminuição nas vendas.

Texto de Melina Menezes.


Fiat Palio é o Carro mais Vendido em Fevereiro de 2015


Em relatório divulgado pela Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave) no dia 03/03/2015, o líder de vendas entre os automóveis no país continuou sendo o Fiat Palio, que emplacou 9.205 veículos no período de fevereiro de 2015. Entres os comerciais leves a liderança ficou com outro veículo da marca Fiat, o Strada, com 8.735 veículos emplacados no período. Lembrando que o número de palios emplacados considera todas as gerações do veículo disponíveis no mercado.

A grande surpresa do ranking de fevereiro ficou por conta do Volkswagen Fox/CrossFox, que assumiu a vice-liderança entre os automóveis ao alcançar o número de 7.374 carros emplacados no mês. Se considerarmos os comerciais leves, o VW Fox caiu para o terceiro lugar em vendas, atrás também do Fiat Strada.

O VW Fox superou em muito o antigo líder de vendas da montadora Volkswagen, sendo que o Gol ficou apenas em oitavo lugar do ranking com 5.883 veículos emplacados, apenas 374 a mais que o VW Up!. Outro que foi superado pelo VW Fox foi o Chevrolet Onix, que agora caiu para a quarta colocação com 6.914 veículos emplacados.

Outro automóvel que subiu consideravelmente no ranking foi o sedã japonês Toyota Corolla, que saiu da vigésima posição em janeiro para a décima quarta em fevereiro. O modelo teve 4.399 unidades emplacadas no período, 378 a mais que janeiro.

Entre as montadoras a VW liderou a venda de automóveis com 16,91% do mercado, contra 16,53% da rival Fiat. No entanto, se somarmos esse número aos comerciais leves, quem segue na liderança de vendas é a Fiat com 20,04%, seguido pelas demais montadoras com os seguintes percentuais: VW (17,33%), Chevrolet (15,68%), Ford (10,53%) e Hyundai (7,32%).

Segundo a Fenabrave, a venda de veículos no período de fevereiro foi a pior desde 2008. Em comparação com o mesmo período de 2014, a queda foi de 27%. Em comparação a janeiro, a queda foi de 26%.

Foto: Eduard Korniyenko/Reuters/VEJA

Dalmo Rocha


Volkswagen Up bate Recorde de Vendas em Janeiro de 2015


O novo popular da Volkswagen não vai tão bem das pernas e nem teve uma estreia tão significativa no mercado. O Volkswagen Up, porém, começou janeiro com uma perspectiva melhor do que no ano anterior, batendo um recorde de vendas. No ano passado o carro ficou sendo o 16º mais vendido do país, longe de outros grandes sucessos da marca como o Gol e o Fox/Crossfox. O carro tem chegado timidamente no mercado, seu design e motorização são simplórios, não chamando muito a atenção do consumidor. O tradicional Fiat Palio e o novo Chevrolet Onix têm atraído muito mais a atenção das pessoas que buscam carros populares.

Agora em janeiro o carro conseguiu o recorde de emplacamentos com 6.780 unidades vendidas. O número é muito expressivo na venda do popular, que no ano passado teve 58.895 unidades vendidas. O carro vem para o mercado como uma alternativa ao Volkswagen Fox/Crossfox, mas sinceramente, ainda não engrenou. Desde que lançado, o carro conta com o típico e popular motor de 1.0 litro e 3 cilindros, capaz de fornecer ao conjunto uma potência bem modesta de 82 cavalos. O motor é flex, podendo se utilizar de etanol ou gasolina.

Quando comparado com o Fiat Palio, o popular mais vendido do Brasil o carro está na lanterninha. O carro da Fiat teve um total de 184.337 unidades emplacadas no ano passado e não demonstra sinais de que está perdendo o fôlego.

O carro da Volkswagen ainda é exportado para a Argentina, que já comprou aproximadamente 9 mil carros. O preço é bom para a linha, partindo de R$ 29.990. O problema é que o carro não apresenta nenhum diferencial ou chamariz para os consumidores. O visual retilíneo, sem um desenho moderno e arrojado, peca pela falta de detalhes mais bonitos. Os detalhes em prata são sutis e não chamam atenção. A motorização e potência encontram correspondência na concorrência, não oferecendo também nada de novo.

Por Nosf


Venda de Carros Importados Registra Queda em Janeiro de 2015


O número de carros importados vendidos no Brasil sofreu com o aumento do IPI (Imposto sobre Produtos Industrializados). Segundo a Associação Brasileira das Empresas Importadoras e Fabricantes de Veículos Automotores, Abeifa, o percentual de veículos importados emplacados no país caiu neste início de ano. A entidade levou em consideração as 28 marcas que não possuem fábricas aqui, mas que comercializam seus modelos.

Os dados revelam que as vendas caíram 22,2% em janeiro deste ano em relação ao mesmo mês de 2014. A queda foi ainda maior em relação a dezembro de 2014, registrando queda de 24,7%. Os dados mostram que os brasileiros anteciparam a compra do início do ano temerosos quanto ao aumento do IPI e também pelo 13º salário, fator determinante para a compra no fim do ano. A associação também já esperava a queda nas vendas.

No primeiro mês do ano, foram vendidos 7.478 veículos leves, enquanto que no mesmo mês de 2014, foram 9.609 unidades e 9.930 em dezembro de 2014. O ano passado, como um todo, também não foi tão bom quanto em 2013. Mesmo com as boas vendas em dezembro de 2014, o desempenho nas vendas não foi suficiente para continuar o aumento de 2013. Foram comercializados 96.578 veículos importados, o que representa 14,3% a menos do que o registrado em 2013.

O presidente da Abeifa, Marcel Visconde, demonstrou receio para este ano: “O setor está em alerta e sabemos que 2015 será um ano de grandes desafios e dificuldades para superar”, finalizou o executivo.

Confira abaixo os modelos das marcas associadas à Abeifa mais vendidos em janeiro de 2015:

  1. Kia Sportage – 860 unidades;
  2. BMW Série 3 – 563 unidades;
  3. Lifan X60 – 419 unidades;
  4. Range Rover Evoque – 379 unidades;
  5. Chery QQ – 293 unidades;
  6. Suzuki Gran Vitara – 284 unidades;
  7. Dodge Journey – 275 unidades;
  8. Chery Celer – 255 unidades;
  9. Kia Bongo – 248 unidades;
  10. JAC J2 – 222 unidades.

Ana Rosa Martins Rocha