Model 3 sai por R$125 mil


O lançamento do Model 3 da Tesla foi taxado por vários meios de comunicação como algo um pouco diferente. Isso por causa de todo o barulho feito em torno do lançamento. Teve gente que chegou a dizer que mais parecia o lançamento de um videogame novo ou um smartphone.

Praticamente durante toda quinta-feira, dia 31 de março, a Tesla Motors não mediu esforços e tempo para inundar o máximo possível as redes sociais com imagens das mega filas em frente de suas lojas nos Estados Unidos, na Austrália e no Canadá.

Agora vem a pergunta que não quer calar: É mesmo necessário passar horas em uma fila aguardando um carro?

Neste caso cada um tem uma justificativa desde a pura curiosidade até o fato de ser o tal Model 3 da Tesla. A título de curiosidade ele é o novo elétrico da empresa.

Na apresentação os comentários também não foram singelos.

Ao apresentar o modelo, Musk chegou a dizer com todas as palavras que a Tesla vai mostrar para a indústria suas ideias e que a indústria por sua vez vai perceber claramente que um carro elétrico pode transformar radicalmente o modo sustentável de se usar os veículos.

Elon Musk deve mesmo ter conseguido cativar as pessoas já que ao que parece a maioria do público que se dispôs a ir até a loja da companhia em Los Angeles bem como nas filiais por todo o mundo bem às 7h dava a entender que estavam interessadas no que Musk ia dizer de novas promessas.

Já que estamos falando de Elon Musk é interessante lembrar que ele é o mais novo “queridinho” do mundo da tecnologia. Para se ter ideia ele tem sido cotado como o novo Steve Jobs!

Bom, mas vamos aos termos práticos da dita apresentação de Musk.

Basicamente ele apresentou em grande estilo (tanto de envolvimento com o público quanto pelo vestuário impecável). O carro elétrico da Tesla ( Model 3) foi apresentado com o valor inicial de US$35 mil. Em reais isso daria algo em torno dos R$125 mil. O modelo foi mostrado em diversas cores. Mas curiosamente o carro ainda não está pronto.

A previsão é de que o Model 3 só chegue no final de 2017. De acordo com Musk as expectativas já começaram a ser superadas. As encomendas no período de 24 horas chegaram a passar de 115 mil.

Por Denisson Soares


Tesla pode lançar Carro Autônomo em 2018


Lançamento do carro aconteceria dois anos antes de seus principais concorrentes, a Mercedes Benz e a Volvo.

A montadora Tesla está a todo o vapor com a produção do seu veículo totalmente autônomo. A expectativa é de que para até 2018 o seu carro autônomo seja lançado. Isso mostra que a marca está 2 anos à frente de seus maiores concorrentes no setor de veículos autônomos, como a Mercedes-Benz e a Volvo, que tem como data estipulada para o lançamento de seus veículos no ano de 2020.

O maior problema enfrentado pela companhia é a legislação vigente, que ainda não especifica a responsabilidade em caso de algum acidente que envolva um carro que não possua um motorista, como é o caso dos veículos autônomos. Isso pode ser um problema que venha a atrasar o lançamento do veículo para o ano de 2018, e logo após a sua comercialização em grande escala.

Os componentes necessários para a produção de um veículo autônomo já existem. Também, a tecnologia necessária para a produção do mesmo já está disponível. O que falta ainda é apenas um melhoramento nos detalhes de funcionamento do sistema. Por essa razão, o CEO da Tesla, Elon Musk, garante que o veículo em si estará pronto para lançamento em um prazo máximo de dois anos.

Ainda de acordo com o CEO da empresa, o processo de formulação e aprovação das legislações varia de país para país, podendo ser realizada em um período entre um e cinco anos. O que pode vir a influenciar o lançamento do veículo em alguns países.

A esperança da montadora é que dentro desse prazo que é necessário para a finalização do veículo, os países comecem a incluir leis sobre esse novo tipo de veículo, que não precisa de um motorista para ser guiado, que toque em pontos como o das responsabilidades no caso de algum acidente.

A grande força da Tesla está focada em automóveis que tragam novidades para os consumidores, como veículos elétricos como o Model X e também automóveis autônomos. Isso reforça o compromisso da empresa com o meio ambiente, produzindo automóveis de qualidade e que se preocupem com o futuro, abrindo portas para a empresa fazer a sua entrada no mercado automobilístico mundial.

Por Igor Furraer