Lifan espera política mudar para lançar novos modelos de SUVs


Duas das mais conhecidas marcas do mercado chinês, a Chery e a JAC, não suportaram os fatos e acabaram sucumbindo à crise. Os motivos para o fato já são velhos conhecidos tais como a questão de serem limitadas pelas cotas estabelecidas pelo Inovar-Auto além do fato de que para estarem em pé de igualdade para encararem a concorrência acabavam por depender de produtos com preços mais do que agressivos. Hoje as fatias de mercado ocupadas por essas fabricantes chegam a ser inexpressivas e junte-se a isso a retração do mercado para piorar o cenário.

Nesse meio existem certas exceções. Uma delas é a Lifan. A marca caiu mesmo no gosto dos consumidores brasileiros. A fabricante tem um dos carros mais vendidos do país e está em pleno “vapor” para a preparação de novos modelos. Mas é bom a gente não ir pensando que tudo está sendo feito com pressa ou sem atenção. Para a Lifan a palavra de ordem no momento está sendo “calma”.

A marca fabricante do já conhecido X60 ( que por sinal terá uma renovação e contará com câmbio CVT para sua apresentação no Salão do Automóvel de São Paulo, no mês de novembro) está com uma tendência bastante grande em continuar apostando cada vez mais no segmento de SUV/Crossovers. A expectativa é de que sejam lançados pela marca mais três modelos do tipo para o mercado brasileiro.

Mas tem um “porém”: Tudo somente deve ocorrer quando as questões políticas no país forem de fato resolvidas. De acordo com Mu Gang, presidente global do grupo, é preciso esperar pelo menos o desenrolar da questão que envolve o impeachment presidencial.

Na visão de Gang a empresa de uma maneira geral conseguiu se estabelecer firmemente no país mesmo considerando todas as adversidades que tiveram que ser enfrentadas. Tudo, ainda segundo o presidente, porque entenderam melhor o nosso mercado do que suas conterrâneas apontadas anteriormente.

O executivo afirmou ainda em comunicado à imprensa que a ação de continuar apostando no mercado brasileiro é uma junção de prudência e de ousadia que estão sendo aplicadas nas doses certas. Mas ainda assim, o homem “todo-poderoso” da Lifan sabe que a situação política atual do Brasil não está propícia para crescimentos. Por isso a calma, ao menos por enquanto.

De qualquer forma podemos adiantar alguns planos da marca por aqui. A informação sobre a fabricante é de que quando a situação estiver bem o primeiro modelo que deverá aparecer no mercado será o X50. O modelo está previsto para ser um tipo de rival para o Renault Sandero Stepway e o Volkswagen CrossFox entre outros modelos tidos como aventureiros.

E para quem não se lembra ou não sabe como será o X50 vale ressaltar que ele apareceu, ainda como protótipo, no Salão de São Paulo lá em 2014.

Por Denisson Soares


Modelos SUV – Sucesso de vendas no Brasil e na China


Existem várias formas de se definir o sucesso de vendas de um certo modelo de automóvel, mas nada melhor do que os números. Na China atualmente os modelos chamados SUV figuram e muito bem nessa categoria. Para se ter uma ideia, naquele país, um em cada quatro veículos é um SUV.

No ano passado foram 24,6 milhões de carros comerciais e de passeio que conseguiram ser emplacados naquele que atualmente ocupa a posição de maior mercado automotivo do planeta. Deste total, 6,3 milhões são da categoria utilitálirio-esporte. As informações são do Gasgoo, site chinês.

Agora quando o assunto são os mais vendidos parece que nenhum desbanca o VW Tiguan e Haval H6 na China. Juntos esses dois modelos chegaram a emplacar no país mais de 600 mil unidades apenas em 2015. Isso representa cerca de 1/4 do volume total que seria correspondente ao mercado brasileiro.

Olhando assim pode parecer pouco, entretanto, com um pouco mais de atenção vamos perceber que estamos tratando aqui de um fatia incrível de 25,6%. Só para podermos comparar melhor, aqui no Brasil onde os SUVs são outra febre a nossa fatia de marcado é de “apenas “ 14,28% do número total de carros que foram vendidos em 2015.

Esse crescimento significativo que pode ser visto através dos números apontados já pode também ser analisado visualmente nas ruas do país asiático.

No último Salão de Pequim 2016 a presença desse tipo de veículo se sobressaiu sobre qualquer outro. Nas principais cidades da China como Pequim e Chongqing a presença de um SUV em cada esquina é algo impossível de não ser notado por qualquer visitante atento a este assunto.

Já as razões para o relativo crescimento não estão tão distantes daquelas que puderam ser percebidas no Brasil. Características específicas como robustez e porte que acabam conferindo ao carro mais status, a posição elevada que faz com que o motorista tenha mais conforto além das dimensões do carro são alguns dos motivos que fizeram com que as vendas alavancassem.

Há outros fatores que entram nessa lista também. Entre eles estão os filhos, esse fato pode justificar a questão dos chineses preferirem os SUVs maiores do que o segmento que faz sucesso no Brasil: o dos compactos.

Por Denisson Soares


Conheça os SUVs favoritos dos brasileiros


Confira nesta matéria os principais modelos SUVs que estão na preferência dos motoristas do Brasil.

Este artigo foi produzido pela equipe Ituran Rastreadores, especialmente para o Carro Bonito.

Motor potente e amplo espaço interno, esses são os principais motivos que levaram milhares de brasileiros a investirem em um SUV no ano passado; os utilitários esportivos chamam atenção também pelo bom desempenho, tanto na cidade quanto na estrada. Apesar de ter um custo maior na compra e manutenção (quando comparado com um modelo compacto, por exemplo), o SUV já conquistou um público cativo e se você está pensando em se juntar a essa família, confira os modelos mais populares no Brasil, segundo dados da Fenabrave (Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores).

1° lugar: Ford EcoSport – 54.263 unidades

Destacando-se pela potência do seu motor (Sigma 1.6 Flex 16V ou Duratec 2.0 Flex 16V), o EcoSport da Ford é considerado um verdadeiro guerreiro das cidades. A segurança fica por conta do sistema Advance Trac, com freios ABS, Controle Eletrônico de Estabilidade (ESC), Controle de Tração e Assistente de Partida em Rampas (HLA).

2° lugar: Renault Duster – 48.866 unidades

Espaço interno e conforto são os pontos mais chamativos do Renault Duster. Com motor 1.6 Flex 16V, esse veículo mostra que não está para brincadeiras quando o assunto é potência. Em sua versão 4×4, o Duster é capaz de encarar os terrenos mais adversos.

3° lugar: Hyundai Tucson – 18.176 unidades

O design imponente do Hyundai Tucson conquistou mais de 18 mil compradores em 2014, que destacam também o custo-benefício e o amplo espaço interno como diferenciais desse SUV. O motor 2.0 16V Dual CVVT e o porta-malas com capacidade para até 1.679 litros (rebatido) fecham o pacote.

4° lugar: Hyundai ix35 – 15.315 unidades

Fazendo companhia ao Tucson, temos o ix35, também da Hyundai. Com motor flex 2.0 178cv, o ix35 é considerado um carro moderno e arrojada, que se destaca também pelo amplo espaço interno.

5° lugar: Mitsubishi Pajero TR4 – 14.747 unidades

Disponível em versões 4×4 e 4×2, o TR4 conta com um motor 2.0 16V e ótimo espaço interno. Apesar de ter conquistado mais de 100 mil motoristas desde 2002 (quando começou a ser produzido no Brasil), o Pajero TR4 deixará de ser fabricado em território nacional em 2015.

Existem opções de SUV para todos os gostos e bolsos! Qual vai ser o seu?

Imagens: Divulgação.