Chevrolet Spark 2016 é lançado com motor 1.4 Ecotec


O modelo foi apresentado de maneira oficial durante o Salão do Automóvel de Nova York deste ano.

O novo Spark 2016 chega ao mercado com um visual mais serio para conquistar um público maior, mas o Spark 2016 não surpreendeu tanto com seu visual que já tinha sido mostrado em vários flagras que foram feitos e agora, comprovados sob a intenção da Chevrolet de querer tirar do veículo um pouco do seu visual esportivo. E ao ser apresentado no Salão de Nova York, o Spark 2016 apresentou outra novidade que será o seu motor 1.4 Ecotec, além de algumas novidades entre os itens de conveniência.

Produzido sobre mesma plataforma do Gamma II e com um visual bem próximo do Karl e Viva, coube ao Spark 2016 tentar inovar mesmo só em seu interior, oferecendo um acabamento com qualidade superior e novidades como a tela LCD de 7 polegadas. O visual do Spark 2016 realmente ficou bonito e mais sério, mas é a traseira que mais chama a atenção por seu design futurístico. Apesar de seguir as linhas de modelos já consagrados, o Spark soube aproveitar muito bem cada espaço, com traços diferenciados e linhas harmoniosas. Nas laterais, praticamente nenhuma novidade e a frente, como os "flagras" mostraram, deixou o estilo esportivo para trás.

O motor 1.4 Ecotec conta com 99 cv de potência e graças ao trabalho em conjunto com o câmbio CVT pode garantir até 17 km/l nas estradas. O Spark 2016 também tem novidades no quesito "segurança", entre eles o alerta de pontos cegos que ajuda o motorista a evitar acidentes, assim como o alerta de saída de faixa também de colisão traseira e dianteira. Estes itens de segurança mostram a preocupação da montadora em já ir adaptando seus veículos às novas tendências mundiais.

Mas os brasileiros não vão poder adquirir o novo Spark 2016 que será lançado em dezenas de países, porém, aqui no mercado nacional, a Chevrolet pretende disponibilizar um modelo exclusivo, feito sob medida para o Brasil, estando disponível no final deste ano e podendo não ter o mesmo requinte do Spark original.

Por Russel


Mitsubishi Outlander 2016 lançado em Nova York


O lançamento aconteceu durante o Salão do Automóvel da cidade de Nova York.

Foi apresentado ao público no salão de Nova York o novo Outlander versão 2016. Essa apresentação já era aguardada por muitos, haja vista que a Mitsubishi já havia feito essa promessa no início do ano passado. As novidades foram muitas, pois o Outlander sofreu uma reestilização a qual o deixou mais elegante, mais atraente, bem como melhorias oportunas e pontuais.

O Outlander teve o seu lançamento oficial no ano de 2012, contudo o seu visual inovador não caiu nas graças dos consumidores como era pretendido pela montadora, diante disso, dessa vez a Mitsubishi fez essa reestilização no seu veículo, a fim de tentar aperfeiçoar o desing do seu crossover, contudo para quem vê o veículo o desing dele não mudou quase nada quando se comparado com o conceito.

Os destaques dessa nova versão na parte frontal ficaram por conta da dianteira do carro que tem formato de “X”, a inserção de novos para-choques, nos faróis de LEDs foram inseridas molduras cromadas, as quais de modo integrado com os faróis ajuda a chamar bastante a atenção de quem o vê, no capô foi utilizados novos moldes e a grade foi redesenhada de modo inédito.

Já na parte traseira o que chama atenção é o fato de que vários detalhes cromados foram colocadas na tampa, porém aquelas antigas e famosas lanternas enormes que equipavam os modelos anteriores foram substituídas por algo mais proporcional e mais convencional.

As principais melhorias pontuais no conjunto desse veículo ficaram por conta da rigidez estrutural que foi aumentada, o isolamento acústico passou por um reforço e um câmbio agora é da nova geração do automático CVT.

Na parte interna, os destaques ficaram por conta da inserção de novos revestimentos, na mudança do desing do volante, e para quem gosta de entretenimento, o sistema ficou mais moderno e com novas funcionalidades.

Com relação à motorização do veículo os consumidores terão duas opções com câmbio mecânico, sendo elas as seguintes: a com o motor V6 3.5 capaz de produzir uma potência de 227cv e outra 2.4 com apenas quatro cilindros capaz de produzir uma potência de 168cv. 

Por Adriano Oliveira