Bugatti Chiron será apresentado no Salão de Genebra 2016


Veículo terá produção limitada e custará mais de US$ 2 milhões.

A Bugatti divulgou oficialmente a notícia que muitos especialistas e apaixonados por automóveis já imaginavam: o veículo que irá substituir o lendário Veyron será batizado com o nome de Chiron e a apresentação dele ao público ocorrerá no Salão de Genebra, evento que ocorrerá na Suíça no mês de março de 2016.

O nome de batismo desse veículo já estava sendo divulgado pela mídia internacional há alguns meses, a origem deste nome é uma homenagem Louis Chiron, que foi piloto da escuderia Bugatti nas décadas de 1920 e 1930. Segundo a fabricante, a homenagem é mais do que merecida, haja vista que Louis, na sua época, foi o melhor piloto, bem como ao fato de não haver nenhum outro profissional que marcou a trajetória da Bugatti.

Antes mesmo de ser lançado, este veículo já é um sucesso, pois já foram feitas nada mais nada menos que 100 encomendas. O Chiron está sendo divulgado pela empresa como o superesportivo mais rápido, mais potente, luxuoso e exclusivo produzido até hoje.

Para aqueles que ficaram animados com essa notícia, o Chiron será fabricado com unidades limitadas, sendo que em princípio a fabricante deve disponibilizar para o mercado apenas 500 unidades, quantitativo este que já se encontra incluso o Chiron Targa, que é outra versão deste veículo que deverá ser lançada no ano de 2018.

A expectativa para o lançamento de carro é muito grande e a todo o momento detalhes são especulados. Ele já foi visto recentemente em testes nas estradas da Itália. Informações oriundas dos bastidores da fabricante dão conta de que o Chiron será equipado com o famoso propulsor quadriturbo W16 8.0, o qual é capaz de produzir uma potência próxima dos incríveis 1.500 cavalos, para completar este conjunto mecânico o carro terá uma transmissão de sete velocidades DSG.

Com esse potente e invejável conjunto mecânico, o Chiron irá ter a capacidade de até 100 Km/h em 2 segundos antes de chegar à sua velocidade máxima, que é de 470 Km/h. O único fator desanimador de toda essa história é que o veículo deverá ser comercializado por cerca de US$ 2,2 milhões.

Por Adriano Oliveira


Nissan mostra conceito do March 2017 no Salão de Genebra


Durante do Salão do Automóvel de Genebra, na Suíça, a Nissan revelou um novo conceito para seus veículos. No evento, a montadora japonesa apresentou uma antecipação da futura geração do Mitra, modelo com esse nome na Europa, e que no Brasil foi apelidado de March.

Se seguir o estilo do novo conceito, o veículo deve aparecer totalmente reestilizado se comparado com a sua versão atual, ganhando design mais futurista e perdendo o estilo todo arredondado com atual March. E esse novo estilo deve seguir todos os próximos modelos da marca. O novo conceito é batizado de Sway, apresentando um hatch médio.

Entre as novidades na parte visual do novo March, está a grade frontal com a parte central em formato de U, que ainda ganha um logo da montadora no meio. Na parte traseira, o veículo tem lanternas em formato de bumerangue.

As dimensões do Sway (novo March) são as seguintes: 4,01 metros de comprimento; 1,39 m de altura; e 1,78 metros de largura, com espaço entre-eixos de 2,57 m. Isso indica que o novo modelo da marca deve ser um pouco mais espaçoso internamente. Além disso, toda a lataria aparece com recortes e vincos, bem diferente do modelo atual do March.

Apesar de já mostrar muita irreverência e causar euforia no mercado diante da apresentação de seu novo veículo, a Nissan não tem muita pressa para lançar o modelo. Essa versão apresentada durante o Salão de Genebra não deverá ser a final, pois a Nissan tem planos de lançar um novo conceito, batizado de Micra Concept, e apenas em meados de 2017 deve ser lançada uma versão final do novo veículo.

Antes desse lançamento do Micra Concept, a montadora japonesa planeja lançar em 2016 o SUV Kics, que deverá ter diversos elementos que serão inclusos no novo March, que deverá ter sua nova versão com fabricação no Brasil apenas em 2018.

Por Felipe Villares


BMW Série 1 será produzido no Brasil com motores flex


Durante os Salões do Automóvel que ocorrem no mundo inteiro, a expectativa é que as marcas de carros apresentem veículos superesportivos ou superpotentes, que visuais irreverentes. Mas não foi o que a BMW apresentou durante o Salão do Automóvel de Genebra, na Suíça.

Durante o evento, a montadora mostrou a nova versão do modelo Serie 1, que apareceu todo repaginado na versão 2016. Entre as novidades está a nova linha de motores TwinTurbo Flex, adaptada para o mercado nacional, com motor preparado para receber tanto gasolina com etanol. Além disso, a montadora deverá fabricar o novo Serie 1 para o mercado brasileiro em sua planta em Araquari, em Santa Catarina.

Esse modelo de motor ainda terá variações, com opções 116i, com motor 1.5 litro de três cilindros e potência de 110 cv; 118i, de motor 1.6 litro quatro cilindros com 138 cv; e 120i, de motor 2.0 com quatro cilindros e 221 cv. Ainda terá a versão com motor top de linha, o modelo M 135i, com motor 3.0 litros de seis cilindros e 330 cv de potência. Por enquanto, essa será a única versão que deverá ser importada.

Outros recursos interessantes do veículo estão na parte tecnológica, que vem com tela central de 6,5 polegadas, sensores de chuva, pressão dos pneus e luminosidade, além de ar condicionado. Entre os opcionais, estão itens como suspensão esportiva, suspensão adaptativa, controle de cruzeiro adaptativo, caixa de direção com auxílio adaptativo e auxílio esportivo, auxiliador de estacionamento, freios esportivos e o sistema de conexão à internet ConnectDrive.

Na parte visual, o novo Serie 1 ganhou novos faróis de LED, lanterna traseira maior também de LED, e com melhores materiais utilizados.

Os valores do novo carro da BMW devem variar entre R$ 113 mil, na versão com motor 116i, e R$ 174 mil, com a versão top de linha M 125i.

Por Felipe Villares


Novo Lamborghini Aventador SuperVeloce – Fotos e Vídeo


O Salão de Genebra, na Suíça, é sempre repleto de muitas novidades que sempre são as mais aguardadas. E a Lamborghini não fez feio durante o evento e apresentou uma nova versão de seu veículo que é o carro-chefe da marca, o Aventador, que agora aparece na versão LP 750-4 SuperVeloce.

O novo modelo aparece cheio de novidades, entre elas está o fato de estar mais leve, pesando 50 kg a menos. Seu peso agora é de 1.525 kg, o que auxilia também no desempenho e na potência do carro. O Aventador SV é o modelo mais parrudo que a Lamborghini já criou até hoje.

Outros itens que contam como novos são: aerofólio traseiro com três ajustes diferentes, suspensão adaptativa, direção elétrica dinâmica, novo sistema de exaustão e uma nova grade frontal.

De acordo com o presidente da montadora, o CEO Stephan Winkelmann, o Aventador SuperVeloce tem como foco principal a velocidade. Não é à toa que o motor foi reconfigurado para 6.5 litros V12, que rende uma incrível potência de 750 cv. Isso equivale a 50 cavalos a mais do que seu modelo anterior.

Além disso, o veículo também conta com transmissão de sete velocidades e tração integral, o que faz com que o carro rode de 0 a 100 km/h em nada menos do que impressionantes 2,8 segundos. Essa configuração também permite ao veículo chegar aos 349 quilômetros por hora. Por pouco, o Aventador SV não chega a marca de seus concorrentes Hennessey Venom GT e Bugatti Veyron, que alcançam de 0 a 100 km/h em apenas 2,2 segundos.

Na Europa, o modelo deve custar 327 mil euros, o equivalente atualmente no Brasil a cerca de impressionantes R$ 1 milhão. Apesar de parecer caro, o veículo tem diversos compradores à espera de seu lançamento, que está previsto para ocorrer na Europa durante o segundo semestre de 2015. Apesar de valor tão alto, o modelo internamente perdeu todo o luxo característico da marca.

Sobre a Lamborghini:

A Lamborghini é uma montadora de automóveis italiana conhecida pelos seus modelos de luxo. A marca surgiu no dia 30 de outubro de 1963 e seu fundador foi Ferruccio Lamborghini. O principal objetivo da Lamborghini era produzir carros luxuosos que pudessem concorrer com a Ferrari. A sede da empresa fica na cidade de Sant'Agata Bolognese, na Itália. No ano de 1998, a Lamborghini foi adquirida pela Volkswagen AG. Entre os modelos mais populares da montadora estão: Lamborghini 350 GT, Lamborghini Miura, Lamborghini Diablo, Lamborghini Gallardo, Lamborghini Aventador, Lamborghini Egoista, Lamborghini Huracán e Lamborghini Asterion. Curiosamente, vários modelos da Lamborghini levam nomes de touros. O principal motivo para isso é que seu fundador, Ferruccio Lamborghini, era um apaixonado por touradas e adorava estes animais, tanto é que o símbolo da montadora é um touro. Para conhecer um pouquinho mais sobre a Lamborghini, acesse o site oficial da empresa no endereço www.lamborghini.com.

Por Felipe Villares


Morgan lança Aero 8 no Salão de Genebra 2015


A Morgan apresentou o seu renovado Aero 8 no Salão de Genebra, a quinta geração segundo a marca. A produção do Aero 8 2015 começará no final do ano e serão fabricadas apenas um número limitado de unidades. Cada um deles será um off-one devido às múltiiplas possibilidades de customização. De acordo com a Morgan, o Aero 8 é o carro mais refinado desenvolvido pela marca até agora.

O novo Aero 8 esconde um motor V8 de 4,8 litros BMW com 367 cv. A Morgan oferece a possibilidade de personalizar entre uma caixa de cambio manual de seis marchas (também da BMW) ou uma caixa de transmissão automática.

O renovado modelo, com chassis e carrocería de alumínio, acelera em 4,5 segundos de 0 à 100 km/ hora. A velocidade máxima alcançada pela máquina é de 273 km/ hora. O carro consome 12,1 litros por 100 km rodados. O tanque de combustível possui uma capacidade máxima de 55 litros. O eixo dianteiro foi modificado, esta alteração aliada a uma nova suspensão (incluindo barras estabilizadoras) permitem que a dinâmica do veículo seja muito melhor. O carro possui também freios ABS, piloto automático sistema de airbag, direção assistida.

No que se refere aos aspectos estéticos, ele tem muitas semelhanças com o modelo anterior, no entanto, Aero 8 assume alguns detalhes do mundo da aeronáutica. A base do seu design continua sendo os carros clássicos abertos da década de 60. De forma opcional é oferecido um teto duro, que transforma o conversível em ou coupé.

A parte interna do carro que acomoda até duas pessoas, foi toda renovada com composições em madeira, tapetes texturizados e revestimentos em couro. Também foi incorporado um sistema de ar condicionado e opcionalmente pode ser incorporada uma tela touchscreen para o sistema multimídia, bancos com estrutura de carbono e revestidos em couro e muitos detalhes artesanais.

Texto de Melina Menezes.


Audi RS3, Q7 e R8 serão vendidos no Brasil


Os veículos superpotentes, que aparecem em filmes de ação, são o sonho de consumo de boa parte do público masculino. O problema é que nem sempre esses carros são comercializados, ficando apenas como protótipos que estrelam filmes.

Mas agora a Audi quebra esse paradigma e apresentou, durante o último Salão de Genebra, na Suíça, o modelo R8, carro que estrelou filmes famosos de Hollywood, como ‘Eu, Robô’ e ‘Homem de Ferro’. E a boa notícia é que o modelo deve chegar ao Brasil até o começo do próximo ano. Na Europa, o R8 será comercializado a partir do segundo semestre de 2015.

E, obviamente, assim como apresentado nos filmes, ele é um supercarro, com um incrível motor V10 de até 610 cavalos. Dessa maneira, ele é o veículo mais forte e mais rápido já construído pela Audi.

Além disso, durante o evento na Europa, a montadora apresentou também a nova geração do RS3, que também deve ser comercializada no país, ainda no segundo semestre desse ano. O modelo virá com motor 2.5 TFSI, que gera potência de 367 cv e torque de 47,4 kgfm. Com dupla embreagem, o veículo vem com a transmissão ultrarrápida S-tronic de sete velocidades. Junto com a tração integral quattro, faz o RS3 chegar de 0 a 100 km/h em apenas 4,3 segundos. Sua velocidade máxima é de 250 km/h, mas na versão com pacote esportivo, pode chegar a 280 km/h.

Uma terceira novidade foi apresentada pela Audi, a nova geração do SUV Q7, que terá opção e-tron quattro, versão híbrida com motor elétrico e um V6 3.0 turbodiesel. Essa configuração faz o veículo chegar aos 373 cavalos e um torque de 71,4 kgfm. De acordo com a montadora, com o tanque cheio, é possível rodar até 1.570 quilômetros. A versão com câmbio automático de oito marchas também deve chegar ao Brasil até o final de 2015.

Curiosidades sobre o Audi R8

  • O superesportivo da Audi tem como base o carro conceito Le Mans Quattro, que foi apresentado no salão de Frankfurt, em 2003.
  • O primeiro motor foi um V8 de 4,2 litros e com 32 válvula com uma potência de 420 cavalos e 7800 rpm. A sua aceleração de 0 a 100 km/h é em 4,4 segundos, com uma velocidade máxima de 301 km/h
  • A sua plataforma é partilhada com o Lamborghini Gallardo.
  • Em 2008, um protótipo do Audi R8 com um motor V12 movido a diesel e de 500 cavalos, teve a sua apresentação no NAIAS.
  • O modelo aparece no filme Transformes – Revenge of The Fallen, como o Decepticon Sideways.
  • Ele também é dirigido por Robert Downey Jr nos três filmes da saga Homem de Ferro. No último longa, o R8 do milionário Tony Stark cai no mar quando a sua mansão é atacada.  

Por Felipe Villares


Aston Martin DBX é apresentado no Salão de Genebra 2015


Pense em um carro completamente futurista, com cara de muitos séculos a nossa frente. É essa a impressão que passa o novo veículo da Aston Martin, o DBX. Na verdade, esse é um carro conceito, porém, vem para quebrar toda tradição que a montadora tem de veículos com linhas clássicas e sem muita inovação.

Depois de apresentar o Vulcan, agora a Aston Martin apresentou o DBX no Salão de Genebra, que está acontecendo neste momento na Suíça. Segundo a empresa, esse é um novo conceito que os compradores desejarão para o segmento GT, de carros superesportivos.

O veículo é totalmente diferente de tudo o que já se imaginou, apresentando pintura na cor preta Black Pearl Chromium, além de trem de força elétrico, faróis finos, luzes de neblina redondas e a marca da Aston Martin em sua grade dianteira. Na parte interna, o DBX vem com os quatro bancos em couro Nubuck. Esse revestimento também está presente nos pedais e também em parte do painel. As dimensões do veículo não foram reveladas.

Quem olha o DBX percebe uma mistura de um veículo coupé com o estilo utilitário-esportivo.

Na parte mecânica, o conceito da Aston Martin também se apresenta bem interessante, com quatro motores elétricos, sendo um em cada roda. Esses motores são alimentados por baterias, que são recarregadas através do sistema KERS, um sistema de recuperação de energia cinética. Esse sistema é o mesmo utilizado em carros de Fórmula 1. Além disso, também apresenta freios de carbono e cerâmica.

No lado da dirigibilidade, o DBX virá com direção elétrica drive-by-wire e head-up display tanto para motorista como para passageiro. O sistema drive-by-wire é sem caixa e coluna, auxiliando no momento de esterçar as rodas.

Seja qual for o estilo que terão os carros no futuro, essa foi uma grande inovação da Aston Martin, que arriscou em um design irreverente perante o histórico da própria marca.

Por Felipe Villares


Novo Audi R8 LMS GT3 – Apresentação no Salão de Genebra 2015


A Audi trouxe ao Salão de Genebra uma novidade para o automobilismo propriamente dito. Trata-se de um carro de competição. Estamos falando aqui do novo Audi R8 LMS GT3. O modelo de competição é baseado na segunda geração do esportivo e foi desenvolvido tendo em vista várias novidades de segurança, além de maior potência e leveza do conjunto. Isso sem falar na beleza do automóvel em si, que conta com diversas entradas de ar típicas de carros de corrida, mas mesmo assim, pode ser claramente reconhecido como um Audi.

Para a construção do carro, houve o uso de um tipo de plástico reforçado com fibra de carbono na parte traseira do conjunto. Isso permitiu ao carro um peso 25 kg menor que o do seu antecessor e ainda a capacidade do veículo em passar nos testes de impacto da Federação Internacional de Automobilismo (FIA).

Entre outras novidades de segurança também podemos citar o banco conectado ao chassi, que dá mais firmeza ao conjunto em caso de impacto, uma escotilha no teto para facilitar resgate do piloto se necessário, além de sistemas de pedais e coluna ajustável de acionamento elétrico para melhor conforto.

O motor não é novo e nem por isso deixa a desejar. Trata-se de um motor de 5.2 litros, V10, capaz de fornecer ao carro uma potência total de até 593 cavalos. O carro recebeu uma nova transmissão de seis marchas com acionamento atrás do volante, por meio de borboletas. Como já foi dito, o modelo conta com uma aerodinâmica invejável e digna de nota, além de contar com uma excelente circulação de ar no cockpit (de 250 litros de ar por segundo, quando o automóvel se encontra a 200 km/h). O carro será feito sob encomenda e acredita-se que as primeiras unidades já serão entregues no final do ano de 2015.

Por Nosf


Porsche Cayman GT4 é apresentado no Salão de Genebra 2015


A Porsche apresentou ao mundo o novo Cayman GT4 no Salão de Genebra. O modelo possui motor 3.8 litros de 385 cv e 42,83 kgfm de torque, tração traseira e câmbio manual de seis velocidades. O modelo possibilita acelerar de 0 a 100 km/h em 4,3 segundos e a velocidade máxima é de 295 km/h. O novo Cayman GT4 possui para-choques, spoilers e aerofólio traseiro mais elevados em relação ao 911 GT3, como também grandes saídas de ar nas laterais. O modelo também foi rebaixado em 3 cm para ampliar ainda mais a estabilidade e com isso aprimorar a performance.

Segundo a Porsche, o coupé será comercializado por 85.779 euros no mercado da Alemanha e por US$ 84.600 nos Estados Unidos. A empresa também informa que existe a possibilidade de implementá-lo com os kits Sport Chrono e Club Sport, que possuem freios de cerâmica e bancos em fibra de carbono.

A companhia também apresentou o 911 GT3 RS no Salão de Genebra 2015. O modelo direcionado para as pistas teve uma carroceria de alumínio ligado com um teto de magnésio e um capô e tampa do motor reforçados com fibra de carbono, assim como outros itens leves que retiraram 10 kg em relação ao 911 GT3 regular. Com isso, a versão RS possui peso total de 1.420 kg.

A tampa do motor recebeu elementos de resfriamento adicionais. Também são perceptíveis as asas dianteiras aprimoradas com dutos de ar, um difusor proeminente e uma grande asa na parte traseira. A eficácia total do modelo é vinda do motor 4.0 litros, naturalmente aspirado, de 6 cilindros em linha, que possibilita 500 cavalos de potência e 46,9 kgfm de torque. Esta característica possibilita que o 911 GT3 RS acelere de 0 a 100 km/h em 3,3 segundos e alcance os 200 km/h em 10,9 segundos, atingindo a velocidade máxima superior a 322 km/h.

Felipe Couto de Oliveira


GTA Spano é apresentado no Salão de Genebra 2015


Foi apresentado no Salão de Genebra o GTA Spano, o carro possui uma potência máxima de 925 cavalos, esta não é conseguida nem por um Lamborghini nem uma Ferrari. O GTA Spano é um super esportivo que, de acordo com o presidente e fundador da marca, é tão desenvolvido tecnologicamente quanto qualquer outro carro fabricado pelas famosas marcas existentes no mercado. Este é o primeiro modelo que utiliza grafeno na sua composição.

Ainda de acordo com Domingo Ochoa, o veículo é muito dócil, com uma boa aerodinâmica e permite que o motorista escolha com qual potência deseja dirigir.

O motor de 8.0 litros biturbo com 10 cilindros possui torque de 124,4 mkgf e 925 cv de potência. Além disso, o veículo tem uma capacidade de desenvolvimento que pode chegar aos 1.500 cavalos, uma cifra que não pode ser alcançada por outros carros existentes. O Bugatti Veyron tem conseguido somente 1.001 cv e o Lamborghini Aventador SuperVeloce 750 cv. 

A caixa de câmbio foi alterada, a nova possui câmbio de sete marchas, permitindo o modelo chegar de 0 a 100 km/hora em apenas 2,9 segundos. A velocidade extrema do veículo é de 370 km/hora.

Na parte externa, verifica-se um chassi feito em grafeno e titânio, permitindo uma boa rigidez e leveza, ao mesmo tempo. A carroceria, agora possui mais elementos fabricados em fibra de carbono.

Na Europa ele está sendo considerado um carro relativamente "barato", visto a sua potência e os seus diferenciais técnicos. A máquina potente chegará ao mercado europeu custando 890.000 euros, já os demais carros exclusivos tem preços em torno de 1 milhão a 1,5 milhão de euros. O principal mercado de venda do GTA Spano é o de Singapura.

No que se refere à utilização do grafeno, isso foi possível graças a um acordo entre a SpaniaGTA e a Graphenano (outra empresa espanhola). Com esta parceria foi possível fazer um monocoque bem mais potente ao ser utilizado na sua composição o kevlar, titânio, fibra de carbono e grafeno.

Por Melina Menezes.


Lançamento da Nova Ferrari Berlinetta F12 Lusso 2015


O Salão de Genebra trouxe a público mais uma máquina exclusivíssima. Trata-se da nova Ferrari Berlinetta F12 Lusso. O novo cavalo empinando é um esportivo para duas pessoas com novos detalhes de design exclusivos e linhas de tirar o fôlego. Como não poderia deixar de ser, a máquina ser personalizável ao gosto do cliente, como acontece com os outros carros da montadora italiana. Sendo um esportivo, o carro não pode contar apenas com linhas arrojadas, por isso, ele possui também um motor cheio de fôlego que fornece muita potência para o conjunto.

A novidade será apresentada no Salão de Genebra, na Suíça, que ocorrerá a partir do dia 5 de março (quinta-feira).

O novo cupê traz linhas arrojadas e modernas, mas ao mesmo tempo, conta com um desenho retrô, que faz lembrar alguns grandes clássicos da marca. O jornal italiano Corriere Della Sera vazou algumas imagens da novidade antes da apresentação oficial do carro. O capô do carro é bem comprido, como o dos esportivos atuais, lembrando um pouco o desenho dos cupês das Mercedes, entretanto, o carro aposta em linhas arredondadas que lembram muito as linhas vistas no 612 Scaglietti. A frente do carro temos uma grade larga, além de outras entradas de ar sobre o capô, que dão ao veículo um ar de imponência e velocidade. Na traseira, temos lâmpadas arredondadas que casam muito bem com o desenho geral do carro, detalhes cromados abaixo da placa e quatro grandes saídas de escapamento de ar. Nas imagens o carro está na cor azul, fugindo do tradicional vermelho, que é marca registrada da montadora.

O interior do carro não tem mudanças significativas dentro dos padrões da empresa. As portas e bancos do carro contam com detalhes em creme, que deixam o interior muito sofisticado. Há um certo equilíbrio e distribuição entre cores escuras e claras, que combina muito com os detalhes no interior. Nas imagens também pudemos verificar pequenos detalhes em cinza, completando a obra. No que diz respeito à mecânica do carro, sabe-se que o modelo contará com um motor V12 capaz de oferecer ao conjunto uma potência de até 740 cavalos. Segundo o fabricante, o automóvel será capaz de chegar a velocidade máxima de 340 km/h, além de poder acelerar de 0 a 100 km/h em 3,1 segundos.

Por Nosf


Porsche 911 GT3 RS deve ser apresentado no Salão de Genebra


A Porsche divulgou novidades para o Salão de Genebra, que ocorre no começo de março. Entretanto, a empresa ainda manteve um pouco de suspense e não divulgou especificações do que será mostrado. De acordo com a mídia internacional, um dos fatores atrativos poderá ser o novo Cayman GT4 e o outro poderá ser um superesportivo único para pistas. Detalhes de bastidores garantem que o modelo é o novo 911 GT3 RS. É previsto que ela poderá ser uma versão conversível ou inclusive uma otimização do 918 Spyder.

De acordo com as previsões da mídia internacional, o modelo novo 911 GT3 RS irá possibilitar 500 cavalos potência e possuirá um motor 4.0 de seis cilindros em linha, que possibilitará um torque máximo de 46,9 kgfm. O motor irá atuar unicamente com uma caixa de transmissão PDK de sete marchas, canalizando a energia para o eixo de trás. A estrutura possui benefício também com um sistema Porsche Torque Vectoring Plus (PTV Plus) e um bloqueio do diferencial traseiro que é controlado de forma eletrônica, com divisão de torque variável total.

O modelo é aproximadamente 50 mm maior na parte da frente e 30 mm maior na parte traseira em relação ao Porsche 911 GT3. O carro também deverá ter rodas de liga forjadas de 20 polegadas na parte da frente e de 21 polegadas na parte de trás, com pneus 265/35 ZR 20 e 325/30 ZR 21. A frenagem é oferecida através de seis pistões na parte da frente e quatro pistões de alumínio na parte de trás, com pinças de freios vermelhas, que atuam com discos ventilados de 380 milímetros.

O corpo é produzido de alumínio e aço composto, com muito uso de fibra de carbono em várias peças. O alumínio forjado foi utilizado para as entradas de ar e as asas, magnésio para o teto e policarbonato para os vidros laterais da parte de trás e da frente.

Felipe Couto de Oliveira


Mitsubishi Concept XR-PHEV II no Salão de Genebra 2015


A Mitsubishi garantiu recentemente que irá apresentar o Concept XR-PHEV II no Salão de Genebra, que começa em 3 de março. De forma geral, o modelo é um aprimoramento do XR-PHEV concept, divulgado originalmente no Salão de Tóquio em 2013. Pequenas alterações no design foram realizadas, onde pode-se citar o novo formato da grade frontal inferior, que possui saídas de ar laterais cromadas, novos faróis, novas rodas e câmeras nas portas.

De forma interessante, a maior modificação está na parte de trás, com formato muito semelhante com a parte da frente. O modelo possui um objetivo mais atrativo, esportivo e radical em comparação ao conceito antecedente, tendo como detalhes principais fortes traços e uma carroceria com estilo cupê, tendo quatro portas.

A motorização do Concept XR-PHEV II é híbrida plug-in, tendo um motor a combustão e um motor elétrico, sendo este com 163 cavalos de potência, acompanhado por uma bateria de íon-lítio de 12 kWh. As emissões de CO2 são bem inferiores, com média de 40 g/km. Somado a isso, existe uma forma de condução 100% elétrica.

O modelo conceitual da Mitsubishi possui como fator principal a frente com formato em “X”, porte elegante e esguio, assim como lanternas traseiras chanfradas e tendo o apoio sobre uma divisória horizontal na vigia traseira.

Na parte de dentro, o modelo possui duplo cockpit com console central, que avança entre os bancos é um detalhe atrativo, da mesma forma como uma característica esportiva fornecida pela implementação de fibra de carbono, volante de fundo chato e tonalidade preto e vermelha.

Embora seja chamado de “compacto”, o veículo se trata de um crossover do segmento C, sendo médio no Brasil, através de 4,49 m de comprimento, 1,89 m de largura, 1,62 m de altura e 2,67 m de entre-eixos. Esta adoção importante do modelo irá resultar em um grande utilitário com objetivo bem esportivo.

Felipe Couto de Oliveira


Novo Smart Fortwo será apresentado no Salão de Genebra 2015


Não só de lançamentos vive os Salões do Automóvel do mundo todo. Há também espaço para versões customizadas de modelos já presentes no mercado. É o caso do Smart  Fortwo, que terá uma versão customizada apresentada no Salão de Genebra, que acontecerá em março. A adaptação foi feita pelo estúdio Carlsson e mostra uma roupagem diferente e muito interessante do subcompacto da Smart, que aqui no Brasil é distribuído pela Mercedes Benz.

O Smart Fortwo passou por algumas adaptações e ficou com um estilo mais esportivo. Entre as mudanças estão os spoilers traseiros trabalhados em fibra de carbono, as rodas de liga leve de 17 polegadas com raios com formato de estrela e os tubos duplos de escape, que receberam uma pintura cromada, que os deixou mais chamativos.

Por dentro também houve modificações, com destaque para os bancos em couro em dois tons. O volante recebeu um revestimento de couro Alcântara de cor azul, além dos pedais de alumínio e os tapetes com a inscrição da Calrsson. Por se tratar de uma customização apenas de estilo, não foram alteradas as características do motor ou mecânica. O motor permanece com o bloco de 0.9 Tce turbo de três cilindros que rende até 90 cv de potência. O Smart For Two faz de 0 aos 100 km/h em 10,4 segundos e consumo de pouco mais de 6 km por litro. Pouco econômico tendo em vista as suas características.

Apesar das melhorias em relação as versões anteriores, o subcompacto apresentou melhoras, mas o consumo de combustível permanece o mesmo. Entre as mudanças mais significativas estão a os travões que oferecem um toque mais suave e eficaz. Além da estrutura McPherson com eixo rígido atrás.

A versão que será apresentada no salão de Genebra não tem previsão de chegada ao Brasil e nem ao menos foi divulgado o valor e se ele será vendido em larga escala.

Ana Rosa Martins Rocha


Nissan Sway – Carro conceito será apresentado em Genebra


A montadora de veículos Nissan irá apresentar no próximo dia 03 de março o seu mais novo veículo, batizado com o nome de Sway Concept, esse novo veículo da Nissan poderá possivelmente suceder a geração atual do March.

O Sway será o destaque da Nissan no Salão de Genebra e será apresentado ao público como sendo um novo conceito de veículo compacto produzido pela empresa, apesar de muitas pessoas acreditarem que este veículo foi desenvolvido para suceder o March, há uma outra corrente acreditando que o Sway será apenas a antecipação das linhas da nova geração do March, veículo que aqui no Brasil obteve um novo visual, totalmente atualizado, além de ter sido contemplado com a fabricação nacional no ano passado.

Até o presente momento, a Nissan não realizou a divulgação de nada além de um teaser do seu novo modelo. Neste teaser é possível ver que apenas a parte frontal do carro, mesmo assim coberta, com alguns detalhes dos faróis e da grade, que por uma análise primária e bem superficial parecem ter adotado o visual que a montadora adotou em outros veículos que já são conhecidos no mercado, tais como os SUVs, Qashqai e Jucks veículo este que também é conceituado como kicks.

Pelo pouco que foi visto do veículo, até o momento, alguns especialistas já conseguiram pontuar algumas características estéticas mais marcantes do veículo que irão agradar muito os consumidores, tais como, a presença de uma grade frontal bem larga e luzes diurnas em LED, os faróis em estilo bem moderno.

Há também uma forte especulação nos bastidores da montadora de que o Nissan Micra mais conhecido aqui no Brasil com Marsh irá mudar de nome e com essa mudança ele irá fazer o compartilhamento de alguns elementos com o Renault Clio.

O certo é que novidades virão por aí e os consumidores podem esperar que a montadora nipónica está se estruturando para continuar sendo uma das maiores do mundo automobilístico.

 Por Adriano Oliveira


Spania GTA Spano terá lançamento no Salão de Genebra 2015


Falta pouco tempo para um dos principais eventos automobilísticos: Salão de Genebra, que vai ocorrer entre 05 a 15 de março. No local, será mostrado o GTA Spano, que é um esportivo de luxo. Os detalhes ainda são misteriosos, e somente serão mostrados no evento.

O novo modelo ainda é muito pouco conhecido e não se tem muitas informações. Dentre elas, sabe-se que o esportivo lanternas iluminadas por LED e também tem componentes que podem ser fibras de carbono. Além disso, a carroceria e a estrutura do GTA Spano contempla Kevlar, titânio e grafeno. O motor é o V.10 8.0 que tem dois turbos e capacidade para render 925 cv. Além disso, o esportivo ainda consegue acelerar de 0 a 100km/h em 2,9 segundos.

Outro carro que vai ser apresentado no Salão de Genebra é o conceito de Sportspace pela Kia. O protótipo do carro foi criado para levar até 04 ocupantes e, além disso, o carro vai oferecer conforto, funcionalidade, desempenho, economia de combustível e sustentabilidade. O desenho do novo carro tem os traços típicos e as características dos automóveis da Kia.

Outro detalhe deste automobilístico da Kia é que ele tem linhas dinâmicas, que ainda trazem coluna A estreita, teto baixo, além de rodas de liga leve. O protótipo desta novidade conta também com dupla saída de escape e lanternas afiladas na parte traseira do carro. Em relação ao interior do carro, a expectativa é que ele tenha um design mais futurista e também uma clara divisão entre o piloto e o passageiro, com console central.

O volante do novo carro da Kia com design esportivo tem a base reta. Em relação ao quadro de instrumento, ele tem uma tela grande e também um navegador com várias funções e recursos para auxiliar o motorista.

Ambas as novidades serão mostradas no Salão de Genebra. Gostou de conhecer os modelos dos carros?  

 Por Babi


Koenigsegg Regera – Teaser mostra Informações do Carro


A medida que fica próximo a abertura do Salão de Genebra, na Suíça (ocorrerá no dia 3 de março), os superesportivos que poderão se destacar no evento estão sendo revelados. É o exemplo do Koenigsegg Regera, um grande modelo que poderá ser atrativo para a mídia lá. Até o presente, somente um teaser do modelo foi mostrado, que possui informações muito reduzidas. Os detalhes que ocorrem nos bastidores, entretanto, apontam que este poderá ser o modelo com maior potência e velocidade já fabricado pela empresa.

É previsto que o Regera terá a implementação de um sistema híbrido, possuindo um bloco de 690 cv e um motor elétrico (515 kw). Acredita-se também que o modelo será completamente distinto do Agera, tendo o interior mais sofisticado e peso menor.

A Koenigsegg fabricou seu carro protótipo pioneiro em 1994, somente um ano e meio depois do início da companhia.

A empresa foi lançada em 1993. O fundador da empresa foi Christian von Koenigsegg, que tinha o objetivo de produzir o carro dos sonhos. A tese da máquina do futuro teve como base a tecnologia de Fórmula 1.

Em 1997, a companhia fabricou o protótipo do Koenigsegg CC. O modelo foi mostrado no festival de Cannes e teve grande êxito. O modelo de produção do CC foi bem atrativo na apresentação no Salão Automóvel de Paris.

O modelo Koenigsegg CC, o primeiro personalizado chamado CC8S, foi produzido e testado por pilotos de teste da Koenigsegg em pistas e entradas, para verificar sua direção e potência. Os engenheiros da companhia trabalhavam para a otimização do CC. Alguns novos métodos no visual foram adotados em 2003, no modelo CC 8S.

Novo Koenigsegg CCR foi mostrado no Salão Automóvel de Genebra, em março de 2004. Este grande modelo possuía 806 cavalos de potência, Em 2005, o CCR foi o modelo mais rápido de carro de estrada, alcançando a velocidade máxima oficial de 388 (387.87) km/h.

Felipe Couto de Oliveira


Rinspeed Budii deixa BMW i3 ainda mais futurista


O BMW i3 é apontando como um modelo bem futurista, já que é um carro de propulsão totalmente elétrico e com tamanho coerente para utilização nas grandes cidades, apesar que também fornece uma versão híbrida com motor a combustão para confirmar maior independência. Utilizando este modelo como base, contudo, a Rispeed, de Fank M. Rinderknecht, pode ter direcionado o modelo para para um novo nível de tecnologia com o Budii.

Na parte externa, foram implementados painéis integrados à carroceria do modelo que o colocaram com design mais esportivo. Não bastasse isso, o carro também possui frisos multifuncionais que auxiliam, tendo luzes indicadoras de alteração de direção, como também as do acionamento dos freios e para utilização diurna, sendo tudo isto sobre grandes rodas de 19 polegadas da Borbet.

O objetivo foi direcionado para o interior da cabine, que foi totalmente remodelada, com a parte externa fechada. Neste momento, o Budii tem sistema independente de direção (para aprimorar a comodidade e segurança dos dois ocupantes), além de contar com suspensão a ar (que possibilita o ajuste da altura do veículo em até 10mm) e coluna de direção (que poderá ser movida de um lado para o outro para modificar o motorista ou para ocultar o volante atrás do painel).

Na parte central, o principal fator é o grande visor do sistema de entretenimento e informação, que atua de forma integrada com os aparelhos dos ocupantes. Somado a isto, o modelo tem portas com acionamento elétrico, duas telas adicionais (onde estariam os protetores de sol do para-brisa) e um grande braço robótico que segue do teto com uma câmera 3D para mapear a trajetória e apontar possíveis dificuldades.

Como componente adicional, o modelo também possui dois patinetes elétricos para utilização dos seus ocupantes no local onde estariam os bancos traseiros. A tese Budii será divulgada ao público no Salão de Genebra, na Suíça, que irá ocorrer a partir do dia três de março.

Felipe Couto de Oliveira


Kia Sportspace – Nova Perua será apresentada no Salão de Genebra 2015


A marca Kia está surpreendendo o mercado com o seu novo modelo Sportspace. A apresentação oficial será na Suíça, no próximo mês de março, no Salão do Automóvel de Genebra. A marca tem o intuito de iniciar a comercialização do utilitário na Europa, pois existem diversas pessoas que tem preferência por carros que evidenciam a esportividade. Futuramente a Kia está programando fazer o lançamento de uma nova versão no mercado, que será o Optima, o qual virá depois do Sportspace.

A nova versão passou por uma transformação, onde é notável a mudança na carroceria, que foi desenvolvida tendo um formato de perua. Na parte externa, o modelo é composto por faróis em LED, lanternas com um estilo moderno, pneus rebaixados e rodas maiores salientando a sua esportividade. A parte traseira passou por uma reeestilização e ficou com um aspecto mais atraente através de linhas sofisticadas.

O objetivo deste lançamento é apresentar ao mercado um veículo confortável e integrado com equipamentos de qualidade. Neste sentido, o automóvel possui uma central multimídia com GPS e um volante redesenhado que demonstra o estilo esportivo de carros de corrida.

A Kia tem o intuito de expandir ainda mais a sua marca no mercado em nível mundial. Com isso, ela busca cada vez mais inovações e integrar equipamentos de última geração em seus modelos. A montadora coreana foi fundada em 1944, tendo início com a fabricação de bicicletas. Depois ela passou a fabricar também veículos e desde então tem focado o seu desenvolvimento na apresentação constante de novidades no mercado. Atualmente a montadora atua no setor de manufatura e montagem de veículos, estando presente em dez países. A capacidade de produção é acima de 2,5 milhões de automóveis por ano. Nos anos de 2001, 2008 e 2011, a montadora teve um grande destaque através da premiação com o título de “Melhor Distribuidor do Ano”.

Felipe Couto de Oliveira