Comparativo Peugeot 208 GT x Renault Sandero RS – Qual é Melhor?


Confira aqui um comparativo entre o Peugeot 208 GT e o Renault Sandero RS.

No meio automobilístico, de vez em quando ouvimos expressões como “pocket rockets”, o que em um português claro quer dizer basicamente "foguetinho de bolso", ou seja, aqueles modelinhos pequenos e rápidos de carros. Sabendo disso, a boa notícia é que o Brasil agora conta com mais dois representantes dessa categoria.

Para refrescar a memória, no mês de setembro de 2015 chegou por aqui o Renault Sandero RS, este por sua vez tem sua unidade de fabricação localizada em São José dos Pinhais (PR). Na tabela oficial de preços ele parte dos R$ 61.509. Já da fábrica da Peugeot, situada em Porto Real, no estado do Rio de Janeiro, irá chegar o 208 GT. A informação é de que os preços iniciais ficam em R$ 79.790.

Analisando as duas opções, uma das primeiras conclusões a que chegamos é que entre os modelos que seguem essa linha os dois defendem muito bem o conceito dos “pocket rocket”. Um dos principais pontos que contribuem para isso é o fato de que eles entregam mesmo uma ótima qualidade em termos de agilidade. Mas há um porém, quando o assunto é uma pegada um pouco mais para o lado esportivo, eles deixam a desejar. Outro aspecto que deve ser considerado nesse sentido é o fato de que a recém-lançada versão do 208 chega com um preço batendo na porta dos R$ 80.000. A título de curiosidade, acaba sendo mais caro que o Sandero RS.

Agora se formos tratar das versões tradicionais, o 208 sem dúvida alguma segue sendo superior ao Sandero. Logo a primeira vista a Peugeot se destaca na questão da construção do carro, que consequentemente acaba afetando de maneira direta no “gosto de guiar” do condutor. Além disso, ainda podemos incluir na lista o acabamento do carro, digno de uma certa dose de respeito e um ponto que muita gente deverá adorar: a diversidade tecnológica que se encontra integrada no modelo. Já naquela parte que interessa a qualquer um que planeja ter um carro, o GT de cara anda mais rápido do que RS.

A novidade prestes a estar presente nas lojas de todo país possui um motor 1.6 flexível, com capacidade de gerar até 173 cv. O RS com o 2.0 aspirado entrega 150 cv, observando o fato de que nos dois casos foram analisados com o uso do etanol.

Por Denisson Soares


Novo Renault Sandero RS 2016 chega cheio de Novidades


Modelo ficou mais esportivo e potente. Preço varia de R$ 58 mil a R$ 59 mil.

"O primeiro Renault Sport fabricado no Brasil", segundo a própria empresa, já está no mercado. Mas as mudanças não limitaram-se ao visual mais descolado, agressivo e aos detalhes da versão. O Sandero ficou mais potente e mais seguro em relação ao antecessor 1.6. E foram adicionados itens de série ao modelo RS.

O novo 2.0 gera potência de 150 cavalos, 46 cv a mais que o convencional a 5.750 rpm e 20,9 kgfm de torque. O aumento de força impactou no consumo, que passou de 9,2 km/litro na cidade e 11,3 km/litro na estrada para 7,1km/litro e 9,5 km/litro, respectivamente.

O quesito segurança foi melhorado com novos mecanismos. Agora o Sandero conta com controle eletrônico de estabilidade e assistente de partida em rampas. Os freios foram aperfeiçoados com discos maiores e ventilados e as rodas, com polegadas aumentadas para 16. Além disso, as molas novas são 92% mais duras na frente e 10% atrás. Os amortecedores passaram a ser de poliuretano para maior resistência e dispostos em posições angulares verticais, o que proporciona maior estabilidade em frenagens bruscas e curvas fechadas.

Os novos itens de série são o maior upgrade do lançamento. Adicionou-se rádio com conexões USB, auxiliar e Bluetooth; rodas de liga leve; direção eletro-hidráulica; sistema multimídia Media Nav Evolution com tela touchscreen de sete polegadas e navegação GPS. O veículo ainda possui computador de bordo, sensor de estacionamento traseiro, trio elétrico e controle telefônico.

Na aparência, o veículo ganhou detalhes metalizados nos para-choques, luzes de LED na dianteira e mais cinco centímetros no spoiler.

Com todas essas mudanças, o RS custa mais de R$ 10 mil a mais que o Sandero top de linha anterior. O preço em relação ao atual Stepway é maior em R$ 5 mil. O valor ainda pode subir de R$ 58.880 para R$ 59.880 com a aquisição do único opcional, rodas de 17 polegadas.

Bruno Klein