Renault Duster 2018 – Características, Novidades


Modelo 2018 do Renault Duster sofreu mudanças externas e internas. Confira quais foram.

Há muitos anos o Brasil é considerado um dos mercados mais importantes na indústria automobilística. Visto que, nos últimos anos os brasileiros ganharam mais poder de compra e passaram a investir em bens como os carros. Devido a isso e a outros fatores, as montadoras de diversos países começaram a vender e a produzir os carros em solo nacional. E uma das fabricantes que está há muitos anos no mercado brasileiro é a Renault. E a grande novidade da marca francesa é o Renault Duster – modelo 2018, o novo modelo vem para competir com os outros lançamentos das outras marcas e apresenta diferentes quesitos para conquistar o público do Brasil. Conheça agora um pouco mais sobre este automóvel.

A Renault é uma das principais fabricantes de carros no mundo. Instituída há mais de um século na França, a empresa exporta carros para todo o mundo. O seu sucesso se deve a vários motivos, sobretudo, a qualidade da sua linha de montagem. Visto que todos os carros seguem uma padronização em normas técnicas e de segurança para oferecer todo o conforto necessário ao motorista e aos passageiros. A empresa é tão forte no setor automobilístico que até possui a própria escuderia dentro da Fórmula 1, a competição mais importante de carros no mundo inteiro. No Brasil, a empresa atua desde o final dos anos 90 e em quase 20 anos de atuação no mercado nacional, a marca francesa está na lista das cinco maiores montadoras do país. Prova disso, são os milhares de carros feitos e comercializados em todos os estados brasileiros espalhados nas mais de 300 concessionárias. Além de empregar milhares de profissionais em diferentes setores, ajudando também na economia do país. A marca é uma das favoritas dos brasileiros.

A cada novo anúncio de um carro da Renault o público e a mídia especializada sabem que aquele novo produto tem tudo para estar na lista dos carros mais vendidos do ano. Sabendo de toda essa expectativa que seus veículos causam a Renault a cada temporada tenta melhorar os seus veículos e fazer com que eles apresentam mais funções para os motoristas. E foi seguindo essa linha de raciocínio que a empresa chegou ao Renault Duster 2018.

Primeiramente, é importante falar sobre a mudança que ele sofreu esteticamente falando. Na parte da frente, a dianteira foi remodelada para que ele ganhasse um ar mais imponente e moderno. Os faróis também foram mudados para uma nova forma. Ainda falando de seu visual, o interior do veículo ganhou algumas partes cobertas por tecido e outras ainda não. O seu painel apresenta mais apetrechos, com uma boa divisão para guardar objetos, por exemplo. O seu computador de bordo apresenta mais funções, para que o motorista saiba exatamente as condições do carro. O computador de bordo ainda conta com um sistema apropriado e melhorado para ser sincronizado com celulares de diferentes sistemas operacionais.

Na parte traseira o Renault Duster 2018 ganhou um novo porta-malas com mais espaço e novo jogos de faróis. Classificado como um modelo SUV, o que significa que ele é um carro esportivo, grande e preparado para diferentes desafios, o Duster 2018 conta com um bom motor que pode chegar até a 143 cavalos, que pode contar com cinco ou seis marchas. Este veículo pode ser abastecido com etanol ou gasolina, o que pode facilitar a vida do motorista, dependo da época do ano.

O modelo foi apresentado aos consumidores no mês de setembro de 2017, na Alemanha. O Renault Duster 2018 já está disponível em todas as concessionárias da marca francesa espalhadas pelo Brasil. Seu preço inicial é de R$ 74.000,00.

Para mais informações, acesse o endereço eletrônico brasileiro da Renault que é o: www.renault.com.br.

Por Isabela Castro

Renault Duster 2018

Renault Duster 2018


Renault Duster 2ª Geração – Novidades, Especificações


Rumores apontam que a nova Duster terá versão com 7 lugares, motor 2.0 SCe e câmbio automático.

Após oito anos do lançamento da Renault Duster atual, a empresa de automóveis está próxima de fazer o lançamento do novo modelo que tem tudo para agradar os motoristas, amantes de carros e ainda continuar com o bom custo-benefício, o que deve agradar ainda mais as pessoas que estão ansiosas pelo lançamento.

Com o lançamento previsto para o dia 14 de setembro no Salão de Frankfurt, o novo Renault Duster segunda geração terá versões de até sete lugares, porém o lançamento será na Europa, e os rumores é que a apresentação do carro no Brasil esteja prevista apenas para 2018.

Mudanças Internas

Espera-se que para a nova Renault Duster o câmbio seja automático, possua adição de mais uma fileira, totalizando sete lugares, com muito mais espaço e conforto e será equipada com o motor 2.0 SCe.

Design

O que se fala é que a nova Duster terá formato mais largo e arredondado, equilibrando seu comprimento que deverá aumentar cerca de 20 cm. As lanternas do novo modelo deverão ser mais quadradas, deixando o carro com ar mais esportivo e sofisticado, além da presença de luzes LEDS.

É especulado que essa mudança pode ter sido inspirada no seu concorrente, o Renegade.

Além disso, a nova Duster terá o seu interior mais refinado e com novas tecnologias como sistemas de segurança e conveniências, e terá ar-condicionado, direção eletro-hidráulica e rodas de liga leve, nos pacotes de entrada.

O sistema multimídia também deve ser atualizado com itens de conectividade superior ao atual.

Mecanicamente, o carro deverá aposentar a versão 2.0 e dar lugar para a versão 2.0 SCe, juntando-se com o 1.6 SCe. Porém, com a novidade da versão 1.6 possuir a versão de câmbio automático do tipo continuamente variável (CVT).

O motor 2.0SCe já está sendo testando no carro Captur, e a sigla significa Smart Control Efficiency. Porém, diferentemente da Captur, a nova Duster pode dar uma alavancada no mercado, o que não aconteceu com a Captur, e uma das razões pode ser o câmbio automático de quatro marchas.

Por isso o novo Renault Duster segunda geração, vem acompanhado do câmbio automático de seis marchas.

Versão 7 assentos

Com a nova carroceria, a segunda geração do Renault Duster poderá surgir com uma versão de sete lugares graças ao aumento externo do automóvel, além disso, a base usada, será a mesma da picape Oroch.

A versão com cinco assentos contará com 4,3 metros de comprimento já a versão mais aguardada, de sete ocupações terá um comprimento de 4,5 metros totais.

Essas são algumas das características do novo Renault Duster, porém é preciso aguardar seu lançamento para que todas as suas novidades sejam mostradas ao consumidor. Com tantas mudanças, basta saber como será influenciado no valor do automóvel.

Mas ao que depender dos criadores do carro, a nova Duster tem muitas chances de agradar os consumidores atuais e os novos, nos requisitos preço, comodidade e sofisticação.

Os valores, no entanto, não foram divulgados ainda

Levando em conta os valores da atual Duster, que varia de R$ 69.200,00 a R$ 85.540,00 é esperado um valor nessa faixa também. Mas esta informação apenas será dada após o lançamento da nova Duster e a comercialização do carro na Europa.

Cores

As cores também ainda não foram divulgadas, mas são esperadas cores comuns e vibrantes, tornando o carro ainda mais diferente.

Vale ressaltar que todas essas características ainda não passam de especulações. Porém, pode-se perceber que o novo Renault Duster segunda geração, está vindo para marcar presença.

Então, ficou curioso?

Fique ligado nas redes sociais e no site da Renault para ser surpreendido no lançamento do carro, que deve acontecer em setembro.

Por Fabiane de Barros Coelho

Renault Duster 2ª Geração

Renault Duster 2ª Geração

Fotos: Divulgação


Novo Renault Duster Oroch 2017 com Câmbio Automático – Preços e Novidades


Confira aqui as principais novidades presentes no Novo Renault Duster Oroch Automático 2017.

Os modelos Renault Duster Oroch e Renault Duster chegaram à linha 2017 contando com poucas alterações para a melhoria, quando o assunto é ergonomia e eficiência de consumo de combustível. A principal novidade na linha é uma alternativa de câmbio, que passa a ter transmissão automática e quatro velocidades agora também para a picape.

Abaixo é possível visualizar os preços sugeridos pela montadora para a linha 2017 de ambos os modelos:

Renault Duster Oroch

  • Dynamique 1.6: R$ 70.580
  • Expression 1.6: R$ 66.080
  • Dynamique Câmbio Automático 2.0: R$ 76.580
  • Dynamique 2.0: R$ 74.580

Renault Duster

  • Dynamique Câmbio Manual 1.6: R$ 72.580
  • Expression Câmbio Manual 1.6: R$ 66.490
  • Dynamique 4×4 Plus 2.0: R$ 84.690
  • Dynamique Câmbio Automático 2.0: R$ 83.540

De acordo com as informações publicadas por meio da montadora francesa, algumas melhorias foram realizadas no motor de 2 mil cilindradas (2.0), o que irá diminuir o consumo de combustível em cerca de 11,5%, sem alterar assim a sua potência e o seu torque.

Dentre as mudanças realizadas pela companhia, está um sistema que regenera a energia da bateria enquanto acontece o processo de desaceleração do veículo, tecnologia esta que foi inspirada nas utilizadas em carros de corrida na Fórmula 1. Desta forma, quando se acelera o veículo o alternador não tem a necessidade de roubar energia do motor.

Além dessas novidades apresentadas, agora ambos os modelos da Renault passam a contar com a assistência elétrica na direção, deixando de ser apenas hidráulica, o que acaba consumindo uma maior quantidade de combustível.

Tanto o Renault Oroch quanto o Renault Duster obtiveram a nota "A" dentro de suas próprias categorias no PBEV, o Programa Brasileiro de Etiquetagem Veicular, porém, no ranking geral ganharam a letra "C".

Com o objetivo de melhorar a ergonomia e com o intuito de facilitar a vida dos condutores, a montadora francesa alterou o local do comando elétrico de retrovisores, que antes se localizava na parte debaixo do freio de mão e agora passou para um local mais comum e com um acesso mais fácil, a porta do motorista. Outra mudança feita no veiculo foi o acionamento do vidro elétrico, que agora para subir e descer passa a contar com sistema de um único toque.

FILIPE R SILVA


Renault Duster Dakar – SUV ganha Nova Versão Especial


Picape possui visual exclusivo e diversos itens de série.

A Renault lançará este ano um novo modelo em homenagem ao mais famoso rally do mundo. Trata-se da Duster Dakar, uma SUV da linha Dynamique. O veículo será apresentado nas versões 1.6 16v com 5 marchas manuais e 2.0 16v com 6 marchas também manuais, com tração 4×4.

A primeira opção conta com 110 cv, pode alcançar 160 km/h e tem um porta malas com capacidade para 475 litros. Já a segunda opção tem 143 cv, possui um porta malas de 400 litros (já que possui suspensão traseira Multimilk, que diminui o espaço) e pode alcançar 187 km/h.

O símbolo do modelo estará estampado nas portas, no volante e nos bancos, além de um adesivo nas portas traseiras de um mapa estilizado.

A Renault tem como grande concorrente a Ford EcoEsport, que para 2016 também apresentará novidades nos novos modelos, tentando superar a nova Duster em vendas. Porém, será uma missão difícil, já que o Renault Duster até o momento e superior em vendas na categoria SUV.

Para manter suas vendas em alto e superar a crise que afeta o pais, a Dakar terá novidades para atrair compradores. Uma dessas novidades são as rodas de liga leve com aro 16”, além do acabamento diamantado e em cores preto-brilhante.

Já no seu interior, mais uma vez a Renault deixa um pouco a desejar na linha SUV, que com terminações simples e não tem nenhuma novidade visual no painel. O modelo conta com ar condicionado, direção hidráulica, travas e vidros elétricos nas quatro portas, sensor de estacionamento, retrovisores elétricos, duas tomadas de 12v, farol de neblina, volante com regulagem de altura, quatro alto-falantes e freios ABS.

Como opcional terá os bancos parcialmente revestidos em couro e alargadores para o para-lamas como acessório.

No que se trata de tecnologia, a Dakar será equipada com uma tela de 7 polegadas conectada à Media Nav Evolution, além de conexão de GPS com informações de trânsito.

Santiago Matheus Leal Pereda


Renault Duster Oroch – Lançamento da Nova Picape no Brasil


Novo Renault Duster Oroch chega ao Brasil prometendo agitar o mercado de picapes. Novo veículo possui motor 2.0 flex e custará R$ 70 mil.

Não é novidade para ninguém que há algum tempo o conceito SUV dominou os cinco continentes do Mundo. Por consequência, o conceito de picape acabou sendo abandonado pela maioria das montadoras do mundo.

A Renault Oroch veio para inovar o conceito de Picape. Baseado na Duster, ela promete inovar e mostrar ao mercado a força que as Picapes têm e pretende dominar o mercado brasileiro, haja vista que a Duster ainda está fazendo grande sucesso nas Terras Tupiniquins.

O que muito também agrada os brasileiros é o fato de que a Picape deve chegar ao país por volta de Outubro de 2015 e deve sair por um preço mais em conta ao bolso do consumidor brasileiro. Segundo informações da própria montadora francesa, a Renault Oroch deve custar um preço médio de R$ 70.000,00.

É bom lembrarmos que durante o Salão do Automóvel de São Paulo do ano passado, o Renault Duster Oroch já era promessa de vendas certas no Brasil.

Quase um ano depois, essa promessa se consolida e o Renault Duster Oroch chega ao mercado brasileiro com um motor flex 2.0 com 150 cv de potência máxima. Convenhamos, apesar de ser um motor 2.0, acaba sendo um pouco fraco, haja vista o tamanho e dimensões do carro.

O Renault Duster Oroch será produzido na fábrica de São José dos Pinhais (PR) e por isso chega ao mercado Brasileiro com um preço mais em conta do que o convencional.

O Renault Duster Oroch é a única Picape do Brasil baseada em um SUV compacto. Devido ao fato da exclusividade desse perfil e pela grande aceitação do SUV Duster no mercado, o Renault Duster Oroch promete fazer grande sucesso entre os apaixonados por picapes. Bom preço, carro nacional e pensado estrategicamente para agradar os mais exigentes consumidores. Com certeza, o Renault Duster Oroch agradará os consumidores. Aguardemos e será possível analisar os impactos desse carro no mercado brasileiro.

Daniel Alves


Queda no Preço do Renault Duster no Brasil


Renault reduz o preço no Duster no Brasil. Preços do Crossover agora partem de R$ 56.990.

A indústria automotiva vem enfrentando diversos tipos de problemas em 2015, desde a grande concorrência entre as diversas categorias de automóveis até mesmo a atual situação econômica brasileira. O resultado disso é a baixa na compra de carros, dessa forma, a única saída é abaixar os preços. A Renault, por exemplo, anunciou recentemente sua nova tabela de preços e junto com ela uma grande surpresa: os lançamentos também sofreram baixas. O Renault Duster, um dos lançamentos da marca para 2015, sofreu baixa nos preços em quase todas as suas versões.

A nova tabela da Renault trás novos preços para o SUV de grande destaque da marca em 2015. Com isso, um dos grandes destaques dessa redução de preços é sem sombra de dúvidas a versão de entrada. O Expression 1.6 agora tem como preço inicial sugerido R$ 56.990, uma redução de nada menos que R$ 3.000 em relação aos R$ 62.990 que era o preço inicial anterior.

A boa notícia é que a versão de entrada não foi a única a ficar mais barata. As configurações Dynamique, por exemplo, também ganharam novos preços. A versão 1.6 16V Dynamique sofreu redução de R$ 2.090, com isso, passando de R$ 67.990 para R$ 65.900. Já a versão 2.0 16V agora possui preço inicial de R$ 74.340, enquanto que a versão 4×4 ficou com preço inicial de R$ 76.840.

É importante destacar que o Renault Duster é uma das grandes apostas da montadora francesa para o mercado brasileiro em 2015. Trata-se de um automóvel com um design bastante arrojado e muito elegante, que mescla aventura com caráter urbano. A versão 4×4, por exemplo, é urbana, moderna, confortável e dispõe de grande espaço. Outro grande destaque desse lançamento é o grande número de itens de série, bem como os novos itens que prometem inovação. Além disso, o automóvel também recebeu o certificado de carro com baixo consumo do Inmetro. Portanto, trata-se de um dos SUVs mais econômicos de sua categoria.

Sobre o Renault Duster:

O Renault Duster, também conhecido como Dacia Duster, foi lançado no ano de 2010. O veículo é o primeiro crossover produzido pela Dacia. O carro possui um motor 1.5 diesel, tem 4,250 mm de comprimento, 2,804 mm de entre-eixos, 1,640 mm de largura e 1.495 mm de altura. O modelo é produzido em três países, na Romênia (em Mioveni), na Colômbia (em Envigado) e também no Brasil (em São José dos Pinhais).

No próximo ano o Renault Duster irá ganhar novo design, novo acabamento, conectividades, além de ajustes no motor. Outro detalhe importante de se mencionar é que o Duster foi o responsável por fazer a Renault conquistar 36,1% das vendas de SUV no Brasil.

Por Bruno Henrique


Renault Duster – Dados de consumo divulgados pelo Inmetro


O modelo 2016 conta com uma média de 6,8 km/l na cidade com etanol e 9,6 km/l com gasolina.

Para aqueles que ficam bastante atentos aos dados de consumo dos automóveis, saibam que os dados referentes ao Renault Duster 2016 foram disponibilizados no site do Inmetro. O novo Renault Duster já possui data certa para lançamento oficial: 31 de março. O novo automóvel da Renault terá grandes concorrências pela frente, no entanto, o mesmo apresenta poucas modificações no seu design. Em relação à parte mecânica o mesmo não contou com mudanças.

O Programa Brasileiro de Etiquetagem Veicular, PBEV, divulgou que o motor de 1.6 litro de 16 válvulas, que é capaz de gerar até 110/115 cv de potência a gasolina/etanol será disponibilizado nas versões Expression e Dynamique. A transmissão será manual de cinco marchas para todas as versões.

Segundo dados oficiais do Inmetro, o propulsor analisado apresentou as seguintes médias de consumo com etanol: 6,8 km/l na cidade e 7,3 km/l na estrada. Já com o abastecimento de gasolina, os dados atingidos foram: 9,6 km/l na cidade e 10,6 km/l na estrada.

O outro motor, 2.0 litros e com 16 válvulas de 138/142 cv de potência a gasolina/etanol estará sendo disponibilizado apenas na versão Dynamique. O mesmo conta com transmissão automática de quatro velocidades e caixa manual de seis marchas. A caixa manual de seis marchas estará disponível para a configuração de tração dianteira e para a 4×4.

Quando equipado com câmbio automático, o novo Renault Duster com abastecimento a etanol apresentou 5,6 km/l no trânsito urbano e 7,0 km/l na estrada. Já com abastecimento a gasolina apresentou os seguintes dados: de 8,1 km/l na cidade e 10,1 km/l em trecho rodoviário.

Já quando o novo Renault Duster estava equipado com transmissão manual, o mesmo atingiu 6,4 km/l na cidade e 7,4 km/l na estrada quando abastecido com etanol. Já com o abastecimento em gasolina o mesmo marcou 9,1 km/l na cidade e 10,8 km/l em percursos em rodovias.

A versão com sistema de tração 4×4 acabou registrando 6,2 km/l em percursos urbanos e 7,1 km/l em percursos em rodovias quando o mesmo era abastecido com etanol. A mesma versão abastecida com gasolina apresentou 9,1 km/l na cidade e 10,3 km/l em rodovia.

Dessa forma, o Inmetro classificou as versões com transmissão, com motor de 1.6 litro e motor de 2.0 litros foram classificados com nota A na Comparação Relativa da Categoria. Já na Comparação Absoluta Geral as mesmas versões conseguiram nota C. dentre de sua categoria, a versão 2.0 automático ficou com nota B e D na comparação geral.

Por Bruno Henrique


Novo Renault Duster – Lançamento e Preço no Brasil


Novo Renault Duster é lançado no Brasil. Carro custa a partir de R$ 62 mil.

Com a disponibilização de novos utilitários esportivos compactos, a Renault divulgou a linha 2016 do Duster. Neste momento denominado pela empresa de Novo Duster, o modelo produzido em São José dos Pinhais (PR) é recebido no mercado com retoques atrativos para buscar permanecer, pelo menos, em segundo lugar no ramo que é superado pelo Ford EcoSport. Os valores iniciam em R$ 62.990, na versão Expression com motor 1.6.

Na parte de fora, o Duster ganhou grade frontal com acabamento em preto brilhante, novos faróis e para-choque reformulado. Na parte de trás, o fator principal é o aplique cinza no para-choque e lanternas retocadas. A parte de dentro do modelo não teve alterações importantes como as utilizadas no novo Sandero, como exemplo. Existe o uso de um aplique em plástico preto brilhante na parte central do painel, assim como contornos nas saídas do ar-condicionado.

O Novo Duster continua com a motorização de 1.6 litro, que proporciona de 110 a 115 cavalos de potência, para as versões Expression e Dynamique, tendo câmbio manual de cinco velocidades. O bloco 2.0 litros possibilita de 138 a 142 cavalos e está presente somente para a especificação Dynamique.

Com o motor mais elevado, o modelo possui transmissão manual de seis velocidades e pode ter sistema de tração 4×4. O câmbio automático de quatro marchas também está presente.

O êxito da terceira geração da van comercial Master da Renault pode ter estimulado a empresa a apostar mais no ramo de veículos direcionados ao trabalho. Com a renovação completa da van francesa, foi possível ultrapassar em algumas ocasiões a quantidade de comercializações do então primeiro colocado absoluto, Fiat Ducato. Para incentivar a busca pela primeira posição comercial da Fiat, a Renault faz os preparativos de um novo veículo para trocar o Kangoo, que já não possui a potência idêntica de antes.

Sobre o Renault Duster:

O Renault Duster, também conhecido como ARO 10, é um crossover produzido através de uma parceria entre Renault e Nissan. O veículo foi apresentado oficialmente no Salão de Genebra de 2009. Atualmente, três fábricas da Renault produzem o veículo, elas estão localizadas em Mioveni (na Romênia), São José dos Pinhais (no Brasil) e Envigado (na Colômbia).

Para conhecer mais sobre o carro, acesse o site www.renault.com.br.

Felipe Couto de Oliveira