Renault Captur 2018 – Lançamento, Novidades


Confira as novidades do novo modelo Captur da Renault.

Os consumidores brasileiros e fiéis admiradores da marca Renault já podem ter mais um motivo de comemoração. A montadora francesa acaba de divulgar que o seu mais novo lançamento, o Renault Captur 2018 e que já pode ser encontrado nas principais concessionárias da marca espalhadas pelo país.

A nova marca que já pode ser considerada um certo sucessor da versão Duster, chega ao mercado herdando a mesma plataforma de seu antecessor e também com uma série de novidades tecnológicas que prometem mais conforto, segurança e melhor dirigibilidade.

A empresa buscou elaborar um carro na sua versão SUV, a partir da experiência do seu primeiro automóvel (Duster) a estrear neste competitivo mercado e que com certeza deverá conquistar muitos consumidores brasileiros que não vão se incomodar em gastar um pouco mais para ter na sua garagem um modelo de uma das marcas consideradas uma das melhores do mundo.

Uma das novidades se vê logo de cara: É a chamada pintura biton, com a possibilidade de se ter o teto do carro com um tom de cor diferente do resto do automóvel.

Em termo de motor, o novo lançamento incorporou o tipo 1.6 Sce, com 12 cavalos de força e o 2.0, com 16 válvulas e potência de quase 150 cvs para quem gosta de andar mais rápido.

O novo design incorporou as lanternas de LED na traseira e dianteira, com a adoção de faixas laterais em desenhos próprios esculpidos na carroceria que parecem músculos bem definidos que começam acima do para-lama traseiro e que são completadas pela adoção de aros 17, o que dão um ar de potência e alta performance ao novo modelo.

No aspecto interno, o novo modelo da Renault encanta por sua sofisticação e funcionalidade. Ele chega às lojas equipado com todos os instrumentos que garantem ao motorista e aos passageiros a possiblidade de se conectar com o mundo exterior via Bluetooth, central multimídia, tela sensível a toque, GPS, câmera de ré e com comandos no volante que evitam que o motorista tire as mãos da direção enquanto estiver dirigindo.

Além de ter um porta-malas de bom tamanho (440 litros), o novo modelo traz o sistema de acionamento do motor por meio de cartão, sem a necessidade de chave e o travamento e a abertura das portas ao se distanciar ou se aproximar do veículo.

Por Emmanoel Gomes

Renault Captur 2018


Renault irá fabricar os modelos Kwid e Captur no Brasil


Modelos serão fabricados na unidade de São José dos Pinhais (PR) e têm previsão de que as vendas sejam iniciadas em 2017.

De acordo com as informações divulgadas por Carlos Ghosn, o atual presidente do grupo Renault de fato a linha de “produtos” da companhia será implementada por aqui. Segundo as informações da marca francesa com atuação no Brasil os modelos que deverão se unir aos que já se encontram por aqui são o Kwid e o Captur. Nos dois casos as fabricações irão acontecer na unidade da companhia que se encontra situada na cidade de São José dos Pinhais.

E tem mais. De acordo com a própria fabricante além dos dois modelos citados anteriormente também está previsto o Koleos. Até o presente momento a informação é de que este modelo seja importado e que chegará ao mercado brasileiro com a função importante de entrar na briga entre os SUVs de porte maior e mais sofisticados.

Previsão de venda:

A estimativa dada pela marca é de que nos três casos que tratamos aqui o início das vendas comece no ano de 2017.

O que a Renault esperada com tudo isso?

Bom, para início de conversa as investidas da marca com foco em novos lançamentos têm um objetivo bastante claro: Ampliar, ou melhor, alcançar 10% da fatia do mercado. Ao menos é isso que espera Ghosn.

De acordo com os dados oficiais divulgados no momento atual a Renault conta com um percentual de 7,39% de participação. Com uma fatia de 10% vamos encontrar outra famosa, a Hyundai ocupando a quarta posição.

A montadora já informou a data para matar a curiosidade das pessoas. A previsão é de que os três modelos sejam apresentados oficialmente durante a realização do Salão do Automóvel de São Paulo. O evento ocorrerá no mês de novembro de 2016.

Conforme as informações dadas por Ghosn, o desenvolvimento do Kwid que já se encontra em plena venda na Índia e também do Captur tiveram uma “pitadinha” da América Latina já que as áreas de tecnologia e design daqui também participaram do projeto.

O presidente do grupo ainda destaca um ponto interessante nisso tudo. Ele considera que mesmo tendo havido uma queda significativa no mercado brasileiro em 2016 o fato acabou sendo contrabalanceado devido a um desenvolvimento fundamental que ocorreu em diversas regiões tais como na Europa, na África e na Índia.

Ghosn se mantém confiante nesse cenário todo e afirma que é muito provável que a marca consiga fechar o ano de 2016 com recorde nas vendas.

Bom, agora é esperar para ver o que realmente vai acontecer.

Por Denisson Soares

Renault Kwid e Captur