Recall do Porsche Macan no Brasil


Veículo é chamado para recall devido a uma falha no sistema de combustível.

Nessa sexta-feira, dia 30 de outubro, a Porsche convocou várias unidades do seu modelo Macan (modelos S e Turbo) para um recall devido a uma falha no sistema de combustível. A falha consiste no vazamento de combustível de baixa pressão dentro do motor e só afeta motores movidos a gasolina. O problema será resolvido com a substituição de um conduto do sistema. Ao todo são 58.881 veículos do Macan afetados pelo problema em todo o mundo, sendo que no Brasil são 462 unidades que deverão comparecer ao recall.

O Porsche Macan é o segundo SUV da marca no Brasil depois do Cayenne e foi um dos responsáveis pelo aumento do número de unidades vendidas da Porsche no país. Em 2014, antes de seu lançamento, já existia uma fila de espera de três meses para comprar o carro cujo preço vai de R$ 399.000,00 (na versão S) a R$ 499.000 (na versão Turbo). A marca ainda prevê o lançamento de mais um modelo do Macan (o Macan GTS) no Brasil em 2016, o que deve incrementar ainda mais as vendas.

O recall do Macan é o segundo recall da Porsche em 2015, o primeiro foi em maio, quando o 918 Spyder apresentou problemas na direção elétrica e teve as três unidades no Brasil chamadas para recall. Segundo a Revista Auto Esporte, 2015 é o ano com mais recalls da história do país, com mais de 2 milhões de veículos convocados para recall, um aumento de 56% em relação ao ano anterior.

As concessionárias da Porsche devem avisar diretamente os proprietários do Macan para que possam agendar visitas nas autorizadas da marca para o reparo. Segundo a Porsche, o reparo, que é gratuito, demora aproximadamente 1 hora para ser realizado e deve ser feito assim que possível para evitar maiores danos ao veículos e possíveis riscos ao motorista e passageiros. 

Por Gizele Gavazzi


Novo Porsche 911 aparece em Teaser da Marca


Novo veículo deve ganhar novos faróis, novas lanternas e novo para-choque.

A Porsche lançou no dia 21 de julho seu novo teaser para o modelo 911. As imagens mostram o modelo da empresa alemã coberto por camuflagens em uma pista na África do Sul. Não se pode ter noção como será o design deste novo Porsche 911, uma vez que elas estavam guardadas pela camuflagem.

O que deu para notar é que o esportivo contará com novos faróis e lanternas. As luzes diurnas em LED do 911 vão estar mais finas que o seu modelo anterior. O para-choque deve passar por ligeiras alterações.

O Porsche 911 vai apresentar um seletor de modo de condução bem semelhante ao encontrado no modelo 918 Spyder. No seu sistema multimídia, ele deve contar com um display com maior número de polegadas, em comparação com o atual.

O lançamento oficial do Porsche 911 vai acontecer apenas no mês de setembro de 2015, durante o Salão de Frankfurt, na Alemanha.

Rapidinhas do Carro Bonito:

O dia 21 de julho foi marcado por um anúncio de Recall da BMW para 51 unidades dos seguintes veículos da marca: 328i GT M Sport, M3 Sedan e 428i Gran Coupé M Sport. Os clientes que contam com esses modelos deverão ir até às concessionárias para a solução de um problema que afeta o dispositivo que faz o afivelamento do cinto de segurança dianteiro do passageiro.

A BMW apontou que o cinto poderá ficar preso, caso o automóvel esteja presente em algum ambiente em que a temperatura esteja menor de 0° C. Isso pode debilitar a segurança do passageiro do veículo. Caso seja necessário o reparo, ele será feito de maneira gratuita e com duração estipulada de 1h20.

Devem se dirigir até a BMW os donos destes modelos que contam com produção entre os meses de setembro e dezembro do ano de 2014. Eles deverão entrar em contato com a BMW através do telefone 0800 707 3578. Quem quiser também pode optar pelo site www.bmw.com.br para obter mais informações sobre o recall de seus veículos. 


Porsche Panamera – Novo modelo confirmado para 2016


A empresa confirmou a informação e ainda apontou que o visual do modelo será semelhante ao da geração atual.

A próxima geração do Porsche Panamera será disponibilizada na segunda metade do próximo ano, segundo o CEO da matriz da empresa, Mattias Muller, que informou ao site indiano IndiaAutosblog. Ele também informou que o visual do novo modelo será bem semelhante com o recente, entretanto, possuirá novos itens e especificações mais sofisticadas.

É aguardado que o novo Panamera seja produzido sobre a nova plataforma MSB, que irá se tratar de 90 kg mais leve em relação a recente devido a estrutura de alumínio e de aço de resistência elevada. Outro fator novo poderá ser os novos motores V6 e V8, que poderão ser mais eficazes em relação aos recentes.

O protótipo Panamera Sport Concept, divulgado pela ocasião pioneira no Salão de Paris (França), em setembro de 2012, podendo fornecer dicas de como será o visual da nova geração do veículo sofisticado, entretanto com o grande objetivo esportivo dos veículos da empresa.

A Porsche também divulgou recentemente que irá abrir uma subsidiária no território brasileiro, com previsão para iniciar na metade de 2015. Com isto, o território brasileiro para a ser o país latino-americano pioneiro a possuir operação própria da empresa, que desta forma irá aumentar sua rede para 18 subsidiárias presentes no mundo.

A companhia tem a representação no Brasil desde 1997 através da importadora oficial Stuttgart Sportcar, que irá permanecer auxiliando a empresa por período indeterminado. A alteração operacional para a subsidiária irá ocorrer de forma gradativa, com a ausência de qualquer modificação para os consumidores.

A Porsche tem no momento sete concessionárias no Brasil, onde as lojas presentes em São Paulo, Porto Alegre, Rio de Janeiro e Curitiba são pertencentes à Stuttgart Sportcar. Nas outras, localizadas em Brasília, São José do Rio Preto e Ribeirão Preto, a empresa possui representação pela Eurobike. Para depois, a companhia informou que irá aumentar sua rede de autorizadas de forma crescente.

Felipe Couto de Oliveira


Porsche no Brasil – Empresa irá assumir operações no país


Porsche anuncia que irá assumir oficialmente as suas operações no Brasil. Decisão deve alavancar as vendas da marca no país.

Os proprietários e possíveis futuros compradores de carros de luxo agora podem contar com uma novidade importante no mundo automobilístico no Brasil. Tudo isso porque a Porsche anunciou que terá, ainda nesse ano, uma subsidiária da empresa para ativar seus negócios no país.

A empresa já tinha expressão e presença nacional, porém, era representada desde o ano de 1997 pela Stuttgart, o que muitas vezes não facilitava e não criava um canal direto do consumidor com a marca. Com a novidade, essa relação pode ser estreitada. Essa operação inclui a importação direta dos veículos da marca, além de uma estrutura completa de concessionárias oficiais e serviços de pós-venda.

De acordo com a própria Porsche, o Brasil é o primeiro país em toda a América Latina que receberá uma subsidiária direta da marca. Além do Brasil, a Porsche já tem presença em outros 18 países pelo mundo. Em terras brasileiras, a filial nacional terá sua sede em São Paulo, o maior mercado consumidor de carros de luxo no país.

Apesar desse desembarque da Porsche no Brasil, isso não significa que a Stuttgart será deixada de lado. O acordo é que a empresa será sócia da Porsche tanto no processo de instalação da marca, como na operação da subsidiária. A Stuttgart tem cinco concessionárias no território nacional. Com a novidade esse número deve crescer gradativamente e de forma significativa.

O desempenho da Porsche no Brasil no ano passado (2014) pode ser considerado muito bom para o mercado de luxo, sobretudo se considerarmos que o país não vem passando por uma boa estabilidade econômica. Em 2014, foram comercializadas 751 unidades dos veículos da Porsche no país.

Agora com a nova operação da montadora em território nacional, esse número deve crescer de forma expressiva, já que, além de tudo, o cliente contará com um canal direto de relacionamento com a marca.

Sobre a Porsche:

A Porsche é uma montadora de automóveis esportivos originária da Áustria. A montadora foi fundada no ano de 1931, por Wolfgang Porsche. Atualmente a empresa possui sede na cidade de Stuttgart (na Alemanha), conta com cerca de 17 mil empregados e tem um lucro anual de aproximadamente 2,44 bilhões de euros (valores registrados em 2012). Entre os modelos mais populares da Porsche estão o 911, o 918 Spyder, o Boxster, o Cayman, o Cayenne, o Panamera, entre outros. Para conhecer um pouco mais sobre a Porsche, acesse o site www.porsche.com.

Por Felipe Villares


Novo Porsche Cayman GT4 terá preço de R$ 569 mil


Uma das grandes apostas da Porsche durante o Salão do Automóvel de Genebra, na Suíça, é a nova versão do Cayman, com o modelo GT4. E a boa notícia, confirmada pela montadora, é que o veículo será comercializado no Brasil. O único problema é o preço: como esperado, devido ao alto valor dos carros da marca, é bem alto, e deve custar cerca de R$ 569 mil. O curioso é que nada Europa o modelo parte da casa dos 85.779 mil euros, o equivalente a R$ 268 mil em uma conversão direta.

Mas, é claro, esse não será um veículo qualquer, pois com o Cayman GT4 a Porsche investiu em estilo, potência e velocidade. Para isso, o modelo, que será um coupé, terá um motor de seis cilindros em linha, gerando a potência de 385 cv e torque de 42,83 kgfm. Essa potência é histórica para a marca, já que o modelo mais parrudo da Porsche era o Cayman GTS, que alcançava 340 cavalos.

Essa configuração de motor rende nada menos do que a marca de 0 a 100 km/h em incríveis 4,2 segundos. A velocidade máxima alcançada pelo Cayman GT4 é de 294 km/h.

Para aumentar sua estabilidade, o coupé foi rebaixado em 3 cm, e conta com saída dupla de escape, entradas de ar na lateral e na dianteira e asa traseira fixa.

Entre os opcionais, que não são oferecidos na versão mais básica do modelo, estão itens como bancos de fibra de carbono, pacote Sport Chrono e discos de freio feitos de fibra de cerâmica. Todos esses itens não estão inclusos no modelo de R$ 569 mil.

O interessante é que a marca já está pensando a frente e está em fase de desenvolvimento de um novo carro baseado no próprio Cayman GT4, mas dessa vez será um veículo voltado para a corrida e preparado para as pistas do automobilismo alemão.

Por Felipe Villares


Porsche Cayman GT4 é apresentado no Salão de Genebra 2015


A Porsche apresentou ao mundo o novo Cayman GT4 no Salão de Genebra. O modelo possui motor 3.8 litros de 385 cv e 42,83 kgfm de torque, tração traseira e câmbio manual de seis velocidades. O modelo possibilita acelerar de 0 a 100 km/h em 4,3 segundos e a velocidade máxima é de 295 km/h. O novo Cayman GT4 possui para-choques, spoilers e aerofólio traseiro mais elevados em relação ao 911 GT3, como também grandes saídas de ar nas laterais. O modelo também foi rebaixado em 3 cm para ampliar ainda mais a estabilidade e com isso aprimorar a performance.

Segundo a Porsche, o coupé será comercializado por 85.779 euros no mercado da Alemanha e por US$ 84.600 nos Estados Unidos. A empresa também informa que existe a possibilidade de implementá-lo com os kits Sport Chrono e Club Sport, que possuem freios de cerâmica e bancos em fibra de carbono.

A companhia também apresentou o 911 GT3 RS no Salão de Genebra 2015. O modelo direcionado para as pistas teve uma carroceria de alumínio ligado com um teto de magnésio e um capô e tampa do motor reforçados com fibra de carbono, assim como outros itens leves que retiraram 10 kg em relação ao 911 GT3 regular. Com isso, a versão RS possui peso total de 1.420 kg.

A tampa do motor recebeu elementos de resfriamento adicionais. Também são perceptíveis as asas dianteiras aprimoradas com dutos de ar, um difusor proeminente e uma grande asa na parte traseira. A eficácia total do modelo é vinda do motor 4.0 litros, naturalmente aspirado, de 6 cilindros em linha, que possibilita 500 cavalos de potência e 46,9 kgfm de torque. Esta característica possibilita que o 911 GT3 RS acelere de 0 a 100 km/h em 3,3 segundos e alcance os 200 km/h em 10,9 segundos, atingindo a velocidade máxima superior a 322 km/h.

Felipe Couto de Oliveira


Porsche Cayenne Turbo S com 570 cv é vendido por R$ 969 mil


O novo Porsche Cayenne Turbo S está sendo comercializado no território brasileiro pela Stuttgart Sportcar, importadora oficial da empresa no Brasil. O modelo possui motor V8 biturbo de 570 cv e tem o valor de R$ 969 mil. Informações de fábrica relatam que ele possibilita acelerar de 0 a 100 km/h em somente 4,1 segundos, com velocidade máxima de 284 km/h. As unidades pioneiras serão entregues aos compradores do Brasil a partir de abril. O veículo é comercializado sob encomenda.

Sua versão de elite possui 50 cv mais elevado em relação ao Cayenne Turbo, mostrado no Salão de São Paulo, no final do último ano. O novo conceito de turbocompressores que estão presentes nos coletores de escape permitiu uma elevação de 20 cv em comparação ao Cayenne Turbo S antecedente.

Os freios consistem em cerâmica (Porsche Composite Ceramic Brakes) e sistemas de estabilidade como PDCC (Porsche Dynamic Chassis Control, controle dinâmico de chassi), PTM (Porsche Traction Management, gerenciamento de tração) e PTV Plus (Porsche Torque Vectoring Plus, sistema de vetoramento de torque) diminuem a inclinação lateral nas curvas, possibilitando uma precisão melhor no comportamento dinâmico.

Entre os componentes de série, o Cayenne Turbo S possui rodas de 21 polegadas com visual 911 Turbo e bordas em preto, faróis de LED com sistema de iluminação dinâmica (PDLS Plus, Porsche Dynamic Light System Plus), interior com acabamento de couro e sistema de escape esportivo.

O Porsche Cayenne 2015 possui 4,85 metros de comprimento, 1,93 metro de largura, 1,70 de altura e 2,89 de distância entre-eixos. O modelo também tem sistema de som Burmester® High-End Surround Sound, freios ABS, sistema eletrônico para controle da estabilidade, imobilizador do motor e alarme anti-roubo com monitorização do habitáculo, sistema de informação e comunicação central, piloto automático, ar-condicionado automático com regulagem de temperatura e da quantidade de ar direcionadas para motorista e passageiro, teto solar elétrico e bancos com regulagem elétrica em oito posições.

Felipe Couto de Oliveira


Porsche 911 GT3 RS deve ser apresentado no Salão de Genebra


A Porsche divulgou novidades para o Salão de Genebra, que ocorre no começo de março. Entretanto, a empresa ainda manteve um pouco de suspense e não divulgou especificações do que será mostrado. De acordo com a mídia internacional, um dos fatores atrativos poderá ser o novo Cayman GT4 e o outro poderá ser um superesportivo único para pistas. Detalhes de bastidores garantem que o modelo é o novo 911 GT3 RS. É previsto que ela poderá ser uma versão conversível ou inclusive uma otimização do 918 Spyder.

De acordo com as previsões da mídia internacional, o modelo novo 911 GT3 RS irá possibilitar 500 cavalos potência e possuirá um motor 4.0 de seis cilindros em linha, que possibilitará um torque máximo de 46,9 kgfm. O motor irá atuar unicamente com uma caixa de transmissão PDK de sete marchas, canalizando a energia para o eixo de trás. A estrutura possui benefício também com um sistema Porsche Torque Vectoring Plus (PTV Plus) e um bloqueio do diferencial traseiro que é controlado de forma eletrônica, com divisão de torque variável total.

O modelo é aproximadamente 50 mm maior na parte da frente e 30 mm maior na parte traseira em relação ao Porsche 911 GT3. O carro também deverá ter rodas de liga forjadas de 20 polegadas na parte da frente e de 21 polegadas na parte de trás, com pneus 265/35 ZR 20 e 325/30 ZR 21. A frenagem é oferecida através de seis pistões na parte da frente e quatro pistões de alumínio na parte de trás, com pinças de freios vermelhas, que atuam com discos ventilados de 380 milímetros.

O corpo é produzido de alumínio e aço composto, com muito uso de fibra de carbono em várias peças. O alumínio forjado foi utilizado para as entradas de ar e as asas, magnésio para o teto e policarbonato para os vidros laterais da parte de trás e da frente.

Felipe Couto de Oliveira


Porsche 717 – Confira novidades do modelo elétrico


Cada um de nós apresenta os gostos mais distintos e as características mais peculiares e não poderia ser diferente quando se trata das grandes montadoras de automóveis, mas precisamente é visto com empolgação a notícia de uma nova máquina que vai surgir no mercado e isso não poderia ser diferente quando se trata de um carro da marca Porsche.

Responsável por apresentar modelos belos, rápidos e sonho de consumo de várias pessoas ao redor do planeta um fato foi notificado nos últimos dias para a imprensa europeia que um futuro modelo esportivo inicialmente chamado de 717 vai chegar ao mercado até o ano de 2019.

A revista britânica Car, famosa nesse segmento informou que a Volkswagen está ajudando tecnologicamente a Porsche com relação a esse modelo e podemos esperar um veículo com uma autonomia de cerca de 480 km.

O que tem de mais interessante nisso tudo é que a Tesla possui um esportivo que vai rivalizar com essa máquina e vai apresentar quatros motores elétricos, ou seja, um para cada roda e uma potência combinada de 600 cv.

Agora não pense que o pacote de baterias do 717 vai ficar diretamente no assoalho da mesma forma que o Tesla Model S, pelo contrário a empresa vai colocar em outra posição, que embala  a maioria das células da bateria no túnel central do carro e ainda as anteparas entre a frente e os compartilhamentos traseiros. Podemos esperar que fique nas soleiras laterais, sob o piso ou senão dobrado em outras fendas do corpo, além de também contar com 108 módulos de baterias no total e com isso teremos um carro apresentando um layout bem mais complexo.

Outros dados que também vazaram é a construção do corpo do carro vai ser de alumínio, além de contar com peças estruturais de fibra de carbono, mais três guarnições com diferentes níveis de potencia que podemos classificar com 400hp, 500hp e 600hp, tecnologia de carregamento por indução e um alcance de 300 milhas.

Então fiquem ligados nas próximas novidades com relação ao Porsche 717!

Por Fernanda de Godoi


Lançamento do Novo Porsche Cayman GT4


A Porsche revelou no dia 04/02/2015 o novo Cayman GT4. O esportivo herdou alguns recursos de seu irmão maior e mais potente, o 911 GT3. Dentre os recursos, o motor de 3.8 litros de seis cilindros, com potência que pode chegar a 400cv, com transmissão manual de seis marchas. Com toda essa potência, o Cayman GT4 vai de 0 a 100 Km/h em 4,4 segundos e atinge a velocidade máxima de 295 km/h.

Segundo a montadora, seu novo esportivo é capaz de completar o Circuito de Nürburgring, na Alemanha, em 7min40s. Com essa marca, o Cayman GT4 apresenta um desempenho similar ao alcançado pelos modelos Mercedes SLS AMG e 997GT3, ficando cerca de apenas 2s atrás do 991 Carrera S e do Lexus LFA. O novo modelo não surpreende apenas pela força e agilidade, mas também pela economia, já que seu consumo médio é de 10Km/l.

No visual o modelo é bem arrojado, destacando-se a aerodinâmica e amplitude do aerofólio traseiro. O capô foi redesenhado com entradas de ar bastante esportivas. No para-choque dianteiro foi incluído um novo spoiler integrado. Já na parte traseira, as duas saídas de escape foram integradas e centralizadas. O Cayman GT4 também vem com uma abertura em ambas as laterais, posicionadas na lataria, logo atrás das portas, o que proporciona ao modelo um tom maior de agressividade.

No interior, os ocupantes do automóvel ficarão bem confortados e seguros com os bancos ergonômicos e esportivos, com estofamento em couro e Alcântara. Para combinar com o conjunto, o volante recebeu acabamento com os mesmos materiais utilizados no banco.

Como opcional, o consumidor poderá optar pelos bancos em formato de concha e pelos freios de cerâmica.

O valor do novo Porsche Cayman GT4 deve ficar em torno de US$ 84.600, fora o frete para entrega. O modelo deve ser comercializado a partir de março de 2015, após a estreia mundial no Salão de Genebra, na Suíça.

Por Allan Carlos Marques


Novo Porsche Cayenne será mais Rápido e Leve


Sonho de consumo para muitos, mas possibilidade para poucos! O Porsche Cayenne sem dúvida está entre os carros mais cobiçados do mundo e agora a marca anuncia alguns detalhes em seu novo modelo.

Apesar de estar previsto para ser lançado apenas em 2017, a Porsche já deu algumas dicas de alguns detalhes que estarão presentes no novo Cayenne. De acordo com Wolfgang Hatz, chefe de desenvolvimento e pesquisa da Porsche, o modelo lançado em 2017 deverá ultrapassar nada mais nada menos do que os 300 quilômetros por hora! O atual Cayenne também já tem um grande alcance de velocidade, chega aos 286 quilômetros por hora.

Hatz ainda revelou que o novo SUV deve ser bem mais ágil nas ruas, pois perderá muito peso se comparado ao seu modelo anterior (que está sendo vendido atualmente). O novo peso terá menos do que 2.000 kg. Para o modelo top de linha, como se o básico já não fosse suficiente para nós pobres mortais, o novo Cayenne virá com um bloco V8 turbo, que ainda está em processo de desenvolvimento na planta da montadora em Stuttgart, na Alemanha.

Especula-se que toda essa velocidade do novo Cayenne será para estar à altura do Bentayga, o primeiro modelo utilitário anunciado pela Bentley, que promete ser o veículo dessa categoria que alcança os 303 quilômetros por hora, com motor W12, sendo o mais rápido do mundo entre esses carros.

Wolfgang Hatz ainda soltou que a Porsche não tem intenção de lançar outros utilitários e também não irá criar uma nova versão com motor de seis cilindros do Macan.

Seja qual for a decisão da Porsche, é inegável que esses modelos são muito cobiçados e qualquer que seja a decisão da marca, ela continuará tendo carros lindos e muito rápidos. O único problema é que pela legislação brasileira, é impossível chegar a uma velocidade tão alta, ou mesmo passar perto dela.

Por Felipe Villares