Chevrolet S10 ZR2 2017 – Lançamento nos Estados Unidos


Carro ganha versão radical pronto para qualquer tipo de estrada nos Estados Unidos.

Nas estradas brasileiras, é evidente que a Chevrolet S10 caiu no gosto popular. Mas não é só aqui que ela tem sido vista com bons olhos. A Colorado, como é conhecida e comercializada a pick up em outros países, teve recentemente um novo lançamento nos Estados Unidos.

Em uma versão muito mais radical do que aquela conhecida por aqui, a ZR2 está pronta para encarar trajetos pesados e tem disponibilidade para motor turbodiesel 2.8 Duramax ou ainda gasolina V6 3.6.

Apresentada oficialmente como conceito no evento Los Angeles Auto Show, no ano de 2014, atualmente o veículo está disponível para os consumidores que desejam a ter na garagem e que adoram se aventurar nos mais diversos ambientes, seja em pedras, lama ou areia.

Isso porque a suspensão da nova S10 foi especialmente desenvolvida para aguentar trajetos difíceis. Utilizando a tecnologia da Multimatic, a Dynamic Suspension Spool Valve, a DSSV, que também é usada pelos carros de corrida e, inclusive, pelo Camaro Z/28, os braços da suspensão são em ferro fundido e aumentam a bitola em 8,9 cm.

Conforme a montadora Chevrolet, esse tipo de amortecedores garante seis condições de amortecimento. Sendo assim, verifica-se um número superior de possibilidades, uma vez que os amortecedores comuns somente oferecem duas opções, a compressão e a extensão.

Portanto, com amortecedores com performance invejável e que se ajustam às necessidades do ambiente, há uma elevação superior da carroceria em relação ao solo, se considerada a versão convencional. Esse aumento é de mais de cinco centímetros na comparação entre os dois modelos.

Nos diferenciais dianteiro e traseiro, verifica-se um bloqueio eletrônico e comandos a partir de teclas da cabine. Para a tração é possível escolher entre nove configurações diferentes, entre elas o 4×2, 4×4, entre outros.

Em relação às rodas, essas são de aro de 17 polegadas e tala de 8 polegadas. Os pneus que calçam as rodas são Goodyear Duratrac de 31 polegadas.

Gostou de conhecer um pouco mais sobre a Colorado ZR2? Pois a má notícia para os brasileiros é que, muito provavelmente o modelo não será comercializado por aqui.

Porém, já é possível ter uma ideia do que vem por aí em termos de inspirações para o futuro das pick ups. Resta aguardar e ficar na torcida.

Kellen Kunz


Fiat Toro 2017 – Preço e Versões


Veja aqui os preços das versões do Fiat Toro 2017.

O novo Fiat Toro 2017 é um modelo de pick-up que está chegando com a novidade Sport Utility Pick-up (SP), com maior robustez no carro e conforto ao motorista e passageiros. Mas, esses não são seus únicos destaques. Conheça abaixo mais informações sobre o Fiat Toro 2017, bem como preço e versões.

Quem está em busca de uma pick-up maior que as compactas do mercado, mas menor que as médias, encontra no Fiat Toro 2017 o que precisa. O preparo para o novo modelo foi planejado e focado em torná-lo ainda melhor.

Mudanças notáveis são no pára-choque, grade frontal e formato dos faróis, que não fogem aos olhares dos mais atentos aos detalhes. Já por dentro, o que se pode ver de diferente são a forração tanto do painel, quanto interna.

Já as especificações da ficha técnica são quase as mesmas do modelo 2016, do veículo que tem produção nacional, na cidade de Goiana, no estado de Pernambuco.

A velocidade máxima do Fiat Toro 2017 é de 182 km/h, com capacidade de combustível de 55 litros. Já as suas medidas são: comprimento: 4.493 mm, largura: 1.708 mm; largura com espelhos retrovisores: 1.893 mm e altura: 1.497 mm. Quanto as capacidades em litros da caçamba são: Cabine simples 934L e para a Cabine estendida de 734L.

A novidade é que o Fiat Toro 2017 vem com a opção tanto de motor Diesel, quanto Flex. Veja a seguir:

  • 1.8 16v AT6 Flex 4P
  • 2.0 16V Diesel 4P
  • 2.0 16V 4×4 Diesel 4P
  • 2.0 16V 4×4 AT9 Diesel 4P

Há no mercado cinco versões para este veículo. Conheça abaixo:

  • Freedom 1.8 Flex 4×2 automático (6 marchas)
  • Freedom 2.0 diesel 4×2 manual
  • Freedom 2.0 diesel 4×4 manual
  • Opening Edition 1.8 Flex 4×2 automático (6 marchas)
  • Volcano 2.0 diesel 4×4 automático (9 marchas)

Já os valores do Fiat Toro 2017 sofreram reajustes, variando de acordo com a versão escolhida. Veja abaixo:

  • Freedom 1.8 Flex 4×2 automático (6 marchas): R$ 76.500
  • Freedom 2.0 diesel 4×2 manual: R$ 93.900
  • Freedom 2.0 diesel 4×4 manual: R$ 101.900
  • Opening Edition 1.8 Flex 4×2 automático (6 marchas): R$ 84.400
  • Volcano 2.0 diesel 4×4 automático (9 marchas): R$ 116.500

Gostou do nosso post? O que achou do nosso artigo? Compartilhe conosco seus comentários e experiências!

Kika Akita


Toyota Hilux 2017 – Preço, Ficha Técnica e Versões


Veja aqui os preços e a ficha técnica de todas as versões do Toyota Hilux 2017.

A Toyota Hilux é uma das pick-ups mais vendidas no País e a marca promete trazer mudanças, tanto na parte externa quanto na interna para a Toyota Hilux 2017 e, claro, com esse lançamento, elevar as suas vendas.

Quanto a ficha técnica do veículo, ele trará câmbio manual com 5 velocidades, banco do motorista com regulagem de altura, motor VVT-i Flex 16V, ar condicionado manual, airbag duplo frontal, volantes com comandos integrados e travas elétricas. Há grande chances de termos versão com cabine dupla em tração 4 x 4 e 4 x 2.

Ainda haverá mudanças no visual em relação ao design, melhorias na parte mecânica e um acabamento primoroso o que fará com que a Toyota Hilux 2017 se torne mais confortável e mais moderna tanto para os motoristas, quanto para os passageiros.

A marca Toyota tem como objetivo tornar o veículo ainda mais potente, para encarar de frente a concorrência com seu motor 3.0 D-4D. Já as rodas de liga leve devem ser mantidas, bem como o seu aro 17, a caçamba de 1000 litros e a capacidade de levar 5 passageiros. O modelo Toyota Hilux 2017 conta ainda com freios ABS, o que traz mais segurança, assistência na frenagem e controle de estabilidade do veículo nas curvas.

A Toyota Hilux 2017 cresceu 7 cm de comprimento e 2 cm de largura, mas está 4,5 cm mais baixa e permanece com a mesma medida entre os eixos que é de 3.085.

Os pontos fortes desta pick-up ficam em conta quanto a sua robustez e espaço interno. Já entre os pontos fracos do modelo estão: o preço alto do veículo, bem como das peças e manutenção, sem esquecer da suspensão que chega a pular em terrenos bem irregulares.

Acredita-se que o preço da Toyota Hilux 2017, uma das pick-ups mais aguardadas para 2017, fique em média por R$ 180 mil. O investimento pode valer a pena quando se pensa no pós venda da Toyota, bem como a aceitação da marca no mercado.

Entre as suas versões podemos encontrar nas opções 4 x 4:

• D/C CHASSI 2.8 TDI 6 M/T

• D/C CABINE SIMPLES 2.8 TDI 6 M/T

• D/C SR 2.8 TDI 6 A/T

• D/C SRV 2.8 TDI 6 A/T

• D/C SRX 2.8 TDI 6 A/T

• D/C STD 2.8 TDI 6 M/T

O que achou do nosso post? Gostou do artigo? Compartilhe conosco suas experiências e comentários!

Kika Akita


Fiat Toro Black Jack 2017 – Edição Especial


Saiba aqui as principais novidades presentes no novo Fiat Toro Black Jack 2017.

No início de 2015, a Audi havia anunciado que iria dar início às vendas do R8 no Brasil, em 2016. Na época, alguns representantes da marca afirmaram para diversos sites especializados no setor que ele seria oferecido aqui em duas versões sendo a V10 com 526 cavalos e a V10 Plus com 610 cavalos. Nos dois casos a informação da época era que os modelos teriam o mesmo propulsor 5.2 aspirado, juntamente com um câmbio automático de sete velocidades e dupla embreagem.

Informações sobre os preços na época não foram divulgadas. Mas, no mês de maio do ano passado, no Reino Unido, a versão V10 custava 119.500 Euros e a V10 Plus 137.500 Euros.

Agora, com a chegada do Salão do Automóvel de São Paulo de 2016 (o evento acontece entre os dias 10 e 20 de novembro), a Audi enfim anunciou a aparição de sua maior estrela, ao menos neste ano: O R8 Coupé V10 plus em sua segunda geração. O modelo que atrai olhares e críticas tem previsão de chegar ao mercado já no mês de dezembro deste ano. Os preços novamente não foram informados.

De qualquer forma, até que tudo se torne mais claro por parte da fabricante, vejamos alguns detalhes que já são certos nesse lançamento.

A Audi equipou o R8 plus com o motor 5.2 V10 (central-traseiro). A nova versão do esportivo que traz tração integral tem capacidade para entregar 610 cavalos de potência. Já a aceleração de 0 a 100 km/h, de acordo com a montadora, é feita em 3,2 segundos. A velocidade máxima do carro é de R$ 320 km/h.

O atraso da chegada do R8 no Brasil (afinal foram mais de dois anos desde sua aparição no Salão de Genebra) se deve em especial devido ao número relativamente alto de modelos que ainda estavam em estoque da versão que foi substituída.

Anteriormente apontamos que a Audi não deu detalhes sobre os preços. Ainda assim, alguns sites do setor automobilístico já “avisam” que as cifras podem ultrapassar um milhão de reais facilmente.

A Audi também trouxe para seu estande em São Paulo algumas novidades bem esperadas como o RS6 e RS7. Performance que foram melhoradas em termos mecânicos e ganharam um “up” na potência chegando a 605 cavalos.

Por Denisson Soares


Fiat Toro ganha Novo Motor 2.4 Tigershark


Nova versão será vendida nas concessionárias por R$ 98 mil.

A montadora italiana Fiat anunciou no dia 3 de novembro o aumento da gama de motorizações da picape Toro ao lançar a motorização 2.4 Tigershark Multiair flex com tração 4×2, versão esta que já tinha sido vista e comentada por alguns indivíduos na internet. O propulsor possui uma potência de 186 cavalos e 24,8 kgfm de torque máximo, somado ao já conhecido câmbio automático com nove velocidades, que até o momento era combinado apenas com o motor a diesel de 170 cavalos de potência e torque de 35,7 kgfm.

Chamada de Freedom 2.4, a versão nova é comercializada nas concessionárias pelo preço de R$ 98.730, o mesmo valor da Freedom 2.0 com motor a diesel e tração 4×2. A mesma deverá corresponder por cerca de 20% do mix de vendas, hoje 70% dos emplacamentos são da versão 1.8 flex.

Fabricada pela Chrysler nos Estados Unidos, o propulsor 2.4 flex foi evoluído a partir do 2.0 flex, o mesmo que hoje é usado pelo Jeep Compass, porém, com cabeçote Multiair, o qual faz uso do controle eletro-hidráulico para abertura das válvulas de admissão. Quando se trata de desempenho, segundo informações da fabricante, a pickup chega a bater os 100 km/h em apenas 9,9 segundos, tendo como velocidade máxima 200 quilômetros horários.

Segundo a empresa, o consumo dentro da cidade é de 8,6 km/l com gasolina e de 5,9 km/l com etanol. Já na estrada, o valor aumenta para 10,8 km/l com o derivado do petróleo e 7,4 km/l com o combustível de origem vegetal. Dentre os recursos que irão melhorar o desempenho energético do motor estão o alternador (que é gerenciado eletronicamente) e o sistema start-stop.

A lista de acessórios da Toro Freedom 2.0 é o mesmo presente na versão 1.8, acrescido apenas de capota marítima, volante de couro com aletas para realização das trocas de marchas na parte posterior do volante e retrovisores elétricos com rebaixamento que facilita as manobras.

A Fiat Toro, que foi eleita a pickup do ano no começo da semana passada, foi o utilitário mais vendido do Brasil no mês outubro, somando um emplacamento de 4.288 unidades. No total do ano, o veículo fabricado em Goiana, em Pernambuco, conta com 31.922 unidades licenciadas. Fica atrás somente da Fiat Strada, que possui 49.487 unidades.

FILIPE R SILVA


Nissan Frontier 2017 será apresentada no Salão de São Paulo 2016


Picape da Nissan promete ser um dos principais destaques da montadora no Salão de São Paulo 2016.

Com a proximidade do Salão da Automóvel de São Paulo, as diversas fabricantes que irão participar do evento começam a criar suspense não só entre os jornalistas do ramo automobilístico, mas também entre os diversos consumidores. É nessa perspectiva que a grande e renomada fabricante de veículos automotores Nissan, depois de fazer muito suspense, acabou fazendo a divulgação de que a principal atração do seu estande será a nova Frontier, modelo este que irá dividir o centro das atenções com o já anunciado March Midnigth Edition. Além destes dois modelos, a fabricante revelou que irá disponibilizar para os consumidores outras novas opções de cores para o já lançado Nissan Kicks.

Nesse primeiro momento, a nova geração da Nissan Frontier será produzida exclusivamente na unidade da empresa localizada na cidade de Pacheco, na Argentina, produção esta que será feita juntamente com as co-irmãs inclusive de projeto, que são a Mercedes-Benz Classe X e a Renault Alaskan.

Nessa nova versão a Frontier irá adotar linhas e acabamentos ainda mais refinados que o modelo comercializado atualmente, além de chegar ao mercado com tamanho ainda maior. Com relação à mudança de design, o veículo irá deixar de lado o estilo anguloso e passará a adotar um design mais urbano e elegante, detalhes que ao que tudo indica será uma tendência a ser seguida não só pela marca, mas também pelas demais concorrentes.

Outro detalhe que será deixado de lado nessa nova versão serão os acabamentos simples do atual modelo, haja vista que nessa nova versão a picape adotou referências diretas de outros veículos SUV’s passando a ter um acabamento de maior qualidade mesmo tendo algumas partes menos rígidas, assim como o que pôde ser observado no lançamento da Chevrolet S10.

Apesar de que as maiores especificações técnicas a respeito do modelo ainda não foram divulgadas pela fabricante, já há alguns especialistas que estão arriscando em afirmar que o propulsor que será utilizado será o 2.3 turbodiesel com capacidade de produzir uma potência máxima de 190 cavalos e um torque de 45,9 Kgfm. Outras apostas também são que a versão mais básica do modelo terá apenas tração traseira e opção de câmbio manual dotado de seis velocidades, enquanto a versão topo de linha poderá vim equipada com tração integral e câmbio automático de sete velocidades.

Por Adriano Oliveira


Chevrolet S10 Advantage 2017 – Lançamento e Preço


Confira aqui o preço e as principais novidades do Novo Chevrolet S10 Advantage 2017.

Quem está pensando em comprar um novo carro e fazer um bom negócio, com um preço super acessível, precisa saber que a Chevrolet anunciou uma grande novidade. Trata-se da linha 2017 da versão Advantage do seu já consagrado modelo S10.

Já presente entre as opções da picape desde a última geração, a versão Advantage traz um visual mais renovado e esportivo em relação ao modelo lançado anteriormente. Sendo assim, as primeiras mudanças podem ser notadas já no pára-choque mais reforçado e nos faróis mais destacados, refletindo e caracterizado pelo novo padrão adotado pela Chevrolet em seus carros.

Com um painel mais claro e novos materiais de acabamento, a versão Advantage possui o seu maior diferencial no preço, uma vez que os valores divulgados do mesmo são uma grande estratégia para atrair ainda mais as pessoas para a marca. Isso acontece porque o custo-benefício é um requisito imprescindível na hora de negociar e comprar um carro novo.

Com um motor 2.5 Flex que chega a até 206 cavalos de potência e sob uma transmissão manual de seis marchas e com tração somente na traseira, a GM ainda não divulgou oficialmente o preço do veículo, mas ao que tudo indica, o valor inicial desse já é estimado e abaixo de R$ 90 mil.

Por se tratar de uma picape com um valor muito competitivo contra os seus concorrentes, o novo modelo oferece os seguintes itens, entre outros: ar condicionado, direção elétrica progressiva, conjunto elétrico de vidros, bem como comando desses por um controle remoto, rodas de liga aro 16, faróis de neblina, alerta de pressão dos pneus, sistema OnStar e multimídia My Link sensível ao toque, rádio AM e FM, capota marítima, cintos de segurança com 3 pontos e retráteis, chave tipo canivete, banco traseiro que é bipartido e rebatível com porta objetos, computador de bordo e tampa traseira.

Ficou interessado em tanta comodidade? Pois a versão também é adesivada com o nome “Advantage”, caracterizando a novidade. E o melhor de tudo, são muitas cores lindas para você escolher aquela que mais combina com o seu estilo e com você. As opções no catálogo são: Vermelho Chili, Prata Switchblade, Branco Summit, Cinza Graphite, Azul Blue Eyes e Preto Ouro Negro.

Não bastasse tudo isso, a garantia é de três anos. Portanto, não perca tempo e procure já a loja mais perto de você para saber ainda mais e conferir de perto o novo S10 Advantage.

Kellen Kunz


Nova Ford Ranger 2017 – Lançamento, Preço e Novidades


Novo Modelo chegará às lojas em maio e custará entre R$ 130 mil e R$ 179 mil.

Em busca de novidades e mais opções para seu mercado consumidor, a Ford irá apresentar a nova Ranger em abril. A grande novidade da montadora norte-americana também já possui data oficial de chegada ao mercado: maio. Seguindo os passos de sua grande rival, a Hilux da Toyota, a apresentação da nova Ford Ranger se dará aos poucos. Com isso, os modelos com cabine dupla acompanhados de motores a diesel e tração 4×4 devem ser os primeiros a serem apresentados.

Vale destacar que os preços oficiais da nova Ford Ranger já foram divulgados: partindo de R$ 130.000 na versão XLS 2.2 e podendo chegar a R$ 179.900 na versão Limited 3.2. Em relação aos preços das versões intermediárias, saiba que a Ford não os divulgou. Dessa forma, a expectativa é que tais preços sejam informados juntamente com as próximas apresentações do lançamento da Ford.

É importante destacar que a nova Ford Ranger vem recheada de novidades e pretende conquistar todos os tipos de gostos. Em relação à parte interna do automóvel, saiba que o painel conta com uma barra horizontal prateada que trás um tom de luxuria para o carro. Além disso, também podemos destacar o novo console central com traços retilíneos. O quadro de instrumentos, por sua vez, é baseado no Fusion, haja vista as duas telas coloridas. A central de multimídia conta com nada menos que uma tela de 8 polegadas sensível ao toque e navegador GPS.

Além disso, saiba que o lançamento da Ford também apresenta grandes novidades no conjunto mecânico. Um grande exemplo é a direção, que possui assistência elétrica. Outros itens como, por exemplo, câmbio automático de seis marchas, controle eletrônico de estabilidade e tração, alerta de colisão, piloto automático adaptativo, câmera de ré, dentre outros itens, estão presentes na versão top de linha Limited. Os itens completos de cada versão serão divulgados no decorrer da apresentação da Ford Ranger.

Em contrapartida, o motor não sofreu alterações, pois o 3.2 a diesel permanece presente nesta geração. Trata-se de um motor extremamente competente, haja vista a capacidade de 200 cv e 47,9 kgfm de torque. Um detalhe importante é que o isolamento acústico foi otimizado.

Por Bruno Henrique


Fiat Fullback – Nova Picape Média é apresentada no Salão de Dubai


Picape utiliza a mesma plataforma da L200 e será vendida apenas na Europa, Oriente Médio e África.

Já fazia um certo tempo que rolava na internet alguns boatos de que a Fiat, a montadora italiana com sede em Turim, lançaria uma nova picape média. Tal notícia veio a se confirmar com o lançamento da nova Fullback. O modelo foi apresentado pela empresa italiana no dia 10 de novembro de 2015, em Dubai, nos Emirados Árabes Unidos, no Salão do Automóvel.

Esse modelo é uma criação que partiu de uma parceria entre a Mitsubishi e a própria fabricante, a Fiat. Ela é baseada na nova geração da picape modelo L200, porém, vem com um novo conjunto de para-choque e grade, este recurso já foi aplicado também nos modelos Freemont e Dodge Jouney.

É importante lembrar que este mesmo modelo será comercializado somente no continente europeu, no Oriente Médio e na África, pois já foi oficialmente descartada a possibilidade de ser vendido em mercado brasileiro. A representante da Mitsubishi no país, a MMCB, anunciou que o acordo realizado entre as duas marcas não contempla nosso país, onde a mesma possui direito exclusivo de distribuição e comercialização, além da fábrica.

A nova picape Fiat Fullback será vendida em duas versões diferentes do motor 2.4 turbodiesel, onde uma vem com 180 cv de potência e a outra com 150 cv, que podem escolhidas em transmissão automática com cinco marchas ou em transmissão manual com 6 marchas de velocidade, ambas equipada com tração integral.

A picape em questão não será comercializada no Brasil, porque além da Strada, a nova Toro será a única pickup da empresa italiana dentro do mercado brasileiro, a qual é baseada na plataforma do Jeep Renegade, mas obviamente com algumas atualizações, a qual terá sua produção realizada em Goiana (PE) e poderá chegar nas lojas brasileiras no início do próximo ano.

FILIPE RIBEIRO DA SILVA


Nova Toyota Hilux 2016 – Lançamento e Preço no Brasil


Picape será apresentada no próximo mês e custará entre R$ 166 mil e R$ 192 mil.

Após muitas especulações a grande e renomada fabricante de veículos automotores Toyota revelou oficialmente que irá fazer o lançamento da nova Hilux 2016. Este lançamento será feito no próximo dia 05 de novembro em Mendonza, Argentina. Segundo a fabricante, a Hilux 2016 possuirá inicialmente três versões, sendo estas com as seguintes denominações: SR, SR-V e SR-X, todas as versões chegarão ao mercado equipadas com propulsor movido à diesel, câmbio automático, cabine dupla e tração 4X4.

Os valores serão de R$ 166.000, R$ 181.000 e R$ 192.400, respectivamente. Não resta dúvida que os valores sofreram aumentos, uma vez que o atual modelo da Hilux custa R$ 148.450 na versão A/T e a versão topo de linha, Limited Edition, custa R$ 182.850.

Para os consumidores que têm preferência pelo veículo com propulsores nas versões flex, a fabricante divulgou que estas picapes só serão disponibilizadas para comercialização no segundo semestre do ano de 2016.

Na versão movida à diesel, a picape irá usar o conhecido motor 3.0 D-4D, porém, em uma versão recalibrada, modificação esta que fez com que ele passasse da potência atual de 171 cavalos para 200 cavalos. Com essa nova potência a Hilux sairá na frente de suas principais concorrentes na categoria, que são a Chevrolet S10 e a Ford Ranger.

Com relação ao sistema de transmissão, a fabricante deverá optar pela continuidade do câmbio automático dotado de cinco velocidades. Já as versões flex serão dotadas de motor 2.7 16V e contará com o opcional de transmissão manual ou automática de cinco marchas.

O sistema de suspensão desta nova versão da Hilux passou por ajustes significativos, a fim de melhorar ainda mais a dirigibilidade do veículo e deixa-la com uma dirigibilidade similar a dos carros de passeio. Na parte frontal foram inseridos braços duplos e barra estabilizadora, enquanto que na parte traseira a picape ganhou feixe de mola mais longos e amortecedores com novas calibrações.

Quanto ao visual, a picape esbanja beleza, uma vez que sua parte dianteira foi inspirada no Corolla, modelo este que também foi utilizado como parâmetro para o desenvolvimento da nova cabine da picape.

Por Adriano Oliveira


Renault Alaskan – Apresentação da Nova Picape


Nova picape da Renault deverá ser apresentada este mês durante o Salão de Frankfurt 2015.

A Renault resolveu ousar quando o assunto é competir no mercado de picapes. Seu mais novo projeto, objetivando chamar a atenção de quem gosta de dirigir uma picape por ver nela beleza e praticidade, chama-se Renault Alaskan, um carro que promete surpreender a todos que querem algo muito além de tudo já visto até hoje.

A Renault está orgulhosa com o lançamento da sua mais nova picape média, que por enquanto só poderá ser vista no Salão do Automóvel em Frankfurt, na Alemanha, programado para acontecer ainda nesse mês de setembro de 2015, mais precisamente no dia 15.

No entanto, as imagens da máquina dão uma noção do que em breve está para chegar em todas as concessionárias autorizadas Renault no Brasil e no mundo.

Vamos conhecer o que faz desse carro tão interessante e esperado? Primeiro o fato do seu modelo ser robusto, com uma parte frontal de um comprimento bastante significativo, com faróis em LED de design inovador. A inovação também pode ser constatada no desenho dos retrovisores e nas gigantescas rodas de 21 polegadas. A sua versão cabine dupla e com um suporte no teto do carro dá ao Renault Alaskan não apenas seriedade como também ares esportivos, uma combinação perfeita para quem deseja um carro para todos os momentos.

Na parte traseira, a cabine tem uma considerável extensão, uma ótima opção para quem gosta de um bom porta-malas que caiba todo material necessário para uma boa aventura.

Respeitando o estilo dos motoristas, a Renault fez questão de elaborar modelos diferenciadas do Renault Alaskan, por isso, quem quiser comprar o seu vai encontrar nas lojas Renault as versões com motores flex, movido a diesel, twin turbo 1.6 de até 115 cv ou a versão 2.0 de até 148 cv, com tração 4×4 ou 4×2. Na parte do câmbio, o carro vai oferecer também as opções de câmbio manual de cinco ou seis marchas.

Não se poderia ocultar as informações de que o Alaskam também terá vidros elétricos, ar condicionado, travas elétricas, airbag, direção hidráulica, entre outros confortos que todo motorista aprecia em um bom carro.

Ainda não há informações sobre o valor final do Renault Alaskan, porém, essa e outras informações sobre ele poderão ser obtidas em breve no site www.renault.com.br. É só acessar e saber mais sobre o Alaskam, seus preços e formas de pagamento.

Por Michelle de Oliveira


Chevrolet Colorado ganha Séries Especiais nos EUA


Novas versões Midnight e Z71 Trail Boss da picape Chevrolet Colorado.

A fabricante de veículos automotores Chevrolet fez o anúncio oficial na semana passada a respeito do lançamento de duas novas versões especiais da picape Colorado. Apesar de não ser muito conhecida aqui no mercado brasileiro, esta picape foi desenvolvida a partir do mesmo projeto que deu origem à famosa S10 brasileira. Com estas novas edições, a Colorado ganhará as versões batizadas com os nomes de Midnight e Z71 Trail Boss.

A versão Midnight tem o seu acabamento similar ao da grandalhona Silverado, já a versão Z71 Trail Boss traz de série alguns acessórios off-road e ainda tem a exclusividade de somente ser ofertada com cabine estendida, modelo de carroceria este que é ainda indisponível no mercado brasileiro.

O modelo Midnight vem com algumas mudanças na parte exterior, mudanças estas que contemplam algumas peças pintadas na cor da carroceria, tais como para-choques, frisos, maçanetas e retrovisores. Além disso, ela vem com rodas de liga-leve no tamanho de 18 polegadas na cor preta e logotipo escuro do mesmo modo. O acabamento dessa versão tomou como base a versão LT, a qual possui sob o capô três opções distintas de motorização. Para os consumidores que preferem o veículo movido à gasolina, estão disponíveis os motores 2.5 e o 3.6 V6, enquanto que para aqueles que preferem a picape movida a Diesel, a fabricante disponibiliza o recém-apresentado 2.8 Duramax, o qual é capaz de desenvolver uma potência máxima de 180 cavalos.

Já a versão Z71 Trail Boss traz integradas ao santo-antônio luzes de longo alcance de LED. Além disso, nas caixas de roda há moldura plástica, há logotipos escuros e rodas no tamanho de 17 polegadas na cor preta, que utilizam pneus off-road Goodyear Wrangler Duratec na especificação 265/65 R17. Este modelo será disponibilizado com tração 2WD ou 4WD, sendo que com relação à motorização as opções serão as mesmas da versão Midnight. O que mais chama atenção nestas duas versões é o visual, uma vez que este destaca sobremaneira, fator este que torna o veículo ainda mais charmoso. 

Por Adriano Oliveira


Novo Hyundai Santa Cruz – Produção em Novembro


Nova picape poderá começar a ser produzida em novembro deste ano.

A picape Hyundai Santa Cruz deve contar em breve com a sua produção. Muitos portais do segmento no mundo todo apontam que Dave Zuchowski, que é CEO da fabricante, teria afirmado que ocorrerá a liberação para a produção do modelo no mês de novembro deste ano de 2015. Porém, ainda não há dados oficiais para que o veículo chegue ao mercado global.

Os rumores dão conta que o Hyundai Santa Cruz terá como base para a sua fabricação a nova geração do Tucson. Isso aponta que a picape pode ter uma cabine para cinco pessoas e a motorização igual ao do utilitário esportivo. O que pode mudar é a adição de um bloco movido a diesel.

Muitos detalhes do novo Hyundai Santa Crus começaram a chegar no mês de maio de 2015. Uma das informações, de acordo com o portal Edmunds, a picape contará com tração nas suas quatro rodas, o que dava indícios que teria a sua base mesmo no novo Tucson.

O que deu a entender que a plataforma do Tucson seria utilizada foi um comentário do diretor de planejamento de produtos da Hyundai Motors América, Scott Margason, que disse que o veículo não seria fabricado do zero. Scott também apontou que a Hyundai conseguiria, com isso, economizar até dois anos de desenvolvimento tendo como base para o Santa Cruz, um modelo que já existe no mercado.

Motor do Tucson

Para se ter uma ideia do que vem por aí, o novo Tucson conta com os motores 1.6 l a gasolina aspirado e com 133 cavalos de potência ou turbinado com 174 cavalos de potência. O motor a diesel é de 1.7 l com 113 cavalos de potência e 30 kgfm de torque. Há ainda os modelos 4×4 com motor a diesel 2.0 l (com 134 cavalos ou 181 cavalos, sendo os dois com 40 kgfm de torque). Agora só resta esperar mais detalhes do novo Hyundai Santa Cruz.


Nova Picape Ford F-150 Raptor 2017 – Novidades e Fotos


Nova picape será lançada no próximo ano já como modelo 2017. Preço do veículo deverá ser de aproximadamente US$ 50 mil.

A Ford anunciou durante o evento automotivo Salão de Detroit 2015, a nova geração de picapes Ford F-150, que promete ser o modelo mais veloz do segmento. O modelo que estará à venda em 2016 deve garantir potência e economia de combustível.

A versão Raptor conta com design arrojado e intimidador. Os pneus BFGoodrich All-Terrain KO2 em conjunto com as rodas de 17 polegadas são responsáveis por garantir maior distância em relação ao solo. Graças ao novo quadro produzido em aço de alta resistência e alumínio, o modelo se tornou menos suscetível a danos e seu peso final sofreu redução de 226 Kg.

O modelo conta com dimensões maiores em relação à versão atual. A largura do veículo aumentou 15 centímetros para garantir estabilidade em terrenos não pavimentados. A carroceria ganhou detalhes marcantes em preto fosco e grade com o logo da montadora em alto relevo.

O novo conjunto mecânico é composto por um motor V6 Ecoboost 3.5 biturbo. Ainda não há informação sobre a potência que o novo motor pode gerar, mas estima-se que seja superior ao modelo atualmente vendido. O modelo 2017 conta com motor V8 6.2, que é capaz de gerar 417 cv. O câmbio automático presente no modelo possui dez velocidades e é considerado o melhor da atualidade.

A experiência ao dirigir a nova geração do modelo será bastante agradável. O modelo 2017 contará com tração nas quatro rodas, que transmite a força do motor de acordo com o tipo de terreno. Segundo a montadora, a picape pode se manter estável sobre a lama, chuva, areia e até mesmo sobre a neve.

O modelo Ford F-150 Raptor deverá ser fabricado em uma instalação da montadora em Dearborn, nos Estados Unidos, e estará a venda em 2016, já no modelo 2017. Estima-se que o preço do modelo gire em torno de 50 mil dólares. Não há confirmação para produção do veículo no Brasil.


Novo Chevrolet S10 High Country – Lançamento no Brasil


Chevrolet dele lançar Nova S10 High Country no Brasil. Versão especial da picape chegará às concessionárias no início do próximo mês.

Após ter sido apresentada na forma de conceito no Salão de São Paulo de 2014, agora a nova S10 High Country já está sendo comercializada no continente Asiático e deverá iniciar as vendas aqui no Brasil. Essa série especial da S10 tem lançamento programado aqui no país nos dias 06 e 07 de julho. Esta versão do veículo irá trazer vários detalhes exclusivos, contudo, seguirá o padrão comumente já conhecido das picapes da General Motors nos Estados Unidos da América.

Apesar de os preços dessa novidade ainda não terem sido divulgados pela fabricante, a expectativa dos especialistas do ramo e que a edição especial custe um valor bem próximo da versão LTZ, que atualmente é comercializada pelo valor de R$ 154.550.

A pintura dessa nova S10 High Country é vermelha metálica (Chili Red). O que mais chama a atenção são os faróis, que dessa vez vieram confeccionados em cromo e tem visual escurecido. Já as rodas de 18 polegadas também são bastante chamativas e imponentes. Nas laterais do veículo tem a presença de frisos inox na base dos vidros das portas e na parte traseira há um exclusivo Santo Antônio que foi integrado na caçamba. Ainda para completar este belíssimo conjunto, este veículo já sai de fábrica com o seu conjunto de bancos totalmente revestidos em couro. No quesito acessório, esta nova S10 também não deixou a desejar, tendo em vista que ela já vem com um sistema de entretenimento Mylink, o qual possui câmera de ré. Já o banco do motorista tem todos os seus ajustes feitos eletricamente. Por fim, no painel desta picape foi utilizado um revestimento do tipo black piano.

Com relação à motorização não teremos novidades, pois o propulsor que será utilizado neste veículo continuará sendo o turbodiesel 2.8, o qual tem a capacidade de fornecer uma potência máxima de 200 cavalos e um torque de 50,9 kgfm. Já o câmbio utilizado também será o mesmo das versões anteriores, ou seja, o automático de seis marchas.

Sobre a Chevrolet S10:

A S10 é uma picape da Chevrolet que é produzida no Brasil desde o ano de 1995. O modelo até hoje é um sucesso de vendas, sendo considerado um veículo com mecânica simples e que foi campeão de vendas entre os anos de 1995 e 2005. O carro possui diversos nomes alternativos, como Chevrolet Colorado, Holden Colorado, Opel Colorado, Opel S-10, GMC Sonoma e  GMC Canyon. O carro já passou por três reestilizações, a última aconteceu no ano de 2012, quando ganhou um novo motor 2.8. O principal concorrente do carro é o Toyota Hilux, este por sinal possui um motor menos potente do que a picape da Chevrolet. Por falar no motor, a picape é considerada a mais potente do Brasil, ao lado da Ford Ranger.

Por Adriano Oliveira


Nova Toyota Hilux 2016 – Picape fica um pouco maior e ganha novo visual


Toyota apresenta Nova Hilux 2016. Confira as principais novidades da picape.

Na semana passada, mais precisamente no dia 21 de maio, foi apresentada a Nova Geração da Toyota Hilux. A oitava geração da picape sofreu várias modificações, principalmente com relação ao seu tamanho e ao seu design. Vale lembrar que a apresentação do carro foi feita simultaneamente em Bancoc (Tailândia) e Sidney (Austrália), através de dois eventos realizados para a imprensa. 

Com relação ao seu tamanho, a nova picape Hilux ficou um pouco maior. Apesar de o entre-eixos ter se mantido em 3m09m, tivemos um aumento no comprimento e na largura. Agora o carro possui 5,34m de comprimento (0,08m a mais do que a versão anterior) e 1,86m de largura (2 centímetros a mais do que a versão anterior). Por outro lado, o veículo ficou um pouco mais baixo e agora possui 1,82m de altura (4 cm a menos que a versão anterior da picape).

Já com relação ao design da picape, ela foi reformulada e ficou mais moderna, parecendo um pouco com o Corolla. Na parte frontal, podemos observar que os faróis ficaram maiores e mais espichados. Há ainda a presença de filetes de LED nos faróis, que se unem através do friso cromado da grade frontal. Já a parte lateral e traseira da picape praticamente se manteve a mesma, a única diferença está nos faróis traseiros, que agora invadem mais a parte lateral do carro.

Dentro do carro, as mudanças também foram grandes. A primeira mudança que podemos notar é com relação ao acabamento, que ficou mais sofisticado. Entretanto, a Toyota pecou ao utilizar fontes em tamanho muito grande no painel, apesar de que isso é ótimo para as pessoas mais velhas.

A picape também ganhou diversas tecnologias interessantes, como sistema de ignição por botão com chave presencial, sistema multimídia com tela touchscreen colorida, ar condicionado com função automática, controle de tração, controle de estabilidade, bloqueio do diferencial, entre outros.

Falando agora sobre o motor do carro, serão 4 opções: GD 2.8 a Diesel (com 177 cv de potência e 45,8 kgfm de torque), GD 2.4 a Diesel (com 150 cavalos de potência e 40,8 kgfm de torque), 2.7 Flex (com 155 cv de potência e 24,5 kgfm de torque) e V6 Flex (4.0 com 234 cv de potência e 38,3 kgfm de torque). Vale lembrar que a picape será oferecida com câmbio automático ou manual de 6 marchas.

Já com relação à tração, ela poderá ser 4×4 ou 4×2, dependendo da versão escolhida. Já a sua cabine poderá ser simples, estendida ou dupla.

É importante lembrar que a Toyota do Brasil ainda não confirmou a chegada desta nova versão da picape em nosso país. Apesar disso, é esperado que uma nova versão do automóvel chegue às concessionárias entre o final deste ano e o início de 2016. A picape continuará sendo produzida na Argentina.


Nova Ford Ranger 2016 – Lançamento e Novidades


Ford apresenta Nova Ranger 2016. Veículo traz novidades que prometem agradar aos consumidores.

Um novo veículo de peso da Ford está para ser lançado no mercado internacional. A picape Ford Ranger foi revelada na última segunda-feira (23) pela unidade da montadora na Ásia/Pacífico.

Com alterações no visual e nos equipamentos, a nova Ranger deverá chegar ao mercado asiático ainda esse ano, porém, no segundo semestre, desembarcando como modelo 2016. Como no Brasil a Ranger vem pela planta da Argentina, o novo modelo deve chegar ao país apenas no ano que vem, já que a fábrica de General Pacheco deve começar a produzir o modelo só no início de 2016.

A nova Ranger vem para bater de frente com sua maior concorrente, a Chevrolet S10. Entre as novidades, está a nova grade frontal, que terá suas lâminas substituídas por uma boca em formato hexagonal. Ainda na parte frontal, o novo modelo terá mudanças no formato do para-choque, que terá nichos com luzes de neblina. O que não pegou muito bem é que essa parte lembra muito a S10. Na parte traseira, há apenas uma pequena alteração nas lanternas.

A cabine foi a que recebeu mais alterações, com uma nova versão da tecnologia na central Sync, que terá comandos por voz em todas as configurações, incluindo telefonia e multimídia, além da possibilidade de utilizar aplicativos e internet. Além disso, também terá um novo painel de instrumentos e novas opções. De uma maneira geral, a nova cabine da Ranger é um pouco mais rústica se comparada com outros veículos da marca, mas nada que atrapalhe seu desempenho.

Entre os recursos de dirigibilidade, estão os auxílios eletrônicos para aceleração e frenagem, direção elétrica, sistema para auxílio de troca de faixa e ainda um recurso para ajudar em manobras de estacionamento.

No exterior, a motorização não deve ser alterada, permanecendo os motores Duratec 2.5 litros a gasolina e o Duratorq de 2.2 e 3.2 litros, movido a diesel.

Sobre a Ford Ranger:

A Ford Ranger é uma picape média que foi apresentada pela primeira vez ao público no ano de 1995. Neste mesmo ano o veículo começou a ser vendido no Brasil. A picape é produzida em duas fábrica, nos Estados Unidos e n Argentina. A produção da Argentina abastesse os mercados do Brasil, Argentina, Peru, Chile e México. A última geração da Ranger chegou ao Brasil no ano de 2012, este novo modelo trouxe novidades como a adoção do câmbio automático. Os principais concorrentes da Ranger são: Chevrolet Colorado, Chevrolet S10, Dodge Dakota, GMC Canyon, GMC Sonoma, Nissan Frontier e Toyota Hilux.

Por Felipe Villares


Novo Mitsubishi L200 2016 será vendido no Brasil


A nova geração da L200, após ter sido revelada no ano passado e ter sido oficialmente lançada no Salão de Genebra, será comercializada aqui no Brasil, contudo, esse veículo não terá fabricação nacional, a proposta da montadora Mitsubishi é de importa-la para cá. Segundo informações da empresa, essa nova geração da L200 conviverá normalmente com a atual versão da L200 Triton, que atualmente tem fabricação inteiramente nacional na cidade de Catalão, no estado de Goiás.

Nessa novíssima versão, a picape veio muito bem equipada com acessórios que vem de fábrica, que fazem muita diferença, tais como ar-condicionado digital, câmera de ré e piloto automático adaptativo.

A parte interna do veículo foi modificada, a fim de que houvesse uma diminuição dos ruídos que eram ouvidos na cabine nas versões anteriores, assim, nessa nova versão a cabine passou por um tratamento acústico.

E as mudanças não pararam por aí, na parte externa, a picape teve a sua frente reformulada, com a presença de uma grande grade cromada e novos modelos de faróis que agora trazem luzes diurnas de LED e lanternas redesenhadas, o visual da picape ficou bastante agradável e chama a atenção de quem a vê.

A nova L200 será comercializada no mercado europeu com duas possibilidades de motorização, a primeira com o motor 2.4 MIVEC turbodiesel, com 152cv de potência e torque máximo de 38,7mkgf. Já a segunda opção será com o mesmo motor, contudo, com 178cv de potência e torque de 43,8 mkgf. Essas duas versões serão fabricadas com a tração 4X4, mas a montadora dará aos clientes a opção de escolher um câmbio manual de seis marchas ou um câmbio automático de cinco velocidades.

Apesar de a montadora não ter divulgado a data exata em que iniciará a comercialização dessa novidade aqui no Brasil, ela já divulgou que essa nova geração da L200 começará a ser comercializada na Europa no segundo semestre deste ano.

Sobre a Mitsubishi:

O Grupo Mitsubishi foi fundado no ano de 1870, por Yataro Iwasaki, um importante industrial japonês que nasceu na província de Aki, no Japão. O Grupo Mitsubishi é composto por 3 entidades: Mitsubishi Bank (maior banco do Japão), Mitsubishi Corporation (maior empresa comercial do Japão) e Mitsubishi Heavy Industries (composta das empresas Mitsubishi Motors, Mitsubishi Atomic Industry e Mitsubishi Chemical). Falando um pouco mais sobre a Mitsubishi Motors, ela fabrica carros e caminhões. Atualmente a Mitsubishi Motors é a 6ª maior montadora japonesa, sendo considerada também a 10ª maior montadora do mundo. Entre os carros produzidos pela empresa estão: ASX, Challenger, Fuzion, L200, L300, Lancer, Outlander, Pajero, RVR e Toppo. Para conhecer um pouco mais sobre a empresa, acesse o site www.mitsubishimotors.com.br.

Por Adriano Oliveira


Toyota Hilux Invincible X – Nova Série Especial do Carro


Com a expectativa da divulgação da nova geração para o fim do ano, a recente linhagem da picape Hilux inicia a retirada no continente europeu com relançamento da série especial Invincible X. Fornecida na Europa pela última vez na metade de 2013, a edição é fornecida na carroceria de dupla e está na posição de alternativa com maior valor da linha. No Reino Unido, como exemplo, a Toyota anuncia valores acima de 23.842 libras esterlinas (cerca de R$ 105.950 em uma conversão direta).

Com distinções em comparação às outras versões direcionadas somente no design, a Hilux Invincible possui rodas de liga leve de 17 polegadas com desenho único, além de apliques plásticos na parte de baixo do para-choque, molduras nos faróis de neblina e lanternas e também estribo, santantônio, retrovisores, maçanetas e grade com acabamento idêntico em cromo. Fazem parte também do pacote o adesivo da versão estampado nas laterais e interior e o acabamento em couro distinto nos bancos e painéis das portas.

De acordo com a Toyota, a nova versão será fornecida com alternativas de oito cores para a carroceria e neste momento, somente uma de motorização. O propulsor é o famoso 3.0 turbodiesel de 171 cavalos, fornecido com alternativa de câmbio manual ou automático.

O modelo possui no interior bancos elétricos de couro com o termo “Invincible” presente no encosto e uma grande lista de itens de série como sistema multimídia Toyota Touch 2, climatizador automático e Cruise Control.

A Hilux Invincible X é uma nova versão especial devido ter pouco mais de um ano que a empresa disponibilizou no mercado britânico a Toyota Hilux Invincible. E para explicar o lançamento, foi afirmado que era uma recordação aos mais de 46 anos de história do modelo e aos mais de 15 milhões de unidades produzidas até o presente. Em curto período, a versão limitada começou a integrar a linha convencional como uma edição com acabamento extra.

Felipe Couto de Oliveira


Nova Mitsubishi L200 – Lançamento da picape no Salão de Genebra 2015


No dia 17 de fevereiro de 2015, a Mitsubishi divulgou informações sobre o lançamento da nova picape L200. O showroom está previsto para o início do mês de março de 2015, no Salão de Genebra, na Suíça.

Fabricada na Tailândia, a picape L200 vem para substituir o antigo modelo produzido há 9 anos, sendo a quinta geração de lançamento, cuja produção esperada pela fabricante será de 1.3 milhão de unidades a ser vendida.

O carro vai apresentar um modelo esportivo e utilitário, permitindo também conforto e confiança ao motorista e passageiro ao andar pelas estradas. A nova máquina dispõe de um motor de 2.4 litros turbo diesel, com a opção de 181 cavalos e 43,85 mkgf de torque ou um modelo mais básico de 154 cavalos de potência e 38,75 mkgf de torque. Vale lembrar que a picape também possui uma transmissão manual de 6 marchas.

Além dessas opções de ajuste, o veículo também oferece a opção de cabine dupla ou simples. A picape ainda tem ar condicionado, piloto automático, aletas no volante para mudanças de marcha, moderno sistema digital e câmera de ré.

O antigo modelo irá sair de linha, mas o novo modelo vai surpreender muita gente, já que ele terá um motor menos poluente e seu sistema de suspensão será todo revisado.

O design do veículo oferece beleza através da traseira redesenhada. Além disso, a picape contará com novos modelos de para-choque e lanterna. Não bastasse isso, foi criado um suporte de apoio para colocar materiais na caçamba com mais facilidade. Todos os detalhes com mais riqueza de modernidade e praticidade para o usuário.

A Mitsubishi tem a intensão de oferecer uma L200 mais resistente e potente. Para isso, a montadora irá utilizar o melhor material de produção, tanto no acabamento interno e externo, como também nas peças e em toda sua estrutura.

Portanto, a nova Mitsubishi L200 vem com o objetivo de proporcionar mais espaço, conforto e beleza aos olhos de todos os motoristas. Agora ficamos todos na expectativa aguardando por este novo lançamento.

Por Jaqueline Mendes Rodrigues dos Santos 


Site revela Primeiras Fotos da Ford Ranger 2016


A marca Ford está com o lançamento planejado para as próximas semanas do seu novo modelo Ranger. O veículo passou por uma transformação em seu visual e pretende conquistar o mercado com a qualidade de seus equipamentos. Recentemente o modelo foi fotografado na Tailândia, onde mostrou o seu novo design que foi inspirado no SUV Everest. A picape está mostrando pela primeira vez a sua cabine, que teve uma maior ênfase em seu novo painel.

As novas fotos da Ranger foram divulgadas pelo site MZ Crazy Cars, onde é mostrado a versão mais cara do modelo da série Wildtrack, a qual não será disponibilizada no Brasil. Uma foto também foi exibida no Facebook da Ranger e mostrou mais detalhes da parte dianteira. O novo modelo apresenta uma transformação no visual do seu capô, na forma de sua grade (que está redesenhada), no contorno do para-choque e também nos faróis (que se assemelham ao modelo do Everest). A forma da grade nas versões topo de linha serão cromadas. A parte de trás ainda não foi revelada, mas não é esperado muitas diferenças nela.

O interior do veículo também passou por uma notável transformação. A cabine foi melhorada em seu visual e na qualidade do seu revestimento, apresentando um painel semelhante ao Everest. O modelo também apresenta um destaque na parte de entretenimento, possuindo uma tela que é sensível ao toque (localizada no centro do painel) e um quadro de instrumentos com vários elementos digitais (que são parecidos com os modelos mais caros do mercado, como por exemplo, o Fusion).

A parte mecânica da Ranger não deve apresentar muita diferença. Possivelmente no Brasil, os motores devem seguir a mesma linha 3.2 e 2.2 turbodiesel. Outra opção que provavelmente será oferecida será o motor 2.5 flex. Existe a previsão de que a transmissão terá as duas opções: manual ou automática, com seis velocidades. 

Felipe Couto de Oliveira


Nova Picape Hyundai Santa Cruz Concept é apresentada no Salão de Detroit


Na mais famosa feira de carros do mundo, que acontece em Detroit, nos Estados Unidos, a marca Hyundai mostrou que não quer ficar de fora do ramo das picapes. No estande da empresa, a sul-coreana apresentou seu mais novo modelo de picape, a Santa Cruz Concept, que é uma mistura de nomes da Santa Fe com a Vera Cruz. Com isso, a empresa deu a cartada para ganhar os consumidores que querem luxo e modernidade.

O modelo deve entrar na linha de produção em 2016, mas pela apresentação do veículo pela marca, ele será menor que as concorrentes americanas. Mesmo assim a Hyundai apresentou a Santa Cruz de uma forma mais arrojada que as outras marcas. As lanternas são puxadas para horizontal e acabam tomando espaços na tampa do porta-malas. A carroceria possui fortes vincos, uma grade hexagonal, além de faróis chamativos.

O objetivo da empresa, segundo um executivo da marca, é angariar um público mais jovem, que gosta de picapes, mas que prefere elas menores. Olhando a nova Santa Cruz Concept parece que ela tem apenas duas portas. Contudo, para o passageiro entrar nos bancos traseiros as portas se abrem de maneira invertida e o melhor: não muda ou estraga a estética do modelo. Outra parte que chama a atenção são as grandes rodas que a marca produziu, além das pinças de freio Brembo na cor amarela e dos pneus Michelin. E mesmo sendo menor que outras picapes, a Santa Cruz possui também um extensor de caçamba, o que ajuda a maximizar o espaço para cargas como de uma picape de médio porte.

Outra novidade proporcionada da Hyundai para a Santa Cruz é que o carro pode produzir até 190 cavalos de potência e 41,7 kgfm de torque, devido ao motor escolhido, que é um 2.0 litros turbodiesel. Além disso, o veículo tem tração nas quatro rodas.

Por Carolina Costa