Opel Insignia chega a 750 mil unidades produzidas


O novo Opel Insignia está conquistando a cada dia o mercado mundial. O carro foi lançado no ano de 2008, sendo tratado como uma espécie de sucessor do Vectra, e acaba de atingir a marca de 750 mil unidades produzidas na fábrica de Rüsselsheim, na Alemanha. O carro, que está conseguindo agora essa marca numérica histórica, conta com um motor de 2.8 litros de seis válvulas, turbo, sendo movido a gasolina. O motor é capaz de gerar uma potência de 325 cavalos, além de um torque de 45 kgfm.

Axel Scheiben, gerente da fábrica de Rüsselsheim, afirmou em entrevista: "Hoje é um dia especial para toda a equipe de funcionários. Nós temos razões para nos sentirmos orgulhosos por produzir o Insignia 750 mil vezes. Essa equipe realiza um trabalho incrível dia sim, dia não, ao fabricar carros altamente complexos e de qualidade excepcional”.

O carro foi lançado com a dura missão de substituir o Vectra no mercado Europeu. O Vectra sempre foi um carro de sucesso e boa aceitação do consumidor, assim acreditava-se que a sua substituição poderia ser perigosa e o carro poderia não vingar da mesma maneira que o Vectra. A previsão perigosa ficou claramente no passado, já que o Opel Insignia foi claramente muito bem recebido no mercado europeu. O carro teve mais de 100 mil unidades vendidas e já representa quase um quinto das vendas da Opel em terras europeias. O modelo também é hoje o quarto carro mais vendido da marca.

O carro está disponível com muitas variações de linhas, sendo elas: hatchback, notchback, Sports Tourer, Country Tourer e a esportiva OPC. Também há variações de motorização que vão desde um motor de 1.4 litros turbo a gasolina (capaz de gerar para o carro uma potência de 140 cavalos) até o V6 (responsável pela movimentação do esportivo OPC). O carro conta ainda com possibilidade de alimentação por Diesel e Gás Natural Veicular (GNV).

Por Nosf