Ford Ranger 2017 ganha três estrelas em Teste de Segurança da Latin NCAP


Veículo teve uma avaliação apenas mediana devido a falta de sistema de controle de estabilidade no modelo avaliado.

Não há como negarmos que uma das picapes médias mais bonitas e charmosas lançadas no mercado nacional nos últimos anos foi a imponente Ford Ranger. A linha 2017 dessa picape já é aguardada nas ruas brasileiras, mas só deve ser lançada no mês de março do próximo ano, com previsão de preços a partir de R$ 99.500.

Contudo, apesar de toda a beleza, a linha 2017 dessa picape média decepcionou na primeira bateria de testes da 7ª fase do Latin NCAP, programa de segurança viária para América Latina e Caribe, tendo em vista que nesta primeira leva de resultados em que as novas normas de avaliação foram inseridas, acabou dificultando a obtenção de duas das notas mais altas (as de quatro e cinco estrelas) em segurança para pessoas adultas. A partir de agora, será obrigatório o sistema de controle de estabilidade para tal.

No caso da picape Ranger, a versão que foi colocada em teste foi a de cabine dupla, a qual é comercializada apenas em outros mercados e que não contava com o dispositivo.

Já no Brasil, contudo, a Ford deixa claro para os consumidores que oferta sim o sistema de série em todas as versões.

De qualquer modo, a ausência do ESC fez com que o utilitário não conseguisse obter nota superior a três estrelas no quesito segurança para pessoas adultas e quatro estrelas para crianças. Segundo os dados obtidos pelo instituto, o modelo oferece uma boa estabilidade tanto no caso de colisões frontais a 64 km/h quanto no caso de colisões laterais a 50 Km/h. Além disso, a Ford não repassou unidades suficientes para que fossem feitos os testes para o teste de colisão contra poste de 25,4 cm e 29 de diâmetro a uma velocidade de 29 Km/h, teste este recém-implantado, sendo que por este motivo o modelo acabou sofrendo o desconto de alguns pontos.

Por outro lado, os aspectos positivos que foram verificados no modelo ficaram por conta da presença de ganchos para a fixação de cadeirinha infantis no banco traseiro, presença de cintos de três pontos em todas as posições, bem como alerta de desativação do airbag frontal do passageiro, itens estes que sem sombra de dúvida somaram pontos a favor da Ranger na avaliação.

Por Adriano Oliveira


Nova Ford Ranger 2017 – Lançamento, Preço e Novidades


Novo Modelo chegará às lojas em maio e custará entre R$ 130 mil e R$ 179 mil.

Em busca de novidades e mais opções para seu mercado consumidor, a Ford irá apresentar a nova Ranger em abril. A grande novidade da montadora norte-americana também já possui data oficial de chegada ao mercado: maio. Seguindo os passos de sua grande rival, a Hilux da Toyota, a apresentação da nova Ford Ranger se dará aos poucos. Com isso, os modelos com cabine dupla acompanhados de motores a diesel e tração 4×4 devem ser os primeiros a serem apresentados.

Vale destacar que os preços oficiais da nova Ford Ranger já foram divulgados: partindo de R$ 130.000 na versão XLS 2.2 e podendo chegar a R$ 179.900 na versão Limited 3.2. Em relação aos preços das versões intermediárias, saiba que a Ford não os divulgou. Dessa forma, a expectativa é que tais preços sejam informados juntamente com as próximas apresentações do lançamento da Ford.

É importante destacar que a nova Ford Ranger vem recheada de novidades e pretende conquistar todos os tipos de gostos. Em relação à parte interna do automóvel, saiba que o painel conta com uma barra horizontal prateada que trás um tom de luxuria para o carro. Além disso, também podemos destacar o novo console central com traços retilíneos. O quadro de instrumentos, por sua vez, é baseado no Fusion, haja vista as duas telas coloridas. A central de multimídia conta com nada menos que uma tela de 8 polegadas sensível ao toque e navegador GPS.

Além disso, saiba que o lançamento da Ford também apresenta grandes novidades no conjunto mecânico. Um grande exemplo é a direção, que possui assistência elétrica. Outros itens como, por exemplo, câmbio automático de seis marchas, controle eletrônico de estabilidade e tração, alerta de colisão, piloto automático adaptativo, câmera de ré, dentre outros itens, estão presentes na versão top de linha Limited. Os itens completos de cada versão serão divulgados no decorrer da apresentação da Ford Ranger.

Em contrapartida, o motor não sofreu alterações, pois o 3.2 a diesel permanece presente nesta geração. Trata-se de um motor extremamente competente, haja vista a capacidade de 200 cv e 47,9 kgfm de torque. Um detalhe importante é que o isolamento acústico foi otimizado.

Por Bruno Henrique


Nova Ford Ranger 2016 – Lançamento e Site de Divulgação


Modelo que chegará ao Brasil apenas no primeiro trimestre de 2016 já conta com site de Divulgação.

Apesar de o lançamento nacional da nova Ford Ranger estar previsto para ocorrer somente no primeiro trimestre do ano de 2016, a Ford já iniciou as suas ações de marketing em torno do modelo e já começou a anunciar, aqui no Brasil, este modelo que passou por uma reestilização.

Após fazer a divulgação há poucos dias das primeiras imagens da versão sul-americana da Ranger, a Ford aposta agora no oferecimento de um endereço eletrônico exclusivo para demonstrar as diversas novidades que serão trazidas por esta caminhonete. Além do conjunto de alterações visuais, principalmente na parte dianteira, a nova Ford Ranger irá trazer como principal destaque uma parte interna totalmente renovada, inclusive com a presença de um lindo painel digital.

Nesse endereço eletrônico, a fabricante faz o anúncio da estreia do modelo para breve e destaca que “uma nova era de Raça Forte está chegando”, sendo que os consumidores podem visualizar imagens detalhadas do exterior da picape, sendo que o modelo disponibilizado para visualização é o topo de linha chamado Limited. O modelo possui um tom bastante chamativo de vermelho, que ao que tudo indica, irá ser a cor do lançamento oficial.

Pode ser coincidência, mas esta mesma cor marcou a estreia oficial do modelo também da principal rival da Ford Ranger, a picape fabricada na Argentina Toyota Hilux.

Mas para aqueles que já se animaram e estão querendo acessar o site oficial da picape para saber detalhes internos dela, não adianta tanta euforia assim, pois a Ford não quis revelar maiores detalhes sobre o interior. Por enquanto, o que se sabe é que o veículo contará com a presença do sistema SYNC 2, tela de 8 polegadas sensível ao toque, navegação via satélite, quadro de instrumentos com elementos exclusivamente digitais, bem como piloto automático adaptivo.

Já com relação à motorização, a nova Ford Ranger será disponibilizada com os propulsores 2.2 turbodiesel (com uma potência de 160 cavalos) e 3.2 turbodiesel (com potência total de 200 cavalos), conjunto este que trabalhará juntamente com um câmbio de seis marchas, com a disponibilidade das versões manual ou automática. E para fechar o pacote de novidades, a picape contará com direção elétrica EPAS.

Por Adriano Oliveira