Toyota afirma que Motores a Combustão serão Extintos até 2050


Montadora quer substituir modelos antigos por carros movidos a hidrogênio.

Para os carros que possuem motores a combustão, a novidade é que este tipo de motor já está com os dias contados. Segundo a montadora Toyota, os veículos que foram vendidos com sistema de propulsão alternativo a diesel e gasolina deverão sair de linha até 2050.

A pretensão é substituir os modelos antigos por carros que serão movidos a hidrogênio, esse projeto permite que os carros sejam fabricados com motor a base de hidrogênio e que estes modelos futuristas parece que ganharão mais sofisticação. Um dos exemplos é a ausência de cabine para colocar um head-up display.

Porém, o objetivo principal é usar a fonte de energia que atualmente é movida através de um combustível por um sofisticado modelo de uma pilha, que ficará alojada em um tanque de hidrogênio na parte traseira do carro.

O Motor de Combustão ainda é muito usado para equipar os automóveis, o modelo é dividido em duas modalidades: motor de explosão e o de combustão de quatro tempos. Mas a proposta é de acabar com esses modelos antigos e espera-se que possa substituir por carros elétricos e com motores a hidrogênio.

Saibam que muitas montadoras estão investindo nesta ideia e agora a montadora japonesa também já está anunciando os carros da linha com motor de hidrogênio. Porém, a Toyota não é a primeira fabricante a lançar o projeto, pois há carros da Hyundai e da Honda circulando em alguns países.

A ideia de eliminar todos os carros com motor combustível diminui a possibilidade de poluição do meio ambiente, como também o investimento no motor a base de Hidrogênio, que será uma ação mais saudável para o planeta. As montadoras prometem também que a potência dos carros também serão mais eficientes, sofisticadas e bem ágeis.

Portanto, os avanços na indústria automobilística sempre proporcionam grandes mudanças que promovem mais conforto e praticidade para as pessoas. Essa novidade do motor de combustível ser substituído pelo motor à base de hidrogênio promete contribuir tanto com o meio ambiente como também oferece uma melhor qualidade de vida para as pessoas. Então é só aguardar as novidades e quem souber primeiro, não se esqueça de deixar o post por aqui.

Por Jaqueline Mendes Rodrigues dos Santos


Troca de Óleo do Motor do Carro – Tipos, Quando Trocar e Cuidados


Óleo do Motor é fundamental para o bom funcionamento do veículo. Confira aqui quando trocar e os cuidados que você deve ter.

Todos sabem da importância do óleo no motor do veículo. Porém, o que pouca gente sabe, é quando é o momento certo para fazer a troca e também o que pode acontecer com o seu carro se você não tomar certos cuidados quanto ao óleo no motor.

Primeiramente, saiba que o óleo do motor tem extrema importância para o carro, pois ele é responsável por lubrificar todos os componentes móveis do motor, reduzindo assim o atrito e o calor gerado pelas peças, aumentando assim a vida útil do propulsor.

É importante que o motorista fique atento ao nível de óleo no motor. Isso é necessário pois se o motor do carro estiver com pouco óleo, corre o risco até mesmo de fundir, já que o veículo irá trabalhar sob temperaturas acima das recomendadas.

Apesar do pouco óleo ser prejudicial para o veículo, saiba que o excesso dele também faz mal, já que isso aumenta a pressão interna, o que pode danificar diversas partes do motor, como as bitelas.

Para evitar que o nível de óleo esteja muito abaixo ou acima do recomentado, o ideal é que o motorista siga as recomendações descritas no manual e fique atento ao período de validade do óleo (que sempre é indicado pelo fabricante). Não bastasse isso, outra recomendação é verificar periodimente o nível do óleo presente no reservatório do carro.

Um detalhe importante de se mencionar é que o carro precisa estar com o motor frio na hora de verificar o nível do óleo. Caso isso não aconteça, o nível registrado pode ser incorreto. Caso o motor do carro esteja quente, o recomendado é que se espere pelo menos 10 minutos antes de verificar o nível, este tempo fará com que todo o óleo presente no reservatório baixe e assim você consiga medir com precisão o nível.

Outra informação importante de se lembrar é que existem no mercado dois tipos de óleo: o Sintético e o Mineral.

O óleo sintético é bem mais elaborado que o Mineirale promete manter a viscosidade do produto independente da temperatura do motor, isso faz com que o propulsor não se carbonize. Apesar disso, o principal ponto fraco deste tipo de óleo é com relação ao seu preço, que é muito mais alto.

Já o óleo mineral é o mais comum de ser encontrado. Ele atende perfeitamente todas as exigências do motor, porém, tem como principal ponto fraco o pouco tempo de validade. Este tipo de óleo precisa ser trocado mais vezes e caso isso não seja feito pode desencadear num processo de carbonização do propulsor, o que lhe trará problemas no futuro.

Em óleos minerais, o recomendado é que o motorista faça a troca a cada 5 mil km. Já o óleo sintético deve ser trocado a cada 15 mil ou 20 mil km. É importante que o motorista também fique atento ao vencimento do óleo, que é de seis meses para ambos os tipos.


Kia Kappa – Detalhes do Novo Motor 1.0 Turbo


A fabricante e montadora de veículo coreana Kia Motors realizou a apresentação da sua mais nova novidade, o motor 1.0 turbo que contém três cilindros com turbo e injeção direta. A empresa batizou a sua mais nova criação com o nome de Kappa.

O Kappa foi desenvolvido na Coreia do Sul, no centro de R&D, a estrutura desse motor foi feita mediante a utilização de injetores perfurados a laser, o que dá a ele a capacidade de tornar a combustão muito mais eficiente do que nos motores convencionais. Segundo a montadora, o principal aspecto de relevância do Kappa são que ele foi projetado com a finalidade de produzir quantidades menores de gás carbônico na atmosfera. Quando comparado com o GDI 1.6, motor também utilizado pela montadora, o Kappa tem a impressionante eficiência de combustível de 10% a 15% a mais que o modelo citado anteriormente.

Apesar de ter o tamanho bem reduzido, esse novo motor da Kia possui sistema de refrigeração tanto para as cabeças de cilindro quanto para o bloco do motor. Esse motor será colocado nos veículos somente após o quarto trimestre deste ano de 2015 e a primeira linha a recebê-lo será a Cee’d GT, que será lançado na Europa, porém, esse novo motor será também levado para outros modelos fabricados pela montadora em breve.

Com relação às especificações técnicas, o Kappa é capaz de produzir uma potência de 120cv e 17,5 kgfm de torque entre 1.500 e 4.100 rpm. Ele tem a sua propulsão feita pela gasolina, vale ressaltar que o desempenho desse novo motor é muito parecido com o Ford 1.0 Ecoboost, que será o motor utilizado pela montadora Ford nos modelos Focus, Mondeo e EcoSport na Europa, porém, já o motor da Ford é um pouco mais forte, pois é capaz de produzir uma potência de 125cv e 17kgfm entre 1.400 e 4.500 giros.

Por Adriano Oliveira