Fim do Mini Roadster e Coupé


A marca britânica Mini confirmou o fim da produção de dois automóveis que fizeram sucesso: o Mini Coupé e o Mini Roadster. Os dois veículos da Mini foram produzidos quando a companhia focava na produção de carros de dois lugares. Agora, a Mini está com toda a sua atenção voltada para a produção de carros de três e cinco portas, os hatch. O Mini Coupé fazia parte do portfólio da marca desde 2011 e o Roadster desde 2012. 

Segundo um pronunciamento feito pela marca Mini na última quinta-feira, 12 de fevereiro, a empresa deixará de produzir os Mini de dois lugares e iniciará a produção de outras cinco carrocerias. As novidades da marca serão a fabricação do Countryman, Clubman, Hatch com três e cinco portas e Conversível. Outro modelo que será fabricado pela Mini será uma espécie de subcompacto misturando os conceitos do Rocketman e do Superleggera.

Apesar das novidades em termos de carroceria serem limitadas, o número de motores é bastante amplo, há uma boa quantidade de opções quando se trata de motores. Hoje, a Mini disponibiliza tanto na Europa como nos Estados Unidos sete opções de motores que vão desde o menor e mais simples (1.2 com três cilindros) até o motor maior e mais potente (2.0 de quatro cilindros).

Ainda de acordo com as informações divulgadas pela Mini, o novo lançamento será o Clubman, um Mini bem mais espaçoso que o tradicional. Este virá com algumas sensíveis diferenças, principalmente no que diz respeito ao design da parte traseira, onde temos saídas de ar nas lareiras remodeladas, duas tampas no porta- malas, lanternas horizontais e placa no para-choque. A novidade mais expressiva nesta versão é a utilização de materiais muito mais requintados, incluindo acabamento em couro e detalhes nas cores azul e prata nas portas e no painel.

O Clubman será apresentado durante o Salão de Genebra, que acontecerá no mês de março.

Por Melina Menezes.