Novo Mercedes Classe S Conversível é Flagrado em Teste


A Mercedes busca deixar oculto, entretanto, existem fontes que sempre procuram buscar informações a respeito dos modelos. Neste momento, a previsão é relacionada ao Classe S Convertible, que foi visualizado sem parte da camuflagem na Suécia. O modelo possui quatro lugares e apresenta alterações na dianteira, onde pode-se citar a grade que possui o logotipo da empresa maior e no centro, diferente das versões antecedentes, que tinham a estrela sobre o capô. Além disso, os faróis possuem luzes de neblina integradas.

Entretanto, a dúvida ainda permanece na parte traseira, de forma básica devido à camuflagem. A nova geração do Mercedes Classe S Convertible será disponibilizada ao longo deste ano, entretanto, sem nenhuma data prevista.

O início da empresa Mercedes-Benz ocorreu no final do século XIX, no momento que Gottlieb Daimler e Wilhelm Mayback iniciaram a DMG (Daimler-Motoren-Gesellschaft) em 1890, com a meta de desenvolverem o automóvel pioneiro com base no motor de combustão interna. Esta também era a meta de Karl Benz, que havia iniciado sua companhia em 1883.

Em 1899, Emil Jellinek iniciou a competição com um automóvel desenvolvido pela DMG. Emil Jellinek e Wilhelm Maybach encomendaram 36 viaturas de um novo modelo, chegando ao consenso para inserirem o nome Mercedes.

A Mercedes disponibilizou em 1954 o 300 SL, sendo um modelo de sucesso por causa das portas com abertura em asa e pelo motor de 3000 cc com 215 cv, tendo a possibilidade de atingir os 250 km/h.

Em 1958, a Mercedes lançou as classes S e E. Com o objetivo da segurança, a empresa iniciou a implementação dos pontos fixadores para o cinto de segurança. Anos depois, iria implementar o sistema de travões ABS, sendo uma das pioneiras a adotá-lo.

Em 1994, a Mercedes modificou o esquema das denominações dos modelos, onde a motorização começou a aparecer após a classe. A Mercedes é atualmente uma das principais empresas de automóveis.

Felipe Couto de Oliveira