Mobi – Preço, espaço e motor podem afetar as vendas


A Fiat anda trabalhando para afastar a ideia de uma marca que só vende carro “barato”. O fato está tão presente na companhia que ela própria afirma que a novíssima picape Toro é a “cereja do bolo” servindo como um ícone para representar essa nova etapa da marca em terras brasileiras. No outro lado da moeda está outro lançamento: O Fiat Mobi. Um veículo pensado e desenvolvido para ser de uso urbano. Aspecto muito bem explicado pela presença exclusiva do motor 1.0. E é sobre ele que vamos ver alguns detalhes. Mas resumindo esses dois lançamentos mostram claramente que a marca está investindo em veículos mais sofisticados.

Voltando ao Mobi, basicamente o carro terá como missão ser o novo modelo de entrada. E se você estiver pensando o que será do Palio Fire… Bom, de acordo com a montadora ele deverá continuar no mercado por algum tempo.

O Mobi chega ao mercado como modelo básico e sendo assim já quebra alguns parâmetros que a marca tinha nesse setor. Mesmo sendo um modelo de entrada o design do carro está mais trabalhado. Além disso, ele é o único modelo a contar com poucos opcionais.

O que a Fiat está fazendo apesar de parecer novo não é. Outras marcas já adotaram a estratégia e obtiveram sucesso no Brasil. Por exemplo, hoje em dia não encontramos mais um Onix, um HB20 ou um Ford Ka que não conte com direção hidráulica e ar já de série. Quem ignorou esse fato foi a Volkswagen ao lançar o Up! lá em 2014.

Quando o Mobi foi anunciado havia uma certa expectativa de que o carro fosse um pouco mais barato. Mas a ideia foi extinta com a divulgação oficial dos preços. Mesmo a opção que não traz ar-condicionado tem sua faixa de preço acima dos R$30 mil.

Tirando o Up! praticamente todos os outros concorrentes do Mobi já passam a faixa dos R$40 mil. Mas o Mobi não fica muito atrás. A Way On, versão mais completa, os valores podem chegar a R$44 mil.

Além de ser menor do que o Uno o Mobi ainda tem outro problema além do tamanho. O “coração” do modelo é o mesmo do velho Palio Fire que tinha 4 cilindros e 75 cavalos. Futuramente a Fiat deve mudar isso, mas por enquanto…

De fato o design do carro chama a atenção. Mas dificilmente os aspectos positivos vão suplantar a questão do preço, do espaço e do motor. Mas quem sabe a Fiat tenha uma relativa sorte com o Mobi.Vamos aguardar para ver os resultados.

Por Denisson Soares


Novo Porsche 718 Cayman


A quarta e retrabalhada geração do cupê esportivo da Porsche com a presença de um motor central chegará este ano ao mercado, mas já chama a atenção por suas características marcantes. A versão traz um motor entre eixos e irá figurar na linha como complemento para a série 718 servindo como modelo de entrada. Veja mais detalhes logo abaixo.

O 718 Cayman chegará ao mercado com os novos motores turbo horizontais de quatro cilindros. A título de curiosidade esse é o mesmo bloco presente no 718 Boxster. Sendo assim, é a primeira vez que tanto o cupê quanto o roadster contam com a mesma potência.

É interessante chamar a atenção para o fato de que a versão de entrada começa com um motor de dois litros de cilindrada com capacidade de entregar 300 cv. No caso do modelo S temos 2,5 litros e capacidade para 300 cv.

Com a parte mecânica também trabalhada o 718 Cayman poderá ir de 0 a 100 KM/h em 4,7 segundos. O modelo S chega na mesma velocidade em 4,2 segundos.

A presença de um novo sistema de freios para o carro também é destaque com discos de 330 mm na dianteira e de 299 na traseira de diâmetro. Na verdade o conjunto de freios já é conhecido. Ele é o mesmo que foi usado em momento anterior pela marca no Cayman S.

A parte de dentro do carro também recebeu sua dose de alterações nas duas versões apontadas. Um exemplo é a saída de ar-condicionado que é nova. Além disso, vamos encontrar um novo volante esportivo e mais opções para conectividade. Entretanto, já vamos avisando que alguns “itens” não serão colocados a disposição dos consumidores brasileiros.

Quando chega? Ainda esse ano. De acordo com a marca o lançamento oficial para o mercado europeu deverá ocorrer na data do dia 24 de setembro. No mercado brasileiro o modelo deverá fazer a sua estreia um mais para o final do segundo semestre, mas também este ano.

Os preços e as especificações técnicas para cada região de comércio ainda não foram divulgadas. O jeito é aguardar mais um pouco…

Por Denisson Soares


Nona geração do Audi A4 chega ao Brasil


Mesmo considerando as dificuldades que a crise tem trazido para o setor de automóveis a Audi tem mostrado que não quer perder a posição de líder entre as marcas premium presentes no mercado nacional. E para fazer isso não quer parar e nem diminuir a velocidade de produção.

Para cumprir seu propósito a marca alemã quer trazer e disponibilizar para o consumidor brasileiro tudo quem tem para outros mercados. E meio que para provar que está mesmo disposta a isso a marca lançou recentemente o seu novo modelo do A4. Mesmo com preço salgado o sedã médio impressiona pelo acabamento além de trazer evoluções tecnológicas e estruturais.

O modelo está chegando aqui na sua nona geração. A primeira saiu em 1994 em substituição ao Audi 80. Mesmo estreando no mercado brasileiro agora é bom lembrar que o modelo já está disponível para o mercado europeu desde o ano passado.

O visual do A4 continua conservador. Nada de ousadia e esportividade. Um dos destaques na parte da frente são os faróis full-LED. Eles se adaptam aos desníveis e curvas e de quebra ainda não ofuscam a visão dos motoristas que estão dirigindo no sentido contrário.

O tamanho do carro também aumentou. Agora são 4,73m de comprimento e 2,82m entre-eixos. A mudança fez com que o espaço interno crescesse.

O interior não poderia ser diferente: É sofisticado. Bom acabamento e materiais de boa qualidade estão presentes. Um novo difusor de ar além de comandos mais bem localizados se destacam no painel. Outra coisa aqui que chama a atenção é o Audi Virtual Cockpit que além dos instrumentos ainda tem uma tela de oito polegadas que fica bem à frente do motorista.

O que move o carro é o novo motor 2.0 TFSI, de 190cv e 32,6 kgfm de torque. O bloco é associado a transmissão Stronic de sete marchas e dupla embreagem. O motor traz um bom desempenho. Além disso, há 25% de ganho no caso da potência e 21% de redução no aspecto do consumo. Agora com assistência elétrica o modelo traz novos sistemas de suspensão bem como de direção.

E tem mais novidade da Audi por aqui. Para a segunda metade de 2016 a marca já avisou que vai trazer para o Brasil o sedã Ambition.

Por Denisson Soares


Novo Audi A1 – Pré-Venda do Carro no Brasil


Veículo chegará ao país em duas versões e custará entre R$ 99.190 e R$ 116.190.

A grande e renomada fabricante de veículos automotores Audi já iniciou a pré-venda do modelo A1 em todas as concessionárias da marca espalhadas por todo o país. O veículo já pode ser encomendado pelos interessados pelo valor de R$ 99.190 e a fabricante garante aos clientes que adquirirem o veículo que ele será entregue ainda neste ano de 2015.

As mudanças mais significativas que ocorreram foram nos faróis, na grade dianteira e no para-choque, bem como nas lanternas, que ganharam novos desenhos.

O novo Audi A1 será disponibilizado em duas versões distintas, sendo estas a Attraction e a Ambition, ambas na configuração Sportback, com a presença de quatro portas.

A versão Attraction será comercializada pelo valor de R$ 99.190 e traz consigo um propulsor 1.4 turbo capaz de produzir uma potência máxima de 125 cavalos e um torque de 20,4 Kgfm, nessa versão o veículo vem de série com a presença de bancos revestido em tecido, ar condicionado convencional, comandos de som no volante, rodas de liga-leve no tamanho de 16 polegadas, airbags de cabeça e laterais, faróis de xenônio com presença de luz diurna de LED, sistema de controle de estabilidade, rádio do modelo MMI e sensor de ré.

Já a versão Ambition, topo de linha, será comercializada pelo valor de R$ 116.190 e virá de fábrica com um propulsor 1.8 capaz de produzir uma potência máxima de 195 cv e um torque de 25,5 Kgfm, as rodas são de 17 polegadas e a listagem de equipamentos e acessórios aumentam consideravelmente, sendo que os principais destaques ficam por conta da presença de ar condicionado digital, volante com shift-paddles, bancos no modelo esportivo, retrovisor eletrocrômico na parte interna, sensores de chuva e luz, bem como um sistema de som com qualidade superior.

A fabricante ainda disponibilizará outros dois kits de opcionais para os clientes personalizarem os seus veículos, mas vale salientar que neste caso o carrão irá sair bem mais caro.

Por Adriano Oliveira


Novo Suzuki Baleno 2016 terá novo design e novas tecnologias


Veículo deverá ser lançado no próximo ano e promete agradar em cheio os consumidores.

Vocês se lembram do Suzuki Baleno? Nos anos 90 ele chegou a ser vendido no Brasil e agora voltou com tudo: novo design, novas tecnologias e mais espaçoso.

Apresentado pela primeira vez no Salão de Genebra, o novo hatchback compacto da Suzuki, batizado de Baleno, será apresentado ao público em meados de Setembro.

Ainda sem muitos detalhes, o que se sabe é que o Baleno, de acordo com a Suzuki, irá combinar “design estiloso, amplo espaço interno e novas tecnologias”.

Uma dessas novas tecnologias inclui a tendência downsizing de motores. O veículo deverá ter um motor 1.0 Boosterjet, que tem o intuito de garantir o desempenho e o conforto dos carros com um toque de sustentabilidade, pois reduz as emissões de CO2 e outros poluentes. Vale lembrar que estes motores são também muito mais econômicos, pois o consumo de combustível é inferior ao das tecnologias convencionais.

O novo modelo também deverá estar disponível na versão híbrida SHVS. As dimensões do Baleno deverão ser próximas do estudo iK-2, com 4,02 metros de comprimento, 2,52 metros de entre-eixos, 1,92 metros de largura (com retrovisores) e 1,45 metros de altura. Vale lembrar que suas vendas estão previstas para 2016.

Com layout otimizado e várias tecnologias para diminuir o peso do carro, o novo Suzuki Baleno atenderá aos rigorosos padrões de tamanho e peso para carros compactos com leveza e elegância.

Com mais de 100 anos de história, a Suzuki ocupa o posto de 4ª maior fabricante de automóveis no Japão e a 9ª maior do mundo por volume de produção, já tendo atingido a marca de 50 milhões de carros vendidos em 201 países.

Para você que é amante de carros e gosta do assunto, vale a pena saber mais sobre esse lançamento tão esperado que combina tecnologia e inovação com iniciativas sustentáveis que garantem economia, boa performance e bom desempenho nas ruas.

Mais informações sobre o novo Suzuki Baleno serão divulgadas durante a Frankfurt Motor, que acontecerá dia 15 de Setembro.

Por Beatriz Duarte


Novo Lamborghini Urus será produzido a partir de 2018


Novo carro deverá ser lançado em 2018.

Após três anos de sua primeira aparição no Salão de Pequim, onde foi apresentado somente como conceito, o Urus finalmente teve sua produção confirmada pela Lamborghini, no mês de maio deste ano.

Segundo a montadora, a versão para produção do SUV terá grande semelhança com o conceito lançado em 2012, contrariando as expectativas, que previam o novo SUV completamente diferente do que foi apresentado no evento.

O modelo tem previsão para chegar aos consumidores no ano de 2018 e será produzido na fábrica de Sant'Agata Bolognese, localizada na Itália.

A previsão da Lamborghini é de que a produção seja de 3000 unidades do modelo por ano e prevê exportação para países como Rússia, China, Reino Unido e Estados Unidos, que atualmente são considerados os principais mercados que consomem os modelos da fabricante.

A fabricante também afirmou que para a produção do novo modelo estão previstos investimentos de centenas de milhões de euros e que a fábrica terá novas instalações, sua fábrica deverá dobrar de tamanho, com a instalação de uma nova linha de montagem e expandirá seu centro para pesquisa e desenvolvimento de novos modelos.

A introdução de um modelo novo na linha da Lamborghini representa para a empresa uma nova era e as inovações no ambiente corporativo tem que acompanhar esse crescimento.

Para a fabricação do novo modelo serão contratados ainda cerca de 500 novos funcionários.

As inovações não param de surgir na fábrica da Lamborghini. Depois de fabricar o Urus, com certeza a montadora aproveitará suas novas instalações para a fabricação de modelos novos e ousados, como é característico da empresa.

Otimista, a montadora aposta na inovação para conquistar cada vez mais o carinho e o prestígio de seus já fiéis consumidores.

Caso o Urus seja bem aceito no mercado, o representante da Lamborghini, Stephan Winkelmann afirma que a marca tem interesse em fabricar um crossover menor, a fim de concorrer com o Porshe Macan.

Por Patrícia Generoso


Novo Chevrolet Cobalt Graphite 2015 – Lançamento, Preço e Novidades


Chevrolet lança Novo Cobalt Graphote 2015. Versão especial do veículo custa de R$ 61.150 a R$ 64.690.

A Chevrolet apresentou recentemente o Novo Cobalt Graphite. O modelo nada mais é do que uma edição especial da versão LTZ, com acabamento diferenciado. Segundo a montadora, esta versão do veículo possuirá apenas 3 mil unidades e custará entre R$ 61.150 (versão manual) e R$ 64.690 (versão automática).

Entre as principais novidades desta nova versão do veículo, podemos citar a presença de faróis escurecidos, lâmpadas dos faróis com luz mais forte, frisos da porta na cor da carroceria e novas rodas de 15 polegadas com desenho exclusivo. Não bastasse isso, o carro ainda conta com adesivos alusivos à edição especial (no porta-malas, na coluna central, no para-lama e nas soleiras das portas) e possui bordado nos bancos dianteiros.

Comentando um pouco sobre as mudanças na parte interna do carro, podemos citar a presença de bancos em couro, o volante também com revestimento de couro, a moldura da central multimídia na cor preto brilhante, além de tapetes de carpete. Outra mudança que deve chamar a atenção dos usuários é a presença de uma coloração preta no painel do veículo (nas versões normais a cor utilizada é cinza).

Entre os itens de série presentes no veículo podemos citar o sensor de estacionamento, o ar condicionado, o volante multifuncional com ajuste de altura, os vidros e travas elétricas, os retrovisores elétricos, o computador de bordo, os faróis de neblina, a câmera de ré, a presença de TV Digital, entre outros itens. 

Falando agora um pouquinho sobre o seu motor, a versão especial do carro conta com um propulsor 1.8 Flex de 108 cv de potência e 17,1 kgfm de torque (valores com etanol). Já o câmbio poderá ser manual de cinco marchas ou automático de seis.

Já as cores disponíveis do carro são: Grafite, Preta, Prata, Bege e Branca.

Novo Chevrolet Cruze:

Ainda falando sobre a Chevrolet, recentemente a montadora apresentou o seu Novo Chevrolet Cruze. As primeiras imagens do carro foram divulgadas pela empresa através de um teaser onde podemos observar uma parte da parte frontal do carro. A nova geração do Chevrolet Cruze será apresentada oficialmente ao público no dia 24 de junho, no Salão de Detroit. Embora a montadora não tenha confirmado a chegada do Novo Cruze no Brasil, é bem provável que isso aconteça, uma vez que a montadora já deixou claro que o Brasil é um dos principais mercados consumidores do veículo no mundo.


Novo Mitsubishi Outlander 2016 – Novidades e Preço no Brasil


Mitsubishi inicia as vendas do Novo Outlander 2016 no Brasil. Crossover custa a partir de R$ 114 mil.

O Mitsubishi Outlander 2016 finalmente foi lançado no Brasil. O crossover, que havia sido apresentado no Salão de Nova Iorque em abril, chegará em solo brasileiro importado, porém, deverá ser produzido em breve na fábrica da montadora na cidade de Catalão, no estado de Goiás.

O veículo passou por diversas mudanças visuais e mecânicas. Visualmente, as principais novidades estão na parte frontal do carro, onde podemos ver uma grade cromada bastante moderna, que certamente deverá ser utilizada também em outros modelos da marca. Já na parte mecânica, podemos citar o aumento na rigidez da estrutura do chassi e também o reforço no isolamento acústico.

Outra grande novidade deste crossover está na presença do motor 2.2 turbodiesel. Este propulsor conta com 4 cilindros em linha, possui 16 válvulas, conta com injeção direta de combustível e possui intercooler e turbocompressor. Vale lembrar que este motor consegue oferecer até 36,7 kgfm de torque entre 1.500 e 2.750 rpm. Este valor é superior ao alcançado pelo motor V6, que atinge até 31 kgfm de torque. Para aqueles que não sabem, quanto maior o torque mais facilidade o veículo terá para sair, além de possuir maior capacidade de tração. Falando agora um pouquinho sobre a potência, o motor 2.2 turbodiesel oferece até 165 cv (atingida a 3.500 RPM), enquanto que o motor V6 fornece até 240 cv de potência (atingida a 6.250 RPM). O Outlander 2016 possui ainda uma versão de entrada com motor 2.0, que oferece até 160 cv de potência.

Entre os itens de série presentes em todas as versões do veículo estão: luzes de LED na traseira, rodas de liga leve de 18 polegadas, teto solar e retrovisor interno eletrocrômico, que evita o ofuscamento com luzes durante a noite.

Ao todo, o Mitsubishi Outlander 2016 é oferecido em 4 versões: 2.0 4×2, GT 3.0 4×4, GT 3.0 Full Technology 4×4 e 2.2 Turbodiesel 4×4. Os preços do veículo variam de acordo com a versão escolhida, mas ficam com valores entre R$ 114.990 e R$ 173.990. Confira abaixo as diferenças de cada uma das versões:

  • Mitsubishi Outlander 2.0 4×2: O carro possui motor 2.0, câmbio automático CVT de 6 marchas, além de faróis de neblina, espelhos retrovisores externos elétricos com rebatimento, rack e teto-solar, banco do motorista com ajuste elétrico, bancos dianteiros com aquecimento, revestimento em couro, ar condicionado digital, direção elétrica, volante multifuncional com aletas, piloto automático, sistema multimídia (com CD/MP3/DVD, Mini SD-Card, Bluetooth e USB), rodas de 18 polegadas, trio elétrico, sensor de chuva e de luz, além de airbag (frontal, lateral, de cortina e para o joelho do motorista).
  • Mitsubishi Outlander GT 3.0 4×4: O carro conta com motor 3.0 V6, possui câmbio automático sequencial de 6 marchas, além de contar com todos os itens do Outlander 2.0, mais navegação por GPS no sistema multimídia, ar condicionado digital de 2 zonas, assistente de partida em rampa e de freio, controle eletrônico de estabilidade e tração 4×4 com 3 modos de operação.
  • Mitsubishi Outlander GT 3.0 Full Technology 4×4: O carro possui exatamente as mesmas coisas da versão GT 3.0, mas conta ainda com maçanetas cromadas, faróis em LED com lavador e regulagem automática de altura, bancos traseiros deslizantes, câmera de ré, tampa do porta-malas com abertura e fechamento eletrônicos, sensor de estacionamento, controle de cruzeiro adaptativo, frenagem automática para colisões dianteiras até 30 km/h e aviso de mudança não intencional de faixa.
  • Mitsubishi Outlander 2.2 Diesel 4×4: O carro possui exatamente as mesmas coisas que a versão GT 3.0 Full Technology. A única diferença está na presença do motor 2.2 Turbodiesel.

Para efeitos de comparação, segue aqui os três principais concorrentes que o Mitsubishi Outlander terá em solo brasileiro: Toyota Hilux SW4 (que possui motor 3.0 e custa R$ 196 mil), Chevrolet Trailblazer (que possui motor 2.8 e custa R$ 183 mil) e Land Rover Discovery Sport (que possui motor 2.0 e custa R$ 179 mil).

A Mistubishi também divulgou as suas pretenções com o lançamento do novo Outlander 2016. Segundo os executivos da montadora, a empresa espera vender cerca de 800 unidades do novo modelo por mês no Brasil. Isso significa um aumento bastante expressivo nas vendas, de aproximadamente 50%, se compararmos com o período de janeiro a abril deste ano, quando foram registradas as vendas de 500 unidades do carro. Espera-se que a versão com motor 2.0 seja responsável por metade das vendas do veículo. 


Honda HR-V foi lançado oficialmente no Brasil


O modelo tem versões a partir de R$ 69 mil e o seu preço de mercado pode chegar até mais de R$ 88 mil.

A Honda trouxe uma novidade bastante interessante para o mercado brasileiro de automóveis em 2015: trata-se do novo Honda HR-V. Vale ressaltar que no dia 06 de março a montadora divulgou os preços oficiais do automóvel. Além disso, a montadora também informou que o automóvel passa a ser comercializado oficialmente a partir de 15 de março. O novo Honda HR-V possui as versões LX, manual e CVT; EX; e EXL, CVT.

Como já foi informado, a Honda já divulgou os preços oficiais das versões do Honda HR-V. Logo abaixo você pode conferir os preços:

LX MT – R$ 69.900
LX CVT – R$ 75.400
EX CVT – R$ 80.400
EXL CVT – R$ 88.700

É importante destacar que haverá um acréscimo de R$ 1.200 para aqueles que optarem pela pintura metálica ou personalizada.

Esse automóvel é bastante esperado entre os clientes, haja vista dispor de muitos itens de série, bem como ser bastante moderno e confortável. Entre os itens presentes em todas as versões, podemos destacar: direção elétrica, ar-condicionado, vidros, travas e retrovisores elétricos, airbags frontais, isofix (destinado à fixação de cadeiras infantis), pneus 215/55 R17, rádio com suporte para CD e MP3, entradas USB e auxiliar, comandos de conexão do celular no volante, ajuste de altura para o banco do motorista e volante com regulagem de altura e profundidade.

Além disso, saiba que quando o assunto é segurança o Honda HR-V também se destaca. Esse carro conta com itens de segurança de extrema qualidade e eficiência. O lançamento da Honda vem acompanhado de controles de tração e estabilidade além de freio de estacionamento elétrico.

A versão top de linha do Honda HR-V é a EXL. A mesma dispõe de tela multimídia sensível ao toque e de sete polegadas que vem acompanhada de GPS e câmera de estacionamento com excelente resolução. Além disso, a versão EXL também possui outras exclusividades, entre as quais estão: duas entradas USB no console, entrada HDMI, tomadas 12V, ar-condicionado digital, medidor de temperatura externa, comando de voz para celular, bancos de couro dentre outros itens.

Por Bruno Henrique


Jeep Renegade 2015 – Lançamento e Preço no Brasil


Novo Jeep Renegade será lançado no Brasil no Próximo Mês.

 

O Jeep Renegade será disponibilizado no dia 10 de abril. A garantia foi realizada no site oficial da empresa. O Jeep nacional pioneiro também já teve a ferramenta para montagem do veículo, que oferece especificações das versões, conjunto mecânico, paleta de cores e opcionais. Os valores oficiais, entretanto, ainda não foram informados, contudo, poderão ser entre R$ 68 mil e R$ 105 mil.

A lista de componentes de série também não foi anunciada no site. É previsto que o modelo possuirá ar condicionado, controle eletrônico de estabilidade, direção elétrica, assistente de partida em rampa, rádio integrado e freio de estacionamento elétrico. O conjunto qualificado é segundo a companhia, uma das forças do Renegade contra o Ford Ecosport e o novo Honda HR-V, que possuem valores e versões já divulgados.

O Jeep Renegade será comercializado em três especificações de acabamento, sendo Sport, Longitude e Trailhawk. A versão de entrada (Sport) poderá possuir motor 1.8 flex de 130/132 cavalos potência e 18,6/19,1 kgfm de torque, com transmissão manual de cinco velocidades ou automática de seis. As pessoas que desejarem também poderão escolher o motor 2.0 turbo diesel de 170 cv de potência e 35,6 kgfm de torque, tendo a caixa automática de nove velocidades e sempre com tração 4×4.

A paleta de cores possui cinco alternativas, sendo Vermelho Colorado, Verde Comando, Branco Ambiente, Preto Shadow e a metálica Prata Melfi. A versão mediana (Longitude), por sua vez, tem mais tonalidades presentes. No total, são nove cores, com a alternativa do teto preto e a carroceria colorida. Ele possuirá as duas alternativas de motorização, entretanto, com a ausência da alternativa da transmissão manual para o motor 1.8 flex.

Já a versão de elite (Trailhawk), por sua vez, será oferecida apenas com o motor 2.0 turbodiesel e transmissão automática de nove velocidades. Somado a isso, o veículo possui sensor crepuscular, sensor de chuva e suspensão off-road, ela também possui uma cor única denominada Laranja Aurora.

O Jeep Renegade fo apresentado ao público no ano passado, durante o Salão de Genebra. O veículo, que foi desenhado pelos designers Jeremy Glover e Ian Hedge, se destaca por ser o primeiro Jeep produzido na Itália e por apresentar referências estéticas aos antigos Jeep Militares. Além da Itália, o Jeep Renegade também é produzido nos Estados Unidos e no Brasil (na fábrica de Goiana-PE). O Crossover possui 4,230 mm de comprimento, 2,570 mm de entre-eixos, 1,800 mm de largura e 1,690 mm de altura. O carro terá como principais concorrentes: o Chevrolet Tracker, o Ford EcoSport, o Honda Vezel e o Renault Captur.

Jeep Renegade 2015

Jeep Renegade 2015 2

Jeep Renegade 2015 3

Jeep Renegade 2015 4

Felipe Couto de Oliveira


Novo Mercedes Classe S Conversível é Flagrado em Teste


A Mercedes busca deixar oculto, entretanto, existem fontes que sempre procuram buscar informações a respeito dos modelos. Neste momento, a previsão é relacionada ao Classe S Convertible, que foi visualizado sem parte da camuflagem na Suécia. O modelo possui quatro lugares e apresenta alterações na dianteira, onde pode-se citar a grade que possui o logotipo da empresa maior e no centro, diferente das versões antecedentes, que tinham a estrela sobre o capô. Além disso, os faróis possuem luzes de neblina integradas.

Entretanto, a dúvida ainda permanece na parte traseira, de forma básica devido à camuflagem. A nova geração do Mercedes Classe S Convertible será disponibilizada ao longo deste ano, entretanto, sem nenhuma data prevista.

O início da empresa Mercedes-Benz ocorreu no final do século XIX, no momento que Gottlieb Daimler e Wilhelm Mayback iniciaram a DMG (Daimler-Motoren-Gesellschaft) em 1890, com a meta de desenvolverem o automóvel pioneiro com base no motor de combustão interna. Esta também era a meta de Karl Benz, que havia iniciado sua companhia em 1883.

Em 1899, Emil Jellinek iniciou a competição com um automóvel desenvolvido pela DMG. Emil Jellinek e Wilhelm Maybach encomendaram 36 viaturas de um novo modelo, chegando ao consenso para inserirem o nome Mercedes.

A Mercedes disponibilizou em 1954 o 300 SL, sendo um modelo de sucesso por causa das portas com abertura em asa e pelo motor de 3000 cc com 215 cv, tendo a possibilidade de atingir os 250 km/h.

Em 1958, a Mercedes lançou as classes S e E. Com o objetivo da segurança, a empresa iniciou a implementação dos pontos fixadores para o cinto de segurança. Anos depois, iria implementar o sistema de travões ABS, sendo uma das pioneiras a adotá-lo.

Em 1994, a Mercedes modificou o esquema das denominações dos modelos, onde a motorização começou a aparecer após a classe. A Mercedes é atualmente uma das principais empresas de automóveis.

Felipe Couto de Oliveira


Yamaha MT-07 – Lançamento e Preço da Moto no Brasil


Segunda pertencente da família MT a ser recebida no Brasil, a Yamaha MT-07 chega com receita atrativa para competir com a Honda CB 500F, a Suzuki Gladius 650 e a Kawasaki ER-6m no ramo de nakeds urbanas. A nova moto possui um motor moderno de 700 cc, conta com um design atrativo, tem comportamento dócil e seu valor recomendado de R$ 26.990 para a versão básica e de R$ 28.490 para aquela que possui freios ABS (antitravamento).

Presente em três cores, sendo branca, cinza fosco e vermelha, o modelo será recebido em março nas lojas de todo o Brasil. De acordo com a empresa, o objetivo é vender cerca de 350 unidades da moto por mês.

Através de traços significativos, da mesma forma como os da semelhante maior (a MT-09), a MT-07 possibilita atingir ao ponto máximo o conceito de naked: motor, quadro e outros componentes são bem visíveis, a aparência do farol em formato de diamante indica que no local existia uma carenagem que foi removida. A cobertura do tanque poligonal foge do comum. Na parte do lado, existem duas entradas de ar com a insígnia dos três diapasões, completando o design sofisticado.

Embora a massa esteja concentrada na parte dianteira, a naked também acrescenta esportividade através da rabeta alta, do assento bipartido e da lanterna de LED embutida. O escapamento curto presente no lado direito auxilia na centralização de massas.

A MT-07 possui um motor com 2-cilindros paralelos (no lugar de tricilíndrico). Apesar de possuir menor capacidade cúbica, o propulsor evidencia torque em expansiva faixa de rotações, onde estão presentes 6,9 kgfm a 6.500 rpm. Entretanto, uma significativa parte da força é entregue a 2.500 giros, que possibilita que a pilotagem seja mais simples para pessoas que estão começando, confirmando emoção com acelerações potentes.

O guidão está mais elevado e recuado em relação ao MT-09. Já as pedaleiras estão presentes mais à frente e abaixo.

Felipe Couto de Oliveira


Novo Lexus NX200T – Concorrente do Evoque chega ao Brasil


A marca Lexus divulgou no dia 9 de fevereiro que irá lançar o seu modelo NX200T no Brasil. Este será o primeiro modelo turbo da marca de luxo, onde estima-se que já tenham sido comercializados em média de 75 exemplares. O veículo NX200T irá competir no mercado com o Range Rover Evoque.

O modelo será disponibilizado nas versões Luxury e F-Sport, com valores no mercado de R$ 216 mil e R$ 236 mil, de modo respectivo. A mecânica das duas versões será com o motor 2.0 turbo, contendo quatro cilindros e injeção direta. O motor é movido somente a gasolina e é capaz de gerar 238 cavalos de potência, tendo uma transmissão automática de seis velocidades. O veículo possui também um controle de torque por demanda, o qual aumenta a resposta em circunstâncias de arrancadas do veículo, diminuindo assim o consumo de combustível.

No interior do veículo da versão Luxury estão inclusos vários equipamentos, como por exemplo, ar-condicionado digital, detector de ponto cego, faróis de LED, opção de acesso e partida sem chave, um conjunto de 10 airbags, além de central multimídia integrada com TV digital e piloto automático com comando de cruzeiro adaptativo. Já na versão F-Sport, o modelo apresenta um estilo mais esportivo, com a exclusividade de rodas de liga-leve maiores e os bancos com um formato especial e arremate em aço escovado nos pormenores do painel.

A marca Lexus possui duas concessionárias no Brasil, que estão em São Paulo. O grande diferencial no veículo é o seu design requintado juntamente com os detalhes ousados. Com esta inovação, a Lexus pretende alcançar uma abrangência no mercado, conquistar diversos clientes e desta maneira se destacar no setor de carros de luxo. Neste sentido, a Lexus busca aprimorar ainda mais a qualidade dos seus modelos, incluindo neles os equipamentos mais recentes do mercado, com uma alta tecnologia.

Felipe Couto de Oliveira


Golf Variant GTD – Nova Versão Esportiva a Diesel


A Volkswagen irá adicionar em breve ao mercado uma versão a diesel do Golf Variant, chamada Gran Turismo Diesel (GTD). Trata-se da primeira opção esportiva a diesel do wagon, que até então estava disponível apenas para o modelo hatch. A novidade, no entanto, não tem previsão de chegada ao Brasil, já que ainda não é possível importar nem o modelo convencional do Golf Variant.

Com fotos já disponíveis na internet, o modelo será apresentado oficialmente no Salão de Genebra, que será realizado no mês de março deste ano.

Assim como a Ford anunciou recentemente o Focus ST Estate com uma versão a diesel pela primeira vez, a Volkswagen também transferiu para a versão wagon o tipo de motor e as modificações da versão esportiva provenientes do hatch.

O carro contará com motor TDI 2.0 de 184 cavalos, capaz de atingir 100 km/h a partir do repouso em apenas 7,9 segundos, com o câmbio manual de seis velocidades. Como comparação, o modelo wagon gasta 0,4 segundos a mais para atingir a velocidade em relação ao hatch, porém, ele é cerca de 100 kg mais pesado.

Quanto ao consumo, o modelo gasta pouco por ser uma versão esportiva, percorrendo uma média de 22 km por litro de diesel.

Originalmente, as rodas serão disponibilizadas com aro de 17 polegadas, mas o comprador poderá adicionar rodas 18 polegadas e pinças de freio vermelhas para dar um ar ainda mais esportivo ao carro.

Adicionalmente, o veículo recebeu um spoiler no teto, lentes fumê nas lanternas traseiras, faróis bi-xenon e escapamento com duas saídas.

A suspensão em relação ao modelo convencional também sofreu alteração, sendo cerca de 15 milímetros mais baixa.

De acordo com a Volkswagen, as vendas do modelo começarão no mês de Abril, porém, ele só chegará às ruas pela primeira vez em Junho. O preço oficialmente será revelado apenas no Salão de Genebra, mas acredita-se que custará cerca de R$ 93 mil.

Rannier Ferreira Mendes


Nissan Kicks – Montadora divulga Imagem do Novo Carro


Um teaser do SUV Kicks foi revelado pela Nissan, exibindo sua frente bem idêntica à do conceito que foi visto no Salão do Automóvel de São Paulo 2014.

A empresa é a patrocinadora da escola de samba Salgueiro e a exibição, às vésperas do início dos desfiles de Carnaval, pode ser mais uma estratégia de marketing da marca. Vale lembrar que ano passado o Versa Note (ainda sem nenhuma cogitação para o mercado nacional) apareceu durante o desfile da escola carioca, sobre o carro alegórico.

Além disso, a Nissan é patrocinadora das Olimpíadas 2016 e o Kicks deverá aparecer também para promover este evento. Afinal, o Brasil é um dos países mais cogitados para a fabricação do crossover compacto.

O Kicks deverá ser mostrado por completo ainda este ano. Já o seu lançamento deve ocorrer em 2016, para encarar a concorrência de nomes como Chevrolet Tracker, Ford EcoSport, Renault Duster, entre outros.

Ainda não existe informações sobre o local onde o novo modelo será fabricado, mas é possível que o Brasil esteja entre os países favoritos para a produção, bem como o México. José Luis Valls, presidente da Nissan para a América Latina, foi quem afirmou em uma recente entrevista para o site UOL Carros, que o mercado pode ser favorecido pela marca, devido principalmente às exigências de livre comércio e do Inovar Auto.

Assim como a Honda adotou a ideia de fabricar o seu HR-V em mais de um país, a Nissan pode investir nessa estratégia para atender aos mercados do bloco.

"Há muito a avançar, queremos ser os primeiros entre as marcas japonesas, mas também temos planos de chegar a 3% de participação em 2015, 5% até 2016 e, num futuro a médio prazo, nos colocarmos perto dos líderes", afirmou o executivo durante a entrevista.

Claro que para isso será necessário ampliar e aprimorar a cobertura de lojas e oficinas no Brasil, isso deve ter início ainda esse ano. "É um produto fundamental para o Brasil e vamos ter novidades ainda em 2015", concluiu o presidente da marca.

Daniel Cavalcante


Corvette Z06 chega a 100 km/h em menos de três segundos


Dados fornecidos pela Chevrolet mostram as especificações técnicas da mais nova linha do Corvette. Para adquirir uma máquina como essa os amantes dos super carros terão que desembolsar a bagatela aproximada de 196.000 reais.

O incrível modelo faz de 0 a 100 km/h em 3 segundos, isso se deve à combinação de vários fatores como a tecnologia da aerodinâmica (que possibilita uma aceleração feroz e mesmo em altíssima velocidade) e a estabilidade.

O Corvette Z06 é equipado com motor 6.2 V8 que rende 650 cv com opção de câmbio automático de 8 velocidades e manual contendo sete velocidades. A potência chega a 62,2 kgfm de torque.

E as novidades e maravilhas desse carrão não param por aí, sua estrutura de alumínio é 57% mais rígida e mesmo assim é 45 quilos mais leve que o conversível lançado anteriormente. O sistema da capota é totalmente automático, um botão realiza essa função com o carro em movimento e parado pode ser controlado na chave.

O modelo permite uma cabine totalmente silenciosa com a capota fechada devido às 3 camadas de espessura do design, e quando quiser andar com a capota abaixada, a mesma se encaixa perfeitamente debaixo da tampa do tonneau que possui a mesma coloração da carroceria.

A Chevrolet afirma que o design compacto do motor é um dos motivos para que chegue de 0 a 100 km/h em 3 segundos, ele reduz o centro da gravidade do veículo. Está disponível também no pacote de desempenho um sistema de óleo de cárter seco.

Os melhores carros disponíveis no mercado recebem o melhor dos cuidados que tiram qualquer sombra de dúvida da sua qualidade e eficiência, o Corvette com certeza faz parte dessa lista, ele já vem de fábrica com Chevrolet Complete Care, que garante 2 anos ou 40.000 Km de manutenção programada. Além de 5 anos de assistência na estrada com transporte cortesia.

Essa máquina surpreende mais uma vez com uma incrível combinação de precisão e desempenho, a engenharia mecânica é brilhante. Um veículo projetado para servir o motorista, composta de materiais mais leves que consequentemente reagem com eficácia a cada imput humano, você manda ele obedece.

Por Luciana Ap. Santos e Silva


Nova Picape Hyundai Santa Cruz Concept é apresentada no Salão de Detroit


Na mais famosa feira de carros do mundo, que acontece em Detroit, nos Estados Unidos, a marca Hyundai mostrou que não quer ficar de fora do ramo das picapes. No estande da empresa, a sul-coreana apresentou seu mais novo modelo de picape, a Santa Cruz Concept, que é uma mistura de nomes da Santa Fe com a Vera Cruz. Com isso, a empresa deu a cartada para ganhar os consumidores que querem luxo e modernidade.

O modelo deve entrar na linha de produção em 2016, mas pela apresentação do veículo pela marca, ele será menor que as concorrentes americanas. Mesmo assim a Hyundai apresentou a Santa Cruz de uma forma mais arrojada que as outras marcas. As lanternas são puxadas para horizontal e acabam tomando espaços na tampa do porta-malas. A carroceria possui fortes vincos, uma grade hexagonal, além de faróis chamativos.

O objetivo da empresa, segundo um executivo da marca, é angariar um público mais jovem, que gosta de picapes, mas que prefere elas menores. Olhando a nova Santa Cruz Concept parece que ela tem apenas duas portas. Contudo, para o passageiro entrar nos bancos traseiros as portas se abrem de maneira invertida e o melhor: não muda ou estraga a estética do modelo. Outra parte que chama a atenção são as grandes rodas que a marca produziu, além das pinças de freio Brembo na cor amarela e dos pneus Michelin. E mesmo sendo menor que outras picapes, a Santa Cruz possui também um extensor de caçamba, o que ajuda a maximizar o espaço para cargas como de uma picape de médio porte.

Outra novidade proporcionada da Hyundai para a Santa Cruz é que o carro pode produzir até 190 cavalos de potência e 41,7 kgfm de torque, devido ao motor escolhido, que é um 2.0 litros turbodiesel. Além disso, o veículo tem tração nas quatro rodas.

Por Carolina Costa


Volkswagen apresenta Novo Polo R WRC 2015


Embalada por ter vencido as duas últimas edições do campeonato mundial de Rali, nas categorias de construtores e pilotos, a montadora alemã Volkswagen fez a apresentação oficial do novo modelo do Polo R WRC, o qual será utilizado pelos competidores nas competições da temporada de 2015.

Algumas modificações foram realizadas se comparado com o modelo anterior, pois a pintura ganhou grafismos novos onde ficam as logomarcas dos patrocinadores, bem como no conjunto óptico. Outra mudança que se tornou bem visível foi a dos faróis, que ficaram semelhantes aos dos carros de produção, já o aerofólio do hatch foi substituído por um novo modelo.

Para essa nova edição do veículo houve também algumas melhorias mecânicas, tais como a inserção de um novo sistema de acionamento hidráulico e borboletas para que os pilotos possam ter mais praticidade e assim conseguirem realizar as mudanças de marchas na parte posterior do volante e não mais naquele modelo mais comum de câmbio acionado pela alavanca que fica posicionada entre os bancos dos veículos.

Outra melhoria que irá trazer uma otimização de rendimento desse veículo nas competições foi a reestruturação de 75 % dos componentes que faziam parte da versão anterior, essa otimização irá fazer com que o veículo tenha ganhos importantes nas competições, tais como redução de peso, simplicidade e maior resistência. O certo é que como o Polo R WCR é um veículo destinado às competições, os projetistas que trabalharam na criação dessa nova versão 2015 com certeza trabalharam no sentido de criar um carro mais robusto, eficiente e com certeza mais rápido e dinâmico.

Apesar de a Volkswagen não ter divulgado maiores detalhes a respeito da motorização desse veículo, especialistas do ramo acreditam que esse veículo possivelmente possa superar os 315 cv e 43,3 kgfm de torque em seu motor, que é o 1.6 turbo, com o mesmo sistema de injeção direta de combustível que já era utilizada na versão anterior.

Por Adriano Oliveira


Novo Chevrolet Cruze deve chegar ao Brasil em 2016


A Chevrolet traz ao público brasileiro o novíssimo Chevrolet Cruze 2015. O carro contará com um motor importado e deve estacionar no território tupiniquim no início de 2016. O carro contou com uma sútil reformulação de design, porém, o principal não está no visual. Em verdade as mudanças visuais foram limitadas e o único item totalmente novo do sedã é o para-choque dianteiro. A grade frontal do carro está maior e sai do padrão em colmeias em prol de barras horizontais cromadas. As molduras dos faróis cresceram, nada que chame muito a atenção. Nesse aspecto o carro ganhou luzes diurnas de Led. O interior conta apenas com novas cores de revestimento interno. Nada surpreendente ou digno de nota.

O carro conta com dois recursos na chave canivete, sendo um já existente em outros modelos e um novo. O Comfort Closing é capaz de fechar ou abrir todas as janelas do carro com o pressionar prolongado de um botão. Esse recurso já estava presente no Astra mais antigo. O outro recurso, a novidade, é o sistema de partida a distância. Com o carro travado é possível fazer com que o carro ligue o motor e o ar-condicionado na última programação, tudo isso à distância do carro. Esse sistema é muito bem vindo em dias quentes e funciona por 15 minutos antes que alguém entre no carro. Se ninguém entrar o sistema se desliga automaticamente.

Quando comparadas as inovações do carro às de seus concorrentes, há uma pitada de decepção. O Toyota Corolla e o Nissan Sentra passaram por reformulações pesadas para conquistar mais mercado. O carro acaba deixando um pouco a desejar nessas reformulações.

Por outro lado, o Cruze é o segundo colocado na pesquisa de satisfação dos proprietários, o que mostra que o carro em si é consistente. O motor foi reprogramado nessa nova versão e propicia ao condutor menos trancos, trocas de marchas mais rápidas, além de maior economia de combustível.

Chevrolet Cruze 2015

Por Nosf


Novo Volkswagen Fox 2015 traz Novidades aos Motoristas


A Volkswagen entrega agora ao consumidor a mais nova versão do Fox, que promete um salto tecnológico e várias novidades em conforto. O carro foi lançado em 2003, ganhando uma nova versão em 2009. Entre o fim de 2014 e início de 2015, uma nova reformulação será entregue aos consumidores. A empresa traz ao carro um novo design e novas tecnologias a serviço do motorista no reformulado hatch Fox. Os preços variam entre R$ 35.900 e R$ 48.490.

O visual segue o já visto em outros modelos atuais da empresa. O capô segue mais alongado e a grade frontal sofreu uma certa afilada. Essas características deixaram o carro com um ar um pouco mais imponente, ainda que seja um hatch. Os faróis contam com linhas mais retas, que também combinam com o novo visual do carro. O para-choque dianteiro agora conta com luzes de neblina integradas. Na traseira é possível observar uma dupla lanterna, já vista em outros modelos maiores como o caso do Golf. O porta-malas conta com um dispositivo Easy Trunk para facilitar a sua abertura. As modificações de visual não se limitaram ao exterior. O interior também conta com um visual mais moderno, com alterações nos volantes e saídas de ar. A versão Highline conta com um sistema de áudio e possibilidade de integração com sistema de GPS.

Todos os modelos contam com direção com assistência elétrica. Nas linhas Comfortline e Bluemotion o carro conta com o sistema Park Pilot como opcional e este ainda é item de série na versão Highline. A versão Highline conta ainda com diversos adereços a mais como controle de tração, controle eletrônico de estabilidade, faróis de neblina com luz de conversão estática, entre outros.

O carro conta com motorização de 1.0 litros ou 1.6 litros. A versão de 1.6 litros conta com outra novidade: um câmbio manual de seis marchas, que dá ao carro respostas mais rápidas e maior eficiência no consumo de combustível.

Novo Fox 2015

Por Nosf


Honda HR-V 2015 – Novidades, Preço e Lançamento no Brasil


Na última terça-feira, dia 13 de dezembro, a Honda apresentou o seu novo carro HR-V, veículo que será produzido em sua fábrica de Sumaré (SP) e que tem previsão de lançamento para março deste ano. A apresentação do carro ocorreu durante o Salão do Automóvel de Detroit (EUA). Segundo as informações fornecidas pela montadora, o carro custará pouco menos de R$ 80 mil (em sua versão mais barata).

Com a apresentação do carro, foi possível detalhes do veículo em sua versão americana. Apesar disso, a Honda afirmou que a versão brasileira do veículo será basicamente a mesma, apenas com algumas diferenças em sua parte externa.

Entre os itens de série que estarão presentes na versão brasileira estão: o Freio de Estacionamento Elétrico e o Sistema de Rebatimento dos Bancos (que é igual ao do Honda Fit).

Quanto as versões do veículo, elas seguirão a mesma nomenclatura utilizada pelos outros carros da marca (Honda Fit e City). Sendo assim, o HR-V terá as versões DX (mais básica), LX, EX e EXL (top de linha).

Vale lembrar que as versões EX e EXL terão itens de série bastante luxuosos, como ar condicionado digital com tela touchscreen substituindo os botões. Em contrapartida, o carro não deve ter equipamentos como partida sem chave.

Com relação ao motor, o Honda HR-V deverá utilizar o motor 1.8, que também é utilizado no Honda Civic LXS. A potência do veículo não foi informada.

Confira abaixo algumas fotos do carro:

   Honda HR-V
Honda HR-V 2

Honda HR-V 3

Honda HR-V 4


Novo Renault Logan Exclusive – Lançamento e Preço


Para quem é apaixonado por carro e não abre mão da exclusividade, a série limitada Exclusive do Renault Logan pode ser uma boa opção.

Essa série especial criada pela Renault para o Logan traz de série piloto automático equipado com controlador e limitador de velocidade; roda de liga leve de 15 polegadas com desenho desenvolvido especialmente para essa série; central multimídia de 7 polegadas com rádio, Bluetooth, GPS e câmera de ré; além de ar condicionado. O veículo conta também com exclusivo vidro elétrico do lado do motorista, equipado com o sistema “one touch” (bastando apenas um toque para subir ou abaixar o vidro) e banco de couro exclusivo.

O preço é bastante atrativo: R$ 53.470 com câmbio automático e R$ 51.070 com câmbio manual. De acordo com a Renault, essa linha especial vem com uma economia de R$ 710 se comparado com à versão Dynamique 1.6, que vem de fábrica com os mesmos equipamentos. A linha Exclusive conta com motor 1.6 8V.

Para quem já conhece a linha Dynamique, a motorização é a mesma, ou seja, 1.6 8V, que rende 106 cv com etanol e 98 cv com gasolina. Com gasolina o torque é de 14,5 mkgf e com etanol de 15,5 mkgf, a 2.850 rpm. Tanto o câmbio manual quanto o automatizado são de cinco marchas.

No que se refere a parte estética do carro, as diferenças não são muitas, basicamente se limita as rodas (que tem acabamento escurecido), aos adesivos escrito “Exclusive” nas laterais do carro e aos retrovisores (que são pretos e brilhantes). Por dentro do carro a diferença é o painel em um tom de cinza escuro e o adesivo “Exclusive” no volante.

É possível comprar o carro nas cores cinza, prata, preta ou branca. Por ser uma série especial, apenas 3.000 unidades do veículo serão produzidas.

Vale avaliar se com o mesmo valor do Renault Logan Exclusive é possível comprar um carro melhor de outra montadora.

Por Jéssica Posenato