Nova versão do carro tem tração traseira e chegará ao mercado em 2016.

A Lamborghini mostrou no primeiro dia do Salão do Automóvel de Los Angeles a nova versão do seu carro Huracán. O LP 580-2 vem com tração traseira como grande novidade. Mesmo com menor potência em relação à primeira versão (LP 610-4), muitas melhorias foram feitas na segunda geração do veículo.

O novo superesportivo da linha teve peso reduzido em 33 quilos em relação ao pioneiro. O para-choque foi aperfeiçoado. Rodas de 19 polegadas foram produzidas especialmente para o modelo. E dirigibilidade e estabilidade melhoraram com as renovações de sistemas de direção e suspensão, além da calibragem da tração. O câmbio automatizado, de sete marchas e duplo, foi mantido integralmente.

No exterior, a asa traseira móvel foi descartada por conta da mudança no sistema motriz, conforme a Lamborghini. As entradas de ar dianteiras foram pouco mudadas, assim como difusores laterais e spoiler.

O motor V10 do LP 580-2 gera 580 cavalos de potência, 30 a menos que o LP 610-4. A aceleração passou de 100km/hora em 3,2 segundos para a mesma velocidade sendo atingida em 3,4 segundos no novo Huracán. A diferença de velocidade máxima ficou em 5km/hora – sendo de 320km/hora. É possível ainda poupar esforço do motor com a desativação de cilindro, tecnologia que permite apenas cinco de dez cilindros funcionarem enquanto a capacidade total não está em ação. O stand-by de parte do propulsor ainda proporciona economia de combustível e redução na emissão de CO2 no ar.

O preço também foi diminuído. O lançamento custará € 150 mil, aproximadamente R$ 610 mil, € 19,5 mil a menos que o esportivo primário, mais barato em cerca de R$ 76 mil.

O upgrade do Huracán passará a ser vendido a partir do primeiro semestre de 2016, nas versões Coupé e Spyder. O Brasil também receberá a novidade, porém, o valor ainda não foi revelado para o país. E o LP 610-4 continuará no mercado para compra.

Bruno Klein


Novo carro deverá ser lançado em 2018.

Após três anos de sua primeira aparição no Salão de Pequim, onde foi apresentado somente como conceito, o Urus finalmente teve sua produção confirmada pela Lamborghini, no mês de maio deste ano.

Segundo a montadora, a versão para produção do SUV terá grande semelhança com o conceito lançado em 2012, contrariando as expectativas, que previam o novo SUV completamente diferente do que foi apresentado no evento.

O modelo tem previsão para chegar aos consumidores no ano de 2018 e será produzido na fábrica de Sant'Agata Bolognese, localizada na Itália.

A previsão da Lamborghini é de que a produção seja de 3000 unidades do modelo por ano e prevê exportação para países como Rússia, China, Reino Unido e Estados Unidos, que atualmente são considerados os principais mercados que consomem os modelos da fabricante.

A fabricante também afirmou que para a produção do novo modelo estão previstos investimentos de centenas de milhões de euros e que a fábrica terá novas instalações, sua fábrica deverá dobrar de tamanho, com a instalação de uma nova linha de montagem e expandirá seu centro para pesquisa e desenvolvimento de novos modelos.

A introdução de um modelo novo na linha da Lamborghini representa para a empresa uma nova era e as inovações no ambiente corporativo tem que acompanhar esse crescimento.

Para a fabricação do novo modelo serão contratados ainda cerca de 500 novos funcionários.

As inovações não param de surgir na fábrica da Lamborghini. Depois de fabricar o Urus, com certeza a montadora aproveitará suas novas instalações para a fabricação de modelos novos e ousados, como é característico da empresa.

Otimista, a montadora aposta na inovação para conquistar cada vez mais o carinho e o prestígio de seus já fiéis consumidores.

Caso o Urus seja bem aceito no mercado, o representante da Lamborghini, Stephan Winkelmann afirma que a marca tem interesse em fabricar um crossover menor, a fim de concorrer com o Porshe Macan.

Por Patrícia Generoso


Lamborghini deverá lançar duas novas versões do Huracán com tração traseira. Carros devem ser apresentados em 2016.

A Lamborghini está preparando para o próximo ano duas versões de tração traseira do Huracán. A afirmação foi garantida pela revista inglesa Evo, através de declarações de Giorgio Sanna, que possui a função de realizar os testes da empresa.

Poucos detalhes foram informados, entretanto, a perspectiva é que uma das versões seja o Huracán Superleggera, que iria adotar uma potência adicional, peso inferior e força em somente um eixo para competir com concorrentes como Ferrari 488 GTB e McLaren 675LT. O outro fator novo poderá ser uma nova versão com valor mais baixo do modelo, que teria a denominação LP610-2, com base na tração traseira.

Foi divulgada recentemente em Sant’Agata Bolognese (Itália), a segunda versão de competição do modelo, Huracán GT3, direcionada neste momento para concorrer com empresas como a Audi e a McLaren na modalidade Endurance da Blancpain Series.

Considerando um modelo de rua, o veículo irá continuar com o bloco 5.2 V10, entretanto, com tração traseira e transmissão sequencial de 6 velocidades. Tudo isso com a cautela da unidade de controle eletrônico da Bosh Motorsport. Possuindo um chassi e gaiola de proteção de alumínio e fibra de carbono, o veículo tem o peso de somente 1239 kg, dado que poderá ser modificado por causa das regulamentações da FIA.

A carroceria foi produzida com a ajuda da Dallara Engineering e possui como aspectos principais a penetração de ar mais qualificada, elevada aderência e tração, além da otimização do resfriamento dos sistemas de freios. A empresa não relatou muitos detalhes sobre o interior, entretanto, afirmou que possuirá volante multi-funções, banco em fibra de carbono e um novo sistema de “escape” por meio do teto solar.

As corridas da Blancpain Endurance Series iniciam no dia 11 de abril, em Monza, na Itála. O modelo será vendido no continente europeu por 369 mil euros, que equivale a aproximadamente R$ 1,1 milhão.

Felipe Couto de Oliveira


O Salão de Genebra, na Suíça, é sempre repleto de muitas novidades que sempre são as mais aguardadas. E a Lamborghini não fez feio durante o evento e apresentou uma nova versão de seu veículo que é o carro-chefe da marca, o Aventador, que agora aparece na versão LP 750-4 SuperVeloce.

O novo modelo aparece cheio de novidades, entre elas está o fato de estar mais leve, pesando 50 kg a menos. Seu peso agora é de 1.525 kg, o que auxilia também no desempenho e na potência do carro. O Aventador SV é o modelo mais parrudo que a Lamborghini já criou até hoje.

Outros itens que contam como novos são: aerofólio traseiro com três ajustes diferentes, suspensão adaptativa, direção elétrica dinâmica, novo sistema de exaustão e uma nova grade frontal.

De acordo com o presidente da montadora, o CEO Stephan Winkelmann, o Aventador SuperVeloce tem como foco principal a velocidade. Não é à toa que o motor foi reconfigurado para 6.5 litros V12, que rende uma incrível potência de 750 cv. Isso equivale a 50 cavalos a mais do que seu modelo anterior.

Além disso, o veículo também conta com transmissão de sete velocidades e tração integral, o que faz com que o carro rode de 0 a 100 km/h em nada menos do que impressionantes 2,8 segundos. Essa configuração também permite ao veículo chegar aos 349 quilômetros por hora. Por pouco, o Aventador SV não chega a marca de seus concorrentes Hennessey Venom GT e Bugatti Veyron, que alcançam de 0 a 100 km/h em apenas 2,2 segundos.

Na Europa, o modelo deve custar 327 mil euros, o equivalente atualmente no Brasil a cerca de impressionantes R$ 1 milhão. Apesar de parecer caro, o veículo tem diversos compradores à espera de seu lançamento, que está previsto para ocorrer na Europa durante o segundo semestre de 2015. Apesar de valor tão alto, o modelo internamente perdeu todo o luxo característico da marca.

Sobre a Lamborghini:

A Lamborghini é uma montadora de automóveis italiana conhecida pelos seus modelos de luxo. A marca surgiu no dia 30 de outubro de 1963 e seu fundador foi Ferruccio Lamborghini. O principal objetivo da Lamborghini era produzir carros luxuosos que pudessem concorrer com a Ferrari. A sede da empresa fica na cidade de Sant'Agata Bolognese, na Itália. No ano de 1998, a Lamborghini foi adquirida pela Volkswagen AG. Entre os modelos mais populares da montadora estão: Lamborghini 350 GT, Lamborghini Miura, Lamborghini Diablo, Lamborghini Gallardo, Lamborghini Aventador, Lamborghini Egoista, Lamborghini Huracán e Lamborghini Asterion. Curiosamente, vários modelos da Lamborghini levam nomes de touros. O principal motivo para isso é que seu fundador, Ferruccio Lamborghini, era um apaixonado por touradas e adorava estes animais, tanto é que o símbolo da montadora é um touro. Para conhecer um pouquinho mais sobre a Lamborghini, acesse o site oficial da empresa no endereço www.lamborghini.com.

Por Felipe Villares





CONTINUE NAVEGANDO: