Koenigsegg Agera RS tem Produção Esgotada


Todas as 25 unidades do veículo foram vendidas em apenas 10 meses pelo preço de aproximadamente US$ 2 milhões.

O lançamento de 2015 da marca sueca Koenigsegg teve as 25 unidades vendidas da edição em apenas dez meses, um recorde no mercado automotivo mundial. O anúncio de início das vendas e apresentação do veículo aconteceu no Salão de Automóveis de Genebra, em março do ano passado. Dez modelos já haviam sido encomendados à Koenigsegg na hipótese. Atualmente, todos eles já estão pagos pelos compradores, mesmo os ainda não entregues.

Apenas 11 países do mundo terão o Agera RS rodando em suas ruas. As 25 unidades da edição limitada foram compradas por milionários de Canadá, Estados Unidos, Catar, China, Japão, Taiwan, Malásia, Arábia Saudita, Cingapura, Reino Unido e Emirados Árabes. Conforme manifestou-se a marca, a disponibilidade foi pequena em relação à demanda de procura.

A montadora não revela por quanto cada um dos esportivos foi vendido, mas estima-se que o preço tenha sido de aproximadamente US$ 2 milhões – equivalente a cerca de R$ 8 milhões.

O carro é equipado com motor V8 de alumínio, que gera potência de 1.160 cavalos, alimentado a etanol ou gasolina. E a transmissão possui sete velocidades.

O carro é baixo e tem sistema de regulagem de altura em relação ao solo. Em alta velocidade, o veículo faz peso de mais 450 quilos a favor da gravidade para manutenção de estabilidade. O peso do veículo naturalmente é de 1.259 quilos.

A direção é hidroelétrica assistida. As rodas são feitas em fibra de carbono – assim como todo o Agera, com 19 polegadas nas dianteiras e 20 nas traseiras. Os freios são ABS com discos de cerâmica ventilados.

No interior, pedais ajustáveis, acabamento em couro com estilo Agera criado pela montadora, acentos com memorização de posição, sistema de navegação e GPS, conexão USB, monitoramento de pneus no computador de bordo e carregador de celular próprio do carro, são diferenciais do esportivo colocados como itens de série em todas as 25 unidades da linha.

Bruno Klein


Koenigsegg Regera – Teaser mostra Informações do Carro


A medida que fica próximo a abertura do Salão de Genebra, na Suíça (ocorrerá no dia 3 de março), os superesportivos que poderão se destacar no evento estão sendo revelados. É o exemplo do Koenigsegg Regera, um grande modelo que poderá ser atrativo para a mídia lá. Até o presente, somente um teaser do modelo foi mostrado, que possui informações muito reduzidas. Os detalhes que ocorrem nos bastidores, entretanto, apontam que este poderá ser o modelo com maior potência e velocidade já fabricado pela empresa.

É previsto que o Regera terá a implementação de um sistema híbrido, possuindo um bloco de 690 cv e um motor elétrico (515 kw). Acredita-se também que o modelo será completamente distinto do Agera, tendo o interior mais sofisticado e peso menor.

A Koenigsegg fabricou seu carro protótipo pioneiro em 1994, somente um ano e meio depois do início da companhia.

A empresa foi lançada em 1993. O fundador da empresa foi Christian von Koenigsegg, que tinha o objetivo de produzir o carro dos sonhos. A tese da máquina do futuro teve como base a tecnologia de Fórmula 1.

Em 1997, a companhia fabricou o protótipo do Koenigsegg CC. O modelo foi mostrado no festival de Cannes e teve grande êxito. O modelo de produção do CC foi bem atrativo na apresentação no Salão Automóvel de Paris.

O modelo Koenigsegg CC, o primeiro personalizado chamado CC8S, foi produzido e testado por pilotos de teste da Koenigsegg em pistas e entradas, para verificar sua direção e potência. Os engenheiros da companhia trabalhavam para a otimização do CC. Alguns novos métodos no visual foram adotados em 2003, no modelo CC 8S.

Novo Koenigsegg CCR foi mostrado no Salão Automóvel de Genebra, em março de 2004. Este grande modelo possuía 806 cavalos de potência, Em 2005, o CCR foi o modelo mais rápido de carro de estrada, alcançando a velocidade máxima oficial de 388 (387.87) km/h.

Felipe Couto de Oliveira