Novo Jeep Renegade ganha Versão Básica Mais Barata


Nova versão básica possui motor 1.8 flex e custa R$ 68.900.

Quem tinha aquele sonho antigo de possuir o famoso Jeep projetado pelos filmes e capas de revistas agora poderá pensar a respeito. A marca que leva o próprio nome do modelo, Jeep, está lançando no mercado de automóveis uma versão mais básica e mais barata do grandioso modelo Renegade.

A versão mais básica do veículo seria a Renegade 1.8 Flex MT5, que terá um custo no valor de R$ 68.900 e possui configurações com direção elétrica, entrada USB e entradas auxiliares, rádio com Bluetooth, câmbio manual de cinco marchas numa tração 4×2, ar condicionado, freio de estacionamento eletrônico, equipamentos com controles de estabilidade, sistemas para auxiliar partidas de rampas, além de travas, vidros e retrovisores elétricos.

Todos os lançamentos da linha tiveram um aumento significativo nos últimos meses, sendo que os do modelo Renegade tinha começado no mercado com um preço inicial de R$ 69.900 e a versão mais cara custava R$ 116.900.

Confira agora os preços atualizados da linha Renegade do mais caro para o mais barato:

  • Trailhawk 2.0 Diesel AT9 4×4: R$ 119.900.
  • Longitude 2.0 Diesel AT9 4×4: R$ 109.900.
  • Sport 2.0 Diesel AT9 4×4: R$ 99.900.
  • Longitude 1.8 Flex AT6: R$ 82.900.
  • Sport 1.8 Flex AT6: R$ 76.900.
  • Sport 1.8 Flex MT5: R$ 71.900.
  • 1.8 Flex MT5: R$ 68.900.

Como podemos observar, os modelos da versão Renegade tiveram uma alteração significativa de preço depois de seu lançamento meses atrás. As versões Sport 1.8 Flex tinham sido lançadas no mercado por R$ 69 mil e agora está custando R$ 71.900. E o top de linha Renegade Trailhawk 2.0 Diesel está no mercado atualmente por R$ 119.900, mas oferece um excelente custo-benefício com seus recursos de câmbio automático com 9 velocidades separadas e uma tração 4×4, tudo de primeiríssima mão. A marca ainda não disponibiliza um catálogo com opções de cores, por exemplo, pois ainda não foi divulgado oficialmente se isso será um adicional ou não.

Por Daniela Almeida da Silva


Novo Jeep Grand Cherokee Montreux Jazz Festival 2015


Nova série especial da SUV contará com apenas 49 unidades. Veículo custará cerca de R$ 291 mil.

Para quem gosta de carros modelos SUV com uma rara beleza em design e ainda tendo a chancela de uma das marcas mais conceituadas de carros do mundo, a Jeep, dá para se compreender o porquê de já ser um sucesso em aceitação no mercado e vendas o lançamento do Novo Jeep Grand Cherokee Montreux Jazz Festival, uma edição limitada da Cherokee que traz em sua conceituação não só beleza, tecnologia e conforto, como também uma homenagem a um dos maiores festivais de jazz do mundo, realizado todos os anos na Suíça.

O utilitário, apesar de ter sua marca reconhecida e renomada mundialmente, terá nessa edição limitada como público consumidor apenas os suíços. Certamente que os fãs da marca Jeep e principalmente os apaixonados pela Cherokee vão lamentar e muito essa informação, no entanto, a proposta da Jeep foi apenas celebrar a festividade musical suíça que é um grande sucesso, por atrair admiradores de jazz de todas as partes do mundo para contemplarem uma boa música e os grandes nomes do segmento musical.

Mas o que faz a Grand Cherokee Montreux Jazz também ser tão especial? Para citar algumas das suas virtudes, se pode começar pelo carro ter um teto panorâmico, tela multimídia acessível não apenas para o motorista e o carona como também para os ocupantes da parte de trás do carro, revestimentos de couro marrom natural nos bancos, rodas de 20 polegadas (o que demonstra que a Grand Cherokee Montreux possui força para andar em todos os tipos de terrenos), detalhes acetinados, além de variedades no logotipo que propagandeia o evento musical.

Na parte interna, a edição limitada da Jeep traz consigo o motor 3.0 Multijet II, de 250 cv, câmbio automático com 8 marchas, movido a diesel.

O preço dessa máquina está atualmente em 84,1 mil euros, o que convertendo em reais alcança o valor aproximando de R$ 291 mil. Com um valor desses, dá para se compreender a razão do Novo Jeep Grand Cherokee Montreux Jazz Festival ser tão limitado a ponto da Jeep ter fabricado apenas 49 unidades desse carro. Com isso, conclui-se que essa edição é, de fato, para um número bem restrito de fãs de jazz, SUV, potência e tecnologia.

Por Michelle de Oliveira


Jeep Renegade 2015 – Lançamento e Preço no Brasil


Novo Jeep Renegade será lançado no Brasil no Próximo Mês.

 

O Jeep Renegade será disponibilizado no dia 10 de abril. A garantia foi realizada no site oficial da empresa. O Jeep nacional pioneiro também já teve a ferramenta para montagem do veículo, que oferece especificações das versões, conjunto mecânico, paleta de cores e opcionais. Os valores oficiais, entretanto, ainda não foram informados, contudo, poderão ser entre R$ 68 mil e R$ 105 mil.

A lista de componentes de série também não foi anunciada no site. É previsto que o modelo possuirá ar condicionado, controle eletrônico de estabilidade, direção elétrica, assistente de partida em rampa, rádio integrado e freio de estacionamento elétrico. O conjunto qualificado é segundo a companhia, uma das forças do Renegade contra o Ford Ecosport e o novo Honda HR-V, que possuem valores e versões já divulgados.

O Jeep Renegade será comercializado em três especificações de acabamento, sendo Sport, Longitude e Trailhawk. A versão de entrada (Sport) poderá possuir motor 1.8 flex de 130/132 cavalos potência e 18,6/19,1 kgfm de torque, com transmissão manual de cinco velocidades ou automática de seis. As pessoas que desejarem também poderão escolher o motor 2.0 turbo diesel de 170 cv de potência e 35,6 kgfm de torque, tendo a caixa automática de nove velocidades e sempre com tração 4×4.

A paleta de cores possui cinco alternativas, sendo Vermelho Colorado, Verde Comando, Branco Ambiente, Preto Shadow e a metálica Prata Melfi. A versão mediana (Longitude), por sua vez, tem mais tonalidades presentes. No total, são nove cores, com a alternativa do teto preto e a carroceria colorida. Ele possuirá as duas alternativas de motorização, entretanto, com a ausência da alternativa da transmissão manual para o motor 1.8 flex.

Já a versão de elite (Trailhawk), por sua vez, será oferecida apenas com o motor 2.0 turbodiesel e transmissão automática de nove velocidades. Somado a isso, o veículo possui sensor crepuscular, sensor de chuva e suspensão off-road, ela também possui uma cor única denominada Laranja Aurora.

O Jeep Renegade fo apresentado ao público no ano passado, durante o Salão de Genebra. O veículo, que foi desenhado pelos designers Jeremy Glover e Ian Hedge, se destaca por ser o primeiro Jeep produzido na Itália e por apresentar referências estéticas aos antigos Jeep Militares. Além da Itália, o Jeep Renegade também é produzido nos Estados Unidos e no Brasil (na fábrica de Goiana-PE). O Crossover possui 4,230 mm de comprimento, 2,570 mm de entre-eixos, 1,800 mm de largura e 1,690 mm de altura. O carro terá como principais concorrentes: o Chevrolet Tracker, o Ford EcoSport, o Honda Vezel e o Renault Captur.

Jeep Renegade 2015

Jeep Renegade 2015 2

Jeep Renegade 2015 3

Jeep Renegade 2015 4

Felipe Couto de Oliveira


Jeep Renegade – Lançamento do modelo no Brasil


O Jeep Renegade será apresentado no Salão de Genebra e entrará no mercado em abril deste ano. A Jeep irá apresentar a nova versão do Renegade com a intenção de transformar o veículo da marca na sensação do evento. O modelo foi denominado Hard Street Concept e tem como principal atrativo um trailer rígido feito especialmente para a participação no Salão.

Antes, sabiamos que o Jeep Wrangler Black Edition II que participaria do Salão de Genebra como uma grande e interessante novidade. Agora, sabe-se que ele terá que compartilhar o protagonismo com o Jees Renegade Hard Steel Concept. 

O Hard Steel foi desenvolvido pela Jeep com a colaboração da Mopar e o centro de estilo FCA. O SUV foi anunciado como um pequeno na cor aço escovado, muito bonito, com um design bastante inteligente.

Como o seu nome indica, o Renegade que fará a sua primeira aparição no evento, será fabricado em aço (tradução para "hard steel"). É algo realmente atraente aos olhos dos amantes de carros e que realmente dá um toque especial no veículo, principalmente, pelo fato da combinação da cor do aço combinando com detalhes na cor preta em várias partes do carro. Estes detalhes estão presentes nas entradas de ar no capó (nunca vistas antes no Jeep Renegade), nas carcaças dops espelhos retrovisores e nas rodas BF Goodrich All Terrain de liga leve de 16 polegadas, com uma suspensão bem elevada. O design e todo o desenvolvimento do Jeep teve como inspiração a tecnologia utilizada pela aviação e pela marinha.

Mas, sem dúvidas, algo que realmente chama a atenção no Renegade Hard Steel é o reboque. No seu interior há uma tela touchscreen de 5 ou 6,5 polegadas que permite o acesso wifi e também possibilita o controle de inúmeras funções como o Twitter, Facebook e TomTom Live. No que se refere à conectividade, conta com um novo sistema multiídia Uconnect Live (acesso às noticias, rádio, música, entre outros). Este sistema também é responsável pela integração entre os smartphones e o veículo. O reboque possui ainda altofalantes, assim, estes podem se comportar como uma discoteca portátil.

No interior do carro, ve-se uma estrutura espetacular. Os bancos são revestidos em couro e as molduras feitas em aço. Outros itens revestidos em couro são o painel e o volante. 

A nova versão foi baseada no Renegade Traihawk, em várias partes do carro é possível ver inscrito o nome da inspiração.

Texto de Melina Menezes.


Jeep Renegade – Produção e Venda no Brasil


O primeiro Renegade, veículo da Jeep, está pronto para ser lançado no Brasil! Esse será o primeiro modelo que a Fiat Chrysler (detentora da marca Jeep) lançará em sua fábrica em Goiana, no Estado de Pernambuco.

Na verdade, a montadora já estava produzindo o Jeep Renegade desde outubro do ano passado, porém, foram fabricadas até então apenas 250 unidades do modelo. Essa pré-fabricação foi suficiente para que a montadora testasse os mais de 2 mil componentes que o veículo possui. Entre esses itens, estão as certificações de peças, geometria da carroceria e parâmetros de solda e pintura.

No total, serão produzidos três modelos diferentes do Renegade: Sport, Longitude e Trailhawk, com valores que vão de R$ 65 mil a R$ 120 mil, de acordo com a configuração escolhida.

As primeiras versões lançadas no mercado devem vir com motor 1.8 litro e E.Torq Flex da Fiat, mas com alterações para que atinja a potência dos 140 cv. O câmbio também deverá ter duas opções: manual de cinco marchas ou automático de seis marchas. Na tração, estão as opções de 4×2 dianteira ou 4×4, de dois tipos.

Segundo o CEO global da marca, Mike Manley, essa é “uma das maiores oportunidades para o crescimento da Jeep no Brasil”.

Economicamente, a fábrica da Jeep em Pernambuco também representa uma boa estratégia, já que emprega cerca de 3 mil pessoas da região, entre os funcionários diretos da Jeep e os outros dezesseis fornecedores que a montadora possui ao redor de sua planta. A expectativa também é grande para quando a produção atingir seu pico, devendo empregar até 10 mil pessoas entre funcionários diretos e indiretos.

Já o Renegade, que foi apresentado no Salão do Automóvel de São Paulo em outubro do ano passado, deve chegar ao mercado em abril desse ano, com grandes expectativas de venda, já que é uma das maiores promessas da Jeep nos últimos anos.

Por Felipe Villares


Início da Produção do Jeep Renegade no Brasil


A Jeep muda sua proposta no Brasil com o Jeep Renegade. O novo modelo trata-se de um SUV compacto e é o primeiro carro fabricado na nova montadora da Fiat Chrysler em Pernambuco. A produção do novo SUV ainda é incipiente no país, começou na última quinta-feira (19), mas finalmente representa a última etapa antes da chegada do modelo às concessionárias brasileiras. Algumas informações sobre as novidades do automóvel foram divulgadas, dentre elas, a opção por um motor a deisel nas três versões: Sport, Longitude e Trailhawk. Os preços devem variar entre R$ 68 mil e R$ 120 mil.

Entre os três modelos, o Jeep Renegade Sport é o único com a opção de câmbio manual de 5 marchas, com motor 1.8 de 132cv. A versão Longitude, por sua vez, é dotada de câmbio automático no motor flex, enquanto a versão Trailhawk, topo de linha, possui um motor 2.0 turbodiesel de 170cv, com 9 marchas e sistema de tração com reduzida (20:1), além do bloqueio do diferencial traseiro.

Alguns equipamentos devem ser de série, como o ar condicionado, o trio elétrico, o freio de estacionamento eletrônico, a direção elétrica e o computador de bordo com tela de 7 polegadas. Recursos mais sofisticados como a baliza automática (Park Assist), o teto solar elétrico e removível, os bancos em couro e o rádio com tela sensível ao toque, serão distribuídos entre as versões.

Internamente, o Jeep Renegade proporciona o máximo de conforto através de uma combinação entre tecnologia inteligente, materiais sofisticados, acabamento acima da média e cores modernas. Seus bancos são altos e o ângulo de abertura das portas facilita o embarque e desembarque, com 70 graus de abertura nas portas dianteiras e 80 graus nas traseiras.

Externamente, o novo Renegade conta com um visual off-road, típico da Jeep. As rodas disponibilizadas variam entre16 e 18 polegadas, dependendo do modelo. A clássica grade do radiador com sete ranhuras e as lentes de seus faróis relembram o lendário Jeep Willys.

O Jeep Renegade deve chegar às concessionárias brasileiras no primeiro semestre deste ano.

Por Allan Carlos Marques