Reajuste no Preço dos Carros da Audi, Mercedes e Jaguar


Aumento nos preços atinge linha 2016 de seus veículos. Maior aumento foi no Audi A8, que subiu cerca de R$ 50 mil.

A Audi chegou ao máximo de R$ 58 mil em seus reajustes. Já a Mercedes decidiu não mais negociar o preço de seus veículos brasileiros em dólar. A britânica Jaguar, diferente das duas montadoras alemãs, aumentou o valor de apenas um modelo.

O sedã Jaguar XE, modelo brasileiro de entrada, teve aumento de até R$ 5 mil nas suas três versões. O Pure passou de R$ 171,9 mil para R$ 172 mil – apenas R$ 100 de subida de preço. O intermediário R-Sport teve reajuste de R$ 4,1 mil, indo dos R$ 201,9 mil para os R$ 206 mil. E o top de linha 3.0 V6S agora custa R$ 306 mil, antes era R$ 301 mil.

O grande aumento da Audi ficou com o A8 6.3 Longo. O sedã passou de R$ 780.190 para R$ 838.990. O A8 esportivo – S8 – custava R$ 676.190 e agora custa R$ 726.990, um reajuste de R$ 50,8 mil.O Audi A3, mais vendido da marca no Brasil, teve aumentos entre R$ 7 mil e R$ 10,8 mil nos modelos hatch e sedã. Com isso, não há mais carros Audi no Brasil por menos de R$ 100 mil, caso do que ocorria com o A3 sedã 1.4 Attraction.

A Mercedes Benz adiantou ainda reajustes de 6% a 10% em seus veículos para o Brasil, por conta do dólar em constante aumento aqui no país. Este motivo também foi o que levou a empresa a vender diretamente em reais, deixando os preços menores para os clientes.

O GLA 200 subiu R$ 9,4 mil, passando de R$ 134,5 mil para R$ 143,9 mil. E o GLA 45 AMG subiu R$ 17 mil, indo de R$ 307,9 mil a R$ 324,9 mil. Esses dois exemplos mostram que os reajustes foram proporcionais aos preços anteriores dos veículos. Os dois estão entre os mais vendidos no país pela Mercedes.

O Classe A da montadora – top de linha -, além de ter aumento nos preços, foi aperfeiçoado. O hatch ganhou quatro modos de direção, nova central multimídia, tela de oito polegadas e transmissão de tela de smartphones por Apple CarPlay ou Android Auto para a nova central.

Bruno Klein


Jaguar XE – Sedã médio tem produção iniciada


O novo modelo sairá de fábrica com um motor 2.0 l movido a diesel ou gasolina com até 237 cavalos de potência. Ainda haverá a versão V6 3.0 l com 335 cavalos.

O novo sedã médio da Jaguar chega ao mercado com um aspecto externo que rapidamente nos faz reconhecê-lo como parte da família felina. O interior do Jaguar XE possui espaço para cinco ocupantes equipado com a última tecnologia do fabricantes.   Este modelo supõe um passo novo para o segmento D. Inicialmente, poderia crer-se que seria difícil o reconhecimento do lançamento do sedã da Jaguar em meio ao restante dos sedãs de marcas famosas, contudo a marca felina tem construído uma identidade bastante peculiar para este modelo, priorizando o uso da mais alta tecnologia a fim de diferenciá-lo de seus próprios irmãos nesta família Jaguar.  

Na primeira impressão, percebe-se que o modelo continua com a base dos outros carros da marca, no entanto, o seu tamanho é um pouco menor, formando parte do segmento D. As medidas aproximadas do veículo são 4,67 m de comprimento, 1,85 m de largura e 1,41 de altura, considerando as suas dimensões, ele aproxima-se em tamanho ao Mercedes Classe. é maior que o BMW Série 3 e menor que o Audi A4.  

A sua carroçaria foi feita sobre um novo chassis de alumínio. A utilização deste material não somente tem permitido a redução do peso do sedão, mas também por ser um material mais maleável ele permite esculpir uma silueta que permite conseguir um coeficiência de resistência aerodinâmica (Cx) de somente 0,26 melhorando os 0,29 dos modelos XF e XJ.   O XE possui outros detalhes no seu desenho que nos lembram a gama Jaguar como a línea de cintura ascendente que se estende desde os para- choques frontais at[e as referências ao F- Type que se percebe na iluminação traseira feita em LED desenhando uma linha de luz que se torna um semicírculo.  

Os faróis incorporados no automóvel são os de Bi- Xenon HID, a modelo Jaguar XE não tem como ser equipado com faróis de LED como o XF. A carroceria pode ser escolhida entre 18 cores, dois delas: a Polaris White e a Ebony Black não oferecem custo. Este modelo possui até 10 opções de rodas de até 19 polegadas exceto as Propeller de 20 polegadas que estão disponíveis somente para o XE S. Para aumentar a exclusividade deste veículo, pode-se optar por um teto solar panorâmico e cristas escurecidos para a parte traseira.   No setor interno ve- se a qualidade dos materiais e ajustes feitos para dar conta deste sedã premium.

A forma dos assentos e o material usado difere dependendo do acabamento. Os  bancos estândar são revestidos de um tecido de alta qualidade (acabamento Pure), pele Prestige ou pele perfurada Portfólio.   A grande protagonista da console central é uma tela touchscreen de 8 polegadas, onde podemos controlar o sistema de info- entretenimento. O veículo possui sistema multimídia InControl que pode ser interligado com os smartphone com sistema operativo Android ou iOS.  

No que se refere aos aspectos técnicos o XE possui um motor 2.0 litros à diesel com 161 ou 178 cv, também há a opção de motor à gasolina com 197 ou 237 cv. A versão topo de linha possui motor V6 3.0 litros com 335 cv de potência. O veículo pode acelerar de 0 à 100 km em 5,1 segundos, mantendo uma velocidade máxima de 250 km por hora.    O veículo possui um preço inicial de US$ 39 mil na Inglaterra.

 

Texto de Melina Menezes.


Novo Jaguar XF 2016 será apresentado no Salão de Nova York


Jaguar deve apresentar Novo XF 2016 no Salão de Nova York, evento que acontece em Abril.

Foi mostrada pela montadora de veículos Jaguar, nesta última terça-feira (dia 24 de março), em Londres, a mais nova geração do Jaguar XF. Para quem não o conhece, esse veículo é um sedã intermediário da marca, o qual está abaixo do XJ, mas acima do XE.

A previsão de chegada desse novo lançamento nas lojas está previsto para que ocorra no mês de setembro nas lojas da Europa, enquanto que aqui no Brasil ainda não há previsão, haja vista que aqui a empresa está concentrando todas as suas atenções em outros modelos, tais como o Discovery Sport e o XE, desse modo, para este ano com certeza não teremos a chegada desse veículo por aqui, porém, quem sabe no ano de 2016 ele acabe chegando em solo brasileiro.

Essa nova geração do Jaguar XF tem um desing muito marcante, pois na carroceria do veículo foi largamente utilizado o alumínio na sua confecção, material este que proporcionou com que o carro obtivesse uma redução de nada mais nada menos do que 80 Kg no seu peso. Agora o que pode não agradar muito aos consumidores foi o fato deste veículo ter tido uma redução ligeira nas suas medidas, ficando 0,7 cm menor e 0,3 cm mais baixo, agora já no entre-eixo o veículo cresceu 5,1 cm, o que fez com que o seu tamanho seja de 2,96 m.

Três opções de motorização serão disponibilizadas para os interessados, a primeira delas será a com motor 2.0 com a opção de escolha entre 163 cv ou 180cv de potência. Outra opção é o motor 3.0 V6, o qual é capaz de produzir a incrível potência de 380cv. Haverá também a opção de escolha entre dois tipos de câmbio, podendo ser o manual de seis marchas ou o automático, que vem composto por oito marchas.

A primeira aparição oficial desse veículo em público será no Salão de Nova York, o qual terá início no dia 01 de abril. Vale a pena aguardar e conferir todos os demais detalhes desse grande lançamento.

Por Adriano Oliveira


Jaguar XE é Eleito o Carro Mais Bonito de 2014


O concurso “O carro mais Belo do Ano”, realizado na França, escolheu o Jaguar XE como grande vencedor. O sedã, que até então não era vendido no Brasil, começará a chegar às concessionárias ainda no primeiro semestre de 2015.

Para a votação, as fabricantes inscreveram os modelos que foram lançados durante o ano, até o dia 4 de dezembro de 2014, quando começou a votação. O Jaguar XE foi eleito tanto pelos jurados do próprio concurso, quanto pelos internautas que acessaram o site do Festival Internacional do Automóvel.

Dentre os finalistas, o Jaguar XE concorreu com a Mercedes-Benz Classe C Touring, o Citroën C4 Cactus, o Opel Adam, o Renault Escape, o Mazda MX5, o Smart ForFour e o Fiat 500X. Vale lembrar que só poderiam ser inscritos carros que custavam até 55 mil euros, o equivalente a cerca de R$ 162 mil.

O Jaguar XE possui uma versão topo de linha chamada de S, a qual possui motor V6 supercharged de 3.0 litros, capaz de desenvolver 340 cavalos de potência, com 450 Nm de torque. O câmbio do veículo é automático e possui 8 velocidades com paddle-shift.

Quanto ao desempenho, o Jaguar XE é capaz de alcançar 96 km/h a partir do repouso em apenas 4,9 segundos, podendo chegar à velocidade de até 250 km/h.

Como opcionais para a versão S, a Jaguar disponibiliza rodas de liga leve de 20 polegadas, aerofólio traseiro, além entradas de ar e respiros laterais cromados para deixar o carro com um visual mais esportivo.

Como destaque, o Jaguar XE é o primeiro carro da marca a usar um chassi monobloco inteiramente feito de alumínio, o que permite uma considerável redução de peso no veículo, alta rigidez à torção e possibilidade de utilizar materiais reciclados, reduzindo o impacto ambiental.

A versão que chegará ao Brasil em breve será mais básica, com motor 2.0 turbo, de 240 cavalos e custará cerca de R$ 180 mil.

Rannier Ferreira Mendes