Calendário e Pagamento do IPVA 2017 MG


Confira aqui mais informações sobre o calendário de pagamento do IPVA 2017 de MG.

O calendário do IPVA 2017 MG – Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores apresenta que ao fazer o pagamento à vista ou da primeira parcela, ainda na data pré-estabelecida de janeiro, o proprietário do veículo automotor tem desconto de 3%. Veja abaixo a tabela:

  • Os carros placas de finais 1 e 2 tem como data 09 de janeiro
  • Já os 3 e 4 devem começar a pagar em 10 de janeiro
  • Para quem possui veículo com final 5 e 6 deve se atentar ao dia 11 de janeiro
  • E as placas 7 e 8 ficaram com o dia 12 de janeiro
  • Para finalizar, as placas de finais 9 e 0 devem se atentar ao dia 13 de janeiro, bem como de fevereiro e março, já que o IPVA 2017 MG pode ser pago à vista, com desconto ou dividido em três parcelas.

Para realizar o pagamento do IPVA 2017 MG só é preciso ir a uma das agências que arrecadam esse tipo de imposto e informar o número do RENAVAM do veículo automotor ou apresentar a guia de arrecadação, enviada pelo Correio.

Caso o seu RENAVAM não se encontre na base de dados das agências bancárias, você deve se dirigir ao atendimento de uma unidade da SEF/MG, para providenciar a guia de arrecadação e realizar o pagamento do IPVA 2017 MG.

Se você puder e preferir, aproveite e faça o pagamento da TRLAV, isto é, a Taxa de Renovação do Licenciamento Anual de Veículos Automotores, que é no valor de R$ 92,66. Para fazer esse pagamento você também deve ir a uma das agências que arrecadam este imposto, tais como Banco do Brasil, Postal, Mercantil, Bradesco, Caixa Econômica Federal, Bancoob, Santander ou casas lotéricas e informar qual é o seu número de RENAVAM.

Mas é preciso ficar alerta quanto ao envio pelo Correio de boletos falsos de IPVA 2017 MG ou até mesmo mensagens nas redes sociais, com links falsos para emissão de boletos. Em caso de dúvidas, o ideal é procurar os terminais de atendimento ou os caixas dos bancos autorizados.

O que achou do nosso post? Foi útil a você e lhe ajudou? Comente conosco a sua opinião e experiências!

Kika Akita


IPVA 2017 em SP – Tabela de Valores Venais


Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores ficará 4,8% mais barato em 2017.

No dia 29 de novembro, a Secretaria da Fazenda divulgou os novos valores do IPVA – Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores. Acredita-se que o valor ficará, em média, 4,8% mais em conta. Os preços variam de acordo com a categoria de cada veículo.

Mas como realizar esse cálculo? Veja abaixo como realizar:

  1. Descubra o valor venal do veículo.
  2. Em seguida, aplique a porcentagem de 4%
  3. Por exemplo: se o valor venal é de 20.050 e a alíquota de 4%, você deve fazer a seguinte conta: 20.050 x 0,04. O resultado é de R$ 802, que será o valor a ser pago de IPVA

Não houveram mudanças nas alíquotas dos impostos. Sabe-se que quem possui veículos a gasolina ou biocombustíveis; bem como picapes duplas pagarão 4% do valor venal; já quem utiliza eletricidade, gás, álcool ou combustíveis combinados tem 3% de alíquota. Os menores valores ficam por conta dos utilitários simples (motocicletas, micro-ônibus, ônibus e quadriciclos), que recolhem apenas 2%. Por último, os caminhões, com 1,5%.

O calendário, que já está definido, começa com pagamentos à vista (com desconto de 3%) ou da primeira parcela, no mês de janeiro, começando no dia 9 e indo até o dia 20, sendo as demais para fevereiro e março, sempre de acordo com o número final da placa do veículo automotor. Mas, quem preferir quitar só em março, não fará uso do desconto.

Não se pode esquecer de fazer o pagamento do DPVAT, seguro obrigatório, por inteiro, junto com a parcela única ou a primeira. Só pode parcelar o seguro quem possui vans, micro-ônibus ou ônibus e motos.

Para realizar o pagamento do IPVA e do DPVAT o proprietário deve ir até uma agência bancária que tem credenciamento com o número do Registro Nacional de Veículo Automotor – RENAVAM em mãos, podendo ser realizado tanto no Caixa, quanto nos terminais de atendimento ou até mesmo pela Internet.

A Secretaria da Fazenda iniciará o envio de avisos de vencimentos a partir da segunda quinzena do mês de dezembro de 2016, aos proprietários dos veículos que estão registrados no DETRAN – Departamento Estadual de Trânsito, de São Paulo.

O que achou do nosso artigo? Conte-nos sua opinião e experiências sobre o assunto!

Kika Akita


Calendário de Pagamento para o IPVA 2017 em SP


Já foi divulgado o calendário para realizar o pagamento do IPVA no Estado de São Paulo. É possível quitar o imposto em cota única ou pagar em 3 vezes.

O Governo do Estado de São Paulo publicou na quinta-feira, dia 6 de novembro, o calendário para realizar o pagamento do IPVA, o Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores do ano de 2017. O imposto é calculado com base nos valores venais dos veículos, os quais são determinados pelo estado.

Os proprietários de veículos têm duas alternativas para pagamento: a primeira é quitar o imposto em uma única cota, no mês de janeiro, com 3% de desconto, ou então parcelar em três vezes, que são nos respectivos meses de janeiro, fevereiro e março, conforme o dígito final da placa do seu veículo. É possível também pagar o tributo em cota única no mês de fevereiro, porém, sem o desconto.

Os contribuintes paulistas precisam respeitar as datas de vencimento do IPVA 2017, levando em consideração, o dígito final da placa do veículo. Veja abaixo o dia do vencimento para a primeira, segunda e terceira parcela respectivamente:

  • Final 1 – 9/1 | 9/2 | 9/3
  • Final 2 – 10/1 | 10/2 | 10/3
  • Final 3 – 11/1 | 13/2 | 13/3
  • Final 4 – 12/1 | 14/2 | 14/3
  • Final 5 – 13/1| 15/2 | 15/3
  • Final 6 – 16/1 | 16/2 | 16/3
  • Final 7 – 17/1 | 17/2 | 17/3
  • Final 8 – 18/1 | 20/2 | 20/3
  • Final 9 – 19/1 | 21/2 | 21/3
  • Final 0 – 20/1 | 22/2 | 22/3

Para fazer o pagamento do tributo para o ano de 2017, o contribuinte deve se dirigir até uma agência bancária portando o número do Renavam, o Registro Nacional de Veículo Automotor e então efetuar o recolhimento diretamente nos terminais de autoatendimento, no guichê de caixa, pela internet ou então através de débito agendado, ou por outros meios que a instituição bancária oferece.

Já o prêmio do DPVAT, o seguro obrigatório terá de ser recolhido integralmente de forma conjunta com a cota única, ou com a primeira parcela do IPVA. Se escolher pelo parcelamento em três vezes, que só é permitido para vans, motos e similares, micro-ônibus e ônibus, as parcelas do DPVAT deverão ser pagas conforme o calendário de vencimento do IPVA.

O valor que é arrecadado através do IPVA, depois da dedução da parcela do Fundeb, é dividido da seguinte forma, sendo metade para o Estado e a outra metade para o município de residência ou domicílio do proprietário do veículo.

Por Filipe Silva

IPVA SP