Novo Hyundai i30 2016 começa a ser Vendido no Brasil


Veículo ganha mudanças no design e custa entre R$ 85 mil e R$ 105 mil.

Através de seu portal oficial, a Hyundai deu início à campanha de vendas do i30 linha 2016 no Brasil, um dos grandes lançamentos e apostas da montadora. Vale ressaltar que o modelo já se encontra disponível no mercado europeu, asiático e norte-americano. O automóvel vem sendo bastante elogiado e apresenta muitas mudanças em seu visual. Ao todo, este modelo terá nada menos que três versões diferentes. A primeira delas é a versão de entrada, que conta com preço sugerido de R$ 85.990. A versão intermediária possui preço sugerido de R$ 98.990. Por fim, a versão top de linha é a série limitada, que custa R$ 105.990.

Um dos principais destaques para a linha 2016 do Hyundai i30 é de fato as mudanças em seu design. Dentre elas, o grande destaque fica por conta da nova grade dianteira, que possui grandes dimensões com um formato hexagonal bastante moderno. Outros itens que mudaram de formato foram os nichos e os faróis de neblina. A parte traseira do automóvel também passou por mudanças, porém, um pouco mais modesta. Uma das mudanças em relação aos modelos dos outros mercados é que no Brasil apenas terá LEDs nas lanternas a versão série limitada.

O novo Hyundai i30 2016 também tem se destacado bastante quando o assunto são os itens de série. Dentre os quais, podemos destacar: teto solar panorâmico, sistema de entretenimento bastante interativo, airbag duplo, opção de piloto automático, rodas aro 17, entre outros. Os itens citados estão disponíveis em todas as versões.

Além dos itens de série, o cliente irá encontrar na versão intermediária itens exclusivos como: controle de tração e estabilidade, airbags laterais e de cortina, ar-condicionado de duas zonas e bancos com acabamento em couro.

A versão série limitada, por sua vez, dispõe dos seguintes itens exclusivos: faróis de xênon, LEDs nas lanternas, além de faróis de neblina, airbags de joelho, freio para estacionamento eletrônico, entre outros itens.

Já a parte mecânica do novo Hyundai i30 2016 não apresentou mudanças em relação à sua geração antecessora. Dessa forma, continua debaixo do capô o motor 1.8 16V de 150 cavalos. A opção de câmbio é sempre automática de seis marchas.

Por Bruno Henrique


Recall do Hyundai i30 – Problema na Direção Elétrica


Hyundai anuncia Recall do i30. Modelo produzido entre novembro de 2009 e abril de 2010 pode ter problemas com a Direção Elétrica.

A Hyundai do Brasil anunciou nesta semana que irá fazer um recall do seu modelo i30. Segundo a montadora, o recall atinge cerca de 15 mil veículos produzidos entre 1º de novembro de 2009 e 30 de abril de 2010. O motivo para a realização do procedimento é que foi constatado que o carro possui um problema no software da direção elétrica.

De acordo com as informações divulgadas pela Hyundai, uma falha de comunicação nos sistemas eletrônicos pode desabilitar a assistência da direção, o que deixará a direção mais dura do que o habitual. Com isso, há o risco de acidentes e lesões físicas nos ocupantes do veículo e também em terceiros.

A montadora informou que o problema pode ser detectado pelos motoristas assim que uma luz de advertência com a sigla "EPS" aparecer no painel.

Devem comparecer ao recall os donos dos veículos i30 (modelo 2010) com chassis entre KMHDC81EABU085807 e KMHDC51EBBU267435.

Quem quiser obter mais informações sobre este recall da Hyundai deve acessar o site www.hyundai-motor.com.br. Também é possível obter mais detalhes sobre o problema ligando para a Central de Relacionamento da Montadora, através do telefone 0800 770 3355. É importante lembrar que o atendimento telefônico é feito apenas de segunda a sexta-feira, das 8:00 às 18:00.

Mudando um pouco de assunto, recentemente saiu na mídia especializada que a Hyundai já prepara o lançamento de seu Novo Elantra 2016. O carro deverá ser apresentado durante o Salão do Automóvel de Los Angeles (nos Estados Unidos), que acontecerá no mês de novembro deste ano. O veículo ganhou traços mais agressivos e sua mecânica também foi reformulada para concorrer diretamente com o Chevrolet Cruze, o Honda Civic, o Toyota Corolla e o Ford Focus Sedan. Entre as novidades do carro podemos citar a nova grade frontal (que ganhou um formato trapezoidal) e os novos faróis em LED. Com relação ao motor, o Novo Elantra será equipado com um motor 1.6 turbo de quatro cilindros, o mesmo que já é utilizado no Tucson. O propulsor terá injeção direta de gasolina e irá oferecer 176 cavalos de potência. Já o seu câmbio poderá ser manual de 6 marchas ou automático de sete marchas e dupla embreagem.


Hyundai i30 Turbo é revelado na Europa


A Hyundai divulgou o facelift i30 no Salão de Genebra. Somados as versões convencionais, a empresa apresentou uma versão turbo do hatch, que possui motor 1.6 de quatro cilindros que fornece 186 cavalos de potência e 27.02 mkgf de torque. Continuando com a transmissão manual de seus marchas e tração dianteira, o i30 turbo permite acelerar de 0 a 100 km/h em 8 segundos, atingindo a velocidade máxima de 219 km/h.

Outras especificações do i30 Turbo são o kit aerodinâmico diferenciado, saída dupla de escapamento, faróis de bi-xenônio, luzes diurnas de LED, bancos esportivos com costura contrastante e painel de instrumentos distinto.

A Hyundai também encaminhou para o Salão de Genebra a nova geração do ix35, que retornará a implementar a denominação Tucson em todo o mundo. O modelo possui linhas mais robustas e design que acompanha o visual implementando pelos lançamentos mais atuais da empresa e inicia as comercializações na Europa ainda em 2015.

O detalhe tratou-se da denominação. No território brasileiro, o Tucson de geração anterior é produzido pela CAOA, que afirmou não possui objetivo de usar a denominação idêntica na nova geração do ix35.

O novo Tucson teve o tamanho aumentado, com 4,475 metros de comprimento, 1,850 m de largura e 2,670m de distância entre-eixos. Produzido sobre a plataforma idêntica do novo Kia Sportage, o porta malas possui capacidade para ter 513 litros de bagagem.

Ele será fornecido com duas variantes do motor 1.6 a gasolina, uma comumente aspirada, que possibilita 133 cv de potência, e outra com turbocompressor, de 174 cv. Para o continente europeu, também terá uma versão a diesel, com motor 1.7 de 113 cv. Os modelos com tração 4×4, por sua vez, possuirão motor a diesel 2.0, de 134 cv e 181 cv. A Hyundai irá fornecer três opções de transmissões: manual e automática de seis velocidades e também uma caixa dupla embreagem de sete marchas.

Felipe Couto de Oliveira


Novo Hyundai i30 virá com Turbo e Câmbio de Dupla Embreagem


Na Europa, no "Velho Mundo", a divisão da Hyundai anunciou recentemente que irá começar a produção do novo i30, o "New i30", na verdade um novo estilo para o carro mais vendido da montadora. Os primórdios do "New i30" já foram lançados na linha de produção na cidade de Nosovice, na República Tcheca, com expectativa que chegue às lojas das cidades europeias já na próxima quinzena.

O i30 não é tão vendido e nem tão famoso como o Ford Focus ou o VW Golf, mas é a máquina mais famosa da Hyundai no continente europeu. Assim, a montadora não mediu esforços no investimento do "upgrade" do i30 para que este possa fazer frente aos citados "rivais", os quais já se consolidaram nos principais mercados do mundo.

O "New i30" é a terceira geração do veículo, que em 2012, na sua segunda geração, teve uma mudança muito extensa, tendo um apelo mais para o estilo "premium" ao hatchback. Já em relação ao i30 de 2015, a montadora prorizou mudanças na lista de motores e equipamentos, destacando-se o novo propulsor 1.6 a diesel (com 135 cavalos), além da opção da versão 1.6 turbo com 183 cavalos e a gasolina.

O sucesso do Hyundai i30 se expande dia a dia nos mercados europeus, destaque para a quantidade de vendas no Reino Unido desde quando foi lançado: 82.159 carros, um recorde para a marca. Não foram divulgados os preços que custarão aos bolsos dos clientes nas concessionárias, mas, com certeza, bem menos do que o valor no Brasil, onde os impostos imperam em todos os tipos de mercadorias.

Apesar do crescimento do número de vendas, o Hyundai i30 ainda está um pouco distante de ocupar a lista dos veículos mais vendidos na Europa, onde de acordo com a pesquisa da "Jato Dynamics", a classificação em relação ao ano de 2014 é a seguinte: 1º Volkswagen Golf – 45.522 unidades; 2º Volkswagen Polo – 27.456 unidades; 3º Renault Clio – 26.496 unidades; 4º Ford Fiesta – 24.937 unidades; 5º Opel/Vauxhall Corsa – 20.418 unidades; 6º  Skoda Octavia – 18.993 unidades; 7º Ford Focus – 18.317 unidades; 8º Audi A3 – 18.139 unidades; 9º Nissan Qashqai – 17.077 unidades; 10º Peugeot 208 – 16.057 unidades. Em relação ao ano de 2014, a Jato Dynamics não divulgou o número de i30 vendidos.

Vinícius Cunha


Hyundai i30 ganha Nova Versão com Teto Panorâmico


Lançamentos aparecem e vão sempre que se aproxima o final de um ano e o início de outro. A novidade da vez é a linha 2015 Hyundai i30. Até aí tudo bem. A questão que não tem agradado muito aos consumidores da marca e que tem até afastado aqueles que pretendiam comprar um carro da mesma é o simples fato da falta de novidade. Para se ter ideia do que estamos falando, basta dizer que a única novidade efetivamente apresentada é o teto panorâmico que passa a ser oferecido na versão mais básica.

Em questões financeiras sem esse pequeno detalhe os preços do veículo começam em R$ 78 mil. Caso o consumidor queira a citada opção com o acessório, o valor pula para os R$ 84 mil.

No caso da versão topo de linha, que já conta com o teto panorâmico, a informação é de que sai das lojas por R$ 94 mil.

E o que dizer da motorização?

Em todos os casos, ou melhor, todas as versões contam com um motor 1.8, com capacidade para 150 cavalos de potência. São 18,2 kgfm de torque. A título de curiosidade, o bloco só funciona com gasolina. Mas para quem tem uma boa memória, vale ressaltar que a montadora já chegou a vender uma versão do i30 Flex. Essa, por sua vez, tinha um motor 1.6 e 128 cv. A questão é que foi deixada de lado e não é produzido há um ano.

Convém também chamar a atenção para o fato de que esse bloco deu “as caras” na figura de sucessor do 2.0 movido a gasolina, com capacidade para 145 cv.

Como é bem nítida a perda de potência, o i30 acabou não sendo muito bem recebido e como consequência as vendas começaram a cair.

Para finalizar, vamos ver um pouco o que o carro tem.

O i30 chega com freio de estacionamento com controle eletrônico, sensor de estacionamento traseiro, controle eletrônico de estabilidade (ESP), freios ABS com distribuição eletrônica da força de frenagem (EBD), sete airbags (na versão mais completa), dentre outros itens.

Site da montadora: http://hyundai-motor.com.br.

Por Denisson Soares