Google, Volvo, Ford, Uber e Lyft se unem para regulamentar Carro Autônomo


Objetivo das empresas é tentar agilizar a regulamentação deste tipo de veículo.

O desenvolvimento de um carro autônomo está sendo trabalhado por várias empresas de tecnologia interessadas na ideia. Agora cinco empresas de grande porte (Google, Volvo, Ford, Uber e Lyft) se juntaram num esforço para regulamentação dos carros autônomos.

Objetivo da coalizão:

Essas empresas tem tudo o que precisam para trabalhar sozinhas, mas escolheram se juntar para auxiliar na regulamentação desse tipo de automóvel. A intenção é conscientizar tanto órgãos federais quanto o público sobre benefícios que os carros autônomos trarão para a sociedade.

Eventualmente os carros que conseguem dirigir sem um motorista serão parte do dia-a-dia da sociedade e é importante que a regulamentação desses veículos aconteça assim como com qualquer outro. Juntando-se essa parceria ao incentivo de US$ 4 bilhões fornecido pelos EUA ao desenvolvimento desses automóveis, espera-se que o futuro de carros autônomos esteja mais próximo do que se esperava.

Benefícios dos carros autônomos:

Mesmo quem estava com um pé atrás sobre deixar uma máquina dirigir está repensando sua visão conforme os veículos saem do papel. Empresas como a Google já estão com esse tipo de carro prontos para testes.

Alguns acham que carros autônomos podem ser a saída para o trânsito extremamente violento que vários países possuem, como o nosso. São milhares de mortos e feridos que podem ser evitados caso a inteligência por trás dos carros que se dirigem consiga se manter longe de acidentes.

A poluição também pode ser diminuída com o investimento em carros autônomos mais econômicos ou até mesmo elétricos. Para países como os EUA, cujas emissões de carbono são muito altas, isso seria maravilhoso. Sem contar com a economia de tempo e estresse dos próprios motoristas, que poderiam sentar no carro e relaxar durante a viagem ao invés de se preocupar com caminhos e trânsito.

Controvérsias:

Claro que nem todo mundo aceita que os carros autônomos serão completamente seguros. Quem vai saber se carros autônomos não podem cometer erros e causar acidentes graves?

Carros da Google, por exemplo, já se envolveram em alguns acidentes desde que começaram a rodar por aí. Em fevereiro um desses carros foi o causador de um acidente com um ônibus, o carro bateu na lateral do ônibus devido a um erro de cálculo.

Gizele Gavazzi


Ford Focus Titanium


Em termos gerais quando tratamos da configuração do sedã Ford Focus uma coisa fica bem clara: Ela nunca se destacou entre os mais vendidos do segmento no Brasil. Entretanto, quanto a terceira geração que é a atual no mercado foi lançada lá no ano de 2013 a ideia inicial era de que os três volumes médios conseguissem a façanha de saírem da sétima posição e alcançarem pelo menos a quarta posição.

Mas como dito anteriormente foi apenas uma ideia e o sedã não obteve o sucesso pretendido. Hoje em dia ele continua seguindo na lista como o sétimo colocado. Mas se engana quem imagina que ter as expectativas em torno do mercado frustradas são coisas apenas da Ford.

Para se ter ideia de algo que pode “provar” esses fracassos está um fato bem conhecido: Os japoneses Honda Civic e Toyota Corolla detém a hegemonia desse setor há vários anos e de quebra eles ainda ganharam como companheiro na terceira posição o Nissan Sentra.

A Ford, por sua vez, para tentar manter a competitividade tem apostado em algo comum a todas as categorias da montadora: o uso abusivo de tecnologias.

E em caso de dúvida sobre se isso é ou não verdade basta darmos uma olhada na configuração apresentada pela versão de topo do sedã médio, a Titanium Plus.

O modelo apresenta um trem de força interessante que é capaz de impressionar o condutor pelo alto desempenho esportivo. Além disso, ainda temos diversas comodidades no carro as quais curiosamente não se encontram presentes nem mesmo nos modelos Premium das concorrentes. Por fim, vale destacar o fato de que o carro ainda ganhou um novo face-lift no mês de agosto do ano passado.

No que diz respeito a essas alterações visuais, em termos simples elas focaram em especial na dianteira do carro. Uma grade avantajada e um caimento leve no teto são algumas das marcas presentes.

De fábrica o Ford Focus Titanium Plus vem com assistente de frenagem autônomo. O sistema permite que colisões possam ser evitadas em velocidades que giram em torno dos 20km/h. O impacto do veículo em velocidade de até 50km/h também acaba sendo reduzido significativamente.

Caso o consumidor queira a configuração todo de linha ele terá acesso a um teto solar, banco do motorista com ajustes elétricos, espelhos com rebatimento elétrico, sensor de estacionamento dianteiro e sistema de som premium da Sony.

Já o preço do Focus Titinium sai por R$104.590. Isso quer dizer R$9.300 mais caro do que a versão Titanium.

Por Denisson Soares


Novo Ford Ka e Ka+ 2016 – Novidades e Preço das Versões


Veículo da Ford ganha novos itens de série e sofre um leve aumento de preço.

Para os consumidores que estavam aguardando, a renomada montadora de veículos automotores Ford já lançou aqui no país a linha 2016 do Ford Ka, que dessa vez veio com mais acessórios a fim de agradar os consumidores, porém, o valor foi reajustado.

As duas versões deste veículo, a hatch e a sedã, foram contempladas com estes novos acessórios, sendo que nas suas versões mais básicas estes veículos tiveram um reajuste de R$ 600,00, uma vez que o valor da versão hatch era de R$ 39.390 e passou a ser de R$ 39.990, já a versão sedã antes era comercializada por R$ 42.390 e passou a ser vendida por R$ 42.990.

As novidades com relação aos novos acessórios que foram inseridos nessa versão 2016 do Ford Ka ficam por conta do sistema Isofix que foi colocado em todas as versões do veículo e serve para fazer a fixação das cadeirinhas, bem como entrada USB com função de carregamento de dispositivos por meio da função MyConnection, que foi atualizado e agora permite que os usuários façam a emissão de comandos de voz para funções do smartphone através do Bluetooth.

A versão topo de linha do Ka e do Ka+, a SEL, agora já vem de fábrica com os retrovisores externos sendo regulados por meio de comandos elétricos. No três volumes, em qualquer das opções disponibilizadas para o consumidor, existe a presença de faróis de neblina já inseridos como item de série.

Já na parte mecânica, essa edição 2016 do Ka não trouxe nenhuma alteração, uma vez que a fabricante optou por manter os propulsores 1.0 (com capacidade de produção máxima de potência de 85cv) e o 1.5 (com potência máxima de 110cv), sendo que em ambas as configurações estes motores são flex.

Em qualquer uma das opções de motorização os propulsores trabalham juntamente com uma transmissão manual de cinco marchas.

Por Adriano Oliveira


Novo Ford EcoSport sem Estepe Externo – Lançamento na Europa


Novo SUV ganha kit voltado para reparação de emergência e conta com motor 1.5 TDCi.

No mercado europeu, começaram as vendas do Novo Ford Ecosport, sendo que a principal novidade é a ausência do estepe no seu lado externo. Esse fato já tinha sido anunciado no mês de março de 2015. O estepe fica de fora e dá espaço para um kit voltado para a reparação de emergência. Fora isso, o modelo conta com pequenas alterações.

O SUV da Ford também agora conta com um isolamento acústico mais reforçado com algumas mantas de espessura mais grossa. Isso tem o objetivo de reduzir o ruído na cabine. Outro ponto novo no modelo do EcoSport é que a suspensão do veículo teve uma recalibragem. Com isso, o carro conta com um rebaixamento de 100 milímetros. Há também novos amortecedores e molas instaladas.

Pensando no mercado de automóveis da Europa, a área de engenharia da Ford também fez mudanças em termos da direção elétrica e no controle de estabilidade do EcoSport. Nos itens, há novas molduras no painel, o volante foi alterado por uma nova peça, além de um renovado revestimento parcial de couro na versão Titanium.

A motorização do EcoSport conta com o propulsor 1.5 TDCi a diesel contando com 95 cavalos de potência (cinco cavalos a mais que o seu antecessor). Ainda há o modelo 1.0 EcoBoost a gasolina, com 125 cavalos de força.

Dicas para comprar um EcoSport usado:

Uma das primeiras dicas que especialistas dão é para ficar atento com a versão 1.0 Supercharged (se não tiver ar-condicionado principalmente), uma vez que não são bem revendidas e contam com desempenho mais fraco.

Sempre observe se há amassados na parte inferior da carroceria do modelo, além de ficar de olho também nos estribos laterais e no carter. Outra boa observação é se você encontrar manchas maiores de barro localizadas nas caixas de rodas e embaixo do veículo. Isso poderá apontar que o EcoSport teve a sua utilização em condições mais extremas (trilhas off-road, por exemplo). Esse fato poderá comprometer certos componentes do SUV e provocar problemas futuros.

Nas primeiras versões do Ford EcoSport, principalmente, verifique o acionamento dos vidros elétricos. Em modelos mais antigos, a máquina que faz o acionamento do vidro pode estar com defeito. Outro ponto importante é observar a embreagem, uma vez que o pedal muito endurecido vai apontar que o conjunto está no seu final de vida útil.


Novo Ford Focus Fastback 2016 – Novidades e Lançamento


Novo veículo ganha melhorias mas mantém o motor 2.0. Preço do carro poderá variar de R$ 69.900 a R$ 95.900.

O novo modelo Fastback 2016 é mais um lançamento da linha Focus, o carro está com previsão de chegada para agosto de 2015 no Brasil. O veículo ainda está em fase de teste, mas já é possível comentar sobre o facelift na parte visual do para-choque dianteiro, além do design dos faróis e da grade frontal, a carroceria com três volumes, a tampa no porta-malas, entre outros detalhes.

O novo hatch vai apresentar um estilo esportivo, pois vêm com o lançamento de um moderno sistema de multimídia Sync, além do baixo ruído ao dirigir, da parte interna bem mais iluminada e da boa dirigibilidade na estrada e na cidade, características dos modelos anteriores que serão mantidas no Focus Fastback 2016.

Porém, a parte mecânica não passará por nenhum tipo de modificação, por isso, o motor utilizado continuará sendo o 2.0 16v DirectFlex, que fornece até 178 cv quando abastecido com etanol. O carro pode utilizar um sistema de câmbio manual com cinco velocidades ou então a opção automatizada de dupla embreagem com seis marchas. E nessa perspectiva, o futuro dono pode confiar que o veículo oferece um consumo de até 11.1 km/l na estrada. E o modelo de motor 2.0 com câmbio Powershift proporciona até 11.3 km/l na estrada. Vale lembrar que o carro não precisa de muita manutenção, que já permite uma boa economia.

Quanto ao valor do novo Focus Fastback 2016, ele ainda não está disponível, mas parece que ficará em torno de R$ 69.900 e R$ 95.900. É preciso aguardar o preço oficial de tabela, mas o valor corresponde à qualidade do carro, que não oferece muito espaço para críticas, pois todos os carros da linha Focus apresentam bom desempenho, economia, bastante conforto para o motorista e para os passageiros.

Portanto, o novo Focus Fastback 2016 está chegando com um novo desempenho através do estilo sedã de luxo no modelo esportivo. É um carro que vai fazer sucesso e agradar muito quem dirige como também os passageiros.

Agora, as pessoas que gostaram das novidades do novo modelo ou desejam fazer alguma crítica, podem deixar seus comentários.

Por Jaqueline Mendes Rodrigues dos Santos


Novo Ford Focus é apresentado no Salão de Buenos Aires 2015


Carro ganha novo visual e recebe Novo Controle Eletrônico de Estabilidade, além de Novo Sistema de Multimídia.

Foi mostrado oficialmente, nesta última quinta-feira, dia 18 de junho de 2015, no Salão de Buenos Aires, a novíssima linha do Ford Focus, a qual irá começar a ser comercializada aqui no Brasil a partir do mês de agosto. Este hatch médio, além de ganhar um visual renovado, ganhou novas tecnologias, tais como novo controle eletrônico de estabilidade e atualizações no seu sistema de multimídia.

Ao que tudo indica, no Focus sedã as mudanças devem ser bem parecidas, contudo, este modelo sedã só será apresentado em outra oportunidade, a qual ainda não foi divulgada, mas chegará às concessionárias brasileiras junto com o seu irmão de carroceria menor.

No design, as mudanças foram concentradas na parte frontal, pois com as modificações a grade dianteira ficou muito semelhante à de outros modelos que já são utilizados na linha, sendo que o objetivo da empresa nessa mudança foi o de padronizar a sua linha global. Os faróis, além de terem sido mais afilados, acabaram ganhando uma nova tecnologia de luzes diurnas em LED.

As mudanças na parte traseira foram bem sutis ou quase que insignificante, tendo em vista que a única mudança que houve foi o remodelamento do desenho das lanternas.

A Ford já fez a confirmação de que este veículo irá chegar ao mercado brasileiro com um novo sistema de estacionamento autônomo evoluído, o qual será capaz de estacionar o carro em vagas perpendiculares e paralelas, essa é sim uma grande inovação, tendo em vista que com o atual sistema de estacionamento que está presente nas versões anteriores só permite ao condutor fazer balizas.

Outras novidades que irão agradar bastante aos consumidores serão com relação às modificações que foram feitas pela fabricante, a fim de fazer com que este carro fique ainda mais silencioso e econômico.

Já com relação ao conjunto mecânico, a linha 2016 ainda seguirá equipada com o mesmo conjunto que é utilizado atualmente, que é um propulsor 1.6 de 135cv ou a opção 2.0 de 178cv. Os câmbios ofertados também serão os mesmos, ou seja, o de cinco marchas manual e o automático composto por dupla embreagem e dotado de seis marchas.

Por Adriano Oliveira


Novo Focus 2016 é apresentado pela Ford – Veja as Novidades


Ford apresenta Novo Focus 2016. Carro deve chegar às concessionárias em agosto ou setembro deste ano.

A Ford apresentou nesta semana o seu Novo Focus 2016. A apresentação do novo modelo aconteceu em um evento fechado para a imprensa em São Paulo (SP). Vale lembrar que esta é a terceira reestilização realizada no veículo, que será apresentado oficialmente ao público no mês de junho, no Salão do Automóvel de Buenos Aires, na Argentina.

O novo veículo é bastante semelhante ao modelo vendido na Europa, sendo que possui algumas sutis mudanças visuais. Entre as diferenças em relação ao modelo europeu podemos citar as novas rodas, os faróis e a grade hexagonal mais afilada, o novo para-choque, os refletores e traços no interior das lanternas, além da silhueta da tampa do porta-malas. 

Apesar do carro não apresentar muitas mudanças visuais, ele ganhou vários itens tecnológicos, como o Novo Sistema Sync (de 3ª Geração), o Sistema Park Assist (que controla eletronicamente as manobras de baliza), o Sistema de Frenagem Automática, além de um Alerta de Emergência em caso de Colisões (que liga automaticamente para o Samu em caso de acidentes).

Podemos notar que a Ford investiu bastante na segurança do carro. A montadora espera que estas novidades façam com que o Novo Focus 2016 ganhe cinco estrelas nos testes de segurança e colisão realizados pelo Latin NCAP.

A Ford não confirmou qual motor será utilizado no carro, mas acredita-se que ele será o mesmo da atual versão do veículo. Sendo assim, deveremos ter as opções com motor 1.6 Flex de cinco marchas (que oferece até 135 cavalos de potência quando abastecido com etanol) e com motor 2.0 DirectFlex com câmbio automatizado de dupla embreagem PowerShift (que utiliza injeção direta de combustível e oferece até 178 cavalos de potência com etanol).

Com relação ao preço do carro, a Ford não mencionou valores, mas sabe-se que o modelo deverá começar a ser vendido no Brasil por volta do mês de agosto ou setembro.

Para quem não sabe, o Ford Focus é o líder de vendas na categoria Hatches Médios no Brasil. Entre janeiro e março deste ano, o modelo vendeu cerca de 3.700 unidades, o que o deixa à frente de carros como Chevrolet Cruze Sport 6 e Volkswagen Golf. Em contrapartida, o modelo sedã não faz tanto sucesso e ocupa apenas a 11ª posição entre os sedãs mais vendidos no Brasil, a liderança nesta categoria é do Toyota Corolla, que vende 14 vezes mais que o Focus.

Novo Mustang 2016:

Além do Novo Focus 2016, a Ford também apresentou esta semana o novo Mustang. O modelo, que já havia recebido uma reestilização no ano de 2013, basicamente só ganhou novos pacotes e equipamentos, entre eles podemos citar o Novo Sistema Sync e os indicadores de seta situados nas aberturas do capô. Vale lembrar que no Mustang produzido em 1967 a Ford já havia utilizado indicadores de seta semelhantes.

Confira abaixo algumas fotos do Novo Ford Focus 2016 (só que na versão Europeia):


Novo Ford Mustang 2016 – Fotos e Novidades


Lançamento do Novo Ford Mustang 2016 aconteceu esta semana. Confira as novidades e primeiras fotos do carro.

Depois de muita espera finalmente a Ford apresentou o seu Novo Mustang 2016. Se comparado com o modelo do ano passado (que apresentou a nova geração do carro), este novo modelo ganhou poucas alterações, sendo que as principais novidades são o lançamento de novos pacotes de modificações com itens exclusivos.

Na versão EcoBoost, a principal novidade é o pacote "Pony Package", que oferece rodas de 19 polegadas com desenho exclusivo, detalhes cromados na janela, faixas laterais e novo emblema. 

Já na versão GT foi lançado os pacotes "Black Accent Package" e "California Special Package". No pacote Black Accent temos novos emblemas em preto, asa traseira em preto e rodas de liga leve de 19 polegadas também pretas. Já o pacote California Special traz asa traseira, novo capô redesenhado, além de novas faixas laterais, estofamento em couro Ebony com costuras em vermelho, rodas de alumínio de 19 polegadas e detalhes em alumínio no painel.

Por fim, a versão GT conversível também ganhou um pacote de itens chamado "Performance Package", que traz suspensão esportiva retrabalhada, radiador maior e molas duras na frente. Não bastasse isso, neste pacote ainda temos diferencial de derrapagem limitada, novo controle de estabilidade, novo sistema de direção, detalhes em alumínio no painel interior do veículo, além de pneus de alto desempenho.

Outro detalhe presente em todas as versões é o novo sistema de entretenimento Sync 3, que possui tela sensível ao toque e está bem localizado no centro do painel do carro.

Sobre o Ford Mustang:

O Mustang é o principal carro esportivo fabricado pela Ford. O veículo, que é considerado o primeiro muscle car da história, foi lançado pela primeira vez no ano de 1964, durante o evento New York World's Fair. O nome Mustang vem do avião de casa americano P-51 Mustang, que por sua vez teve o seu nome inspirado no nome da raça de cavalo selvagem do país.

O modelo possui 5 gerações. A primeira foi fabricada entre 1964 e 1973, que eram vendidos com motor de 6 cilindros de 2,8L com 101HP ou então com um motor V8 de 4,8L com 271HP.  Este modelo foi vendido em duas versões: a cupê e a conversível. Já a segunda geração do carro foi fabricada entre 1974 e 1978 e tinha versões cupê e hatchback. Vale lembrar que esta segunda geração não teve a produção da versão conversível. A terceira geração foi produzida entre 1994 e 2004. Desta vez o carro foi vendido nas versões Cupê, GT e GTS. Por fim, a 5ª geração foi lançada entre os anos de 2005 e 2014, nas versões Cupê e Conversível. 

Os principais concorrentes do carro são: Chevrolet Camaro e Dodge Challenger.

Para conhecer um pouco mais sobre o carro, acesse o site http://www.ford.com/cars/mustang/.

Veja agora algumas fotos do Novo Mustang 2016:

 


Novo Ford Focus 2016 – Novidades e Lançamento no Brasil


Ford prepara o lançamento do Novo Focus 2016. Confira as principais novidades do carro.

O Novo Ford Focus deve chegar ao mercado brasileiro apenas em junho desse ano, mas algumas novidades já foram reveladas sobre o que deve aparecer nas ruas nacionais nos próximos meses.

Com um estilo totalmente renovado, o Focus foi o último modelo da Ford a passar por uma reformulação, que aconteceu em vários outros modelos populares da marca. A maior mudança, apesar de sutil, foi no design. O novo Focus perdeu o estilo um pouco mais esportivo, para dar lugar a um modelo sofisticado e requintado.

Isso se reflete na sua parte frontal, que ganhou uma nova grade, lembrando muito o estilo dos Aston Martin. Além disso, novos faróis mais estreitos incorporam o carro, que segue a mesma linha dos novos modelos da montadora norte-americana. Ainda na parte frontal, o veículo ganhou novo para-lamas e capô, além de um novo posicionamento do emblema da marca. Na parte traseira, a alteração é ainda mais sutil, com uma alteração apenas na área do par de lanternas.

Por dentro do carro também houve reformulações. Isso inclui um novo design em relação a parte tecnológica. No modelo antigo do Focus, apesar de ter muitos recursos, a disposição deles era muito confusa. Esse problema foi resolvido graças ao sistema Ford Sync2, que oferece comandos por voz.

Ainda na parte interna, o novo Focus vem com câmera de ré, tela sensível ao toque de 4,6 polegadas, novo estofamento nos bancos e uma porta USB mais rápida para carregamento de celulares.

Na parte de motorização, há poucas novidades. Os modelos atuais de motor, o 1.6 Flex (com potência de 135 cv) e o 2.0 (com 178 cavalos de potência), devem ser mantidos. Porém, a expectativa é de que daqui há dois anos seja introduzido um novo modelo, o 1.0 Ecoboost, com potência de 125 cv, o que não é nada mal para uma configuração dessas.

Produção do Ford Mondeo na Rússia:

Além de anunciar o lançamento do Novo Focus 2016 para o Brasil, a Ford também informou que está iniciando a produção do seu novo Mondeo na Rússia. Lá, o sedã foi adaptado para aguentar as variações climáticas da região e para atender as necessidades de seus consumidores. Vale lembrar Ford Mondeo é o substituto do Ford Fusion na Europa. Aqui no Brasil, o Fusion é líder no segmento de sedãs de luxo. O lançamento do Novo Ford Mondeo só foi possível após a montadora realizar melhorias em sua fábrica em São Petersburgo, que ganhou novos equipamentos e teve sua capacidade de produção ampliada.

Por Felipe Villares


Ford EcoSport Plus 2.0 Powershift – Lançamento no Brasil


Ford apresenta novo EcoSport Plus 2.0 Powershift. Veículo traz novidades para concorrer com Novo Duster e HR-V.

O mercado de SUVs está super aquecido e as montadoras correm atrás dos seus concorrentes com unhas e dentes. Esse é o caso da Ford, que de olho nos seus rivais, lançou a nona versão do EcoSport.

Apesar de ter o EcoSport como atual líder de vendas no segmento, a montadora norte-americana já está lançando esse novo modelo, que agora conta com uma nova opção, a Plus 2.0 PowerShift. Isso significa que essa versão contará com itens que só vinham na versão Titanium, que era a top da linha. Esse itens incluem o banco de couro e os seis airbags.

Com preço de R$ 82.900,00, seu valor será o mesmo do EcoSport FreeStyle 2.0 4WD, com tração integral e transmissão manual.

Esse motor 2.0 que virá com o novo EcoSport tem potência de 141 cavalos rodando na gasolina e 147 cv quando anda com etanol, além de torque de 18,9 kgfm e 19,7 kgfm, respectivamente. O câmbio é automático com a dupla embreagem PowerShift com seis velocidades.

Entre os itens que vêm nesse novo modelo estão: assistente de partida em rampa, controle eletrônico de estabilidade e tração, computador de bordo, piloto automático, alarme, sensor de estacionamento traseiro, ar condicionado, sistema com comando de voz, assistência de emergência, vidros elétricos, direção elétrica, retrovisores elétricos e rodas de liga leve com aro de 16 polegadas. Todos esses itens justificam o valor do novo veículo da Ford.

A marca lança esse modelo para bater de frente com o novo Renault Duster, que deve ser lançado na próxima segunda-feira, mas que tem valor inicial bem inferior, de R$ 78.490,00. Outro concorrente que entra na briga é o Honda HR-V (em sua versão intermediária) e o Jeep Renegade (também em sua versão intermediária).

O valor do modelo mais simples da EcoSport é de R$ 66.900,00, porém, a montadora afirma que as versões mais vendidas são as intermediárias.

Sobre o Ford EcoSport:

O Ford EcoSport foi lançado no ano de 2003 e foi baseado na segunda geração nacional do Fiesta. Este SUV caiu no gosto dos brasileiros, que em seu primeiro ano alcançou a marca de 27.237 unidades vendidas. Atualmente o veículo é produzido em Camaçari (BA), no Complexo Industrial Ford Nordeste. Este complexo já foi responsável por produzir o Fiesta Rocam (que já saiu de linha) e o Novo Ka.

Por Felipe Villares


Ford Everest foi lançado na Tailândia no Salão de Bangok


O modelo é o SUV da Ranger, mas o veículo não deverá ter lançamento no Brasil.

Uma das grandes novidades da Ford para o mercado automobilístico é o novo Ford Everest, um SUV da Ranger. Vale ressaltar que a novidade da Ford já foi apresentada oficialmente no Salão de Bangkok, Tailândia. É importante destacar que este é um utilitário de luxo com principal foco nos mercados localizados no Sudeste Asiático. No entanto, a notícia negativa é que não existem planos da Ford para trazer o SUV da Ranger para o mercado brasileiro no momento.

Vale ressaltar que a Ford é uma das maiores empresas em seu ramo. A mesma possui sua origem nos Estados Unidos e foi fundado por Henry Ford, grande empresário do meio automobilístico.

A notícia de que o Ford Everest não deve chegar ao mercado brasileiro partiu de fontes ligadas à Ford no Salão do Automóvel de São Paulo. Segundos essas fontes, a chegada do SUV da Ranger está cada vez mais distante de nosso mercado. Um dos principais motivos para isso teria sido os investimentos da Ford na Argentina. Seria lá que o SUV da Ranger seria produzido, no entanto, o projeto foi cancelado, haja vista a atual crise econômica na qual à Argentina está inserida. Além disso, outros fatores influenciaram a mudança da Ford: o fraco desempenho de rivais da Chevrolet e Toyota, bem como a preferência do público por modelos on-road como, por exemplo, o Edge.

O novo Ford Everest é uma das principais expectativas da empresa norte-americana para o mercado do Sudeste Asiático. O mesmo apresenta características e configurações muito procuradas nesta região. Um grande exemplo disso é o design extremamente elegante desse automóvel.

O novo Ford Everest será disponibilizado em versões com opção de tração traseira ou 4×4. O SUV Premium conta com duas opções de motores diesel Duratorq TDCi de nova geração: 3.2 cilindros (com cerca de 200 cv) e 2.2 de quatro cilindros (possui cerca de 160 cv). Além disso, o cliente ainda pode optar por transmissão automática ou manual de seis velocidades.

Por Bruno Henrique


Ford lança limitador de velocidade inteligente


A velocidade do carro será ajustada de acordo com a média da via em que o motorista está dirigindo.

A Ford divulgou nesta terça-feira (24) um novo sistema que terá a função de limitar a velocidade, tornando um grande atrativo no mercado de vendas e que estará disponível no S-MAX o qual possui maior divulgação e consumo pelos usuários da marca no continente europeu.

Referente a informações emitidas pela marca, o dispositivo irá agir de maneira inteligente, conseguindo detectar todos os sinais que estão excepcionalmente associados aos indicadores de velocidade máxima da via através de um meio tecnológico representado por uma câmera dianteira e, na subsequência, agirá de forma eficaz onde a sua função primordial será ajustar a velocidade do carro a esse limite.

Outra novidade que está integrada a este novo projeto de limitar a velocidade do carro quando anexo aos indicadores de velocidade máxima é a adaptabilidade. Muitos não conhecem o significado da palavra mencionada, mas é de grande valia mencionar que esta será a reprogramação que atuará com configuração automática, isto é: se o veículo o qual está sendo manuseado, está em uma via com a velocidade excedente ao limite permitido e exposto por placas, procede-se com a redução. Se o motorista impõe o desempenho do carro a uma velocidade também maior como o exemplo citado a cima, o dispositivo que tem a função de limitar a velocidade irá também aumentar a velocidade (nesse caso, porém, a aceleração deve ser feita pelo próprio motorista).

O limitador inteligente auxilia o motorista a dirigir de forma mais segura, além de evitar multas. O sistema equipado com uma câmera dianteira tem a função de reconhecer logo os primeiros sinais de transito e acerta automaticamente a velocidade máxima aos limites legais da via. O sistema é capaz de atuar numa faixa de 30 a 200 km/h e produz a redução de aceleração suave e, ao invés de aplicar os freios, reduz suavemente à alimentação de combustível para o motor. Se o veículo ultrapassar a velocidade, um alarme é disparado.

Foto – Divulgação

 Por Lorena de Oliveira


Nova Ford Ranger 2016 – Lançamento e Novidades


Ford apresenta Nova Ranger 2016. Veículo traz novidades que prometem agradar aos consumidores.

Um novo veículo de peso da Ford está para ser lançado no mercado internacional. A picape Ford Ranger foi revelada na última segunda-feira (23) pela unidade da montadora na Ásia/Pacífico.

Com alterações no visual e nos equipamentos, a nova Ranger deverá chegar ao mercado asiático ainda esse ano, porém, no segundo semestre, desembarcando como modelo 2016. Como no Brasil a Ranger vem pela planta da Argentina, o novo modelo deve chegar ao país apenas no ano que vem, já que a fábrica de General Pacheco deve começar a produzir o modelo só no início de 2016.

A nova Ranger vem para bater de frente com sua maior concorrente, a Chevrolet S10. Entre as novidades, está a nova grade frontal, que terá suas lâminas substituídas por uma boca em formato hexagonal. Ainda na parte frontal, o novo modelo terá mudanças no formato do para-choque, que terá nichos com luzes de neblina. O que não pegou muito bem é que essa parte lembra muito a S10. Na parte traseira, há apenas uma pequena alteração nas lanternas.

A cabine foi a que recebeu mais alterações, com uma nova versão da tecnologia na central Sync, que terá comandos por voz em todas as configurações, incluindo telefonia e multimídia, além da possibilidade de utilizar aplicativos e internet. Além disso, também terá um novo painel de instrumentos e novas opções. De uma maneira geral, a nova cabine da Ranger é um pouco mais rústica se comparada com outros veículos da marca, mas nada que atrapalhe seu desempenho.

Entre os recursos de dirigibilidade, estão os auxílios eletrônicos para aceleração e frenagem, direção elétrica, sistema para auxílio de troca de faixa e ainda um recurso para ajudar em manobras de estacionamento.

No exterior, a motorização não deve ser alterada, permanecendo os motores Duratec 2.5 litros a gasolina e o Duratorq de 2.2 e 3.2 litros, movido a diesel.

Sobre a Ford Ranger:

A Ford Ranger é uma picape média que foi apresentada pela primeira vez ao público no ano de 1995. Neste mesmo ano o veículo começou a ser vendido no Brasil. A picape é produzida em duas fábrica, nos Estados Unidos e n Argentina. A produção da Argentina abastesse os mercados do Brasil, Argentina, Peru, Chile e México. A última geração da Ranger chegou ao Brasil no ano de 2012, este novo modelo trouxe novidades como a adoção do câmbio automático. Os principais concorrentes da Ranger são: Chevrolet Colorado, Chevrolet S10, Dodge Dakota, GMC Canyon, GMC Sonoma, Nissan Frontier e Toyota Hilux.

Por Felipe Villares


Novo Ford Fiesta RS passa por testes


Ford realiza testes do Novo Fiesta RS. Carro traz novidades que prometem agradar aos consumidores.

Há algum tempo que previsões a respeito de um novo Ford Fiesta RS estão presentes na internet. A Ford garante disponibilizar 20 modelos de grande desempenho até 2020. Neste momento, fornecedores conquistaram a comprovação que restava, sendo o flagra do modelo da nova geração do hatch esportivo.

Seguido por dois Focus RS, o carro possuía alargadores nos para-lamas e painéis da carroceria temporários na traseira. A parte da frente também necessitou ser alterada, recebendo novos itens de arrefecimento na traseira da grade. A receita adota o padrão implementado pela empresa na produção de outros esportivos, onde pode-se citar o Focus RS.

É praticamente garantido que o Fiesta RS possuirá um visual bem distinto das versões comuns, tendo um novo kit aerodinâmico, suspensão com calibragem mais esportiva e freios redimensionados. Na parte de baixo do capô, o modelo poderá possuir uma versão preparada do motor 1.6 EcoBoost, possibilitando cerca de 250 cv.

A Ford também inicia a fabricação da picape F-150 em uma segunda fábrica no território norte-americano, para atender à necessidade crescente do mercado. De acordo com a empresa, os estoques estavam reduzidos de forma significativa e tinham o período de somente 18 dias nas concessionárias, detalhe que ficou pior após as históricas comercializações de janeiro. Para reforçar a fabricação, a fábrica de Missouri começou a produção do modelo como método para completar os trabalhos da planta do Michigan.

Segundo a Ford, as fábricas possuíram grandes investimentos em tecnologia e disponibilizaram novas vagas de emprego. Somado a isso, 500 robôs de última geração foram comprados para ajudar na fabricação, sobretudo devido ao procedimento mais complexo de produção da liga de alumínio. Aproximadamente 350 kg mais leve, o modelo é um dos veículos pioneiros do mundo a ser fabricado com 95% desta forma de metal. O objetivo da empresa é possibilitar a comercialização de 700 mil unidades anualmente em mais de 90 países.

Sobre o Ford Fiesta:

O Ford Fiesta foi produzido pela primeira vez no ano de 1976. O veículo, que atualmente está na seua 6ª geração, chegou ao Brasil no ano de 1990 e de lá para cá conquistou os consumidores brasileiros. O carro é considerado o terceiro mais vendido na história da Ford, perdendo apenas para o Escort e  F-Series. Vale lembrar que atualmente o carro é produzido na Europa, nos Estados Unidos, no Brasil, na Argentina, no México, na Venezuela, na China, na Índia, em Taiwan, na Tailândia e na África do Sul.

Felipe Couto de Oliveira


Novo Ford KA 1.5 SEL Hatch – Test Drive e Preço


Confira as primeiras impressões sobre o Novo Ford KA 1.5 SEL Hatch. Veja também o preço do carro e seus pontos fortes e fracos.

Após o lançamento do Ford Ka hatch 1.5, agora o veículo já está disponível para test drive. Muitos especialistas já realizaram o teste e as opiniões foram no seguinte sentido: um fator interessante que foi observado neste carro é a relação peso-potência que é de 9,4 kg/cv, assim ficou evidente que o veículo tem um bom desempenho, contudo, não chega a ser o melhor da categoria, principalmente devido às relações de marchas que ficaram longas, este fator realmente é ótimo para reduzir o consumo de combustível do veículo e minimizar o nível de ruídos em patamares menores, todavia, acaba influenciando e prejudicando um pouco na agilidade do carro.

Um fator muito positivo neste veículo é que a sua dirigibilidade é muito boa, haja vista que as marchas possuem engates precisos e de fácil manuseio, com a alavanca sem nenhum tipo de vibração, fator este que faz com que o carro ande tal como gente grande.

Nas curvas o novo Ka se demonstrou bastante estável, fator este que transmite bastante segurança e confiabilidade para quem o está dirigindo, principalmente por causa da sua direção que possui assistência elétrica, a qual faz com que o carro fique mais leve nas manobras e em velocidades mais altas não apresente aqueles ruídos tão indesejáveis, bem como devido ao controle eletrônico de estabilidade, que infelizmente só está disponível na versão topo de linha. O controle de estabilidade eletrônico é uma tecnologia muito importante, pois para quem nunca ouviu falar a respeito dessa tecnologia, ela consiste em trazer o veículo novamente para sua trajetória caso passe um pouco o limite de aderência.

O novo Ka 1.5 hatch em resumo é sim um ótimo veículo, pois é um carro ágil, confortável e que possui um bom custo-benefício, até mesmo quando se comparado com o novo Fiesta, uma vez que com a sua versão de entrada custando a partir de R$ 41.990 e a sua versão topo de linha, a SLE, custando R$ 46.890, este carro com certeza irá agradar a quem o adquirir. 

Confira no vídeo abaixo um test drive completo do Novo Ford Ka:

Sobre o Ford Ka:

O Ford Ka é um veículo subcompacto lançado inicialmente na Europa no ano de 1996. O carro foi desenvolvido pelo estúdio Peninfarina e  chegou ao Brasil no ano de 1997. As linhas arrojadas do veículo criaram o conceito de "New Edge", que também foi utilizando em modelos como o Ford Fiesta e o Ford Focus. Em 2002, o Ka passou por uma leve reestilização para ter seus custos reduzidos e com isso conseguir concorrer com carros como Ford Fiesta, Chevrolet Celta e Fiat Uno. Vale lembrar que o Ford Ka é produzido aqui mesmo no Brasil, na cidade de Camaçari. Para conhecer um pouco mais sobre o carro, acesse o site www.ford.com.br.

Foto: André Paixão/G1

Por Adriano Oliveira


Promoção da Ford oferece Novos Planos de Parcelamento


Ford lança Novos Planos com Parcelas Mensais de R$ 499.

É de conhecimento geral que a crise financeira em que o país está passando está prejudicando sobremaneira diversos setores não só da economia como do comércio. Como no setor automobilístico não é de forma diferente, as empresas têm que buscar alternativas inteligentes a fim de conseguir passar pelo momento difícil e de instabilidade com o menor percentual de prejuízo possível, é neste contexto, que a fabricante de veículos automotores Ford realizou o lançamento de uma campanha de varejo válida até o final do mês de março ou até enquanto durarem os estoques.  

Nessa campanha de varejo, iniciada na última segunda-feira dia 09 de março, a Ford lançou um plano em que nove dos seus modelos serão comercializados por meio de uma entrada que varia de acordo com o modelo escolhido pelo cliente e 60 parcelas mensais no valor de R$ 499,00.

Confira abaixo a tabela contendo a lista de modelos e seus respectivos valores:

  • Novo Ka: Preços a partir de R$ 38.290 ou Entrada de R$ 19.013,98 + 60 parcelas de R$ 499,00.
  • Novo Ka+: Preços a partir de R$ 44.490 ou Entrada de R$ 27.600 + 60 parcelas de R$ 499,00.
  • New Fiesta Hatch: Preços a partir de R$ 45.790 ou Entrada de R$ 27.563,45 + 60 parcelas de R$ 499,00.
  • Ecosport: Preços a partir de R$ 66.200 ou Entrada de R$ 44.862,47 + 60 parcelas de R$ 499,00.
  • Focus Hatch: Preços a partir de R$ 67.900 ou Entrada de R$ 47.432,80 + 60 parcelas de R$ 499,00.
  • Focus Sedan: Preços a partir de R$ 76.200 ou Entrada de R$ 52.056,83 + 60 parcelas de R$ 499,00.
  • Fusion: Preços a partir de R$ 106.000 ou Entrada de R$ 85.479,32 + 60 parcelas de R$ 499,00.
  • Ranger: Preços a partir de R$ 106.000 ou Entrada de R$ 57.800,89 + 60 parcelas de R$ 499,00.
  • Edge: Preços sob consulta.

Então se você gostou da novidade, vale a pena comparecer até uma concessionária Ford e adquirir o seu veículo novo nessas condições que realmente estão bastante interessantes, haja vista que em princípio, este plano terá duração apenas de um mês, ou seja, esse é mais um incentivo para que o consumidor deixe a crise de lado e realize o seu sonho de ter um veículo novo na garagem de casa.

Sobre a Ford:

A Ford Motor Company foi fundada por Henry Ford no ano de 1903. A montadora possui sede na cidade de Dearborn (Michigan) e seu atual presidente é Alan Roger Mulally. No Brasil a Ford começou os seus primeirs investimentos no ano de 1919, sendo considerada a primeira montadora de automóveis a se instalar em nosso país. Por aqui, a empresa possui unidades fabris nas cidades de São Bernardo do Campo, Taubaté, Camaçari, além de uma unidade de testes na cidade de Tatuí.

Entre os veículos produzidos pela Ford estão: Ford Ka, Fiesta, Focus, Fusion, EcoSport, Ranger, Ford F-250, Courier, Ford Edge, Ford Transit, F-1000, Ford Cargo e Escort. Outros modelos famosos também foram produzidos pela empresa, entretanto, já não são mais fabricados, entre eles estão: Belina, Del Rey, Corcel, Galaxie, Landau, Maverick, Pampa, Thunderbird, Verona e Versailles.

Por Adriano Oliveira


Ford pretende lançar conceito de carro elétrico em 2015


A marca visa entrar no segmento de carros elétricos para bater de frente com a Chevrolet, que tem o modelo Bolt.

Uma das grandes tendências do mercado automobilístico mundial são os conceitos elétricos que estão sendo apresentados por várias montadoras. Vale ressaltar que o carro elétrico deve ser o carro do futuro, haja vista o grande investimento neste segmento por parte das grandes montadoras. E a Ford, uma das maiores montadoras do mundo, também está interessada neste segmento. De acordo com o Automobile, portal americano, a empresa deve apresentar um novo conceito de carro elétrico ainda em 2015.

É importante destacar que esta novidade por parte da empresa norte-americana visa à concorrência direta com a também norte-americana Chevrolet. Para quem não sabe, Chevrolet e Ford são eternas rivais no mundo automobilístico. Dessa forma, o novo conceito de carro elétrico será uma reposta direta ao protótipo elétrico Bolt (da Chevrolet) que foi anunciado no Salão de Detroit. Vale destacar que a versão final do Bolt já deve estar pronta em 2016.

A Ford está mantendo um grande segredo em relação ao seu conceito de carro elétrico. Devido a grande expectativa e a concorrência direta com a Chevrolet, a Ford não está divulgando informações em relação ao seu lançamento.

Apesar da grande onda de segredos em relação ao lançamento da Ford, informações dos bastidores da empresa já revelam que o conceito de carro elétrico da Ford deve ser apresentado em novembro, no Salão de Los Angeles. Um dos principais destaques desse conceito seria a autonomia de 320 km e uma futura versão com baixo preço de custo que sairia por US$ 40 mil. Portanto, o conceito elétrico da Ford também acabaria entrando em colisão com o Nissan Leaf e o Model 3 (um carro elétrico da Tesla com preço acessível e que deve ser lançado em breve).

A Ford terá um grande trabalho se deseja concorrer direto com o Bolt da Chevrolet. O modelo da Chevrolet já terá sua fabricação iniciada em outubro de 2016 em Michigan. Uma das principais metas do Bolt é atingir de 25 mil a 30 mil unidades produzidas com preço bastante acessível: US$ 30 mil.

Um dos concorrentes da Ford é o Bolt elétrico da Chevrolet. 

Por Bruno Henrique


Novo Ford GT – Lançamento e Preço do Carro


O Ford GT foi um sucesso quando foi exposto no Salão de Detroit no início desse ano e se manteve chamando atenção no Salão de Genebra. O carro tem chamado muita atenção por sua beleza e seus detalhes, que tem sido revelados aos poucos para o público.

Raj Nair, chefe de desenvolvimento de produto da marca, concedeu uma entrevista à imprensa europeia e adiantou para o público que este carro será um dos mais exclusivos e requintados da marca e manterá um preço na média de produtos de qualidade semelhante produzidos pela concorrência. O lançamento da nova máquina está previsto para o ano de 2016, com uma produção anual de 250 unidades com valor final de US$ 400 mil. Esse valor é aproximadamente o mesmo da Lamborghini Aventador.

Nos salões do automóvel, o carro tem sido exposto em seu modelo ainda conceitual. Porém, segundo consta, esse modelo conceitual está bem próximo do que será oferecido aos consumidores no final da linha de produção. A equipe de engenharia da Ford está trabalhando exaustivamente nessa peça para que o carro tenha o máximo de eficiência associada à beleza do super esportivo. Um informante da empresa afirmou que "O carro de produção terá uma das melhores relações peso-potência que um carro comercial pode ter" e para isso a marca tem investido pesado em pesquisas de desenhos aerodinâmicos, além do uso de materiais mais leves para realizar a composição da carroceria em uma combinação de alumínio e fibra de carbono.

O motor também não deve nada para o resto do conjunto. Trata-se de um EcoBoost de 3.5 litros V6. Esse coração valente é capaz de fornecer para a carroceria a potência de até 600 cavalos, que são transmitidos integralmente para as rodas traseiras (característica comum em esportivos). O carro contará com uma transmissão de dupla embreagem e sete velocidades, que segundo a Ford, sofrerão trocas praticamente instantâneas, o que tornará a condução do carro mais suave e precisa. A produção do novo Ford GT será concentrada nas fábricas canadenses.

Sobre a Ford:

A Ford é uma montadora norte-americana que foi fundada no dia 16 de junho de 1903, por Henry Ford. A sede da empresa fica localizada na cidade de Dearborn, em Michigan. Seu atual presidente é Alan Roger Mulally. O grupo também é dono das marcas Troller e Lincoln. No Brasil, a Ford começou a se instalar no ano de 1919, sendo assim a primeira montadora de automóveis a se instalar em nosso país. Por aqui, a montadora possui fábricas nas cidades de São Bernardo do Campo (SP), Taubaté (SP) e Camaçari (BA), além de um campo de provas na cidade de Tatuí (SP).

Por Nosf


Ecosport europeu não terá estepe na tama do porta-malas


Não é possível ainda ter conhecimento se o mesmo tratamento será fornecido ao modelo comercializado no Brasil, entretanto, a Ford reformulou o EcoSport na Europa. Recentemente, apareceram as imagens oficiais pioneiras do SUV, onde a modificação mais significativa é a remoção do estepe da tampa do porta-malas, neste momento presente internamente. Outras alterações estão na cabine, onde existe o renovado painel de instrumentos, recebendo moldura cromada. Somado a isto, os materiais de isolamento acústico de portas e painel estão mais grossos, reduzindo o nível de ruído que é direcionado aos ocupantes.

Em relação à dirigibilidade, o EscoSport neste momento está um centímetro mais próximo do solo, tendo reconfiguração da suspensão. A Ford também garantiu que foram realizadas otimizações controle eletrônico de estabilidade e na direção eletricamente assistida. De forma opcional, o modelo em sua versão europeia pode ter um pacote de Inverno, com componentes como retrovisores, janelas e bancos dianteiros aquecidos.

A Ford também divulgou recentemente no Salão de Genebra, na Suíça, a 3ª geração do Focus RS. Pela ocasião pioneira, o modelo será fornecido também nos Estados Unidos, assim como na Europa, que irá ter a fabricação modelo, na fábrica de Saarlouis, na Alemanha.

Sob o capô do RS, existe um motor EcoBoost 2.3 de quatro cilindros e 315 cavalos, tendo uma transmissão manual de seis velocidades. O propulsor produzido em alumínio possui como base o motor que está presente na versão intermediária do novo Mustang, entretanto, com mais eficácia. São 5 cv superior em relação 2.3 e 15 cv extras em relação ao V6 de 3 litros. O conjunto tornará este o Focus mais eficaz fabricado em série pela Ford.

O modelo possui tração integral e também inicia um inédito sistema de vetorização de torque, com possibilidade de enviar até 70% de torque para o eixo traseiro, onde toda a força pode ser transferida para somente uma roda, em algumas situações. 

 Felipe Couto de Oliveira


New Fiesta Sedan Titanium Plus começa a ser vendido


Quem gosta de veículos da Ford deve ficar de olho nas concessionárias, pois a montadora já começou as vendas do New Fiesta Sedan Titanium Plus, a versão top de linha do modelo.

O novo carro vem com alterações principalmente na parte interna, com itens que só se encontra em carros de luxo ou esportivos. Um exemplo é o teto solar elétrico no novo Fiesta, assim como navegador, sistema Sync com touch screen de 6,5 polegadas, câmera de ré, iluminação ambiente em sete cores diferentes, leitor de cartão de memória, entre outros.

Além de todos esses recursos, o New Fiesta já sairá de fábrica com MP3 Player com conexão Bluetooth, entrada USB e para iPod. Ainda na parte tecnológica, há recursos por comando de voz para funções de telefone, climatização, navegação e som.

Um item que está virando tendência em carros no Brasil, e que estará presente no novo veículo da Ford é o Assistente de Emergência, que realiza uma ligação automática para o serviço de atendimento móvel de urgência caso o sistema detecte corte de combustível ou acidente com acionamento de airbag.

Internamente, o New Fiesta ainda vem com volante e bancos de couro. Entre os itens adicionais, estão controle automático de velocidade, rodas de liga leve de aro 16 polegadas, acendimento automático de faróis, sensor de chuva, ar condicionado digital, vidros elétricos com abertura e fechamento global e direção elétrica.

Na parte mecânica, o veículo vem com motor Sigma 1.6 litro TiVCT Flex de 125 cv a gasolina e 130 cv rodando no etanol.

Quando o quesito é segurança, a marca caprichou nos itens, com sete airbags – dois laterais, dois dianteiros, dois de cortina e um de joelho para o motorista – e o sistema Isofix, para fixação de cadeirinhas de criança.

Para a estabilidade do veículo, o New Fiesta vem com o AdvanceTrac, que também atua na tração do carro.

 Por Felipe Villares


Início da Produção do Novo Ford Edge


A Ford divulgou recentemente que começou a fabricação da nova geração do Edge. O utilitário esportivo está sendo produzido na planta da empresa em Oakville, no Canadá, e poderá ser recebido em mais de 100 mercados do mundo este ano, possivelmente também no território brasileiro. Com um visual evoluído em relação à primeira geração, o novo Edge possuirá três alternativas de motorização: 2.0 EcoBoost de quatro cilindros (que oferece 245 cavalos de potência e 38 mkgf de torque), 3.5 V6 Ti-VCT (que oferece 280 cv e 34,6 mkgf) e 2.7 V6 EcoBoost (que oferece 315 cv e 48,4 mkgf).

O design é o grande fator de destaque do novo Edge. O desenho passa a ideia de sofisticação e está presente na nova identidade do modelo. A grade hexagonal é imponente e os faróis mais espichados ficaram mais harmoniosos na parte frontal. Na parte lateral, a coluna C (que é inclinada) e o vinco ascendente (que tem a função de ser uma base para a lanterna), possibilitam um aspecto de esportividade.

É difícil ter modelos que conseguem possuir as lanternas integradas com bom agrado. No exemplo do Edge, esta alternativa o colocou com estilo bem sofisticado, tendo destaque o filete de LED que corta a tampa total.

Na parte de dentro, o acabamento usa materiais com qualidade significativa e possui diversos elementos dos mais atuais lançamentos da Ford. O refinamento é fornecido em detalhes em black piano e em alumínio.

Nos Estados Unidos, o novo Edge é comercializado com várias alternativas de motor. O câmbio é sempre automático de seis velocidades e a tração integral permanente. No território brasileiro, o Edge possui apenas o motor 3.5 V6 Duratec TiVCT, que oferece 289 cv de potência e 35 kgfm de torque. Os valores têm variações de R$ 131.490 na versão SEL 3.5 V6 a R$ 161.590 na versão Limited 3.5 V6 AWD + Vistarrof.

Felipe Couto de Oliveira


Ford Fiesta Sedan Titanium Plus chega por R$ 69 mil


No início do mês de fevereiro, a Ford decidiu retirar do mercado o New Fiesta Sedan na versão Titanium 1.6 com transmissão manual devido à pequena demanda. Segundo a companhia, a baixa distinção no valor para a versão automática foi o motivo pelo qual a comercialização foi interrompida.

Entretanto, a Ford já anuncia em seu site a nova versão do New Fiesta Sedan, com o nome de Titanium Plus, que será recebido para estar na posição de elite do modelo. Ele poderá ser recebido na rede de concessionárias nas próximas semanas com valor recomendado de R$ 69.790, que possui um aumento de R$ 3,3 mil em relação à variante Titanium convencional, que é devido os novos componentes de série.

Entre os fatores novos, o Ford New Fiesta Sedan Titanium Plus 1.6 PowerShift fornece teto solar com acionamento elétrico, sistema SYNC navegador GPS, visor sensível ao toque de 6,5 polegadas, 4 alto-falantes e 4 tweeters, CD Player, rádio AM/FM, Bluetooth, MP3, USB/iPod, Assistência de Emergência e comandos de voz, câmera de ré e luz ambiente em sete cores.

Em outros detalhes, o Titanium Plus fornece os outros componentes já existentes no modelo Titanium, onde pode-se citar sete airbags, controles de tração e estabilidade, bancos e volante em couro, assistente de partida em rampas, rodas de 16 polegadas, sensor de chuva, retrovisor interno eletrocrômico, sensor de estacionamento, sensor de chuva, faróis com acendimento automático, dentre outros.

O motor é idêntico ao das outras versões, o famoso 1.6 litro Sigma TiVCT, que possibilita até 128 cavalos de potência, tendo o câmbio automatizado PowerShift de seis marchas e dupla embreagem.

O modelo New Fiesta 2015, ao ser abastecido com gasolina e estando dentro da cidade, a médio de consumo é de 12.0 km/l. Estando na estrada, também com gasolina, a versão automática possibilita média de 13.9 km/l. Caso abastecido com etanol, possibilita fazer uma media 7.9 km/l na cidade.

Felipe Couto de Oliveira


Ford New Fiesta Sedan jé é vendido com GPS e teto-solar


O New Fiesta Sedan na versão Titanium, após ter sido lançado no Salão do Automóvel no mês de outubro do ano de 2014, agora já está disponibilizado no configurador do site da Ford, inicialmente, o preço é de R$ 69.790.

Itens muito aguardados pelos consumidores estão sendo trazidos nesta nova versão do veículo, tais como, teto solar elétrico, câmera auxiliar traseira, tela touch screen de 6,5 polegadas e central multimídia com GPS. Outro detalhe muito interessante é que nessa central multimídia foi inserido o sistema SYNC o qual funciona por meio de comandos de voz e tem a capacidade de controlar funções de som, climatização, telefone, navegação, ainda há na central multimídia do veículo junto ao CD/MP3-player entrada para ipod, entrada USB além de conexão Bluetooth.

Uma inovação que irá agradar aos consumidores mais exigentes é a iluminação interna do veículo que foi projeta para que o proprietário do veículo configure conforme a sua preferência uma das sete cores disponíveis.

O novo  New Fiesta sedan Titanium como não poderia ser diferente realmente é show de beleza e tecnologia embarcada, haja vista que o veículo tem rodas de liga leve de 16 polegadas, bancos e volante em couro, controle automático de velocidade, acendimento automático dos faróis, sensor de chuva, direção elétrica, vidros elétricos com abertura e fechamento global, ar-condicionado digital.

No quesito segurança o carrão também não deixou a desejar, pois ele possui nada mais nada menos do que 07 airbags, freios ABS, chave de segurança MyKey e assistente de partida em rampa.

Sob o capô o motor utilizado é o 1.6 Sigma TiVCT Flex capaz de produzir até 130 cv juntamente com o câmbio automatizado que trabalha por meio do acionamento de duas embreagens Power Shift, o qual contém seis marchas.

Não restaram dúvidas de que o novo New Fiesta Sedan realmente é um carro diferenciado, muito completo e que chegou para disputar de igual para igual com os seus concorrentes, inicialmente, para ter este carrão os consumidores terão que desembolsar o valor de R$ 69.790. 

Por Adriano Oliveira


Novo Ford Mustang é apresentado na Coreia do Sul


Ford Mustang 2015 foi apresentado aos jornalistas sul-coreanos durante um evento. A proposta vai de acordo com o lançamento mundial do esportivo, que será comercializado em mais de cem países. O modelo foi exibido no Daelim Changgo, um espaço cultural que já foi um moinho de arroz e hoje recebe atrações e lançamentos. O público presente se surpreendeu com os modelos GT 5.0 amarelo e 2.3 EcoBoost prata.

A Coreia do Sul, em especial, é um mercado em que os modelos da marca tiveram uma boa aceitação. O sucesso da montadora no país é fruto de investimentos desde 1996, quando a Ford começou a atuar na Coreia do Sul. Para garantir as boas vendas, a empresa aposta na popularidade do Mustang, que ajuda a fortalecer a imagem da companhia.

Foram vendidas mais de 9 milhões de unidades dos modelos Mustang em todo o mundo em 50 anos, tornando a linha uma das mais desejadas de sua categoria. Símbolo de liberdade e velocidade, o carro já apareceu em milhares de filmes, programas de TV e videogames, tornando-o cada vez mais popular.

O Mustang GT 5.0 tem esse nome por conta do motor 5.0l V8 ti VCT. Além do visual impecável, o modelo ainda está mais potente, com 435 hp e 400 lb-ft de torque, que tem como objetivo maximizar a geração de energia a partir de cada compressão. O carro conta ainda com novas válvulas de admissão e escape, além de novas cabeças de cilindro.

Já o 2.3 EcoBoost destaca-se pela eficiência e o bom desempenho, aliado de um visual atraente. Seu motor 2.3 gera até 310 hp e 320 lb-ft de torque. O modelo 2015 conta com um turbocompressor twin-scroll, que transfere toda a propulsão para a roda da turbina, aumentando a velocidade do torque.

Os preços não foram revelados. 

Ana Rosa Martins Rocha


Novo Ford Edge – Novidades e Preço nos EUA


A Ford informou nos Estados Unidos detalhes de motor e valores do Edge de segunda geração, mostrado em junho do ano passado e que esteve presente (em versão conceitual) no último Salão de São Paulo. A principal versão do veículo é a Sport, que possui um motor V6 de 2,7 litros da série Ecoboost com turbo, injeção direta, potência de 319 cv e torque de 48,4 mkgf (10% e 25% superior, na ordem, em relação ao V6 aspirado de 3,7 litros do Sport anterior). Embora o vigor extra, os níveis oficiais de consumo estão perto ou maiores que o antigo.

O valor da versão nos EUA é acima de US$ 38.100 (aproximadamente R$ 105 mil). Serão disponibilizados dois outros motores no novo Edge, sendo o Ecoboost de 2,0 litros e quatro cilindros (com 248 cv e 36,4 mkgf) e o V6 de 3,5 litros com 28 cv. A transmissão é sempre automática de seis velocidades e existe a opção de tração dianteira ou integral. Os valores das outras versões são de US$ 28.100 (R$ 77 mil) para a SE, US$ 31.500 (R$ 86,6 mil) para a SEL e US$ 35.600 (R$ 98 mil) para a Titanium. Todas elas possuem motor 2.0.

No modelo de entrada, o veículo poderá ter um motor 2.0, com possibilidade de produzir até 245 cv de potência.

Entre as novas funcionalidades do modelo estão: bolsa inflável para os joelhos do passageiro da frente, cintos infláveis no banco traseiro, direção adaptativa (muda sua relação conforme a velocidade), cancelamento ativo de ruídos (exibe sons pelos alto-falantes para desconsiderar frequências que perturbam) e câmeras dianteiras com possibilidade de 180º e apresentação de duas imagens simultâneas.

Outras funcionalidades são: faróis de leds, tampa traseira com abertura com a ausência de contato manual (possibilitada pelo movimento do pé no para-choque), controlador da distância até o tráfego frontal e leitura de placas do local.

Vale lembrar que o modelo deve ser lançado em nosso país ainda em 2015.

Felipe Couto de Oliveira


Site revela Primeiras Fotos da Ford Ranger 2016


A marca Ford está com o lançamento planejado para as próximas semanas do seu novo modelo Ranger. O veículo passou por uma transformação em seu visual e pretende conquistar o mercado com a qualidade de seus equipamentos. Recentemente o modelo foi fotografado na Tailândia, onde mostrou o seu novo design que foi inspirado no SUV Everest. A picape está mostrando pela primeira vez a sua cabine, que teve uma maior ênfase em seu novo painel.

As novas fotos da Ranger foram divulgadas pelo site MZ Crazy Cars, onde é mostrado a versão mais cara do modelo da série Wildtrack, a qual não será disponibilizada no Brasil. Uma foto também foi exibida no Facebook da Ranger e mostrou mais detalhes da parte dianteira. O novo modelo apresenta uma transformação no visual do seu capô, na forma de sua grade (que está redesenhada), no contorno do para-choque e também nos faróis (que se assemelham ao modelo do Everest). A forma da grade nas versões topo de linha serão cromadas. A parte de trás ainda não foi revelada, mas não é esperado muitas diferenças nela.

O interior do veículo também passou por uma notável transformação. A cabine foi melhorada em seu visual e na qualidade do seu revestimento, apresentando um painel semelhante ao Everest. O modelo também apresenta um destaque na parte de entretenimento, possuindo uma tela que é sensível ao toque (localizada no centro do painel) e um quadro de instrumentos com vários elementos digitais (que são parecidos com os modelos mais caros do mercado, como por exemplo, o Fusion).

A parte mecânica da Ranger não deve apresentar muita diferença. Possivelmente no Brasil, os motores devem seguir a mesma linha 3.2 e 2.2 turbodiesel. Outra opção que provavelmente será oferecida será o motor 2.5 flex. Existe a previsão de que a transmissão terá as duas opções: manual ou automática, com seis velocidades. 

Felipe Couto de Oliveira


Novo Ford Focus Reestilizado deve chegar ao Brasil em Breve


Apesar da constante renovação de sua linha de veículos, a Ford já está preparando uma nova mudança nos carros já existentes. E o Ford Focus deve ser o primeiro da lista a ganhar uma nova cara.

Mesmo já tendo ganhado um estilo completamente diferente e inovador, tanto na versão hatch como na versão sedan, o carro deve ficar ainda mais robusto e elegante, pois sua parte dianteira será bem semelhante à dos veículos da Aston Martin, empresa de luxo que fazia parte do grupo Ford Motor Company até o ano de 2007. Essa alteração já foi vista no lançamento da versão europeia do Focus, que aconteceu pouco tempo depois do lançamento do novo Focus no Brasil.

Mas não é apenas o Focus que deverá sofrer alterações: está previsto também uma nova versão do Ford Fiesta Sport. O hatch virá com mais mudanças do que o Focus, pelo que foi anunciado. Entre essas novidades, estão nova grade traseira, retrovisores e rodas que virão em tom preto brilhante, bancos de couro com costuras vermelhas e kit aerodinâmico (que inclui spoiler dianteiro, spoiler traseiro e saias laterais), detalhes que deixarão o Fiesta Sport com um estilo bem mais agressivo e esportivo, com cara de carro de corrida. A previsão de lançamento para esse novo modelo de Fiesta é para o primeiro trimestre desse ano.

Mas não são apenas essas as novidades que a Ford deve trazer para o Brasil, pois a montadora norte americana ainda pretende trazer o novo modelo do SUV Edge, importado do Canadá. Já para o fim do ano, é a vez da Ford trazer a versão top do Mustang, que vem com carroceria cupê e motor V8. Também está prevista a vinda da nova picape Ranger, que tem a frente parecida com a do SUV Edge, porém, a chegada dela ao país deve ocorrer apenas no ano que vem.

Seja qual for o modelo, a Ford promete entrar forte com o novo design de seus veículos no Brasil.

Por Felipe Villares


Ford mostra tecnologias na Campus Party


A Ford participa pelo terceiro ano seguido na Campus Party, maior evento de tecnologia do Brasil, que ocorre em São Paulo (SP) nos dias 4, 5, 6 e 7 de fevereiro. Durante o evento, a empresa irá proporcionar uma competição direcionada para produção de aplicativos. O “hackathon” (união das palavras “hacker” e “marathon”) será feito nos dias 5 e 6 de fevereiro, onde os produtores possuirão o objetivo de produzir aplicativos para o sistema de conectividade SYNC AppLink, que está presente no novo Ka e será fornecido no New Fiesta. O produtor do aplicativo selecionado pela Ford terá como prêmio um novo Ka.

A funcionalidade AppLink foi implementada no SYNC no último ano e tem a capacidade de acessar aplicativos do smartphone através de comandos de voz. Sendo uma “plataforma aberta”, o sistema tem a capacidade de interagir com distintos dispositivos e aplicativos presentes no mercado. O AppLink também oferece detalhes e ferramentas para a produção de novos aplicativos. O sistema também tem a assistência de emergência, funcionalidade disponibilizada no Ka e que faz uma ligação para o SAMU (Serviço de Atendimento Médico de Urgência) em caso de acidente, relatando o local aproximado do veículo por coordenadas de GPS.

Os produtores continuarão com os direitos comerciais sobre os aplicativos produzidos e poderão vendê-los para lojas oficiais das maiores plataformas móveis do mercado.

Da mesma forma como nas edições anteriores da Campus Party, a Ford possui em 2015 como convidada especial sua gerente global de Pesquisa do Futuro da Mobilidade, Erica Klampfl. Ela irá informar no evento a respeito dos objetivos da Ford para auxiliar a resolver os desafios do transporte no mundo e produção de carros autônomos.

No evento, a Ford informou que o Brasil será o nono país a ser sede do Desafio de Mobilidade, onde produtores de todos os locais do mundo são chamados para produzirem solução para dificuldades urbanas.

Felipe Couto de Oliveira


Ford EcoSport ganha AppLink e Sistema de Assistência de Emergência


A Ford está em busca de vários tipos de novidades que agreguem status aos seus automóveis. Por isso, a mesma anunciou recentemente que todos os modelos Ford EcoSport lançados a partir de 2015 irão contar com Assistência de Emergência e AppLink. O grande objetivo é quanto à ampliação das funcionalidades do sistema de conectividade dos automóveis da Ford, o Sync, que já conta com: MP3 Player, entrada USB e Bluetooth, controle de áudio no volante, além de comandos de voz para som e celular.

Vale ressaltar que a Assistência de Emergência foi lançada inicialmente no novo Ka. Esse recurso é bastante interessante, pois o mesmo faz ligações automáticas para o serviço de atendimento médico de urgência 192, o Samu. É importante ressaltar que este recurso sempre será ativado em acidentes que acionem os airbags ou o corte do combustível.

A outra novidade, o AppLink, possui como principal destaque a disponibilidade de acessar aplicativos de smartphones através de comando de voz. Dessa forma, será bem mais simples navegar em suas músicas, serviços de informações e demais tipos de aplicações enquanto dirige.

Segundo André Leite, gerente de produto da Ford, “A Assistência de Emergência e o AppLink são dois recursos inéditos que ampliam a liderança do EcoSport em inovação e tecnologia no segmento”. A Ford em si se mostra bastante empolgada com os lançamentos de automóveis com tais tecnologias.

É importante destacar que os itens aqui destacados irão passar a ser itens de série em toda a linha EcoSport. Também contam como itens de série: ar-condicionado; direção elétrica; vidros, travas e espelhos elétricos; espelhos retrovisores com piscas integrados; rodas de liga leve e bagageiro de teto.

Além disso, o EcoSport também irá contar com itens opcionais, dentre os mesmos podemos destacar: seis airbags, controle eletrônico de estabilidade e tração, assistente de partida em rampa, chave com sensor para acesso inteligente e botão de partida Ford Power, sensor de chuva, faróis com acendimento automático e bancos de couro.

Por Bruno Henrique