EcoSport 2016 ganha Novo Motor 1.6 Flex


Ford EcoSport 2016 ganha novo motor para tentar recuperar espaço no mercado.

A Ford lança o EcoSport 2016 com inovações no motor e no câmbio para recuperar as vendas perdidas para os modelos da Honda, Peugeot e Jeep no mercado de SUVs compactos.

O motor agora é o 1.6 litro Sigma TiVCT Flex, que também está no Fiesta e no Focus, mas se diferencia destes por ter um comando de válvulas na admissão e no escape variável. O TiVCT pode operar tanto com álcool como com gasolina e dispensa o tanque auxiliar de gasolina para partidas a frio. Possui 131 cavalos de potência com etanol e 126 cavalos de potência com gasolina. O motor, com injeção direta de combustível na câmara de combustão, agrupa outras medidas que melhoram a eficiência, tais como compressor do ar-condicionado e o controle eletrônico da bomba de óleo e alternador. Como só operam diante das necessidades, estes agregados reduzem as emissões e aumentam a economia.

O câmbio automatizado PowerShift possui dupla embreagem e seis velocidades, o que estava disponível até o momento somente para as versões do Ford EcoSport 2.0.

Estas novidades fazem com que o EcoSport consiga acelerar de 0 a 100 km/h em 11,8 segundos, além de ficar mais agradável para dirigir. Em relação ao consumo de combustível, o novo modelo faz cerca de 10,2 km/l na cidade e 12,1 km/l na estrada com gasolina e cerca de 7,2 km/l na cidade e 8,3 km/l na estrada com etanol.

Fabricado no Brasil, Índia, China, Rússia e Tailândia, o EcoSport é exportado para 50 mercados do mundo. Os preços variam de R$ 68.690 a R$ 85.900, de acordo com o modelo, sendo a versão mais barata o EcoSport 1.6 SE Direct PowerShift e a com o valor mais alto o EcoSport 1.6 FreeStyle Plus PowerShift.

Os jornalistas percorreram 150 km no Rio Grande do Sul para avaliar o EcoSport 2016 e passaram por estradas com várias curvas no interior gaúcho. A característica principal do carro é a eficiência e a economia de energia.

Bruna Rocha Rodrigues


Novo Ford EcoSport sem Estepe Externo – Lançamento na Europa


Novo SUV ganha kit voltado para reparação de emergência e conta com motor 1.5 TDCi.

No mercado europeu, começaram as vendas do Novo Ford Ecosport, sendo que a principal novidade é a ausência do estepe no seu lado externo. Esse fato já tinha sido anunciado no mês de março de 2015. O estepe fica de fora e dá espaço para um kit voltado para a reparação de emergência. Fora isso, o modelo conta com pequenas alterações.

O SUV da Ford também agora conta com um isolamento acústico mais reforçado com algumas mantas de espessura mais grossa. Isso tem o objetivo de reduzir o ruído na cabine. Outro ponto novo no modelo do EcoSport é que a suspensão do veículo teve uma recalibragem. Com isso, o carro conta com um rebaixamento de 100 milímetros. Há também novos amortecedores e molas instaladas.

Pensando no mercado de automóveis da Europa, a área de engenharia da Ford também fez mudanças em termos da direção elétrica e no controle de estabilidade do EcoSport. Nos itens, há novas molduras no painel, o volante foi alterado por uma nova peça, além de um renovado revestimento parcial de couro na versão Titanium.

A motorização do EcoSport conta com o propulsor 1.5 TDCi a diesel contando com 95 cavalos de potência (cinco cavalos a mais que o seu antecessor). Ainda há o modelo 1.0 EcoBoost a gasolina, com 125 cavalos de força.

Dicas para comprar um EcoSport usado:

Uma das primeiras dicas que especialistas dão é para ficar atento com a versão 1.0 Supercharged (se não tiver ar-condicionado principalmente), uma vez que não são bem revendidas e contam com desempenho mais fraco.

Sempre observe se há amassados na parte inferior da carroceria do modelo, além de ficar de olho também nos estribos laterais e no carter. Outra boa observação é se você encontrar manchas maiores de barro localizadas nas caixas de rodas e embaixo do veículo. Isso poderá apontar que o EcoSport teve a sua utilização em condições mais extremas (trilhas off-road, por exemplo). Esse fato poderá comprometer certos componentes do SUV e provocar problemas futuros.

Nas primeiras versões do Ford EcoSport, principalmente, verifique o acionamento dos vidros elétricos. Em modelos mais antigos, a máquina que faz o acionamento do vidro pode estar com defeito. Outro ponto importante é observar a embreagem, uma vez que o pedal muito endurecido vai apontar que o conjunto está no seu final de vida útil.


Ford EcoSport Plus 2.0 Powershift – Lançamento no Brasil


Ford apresenta novo EcoSport Plus 2.0 Powershift. Veículo traz novidades para concorrer com Novo Duster e HR-V.

O mercado de SUVs está super aquecido e as montadoras correm atrás dos seus concorrentes com unhas e dentes. Esse é o caso da Ford, que de olho nos seus rivais, lançou a nona versão do EcoSport.

Apesar de ter o EcoSport como atual líder de vendas no segmento, a montadora norte-americana já está lançando esse novo modelo, que agora conta com uma nova opção, a Plus 2.0 PowerShift. Isso significa que essa versão contará com itens que só vinham na versão Titanium, que era a top da linha. Esse itens incluem o banco de couro e os seis airbags.

Com preço de R$ 82.900,00, seu valor será o mesmo do EcoSport FreeStyle 2.0 4WD, com tração integral e transmissão manual.

Esse motor 2.0 que virá com o novo EcoSport tem potência de 141 cavalos rodando na gasolina e 147 cv quando anda com etanol, além de torque de 18,9 kgfm e 19,7 kgfm, respectivamente. O câmbio é automático com a dupla embreagem PowerShift com seis velocidades.

Entre os itens que vêm nesse novo modelo estão: assistente de partida em rampa, controle eletrônico de estabilidade e tração, computador de bordo, piloto automático, alarme, sensor de estacionamento traseiro, ar condicionado, sistema com comando de voz, assistência de emergência, vidros elétricos, direção elétrica, retrovisores elétricos e rodas de liga leve com aro de 16 polegadas. Todos esses itens justificam o valor do novo veículo da Ford.

A marca lança esse modelo para bater de frente com o novo Renault Duster, que deve ser lançado na próxima segunda-feira, mas que tem valor inicial bem inferior, de R$ 78.490,00. Outro concorrente que entra na briga é o Honda HR-V (em sua versão intermediária) e o Jeep Renegade (também em sua versão intermediária).

O valor do modelo mais simples da EcoSport é de R$ 66.900,00, porém, a montadora afirma que as versões mais vendidas são as intermediárias.

Sobre o Ford EcoSport:

O Ford EcoSport foi lançado no ano de 2003 e foi baseado na segunda geração nacional do Fiesta. Este SUV caiu no gosto dos brasileiros, que em seu primeiro ano alcançou a marca de 27.237 unidades vendidas. Atualmente o veículo é produzido em Camaçari (BA), no Complexo Industrial Ford Nordeste. Este complexo já foi responsável por produzir o Fiesta Rocam (que já saiu de linha) e o Novo Ka.

Por Felipe Villares


Ecosport europeu não terá estepe na tama do porta-malas


Não é possível ainda ter conhecimento se o mesmo tratamento será fornecido ao modelo comercializado no Brasil, entretanto, a Ford reformulou o EcoSport na Europa. Recentemente, apareceram as imagens oficiais pioneiras do SUV, onde a modificação mais significativa é a remoção do estepe da tampa do porta-malas, neste momento presente internamente. Outras alterações estão na cabine, onde existe o renovado painel de instrumentos, recebendo moldura cromada. Somado a isto, os materiais de isolamento acústico de portas e painel estão mais grossos, reduzindo o nível de ruído que é direcionado aos ocupantes.

Em relação à dirigibilidade, o EscoSport neste momento está um centímetro mais próximo do solo, tendo reconfiguração da suspensão. A Ford também garantiu que foram realizadas otimizações controle eletrônico de estabilidade e na direção eletricamente assistida. De forma opcional, o modelo em sua versão europeia pode ter um pacote de Inverno, com componentes como retrovisores, janelas e bancos dianteiros aquecidos.

A Ford também divulgou recentemente no Salão de Genebra, na Suíça, a 3ª geração do Focus RS. Pela ocasião pioneira, o modelo será fornecido também nos Estados Unidos, assim como na Europa, que irá ter a fabricação modelo, na fábrica de Saarlouis, na Alemanha.

Sob o capô do RS, existe um motor EcoBoost 2.3 de quatro cilindros e 315 cavalos, tendo uma transmissão manual de seis velocidades. O propulsor produzido em alumínio possui como base o motor que está presente na versão intermediária do novo Mustang, entretanto, com mais eficácia. São 5 cv superior em relação 2.3 e 15 cv extras em relação ao V6 de 3 litros. O conjunto tornará este o Focus mais eficaz fabricado em série pela Ford.

O modelo possui tração integral e também inicia um inédito sistema de vetorização de torque, com possibilidade de enviar até 70% de torque para o eixo traseiro, onde toda a força pode ser transferida para somente uma roda, em algumas situações. 

 Felipe Couto de Oliveira


Ford EcoSport ganha AppLink e Sistema de Assistência de Emergência


A Ford está em busca de vários tipos de novidades que agreguem status aos seus automóveis. Por isso, a mesma anunciou recentemente que todos os modelos Ford EcoSport lançados a partir de 2015 irão contar com Assistência de Emergência e AppLink. O grande objetivo é quanto à ampliação das funcionalidades do sistema de conectividade dos automóveis da Ford, o Sync, que já conta com: MP3 Player, entrada USB e Bluetooth, controle de áudio no volante, além de comandos de voz para som e celular.

Vale ressaltar que a Assistência de Emergência foi lançada inicialmente no novo Ka. Esse recurso é bastante interessante, pois o mesmo faz ligações automáticas para o serviço de atendimento médico de urgência 192, o Samu. É importante ressaltar que este recurso sempre será ativado em acidentes que acionem os airbags ou o corte do combustível.

A outra novidade, o AppLink, possui como principal destaque a disponibilidade de acessar aplicativos de smartphones através de comando de voz. Dessa forma, será bem mais simples navegar em suas músicas, serviços de informações e demais tipos de aplicações enquanto dirige.

Segundo André Leite, gerente de produto da Ford, “A Assistência de Emergência e o AppLink são dois recursos inéditos que ampliam a liderança do EcoSport em inovação e tecnologia no segmento”. A Ford em si se mostra bastante empolgada com os lançamentos de automóveis com tais tecnologias.

É importante destacar que os itens aqui destacados irão passar a ser itens de série em toda a linha EcoSport. Também contam como itens de série: ar-condicionado; direção elétrica; vidros, travas e espelhos elétricos; espelhos retrovisores com piscas integrados; rodas de liga leve e bagageiro de teto.

Além disso, o EcoSport também irá contar com itens opcionais, dentre os mesmos podemos destacar: seis airbags, controle eletrônico de estabilidade e tração, assistente de partida em rampa, chave com sensor para acesso inteligente e botão de partida Ford Power, sensor de chuva, faróis com acendimento automático e bancos de couro.

Por Bruno Henrique