Comparativo de Sedãs 2.0 – Civic ou Corolla?


A matéria tem o objetivo de trazer para o leitor algumas características dos modelos da Honda e Toyota e ajudar na escolha do seu novo carro.

Quando tratamos dos sedãs é impossível não nos lembrarmos de uma eterna rivalidade que existe entre eles. Porém, restringindo um pouco esse setor vamos falar de duas marcas: A Honda e a Toyota. Dessas a segunda foi a que saiu na frente ao lançar um modelo com um bloco 2.0 . Já a Honda demorou um pouco, mas acabou percebendo que a Toyota estava certa e decidiu equipar o seu Civic com o mesmo motor 2.0  que integrava o CR-V.

No meio disso tudo certos aspectos são interessantes de serem observados. Um deles é o fato de que o Corolla 2.0 que apareceu no mercado lá no ano de 2010 foi o principal responsável por realmente fazer com que o conhecido Toyota ganhasse uma medalha e subisse os degraus. Isso porque desde o ano de 2008 o modelo fazia uso da mesma base.

No ano de 2012 a Honda quase chegou ao mesmo número de vendas do modelo da Toyota.

Quando se faz um comparativo mesmo agora, algum tempo depois, as diferenças são um pouco difíceis de esquecer. Por exemplo, as versões topo de linha de cada uma das marcas a Altis do Toyota Corolla e o  EXR tinha sua particularidades.

Por um lado os usuários do Corolla pareciam estarem mais atentos ao conforto e a confiabilidade que o carro pudesse oferecer. Agora, o que pegou muita gente de surpresa foi o fato de que a montadora não ofereceu no modelo uma central multimídia. E não era qualquer modelo, era um sedã de R$80.000!

O Civic por sua fez chegou para chamar a atenção com um painel moderníssimo, computador de bordo e uma infinidade de coisas  a mais no design que deixavam o Corolla meio “senhor” perto dele.

De qualquer forma, seja no passado ou mais recentemente a briga ainda permanece feia. O Corolla às vezes perde valor de mercado e outras ganha. O Honda conquista discretamente e em outros casos de  forma explosiva os consumidores.

No mês de outubro do ano passado o Toyota Corolla manteve seu domínio de mercado sendo responsável por 29%. Na época o segundo colocado foi exatamente o Civic que conseguiu emplacar 4.038 exemplares. Com isso deteve uma fatia no mercado de 18,5%.

E com uma participação de 11% temos o Cruze em terceiro que recebeu uma reformulação em sua linha 2015.

Bom, de qualquer maneira o que fica evidente é que o consumidor tem cada vez mais trabalho para escolher o seu sedã. E isso nem sempre pelo preço, mas pelo que cada comprador pretende com o seu carro e o que o mesmo pode oferecer como resposta.

Por Denisson Soares


Honda Bros x Yamaha Crosser – Qual a Melhor Moto?


Os modelos Honda NXR 160 Bros e Yamaha XTZ 150 Crosser são indicados para quem gosta de curtir estrada e ter uma aventura em estradas de terra. Mas, qual é o melhor modelo para se adquirir? Apesar de parecidas e destinadas para o mesmo tipo de motociclista, os modelos possuem características próprias.

O modelo Honda Bros, possui design off road, o para-lama alto é prova disso. é marcante. Já o modelo Yahaha Crosser, segue padrões urbanos e design moderno, prova disso é o para-lama rente a roda dianteira. O valor dos modelos é semelhante, sendo: R$ 9.650 e R$ 9.350, respectivamente. 

Quanto o painel dos modelos, a Yamaha Crosser possui painel completo com informações digitais e conta giros analógicos. A NXR 160 Bros, possui painel semelhante aos novos modelos de sua irmã urbana CG. A Honda Bros possui maior cilindrada, o que faz diferença quanto a velocidade nas pistas.

Já a Yamaha Crosser possui um guidão menor, que permite ao motorista realizar curvas com maior facilidade. Para se obter o mesmo resultado em relação ao modelo da Honda, é preciso acelerar mais o modelo da Yamaha para obter uma boa velocidade. Ambos os modelos possuem um baixo consumo de combustível, o que é bom para as economias do motorista. A Bros é capaz de percorrer na estrada 46 Km com apenas um litro de gasolina, já a Crosser faz 40Km com um litro. apresentam baixo consumo. Já em centros urbanos, a autonomia com apenas um litro é 35km para a Bros e 32 km para a Yamaha.

O tanque da Bros comporta 12 litros de gasolina, já o modelo da Yamaha Crosser comporta 12,5 litros.  A autonomia de ambos os modelos é de praticamente 400 Km sem a necessidade de abastecer o veículo. Os dois modelos contam com rodas de 17 e 19 polegadas. A Yamaha possui pneu Metzeler Tourance, já o modelo da Honda utiliza o Pirelli MT 60.

Nesse ponto, a Honda possui grandes vantagens, já que o pneu da marca Pirelli duram mais. A versão top de linha da Bross, conta com freio da disco nas duas rodas. Já a Crosser, conta com freio a disco na dianteira, contando com o freio a tambor na roda traseira.  A Honda disponibiliza garantia de três anos para quem adquirir o modelo novo em sua concessionária, com sete trocas de óleo grátis.

Já para o modelo da Yamaha a garantia é de 1 ano. Em geral, a manutenção do modelo Yamaha Crosser possui um preço mais elevado do que a concorrente. O modelo Honda Bross, se sobressai em relação a velocidade, segurança em ultrapassagens e economia de combustível. Já o modelo Yamaha Crosser possui visual ousado e lida melhor com o terreno urbano. É uma boa opção para quem deseja gastar menos na hora de adquirir um modelo de qualidade.

Por Wendel George Peripato