Novo Citroen DS4 Crossback – Salão de Frankfurt 2015


Novo SUV deverá ser comercializado inicialmente no Reino Unido, a partir do mês de novembro de 2015.

Como não poderia ser diferente, a febre dos SUVs atingiu até a linha DS, linha esta que é considerada como a linha de luxo da renomada fabricante de veículos automotores Citroën, a qual fez a divulgação de uma nova versão que virá com uma pegada offroad do DS4. Esta versão foi batizada com o sobrenome de Crossback e será apresentada oficialmente ao público em geral no Salão de Frankfurt, evento este que terá início ainda neste mês de setembro e segundo as expectativas da empresa, a comercialização terá início no Reino Unido no mês de novembro.

Apesar do design deste veículo nos lembrar um pouco de alguns carros que possuem modelos aventureiros, o DS4 Crossback vai mesmo continuar indo para o lado dos veículos luxuosos, uma prova dessa tendência é o fato de toda a propaganda do veículo estar concentrada em novidades tecnológicas que foram inseridas na central multimídia deste carrão do que em modificações feitas para que o carro possa ter uma melhor desenvoltura em terrenos irregulares.

Este veículo não será comercializado de maneira isolada, porque junto dele será também comercializada uma versão hatch, a qual também passou por uma repaginada. A versão que antecede estes lançamentos atualmente está sendo comercializada por R$ 100.900.

Pelo o que pôde ser visualizado no facelift destes carros, as novidades destas novas versões irão se concentrar principalmente na grade frontal, que terá faróis com uma logo DS inserida no centro, bastante chamativa devido ao seu tamanho.

Os faróis desse carro foram projetados com a presença de 84 lâmpadas de LED e lâmpadas direcionais de xenônio.

O propulsor que virá neste veículo vai ser o turbo THP, que é capaz de produzir uma potência máxima de 165 cv em 6 mil giros e 24,5 Kgfm entre as 1.400 rpm e as 4.000 rpm, conjunto este que irá exercer as suas funções em conjunto com um câmbio de seis velocidades. Este carro ainda irá contar com o exclusivo sistema denominado start-stop, este sistema consiste em fazer o desligamento do motor nas paradas, a fim de que haja uma economia de combustível. Na outra versão o motor será o THP com capacidade de produzir uma potência máxima de 212cv.

Por Adriano Oliveira


Citroen Aircross – Carro será apresentado no Salão de Xangai


Citroen divulga as primeiras imagens do Aircross, novo carro conceito da montadora. Veículo será apresentado pela primeira vez durante o Salão de Xangai 2015.

Após muitas especulações a respeito do conceito, a montadora de veículos Citroën acabou revelando oficialmente o Aircross, esta novidade da marca estará presente na China, no Salão de Xangai, o qual ocorrerá no final deste mês.

A principal inspiração para a criação desse novo Aircross foi o C4 Cactus e nessa nova versão ele terá o comprimento de 4580 mm, largura de 2100 mm e altura de 1800mm, as rodas que serão utilizadas no veículo terão 22 polegadas, rodas estas que deixarão o veículo ainda mais imponente e alto, como o Land Rover Discovery e o Hyundai Santa Fé.

Nessa divulgação oficial, o que pôde ser visto foi um Aircross na cor vermelha alaranjada, mas como já foi dito acima que o veículo segue as tendências do Cactus, até mesmo as “bolsas” da carroceria antes presente no Cactus foram inseridas nesse novo modelo, porém, dessa vez elas foram produzidas em borracha dura e alumínio, detalhes estes que ao que tudo indica não serão inseridos no modelo de produção.

Outro detalhe que ficou muito marcante nesse veículo foi a presença de apêndices, os quais foram instalados nas imediações das janelas, bem como nas entradas dianteiras do carro, a fim de que ele consiga ter um ganho em sua aerodinâmica.

O veículo é híbrido e conta com um motor a combustão turbo 1.6 litro, o qual é capaz de produzir uma potência máxima de 221cv e 28,07 mkgf de torque, esse motor a combustão trabalha juntamente com um outro motor elétrico, o qual é capaz de proporcionar ao veículo uma potência de 96cv e um torque de 20,46 mkgf no eixo de trás. Para que fosse utilizado este motor elétrico, o carro foi equipado com baterias de íons de lítio, baterias estas que deram para ele 50 km de autonomia no modo elétrico, sendo que para fazer o carregamento total dessas baterias em uma tomada convencional o usuário irá demorar cerca de três horas e meia.

O carro realmente ficou um espetáculo e vale a pena conferir, pois ele é um show modernidade tanto no espaço interno quanto no espaço externo.

Por Adriano Oliveira