Cartão de Estacionamento para Idoso em Porto Alegre – Como Funciona


Entenda aqui como funciona o Cartão de Estacionamento para Idoso em Porto Alegre (RS).

Se você tem 60 anos ou mais e mora em Porto Alegre, no Rio Grande do Sul, talvez você ainda não saiba, mas você pode encaminhar o seu cartão para estacionamento preferencial para idoso na cidade.

A medida, que busca sanar as constantes dores de cabeça dos idosos na hora de achar um lugar para estacionar, garante os direitos dos mesmos e autoriza os que estão nessa faixa etária a estacionarem em vagas exclusivas para eles. Os privilégios são válidos tanto para vias públicas como para logradouros, sendo que esses são aprovados pela legislação, conforme informações que constam na lei 10.741, do ano de 2003, relacionado ao Estatuto do Idoso.

Sendo assim, quem morar em Porto Alegre e não sabe aonde ir na hora de encaminhar a sua carteirinha, nós temos a dica para você. Para quem tiver idade entre 60 e 64 anos, o endereço para confecção desse documento é o seguinte: Rua Uruguai, número 45. O telefone para mais informações é o (51) 3289-4472. O horário de atendimento é de segunda a sexta-feira, das 8h30 às 17h30.

Os requisitos para encaminhar o passaporte, além de ter residência fixa na cidade, também cercam a renda do interessado, precisando essa ser de, no máximo, 3 salários mínimos nacionais. Sendo assim, logo que o idoso fizer a declaração do imposto de renda, ele deverá trazer e apresentar o recibo e as folhas da declaração para verificação e validação da renda pessoal. Os documentos necessários na hora do encaminhamento da carteira são os seguintes: comprovante de residência, comprovante de renda, CPF e Identidade original (RG). A atualização máxima deve ser de 90 dias.

Para quem tiver mais de 65 anos, os documentos necessários são somente o RG e CPF original. O endereço e horário de atendimento é o mesmo já citado anteriormente.

Cadastro para utilização da Área Azul

É importante ressaltar ainda que, para cadastramento do idoso para estacionamento em locais considerados Área Azul, é preciso que o futuro beneficiado compareça ao setor de Atendimento ao Cidadão, localizado na Empresa Pública de Transporte e Circulação, a EPTC, localizada na Avenida Érico Veríssimo, número 100, no horário das 8h30 às 17h, sempre de segunda a sexta-feira. O idoso deve trazer os seguintes documentos: comprovante de residência em Porto Alegre e documento original de identificação.

O cadastro dele é feito na hora, por meio de emissão de documento, que precisa ser pago em alguma rede bancária conveniada. Porém, se faz fundamental saber que essa credencial não isenta o idoso de pagamento da Área Azul e outros.

Kellen Kunz


Cartão de Estacionamento para Idosos em São Paulo – Como solicitar


Quem quiser adquirir o Cartão de Estacionamento para Idosos deve seguir alguns passos.

O cartão para estacionamento de idosos, criado no ano de 2010, pela Prefeitura de São Paulo tem como objetivo garantir uma autorização especial para que os idosos possam estacionar seus veículos em locais específicos. As pessoas que possuem mais de sessenta anos, que dirigem ou são passageiras, podem solicitar este cartão.

Para solicitar este benefício as pessoas devem seguir este passo a passo:

1º Acessar o site do Sistema Unificado de Autorizações Especiais SUAE e fazer um cadastro como Requerente, marque a opção pessoa física.

2º Registrar os dados como usuário, iniciando com o registro do cadastro de pessoa física (CPF). Criar uma senha, lembrando que a senha tem que ser formada por no mínimo quatro caracteres e no máximo oito, é recomendável a utilizar letras e números e evitar datas de alguma ocasião especial, como datas de nascimento. Prestar atenção também se ao digitar a senha, as letras estão maiúsculas ou minúsculas, estes dados serão computados.

3º Pedir um requerimento na categoria Idoso, somente nesta categoria se terá acesso ao cartão. Lembrando que existem condições especiais, para este pedido, como: ter mais de sessenta anos e residir no município de São Paulo.

4º Fazer uma cópia dos seguintes documentos: uma cópia de um documento que apresenta o número do CPF (como RG, CNH ou outros). Comprovante de residência, que prove que o requerente more em São Paulo, a cópia apresentada tem que ter sido emitida no máximo um mês antes do requerimento. Após a obtenção destas cópias, o solicitante deverá encaminhar o requerimento impresso e assinado por ele, junto as cópias, para a Caixa Postal 11.400 – CEP 05422-970. Caso o solicitante prefira, ele pode ir até a sede do DSV – Autorizações Especiais, que fica na Rua Sumidouro, número 740, bairro Pinheiros, próximo à Estação Pinheiros da linha 4, amarela do metrô. O funcionamento do DSV é de segunda a sexta-feira, no horário das oito da manhã até às cinco horas da tarde, o órgão pede o prazo máximo de quinze dias, para análise e aprovação da carteira. As pessoas que possuem algum tipo de deficiência, como auditiva ou de visão, devem comparecer pessoalmente à sede da DSV para fazer a solicitação. Lembrando que estas informações descritas acima, são para pessoas que vão fazer o requerimento pela primeira vez.

Para acompanhar a situação do pedido do cartão, o solicitante pode verificar o sistema. Basta acessar: www3.prefeitura.sp.gov.br/st1656_internet/PaginasPublicas/Home.aspx e acompanhar o status do pedido. Já as solicitações feitas pelos Correios, se o pedido for sinalizado como “deferido” o requerente deve aguardar, pois o cartão será enviado pelos Correios.

Este benefício tem algumas vantagens e exigências. O cartão é válido em todo o território nacional, validade de cinco anos, poderá ser usado em qualquer veículo, independente se o requerente for motorista ou passageiro, o cartão também será válido em vagas de estacionamentos de shopping center, bancos, supermercados dentre outro. Já as exigências são: em caso de roubo é preciso fazer um Boletim de Ocorrência em alguma delegacia, o cartão só poderá ser utilizado pelo titular e só os originais serão aceitos. Para mais informações entre em contato com a Prefeitura de São Paulo pelo telefone (11) 3030 2422 ou envie um e-mail para dsvaeidoso@prefeitura.sp.gov.br.

Por Isabela Castro

 

Cartão de Estacionamento do Idoso