VW Golf 2017 – Novidades e Características


Veja aqui as principais novidades e características do novo Volkswagen Golf 2017.

Volkswagen apresentou recentemente na Europa todos os detalhes do Novo Golf 2017. De acordo algumas previsões, o Golf 2017 sofreu as primeiras grandes mudanças em seu modelo desde a estreia da geração atual, em 2012. A nova remodelação trazida pela fabricante proporcionou a adequação do automóvel ao quesito tecnologia e segurança.

No exterior do veículo as principais mudanças estão na dianteira do carro, adquirindo um novo design e também com faróis de LED mais sofisticados. Além disso, tanto quanto o para-choque traseiro e frontal cresceram respectivamente para se adequar-se a entrada de ar inferior e o novo escape do Golf 2017. As rodas vieram com um layout inédito, completando o estilo do veículo.

Internamente o novo Golf 2017 vem com um quadro de instrumentos digitais. Os recursos do novo painel digital permitem a configuração de cinco diferentes modos de navegação. Existe também a tela de 9,2 polegadas, sensível ao toque, tendo uma boa resolução e suporte para comandos gestuais.

Se tratando de segurança, a Golf retrata a oferta do sistema de condução semi-autônoma, Traffic Jam Assist, que concede ao automóvel capacidades de locomoção autônoma. Esta característica pode diminuir os riscos de um eventual acidente ou até frear o veículo quando os sensores de bordo indicarem que o motorista está desatento ao trajeto.

Há mais novidades do novo modelo do Golf na capacidade automotiva. O motor 2.0 TSI que equipa a versão GTI salta de 223 cavalos para 233 cavalos na configuração convencional e 248 cv no modelo especial. Somado a isso, passará a se usado o câmbio DSG de sete marchas, em substituição ao antigo DSG de 6 velocidades.

Nas versões comuns, o motor 1.5 TSI entra em cena no lugar do 1.4 TSI. A Volkswagen promete para o Golf um consumo médio de 20,4 km/l. Futuramente será lançada a versão Bluemotion, com um consumo médio de 21,7 km/l e 132 cavalos.

As vendas do Golf 2017 começam em dezembro na Europa. No Brasil, o visual atualizado deve chegar apenas em 2018. No entanto, o novo motor 1.5 TSI tem sua chegada considerada improvável em 2018, diante dos grandes investimentos da máquina para transformar os modelos vendidos no Brasil em bicombustíveis.

Por Denisson Soares


Volkswagen CC – Fim da Produção do Carro


Montadora pode ter encerrado a produção do modelo pelo pequeno número de vendas.

De acordo com publicações do site inglês Autocar, a montadora Volkswagenparou de fabricar o modelo CC, pelo fato de um volume muito pequeno de vendas de veículos. Embora o grupo de origem alemã ainda não tenha publicado nenhuma informação sobre o assunto, páginas eletrônicas de países estrangeiros já flagraram pela Europa, alguns carros sendo testados e que provavelmente seriam o sucessor do modelo.

O CC tem como base a antiga geração do modelo Volkswagen Passat, o VW CC dará lugar para um veículo mais moderno, tendo o mesmo estilo de desenho com a parte de trás do teto um pouco mais rebaixada do que a versão anterior. O novo modelo irá ser fabricado a partir do ano de 2017, fazendo uso da mesma plataforma modular, MQB, a qual irá proporcionará um espaço interno maior e também uma maior possibilidade de ter novas tecnologias adicionadas, além de um conjunto motriz híbrido.

O design do novo modelo da Volkswagen, o “cupê com quatro portas”, muito provavelmente será inspirado no conceito do modelo Sport Coupé, o qual foi apresentado Salão do Automóvel da cidade de Genebra no ano de 2015. Da mesma forma que a atual geração do VW Passat, o carro irá contar com painel de instrumentos totalmente digital, assistências de direção, entre diversos outros recursos que irão facilitar a vida do condutor e também dos passageiros.

Os motores que são previstos para o novo VW CC no continente Europeu serão variáveis melhoradas dos propulsores turbos atuais, os quais contam com quatro cilindros e são movidos tanto a gasolina quanto a diesel.

O Volkswagen CC desembarcou em território brasileiro no ano de 2009, quando ainda era conhecido como Passat CC. Ele vinha equipado com um propulsor V6, com potência de 250 cavalos, além de tração integral. As últimas unidades do modelo eram comercializadas em uma única versão no valor de R$ 167.190, a qual era movida por motor com quatro cilindros de 2 mil cilindradas TSI e com 211 cavalos, além de um câmbio DSG com dupla embreagem de tração dianteira e seis velocidades.

FILIPE R SILVA


VW Up! 2017 – Preço, Versões e Ficha Técnica


Confira aqui os preços, versões e a ficha técnica do Volkswagen Up! 2017.

Você que é fã do VW Up! já pode ficar animado e até dar saltos de alegria, pois as concessionárias da VW de todo o País já estão vendendo o VW Up! 2017, com algumas novidades em seu visual, que vem repaginado.

Um para-choque redesenhado vem na dianteira do VW Up! 2017, além de retrovisores com setas integradas e faróis com LEDs para o dia. Já a parte de trás do carro ganhou vincos no pára-choque e diferentes lanternas.

O motor do VW Up! 2017 1.01 MPI Total Flex conta com potência de 75 cv, isto é, 55 kW e gira a 6.250 rpm quando está com gasolina no tanque. Mas, se a sua opção for abastecer com etanol ele sobe para 82 cv (60 kW), mas com a mesma rotação em rpm, de quando se está rodando com gasolina.

Essa série de itens que foram adicionados ao VW Up! 2017 também fizeram com que ele tivesse preços mais competitivos. O VW Up! 2017 conta com, em média, 15 modelos disponíveis que contam com 2 ou 4 portas e preços que variam de R$ 32 mil até R$ 50 mil. Todos são 1.0 e 12v, além de uma nova versão turbo.

Por dentro, o VW Up! 2017 vem com uma tela de 5 polegadas e uma central multimídia, além de se conectar com smartphones, em versões com preço mais alto. O volante multifuncional também vem junto com o modelo 2017, além de novos assentos.

Quanto aos seus pontos positivos, podemos destacar a economia do veículo, que já foi considerado um dos mais econômicos do País, atualmente, desde a sua chegada no Brasil, em 2014. Além disso, o VW Up! é considerado um veículo com uma boa posição para dirigir, além de silêncio na parceria de motor e câmbio, ótimo isolamento acústico e boa estabilidade nas curvas. Outra vantagem é que por ser compacto, pode ser estacionado na grande maioria das vagas que estão disponíveis na rua e ainda traz uma maior agilidade no trânsito da cidade.

O que achou do nosso post? Gostou do artigo? Comente e compartilhe conosco as suas experiências!

Kika Akita


Volkswagen Golf ganhará versões 1.0 TSI e Elétrica


Novas versões do carro custarão entre R$ 75 mil e R$ 95 mil.

Sinônimo de qualidade, a montadora alemã Volkswagen irá lançar o Golf 1.0 TSI e o e-Golf elétrico. Basicamente o carro é um super-herói com roupagem de transeunte normal. O carro a gasolina conta com um motor 1.0 tricilíndrico turbo com injeção direta flex. Já o Golf elétrico terá um desempenho de 300 km com apenas uma recarga da bateria. As versões do Golf 1.0 TSI e do e-Golf sairão entre R$ 75 mil e R$ 95 mil aqui no Brasil.

Algumas pessoas ainda podem ter a visão de que o Golf é um carro popular. O design se manteve de acordo com o tradicional da Volkswagen, no entanto, abrindo o capô e ou entrando no interior do carro percebe-se um motor potente e alta tecnologia. O Golf 2017 conta com computador integrado e comandos que respondem aos sinais do motorista.

Basta mover as mãos e os sensores internos captam os movimentos do motorista. É possível trocar de rádio, álbuns de músicas, ou acessar a galeria de fotos da tela integrada ao automóvel.

Já o e-Golf, que também será lançado em 2017, contará com uma grande novidade. O motor garantirá autonomia de 300 km com apenas uma recarga da bateria. O e-Golf faz parte dos investimentos da Volkswagen na categoria de elétricos e híbridos, a marca quer assegurar a potência do carro com um desempenho maior do que os demais competidores: como a BMW modelo i3 e a Nissan Leaf.

A parte do design do Golf 2017 é criticada por alguns e elogiada por outros. Consumidores pedem uma atualização mais moderna e design arrojado para o Golf, no entanto, outros preferem o formato clássico do carro que não chama muita atenção – por fora.

Por onde passa a Volkswagen atrai cliente fieis – clientes para vida toda. A empresa optou por manter o molde tradicional focada nesses consumidores. Tanto o Golf TSI 1.0 como o e-Golf elétrico não ficam nem um pouco atrás dos carros da categoria na mesma faixa de preço quando falamos em tecnologia e motor.

Matheus Griebeler


Carros da Volkswagen podem ser vulneráveis a Hackers


Vulnerabilidade ocorre devido a falhas no sistema Keyless.

Com os avanços que estamos tendo no setor, a cada lançamento temos carros cada vez mais equipados com uma diversidade de componentes eletrônicos e novas tecnologias. Se por um lado eles ajudam a deixar tudo mais fácil, mais confortável e mais conectado, por outro deixam os veículos mais fáceis de serem alvos de ataques de hackers.

Um dos fatos que provam isso é um caso que ocorreu recentemente nos EUA com modelos Jeep que foram furtados por uma quadrilha formada basicamente de hackers. No ano passado também tivemos a invasão no sistema Uconnect em modelos pertencentes a FCA (Fiat Chrysler Automobiles).

A novidade divulgada recentemente, e que não é nada agradável, saiu de um grupo de pesquisadores da Universidade de Birmingham, na Inglaterra. De acordo com eles, foi identificada uma vulnerabilidade que pode atingir mais de 100 milhões de veículos da Volks que foram produzidos desde o ano de 1995.

De acordo com informações veiculadas no site Autoblog, os ladrões poderão usar uma espécie de transmissor para poderem interceptar o sinal da chave keyless do veículo. Sendo assim, eles poderiam muito bem retransmitir o sinal destravar as portas e por fim, ligar o carro.

Já o site Wired chama a atenção afirmando que a vulnerabilidade encontrada prejudica os modelos da Volkswagen com uma “idade” de até 20 anos (obviamente que os fabricados no exterior). Os modelos mais novos, como a sétima geração do Golf, também não escapam da lista dos criminosos.

Nesses termos, para que o hacker possa invadir o carro basta que ele conte com o sistema keyless. Ainda assim, a tarefa de conseguir interceptar o sinal não é nada fácil, mesmo considerando o fato de que os ladrões usam um equipamento relativamente simples e bem viável para a aquisição.

De qualquer maneira, para colocar tudo em prática ele precisa estar no máximo a 100m de distância do dono (uma vez que é este que provavelmente está com a chave do carro no bolso). Há um certo exercício de paciência, já que o criminoso precisa esperar até que o dono do carro pressione o botão da chave para poder captar o sinal.

Além dos modelos recentes que se mostram vulneráveis, os pesquisadores ainda encontraram problemas na criptografia de uma chave mais antiga usada em modelos da Nissan, Alfa Romeo e Mitsubishi.

Diversas outras montadoras também mostraram que apresentam problemas em seus sistemas keyless.

Ao que parece nada mesmo é 100% seguro.

Por Denisson Soares


Volkswagen Virtual Experience – Test Drive Virtual dos Carros da VW


Montadora utiliza realidade virtual para que consumidores conheçam seus carros.

Quem pensa em comprar um carro e pesquisa pela melhor opção pela Internet já sabe que esta, muitas vezes, acaba se tornando uma missão complicada, uma vez que não se tem as informações detalhadas sobre onde comprar e, principalmente, sobre os próprios veículos.

Pensando nisso, nestas pessoas que estão atrás de detalhes e que querem conhecer profundamente o que o mercado automobilistico oferece para os seus clientes e em relação aos seus concorrentes, como grande diferencial na hora de decidir sobre a compra de um ou outro modelo, a Volkswagen foi atrás e fez a diferença apresentando uma nova ferramenta que auxilia no processo de tomar decisões.

Proporcionando ao visitantes do site da empresa, tidos como potenciais clientes e compradores de carros, uma realidade virtual e uma experiência inovadora, estes podem acessar os produtos da marca por meio do Virtual Experience, que foi lançado nesta terça-feira, dia 28 de junho, e já está disponível no site da concessionária, no www.volkswagen.com.br.

Conforme dados do Ibope, atualmente somente no Brasil pelo menos 120 milhões de pessoas estão conectadas à internet, o que demonstra a importância de as empresas se colocarem no ambiente digital como, inclusive, diferencial competitivo. Além disso, com este número imagina-se que a rede tem sido utilizada cada vez mais para a pesquisa sobre produtos, utilizando as informações e fontes para decidir ou não sobre a compra de algo.

Neste contexto, é importante saber sobre o sistema do Virtual Experience e seu funcionamento, que ocorre logo quando a pessoa visita o portal, no qual ela pode fazer um giro de 360 graus pela concessionária, possibilitando também verificar detalhes de cada carro disponível, olhar os seus interiores e, ainda, visualizar os equipamentos que os acompanham. Com isso, a marca busca auxiliar ao usuário na decisão de compra e, principalmente, colaborar e facilitar o processo para que os consumidores tenham mais conhecimento sobre os produtos da Volkswagen.

Tudo isso é possível por meio de um vídeo no Youtube, sendo que a visita pode ser feita em qualquer lugar em que o usuário esteja, podendo ser realizada tanto por um tablet, como por um celular, smartphone ou ainda por um computador portátil ou não. Para acessar, todavia, é preciso utilizar um óculos especial disponibilizado pela Volkswagen (em eventos empresariais e nas próprias concessionárias) ou pela instalação do celular num cardboard ou diretamente no aparelho escolhido.

As características de veículos como Up! TSI, Fox, Golf, Jetta e do Novo Gol são informadas, então, por um narrador, transportando o cliente para um mundo tridimensional em que este acompanha o que está acontecendo.

Kellen Kunz