Confira aqui as principais novidades e o preço do novo Renault Sandero Vibe 2017.

A partir da adoção de um novo tipo de motor pela montadora francesa Renault, o mercado de carros novos poderá experimentar uma fase de relançamentos de alguns modelos que já vinham fazendo sucesso anteriormente. É o caso do modelo Sandero, que deverá voltar às concessionárias na sua versão mais exclusiva, a Vibe.

Segundo a empresa, os planos são para que o novo modelo seja fabricado em uma quantidade bem limitada, pouco mais de 9.300 unidades. O preço final para o consumidor brasileiro, tanto para os fãs quanto para aqueles que queiram experimentar um novo modelo, deverá ficar em torno de R$ 47.000,00, sendo o modelo mais básico da linha. Caso o cliente queira incluir no seu próximo carro alguns itens que o deixariam mais equipado, terá que desembolsar algo em torno de R$ 2.000,00. No final das contas, para se ter um modelo reservado a poucos, os mais apaixonados teriam que pagar algo em torno de R$ 50.000,00 pela exclusividade.

A versão exclusiva do Sandero Vibe, a Expression 1.0, deverá sair de fábrica com o novo motor dotado de três cilindros, acoplado a um pequeno propulsor que proporcionará ao automóvel um desempenho entre 80 e 82 cavalos de potência.

Com relação aos detalhes externos, o modelo será equipado com rodas em tamanho 15 e os seus aros de fábrica deverão ser de alumínio, num tom escuro bem perto da cor prata. A montadora resolveu inovar em seu estilo e manteve os faróis na horizontal, com detalhes em preto para a dianteira e a cor branca para os traseiros.

Esta série exclusiva deverá chegar às lojas já equipado com ar condicionado, vidros elétricos e retrovisores e travas com o mesmo sistema. Ele deverá vir com um sistema multimídia integrado, onde o motorista através de uma tela sensível ao toque de sete polegadas deverá mostrar todas as funções do automóvel, como o computador de bordo, o sistema GPS de navegação, Bluetooth, rádio e possibilidade de conexão direta tipo USB. Para compor o ambiente interno, ele possui bancos com design próprio e há altos falantes que funcionam no sistema de tipo LED. Para compor um toque de exclusividade, o nome Vibe deverá estar gravado no próprio volante do modelo.

Emmaoel Gomes


Confira aqui o preço e as características do Renault Kwid 2017.

Depois de a Índia conhecer o Kwid, enfim chega a vez dos brasileiros. O carro que chega ao nosso mercado no próximo ano vem também com a missão de ser o responsável pela aposentadoria do Clio. Este último vinha sendo “empurrado” pela fabricante até não dar mais. Em linhas gerais o novo subcompacto da Renault vem com propostas diferentes dos outros que se encontram no mercado. Ele é mais robusto, mais alto e ainda traz um visual interessante, o que promete agradar aqueles consumidores que não “engolem” muito a cara dos modelos descolados atuais.

O Kwid tem chamado a atenção por diversos pontos. Entre eles um dos que mais se destacam é o fato de que seu visual tem uma queda para o offroad bem mais forte do que seus concorrentes, a exemplo do Mobi e do Up!.

Tecnicamente a versão brasileira tem mesmo a cara de um SUV, mas apenas no que diz respeito ao visual, coisa que foi meio que herdada da versão indiana.

Por ser um carro concebido para ser um modelo popular e de baixo custo, na Índia o Kwid sai por algo em torno dos R$ 15 mil. Já aqui no Brasil ainda há alguns “detalhes” que precisam ser ajustados com relação aos preços. Como nossos impostos não são nada atrativos, o modelo deve sair por cerca de R$ 30 mil.

Como dissemos anteriormente, ele vem para o nosso mercado para substituir o Clio. Mas as diferenças em relação a este vão bem além de aspectos visuais. Além da nova motorização (álcool e gasolina), o carro contará com câmbio manual de cinco marchas.

O propulsor será o 0.8 de 3 cilindros, com 57 cavalos de potência. O porta-malas do modelo terá capacidade para 300 litros e de série teremos o sistema de freios ABS e o airbag duplo frontal.

De acordo com as informações divulgadas até agora, a previsão é de que os trabalhos envolvendo a produção do Kwid já começarão nesse final de 2016. A Renault irá produzir o carro na cidade de São José dos Pinhais (PR).

A fabricante ainda continua fazendo um pouco de mistério sobre o carro, mesmo depois de tantos detalhes divulgados. No Salão do Automóvel de São Paulo (2016) ela inclusive resolveu mostrar o carro apenas em sua versão conceitual.

Por Denisson Soares





CONTINUE NAVEGANDO: