Carros Mais Vendidos por Estado – Fevereiro 2018


Saiba aqui quais são os modelos de carros mais vendidos pelo Brasil em fevereiro de 2018.

Para cada estado brasileiro muitas vezes nós temos um perfil de consumidor diferente, isto se traduz nas vendas de determinados modelos. Alguns consumidores em determinada região preferem os compactos, outros os utilitários esportivos, outros ainda as Picapes.

Em Fevereiro de 2018, podemos notar algumas diferenças entre determinados modelos para cada região do país, porém, o mais notório é verificar a supremacia do Hatch Chevrolet Onix, na liderança em nada mais, nada menos que em 22 estados, segundo a Fenabrave. O Chevrolet Onix exibe fôlego de sobra nas vendas e na predileção do público em geral, não é a toa que é o modelo mais vendido do país desde 2015 e se encaminha para seu tricampeonato este ano.

Não só para os mais curiosos como também para um melhor entendimento do perfil de cada região na escolha de seus veículos com maior aceitação, listamos abaixo os principais carros vendidos por cada Estado em Fevereiro, confiram:

Região Sul do país

– Estado do Paraná (vendas de Fevereiro de 2018)

  • Primeiro Lugar: Hatch Chevrolet Onix. Quantidade: 648
  • Segundo Lugar: Hatch Renault Kwid. Quantidade: 484
  • Terceiro Lugar: Hatch Renault Sandero. Quantidade: 433
  • Quarto Lugar: Hatch VW Polo. Quantidade: 373
  • Quinto Lugar: Hatch VW Gol. Quantidade: 354

– Estado de Santa Catarina (vendas de Fevereiro de 2018)

  • Primeiro Lugar: Hatch Chevrolet Onix. Quantidade: 570
  • Segundo Lugar: Hatch VW Polo. Quantidade: 473
  • Terceiro Lugar: Hatch Hyundai HB20. Quantidade: 358
  • Quarto Lugar: Hatch Ford Ka. Quantidade: 320
  • Quinto Lugar: Hatch VW Gol. Quantidade: 279

– Estado do Rio Grande do Sul (vendas de Fevereiro de 2018)

  • Primeiro Lugar: Hatch Chevrolet Onix. Quantidade: 601
  • Segundo Lugar: Hatch Ford Ka. Quantidade: 344
  • Terceiro Lugar: Sedan Prisma. Quantidade: 304
  • Quarto Lugar: Hatch Hyundai HB20. Quantidade: 288
  • Quinto Lugar: Hatch VW Polo. Quantidade: 288

Região Sudeste do país

– Estado de São Paulo (vendas de Fevereiro de 2018)

  • Primeiro Lugar: Hatch Chevrolet Onix. Quantidade: 3292
  • Segundo Lugar: Hatch Hyundai HB20. Quantidade: 2362
  • Terceiro Lugar: SUV Honda HR-V. Quantidade: 1420
  • Quarto Lugar: Hatch Ford Ka. Quantidade: 1364
  • Quinto Lugar: SUV Nissan Kicks. Quantidade: 1359

– Estado do Rio de Janeiro (vendas de Fevereiro de 2018)

  • Primeiro Lugar: Hatch Chevrolet Onix. Quantidade: 349
  • Segundo Lugar: Hatch Ford Ka. Quantidade: 327
  • Terceiro Lugar: Hatch VW Polo. Quantidade: 318
  • Quarto Lugar: Hatch Hyundai HB20. Quantidade: 274
  • Quinto Lugar: Hatch Renault Kwid. Quantidade: 265

– Estado de Minas Gerais (vendas de Fevereiro de 2018)

  • Primeiro Lugar: Hatch Chevrolet Onix. Quantidade: 3347
  • Segundo Lugar: Hatch Ford Ka. Quantidade: 2468
  • Terceiro Lugar: Hatch Hyundai HB20. Quantidade: 1364
  • Quarto Lugar: Hatch VW Gol. Quantidade: 1145
  • Quinto Lugar: Sedan Ford Ka Sedan. Quantidade: 1134

– Estado do Espirito Santo (vendas de Fevereiro de 2018)

  • Primeiro Lugar: Hatch Chevrolet Onix. Quantidade: 180
  • Segundo Lugar: Sedan Toyota Corolla. Quantidade: 158
  • Terceiro Lugar: Utilitário Fiat Strada. Quantidade: 134
  • Quarto Lugar: Hatch Hyundai HB20. Quantidade: 119
  • Quinto Lugar: Sedan Toyota Etios. Quantidade: 101

Região Norte do país

– Estado do Tocantins (vendas de Fevereiro de 2018)

  • Primeiro Lugar: Hatch VW Gol. Quantidade: 96
  • Segundo Lugar: Hatch Chevrolet Onix. Quantidade: 50
  • Terceiro Lugar: Picape Toyota Hilux. Quantidade: 45
  • Quarto Lugar: Picape Mitsubishi L200. Quantidade: 42
  • Quinto Lugar: Hatch Hyundai HB20. Quantidade: 41

– Estado de Roraima (vendas de Fevereiro de 2018)

  • Primeiro Lugar: Picape Fiat Toro. Quantidade: 31
  • Segundo Lugar: Utilitário VW Saveiro. Quantidade: 24
  • Terceiro Lugar: Picape Toyota Hilux. Quantidade: 22
  • Quarto Lugar: Hatch Chevrolet Onix. Quantidade: 20
  • Quinto Lugar: Picape Chevrolet S10. Quantidade: 13

– Estado de Rondônia (vendas de Fevereiro de 2018)

  • Primeiro Lugar: Hatch Chevrolet Onix. Quantidade: 107
  • Segundo Lugar: Hatch Hyundai HB20. Quantidade: 96
  • Terceiro Lugar: Picape Fiat Strada. Quantidade: 79
  • Quarto Lugar: Hatch VW Gol. Quantidade: 69
  • Quinto Lugar: Picape Chevrolet S10. Quantidade: 58

– Estado do Pará (vendas de Fevereiro de 2018)

  • Primeiro Lugar: Hatch Chevrolet Onix. Quantidade: 233
  • Segundo Lugar: Hatch Hyundai HB20. Quantidade: 149
  • Terceiro Lugar: Sedan Chevrolet Prisma. Quantidade: 121
  • Quarto Lugar: Picape Fiat Strada. Quantidade: 105
  • Quinto Lugar: Hatch VW Gol. Quantidade: 103

– Estado do Amazonas (vendas de Fevereiro de 2018)

  • Primeiro Lugar: Hatch Chevrolet Onix. Quantidade: 226
  • Segundo Lugar: Hatch Fiat Argo. Quantidade: 90
  • Terceiro Lugar: Hatch Hyundai HB20. Quantidade: 86
  • Quarto Lugar: Picape Chevrolet S10. Quantidade: 84
  • Quinto Lugar: Hatch Fiat Mobi. Quantidade: 79

– Estado do Amapá (vendas de Fevereiro de 2018)

  • Primeiro Lugar: Picape Fiat Strada. Quantidade: 32
  • Segundo Lugar: Hatch Fiat Argo. Quantidade: 30
  • Terceiro Lugar: Hatch Chevrolet Onix. Quantidade: 29
  • Quarto Lugar: Hatch Fiat Mobi. Quantidade: 18
  • Quinto Lugar: Picape Fiat Toro. Quantidade: 18

– Estado do Acre (vendas de Fevereiro de 2018)

  • Primeiro Lugar: Hatch Chevrolet Onix. Quantidade: 39
  • Segundo Lugar: Hatch Toyota Etios. Quantidade: 21
  • Terceiro Lugar: Sedan Toyota Etios. Quantidade: 21
  • Quarto Lugar: Hatch Hyundai HB20. Quantidade: 17
  • Quinto Lugar: Picape VW Amarok. Quantidade: 17

Região Nordeste do país

– Estado de Sergipe (vendas de Fevereiro de 2018)

  • Primeiro Lugar: Hatch Chevrolet Onix. Quantidade: 93
  • Segundo Lugar: Sedan Toyota Corolla. Quantidade: 52
  • Terceiro Lugar: Hatch VW Polo. Quantidade: 44
  • Quarto Lugar: Hatch Hyundai HB20. Quantidade: 41
  • Quinto Lugar: SUV Jeep Compass. Quantidade: 41

– Estado do Rio Grande do Norte (vendas de Fevereiro de 2018)

  • Primeiro Lugar: Hatch Chevrolet Onix. Quantidade: 144
  • Segundo Lugar: Hatch Hyundai HB20. Quantidade: 79
  • Terceiro Lugar: Sedan Toyota Corolla. Quantidade: 75
  • Quarto Lugar: Hatch VW Gol Quantidade: 65
  • Quinto Lugar: SUV Jeep Compass. Quantidade: 63

– Estado do Piauí (vendas de Fevereiro de 2018)

  • Primeiro Lugar: Hatch Chevrolet Onix. Quantidade: 178
  • Segundo Lugar: Hatch Renault Kwid. Quantidade: 82
  • Terceiro Lugar: Sedan Chevrolet Prisma. Quantidade: 79
  • Quarto Lugar: Hatch Hyundai HB20. Quantidade: 71
  • Quinto Lugar: Picape Fiat Strada. Quantidade: 67
  • – Estado de Pernambuco (vendas de Fevereiro de 2018)
  • Primeiro Lugar: Hatch Chevrolet Onix. Quantidade: 458
  • Segundo Lugar: Hatch Hyundai HB20. Quantidade: 226
  • Terceiro Lugar: Hatch Renault Kwid. Quantidade: 194
  • Quarto Lugar: Sedan Chevrolet Prisma. Quantidade: 173
  • Quinto Lugar: Hatch VW Polo. Quantidade: 158

– Estado de Paraíba (vendas de Fevereiro de 2018)

  • Primeiro Lugar: Hatch Chevrolet Onix. Quantidade: 162
  • Segundo Lugar: Hatch VW Polo. Quantidade: 110
  • Terceiro Lugar: Hatch VW Gol. Quantidade: 108
  • Quarto Lugar: Hatch Hyundai HB20. Quantidade: 89
  • Quinto Lugar: SUV Nissan Kicks. Quantidade: 85

– Estado do Maranhão (vendas de Fevereiro de 2018)

  • Primeiro Lugar: Hatch Chevrolet Onix. Quantidade: 138
  • Segundo Lugar: Hatch Fiat Argo. Quantidade: 104
  • Terceiro Lugar: Picape Fiat Strada. Quantidade: 90
  • Quarto Lugar: Hatch Renault Kwid. Quantidade: 86
  • Quinto Lugar: Hatch Hyundai HB20. Quantidade: 76

– Estado do Ceará (vendas de Fevereiro de 2018)

  • Primeiro Lugar: Hatch Chevrolet Onix. Quantidade: 391
  • Segundo Lugar: Hatch Hyundai HB20. Quantidade: 179
  • Terceiro Lugar: Sedan Toyota Corolla. Quantidade: 166
  • Quarto Lugar: Sedan Chevrolet Prisma. Quantidade: 154
  • Quinto Lugar: Hatch Fiat Mobi. Quantidade: 138

– Estado da Bahia (vendas de Fevereiro de 2018)

  • Primeiro Lugar: Hatch Chevrolet Onix. Quantidade: 493
  • Segundo Lugar: Hatch Hyundai HB20. Quantidade: 292
  • Terceiro Lugar: Picape Fiat Strada. Quantidade: 267
  • Quarto Lugar: Hatch Ford Ka. Quantidade: 240
  • Quinto Lugar: Sedan Toyota Corolla. Quantidade: 215

– Estado do Alagoas (vendas de Fevereiro de 2018)

  • Primeiro Lugar: Hatch Chevrolet Onix. Quantidade: 97
  • Segundo Lugar: Hatch VW Gol. Quantidade: 73
  • Terceiro Lugar: Hatch Ford Ka. Quantidade: 65
  • Quarto Lugar: SUV Nissan Kicks. Quantidade: 45
  • Quinto Lugar: SUV Jeep Compass. Quantidade: 43

Região Centro-Oeste do país

– Estado do Mato Grosso do Sul (vendas de Fevereiro de 2018)

  • Primeiro Lugar: Hatch Chevrolet Onix. Quantidade: 165
  • Segundo Lugar: Hatch Hyundai HB20. Quantidade: 135
  • Terceiro Lugar: Picape Chevrolet S10. Quantidade: 115
  • Quarto Lugar: Hatch VW Polo. Quantidade: 114
  • Quinto Lugar: Hatch VW Gol. Quantidade: 104
  • – Estado do Mato Grosso (vendas de Fevereiro de 2018)
  • Primeiro Lugar: Picape Fiat Strada. Quantidade: 246
  • Segundo Lugar: Hatch Chevrolet Onix. Quantidade: 216
  • Terceiro Lugar: Picape Toyota Hilux. Quantidade: 139
  • Quarto Lugar: Sedan Chevrolet Prisma. Quantidade: 135
  • Quinto Lugar: Hatch Hyundai HB20. Quantidade: 128

– Estado de Goiás (vendas de Fevereiro de 2018)

  • Primeiro Lugar: Hatch Chevrolet Onix. Quantidade: 306
  • Segundo Lugar: Hatch VW Gol. Quantidade: 241
  • Terceiro Lugar: Hatch Ford Ka. Quantidade: 213
  • Quarto Lugar: Picape Fiat Strada. Quantidade: 202
  • Quinto Lugar: Hatch VW Polo. Quantidade: 193

– Distrito Federal, estado de Goiás (vendas de Fevereiro de 2018)

  • Primeiro Lugar: Hatch Hyundai HB20. Quantidade: 298
  • Segundo Lugar: Hatch VW Polo. Quantidade: 284
  • Terceiro Lugar: Hatch Chevrolet Onix. Quantidade: 273
  • Quarto Lugar: Hatch Fiat Argo. Quantidade: 242
  • Quinto Lugar: SUV Honda HR-V. Quantidade: 176

Autor: Carlos B.


Carros Mais Vendidos no Brasil em Março de 2017


Confira aqui a lista com os 15 carros mais vendidos no Brasil no mês de março de 2017.

Apesar da forte crise econômica, os números divulgados para as vendas de carros novos no país, no último mês de março, mostraram um ligeiro alívio. Algo em torno de 6%. Diante do quadro de estagnação, com queda na produção e com os pátios das montadoras lotados pelas unidades que o mercado brasileiro não conseguiu absorver nos últimos meses, esta notícia traz um pouco de alívio.

Mesmo com um pequeno suspiro de bonança, muitos preferem apostar na recuperação do setor; outros são mais cautelosos e dizem que o pequeno acréscimo das vendas (em torno de 180.000 unidades), foi proporcionado por um mês com mais dias úteis e que se colocado na ponta do lápis, a quantidade de carros vendidos por dia não ultrapassou a média diária dos outros meses (quase 8.000 diários).

Apesar das discordâncias, o fato é que durante esse último mês de março, a indústria automobolística nacional se sobressaiu sobre as principais marcas importadas em termos de preferência dos brasileiros.

Nesta queda de braço, as marcas nacionais se sucederam no ranking dos modelos mais vendidos, sendo que a Chevrolet foi a que mais se destacou no cenário de vendas. O seu modelo, o Onix , bateu de longe o seu concorrente, o HB20, da Hyundai, e fechou março com cerca de quase 15.000 unidades vendidas, contra pouco mais de 10.500 unidades de seu concorrente estrangeiro para a mesma categoria.

Na terceira posição temos o novo Ford Ka, que bateu seu rival mais próximo, o Sandero da Renault, deixando o mesmo na quarta posição. Em quinto, temos aquele que já foi o grande campeão de vendas no Brasil, o Gol da Volkswagen, com cerca de 6.000 unidades vendidas e em sexto, novamente um campeão da GM, o Prisma.

O fato é que as marcas importadas caíram um pouco do gosto do consumidor brasileiro neste último mês. Para exemplificar, temos o Corolla da Toyota em sétimo lugar no ranking e o Voyage da Volkswagen ficou em oitavo lugar, acompanhado do utilitário da Fiat, o Strada em nono e novamente outro utilitário da montadora fechou o décimo lugar, o atual Toro.

Seguindo na colocação, o fato é que as marcas importadas fecham os 15 modelos mais vendidos neste mês de março. Começando com o Renegade, da Jeep, em décimo primeiro lugar, seguido dos modelos da Peugeot, Citroen, Mitsubishi, Mercedes Benz e Audi, todos nesta ordem para fechar a lista de carros comercializados nas concessionárias do país.

Emmanoel Gomes


Fim da Aston Martin no Brasil


Montadora anuncia o encerramento de suas atividades no país.

Não é novidade para ninguém que a crise financeira que começou em 2015 afetou todos os setores da economia e com o segmento de carros não poderia ser diferente. Com as marcas de luxo, o processo foi um pouco mais demorado, mas infelizmente o setor também sofreu grandes quedas nas vendas e desde ano passado, está sentindo os negativos efeitos desse cenário nada animador.

A bola da vez do segmento de veículos luxuosos foi a Aston Martin, que fechou sua única concessionária que ficava na cidade de São Paulo e encerrou de uma vez por todas a importação oficial do imponente e luxuoso modelo para o Brasil.

Presente em terras brasileiras desde 2010, os modelos da montadora são famosos por causa de alguns filmes de James Bond em que os carros apareciam nas cenas. Os modelos mais vistos na televisão pelos amantes da glamorosa marca e que vão deixar saudades eram DB5, Vantage, Vanquish, DB9 e por último, o DB11.

O empresário Sérgio Habib era o representante da Aston Martin no país, além de ser o representante da conhecida marca chinesa JAC MOTORS, que parece ir de vento de polpa nos negócios, pois os carros comercializados são infinitamente mais baratos se comparados com a marca inglesa.

Logo no ano de estreia, a Aston Martin vendeu apenas 18 carros e em 2011 foram 30 modelos emplacados. Já nos anos seguintes, o número de unidades vendidas foram de 13, 12 e 11, respectivamente. Segundo uma recente pesquisa divulgada pela Associação Brasileira da Empresas Importadoras e Fabricantes de Veículos Automotores ( Abeifa), a crise financeira foi o maior motivo da grande queda nas vendas em geral. Em 2015 foram vendidos apenas 3 unidades do carro e ano passado, apenas dois carros foram comercializados. Se comparada com montadoras de mesmo nível, como a Ferrari, que vendeu 21 carros somente ano passado, as vendas da Aston Martin foram um tremendo fiasco. Somente a conterrânea Rolls Royce perdeu o páreo para a Aston Martin no Brasil, pois vendeu apenas 1 carro em 2016. No total, foram vendidos apenas 89 modelos da Aston Martin no Brasil, que sai de cena definitivamente sem previsão de retorno.

Rodrigo Souza de Jesus


Carros Mais Vendidos em Fevereiro de 2017


Confira aqui a lista dos carros mais vendidos no Brasil no mês de Fevereiro de 2017.

Com base nas informações obtidas no próprio site da Fenabrave (Federação Nacional de Distribuição de Veículos Automotores), 135.663 veículos foram emplacados no mês de fevereiro deste ano. Uma queda nas vendas de 7,59% em comparação ao mesmo mês do ano passado.

O recuo nas vendas também foi detectado no acumulado do ano, onde neste bimestre, em comparação ao mesmo período do ano passado, a queda foi de 6,36%. Segundo a Fenabrave, a queda nas vendas de caminhões e ônibus foi maior que 30%, comparando os meses de janeiro e fevereiro deste ano e do ano passado.

No site da Fenabrave citado acima, no link para consulta, pode ser feito o cadastro e ter o acesso liberado para relatórios. Selecionando os automóveis mais vendidos neste mês, fevereiro de 2017, temos o Onix da Chevrolet com 11.980 carros vendidos, ocupando novamente a primeira colocação. Em segundo lugar ficou o HB20 da Hyundai com 6.521 carros. No acumulado deste ano, 25.880 Onix foram licenciados e abaixo o HB20 com 13.883 carros.

Na terceira posição ficou o Ford Ka com 5.765 carros comercializados neste mês e com 12.843 no acumulado de 2017, em quarto lugar vem o Gol, da Volkswagem, com 4.564. Ocupando a quinta colocação neste ranking de fevereiro temos o Sandero, da Renault, com 4.181 carros.

Da 6ª até a décima colocação, as vendas ficaram na casa dos 3 mil veículos. Começando com o HR-V da Honda, com 3.594 carros, ocupando a sexta posição, abaixo vem o Corolla da Toyota, com 3.469 carros, na sétima colocação. Em oitavo lugar, a empresa Chevrolet aparece novamente na lista, agora com o Prisma, tendo 3.368 vendas. A Fiat foi a segunda, e última, empresa a colocar 2 (dois) carros entre os dez mais vendidos, o Palio vendeu 3.073 e o Mobi 3.049, ocupando respectivamente a nona e a décima colocação.

Esticando esta lista por curiosidade até a 20ª posição, podemos observar que todas as vendas ficaram na casa dos 2 mil carros, começando na 11ª posição vem o Renegade, seguido pelo Fox, depois o Compass, o Up, o Etios HB na 15ª posição, abaixo o Voyage, o Civic, o Creta, o Uno e finalmente em vigésimo, o HB20S.

Devo mencionar que todos estes dados foram obtidos no site da Fenabrave, onde o meu cadastro foi feito.

Por: Fernando Dias


Carros Mais Vendidos no Brasil em Janeiro 2017


Confira aqui os carros mais vendidos no Brasil neste mês de janeiro de 2017.

Passado o primeiro mês de 2017, já se sabe como foi a evolução da maioria dos setores brasileiros nesse início de ano. E no mercado automobilístico não poderia ser diferente.

Apesar das expectativas positivas para o setor, a realidade apresentada não foi bem essa. Logo nos 31 primeiros dias do ano, foi constatado um desempenho muito abaixo daquele esperado, superando, inclusive, o péssimo resultado do início do ano de 2016, quando foram comercializados 149.698 veículos.

Em janeiro de 2017, esse número teve uma queda significativa, sendo vendidos, no total, 143.608 carros. A diferença no comparativo registrada é de 4% menos automóveis, levando em conta o mesmo período do ano passado.

E se considerado o mês de dezembro de 2016, a queda registrada é maior ainda: 27,8%. E isso se deu porque, o último mês do ano passado, teve uma avaliação positiva em vendas no setor. Ainda, a diferença entre janeiro do ano anterior e esse de 2017 foi de 36%.

Apesar dos resultados serem negativos, é importante ressaltar que nem todas as marcas e veículos atraíram, para si, um início de ano difícil. Alguns carros superaram as suas vendas e entraram, por esse motivo, no ranking de carros mais vendidos de janeiro de 2017.

O ranking

A pesquisa divulgada mostrou que o carro mais vendido, até agora, foi o Onix, da Chevrolet. O modelo hatch compacto teve uma venda de 13.903 unidades, sendo considerado o mais comercializado durante o mês no Brasil.

Esse valor é quase o dobro registrado pelo segundo colocado da lista, o Hyundai HB20. Esse teve, no total, 7.364 vendas.

Quem aparece na sequência do ranking é a montadora Ford, com seu veículo Ka na versão hatch. No total, foram 7.081 emplacamentos, número esse que, por pouco, não passou na dianteira do anterior.

E quem surpreendeu também foi o Gol, da Volkswagen. Depois de registrar quedas nos rankings gerais, a montadora realizou descontos especiais. Esse fato levou o veículo para a quarta posição, com 5.073 unidades vendidas.

Seguindo a lista estão: Sandero, da Renault (4.277 vendidos); Prisma, da GM (4.064 vendidos); Corolla, da Toyota (4.014 vendidos); Fox, da VW (3.593 vendidos); HR-V, da Honda (3.268 vendidos); e, por fim, o Palio, da Fiat (3.171 vendidos).

Esse último teve uma queda significativa, uma vez que, no mesmo período do ano passado, havia comercializado 8.012 unidades. Com isso, o modelo caiu seis posições. A explicação dada para a perda de mercado se deu pela saída no mercado do Palio Fire, versão mais vendida do modelo, até então.

Sendo assim e levando em conta a participação geral das montadoras no ranking, a GM é a primeira colocada na venda de carros no período, sendo a sua fatia de 19,2%. Na sequência, complementando as quatro primeiras colocadas, ficaram: Fiat, com 13,8%; Volkswagen, com 12,6%; e Ford, com 9,57%.

Com isso, tudo indica que será um ano difícil para o setor. Resta aguardar as táticas de cada montadora para alavancar o número de vendas durante o restante do ano.

Kellen Kunz


Queda no Financiamento de Carros em Setembro de 2016


Diminuição nos financiamentos no mês passado chegou a 14.8%.

Com a greve dos bancários em setembro, os financiamentos de automóveis tiveram uma baixa de 14,8% considerando os valores de agosto. A Cetip, responsável pelos dados, afirma que se comparado com setembro de 2014, a queda é ainda maior, o que equivale a 27,2 %.

Finalizado o mês de setembro, neste terceiro trimestre foram financiados o total de 431.698 carros novos de variadas categorias, uma queda de 25,3% sobre o total alcançado no mesmo período de 2014.

O motivo da queda se dá principalmente pelo alto número de desempregados, que ficam sem rendimentos, além das pessoas que observando o momento de crise não se sentem confiantes para fazer compromissos em longo prazo. Além disso, as instituições financeiras também possuem muitas restrições para conceder crédito para financiamentos em geral, inclusive de veículos.

É importante também lembrar que a queda de financiamentos se fez ainda maior devido a greve dos bancários, que teve início em setembro, durando 31 dias, o que fez com que as instituições financeiras ficassem paradas, sem realizar nenhum tipo de serviço ou operação.

Foram vendidos 132.181 unidades, entre carros novos, caminhões, ônibus, veículos comerciais leves e motocicletas. As vendas de veículos comerciais leves apontam para 52% de todas as unidades vendidas, o que totalizam 80.782 financiamentos. Já os financiamentos realizados em agosto para automóveis leves atingiu 53%.

Por sua vez, a venda de carros usados também apresentou uma queda, porém de forma mais lenta. O que se observou é que os financiamentos de veículos usados nesse terceiro bimestre somam 735.372 unidades, uma diminuição equivalente a 1,2%, comparando com os valores do mesmo período de 2014.

Para Antonio Megale, presidente da Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea), alguns fatores contribuíram para que ocorresse a queda nos financiamentos automotivos. São eles: a interrupção da fabricação de carros pela Volkswagen, devido a forte crise econômica e também a greve dos bancários, que paralisaram as operações. Fatores que foram sentidos nos números de setembro.

De qualquer forma, a greve dos bancários já terminou e a Volkswagen desde a segunda quinzena de setembro retomou sua produção. O que faz com que as expectativas para o restante do ano de 2016 sejam melhores.

Sirlene Montes


Carro do Povo – Classificados de Carros no RS


Site especializado na venda e compra de veículos no RS.

Comprar ou vender um veículo quase sempre é uma tarefa árdua. São muitos detalhes a se pensar e o principal deles é: onde anunciar ou procurar? É preciso encontrar um local que forneça credibilidade, agilidade e segurança durante as transações e nem sempre é possível encontrar tudo isso num mesmo lugar.

Se você está no Rio Grande do Sul e deseja comprar ou vender um veículo de maneira rápida e fácil, seus problemas acabaram! Acesse agora mesmo o portal Carro do Povo (www.carrodopovo.com.br) e surpreenda-se!

No site você encontra anúncios dos mais variados veículos de lojas associadas e de particulares, além de também poder anunciar o seu veículo de forma rápida e sem burocracia. As ferramentas de busca são bem organizadas e permitem que você localize o veículo ideal contendo:

  • Busca por tipo de veículo: você pode localizar o veículo através de suas características (modelo, ano, cor, tipo, entre outros), além de definir os opcionais que deseja como câmbio automático, Airbag e direção hidráulica. Você escolhe as opções e o filtro encontra o veículo ideal para você.
  • Lojas Associadas: O site possui um cadastro com Lojas que podem ser encontradas através da busca por cidades do Rio Grande do Sul e de Santa Catarina. O procedimento é simples: digite a cidade desejada e veja uma lista das Lojas Associadas. Ao clicar na Loja, uma descrição com os veículos lá disponíveis é exibida.
  • Particulares: Neste modo de busca, os veículos com venda direta são exibidos com descrição e dados do anunciante (telefone, e-mail e telefone).

Gostou? Encontre ainda alguns serviços como autopeças, despachantes e guinchos na guia “Auto Shop” e fique por dentro de tudo que acontece no ramo automotivo na guia “Notícias”. Sem dúvidas o Carro do Povo é a melhor opção para você que deseja comprar ou vender veículos com segurança, facilidade e rapidez.

Para não perder nenhuma atualização deixe seus dados em “Cadastro Pessoal” e, se quiser anunciar um veículo, acesse a aba “Contato” e preencha o formulário. Se precisar, entre em contato com um dos representantes comerciais do Carro do Povo e tire suas dúvidas antes de anunciar.

Débora Gama


Mercedes pretende abrir novo PDV ainda esse mês


Programa de demissão da empresa pode atingir 2.000 funcionários

No dia 11 de maio de 2016 (Quarta-feira), a Mercedes-Benz comunicou aos seus funcionários que trabalham na matriz localizada em São Bernardo, que infelizmente realizará um programa de demissão voluntária (PDV) ainda esse mês. O número de funcionários será reduzido, serão demitidos uma porcentagem de 20,4% dos funcionários da empresa.

Atualmente, a empresa contem 9.800 funcionários, cerca de 2000 funcionários serão demitidos nesse programa de demissão voluntária que a empresa realizará.

O programa ainda não possui suas condições estabelecidas, porém há uma estimativa de que elas serão divulgadas dentro de poucos dias, pois as demissões ocorrerão ainda esse mês.

O último PDV que ocorreu na empresa foi em Julho de 2015, nesse ano a empresa aplicou três programas de demissão voluntária e tinha como propósito demitir 2000 funcionários, porém ocorreram somente 40 adesões. Infelizmente milhares de pessoas ficaram desempregadas nessa época, não apenas pelas demissões ocorridas na Mercedes-Benz, mas também por outras empresas.

Em 2015, cada um dos funcionários que possuíam restrição médica foi avaliado, pois conforme a lei eles tem estabilidade. Já os demais funcionários, receberam uma oferta de 50% do salário recebido mensalmente, teto de R$65.000,00 e os direitos trabalhistas acertados na recisão.

De acordo com o presidente da Mercedes, Philip Schiemer, essas futuras demissões ocorrerão devido a queda de volumes de venda e produção dos veículos fabricados pela empresa, essa queda vem ocorrendo desde 2013. E nesse ano de 2016, de Janeiro até Abril, essa redução foi ainda mais drástica.

Para evitar mais demissões, nesses últimos três anos a empresa vem evitando banco de horas, férias coletivas, suspensão temporária de contratos, semanas curtas e licença remunerada, mas mesmo assim nada foi resolvido e a situação continua dramática. Isso vem acontecendo devido a forte crise política e econômica que está intercorrendo no Brasil.

Ainda foi informado no comunicado que infelizmente o acordo com o Programa de Proteção ao Emprego (PPE), que finalizará dia 31 de Agosto, não será renovado. Diante disso, além dessas demissões, a licença remunerada será negociada com novos grupos. Cerca de 1.000 funcionários estarão incluídos nesses grupos e serão informados esse mês.

Entretanto, o Sindicato dos Metalúrgicos localizado no ABC, considera necessária a renovação do acordo com o PPE ou outro meio que proteja o emprego e evite um número maior de demissão.

Aline Aparecida Feitosa Dias


Chevrolet Onix é o Carro Mais Financiado do Brasil


Modelo alcançou a marca de 15 mil unidades financiadas no primeiro semestre deste ano.

Apesar do cenário econômico atual do Brasil não estar sendo favorável para nenhum setor do comércio, mesmo diante de todas as dificuldades, algumas empresas estão tendo motivos para comemorar. No setor de venda de automóveis, uma das empresas que estão comemorando os bons resultados obtidos é a Chevrolet, que conseguiu se destacar com as vendas do Onix, haja vista que o modelo conseguiu encerrar o primeiro semestre deste ano como o modelo mais financiado, sendo que conseguiu deixar pra trás o renomado Hyundai HB20, que conseguiu obter apenas metade do número de financiamentos do Onix. O Onix conseguiu acumular o total de 15.497 unidades vendidas a prazo, enquanto o segundo colocado da categoria, o Ford Ka, conseguiu chegar a 12.554 unidades negociadas.

Para termos uma real noção do quanto o Onix está fazendo sucesso e sendo adquirido pelos consumidores por meio de financiamentos, somente no mês de março o veículo conseguiu o primeiro lugar dos modelos financiados com 7.883 unidades comercializadas, sendo seguido pelo HB20 (que teve 5.702 unidades financiadas), Chevrolet Prisma (que teve 3.990 unidades financiadas) e VW Gol (que conseguiu financiar 3.535 unidades e acabou conquistando duas posições em relação ao mês anterior, assim tendo motivos também para comemorar).

Outra grande novidade que surgiu como destaque dos veículos mais financiados do país foi o Honda HR-V, o qual antes ocupava a modesta 15ª colocação no mês de janeiro e conseguiu saltar para a 8ª colocação neste último mês de março, após ter atingido o número de 2.629 unidades financiadas, sendo que no montante anual o modelo já conseguiu chegar a 6.297 unidades negociadas.

Se formos levar em consideração o ranking das marcas, a liderança continua com a Chevrolet, que possui o total de 17.152 veículos financiados no mês de março. Já no somatório anual a Chevrolet acumula 49.012 negociações, sendo seguida a distância pela Fiat (que tem 37.668 negociações) e Volkswagen (que possui 37.112 unidades financiadas).

O certo é que a Chevrolet tem se destacado no cenário nacional como a fabricante de veículos automotores que mais vende veículos à crédito, o que é uma das saídas para tentar driblar a crise que assola o país e os consumidores.

Por Adriano Oliveira


Chevrolet Onix é o Carro Mais Vendido no Brasil em 2015


Veículo superou o Fiat Palio e emplacou 125 mil unidades contra 122 mil do seu concorrente.

O ano de 2015 acabou e já foram publicadas as estatísticas de vendas dos veículos do ano passado. O carro Onix, da Chevrolet, foi o veículo mais vendido no Brasil no ano de 2015, superando até mesmo o Fiat Palio, o qual foi líder no ano de 2014, com 125.931 exemplares emplacados contra 122.364 do concorrente, segundo dados informados pela Fenabrave (Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores) nesta quarta-feira, dia 6 de janeiro de 2016.  A disputa foi acirrada e acabou alcançando o topo por um pouco mais de 3,5 mil unidades emplacadas a favor do Chevrolet Onix – as vendas do Fiat Palio incluem ambos os modelos, o atual e também o Palio Fire (geração antiga).

Desde o mês de novembro, o carro da General Motors já tinha ultrapassado o seu concorrente (Palio) no acumulado do ano.

Não é o primeiro ano que surgiu um novo campeão de vendas, é o segundo ano que isso acontece. No ano de 2014, o Fiat Palio acabou com o reinado do Volkswagen Gol, que se manteve no topo durante incríveis 27 anos, sendo o carro mais vendido do país, mas com uma diferença bem pequena para o segundo, sendo apenas 408 unidades.

Depois de diversas décadas, é a primeira vez que a General Motors conseguiu colocar um modelo como campeão de vendas, após ter contado com o Monza no lugar mais alto do pódio nos anos de 1984, 1985 e 1986, antes de iniciar a chamada "era Gol". O Chevette, antes do Monza, foi o veículo preferido dos consumidores no ano de 1983.

Ao todo, a venda de carros caiu em 26,5% no ano passado, se comparado com o ano de 2014. Foi considerado o pior ano desde 2007 e o terceiro consecutivo de baixa.

Comparando a soma de vendas do Palio e do Onix em 2015, é bem menor do que o total registrado pelo Gol (1º lugar) no ano de 2013.

FILIPE RIBEIRO DA SILVA


Mercedes C 450 AMG começa a ser Vendido no Brasil


Veículo possui motor 3.0 biturbo e custa R$ 309 mil.

Um dos lançamentos da Mercedes no ano de 2015 finalmente desembarcou no mercado automotivo brasileiro. O valor é único de R$ 309.900. É uma alternativa mais barata ao AMG C63, que sai por mais de R$ 500 mil.

O novo veículo da montadora no país vem com um motor de seis cilindros 3.0 biturbo, que produz 367 cavalos de potência e 63 mkgf de torque. O sedã acelera de 0 a 100km/hora em apenas 4,9 segundos. A velocidade máxima é de 250 km/hora, com limitador eletrônico de fábrica.

O câmbio automático de sete velocidades tem a tecnologia GTronic Plus, com possibilidade de uso manual. O modo Sport+ reduz o tempo de resposta no engate das marchas. A tração 4matic é feita pelas quatro rodas, com sistema divisor de força entre elas. O carro possui cinco formas de funcionamento: Eco, Comfort, Sport, Sport+ e Individual. A primeira potencializa a eficácia da potência, a segunda foca no maior conforto para os ocupantes do carro, Sport e Sport+ concentram-se na esportividade de direção e torque (com maior ronco do motor no modo Mais) e a Individual permite que o condutor adapte cada quesito do AMG C 450 conforme seu desejo.

A suspensão do veículo é a mesma do mais caro C63 – AMG Ride Control. Nela, é possível o ajuste conforme a preferência do condutor ou tipo de solo.

O exterior tem estilo esportivo, com vincos sinuosos e agressivos, como o sistema de iluminação. As entradas de ar frontais são grandes e teladas. As rodas são de 19 polegadas.

Por dentro, bancos de couro em vermelho, preto ou cinza. A central multimídia possui tela touchscreen de oito polegadas, conexão com smartphones, GPS e DVD. A direção é reduzida, tem três raios e é funcional.

O C 450 AMG só chegou agora ao Brasil, mas sua apresentação foi em janeiro deste ano, no Salão de Automóveis da cidade estadunidense de Detroit.

Bruno Klein


Nissan Sentra – Aumento no Preço da Linha 2016


Reajuste no preço do veículo chega a R$ 2.500.

Essa semana, a montadora Nissan anunciou uma nova tabela de preços para seus modelos de automóveis da linha Sentra no Brasil. Dentre os preços divulgados há destaque para os novos valores do sedã que são produzidos no México e que agora passarão a ser vendidos dentro do Brasil por um preço de R$ 69.590, o que equivale a um aumento de R$ 400 sobre o preço anterior de R$ 69.190.

O catálogo Unique continua sendo o mais caro e teve valor também reajustado, passando dos R$ 87.490 para R$ 88.490. Esse é o primeiro aumento registrado na linha 2016, que foi lançada em junho deste ano.

O Sentra chega ao mercado brasileiro importado da fábrica mexicana localizada em Aguascalientes e chega ao consumidor final equipado unicamente com motor 2.0 com tecnologia flex e com potência de 140 cavalos. A exclusividade do mercado nacional é o propulsor, já que em outros mercados, como o dos países da América do Norte, apenas um motor a gasolina 1.8 e com 130 cavalos de potência é oferecido aos clientes.

No Brasil o motorista pode escolher ainda entre um motor manual de seis marchas (oferecido somente na versão de entrada S) e um motor automático no estilo CVT.

As principais mudanças de preço são as seguintes:

  • Modelo Sentra 2.0 S: Preço anterior de R$ 69.190 – Preço atual de R$ 69.590.
  • Modelo Sentra 2.0 SV: Preço atual de R$ 75.990. Este modelo foi o único da linha que não sofreu aumento.
  • Modelo Sentra 2.0 SL: Preço anterior de R$ 82.490 – Preço atual de R$ 84.990.
  • Modelo Sentra 2.0 SL (modelo com teto solar): Preço anterior de R$ 84.990 – Preço Atual de R$ 87.490.
  • Modelo Sentra 2.0 Unique: Preço anterior de R$ 87.490 – Preço Atual de R$ 88.490.

Os reajustes variam até um valor de R$ 2.500, variando de acordo com os modelos, mas não representam nenhum tipo de abuso ao cliente, mas sim os reajustes sobre os valores de mercado.


Venda de Carros no Brasil – Queda em Julho de 2015


Queda em comparação com o mesmo mês do ano passado é de 22,78%. Já em relação ao mês de junho de 2015 houve um aumento de 7,10%.

O mês de julho foi bastante negativo quando o assunto são as vendas de veículos. O sétimo mês de 2015 conseguiu registrar queda de 22,78% quando a comparação é feita com o mesmo mês em 2014. Esse é um dado oficial da Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores, a Fenabrave. Com isso, a entidade destaca que foram vendidos 227.621 unidades entre as diversas categorias. Porém, julho de 2014 conseguiu registrar 294.757 emplacamentos.

Vale ressaltar que em relação a junho de 2015, julho obteve um resultado melhor e conseguiu aumento de 7,10% nas vendas. No entanto, a situação não é nada agradável quando o assunto é o acumulado de 2015, haja vista o recuo de 21% ante o mesmo período em 2014. O cenário de queda em 2015 tende a continuar, pois o primeiro semestre de 2015 se tornou nada menos que o pior desde 2007.

O péssimo primeiro semestre quanto à venda de veículos fez com a Fenabrave alterasse suas projeções para 2015. O cenário vem mudando para pior desde janeiro, quando a expectativa era de que as vendas recuassem 10% ante 2014. O mês de maio registrou uma nova revisão, com a expectativa de baixa passando para 18,9%. Seguindo o ritmo de recuo, a nova expectativa é de um recuo de 23,9%.

Levando em consideração as categorias separadamente, a de automóveis e comerciais leves foi uma das que mais sofreram. A mesma conseguiu terminar julho com 219.410 unidades vendidas, ou seja, uma queda de 21,58% quando a comparação é feita com julho de 2014.

Em contrapartida, a categoria de automóveis e comerciais leves conseguiu registrar um aumento de 7,23% quando a comparação é feita com junho de 2015. De qualquer forma, o acumulado continua abaixo de esperado: 1.489.243 unidades emplacadas, o que significa um recuo de 20,03%.

A categoria de caminhões também não conseguiu bons resultados em 2015. Saiba que no acumulado de 2015 já foram vendidas 43.905 unidades, um recuo de 42,95% quando comparado ao mesmo período em 2014, que registrou 76.961 unidades emplacadas.

O acumulado de janeiro a julho de 2015 também é negativo para a categoria de ônibus, que apresentou recuo de 26,46%, haja vista as 57.344 unidades vendidas.

Por Bruno Henrique


Brasil caiu no Ranking de Venda de Carros 2015


Brasil perde a 4ª posição no Ranking de Venda de Automóveis 2015. Índia e Alemanha sobem no ranking.

Após terminar o ano passado na 4ª posição no Ranking de Venda de Automóveis, o Brasil acabou perdeu duas posições e agora aparece na 6ª colocação, atrás de Índia e Alemanha. A queda no ranking de vendas se deu devido à redução na comercialização de veículos entre os meses de janeiro e fevereiro deste ano.

Segundo a Jato Consult, empresa responsável por realizar a pesquisa em mais de 30 países, nestes primeiros meses do ano o Brasil teve uma queda de 22,5% nas vendas de veículos. Em contrapartida, a Índia (atual 4ª colocada no Ranking) conseguiu registrar um aumento de 4% nas comercializações. Não bastasse isso, a Alemanha também registrou uma alta de 4,7% nas vendas e alcançou a 5ª posição no ranking.

Outro país que registrou queda nas vendas neste início do ano foi o Japão. Apesar da redução de 16,9% na comercialização de carros, o país conseguiu se manter na 3ª posição do ranking, ficando atrás apenas de Estados Unidos e China.

atrás do Brasil temos grandes países, como França, Itália, Grã-Bretanha e Coreia do Sul. Vale lembrar que os números citados somam a venda de carros de passeio e comerciais leves.

Comentando um pouco sobre as marcas, o Grupo Volkswagen é quem lidera o ranking, com mais de 1,38 milhão de unidades vendidas. É importante frisar que o Grupo Volkswagen engloba ainda as marcas Audi, Porsche e Scania. Já a Toyota comerciou até o momento 1,23 milhão de unidades de seus veículos. Em terceiro lugar está a General Motors, seguida de perto por Hyundai, Dord, Nissan e Honda.

Veículos Mais Vendidos:

Aproveitando a divulgação da pesquisa da Jato Consult, a Fenabrave também divulgou a sua conhecida lista de carros mais vendidos no Brasil. Neste mês de março, o Fiat Strada ficou na primeira posição com 9.946 unidades comercializadas. Em segundo lugar está o Chevrolet Onix, com 9.548 carros vendidos. O Fiat Palio aparece na terceira posição, com 9.232 unidades vendidas. Logo após temos Hyundai HB20 (com 9.100 unidades vendidas), Fiat Uno (com 8.671 unidades vendidas), Volkswagen Gol (com 8.351 carros vendidos), Ford Ka (com 8.151 unidades comercializadas), Renault Sandero (com 7.957 carros vendidos), Volkswagen Fox/Crossfox (com 6.923 unidades vendidas) e Volskwagen Saveiro (com 6.328 carros comercializados).

Foto: Rodrigo Paiva/Reuters


Carros e Motos mais Vendidas no Brasil em Março de 2015


Confira aqui a lista dos carros e motos mais vendidas no Brasil no mês de Março de 2015.

O mercado de carros e motos no Brasil continua em baixa. Os carros, mesmo com todas a promoções que vem sendo realizadas, continuam encalhados nos pátios das revendedoras e fabricantes. Já as motos contam com um cenário um pouco melhor, mas bem abaixo do que era visto há alguns meses atrás.

Entre os carros mais vendidos no mês de março deste ano, a picape Strada, da Fiat, foi o modelo que contou com maior número de emplacamentos, ocupando a primeira posição no ranking dos mais comercializados no mês passado, atingindo o total de 9.946 unidades.

Em terceiro lugar vem um outro modelo da Fiat, o Palio, que está em ótima fase e continua mantendo a liderança contra seus principais concorrentes. No mês de março o Fiat Palio atingiu um total de 9.232 unidades emplacadas, sendo que no acumulado do ano o Palio continua sendo o carro mais vendido.

Entre as motos, a CG 150 continua sendo a número 1 na opinião do consumidor brasileiro. A moto teve um total de 34.617 unidades emplacadas, mostrando que o modelo continua sendo o favorito para quem deseja maior agilidade no trânsito.

A Biz continua também entre as motos preferidas dos brasileiros, mantendo a segunda posição no ranking.

Confira abaixo, os 10 carros e as 10 motos mais vendidos no mês de março:

Carros:

  1. Fiat Strada: 9.946 unidades.
  2. Chevrolet Onix: 9.548 unidades.
  3. Fiat Palio: 9.232 unidades.
  4. Hyundai HB20: 9.100 unidades.
  5. Fiat Uno: 8.671 unidades.
  6. Volkswagen Gol: 8.351 unidades.
  7. Ford Ka: 8.151 unidades.
  8. Renault Sandero: 7.957 unidades.
  9. VW Fox/CrossFox: 6.923 unidades.
  10. Volkswagen Saveiro: 6.328 unidades.

Motos:

  1. Honda CG 150: 34.617 unidades.
  2. Honda Biz: 19.948 unidades.
  3. Honda NXR 150: 19.324 unidades.
  4. Honda Pop 100: 9.165 unidades.
  5. Honda CG 125: 6.084 unidades.
  6. Yamaha YBR 125: 3.828 unidades.
  7. Yamaha Fazer 150: 3.607 unidades.
  8. Honda XRE 300: 2.819 unidades.
  9. Honda CB 300R: 2.641 unidades.
  10. Yamaha XTZ 150: 2.333 unidades.

Por Russel


Fiat Palio é o Carro mais Vendido em Fevereiro de 2015


Em relatório divulgado pela Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave) no dia 03/03/2015, o líder de vendas entre os automóveis no país continuou sendo o Fiat Palio, que emplacou 9.205 veículos no período de fevereiro de 2015. Entres os comerciais leves a liderança ficou com outro veículo da marca Fiat, o Strada, com 8.735 veículos emplacados no período. Lembrando que o número de palios emplacados considera todas as gerações do veículo disponíveis no mercado.

A grande surpresa do ranking de fevereiro ficou por conta do Volkswagen Fox/CrossFox, que assumiu a vice-liderança entre os automóveis ao alcançar o número de 7.374 carros emplacados no mês. Se considerarmos os comerciais leves, o VW Fox caiu para o terceiro lugar em vendas, atrás também do Fiat Strada.

O VW Fox superou em muito o antigo líder de vendas da montadora Volkswagen, sendo que o Gol ficou apenas em oitavo lugar do ranking com 5.883 veículos emplacados, apenas 374 a mais que o VW Up!. Outro que foi superado pelo VW Fox foi o Chevrolet Onix, que agora caiu para a quarta colocação com 6.914 veículos emplacados.

Outro automóvel que subiu consideravelmente no ranking foi o sedã japonês Toyota Corolla, que saiu da vigésima posição em janeiro para a décima quarta em fevereiro. O modelo teve 4.399 unidades emplacadas no período, 378 a mais que janeiro.

Entre as montadoras a VW liderou a venda de automóveis com 16,91% do mercado, contra 16,53% da rival Fiat. No entanto, se somarmos esse número aos comerciais leves, quem segue na liderança de vendas é a Fiat com 20,04%, seguido pelas demais montadoras com os seguintes percentuais: VW (17,33%), Chevrolet (15,68%), Ford (10,53%) e Hyundai (7,32%).

Segundo a Fenabrave, a venda de veículos no período de fevereiro foi a pior desde 2008. Em comparação com o mesmo período de 2014, a queda foi de 27%. Em comparação a janeiro, a queda foi de 26%.

Foto: Eduard Korniyenko/Reuters/VEJA

Dalmo Rocha


Fiat Palio é o Carro Mais Vendido no Brasil em 2014


É de conhecimento geral que a venda de veículos automotores no Brasil e no mundo gera uma disputa muito grande entre as montadoras para ver quem vai sair na liderança nas vendas ou até mesmo qual modelo irá se sobressair sobre o concorrente da outra montadora.

No Brasil, no ramo dos carros populares há muitos anos sabemos que os dois carros que dominam esse setor e vêm liderando há anos a liderança de vendas são os famosos Fiat Palio e o Volkswagem Gol. Estes dois modelos têm uma aceitabilidade muito grande no mercado brasileiro, devido à tradição e ao baixo custo, que é mais um atrativo que pesa na hora dos consumidores fazerem as suas escolhas.

No ano de 2014 não poderia ser diferente, a briga foi acirrada entre a Fiat e a Volkswagen, a fim de ver qual seria o modelo que ficaria na liderança de vendas no ano de 2014. Para alimentar essa briga, vários artifícios foram utilizados para atrair os clientes, as montadoras deram facilidades no financiamento, fizeram vendas diretas com preços abaixo da tabela, esses artifícios ainda contribuíram para que no mês de dezembro de 2014 fosse registrada a terceira maior média de veículos automotores vendidos no Brasil.

Nesse ano, após o balanço realizado, foi constatado que após 27 anos de liderança, quem ficou para trás na corrida do mais vendido foi o volkswagem Gol, porém por muito pouco, haja vista que o Palio vendeu 183.744 unidades e o Gol vendeu 183.366, a diferença de vendas foi pequena, foi apenas de 400 unidades a mais, contudo, essa diferença trouxe para o Fiat Palio o prêmio de campeão de vendas no ano de 2014.

Para quem ficou curioso em saber quais foram os outros veículos mais vendidos do ano de 2014, aí vai o ranking dos 10 primeiros colocados: Fiat Palio, VW Gol, Fiat Strada, GM Onix, Fiat Uno, Hyundai HB20, Ford Fiesta hatch, Fiat Siena, VW Fox e Renault Sandero.

A grande curiosidade que pôde ser observada entre esse ranking, quando se comparado o ano de 2013, foi a que apesar da variação de colocação de alguns modelos, os dez veículos mais vendidos do ano foram exatamente os mesmos, fato este que demonstra a fidelidade e a tradição que os consumidores brasileiros seguem a risca.

Por Adriano Oliveira


O A3 Cabriolet está próximo de ser comerciado no Brasil


A Audi trará ao Brasil em meados de Julho a versão cabriolet do novo A3. Será a primeira vez que o modelo vai ser comercializado no País. A informação foi transmitida através do gerente de Marketing e Produto da Audi, Gerol Pillekamp.

O carro esportivo integra uma capota de lona retrátil o que propicia aos compradores maior entusiasmo em adquiri-lo. A nova estética atrairá um número maior daqueles que são apaixonados por carros.

O A3 Cabriolet é considerado apenas uma variante do A3 sedan, por isso manterá peças do mesmo como motores 1.4 TSFI, 1.8 TSFI e o deisel 2.0 TDI. O carro com versão para o Brasil, provavelmente será produzido com motor 1.8 de 180 cv, o qual também compõe a versão sedã.

O modelo foi apresentado ao mundo no Salão de Frankfurt (Alemanha), no ano passado, especificamente no mês de Setembro. O conversível do hatch médio será oficialmente vendido no país, e trouxe alegria aos brasileiros que terão o prazer de adquirir o modelo e exibi-lo da forma que os convém.

Alguns aspectos fizeram o público se interessar ainda mais em obter maiores informações sobre o mesmo, como o fato de sua capota se abrir ou fechar em 18 segundos e ser ativada durante o percurso em uma velocidade de até 50km/h para que possa abrigar-se no interior do porta-malas. Além de ser elétrica, para maior eficiência conta com a interligação a marca.

O componente de máxima evidência e que propicia a grande diferença ao modelo é o fato de que a capota tem o peso de 50 kg apenas, contribuindo para a diminuição do peso do carro.

Um aspecto não tão vantajoso é que quando a capota se encontrar recolhida haverá redução no espaço do porta-malas deixando de comportar 320 litros e passar a suportar 275 litros. Porém, se o carro for utilizado apenas por duas pessoas, sendo o motorista e um passageiro, os bancos traseiros podem ser dobrados, possibilitando um aumento significativo de espaço totalizado em 680 litros.

Por Lorena de Oliveira

Foto: divulgação


Vendas de Veículos no Brasil – Informações


A produção de veículos no Brasil está indo muito bem, com cerca de 2,51 milhões de novas unidades fabricadas entre janeiro e agosto desse ano. No entanto, a venda aqui dentro não segue tão bem, como apontam dados de consultoras especializadas no setor automotivo.

Um dos motivos para que isso aconteça é a queda nos financiamentos de bancos, que passaram a investir em opções mais seguras como o crédito imobiliário e consignado. Além disso, a economia do país tem crescido muito abaixo do esperado, o que leva os consumidores a baixarem a confiança no mercado automotivo.

Nos sete primeiros meses do ano o país acumulou um total de 2,78 milhões de automóveis licenciados, um pouco abaixo do mesmo período no ano anterior que foi de 2,78. Isso decepcionou as empresas do setor que faziam estimativas de um crescimento de no mínimo 2% em relação ao ano anterior.

Entretanto, diversos analistas apostam em uma nova redução do IPI como catalisador das vendas para o ano que vem. Os descontos no IPI oferecidos pelo governo devem se encerrar até o final desse ano, o que aumentaria ainda mais os valores de veículos importados. A renovação dos descontos tem se mostrado bastante eficientes para aquecer as vendas de veículos, principalmente os modelos populares.

Por Ebenézer Carvalho


Chevrolet Camaro SS 2013 – Vendas, Lançamento


Esta a venda no Brasil o novo Chevrolet Camaro SS 2013 e vem com o visual esportivo e mais hi tec . 

O Camaro SS 2013 vem com um Motor 6.2L V8 com 406 cavalos de potência e Câmbio automático de 6 marchas com sistema de troca sequencial no volante .Entre os itens de série que o Camaro traz estão: Camera de estacionamento para auxiliar o motorista na hora de estacionar por meio de uma tela LCD 7" polegadas touchscren e som com MP3, USB , entrada auxiliar ,localizada no painel central, por ela também é possível acessar uma central multimídia com sistema de reconhecimento de voz , ar condicionado , Display HUD que projeta as informações do carro no para brisa como velocidade ,nível do óleo e combustível e mostra em que estação o radio esta, entre outros itens.

Ainda vem com freios Brembo, os mesmos usados nos carros de formula 1,com discos aparentes, melhoram em muito o controle do carro trazendo assim mais segurança ao dirigir .O Camaro está a venda no Brasil na sua versão V8 a partir de:R$ 203.000.

Por Mariana Rodrigues


Toytota Lexus – Recorde de Vendas em 2013


A marca Toyota está com boas perspectivas para a Lexus no mercado nacional em 2013. Isso ocorre, pois, a gama de luxo da empresa japonesa pode vir a bater seu recorde em comercializações até o final deste ano devido à baixa do iene (moeda japonesa), que está enfraquecido e tem tornado a marca mais chamativa, principalmente no seu maior mercado, os EUA.

A moeda do Japão perdeu aproximadamente 20% de valor quando comparada ao dólar americano. Isso ocorre desde novembro, o que proporciona um benefício em relação à marcas da empresa, entre elas a Lexus.

O recorde das comercializações da marca ocorreu no ano 2007, com 518.200 unidades emplacadas em escala mundial. Na última sexta-feira, dia 31, quando indagado sobre a possibilidade de a Toyota superar tal marca, Mark Templin, vice-presidente executivo da empresa no exterior, respondeu à agência de notícias Reuters que existiria uma boa chance disso ocorrem em 2013.

No mundo inteiro, os emplacamentos do modelo Lexus sofreram com a crise financeira ocorrida no ano de 2008 e foram afetadas pelo iene, que, recentemente, demonstrava-se alto e sem competitividade no que se refere aos exportadores.

Por Marcelo Araújo


Novo Scooter Dafra Citycom 300i – Vendas no Brasil


A empresa Dafra, que atua no segmento de motocicletas, fez um anúncio na última semana de que a versão 2013/2014 do scooter Citycom 300i já está disponível para vendas no mercado brasileiro automotivo. Após passar por uma renovação em seu visual, o renovado modelo surge com valor sugerido inicialmente de R$ 14.190,00 e terá disponibilidade com as seguintes tonalidades: preto fosco e branco.

Essa nova versão do scooter Citycom 300i virá equipada com motorização do tipo Single Over Head Camshaft (SOHC), apresentando 263,7 centímetros cúbicos, 4 tempos, refrigeração à água e monocilíndrica. Fora essas novidades, o novo scooter Dafra Citycom 300i terá potência de 23 cavalos a 7.500 rpm (máxima), além de um torque em 2,4 mkgf a 5.500 rpm.

A opção da moto referente à 2013/2014 irá vir com carenagens aplicadas com padrão em estilo de fibra de carbono, assinatura renovada Citycom 300i, freios a disco, rodas com frisos vermelhos e liga leve aro 16”. Com a introdução deste novo modelo, a Dafra pretender aumentar sua participação no mercado e manter a competitividade com outras empresas do segmento durante o ano de 2013.

Por Marcelo Araújo


Mercedes-Benz SLS AMG GT Roadster – Vendas no Brasil


Outra interessante notícia está à disposição dos interessados nos lançamentos do movimentado mundo automotivo, pois a Mercedes-Benz divulgou no mês de outubro de 2012 imagens inéditas do seu novo modelo: o SLS AMG GT Roadster.

Este carro, do ponto de vista mecânico, vem equipado com um motor do tipo V8 com potência máxima de 591 cavalos, um torque de até 66,28 kgfm em um câmbio automático com seis marchas com transmissão do tipo AMG Speedshift Dct e consegue fazer velocidades de 320 km/h.

Além disso, o superesportivo Mercedes-Benz SLS AMG GT Roadster tem suspensões ajustáveis do tipo AMG Ride Control, sistema de freios com discos carbocerâmicos, rodas de 19 polegadas e o novo sistema AMG Performance Media, que fornece todos os dados do carro.

No seu aspecto externo, o novo modelo da Mercedes vem com detalhes na cor preta, bancos revestidos em couro, novo painel de instrumentos, ar condicionado, airbags duplos frontais e laterais e diversas opções de entretenimento no veículo.

Para aqueles que gostaram das novidades do novo veículo da Mercedes-Benz, o AMG GT Roadster vai estar disponível para compra a partir deste mês de novembro de 2012 em todo o Brasil, mas seus valores ainda não foram divulgados oficialmente.

Por Ana Camila Neves Morais


Venda de Carros no Brasil – Janeiro 2012


Apesar da queda de 23% em relação a dezembro do ano passado, as vendas de automóveis e comerciais leves no Brasil bateram recorde, se comparadas ao mesmo período de 2011.

Considerado o mês mais fraco para comercialização de automóveis, foram vendidos 252.752 veículos, representando um crescimento de 10% em relação a janeiro/2011, mesmo com um dia útil a menos e após acordos que limitaram o horário de funcionamento das concessionárias aos finais de semana.

Além do recorde inesperado para o mês, outra notícia surpreendeu o setor automotivo: A General Motors (GM) assumiu a liderança de vendas para o primeiro mês do ano, totalizando 52.853 automóveis e comerciais leves vendidos. A montadora é seguida de perto pela Fiat, que registrou 51.909 unidades vendidas. A Volkswagen, que tinha comercializado 54.551 carros em janeiro de 2011, fechou o primeiro mês deste ano com apenas 51.061 unidades vendidas, representando uma queda de 6,4%.

Para esse ano, é esperado um aumento de 4% a 5% nas vendas de automóveis e comerciais leves, o que representa algo em torno de 3,8 milhões de unidades.

Veja a tabela de vendas das cinco principais montadoras do país:

Montadora         Janeiro/2012         Janeiro/2011
GM                             52.863                    41.159
Fiat                            51.909                    46.625
Volkswagen           51.061                    54.551
Ford                          22.205                    22.951
Renault                    16.613                    11.241

Por: Rodrigo Alves de Oliveira


Lifan X60 chega no mercado brasileiro – Preço


Para os admiradores dos SUV’s, veículos de porte que aliam características de utilitários e esportividade, além de bons itens de conforto e segurança, até o final deste ano haverá mais um modelo à disposição no mercado brasileiro. E como não poderia deixar de ser, trata-se de um modelo de uma montadora chinesa, elas que estão investindo com força no mercado brasileiro.

Desta vez o lançamento será da chinesa Lifan com a chegada do seu SUV X60. Dona de outros dois modelos que já estão sendo comercializados no Brasil, a Lifan venderá um SUV que vai possui as principais características dos modelos chineses: extensa lista de itens de série e preço pra lá de competitivo.

O Lifan X60 contará, entre vários itens de fábrica, com freios ABS com EBS, teto solar, ar condicionado digital e sistema de navegação por GPS. O propulsor será um bloco 1.8 l que poderá produzir 134 CV de potência movido a gasolina e terá duas configurações, uma com tração integral e outra com tração 4×2.

Conforme as informações da montadora chinesa os números de desempenho são os seguintes: arranque de 0 a 100 Km/h em 11,2 segundos e máxima na casa dos 170 Km/h.

Quanto ao design ele não foge dos padrões de estilo do segmento, o modelo tem porte, linhas equilibradas e um design moderno. A montadora divulgou também o preço do seu SUV que irá partir de R$ 55.000.

Por Manoel Câmara


Audi A1 2011 – Início das vendas no Brasil – Preço


A chegada de carros importados ao Brasil aumentou admiravelmente nos últimos meses, graças a uma combinação de fatores que, representados em conjunto, culminaram na expansão de 7,5% do Produto Interno Bruto (PIB) de 2010. Concessionárias chinesas e europeias, por exemplo, estancaram muitos modelos que logo caíram no gosto dos consumidores.

Informações divulgadas pela Audi apontam que o modelo A1 começou a ser despejado, no bom sentido, em solos brasileiros. O termo, por sinal, pode ser empregado tranquilamente em função das projeções da montadora para o final deste ano.

O primeiro lote de 600 unidades será distribuído aos clientes que adquiriram o A1 no período entre janeiro e março, ou seja, durante a pré-venda. A procura, em especial, é justificada pelo valor praticado: R$ 89,9 mil, o único importado da fabricante, por enquanto, com custos abaixo de R$ 100 mil.

Como já mencionado, a Audi acredita que o modelo A1 deva conceber 40% do total de suas vendas, aproximadamente 2,6 mil unidades, uma vez que a montadora acredita que 6,5 mil unidades serão comercializadas entre janeiro e dezembro.

Mais a fundo, o design do exemplar remete à esportividade, apresentando ao consumidor faróis de xênon plus com luzes diurnas em LED. Com 3,85 metros de comprimento, 1,74 metros de largura e 1,42 metros de altura, o modelo promete também 267 litros no bagageiro (ou até 920 litros com o banco traseiro rebatido).

A motorização do A1 é a 1,4 TFSI de 122 cavalos de potência, configuração que permite o alcance de zero a 100 quilômetros horários em 8,9 segundos. Entretanto, o consumo de combustível é baixo, podendo o modelo fazer 18,8 km por litro, em média.

Entre os principais itens de série destacam-se ar condicionado, volante esportivo em couro, sistema Bluetooth, sistema de freios ESP/ABS, rodas aro 16, computador de bordo, tela de configurações de 6,5 polegadas, entre outros mais.


Por Luiz Felipe T. Erdei

Fonte: Assessoria de Imprensa


Novo Toyota Land Cruiser Prado – Venda no Brasil em 2012


Outra novidade da Toyota para o ano de 2012, no mercado brasileiro, é a volta do Land Cruiser Prado, um utilitário esportivo de porte grande, que deixou de ser comercializado por aqui no primeiro semestre de 2010. O modelo já está na segunda geração, apresentada no Salão do Automóvel de São Paulo, em 2010.

A nova geração tem um visual mais arrojado, ressaltado pela nova grade dianteira, pelo remodelado design das laterais e pelos faróis alongados e salientes.

Do lado de dentro, o acabamento do painel e das laterais das portas é de madeira, enquanto que os bancos têm revestimento em couro.

A lista de itens de série para a versão top de linha conta com airbags frontais, laterais, de cortina e de joelho (para o motorista), teto solar elétrico, ar condicionado digital, sistema de áudio completo e sensor de estacionamento (auxiliado por câmera na traseira).

O novo Land Cruiser Prado é equipado com o motor 3.0 16V, que desenvolve 163 cv de potência e 35 kgfm de torque, acoplado ao câmbio automático de 5 marchas. A parte mecânica tem ainda tração 4×4, com controle automático para aclives e declives, controles de tração e freios ABS.

Por André Gonçalves


Nissan March chega no Brasil em outubro de 2011 – Preço


O Nissan March, novo compacto global da marca, estará à venda no Brasil a partir do mês de outubro. O modelo virá importado do México, onde é produzido na unidade de Aguascalientes. Por lá, o March é comercializado em seis versões, com câmbio manual de cinco marchas ou automático de quatro velocidades, sendo que a básica custa o equivalente a cerca de R$ 17.000, e a top de linha sai a R$ 23.000.

Por aqui, a montadora japonesa está prometendo preços compatíveis aos do Novo Uno, da Fiat, e ao VW Gol, que serão seus concorrentes diretos. A expectativa é que a versão de entrada custará abaixo dos R$ 30.000.

Serão duas opções de motores para os consumidores brasileiros. Um deles é o 1.0 litro, 16V, de 77 cv de potência. O outro propulsor é o 1.6, que desenvolve 106 cv e 14,5 kgfm de torque. Ambos são bicombustíveis e apresentam consumo médio de 17,7 km/l na cidade e 20,9 km/l na estrada, de acordo com a Nissan.

A lista de itens da versão nacional ainda não foi divulgada, mas no México, a versão mais cara conta com ar condicionado, vidros elétricos, aerofólio e som com CD, dentre outros.

Por André Gonçalves


Peugeot 408 2011 – Amplo espaço interno – Vendas no Brasil


Chega ao Brasil o mais importante lançamento do ano da Peugeot, o novo 408. O sedan da montadora francesa possui um design arrojado, com muito requinte e espaço. O modelo é um projeto mundial da marca e teve uma adaptação específica para atender ao mercado brasileiro. O Peugeot 408 conta com um acabamento superior e vários itens de série, além da montadora oferecer três anos de garantia.

O veículo vem equipado com motor flex 2.0, com 16 válvulas e que geram 151 cavalos de potência, unindo agilidade com economia. O destaque é seu projeto, com sua arquitetura semi-elevada, que oferece uma grande sensação de espaço interno. O veículo conta com comprimento de 4,69 metros, e 1,81 metros de largura, e 2,71 metros de distância entre eixos.

Famílias numerosas irão apreciar o novo modelo da Peugeot, já que além do amplo espaço, possui porta-malas com abertura pantográfica e capacidade de 526 litros, um dos maiores de sua categoria. O veículo também traz tecnologias de ponta para a segurança. O modelo conta com até seis airbags, freios ABS de série com frenagem de emergência, entre outros.

As tecnologias avançadas têm o objetivo de transformar o modelo em uma das referências no mercado automobilístico. As principais novidades tecnológicas do 408 são: telas de navegação em cores, com sete polegadas e retrátil, faróis xênon bi-direcionais e auxílio estacionamento.

Concessionárias da marca já receberam o novo modelo em suas lojas, como as do grupo Strasbourg: www.strasbourg.com.br

Por Selma Isis


BMW ActiveHybrid 7 – Vendas no Brasil


As vendas no Brasil, do novo sedã ActiveHybrid 7, da BMW, devem começar entre os meses de abril e maio.

O luxuoso modelo é o primeiro híbrido produzido pela montadora alemã, e tem como base o Serie 7. Ele vem equipado com o motor Twin-turbo V8, de 4.4 litros, acoplado a um propulsor elétrico. O conjunto desenvolve 465 cv de potência e 71,3 kgfm de torque, que levam o sedã a 250 km/h de velocidade máxima. A aceleração de 0 a 100 km/h é feita em 4,9 segundos.

Ao contrário de outros híbridos, o ActiveHybrid 7 não tem autonomia para circular apenas com a alimentação elétrica. Apesar disso, ele tem um bom consumo de combustível para o seu porte, 10,6 km/l. Já na emissão de CO2, não se pode dizer o mesmo. O índice chega a 219 g/km.

Como se trata de um BMW, alguns itens de luxo não poderiam faltar. Bancos em couro Dakota, sistema multimídia e ganchos para casacos são alguns deles. Outras novidades que aparecem no sedã são o sistema start-stop, freios regenerativos, rodas de alumínio calçadas com pneus de sílica e sistema para gerenciamento de energia.

Especula-se que o preço será em torno de R$ 546.000.

Por André Gonçalves


Toyota Corolla S pode chegar em 2012 no Brasil


O Toyota Corolla 2012 acaba de iniciar as suas vendas no Brasil, com mudanças estéticas e mecânicas, sendo oferecido em quatro versões de acabamento (XLi 1.8, GLi 1.8, XEi 2.0 e Altis 2.0), com preços a partir de R$ 63.570, na versão manual XLi.

Mas existem boatos de que uma nova versão pode estar sendo preparada pela montadora japonesa para o Brasil, o Corolla S, voltada para o público que gosta de características e itens esportivos. A novidade teria como base a versão atual XEi do Corolla 2012, e deverá ser equipada com transmissão automática de quatro marchas e acabamento em tons escurecidos.

Outros itens especulados para equipar o novo Corolla S são as rodas com raios do tipo catavento, faróis com máscara negra, lanternas de LED, saias laterais e parachoque diferenciado, tudo combinado para reforçar o S (de “Sport”) da versão. No interior, pode aparecer um volante multifuncional revestido em couro, sistema de áudio completo, painel com detalhes prateados e bancos com tecido para conter o suor, semelhante ao material utilizado nas camisas mais modernas de equipes esportivas.

A Toyota não confirmou a informação, mas a expectativa é de que a versão seja lançada no primeiro semestre de 2012.

Confira o vídeo da linha 2012 do Corolla:

Por André Gonçalves


Citroën C3 Picasso – Vendas podem iniciar em maio


São grandes as chances de que as primeiras unidades do C3 Picasso, da Citroën, comecem a ser vendidas em maio, nas concessionárias brasileiras. A minivan está sendo fabricada na planta da montadora localizada em Porto Real, no Rio de Janeiro, desde o mês de fevereiro. As especulações sobre a data de início das vendas ganharam força após o registro de 29 exemplares do carro na Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave). A Citroën, por sua vez, não confirma nada ainda.

O C3 Picasso montado no Brasil tem algumas diferenças em relação ao modelo europeu (que tem plataforma nova e várias opções de motorização). Por aqui, a nova minivan será uma versão mais urbana do Aircross, lançado em 2010. Dessa forma, o carro não vai contar com os diversos itens aventureiros, como pneus de uso misto, estepe na traseira e estribos laterais, por exemplo.

O motor escalado para a novidade é o já conhecido 1.6 Flex, que equipa outros modelos do Grupo PSA (Peugeot e Citroën). Ele entrega ao motorista 113 cv de potência e um torque máximo de 15,8 kgfm. Na transmissão, são esperadas duas opções, a manual, de 5 velocidades e a caixa automática, de quatro marchas.

Por André Gonçalves


Mini One deve chegar no Brasil em abril de 2011 – Preço


A Mini, fabricante britânica, vai trazer para o mercado brasileiro um modelo ainda mais barato que o Salt, que custava pouco mais de R$ 80.000. Com previsão de chegada para o mês de abril, o Mini One deverá sair por cerca de R$ 70.000, segundo especulações.

O modelo é equipado com uma versão mais calma do motor 1.6 litro, de 16 válvulas, que nos outros carros da família alcança 120 cv de potência. No One, o desempenho será de 98 cv, acoplado ao câmbio manual de cinco marchas. A velocidade máxima alcançada por ele chega a 186 km/h. No velho continente existe ainda a opção de um propulsor movido a diesel.

Caso siga o mesmo pacote de equipamentos que a versão de entrada européia, o One brasileiro virá com uma boa gama de itens. Dentre eles podemos destacar o rádio MINI Boost (CD, MP3 e USB), teto solar, rodas aro 15 e sistema start-stop, para economia de combustível.

Já para garantir a segurança dos ocupantes, o modelo vem equipado com seis airbags e freios ABS com distribuição eletrônica da frenagem, além do controle de estabilidade. A lista de opcionais apresenta rodas de liga leve e faróis de neblina, dentre outros.

Por André Gonçalves


Audi A1 – Vendas no Brasil e Preço


O segmento de carros premium no Brasil vai ganhar um novo integrante, a partir do mês de abril, com a chegada do Audi A1. O compacto, que terá motor 1.4 litro e várias opções de configuração, já tem até fila de compradores, segundo informam alguns sites especializados. Tamanha ansiedade pela compra da novidade deve ser por se tratar do primeiro modelo oferecido pela Audi no país que vai custar abaixo dos R$ 100 mil.

A configuração básica do A1, que sai por R$ 89.900 (preço sugerido), conta com transmissão S-Tronic,  além de faróis de xenon com lâmpadas de LED e assistente de partida. Outros itens de fábrica são airbags frontais, laterais e no estilo cortina, sensor de chuva e sistema de áudio com conexões Bluetooth e USB.

Os números do propulsor indicam 122 cv de potência, aceleração de 0 a 100 km/h em 8,9 segundos e consumo de 15,4 km/l de combustível na cidade ou 21,7 km/l na estrada.

De acordo com informações do site da Audi, alguns dos itens que podem ser inclusos no modelos são ar condicionado automático, sistema start-stop para melhorar os índices de consumo e cores diferenciadas no arco do teto e nas saídas de ar.

Por André Gonçalves


Audi RS3 – Vendas no Brasil e Preço


O Audi RS3 já tem preço definido pela montadora alemã, para quando chegar ao Brasil, no segundo semestre de 2011. Ele vai custar a partir de R$ 290.000, em sua configuração mais básica. O interessante é que, na Europa, ele é vendido a 49.900 euros, o equivalente a R$ 115.000 (o valor não inclui taxas e impostos brasileiros).

O hatch de 4 portas deverá agradar principalmente a quem curte altas velocidades e design com características esportivas, tudo com muita segurança. Ele será empurrado pelo motor turbo de 2.5 litros e 5 cilindros, acoplado na transmissão automática de sete velocidades S-Tronic e dupla embreagem.

Com a geração de 340 cv de potência, o propulsor vai levar o RS3 a 250 km/h de velocidade máxima (limitada eletronicamente) e torque de 45,9 kgfm. Já a aceleração de 0 a 100 km/h será feita em 4,6 segundos.

Outras novidades no modelo são os freios a disco ventilado com diâmetros maiores nas 4 rodas, tração integral, suspensão com novos ajustes e mais baixa, rodas aro 19 calçadas por pneus 235/35 na dianteira e 225/35 na traseira, além de bancos esportivos exclusivos. Alguns dos itens opcionais são os bancos “concha” e o teto solar.

Por André Gonçalves


JAC Motors J3 e J3 Turin – Primeiros modelos à venda no Brasil


A montadora chinesa JAC Motors finalmente vai iniciar as suas atividades no Brasil. Foram apresentados oficialmente os primeiros modelos a serem comercializados por aqui, que são o J3 e o J3 Turin, cujas vendas começam no dia 18 de março, data que marca a abertura de 46 concessionárias da marca em todo o país.

O J3 é um hatch compacto, equipado com motor VVT 1.4 litro, de 16 válvulas, com desempenho de 108 cv de potência a 6.000 rpm. Com a ajuda do câmbio manual, de 5 marchas, ele atinge 186 km/h de velocidade máxima e gasta 11,7 segundos para sair de 0 e chegar a 100 km/h.

A lista de itens conta com vidros elétricos, desembaçador traseiro, duplo airbag, banco traseiro bipartido, freios ABS, sensor de estacionamento, direção hidráulica e rádio CD player com entrada USB. O preço sugerido é de R$ 37.900.

Já a versão sedã, o J3 Turin, custará R$ 39.900 e vem basicamente com os mesmos itens. A motorização e o desempenho também são iguais aos da versão hatch. A diferença é na capacidade do porta malas, que é de 490 litros no sedã e 350 litros no hatch, segundo o site da montadora.

Por André Gonçalves


Um mercado com 98% de crescimento em 2010: classificados de veículos online


O Portal Investimentos e Notícias – o site automotivo do Itaú – registrou 7,5 milhões de visitas em classificados online. Ou seja, um aumento de 98% comparado a janeiro de 2010.

Nem só de acessos foram os números que cresceram. O volume do estoque virtual aumentou 32%, agora com mais de 100 mil veículos disponíveis, assim como o número de revendas cadastradas – ultrapassando 4 mil.

Segundo o diretor do Icarros, Sylvio de Barros, o movimento acompanhou o forte crescimento da indústria automotiva no Brasil, associado ao crescente uso da internet como ferramenta de apoio ao consumo.

No entanto, não é tão simples ingressar neste mercado. Afinal, o consumidor busca, cada vez mais, qualidade e diferenciais.

Márcio Gonçalves, fundador e gerente de negócios do BusqueCarros, comenta sobre as dificuldades encontradas até o momento: “apesar do grande número de ferramentas para estimar tráfego e popularidade dos sites já existentes, é bem complexo estimar os custos de implantação e necessidades de capital de giro, assim como previsões de faturamentos”.

Apesar dos desafios, ele completa: “criamos o primeiro portal do Brasil que possui conexão direta com as redes sociais, além de oferecer a divulgação dos veículos através de vídeos, o que auxilia no fechamento do negócio”.


Great Wall Motor Haval SC60 e Voleex C70 podem chegar ao Brasil


A Great Wall Motor, uma das principais montadoras chinesas, já anunciou que vai chegar ao Brasil. Ainda não se sabe a data correta e até mesmo qual será a sua representante no país. O que se pode dizer é que ela já registrou a patente de dois modelos no Instituto Nacional de Propriedade Industrial (INPI), o que pode significar que eles serão comercializados por aqui.

Mas ainda não há nada de oficial. Especula-se que os carros registrados seriam o Haval SC60 e o Voleex C70, recentemente apresentados no Salão do Automóvel de Pequim.

O SC60 é um utilitário esportivo (SUV) equipado com motor híbrido. O conjunto apresenta um propulsor a combustão, de 2.5 litros, que desenvolve 252 cv de potência e um motor elétrico, que gera 52 cv de potência.

Ele apresenta um grande número de itens de série, como sistema de navegação e airbag, e tem tração nas quatro rodas.

Já o sedã C70 tem um interior bastante luxuoso, além de um bom espaço para o conforto dos passageiros. Sob o capô, ele tem um motor turbo de 2.0 litros. As informações são do site Cars of The World, onde também podem ser vistas as fotos dos dois automóveis.

Por André Gonçalves


Fiat Novo Uno – Campeão de vendas em fevereiro no Brasil


Parece que as mudanças realizadas pela Fiat no Novo Uno começam a surtir efeitos. De acordo com a Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave), o hatchback foi o veículo de passeio mais vendido no Brasil durante o mês de fevereiro de 2011.

Foram 21.470 unidades comercializadas contra 20.989 unidades do Gol, líder de vendas há praticamente quatro anos. Outro dado que fez a Fiat também comemorar é a ascensão do Siena para a quarta posição da lista, com 10.162 veículos vendidos.

Já no ranking das montadoras, a Volkswagen supera a Fiat no acumulado do ano, no segmento de automóveis de passeio, com 24,25% do mercado, contra 22,14% da marca italiana. A terceira posição é da GM, que tem uma fatia de 19,24%, acompanhada um pouco de longe pela Ford, com 9,41%, pela Renault, com 5,99% e pela japonesa Honda, com 3,82% do mercado de carros de passeio.

Outros destaques nos números da Fenabrave são a liderança da Fiat na categoria comerciais leves, com 21,4% deste mercado, conseguida através das vendas da Strada (10.047 unidades) e o crescimento de 11,96% nas vendas de veículos, na comparação com o mês de janeiro.

Veja os dados completos no site da Fenabrave.

Por André Gonçalves


Kia Motors divulga Aumento na Venda de Carros em 2011


Montadora de boa notoriedade no Brasil, a Kia Motors conseguiu aumento das vendas de carros de passageiros, veículos comerciais e de veículos de lazer em todo mundo, no ano passado. Segundo informações da fabricante, a alta anual foi de 19,3%, ou 179.409 unidades comercializadas.

Os números, que compõem vendas realizadas nas plantas fora de seu país de origem (a Coreia do Sul) foram 31,4% maiores em janeiro deste ano nos mercados gerais, que englobam regiões da América do Sul e Central, da Ásia (com exceção da própria Coreia e da China), do Caribe, da África, do Oriente Médio e do Pacífico. Na América do Norte, o avanço chegou a 25,7%. Em relação ao mercado coreano, o progresso nas vendas alcançou índice de 19,1%. Na Europa, o percentual foi de 6,8% e na China de 13,6%.

A Kia ressalta que o modelo mais procurado pelos consumidores nos mercados externos, em janeiro, foi o Cerato, que sozinho representou 39.668 unidades comercializadas. O Sportage e o Rio abraçaram, respectivamente, 23.185 e 17.348 exemplares. O Sorento foi o 4º veículo mais procurado, com 13.744 unidades, seguido pelo Soul, com quase 10,9 mil unidades.

De acordo com Thomas Oh, vice-presidente executivo sênior e CEO da Kia Motors, em função de sinais de recuperação em vários mercados pelo mundo e com a proximidade das futuras gerações do Rio e do Picanto ainda em 2011, é bem provável que a montadora consiga atingir a meta de vendas do varejo mundial, que é de 2.345.000 unidades.

Por Luiz Felipe T. Erdei


Volkswagen Jetta 2011 – Vendas no Brasil


Próximo de ser apresentado às concessionárias da Europa, o novo sedã Jetta promete o mesmo sucesso já reconhecido nos Estados Unidos, pelo baixo consumo e amplo espaço, além do design mais esportivo do que clássico.

Assim, aos que lembram do Jetta da Volkswagen como um filhote melhorado do Golf, podem dar adeus a essa imagem. A nova geração, apresentada em primeira mão no ano passado em Nova York, foi totalmente redesenhada e não lembra em nada os modelos antigos.

Outro diferencial que deve colocar o carro na lista dos queridinhos da marca é o preço competitivo, a partir dos 20 mil euros, de acordo com os opcionais desejados.

O Veículo já consta com um hotsite na internet, o qual apresenta algumas imagens, vídeos, entre outras informações: www.vwbr.com.br/novojetta/.

No site você também pode se cadastrar para receber informações sobre o lançamento do Jetta.

As vendas se iniciam em março no Brasil.

Por Elijane Jung