Toyota Corolla 2019 – Ficha Técnica, Características


Linha 2019 do Toyota Corolla é oferecido em 4 versões.

A Toyota já disponibilizou a linha 2019 do sedan Corolla sem grandes novidades de mecânica ou acabamentos, oferecida em quatro versões principais no mercado. O Toyota Corolla foi apresentado apenas com um detalhe novo na versão XEi: o acabamento preto em seu interior.

Com relação às demais versões, tantos os fartos itens de série como a mecânica permanecem os mesmos. Esta falta de disposição por parte da montadora nipônica pode estar escondendo de fato projetos mais ambiciosos a curto e médio prazo, isto se justifica pelo fato do Toyota Corolla atualmente liderar o seu segmento sem chances para a concorrência se aproximar, foi o oitavo carro mais vendido no primeiro trimestre deste ano (2018) e conta com uma excelente reputação no pós-venda por parte dos seus compradores.

A Toyota pode estar de fato se valendo do ditado: “Em time que se está ganhando não se mexe”, porém os investimentos prometidos não só para o lançamento de novos veículos como para a fabricação de um modelo híbrido no país significam que as energias (e dinheiro) da montadora estão sendo guardadas para sua nova geração, prometida para ser anunciada no final do ano no exterior, que tem como principal missão (e objetivo) manter a liderança atual sem maiores tropeços quando passar a ser fabricada no país.

As quatro versões do Toyota Corolla comercializada pela Toyota no país são: (GLi, XEi, XRS e Altis), vamos aos detalhamento delas abaixo:

Toyota Corolla GLi

Preços a partir R$ 90.990

  • Mecânica e Principais Detalhes Técnicos: Motor 1.8 litros de 16 válvulas, com potência de 144 cavalos e torque de 18.6 kgf.m, comandado por câmbio CVT de sete velocidades.
  • Principais Equipamentos: Faróis de Halogênio, Sete Airbags distribuídos no interior do veículo e Sistema de Áudio com compatibilidade para MP3 e rádio AM/FM.

Toyota Corolla XEi

Preços a partir R$ 105.990

  • Mecânica e Principais Detalhes Técnicos: Motor 2.0 litros de 16 válvulas, com potência de 153 cavalos e torque de 20.7 kgf.m, comandado por câmbio CVT de sete velocidades e modo Sport de condução.
  • Principais Equipamentos: Faróis de Halogênio, Luzes Diurnas dianteiras, Sistema de Abertura do Veículo por telecomando com Botão de Partida conjugado com o pedal do freio, Sete Airbags distribuídos no interior do veículo e Sistema Multimídia com tela de sete polegadas incorporando TV com sistema digital e câmera de ré.

Toyota Corolla XRS

Preços a partir R$ 111.990

  • Mecânica e Principais Detalhes Técnicos: Motor 2.0 litros de 16 válvulas, com potência de 153 cavalos e torque de 20.7 kgf.m, comandado por câmbio CVT de sete velocidades, modo Sport de condução e sistema paddle shift direto no volante.
  • Detalhes de Acabamento: Acabamento Interno na cor preta, acabamento externo com saias esportivas e aerofólio traseiro incorporado.
  • Principais Equipamentos: Sistema de Abertura do Veículo por telecomando com Botão de Partida conjugado com o pedal do freio, Sete Airbags distribuídos no interior.

Toyota Corolla Altis

Preços a partir R$ 118.990

  • Mecânica e Principais Detalhes Técnicos: Motor 2.0 litros de 16 válvulas, com potência de 153 cavalos e torque de 20.7 kgf.m, comandado por câmbio CVT de sete velocidades, modo Sport de condução e sistema paddle shift direto no volante.
  • Principais Equipamentos: Faróis de Halogênio, Luzes Diurnas dianteiras, Sistema de Abertura do Veículo por telecomando com Botão de Partida conjugado com o pedal do freio, Sete Airbags distribuídos no interior do veículo e Sistema Multimídia com tela de sete polegadas incorporando TV com sistema digital e câmera de ré.

Cores Disponíveis para comercialização: Branco, Prata, Cinza, Vermelho e Marrom.

Todo o detalhamento técnico, inclusive com os principais diferenciais do modelo como sendo o líder de segmento no mercado nacional e os acessórios disponíveis podem ser verificados diretamente na página do Sedan Corolla disponibilizada pela Toyota no endereço: https://www.toyota.com.br/modelos/corolla.

Por Carlos B.

Toyota Corolla 2019

Toyota Corolla 2019

Toyota Corolla 2019


Versão Sedan do Fiat Argo será lançada em 2017


Novo modelo tem previsão de ser lançado no final deste ano.

No mês de junho, o lançamento do novo hatch Argo, ajeitou a estrada para que fosse lançada a versão sedan do modelo, que internamente na fábrica é conhecido pelo projeto de código X6S.

A montadora italiana, entretanto, não tem tanta pressa e a marca planejou lançar o modelo novo apenas no final deste ano, para ser mais preciso no último trimestre de 2017. O modelo que possui o código de X6S ainda não possui um nome para ser colocado no comércio. A única coisa que se sabe é que não colocarão o nome de Argo Sedan.

A ideia é lançar algo novo. Tal modelo irá substituir o Grand Siena, o qual continuará firme e forte até a data determinada, caso o mercado queira que seja assim.

Até o mês de maio de 2017, o Grand Siena estava na quinta posição no ranking de vendas, de acordo com informações da Fenabrave, que é a associação dos revendedores. Ficando somente atrás do Chevrolet Prisma, VW Voyage, Hyundai HB20S e Toyota Etios Sedan, e melhor posicionado do que o Ford Ka+, Renault Logan e o Nissan Versa.

Até o mês de junho, quando foi flagrado ao realizar testes de campo, o novo X6S era sempre visto no formato de mula. Isto é, era uma parte do X6S, com parte de quaisquer outros carros.

Agora, não. Algumas pessoas já flagraram o sedan da forma completa, finalizada, estando em fase de protótipo.

Embora o modelo ainda não conte com nome próprio, o veículo irá guardar muita semelhança com relação ao Argo hatch, o qual tem o projeto com o código X6H, sendo a letra “H” de hatch. Ele pode contar com alguma alteração visual básica, em seu para-choque ou na grade dianteira.

Entretanto, a estrutura será a mesma em sua essência, utilizando seus para-lamas, para-brisa, portas dianteiras e também seu interior, como bancos e painel. Da mesma forma que seu irmão, o modelo X6S, também possuirá os mesmos motores sendo um 1.0, 1.3 e um 1.8, os quais podem ter opções de câmbios automático, automatizado e manual.

Por Filipe Silva

Fiat Argo Sedan


Volkswagen Virtus será vendido no Brasil


Modelo foi apresentado no Salão de Genebra e irá integrar a gama de veículos da Volkswagen no Brasil.

Durante a apresentação oficial da Volkswagen no Salão de Genebra, dia 07 de março, a montadora alemã fez um grande anúncio e pegou muita gente de surpresa: a marca está preparando uma grande novidade para o mercado brasileiro. O mais novo sedan da marca alemã que irá integrar o mercado brasileiro se chamará Virtus. A apresentação foi feita por Herbert Diess, presidente do conselho de administração da Volkswagen. O que ficou evidente é que o Virtus não deverá ser uma adaptação de um sedan já disponível em outro mercado e sim algo totalmente novo.

Muito pouco foi divulgado sobre esta grande novidade da marca alemã para o mercado brasileiro. Por isso, já começam as especulações em relação ao lançamento aqui destacado. As poucas imagens oficiais divulgadas mostram que o automóvel deverá ser construído com a mesma plataforma do Golf, conhecida como MQB. A diferença é que o Virtus deve apresentar uma versão mais encurtada dessa plataforma, também conhecida como MQB A1 e que fará parte do Polo europeu e brasileiro.

Detalhes em relação à motorização que irá compor o Volkswagen Virtus ou até mesmo sobre preços quando comparados com aqueles que já são vendidos no Brasil, não foram divulgados pela empresa alemã. Porém, sabe-se que a Volkswagen tem um projeto bastante antigo que visa desenvolver um sedan para colocá-lo no mercado numa faixa de preço entre o Voyage e o Jetta atuais.

Segundo destaca Herman Heiss, diretor-geral de carros da Volkswagen, esse é o primeiro projeto da plataforma MBQ direito ao Brasil. O principal objetivo é voltar a ganhar força no mercado brasileiro, haja vista a busca por sedans estar crescendo cada vez mais.

Vale ressaltar que a MQB, atual plataforma do Golf, é uma das grandes apostas da Volkswagen. Saiba que a mesma dará origem a, no mínimo, outros dois automóveis. O principal destaque ficará com o novo Gol, haja vista que o mesmo deverá passar por mudança no tamanho em sua próxima geração.

Além disso, a montadora alemã também deve desenvolver uma picape com base na plataforma MQB. O principal objetivo, neste caso, é competir diretamente com as boas vendas registradas pela Fiat Toro. Além disso, pelo menos um SUV também deve cegar ao mercado brasileiro com base nesta plataforma.

Por Bruno Henrique

Volkswagen Virtus


Citroen lançou o C4 Lounge 2017


Modelo briga com Cruze e Civic em sua versão turbo.

Depois que a montadora Chevrolet mostrou sua grande capacidade em oferecer alta tecnologia ao lançar a nova geração do modelo Cruze e a Honda ter prometido um requinte de categoria acima com o modelo Civic 10, os dois contando com um propulsor turbo, a concorrente Citroën bate de frente com grande ousadia ao revelar o C4 Lounge em sua linha 2017, que já não oferece mais o motor aspirado 2.0 e agora é totalmente equipada com propulsor flex 1.6 THP, com injeção direta e turbocompressor que consegue gerar uma potência de 173 cavalos, sendo 166 cv ao ser abastecido com gasolina e um torque máximo de 24,5 kgfm entregue entre 1.400 e 4.000 giros.

Sendo assim, as configurações Tendance 2.0, com câmbio automático e manual e também o Origine 2.0 com transmissão automática, não serão mais comercializadas de forma oficial.

Confira abaixo os valores do modelo:

  • C4 Lounge Origine motor 1.6 THP Flex M/T = R$ 69.990
  • C4 Lounge Origine motor 1.6 THP Flex A/T = R$ 77.590
  • C4 Lounge Tendance motor 1.6 THP Flex A/T = R$ 81.590
  • C4 Lounge Exclusive motor 1.6 THP Flex A/T = R$ 91.590

As alterações principais estão em seus itens como calibração de suspensão, plano de serviços no pós-venda e câmbio. Já visualmente as novidades do modelo sedan ficam por conta de um conjunto ótico novo, na parte da frente e nada mais. A diferença na lista de equipamentos entre uma versão e outra pode ser consultada diretamente no configurador da marca em sua página eletrônica.

Na parte mecânica, é válido lembrar que foi introduzida uma caixa de câmbio manual nova, com seis velocidades, idêntica a utilizada no compacto esportivo DS3, porém as relações são diferentes para aumentar a eficiência. Melhoras também foram realizadas na caixa automática AT6, que sofreu melhorias para diminuir o consumo de combustível. De acordo com a Citroën, as alterações fazem com que o novo C4 seja 17% mais econômico ao comparar com o modelo da linha do ano passado. Segundo dados do Inmetro, as versões atuais do sedã ganharam etiqueta “A”, o que era “C”, nas anteriores.

Sem falar que agora o modelo conta com novos amortecedores, com melhores respostas e melhoria na calibragem da suspensão da parte frontal.

Por Filipe Silva

Citroen C4 Lounge

Citroen C4 Lounge

Fotos: Divulgação


Honda Civic e Toyota Corolla – Informações sobre os sedans


Os dois sedans fazem um grande sucesso entre os consumidores, por isso, é importante saber as características de cada um para saber qual chama mais atenção.

O Honda Civic e o Toyota Corolla são sedans que fazem sucesso em todo o mundo, em especial entre os consumidores brasileiros. Sempre queridinho dos motoristas mais exigentes, o Corolla vendeu, em 2015 o dobro de unidades do modelo da Honda, que ficou em segundo lugar nas vendas entre os sedans médios. Em 2016, no entanto, esta disparidade pode diminuir, e muito, com as novidades que a Honda apresentou para o novo modelo do Civic comercializado por aqui. Confira um pouco mais sobre os dois carros e descubra qual é o melhor para você.

O novo Honda Civic chegou para destoar quase em sua totalidade do seu maior rival, também japonês, Corolla. Esportivo e com uma boa dose de ousadia, o Civic traz excelentes acabamentos, itens de série diferenciados e muito conforto. O design sofisticado, com linhas modernas, deixa claro que a Honda decidiu elevar o nível do modelo, a fim de agradar ao público mais exigente, de jovens a consumidores mais velhos. O novo Civic vem com bancos e pisos rebaixados, acabamento interno com melhor qualidade, painel e portas revestidas com material de toque macio, banco em couro, além de teto solar na versão topo de linha, barra cromada frontal e rodas diamantadas de 17 polegadas.

O painel recebeu mudanças, com botão start e design mais clean, além de uma tela multimídia de 7 polegadas sensível ao toque, que pode ser utilizada pelo condutor e pelo passageiro. O sistema inclui, ainda, aplicativos Apple CarPlay e Android Auto, permitindo que o usuário espelhe seu celular na tela do veículo. No quesito motor, o modelo 1.5 traz a tecnologia turbo, que vai de 0 a 96km/h em 6,8 segundos, e a suspensão, McPherson e Multilink, ganha mais firmeza que os modelos mais antigos, transformando o Civic e deixando o carro bem mais esportivo e mais distante do Corolla, que é conhecido por oferecer direção suave ao condutor.

Já o novo Corolla 2016 apresentou aos consumidores novidades nos itens de série, mas manteve as linhas e o visual interno e externo. Entre os equipamentos de fábrica do Toyota Corolla estão ar condicionado, direção elétrica, freios ABS e EBD, airbags, além de para-sóis com espelho e iluminação, sensor crepuscular, limpador intermitente do para-brisa, retrovisores elétricos, e outros itens para as versões mais completas. O motor escolhido em todas as versões do sedã se manteve em 1.8 na maioria das versões, e 2.0 na versão topo de linha, com potência de 150 cavalos e câmbio de 7 marchas.

PREÇO:

No quesito preço, o Honda Civic parte de R$ 76.900 e chega a R$ 132.100 na versão mais completa. O Toyota Corolla custa a partir de R$ 66.690 e chega a R$ 103.940 na versão topo de linha. No site das montadoras é possível conhecer todos os detalhes de cada versão dos sedãs e escolher a melhor opção para seu bolso e gosto.

Por André Barbirato

Hond Civic 2017

Toyota Corolla


Chrysler 300 2015 terá poucas mudanças no design


A Chrysler aproveitou o início do Salão de Los Angeles, no dia 18 de novembro, para apresentar ao público estadunidense o renovado sedan 300. A expectativa era que a marca apresentasse o modelo com alterações mais expressivas, mas o que se viu foram apenas retoques pontuais, com melhorias para dar uma sobrevida ao carro até 2018, quando a fabricante afirmou que será apresentada uma nova geração.

Para aguardar a nova geração com fôlego para competir nos mercados em que é oferecido, o Chrysler 300 2015 ganhou um breve facelift, com mudanças pontuais para manter o visual do sedan moderno e atraente. Portanto, o veículo ganhou uma nova grade frontal ainda maior do que a da versão anterior, com acabamento em formato de colmeia e logo da marca centralizado, para-choque dianteiro levemente redesenhado com nova entrada de ar inferior, faróis e lanternas traseiras de LEDs modernizadas, novas saídas de escapes e novas rodas de liga leve.

Na parte interna, o Chrysler 300 reestilizado mantém as principais características da versão anterior, com um excelente acabamento interno e uma vasta lista de equipamentos de série na parte de segurança, conforto e comodidade. Cabe destaque para a nova direção com três modos de ajuste (Normal, Comfort e Sport), que substitui a direção hidráulica, novo painel de instrumentos com layout mais elegante e o cluster com uma nova tela de 7 polegadas, nova disposição dos controles do ar-condicionado digital, além da nova transmissão automática de oito marchas que possui um botão giratório para trocas de marchas no lugar da alavanca do câmbio. Para completar, o sedan ainda teve seu sistema de entretenimento Uconnect com tela de 8,4 polegadas revisto, com a adição de novas funções, como o sistema de hotspot Wi-Fi para usuários de smartphones.

Mecanicamente não houve alterações, mantendo as mesmas opções de motorização. Sendo assim o sedan continua sendo oferecido ou com o motor Pentastar 3.6 V6, que possui duas variações, uma com 294,9 cv (292 hp) e a outra com 303 cv (300 hp), ou ainda com o bloco 5.7 HEMI V8 com 366,6 cv (363 hp).

A má notícia que acompanhou a renovação do sedan é a descontinuação da versão SRT, que permanecerá apenas em alguns mercados. O renovado Chrysler 300 será oferecido no mercado estadunidense, a princípio, em três versões de acabamento (Limited, S e Platinum), com preços a partir de US$ 31.395 (aproximadamente R$ 81 mil).

Por Caio Polo

Chrysler 300 2015

Chrysler 300 2015

Chrysler 300 2015

Fotos: Divulgação


Ford New Fiesta Titanium Plus será vendido no Brasil em dezembro de 2014


Aproveitando o Salão do Automóvel de São Paulo, a Ford lançou uma nova versão para o New Fiesta Sedan: a Titanium Plus. Cotada para chegar às concessionárias em dezembro, a nova configuração acresce ao carro alguns itens de série, como o teto solar com acionamento elétrico e o sistema multimídia SYNC com navegador via satélite e câmera de marcha ré integrado.

A lista de equipamentos do New Fiesta na configuração Titanium Plus foi reforçada pela presença da direção elétrica, ar-condicionado digital, controle automático de velocidade, sensor crepuscular e de chuva, vidros com acionamento elétrico, espelho retrovisor interno eletrocrômico, bancos e volantes com revestimento em couro, além das rodas de liga leve de 16 polegadas.

Com relação aos itens de segurança, o modelo conta com sete airbags (dois dianteiros, dois laterais, dois do tipo cortina e um de joelho para o condutor), sistema AdvanceTrac (controle eletrônico de tração e estabilidade), freios ABS, assistente de partidas em aclives e chave de segurança MyKey, que entre outras funções, possibilita a limitação da velocidade máxima do carro.  

No interior, a Ford aproveitou para equipar o New Fiesta Titanium Plus com iluminação interna configurável, com sete opções de cores, assim como é visto no Fusion. Com isso, o modelo pode ter a iluminação personalizada de determinados locais do interior, como no console, na tomada de força 12V e na parte inferior do painel, acordo com o seu gosto.

Para finalizar as novidades da versão Titanium Plus, a marca norte-americana equipou o sedan com o sistema SYNC dotado de tela touchscreen de 6,5 polegadas, que abrange, entre outras funções, o sistema de som, sistema de navegação via satélite (GPS), que não era oferecido no sistema SYNC, comando de voz que tema capacidade de alterar as funções do som, climatização, navegação e telefone, conexão via Bluetooth, entre outros.

Não há novidades no conjunto mecânico, sendo assim, o New Fiesta Titanium Plus contará com o motor Sigma 1.6 TiVCT  Flex capaz de entregar até 130 cv e torque de 16 kgfm. Associado ao bloco está uma transmissão automatizada PowerShift de dupla embreagem e seis velocidades. 

Por Caio Polo

Ford New Fiesta Titanium Plus

Ford New Fiesta Titanium Plus

Ford New Fiesta Titanium Plus

Fotos: Divulgação


Hyundai Aslan – Novo sedan de luxo será lançado em 2015


A montadora sul-coreana Hyundai anunciou nesta terça-feira (04/11) o seu mais novo sedan de luxo, o Aslan. Ele será lançado no mercado da Coreia do Sul já em 2015.

Com um preço equivalente a US$ 37 mil, o modelo buscará atingir a meta de 22 mil unidades vendidas em seu primeiro ano disponível para os consumidores.

O automóvel de porte intermediário ficará entre o Azera e o Genesis da própria Hyundai. O termo "Aslan" significa "leão" em turco, o que, segundo a Hyundai, representa as características do modelo, que transmite aos consumidores força e carisma.  

Em sua aparência, o destaque fica por conta da grade cromada de dimensões avantajadas. Há destaque também para nove airbags, freios ABS com EBD, monitoramento de pressão nos pneus, controle eletrônico de estabilidade, controle de clima automático, suspensão adaptativa, entre outros recursos.

Os faróis e luzes diurnas de LED dão um ar agressivo ao modelo, que também conta com para-brisas com vidro duplo, revestimento interno em couro e acabamento em madeira. A tração do automóvel é dianteira e a transmissão automática de seis velocidades com borboletas para troca de marchas.  

O Aslan é maior do que o Azera e menor que o Genesis, mas adota características do Azera, como a mesma altura e largura. O Hyundai Aslan mede 4,66 metros de comprimento, sendo 5 centímetros mais longo que o Azera e 3 centímetros menor que o Genesis.  

Há duas opções de motores: 3.0 V6 movido a gasolina, que oferece uma potência de 266 cavalos e 31.61 mkgf de torque, e 3.3 V6 também movido a gasolina, com 290 cavalos de potência e 35,28 mkgf.   

A montadora sul-coreana não planeja lançar o Hyundai Aslan fora da Coreia do Sul, sendo que o modelo tem como missão combater a invasão de modelos da BMW (Série 5), da Mercedes-Benz Class E e do Audi A5 no mercado nacional da empresa.

Por William Nascimento

Hyundai Aslan

Hyundai Aslan

Fotos: Divulgação


Ranking de vendas de sedans pequenos em agosto de 2014


A Fenabrave divulgou os números das vendas do mês de agosto na categoria dos sedans pequenos e eles não são nem um pouco animadores. Com 35.872 carros emplacados, uma queda de 17,21% em relação ao mês de julho que registrou 41.001 unidades vendidas, o segmento foi liderado mais uma vez pelo Fiat Siena com uma margem de mais de 1.600 veículos sobre o segundo colocado.

O Fiat Siena liderou com tranquilidade o segmento dos sedans pequenos. Emplacando 8.469 carros, o sedan teve uma variação negativa de 33,24% e 5,36% em comparação com o ano passado e o mês de julho, respectivamente. Vale lembrar que a Fenabrave não diferencia os modelos Siena e Gran Siena.

Se a primeira colocação foi obtida com folga, a disputa pelo segundo lugar foi acirrada, mas o Volkswagen Voyage levou a melhor sobre o Chevrolet Prisma e garantiu a segunda posição. Enquanto o sedan da marca alemã comercializou 6.843 unidades (-1,70% 2014/2013 e -4,71% Agosto/Julho), o modelo da fabricante estadunidense vendeu 6.717 carros (-0,49% 2014/2013 e -20,96% Agosto/Julho).

Na quarta colocação, o Hyundai HB20S diminuiu o ritmo do mês passado, quando obteve seu melhor desempenho em 2014, vendendo 4.593 carros. Com isso, o modelo da marca sul-coreana teve uma queda de 13,89% em comparação ao mês de julho, mas alta de 13,21% nas vendas em relação ao ano de 2013.

Fechando a quinta colocação, em uma disputa ainda mais apertada do que a vista pela segunda colocação, o Chevrolet Classic conseguiu vencer o Renault Logan emplacando 4.085 unidades contra 4.027 carros da marca francesa. Pela alta expressiva na comparação com o ano passado (+87,04), é possível que o Renault Logan cresça ainda mais no segmento e assuma a quinta colocação neste mês de setembro.

Fechando as vendas do segmento na sétima colocação e registrando as maiores quedas de participação na categoria (-32,42% e -64,71% em relação a julho e 2013, respectivamente), o Ford Fiesta Sedan teve 1.138 carros vendidos.

Por Caio Polo

Fiat Siena

Volkswagen Voyage

Chevrolet Prisma

Fotos: Divulgação


Novo Jaguar XE será lançado para concorrer no mercado de sedans médios premium


A Jaguar está de olho no segmento de sedans médios premium e lançou o novo XE, que terá a dura missão de rivalizar com os já consagrados BMW Série 3, Mercedes-Benz Classe C  e Audi A4. Com apresentação ao público marcada para o Salão de Paris, em outubro, o Jaguar XE também estará presente no Salão do Automóvel de São Paulo. As vendas do novo sedan, inclusive no mercado brasileiro, terão início no primeiro semestre de 2015.  

Com muita experiência no desenvolvimento e produção de esportivos e sedans de luxo, a fabricante britânica foca no segmento dos sedans premium com o lançamento do Jaguar XE. Utilizando a arquitetura em alumínio, a mesma utilizada no novo Land Rover Discovery Sport, o sedan é o primeiro a ser desenvolvido nos novos padrões de arquitetura modular de veículos da Jaguar-Land Rover.

Dispondo de um visual moderno e atraente, a versão S do modelo possui um forte apelo esportivo e nítida inspiração em alguns carros da marca, como o Jaguar XJR, XFR e o XJ, principalmente no design da parte dianteira, marcada pelas amplas entradas de ar, saídas de ar laterais acima dos para-lamas dianteiros com acabamento cromado, soleiras em alusão a versão S, saídas duplas de escape, pequeno aerofólio traseiro e a opção de contar com rodas de liga leve forjadas de 20 polegadas.

No interior, o Jaguar XE dispõe de um acabamento refinado, típico dos modelos da marca britânica, utilizando materiais de alta qualidade e conta com um layout limpo e de fácil leitura. Para aumentar o apelo esportivo da configuração S, o sedan traz volante multifuncional esportivo revestido em couro, portas revestidas em couro na cor vermelha, bancos com revestimento em couro nos tons preto e vermelho e detalhes em alumínio no painel e no console central.

Entre os equipamentos de série, o XE traz a inédita direção elétrica (EPAS), Head-Up Display (HUD), sistema All Surgace Progress Control (ASPC), sistema que trabalha como um controle de cruzeiro entre 3,6 e 30 km/h, além do novo sistema de entretenimento InControl com tela touchscreen de oito polegadas, que abrange diversas funções do veículo, como o controle por voz, conexão Bluetooth, áudio streaming, entre outros.

Mecanicamente, a versão S do Jaguar XE vem equipada com o motor 3.0 V6 Supercharged que entrega 340 cv e torque de 45,9 kgfm de torque. Trabalhando em conjunto com o bloc V6 está uma transmissão automática de oito velocidades, com opção de trocas sequenciais através de Paddle Shifts. Com esse conjunto, o Jaguar XE S acelera de 0 a 60 mp/h (cerca de 96 km/h) em apenas 4,9 segundos, com velocidade máxima de 250 km/h, limitada eletronicamente.

As demais versões do sedan premium da Jaguar, que ainda não tiveram detalhes revelados, deverão contar com versões que trarão o novo motor 2.0 da linha Ingenium, bem como configurações movidas a diesel para atender o mercado europeu. 

Por Caio Polo

Jaguar XE

Jaguar XE

Jaguar XE

Fotos: Divulgação


Mercedes-Benz CLA – Novas versões do modelo foram lançadas no Brasil


A versão topo de linha CLA 200 First Edition foi lançada aqui no Brasil em janeiro deste ano. Passados sete meses após o lançamento do modelo de ponta a Mercedes-Benz CLA agora chega ao mercado com novidades. O CLA será disponibilizado nas concessionárias em três novas configurações. A novidade no mercado nacional foi anunciada no início do mês.

Os novos modelos de carros apresentados trouxeram um aspecto muito bom: deixaram o preço do sedan como o mais barato da Mercedes. Para ser ter ideia da situação, o preço inicial agora passa a ser no valor de R$127.900. Por outro lado acabou ficando mais pesado na versão topo de linha já que sai pelo valor de R$187.900. Além disso, ainda há uma edição especial com um valor meio que fazendo a função de ponte com seus R$150.200.

Já que comentamos um pouco dos preços vamos conhecer algumas configurações das novidades.

Bom, em primeiro lugar o modelo escolhido (ou feito, como preferirem) para ser o básico da linha foi o CLA Urban. Ele vai chegar às concessionárias equipado com um motor 1.6 litro turbo. Também tem injeção direta de gasolina. No que diz respeito à potência o modelo consegue desenvolver 156 cavalos com 25,5 kgfm de torque e 5.300 rpm. As rotações ficam entre 1.250 e 4.000.

Tudo isso que foi citado é acoplado ao câmbio 7G DTC que conta com sete velocidades além de dupla embreagem.

Esse cupê consegue ir de 0 a 100 km/h em 8,5 segundos. A velocidade máxima que é  eletronicamente limitada chega a 230 km/h.

Além dessa versão “simplista” ainda vamos ter o CLA 200 Vision que sai das lojas por R$149.900. Temos também o CLA 250 Sport que entre as principais novidades apresentadas está o seu motor 2.0 turbo.

A versão Sport consegue entregar 211 cv de potência. O carro ainda conta, entre diversas outras coisas e itens de série com tração nas quatro rodas 4MATIC.

Enfim, são carros que agradam muita gente pelo que são. Mas que acabam desanimando até porque grande parte das pessoas não tem uma conta bancária do tipo “muito bem, obrigado”.

Por Denisson Soares

Mercedes-Benz CLA Urban

Mercedes-Benz CLA 200 Vision

Mercedes-Benz CLA 250 Sport

Fotos: Divulgação

 


Dodge Charger SRT Hellcat – Novo modelo sedan mais potente e rápido do mundo


A Dodge nos últimos tempos está mostrando que tem mesmo vontade de surpreender com seus lançamentos. Um dos mais falados foi o Challenger SRT Hellcat. E como a marca não quis parar por aí mostrou que tem potencial para mais ao lançar de forma oficial o novo Dodge Charger SRT Hellcat. Como é sugestivo até no nome do modelo, o carro é a versão mais esportista que se encontra disponível na linha.

De  acordo com as informações da marca norte-americana, o nova variante presente no modelo faz com que ele seja o sedan mais potente e rápido do mundo.

Vejamos então o que o Hellcat tem.

Primeiro o motor, é um HEMI V8 de 6.2 litros. O bloco aí tem capacidade para entregar nada mais nada menos do que 716 cavalos de potência. Isso a 6.000 rpm e 89,8 kgfm de torque. E uma observação: a 4.000 rotações. Com isso o motor de oito cilindros acabou sendo o mais potente já fabricado até então pelo grupo Chrysler. Por sinal, esse título pertencia ao motor que equipava o Challenger top de linha.

Para melhorar ainda mais o cenário o Hellcat ainda conta com transmissão automática TorqueFlite 8HP90sendo oito velocidades.

Juntando tudo isso, o carro consegue ir de 0 a 100km/h em 3,8 segundos. A velocidade máxima atingida pelo carro é de 328 km/h.

E para quem pensa que é só isso fica o aviso: tem muito mais. Entre os diversos itens que podemos destacar vamos encontrar os freios Brembo no esportivo. O sistema conta com seis pistões e discos de 390 milímetros nas rodas dianteiras. Como curiosidade vale ressaltar que esse é o maior pacote de freios que a Chrysler já disponibilizou para seus modelos.

Como o SRT Hellcat o novo modelo também tem duas chaves sendo uma preta que tem como função limitar o motorista para uma direção com o desempenho um pouco mais reduzido e a vermelha que entrega ao condutor toda a potência e torque que o motor do modelo é capaz de dar.

A previsão é que o Dodge Charger SRT Hellcat tenha sua produção iniciada apenas no primeiro semestre de 2015. Já os preços serão anunciados quando os lançamentos estiverem próximos.

Por Denisson Soares

Dodge Charger SRT Hellcat

Dodge Charger SRT Hellcat

Dodge Charger SRT Hellcat

Fotos: Divulgação


Ranking de vendas de sedans pequenos em julho de 2014


A Fenabrave divulgou os números das vendas do mês de julho na categoria dos sedans pequenos. Com 41.001 carros emplacados, o segmento teve um crescimento de 10,7% em relação ao mês de junho, mas uma variação negativa quando comparado ao mesmo período em relação ao ano passado, com queda de 8,28%.

Liderando o segmento, o Fiat Siena viu o segundo colocado, o Chevrolet Prisma, aproximar-se. Com 8.949 unidades emplacadas, o sedan da marca italiana vendeu 501 unidades a mais que o Prisma (8.498). O Siena teve um crescimento de 4,73% em comparação com o mês anterior e uma queda de 17,4% quando comparado ao mesmo período do ano passado, enquanto que o sedan da Chevrolet apresentou uma alta de 17,72% na variação junho/julho e um crescimento de 38,58% em relação a 2013.

Em terceiro lugar está o Volkswagen Voyage, que com 7.181 unidades vendidas praticamente não sofreu alterações em seus índices de emplacamentos. O modelo da marca alemã apresentou uma variação de +3,28% e -0,58% em relação ao mês passado e a 2013, respectivamente.

Na quarta colocação e com uma diferença considerável entre os líderes da categoria está o Hyundai HB20S. Com 5.334 unidades, o sedan da fabricante sul-coreana teve seu melhor desempenho no ano, obtendo uma alta de 10,62% em relação ao mês de junho e variação positiva de 27,46% em comparação ao mesmo período do ano passado.

Completando o top 5 da categoria, o Chevrolet Classic ficou em quinto lugar com 5.051 unidades emplacadas. Melhor resultado desde o mês de janeiro, onde o modelo teve 5.293 unidades vendidas, o veterano sedan pequeno cresceu 6,9% na variação junho/julho, mas registrou a maior queda do segmento na comparação 2013/2014: -53,96%.

Em sexto lugar, o Renault Logan registrou um de seus melhores desempenhos desde o lançamento em 2007, com 4.304 unidades vendidas, alta de 21,58% em relação a julho e um excelente crescimento de 95,6% em comparação ao ano passado.

Fechando o segmento, o Ford Fiesta Sedan, que dará o seu lugar na unidade fabril de Camaçari – BA para a nova geração do Ka, emplacou 1.684 modelos, alta de 37,02% na variação junho/julho e queda de 46,68% em relação ao ano passado.

Fiat Siena 2014

Foto: Divulgação


Ford Fusion Titanium FWD 2014 – Novos equipamentos disponíveis no modelo


Mesmo não sendo a linha 2015 do Ford Fusion que entre os principais destaques deverá contar com os cintos infláveis para os passageiros do banco de trás já como item de série, o modelo 2014 continua sendo incrementado pela montadora. A mais recente novidade é que o sedan da Ford agora contará com novos equipamentos para a sua versão de tração dianteira, a FWD. Ressaltando que até o presente momento esses “aparatos” só estavam disponíveis para o modelo que contava com tração nas quatro rodas.

Com a melhora feita pela fabricante o Fusion Titanium FWD agora chegará já equipado de série com sistema de permanência de faixa, sistema de monitoramento de ponto cego, alerta de tráfego cruzado, sensor de chuva, tomada de força de 110 V e farol alto automático.

No mais, dentre outros pontos o Ford Fusion Titanium também tem aquecimento para os bancos dianteiros, ar condicionado automático com duas zonas, 10 posições de ajuste elétrico do banco do motorista sendo três memórias, oito airbags, chave programável MyKey, assistente de partida em rampas, sistema de monitoramento de pressão dos pneus e câmera de ré dentre diversos outros itens.

Para o conforto de quem dirige e de quem vai como passageiro ainda temos o sistema de som premium Sony que traz 12 alto-falantes, no painel de instrumentos há a presença de duas telas de 4,2 polegadas do sistema MyFord Touch, tela de LCD no console, duas entradas USB, conexão Bluetooth, navegador e telefone, comandos de voz para áudio, retrovisores elétricos com memória, entrada de vídeo/áudio RCA e etc.

Para quem quiser ter um Titanium FWD terá que desembolsar R$ 108.700. Se quiser um modelo com teto solar terá que pagar R$ 112.700. No caso da versão AWD os preços estão na faixa dos R$ 121.700. Há algumas variações neste caso que poderão oscilar entre R$ 98.700 e R$ 128.700 como é o caso do Hybrid Titanium.

Por Denisson Soares

Ford Fusion Titanium FWD 2014

Foto: Divulgação


Audi S3 Sedan – Versão esportiva lançada no Brasil


A Audi continua aumentando sua linha de produtos no mercado brasileiro e agora, a marca alemã lança no Brasil a versão “S” do sedan A3. Importada da Alemanha, a versão esportiva S3 conta com visual mais esportivo que a configuração convencional do sedan, lista de equipamentos de série mais recheada e motor mais potente. O Audi S3 Sedan chega com preço sugerido de R$ 207.980.

Com um centímetro a mais de comprimento e 2,5 centímetros mais baixo que a versão tradicional do Audi A3 Sedan, o S3 apresenta-se com visual mais esportivo, com destaque para o para-choque levemente remodelado e com entradas de ar um pouco maiores, faróis com conjunto óptico mais moderno, grade dianteira, soleiras nas portas, molduras das janelas e retrovisores em alumínio, rodas de liga leve de 18 polegadas com desenho exclusivo, difusor de ar traseiro e duas saídas duplas de escape.

No interior, a esportividade é acentuada com a adoção dos pedais em alumínio, grafismo diferenciado no painel de instrumentos, bancos com revestimento em couro e costura contrastante, acabamento diferenciado na manopla de câmbio, além do volante multifuncional esportivo revestido em couro e com base achatada.

A lista de série do novo Audi S3 Sedan conta, entre outros, com banco do motorista com ajuste elétrico, retrovisores interno eletrocrômico, sistema de ar condicionado digital dual-zone, controle de cruzeiro, faróis bi-xênon, sensor de estacionamento, além do sistema de entretenimento com tela touchscreen de sete polegadas que emerge eletronicamente do painel e que abrange diversas funções do veículo, como o sistema de navegação via satélite.

Opcionalmente, a fabricante alemã oferece o Multimedia Interface (MMI) Touch, que acresce ao modelo leitor de DVD, sistema de som com capacidade de armazenamento para 40 GB e Touch Pad.

Mecanicamente, o Audi S3 Sedan vem equipado com o motor 2.0 Turbo FSI com injeção direta de combustível, capaz de entregar 280 cv e torque de 38,75 kgfm. Trabalhando em conjunto com o bloco turbo está a transmissão automática S Tronic com dupla embreagem e seis marchas.

Dotado do sistema Audi Drive Select e tração integral Quattro, o S3 Sedan acelera de 0 a 100 km/h em 4,9 segundos, com velocidade máxima de 250 km/h, limitada eletronicamente. 

Por Caio Polo

Audi S3 Sedan

Foto: Divulgação


Ford Fusion 2015 – Novidades da nova linha do sedan


No mês de setembro o modelo que deverá fazer sua estreia em terras brasileiras será a nova linha 2015 do Ford Fusion. O novo sedan a desembarcar por aqui é um modelo topo de linha da marca no mercado automotivo brasileiro. Serão diversas novidades a serem apresentadas na versão e entre elas também estão os cintos de segurança que serão infláveis. O dispositivo será colocado para os passageiros do banco de trás do veículo. Essa novidade foi divulgada em uma matéria da Folha.

Vale destacar o fato de que esse equipamento ainda é inédito nos modelos que estão sendo vendidos por aqui. Outros modelos da Ford também contam com o mesmo tal como o Explorer, a nova geração da F – 150 e do Flex.

De acordo com informações divulgadas pela própria marca, essa espécie de cinto funciona da mesma maneira que os comuns. Entretanto, tem o diferencial de no caso haver uma colisão ele se abrir sobre o ombro e troncos dos passageiros. O objetivo é que o dispositivo auxilie na distribuição de forças de impacto em uma área que pode ser até cinco vezes maior do que o proporcionado pelo cinto comum.

A marca ressalta que essa distribuição de pressão por uma área mais ampla do corpo possibilita a diminuição do impacto sobre o peito além de permitir um maior controle sobre da cabeça e do pescoço. Outro detalhe é que esse equipamento já é compatível com a maioria dos assentos que possuem elevações infantis.

Esse novo item, o cinto de segurança inflável, conforme informações da montadora, já será um equipamento de série a partir da versão de entrada, a SE que conta com motor 2.5 flex. Atualmente o preço dessa versão é de R$ 98.700.

No caso dos americanos o item é disponibilizado como opcional somente para as versões mais caras do modelo Fusion a exemplo da Hybrid e da Titanium.

Por Denisson Soares

Ford Fusion 2015

Foto: Divulgação


Ford Ka+ – Nova versão sedan


Lançado em 1997, o Ford Ka, um dos carros estilo compacto mais populares no Brasil, ganha uma nova e radical versão. Trata-se do Ka estilo sedan – que deve ser lançado no mercado no mês de setembro – segundo reportagem de Fernando Pedroso, publicada pelo jornal “Agora”. O automóvel chamado de Ka+ deve custar em torno de R$ 38 mil para o consumidor, na versão SE 1.0, já o 1.5 deve chegar ao mercado com o preço em torno de R$ 43 mil.

Segundo a publicação, a traseira do novo veículo conta com um porta-malas de 445 litros, considerado menor do que os veículos do estilo fabricados pelas marcas concorrentes. Os principais oponentes do Ka no mercado são os modelos Hyndai HB 20S – 1.0 e o Volkswagen Voyage 1.0, especialmente.

Ainda de acordo com o jornal “Agora”, as grandes vantagens do carro da Ford são os equipamentos e o “ponto fraco” do modelo está no pouco espaço interno disponível para um modelo sedan. O novo carro da marca foi desenvolvido no Brasil.

Entretanto, um dos destaques do Ka+ é o sistema multimídia Sync, com comando de voz, além de recursos que chama o resgate, em casos de acidentes. O sistema foi criado em parceria com a Microsoft. No Brasil, a ferramenta já está disponível no New Fiesta, Focus, Fusion, EcoSport e Edge.

A revista Autoesporte classifica o Ford Ka+ como “uma daquelas combinações cujo resultado é matador. O modelo alia preço competitivo a um pacote respeitável de equipamentos”. A publicação também destaca que o modelo Ka+ se diferencia dos modelos concorrentes pelo fato de “trazer controle de estabilidade, tração e assistente de partida em rampa”, o que proporciona mais segurança ao motorista.

Segundo Oswaldo Ramos, do departamento de marketing da Ford, em entrevista à revista Autoesporte, “o consumidor não quer carro antigo, não quer um duas portas. O consumidor quer um carro completo”, finaliza.

Por Letícia Veloso

Ford Ka+

Foto: Divulgação


Citroen C4 Lounge Tendance – Preço do novo modelo vendido no Brasil


Visando ampliar suas vendas no segmento dos sedans médios, a Citroën lança para o mercado brasileiro a versão Tendance THP, uma configuração mais em conta que a Exclusive, até então a única versão disponível com o motor 1.6 THP (Turbo High Pressure).

Com preço sugerido de R$ 76.690, a expectativa da marca francesa é que a versão THP represente 70% das vendas do sedan, ampliando as vendas do C4 Lounge, que ficou em quinto lugar nas vendas em junho.

Para que houvesse a redução de preço significativa (R$ 7.000), o Citroën C4 Lounge Tendance teve que deixar de oferecer alguns equipamentos em relação à versão Exclusive, como o acesso sem chave, ignição eletrônica por meio de botão, sensor de estacionamento dianteiro, câmera de segurança para manobras em marcha ré, retrovisores externos com rebatimento elétrico, airbags laterais e do tipo cortina, teto solar elétrico e o painel de instrumentos com iluminação configurável.

Mesmo assim, o sedan turbo da Citroën em sua versão mais básica vem equipado com airbag duplo, freios ABS com EBD, ponteira dupla de escape, sensor de chuva, sensor crepuscular, luzes diurnas de posição em LED, bancos com revestimento em couro, ar condicionado dual zone, retrovisor eletrocrômico, volante multifuncional e sistema de entretenimento com tela de 7 polegadas e GPS integrado.

Ampliando opções para o novo sedan médio, que já vendeu mais de 8 mil unidades desde que foi lançada no Brasil, o C4 Lounge Tendance traz sob o capô o motor 1.6 16V THP de 165 cv e torque de 24,5 kgfm. Associado a uma transmissão automática de seis velocidades, o modelo acelere de 0 a 100 km/h em 8,4 segundo, com velocidade máxima de 214 km/h. 

Desenvolvido em parceria entre a PSA Peugeot-Citroën e a BMW, o bloco Turbo conta com injeção direta sequencial, cabeçote de 16 válvulas com duplo comando de válvulas, bomba eletrônica de alta pressão e turbocompressor do tipo Twin-Scroll. 

Por Caio Polo

Citroen C4 Lounge Tendance

Foto: Divulgação


Vendas de sedans grandes no Brasil em junho de 2014


A Fenabrave divulgou os números das vendas da categoria sedans grandes no Brasil. Seguindo o que se viu nos outros segmentos, os índices de vendas do segmento tiveram uma queda quase generalizada, com exceção de alguns modelos que obtiveram registros positivos.

No geral, o segmento foi responsável pela venda de 1.239 unidades no mês de junho, uma variação negativa de 2,5% e uma queda de praticamente 13% em comparação ao mês passado, onde foram registradas 1.420 unidades emplacadas.

Liderando com muita facilidade o segmento, o Ford Fusion, que representa 77% da participação de mercado, emplacou 954 unidades. Embora esse número de carros vendidos seja 4% e 9,74% a menos que o ano passado e o mês de maio, respectivamente, os índices negativos devem-se mais à crise do setor automobilístico do que um concorrente que esteja ameaçando suas vendas.

Em segundo lugar está o Hyundai Azera, que teve uma queda ínfima de 1,42% na variação maio/junho e queda de 30% em relação ao ano passado. Com 139 unidades emplacadas em junho, o modelo representa 11% da participação de mercado e está longe de ameaçar as vendas do líder Ford Fusion.

Registrando seu pior desempenho desde maio de 2011, o Volkswagen Passat teve um recuo expressivo, tanto na variação maio/junho quanto na variação 2013/2014, com quedas de 44,58% e 45%, respectivamente. Devido a essa queda, o modelo da marca alemã viu o Nissan Altima, que registrou seu pior desempenho desde que foi lançado no Brasil e teve uma baixa de pouco mais de 18% em relação ao mês de maio, vender 26 unidades e ficar na quarta colocação. Vale lembrar que o Altima não era vendido em junho de 2013 e, por isso, não há registro da variação de um ano para o outro.

Fechando o top cinco do segmento, está o Honda Accord com 21 unidades emplacadas em junho. Chegando muito perto do Altima, com uma diferença de apenas 5 carros, o Accord registrou a maior evolução do período, com uma incrível alta de 2.000% em relação ao ano passado. Quando comparado ao mês anterior, o sedan grande da Honda recuou 19,2%.

Fechando o top dez de vendas do segmento estão o Toyota Camry (6º) com 14 unidades, Kia Optima (7º) com 11 carros emplacados e teve uma variação positiva de 83,33% maio/junho, Kia Cadenza (8º) com 10 unidades, Chrysler 300C (9º) com 8 veículos e Chevrolet Malibu (10º), que registrou 6 modelos vendidos.

O Peugeot 508 teve as piores variações maio/junho e 2013/2014 do segmento, com queda de 89,47% e 92%, respectivamente. Vendendo apenas 2 unidades, o sedan francês dividiu a última colocação com o Subaru Legacy.

Por Caio Polo

Ford Fusion 2014

Foto: Divulgação


Toyota Vios – Novo sedan com design agressivo e esportivo


Segundo o site indiano “ZigWheels”, a Toyota se impressionou com as boas vendas do novo Corolla Altis e o Toyota Etios Cross na Índia e já pensa em preencher a lacuna entre o Etios e o Corolla com um novo sedan, voltado para competir com carros populares no segmento por lá, como o Hyundai Verna e o Honda City.

Além do bom desempenho de seus sedans, a fabricante nipônica também notou os bons desempenhos dos sedans Honda City e Hyundai Verna, o que incentivou a Toyota em preparar para competir no segmento.

Embora haja boatos alvoraçados que a Toyota ofereça o Vios, sedan vendido em vários países do sudeste asiático, o site indiano citado afirma que a marca japonesa não considera levar o modelo à Índia, devido aos altos investimentos que a Toyota iria demandar para produzir o veículo por lá, entendo que seria mais prudente desenvolver um carro inédito baseado na plataforma do Etios.

Seguindo a mesma linguagem de design dos mais recentes lançamentos da Toyota, o novo sedan apresentaria traços mais agressivos e esportivos semelhantes aos do novo Corolla, não possuindo nenhuma semelhança com o Etios, tudo para atrair os consumidores mais jovens.

Na Índia, o suposto novo três volumes seria equipado com a mesma gama de motores oferecida ao Etios, sendo um motor 1.4 8V a diesel com 67 cv e torque de 17,3 kgfm e um bloco 1.5 16V a gasolina de 89 cv e torque de 13,4 kgfm.

No Brasil:

Vale lembrar que o Etios era um projeto voltado para o mercado indiano e que, por grandes semelhanças de mercado e pela crescente procura por sedans no Brasil, a Toyota decidiu oferecer o modelo por aqui.

Embora tenham surgido especulações de que marca lançaria o Vios no Brasil, nada foi confirmado pela Toyota. Quanto ao futuro senda, ainda não há nenhuma informação de que a marca japonesa trará o modelo para o mercado brasileiro, restando esperar novidades até o Salão do Automóvel de São Paulo.

É importante ressaltar que a Toyota também não tem nenhum carro que rivaliza com igualdade com o Honda City, o Hyundai HB20S e o Ford New Fiesta, sendo uma grande oportunidade de ganhar ainda mais mercado trazendo o Vios ou até mesmo o novo sedan baseado na plataforma do Etios. 

Por Caio Polo

Toyota Vios

Foto: Divulgação


Audi A3 – Versão esportiva do sedan será vendida no Brasil em julho de 2014


A tão aguardada versão esportiva do Audi A3 Sedan já tem data marcada para começar a ser vendida aqui no Brasil. Quem estava ansioso não vai precisar esperar muito já que o início das vendas está prevista para o mês de julho.

O S3 Sedan chega ao mercado com um motor 2.0 de quatro cilindros turbo. A capacidade é para 300 cavalos de potência. O bloco possui integração com uma transmissão automática de seis marchas. O preço do estreante é um pouco salgado para os bolsos dos menos avisados. A estimativa é de que comece por R$ 206.800.

Para fazer uma comparação basta pegarmos o A3 Sedan 1.8 que é o mais caro e custa R$ 133.200. A diferença salta aos olhos: são R$ 73.600 e 120 cv. Se fossemos compará-lo com S3 Sportback que tem um conjunto mecânico praticamente idêntico, mas com um porta-malas com um espaço maior seria R$ 1.300 (em relação à versão hatch).

De qualquer forma o motor vem com uma potência maior e alguns ajustes com relação à suspensão e freios também foram feitos. Se a questão é a prova de aceleração de 0 a 100 km/h o S3 Sedan atinge seu objetivo em apenas 4,9 segundos. Já a velocidade máxima do modelo é de 250 km/h. Isso segundo informações da própria fabricante.

No que diz respeito à estética do carro, também temos novidades. A grade, os para-choques e as rodas receberam uma pincelada de um desenho mais esportivo. Já os retrovisores tiveram uma capa de alumínio para sua cobertura.

Na parte de trás do carro vamos encontrar um spoiler que é um equipamento aerodinâmico bem na tampa do porta-malas. O interior também teve sua vez ganhando bancos com padrão diferenciado e com a inscrição S3 gravada neles. Além disso, também está presente do conta-giros e no volante de base reta.

Sem duvida alguma é um carro que chama a atenção não apenas pela potência que apresenta, mas também pela estética. Afinal de contas tem que ser bonito por dentro e por fora.

Por Denisson Soares

Audi A3 Sedan

Foto: Divulgação


Novo Hyundai Elantra – Características do modelo


Foi feito um teste com o novo Elantra da Hyundai e podemos concluir que ele é moderno e possui um bom conjunto quando o quesito é custo-benefício. Desta forma, vamos abordar neste artigo algumas características do veículo que podem ser o diferencial na hora da compra.

A primeira delas encontra-se na dianteira, uma vez que o para-choque, a grade e os faróis de neblina contam com um novo design. No mercado automobilístico, a partir do momento em que um dos modelos mais vendidos do segmento se mexe, a tendência é alguma mudança com a concorrência, ainda que seja de pequeno valor.

Entretanto, como estamos falando de sedans médios, o assunto é mais sério. Com a entrada do Toyota Corolla, e a chegada do Honda Civic, a Hyundai não quer ficar de fora. Assim, o diferencial da marca está por conta do Elantra. É um carro da mesma categoria dos veículos citados anteriormente. Até o momento 1.354 unidades foram vendidas entre os meses de janeiro a abril. O líder da categoria foi o Honda Civic, pois emplacou 18.168 unidades no mesmo período.

O que faz com que o carro da Hyundai fique atrás é o preço, pois está acima dos anteriormente citados. Diante disso, faltam opções na faixa de R$ 70.000 a R$ 80.000, onde se encontram as rivais. Todavia, o modelo citado possui teto solar opcional e é tabelado em R$ 91.900. Outras características interessantes são as lanternas que possuem detalhes desconhecidos e um novo difusor com duas tonalidades no para-choque.

Cabe salientar que os compradores do Elantra não poderão reclamar do pacote de equipamentos, o qual é composto por central multimídia com câmera de ré, navegador e leitor de DVD, bem com bancos de couro com acionamento elétrico (para o motorista), rodas de liga leve aro 16”, controles de estabilidade e tração, e 6 airbags. Há, ainda, prazo de garantia recém ampliado pela marca para seis anos.

Por Luciana Viturino

Hyundai Elantra

Foto: Divulgação


Peugeot 508 2015 – Novidades no design e na motorização


A Peugeot vem perdendo espaço no segmento dos sedans e station wagons de luxo, principalmente no mercado europeu, onde a gama 508 se faz mais presente. Para conter o avanço da concorrência e voltar forte ao segmento, a fabricante francesa apresentou oficialmente a linha 2015 do Peugeot 508 trazendo novidades visuais, com desenho mais próximo do Exalt Concept, além de uma nova opção de motorização.

Com a aproximação do Exalt Concept, conceito luxuoso que foi apresentado na edição deste ano do Salão de Pequim, a dianteira do Peugeot 508 2015 passa a oferecer um novo conjunto óptico Full LED, para-choque e grade redesenhada seguindo o formato dos recentes lançamentos da marca e capô mais retilíneo. Enquanto a lateral manteve a linha de cintura alta e traz apenas rodas de liga leve redesenhada, a traseira do carro ganhou novo para-choque com saída dupla de escape integrada e nova lanterna com grafismo atualizado.

No interior as alterações foram ainda mais modestas. Mantendo o layout sóbrio e requintado, a Peugeot preferiu adotar novas tecnologias a modificar o acabamento do veículo. Com isso, a linha 2015 do 508 passa a contar com uma nova central multimídia que abrange diversas funções do veículo, painel de instrumentos com uma nova tela colorida centralizada com diversas informações ao condutor, ar condicionado dual-zone digital, volante multifuncional com acabamento em couro e base achatada, além do Head-Up display, que exibe informações importantes no para-brisa do veículo.

Mecanicamente, a novidade fica por conta do motor a diesel 2.0 BlueHDi, que além da configuração com 180 cv passa a ter também uma variação com 150 cv. O Peugeot 508 2015 ainda pode trazer sob o capô o bloco a gasolina 1.6 THP (Turbo High Pressure) com 165 cv e o propulsor 2.0 HYbrid4 de 148 cv. Todas as gamas do motor do 508 trabalham em conjunto com uma transmissão automática de seis velocidades.

A Peugeot ainda não confirmou os preços da linha 2015 do 508, mas é provável que não haja um reajuste tão grande devido o objetivo da Peugeot em aumentar seus índices de venda no segmento nos mercados em que o modelo está presente. 

Por Caio Polo

Peugeot 508 2015

Foto: Divulgação


Fiat Linea 2015 – Versão Absolute traz sofisticação ao modelo


A FIAT não aceita ficar para trás com seus produtos, e por isso vem trabalhando em adaptações do seu sedan Linea 2015. O modelo Linea teve lançamento em 2008 com intuito de chegar ao mercado para disputar com os sedans médios da época, mas não teve muito sucesso em sua empreitada.

Com o passar do tempo os sedans cresceram e hoje possuem dimensões de 2,70m de entre-eixos. Já o Linea possui apenas 2,60m o que o deixou atrás de seus concorrentes. Visto isso, a Fiat optou por uma nova estratégia de mercado para o seu modelo: preparar o mesmo para que seja capaz de disputar com os modelos compactos superiores que se classificam com Premium no país.

Neste cenário, surge o Absolute que traz ares mais sofisticados, embora com pequenas mudanças, quando comparado à linha 2014. O carro aparentemente passa a contar com novos para-choques, grade frontal, tampa do porta-malas, rodas de liga leve e faróis de neblina redesenhados. O para-choque traseiro foi redesenhado dando ares de ser um carro maior. Ainda na traseira do automóvel é possível ver a grafia Linea sobre a tampa do porta-malas em material cromado.

O interior do carro é o local que reserva as mudanças mais perceptíveis. O painel frontal do Linea foi completamente modificado com composições nas cores bege e preto, os bancos possuem revestimento parcial em couro e o quadro de instrumentos possui iluminação branca.

A mecânica do carro conta com um motor 1.8 16V  com potência de 130/132 cv  e 18,4/18,9 kgfm de torque. Os itens de série do automóvel contam com volante multifuncional, regulagem elétrica dos faróis, controlador de cruzeiro, travas e retrovisores elétricos, direção hidráulica,  computador de bordo, sensores traseiros de estacionamento com visualizador gráfico e sistema de áudio baseado no Windows Mobile, entre outras novidades.

O valor estimado de venda do carro completo, incluindo itens opcionais como retrovisor eletrocrômico, navegador GPS, airbags laterais e de cortina é de R$ 72.234.

Por Jaime Pargan

Fiat Linea 2015

Foto: Divulgação


Toyota Corolla e Honda Civic – Disputa acirrada entre os sedans médios


A briga em relação ao revezamento na liderança do mercado entre os sedans médios teve um capítulo extra no último mês de maio conforme as notícias começaram a surgir. Isso porque tradicionalmente o Civic e o Corolla, sempre que há uma mudança de geração, tomam conta do 1° lugar nas vendas do seguimento. Entretanto, o recém-lançado da Toyota, em maio acabou por superar as vendas da Honda em números que ultrapassam a mil unidades. Mesmo sendo números provisórios o fato não deixa de ser curioso.

De qualquer maneira é bom lembrarmos que isso já era mais ou menos previsível. Lá no mês de abril, quando o novo Corolla chegou às lojas já era possível perceber indícios de que isso aconteceria. Na época o Civic ainda manteve a liderança, foram 5.774 unidades emplacadas. Mas o Toyota já espreitava por ali e conseguiu chegar a 5.565 emplacamentos. A virada de fato aconteceu em maio quando foram 5.741 Corollas contra 4.702 Civics.

Um fato que deve ter contribuído para isso é de que o Civic está perto de passar por uma reestilização. Isso de acordo com alguns rumores que circulam em sites especializados. Pode ter afetado as vendas uma vez que as mudanças geralmente acontecem na linha montagem, entretanto, a virada em si só será confirma durante o ano. É o tal atrativo da “novidade”.

Em 2014 a Toyota resolveu ousar um pouco quando optou por lançar um Corolla com uma cara mais esportiva. Além disso, ainda há alguns itens que deixaram o modelo mais interessante de ser dirigido. De qualquer maneira os demais atributos que consagraram o modelo tais como a confiabilidade e o conforto não deixaram de estar presentes. A ousadia, pelo visto, foi uma jogada certa.

Por Denisson Soares

Corolla x Civic

Foto: Divulgação


Novo Toyota Corolla alia modernidade e sofisticação


A montadora do Toyota Corolla decidiu fazer algumas mudanças no veículo a fim de garantir um melhor desempenho diante de seu concorrente Honda Civic. Com isso, o carro ficou mais caro e mais exuberante.

Não é novidade dizermos que o Corolla é um dos veículos da marca que mais faz sucesso no mercado automobilístico. Sua missão é agradar quem já gostava dele e dessa vez ele superou o Civic nos pontos que estava perdendo. Ele evoluiu em todos os sentidos e trouxe bastante sofisticação.

Todavia, não para por aí, uma vez que no quesito espaço interno, em que perdia para os rivais, agora sai na frente e seu cumprimento total aumentou em 8 cm, atingindo 462 cm. Na parte entre-eixos, o acréscimo foi de 10 cm (270 cm), e 0,5 cm na altura. Para conseguir ir mais além, a empresa mudou a silhueta e beneficiou os passageiros que viajam no banco traseiro. Na área dos joelhos, são 70,6 cm, aumento de 8,5 cm, o que é tamanha diferença na geração. Quanto ao assoalho, ele ficou ainda mais plano e aumentou em 9,2 cm o espaço para os pés, o que já era adotado há anos pela marca japonesa.

A parte mais atraente entre os condutores do Corolla indubitavelmente são os motores, devido à filosofia Kaizen encontrada no sistema flex sem tanquinho de partida a frio, com atraso em relação à concorrência. O motor 1.8 equipa a versão GLi disponível com câmbio manual ou CVT. Além disso, desenvolve 144/139 cv (etanol/gasolina) e 18,6/18 mkgf. Já o 2.0 é a opção disponível para o XEi (intermediária) e Altis (top).

Diante desses resultados, podemos afirmar com plena convicção de que o novo Corolla está bem mais potente e visualmente equilibrado. Os instrumentos estão posicionados verticalmente e no alto. A área em que é destinada ao rádio está maior e abriga uma tela sensível ao toque de 6,1 polegadas nas versões XEi e Altis.

Por Luciana Viturino

Toyota Corolla

Foto: Divulgação


Hyundai revela novo AG e Azera no mercado da Coreia do Sul


As atitudes tomadas pela Hyundai têm mostrado certo nervosismo em relação às importações dos Estados Unidos e da Europa. As novidades trazem o novo modelo AG e a versão a diesel do sedan Azera reestilazado.

Na última semana do mês de maio de 2014 a Hyundai Motor, decidiu divulgar duas novas versões de sedans desenvolvidos especialmente para o mercado doméstico sul-coreano. Os lançamentos feitos mostram a preocupação da montadora em relação às importações de grandes marcas como a Audi e a BMW. Outro detalhe é que a empresa demonstra nervosismo com importações feitas dos Estados Unidos bem como da Europa, fato que tem aumentado significativamente o número de veículos devido a acordos de livre comércio que acabaram por cortar tarifas em relação a veículos cuja fabricação é de origem estrangeira.

Em 2011 os encargos em relação aos veículos europeus começaram a ceder, o mesmo aconteceu com as importações de veículos dos EUA no ano seguinte. A partir daí as montadoras estrangeiras já meio que traçaram uma meta objetivando aumentar a sua fatia de participação no mercado sul-coreano em até 20% até o ano de 2016. O que significa em termos reais mais do que duplicar a fatia no mercado.

A Hyundai, que no atual momento do mercado é a quinta maior montadora do mundo quando associada à afiliada Kia Motors, está mais do que determinada a não abrir mão de seu domínio no setor doméstico.

O novo modelo apresentado pela montadora, o AG, e também uma versão diesel do sedan Grandeur (Azera) foram revelados um dia antes do Busan Motor Show. De acordo com informações da Hyundai o AG irá figurar entre os sedans de grande porte Genesis e Azera. O preço partirá dos 45 milhões de wons. Algo que gira em torno dos US$ 44.100. Ainda de acordo com a fabricante a previsão é de o modelo já comece a ser vendido neste ano.

Por Denisson Soares

Hyundai Grandeur (Azera)

Foto: Divulgação


Mercedes-Benz CLA AMG – Modelo potente e com alta tecnologia para famílias


Quando dizemos carros familiares, já temos aquela imagem de carros grandes, pesados, que possam levar toda a família para algum lugar, como uma Kombi, uma picape,  ou uma van esportiva, no máximo. É  difícil fugir desse padrão, afinal, os carros potentes, velozes, não foram feitos para a família certo? Errado. Claro que a maioria dos carros com uma potência alta não são feitos  se pensando em uma família, mas existem as exceções. E essa fuga da regra se chama  CLA AMG. Um carro de corrida para toda a família.

A Mercedes-Benz atualmente está fabricando carros compactos e a última novidade é o sedan compacto derivado do hatch. Um carro que é rápido, é muito bom nas curvas, espaçoso por dentro e agradável de dirigir.

Diferentemente do CLA normal, a versão AMG vem com recursos de alta tecnologia desenvolvidos para transformar o modelo em um carro de corrida e de luxo, afinal ele leva uma estrela no bico.

O veículo vem com tração integral, que varia a distribuição do torque entre as rodas para torná-lo superestável em qualquer condição ou velocidade.

Um destaque é o motor do veículo, que é um propulsor de 2.0, sendo o mais potente do mundo, capaz de gerar 360 cavalos de potência, com um câmbio com um comando semiautomático de 7 marchas e dupla embreagem, o que torna as trocas supervelozes, sendo o mais moderno que a Mercedes possui atualmente.

A Mercedes-Benz também oferece uma versão de competição do CLA AMG no Brasil e o que mais chama a atenção é que ela não contém uma única mudança mecânica em relação ao carro de rua. Mudam apenas as partes aerodinâmicas, freios e de segurança, que têm barras estruturais extras para aguentar pancadas fortes e preservar o motorista.

Não há mais desculpas para  o pai de família não comprar um veículo rápido e potente, com a tecnologia para proteger a família, bonito e com velocidade.

Por Rafael da Silva

Mercedes-Benz CLA AMG

Foto: Divulgação


BMW M3 Sedan e M4 Coupé – Características dos novos modelos


Revelados no fim do ano passado, a BMW lançou oficialmente para os mercados norte-americano e europeu os novos M3 sedan e M4 Coupé. Até o momento apenas o M4 Coupé será vendido no mercado brasileiro, com chegada prevista para o segundo semestre de 2014, embora haja a possibilidade do M3 Sedan aparecer no Salão do Automóvel de São Paulo, realizado em outubro.

Compartilhando a mesma plataforma, os dois veículos também utilizam o mesmo motor seis cilindros TwinPower Turbo, capaz de entregar 431 cv e torque de 56,13 kgfm. O novo bloco seis cilindros substitui o tradicional motor V8 4.0 aspirado, sendo 5 cv mais potente.

Trabalhando em conjunto com o novo propulsor, ambos os modelos M podem trazer um câmbio manual de seis marchas, ou uma transmissão automática de dupla embreagem com sete velocidades. Com isso, a versão manual acelera de 0 a 100 km/h em 4,1 segundos, enquanto a configuração automática realiza o mesmo processo em 3,9 segundos.

Além disso, tanto o M3 Sedan quanto o M4 Coupé contam com suspensão e modos de direção ajustáveis nos modos Comfort, Sport ou Sport +, deixando o carro apto às diversas situações ao adaptar e oferecer maior rigidez nas estruturas dianteira e traseira, bem como no sistema de direção hidráulica eletromecânica.

Garagem tecnológica com painéis solares:

Outra novidade apresentada pela marca alemã foi a criação de um conceito de garagem para recarregar seus futuros veículos híbridos. As estruturas atendem aos lançamentos do modelo i3, veículo elétrico já vendido em alguns países, e o esportivo híbrido i8, que será lançado neste ano.

A estrutura projetada pela BMW conta com painéis fotovoltaicos capazes de captar energia proveniente do sol e converter em energia para recarregar seus carros. A garagem pode ser feita com estruturas de bambu ou carbono, que contribui ainda mais para um modo de recarga ecologicamente correto.  De acordo com a BMW, por crescer rapidamente, o bambu constitui um material extremamente sustentável e por isso foi escolhido para a estrutura de recarga de seus veículos.

A BMW não divulgou a quantidade de horas para que os veículos sejam totalmente recarregados, mas afirmou que a garagem ecológica poderá, em alguns casos, gerar energia além da necessária para recarregar as baterias dos carros, sendo possível usufruir da energia excedente no consumo doméstico.

Por Caio Polo

BMW M3 Sedan e M4 Coupe

Foto: Divulgação


JAC J3 Turin S será vendido no Brasil


Com o intuito de se adaptar às exigências do público brasileiro, a JAC inova mais uma vez. Assim, o J3 S, um dos populares mais vendidos da montadora asiática, passará a ter em seu motor flexibilidade de combustíveis (flex), além de acrescentar ao seu nome a palavra Turin. Suas novas e principais especificações são as seguintes: 1.5, 16V e variável comando de válvulas.

Mudanças no interior do veículo também poderão ser observadas; a principal delas é um painel mais sofisticado e quadro de instrumentos com novo desenho; por ainda ter inúmeros JAC J3 S, modelo "antigo", nas concessionárias, estes veículos não serão retirados e, assim, dividirão espaço nas lojas com o JAC J3 Turin S. O ano de 2013 não foi dos melhores para o comércio de veículos no Brasil e as montadoras, para "aquecer" o mercado, insistem em lançamentos.

A estimativa da montadora do oriente é que o novo modelo corresponda a 50% da linha de vendas; se o J3 S tem o preço fixado em R$ 39.990, o J3 Turin S custará a quantia de R$ 41.620. Nas redes sociais, vários possíveis clientes têm questionado sobre o valor, porém, para justificar, a JAC alega que seus veículos são completos.

Como a legislação atual preconiza a obrigação da inclusão de freios ABS e airbag duplo, a montadora não se hesitou e é dessa forma que sairão os utilitários; outros componentes do veículo são travas, vidros e retrovisores elétricos, além de direção hidráulica, ar condicionado, rádio, volante multifuncional e sensor de estacionamento; outros componentes podem ser inclusos, mas para isso é necessário que o proprietário desembolse um pouco mais de dinheiro.

Outros veículos da JAC devem ser lançados até o fim do ano; o mais esperado é o SUV T6, o qual já se encontra em fase de testes na montadora. Para conquistar o apaixonado público brasileiro, a JAC usa do "artifício" de lançar carros com design esportivo.

Mais informações podem ser encontradas no próprio site da empresa www.jacmotorsbrasil.com.br.

Por Vinicius Cunha

JAC J3 Turin S

Foto: Divulgação


Toyota Corolla lidera as vendas de sedans médios em abril de 2014


Muitos especialistas e avaliadores concordam quase que unanimemente que o novo Toyota Corolla está com um preço acima da média para o seu segmento, em especial a versão mais top do modelo, a Altis. Mesmo com essas opiniões, os fãs do Corolla não tomaram conhecimento dessas avaliações e colocaram o novo modelo ao topo de vendas para a linha de sedans médios, colocando o principal rival, o Honda Civic, em segundo lugar em pouco mais de um mês do início da comercialização do Corolla nas lojas.

Os números vêm de um relatório diário de vendas da Fenabre/Renavam, que divulgou que até a última terça-feira (15), o Corolla emplacou 2.726 unidades em abril, enquanto o Civic fez o mesmo em 2.722 unidades. É uma vantagem de apenas quatro carros, mas em comparação ao mês anterior, percebe-se que a mudança foi mais evidente.

Vale apresentar que no mês de março, a nova geração do Corolla ainda estava em processo de estruturação para as concessionárias e a liderança permanecia com o Civic, chegando aos números de 4.392 unidades vendidas, enquanto o Corolla não passou de 2.945 carros. Em terceiro lugar, quem se consolidou foi o Chevrolet Cruze Sedan, com 1.423 automóveis comercializados no mês de março. Na primeira quinzena deste mês ele ficou com 723 veículos emplacados. Pela comparação com o mês de março e abril, é nítido que houve uma virada surpreendente do Corolla sobre o Civic.

O mais interessante é que o Corolla continua sendo constantemente procurado nas lojas e na maioria delas não se encontra o modelo. O cliente precisa entrar em uma fila de espera que pode durar cerca de 30 dias para acontecer a entrega. Felizmente a marca não deixa acontecer casos de preços ainda mais elevados por causa dessa grande procura.

O carro mais procurado até o momento é o Corolla XEi, de R$ 79.990, que é a versão intermediária do modelo, que vem com um motor 2.0 e câmbio CVT de série. A menor procura é a versão top, a Altis, que está custando R$ 92.990. O Corolla GLi, que custa R$ 66.570 e único que pode ter a opção de câmbio manual, tem de pronta entrega.

Por Carolina Miranda

Corolla Altis

Foto: Divulgação


Hyundai HB20S – Sedan atraente, mas com preço alto


O Hyundai HB20S é um sedan que pode ser um dos melhores da categoria dos compactos, ainda mais agora com a versão automática, com uma central multimídia para a linha 2014 e outros detalhes com equipamentos diferenciados. Contudo, o seu preço não é muito atraente: R$ 57.340.

No mesmo valor que o HB20S está o reestilizado Fiat Linea 2015, um carro maior e com melhor motorização. Com um pouco mais o consumidor pode levar o Nissan Sentra ou o Citroen C4 Lounge. No mesmo segmento de compactos há de se pensar no novo premium New Fiesta Sedan SE 1.6 PowerShift, que consegue ser mais equipado e possui um câmbio de dupla embreagem por R$ 57.090.

O carro possui um navegador por GPS integrado (atendendo aos pedidos dos consumidores que não tiveram o equipamento na versão anterior), conexão Bluetooth com comandos de atender/desligar ligações no volante, suporte para fotos/vídeos e as entradas USB e AUX – estas já existiam desde o lançamento.

O principal destaque do carro fica mesmo para o seu motor 1.6 16V que pode proporcionar até 128 cavalos de potência  e 16,5 kgfm de torque. O porta-malas tem a capacidade de 450 litros e o seu tempo de fazer 0 a 100 km/h fica em 10,9 segundos. Nessas configurações, o que desanima no HB20S é o seu grande consumo de combustível. Com etanol, o sedan faz 6,5 km/l na cidade e 10,3 km/l na estrada.

Mesmo a caixa de quatro marchas sendo limitada, ela provoca pontos fortes. A suavidade e o conforto são aparentes. A quarta marcha permite fazer uma viagem confortável de 3.100 rpm, sem ruído de motor na cabine. Mesmo assim, a Hyundai deveria ter pensado em um câmbio automático de seis velocidades, assim como é oferecido do i30.

As configurações do HB20S são muito boas, mas fora do preço. O carro é um belo produto para sua categoria e ainda traz a vantagem de garantia de seis anos – promoção para quem comprar um modelo até a Copa do Mundo – mas se comparado com outros modelos do seu segmento ou até mesmo com carros com um preço um pouco acima, o automóvel fica em plena desvantagem.

Por Carolina Miranda

Hyundai HB20S

Foto: Divulgação


Nissan Versa 2014 – Características e preços do novo modelo


A Nissan é, sem sombra de dúvida, uma das marcas de automóveis que mais cresce em todo o mercado mundial e, claro está, também no Brasil. O fato é que, visando ter um retorno ainda mais positivo, a empresa lançou um carro super atual e moderno que, por sua vez, veio para ser um diferencial. Estamos falando do Nissan Versa, um carro que tem uma boa performance, uma manutenção boa e que é bastante seguro e prático. Trata-se de um possante com muitos pontos positivos. O lado negativo, por seu turno, talvez seja o acabamento interno e a pintura que, diga-se de passagem, poderiam ser bem melhores. Seja bem como for, algumas características do veículo merecem destaque como:  suspensão tipo McPherson e dianteira com barra estabilizadora, roda tipo independente e molas helicoidais, suspensão tipo eixo de torção, roda tipo semi-independente e molas helicoidais, portas do motorista, atrás do motorista, passageiro, atrás do passageiro e abertura à frente, retrovisores das portas do motorista e passageiro com ajuste interno na cor preta, entre outros pontos bem bacanas.

Pois bem, vale dizer que o Nissan Versa tem três versões e que, em termos de preço, os valores sugeridos são os seguintes: R$ 37.390,00 a R$ 44.890,00.

O Versa é fabricado no México, na plataforma do compacto March, também lançado no segundo semestre de 2011. As medidas do Versa, que compete no segmento de sedans compactos, impressionam. São 4,45 metros de comprimento, 1,69 metro de largura e 2,60 metros de entre-eixos. A capacidade do porta-malas é de 460 litros. 

Assim sendo, levando em conta esses pormenores, o fato é que vimos que o Nissan Versa é um modelo muito eficiente e que veio para agradar todos os públicos.  Na linha 2014, todas as versões ganharam freios ABS de série, enquanto o modelo topo da gama, SL, recebeu rádio com comandos no volante e conectividade via Blutooth.  

Escolha o seu!

Por Juan Wihelm

Nissan Versa 2014

Foto: Divulgação


Ford Fusion Hybrid 2014 – Novo modelo mais sofisticado está à venda


O Fusion, sedan de porte grande da montadora Ford que começou a ser vendido no país em 2006 passou por grandes transformações em seu design durante esses anos. O carro teve seus faróis mudados, juntamente com o para-choque, e aparece com um novo modelo para este ano.

O sedan de luxo tem sua versão mais sofisticada no mercado, intitulada Fusion Hybrid 2014, a qual ganha como itens de séries bússola integrada ao sistema de áudio, chave com sensor de presença, computador de bordo, aviso sonoro dos faróis acessos, abertura das portas por código, ajuste de altura e profundidade do volante, ar condicionado automático e digital com controle individual de temperatura para motorista e passageiro com saída individual para os bancos traseiros, direção elétrica, freio de estacionamento elétrico, entre outros.

Com rodas de liga leve de aro 18, o carro ainda conta com 8 airbags para fazer a segurança dos passageiros e motorista, e conta com freios ABS.

Com um motor de 16 válvulas, o carro chega a 145 cavalos de potência quando movido a gasolina e 120 cavalos de potência quando movido a eletricidade, sua transmissão é automática. O porta-malas tem capacidade de 392 litros e o carro ganhou selo A no consumo de energia, ou seja, pouco consumo (o veículo também ganhou o selo Conpet de que o mesmo consome menos combustível), com um design novo e bonito, o carro oferece extremo conforto e comodidade para aqueles que o usam, mantendo o padrão já estabelecido anteriormente desde a primeira versão do carro e até mesmo, subindo esses padrões.

O carro oferece tudo isso pelo preço de (a partir) R$ 127.990 (um pouco mais barato do que a versão anterior).

Apesar de não ter um porta-malas muito grande para os da categoria, o carro aparenta ser uma boa compra pela quantidade de coisas que tem a oferecer.

Por Mariana Caetano

Ford Fusion Hybrid 2014

Foto: Divulgação


Nissan Sentra 2014 – Preços e características


O Novo Sentra, sedan feito pela montadora Nissan para este ano, já estreou. O carro que vem para competir com o Civic da concorrente Honda está disponível em três versões. Todas com um potente motor 2.0 Flex Start de 140 cavalos de potência tem variações em seus itens de série que carregam um nível alto de luxo.

A versão mais básica, a 2.0 S MT 2014, vem equipada com faróis e lanternas LED, volante revestido em couro com comandos de áudio e Bluetooth, chave inteligente e botão de partida, freios ABS e direção elétrica. E sai a partir de R$ 62.190.

A versão  2.0 SV CVT 2014 tem como itens de série câmbio automático XTRONIC® CVT de última geração, sistema de áudio com tela de LCD 4,3 polegadas com 6 alto-falantes e possui também ar condicionado automático digital Dual Zone e sai a partir de R$ 67.390.

Já a versão top de linha, a 2.0 SL CVT 2014, vem com rodas de  alumínio com aro 17, bancos revestidos em couro, sistema de áudio com tela LCD touchscreen, navegador e câmera de ré integrados e teto solar com abertura elétrica para acompanhar o conforto que todo o Sedan pode oferecer.

Os três modelos possuem a capacidade de carregar 503 litros no porta-malas. O carro tem três anos de garantia, dois anos de Nissan Way Assistance que é um serviço de 24h disponibilizado pela Nissan para atender o cliente em qualquer situação, tendo direito a serviços de assistência em caso de pane, colisão, furto ou pneu furado e também conta com Revisão Periódica, um outro serviço disponibilizado pela montadora.

O carro pode ser financiado com uma taxa de 0,59% em 24x com 60% de entrada nas versões  S MT e SV CVT e está disponível em quatro cores: Preto Premium Sólido, Prata Classic Metálico, Azul Grafite Metálico e Branco Diamond Perolizado.

Por Mariana Caetano

Novo Nissan Sentra 2014

Foto: Divulgação


Novo Nissan Versa será apresentado no Salão de Nova York sem muitas mudanças


Lançado em abril de 2011 no mercado estadunidense, o Nissan Versa é um dos carros mais baratos nos Estados Unidos, com preço de US$ 11.990 (aproximadamente R$ 27 mil). Para dar fôlego ao sedan compacto competir no mercado norte-americano, a marca nipônica terá, entre os outros veículos expostos, a versão reestilizada como um dos modelos no seu estande no Salão do Automóvel de Nova York.  

Quem aguardava uma nova geração do sedan compacto terá que esperar um pouco e se contentar com um facelift pontual no Versa. Entre as possibilidades especuladas é o Nissan Versa ter visual semelhante ao modelo apresentado no início deste ano na Tailândia, sofrendo alterações modestas na dianteira e na traseira, como a adoção de novos para-choques e nova disposição dos faróis e das lanternas.

Contudo, as principais mudanças devem ficar na cabine do Versa, em especial no painel, que provavelmente será totalmente renovado. Além disso, a Nissan deve adotar novos revestimentos nos bancos e nas portas, console central com acabamento em Black Piano, volante igual ao do Sentra, entre outros detalhes que melhoram o interior do veículo.

A tentativa da Nissan é muito válida, já que a diferença de preços entre os outros carros disponíveis nos Estados Unidos é considerável. Apenas para ter uma ideia da diferença, o Kia Rio, o Ford New Fiesta e o Chevrolet Sonic são oferecidos com preços a partir de US$ 13.900, US$ 14.100 e US$ 14.170, respectivamente. Mesmo se o consumidor estadunidense escolher a versão intermediária do Versa (S Plus), que vem com transmissão Xtronic CVT®, o sedan compacto continua mais barato que os outros carros citados, com preço a partir de US$ 13,790.

Até o Mitsubishi Mirage (US$ 12.995), que concorre em outra categoria, é oferecido por um valor menor que o Nissan Versa de entrada.

No Brasil, o novo Versa deve chegar por aqui no segundo semestre. O sedan reestilizado tem tudo para seguir as linhas do modelo que será mostrado em Nova York e deve fazer parte da produção da Nissan na nova unidade fabril de Resende – RJ, que será inaugurada no dia 15 de abril, iniciando a produção do March reestilizado. 

Por Caio Polo

Nissan Versa

Foto: Divulgação


Kia Quoris – Novo sedan de luxo será lançado no Brasil


A marca de carros Kia vai lançar no Brasil o novo Quoris, um sedan que pretende competir com os modelos alemães premium. O nome do carro nos Estados Unidos e Canadá (que fizeram uma propaganda insana para apresentar o carro ao público no Super Bowl) chama-se K9 ou K900. O veículo possui cerca de 5,10 metros de comprimento e entre-eixos de 3,04 metros. Um carro de grande aparato da coreana para rivalizar com os luxuosos da Europa.

Lá fora o carro compete com os modelos da Hyundai Genesis e Equus, contudo esses automóveis não chegaram ao mercado brasileiro, então o novo Quoris vem para entrar na lista de carros completíssimos juntamente com a tradicional BMW e alguns outros.

O Quoris entre no nível de carros top de linha e está acima mesmo do Cadenza, um carro considerado de prestígio. O lançamento da Kia não tem o mesmo estilo do Cadenza, mas vem para pegar uma parcela dos consumidores do modelo do Hyundai Azera. Os propulsores do Quoris fora do país são V6 3,3 e 3,8 litros.

A Kia entra em um mercado de difícil acesso, uma classe de exigências. Contudo, a marca parece estar investindo e desenvolvendo em novas tendências de mercado, em produção e crescimento. Ao mesmo tempo em que a Kia importa o Quoris para o Brasil, ela teve homologação para participar no novo regime automotivo Inovar-Auto, usando então suas 6 mil unidades anuais do mini caminhão Bongo produzidos no Uruguai.

É um volume pequeno, que inviabiliza o anúncio no mercado brasileiro de automóveis como os novos Koup e Cerato Hatch, além da minivan Carens. A cota da Kia precisa ser maior para a importação desses modelos vendidos no exterior, mas para o público que o Quoris irá atender, essas condições se mantêm competitivas para o nosso mercado.

Ainda não foi divulgado o preço do luxuoso carro, mas pelas configurações não custará menos de R$ 200 mil. E, para começar com estilo, a Kia colocou o veículo em algumas cenas da novela da Rede Globo, Amor à Vida. 

Por Carolina Miranda

Kia Quoris

Foto: Divulgação


Mudanças do Honda City 2ª geração lançado no Brasil


A versão do Honda City que chega agora ao Brasil já é passado na Ásia. A segunda geração do carro desembarca aqui e a quarta geração do veículo já circula no maior continente do mundo. A primeira fase do sedan compacto da Honda chegou em 2009, enquanto que em outros países já estava em sua terceira geração.

Contudo, esta nova geração que chega ao Brasil, mesmo com atrasos, teve mudanças. Houve aumento da distância entre os eixos foi de 5 cm, o que resulta em 2,60 m. Além disso, o sedan está 7 cm mais alto e 4 cm mais comprido. No visual, o Honda City também sofreu alterações. As laterais apresentam linhas de caráter mais dinâmicas. A grade frontal passa a ter um único elemento, que contém o emblema da fabricante japonesa e se liga aos faróis. A traseira ganhou lanternas horizontais.

Na parte mecânica do carro, porém, não teve novidade. O motor é 1.5 16V que pode chegar a 120 cavalos de potência e 14,8 kgfm de torque. O câmbio é um CVT desenvolvido pela marca. O sistema de direção continua como elétrico e a suspensão é a mesma com McPherson na frente e barra de torção atrás. Qualquer versão do modelo virá com freios ABS e dois airbags frontais. Outras versões trazem como opção airbags para a cabeça. No Honda City de série vem ainda um controle eletrônico de estabilidade e Hillstart Assist, que auxilia em aclives.

O espaço interno do carro é de surpreender. Na parte de trás do carro, os passageiros contam com duas tomadas de energia e, se na versão mais completa, pode ainda desfrutar de saídas de ar condicionado. As versões superiores também vêm com um botão de partida e a de topo, com controle de cruzeiro.

Esta segunda geração pode conquistar os brasileiros. Mas, mesmo com essas novidades. Vale a pena citar como anda a quarta geração do modelo que, pela tendência, deverá chegar ao Brasil no segundo semestre de 2015.

O Honda City IV conta com seis airbags, câmara de ré, botão de partida, saídas traseiras de ar condicionado, controle de cruzeiro e controle eletrônico de estabilidade. Além de toda essa tecnologia, o motorista e passageiros têm a possibilidade de conectar um telefone celular ao sistema de navegação do carro e ver o conteúdo do aparelho.

Por Carolina Miranda

Novo Honda City

Foto: Divulgação


Chevrolet Classic Advantage – Modelo sedan recebe versão limitada


A General Motors do Brasil anunciou o lançamento da série especial Advantage para o sedan compacto Classic, versão limitada que tem o objetivo de disponibilizar um pacote mais completo de itens de série para o veículo a preços mais acessíveis do que os valores cobrados se os equipamentos fossem adquiridos separadamente, além de trazer padrões estéticos exclusivos.

A edição especial Advantage, que já havia sido oferecida para o Cobalt, o Celta e a minivan Spin, em 2013, adiciona ao Classic itens como direção hidráulica, alarme antifurto, acionamento elétrico para os vidros dianteiros (com sistema antiesmagamento), travas elétricas nas quatro portas, ar condicionado e o fechamento automático “Keyless Entry System”, que aciona remotamente os vidros e as travas com um toque no botão da chave.

O sedan ganhou também rodas de alumínio de 14 polegadas, moldura lateral na cor do veículo, painel central e detalhes internos na cor prata (manopla de câmbio e volante), retrovisores externos pintados em preto brilhante, adesivo de coluna, emblema “Advantage” nas portas, display digital com temperatura, data e hora e rádio com player de CD, MP3 e WMA, Bluetooth, porta USB e entrada auxiliar frontal, além dos obrigatórios airbags e freios ABS, tudo instalado de fábrica.

A parte mecânica do Chevrolet Classic Advantage 2014 é a mesma do modelo convencional, ou seja, ele conta com o motor VHC 1.0 litro, acoplado ao câmbio manual de cinco marchas, que desenvolve 77 cv de potência e 9,5 kgfm de torque se abastecido a gasolina e 78 cv de potência e 9,7 kgfm de torque quando utilizado o etanol, segundo os dados fornecidos pela montadora.

Os interessados em adquirir a nova versão especial do Classic já podem encontrar o modelo nas concessionárias Chevrolet de todo o Brasil. O preço sugerido para a série limitada do sedan é de R$ 34.170,00 e ele está disponível em apenas uma cor, a tonalidade Cinza Mond.

Por André Gonçalves

Chevrolet Classic Advantage

Foto: Divulgação


Fiat Linea 2013 – Versão Sedã, Lançamento


A Fiat lançou junto com o Idea 2013, a sua versão Sedã, o Linea. Ele vem com novos itens de conforto e luxo. Uma dessas novidades é o câmbio Dualogic Plus que dá mais conforto ao motorista na hora de dirigir. 

O Linea 2013 concorre com a maioria dos sedans médios do mercado atualmente, e está disponível em tres versões: o Essence, Sublime e o top de linha Absolute. Todas as três versões vêm com motor 1.8 Flex com 127 cavalos de potência quando usa gasolina. 

Tanto o Essence quanto o Sublime vem com câmbio manual e Dualogic. Somente a versão Absolute vem apenas com o câmbio Dualogic. As principais mudanças no Linea 2013 foram: no seu interior, o painel com novo design mais moderno, display de LCD branco, porta USB no porta luvas, revestimento nos bancos e nas portas, ar condicionado e freios ABS. Apesar de ser um sedan médio, ele mede 4,56m de comprimento, 1,73m de largura e 1,50m de altura. O Linea traz um porta malas com capacidade máxima para 500L e tanque de combustível com capacidade para 60L. 

O Fiat Linea 2013 está sendo vendido nos seguintes preços: Linea Essence 2013 1.8 16V custa de R$ 52.990, Linea Essence Dualogic 2013 1.8 16V R$ 55.780 e o top de linha o Linea Absolute Dualogic 2013 1.8 16V custa R$ 63.140.

Por Mariana Rodrigues


Novo Corolla versão 2012 – mesma estrutura Sedan


O novo Corolla versão 2012 possui a mesma estrutura sedan, porém com alterações no design e mudanças sutis no painel e no volante. Versões Altis e XEI 2.0, GLI e XLI 1.8, 2 ou 4 portas, válvulas de admissão e exaustão com sistema inteligente de abertura.

Ainda volante de couro com comandos de áudio, pode chegar até 180 km/h, motor 2.0 litros 16V, potência de 153 cv a 5800 rpm a álcool, câmbio automático.

O preço? Os valores estimados variam de R$ 63.000,00 à R$ 88.200,00. É um lindo modelo da Toyota para quem quer ter um carro excêntrico, ágil, confortável e sem dúvida, sofisticado!

Por Jaqueline Otero


Peugeot 408 Sedan 2011 – Preço


A produção em série do Peugeot 408 sedan teve início em 5 de novembro em Buenos Aires, mas só deve chegar aqui em março de 2011. Ele vem para substituir o Peugeot 307 sedan, que já deixou de ser produzido. Como no modelo 307, vai ter motor 2.0 Flex de 16 válvulas capaz de desenvolver uma potência de 151 CV, com câmbio manual de cinco velocidades ou automático de quatro velocidades.

O Peugeot 408 sedan tem grande porte, e foi desenvolvido sobre a mesma plataforma do Citroën C4 Pallas. Apesar de estar na categoria dos carros de médio porte, o Peugeot 408 sedan mede 4,69 metros de comprimento, 1,815 metros de largura, e tem um porta-malas espaçoso, 562 litros.

Com o preço em torno de R$ 70.000,00, os seus principais concorrentes serão o Toyota Corolla e o Honda Civic.

Por Gerson de Morais