Recall do Renault Sandero e Duster – Problema no Airbag


Chamado inclui veículos fabricados no ano de 2014.

A montadora de veículos com sede na França, Renault, realizou um pronunciamento na última quinta-feira, dia 26 de janeiro de 2017, anunciando um recall de dois modelos da marca. A empresa publicou que os proprietários dos modelos Renault Duster e Renault Sandero, os quais foram produzidos no ano de 2014, devem levar os seus veículos até um local autorizado para conferência de uma possível falha no airbag, o qual está situado do lado do condutor.

De acordo com informações da montadora, os proprietários desses veículos precisam levar seus veículos até as concessionárias o mais rápido possível para que essa verificação no sistema seja realizada, visto que tal problema pode acarretar em diversos problemas para o condutor do veículo, como danos físicos.

Confira abaixo os números dos chassis que estão envolvidos no recall. Lembrando que o número dos chassis não são sequenciais.

RENAULT SANDERO

Inicia no EJ347159 indo até EJ396614, os quais foram produzidos entre o dia 7 de maio de 2014 e o dia 19 de maio de 2014

RENAULT DUSTER

Inicia no FJ355167 indo até GJ989889, os quais foram produzidos também entre o dia 7 de maio de 2014 e o dia 23 de junho de 2014

De acordo com a montadora, o problema se deve em componente montado no momento de fabricação. O respectivo dispositivo pode não ser acionado caso venha a ocorrer uma colisão.

Tal defeito pode acarretar em vários tipos de lesões graves, podendo até mesmo ser fatal, por não possuir proteção extra que seria oferecida pelo airbag.

A empresa informou através do comunicado que, caso seja necessário, ocorrerá à substituição da peça com possível problema. A mão de obra pode levar em torno de uma hora para ser concluída. Também é válido lembrar que o serviço não tem nenhum tipo de custo para o consumidor.

Os que desejam obter mais informações com relação ao recall pode entrar em contato com a montadora por meio do endereço eletrônico: www.renault.com.br/servicos/recall ou então gratuitamente pelo telefone 0800 055 5615.

FILIPE R SILVA


Fim do Renault Clio – Modelo Sai de Linha após 20 Anos


Após 20 anos de fabricação, Renault Clio sai de cena no Brasil.

O famoso Renault Clio, que foi um estouro de vendas no final da década de 90 até meados de 2005, vai deixar de ser produzido no Brasil. Segundo a montadora francesa, foram emplacadas apenas 43 unidades do veículo em dezembro e em outubro do ano passado a fábrica na cidade de Córdoba, na Argentina, interrompeu a produção do modelo. As últimas unidades restantes que foram vendidas no mês passado eram do estoque da fábrica.

A Renault informou que o Clio deverá ser substituído pelo Kwid, considerado pela montadora um mini SUV. O carro deverá ser comercializado a partir do segundo semestre de 2017 e as expectativas são grandes em relação as vendas. O líder de vendas da Renault é o Sandero, que custa a partir de R$ 42.500,00. O Clio era ofertado a R$ 34.900,00 na sua versão mais completa. A verdade é que o carro ficou sem um atrativo face-lift por muitos anos e com motorização fraca, o que emperrou suas vendas, já que modelos da concorrência eram mais atrativos pelo bolso e pelo visual.

O Clio deu as caras por aqui no final de 1996 já como modelo de 1997 e era importado da França, sua terra natal. Já em 1999, o compacto ganhou uma nova versão e passou a ser produzido em território nacional na fábrica em São José dos Pinhais, no estado do Paraná. Foi em estouro de vendas na época, já que estava bem a frente de seus concorrentes e oferecia ítens como airbags muito antes das leis brasileiras exigirem tal equipamento. Em meados de 2007, perante a alta concorrência, as vendas do Clio caíram vertiginosamente e toda sua produção foi direcionada para a fábrica na Argentina, onde foram feitos quase 550 mil carros. Parecia que o Clio estava com seus dias contados e de lá para cá o carro quase não teve modificações, ao contrário da sua versão na Europa, que teve outras gerações. Impossível de competir com modelos mais bonitos e que ofereciam mais ítens de luxo, o Clio não aguentou e sucumbiu ano passado. O carro não ganhou outras gerações e pecava pela falta de alguns ítens de série, não sendo viável sua compra. No final, era vendido apenas em versão única com ar condicionado, direção hidráulica, travas e vidros elétricos e um motor 1.0 com 77 cavalos.

Rodrigo Souza de Jesus


Novo Renault Sandero Vibe 2017 – Preço e Novidades


Confira aqui as principais novidades e o preço do novo Renault Sandero Vibe 2017.

A partir da adoção de um novo tipo de motor pela montadora francesa Renault, o mercado de carros novos poderá experimentar uma fase de relançamentos de alguns modelos que já vinham fazendo sucesso anteriormente. É o caso do modelo Sandero, que deverá voltar às concessionárias na sua versão mais exclusiva, a Vibe.

Segundo a empresa, os planos são para que o novo modelo seja fabricado em uma quantidade bem limitada, pouco mais de 9.300 unidades. O preço final para o consumidor brasileiro, tanto para os fãs quanto para aqueles que queiram experimentar um novo modelo, deverá ficar em torno de R$ 47.000,00, sendo o modelo mais básico da linha. Caso o cliente queira incluir no seu próximo carro alguns itens que o deixariam mais equipado, terá que desembolsar algo em torno de R$ 2.000,00. No final das contas, para se ter um modelo reservado a poucos, os mais apaixonados teriam que pagar algo em torno de R$ 50.000,00 pela exclusividade.

A versão exclusiva do Sandero Vibe, a Expression 1.0, deverá sair de fábrica com o novo motor dotado de três cilindros, acoplado a um pequeno propulsor que proporcionará ao automóvel um desempenho entre 80 e 82 cavalos de potência.

Com relação aos detalhes externos, o modelo será equipado com rodas em tamanho 15 e os seus aros de fábrica deverão ser de alumínio, num tom escuro bem perto da cor prata. A montadora resolveu inovar em seu estilo e manteve os faróis na horizontal, com detalhes em preto para a dianteira e a cor branca para os traseiros.

Esta série exclusiva deverá chegar às lojas já equipado com ar condicionado, vidros elétricos e retrovisores e travas com o mesmo sistema. Ele deverá vir com um sistema multimídia integrado, onde o motorista através de uma tela sensível ao toque de sete polegadas deverá mostrar todas as funções do automóvel, como o computador de bordo, o sistema GPS de navegação, Bluetooth, rádio e possibilidade de conexão direta tipo USB. Para compor o ambiente interno, ele possui bancos com design próprio e há altos falantes que funcionam no sistema de tipo LED. Para compor um toque de exclusividade, o nome Vibe deverá estar gravado no próprio volante do modelo.

Emmaoel Gomes


Renault Clio 2017 – Novidades e Características


A montadora focou em alguns pontos bem específicos como economia, modernidade e design.

Ao projetar o novo Clio 2017 a Renault ao que parece focou em alguns pontos bem específicos como economia, modernidade e design. Já se ela acertou nas suas escolhas é uma opinião a ser formada por cada um. De qualquer forma vejamos alguns detalhes para que você tenha uma ideia mais ampla sobre este lançamento.

A Renault já ficou famosa em muitos momentos dado o visual, às vezes, único, para seus carros. O Renault Clio 2017 até que foi bem trabalhado nesse aspecto. Em linhas gerais (no design) entre as principais mudanças que vamos encontrar na novidade estão as alterações no capô do veículo e a grade frontal.

Na traseira do veículo as lanternas foram redesenhadas. Destaque para os vincos na tampa do porta-malas do Clio 2017. A presença de uma máscara negra nos faróis do carro e a presença de novos filetes cromados parecem ter agradado aquela gama de consumidores da marca que cobravam uma aparência mais marcante no carro.

Economia:

A montadora incrementou ao carro um indicador de troca de marcha. Também vamos ter um conta giros com zona demarcada para economia de combustível, o Econômetro.

Segurança:

Nesse ponto a Renault está disponibilizando para o Clio 2017 o Brake light; presença de barra de proteção nas portas traseiras e dianteiras; dois apoios de cabeça traseiros com regulagem de altura; apoios de cabeça dianteiros com regulagem de altura; cinto traseiro retrátil, desembaçador para o vidro traseiro; freios ABS; aribags duplos e travas de segurança para as portas traseiras.

A economia e a segurança de fato tiveram uma atenção espacial por parte da montadora. O Inmetro deu para o Clio 2017 a classificação A. De acordo com as informações da página da fabricante ele faz na estrada 14,3 km por litro.

Além disso, ainda temos o Eco Drive. Trata-se de um sistema inteligente que indica ao condutor qual é o momento certo para fazer a troca de marcha. O Eco Drive ainda considera o jeito do motorista.

Entre os outros itens que ainda temos o ar-condicionado de série, kit elétrico, kit music com cd-player, MP3, rádio e 2 alto-falantes.

Na lista de acessórios temos o banco traseiro rebatível, direção hidráulica, limpador de vidro traseiro, iluminação interna central dianteira, computador de bordo com oito funções.

Por fim, temos o motor 1.0 de 16V Hi-Power, bicombustível, 16 válvulas e 4 cilindros em linha.

O Renault Clio 2017 Expression 1.0 sai por R$33.990,00.

Por Denisson Soares

Renault Clio 2017


Renault Kwid 2017 – Preço e Características do Lançamento


Confira aqui o preço e as características do Renault Kwid 2017.

Depois de a Índia conhecer o Kwid, enfim chega a vez dos brasileiros. O carro que chega ao nosso mercado no próximo ano vem também com a missão de ser o responsável pela aposentadoria do Clio. Este último vinha sendo “empurrado” pela fabricante até não dar mais. Em linhas gerais o novo subcompacto da Renault vem com propostas diferentes dos outros que se encontram no mercado. Ele é mais robusto, mais alto e ainda traz um visual interessante, o que promete agradar aqueles consumidores que não “engolem” muito a cara dos modelos descolados atuais.

O Kwid tem chamado a atenção por diversos pontos. Entre eles um dos que mais se destacam é o fato de que seu visual tem uma queda para o offroad bem mais forte do que seus concorrentes, a exemplo do Mobi e do Up!.

Tecnicamente a versão brasileira tem mesmo a cara de um SUV, mas apenas no que diz respeito ao visual, coisa que foi meio que herdada da versão indiana.

Por ser um carro concebido para ser um modelo popular e de baixo custo, na Índia o Kwid sai por algo em torno dos R$ 15 mil. Já aqui no Brasil ainda há alguns “detalhes” que precisam ser ajustados com relação aos preços. Como nossos impostos não são nada atrativos, o modelo deve sair por cerca de R$ 30 mil.

Como dissemos anteriormente, ele vem para o nosso mercado para substituir o Clio. Mas as diferenças em relação a este vão bem além de aspectos visuais. Além da nova motorização (álcool e gasolina), o carro contará com câmbio manual de cinco marchas.

O propulsor será o 0.8 de 3 cilindros, com 57 cavalos de potência. O porta-malas do modelo terá capacidade para 300 litros e de série teremos o sistema de freios ABS e o airbag duplo frontal.

De acordo com as informações divulgadas até agora, a previsão é de que os trabalhos envolvendo a produção do Kwid já começarão nesse final de 2016. A Renault irá produzir o carro na cidade de São José dos Pinhais (PR).

A fabricante ainda continua fazendo um pouco de mistério sobre o carro, mesmo depois de tantos detalhes divulgados. No Salão do Automóvel de São Paulo (2016) ela inclusive resolveu mostrar o carro apenas em sua versão conceitual.

Por Denisson Soares


Renault Captur 2017 – Preço e Características do Carro


Confira aqui o preço e as principais características do Renault Captur 2017.

As montadoras de automóveis perceberam o quanto os SUVs fazem sucesso no Brasil. Por isso, resolveram investir nesse tipo de modelo por aqui. Com a Renault não tem sido diferente, pois ela já anunciou que o Captur terá pré-vendas na terceira semana de novembro no país.

O veículo está sendo produzido em São José dos Pinhais/PR e é um dos mais aguardados lançamentos. Ele terá um preço que varia entre R$ 80.000 e R$ 95.000. Nessa etapa, serão disponibilizadas 900 unidades, que serão entregues em fevereiro do ano que vem. De início, será ofertada a versão Intense do veículo com bancos de couro.

As vendas oficiais de todas as opções do Captur estão previstas para o início de 2017.

Possíveis especificações do Renault Captur

O Captur contará com 13 opções de cores e poderá ser personalizado online. Sua plataforma será a mesma do Duster. Desse modo, há rumores de que ele terá duas alternativas de motor:

  • 2.0 -16V, 142CV (etanol) , 138 CV (gasolina) e tração 4X4 ou 4X2.
  • 1.6 -16V, 115CV (etanol), 100CV (gasolina) e tração 4X2.

O automóvel provavelmente terá estas especificações:

  • Comprimento de 4,33m.
  • Altura de 1,61m.
  • Largura de 1,81m.
  • Porta-malas com capacidade para 387 litros.
  • Espaço para sete lugares.
  • Câmbio automático.

Para conhecer o Captur, basta acessar o site oficial da Renault no Brasil. Na página, já é possível conferir o visual interno e externo do veículo, além de vídeos e imagens em 360°. Porém, até o momento, ainda não foram colocadas informações muito aprofundadas a seu respeito, trazendo todo um clima de mistério ao seu redor. Com certeza, isso tem despertado a curiosidade de muita gente.

Outros SUVs da montadora são expostos no Salão de Automóveis de São Paulo

Na edição 2016 do Salão do Automóvel de São Paulo, a Renault apresenta também dois outros modelos de SUVs: Koleos (luxo) e Kwid (compacto). Assim, o Captur será um intermediário em relação a esses veículos. Além disso, serão expostos em seu estande carros esportivos, elétricos e populares da montadora. O evento ocorre entre os dias 10 e 20 de novembro.

Nas páginas do Youtube e Facebook da montadora, serão disponibilizados vídeos e informações a respeito desses automóveis. Então, mesmo quem não for conferi-los pessoalmente, poderá ter uma boa noção visual deles.

Camilla Silva.


Renault Sandero e Logan 2017 – Lançamento e Novidades


Modelos passaram por mudanças no design e ganharam luzes de LED.

Sandero 2017

A Renault já está divulgando os seus lançamentos para o próximo ano: o Sandero Stepway e o Logan. As novas versões incluem mudanças no design e destaques como, por exemplo, as luzes de rodagem diurna em LED e a nova assinatura que faz parte da iluminação e tem como característica a letra C, que está situada na parte traseira do carro.

Além disso, na parte dianteira a grade do radiador ganhou acabamento formado por aletas e os faróis contam com LED, que proporcionam mais volume, além de um design diferenciado. Outro destaque, é que tanto a versão aventureira quanto a convencional teve novidades como, por exemplo, para-choques, nichos para luzes de neblina e rodas de liga leve.

Sandero 2017

Em algumas parte da Europa, o Logan, da Renault, é denominado Symbol e conta com algumas mudanças como as rodas, que têm um design diferenciado. As novidades no interior do veículo ainda não foram divulgadas pela marca francesa, mas a expectativa é que tenham mudanças na cabine, em que vão ganhar botões com acabamento cromo-acetinado, além de novos anéis no painel de instrumento, novas saídas de ar com design arrojado e acabamento com qualidade superior.

Entre outras novidades já divulgadas pela Renault, estão o novo volante com um revestimento diferenciado, que fará parte das versões mais caras e possuem novos controles de piloto automático/limitador de velocidade. Além disso, os comandos dos vidros elétricos estarão localizados nos painéis da porta e a abertura do tanque de combustível será interna no novo carro.

Nos modelos europeus, os carros terão um sistema denominado Hill Start Assist, que são usados em saídas de rampa e contam também com indicação de direção por meio do sistema com um único toque, câmera de ré e sistema de infotainmnt Medianav Evolution.

Outra novidade é Renault 2.0, que é o primeiro modelo esportivo fabricado no País. O carro conta com tecnologia de ponta como, por exemplo, o motor, que tem a capacidade de aceleração de 0 a 100 Km em apenas 08 segundos. Além disso, o automóvel tem 03 modos de direção e controle de tração, além de design funcional e, assim, oferece segurança e estabilidade no dia a dia.

Por Babi


Novo Renault Fluence 2017 será vendido no Brasil em breve


Sedan será vendido em 4 versões com importantes mudanças internas e externas, exibindo detalhes que o diferenciam de seus concorrentes.

Logo as concessionárias Renault de todo o Brasil receberão para a venda o Novo Renault Fluence 2017. O Sedan, em suas quatros versões, traz importantes mudanças internas e externas, exibindo detalhes que o diferenciam de seus concorrentes.

Para começar vamos falar da nova identidade visual adotada pela marca, que se caracteriza pela grade e o símbolo em tamanho maior, conectados aos faróis, que resultam em um efeito no mínimo marcante. Para compor ainda mais, o modelo apresenta linhas mais elevadas que juntamente com lanternas de LED ultrapassam a lateral. Os faróis alongados, muita modernidade nas rodas de liga leva e pisca nos retrovisores, resultam em um efeito moderno e esportivo.

O seu interior é um show de tecnologia, pois o modelo já vem com trava elétrica, vidro elétrico, ar-condicionado digital dual zone, volante multifuncional, kit multimídia, câmbio automático e muito mais recursos tecnológicos, que aliados ao seu amplo espaço garantem conforto e comodidade aos seus cinco ocupantes. Sem falar de um espaçoso porta-malas, perfeito para quem tem família ou que carrega muitas coisas.

Por falar em conforto, o Fluence 2017, apresenta uma estabilidade incrível. O ajuste que existe entre o câmbio e seu motor que é forte e potente garantindo o seu excelente e silencioso desempenho, pois possui uma rodagem muita macia.

O motor 2.0 16V flex de 143 cavalos com álcool e 140 cavalos com gasolina é o mesmo em todas as versões. O que pode variar de acordo com a versão é a transmissão que pode ser manual de seis marchas ou automática CVT com modo manual.

Confira os preços, que variam de acordo com a versão:

Novo Renault Fluence 2017 Dynamique 2.0 câmbio manual – R$ 74.500

Novo Renault Fluence 2017 Dynamique 2.0 câmbio automático – R$ 79.500

Novo Renault Fluence 2017 Dynamique Plus 2.0 câmbio automático – R$ 83.214

Novo Renault Fluence 2017 Privilege 2.0 câmbio automático – R$ 90.320

O Sedan é um automóvel muito querido pelos brasileiros, pois além de ser muito bonito e estiloso, oferece muito conforto ao motorista. Além disso, os itens de série do modelo são muito atrativos. Sem dúvidas o Renaut Fluence 2017 será mais um automóvel que alcançará uma boa média de vendas no Brasil.

Por Sirlene Montes

Novo Fluence 2017

Foto: Divulgação


Renault irá fabricar os modelos Kwid e Captur no Brasil


Modelos serão fabricados na unidade de São José dos Pinhais (PR) e têm previsão de que as vendas sejam iniciadas em 2017.

De acordo com as informações divulgadas por Carlos Ghosn, o atual presidente do grupo Renault de fato a linha de “produtos” da companhia será implementada por aqui. Segundo as informações da marca francesa com atuação no Brasil os modelos que deverão se unir aos que já se encontram por aqui são o Kwid e o Captur. Nos dois casos as fabricações irão acontecer na unidade da companhia que se encontra situada na cidade de São José dos Pinhais.

E tem mais. De acordo com a própria fabricante além dos dois modelos citados anteriormente também está previsto o Koleos. Até o presente momento a informação é de que este modelo seja importado e que chegará ao mercado brasileiro com a função importante de entrar na briga entre os SUVs de porte maior e mais sofisticados.

Previsão de venda:

A estimativa dada pela marca é de que nos três casos que tratamos aqui o início das vendas comece no ano de 2017.

O que a Renault esperada com tudo isso?

Bom, para início de conversa as investidas da marca com foco em novos lançamentos têm um objetivo bastante claro: Ampliar, ou melhor, alcançar 10% da fatia do mercado. Ao menos é isso que espera Ghosn.

De acordo com os dados oficiais divulgados no momento atual a Renault conta com um percentual de 7,39% de participação. Com uma fatia de 10% vamos encontrar outra famosa, a Hyundai ocupando a quarta posição.

A montadora já informou a data para matar a curiosidade das pessoas. A previsão é de que os três modelos sejam apresentados oficialmente durante a realização do Salão do Automóvel de São Paulo. O evento ocorrerá no mês de novembro de 2016.

Conforme as informações dadas por Ghosn, o desenvolvimento do Kwid que já se encontra em plena venda na Índia e também do Captur tiveram uma “pitadinha” da América Latina já que as áreas de tecnologia e design daqui também participaram do projeto.

O presidente do grupo ainda destaca um ponto interessante nisso tudo. Ele considera que mesmo tendo havido uma queda significativa no mercado brasileiro em 2016 o fato acabou sendo contrabalanceado devido a um desenvolvimento fundamental que ocorreu em diversas regiões tais como na Europa, na África e na Índia.

Ghosn se mantém confiante nesse cenário todo e afirma que é muito provável que a marca consiga fechar o ano de 2016 com recorde nas vendas.

Bom, agora é esperar para ver o que realmente vai acontecer.

Por Denisson Soares

Renault Kwid e Captur


Renault Koleos deverá chegar ao mercado brasileiro em 2016


O modelo será concorrente dos conhecidos Hyundai ix35 e o Honda CR-V dentre outros do segmento.

A maior parte dos veículos oferecidos pela Renault para o mercado de automóveis brasileiro atualmente vem de sua subsidiária romena que produz modelos de baixo custo, a Dacia. Entretanto, a marca está querendo mudar um pouco esse cenário e já planeja renovar a gama de modelos oferecidos por aqui a começar com a chegada do Koleos. De acordo com as informações divulgadas até o momento o plano é de que a versão já esteja disponível nas lojas até o final de 2016.

O Koleos será fabricado na Coreia do Sul. Segundo o que se tem noticiado ele deverá aparecer para entrar em uma linha direta de concorrência com os conhecidos Hyundai ix35 e o Honda CR-V dentre outros do segmento. O preço até agora ainda não foi definido, mas a probabilidade é de que fique em uma faixa acima dos R$100 mil. Depois dele ainda é esperada a chegada de seu “irmão” menor, o Kaptur e também o hatch de entrada Kwid.

A versão topo de linha do Koleos não deixa dúvidas de que ele será mesmo capaz de impor um desafio aos concorrentes. Ela é bem equipada. Como itens de série o modelo conta com sensores de ponto cego e obstáculos ao redor do carro e ar-condicionado digital com duas zonas de temperatura. Destaque para a presença de uma tela sensível ao toque com 9 polegadas colocada bem no centro do painel. Ela até que se parece com um tablet e é responsável por controlar todas as funções oferecidas no utilitário.

A câmera de ré e o GPS também são item de série. Ainda assim a interação com o Android Auto e o CarPlay ainda vão ter que esperar um pouco. Isso só está previsto para 2017.

O Koleos em termos gerais é um carro bem espaçoso proporcionando um vão considerável para as pernas. O porta-malas comporta 600 litros e conta com acionamento elétrico da tampa (ele pode ser aberto simplesmente passando o pé embaixo do para-choque traseiro).

No aspecto visual o carro apresenta um ar imponente. Na frente a logo da Renaut se destaca. O modelo também conta com faróis de LEDs diurnos.

No caso do Brasil a informação é de que o Koleos deverá aparecer com um motor de 2.5 movido a gasolina. São 170 cavalos e com câmbio CVT.

Por Denisson Soares

Renault Koleos


Comparativo Peugeot 208 GT x Renault Sandero RS – Qual é Melhor?


Confira aqui um comparativo entre o Peugeot 208 GT e o Renault Sandero RS.

No meio automobilístico, de vez em quando ouvimos expressões como “pocket rockets”, o que em um português claro quer dizer basicamente "foguetinho de bolso", ou seja, aqueles modelinhos pequenos e rápidos de carros. Sabendo disso, a boa notícia é que o Brasil agora conta com mais dois representantes dessa categoria.

Para refrescar a memória, no mês de setembro de 2015 chegou por aqui o Renault Sandero RS, este por sua vez tem sua unidade de fabricação localizada em São José dos Pinhais (PR). Na tabela oficial de preços ele parte dos R$ 61.509. Já da fábrica da Peugeot, situada em Porto Real, no estado do Rio de Janeiro, irá chegar o 208 GT. A informação é de que os preços iniciais ficam em R$ 79.790.

Analisando as duas opções, uma das primeiras conclusões a que chegamos é que entre os modelos que seguem essa linha os dois defendem muito bem o conceito dos “pocket rocket”. Um dos principais pontos que contribuem para isso é o fato de que eles entregam mesmo uma ótima qualidade em termos de agilidade. Mas há um porém, quando o assunto é uma pegada um pouco mais para o lado esportivo, eles deixam a desejar. Outro aspecto que deve ser considerado nesse sentido é o fato de que a recém-lançada versão do 208 chega com um preço batendo na porta dos R$ 80.000. A título de curiosidade, acaba sendo mais caro que o Sandero RS.

Agora se formos tratar das versões tradicionais, o 208 sem dúvida alguma segue sendo superior ao Sandero. Logo a primeira vista a Peugeot se destaca na questão da construção do carro, que consequentemente acaba afetando de maneira direta no “gosto de guiar” do condutor. Além disso, ainda podemos incluir na lista o acabamento do carro, digno de uma certa dose de respeito e um ponto que muita gente deverá adorar: a diversidade tecnológica que se encontra integrada no modelo. Já naquela parte que interessa a qualquer um que planeja ter um carro, o GT de cara anda mais rápido do que RS.

A novidade prestes a estar presente nas lojas de todo país possui um motor 1.6 flexível, com capacidade de gerar até 173 cv. O RS com o 2.0 aspirado entrega 150 cv, observando o fato de que nos dois casos foram analisados com o uso do etanol.

Por Denisson Soares


Renault Alaskan – Lançamento e Fotos da Nova Picape


Confira aqui as principais informações e fotos sobre o Renault Alaskan, nova picape da montadora que deverá chegar ao Brasil em 2018.

A Renault apresentou na última quinta-feira, dia 30 de junho, pela primeira vez na Colômbia a última versão de sua mais nova caminhonete média, a qual terá o nome de Alaskan, da mesma forma que o conceito mostrado no mês de setembro de 2015. O Brasil irá receber o modelo apenas no ano de 2018, quando se inicia a sua produção na Argentina, na cidade de Córdoba.

No próximo mês de novembro a picape deverá ser uma das grandes atrações da montadora no Salão de São Paulo.

O modelo será comercializado na Colômbia neste ano, logo depois na Argentina, antes mesmo de chegar ao Brasil. Inicialmente ela será importada diretamente do México.

Segundo a Renault, o Alaskan chegará com preço bem competitivo, apesar de não ter divulgado ainda os valores. De acordo com o vice-presidente sênior da marca, Olivier Murguet, a empresa não é arrogante a ponto de entrar num determinado seguimento com um preço maior que seus rivais.

A Alaskan é a primeira caminhonete da Renault que conta com a capacidade para transportar uma tonelada. O veículo será comercializado com duas opções de motores: o 2.3 de 160 e 190 cavalos e o 2.5 também com a mesma potência, ambos movidos a diesel e com 4 cilindros, que herdaram da van Master e também um 2.5 movida a gasolina, com 160 cavalos de potência.

Aqui no Brasil o motor será o 2.3, com tração 4×2 ou 4×4 e transmissão automática ou manual.

A empresa já informou que não haverá apenas um tipo de caçamba e cabine. Ainda não foram divulgadas as medidas do modelo, apenas a distância em relação ao solo, que será de 23 centímetros.

A suspensão da picape será do tipo multilink de 5 braços, com assistente de partida em descida e em rampa. Sem contar que também terá uma câmera de 360 graus.

Até o ano de 2015, a marca não possuía nenhuma picape. A Duster Oroch foi a precedente que teve seu lançamento no final do ano passado.

A Alaskan será um modelo mundial que foi desenvolvido no Japão, América Latina e França. Além de ser produzida no México e na Argentina, também será feita na Espanha, na cidade de Barcelona.

No atual mercado brasileiro, o modelo vem para concorrer com as famosas Ford Ranger, Chevrolet S10 e Toyota Hilux.

FILIPE R SILVA


Novo Renault Duster Oroch 2017 com Câmbio Automático – Preços e Novidades


Confira aqui as principais novidades presentes no Novo Renault Duster Oroch Automático 2017.

Os modelos Renault Duster Oroch e Renault Duster chegaram à linha 2017 contando com poucas alterações para a melhoria, quando o assunto é ergonomia e eficiência de consumo de combustível. A principal novidade na linha é uma alternativa de câmbio, que passa a ter transmissão automática e quatro velocidades agora também para a picape.

Abaixo é possível visualizar os preços sugeridos pela montadora para a linha 2017 de ambos os modelos:

Renault Duster Oroch

  • Dynamique 1.6: R$ 70.580
  • Expression 1.6: R$ 66.080
  • Dynamique Câmbio Automático 2.0: R$ 76.580
  • Dynamique 2.0: R$ 74.580

Renault Duster

  • Dynamique Câmbio Manual 1.6: R$ 72.580
  • Expression Câmbio Manual 1.6: R$ 66.490
  • Dynamique 4×4 Plus 2.0: R$ 84.690
  • Dynamique Câmbio Automático 2.0: R$ 83.540

De acordo com as informações publicadas por meio da montadora francesa, algumas melhorias foram realizadas no motor de 2 mil cilindradas (2.0), o que irá diminuir o consumo de combustível em cerca de 11,5%, sem alterar assim a sua potência e o seu torque.

Dentre as mudanças realizadas pela companhia, está um sistema que regenera a energia da bateria enquanto acontece o processo de desaceleração do veículo, tecnologia esta que foi inspirada nas utilizadas em carros de corrida na Fórmula 1. Desta forma, quando se acelera o veículo o alternador não tem a necessidade de roubar energia do motor.

Além dessas novidades apresentadas, agora ambos os modelos da Renault passam a contar com a assistência elétrica na direção, deixando de ser apenas hidráulica, o que acaba consumindo uma maior quantidade de combustível.

Tanto o Renault Oroch quanto o Renault Duster obtiveram a nota "A" dentro de suas próprias categorias no PBEV, o Programa Brasileiro de Etiquetagem Veicular, porém, no ranking geral ganharam a letra "C".

Com o objetivo de melhorar a ergonomia e com o intuito de facilitar a vida dos condutores, a montadora francesa alterou o local do comando elétrico de retrovisores, que antes se localizava na parte debaixo do freio de mão e agora passou para um local mais comum e com um acesso mais fácil, a porta do motorista. Outra mudança feita no veiculo foi o acionamento do vidro elétrico, que agora para subir e descer passa a contar com sistema de um único toque.

FILIPE R SILVA


Renault Twingo Hipanema – Nova Edição Especial em Homenagem ao Brasil


Edição limitada será vendida apenas na França e os compradores ainda ganharão uma coleção de pulseiras, um anel e um colar exclusivos.

A Renault acaba de lançar uma edição limitada do Twingo e o mais legal disso tudo é que a fabricação é uma homenagem ao Brasil. Em 2014 a montadora apresentou a terceira geração do Twingo no Salão do Automóvel em Paris, a edição que recebeu o nome de Hipanema foi repaginada a fim de se diferenciar do restante da frota. Além disso, novos equipamentos foram agregados ao modelo. Como não poderia ser diferente em uma típica homenagem ao Brasil, o carro será fabricado em cores tropicais com referência às praias brasileiras, a lateral do automóvel recebe um grafismo feito com desenhos de corais contrastando com os retrovisores na cor laranja.

Para desenvolver a ideia para o novo modelo do carro que foi comercializado no Brasil em torno de 1994 e 2002, a Renault contou com a colaboração da joalheria Hipanema. O novo Twigo é equipado com motor 1.0, com potência de 70 cv e torque de 9,3 mkgf, câmbio manual de 5 machas com tração traseira, uma novidade para os modelos compactos.

O interior do carro foi outro ponto de atenção para que o mesmo caísse no gosto do público. Tanto o carpete como as soleiras do carro contam com emblemas pintados em laranja e teto solar em lona, reforçando a homenagem realizada ao Brasil.

Os itens de série contam com: vidro elétrico, sistema multimídia compatível com celular, painel com suporte para celular e rodas de liga leve.

A edição limitada contará com três cores em sua fabricação: branco, amarelo e azul. Os sortudos que adquirirem o modelo ganharão de brinde uma coleção de pulseiras que foram desenvolvidas exclusivamente para esta edição do carro, além de um anel e colar também exclusivos.

Por se tratar de um compacto e com os brindes que acompanham o carro, a Renault aposta que o público feminino será o mais interessado na aquisição do Hipanema. A edição, entretanto, será vendida apenas na França, embora a homenagem seja feita ao Brasil. O preço do veículo é estimado em torno de R$ 56.170,00. Na apresentação do modelo, o porta voz da Renault definiu o modelo como sendo “todo o Brasil em um carro”.

Por Jaime Pargan


Renault Duster 2017 – Nova Geração chegará em 2017


Modelo terá laterais mais largas e design mais arredondado. Preço inicial do carro deverá ser de 12 mil euros.

A Renault vem investindo bastante em novas gerações para as famílias de automóveis já consolidadas no mercado mundial. Dois grandes exemplos são Logan e Sandero, que contam com novas gerações. Em contrapartida, o Duster, irmão de plataforma dos dois modelos citados anteriormente, ganhou apenas uma atualização. Mas isso não deve durar muito tempo, pois a Renault já anunciou que a nova geração do Duster chega em 2017. Nova plataforma, mudanças no design, qualidade de construção e espaço para sete pessoas são algumas das novidades.

Um detalhe importante é que, segundo destacou a publicação da AutoPlus francesa, o novo Renault Duster deve seguir os padrões do Sandero e do Logan na parte dianteira. Dessa forma, faróis mais estreitos que acabam se incorporando à grade e para-choque com grande tomada de ar deve estar presente no novo Duster. Uma das mudanças mais radicais deve ser feita no porte, pois o mesmo será alongado em 20 cm, dessa forma, chegando a 4,50 m. Com isso, o automóvel vai apresentar crescimento no entre-eixos e no balanço traseiro. O resultado disso será o fato de o porta-malas abrigar um banco para dois passageiros, o que permitirá o espaço para sete pessoas.

Além disso, é importante destacar que essa mudança no porte deixará as laterais do automóvel um pouco mais largas e seu design mais arredondado. Essas mudanças no design vão deixar o novo Renault Duster lembrando bastante o já conhecido Renault Kadjar.

A traseira também passará por mudanças e um dos destaques devem ser as lanternas quadradas no estilo Jeep Renegade, mudando bastante em relação ao atual modelo vertical de lanternas. A parte da ligação dos para-choques se dará através de uma proteção plástica sem pintura e acabará cobrindo as caixas de roda, bem como a parte inferior das portas.

A parte interior do automóvel não deve conter muitas mudanças, haja vista o novo Duster 2017 ser um projeto de baixo custo. Com isso, o acabamento em plásticos rígidos deve se manter. Apesar disso, uma melhoria na qualidade dos materiais, bem como novos itens são esperados. A plataforma do automóvel será atualizada visando uma melhor dirigibilidade, além de segurança em impactos.

No mercado europeu, o Duster 2017 contará com motor a gasolina de 130 cv e diesel de 115 cv. O preço inicial deve ser a partir de 12 mil euros.

Por Bruno Henrique


Renault anuncia Recall do Sandero e Logan


Veículos fabricados entre 4 de novembro e 4 de dezembro de 2015 devem realizar a inspeção em concessionárias autorizadas mais próximas.

Foi anunciado pela Renault do Brasil, no dia 22 de Fevereiro, um recall de cerca de 3.120 unidades dos veículos Sandero e Logan. Os motivos alegados pela empresa são a substituição de um componente que faz a ligação entre a caixa de direção e o cubo de roda.

Segundo o comunicado emitido pela empresa, existe a possibilidade de ocorrer um rompimento da rótula axial enquanto o veículos se encontram em movimento, o que pode vir a causar grande perda da dirigibilidade do carro e em consequência alta probabilidade de acidentes de graves proporções.

Até o momento o referido defeito está vindo a afetar as versões do Logan Autentique, Expression e Dynamique. Já no caso do Sandero as versões Stepway, GT Line e o recente lançamento R.S. 2.0 .

Os chassis do Sandero que estão entre as unidades com problemas vão de GJ129961 a GJ235739 e do Logan os chassis vão de GJ149048 até GJ235231. No novo Sandero R.S. 2.0 os números vão de GJ192635 a GJ227791. As referidas unidades defeituosas foram fabricadas entre 4 de Novembro e 4 de Dezembro de 2015. Até o presente momento este é o único comunicado emitido pela Renault do Brasil, não existindo recalls semelhantes em quaisquer outros modelos da marca.

Os proprietários deverão então verificar seus referidos chassis e em caso de estarem entre os números presentes no recall, devem agendar uma verificação bem como o reparo de forma gratuita na concessionária autorizada mais próxima. A estimativa de tempo para o conserto fica entre 2 horas e 30 minutos e 3 horas.

Em caso de maiores dúvidas sobre o assunto, a Renault recomenda que o consumidor venha a acessar o site Renault Brasil através do link www.renault.com.br e utilizar o chat online ou se comunicar com um dos atendentes pelo número 0800 055 56 15.

JOSÉ REINALDO NAVEGANTES SILVA


Novo Renault Kwid será lançado em 2017


Novo carro da Renault será produzido em São José dos Pinhais (PR) e substituirá o Clio.

A Renault está preparando a estreia do Kwid, porém, isso não ocorrerá neste ano de 2016, devido alguns atrasos ocorridos. A empresa francesa pretende fazer uma pré-apresentação do compacto popular, que veio para ocupar o espaço do Clio, somente em outubro deste ano. O veículo de baixo custo não será comercializado em países da Europa, mas é uma grande para mercados emergentes como é o caso do Brasil e da Índia. O lançamento irá demorar um pouco para ocorrer, mas já foram feitas as primeiras avaliações do veículo.

Com um desenho aventureiro, uma engenharia parruda nos moldes do Renault Dacia e uma leve pegada de crossover, o Kwid mostra como o nicho teve suas mudanças desde que o Clio foi lançado no ano de 1999. O veículo é mais espaçoso na parte interna, o que é muito exigido no mercado indiano, onde o modelo já foi apresentado. No país asiático, a qualidade das estradas são piores que no Brasil, portanto, há grandes chances que o Kwid  produzido no Paraná faça uso de uma suspensão mais baixa, para que haja um aumento no equilíbrio dinâmico.

O Kwid internamente teve alguns toques do Sandero. O novo modelo da marca oferece um porta-malas com capacidade de 300 litros e comporta quatro adultos sem maiores problemas, o que seria um ponto positivo para venda por aqui, pela tendência de ser um carro consumido por muitas famílias.

O painel de instrumentos é centralizado num pequeno visor digital, com visual moderno, porém, comente com o básico, ou seja, não possui conta-giros, por exemplo. O espaço do console central possui uma tomada 12V logo à frente da alavanca de câmbio. Oferece, ar-condicionado e também central multimídia Media Nav com entrada USB e tela sensível ao toque como acessórios opcionais.

Nas versões mais luxuosas, que ainda está abaixo do Renault Sandero, que hoje está a partir de R$ 38.250, este lançamento contará com motor mais potente, podendo ser tanto o que é utilizado hoje no Clio (1.0 16 válvulas Hi-Power) ou até mesmo o do Nissan March (um propulsor 1.0 de 12 válvulas).

A montagem do Kwid será na cidade de São José dos Pinhais, no Paraná.

Nádia Neves


Novo Renault Sandero Rip Curl 2016 é lançado no Brasil


Modelo possui novo visual e custa a partir de R$ 54 mil.

A Renault anunciou na última quarta-feira, dia 25 de novembro de 2015, que após o sucesso da primeira versão da série, o Sandero Stepway irá retornar com o Rip Curl, desta vez trazendo algumas novidades visuais além de uma grande quantidade de itens de série por aproximadamente R$ 54.650 para a versão mais simples, a qual possui câmbio manual de cinco marchas, já com câmbio automático de cinco marchas Easy’R o valor chega a R$ 57.450. Equipado também com motor de 1.6 litros, 8 válvulas, movido a etanol ou gasolina, além de possuir 106 cavalos de potência e 15,5 kgfm de torque.

Essa série é uma parceria realizada entre a fabricante e a marca australiana de artigos para surf. Ela foi limitada em uma produção de 4.600 exemplares. Este modelo é diferenciado dos demais, pois é equipado com rodas de liga leve de 16 polegadas, retrovisores e barras de teto na cor cinza Inox, além do adesivo com o nome da marca “Rip Curl” (que dá nome a série) nas soleiras e também nas portas.

Na parte interna do veículo, os bancos são inspirados no neoprene, uma espécie de material utilizado em roupas de surf, contam com revestimento exclusivo na cor preta, com o logotipo da Rip Curl nos encostos de cabeça e com alguns detalhes em vermelho. O velocímetro e as saídas de ar também levam a mesma cor.

O novo Sandero Stepway Rip Curl já vem de fábrica com itens como controlador e limitador de velocidade, ar-condicionado automático, sensores traseiros de estacionamento, direção hidráulica, trio elétrico e também central multimídia que possui uma tela sensível ao toque de 7 polegadas, navegador GPS com atualizações de trânsito em tempo real e conexão sem fio Bluetooth. A tecnologia presente no carro também permite o acesso de redes sociais e aplicativos de músicas online.

FILIPE RIBEIRO DA SILVA


Novo Renault Sandero RS 2016 chega cheio de Novidades


Modelo ficou mais esportivo e potente. Preço varia de R$ 58 mil a R$ 59 mil.

"O primeiro Renault Sport fabricado no Brasil", segundo a própria empresa, já está no mercado. Mas as mudanças não limitaram-se ao visual mais descolado, agressivo e aos detalhes da versão. O Sandero ficou mais potente e mais seguro em relação ao antecessor 1.6. E foram adicionados itens de série ao modelo RS.

O novo 2.0 gera potência de 150 cavalos, 46 cv a mais que o convencional a 5.750 rpm e 20,9 kgfm de torque. O aumento de força impactou no consumo, que passou de 9,2 km/litro na cidade e 11,3 km/litro na estrada para 7,1km/litro e 9,5 km/litro, respectivamente.

O quesito segurança foi melhorado com novos mecanismos. Agora o Sandero conta com controle eletrônico de estabilidade e assistente de partida em rampas. Os freios foram aperfeiçoados com discos maiores e ventilados e as rodas, com polegadas aumentadas para 16. Além disso, as molas novas são 92% mais duras na frente e 10% atrás. Os amortecedores passaram a ser de poliuretano para maior resistência e dispostos em posições angulares verticais, o que proporciona maior estabilidade em frenagens bruscas e curvas fechadas.

Os novos itens de série são o maior upgrade do lançamento. Adicionou-se rádio com conexões USB, auxiliar e Bluetooth; rodas de liga leve; direção eletro-hidráulica; sistema multimídia Media Nav Evolution com tela touchscreen de sete polegadas e navegação GPS. O veículo ainda possui computador de bordo, sensor de estacionamento traseiro, trio elétrico e controle telefônico.

Na aparência, o veículo ganhou detalhes metalizados nos para-choques, luzes de LED na dianteira e mais cinco centímetros no spoiler.

Com todas essas mudanças, o RS custa mais de R$ 10 mil a mais que o Sandero top de linha anterior. O preço em relação ao atual Stepway é maior em R$ 5 mil. O valor ainda pode subir de R$ 58.880 para R$ 59.880 com a aquisição do único opcional, rodas de 17 polegadas.

Bruno Klein


Novo Sandero Rip Curl 2016 – Lançamento e Preço no Brasil


Veículo mantém padrão e aparece no configurador do site Renault por R$ 53.850.

O modelo especial "Sandero Rip Curl" apareceu, por algumas horas, no configurador online do site da Renault com o valor de R$ 53.850 (R$ 50 mais caro que a versão convencional Sandero Stepway). Essa versão foi produzida por meio da colaboração de uma grife de surfistas. Apesar do Rip Curl ser um modelo já conhecido, essa nova versão destaca por inovar na linha hatch aventureiro, com um design mais esportivo. Além disso, o novo modelo tem como diferencial o revestimento dos bancos e detalhes nos difusores de ar. Mantendo também o padrão dos carros que vêm sendo produzidos pela Renault nos últimos anos no Brasil e em outros países fabricantes da marca.

Segundo o site da Renault, a versão "Sandero Rip Curl" vai disponibilizar os mesmos equipamentos da versão convencional Stepway, que são: o câmbio manual de cinco marchas, sensor de estacionamento, computador de bordo, rodas de liga leve aro 16 na cor preta, ar condicionado automático, sistema multímidia Media NAV com tela 7 (sensível a toque), GPS, entre outros. Além desses equipamentos, tendo como base ainda o modelo Stepway, o Sandero Rip Curl tem bancos traseiros na cor clara, rack de teto, detalhes escurecidos no acabamento final e painel com destaques coloridos. E para complementar, de forma opcional, o Rip Curl disponibiliza ainda um conjunto de rodas de liga leve aro 16 "com pintura clara por um preço aproximado de R$ 890.

Outro diferencial, que é parecido com o Sandero Stepway, é o motor de quatro-cilindros 1.6 de até 106 cv com etanol a 5.500 rpm, enquanto o toque fica em 15,5 mkgf a 2.850 rpm.

A marca Renault, que é fabricante do Sandero Rip Curl, declarou que o lançamento desse modelo foi adiado e ainda não tem uma data definida para ser realizado.

Stephanie Rodrigues do Nascimento


Renault Kwid – Novo Carro Sucessor do Clio


Novo veículo de entrada da Renault será fabricado em São José dos Pinhais (PR) e contará com o mesmo motor no Versa e March.

A grande e renomada fabricante de veículos automotores francesa Renault lançou mais um veículo no mercado, essa novidade é o Renault Kwid. Segundo informações de membros da empresa, este veículo foi desenvolvido para ser comercializado prioritariamente em mercados emergentes, tais como na Índia, no Oriente Médio e na África do Sul, sendo que nestas localidades o carro será produzido pela fábrica da Renault localizada na Índia. Outro país que a empresa também irá lançar este modelo será o Irã.

Já no Continente Europeu a Renault já divulgou oficialmente, através do seu CEO Carlos Ghosn, que o veículo não será comercializado por lá, esta confirmação foi feita no decorrer do Salão de Frankfurt.

Aqui no Brasil, o Renault Kwid será o novo carro de entrada da marca e terá a sua produção sendo feita na unidade da empresa situada na cidade de São José dos Pinhais (PR), sendo que com a chegada desta novidade o veterano Renault Clio ganhará a sua aposentadoria no ano de 2016.

O Kwid foi baseado na plataforma CMF, a qual deu ao veículo 3,68 metros de comprimento e 1,58 metros de largura. Com relação à motorização, o carro será comercializado aqui no Brasil com um propulsor 1.0 12V, o qual será capaz de produzir uma potência máxima de até 77 cavalos, vale ressaltar que este motor já é um velho conhecido aqui no país, uma vez que ele equipa modelos já comercializados no mercado nacional, tais como o Nissan Versa e o March.

Na sua parte interna o Renault Kwid traz itens de baixo custo, como por exemplo, painel com a presença de apenas um mostrador digital, comandos de vidros elétricos situados no painel e acabamento interno das portas feito integralmente de plástico e com ausência de forração confeccionada em tecido. O grande destaque do interior deste carro ficou por conta da central de multimídia, a qual possui uma tela de 7 polegadas e tem a presença de Bluetooth e GPS.

Por Adriano Oliveira


Novo Renault Fluence GT Line 2016


Veículo deve agradar os consumidores e chega às concessionárias custando R$ 79.990.

Mesmo sem o ter lançado oficialmente, a Renault já disponibilizou em seu site oficial a linha 2016 do Renault Fluence GT Line. Trata-se de um grande lançamento para o mercado automobilístico e que promete trazer bastante sucesso para a montadora francesa. O preço inicial do Fluence GT Line 2016 começa em R$ 79.990. Esse lançamento trouxe um toque mais esportivo para esta linha, mesmo depois de um ano após sua primeira reestilização. Confira mais detalhes na continuação desta matéria.

É importante destacar que mesmo com um visual mais arrojado e puxando para o lado esportivo, a própria Renault já destacou que o lançamento teve como base a versão Dynamique, modelo intermediário da montadora. Dessa forma, o Fluence GT Line 2016 também vem acompanhado de motor 2.0 16V de 140 cv (gasolina) ou 143 cv (etanol). Associado a este motor temos o câmbio CVT que possui como destaque a simulação de seis marchas virtuais.

Para aqueles que gostam de automóveis bem equipados, saibam que o Fluence GT Line 2016 vai lhe agradar bastante. O automóvel possui um grande número de itens de série. Sendo assim, essa deve ser uma característica que deve atrair muitos clientes. Dentre os principais itens de série, podemos destacar: sistema multimídia R-Link com câmera de ré, direção elétrica, ar condicionado digital dual zone, chave-cartão hands free acompanhado de walk away closing, sensores de chuva e de luminosidade, teto solar elétrico com sistema antiesmagamento, entre outros atrativos.

E para aqueles que buscam carros com muita segurança, saibam que o lançamento da Renault também é bastante forte nesta categoria. Os principais destaques ficam por conta dos quatro airbags e também dos freios ABS, que vêm acompanhados de EBS e AFU.

Saiba que o Fluence GT Line possui detalhes em seu design que o difere das demais versões. O aerofólio traseiro é um dos exemplos, juntamente com o para-choque dianteiro, que foi redesenhado e chega mais agressivo. Outros destaques ficam por conta das saias dianteiras e do defletor de ar na cor prata.

Por Bruno Henrique


Novo Renault Sandero RS com motor 2.0


Novo carro deverá chegar às concessionárias em setembro deste ano e custará cerca de R$ 60 mil.

Após ter aparecido por diversas vezes em aparições surpresas aqui no Brasil, finalmente a fabricante de veículos Renault resolveu, na última quinta-feira, dia 18 de junho de 2015, revelar de vez o veículo Sandero modelo RS. Este veículo foi revelado durante o transcorrer do Salão do Automóvel de Buenos Aires, justamente ao lado da média picape da marca, a Duster Oroch.

Este primeiro modelo da linha Renault Sports foi fabricado fora do Continente Europeu. O veículo será produzido com um propulsor flex 2.0, o qual tem a capacidade de render uma potência máxima de 150 cavalos quando abastecido com etanol, o câmbio utilizado será o manual de 6 marchas.

Neste modelo os proprietários poderão contar com a tecnologia do controle eletrônico de estabilidade (ESP), dessa vez com opção esportiva, além de novas regulagens de direção e suspenção, bem como freio a disco nas quatro rodas.

Este novo Sandero RS será fabricado na unidade de São José dos Pinhais, no estado do Paraná. Segundo as expectativas da empresa, o lançamento desse veículo irá deixar para trás as versões que foram afetadas pelo “raio esportivador”, tais como o Fiesta Sport, o Onix Effect, o Fox Pepper e o HB20 Spicy.

As notícias dos bastidores da fabricante dão conta de que o Sandero R.S. deverá ser comercializado aqui no Brasil por cerca de R$ 60.000, valor este que está bem abaixo da maioria dos hatches esportivos que serão concorrentes deste modelo no segmento, tais como o Punto T-Jet e o Bravo, ambos fabricados pela Fiat.

O certo é que este veículo nada mais é do que uma versão mais apimentada do hatch, inclusive a produção dele já começou a todo vapor no estado do Paraná, sendo que algumas pessoas já tiveram até mesmo a oportunidade de vê-lo em testes aqui no país. A Renault já adiantou que a sua intenção é iniciar a comercialização deste veículo nas concessionárias de todo o Brasil ainda no mês de setembro deste ano.

Por Adriano Oliveira


Queda no Preço do Renault Duster no Brasil


Renault reduz o preço no Duster no Brasil. Preços do Crossover agora partem de R$ 56.990.

A indústria automotiva vem enfrentando diversos tipos de problemas em 2015, desde a grande concorrência entre as diversas categorias de automóveis até mesmo a atual situação econômica brasileira. O resultado disso é a baixa na compra de carros, dessa forma, a única saída é abaixar os preços. A Renault, por exemplo, anunciou recentemente sua nova tabela de preços e junto com ela uma grande surpresa: os lançamentos também sofreram baixas. O Renault Duster, um dos lançamentos da marca para 2015, sofreu baixa nos preços em quase todas as suas versões.

A nova tabela da Renault trás novos preços para o SUV de grande destaque da marca em 2015. Com isso, um dos grandes destaques dessa redução de preços é sem sombra de dúvidas a versão de entrada. O Expression 1.6 agora tem como preço inicial sugerido R$ 56.990, uma redução de nada menos que R$ 3.000 em relação aos R$ 62.990 que era o preço inicial anterior.

A boa notícia é que a versão de entrada não foi a única a ficar mais barata. As configurações Dynamique, por exemplo, também ganharam novos preços. A versão 1.6 16V Dynamique sofreu redução de R$ 2.090, com isso, passando de R$ 67.990 para R$ 65.900. Já a versão 2.0 16V agora possui preço inicial de R$ 74.340, enquanto que a versão 4×4 ficou com preço inicial de R$ 76.840.

É importante destacar que o Renault Duster é uma das grandes apostas da montadora francesa para o mercado brasileiro em 2015. Trata-se de um automóvel com um design bastante arrojado e muito elegante, que mescla aventura com caráter urbano. A versão 4×4, por exemplo, é urbana, moderna, confortável e dispõe de grande espaço. Outro grande destaque desse lançamento é o grande número de itens de série, bem como os novos itens que prometem inovação. Além disso, o automóvel também recebeu o certificado de carro com baixo consumo do Inmetro. Portanto, trata-se de um dos SUVs mais econômicos de sua categoria.

Sobre o Renault Duster:

O Renault Duster, também conhecido como Dacia Duster, foi lançado no ano de 2010. O veículo é o primeiro crossover produzido pela Dacia. O carro possui um motor 1.5 diesel, tem 4,250 mm de comprimento, 2,804 mm de entre-eixos, 1,640 mm de largura e 1.495 mm de altura. O modelo é produzido em três países, na Romênia (em Mioveni), na Colômbia (em Envigado) e também no Brasil (em São José dos Pinhais).

No próximo ano o Renault Duster irá ganhar novo design, novo acabamento, conectividades, além de ajustes no motor. Outro detalhe importante de se mencionar é que o Duster foi o responsável por fazer a Renault conquistar 36,1% das vendas de SUV no Brasil.

Por Bruno Henrique


Novo Renault Fluence GT 2016 terá lançamento em Junho


O modelo terá a sua apresentação oficial no Salão de Buenos Aires, na Argentina. Como novidade, a potência da nova versão vai para os 190 cavalos.

Neste início de junho, foi divulgado pela Renault a primeira imagem do Fluence GT2. Esse é o modelo esportivo e sua produção tem como base o Fluence Phase 2.

Essa nova versão traz uma evolução do que era o seu antecessor, o qual teve o seu lançamento no final do ano de 2012. O Fluence GT2 conta com uma resstilização da linha e traz, como novidades, as rodas especiais e o spoiler na parte dianteira.

O motor será o mesmo da versão anterior, o propulsor turbo 2.0. A transmissão é uma manual de seis velocidades e o modelo também conta com tração dianteira.

A diferença para o Fluence GT2 é que esse novo modelo contará com 190 cavalos de força, diferente dos 180 cavalos de potência que o primeiro Fluence GT apresentava. A informação do aumento da força foi confirmado pelo presidente da Renault da Argentina, Thierry Koskas.

O Fluence já foi base, contando com esse lançamento, para três versões esportivas na Renault Argentina. Antes do primeiro GT, o Fluence Sport foi comercializado pelo período de seis meses.

O Fluence GT2 terá a sua produção feita na planta de Santa Isabel, em Córdoba. As vendas começarão neste segundo semestre de 2015, mas o preço oficial do modelo ainda não foi divulgado.

Antes do final do mês de junho acontecerá o anúncio oficial do Renault Fluence GT2 no Salão de Buenos Aires. Neste evento, a marca francesa também lançará o Sandero RS, outro esportivo da Renault.

Ficha técnica do Renault Fluence GT 1

Ele teve o seu lançamento em 2013 e o preço, com a desvalorização, fica atualmente em R$ 64 mil.

A revisão do veículo em até 60 mil km fica em R$ 4.980. Esse é o preço para o modelo 2.0 Turbo, propulsor que acompanha em todas as versões esportivas que tiveram o Fluence como base.

O comprimento do modelo é de 4.460 mm, largura de 1.810 mm, entre-eixos de 2.700mm e altura de 1.470mm. O porta-malas conta com uma capacidade de 530 litros e o tanque de combustível é de 60 litros.

A velocidade máxima do Fluence GT é de 220 km/h e a aceleração de 0 a 10 km/h fica em oito segundos.

Em termos de consumo, o modelo de 2013 tem uma média urbana em 8,1 km/l. Para as estradas, o consumo do carro fica em 15,5 km/l. 


Novo Renault Duster – Lançamento e Preço no Brasil


Novo Renault Duster é lançado no Brasil. Carro custa a partir de R$ 62 mil.

Com a disponibilização de novos utilitários esportivos compactos, a Renault divulgou a linha 2016 do Duster. Neste momento denominado pela empresa de Novo Duster, o modelo produzido em São José dos Pinhais (PR) é recebido no mercado com retoques atrativos para buscar permanecer, pelo menos, em segundo lugar no ramo que é superado pelo Ford EcoSport. Os valores iniciam em R$ 62.990, na versão Expression com motor 1.6.

Na parte de fora, o Duster ganhou grade frontal com acabamento em preto brilhante, novos faróis e para-choque reformulado. Na parte de trás, o fator principal é o aplique cinza no para-choque e lanternas retocadas. A parte de dentro do modelo não teve alterações importantes como as utilizadas no novo Sandero, como exemplo. Existe o uso de um aplique em plástico preto brilhante na parte central do painel, assim como contornos nas saídas do ar-condicionado.

O Novo Duster continua com a motorização de 1.6 litro, que proporciona de 110 a 115 cavalos de potência, para as versões Expression e Dynamique, tendo câmbio manual de cinco velocidades. O bloco 2.0 litros possibilita de 138 a 142 cavalos e está presente somente para a especificação Dynamique.

Com o motor mais elevado, o modelo possui transmissão manual de seis velocidades e pode ter sistema de tração 4×4. O câmbio automático de quatro marchas também está presente.

O êxito da terceira geração da van comercial Master da Renault pode ter estimulado a empresa a apostar mais no ramo de veículos direcionados ao trabalho. Com a renovação completa da van francesa, foi possível ultrapassar em algumas ocasiões a quantidade de comercializações do então primeiro colocado absoluto, Fiat Ducato. Para incentivar a busca pela primeira posição comercial da Fiat, a Renault faz os preparativos de um novo veículo para trocar o Kangoo, que já não possui a potência idêntica de antes.

Sobre o Renault Duster:

O Renault Duster, também conhecido como ARO 10, é um crossover produzido através de uma parceria entre Renault e Nissan. O veículo foi apresentado oficialmente no Salão de Genebra de 2009. Atualmente, três fábricas da Renault produzem o veículo, elas estão localizadas em Mioveni (na Romênia), São José dos Pinhais (no Brasil) e Envigado (na Colômbia).

Para conhecer mais sobre o carro, acesse o site www.renault.com.br.

Felipe Couto de Oliveira


Renault terá Série Especial de 10 anos de Logan, Sandero e Duster


O ano de 2015 está bem aquecido no mercado automotivo, pois já ultrapassamos a metade do mês de Fevereiro e justamente agora com o final da época de Carnaval, contamos com as notícias que novos modelos estão disponíveis para a compra nas concessionarias.

Dentro dessas novidades temos a Automobile Dacia ou simplesmente Dacia uma montadora de automóveis romena que teve 51% das suas ações comprada pela Renault no ano de 1999 e desde esse período vem sendo o pólo de desenvolvimento do grupo Renault tanto na Europa Central quanto na parte Oriental desse continente.

Atualmente a Renault possui 99,3% do capital dessa empresa após várias transações realizadas ao longo dos últimos anos e com isso já ultrapassou um investimento de mais de 489 milhões de euros para que a Dacia apresente uma linha de montagem moderna e que por sinal tem vemos os efeitos, pois  uma nova edição do Renault Logan, do Sandero e também do Duster está surgindo agora no mercado da Europa Ocidental.

Essa nova edição tem como objetivo comemorar os primeiros dez anos que a Dacia vem atuando na Europa Ocidental, tanto que ela pretende manter a simplicidade desses modelos, mas é claro que sem perder o charme de sempre com novos equipamentos.

O podemos esperar dessa edição?

Esses três modelos ganharão uma pintura na cor azul Cosmos, além de rodas de liga leve e uma capa para os retrovisores externos em uma tinta escura metálica, os cintos são na mesma cor dos carros, ou seja, azul e ainda esses modelos apresentam  ar-condicionado automático, mais piloto automático com limitador e controlador de velocidade, volante em couro, janelas dianteiras com acionamento elétrico, etc.

Outra informação da Dacia é que não são apenas o Logan, o Sandero e o Duster que vão ter direito de participar dessa edição, pelo contrário a montadora inclui a perua Logan MCV, a minivan Lodgy e o furgão Dokker dentro desse pacote, mas não espere ver nessa edição o Dokker Van, pois ele infelizmente não foi incluso.

Por Fernanda de Godoi


Renault Clio ganha Novo Kit Esportivo GT Look Pack


Já pensou em uma versão totalmente reestilizada e esportiva do Clio? Pois é isso que a Renault está preparando para embarcar no mercado!

Assim como a montadora francesa anunciou recentemente com o Renault Twingo, agora é a vez do Clio receber uma nova versão e ficar completamente diferente da versão básica que conhecemos.

A novidade é que o Clio irá receber o kit GT Look Pack, porém, apenas em duas versões: a Dynamique e a Dynamique S MediaNav. Isso significa que o hatch terá, entre outras alterações, um spoiler traseiro, rodas de liga leve de aro 16 ou 17 polegadas, terá a dianteira completamente remodelada, além de tubo de escape cromado e luzes de LED.

Mas as novidades não param por aí, já que os frisos das portas e os espelhos retrovisores virão em tons grafite. E para deixar com um ar ainda mais esportivo, a sigla GT está escrita na tampa do porta-malas.

Na parte interna, o novo veículo da Renault ganhou um sistema de multimídia, saídas de ar, manopla de câmbio e tom cromado no apoio das portas. Os bancos também aparecem em um estilo bem agressivo, sendo em couro e com costuras em alto relevo. Além de ser apenas para as versões citadas do Dynamique, elas estarão disponíveis apenas nos modelos com motor turbo 0.9 TCe a gasolina e de 89 cavalos ou na versão 1.5 a diesel dCi.

Apesar dessas novidades chamarem a atenção de muita gente, esse novo Clio será vendido apenas para os veículos comercializados no Reino Unido. Mas, obviamente, isso não impede que especialistas em personalização de carros se inspirem nesse novo modelo para tunarem seus veículos aqui em terras tupiniquins.

Independente de chegar ao Brasil ou não, o último modelo do Clio lançado no país já apareceu um pouco mais robusto e com ar mais tecnológico.

Por Felipe Villares


Renault Kadjar – Novo SUV deve ser lançado em Fevereiro


A fabricante Renault está fazendo mistério em relação ao lançamento do seu novo SUV, que marca a estreia francesa no segmento de crossovers médios.

O nome escolhido para o novo modelo utilitário esportivo é: Kadjar, que é a união dos termos Kad (que remete a veículos de passeio) e Jar (que significa ágil em francês e remete a capacidade de surgir em qualquer lugar).

O Kadjar é o quarto utilitário esportivo da marca francesa, que já produz os modelos: Captur, Koleos e o Duster.

A Renault se prepara para apresentar o novo utilitário ao público no dia 2 de fevereiro, por meio das redes sociais oficias. O seu lançamento oficial será em março no Salão de Genebra, na Suíça.

O modelo Renault Kadjar é baseado na segunda geração do Nissan Qashqai e será fabricado na plataforma CMF, desenvolvida por ambas as montadoras.

O grupo franco-nipônico tem uma parceria sólida desde 1999, quando passou a adotar a fabricação de alguns modelos em conjunto, no intuito de reduzir custos, sobre a plataforma modular CMF, que basicamente se divide em motor, transmissão, subframe dianteiro, subframe traseiro, cockpit , arquitetura e eletroeletrônica.

Nenhuma imagem foi divulgada, mas as informações são de que ele tenha seu design parecido com o Renault Captur, dimensões próximas as do Mégane e pretende substituir o modelo Koleos, que não chegou a ser vendido no Brasil.

As opções de motor devem ser as mesmas do Nissan Qashqai, com motor de quatro cilindros, turbo, 1.6 a gasolina. Vale lembrar que o carro terá como opcional tração nas quatro rodas.

O SUV Kadjar começará a ser vendido no segundo semestre de 2015 na Europa. O preço do novo lançamento deverá ser de aproximadamente 20 mil euros, que em conversão simples, sem os impostos, resultaria em torno de 60 mil reais.

Através das redes sociais oficiais da marca Renault (como Facebook e YouTube), até o dia do lançamento será divulgado novas informações e vídeos referentes ao novo modelo Kadjar.

Tatiane Meloto Tanaka


Renault – Vendas de modelos da marca crescem 0,3% em 2014 no Brasil


A Renault publicou oficialmente nesse mês de janeiro uma pesquisa que foi realizada com o objetivo de verificar o número de vendas que realizou no Brasil no ano de 2014.

De acordo com os dados levantados pela empresa, o seu desempenho de vendas foi satisfatório, onde foi comprovado que o aumento de aquisições de seus modelos aumentaram em 0,3%.

No total, foram comprados o total de 237.187 exemplares de seus modelos durante o ano, um número maior se for comparado às vendas que foram realizadas em 2013.

Em nota, Jérôme Stoll, o diretor operacional da Renault publicou: "O mercado continua incerto e vamos seguir com nosso plano de médio prazo". E ainda acrescentou: "Queremos fortalecer nossa posição na Europa e melhorar nos principais mercados emergentes."

O objetivo dessa empresa francesa é aumentar o número de vendas ainda mais nesse ano de 2015, porém, com a baixa de liberação de funções para financiamentos no Brasil, isso deverá ser realizado através de um bom planejamento.

Dados de crescimento de vendas da Renault em outros países:

No ano de 2014 a Renault também apresentou crescimento em outros países, como por exemplo, na França. Nessa região o número de vendas melhorou em 5,5%, onde consta que foram comercializados o total de 577,6 mil automóveis.

Em outros países da Europa, o aumento de vendas foi ainda superior, variando entre 10,7% das vendas nas Américas, e na África, 9,2% na Índia, Oriente Médio e África. O total de vendas nessas localidades foi de 865,6 bilhões de exemplares.

História da Renault no Brasil

A Renault é considerada como uma das maiores montadoras  do país, que possui uma rede comercial com mais de 280 pontos de venda.  Sua primeira fábrica no Brasil foi inaugurada no dia 4 de dezembro de 1998, onde contou com a presença de Viviane Senna, o Presidente Fernando Henrique Cardoso, o Governador do Estado do Paraná entre outros.

Yasmin Fernandes Robles


Renault Sandero RS 2015 deve ser apresentado no primeiro trimestre deste ano


Em busca de ainda mais sucesso no mercado nacional, a Renault anunciou a chegada do Renault Sandero RS no mercado brasileiro ainda no primeiro semestre de 2015. O principal destaque desse lançamento é, sem sombra de dúvidas, a potência do mesmo. Isso, pois o Sandero nunca foi um símbolo de esportividade, porém, a fabricante francesa quebrou esse tabu e anunciou o Sandero RS com nada menos que 150 cavalos de potência. Confira mais detalhes sobre o automóvel na continuação desta matéria.

Para quem é fã dos automóveis e linhas da Renault, saibam que o Sandero RS irá chegar ao mercado brasileiro recheado de novidades. Uma delas é a altura reduzida em relação ao solo, bem como rodas maiores. Além disso, a marca resolveu deixar o design de sua nova aposta bastante arrojado, dessa forma, um tom de agressividade pode ser encontrado no design do para-choque dianteiro que possui entradas de ar e grade treliçadas. Já o logotipo da Renault ficará encravado em um friso preto.

E para quem é fã da parte mecânica dos automóveis, saibam que o Sandero RS foi lançado pensando em você. Isso mesmo, como foi citado anteriormente este é um automóvel extremamente potente e que vai agradar bastante aqueles que são fascinados por velocidade e aventura.

Vale ressaltar que o novo Renault Sandero RS 2015 irá contar com motor 2.0 16V. Com esse ajuste é esperado que o automóvel ganhe nada menos que 30 cavalos. Outro destaque muito importante é quanto ao propulsor que rende nada menos que 138/142 cavalos e 19,7/20,9 kgfm de torque. O automóvel dispõe de câmbio manual de seis marchas.

E como um dos destaques desse lançamento é justamente a sua velocidade, saiba que o Sandero RS 2015 pode chegar a 100 km/h em, pelo menos, 9 segundos. Já a velocidade máxima é de 200 km/h. É importante destacar que o automóvel ainda não possui data exata para iniciar suas vendas, porém, é esperado que ainda no primeiro semestre o mesmo se encontre nas diversas concessionárias do país. É esperado que o preço sugerido fique acima de R$ 50 mil, mas nada foi confirmado.

Por Bruno Henrique


Renault Sandero Stepway 2015 – Confira uma análise sobre a nova geração do modelo


Três meses após o lançamento da nova geração do Sandero, a Renault lança no mercado o Sandero Stepway.A primeira geração Stepway foi lançada no Brasil no fim de 2008 e tinha como diferencial a maior altura do solo e visual aventureiro.

O Novo Sandero Stepway tem seu surgimento no Brasil. É um dos carros mais desejados da categoria por seu design diferenciado, grande gama de equipamentos, uma boa posição de dirigir elevada e praticidade.

A versão aventureira hoje é responsável por 30% das vendas do modelo sendo o mais vendido em sua categoria, cerca de 100 mil unidades semestral.

O modelo esportivo possui itens exclusivos da concorrência como piloto automático, sensor de estacionamento e ar-condicionado automático que agora são itens de série no Novo Sandero Stepway. O modelo pode contar ainda, como acessório, a câmera de ré que é integrada ao Media NAV(sistema de navegação da Renault).

A altura do solo de 19 cm, 4 cm a mais que as outras versões do modelo, faz do guerreiro um aventureiro ideal para encarar as lombadas, valetas e buracos das cidades e das aventuras off road de fim de semana, transmitindo conforto aos passageiros.

O novo esportivo ainda conta com pneus mais largos que garantem uma melhor frenagem apesar de prender o carro um pouco no solo.

Um ponto interessante do Sandero é agradar muito ao público feminino, pois o modelo deixa a posição de dirigir mais elevada além de oferecer um espaço interno privilegiado para um compacto, assim abrigando melhor seus passageiros e bagagem, fazendo do Stepway uma grande aventura para toda a família.

O Stepway, irmão menor do SUV Duster , conta com o motor Hi-Power 1.6 8V que é capaz de produzir 106 cv a 5.250 rpm gerando um torque de 15,5 kgfm a 2.850rpm.

Grande concorrente do Volkswagen Crossfox, o Sandero aventureiro oferece em sua versão 2015 atrativos diferenciais da concorrência fazendo com que o mercado se aqueça ainda mais na categoria que cresce a cada dia. Se você é um aventureiro de fim de semana, inclua o Stepway em suas aventuras e sinta a liberdade de um aventureiro.

 Por Wendel George Peripato


Novidades e Preço do Novo Renault Sandero 2015


A Renault está conseguindo lançar carros diferenciados nos últimos anos. A marca está aliando preço razoável, com espaço interno e robustez. Até que alguns ainda reclamam que os veículos não desempenham um papel tão bom ou que o visual não conquista, mas acabam se apegando a marca pelas outras qualidades que oferece e pelo custo/benefício.

Com as mudanças que a Renault fez e os benefĩcios oferecidos, a marca até conseguiu chegar ao quinto lugar no ranking nacional brasileiro, mas isso durou pouco. Em 2013 os veículos diminuíram de tamanho e as outras marcas trataram de investir nisso. Além disso, a Renault decidiu que algumas reclamações de clientes poderiam ter razão: então investiu mais em design e conforto. Pensando nisso a empresa lançou o Novo Sandero, que chegou às vendas em julho passado. O modelo ganhou mais sofisticação em sua segunda geração, um design mais trabalhado e mais equipamentos.

A Renault deixou bem claro que cansou de ser uma empresa com imagem de eficiente, mas “sem sal”. O novo Sandero foi escolhido para ser o modelo de entrada para a mudança. A marca quer atender os pedidos dos consumidores que, segundo ela, “está cada vez mais exigente”.

Se for comparar a nova geração com a versão sedã (o Logan), não há muitas diferenças. Agora em comparação com a primeira versão de Sandero a coisa muda. Percebemos muitas novidades no para-lamas e na coluna traseira. Por dentro o carro demonstra que teve mais cuidados em sua fabricação. O painel tem um design melhor, uma aparência mais agradável e uma troca de materiais que valorizam o modelo. A versão mais cara do veículo ainda possui bancos com relevo, cromado ao redor dos avisos do painel e um console mais brilhante.

O espaço interno do modelo continua agradando a todos. A melhoria ficou na suspensão, parte de algumas reclamações de consumidores. Ela passou a ser montada com mais dedicação, num subchassi na dianteira, que diminui os barulhos e trepidações. Em estrada de chão o carro mostrou mais conforto e segurança. Os freios também tiveram melhorias: antes, quando estávamos a 80 km/,h o carro demorava 32,8 metros para parar totalmente, agora a demora diminuiu para 28,2 metros.

A empresa também resolveu melhorar a parte elétrica da nova geração Sandero. Adotou o piloto automático igual ao do Fluence, que controla a velocidade e a adição de uma área com indicador que demonstra o momento da troca de marchas. O cliente tem a opção de modelo com ar-condicionado automático e central de multimídia. O lançamento da versão 2015 ainda conta com mais opções: GPS, câmera de ré, telefone e som. A nova central, que se chama Media Nav 1.2, vem com duas novidades que surpreendem: o Eco-Coaching (que regula o motorista para que ele dirija de forma econômica) e a versão Eco-Scoring (que dá pontos ao motorista que consumir menos na sua jornada).

O modelo terá as versões Authentique 1.0, Expression 1.0, Expression 1.6 e Dynamique 1.6. A primeira e mais simples versão está cotada para sair por R$ 32 000 e a versão mais completa e mais potente, a Dynamique 1.6, sai por R$ 48 000.

Renault Sandero 2015

Por Carolina Costa


Novidades que as montadoras existentes no Brasil irão trazer em 2015


O ano mal começou. Entretanto, as diversas montadoras com atuação no Brasil já andam planejando como será 2015. Entre lançamentos, projetos parados e possíveis renovações vamos encontrar um pouco de tudo. E não são apenas as grandes ou aquelas com maior atuação no país que devem fazer algo. As “pequenas” também devem agir.

Confira o que esperar de algumas dessas companhias:

Hyundai:

A família HB20 fez um sucesso e tanto. E a marca ainda aproveita um pouco disso. Aqui tem um detalhe em particular que é bastante curioso: o sucesso da linha foi tão precoce e inesperado que a algumas coisas acabaram tendo que tomar outros rumos. Por isso, para 2015 não é bom aguardar nada de grande da Hyundai. Os lançamentos relevantes deverão chegar no mercado nacional apenas em 2016. Mas, é claro que o HB20 não pode ser deixado de lado e ter seu sucesso esquecido. Por isso, podemos esperar alguma renovação no visual até o final do ano.

Hyundai HB20 2015

Toyota

Depois de tantos rumores parece que definitivamente a Hilux deve ganhar as mudanças significativas. De acordo com as expectativas a nova geração deve fazer sua estreia no mercado antes que o ano acabe. Mesmo assim, não é descartado o fato de o lançamento ser possivelmente adiado para 2016. Vale ressaltar que essa picape já tem passado por testes no exterior. Na época de seu lançamento foi um marco – 2005 – mas como a concorrência sempre anda de olho parece que a montadora percebeu que é hora de fazer algo para continuar “andando”.

Toyota Hilux 2015

Renault

Como 2014 foi um ano terrível para algumas montadoras a Renault por incrível que pareça é única montadora que tem o que comemorar em relação ao seu mercado no Brasil. Para a marca francesa o país já se tornou o segundo maior mercado ficando atrás apenas de sua terra natal. O que a montadora pretende é lançar o Duster Oroch, uma picape de certa maneira até atraente que deve chegar com a função de preencher o espaço vago encontrado entre as compactas do tipo da Strada e as médias como, por exemplo, a S10.

Renault Duster Oroch

Nissan

A montadora agora já conta com uma fábrica – própria – no Brasil. Com isso, o plano é partir logo para um segundo modelo. No caso, seria o Versa apresentando uma reestilização. Mesmo assim, a mais aguardada é a versão já para produção do conceito mostrado no Kicks. De qualquer forma, a Nissan está entre as montadoras que mais escondem os planos para 2015. Há rumores de que o SUV compacto pode chegar ao mercado antes mesmo do final do ano.

Nissan Versa 2015

Fotos: Divulgação

Por Denisson Soares


Novo Renault Logan Exclusive 2015 – Preço e Novidades


A Renault lançou recentemente no país uma série especial para seu modelo Logan. A nova série, chamada de Exclusive, traz vários itens de série, como ar condicionado automático, câmera de ré, central multimídia de 7 polegadas, GPS, Bluetooth, piloto automático (controlador e limitador de velocidade), rodas de liga leve de 15 polegadas, vidro elétrico e banco de couro.

Segundo a Renault, o Logan Exclusive irá custar aproximadamente R$ 51.070 (versão com câmbio manual) e R$ 53.470 (versão com câmbio automático). Vale lembrar que com estes valores o veículo sai por exatos R$ 710 a mais do que a versão Dynamique 1.6, que conta com os mesmos itens de série. Com relação ao motor, o Logan Exclusive virá equipado com um motor 1.6 8V.

Analisando agora as diferenças desta série especial, podemos notar no veículo novas rodas com acabamento escurecido, o que dá um um toque a mais de classe no carro. Além disso, o carro conta com retrovisores em preto brilhante e também possui adesivos exclusivos nas laterais.

Já na parte interna, a diferença é a presença de uma coloração cinza mais escurecida. Além disso, no volante também existe a inscrição “Exclusive”.

Com relação às cores do veículo, ele será vendido apenas na cor branca, preta, prata e cinza.

Para obter mais informações sobre o novo Renault Logan Exclusive, clique aqui.

Confira abaixo algumas fotos do novo veículo da Renault:

Renault Logan Exclusive

logan-exclusive


Renault Zoe faz parte do Programa de Mobilidade Elétrica no Brasil


O Renault Zoe ainda não tem previsão de ser fabricado no Brasil, mas já pode ser visto passeando em alguns lugares mais restritos onde passa por testes como é o caso do pátio da CPFL.  O veículo vem como a primeira fase do programa de mobilidade elétrica e como tal não emite gases poluentes. O objetivo do programa é muito claro criar os automóveis “verdes” que não degradem o meio ambiente com a mesma intensidade que os veículos movidos à combustão.

Os resultados dos testes tem demonstrado que a utilização de carros elétricos é cerca de 4 vezes mais barata do que o uso de um carro convencional. Estima-se que o valor do quilometro rodado com etanol custa ao motorista aproximadamente R$0,19 enquanto para um carro elétrico o custo de um quilômetro é de apenas R$ 0,05.

O carro tem autonomia de 210 km. O modesto motor elétrico pode fornecer uma potência ao conjunto de 88 cavalos e um torque de 22,4 kgfm e conta com um câmbio de duas marchas (para frente e para trás). O carro tem um bom arranque já que toda a energia do motor está disponível ao conjunto em tempo integral. A velocidade do carro pode atingir os 135 km/h.

O painel altamente tecnológico conta com uma tela  multimídia. É possível inclusive observar o sistema de regeneração das baterias funcionando. Quando o carro acelera forte o consumo de energia aumenta significativamente, quando o carro reduz a velocidade o sistema é regenerado. As baterias de íon-lítio podem ser recarregadas em tomadas de 220V durante aproximadamente nove horas, além é claro dos pontos de recarga “quick charge” que possuem voltagem bem maior. O carro é equilibrado e confortável contando com uma suspensão McPherson na dianteira e um eixo de torção na traseira.

O design não é inovador, mas chama atenção. O carro tem um visual quase futurista com poucas linhas e um formato mais arredondado.

Por Nosf

Renault Zoe

Renault Zoe

Renault Zoe

Fotos: Divulgação


Logan Exclusive 2015 chega ao mercado brasileiro por R$ 51 mil


A Renault é uma das principais empresas quando o assunto é automóvel. Para aqueles que ainda não conhecem essa montadora, saibam que a mesma é uma das maiores do mundo, tendo grande sucesso na área de fabricação e comercialização de automóveis em várias partes do mundo. Trata-se de uma montadora francesa bastante ativa no mercado mundial.

E devido ao grande mercado consumidor brasileiro, haja vista ter um carro ser o sonho de muitos brasileiros, a Renault também atua no mercado nacional. Dessa forma, sempre está em busca de lançamentos, seja a atualização de linhas já existentes ou até mesmo novas opções de modelos e linhas para os clientes brasileiros.

Para aqueles que estão em busca de um carro novo para curtir bastante em 2015, saibam que a Renault está com novidade no mercado brasileiro. Trata-se do Logan Exclusive, série limitada que promete fazer bastante sucesso no mercado brasileiro. Vale ressaltar que esse sedã já fez bastante sucesso no Brasil, tendo sido o Logan o grande responsável por dobrar as vendas da Renault em relação a 2013.

Um dos pontos positivos dessa versão é justamente quanto ao grande número de itens que acompanha a mesma. Dentre os principais itens estão: ar-condicionado automático, central multimídia Media NAV 1.2 (GPS, Bluetooth, rádio e as funções Eco-Coaching e Eco-Scoring), rodas de liga leve exclusivas aro 15″, cruise control, câmera de ré, bancos em couro além de vidro do elétrico do motorista “one touch”, dentre outros itens.

A parte visual do Logan se destacada devido às rodas com acabamento escurecido “dark metal”. Além disso, também é possível notar os retrovisores em preto brilhante, bem como os adesivos “Exclusive” que se encontram nas laterais.

Para quem é fã da parte mecânica dos automóveis, saibam que o Logan Exclusive conta com nada menos que um motor 1.6 8V juntamente com câmbio manual ou automatizado EASY’R, sendo ambos de cinco marchas.

O preço sugerido deste lançamento é de R$ 51.070 (versão câmbio manual) e R$ 53.470 (câmbio automatizado EASY’R).

Por Bruno Henrique


Renault Megane RS 2015 deve ser lançado no Brasil com preço a R$ 130 mil


A Renault, famosa montadora francesa, promete algumas inovações para o ano de 2015. Entre um dos seus principais lançamentos está o Renault Megane RS 2015.

A principal proposta deste artigo é fazer uma breve apresentação desse veículo e mostrar alguns pontos importantes ao leitor.

A princípio, a Renault promete lançar o veículo no Brasil por volta do segundo semestre de 2015. Além disso, devido ao fato de o veículo ser importado, a faixa de preço é um pouco “salgada” para o mercado brasileiro. O Renault Megane RS 2015 deve chegar ao país com uma faixa de preço entre R$ 130.000,00 e R$ 150.000,00.

O carro esbanja bons números. O Renault Megane RS 2015 conta com um motor de 2 litros com 265 cavalos de potência máxima. Além do mais, o Renault Megane RS 2015 vai de 0 a 100 Km/h em apenas 6 segundos.

Em termos de velocidade, o veículo, também, demonstra ótimo desempenho. O Renault Megane RS 2015 atinge a incrível faixa de 254 Km/h de velocidade máxima.

O que não agrada muito é a questão do consumo de combustível. Com o ar condicionado ligado, o computador de bordo indica um consumo médio de 3,2 Km/l na cidade e 5,8 Km/l nas estradas. Haja vista os altos preços da gasolina no Brasil, esse é um péssimo fator do carro, porém é justificável para os esportivos.

O carro lembra em muito o Hyundai Velozter, porém não é uma imitação. Muitos não sabem que o projeto do Renault Megane RS 2015 já estava pronto antes mesmo do Hyundai Velozter ser lançado.

Quem possui um Fluence irá reconhecer de cara a cabine do Renault Megane RS 2015, contudo alguns agrados a mais fazem parte do esportivo da Renault, como uma central de comandos atrás do câmbio.

O que temos a dizer é que o veículo agrada em potência, beleza e desempenho, porém a faixa de preço que foi proposta e o alto consumo de combustível pode ser um fator desfavorável.


Novo Renault Logan Exclusive – Lançamento e Preço


Para quem é apaixonado por carro e não abre mão da exclusividade, a série limitada Exclusive do Renault Logan pode ser uma boa opção.

Essa série especial criada pela Renault para o Logan traz de série piloto automático equipado com controlador e limitador de velocidade; roda de liga leve de 15 polegadas com desenho desenvolvido especialmente para essa série; central multimídia de 7 polegadas com rádio, Bluetooth, GPS e câmera de ré; além de ar condicionado. O veículo conta também com exclusivo vidro elétrico do lado do motorista, equipado com o sistema “one touch” (bastando apenas um toque para subir ou abaixar o vidro) e banco de couro exclusivo.

O preço é bastante atrativo: R$ 53.470 com câmbio automático e R$ 51.070 com câmbio manual. De acordo com a Renault, essa linha especial vem com uma economia de R$ 710 se comparado com à versão Dynamique 1.6, que vem de fábrica com os mesmos equipamentos. A linha Exclusive conta com motor 1.6 8V.

Para quem já conhece a linha Dynamique, a motorização é a mesma, ou seja, 1.6 8V, que rende 106 cv com etanol e 98 cv com gasolina. Com gasolina o torque é de 14,5 mkgf e com etanol de 15,5 mkgf, a 2.850 rpm. Tanto o câmbio manual quanto o automatizado são de cinco marchas.

No que se refere a parte estética do carro, as diferenças não são muitas, basicamente se limita as rodas (que tem acabamento escurecido), aos adesivos escrito “Exclusive” nas laterais do carro e aos retrovisores (que são pretos e brilhantes). Por dentro do carro a diferença é o painel em um tom de cinza escuro e o adesivo “Exclusive” no volante.

É possível comprar o carro nas cores cinza, prata, preta ou branca. Por ser uma série especial, apenas 3.000 unidades do veículo serão produzidas.

Vale avaliar se com o mesmo valor do Renault Logan Exclusive é possível comprar um carro melhor de outra montadora.

Por Jéssica Posenato


BMW, Audi, Nissan e Renault deixam de vender carros na Rússia


A BMW, Audi, Jaguar Land Rover, GM, Renault e Nissan, são algumas das montadoras que não estão mais enviando modelos novos para a Rússia em função da crise que fez com que a moeda local perdesse o equivalente a 50% do seu valor durante esse ano.

Essa é uma notícia ruim, pois significa que as montadoras estão perdendo dinheiro. De acordo com o presidente da aliança Renault-Nissan, Carlos Ghosn, a Nissan deixou de enviar alguns modelos, mas irá honrar todos os pedidos que foram realizados até o momento. Ainda segundo ele, não estão aceitando novos pedidos até que a situação econômica do país esteja controlada.

A maioria dos fabricantes já elevou os preços dos carros na Rússia, principalmente os modelos que contam com mais componentes importados. A GM é uma das montadoras que só cumpriu os contratos que já estavam fechados e parou de mandar novas unidades no dia 16 de dezembro. A divisão européia da GM divulgou uma nota dizendo que considerando a volatilidade do rublo (moeda Russa) a venda de veículos aos distribuidores está temporariamente suspensa.

Em nota, a Audi afirmou que deve elevar os preços e que está adiando as entregas. Já á BMW divulgou que está direcionando a produção para outros mercados.

A crise da moeda russa começou pela queda acentuada nos preços do petróleo, que até então era a principal fonte de recursos de Moscou. Além disso, as sanções ocidentais impostas pela atuação no governo russo na Ucrânia também fez com que a economia encolhesse. Se no setor de automóveis, esse encolhimento representa 13% nas vendas de janeiro a outubro se comparado ao ano passado. Com a crise, a Grã Bretanha já ultrapassou a Rússia no ranking de venda de carros, sendo o 8º país. Já o Brasil permanece na quinta colocação.


Renault Sandero – Características das novas versões


O Sandero é um dos modelos de maior sucesso da Renault e isso acontece desde o lançamento do modelo em 2007. Hoje, o Sandero já está entre os 10 veículos mais vendidos do país e pelo seu sucesso, sua posição deverá melhorar ainda mais nos próximos anos.

A Renault apostou na tradição para vencer a concorrência e o Sandero conta com 4,06 metros de comprimento por 1,73 metros de altura e 1,54 de altura. Isto garante ao modelo um excelente espaço interno e para quem procura comodidade e conforto, o Sandero é um modelo que atende perfeitamente, indo além das expectativas. O Renault Sandero Expression 1.6 está aí para comprovar e conquistar ainda mais espaço no mercado nacional de veículos!

Mas o Sandero não ficou parado no tempo, pelo contrário, o visual é onde o modelo apresenta maiores mudanças, contando agora com o logotipo bem maior no centro da grade dianteira, com um friso cromado que vai até os faróis, dando um toque de sofisticação ao visual.

Na parte de trás, as lanternas também foram remodeladas, para combinarem com os para-choques que agora estão mais volumosos.

O Renault Sandero Expression 1.6 traz o motor da versão top de linha, a Dynamique, um 1.6 8V que está no Brasil desde 1996, mas garantindo sucesso até os dias atuais. O câmbio é manual de 5 velocidades, mas tem a transmissão automatizada de 5 marchas para atender a todos os consumidores. O que não há no Renault Sandero Expression 1.6 é o câmbio automático assim como ficou devendo o motor 1.6 16V de 112cv.

Os itens de série não são muitos, mas são os necessários. Saem de fábrica o ar-condicionado, vidros dianteiros e travas elétricas, direção hidráulica e som com Bluetooth. Nos opcionais temos as cores metálicas, sensor de estacionamento traseiro e central multimídia com tela sensível ao toque. Este kit custa R$ 1.500,00 a mais.

O valor inicial do Sandero Expression 1.6 é de R$ 40.500,00. Quem optar pelo lindo modelo em Azul Techno deverá pagar a mais R$ 1.200,00. Completo, o Sandero Expression 1.6 custa R$ 43.200,00 incluindo o sistema Media Nav.

Por Russel

Renault Sandero 2015

Renault Sandero 2015

Renault Sandero 2015

Fotos: Divulgação


Renault Duster reestilizado será lançado até fevereiro de 2015


O Renault Duster reestilizado ficou devendo uma presença no Salão do Automóvel de São Paulo, única e simplesmente para não comprometer os estoques da rede. A nova versão do carro foi vista rodando quase que totalmente sem camuflagem, na versão da equipe de testes, que desejam acertar alguns últimos detalhes para que logo o carro chegue às lojas e a público.

A novidade está prevista para o primeiro trimestre de 2015, mais especificamente até fevereiro. O modelo foi visto em São José dos Pinhais e contava apenas com uma cobertura sutil em alguns detalhes, permitindo uma idealização bem próxima do que está por vir.

Segundo consta os faróis irão manter um desenho gráfico muito próximo ao desenho do modelo original. A grade e o para-choque dianteiro devem sofrer mudanças mais significativas, contando com uma peça estilo quebra-mato marrom no meio do conjunto. O teto conta com barras laterais e a traseira mostrou uma nova posição dos elementos vistos no modelo anterior. O carro contará com uma central eletrônica como a utilizada no Renault Logan e no Renault Sandero com diversos recursos de conforto como GPS, central de multimídia e ar-condicionado automático; tudo isso disponível na ponta dos dedos no painel.

Estarão disponíveis duas opções de motor: a primeira é de 1.6 litro, 16V e fornece ao carro uma potência de 115 cavalos, nessa versão o câmbio é de 5 marchas manual ou automático Easy-R. A segunda conta com motor de 2.0 kitros, 16V com potência de 142 cavalos e conta com câmbio manual de 6 marchas ou câmbio automático de 4 marchas.

Depois do Renault Duster reelaborado a empresa também está prometendo o lançamento da picape Oroch que inclusive será baseada nas linhas utilizadas no Duster embora com mais volume e maior agressividade. A picape deve chegar somente no final do primeiro semestre e será concorrente direta da Strada da Fiat.

Por Nosf

Renault Duster reestilizado

Renault Duster reestilizado

Renault Duster reestilizado

Fotos: Divulgação


Principais minivans do mercado brasileiro


As minivans já tiveram um bom espaço no mercado. Hoje tentam recuperar esse espaço. Carros grandes, para grandes famílias e que prezam por conforto. São carros na categoria luxo, onde já vêm equipados com ar condicionado, direção hidráulica, entre outros. Hoje no mercado prevemos uma briga boa entre a Spin da GM e o Doblo da Fiat.

O Spin pode ser adquirido nas versões 5 e 7 lugares, com motor flex 1.8. A entrada mais agressiva do Spin no mercado se deve a vontade da GM de aposentar ao mesmo tempo a Meriva e a Zafira, carros com o mesmo estilo, porém com menos conforto e atrativos tecnológicos, mas que foram muito bem vendidas nesse segmento. A GM foi questionada se os passageiros que viajam nos últimos lugares versão de 7 lugares teriam a mesma segurança que os passageiros do meio. A GM garante que o transporte é igualmente seguro em ambos os lugares.

O Doblo da Fiat possui um design diferente, mais arrojado e agressivo. Porém no comparativo de motores, perde para a GM Spin, com um motor mais fraco. O espaço interno de ambos os carros é satisfatório, mas o porta-malas do Fiat Doblo comporta mais bagagem. Quanto aos itens de série dos veículos, o Spin possui um conjunto melhor, no que se diz respeito ao ar condicionado e à direção elétrica.

A Fiat terá que repensar o Doblo para fazer frente ao GM Spin que vence o concorrente em quase todos os quesitos, exceto em transporte de cargas, sendo o Doblo mais indicado.

Um novo carro que promete correr por fora nessa briga é o novo Scenic, da Renault. Um design moderno. No interior um carro espaçoso, muito bem pensado no conforto do motorista e dos passageiros. Tem muitos itens de série para segurança, como sensores que sentem constantes desníveis no solo, câmeras traseiras para ré entre muitos outros. Vale a pena conferir. Se cair no gosto dos brasileiros, Spin e Doblo terão trabalho.

Por Luciana Viturino

GM Spin

Fiat Doblo

Renault Scenic

Fotos: Divulgação


Lançamento oficial do Renault Fluence 2015


O mercado automobilístico não para, haja vista a grande concorrência que existe neste ramo. Dessa forma, é possível acompanhar o lançamento de vários modelos e novas linhas de automóveis no decorrer de cada ano que se passa. O Brasil, por exemplo, dispõe de um mercado bastante amplo e variado quando o assunto é automóvel, pois o país possui um mercado consumidor bastante interessante.

Para aqueles que estão em busca de lançamentos, saibam que após a apresentação no Salão do Automóvel de São Paulo a Renault decidiu fazer o lançamento oficial do Fluence 2015. O automóvel é produzido na Argentina e sua versão reestilizada já está dando o que falar, pois o mesmo vem com design renovado além de lista de equipamentos ampliada.

Como foi citado acima, uma das principais novidades no Fluence 2015 é justamente o visual e dentre as novidades podemos destacar: para-choque com novo desenho acompanhado de luzes diurnas de LED, os faróis dispõem de acabamento mais escuro e detalhes cromados em torno das luzes de neblina, as rodas também foram redesenhadas.

E assim como todos os automóveis da Renault, o Fluence 2015 também está recheado de tecnologia, visando sempre o melhor para os clientes. Um ótimo exemplo fica por conta do quadro de instrumentos com velocímetro digital, mas vale destacar que este é um item exclusivo da versão Turbo até o presente momento. Além disso, também faz parte da tecnologia presente neste automóvel: sistema multimídia R-Link que possui tela sensível ao toque além de navegador por GPS. Outro detalhe fica por conta da câmera de ré que será um auxílio muito interessante quando o assunto for estacionamento.

A única parte do automóvel que não sofreu alterações foi justamente a parte mecânica, isso mesmo, o motor é o mesmo 2.0 Flex de 140/143 cavalos que vem acompanhado de opção de câmbio manual de seis marchas ou automático do tipo CVT.

Abaixo você confere os preços das respectivas versões desse lançamento:

  • Dynamique: R$ 66.890;
  • Dynamique CVT: R$ 71.890;
  • Dynamique Plus CVT: R$ 74.890;
  • Privilége CVT: R$ 82.990.

Por Bruno Henrique

Renault Fluence 2015

Renault Fluence 2015

Renault Fluence 2015

Renault Fluence 2015

Fotos: Divulgação


Renault Sandero Stepway começou a ser vendido com desconto


A Renault nem sequer ainda fez o lançamento do novo Sandero Stepway que segundo a montadora será mostrado ao público em geral durante a realização do Salão do Automóvel de São Paulo, mas já está vendendo o carro. A partir desta sexta-feira, dia 17, a marca já começou a pré-venda da versão aventureira do hatch. E tem um detalhe muito especial: Quem chegar na frente, ou melhor, quem encomendar o carro até o fim do mês de outubro vai ganhar um desconto de R$ 800.

Com isso o preço promocional do carro será de R$ 47.800. De acordo com a fabricante após essa data o carro será vendido pelo preço inicial de R$ 48.600.

Nesse período de pré-venda a informação é de que o modelo que conta com a opção de banco de couro será vendida por R$ 48.940. Já a versão que conta com câmbio automatizado custará R$ 51.340. E tem mais, os clientes ainda ganharão câmera de ré além de uma taxa de financiamento relativamente mais em conta, sendo de 0,49%.

O Sandero Stepway promete ser o destaque da Renault para o Salão do Automóvel. Um dos principais atrativos ou novidades conforme o ponto de vista é nova cara do modelo que é mais aventureira. O carro conta agora com a suspensão 4 cm mais elevada. Já no que diz respeito à motorização teremos um motor 1.6 de oito válvulas que será integrado ao câmbio manual de cinco marchas. Mas também poderá ser acoplado ao câmbio automático que também conta com cinco marchas. Vale lembrar que não faz muito tempo que esse sistema fez sua estreia em outras versões do Sandero bem como do Logan.

Se compararmos o modelo que será destinado para o mercado brasileiro com a mostrado pela Dacia (mercado europeu) iremos perceber algumas alterações no que diz respeito ao visual. Dentre essas estão os faróis de neblina, os para-choques e a grade dianteira.

Essa configuração meio aventureira do Sandero foi bem recebida pelos brasileiros lá atrás, há seis anos, quando chegou ao mercado nacional. Em 2014 em termos de vendas a participação no mercado foi de 30% sendo que é a segunda versão mais vendida do modelo. Desde que foi lançado cerca de 100 mil unidades já foram comercializadas.

Por Denisson Soares

Renault Sandero Stepway

Renault Sandero Stepway

Renault Sandero Stepway

Fotos: Divulgação


Renault anunciou o câmbio automático Easy’R em seus modelos


Já era até previsto desde o ano passado o uso da embreagem automatizada por parte da Renault. A fabricante demorou um pouco, mas a exemplo de suas concorrentes como a Volkswagen com I-Motion e a Fiat que agregou o câmbio Dualogic não teve outro jeito a não ser seguir o que a linha de mercado já pedia.

Nesta segunda metade de 2014 a Renault apresentou, ou melhor, anunciou a chegada do Easy’R. O câmbio automático conta com cinco velocidades e já está presente nos modelos Sandero e Logan. Na verdade mais como uma opção pelo “precinho” de R$ 2.400. E isso para as versões Expression e Dynamique que contam com um motor 1.6 8V.

De acordo com as informações que foram divulgadas pela própria montadora, a transmissão automática faz uso de um sistema eletroeletrônico que foi desenvolvido pela alemã ZF. O projeto em si levou três anos para chegar ao ponto final. A marca também não quis ter problemas quando o sistema começasse a ser usado. Para isso, entre ensaios e testes realizados em três continentes diferentes foram mais de um milhão de quilômetros rodados.

Como citado o sistema é produzido pela ZF, pois bem, a fabricante já é popular no que diz respeito a transmissões automáticas de nível avançado. Sendo que já produziu dispositivos para até nove marchas. Além disso, tem as boas expectativas em relação à parceria. Outras montadoras também firmaram parcerias do tipo, como o caso da GM com a Delphi e a Volks e a Fiat com a Magnetti Marelli.

Voltando a falar do sistema, vale destacar que assim como os outros que se encontram disponíveis no mercado o Easy’R da Renault também tem sua base na versão manual. E tem um detalhe, o Easy’R ainda conta com um sistema eletrônico que realiza o controle da embreagem além de efetuar as trocas de marchas de forma automática.

Caso o condutor queira, ele também poderá optar por fazer uso do sistema manual (modo manual) por meio de toque na alavanca que por sinal é bem semelhante com a apresentada por um câmbio manual tradicional.

No que diz respeito aos preços o Sandero Expression 1.6 Easy’R custa R$43 mil enquanto que o Sandero Dynamique Easy’R  sai das lojas por R$ 47.180. No caso do Logan Expression 1.6 EasyR o preço fica em R$ 45.490 e Logan Dynamique Easy’R  na faixa dos R$ 50.180.

Por Denisson Soares

Renault Sandero e Logan com c?mbio autom?tico

Renault Sandero e Logan com c?mbio autom?tico

Fotos: Divulgação


Renault Sandero Stepway – Características da nova versão aventureira do modelo


A Renault revelou oficialmente as imagens da versão Stepway da nova geração do Sandero. Até então visto apenas com o logotipo da Dacia, braço da marca francesa em alguns países na Europa, o hatchback em sua versão aventureira será uma das atrações da Renault no Salão de Moscou, na Rússia.

A nova geração do Sandero em sua versão aventureira também será apresentada no Brasil durante o Salão do Automóvel de São Paulo, em outubro, mas é provável que o modelo brasileiro seja um pouco diferente da russa, já que a Renault promoveu algumas alterações em relação à versão vendida pela Dacia para agradar os consumidores russos.

Por lá, o novo Stepway segue a estratégia utilizada na geração passada, adotando apliques de plásticos em volta dos para-lamas, nos novos para-choques dianteiro e traseiro e em torno das luzes refletivas traseiras e nos faróis de neblina. Para aumentar o espírito aventureiro do modelo, o hatch possui rack de teto, detalhes em cinza claro nos para-choques que imitam quebra-mato, suspensão levemente elevada e adesivos em alusão à versão.

No interior, a configuração aventureira ganhou apenas novos tecidos para revestir os bancos e alguns detalhes prateados no painel e nas portas, mantendo o restante idêntico às versões convencionais.

Completam as alterações para a Rússia o protetor de cárter reforçado, tanque de combustível feito em aço e com sistema de partida específico para regiões que atingem baixas temperaturas e bateria com capacidade aumentada.

Mecanicamente, a Renault decidiu manter os motores oferecidos anteriormente e, portanto, o novo Sandero Stepway poderá ser equipado com o motor 1.6 MPI com 82 cv e o bloco 1.6 16V capaz de entregar 102 cv.

No Brasil, é provável que a marca opte por aperfeiçoar a lista de equipamentos de série para agradar o público brasileiro. Sob o capô, a Renault deve manter os mesmos  que já são utilizados na nova geração do modelo em suas versões convencionais: o 1.0 16V Hi-Flex com 80 cv e o 1.6 8V Hi-Flex que gera até 106 cv.

Por Caio Polo

Sandero Stepway

Sandero Stepway

Sandero Stepway

Foto: Divulgação


Novo Renault Sandero Stepway será apresentado no Brasil em breve


Cerca de quatro meses depois de realizar o lançamento do Sandero convencional, a Renault está prestes a apresentar uma versão  do novo modelo (apelidado por alguns de pseudo-aventureira).

De acordo com as informações que andam circulando no meio de comunicação do setor, essa versão diferenciada deverá ser a principal atração da fabricante francesa durante a realização do Salão de Automóvel de São Paulo. Neste ano, o evento acontecerá entre os dias 30 de outubro e 9 de novembro. De qualquer forma o que interessa é que o modelo já foi visto pelas ruas argentinas rodando em testes feitos pelo site Argentina Autoblog.

Mesmo que ainda não esteja tudo acertado para o lançamento da versão nacional até o momento, ao que tudo indica, o Renault Sandero Stepway “brasileiro” deverá seguir os mesmos passos da linha que é comercializada na Europa.

Isso quer dizer que nossa versão também terá direito entre outras coisas a rodas de liga-leve de 16 polegadas, faróis e lanternas com máscara negra, rack de teto, maçanetas pintadas em preto, moldura nas caixas de roda, adesivo referente à versão nas portas dianteiras, estribos laterais e para-choques redesenhados.

O interior do Renault Sandero Stepway também receberá mudanças. Entretanto, até agora só se comentou sobre o novo padrão de revestimento dos bancos do carro.

No mais, o modelo contará com suspensão elevada. Em relação ao motor não haverá mudanças. Ou seja, continuará a ser movido pelo 1.6 litro de 8V. O bloco tem capacidade para gerar 106 cavalos de potência. A transmissão é manual e conta com cinco velocidades. Porém, há a expectativa de que não deve demorar muito até que uma opção com câmbio automatizado passe a ser oferecida.

Os preços do Stepway ainda são uma dúvida. Mesmo assim, especula-se que seja algo em torno dos R$ 46 mil. A previsão é de que o modelo já esteja disponível nas concessionárias logo após a realização do evento de automóveis.

Por Denisson Soares

Renault Sandero Stepway

Foto: Divulgação


Vendas da Renault na Europa registraram alta no 1º semestre de 2014


A Renault, ao menos por enquanto, pode dar uma respirada. Mas não de alívio completo, diga-se de passagem. De acordo com os dados levantados sobre as vendas da montadora no primeiro semestre de 2014 surgiram algumas informações felizes. A principal diz respeito ao aumento no percentual de 4,7 na Europa. Isso aponta uma certa recuperação no mercado da região. Por outro lado também pode representar a compensação das quedas que a fabricante vinha sofrendo em relação à demanda que estava sendo exigida nos mercados emergentes. De qualquer maneira a novidade parece reverter a tendência de que a montadora estava fadada a ter no mercado no decorrer deste ano.

Em escala global as vendas da montadora tiveram um avanço de 1,37 milhão de carros. Isso segundo as informações da própria companhia. Pelo visto o aumento das vendas teve um protagonista em especial: o novo compacto Clio. Claro que ajudado pelos crossovers compactos que foram ampliados em sua zona doméstica.

Vale ressaltar o fato de que até o final do ano passado a Renault estava apostando suas fichas nos mercados emergentes para conseguir resistir ao que poderia vir de pior da prolongada crise de queda nas vendas que se abate na Europa. Lembrando que a demanda atingiu os piores níveis de quedas por nível considerando-se as últimas duas décadas.

De acordo com a Renault, no primeiro trimestre deste ano as vendas na Europa tiveram um crescimento de 18%. Já em relação ao resto do mundo as vendas tiveram queda de 9%.

De qualquer maneira o terreno ainda se mostra bastante instável. Isso porque enquanto as montadoras aguardam um certo crescimento e uma recuperação do mercado europeu tem assistido as vendas internacionais caírem. Fato que tem sido agravado ainda mais pelo câmbio de nações que tem mercados emergentes como a América Latina e Rússia, que ainda está em meio de suas tensões políticas com a Ucrânia.

Para se ter ideia da situação basta lembrar que a Rússia era o segundo maior mercado consumidor da marca. Na primeira metade de 2014 foi para terceiro. A Argentina que ocupava o quinto agora está na oitava posição.

Mesmo assim, a montadora afirma que sua fatia nos mercados emergentes, mesmo levando em consideração a demanda enfraquecida tem se mantido firme.

Por Denisson Soares

Renault Clio

Foto: Divulgação


Novo Renault Sandero terá mudanças no visual e preços mais acessíveis


O Renault Sandero, a partir do próximo ano, vai estar com o design totalmente novo. Além do estilo moderno, o preço vai ser muito acessível: a partir de R$ 29.890,00. A versão do carro consumia aproximadamente 40% das vendas e a versão nova, mesmo com todos os upgrades, conseguiu permanecer R$ 610,00 na versão do carro mais barata, que é a Authentique 1.0. No mercado, o valor é de R$ 29.890,00. Gostou da novidade?

As novidades do novo carro da Sandero destacam-se pela presença de lanternas na parte central, o vidro traseiro também diminuiu o seu tamanho e ganhou a forma de “U”. Em relação ao interior, o novo Renault Sandero continua com o bom espaço interno e o porta-malas contempla ainda a boa capacidade de conseguir carregar 320L. Além disso, as diferenças entre os carros mantêm-se por pequenos detalhes como: a básica não possui a pintura que tem a moldura chamada de black-piano no console e os bancos do carro que permanecem com a espuma moldada são exclusivas da versão Dynamique.

Entre outras características do novo carro lançado pela Renault é o sistema elétrico que é de multiplexagem e, além disso, teve suspensão da revisão. Outra novidade é que a direção hidráulica também está com assistência mais variável. O carro também está com novas funções tecnológicas como, por exemplo, a presença do sistema MediaNAV, com GPS, Bluetooth, rádio e também conta com visualização da temperatura externa. A versão Dynamique tem ar condicionado automático, como item opcional.

Além disso, o Renault Sandero vai ser oferecido ao público em quatro versões diferentes e que serão completadas com o decorrer do tempo tanto com a versão automatizada, quanto com a versão Stepway, para quem gosta de aventura. Assim, a expectativa é que elas sejam lançadas no salão do automóvel que está previsto para acontecer no mês de outubro.

Gostou de conhecer as novas novidades do Sandero?

Por Babi

Renault Sandero 2015

Foto: Divulgação