Ford Ranger 2020 – Preço, Mudanças e Novidades


Confira aqui o que há de novo no Ford Ranger 2020.

A montadora americana fundada por Henry Ford realizou a apresentação de maneira oficial na última terça-feira, dia 25 de junho, na cidade de Mendoza, localizada em território argentino, da mais nova linha da picape Ford Ranger, a qual chega na versão 2020 trazendo consigo algumas alterações na parte visual e também no que diz respeito a mecânica. No mercado brasileiro a nova linha da Ford Ranger desembarca em quatro diferentes versões, sendo a Limited, a XL, a XLT e a XLS. Os novos valores a serem vistos nas concessionárias do Brasil irão iniciar em R$ 128.250.

No começo deste ano de 2019, no mês de janeiro, foi revelado um retoque na parte visual da Ford Ranger que é comercializada no mercado externo a América Latina e a variante brasileira seguirá praticamente a mesma mudança. A pickup fabricada na cidade de General Pacheco, na Argentina, conta com faróis principais novos, além de possuir luzes diurnas em LED e também facho baixo em lâmpada de xenônio). Ainda vem equipada com câmera (de alta resolução) extra, farol de neblina, antena com receptor de GPS e radar frontal com uma nova posição.

Em sua parte frontal, a grade possui ainda o formato externo que também é visto na Europa, porém, possui um elemento central diferente, da mesma forma que seu para-choque dianteiro, que conta também com um distinto aplique na região central. O modelo conta com as mesmas rodas já vistas na linha 2019, porém, agora passa a ter um acabamento diamantado. Em seu interior, além das mudanças de cores, a novidade fica por conta do console central que possui ainda uma alavanca de câmbio inédita.

Ainda que tenha sido um novo lançamento, mais uma vez a Ford acabou não alterando a motorização, que continua sem receber o propulsor a diesel de 2 mil cilindradas encontrado na Ranger do mercado europeu. Os dois motores da Ford Ranger linha 2020 são: um a diesel com 2.2 litros, o qual possui a capacidade de gerar 160 cv de potência e outro também a diesel, com 3200 cilindradas, esse com uma potência de 200 cavalos, podendo estar atrelado a uma transmissão automática ou manual de seis velocidades.

A caminhonete sofreu mudanças em seu sistema de suspensão. Foi redesenhado seu conjunto dianteiro, passando a adotar novos coxins, barras estabilizadoras, amortecedores e molas, para que assim se garanta uma dirigibilidade melhor e também um conforto fora da estrada.

A novidade vista em sua lista de itens é a tampa da sua caçamba, que tem trava elétrica e é assistida por meio de uma barra de torção, a qual acaba reduzindo a força para ser fechada em até 70 por cento segundo a marca. Outra inovação é a sistema de chave presencial. A Ranger ainda estreia em seu pacote tecnológico o monitor de pressão de seus pneus de maneira individual e também a frenagem de emergência que ocorre de forma automática ao detectar pedestres.

Veja abaixo os valores e as versões da nova Ford Ranger 2020:

  • Versão XL com motor 2.2 e tração 4×4 e Cabine Dupla (Manual): R$ 132.320
  • Versão XLS com motor 2.2 e tração 4×2 (Automática): R$ 128.250
  • Versão XLS com motor 2.2 e tração 4×4 (Manual): R$ 147.520
  • Versão XLS com motor 2.2 e tração 4X4 (Automática): R$ 154.610
  • Versão XLT com motor 3.2 e tração 4X4 (Automática): R$ 176.420
  • Versão Limited com motor 3.2 e tração 4X4 (Automática): R$ 188.990

FILIPE R SILVA


Nova Chevrolet S10 2020 – Novidades e Preço


Picape S10 2020 tem mudança no sistema multimídia e possui 6 versões.

A picape Chevrolet S10 2020 é uma ótima máquina. Ela tem potência, beleza, resistência e modernidade. Esse lançamento da Chevrolet tem como principal objetivo alcançar o maior número de usuários. A Chevrolet S10 2020 vem com mudanças na parte multimídia e tem uma maior conectividade. Além de ter opções de versões para diferentes gostos, esse carro conta com muitas funções importantes e que tornam o dia a dia bem mais fácil. Veja agora as principais informações da Nova Picape Chevrolet S10 2020.

Picape com design moderno

O design desse carro é um detalhe bem importante. Ele é bem moderno e chamativo. Suas lanternas de LED dão um grande destaque para esse carro. Sua carroceria espaçosa chama muita atenção e serve para carregar diferentes tipos de cargas.

Sobre a motorização do Chevrolet S10 2020

O motor dessa picape é bem potente e consegue manter uma boa motorização. É claro que esse modelo de carro já foi projetado para aguentar o tranco da estrada e também rodar bem com o peso variado de carga. Ele te dá a opção de 2 motores que são 2.8 turbo diesel e 2.5 SIDI Flex. A transmissão pode ser automática com opção de 6 marchas e manual. Ambas são de ótima qualidade e ajudam a oferecer ao motorista uma ótima dirigibilidade. A potência máxima com o motor Flex é de 206 cv. Já o motor diesel oferece a potência máxima de 197 cv. Com essas informações já dá para ter uma noção que essa máquina pode oferecer muita adrenalina na pista. Por isso o ideal é dirigir com muita cautela e dessa forma evitar algum tipo de acidente. O motorista precisa ter alto controle, principalmente se gostar de correr em 4 rodas.

Sistema de multimídia com novidades

O sistema de multimídia dessa picape traz mudanças e isso anima mais ainda quem está interessado nessa máquina. Seu sistema multimidia agora conta com MyLink, que é compatível com sistema Android Auto e CarPlay. Essa mudança já estava sendo aguardada por quem conhece a marca. Era necessário um reparo nessa conectividade da picape Chevrolet S10 2020. Assim fica bem mais fácil aproveitar a modernidade desse carro.

Mudanças na parte interna

Vale apena ressaltar que a parte interna dessa picape sofreu uma pequena mudança que é: O apoio de cabeça central no banco traseiro, que pode ser visto na picape com cabine dupla. Pode até parecer uma bobagem, mais isso torna a viagem bem mais confortável para os usuários que estão sentados na parte traseira desse carro, e é um ponto positivo para quem sentia falta desse detalhe na versão anterior.

Diferentes opções de cores

Esse novo lançamento da Chevrolet também traz mais uma novidade bem legal, que são as variadas opções de cores dessa picape. Muitos usuários de carro acham um erro as marcas comentem não aumentarem esse leque de opções. Pois muitas pessoas não querem escolher um carro que tem apenas cores padrão ou poucas cores, mas na falta de opção acabam comprando o carro assim mesmo. Pensando nisso, a Chevrolet traz a S10 2020 com as seguintes opções de cores: Preto ouro Negro, Vermelho Chile, Branco Summit, Cinza Graphite, Azul Old Blue, Prata Switchblade e Vermelho Edible Berries. Com tantas opções incríveis, fica até difícil escolher uma só.

Valor da picape

O valor dessa picape segue a mesma linha e não vai impactar tanto assim. O valor da versão de entrada fica por R$109.590. Já a versão mais top está por R$195.490. Cada versão tem suas suas diferenças e informações. O usuário vai escolher aquela que tem mais haver com seu perfil. Todas são de extrema qualidade.

Agora é só escolher uma e usufruir de tanta modernidade!

Escrito por Cristiane Amaral


Nova Picape Renault Alaskan no Brasil?


Lançamento da Nova Nissan Frontier e do Mercedes Classe X pode atrapalhar a vinda do Renault Alaskan ao Brasil.

Será que já é viável considerar novamente a possibilidade de ver, em breve, a picape Renault Alaskan circulando pelas ruas do Brasil? Essa é uma das grandes perguntas do meio automobilístico nos últimos dias e as expectativas são interessantes, para dizer o mínimo.

É preciso considerar, no entanto, que o lançamento da Renault Alaskan ainda não é certo por causa de uma tensão na aliança Renault-Nissan (o projeto da picape é o mesmo que serviu de base para a criação da Nissan Frontier). Vamos ver mais detalhes sobre toda essa situação a seguir, continue acompanhando e tenha uma boa leitura!

Entenda a situação da Renault Alaskan no Brasil

Os planos originais da aliança Renault-Nissan para a América do Sul priorizavam a produção da picape Nissan Frontier na Argentina. A vinda deste veículo para o Brasil já está acertada. Em seguida, o próximo passo da estratégia seria a produção da Renault Alaskan, na Argentina da mesma forma, com breve chegada em território brasileiro.

Acompanhando o lançamento da Renault Alaskan no Brasil, aconteceria também o lançamento de outra picape, a Mercedes Classe X (que também usa o mesmo projeto que deu origem aos veículos citados anteriormente, Renault Alaskan e Nissan Frontier).

Problemas no lançamento da Mercedes Classe X

No entanto, a Mercedes-Benz desistiu dessa estratégia, com a instabilidade econômica que ocorre atualmente na Argentina como argumento no comunicado oficial que foi publicado por eles. Existe ainda uma outra possibilidade para isso ter acontecido, que ainda não foi confirmada. Ela estaria relacionada a problemas sérios na gestão da aliança Renault-Nissan.

Especula-se que a prisão do ex-presidente da aliança Renault-Nissan, Carlos Ghosn, que estava envolvido no acordo que faria a Classe X chegar ao Brasil, também levou a Mercedes-Benz à desistência. A picape da empresa alemã será produzida apenas na Espanha e não há expectativas para que ela apareça no Brasil em breve.

Menos concorrência, mais possibilidades

Originalmente, a ideia de trazer a Renault Alaskan para o Brasil também estava comprometida e uma desistência era esperada em algum momento, por causa da falta de tradição da francesa com o segmento de picapes. Com a Mercedes Classe X fora do caminho no mercado automotivo sulamericano de picapes, isso passou a ser reconsiderado e a Renault está revendo a sua postura em relação a isso.

Com um concorrente a menos para a Renault Alaskan, não haveria “choque” com o lançamento da Mercedes Classe X, o que favoreceria o despertar da atenção do público que está à espera das picapes mais recentes em solo brasileiro. Para haver uma resposta mais precisa, é preciso aguardar os desdobramentos dos acontecimentos ligados aos problemas com a presidência da aliança Renault-Nissan.

Características da Renault Alaskan

A Renault Alaskan conta com um motor 2.3, que é turbo e deve ser abastecido com diesel. Segundo os dados de fábrica, ela pode ir do zero a 100km/h em até 12 segundos. A velocidade máxima da picape é de 160km/h. Ela possui dois níveis de potência: 160 cavalos (monoturbo) ou 190 cavalos (biturbo).

Outros aspectos da Renault Alaskan: ela pode ter câmbio manual de 6 marchas, se considerarmos a versão de acesso, ou câmbio automático de 7 velocidades em suas outras variantes, como as intermediárias. A produção do veículo está prevista para acontecer em Cuernavaca (México), Barcelona (Espanha) e Córdoba (Argentina) — assim que a situação da Alaskan na América do Sul se confirmar.

Gostou do artigo de hoje? Então, compartilhe com aquela pessoa que é fanática por veículos automotivos. Com certeza, ela vai se interessar muito em acompanhar os próximos passos desse lançamento tão aguardado da aliança entre a Renault e a Nissan, que é a Renault Alaskan!

Ricardo de Almeida Ramos


Peugeot deve lançar Nova Picape


Modelo deve ser baseado em projeto chinês e está previsto para ser lançado em 2021.

Tem novidade chegando para os amantes de picape! É isso mesmo, a Peugeot lança no Brasil, em 2021, um novo modelo de picape, inspirado em modelo chinês.

Até o momento, foi apurado que o novo projeto da Peugeot possui algumas semelhanças com o modelo Changan e não com o modelo da Nissan Frontier, como foi considerado anteriormente.

Desse modo, se o leitor é um apaixonado por carros e quer saber mais sobre esse o novo modelo da Peugeot, não deixe de acompanhar as informações a seguir e ficar sabendo de tudo que se espera da nova picape mais aguardada de 2021.

A nova picape será a primeira da Peugeot com o tamanho médio na América Latina e terá a sua fabricação na Argentina. No entanto, muito diferente daquilo que foi informado na QUATRO RODAS, a modelo não será inspirado no modelo Nissan Frontier.

As pesquisas realizadas nos últimos meses apontam até o momento que, na verdade, a Kaicene F70 será o modelo de base para a produção da picape. Para quem não conhece, a Kaicene F70 é uma picape de porte de médio, com uma cabine dupla. Ainda não teve o seu lançamento na China, no entanto, já foi visto recentemente com uma grade da Peugeot. A F70 até o momento vem sendo bastante elogiada, pois mostrou um grande potencial durante as fases de testes.

A Kaicene representa a divisão de comerciais da Changan, que nos últimos tempos adentrou ao mercado automobilístico brasileiro, anunciando ser a PSA na China, uma das suas grandes parceiras. Essa notícia trouxe preocupação para as marcas concorrentes, pois apesar de estar apenas iniciando no Brasil, sabe-se que a marca possui uma influência mundial e seus modelos vem agradando os novos consumidores de picapes.

Para facilitar o entendimento daqueles que já possuem conhecimento prévio em picapes de outras marcas, vamos pensar em uma escala de tamanho. Basta imaginar que a F70 é maior que a Toyota Hilux, mas não consegue acompanhar em tamanho a Ford Ranger, uma das grandes pioneiras de mercado.

Sabe-se que o novo modelo é uma grande promessa para 2021. Desde a proposta de lançamento foi anunciado que o F75 traz algumas novidades que são bem importantes de serem ressaltadas, isto é, no para-choque frontal, grade, faróis e motores da PSA. Além disso, a nova versão incluirá um interior mais refinado e os equipamentos que acompanham o automóvel possuem uma maior sofisticação tecnológica.

Para desenvolver esse modelo, a Peugeot fez uma intensa pesquisa de mercado durante meses, estudando de forma profunda quais são as picapes mais vendidas no Brasil. Além disso, procurou saber com pessoas que possuem picapes ou que gostariam de ter uma quais equipamentos e funções poderiam ser colocadas no automóvel com o intuito de melhor atender aos seus clientes brasileiros.

No entanto, a fabricação do novo modelo não é assim tão fácil quanto se pensa. A marca deixou bastante claro que o maior desafio é tornar a picape adequada para a nova estatégia comercial. Isso porque a intenção é fazer com que após o lançamento no Brasil, a picape lidere a posição como marca premium. Desse modo, para isso, é necessário um grande esforço de seus criadores para agradar os consumidores brasileiros uma vez que o objetivo é ultrapassar os níveis de venda de marcas pioneiras no Brasil como a Citroen, conhecida no mercado de carros como a sua irmã.

Os níveis de aceitação do nova picape no Brasil são consideráveis. Sabe-se que ainda é muito cedo para calcular em média aqueles que substituiriam os modelos de picape. Até o lançamento, haverá muitos fatores determinantes para a efetuação da compra. Não podemos deixar de citar que um dos fatores muito considerados pelos brasileiros refere-se ao custo/benefício.

Ana Paula Oliveira Coimbra


Fotos da Nova Ford Ranger vazam na Internet


Novo modelo deve chegar ao Brasil em 2022.

Os consumidores que gostam de acompanhar as notícias do mundo automobilístico já puderam notar que, nas últimas semanas, algumas imagens circularam pela internet e que mostrariam aquela que seria a "nova cara" da Ranger, um dos modelos bastante vendido pela Ford.

Desde então, os olhares estão mais atentos as fotos do modelo que, segundo os especialistas, parece muito com o modelo do veículo que é fabricado apenas nos Estados Unidos.

A dúvida é muito grande e começou a ganhar corpo, principalmente nas últimas semanas, pois nas fotografias que circulam livremente na grande rede, é possível ver que o emblema do fabricante aparece coberto. Tudo isto é o suficiente para que as especulações possam ‘pipocar’ entre os internautas interessados no assunto.

A Ford, apesar de estar sendo pressionada pelos milhares de consumidores ao redor do mundo para dar algum tipo de esclarecimento, ainda não se pronunciou sobre o fato.

Para quem quiser conferir, basta vistar o site australiano Wheels e conferir o material que está disponível para todos desde o último dia 21 de fevereiro.

Os interessados neste tipo de veículo poderão enfrentar uma certa dificuldade em adquirir o seu modelo aqui no Brasil, visto que toda a produção do veículo na América Latina é feita exclusivamente na vizinha, Argentina.

Especulações à parte, embora a Ford insista em manter segredo, a expectativa é que a montadora possa lançar muito em breve uma nova versão do veículo, visto que ela trabalha incessantemente em novas reestilizações de seus modelos no mercado internacional. Para se ter uma ideia, a Ranger que é fabricada e comercializada na terra do Tio Sam está a uma geração a mais na frente da que é vendida no Brasil, via Argentina.

Sem anúncio oficial, a expectativa dos especialistas no assunto é de que os novos modelos possam estrear na Brasil somente a partir de 2022.

Os usuários da internet que já tiveram acesso às fotos do suporto modelo da Ranger no site australiano ficaram surpresos com o novo estilo do que seria a nova versão. Um dos itens que mais chamou a atenção foi o fato do carro mostrar uma maior robustez, o que lembra outro modelo de sucesso de vendas, a F-150.

Na parte externa, os faróis aparecem ainda sem uma clara definição entre eles e os chamados faróis de rodagem. Um detalhe curioso, entretanto, chamou a atenção dos mais curiosos: o fato do modelo não apresentar os retrovisores externos. Talvez, pelo fato de se tratar de um veículo de teste, cujos detalhes ainda não foram finalizados.

A Ford passa por um processo de mudanças que vai afetar a venda de carros ao redor do Mundo

Para quem gosta de acompanhar as novidades sobre automóveis em todo o mundo sabe que, na última semana, a Ford anunciou uma série de medidas com o objetivo de reestruturar as suas operações no Brasil. A principal delas foi o anúncio do fechamento da fábrica de caminhões na cidade de São Bernardo do Campo, em São Paulo. Além disto, a medida também vai atingir a produção do Fiesta no país, que vai sair de linha.

Com a medida, a marca decidiu investir pesado somente na fabricação e comercialização de picapes da categoria SUV, considerado um filão do mercado mundial automobilístico mundial.

As mudanças implantadas pela fabricante também incluem a saída da empresa do ramo de fabricação de sedãs de luxo nos Estados Unidos.

Apesar das especulações, o fato é que a notícia continua gerando expectativa, o que de certa forma é bom para a própria empresa que lucra com toda esta publicidade gratuita e, de certa forma, o próprio consumidor, que sai com a certeza de que novos modelos, bem mais modernos e avançados, deverão ser comercializados no país em breve.

Emmanoel Gomes


Nova Picape deve Substituir o Fiat Strada em 2020


Modelo deverá ser apresentado neste início de 2019 e não será baseado no Mobi.

Uma das maiores companhias automobilísticas de todo o mundo está com novidade para o mercado internacional, a ser apresentada, previamente, neste início de 2019. Trata-se da nova substituta da Fiat Strada, a qual chegará ao comércio no ano de 2020, e não será baseada nos mesmos moldes do Mobi.

Conforme os dados publicados pelos especialistas, a companhia ainda está promovendo os testes necessários e finais sobre o modelo, que ainda está rodando como um mero protótipo, munido de peças pertencentes ao subcompacto, tal como foi flagrado em ruas da Suécia.

A companhia Fiat fez confirmar, em diversos meios de comunicação, o desenvolvimento de uma nova e inédita picape que deverá substituir a já veterana Strada, em território brasileiro. A estreia oficial no mercado nacional está prevista para o início do ano de 2020.

Todo consumidor em condições de adquirir um veículo zero poderá enveredar para as concessionárias e verificar a Strada, daqui um ano. Porém, diferentemente do que foi declarado por meio da imprensa internacional, sendo que a mesma conseguiu flagrar o modelo em diversos testes nas ruas da Suécia, entretanto, não foi elaborada a partir do Mobi.

Conforme a mesma companhia anunciou, esta nova picape, já fotografada pelos especialistas no ramo, na semana anterior, pela ação de fotógrafos do site americano Carscoops, trata-se de um protótipo cujo destino exclusivo está no desenvolvimento da suspensão; da motorização e dos freios, além da roda, que está vazada em um misto de diversos elementos do Argo; do Mobi e do Strada, surgindo desta fusão uma breve confusão, que, porém, não vai durar, sobre a sua origem nas mesas dos engenheiros.

A companhia Fiat ainda não fez indicar, por meio de seus gestores, qual será a plataforma que servirá de base para montagem deste modelo de automóvel, o qual estará encerrando um ciclo de quase 25 anos de produção do Strada, porém, os mesmos gestores reforçaram que o chamado subcompacto Mobi não será vazado em uma nova picape.

Embora esta grande criação da indústria automobilística esteja sendo testada na Suécia e no Círculo Polar Ártico, esta novidade de alta categoria tem destino previamente marcado para comercialização na América do Sul, melhor dizendo, especificamente o mercado de automóveis do Brasil.

Naquelas terras geladas a picape está sendo intensamente testada, sobretudo com provas sob as condições climáticas mais extremas, para garantir a validação de seus sistemas de estabilidade e de tração. Quanto mais rude o local e o clima, melhores e mais precisos testes são realizados, de modo que, no caso de um veículo, os engenheiros conquistam resultados mais eficientes, para gantir a segurança.

Apesar das informações um tanto resumidas e esparças, os especialistas estão atentos, de modo a fornecer mais flagras e dados sobre a anatomia deste novo automóvel. A companhia está entre as melhores em todo o mundo.

Sobre a indústria Fiat, seguem as informações:

A companhia FIAT consiste em uma das marcas pertencentes à Fiat Chrysler Automobiles, que é uma dos maiores produtoras de automóveis em todo o mundo, a qual possui sua sede central e mundial localizada na cidade de Turim, no norte da Itália.

As companhias européias estão entre as melhores, embora faça frente as mais famosas companhias americanas. Não importa muito o continente, já que quase todas as grandes companhias possuem sedes por todo o planeta, empregando engenheiros de todas as nacionalidades. Elas já estão miscigenadas de talentos de todas as ordens.

Vale a pena conferir.

Paulo Henrique dos Santos


RAM 1500 2019 – Novidades e Lançamento no Brasil


Modelo deverá chegar ao país com motor V6 a Diesel.

A RAM anunciou um lançamento para 2019, trata-se de uma nova picape com motor V6 3.0 Turbodiesel. Segundo Antonio Filosa, Presidente da FCA no Brasil, a nova picape é uma das promessas de lançamento para meados de 2019 no Brasil.

A nova RAM 1500 apresenta um visual moderno que inclui conectividade e consumo de combustível. A picape RAM 1500 apresentará 5,91 metros de comprimento e 2 metros de largura e seu motor, da linha Ecodiesel da Cummins, V6 3.0 Turbodiesel com 241 cv, inclui piloto automático adaptativo em formato start-stop e motor elétrico pequeno que visa economia de combustível e, portanto, compreende-se que a RAM 1500 apresentará tração de 4X4.

Em sua nova versão, a RAM 1500 visa atribuir, à nova picape, sistema tecnológico de 5, 8, 4 ou 12 polegadas, bem como luxo e qualidade ao seu design interior, também garante pneus mistos, suspensão e potência no motor.

Através de um intenso trabalho de engenharia, formulada por aços de alta resistência, isolamento acústico e sistemas de freios de alta qualidade, a RAM 1500 apresenta dois motores à gasolina, também oferecerá sistema de propulsão híbrido-leve. Também apresentará acoplado às suas 8 marchas automáticas um conjunto da Grand Cherokee e oferecerá capacidade de até 1.600 litros. Destaca-se sua suspensão à ar, na perspectiva de promover maior amortecimento aos solavancos na estrada, propiciando maior conforto.

Sua aparência física é imponente, com uma dianteira cromada e cheia de faróis modernos e de led, também apresenta caçamba esculturalmente esculpida e iluminação interna, observa-se porém que suas lanternas se estabelecem tradicionais. Com GPS integrado e câmera de ré.

Seu capô se destaca com faróis que estão 3,8 cm mais altos e alinhados ao desenho da grade. Com sistema de câmera 3600, poderá ser lançada em versão única no Brasil.

Apresenta-se em duas versões, entre elas a versões Rebel aventureira com grade e para-choques exclusivos, com 12 cores de carrocerias e 15 opções de design de rodas, possui suspensão elevada e aro 22.

Seu design interior apresenta portas amplas e espaço extra nos acentos traseiros, bem como maior conforto e comodidade. Seus bancos apresentam aquecimento e resfriamento, com teto solar auto panorâmico e seu painel apresenta tecnologia de entretenimento diversificado segundo cada versão, sendo observado seu desempenho dos modos de tração, condução e climatização.

Destaca-se, o momento do lançamento da RAM 1500 2019, sua capacidade off road, que visa à tecnologia de auxilio ao condutor a qualquer momento. Para conferir maior segurança, também pode-se compreender o alerta de pontos cegos, alerta de colisão com frenagem emergencial, bem como mudança de faixa e farol alto.

Com revestimentos em madeira de lei, alumínio e couro; freios de estacionamento elétrico, volantes multi funcional, entradas USB; tomadas de 115 volts; sistema de som Harmon Kardon; carregamento sem fio para celulares; conexão WiFi; sistema de entretenimento Uconnect com Apple CarPlay e Android Auto; câmera de 360 graus; dispositivos anti-colisão e piloto automático adaptativo.

A nova RAM 1500 2019 também apresenta novo chassi. E sua estrutura é mais leve, com carga útil de 1.043 kg e capacidade de reboque de 5.783 kg.

Importada dos EUA, é a nova sensação do momento e sua apresentação ao mercado brasileiro vislumbra por características o uso da CNH categoria B.

A promessa de divulgação no Brasil visa promover concorrência com a Toyota Hilux e Volkswagen Amarok e sua comercialização será classificada como comercial leve, podendo circular livremente pelas estradas brasileiras, sua comercialização visa elevar o consórcio de picapes no Brasil.

Seu valor de mercado seria lançado entre R$200.000,00 e R$250.000,00 e seu potencial de venda se iniciaria entre meados de 2019 ao início de 2020 e poderá reinar acima da média das picapes vigentes no mercado.

Fernanda Aparecida de Andrade Merlim


Chevrolet Silverado 2019 – Características, Especificações


Nova geração da picape será lançada em 8 versões e contará com diversas novidades.

Para os anos de 2018 e 2019, a Chevrolet reservou a nova geração da pickup Silverado, conforme apresentado na Detroit Auto Show 2018. A Pickup Silverado trouxe algumas mudanças em relação às tradições do modelo, chegando a um páreo de sucesso entre outros modelos, como o Ford F-150 e Dodge Ram 1500. Traremos nesta revisão da nova Chevrolet Silverado 2019 sua ficha técnica, preço e visuais do modelo que chega ao mercado após o centenário de fabricação do seu primeiro modelo de caminhonete de 1 tonelada da empresa americana.

A fabricação da nova Silverado terá início no meio do verão de 2018, na cidade de Fort Wayne, Indiana (Estados Unidos), e os clientes já poderão desfrutar seu conforto e novidades no início do outono. O preço ainda não foi revelado, porém, o esperado é que seja aproximado de seu antecessor, que pode ser comparado ao último modelo da concorrente Dodge Ram 1500, em torno de R$ 261.990 e Ford F-150, por volta de R$200.000,00.

Vale ressaltar que a Chevrolet Silverado abrange um grande público. Dentre suas novidades, temos 8 variantes no modelo, que são:

  • LTZ;
  • Custom;
  • Custom Trailboss;
  • WT;
  • RST;
  • High Country;
  • LT;
  • LT Trailboss.

Dentre estas variantes, é notável a roadster Chevrolet Silverado RST, com corpo brilhante e aerodinâmico, rodas 22" de borracha perfil baixo, plataformas para carga de três tipos além de três tamanhos de cabine: Supercarb, Supercrew e Única, e também tração traseira ou integral.

Os modelos da nova geração Silverado são construídos em plataforma T1, na qual sua diferença está na matéria prima, de alumínio maciço. Tanto o capô, suas portas e seu bagageiro são construídos em metal de alta resistência, e seus braços de suspensão terão composição em alumínio forjado. Em paralelo, algumas das versões Sport serão fabricadas com material composto (também encontrado em esportivos como o Corvette). O quadro da nova geração das cominhonetes Silverado tem sua composição de fábrica em 80% de aço altamente resistente, o que lhe permite não somente reduzir o seu peso em 40 kg, comparado à estrutura da geração anterior do mesmo modelo, e também terá a rigidez de sua torção aumentada numa taxa de 10%.

Seu peso total, no que se refere ao captador, é 204kg a menos que sua geração anterior, e o novo corpo cai 40 kg. É útil lembrar que, simultaneamente, a nova pickup Chevrolet Silverado tem significativo aumento (seu comprimento total tem aumentado 40 mm, e também as dimensões entre seus eixos aumentaram em até 100 mm), e apresentará um corpo mais robusto e espaçoso, calculado em aproximados 1784 litros, e, de acordo com representantes da Chevrolet, fica em vantagem de até 20% à frente do que seus concorrentes apresentam.

A nova geração da pickup Chevrolet Silverado recebe um design exterior muito elegante e arrojado: a parte dianteira desta máquina recebeu faróis com iluminação distribuída em três níveis, para-choque inédito e grelha frontal flashradiator totalmente modificada. Nos lados do corpo da pickup, temos perfuradores bem detalhados e arranjados, bem arredondados, em cima dos arcos de suas rodas, estampas brilhantes que destacam suas asas e também as portas dianteiras do veículo, forrado com uma placa, na qual o logo da marca está inscrito, também com plafones para lanternas dimensionais, equipados de preenchimento de diodos emissores de luz.

Interior

No interior da pickup Chevrolet Silverado, mantém-se o bom trato às tradições da marca, no qual se apresenta grande espaço, painel dianteiro avantajado, superfícies com cortes em seu console central, bancos amplos e confortáveis de qualidade, de primeira fila e túnel do centro colossal com amplo apoio para braço. A maior distância entre-eixos permite que passageiros da segunda fila (como, por exemplo, a cabine SuperCrew) tenham mais espaço para suas pernas em 40 milímetros. As versões mais robustas da Silverado têm um equipamento de muito agrado, que é uma guarnição interior revestida em couro, seu sistema multimídia com suporte a internet Wi-Fi, 4G e sistemas operacionais Android Auto e Apple Car Play, carregamento wireless para smartphone, conjunto elétrico de espelhos, poltronas, vidro e coluna de direção completo, zona dupla de controle do clima, controle de cruzeiro adaptável e sistema moderno de segurança.

Ficha técnica

A ficha técnica do modelo 2019 da Chevrolet Silverado ainda não foi revelado por completo por seus fabricantes, porém foram prometidos até 6 motores, variadas caixas de velocidades, motores a gasolina V8, trabalhando com volume de trabalho variando entre 5,3 e 6,2 litros (estes motores estarão equipados com sistema para desativar cilindros, podendo desconectar, caso necessário, 7 cilindros) e Duramax 3.0, turbo diesel.

Seu motor, que comporta até 6,2 litros de gasolina está mais poderoso, agregado com as novas 10 transmissões automáticas, que foram desenvolvidas em conjunto por especialistas das grandes General Motors e Ford. Sua transmissão automática com 10 velocidades é complexa, junto a 6 packs de garras e 4 linhas planetárias.

Por Douglas Ribeiro

Chevrolet Silverado 2019

Chevrolet Silverado 2019

Chevrolet Silverado 2019


FCA pretende lançar novo modelo de Picape em breve


A Fiat Chrysler Automobiles pretende lançar até 2022 uma inédita picape de porte médio baseada na última geração da RAM 1500.

Uma das maiores Joint Ventures da indústria automobilística está com nova estreia no mercado internacional. A Fiat Chrysler Automobiles, ou FCA, consiste em um conglomerado industrial ítalo-americano que faz união entre as marcas Fiat e Chrysler, além de estar entre os grandes fundadores da indústria automobilística europeia. A sede oficial situa-se no Reino Unido, e as suas ações listadas nos EUA e na Itália se deram a partir de 2014. Trata-se, portanto, de gigantes da indústria automobilística trabalhando na produção dos melhores modelos de automóveis da atualidade.

Deste modo, a Fiat Chrysler Automóveis, FCA, confirmou numa sexta-feira, dia 1º do mês de junho de 2018, ao longo de uma apresentação sobre os planos do grupo empresarial para os cinco anos vindouros, que existe a pretensão de se lançar até o ano de 2022 uma inédita picape de médio porte, inteiramente baseada na última geração do modelo RAM 1500, cuja meta está em participar da concorrência com a marca Chevrolet Colorado e com a Ford Ranger dentro dos Estados Unidos. Este novo modelo pode até tornar-se uma espécie de ressurgimento do título da Dodge Dakota, a qual havia sido extinta do mercado norte-americano ano de 2011, ou seja, há não muito tempo.

Este inédita picape, ou caminhonete, também terá a sua produção e comercialização ampliada para a América Latina, no sentido de poder competir dentro do segmento onde, atualmente, impera a versão da Toyota Hilux; o modelo Chevrolet S10 e o famoso modelo Volkswagen Amarok. Existe a possibilidade de esta versão RAM 1500 ser comercializada com o logotipo da empresa Fiat. Foi divulgado pelo próprio site Autos Segredos, mais recentemente, que este próximo modelo poderá ser montado no complexo industrial situado no município de Goiana, situado na região litoral do Estado de Pernambuco, onde são produzidos modelos da Fiat Toro e os modelos Jeep Renegade e o Compass, apesar de um novo Jeep compacto estar bem mais cotado para este local.

Esta nova picape será fabricada dentro da tradicional configuração de carrocerias e sobre um chassi munido de longarinas, além de ser equipada com intensa tração na parte traseira (diferenciando-se da linha Toro, a qual está vasada em uma estrutura de tipo monobloco e equipada com tração na dianteira em suas versões 4 por 2). Outras especificações serão, em breve, reveladas.

Os especialistas apostam na intuição de que a motorização da RAM, mais cotada para este modelo, no mercado brasileiro, será a de tipo F1C 3.0 em Turbo-Diesel munido de quatro cilindros, ou seja, a mesma motorização dos ditos comerciais leves Iveco, cujas potências certamente variarão entre o desempenho de 110 CV e 203 CV, em conformidade com a versão produzida.

Entre outros possíveis atributos, esta inédita picape estará munida de um câmbio manual ou um câmbio automático, portando, também, duas opções de tração 4 por 2, na parte traseira, e de 4 por 4. Apesar de possuir estrutura média, se trata de um veículo de grande potência.

Assim, com relação aos Estados Unidos, a Fiat Chrysler Automobiles (FCA) pôde confirmar que uma nova versão da picape RAM 1500, elaborada no sentido de ser utilizada ao estilo Off-Road extremo, tem por meta manter uma concorrência direta com a marca Ford F-150 Raptor. Entretanto, a RAM TRX estará munida de diversas preparações e atributos específicos oriundos da própria indústria onde será montada, portanto novos tipos de pneus de utilização mista; estará aparelhada de suspensões bem modificadas e o já citado motor, muito mais potente.

Os especialistas estão otimistas quanto a essa nova versão. Entretanto, mais informações sobre a RAM 1500 estão prestes a sair. Vale a pena conferir.

Por Paulo Henrique dos Santos

RAM 1500 2019


Volkswagen Amarok V6 2019 – Características, Especificações


A picape é moderna, com alta potência e muito confortável.

Volkswagen Amarok V6 é uma Picape muito moderna e com beleza estonteante. Ideal para consumidores bem exigentes e que gostam de carros mais chamativos. Ela foi projetada para enfrentar qualquer tipo de estrada. A empresa desenvolveu esse carro com intuito de causar um grande impacto na concorrência, já que essa Picape tem alto poder de aceitação. Para quem gosta desse estilo de carro, as chances dessa Picape Volkswagen Amarok agradar são enormes. Veja abaixo as principais informações desse carro.

Volkswagen Amarok possui muita potência

A Volkswagen Amarok é indicada para quem gosta de pilotar um carro de alta potência. Seu motor é V6 3.0 turbodisel que consegue fazer a potência máxima de 225 cv. Ela possui 4.500 giros e torque máximo de 56,1 kgfm. Dessa forma o usuário consegue manter a Picape em uma boa velocidade e mesmo assim ter controle de estabilidade. E são esses pequenos detalhes que fazem toda a diferença na hora de decidir qual o modelo de carro devemos comprar. Esse modelo possui câmbio automático de 8 marchas, sua tração integral é a permanente 4 Motion.

Carro com itens de série a altura do seu nome

Os itens de série dessa picape são de acordo com a expectativa dos usuários que já conhecem a marca. Com esses itens o carro fica muito mais completo e funcional para seu consumidor. Veja agora alguns dos itens que se encontram nessa versão da Volkswagen:

– Sistema de freios pós-colisão

– Isofix

– Freios a disco nas 4 rodas

– Controle de descida

– Bloqueio eletrônico do diferencial

– 4 Airbags

– Faróis bi xênon com LEDS diurnos

– Controle de tração e estabilidade

– Monitoramento de estacionamento

– Bancos em couro

– Multimídia Discover Media com tela sensível ao toque e tela de 6,33 polegadas

– Bancos dianteiros com ajustes elétricos de altura

– Frenagem de emergência

Entre outros.

Valor sugerido de mercado

O valor médio de mercado dessa Picape é de R$197.930,00. Muitas pessoas podem achar esse valor um pouco acima da média, e outras podem achar o valor em conta. O que vai definir tal visão de preço, é a experiência com esse tipo de carro. Como podemos ver esse modelo é muito moderno, resistente, forte e com muitos itens de série, e por isso ele vale cada centavo. Quem decidir comprar esse modelo, precisa entender que está investindo em um carro com alta durabilidade e que tem muitos anos de vida. Então, no final das contas é um ótimo custo-benefício.

Picape com muita beleza externa

Outro fator muito interessante desse carro é que ele tem muita beleza externa. Seu design é moderno e chamativo. Ele possui grandes faróis de LED e uma enorme carroceria que o torna mais chamativo ainda. Ele também possui medidas grandes e, por isso, é preciso de espaço para guardá-lo na garagem. Como podemos ver, são muitos os motivos para não resistir a essa Picape.

Carro com muito conforto para seus usuários

Outro diferencial da Picape Volkswagen Amarok 2019 é que ela é muito confortável. E isso faz toda a diferença para quem passa algumas horas no volante. Fora isso, dentro do carro é possível ter vários recursos modernos que deixam os momentos no trânsito mais divertidos. E com todos esses recursos, fica claro que a Volkswagen não veio desprepara, e isso já é uma dica para seus grandes concorrentes.

Carro para trabalhar

Essa Picape foi projetada para diversas funções e uma das principais é ser usada para trabalhar. Ela permite que o usuário carregue diferentes tipos de cargas tranquilamente, e por isso ela é indicada para quem tem pequenas empresas. Seu volume de carga máxima é de 1.105.

Como podemos ver essa Picape é maravilhosa e tem muitos motivos para conquistar qualquer usuário!

Por Cristiane Amaral

Volkswagen Amarok V6 Extreme 2019

Volkswagen Amarok V6 Extreme 2019


RAM deve lançar Nova Picape no Brasil


Modelo pode chegar ao país em 2022 e irá concorrer com o Toyota Hilux.

Os consumidores e fãs brasileiros de uma boa picape agora poderão contar com uma grande novidade.

Até o ano de 2022, a FCA ( Fiat-Chrysler) deverá consolidar no Brasil um dos seus maiores lançamentos e um grande sucesso fora do país, a sua robusta RAM.

Para quem não se lembra, o veículo estreou no país através da parceria Dodge-Chrysler e ficou amplamente conhecida pela famosa Dakota.

Esta picape chama logo a atenção pela sua enorme robustez e tamanho. Um perfil ideal para concorrer com marcas que já emplacaram também por aqui como a famosa Hylux da Toyota.

A intenção é estabelecer dentro do mercado brasileiro uma marca que possa satisfazer aos usuários que necessitam de um veículo que possa trazer força e potência, sem abrir mão do conforto e segurança.

Segundo o empresário Antonio Filosa, presidente do grupo da FCA para os mercados voltados para a América Latina, a intenção é que a picape possa achar seu lugar entre estes consumidores e a empresa já arregaçou as mangas para que esta conquista esteja efetivada de fato até 2022.

Partindo do projeto inicial da antiga versão americana, a Dakota, o objetivo é produzir uma versão um pouco mais leve ( em torno de 1 tonelada) e que esteja em condições de concorrer com as demais que já rodam por aqui há algum tempo.

Segundo a empresa, o novo nome ainda não foi definido para o novo modelo. Mas o que já se sabe é que ela deverá herdar todo o projeto inicial do projeto americano da Dodge em parceria com a antiga Chrysler.

Este novo veículo seria lançado, em grande estilo, entre 2020 e 2022 e seria, segundo alguns especialistas, um novo conceito para esta categoria de veículos de até 1000Kg.

Além da versão mais pesada, a FCA pretende também investir no ramo off road e já anunciou que está trabalhando para o lançamento de uma versão voltada para os consumidores que gostam deste tipo de desafio.

Dentro desta perspectiva, a empresa também já anunciou também que pretende lançar uma versão do tipo híbrida, a 1500 e que vai reformular toda a linha das famosas ‘grandonas’, a 2500, 3500 a e 4500.

Para quem não gosta de esperar até lá e quiser já ir se acostumando com esta linha de picape, deve então ir se contentando com a linha 2018 da RAM.

A nova versão apresenta um série de itens que já podem dar uma idéia para o consumidor brasileiro de como vai ser a linha definitiva a ser lançada até 2022.

A RAM atual na sua versão 2500 tipo 4×4 Laramie esbanja em potência, com seu motor 6.7 Turbo do tipo Cummins, com mais de 300 cv de potência e transmissão automática de seis velocidades.

A sua força pode ser sentida na sua invejável capacidade de carga de mais de uma tonelada e de reboque que chega a mais de 7,5 Toneladas.

Tanta força e capacidade também exigem mais conforto e segurança para seus ocupantes. A versão 2018 não deixa por menos e oferece uma série de itens que podem satisfazer aos mais exigentes consumidores.

Como um dos principais recursos de segurança da RAM, podemos citar o conjunto de airbags tanto frontais quanto laterais que fazem parte do modelo, bem como a configuração em cortina que envolve todos os ocupantes traseiros.

Além disto, ela traz uma série de recursos como o controle eletrônico da tração e o monitoramento contínuo de toda a estrutura da carroceria, dentre outros.

Se você ficou interessado e quer saber mais detalhes, basta então acessar o seguinte endereço: http://www.ram.com.br

Com certeza, se você pensa em ter uma destas, então você vai ter uma idéia de como vai ser a nova geração RAM até 2022.

Emmanoel Gomes


Mitsubishi L200 Triton Sport 2019 – Características, Especificações


São disponibilizados seis tipos de versões, começando pela simples GLX até a requintada HPE-S, com diversos tipos de acabamentos internos e externos, transmissões e trações conjugadas.

Montada na cidade de Catalão, no estado Goiano, a Mitsubishi disponibiliza a versão 2019 da sua picape de maior comercialização e interesse no mercado, a L200 Sport, já em sua nova geração.

Ao todo são seis tipos de versões diferentes, começando pela simples GLX até a requintada HPE-S, com diversos tipos de acabamentos internos e externos, transmissões e trações conjugadas.

A versão 2019 conta também com novos equipamentos oferecidos como suspensões com sistema de ajuste e novos sistemas multimídias com telas de 7 polegadas sensíveis ao toque.

A motorização é a mesma para toda gama Sport, motor de 2,4 litros com turbo, feito em alumínio de 190 cavalos e excelentes 43,9 Kgfm de torque.

Fora as seis versões vendidas no varejo, a Mitsubishi também inovou com duas versões com acabamento e equipamentos mais simples, porém exclusivas para frotistas; a Mitsubishi L200 Triton Sport GL Manual, com preços a partir de R$ 120.990,00 e Mitsubishi L200 Triton Sport GLS Automática, esta com preços sob consulta ao fabricante.

As versões da Mitsubishi L200 Triton Sport

A Mitsubishi disponibiliza a nova L200 Sport em seis versões principais no mercado, detalhamos a seguir cada uma:

Mitsubishi L200 Triton Sport GLX

Preços a partir de R$ 126.990,00

Principais Características e Destaques:

  • Motorização a Diesel contando com um potente motor de 2.4 litros e 190 cavalos de potência
  • Espaço de sobra para 5 pessoas
  • Transmissão do tipo Manual
  • Acabamento interno dos Bancos em Tecido
  • Equipamentos em Destaque: Airbag Duplo, sistema RISE de segurança, sistema J-Line, veículo equipado com sistema Anti-Travamento das rodas conjugado com EBD e BAS para a carroceria.

Mitsubishi L200 Triton GLS Manual a Diesel

Preços a partir de R$ 131.990,00

Principais Características e Destaques:

  • Motorização a Diesel contando com um potente motor de 2.4 litros e 190 cavalos de potência e tecnologia MIVEC
  • Espaço de sobra para 5 pessoas
  • Transmissão do tipo Manual de 6 velocidades
  • Acabamento interno dos Bancos em Tecido
  • Equipamentos em Destaque: Airbag Duplo, sistema RISE de segurança, sistema J-Line, veículo equipado com sistema Anti-Travamento das rodas conjugado com EBD e BAS para a carroceria.

Mitsubishi L200 Triton GLS Automática a Diesel

Preços a partir de R$ 137.990,00

Principais Características e Destaques:

  • Motorização a Diesel contando com um potente motor de 2.4 litros e 190 cavalos de potência
  • Espaço de sobra para 5 pessoas
  • Transmissão do tipo Automática
  • Acabamento interno dos Bancos em Tecido
  • Equipamentos em Destaque: Airbag Duplo, sistema RISE de segurança, sistema J-Line, veículo equipado com sistema Anti-Travamento das rodas conjugado com EBD e BAS para a carroceria.

Mitsubishi L200 Triton Sport Automática HPE

Preços a partir de R$ 154.990,00

Principais Características e Destaques:

  • Motorização a Diesel contando com um potente motor de 2.4 litros e 190 cavalos de potência e tecnologia MIVEC
  • Espaço de sobra para 5 pessoas
  • Tração do tipo Super Select II
  • Transmissão do tipo Automática
  • Acabamento interno dos Bancos em Couro
  • Equipamentos em Destaque: veículo equipado com sistema J-Line, ASC e HSA, além de câmera de ré para auxilio em manobras traseiras

Mitsubishi L200 Triton Sport Automática HPE com sistema FTP

Preços a partir de R$ 174.990,00

Principais Características e Destaques:

  • Motorização a Diesel contando com um potente motor de 2.4 litros e 190 cavalos de potência e tecnologia MIVEC
  • Espaço de sobra para 5 pessoas
  • Tração do tipo Super Select II
  • Transmissão do tipo Automática de 5 velocidades
  • Acabamento interno dos Bancos em Couro
  • Equipamentos em Destaque: veículo equipado com sistema J-Line, ASC e HSA, sistema GPS em língua portuguesa, pacote interno Full Airbags, sistema de partida Start and Stop e exclusivo pacote FTP

Mitsubishi L200 Triton Sport Automática HPE-S

Preços a partir de R$ 174.990,00

Principais Características e Destaques:

  • Motorização a Diesel contando com um potente motor de 2.4 litros e 190 cavalos de potência e tecnologia MIVEC
  • Espaço de sobra para 5 pessoas
  • Tração do tipo Super Select II
  • Transmissão do tipo Automática de 5 velocidades
  • Acabamento interno dos Bancos em Couro
  • Equipamentos em Destaque: veículo equipado com sistema J-Line, ASC, KOS e HSA, sistema GPS em língua portuguesa, pacote interno Full Airbags, faróis de xênon, sistema de partida Start and Stop e exclusivo pacote FTP, acabamento externo com grade frontal cromada e rodas de aro de 17 polegadas de liga-leve.

Gostou? Que bom! Por que ainda tem mais versões da L200.

Se o portfólio das versões disponibilizadas para a L200 Triton Sport já é completo, o consumidor ainda conta com mais três versões de sucesso da L200, porém com o design da carroceria da geração anterior; a L200 Triton GLX, a L200 Triton Outdoor e famosa versão customizada off-road, L200 Triton Savana.

Todas as novidades técnicas, amplo catálogo fotográfico e uma exclusiva ferramenta de configuração para cada versão, podem ser acessadas diretamente no site da Mitsubishi através do link: https://www.mitsubishimotors.com.br/picapes/nova-l200-triton-sport-2018-hpe-com-ftp-12.

Agora é a hora de conferir toda esta robustez.

Por C. B.

Mitsubishi L200 Triton Sport 2019


Picapes com maior capacidade de carga do Brasil


Conheça as 5 picapes que aguentam a maiores capacidades de cargas.

Muitas pessoas estão em busca de um boa Picape que aguente um bom peso de carga no Brasil. Existem tantos negócios próprios que ainda são pequenos, e com o auxílio de uma boa picape, fica muito simples fazer o serviço de carregamento e entrega de alguns produtos. Essas picapes também servem para outros tipos de serviço. Por isso, vamos citar as 5 melhores opções que tem maior capacidade de carga do Brasil.

1 – Fiat Strada 2018

Essa Picape é uma ótima opção para quem deseja um carro potente e que consiga carregar uma boa quantidade de carga. Além de ser bem potente e robusta, a Picape Fiat Strada 2018 também é muito bonita e com detalhes que não passam despercebidos por ninguém. Seus itens de séries são incríveis e tornam essa Picape muito moderna. Ela tem algumas versões e seus valores vão variar de R$47.500,00 a R$75.000,00. Ela pode carregar o peso máximo de carga de 650 kg e mesmo carregando esse peso, ela tem um ótimo desempenho.

Fiat Strada 2018

2 – Chevrolet Montana

Essa Picape além de ser muito moderna, tem capacidade de carga de 756 kg. E, por isso, ela está na nossa lista. Com esse espaço é possível carregar uma carga enorme, e diminuir o gasto de tempo de transporte. Além disso, ela possui itens de segurança como:

– Freios ABS que são importantes para a segurança de todos os ocupantes quando a picape está na estrada

– Alarme antifurto que avisa em caso de tentativa de roubo, que pode acontecer caso essa picape esteja carregada

– 2 Airbags duplos que vão diminuir o impacto em caso de acidente

Essa Picape tem ótima duração de vida e pode ser que ela ultrapasse 8 anos e ainda permaneça inteira. Seu valor de mercado de R$49.090,00, e esse valor é muito bom em relação da funcionalidade dessa Picape.

Chevrolet Montana 2018

3 – Volkswagen Amarok 2018

Essa Picape é uma das melhores da lista, pois possui uma ótima capacidade de carga que é de 1.200 litros. Dessa forma é possível que o usuário carregue diversos tipos de carga em sua caçamba sem se preocupar. Além desse detalhe, essa picape traz modernidade interna, muita segurança para todos os ocupantes do carro, design externo e ótimos itens de série. Seu valor inicial de mercado é de R$177.990,00, e esse preço é justificado pelas suas variadas funções modernas. Seu motor é 2.0 e faz a potência máxima de 180 cv. O seu torque máximo é de 42,8 kgfm e seu rpm é de 4.000. Ele possui câmbio automático com 8 marchas e é muito potente.

Volkswagen Amarok 2018

4 – Volkswagen Saveiro cabine dupla 2018

Essa opção de Picape é muito indicada não só para quem carregar carga, como para quem quer qualidade. A VW Saveiro cabine dupla 2018 tem motor potente 1.6 Flex, tem beleza externa e modernidade interna. A capacidade de carga para o modelo de cabine dupla é de 580 litros. Existem opções maiores no mercado, porém, a VW saveiro CD 2018 tem um conjunto que tornam ela mais completa. Seu valor inicial de mercado é de R$57.890,00.

Volkswagen Saveiro 2018

5 – Toyota Hilux 2018

Essa Picape é muito indicada para quem quer fazer muitas cargas, pois ela suporta até 730 kg. O que é uma boa quantidade. Além disso, ela possui muitos itens de séries como:

– Rodas de liga leve aro 18

– Faróis de neblina

– Câmera de ré acoplada na caçamba de carga

Além desses detalhes, essa Picape possui tração 4×4 que ajuda no desempenho do carro quando ele está em movimento. Seu valor inicial de mercado é de R$108.990,00. Ela possui cabine dupla e beleza externa.

Toyota Hilux 2018

Essas são as 5 melhores opções para quem quer uma Picape com espaço para carga e com ótimas funções!

Por Cristiane Amaral


Nissan Frontier 2018 – Versões, Ficha Técnica


A nova geração traz elementos únicos no mercado nacional como o motor Bi-turbo, por exemplo. O sistema para subida e descida de rampa e o auxiliador de partida, também fazem a diferença.

Eleita a melhor picape no prêmio oferecido a sua categoria na Car Award Brasil e divulgada em publicações especializadas como a melhor compra de 2017, as inovações para 2018 da Nissan Frontier a deixa a frente de suas concorrentes nos quesitos força, robustez e potência.

A nova geração traz elementos únicos no mercado nacional como o motor Bi-turbo, por exemplo. O sistema para subida e descida de rampa e o auxiliador de partida, também fazem a diferença.

O interior lembra o conforto de um sedan com o uso do couro no acabamento dos bancos que dão comodidade e sofisticação e o painel colorido multimídia. Porém a robustez externa proporcionada pela grade central em formato V-Motion e cromada são itens que mostram a identidade da picape da Nissan.

A Frontier pode ser encontrada nas cores: Laranja Imperial, Vermelho Alert, Cinza Grafite, Preto Premium, Branco Aspen e Prata Classic e em duas versões. Acompanhe os demais detalhes.

FICHA TÉCNICA:

MOTOR: Bi-turbo 2.3 L Diesel, 16 válvula, 190 CV e 45,9 KGFM

LARGURA: 1.850 mm

ENTRE-EIXOS:3.150 mm

ALTURA: 1.855 mm

PESO: 1.985

COMPRIMENTO: 5.250

TANQUE: 80 L

DIREÇÃO: Hidráulica

SUSPENSÃO TRASEIRA: Multilink

OCUPANTES:5

TRAÇÃO: 4 X 4

Características gerais

Os engenheiros da montadora japonesa fizeram questão de dar à picape o aproveitamento máximo do combustível em relação ao desempenho.

Seu novo motor Diesel Bi-turbo 2.3 com a potência de 190 CV é uma combinação perfeita de economia e força.

São 7 marchas em um câmbio automático que proporciona mais conforto à condução do veículo. As trocas de marcha são feitas suavemente e tem a possibilidade do uso manual sequencial.

Outra característica fundamental é o acionamento da tração de forma eletrônica fazendo qualquer terreno irregular ser facilmente vencido.

Outras características que compõem a Frontier são:

· Sensor para acendimento automático dos faróis;

· Chassi duplo C reforçado;

· Auxílio para partida em rampa;

· Faróis de LED (dianteiros)

· Caçamba com Ganchos internos para prender a carga;

· Banco do motorista com ajuste elétrico;

· Ar condicionado Dual Zone digital;

· Volante com multifunções integradas;

· Central multimídia com o Nissan Multi-App; com: Bluetooth, DVD, GPS, câmera de ré;

· Retrovisores com rebatimento elétrico;

· Duplos airbags frontais;

· Controle de frenagem eletrônico e freios BS;

· Faróis de neblina;

· Bancos dianteiros com aquecimento e apoios para a cabeça;

· Vidro traseiro com desembaçador;

· Sistema de ignição eletrônico;

· Cinto com ajuste de altura com três pontos;

· Para-choque cromado (traseiro) e dianteiro na cor da picape;

· Tomada 12 v na caçamba e no console;

· Apoio de braço no console central;

· Proteção UV no para-brisa

· Retrovisores e maçanetas cromados;

· Antena e rack de teto.

Acessórios da Frontier:

· Soleira de portas que conferem sofisticação;

· Alarme ultrassom com sensibilidade para detectar qualquer movimento no interior;

· Barra transversal com capacidade para suportar 56 kg da Thule

· Tapete de carpet produzido em nylon;

· Subwoofer para potencializar o som;

· Ponteira de Escapamento para dar um caráter esportivo;

· Santantônio KEKO;

· Capota Marítima: Feita em lona com alta resistência promove maior segurança a sua carga contra imprevistos climáticos.

· Protetor contra arranhões e amassados na caçamba;

· Trava de estepe usado com a chave-segredo;

· Friso lateral nas 4 portas na cor da picape;

· Camêra de ré que permite a visão traseira e manobras mais seguras;

· Extensor de caçamba que aumenta a capacidade do veículo funcionando também como organizador.

· Automatizado nos vidros com anti esmagamento;

· Sensor dianteiro de estacionamento;

· Trava antifurto para as rodas;

Preço inicial

Frontier LE AT 4×4 R$ 166.700

Frontier: SE AT 4×4 R$ 155.990

O catalogo completo você confere na página da montadora: www.nissan.com.br/veiculos/modelos/frontier.

Por Fabíola de Moraes

Nissan Frontier 2018

Nissan Frontier 2018


Chevrolet Montana 2018 – Especificações, Ficha Técnica


A Chevrolet Montana 2018 traz novos equipamentos e detalhes externos na carroceria.

A versão 2018 da Chevrolet Montana apresenta novos equipamentos e detalhes externos na carroceria, agora a picapinha conta com duas novas cores como opção (Vermelho e Cinza), além de saias laterais disponíveis na versão mais incrementada, a Sport.

O motor e câmbio continuam sem maiores novidades, 1.4 litros com 99 cavalos de potência com grande autonomia de mais de 600 km em vista do seu consumo baixo na cidade e na estrada (respectivamente 11,7 e 13,4 aferidos pela montadora com o combustível gasolina) e ótimos 13 kgfm de torque com seu já consagrado câmbio manual, a Chevrolet Montana é vendidas em duas versões principais: Montana LS e Montana Sport, esta última com diversos itens de série e uma “ pegada” mais esportiva.

A capacidade de carga continua a mesma também, 756 litros, configurando uma excelente opção em vista do seu custo-benefício.

Tanto pelo projeto já consagrado como pela manutenção relativamente barata, a Chevrolet Montana demonstra ser uma ótima opção na faixa das picapes leves.

Versões da Chevrolet Montana 2018

Chevrolet Montana LS 2018

A partir de R$ 48.090,00

Especificações Técnicas:

Motor 1.4 litros, oito válvulas, flex, de 99 cavalos a etanol e 94 cavalos a gasolina, a 6000 rpm de rotações máximas, conjugado com um câmbio manual de cinco velocidades.

Suspensão Dianteira independente com amortecedores hidráulicos, tipo “McPherson”, Suspensão Traseira com amortecedores hidráulicos, tipo barril.

Freios dianteiros a disco e Traseiros a tambor

Direção mecânica ou hidráulica, dependendo da versão

Principais itens de Segurança, Acabamento e Aparência

Airbag para passageiro e motorista, brake light traseiro integrado na carroceria, cintos de segurança com níveis de ajuste, sistema de freios antitravamento com imobilização do motor, caçamba com capota marítima e protetor, rodas aro 15 polegadas com calotas integradas, spoiler na carroceria lateral na mesma cor do veículo, faróis com alerta sonoro quando ligados, porta objetos no console, hodômetros parciais e totais totalmente digitais, troca de marchas com indicador para o motorista, direção hidráulica de série, bancos com regulagem em altura, preparação para som, acabamento interno na cor cinza.

Cores disponíveis para a versão LS

Metálicas: Preto, Prata, Vermelho e Cinza

Sólidas: Branco

Opcionais:

São três pacotes principais de opcionais, com preços variando de R$ 3.160,00 a R$ 7.500,00 aonde o comprador pode escolher aumentar a oferta de equipamentos de segurança e conforto como, por exemplo, chave canivete, vidros com sensores anti esmagamento, trava elétricas das portas, etc.

Chevrolet Montana Sport 2018

A partir de R$ 58.290,00

Especificações Técnicas:

Motor 1.4 litros, oito válvulas, flex, de 99 cavalos a etanol e 94 cavalos a gasolina, a 6000 rpm de rotações máximas, conjugado com um câmbio manual de cinco velocidades.

Suspensão Dianteira independente com amortecedores hidráulicos, tipo “McPherson”, Suspensão Traseira com amortecedores hidráulicos, tipo barril.

Freios dianteiros a disco e Traseiros a tambor

Direção mecânica ou hidráulica, dependendo da versão

Principais itens de Segurança, Acabamento e Aparência

Airbag para passageiro e motorista, ar-condicionado, brake light traseiro integrado na carroceria, cintos de segurança com níveis de ajuste, sistema de freios antitravamento com imobilização do motor, caçamba com capota marítima e protetor, rodas aro 15 polegadas com calotas integradas, spoiler na carroceria lateral na mesma cor do veículo, faróis com alerta sonoro quando ligados, porta objetos no console, rádio com entrada USB e mp3, travamento nas portas elétrico através da chave do veículo, computador de bordo com quatro funções principais, leitura da cabine com luzes individuais, destravamento das portas em caso de colisão, acendimento automático dos faróis por controle, porta objetos nas portas hodômetros parciais e totais totalmente digitais, troca de marchas com indicador para o motorista, direção hidráulica de série, antena no teto do veículo, bancos com regulagem em altura, preparação para som, acabamento interno na cor cinza.

Cores disponíveis para a versão Sport

Metálicas: Preto, Prata, Vermelho e Cinza

Sólidas: Branco

Opcionais:

São três pacotes principais de opcionais, com preços variando de R$ 3.160,00 a R$ 7.500,00 aonde o comprador pode escolher aumentar a oferta de equipamentos de segurança e conforto como por exemplo: chave canivete, vidros com sensores ante esmagamento, trava elétricas das portas, etc.

Acessórios:

A Chevrolet disponibiliza mais de 35 tipos de acessórios para o comprador personalizar sua Chevrolet Montana, todos eles podem ser vistos e configurados diretamente no site da montadora, através do link: www.chevrolet.com.br/picapes/montana/monte-o-seu.html?x-state=SP&x-regionid=1.

Por C. B.

Chevrolet Montana 2018

Chevrolet Montana 2018


Renault Duster Oroch 2018 – Ficha Técnica, Especificações


Feita totalmente no Brasil pela fabricante francesa Renault, a Duster Oroch, promete ser a picape mais completa e robusta do mercado nacional.

Planejada para aliar conforto e praticidade possibilitando a integração campo e cidade, podendo estar na estrada ou nas vias urbanas, a Duster Oroch vem para atender a qualquer necessidade de trabalho dos usuários.

Feita totalmente no Brasil pela fabricante francesa Renault, a Duster Oroch, promete ser a picape mais completa e robusta do mercado nacional.

Com design arrojado, a Renault também se preocupou em conferir segurança e economia a sua picape em todas as versões.

As versões do modelo são: Duster Oroch 1.6 Expression, Duster Oroch 1.6 Dynamique, Duster Oroch 1.6 Express.

Acompanhe abaixo as características detalhadas deste modelo e os preços iniciais.

Características da Duster Oroch 2018

Com capacidade para 5 ocupantes e podendo levar carga de até 680 kg, a Duster Oroch tem versatilidade, comodidade e segurança. Seu motor é 1.6 16V, também possui a tecnologia ESM a mesma que encontramos em carros de velocidade como os da Fórmula 1, por exemplo, tudo para o condutor ter mais conforto e economia de combustível. O controle seguro e leve do volante ocorre devido a Duster Oroch possuir direção eletro-hidráulica, fazendo com que a tarefa de dirigir seja sempre agradável ao condutor.

As características gerais do modelo são:

· 4 portas e capacidade para 5 ocupantes;

· Alarme volumétrico antifurto;

· Proteção Frontal;

· Tapete misto;

· Jet bag;

· Suspensão traseira Multilink;

· Câmbio Automático com opção de trocas manuais;

· Caçamba com fixação em 8 pontos conferindo maior proteção a carga;

· Capota marítima para melhor se adaptar às variações de clima.

· Possibilidade de extensão da caçamba de até 2 m e mais 300 L de capacidade;

· Freios ABS dando mais segurança na frenagem;

· Sistema AFU, que possibilita maior precisão ao utilizar os freios;

· GPS integrado e Media Nav 7”;

· Cabide;

· Cooler;

· DVD ;

· Airbags para o condutor e passageiro;

· Caixa multibox e cinta de carga;

· Multimídia e câmera interna;

· Tilt Down;

· Cadeira pet, engate e friso;

· Sensor de estacionamento aliado a câmera de ré para evitar os obstáculos;

· Eco-mode que ajuda a reduzir o gasto de combustível em 10%;

· Bluetooth;

· Eco Caching, Eco Scoring que facilitam a sua condução;

· Regulador de velocidade que mantém a aceleração sem precisar da interferência do condutor;

· Limitador de velocidade: O motorista pré-estabelece a velocidade que deseja atingir para não ultrapassá-la evitando multas;

· Rodas de liga leve 16” tendo ótimo desempenho no asfalto ou estrada de terra;

· Lanterna inteligente e faróis de neblina e LED;

· Paralamas e para-choques integrados conferindo robustez e agressividade ;

· Para trabalhos mais pesados e solos variados, a Duster Oroch tem a altura perfeita para qualquer declive;

· Barra de teto para bicicletas ou qualquer outro tipo de carga;

· Estribo tubular;

· Trava de estepe para evitar roubos;

· Apoio de braço para proporcionar mais conforto.

Ficha técnica, versões e preços

Altura: 1.694 mm;

Comprimento: 4.700 mm;

Largura: 1.821;

Peso: 1292;

Entre-eixos: 2.829 mm.

Duster Oroch Express

Motor 1.6 16 SCe manual

4 unidades de cilindro, 120 CV, 1.597 CM³

Volante com regulagem de altura;

Ar quente;

Travamento central das portas;

Preço inicial: R$ 68.150,00

Duster Oroch Dynamique

1.6 16 SCe manual

4 unidades de cilindro, 120 CV, 1.597 CM³

Volante revestido com couro de forma parcial;

Sensor traseiro para estacionamento;

Banco do condutor com regulagem de altura;

Retrovisores com regulagem elétrica;

10 funcionalidades no computador de bordo;

Piloto automático;

Preço inicial: R$ 78.050,00.

Duster Oroch Expression

Roda padrão Alumínio;

Motor 1.6 16 SCe manual;

4 unidades de cilindro, 120 CV, 1.597 CM³;

MP3 com USB e AUX;

Sistema antiesmagamento;

Vidros traseiros elétricos;

Preço inicial: R$ 73.550.00.

Informações detalhadas no endereço eletrônico: www.renault.com.br/veiculos.

Por Fabíola de Moraes

Renault Duster Oroch 2018

Renault Duster Oroch 2018


Volkswagen Amarok 2018 – Lançamento, Características


A grande novidade do modelo é seu motor V6 3.0 Turbo Diesel de 225 CV em potência que o faz ser ainda mais cobiçado.

No Brasil já está sendo agendada a estreia e pré-venda da inédita Picape Amarok munida de novo motor com potência V6, promovida pela companhia que deu origem a esse modelo, a Volkswagen do Brasil. Os valores estão programados para iniciar em 184.990 mil reais, sendo que as vendas inaugurarão no dia 14 de fevereiro de 2018. As informações podem ser obtidas acessando a página eletrônica: http://prevendaamarokv6.vw.com.br. Esse evento constitui a edição do lançamento oficial, que conta com 450 unidades disponíveis, inicialmente. Todas as unidades desse modelo, no momento, estão disponíveis na cor sólida de branco cristal.

É possível realizar reservas sobre as unidades iniciais, porém, o prazo para isso se estenderá até o dia 20 de janeiro, ou, caso necessário, assim que o primeiro lote esgotar. Essas reservas podem ser validadas por meio de um sinal, inicialmente pago, no valor de 10 mil reais. Mais adiante os modelos contarão com unidades mais baratas, portando rodas de até 18 polegadas. A grande e mais importante novidade, que torna esse novo modelo um dos mais cobiçados, está no motor V6 3.0 Turbo Diesel de 225 CV em potência, o qual atinge um número de giros entre 3.000 a 4.500, munido de 56,1 KGFM na função de torque, atingindo força entre 1.500 e 2.500 de RPM, interligado constantemente ao seu excelente câmbio automático que agora contém oito marchas, sendo que está associado, também, à tração integral e permanente de 4Motion de força. É possível verificar no site, Car Blog Br, um vídeo de propaganda dessa picape V6 rebocando um grande avião comercial.

De acordo com informações oficiais, oriundas da companhia, a nova picape Amarok com motor V6 tem potência para acelerar de 0 a 100 km/h em apenas 8 segundos, sendo que a mesma camionete atinge e a sua velocidade máxima conquistando os 191 km/h em seu bom desempenho.

O modelo Amarok conquistou na atualidade em torno de 11% de grande participação no comércio de picapes do estilo médio. A empresa montadora está com grande expectativa de concluir o ano com 13% de todas as unidades de estreia já comercializadas, porém, estas, que serão vendidas por meio do processo de estreia e pré-venda, não entrarão na estatística como registro de vendas do ano presente, por causa do processo de emplacamento que ocorrerá somente no próximo ano, 2018.

No ano passado, em 2016, o registro de vendas da Amarok chegou a 8.302 unidades, as quais tiveram um bom desempenho. O histórico indica que do mês de janeiro até o mês de novembro de 2017 foram 11.550 emplacamentos realizados, registrando elevação de 39%, sendo que a aquisição no mercado das picapes médias aumentou para 8%.

A ficha técnica da Amarok V6 2018, da Volkswagen, contém a seguinte relação de atributos: o motor é de configuração em Turbo Diesel; longitudinal; munido de 6 cilindros V; com 4 válvulas instaladas por cilindro; contém cilindradas em 2967.

A alimentação contém injeção direta do tipo common-rail; possui turbo-compressor com sua geometria varável e também intercooler.

No que tange à transmissão e à tração a Amarok está munida de uma caixa de transmissão automática com até 8 velocidades, contendo o devido modo esportivo, S, e a opção de mudanças de marcha instaladas no volante, as chamadas Shift Paddles.

Contém tração de 4MOTION de modo permanente. Está munido de sistemas auxiliares para a tração, tais como a função de bloqueio eletrônico sobre o diferencial EDS, com o devido controle eletrônico sobre a tração, ASR, além do controle eletrônico que garante estabilidade, ESC, da assistência em partida nas situações de subida, HSA, e, por fim, do controle automático próprio para descida, HDC.

Em termos de suspensão, a da parte dianteira é independente, contendo braços duplos e triangulares, munida de molas helicoidais, de amortecedores hidráulicos e da barra de função estabilizadora. A suspensão da parte traseira está munida de eixo rígido, de um feixe com molas semi-elípticas em dois estágios e os devidos amortecedores hidráulicos.

Em relação à direção, a mesma está aparelhada com um sistema de pinhão e de cremalheira, de assistência hidráulica e progressiva. O sistema de freios pode ser descrito do seguinte modo: na parte dianteira eles estão munidos de disco ventilado, na parte traseira, de disco rígido. Além disso, o freios estão fortalecidos de sistemas auxiliares, tais como ABS, munido de função off-road; com o sistema de frenagem automática para pós-colisão, do sistema de assistência sobre frenagem, BAS, aparelhados com a distribuição eletrônica em força de frenagem, EBD, e sistema de frenagem próprio para chuva RBS.

Por Paulo Henrique dos Santos

Volkswagen Amarok 2018


Volkswagen Saveiro 2018 – Características, Novidades


A linha 2018 da Saveiro oferecerá aos consumidores as opções de cabine dupla e cabine simples. As novidades estão por conta de detalhes com aspectos mais rústicos.

Para quem não gosta de perder um lançamento automobilístico, a Volkswagen acaba de apresentar a sua nova geração de picapes Saveiro do ano de 2018. Neste artigo você saberá todas as informações sobre mais esta linha que estará rodando no país no ano de 2018.

A Picape Saveiro da Volkswagen foi desenvolvida baseada em uma antiga plataforma que pertenceu ao Gol e chegou ao Brasil no ano de 1983. Desde então ela nunca mais saiu de circulação no país e de lá para cá o modelo evoluiu muito ganhando a preferencia dos brasileiros e ocupando o lugar de líder de vendas em muitos anos.

A linha de 2018 promete trazer importantes mudanças que devem conquistar muitos consumidores e para isso a montadora resolveu seguir os mesmo passos do veículo Gol que tem uma “receita” que deu muito certo.

A primeira característica que já vem chamando a atenção na linha 2018 está no espaço interno que está maior, se igualando a seus concorrentes. Para isso a plataforma utilizada na sua produção foi a modular MQB que é a mesma utilizada para a produção do veículo Golf, que é muito bem elogiado no mercado brasileiro. Assim, a picape Saveiro 2018 está apta para enfrentar seus principais concorrentes que são o Renault Oroch, Fiat Toro e Fiat Strada que também virá renovado na linha de 2018.

Com essa nova plataforma da Saveiro 2018 novos equipamentos poderão ser inclusos, como itens de segurança e para entretenimento que são muito atrativos para os consumidores em geral.

O modelo 2018 da Saveiro que possui cabine dupla oferece mais conforto o que também deverá chamará atenção de mais consumidores.

Seu lançamento, diferentemente de outros automóveis que são lançados com certa antecedência está previsto apara acontecer no ano de 2018, deixando muitas pessoas na expectativa.

Mesmo com seu lançamento oficial no mercado nacional previsto para 2018 já se sabe que a Saveiro vem reestilizada.

A linha 2018 oferecerá aos consumidores as opções de cabine dupla e cabine simples. As novidades estão por conta de detalhes com aspectos mais rústicos, como por exemplo, os faróis trabalhados em detalhes na cor preta que combinam com o para-choque e a grade, pintados na mesma cor.

As laterais receberam apliques também na cor pretos próximos a abertura das rodas e geram um efeito todo especial. Também há elementos pretos na tampa da caçamba, nas lanternas traseiras e no para-choque.

Na parte interna, o banco do motorista poderá ser ajustado na altura e todos os ocupantes do veículo terão apoio de cabeça e os famosos cintos de três pontas.

Ainda não se pode afirmar com exatidão os valores que cada modelo da linha terá no mercado de 2018, mas a estimativa é de que a versão básica saia por R$ 45.513 na Saveiro de cabine simples. Já a versão topo de linha da Saveiro de cabine dupla será vendida pelo valor de R$ 72.582.

Em termos de motor poderemos contar com duas opções, sendo a primeira de Motor 1.6 de 8V e 101 cavalos de potência quando abastecido com gasolina e 104 cavalos quando abastecido com álcool. A segunda opção é um Motor de 1.6, 16 válvulas, que faz 110 cavalos de potencia com gasolina e 120 cavalos de potência com álcool.

Nas duas versões de motores o câmbio é do tipo manual de cinco marchas.

Veja abaixo as sugestões de valores de todas as versões:

– Robust Motor 1.6 MSI CS (Flex): saindo por R$ 45.513;

– Trendline Motor 1.6 MSI CS (Flex): saindo por R$ 50.383;

– Trendline Motor 1.6 MSI CE (Flex): saindo por R$ 55.539;

– Trendline Motor 1.6 MSI CD (Flex): saindo por R$ 58.710;

– Highline Motor 1.6 MSI CD (Flex): saindo por R$ 66.076;

– Cross Motor 1.6 16v MSI CE (Flex): saindo por R$ 69.411;

– Cross Motor 1.6 16v MSI CD (Flex): saindo por R$ 72.582.

Por Sirlene Montes

Volkswagen Saveiro 2018

Volkswagen Saveiro 2018


Picapes Mais Baratas do Brasil 2018


Confira os modelos de picapes mais baratas do Brasil e suas características.

Você está pensando em adquirir uma picape? Então este post será muito útil para você, pois analisamos os preços do mercado atual e a partir das informações, preparamos uma lista para lhe mostrar quais são as picapes mais baratas do Brasil. Ficou interessado? Então confira as informações e escolha a picape que mais se adapta na sua vida, no seu bolso e no seu gosto!

Picapes no Brasil: confira quais são as mais baratas

O comércio de picapes é um tanto quanto difundido no Brasil. Famosas principalmente nas áreas rurais, ter uma picape é sinônimo de ostentação. Imponentes, esses veículos chamam atenção onde quer que estejam. Preparamos uma lista das picapes mais baratas do Brasil, confira a seguir!

10º. Volkswagen Amarok S Diesel

Mesmo ocupando o último lugar da lista, o preço da Amarok é bem satisfatório se comparado com outros carros do mesmo porte. O valor deste modelo fica em torno de R$114.990,00. Mas não é apenas o preço baixo que chama atenção, o Volkswagen Amarok S Diesel é considerado um carro estável e confortável, faz pouco barulho por rodar à diesel e os feitos pelo motor ruídos são praticamente imperceptíveis.

09º. Toyota Hilux SR Flex

Considerada uma caminhonete dos sonhos para muitas pessoas que admiram o segmento, a Hilux faz parte da lista de picapes mais baratas, o valor de mercado desta bela máquina é R$114.420,00. Além de possuir um preço justo pelo tamanho, possui um alto custo-benefício, é razoavelmente econômica e bastante confortável, não apenas para quem está dirigindo, mas para quem está de carona.

08º. Chevrolet S10 LT Flex

Este carro também faz parte da lista de desejo dos amantes de picapes e caminhonetes, a S10 LT Flex está sendo vendida atualmente por R$107.990,00. É um carro ponta de linha da Chevrolet e oferece ao motorista muito conforto e segurança, fator primordial na hora de escolher um veículo. O único ponto que pode ser considerado negativo é o valor alto do conjunto de peças deste modelo.

07º. Mitsubishi L200 Triton GL Diesel

A Mitsubishi também aparece na lista! Ela traz o modelo L200 Triton, um belo carro com um valor razoável para compra, o preço médio para adquirir a máquina L200 é R$105.990,00. Caso você esteja em dúvida, alguns pontos podem ser levados em consideração para escolher este Mitsubishi, são eles: é seguro, contém freio Abs e Airbags frontais, é confortável, oferece ao motorista opções como regular a altura do banco e ajuste elétrico dos retrovisores do carro. O modelo não possui controle elétrico dos vidros, tanto os dianteiros, quanto os traseiros.

06º. Ford Ranger XLS Flex

Um belo e confortável carro por um preço acessível: R$105.880,00 é o valor médio para compra do modelo Ranger XLS Flex, além de adquirir beleza, caso você opte por comprá-lo, você estará levando um carro completo: seguro, econômico e forte. Para quem trabalha na fazendo ou em algum segmento que pede do carro mais força sem perder a performance, o Ranger é perfeito.

05º. Fiat Toro Freedom Flex

Esta é uma opção para quem exige da performance do carro, o Fiat Toro não deixa o motorista na mão quando é necessário fazer força. Para adquirir esta caminhonete o investimento fica em torno de R$88.980,00. As peças do carro possuem um preço razoável para compra e a economia anda lado a lado com o este carro.

04º. Renault Duster Oroch

Se você quer um carro bonito, barato e econômico, você acabou de encontrar! A Renault preparou o modelo Duster com a intenção de agradar os consumidores. Não há muitos defeitos na máquina, ela serve tanto para rodar na cidade quanto na estrada e possui um valor bastante camarada: R$67.150,00.

03º. Volkswagen Saveiro

Chegamos no TOP 3! A saveiro ganha destaque por ser uma picape boa para trabalho, muito resistente, assim como as duas outras picapes que ocupam o pódio da lista. O valor de compra é satisfatório, são apenas R$51.149,00. Vale a pena adquirir o modelo caso você preze mais pela eficiência e valor. Para trabalhos de carga e descarga e outros em ambiente rural, a Saveiro se adapta muito bem.

02º. Fiat Strada

A Fiat Strada ocupa o segundo lugar merecidamente, o valor é baixo e a performance do motor é alta, o investimento inicial do carro é de R$48.850,00. O carro não falha na hora de pegar no pesado e mantém da mesma forma durante muito tempo. Um bom colega de trabalho para momentos onde o que importa é força e equilíbrio na estrada!

01º. Chevrolet Montana

A Chevrolet caprichou na montagem e fabricação desta picape, além de ter um belo design que agrada a grande maioria, possui uma força grande quando o assunto é trabalho. Seu motor é eficiente e não bebe muito, caso você queira agradar o seu bolso, dê a vez para a Montana, o valor de mercado dela fica em torno de R$47.390,00.

E então? O que achou das picapes? Não é necessário gastar muito para adquirir carros bons de design e performance. Comente qual modelo você prefere!

Por David Ferreira

Chevrolet Montana 2018


Fiat Strada – Novidades da Nova Geração


Nova geração da picape traz mudanças e será lançada no final de 2018.

A picape que está na frente das vendas do seu segmento desde o ano de seu lançamento (1998) estreia neste próximo ano a sua nova geração de carros. Esta estreia servirá para manter a Strada no caminho do sucesso, a montadora pretende adequar a geração inteira do modelo dentro dos gostos dos seus compradores que se renovam a cada ano.

Ansioso para saber o que vem por aí? Então acompanhe o post, nós vamos te contar quais são as características previstas para o carro, além dos rumores que se entrelaçam no lançamento e as novidades sobre a nova geração do Fiat Strada 2018.

Confira algumas informações sobre a picape esportiva da Fiat!

Qual será a data de lançamento da nova geração da Fiat Strada?

As mudanças na picape foram totalmente pensadas nos gostos, ideias e opiniões dos consumidores, por isso não há como colocar defeitos nas mudanças, todas elas foram pensadas e entrelaçadas ao conforto e economia que os motoristas de carros deste estilo precisam.

Mesmo tendo uma ideia do que virá no lançamento da nova picape da Fiat, já sabemos também que ela, que promete ser um belo econômico e ainda mais confortável carro, não será lançada neste ano de 2017. A data certa de liberação para compra do carro no Brasil ainda não foi definitivamente divulgada, mas a empresa responsável informou que a nova geração 2018 dos carros Strada será disponibilizada para compradores apenas no término do ano que vem.

Quais são as mudanças previstas no modelo 2018?

Se você gosta de carros esportivos este novo modelo irá encher os seus olhos e a vontade de adquirir este modelo vai aumentar quando observar as fotos divulgadas pela fabricante Fiat, através dela podemos imaginar o que esperar andando nas ruas durante o finalzinho do ano que vem. Belas mudanças estão a caminho, algumas podemos afirmar de acordo com as fotos oficiais, outras foram mostradas através de comunicados e notícias da própria fabricante de carros.

Confira a lista com algumas mudanças na mais nova picape esportiva da Fiat:


· A cabine poderá, por fim, ser considerada dupla: Mais espaço à vista, o carro leva até 5 pessoas com tranquilidade e conforto!


· A Strada que antes possuía 4 metros e 47 centímetros passará a medir 4,70 metros.


· O motor das máquinas será mais potente e também mais econômico.


· O câmbio automático dualogic será substituído pelo câmbio automático com 6 marchas.


· O design do carro foi mudado, o que possibilitou para o modelo um ar ainda mais esportivo e ao mesmo tempo muito elegante.

Strada: carro clássico da Fiat possui concorrentes firmes no mercado brasileiro

O modelo Strada da Fiat é considerado um veterano da marca, por este motivo muitos clientes da montadora dão preferência pelo modelo por conhecerem e confiarem na performance automobilística da Strada.

Já os novos clientes que estão pensando adquirir o modelo Strada, também cogitam adquirir um modelo da Renault, o Oroch (ou seja este é o principal concorrente da Fiat Strada de acordo com as pesquisas feitas no mercado atual com clientes em potencial).

Mas conforme feitas as mudanças para adaptar a Strada aos novos gostos dos antigos e novos clientes, o modelo repaginado tem muitas vantagens acima do modelo Oroch. Questões como economia, design, versatilidade, conforto tanto para o motorista quanto para os passageiros e versatilidade fazem com que a nova geração do modelo Fiat Strada possua preferência no gosto dos próximos clientes da marca.

Muitas tecnologias acompanham este modelo. O que você achou das mudanças feitas no carro Strada? Conta pra gente na caixa de comentário logo abaixo do post!

Por David Ferreira

Fiat Strada 2018


Nova Fiat Strada será lançada em 2019


Toda a porção dianteira da nova Strada deve ser mantida conforme a arquitetura 326, tal como o novo Palio, ou em 327, do Uno, e a parte traseira terá o mesmo design de parte da 178.

Em meados do ano de 2016 a Fiat havia anunciado que os códigos X6P estavam em perfeita consonância com o modelo utilitário e com os membros do grupo do X6, além do hatch Argo (X6H) e o já tradicional sedan X6S, que havia sido avistado rodando em diversas estradas brasileiras, certamente passando por testes em termos de avanço tecnológico, e que resultou em uma perfeita combinação, sendo que, a substituição da Strada alcançou o status de melhor picape da geração, fruto dessa união.

Entretanto, o projeto original de X6P foi alterado, pois o valor de empenho e o custo na arquitetura do Argo tornou-se alto demais para a companhia Fiat, que discute se é melhor a utilização de uma determinada plataforma que exige menor custo, aplicada na fabricação da nova Picape Strada, cujo lançamento está previsto para o ano de 2019.

O novo projeto, que mantém a mesma designação de X6P, não estará dentro da utilização do tipo de plataforma 178, que foi usada para a fabricação da geração legítima dos modelos Strada, ou, ao menos, não será usada de forma integral. A solução encontrada pela empresa é o estabelecimento de uma associação como a seguinte: toda a porção dianteira do veículo deve ser mantida conforme a arquitetura 326, tal como o novo Palio, ou em 327, do Uno, e a parte traseira terá o mesmo design de parte da 178.

A combinação dos dois tipos de plataformas nunca foi uma novidade nos procedimentos da empresa. Por exemplo, o Fiorino foi elaborado dentro da base 327 na parte da frente e em padrão 178 na parte de atrás, que foi uma das maneiras de imprimir uma força maior para cargas elevadas. Assim, com relação ao método de reaproveitamento dos designs, não é necessariamente uma questão de facelift, pois o projeto original foi levado para frente, e é considerado como a nova geração em Strada, sendo que foram agregadas apenas as duas partes de arquiteturas antigas, das gerações anteriores. Algo parecido aconteceu com a elaboração do modelo Argo, o qual permaneceu com estrutura agregada de outros modelos, mais ou menos 20% da arquitetura definida para a MP1 do Punto, ou da Linea e Doblò.

De acordo com uma informação divulgada pela Autoesporte, que ouviu de fontes internas da companhia, é sempre possível o reaproveitamento de alguns elementos que formam a base do Argo, em especial as ditas longarinas e as estruturas de deformação presentes. Portanto, existe uma grande necessidade de atender a certos parâmetros mais rigorosos em conformidade com os crashtests, que auxilia e justifica o investimento empenhado. Assim, trata-se de uma evolução imprescindível, pois que, a Strada estreou originalmente no ano 1998, sendo, já naquele tempo, derivada do projeto em padrão 178, próprio do Palio 1996 e também passou por cinco novas estilizações, em seus quase 20 anos de existência.

Assim, as mudanças operadas sobre o Strada, podem ser descritas, sumariamente, pelo seguinte: em relação à base e a suspensão, o novo modelo projetado não possui exigências de mesmo handling do hatch, entre outros, como o espaço na parte de atrás entre os bancos dianteiros e traseiros. Os consumidores que desejam esse tipo de estrutura tem chance de procurar pela Toro, conforme está explicado em uma fonte. Já que o objetivo principal está em conservar a função de trabalho, a suspensão da parte traseira permanecerá sobre o eixo rígido, que foi instalado no Fiorino, também.

Sobre as dimensões e carroceria, a arquitetura 326/327 está sendo alterada e será constituída de uma corpulência um pouco mais elevada do que os atuais 4,47 metros em termos de comprimento, entretanto, os entre eixos não estarão muito isentos dos 2,75 m. São inovações qualitativas. Nesse sentido, este é o momento de a Strada receber o potente motor Firefly 1.3 8V de 109/101 CV e mais 14,2/13,7KGFM em torque com 3.500 de RPM, contendo a opção de mais potência, garantindo maior transporte de carga do que a atual 1.4 Fire de 86/85 CV e com 12,5/12,4 KGFM de torque com 3.500 de RPM.

Esta nova geração da Strada está programada para 2019 ou até após esse ano, já que houve atraso na elaboração do projeto da X6P original, que estava previsto para o ano 2018. Mas, é fato que o novo modelo compartilhará design estrutural com a antiga versão projetada no primeiro momento.

Por Paulo Henrique dos Santos

Fiat Strada


Fiat Strada 2018 – Novidades das Versões e Preço


Conheça aqui as principais novidades e o preço do Novo Fiat Strada 2018.

Quando se escuta falar em uma picape compacta, é impossível não se lembrar automaticamente do modelo Fiat Strada. E não bastassem todos os diferenciais já conhecidos do automóvel, a montadora anuncia agora que chega às concessionárias versões ainda confortáveis e racionais daquelas já apresentadas.

Falamos da Adventure, para os mais aventureiros, e das variações para o trabalho, a Working e Hard Working. Disponível em seis opções de cor, três mais sólidas (vermelho Alpine, branco Branchisa e preto Vulcano) e três mais metálicas (cinza Tellurium, prata Bari e verde Amazon), há ainda alternativas exclusivas da versão Adventure.

E se você ficou curioso para conhecer um pouco mais sobre elas e tudo que aguarda os seus usuários no ano de 2018, nós te damos um pequeno aperitivo do que vem por aí. Vamos lá.

Um pouco mais sobre o Fiat Strada Adventure

A Fiat Strada Adventure é uma das versões apresentadas pela montadora, priorizando o conforto para a linha do novo ano. Além disso, a tecnologia merece destaque, já que temos a bordo uma exclusiva central de multimídia de série de 6,2 polegadas Mopar.

Na versão mais top de linha, conhecida como a Adventure 1.8, há a possibilidade da central multimídia vir com diversas funções muito interessantes e exclusivas. São elas: navegador GPS, câmera traseira para estacionamento, conexão Bluetooth, rádio AM e FM, CD e DVD player e, por fim, uma TV digital. Além dessas, ainda há uma gama ampla de itens de série, contendo os itens disponíveis nas versões Working e Hard Working e muito mais, como volante em couro com um comando de rádio no mesmo, bússola e os seus inclinômetros, capota marítima e rodas de liga leve em 16 polegadas.

Em relação a algumas alterações realizadas para melhorar a praticidade e acessibilidade do carregamento, a localização da porta USB é nova, ficando agora no console central. A caracterização visual também é muito atrativa, tornando o modelo Adventure um dos maiores destaques do seu segmento. Ou seja, esse é um dos produtos mais completos para quem quer realizar uma excelente compra.

As versões e os preços da Strada Adventure

As versões e os preços da versão Strada Adventure variam de uma para a outra. No total, temos duas opções, sendo elas: a Adventure 1.8 com Cabine Estendida e a Adventure 1.8 com Cabine Dupla.

Os valores das duas, respectivamente, são: R$ 71.990 e R$ 75.490.

Um pouco mais sobre o Fiat Strada Working e Hard Working

A configuração dos modelos Working e Hard Working do Strada na linha de 2018 é muito mais focada na sua utilização como um carro comercial, focado no trabalho. Esse formato mais racional vem com colunas, maçanetas, puxadores, tecido no teto e forro nas portas mais escurecidas, bem como outros itens não mencionados. Com isso, têm-se uma aparência mais limpa por muito mais tempo no seu interior.

Além desse fato, a versão conta com alguns itens de série, como o computador de bordo, iluminação, protetor para caçamba, entre outros. Na Working, é possível presenciar no mercado alguns opcionais interessantes, como a grade do vidro traseiro e protetor de cárter, predisposição para o rádio, ar quente e rádio com a conexão de USB.

Já na Hard Working, há a disposição os mesmos pacotes na versão de entrada, contando ainda com uma nova identificação de versão na traseira do carro, direção hidráulica, ar condicionado, rodas escurecidas, ajuste do volante, protetor de cárter e muito mais.

Nos opcionais, há itens como: porta-óculos, capota marítima, faróis de neblina, soleira nas portas com a inscrição da versão, vidros e travas elétricas, sensores para estacionamento, janelas traseiras corrediças, rádio Connect com o CD player, Bluetooth e USB, rodas de liga leve aro 14 (cabine dupla) e calotas integrais.

As versões e os preços da Working e Hard Working

São no total 4 versões mais comerciais do Fiat Strada. São elas: a Working 1.4 com cabine simples, a Hard Working 1.4 com cabine simples, a Hard Working 1.4 com cabine estendida e a Hard Working 1.4 com cabine dupla.

Os preços, na ordem, são: R$ 47.250, R$ 53.490, R$ 60.240 e R$ 63.740.

Strada Hard Working

Strada Adventure

Interior

Kellen Kunz


Fiat Toro é a Picape mais Vendida no Brasil – Fevereiro 2017


Modelo custa a partir de R$ 84 mil e conta com 5 versões.

Neste mês de fevereiro de 2017, a montadora Fiat teve 2 (dois) exemplares nas 2 (duas) primeiras colocações entre as 10 (dez) picapes mais vendidas no Brasil. A Strada ficou em segundo lugar com 3.289 veículos e a picape Toro, grande campeã, teve 3.582 exemplares vendidos.

Por curiosidade, neste mesmo ranking mencionado acima, a Saveiro da Volkswagen, em terceiro, teve 2.992 unidade vendidas e a Toyota Hilux, em quarto lugar, comercializou 2.034 veículos. Com uma "dobradinha", a Chevrolet aparece na quinta e sexta posição, respectivamente com a S10 (1.664 unidades) e a Montana (964 picapes vendidas). A Ford Ranger teve 963 veículos, na sétima posição, enquanto a Renault ficou em oitavo vendendo 848 Duster Oroch. Em nono lugar ficou a Mitsubishi L200, com 630 exemplares, e em décimo lugar, novamente a Volkswagem com a Amarok, com 563 picapes comercializadas.

Entrando no site da Fiat e buscando a ficha técnica da campeã, podemos notar que a picape Toro possui 5 (cinco) versões, sendo duas Flex e três à Diesel, todas com 4 (quatro) portas. A Toro Freedom Flex 16V possui as variações de motor 1.8 (com capacidade de 650 quilos de carga) e 2.4 (carregando até 750 kgs). Já no caso das versões à diesel, o motor é de 2.0, também 16V, carregando até 1 tonelada. Todas as versões possuem um tanque com capacidade de 60 litros de combustível, o comprimento de 4,915 metros e a largura de 1,844 metros.

No site da montadora podemos observar os itens de série desta picape, entre eles estão o ar condicionado, controle de tração ASR, controle eletrônico de estabilidade (ESP), abertura do tanque de combustível elétrico, alerta de limite de velocidade e da manutenção programada, piloto automático com a velocidade controlada, regulagem de altura no apoio de cabeça em todos os 5 (cinco) bancos, regulagem de altura no banco do motorista, porta-objetos e porta-copos na lateral traseira e no console central, telecomando para fechar e abrir as portas na chave "canivete", cintos de segurança retráteis de 3 (três) pontas, sendo que os dianteiros possuem regulagem de altura, conta-giros, direção elétrica, volante com comando de fones, regulagem de altura e de profundidade, High Safety Drive, com freios ABS com EBD e Airbag para o motorista e passageiro dianteiro, LED na lanterna traseira, luz de leitura, maçanetas e retrovisores externos em cor preta, porta-luvas iluminado e muito mais.

O preço, no site da Fiat, está a partir de R$ 84.590,00, onde a variação deste valor está nos modelos e nos acessórios que este irá receber.

Por Fernando Dias


Ford F-250 Lariat – Venda da Nova Versão no Brasil


Novo modelo chega ao país via importação e custará cerca de R$ 550 mil.

Para quem tem saudades da potente F-250 da Ford, em breve, já no final do mês de fevereiro de 2017, poderá ter contato com a sua mais nova versão, totalmente reestilizada, principalmente na parte externa, a nova Ford Lariat.

Apesar de ter deixado de ser fabricada no Brasil no ano de 2012, a F-250 deixou saudades e agora poderá voltará ao país numa versão totalmente importada. Para quem deseja uma destas, deverá procurar a Direct Imports, além de estar disposto a colocar a mão no bolso. A nova versão não deverá sair por menos de R$ 500 mil.

E para quem espera novidades nesta nova versão, com certeza vai encontrar. Logo de cara, os admiradores da primeira versão da F-250 vão continuar a contar com a imponência incorporada ao novo modelo. Além disto, a nova cabine estendida deverá ajudar bastante neste novo aspecto.

Em termos de potência, a nova Lariat F-250 vai chegar ao país com o potente motor PowerStroke, do tipo V8, com consumo de 6.7 litros de diesel. Tudo isto para atingir uma potência de mais de 440 cavalos de força, com um estrondoso torque de quase 130 Kgfm. Toda esta capacidade é comandada por um sistema automático de câmbio de seis marchas e uma maravilhosa tração 4×4.

Para esta versão bastante atualizada e renovada da F-250, a Ford não economizou no conforto interno de seus ocupantes. A Lariat vem com equipada com sistema de ar condicionado de duas zonas e bancos com sistema próprio de aquecimento. A fabricante não poderia ficar de fora da interação do tipo multimídia de seus consumidores e trouxe para o novo modelo uma central de interação equipada com uma tela de sete polegadas e um sistema do tipo GPS já integrado ao painel do volante.

Desta vez, a Ford não economizou no acabamento externo e trouxe para o novo modelo uma pintura que combina duas tonalidades, além de detalhes cromados dos para-choques e os apoios dos pés para a subida tanto do motorista, quanto a do passageiro (estribos).

Aliás, economia não é o forte deste modelo. O valor que o consumidor vai gastar para ter o novo modelo na sua garagem seria suficiente para comprar duas RAMs 2.500, no valor de quase R$ 260 mil cada uma. Se o modelo fosse adquirido em território americano, seu preço, na chamada conversão direta ficaria algo em torno de R$ 145 mil reais (cerca de US$ 45 mil). Quanta diferença!!!!

Emmanoel Gomes


Mitsubishi L200 Triton Sport – Lançamento da nova picape


Modelo está é disponibilizado para o mercado em três versões: L200 Triton Sport GLS (131.990), L200 Triton Sport HPE Top (R$ 174.990), L200 Triton Sport HPE (R$ 164.990).

A montadora japonesa Mitsubishi fez o lançamento de novas picapes, conhecidas como Mitsubishi L200 Triton Sport. Serão produzidas na fábrica na cidade de Catalão (GO) e já é disponibilizada para o mercado, em três versões: L200 Triton Sport GLS (131.990), L200 Triton Sport HPE Top (R$ 174.990), L200 Triton Sport HPE (R$ 164.990).

O carro possui um novo motor turbo 2,4 litros, a diesel, que entrega uma potência de 190 cavalos e torque máximo de 43,8 kgfm, somado a um câmbio manual ou automático de seis velocidades, com aletas atrás do volante. A montadora informou que a L200 Triton Sport é a picape que iniciou o uso de motor de alumínio, que reduz 30 Kg o seu peso.

A caminhonete ganhou linhas laterais novas que melhorou sua aerodinâmica, facilidade e agilidade para pilotá-la. Tais mudanças receberam na carroceria a marca “J-Line”.

A turbina do motor permite altos torques, mesmo em rotações mais baixas. O sistema de tração conta com bloqueio do diferencial e tração 4×4 reduzida. No quesito suspensão possui braços duplos triangulares que são independentes, na parte frontal e na traseira eixo rígido. Além de fazer uso também de molas helicoidais mais rígidas e barra estabilizadora expandida.

O projeto diminui a distância entre eixos, porém não teve perda da capacidade de carga ou do conforto interno. Além de possuir dissipador de água, que faz com que a água não seja projetada para o para-brisa.

Possui faróis de bi xênon com DRL, espelho com rebatimento elétrico e também maçanetas cromadas. Na parte interna, os acabamentos são cromados no painel, no console central, no seletor eletrônico da tração. Na lista de itens tem multimídia com tela de 7", ar-condicionado dual zone, sensores de luminosidade, estacionamento e chuva, botão liga/desliga para partida e câmera de ré.

O preço de revisão do modelo é fixo e será vendida em nove diferentes cores: Branco Fuji, Branco Alpino, Prata Rodhium, Prata Cool, Preto Ônix, Vermelho Rubi, Azul Petróleo, Marrom Cacau e Cinza Londrino.

Veja as versões e os preços abaixo:

  • L200 Triton modelo 2.4 Flex Outdoor – R$ 91.990,00
  • L200 Triton modelo Savana Manual – R$ 138.990,00
  • L200 Triton modelo Outdoor Automática – R$ 136.990
  • L200 Triton modelo Savana Automática – R$ 146.990,00
  • L200 Triton modelo GL Manual – R$ 105.990,00
  • L200 Triton modelo GLX Manual – R$ 111.990,00

Por Filipe Silva

Mitsubishi L200 Triton Sport 2017


Volkswagen Amarok 2017 – Características do Modelo


Confira aqui as características do Novo Volkswagen Amarok 2017.

Dentre as caminhonetes de grande porte comercializadas no país, não há como negar que a Amarok é um dos modelos que cairão no gosto do consumidor nacional. E é com essa bagagem que, conforme o prometido pela Volkswagen, o modelo chegou às concessionárias neste mês de setembro, sendo que em algumas já é possível até mesmo fazer o teste drive dessa nova versão.

A Amarok 2017 chega ao mercado com algumas modificações em relação à versão anterior e uma das principais mudanças foi realizada na parte frontal, a qual foi contemplada com uma nova grade e para-choques com entradas de ar na parte de baixo, detalhe este que confere a frente do veículo um visual ainda mais esportivo. Para completar o conjunto, a fabricante colocou também neste modelo novos faróis.

Na parte lateral, a caminhonete não traz quase nenhuma modificação, mas a principal foi a inserção de um novo Santo Antônio, que dessa vez será na cor do veículo e totalmente acoplado à carroceria.

Já no interior, o modelo chega com grandes novidades para os consumidores, uma vez que a fabricante optou por fazer uma reformulação do painel do veículo, o qual passou a ter desenho composto por linhas retas e horizontais, detalhe este que dá um contraste com o desenho mais arredondado utilizado atualmente.

Contudo, mesmo com a chegada da Amarok 2017 no mercado brasileiro, a Volkswagen ainda irá trazer mais outras novidades para este modelo, haja vista que a fabricante já divulgou que no início do ano de 2017 irá disponibilizar mais uma opção de propulsor, o qual irá elevar a Amarok ao título de picape de médio porte com maior potência existente no mercado brasileiro. Esse novo propulsor que chegará em breve será um modelo alemão V6 3.0 Turbo Diesel, oriundo da Audi, com capacidade de produzir uma potência máxima de 224 cavalos e um torque de 55 Kgfm. Essa nova aposta de motor mencionada acima que chegará em breve será destinada às versões Highline, bem como outras acima deste.

O certo é que muitos consumidores que já tiveram a oportunidade de visualizar o veículo acharam que essa versão 2017 surpreendeu muito as expectativas e que este novo motor será nada mais nada menos que a cereja que faltava no bolo.

Por Adriano Oliveira


Holden Colorado 2017 ganha 5 Estrelas em Teste de Segurança


Picape da General Motors recebe nota máxima em teste de segurança da ANCAP.

Seguindo a tendência de que as recém lançadas caminhonetes ficam a cada dia que passa mais seguras, a mais nova picape a ser apresentada, a Holden Colorado em sua linha 2017, a qual tem um visual e uma plataforma compartilhada com a Chevrolet, modelo S10 comercializada aqui no mercado brasileiro, chegou a bater níveis bem altos quando o assunto é segurança para os pedestres e também para seus ocupantes.

A nova Holden Colorado 2017 foi testada pelo Australasian New Car Assessment Program, conhecido pela sigla ANCAP, que é um órgão avaliador de veículos comercializados no mercado australiano, o modelo teve um bom progresso em seu visual, também foi atribuída de boas notas ao ser testada com impacto de frente, que foi combinado também com a maior nota no quesito impacto lateral e até mesmo no tão temido teste do poste, o que fez com que o utilitário garantisse a maior classificação, atingindo a marca de 5 (cinco) estrelas.

O CEO, presidente executivo da ANCAP, James Goodwin, disse que em todos os modelos e marcas são muito comuns se realizar atualizações de meia-vida com a finalidade estética, porém, Goodwin se sente feliz por poder ver que a montadora Holden realizou diversas melhorias em segurança no meio deste ciclo em seu principal modelo utilitário. Ainda completou que neste modelo o elemento que mais se destacou na avaliação realizada pelo órgão é a pontuação atingida ao se tratar da proteção de pedestres, entrando com muita facilidade na faixa de ‘Bom’. Este é um grande crescimento para os carros deste tipo, onde de forma histórica é visto resultados muito baixos, que chegam a ser péssimos.

O modelo é bem equipado ao falar sobre os seus itens de segurança, a nova picape Colorado linha 2017 fabricada pela Holden, uma montadora da marca General Motors, conta com 7 (sete) airbags de série, sem falar nos cintos de segurança que vem com pré-tensionadores, lâmpadas diurnas em LED, acendimento automático dos faróis, controle de rolagem, assistente de velocidade, controle de estabilidade, entre diversos outros equipamentos oferecidos diretamente de fábrica.

FILIPE R SILVA


Renault Alaskan – Lançamento e Fotos da Nova Picape


Confira aqui as principais informações e fotos sobre o Renault Alaskan, nova picape da montadora que deverá chegar ao Brasil em 2018.

A Renault apresentou na última quinta-feira, dia 30 de junho, pela primeira vez na Colômbia a última versão de sua mais nova caminhonete média, a qual terá o nome de Alaskan, da mesma forma que o conceito mostrado no mês de setembro de 2015. O Brasil irá receber o modelo apenas no ano de 2018, quando se inicia a sua produção na Argentina, na cidade de Córdoba.

No próximo mês de novembro a picape deverá ser uma das grandes atrações da montadora no Salão de São Paulo.

O modelo será comercializado na Colômbia neste ano, logo depois na Argentina, antes mesmo de chegar ao Brasil. Inicialmente ela será importada diretamente do México.

Segundo a Renault, o Alaskan chegará com preço bem competitivo, apesar de não ter divulgado ainda os valores. De acordo com o vice-presidente sênior da marca, Olivier Murguet, a empresa não é arrogante a ponto de entrar num determinado seguimento com um preço maior que seus rivais.

A Alaskan é a primeira caminhonete da Renault que conta com a capacidade para transportar uma tonelada. O veículo será comercializado com duas opções de motores: o 2.3 de 160 e 190 cavalos e o 2.5 também com a mesma potência, ambos movidos a diesel e com 4 cilindros, que herdaram da van Master e também um 2.5 movida a gasolina, com 160 cavalos de potência.

Aqui no Brasil o motor será o 2.3, com tração 4×2 ou 4×4 e transmissão automática ou manual.

A empresa já informou que não haverá apenas um tipo de caçamba e cabine. Ainda não foram divulgadas as medidas do modelo, apenas a distância em relação ao solo, que será de 23 centímetros.

A suspensão da picape será do tipo multilink de 5 braços, com assistente de partida em descida e em rampa. Sem contar que também terá uma câmera de 360 graus.

Até o ano de 2015, a marca não possuía nenhuma picape. A Duster Oroch foi a precedente que teve seu lançamento no final do ano passado.

A Alaskan será um modelo mundial que foi desenvolvido no Japão, América Latina e França. Além de ser produzida no México e na Argentina, também será feita na Espanha, na cidade de Barcelona.

No atual mercado brasileiro, o modelo vem para concorrer com as famosas Ford Ranger, Chevrolet S10 e Toyota Hilux.

FILIPE R SILVA


Novo Jeep Compass será lançado em outubro de 2016


Montadora resolveu adiantar o lançamento do seu novo modelo de SUV nacional, o Jeep Compass. Modelo estará à venda em outubro deste ano.

Não se sabe o real motivo, mas a FCA resolveu adiantar o lançamento do seu novo modelo de SUV nacional. De acordo com as novas informações divulgadas pela fabricante o Jeep Compass irá chegar às concessionárias antes mesmo da realização do Salão do Automóvel de São Paulo. Neste ano o evento deverá acontecer entre os dias 10 e 20 de novembro. O Compass deve estar presente por lá como uma das estrelas principais. O novo jipe que conta com um porte superior ao do Renegade começará a ser vendido no mês de outubro.

De acordo com as informações levantadas por alguns portais especializados no setor o Brasil será o primeiro da lista onde carro já estará disponível a partir de 2016. No México, por exemplo, a informação é de que a fabricação da versão seja iniciada apenas em janeiro de 2017. Além disso, também está previsto para que outros mercados fabriquem o carro. Entre eles a China e os Estados Unidos. Há a hipótese dele ainda ser fabricado também na Índia.

O Jeep Compass será concorrente direto de outras opções conhecidas como o Toyota RAV4, Mitsubishi ASX e o Honda CR-V.

A data oficial de lançamento do carro já foi modificada por diversas vezes desde que foi anunciado. A princípio a expectativa é de que ele fosse apresentado no Salão de Genebra que ocorreu em março deste ano. Depois deveria aparecer no Salão de Nova York. Mesmo com grandes eventos pela frente o CEO da Fiat adiou as apresentações sem mesmo dar uma justificativa plausível para o fato.

De qualquer maneira tudo ainda é um pouco duvidoso. Para se ter ideia nem sequer o nome do carro foi definido com toda a certeza. O que se sabe é que terceiro modelo a surgir da planta de Goiana (Pernambuco) ainda deve continuar com o nome Compass. Mas algumas informações apontam que ele poderá ser chamado de Patriot ou de uma terceira opção, mantida em sigilo. O que se tem certeza é de que as três opções de nome já foram registradas internamente. O carro é chamado, por enquanto, de projeto 551.

O jeito é aguardar um pouco mais e ver se a Fiat não muda de rumo de novo.

Por Denisson Soares

Jeep Compass

Jeep Compass

Fotos: Divulgação


Fiat revoluciona o mercado de picapes com o lançamento da nova Toro


Picape de porte médio pertence ao segmento denominado Sport Utility Pick-up (SUP), que no Brasil competirá com o novo lançamento da Renault, o Duster Oroch.

A Fiat revoluciona o mercado de picapes com o lançamento da picape Fiat Toro. Maior que a Fiat Strada e menor que a GM/S10, a inédita picape de porte médio pertence ao segmento denominado Sport Utility Pick-up (SUP), traduzido como Picape Utilitária Esportiva, que no Brasil competirá com o novo lançamento da Renault, o Duster Oroch.

Embora seu principal rival seja o Renault Duster Oroch, com 4,69 metros de comprimento, a Fiat Toro é maior (4,91 metros) e mais cara, porém, menor e mais barata que as caminhonetes de maior porte, como a Chevrolet S10, a qual possui 5,34 metros de comprimento.

A picape Fiat Toro será produzida no país, na cidade de Goiana (PE), na mesma montadora onde é fabricado o Jeep Renegade. Mas a Fiat Toro não utilizará somente a plataforma da montadora. Os motores da nova picape serão os mesmos do Jeep Renegade, bem como o sistema de transmissão. Portanto, o modelo poderá ser adquirido com motor 1.8 flex, equipado com câmbio automático de 06 velocidades ou manual com 06 marchas ou ainda com motor a diesel 2.0 e câmbio automático de 09 velocidades ou manual de 06 marchas, sendo a tração 4×4 exclusiva dos modelos Freedom e Volcano, ambos com valor de mercado superior a cem mil reais.

Com um design bastante agressivo, o modelo vem com grandes novidades. O grupo ótico frontal superior é composto por luzes de LEDs que indicam posição e direção, contando ainda com a luz DRL (Daytime Running Lamp), também de iluminação a LED de alta intensidade, proporcionando maior segurança na condução durante o dia, principalmente em rodovias. Já o grupo ótico responsável pela iluminação e profundidade, o seja, os faróis, ficam integrados à grade principal, que compõe o para-choque frontal.

Nas laterais a Fiat Toro possui um vinco na altura das maçanetas e seguem até as lanternas traseiras, dando maior esportividade e aerodinâmica ao modelo.

Na caçamba, com capacidade de 820 litros, a tampa traseira é separada ao meio em sentido vertical, formando duas portas que se abrem lateralmente. Uma novidade que facilita muito a vida do usuário, pois são muito mais práticas e leves que os modelos tradicionais.

Internamente o modelo esbanja tecnologia com tantas funções de comando que chegam a dar a impressão de que o usuário está dentro de uma aeronave. Composições em cores nos acabamentos e revestimento de couro no volante realçam a tecnologia.

No Brasil, os valores da nova Fiat Toro devem variar entre R$ 76.000,00 e R$ 116.000,00.

Por Allan Carlos Marques

Fiat Toro

Fiat Toro

Fotos: Divulgação


Fiat Toro passa por Testes em Brasília (DF)


Nova picape da Fiat passa por testes mecânicos e será apresentada para a imprensa entre os dias 15 e 16 de fevereiro.

Em Brasília, a Toro, que é a nova picape da Fiat, pode ser fotografada rodando nas ruas. Segundo as fontes, os modelos rodavam para serem utilizados em um tipo de avaliação de treinamento para mecânicos da companhia italiana.

Para a imprensa, o Fiat Toro será apresentado entre os dias 15 e 16 do mês de fevereiro deste ano de 2016. A picape vai ser lançada com um motor 1.8 flex, com uma potência de 138 cavalos. Outra opção é a diesel 2.0 Multijet, de 170 cavalos de potência. Os dois propulsores serão equipados com uma transmissão automática de seis ou nove velocidades. Há também a opção de um câmbio manual para ambos os motores.

O Fiat Toro conta com 4,91 metros em seu comprimento, tendo uma capacidade de carregar até uma tonelada. As fotos que foram tiradas do modelo mostram duas versões: sendo uma simples e a outra com mais itens. Em termos do seu interior, a picape se assemelha em diversos aspectos com o Jeep Renegade (mesma plataforma da nova picape Fiat).

Nas imagens, a versão que aparece tende a ser a topo de linha, com o nome Volcano, a qual conta com um motor movido a diesel e câmbio automático com nove velocidades. Há também nesse modelo opções de tração, sendo que o botão foi flagrado no console nas imagens. O Fiat Toro também conta na sua versão top com rádio Uconnect, que apresenta navegador, volante e bancos de couro, além de alguns detalhes com a tonalidade em bronze.

Em termos de preços ainda não há informações oficiais. Os rumores apontam que a picape pode contar com valores que variam entre R$ 75 até R$ 115 mil.

O Fiat Toro chegará para ser uma picape de porte médio, com produção sobre monobloco. Ela deverá atuar um patamar acima de outras picapes compactas como a Strada e também de médio-grandes como é o caso da S10. A sua concorrente no mercado deverá ser a Renault Oroch.

A fabricação da Toro será na planta de Goiana, em Pernambuco. A picape será o primeiro modelo da Fiat que sairá do complexo em questão. 


Volta da Picape RAM 2500 ao Brasil


Picape chegará ao país na versão Laramie 4×4 Crew Cab e custará cerca de R$ 250 mil.

Para aqueles que são fãs de picapes, saibam que a boa notícia é a volta da Picape RAM 2500 ao mercado brasileiro. A mesma está de volta com a sua versão única, a chamada Laramie 4×4 Crew Cab. A picape dispõe de preço inicial sugerido de R$ 249.900.

Caso não saiba, a RAM, que é a divisão responsável pelas picapes do Grupo Crysler, havia tomado a decisão de suspender a exportação do referido modelo para o mercado brasileiro. A decisão tinha sido tomada no início do ano e o grande motivo para isso foi a alta do dólar aliada a volta do IPI.

Após o anúncio oficial da volta da picape gigante ao mercado brasileiro, os clientes já podem conferir vários detalhes em relação ao automóvel na página da marca. Um dos principais destaques anunciados é sem sombra de dúvidas o novo motor Cummins de 6 cilindros em linha. O mesmo dispõe de nada menos que 6,7 litros e desenvolve potência extra fazendo com que o novo motor chegue a 330 cv e 104 kgfm de torque. O câmbio, por sua vez, é automático de seis marchas e a tração sempre 4×4.

Além do tamanho, o design da RAM 2500 também é um dos grandes destaques desse lançamento. Dois dos detalhes mais interessantes são os para-choques e grades cromados, trazendo assim um toque arrojado ao design. Já na parte interior, podemos destacar os bancos de couro em duas opções além de detalhes luxuosos.

É importante destacar o compartimento de carga Rambox, que pela primeira vez está sendo inserido na RAM. Trata-se de um compartimento que dispõe de armazenamento equipado com fechadura, além de sistema de segurança remoto, tampa traseira com chave, sensores traseiros, vidro deslizantes equipado com acionamento elétrico e faróis halógenos.

A picape monstruosa também dispõe de alguns diferenciais, dentre os quais podemos destacar o Bluetooth acionado por meio de comando de voz, um serviços bastante interessante e muito prático. Outros itens como, por exemplo, GPS, ar-condicionado digital de duas zonas, volante aquecido e central multimídia complementam o automóvel.

Por Bruno Henrique


Renault Duster Oroch – Início das Vendas e Preço no Brasil


Nova picape de médio porte chega às concessionárias custando R$ 62.290.

A nova picape Duster Oroch foi lançada no mercado pela Renault, com valor a partir de R$ 62.290. O veículo é uma aposta no mercado, já que se trata de uma picape de meio-porte, fazendo competência a outros modelos já conhecidos pelos brasileiros como o Strada e a Saveiro.

Com motores de 1.6 ou 2.0, a picape tem uma capacidade de 650 quilos. A primeira opção com cinco marchas tem uma potência de 115 cv, podendo alcançar 160 km/h, sendo que deixa um pouco a desejar no seu desenvolvimento em áreas rurais ou urbanas, já que ao carregar peso exige uma troca maior de marchas. Já a segunda opção tem seis marchas com potência de 140 cv, podendo alcançar 180 km/h, tendo um bom desenvolvimento independente do peso que está sendo carregado. Ambos os modelos possuem marchas manuais e tração somente dianteira (de 4×2). Porém modelos futuros serão lançados com tração 4×4 e marchas automáticas.

Superando as expectativas, a picape apresenta um espaço interno de SUV, similar ao Duster, com capacidade para cinco pessoas, com bom espaço interno, sem perder a capacidade de carga, com uma caçamba de 2m de diagonal, sendo um ponto positivo, já que modelos como a Fiat Strada, perderam o espaço da caçamba e mesmo assim os bancos traseiros não são muito espaçosos.

Outro ponto positivo é a tecnologia interna e externa. O modelo Renault Duster Oroch Expression 1.6 vem equipado com direção hidráulica, ar-condicionado analógico, travas e vidros elétricos nas quatro portas, além de rodas de liga leve com aro 16 e freios ABS. Tendo como opções os faróis de neblina e retrovisores elétricos.

Com maiores opções o modelo Dynamique, também com motor 1.6, apresenta também computador a bordo, controle de velocidade com piloto automático, sensor de estacionamento, indicador de temperatura externa, duas tomadas de 12 v e faróis de neblina.

Adrian França Lohmann


Renault Alaskan – Lançamento da Nova Picape no Brasil


Picape chegará ao país no próximo ano e passará a ser fabricada na Argentina em 2018.

No ínicio do mês de outubro foi apresentado em forma de conceito a picape Alaskan, que tem previsão para ser vendida no Brasil. Isso de acordo com informações do diretor de marketing da fabricante no país, Bruno Hohmann, no encontro de lançamento do Sandero R.S.

O modelo Alaskan vai ter o mesmo design da nova Nissan Frontier N 300 de fabricação argentina. A expectativa é do modelo começar a ser produzido no início do ano de 2016. E os países escolhidos para essa produção serão a Argentina, França e Marrocos. Isso porque são nesses países que a marca Renault mantêm filiais fabris com estrutura para produzir carros com o perfil do Alaskan.

Segundo o diretor de Marketing da Renault no Brasil, o carro será feito na Argentina em 2018, junto com as outras picapes da nova base Daimler-Nissan, mas será importado de outro mercado a partir 2016.

A Renault, que é a fabricante do Alaskan, já esclareceu que o veículo será de dimensão bem maior que a picape Oroch, essa que será lançada ainda este mês.

Apesar de alguns esclarecimentos sobre a produção e o lançamento da picape Alaskan, até o momento não foi divulgado o tamanho total da picape. No momento foi divulgado apenas as dimensões das rodas, que terão 21 polegadas. Apesar disso, a Renault acredita que o lançamento da picape Alaskan no país será sucesso total entre os consumidores da categoria. Não bastasse isso, a Renault acredita no maior desempenho em relação as picapes já distribuídas pela empresa no Brasil. Esse lançamento é um dos mais aguardados no próximo ano de 2016. A Renault aposta em um lançamento de grande estilo.

Para os interessado em saber mais informações sobre o lançamento da picape Alaskan no país, basta acessar o endereço eletrônico da Renault no Brasil: www.renault.com.br.

Stephanie Rodrigues do Nascimento


Fiat Toro – Nova Picape chega em 2016


Novo modelo chegará ao mercado para concorrer com o novo Duster Oroch.

Justamente, um dia após a Renault fazer o lançamento de sua primeira picape, a Duster Oroch, a grande e renomada fabricante de veículos automotores Fiat divulgou uma imagem parcial e um breve comunicado fazendo a confirmação do seu futuro lançamento que será produzido para ser concorrente direto deste novo veículo da marca francesa. A Fiat irá batizar a sua picape com o nome de Toro, a qual chegará ao mercado no começo do ano de 2016.

Ambos os veículos inauguram um segmento de picapes consideradas quase médias, haja vista que são maiores que as compactas, tal como a Fiat Strada. Outra característica comum destes dois modelos é o fato deles terem sido baseados em SUV, sendo que a Uroch foi baseada no Duster e a Toro no Jeep Renegade.

No caso da Oroch, a plataforma utilizada foi alongada de modo que o comprimento e a distância entre-eixos da picape ficasse maior que os do SUV, fato estes que também deverá ocorrer com o modelo da Fiat.

Antes de ser denominada com o nome Toro, esta picape da Fiat já havia surgido no Salão de São Paulo, há um ano, com um conceito que na definição da própria fabricante misturava picape e sedã. Neste ocasião, a Renault fez a exposição da Oroch também como conceito, porém, muito mais adiantada e claramente definida com picape.

No mês de junho, os dois veículos foram considerados atração no Salão de Bueno Aires, porém, enquanto a Renault fazia a exibição da versão de produção e fez o anúncio que a Oroch iria chegar ao mercado ainda neste ano de 2015, a Fiat mostrou apenas o mesmo conceito FCC4 que já havia sido mostrado no salão brasileiro e anunciou que provavelmente o veículo iria ficar para ser lançado no ano que vem. Já no comunicado feito nesta terça-feira, dia 30 de setembro de 2015, a Fiat fez a confirmação de que o lançamento da picape Toro será feito no início do ano de 2016.

Desde o ano passado, a picape Toro já está sendo flagrada na realização de testes nas ruas, todavia sob forte camuflagem.

A Toro,  aqui no Brasil, será fabricada na unidade da Fiat localizada na cidade de Goiana (PE) e será o segundo modelo a ser produzido nesta unidade, tendo em vista que o primeiro foi o Renegade.

Por Adriano Oliveira


Renault Duster Oroch – Lançamento e Preço


Novo veículo inaugura novo segmento de picapes e custará entre R$ 62 mil e R$ 70 mil.

A última segunda-feira (28) foi dia de lançamento para a montadora Renault. A montadora lançou a sua primeira picape, a Duster Oroch. Com isso, a empresa entra para o segmento das picapes compactas e médias (ou seria "quase média" ?).

O fato é que a marca inaugura esse segmento. Para que o leitor tenha uma ideia, não é uma picape compacta como a Fiat Strada e nem média como a Chevrolet S10. Apesar de estar entrando sozinha nesse segmento, logo logo ela ganhará uma concorrente direta: a Fiat entrará no mercado com uma "quase média" já no início de 2016.

A Oroch é fabricada e São José dos Pinhais (PR) e custará entre R$ 62.290,00 e R$ 70.790,00. Tem três versões com cabine dupla e motores 1.6 ou 2.0: a Expression 1.6 (com 5 marchas), a Dynamique 1.6 (também com câmbio 5 marchas) e a Dynamique 2.0 (com câmbio 6 marchas). Não tem câmbio automático como opção.

A Oroch é derivada do SUV da marca, o Duster, por isso o nome Duster Oroch. É parecida com o SUV e tem a mesma largura (1,56 m), mas é  1 cm mais baixa que o SUV, tendo 1,62 m de altura. O comprimento difere bastante, a Oroch é 30 cm mais comprida, assim como a distância entre-eixos é maior que a do SUV, com 15 cm a mais.

A caçamba do Orock é livre para uso, pois o estepe fica embaixo da parte traseira. Com as medidas de 683 litros, 1,17m de largura e 1,35m de profundidade, a Oroch tem capacidade para transportar até 650 kg, incluindo os ocupantes do veículo. Como comparação, a Strada tem capacidade para 400 kg e a S10 para 944 kg. A capota marítima pode ser instalada direto de fábrica. O motor 1.6 oferece 115 cavalos e o motor 2.0 oferece 148 cavalos de potência.

A Oroch não tem a opção com tração 4×4, apenas dianteira. A suspensão traseira traz a promessa de estabilidade independente do piso, menor nível de ruído e maior conforto. Tem garantia de fábrica de 3 anos ou de 100 mil km rodados.

Elia Macedo


Lançamento da Nova Toyota Hilux na Europa


Oitava Geração da Toyota Hilux traz novidades em sua estrutura e design.

Chegou a oitava geração da Toyota Hilux. Ela está sendo lançada na Europa e traz muitas novidades em sua estrutura e design, bem como nos equipamentos e na capacidade de carga. Na verdade ela já não é uma novidade, uma vez que já andou dando suas voltas pela Austrália e na Tailândia, quando foi revelada oficialmente, em maio.

Mas agora o lançamento é em um local onde ela domina 23,5 % das vendas no segmento, então a nova Toyota Hilux vai chegar arrasando, até porque nessa aparição, de acordo com as fotos divulgadas pela montadora, ela mostrará outras novidades.

Novidades da Nova Toyota Hilux:

  • Design: Mostra semelhanças com o novo Corolla, principalmente a grade e o conjunto de faróis, elementos que avançam pelas laterais, que ganharam contornos um pouco mais suaves. Ela perdeu aquele estilo “quadradona”.
  • Capacidade de Carga: Ganhou reforços na estrutura e dimensões levemente aumentadas. A  capacidade de carga agora é de 1.240 kg na caçamba e 3.200 kg rebocados.
  • Interior: Amplo, sofisticado e cheio de recursos, mais do que sua antecessora. Há duas telas no painel, uma assume a função de computador de bordo e outra posicionada no centro, com recursos multimídia.
  • Bancos Traseiros: Bipartido, pode se dobrar para trás e liberar espaço para o transporte de cargas, sem que o estofamento seja danificado.
  • Outras Características: Tração com controle ativo, perfeita para terrenos irregulares. Superfícies inclinadas passarão em branco. A nova Hilux tem assistentes em descida e de partida. ABS, EBD e Controle de Estabilidade.
  • Como Opções em Motor: Bloco 2.4 litros turbodiesel (com 162 cv e 40,79 mkgf de torque), 2.8 litros turbodiesel (com 179 cv e 45,89 mkgf de torque), 2.7 litros de quatro cilindros aspirado a gasolina (com 166 cv) e 4.0 litros de seis cilindros (com 281 cv).
  • Transmissão: Seis marchas manual ou seis velocidades automáticas, dependendo do motor.

Elia Macedo


Renault Alaskan – Apresentação da Nova Picape


Nova picape da Renault deverá ser apresentada este mês durante o Salão de Frankfurt 2015.

A Renault resolveu ousar quando o assunto é competir no mercado de picapes. Seu mais novo projeto, objetivando chamar a atenção de quem gosta de dirigir uma picape por ver nela beleza e praticidade, chama-se Renault Alaskan, um carro que promete surpreender a todos que querem algo muito além de tudo já visto até hoje.

A Renault está orgulhosa com o lançamento da sua mais nova picape média, que por enquanto só poderá ser vista no Salão do Automóvel em Frankfurt, na Alemanha, programado para acontecer ainda nesse mês de setembro de 2015, mais precisamente no dia 15.

No entanto, as imagens da máquina dão uma noção do que em breve está para chegar em todas as concessionárias autorizadas Renault no Brasil e no mundo.

Vamos conhecer o que faz desse carro tão interessante e esperado? Primeiro o fato do seu modelo ser robusto, com uma parte frontal de um comprimento bastante significativo, com faróis em LED de design inovador. A inovação também pode ser constatada no desenho dos retrovisores e nas gigantescas rodas de 21 polegadas. A sua versão cabine dupla e com um suporte no teto do carro dá ao Renault Alaskan não apenas seriedade como também ares esportivos, uma combinação perfeita para quem deseja um carro para todos os momentos.

Na parte traseira, a cabine tem uma considerável extensão, uma ótima opção para quem gosta de um bom porta-malas que caiba todo material necessário para uma boa aventura.

Respeitando o estilo dos motoristas, a Renault fez questão de elaborar modelos diferenciadas do Renault Alaskan, por isso, quem quiser comprar o seu vai encontrar nas lojas Renault as versões com motores flex, movido a diesel, twin turbo 1.6 de até 115 cv ou a versão 2.0 de até 148 cv, com tração 4×4 ou 4×2. Na parte do câmbio, o carro vai oferecer também as opções de câmbio manual de cinco ou seis marchas.

Não se poderia ocultar as informações de que o Alaskam também terá vidros elétricos, ar condicionado, travas elétricas, airbag, direção hidráulica, entre outros confortos que todo motorista aprecia em um bom carro.

Ainda não há informações sobre o valor final do Renault Alaskan, porém, essa e outras informações sobre ele poderão ser obtidas em breve no site www.renault.com.br. É só acessar e saber mais sobre o Alaskam, seus preços e formas de pagamento.

Por Michelle de Oliveira


Nova Chevrolet Silverado 2016 é lançada nos Estados Unidos


Picape chega com visual remodelado e novos itens de série.

A linha 2016 da Chevrolet Silverado foi lançada pela General Motors em território norte-americano. O modelo chega com alguns bons destaques. Entre as novidades, está a grande gama de itens para a cabine e o visual que foi remodelado na parte da frente da Silverado. A picape com essas renovações se mostra mais robusta.

Essa linha 2016 da picape foi revisada para que se mantivesse alinhada frente aos modelos concorrentes no mercado, que são da RAM e da Ford. A nova Silverado chegará ao mercado dos Estados Unidos com novos faróis com luzes em LED, capô trazendo novas formas e a grade com detalhes da mesma cor da carroceria, além de itens cromados na mesma.

O sistema de entretenimento MyLink, que chega a sua nova geração, é o destaque tecnológico. É o mesmo que se encontra nos modelos da nova geração do Cruze, o qual será comercializado no Brasil a partir de 2017. O sistema conta com compatibilidade com o Android Auto e o Apple CarPlay.

O MyLink chegará com funções renovadas para trabalhar junto com dispositivos de segurança do Silverado 2016. Ele também possibilita que o motorista dite e ouça mensagens de texto, faça buscas na internet, acesse aplicativos como o Skype ou WhatsApp e procure até melhores rotas no trânsito atual.

O modelo da Chevrolet também contará agora com a transmissão automática de oito velocidades. Em termos de motorização, a Silverado 1500 2016 vai ser comercializada nos Estados Unidos com o já conhecido motor 5.3 litros, que entrega uma potência de 355 cavalos.

Ainda não há detalhes oficiais sobre o preço e as versões que serão vendidas da nova Silverado.

Consumo de Combustível:

  • Para melhorar o consumo de combustível de seu carro, evite esticar as marchas. O motorista deve sempre fazer a troca no momento certo e tentar andar com a rotação do motor sempre baixa. Isso faz com que o veículo economize mais, pois quando se anda com o giro muito elevado, consome-se mais combustível e prejudica o motor. 


Nova Nissan Frontier é apresentada no Salão de Buenos Aires


Nissan apresenta nova versão da Picape. Modelo deverá chegar ao mercado brasileiro em 2018.

A Nissan exibiu no Salão do Automóvel de Buenos Aires, a nova geração da Frontier, que chegará ao mercado brasileiro em 2018. A participação da marca no salão de 2013 foi de apenas coadjuvante, uma vez que na época, a Nissan somente importava o modelo. Agora, a situação é outra, sobretudo pelos investimentos da montadora na Argentina. Conheça mais sobre o lançamento e quais as novidades estarão disponíveis no mercado.

A nova Frontier já é a décima segunda geração da linha de picapes, a qual já está presente em mais de 180 países em seus 80 anos de mercado. O modelo será fabricado sob o chassi novo, cuja principal característica é a suspensão Multilink, além dos melhores ângulos de saída e entrada. A partir daí, é possível desenvolver mais de um modelo de picape.

O modelo será um dos produzidos na fábrica de Santa Isabel, na Argentina, a partir do fim de 2017 ou no começo de 2018. Na mesma unidade também serão fabricadas as inéditas picapes médias da Mercedes-Benz e da Renault, cuja base será a nova Frontier. São duas opções de motorização: com propulsor 2.5 litros de quatro cilindros, a diesel ou a gasolina. Os dois vêm equipados com turbocharger, com objetivo de aumentar a potência.

O motor a Diesel rende até 19 cv a 3.600 rpm e o torque máximo é de 45,88 kgfm a 2.000 rpm. A novidade em relação ao motor anterior é a economia de combustível, cerca de 11% menor. O câmbio possui transmissão automática de 7 velocidades ou mecânica, com seis marchas. A parte visual teve boas alterações. A nova grade frontal recebeu o desenho atual da marca, em forma de V, com detalhes cromados. Além dela, a parte frontal recebeu luzes diurnas de LED.

A nova Frontier só chega ao Brasil em 2018, mas a fábrica estuda importar o modelo do México antes disso.

Ana Rosa Martins Rocha


Renault Duster Oroch – Lançamento da Nova Picape no Brasil


Novo Renault Duster Oroch chega ao Brasil prometendo agitar o mercado de picapes. Novo veículo possui motor 2.0 flex e custará R$ 70 mil.

Não é novidade para ninguém que há algum tempo o conceito SUV dominou os cinco continentes do Mundo. Por consequência, o conceito de picape acabou sendo abandonado pela maioria das montadoras do mundo.

A Renault Oroch veio para inovar o conceito de Picape. Baseado na Duster, ela promete inovar e mostrar ao mercado a força que as Picapes têm e pretende dominar o mercado brasileiro, haja vista que a Duster ainda está fazendo grande sucesso nas Terras Tupiniquins.

O que muito também agrada os brasileiros é o fato de que a Picape deve chegar ao país por volta de Outubro de 2015 e deve sair por um preço mais em conta ao bolso do consumidor brasileiro. Segundo informações da própria montadora francesa, a Renault Oroch deve custar um preço médio de R$ 70.000,00.

É bom lembrarmos que durante o Salão do Automóvel de São Paulo do ano passado, o Renault Duster Oroch já era promessa de vendas certas no Brasil.

Quase um ano depois, essa promessa se consolida e o Renault Duster Oroch chega ao mercado brasileiro com um motor flex 2.0 com 150 cv de potência máxima. Convenhamos, apesar de ser um motor 2.0, acaba sendo um pouco fraco, haja vista o tamanho e dimensões do carro.

O Renault Duster Oroch será produzido na fábrica de São José dos Pinhais (PR) e por isso chega ao mercado Brasileiro com um preço mais em conta do que o convencional.

O Renault Duster Oroch é a única Picape do Brasil baseada em um SUV compacto. Devido ao fato da exclusividade desse perfil e pela grande aceitação do SUV Duster no mercado, o Renault Duster Oroch promete fazer grande sucesso entre os apaixonados por picapes. Bom preço, carro nacional e pensado estrategicamente para agradar os mais exigentes consumidores. Com certeza, o Renault Duster Oroch agradará os consumidores. Aguardemos e será possível analisar os impactos desse carro no mercado brasileiro.

Daniel Alves


Mitsubishi L200 Triton Savana Off – Nova Edição Especial


Novo Mitsubishi L200 Triton Savana Off terá apenas 200 unidades produzidas. Edição Especial da picape custará R$ 128.990 e virá com diversos itens exclusivos.

A Mitsubishi lançou recentemente no Brasil uma versão especial do seu modelo L200 Triton Savana. Esta série especial foi chamada de "Off" e terá apenas 200 unidades produzidas. A versão, que custará cerca de R$ 128.990, traz como principais novidades a sua cor laranja Sunshine e diversos itens exclusivos, como capaz de neoprene nos bancos, plaqueta com o número de série, rodas de liga leve na cor grafite e adesivos alusivos à edição.

A edição especial do carro é inspirado no canal de TV "OFF", que é dedicado aos esportes radicais. Outros itens bacanas presentes na picape são um cooler customizado da marca Ogio, uma garrafa de aço inoxidável e um chaveiro do tipo mosquetão para que as chaves possam ser fixadas em cintos ou mochilas.

Já com relação aos itens de série presentes no veículo, podemos citar o ar condicionado automático, a direção hidráulica, a chave presencial, os pneus Scorpion MTR 255/70 R16, o volante revestido em couro (com ajuste de altura e comandos do som), os tapetes de borracha, o rack de teto, o snorkel, a prancha para auxílio em situações de atolamento, entre outros.

Falando agora um pouquinho sobre o seu conjunto mecânico, ele não sofreu nenhuma alteração significativa. Sendo assim, o modelo continua tendo um motor 3.2 turbodiesel com injeção direta de combustível, que é capaz de oferecer até 180 cavalos de potência (a 3.500 rpm) e 38 kgfm de torque (a 2.000 rpm). Com relação à sua transmissão, ela é manual de cinco marchas.

E por falar no Mitsubishi L200 Triton, neste mês de abril a versão 2015 da picape ganhou cinco estrelas no ANCAP, que através de um Crash Test analisa a segurança do carro. O modelo equipado com motor 2.4 MIVEC conseguiu conquistar 36,22 pontos de um total de 37 pontos, com isso conquistou o prêmio. Os impactos na parte lateral e frontal da picape renderam 15,22 pontos de um total de 16 pontos. Já o efeito chicote foi considerado bom e a proteção contra os pedestres foi considerada aceitável.

Sobre o Mitsubishi L200:

O L200 é a picape mais popular da Mitsubishi Motors. A primeira versão do veículo foi lançada no ano de 1978, ainda com o nome de Mitsubishi Forte. O modelo manteve esse nome até o ano de 1986, quando passou a se chamar Mitsubishi Strada, Vale lembrar que a picape também conhecida como L200, Triton, Strakar e Mighty Max, dependendo do país.

O veículo é produzido em dois países: Na Tailândia (que exporta o modelo para mais de 140 países) e no Brasil (na fábrica de Catalão, em Goiás).

Os principais concorrentes da picape são: Toyota Hilux, Mazda BT50, Nissan Navara, Isuzu D-Max, Chevrolet S10, Ford Ranger e Dodge Power Ram 50.

Confira abaixo algumas fotos do Novo Mitsubishi L200 Triton Savana:


Nova Geração do Toyota Hilux – Picape tem Imagens Vazadas na Internet


Imagens da Nova Geração do Toyota Hilux vazam na Internet. Picape será apresentada oficialmente no dia 15 de maio, na Tailândia.

A Nova Geração da Picape Toyota Hilux teve sua primeira imagem vazada na Internet. A foto do veículo foi divulgada pelo site tailandês Vigo Club. Vale lembrar que o utilitário está previsto para ser apresentado oficialmente na Tailândia, apenas no dia 15 de maio.

De acordo com o site Argentina Autoblog, a produção do novo Toyota Hilux acontecerá na cidade de Zárate (Argentina) e terá início no mês de novembro de 2015. Com a sua produção prevista apenas para novembro, a apresentação do veículo no Salão do Automóvel de Buenos Aires ainda é uma dúvida, isso porque o evento acontecerá em junho, meses antes do início da produção da picape em solo argentino.

O Novo Toyota Hilux será produzido na nova plataforma da montadora, chamada de TNGA (Toyota New Global Architecture). O será mais largo e terá um entre-eixos maior do que o registrado atualmente. Com isso, o utilitário ganhará mais espaço interno, sem perder a sua capacidade de carga.

Com relação ao seu design, a picape seguirá o mesmo estilo adotado pelo Corolla. Já entre as novidades visuais podemos citar a nova grade dianteira cromada e os novos faróis, que ficaram mais estreitos.

Falando agora sobre o seu motor, ainda não há muitas informações, porém, acredita-se que a picape terá o seu motor revisado e ganhará melhorias. É possível que a Toyota ofereça três opções de motor: a diesel, a gasolina e híbrido.

Segundo informações da própria Toyota, a montadora já investiu cerca de US$ 800 milhões em sua fábrica na Argentina para que o local possa produzir a nova geração da picape e também a sua derivada, a SW4.

Comentando um pouquinho sobre a imagem vazada, tudo leva a crer que o modelo que aparece é da versão topo de linha do veículo. A conclusão disso pode ser tirada pelos retrovisores cromados e também pela presença dos faróis de neblina.

Sobre o Toyota Hilux:

A picape Toyota Hilux foi produzida inicialmente no ano de 1968 e continua até hoje. Naquele período, ela foi criada para substituir o modelo Stout. No ano de 1995, a Hilux passou por uma reformulação na América do Sul e passou a se chamar Tacoma. O carro tem como principais concorrentes Toyota Hilux SW4, Chevrolet S10, Mitsubishi L200, Nissan Frontier, Ford Ranger e Volkswagen Amarok.

Por Carlos Cristófalo (Argentina Autoblog)


Mercedes-Benz poderá entrar no segmento de Picapes


Mercedes-Benz planeta lançar Nova Picape até o ano de 2020. Montadora planeja entrar de vez no mercado de utilitários.

A Mercedes-Benz anunciou que pretende entrar no segmento de Picapes e que o primeiro utilitário da marca já está previsto para o ano de 2020. O projeto ainda está no papel, mas a fabricante já almeja alcançar todo o mercado da Europa, América Latina, Austrália e África do Sul ao lançar o novo produto.

O lançamento da picape na linha Mercedes-Benz terá capacidade para quase uma tonelada de carga, motor potente com quatro ou seis cilindros e uma confortável cabine dupla. Um veículo com alto padrão de durabilidade e boa resistência para atender o usuário.

Mas como a montadora sempre trabalhou com carros de alto luxo, também não deixará de caprichar no estilo do design e nos acessórios que compõem o carro. Nessa perspectiva, a fabricante apresentou que a parte interna, como os bancos, serão confeccionados com tecido de couro, já os outros elementos terão acabamento cromado.

A Mercedes-Benz pretende também romper com o estilo tradicional de picapes, por isso vai caprichar no quesito de beleza e conforto do veículo. Além de garantir toda segurança e praticidade que uma picape precisa ter.

A divulgação deste projeto foi realizada na última sexta feira, na data de 27 de março. E mesmo com a proposta ainda no papel, a fabricantepretende em breve iniciar a produção da picape, que será  parecida com as existentes no mercado, como a Ford Ranger, Toyota Hilux e Nissan Frontier.

Quanto aos dados técnicos do veículo, nada foi apresentado, mas o setor de divisão de “vans” da fabricante Mercedes-Benz receberá todas as atribuições e responsabilidades para a execução e desenvolvimento do projeto.

A Mercedes-Benz tem uma rica história no trabalho com automóveis. Criada em 1924, a empresa alemã sempre apresentou ampla produção de veículos na modalidade de automóveis de passeio, utilitários, vans, caminhões e ônibus. E agora, a intenção é avançar na produção de picapes e se destacar no mercado comercial automobilístico.

Enfim, a Mercedes-Benz sempre apresentou um alto padrão de qualidade e originalidade na fabricação de seus produtos. Como sempre obteve uma boa demanda de vendas, a fabricante conseguiu agradar muitos usuários. Agora é preciso esperar a produção deste modelo de picape e saber qual será a opinião dos futuros motoristas e usuários do veículo.

Por Jaqueline Mendes Rodrigues dos Santos


Hyundai Santa Cruz – Novo carro conceito mescla os modelos Vera Cruz e Santa Fé


Uma das grandes novidades do evento Salão de Detroit é o novo conceito da Hyundai, a picape Santa Cruz. O novo conceito mescla dois SUV’s da montadora coreana, os modelos Vera Cruz e Santa Fé. Com o lançamento do veículo, a empresa coreana torna evidente o intuito de competir no segmento.

O modelo possui visual arrojado, possuindo grade hexagonal, lanternas horizontais que ocupam espaço na tampa traseira do porta-malas e farol de neblina com tecnologia LED (Light Emitting Diode). Possui cabine estendida e compartimento de carga propicia para transportar materiais leves, sendo possível utilizá-la para lazer e trabalho. Apesar disso, o utilitário parece não comportar uma motocicleta em sua carroceria, por essa razão, a Hyundai permite que a tampa seja estendida para transportar tal veículo.

Estima-se que o veículo tenha aproximadamente 4.65 metros de comprimento, medidas que se aproximam de picapes compactas como, por exemplo, o modelo Fiat Strada que possui apenas vinte e um centímetros a menos de comprimento.

As rodas do veículo são grandes e conta com desenho especial. As pinças de freio são de cor amarela, assim como, os retrovisores.

Segundo informações do fabricante, a nova picape pode levar até cinco passageiros, mesmo possuindo espaço traseiro limitado. Dessa forma, o novo seguimento se torna uma boa opção para quem deseja um veículo com espaço interno considerável e compacto.

A picape conta com motor 2.0 turbo diesel com potencia de 190 cavalos e 41,7 kgfm de torque. O consumo médio de combustível é de 12,8 km/litro. A tração do veículo é integral, sendo essencial para terrenos rurais.

O novo conceito deve estar no mercado até 2016, e modelo promete garantir a satisfação do público jovem, que não gosta do design das picapes presentes no mundo automotivo brasileiro.  

A Hyundai não disse mais sobre as especificações do veículo, mas o mesmo promete ser sucesso de vendas. Ainda não existem previsões para o lançamento do modelo no país.

Por Wendel George Peripato

Hyundai Santa Cruz

Hyundai Santa Cruz

Hyundai Santa Cruz

Fotos: Divulgação


Nova Mitsubishi L200 Triton teve algumas mudanças no design


A Mitsubishi revelou oficialmente nesta terça-feira, dia 18 de novembro, a nova picape L200 Triton. Diretamente da Tailândia, onde o modelo é fabricado na unidade fabril de Laem Chabang, a nova picape da marca japonesa, que será vendida em aproximadamente 150 países do mundo espalhados pelo Sudeste Asiático, Oceania, África, Oriente Médio, América Latina e Europa, apresenta-se com um visual renovado e com semelhanças estéticas advindas do utilitário esportivo Outlander que foi muito contestado pelo seu design. Será que vai?

Após nove anos mantendo o mesmo visual, a Mitsubishi apresentou uma reestilização para a L200, adotando algumas mudanças pontuais para a picape que já estava desgastada pelo tempo de mercado. De certa forma, a fabricante japonesa não efetivou uma renovação completa, tendo em vista que é possível notar características básicas da geração anterior nessa nova L200, como por exemplo, o formato da cabine e da caçamba, que aparentemente não sofreu nenhuma modificação.

Por outro lado, a Mitsubishi rejuvenesceu a caminhonete com a adoção dos novos faróis dianteiros e lanternas traseiras, ambas com certa inspiração no novo Outlander, para-choques remodelados e também com a nova grade dianteira, que deixou a parte anterior do veículo mais agressiva. Contudo, percebe-se que a nova picape não possui praticamente nenhuma caraterística do GR-HEV Concept, carro-conceito mostrado durante o Salão de Genebra de 2013 que parecia ser o norte que a fabricante japonesa iria tomar para renovar por completo a L200.

O que se nota, portanto, é que o objetivo principal da Mitsubishi era oferecer ao cliente uma picape que aliasse a esportividade, confiabilidade e funcionalidade de uma caminhonete, com o conforto de um carro de passeio, já que o modelo passou por melhorias no isolamento acústico, na absorção e amortecimentos de vibrações, e ainda ganhou novo ajuste na suspensão.

Com opções de carroceria com cabine simples e dupla, a nova geração da L200 Triton ainda conta com quatro opções de motorização. Sendo assim, o modelo pode ser equipado com os já conhecidos e atualizados motores 2.4 a gasolina de 128 cv e torque de 19,8 kgfm, 2.5 Turbodiesel com duas configurações de potencias, sendo uma com 128 cv e torque de 24,5 kgfm e a outra com 178 cv e torque de 40,8 kgfm, além do novo bloco 2.4 MIVEC Turbodiesel capaz de gerar 181 cv e torque de 43,8 kgfm.

Associado aos motores, a nova L200 Triton pode dispor de um câmbio manual de cinco ou seis marchas, ou ainda trazer uma transmissão automática de cinco velocidades.

mitsubishi-l200-triton-2015-01 mitsubishi-l200-triton-02-2015 mitsubishi-l200-triton-03-2015

Por Caio Polo


Toyota Hilux Limited Edition terá 3 mil unidades disponíveis à venda


A Toyota apresentou durante o Salão do Automóvel de São Paulo uma novidade: a Hilux Limited Edition. Com preço definido em R$ 155.650, a versão especial terá produção limitada em apenas 3.000 unidades, passando a ser a configuração mais cara da picape da marca japonesa.

Com quantidade de unidades a ser oferecida pré-definidas pela Toyota, a Hilux Limited Edition é baseada na configuração SRV Top Diesel 4×4, tendo como diferencial alguns detalhes visuais para deixar a picape japonesa mais agressiva. Sendo assim, a edição limitada da caminhonete vem com uma espécie de proteção/quebra-mato na cor preta integrada ao para-choque dianteiro, adesivos personalizados nas portas e na parte lateral da caçamba, estribos laterais, capota marítima de lona, santantônio Sport e rodas de liga leve de 17 polegadas com acabamento na cor preto fosco. Para completar o visual, o modelo ainda conta com para-choque traseiro e retrovisores externos cromados.

Entre os equipamentos de série, a picape vem com freios ABS com EBD e BAS, airbag duplo, controle eletrônico de tração e estabilidade, ar-condicionado automático digital, banco do motorista com regulagem elétrica, vidros travas e retrovisores externos com acionamento elétrico, faróis de neblina, computador de bordo com sete funções, controle de velocidade de controle, controle de velocidade de cruzeiro, além do sistema de entretenimento que abrange diversas funções, como leitor de DVD, sintonizador de TV Digital, sistema de navegação via satélite (GPS), conexão Bluetooth, entradas auxiliar e volante multifuncional com comandos integrados.

O diferencial do acabamento interno fica por conta dos tapetes e soleiras personalizadas com o logo “Limited”, acabamento em couro nos bancos, manopla de câmbio, laterais das portas, volante e alavanca de transferência.

Mecanicamente, a edição limitada da Hilux vem equipada com o já conhecido motor 3.0 16V Turbodiesel capaz de entregar 171 cv e torque de 36,7 kgfm. Dotado de tração 4×4 com reduzida acionada por alavanca, a picape traz associado ao bloco Turbo uma transmissão automática com cinco velocidades. 

Por Caio Polo

Toyota Hilux Limited Edition

Toyota Hilux Limited Edition

Fotos: Divulgação


Ford Ranger 2015 – Características do novo modelo


O lançamento da linha picape Ranger para 2015 já está sendo divulgada pela Ford. O veículo apresenta uma nova versão no modelo XL 2.2 Diesel 4X4 com Cabine e Chassi, um modelo prático e útil para atender frotistas que necessitam colocar implementos no lugar da caçamba. 

O modelo ainda oferece mais vantagens na versão XLS, pois vem com piloto automático e faróis de neblina. No modelo XLT, que possui câmbio manual e os bancos totalmente revestidos de couro. E para as duas versões disponibiliza o porta-objetos na parte de baixo do banco traseiro e tapetes com fabricação de borracha. Ainda apresenta fechaduras que acompanham as chaves que ficam na porta da caçamba. 

O carro vem com um estilo mais moderno e sofisticado, pois os equipamentos são mais novos. Porém, a Ford apresenta alterações nos planos de revisão para as novas versões desta série. A fabricante diminuiu o número de revisões, que era de 6 e agora passou para 4 atendimentos no prazo de 36 meses de garantia. Sendo que a primeira revisão acontece no período de 6 meses e a segunda avaliação entre os 12 meses. Quanto às outras duas, elas podem ser agendadas quando se aproximar dos 24 meses ou 20.000 km e aos 36 meses com 30.000 km. 

O novo Ford Ranger oferece também mais um item de segurança e conforto, o sistema de conexão SYNC. Este equipamento dispõe um importante recurso de assistente emergencial, ou seja, quando um smartphone estiver conectado ao sistema, ocorre uma ligação automática para o número de socorro do local, isso caso necessite, em uma situação de colisão grave. E com este mesmo sistema é permitido ainda acessar outros aplicativos do telefone pelos botões no volante ou pelo comando de voz. 

Portanto, as concessionárias já estão se preparando para receber o novo modelo da Ford para atender os interessados.

Quem já está pesquisando as últimas informações, já pode se preparar para comprar logo, pois em breve o produto estará disponível. 

Por Jaqueline Mendes 

Ford Ranger 2015

Ford Ranger 2015

Ford Ranger 2015

Fotos: Divulgação


Chevrolet S10 2015 – Novidades e preços da nova linha


Para os que preferem carros do tipo picape, a boa notícia é que a Chevrolet apresentou a linha 2015 da S10, nesta quarta-feira (24/09). O anúncio foi feito em Puerto Iguazu, na Argentina.

Agora, o modelo, que conta com as opções com cabine simples e cabine dupla, terá uma motorização nova, além de 2,5 litros de com injeção direta de combustível e 206 cavalos. O modelo mais básico passa a custar R$ 69,8 mil, chegando a R$ 142.400 (confira a tabela completa abaixo). 

O modelo, que é líder na categoria, terá um motor flex com a maior potência entre as picapes médias. A partir de agora, a S10 contará com 14 opções, divididas por níveis de equipamentos e acabamento: LS, LT ou LTZ. Ou seja, tem carro para diversos gostos diferentes. E ainda segundo as informações divulgadas pela Chevrolet, o motor da nova versão oferece até 6% de econômico quando comparado com o modelo 2.4.

De acordo com a Chevrolet, não foi só o motor que recebeu melhorias, mas todo o conjunto de suspensão. O acabamento também foi aprimorado. Outra característica nova é o câmbio manual de seis marchas que estará presente nos modelos 4×4 diesel ou 2.5 flex.

Confira as versões e os preços da nova picape S10 modelo 2015 da GM:

– Modelo com cabine simples:

  • LS 2.4 flex 4×2 – R$ 69,8 mil;
  • LS 2.8 diesel 4×4 – R$ 98,3 mil.

– Modelo com cabine dupla:

  • LS 2.4 flex 4×2 – R$ 78,2 mil;
  • LS 2.8 diesel 4×4 – R$ 108,3 mil;
  • LT 2.5 flex 4×2 – R$ 86,4 mil;
  • LT 2.8 diesel 4×2 – R$ 111,5 mil;
  • LT 2.8 diesel 4×2 (automática) – R$ 115 mil;
  • LT 2.5 flex 4×4 – R$ 92,4 mil;
  • LT 2.8 diesel 4×4 – R$ 121,8 mil;
  • LT 2.8 diesel 4×4 (automática) – R$ 124,9 mil;
  • LTZ 2.5 flex 4×2 – R$ 97,7 mil;
  • LTZ 2.8 diesel 4×2 (automática) – R$ 131 mil;
  • LTZ 2.5 flex 4×4  – R$ 103,7 mil;
  • LTZ 2.8 diesel 4×4 (automática)- R$ 142,4 mil.

Por Tatiana Alves

Chevrolet S10 2015

Chevrolet S10 2015

Chevrolet S10 2015

Fotos: Divulgação


Toyota Land Cruiser 70 terá versão inédita fabricada no Japão


Como uma espécie de comemoração pelo aniversário de 30 anos do Land Cruiser 70, um dos modelos que se tornaram icônicos para a Toyota, a fabricante decidiu em uma ação inusitada retomar a produção do modelo pelo período de mais ou menos um ano.

Os veículos serão disponibilizados nas concessionárias do Japão com uma carroceria SUV, além disso, há uma picape inédita. Vale ressaltar que a fabricação do Land Cruiser 70 foi encerrada em terras japonesas no ano de 2004.

Teoricamente falando o Land Cruiser é basicamente um modelo dos anos 80. Entretanto, essa nova leva de produção terá equipamentos que são bastante condizentes com os que são usados no mercado atualmente.  Para se ter uma ideia o motor que integrará o modelo será o V6 4.0 de 231 cv que foi lançado lá em 2007 no Land Cruiser 200.

O bloco é acoplado a um câmbio manual que conta com cinco marchas e com tração nas quatro rodas. Já entre os equipamentos de segurança que estarão presentes no carro vamos encontrar airbag duplo e freios ABS.

Já no que diz respeito ao visual, o Land Cruiser 70 recebeu um conjunto ótico, teve o interior atualizado e também ganhou uma grade. Mesmo assim, com tais alterações, nenhuma foi tão significativa que fizesse o modelo perder suas características que o consagraram. Ao se dar uma olhada na cabine, por exemplo, é claramente possível perceber que o veículo se trata de um carro dos anos oitenta.

De “moderninho” mesmo no carro só tem o volante e os mostradores. Já todo o resto é quase a mesma coisa, como o ar condicionado que tem um controle ao melhor estilo rústico. Como que para deixar bem claro a idade do carro o relógio no topo do painel faz bem o seu dever.

No mais o Land Cruiser 70 ainda recebeu adesivos comemorativos para os seus 30 anos nas laterais. Além disso, quem comprar o carro ainda ganha uma capa especial feita de couro. Um pequeno detalhe: essa capa é para o manual do proprietário.

Na terra do sol nascente a picape será comercializada por 3,5 milhões de ienes. Isso em reais daria algo em torno dos R$ 76,7 mil. O SUV que sai por 3,6 milhões de ienes chegaria a R$ 78,9 mil.

De acordo com a Toyota a expectativa é de sejam recebidos cerca de 200 pedidos mensais.

Por Denisson Soares

Toyota Land Cruiser 70

Toyota Land Cruiser 70

Fotos: Divulgação