Ford EcoSport e Ford Ka Edição Especial 100 Anos – Características, Preços


A Frod lançou a comemoração de seus 100 anos em terras brasileiras a série especial do EcoSport e do Ka. O hatch terá 1.000 unidades e o SUV somente 500 unidades disponíveis.

Para realizar a comemoração de 100 anos da montadora Ford no mercado brasileiro, a empresa desenvolveu uma série especial destinada aos seus modelos Ecosport e Ka. O veículo SUV será comercializado pelo valor de R$ 89.990, por outro lado o compacto possuindo detalhes diferenciados em seu acabamento irá sair das concessionárias pelo valor de R$ 65.990.

Esta versão especial de 100 anos dos carros Ecosport e Ka terá um limite de exemplares. Ao todo serão fabricadas mil unidades do modelo com carroceria hatch, já do SUV serão 500. A combinação de seus equipamentos e a cor dos modelos serão únicas. Poderá ver em alguns detalhes e também na carroceria a cor azul belize.

A parte interna dos lançamentos contará com um acabamento diferenciado em seu painel, comandos de voz, central multimídia SYNC com display flutuante e sete polegadas, conexão Bluetooth, conexão com Android Autor, com Apple CarPlay, e Waze. Contará também com entrada USB.

Edição de 100 anos do Ford Ka

Esta edição especial do Ford Ka será comercializada com um propulsor Ti-VCT de 1.5 litros com três cilindros, capaz de gerar uma potência de 136 cavalos, e uma transmissão automática com seis marchas.

A versão irá ter como base a versão SE Plus, a qual inicia seu valor em R$ 60.390 e já vem com diversos equipamentos como trio elétrico, direção elétrica, ar-condicionado, computador de bordo, piloto automático, ajuste para a altura do banco do condutor, faróis de neblina, abertura elétrica de seu porta-malas e ajuste de profundidade e de altura do volante.

Com o objetivo de dar um ar de maior esportividade, o Ford Ka 100 anos será fabricado com carroceria na cor azul e com teto preto. Esta cor poderá ser vista também em sua grade dianteira, espelhos retrovisores, maçanetas, e nas rodas que serão de 15 polegadas e de liga leve.

Em sua parte interna, teto e painel pretos. Seus bancos, também serão pretos com detalhes e costura em azul, trazendo o logotipo da edição especial de 100 anos localizado no encosto de cabeça.

A versão especial irá ficar situada abaixo da versão FreeStyle com motor de 1.5, variante que conta com o mesmo câmbio e motor. O modelo será vendido por R$ 65.990

Edição de 100 anos do Ford EcoSport

O Ford EcoSport irá contar com um propulsor Ti-VCT de 1500 cc com três cilindros, que possui a capacidade de fornecer 137 cavalos de potência, com câmbio automático de 6 marchas fazendo uso de um conversor de torque, além de todos os itens que estão presente na variante SE, que possui um valor de R$ 82.890 e mais alguns equipamentos adicionais.

Além de possuir colunas, teto, retrovisores grade dianteira e também retrovisores na cor preta, vem com rodas de raio 16 em liga leve e pneus com as dimensões de 205/60, câmera de ré, faróis com luzes diurna, tela com multifunção de 4,2 polegada em seu painel de instrumentos e faróis de neblina.

Na parte interna a cor predominante é o preto, tendo o mesmo teto visto na opção Storm. Terá revestimento premium em seus bancos na cor preta e com detalhes e com costura azul, contando também com o logo de edição especial.

O Ford EcoSport versão 100 anos irá sair da concessionarias por R$ 89.990 e irá possuir na lista de itens sistema anticapotamento, controle de tração e estabilidade AdvanceTrac, assistente de partida quando estiver em rampa, piloto automático, chave de segurança MyKey e computador de bordo.

Por Filipe Silva

Ford Ecosport e Ka 100 anos

Ford Ecosport e Ka 100 anos

Ford Ecosport e Ka 100 anos


Novo Ka e EcoSport 2020 – Série Especial 100 Anos da Ford


Conheça aqui as novidades presentes na nova Série Especial do Ford Ka e Ecosport.

A Ford, uma das mais famosas marcas de veículos, está comemorando 100 anos da sua primeira fábrica brasileira. A fábrica brasileira foi fundada em 1919 em São Paulo, era a segunda da marca na América Latina, a primeira foi instalada na Argentina. A princípio as instalações em território nacional, nada mais faziam do que importar os carros já prontos do exterior, nas fábricas originais da Ford.

Mas logo a fábrica mudou para um outro armazém e recebeu as primeiras máquinas para montagem de veículos. O carro Modelo T e o caminhão Modelo TT, foram os primeiros a serem montados no Brasil, eram as primeiras marcas da Ford.

O Ford Galaxie 500 foi o primeiro a ser completamente feito no Brasil, em 1967. Não havia muitas diferenças para o modelo original dos Estados Unidos, mas era o automóvel mais moderno nas ruas brasileiras.

E claro que a Ford não deixaria de comemorar seu um século de história em território brasileiro. A marca apresentou uma linha especial dos modelos Ka e EcoSport, dois dos seus modelos mais vendidos. A diferença de preço vai variar cerca de sete mil reais a mais, em relação aos modelos originais.

O compacto Ford Ka, com detalhes de acabamento diferenciados, vai custar cerca de R$65 mil. Já o grande SUV vai ser vendido por R$ 89 mil.

As versões em comemoração dos 100 anos da marca serão limitadas. Sendo apenas mil unidades do hatch Ka e 500 unidades do utilitário EcoSport. O grande diferencial da edição limitada é a cor dos modelos, azul belize, presente na carroceria e em alguns poucos detalhes. Além, é claro, da combinação de equipamentos. No interior, o destaque é o acabamento diferenciado do painel, com uma central multimídia e tela flutuante de 7”. Com novidades tecnológicas, como comando de voz, conexão Bluetooth, entrada USB e opção de conectividade com Android Auto, Apple CarPlay e Waze.

Apresentando um estilo mais esportivo, o Ford Ka apresenta a pintura azul na carroceria e teto preto. Na parte de engenharia, um motor 1.5 de três cilindros, com 136 cv de potência e um câmbio automático com seis velocidades.

A configuração base do carro traz itens como direção elétrica, trio elétrico, ar-condicionado, opção de piloto automático, ajuste de altura no banco do motorista, computador de bordo, ajuste de altura e profundidade do volante, abertura elétrica do porta-malas e até mesmo faróis de neblina. As rodas de liga leve são de 15 polegadas.

A versão Ka especial está logo abaixo da versão FreeStyle 1.5, que está equipada com a mesma configuração de motorização e câmbio.

Já o EcoSport comemorativo conta com um motor também 1.5 de três cilindros, com 137 cv de potência. A transmissão automática conta com seis velocidades com um conversor de torque e os equipamentos que já constam na versão SE.

O modelo ainda conta com rodas de liga leve de 16”, faróis com luzes de rodagem diurna, faróis de neblina, uma tela multifuncional de 4” no painel de instrumentos e ainda câmera de ré. No design, o EcoSport conta com teto, grade dianteira, colunas e retrovisores na cor preta.

No interior, também conta com a incidência da cor preta, com um teto semelhante à sua versão Storm. No banco, um revestimento premium com alguns detalhes na cor azul. E o logo comemorativo será impresso em 3D nos encostos de cabeça.

O EcoSport edição especial 100 anos, ainda conta com um controle de estabilidade e o sistema de tração AdvanceTrac. Além de um sistema anticapotamento, computador de bordo, assistente de partida em inclinações e chave de segurança.

A comemoração de 100 anos da Ford no Brasil não poderia dar um presente melhor para os apaixonados pela marca. Mas para quem quer garantir o seu, é melhor correr. Nessa edição serão poucas unidades do SUV EcoSport e o hatch Ka, os queridinhos da marca.

Stephanie Caroline Meyer de Quadros


Comparativo Ford EcoSport Titanium x Honda HR-V EXL – Qual é Melhor?


Confira aqui um comparativo e descubra qual modelo é o melhor.

Na atualidade, um veículo de tipo SUV consiste em um design de carroceria bem sucedido. Esta pauta trata de dois modelos distintos, de marcas distintas e quais são suas vantagens.

O clássico Ford EcoSport, vazado em novo estilo de carroceria para modelos compactos, tornou-se um verdadeiro precursor nesse sentido. Lançado no Brasil no ano de 2003, ele ainda faz sucesso. Outro modelo em destaque é o Honda HR-V, cuja estreia no Brasil se deu no ano de 2015. Ao longo de dois anos, tornou-se o modelo SUV de maior comércio em todo o território nacional, mantendo-se no terceiro lugar até 2018.

Deste modo, especialistas estabeleceram um comparativo entre estes dois Top de Linha, o EcoSport Titanium, no valor de R$ 103.890 e o HR-V EXL, no valor de R$ 108,5 mil. Suas vantagens e qual é o melhor no que.

O modelo da Ford está munido de qualidades fundamentais como o motor 1.5 em três cilindros; que utiliza marca de pneu Run Flat, o qual pode rodar até furado ou rasgado, dispensando a presença estepe.

O modelo da Honda atingiu uma nota máxima por meio do teste de impacto efetuado pelo Latin NCAP. Trata-se de um automóvel amplo, com cabine muito espaçosa, sendo um veículo muito eficiente e munido de sistema de modulação dos bancos.

Sobre design e acabamento:

O contorno de ambas as carrocerias são muito atuais e atraentes. O modelo EcoSport sofreu pequenas alterações em seu estilo, desde sua estreia oficial no ano de 2003, levando em conta o estepe descartado, otimizando a tampa traseira, dado que os pneus não necessitam de troca. O modelo HR-V está vazado em linhas recortadas e muito atraentes. São, portanto, dois carros muito visados pelos consumidores.

Sobre os motores e o desempenho;

O modelo EcoSport está aparelhado de novo motor 1.5, operando por meio de três cilindros, estando acoplado a um câmbio automático em seis marchas. O modelo Honda possui motor 1.8, operado por quatro cilindros, estando conjugado a um câmbio CVT para infinitas relações com as marchas. Em termos de consumo, ambos os veículos empatam. O modelo Ford, entretanto, vence pela eficiência do motor.

Sobre a suspensão:

O Honda HR-V possui maior distância no entre eixos, portando, deste modo, uma suspensão muito mais confortável aos ocupantes. Utiliza pneus de tipo mais altos, garantindo maior conforto, sendo 11,8 centímetros de altura no aro de borracha contra os 10,25 do EcoSport. Nesse quesito, a Honda passa na frente.

Sobre a direção:

Ambas são muito equivalentes, sobretudo no que tange à assistência elétrica. Possuem muita firmeza combinada à leveza, sobretudo quando se está em baixa velocidade, de modo a facilitar as manobras. O ponto fraco está no fato de que, nenhuma destas duas direções transmite aos motoristas uma sensação firme de grande aderência dos veículos. São limitações inevitáveis.

Sobre o espaço interno e a ergonomia:

Dada a maior distância do entre eixos, o modelo da Honda está em nítida vantagem sobre o da Ford. Este, por sua vez, está vazado em menor comprimento, apresentando menor espaço para as pernas, em seu banco traseiro, no qual três adultos têm que se apertar. O HR-V está munido do prático e mais eficiente sistema para modulação de bancos, tendo maior flexibilidade e proveito do espaço interior.

Sobre o porta-malas:

O modelo da Honda está em vantagem devido às suas maiores dimensões. Esta diferença qualitativa se intui pelo visual de ambos os veículos. O modelo EcoSport não possui mais um estepe fixo na porta traseira e, por essa razão, exige menos esforço do motorista no abrir e fechar a porta do porta-malas. A capacidade de carga, entretanto, ainda é mais vantajosa para o modelo Honda, sendo que o mesmo comporta muito bem tanto passageiros quanto bagagens, apresentando força para 464 quilos contra os 390 kg do modelo Ford.

Estas comparações servem para orientar os consumidores no que mais lhes interessa em um modelo.

Paulo Henrique dos Santos


Novo Ford Ecosport Sem Estepe – Vantagens e Desvantagens


Modelo deve ter uma diminuição de custo e novos pneus do tipo RunFlat.

O ano de 2019 parece que promete ser o de muitas novidades para quem acompanha o mundo automobilístico.

Desta vez, a Ford tem se destacado neste cenário como um dos principais nomes que promete sacudir este ano. Depois de anunciar a sua parceria com a Volkswagen para a produção da nova Ranger 2020, a empresa já mostrou que vai dar uma verdadeira guinada em sua linha de produção de seus veículos no mercado mundial.

Depois de anunciar o fechamento de sua fábrica de caminhões no interior paulista, o que encerra as suas atividades neste tipo de categoria e a aposentadoria do famoso Fiesta, ela vai direcionar toda a sua atenção para mercado dos SUVs tanto fora quanto no país.

Como trazer grandes novidades é o seu estilo, a montadora anuncia agora o lançamento de sua nova geração do famoso Ecosport.

Até aí tudo bem, não parece uma grande novidade a não ser por um detalhe: o novo modelo chega ao mercado sem o famoso estepe traseiro, que antes ocupava todo o espaço externo da tampa traseira. Bom, até agora, nada de novo, afinal ele deve estar localizado na parte de baixo da traseira, como todo veículo desta categoria. Enganou-se quem pensou assim. O novo Ecosport já vem de fábrica sem nenhum tipo de estepe.

Não! Você não leu errado! A nova versão que deverá estar à venda nas concessionárias a partir de março de 2019 não possui um pneu substituto para o caso de algum dos principais der defeito ou mesmo furar no meio do caminho.

Então você deve estar se perguntando, por que a Ford resolveu lançar uma versão com esta novidade? De acordo com os engenheiros da marca, um dos motivos principais seriam a falta de espaço do bagageiro, que na nova versão estaria mais alongada e sem o estepe. Assim, o carro ganharia mais alguns litros de espaço, o que o tornaria mais competitivo dentro de sua categoria, afinal, os SUVs já caíram no gosto dos consumidores brasileiros e a Ford não deixaria passar esta oportunidade para emplacar um volume cada vez maior de vendas.

Alguns especialistas falam que a ausência do estepe poderia trazer algumas vantagens, sendo a principal delas o custo final do modelo, que seria bem menor, além de uma maior segurança, pois você não vai precisar parar no meio da estrada para trocá-lo, caso ele fure de madrugada, por exemplo.

Para substituir o estepe, a Ford adotou os pneus do tipo RunFlat, que são capazes de rodar sem nenhum tipo de calibragem. Apesar da segurança, o motorista só vai poder rodar por uma distância de até 80 Km e não pode ultrapassar os 80 Km/h. Como este tipo de pneu possui uma maior quantidade de borracha, principalmente nas suas laterais, o seu peso é maior, o que contribui para que o carro fique mais pesado e o seu consumo aumente. Esta é uma das desvantagens do novo modelo.

Além disto, o carro vem equipado com um kit de reparo composto por uma bomba e um selante liquido, caso o motorista queira rodar acima da distância permitida ou até encontrar uma borracharia para consertar o pneu furado em definitivo.

Cabe salientar que o modelo sem estepe deverá ser comercializado somente em uma versão, a Titanium 1.5, com motor do tipo TiCVT de três cilindros e com 137 cvs e câmbio automático de seis marchas. Ele substitui a versão Titanium 2.0 com estepe. Caso o motorista prefira a versão tradicional, ela estará disponível para venda nas mesmas configurações também.

Com relação ao preço, o novo modelo não deverá custar menos que R$ 100.000,00, mesmo com uma versão mais simples de motorização na tentativa de baixar os custos e elevar as vendas.

Emmanoel Gomes


Ford Ecosport Titanium 2020 – Novidades


Modelo perde estepe e adota motor 1.5 litro.

A empresa Ford apresenta o novo automóvel Ford Ecosport 2020, o novo modelo tem como diferencial o fato de ter sido retirado o estepe traseiro externo na versão Titanium.

A Ford Motor Company é uma empresa multinacional fabricante de automóveis que começou nos Estados Unidos, com sede em Dearborn, Michigan, um subúrbio de Detroit.

A empresa foi incorporada em 16 de junho de 1903, tendo sido fundada por Henry Ford.

No último Salão do Automóvel, realizado em São Paulo, foi anunciado o novo modelo do Ford Ecosport Titanium 2020, tendo sido informado que não haveria mais o pneu estepe reserva no carro.

Também como novidade, o automóvel passa a utilizar os pneus Run Flat ou ZP (Zero Pressure), que são pneus que acabam por se diferenciar dos demais, tendo em vista as suas paredes serem muito mais reforçadas.

Apesar deles possuírem um valor relativamente mais elevado que os demais pneus, eles contam com benefícios variados, como por exemplo, o fato de se acontecer do pneu perder totalmente a sua pressão por causa de um furo ou um dano, permite ao condutor a possibilidade de se dirigir ainda por mais 80 quilômetros a uma velocidade máxima de 80 km/h.

Caso o motorista utilize ainda o kit de reparo, essa distância é aumentada para 200 quilômetros, permanecendo no limite da velocidade de 80km/h, no máximo.

Mesmo o pneu estando vazio, ele consegue suportar o peso do automóvel, tendo condições de chegar a um local onde possa haver a troca do pneu, sem causar dano nenhum ao carro.

No caso de acontecer algum furo no pneu, o monitor de pressão dos pneus informa ao condutor que não precisa parar o trajeto.

O Ford Ecosport Titanium 2020 é o primeiro automóvel a possuir essa tecnologia nos pneus.

Seguindo os modelos das versões que são vendidas nos Estados Unidos e na Europa, esse modelo vem sem o estepe, tendo a placa de licença posicionada em um lugar mais elevado que os modelos antigos.

A abertura da porta traseira continua sendo para a lateral, o motor, porém, sofreu modificações. Antes, ele tinha 2,0 litros e contava com potência de 170 cv e torque de 20,6 m.kgf, na gasolina, ou então, 176 cv e torque de 22,5 m.kgf, no álcool. Agora, o Ford Ecosport Titanium vem com 1,5 litros e três cilindros, possuindo 130 cv e torque de 15,6 m.kgf, na gasolina e 137 cv e torque de 16,2 m.kgf, no álcool, que acaba sendo o mesmo dos modelos SE e Freestyle, sendo o modelo 2.0 exclusivo do Ecosport Storm.

O carro virá como teto solar elétrico, monitoramento de ponto cego e de tráfego cruzado, sete airbags, bancos todos em couro, chave de presença, central de áudio Sync 3, tendo uma tela de 8 polegadas, possui ainda faróis de xenônio e rodas de 17 polegadas, custando o valor de R$103.890 (cento e três mil, oitocentos e noventa reais). No modelo anterior, que possuía o motor 2.0, o valor do automóvel era de R$100,590 (cem mil, quinhentos e noventa).

Somente essa versão Titanium que virá sem o estepe traseiro, já as outras versões da Ecosport, todas virão com o estepe.

O modelo SE, vem com valor de 79 mil, para a versão com transmissão manual e, na versão automática, chega ao valor de 85 mil. A versão automática ainda conta com controle eletrônico de estabilidade e tração, rodas de 15 polegadas e central de áudio com 7 polegadas.

Já o modelo Freestyle traz um modelo que se destaca e ainda oferece câmera traseira, sensor de estacionamento traseiro, ar condicionado automático, bancos todos de couro e rodas com 16 polegadas.

O modelo Freestyle, que vem com o valor de R$ 85.890 para o modelo manual e R$91.890 para o modelo automático, teve algumas perdas comparando com o seu modelo anterior, não possui mais comando no volante, a tela da central de áudio diminuiu e o sistema Sync também foi modificado de 3 para 2,5.

Já o modelo Ecosport Storm vem com um valor de R$ 108.390, trazendo junto um motor 2.0, a tração integral e ainda, alguns equipamentos que tem no modelo Titanium.

Por Carol Wurlitzer


Ford EcoSport 2019 – Aumento nos Preços


Modelo top de linha ultrapassa os R$ 100 mil.

Quando se pensa em veículos da marca Ford, um dos primeiros automóveis que se vem à mente é o Ecosport. A primeira geração deste carro foi lançada há 15 anos. Visto que, os primeiros modelos começaram a ser vendidos a partir do ano de 2003. Desde então as vendas do veículo crescem a cada ano e também a cada temporada melhorias são realizadas no carro, deixando-o cada vez mais atraente para os consumidores. E o novo Ford EcoSport ano 2019 conta com novidades, o que reflete diretamente em seu preço final. Veja agora um pouco mais sobre as características desse modelo.

A variação no preço do Ford EcoSport ano 2019

Foi citado anteriormente que o EcoSport 2019 sofreu um reajuste no preço. O veículo está um pouco mais caro em todas as suas versões e a mais completa hoje passa de R$ 100.000,00. Essa modificação do seu valor aconteceu devida algumas modificações que o carro passou. Ele se tornou um veículo ainda mais moderno e consequentemente com mais recursos para oferecer aos motoristas. Mesmo, com um preço maior, esse veículo ainda vale muito à pena quando uma pessoa deseja um veículo novo. Confira agora outros pontos interessantes a respeito do modelo 2010 do EcoSport.

As versões do novo EcoSport

Com as alterações que passou ao longo dos anos, o EcoSport hoje faz parte dos modelos da classe SUV. Carros mais altos e com características esportivas. No caso do EcoSport 2019 ele conta com sete novas versões que são:

-Storm 2.0 4WD AT.

-Titanium 2.0 automático.

-FreeStyle Plus 1.5 AT.

-FreeStyle 1.5 automático.

-FreeStyle 1.5 manual.

-SE 1.5 automático.

-SE 1.5 manual.

A relação apresentada acima foi feita dos modelos mais caros para os carros que custam menos. Com isso, o modelo mais barato, o SE 1.5 manual, está sendo encontrado a partir de R$ 76.000,00 e o mais caro, o Storm 2.0 4WD AT, a partir de R$ 100.000,00.

O exterior e também o interior do novo EcoSport

Mesmo contando com sete diferentes versões, o visual de um mesmo modelo não costuma sofrer tantas variações. O que muda de fato são o motor e alguns acessórios que podem ser incluídos ou não. Mas, a respeito do visual, o EcoSport 2019 está cada vez mais esportivo. O carro possui uma simetria muito grande, os componentes conversam entre si. Por exemplo, as extremidades do painel se ligam ao capô muito bem. Por falar em capô, ele também conta com aqueles dois níveis de superfície que está muito em alta nos veículos atuais. Os faróis de todos os modelos estão maiores e mais compridos. E em todas as versões também se tem faróis duplos. A diferença entre todos os modelos é a grande frontal, cada uma conta com um desenho próprio para diferenciar todas as versões.

Antes de se falar da parte interna do EcoSport 2019, é necessário ressaltar dois pontos. O primeiro é que o bagageiro desse carro está com espaço interno maior. E o parachoque ganhou um novo desenho. Nesse novo formato ele ganhou dois níveis diferentes.

Já sobre o interior, em todas as sete versões se tem nos bancos encostos para a cabeça e também para os braços. Além disso, todos os ocupantes podem regular o nível do banco. O ar-condicionado pode ser regulado por meio automático ou digital. O painel sofreu algumas alterações para que as funções pudessem ser melhores apresentadas. Na versão 2019, também se tem uma tela LCD sensível ao toque, o tamanho da tela pode variar de acordo com cada um dos modelos e ela pode ser conectada a diferentes aparelhos portáteis. O EcoSport 2019 também conta com a possibilidade de comando de voz.

A respeito dos motores das versões do EcoSport 2019

Já a respeito do motor do EcoSport, as versões que são 1.5 contam com 130 cavalos (gasolina) ou 137 cavalos (álcool). Já os modelos 2.0 com 170 cavalos (gasolina) e 176 cavalos (álcool). Para ambas versões o câmbio é automático e manual e podem ter cinco ou seis marchas.

Para conhecer mais sobre todas as versões acesse: https://www.ford.com.br/.

Isabela Castro.


Ford EcoSport 2019 perde airbags


Ford retira airbags e reduz o preço do EcoSport 2019.

A Ford já está fazendo algumas alterações na linha de 2019 do seu modelo campeão de vendas, o EcoSport. Sendo assim, uma das mais importantes e surpreendentes noticias sobre o SUV compacto é que ele ficou mais barato.

Apesar de ser detalhe importante a ser levado em conta na hora da compra, o corte no valor tem uma explicação. Isso porque o carro perdeu todos os sete airbags de série nas versões mais populares. Com isso, o EcoSport diminuiu o seu preço em R$ 1.300.

Eliminando os airbags

Uma das formas adotadas pela Ford, como já falado anteriormente, para reduzir os custos do modelo EcoSport foi o de eliminar airbags de série de seus modelos. Com isso, a montadora passa a oferecer e disponibilizar apenas os dois airbags obrigatórios por lei e localizados nos assentos do motorista e passageiro.

Outra característica dessa mudança é que a marca adicionou ao seu catálogo uma nova versão, chamada essa de Freestyle Plus. O SUV possui diferencial em relação a Freestyle automática, sendo que esse está exatamente nos airbags a mais e no acréscimo de R$ 2.900, custando assim R$ 92.790.

Outras configurações que virão com as sete bolsas infláveis são: a nova Storm 4×4 e a Titanium 2.0 e com câmbio automático, no valor de R$ 96.990. Essa última recebeu um acréscimo de R$ 140, tornando-a mais cara.

Preços totais do EcoSport

Na nova linha, os preços do SUV compacto partem agora do valor de R$ 68.690, isso na nova versão de SE Direct 1.5, que é voltada para o público PcD (Pessoas com Deficiência). Já na linha recém-lançada e topo de linha, a Storm 4×4, o preço cobrado pode ser de até R$ 99.990.

Na opção com câmbio manual e configuração SE 1.5, o valor cobrado era de R$ 77.990. Agora, esse passa a valer R$ 76.690, incluindo o desconto citado anteriormente. Na transmissão automática, esse preço sobe e chega a R$ 82.890, com um desconto total de R$ 1.100.

Há reduções também nas versões Freestyle 1.5, porém, nota-se que essas são menores do que as anteriores. Sendo assim, na com câmbio manual, o valor cobrado era de R$ 83.990. Após o desconto de R$ 300, o valor cobrado agora é de R$ 83.690. Já na automática, esse valor foi reduzido em apenas R$ 100, sendo ele vendido por R$ 89.890.

Corte em airbags: Retrocesso ou Tendência?

Para muitos, a tática adotada pela Ford pode parecer um retrocesso, já que o modelo EcoSport nas linhas anteriores já vinha com os airbags embutidos no valor. Porém, ao que parece, essa é uma tendência que já foi e que será adotada por muitas outras montadoras de sucesso.

A prova disso é que alguns dos principais concorrentes do modelo EcoSport no segmento optaram pela mesma estratégia para reduzir custos. É o caso do líder HR-V, da Honda, que na versão EXL, passou a oferecer somente quatro airbags, dois a mais do que os obrigatórios. O valor desse ficou em R$ 102.900. Já a versão topo de linha Touring, que conta com as seis bolsas infláveis, tem o valor de R$ 107.900.

Novidade: EcoSport Storm

Já anunciada anteriormente, a EcoSport Storm é uma opção para aqueles mais aventureiros. Apresentada no Salão do Automóvel na cidade de Buenos Aires, na Argentina, a versão promete chegar com tudo ao mercado brasileiro. Mais tecnológica do que a antiga 4×4, o Storm possui um câmbio novo e tração 4WD inteligente.

Com desenvolvimento exclusivo para o mercado brasileiro, o SUV reúne os melhores atributos para o consumidor mais exigente: um visual marcante, conteúdo completo para quem prioriza o conforto e capacidade superior para rodar com muito mais segurança. E para saber mais, basta acessar o site da montadora, no https://www.ford.com.br, e ficar por dentro de tudo que acompanha o automóvel.

Kellen Kunz


Ford Ecosport 2018 – Análise, Novidades e Preço


Confira aqui todos os detalhes do Novo Ford Ecosport 2018.

A companhia Ford está com novo modelo no mercado. A novidade já tem forma, tem nome e tem preço. Trata-se do Ford Ecosport 2018. Esta série possui modelos excelentes, design externo muito atrativo, nova mecânica e conteúdo, iniciando com o modelo SE e chegando ao Titanium, que é o top desta série nova.

A empresa e montadora Ford divulgou há poucos meses os valores dessa nova classificação de carros inéditos, na linha integral do EcoSport 2018, cujos números estão entre 73.990 reais e 93.990 reais. O menor preço dessa série refere-se ao modelo mais básico, ou seja, o SE 1.5, que está disponível pelo valor de 78.990, mas neste caso e com esse valor, ele chega ao consumidor aparelhado com um câmbio automático e até seis marchas. Entretanto, dentro desta configuração de carros, o mais bem sucedido entre os mesmos tem grande chance de manter sua posição de top, no caso o Freestyle, sendo valorizado em 81.490 reais em se tratando do manual e pelo valor de 86.490 reais, no caso do automático.

No que tange ao mais agraciado desta linha, o modelo Titanium constitui o único veículo da série munido com um motor 2.0, coroando com desempenho este conjunto de carros, tornando-se disponível pelo valor de 93.990 reis, entretanto, não possui a opção de caixa manual.

Estes modelos estão constituídos de entrada e intermediárias que os tornam perfeitos para a inauguração do inédito motor 1.5 Dragon aspirado, o qual está aparelhado com três cilindros, com um eficiente comando de válvulas duplo e variável em seu mecanismo de abertura e de fechamento. Com relação à utilização de injeção eletrônica mais convencional, este novo motor pode gerar excelente 137/130 de CV em uma potência que vai até 6.500 RPM e 16,1/15,6 KGFM em termos de torque a 4.500.

O modelo SE 1.5 está disponível em duas versões: no valor de 73.990, munido de câmbio manual e no valor de 78.990 reais em relação ao de câmbio automático. Os demais itens são: sete airbags perfeitamente distribuídos; o sistema de controles de estabilidade e controle de tração; sistema de ar-condicionado; sistema de direção elétrica e de vidros; sistema de travas e retrovisores elétricos; sistema em Sync portando uma telinha de 6,5 polegadas; aparelho sensor de pressão para os pneus; sistema de controle de cruzeiro; aparelho sensor de estacionamento instalado na parte traseira; as rodas são de liga leve com aro 15 e, também, as borboletas instaladas no volante para o automático.

O modelo Freestyle 1.5 está disponível pelo preço de 81.490 reais, no caso da versão com câmbio manual e no valor de 86.490 reais para o de câmbio automático. Outros atributos são: sistema de ar-condicionado automático e digital; aparelhado com sistema Sync 3 com a tela em oito polegadas e super sensível ao toque; sistema de câmera de ré; sistema de luzes diurnas de LED; conjunto de bancos revestidos em tecido e em couro; as rodas são de liga leve com aro raio 16; painel munido de instrumentos e de uma telinha com 4,2 polegadas e, também, um sistema de porta-malas com divisórias.

O modelo Titanium 2.0 está disponível pelo valor de 93.990, única versão que possui apenas o câmbio automático. Outros atributos são: dispositivo de teto solar elétrico; sistema de alerta de ponto-cego; sistema de acesso e partida alternativa, dispensando a chave; sistema de faróis de xenônio; aparelhado com sensor de luminosidade; conjunto de bancos com revestimento em couro claro; aparelhado com sistema de som da marca Sony em um conjunto de nove alto-falantes potentes; munido com um espelho interno eletrocrômico e as suas rodas são de aro raio 17.

Essa série está entre as melhores do ano, vale a pena conferir.

Para mais informações e ilustrações, acesse o site da montadora.

Paulo Henrique dos Santos


Preços do Ford EcoSport 2018


Versão 2018 do EcoSport ficou R$ 4 mil mais caro.

O novo Ford EcoSport atualizado a pouco tempo pela montadora americana terá reajuste de preços segundo a Ford. O utilitário esportivo, que inaugurou o segmento no Brasil e foi sucesso de vendas durante muitos anos, líder em seu segmento aliás, obrigando as outras montadoras a “correrem” atrás do prejuízo tanto no lançamento como na importação de veículos que pudessem suprir os novos gostos do consumidor brasileiro, terá aumento médio de R$ 4 mil em todas suas versões disponibilizadas para comercialização.

Os aumentos ocorreram a partir da versão de entrada SE, com aumento médio de R$ 3 mil, a FreeStyle, sucesso de vendas, virá com aumento em torno de R$ 1mil a R$ 2mil, a topo de linha 2.0 Titanium sofreu reajuste com acréscimo em seu preço inicial de tabela de R$ 2 mil.

A nova geração vem com mais equipamentos e novas motorizações

O novo EcoSport vem recheado de novos equipamentos e acompanha uma nova geração de motores mais potentes e econômicos.

Seu exterior sofreu atualizações principalmente na dianteira, com novos formatos da grade dianteira e faróis de xenon e luzes diurnas de LED, além de rodas de liga-leve de 17 polegadas. O interior é novo também e conta uma qualidade de acabamento superior, novos revestimentos, teto solar elétrico e assoalho inteligente do porta-malas permitindo o uso de mais espaços.

Na parte de Multimídia e Tecnologia a principal novidade é o novo sistema SYNC 3 com tela de 8 polegadas, permitindo conectividade total, como por exemplo o atendimento de chamadas telefônicas, navegação por GPS, controle de todas as funções de entretenimento e total compatibilidade tanto com o sistema Android Auto como Apple Carplay. O modelo conta com acendimento automático de faróis quando anoitecer e chave com sensor de presença permitindo a partida dentro do veículo sem seu contato, isto se dá graças a identificação da chave dentro do veículo por sensores, além da abertura e destravamento das portas com um simples toque da maçaneta identificando a aproximação da chave no veículo.

A Ford aprimorou seu pacote de segurança, disponibilizando no Novo Ford EcoSport sete airbags de série, sendo dois laterais, dois de cortinas entre as portas, 2 frontais e por fim um para o joelho do motorista, além disto o novo modelo conta com sistemas de monitoramento de pontos cegos, alerta de tráfego cruzado dando total apoio ao motorista nas mudanças de faixa, além de monitoramento de pressão de pneus, controle de estabilidade e sistema anticapotamento.

Os novos motores entregam mais potente com mais economia, a Ford disponibiliza duas versões principais:

  • Motor 1.5 3C Flex, de três cilindros, com 137 cv de potência, torque de 159Nm e 4.500 rpm.
  • Motor 2.0 Direct Flex, com 176 cv de potência, torque de 221Nm e 6.500 rpm.

A economia divulgada para os motores 1.5 é de 11,6km/l na cidade e 13,1km/l na estrada, na versão mecânica. Os motores 2.0 fazem 8,8km/l na cidade e 12,0km/l na estrada.

O consumidor tem a disposição um novo sistema de transmissão automática, utilizando uma nova transmissão de seis velocidades com torque totalmente integrado as novas motorizações apresentadas, garantindo trocas de marchas suaves na condução.

Os novos preços

Pela nova tabela disponibilizada pela Ford, segue os novos preços disponibilizados por versão:

Novo Ford Ecosport 1.5 SE Mecânico 2018: Preços a partir de R$ 76.990,00.

Novo Ford Ecosport 1.5 SE Automático 2018: Preços a partir de R$ 82.990,00.

Novo Ford Ecosport 1.5 FreeStyle Mecânico 2018: Preços a partir de R$ 82.490,00.

Novo Ford Ecosport 1.5 FreeStyle Automático 2018: Preços a partir de R$ 88.490,00.

Novo Ford Ecosport 2.0 Titanium Automático 2018: Preços a partir de R$ 95.890,00.

Carlos B.


Ford EcoSport x Honda HR-V 2017 – Comparativo, Diferenças e Qual é Melhor


Confira aqui um comparativo entre o Ford EcoSport e Honda HR-V e descubra qual é melhor.

Para quem é fã dos carros do tipo SUV, deve se lembrar da estreia do tão famoso Ecosport da Ford no ano de 2003. Considerado uma novidade na recente categoria deste tipo de modelo de carro no país, naquele ano o automóvel praticamente inaugurou esta nova era na qual foi líder absoluto de vendas embalado pela novidade e o desejo de milhares de consumidores ávidos em possuir um exemplar na garagem.

Entretanto, este ‘reinado’ durou somente até 2005, quando a maioria dos seus concorrentes praticamente inundou o mercado brasileiro com veículos na mesma categoria e de lá para cá, a febre dos SUVs praticamente explodiu em todo o país.

Em 2011, a Ford assistiu praticamente o seu modelo pioneiro ‘despencar’ no ranking nacional das vendas deste tipo de utilitário. Desde então, empresa teve que se reinventar e para não ficar para trás, ela foi obrigada a reformular todo o seu conceito no segmento dos SUVs, principalmente em relação aos similares das marcas importadas.

Neste sentido, um dos seus maiores concorrentes, o Honda HR-V, foi o responsável tanto pela brusca queda de vendas do EcoSport quanto a fonte de inspiração para a Ford partir para a remodelação do seu utilitário e incorporar novos conceitos e novidades para tentar fazer frente à concorrência de seu rival japonês.

Quais os principais diferenciais entre estes dois concorrentes de peso ?

A primeira diferença entre os dois principais concorrentes pode ser sentida, de início, logo no bolso. Enquanto o modelo brasileiro, o Freestyle Ecosport pode custar cerca de R$ 86.500,00, o seu concorrente, o Ex da Honda, chega a custar R$ 94.600,00.

Os especialistas não perdoam e criticam o fato de que por um preço que pode chegar a quase R$ 100.000,00, o modelo da Honda oferece poucos itens de série em relação ao modelo da Ford.

Elas costumam dizer que a diferença de preço pode custear as revisões do Ecosport 9 em número de 3, além de conseguir bancar ainda o IPVA sobre o mesmo, numa cidade como São Paulo.

O modelo da Honda deixa de sobressair em relação ao modelo brasileiro ao oferecer mais novidades que possam conquistar o público brasileiro. Nele se sobressai apenas as rodas de liga leve tamanho 17 polegadas, o seu ar condicionado digital, o freio elétrico e a sua câmera de ré.

Ponto para o HR-V é os seu sistema de freio com disco nas quatro rodas, ao contrário do EcoSport, que ainda adota o velho conceito de freio a tambor nas rodas traseiras. Mesmo assim, quem entende da área ainda torce o nariz no quesito segurança para o modelo importado. Isto porque o exemplar da Ford se sobressai com seus setes airbags frontais e laterais.

Motor e câmbio corrigido no novo modelo da Ford

Apostando na correção de um defeito que por muito tempo foi alvo de críticas por parte dos consumidores brasileiros, a Ford tratou de substituir o seu sistema de câmbio do tipo Powershift por um sistema convencional de transmissão automática.

O seu concorrente adota o sistema CVT, com a possibilidade de trocar de marcha através de comandos no volante.

A Ford adotou para seu modelo remodelado o motor 1.5 de três cilindros, do tipo Dragon. Ele possui uma potência de 137 CVs, contra o motor 1.8 da HR-V, com 134 CVs de força.

A diferença entre a performance de motores pode ser sentida na hora de encher o tanque. Enquanto o EcoSport se mostrou mais econômico na estrada, o modelo da Honda foi bem mais econômico na cidade.

Para maiores detalhes sobre as peculiariedades de cada modelo basta acessar assistir ao vídeo abaixo e conferir todos os detalhes para se decidir bem na hora da compra.

Emmanoel Gomes


Ford EcoSport 2018 – Preços das Versões


Veja os preços das versões do Novo Ford EcoSport 2018.

A Ford tem investido cada vez mais no seu modelo EcoSport. A prova disso é que a montadora anunciou para a segunda quinzena do mês de agosto o início da comercialização de uma nova linha 2018 do SUV, com nova dianteira e interior totalmente redesenhado.

E não fica por aí. Agora o veículo terá também versões inéditas de motores que irão se destacar entre os concorrentes.

Ficou curioso e quer saber mais? Vem que a gente conta todas as novidades para você.

As Versões e Preços

São no total três versões que compõe os acabamentos disponíveis no modelo EcoSport. A primeira é a SE 1.5, com câmbio manual ou automático. Respectivamente, os valores desse modelo são de R$ 73.990 e R$ 78.990.

Já a versão Freestyle 1.5 também é encontrada com câmbio manual ou automático. Os valores desses, na ordem, ficam em R$ 81.490 e R$ 86.490. E, por fim, o modelo Titanium 2.0 chega somente com caixa automática e no valor de R$ 93.990.

Configurações de Entrada

O EcoSport está chegando com configurações de entrada que já vem de série. Sendo assim, o modelo possui, na versão SE 1.5, controles de tração e de estabilidade, sete airbags localizados por todo o veículo, uma central multimídia com tela de 6,5 polegadas e compatível com os sistemas Apple CarPlay e Android Auto e, ainda, rodas de liga leve com 15 polegadas.

Além disso, o modelo ainda conta com direção assistida elétrica, ar-condicionado e travas e retrovisores elétricos inclusos. Já em relação à transmissão, essa é automática com conversor de torque e de seis marchas, o que incrementa a lista de equipamentos com o controle de velocidade de cruzeiro e também de borboletas no volante, em caso de troca manual das marchas.

Já no modelo EcoSport Freestyle manual, a multimídia passa de 6,5 polegadas para uma de 8 polegadas, acrescentando também um computador de bordo com uma tela colorida, luzes para condução de dia, ar-condicionado com controle digital, rodas de liga leve em 16 polegadas, bancos revestidos em tecido e couro sintético e câmera de ré. Na versão automática, é agregado o controle de trocas de câmbio embutido no volante.

E por fim, a versão Titanium, além do motor mais potente, vem com rodas de 17 polegadas, alerta para tráfego cruzado, monitoramento do ponto cego, teto solar e elétrico, bancos em couro sintético, sensores para chuva e luminosidade, faróis de xenônio, partida de motor em botão, sensor de chave e um retrovisor interno antiofuscante.

Em termos de mercado, a EcoSport está pronta para competir com os seus maiores concorrentes. São eles: Jeep Renegade, Honda HR-V e o Hyudai Creta. Resta aguardar quem leva a melhor.

Kellen Kunz


Pré-Venda do Novo Ford EcoSport 2018


Montadora deverá iniciar pré-venda no final do mês de julho de 2017.

Algumas horas após apresentar o Novo EcoSport 2018 na Argentina, para a imprensa do Brasil, a montadora americana Ford acabou por confirmar as datas nas quais o SUV redesenhado irá, de fato, estrear no mercado brasileiro. Através de um comunicado, a fabricante adiantou que aproximadamente no final do mês de julho irá ser dado início das vendas do veículo, no modelo de pré-venda, que será realizada por todas as concessionárias em território brasileiro. Ainda de acordo com informações da montadora, logo depois, por volta do mês de agosto, as primeiras unidades irão ser entregues para os consumidores que realizaram a aquisição.

O novo EcoSport 2018, embora tenha sido apresentado primeiramente nos Estados Unidos, de forma mais precisa no Salão do Automóvel da cidade de Los Angeles, na Califórnia, irá começar as suas vendas no Brasil primeiramente e em seguida, países como Peru, Argentina, Colômbia e Chile irão receber o veículo. Os valores e as versões são uma incógnita, visto que a montadora não informou nada referente a isso, apenas garantiu, por meio de um comunicado, que irá oferecer preços bem competitivos no segmento dos modelos SUVs de última geração, isto para as versões mais bem equipadas e também para as versões de entrada.

O novo EcoSport linha 2018 foi reestilizado tanto por dentro quanto por fora e irá contar com diversas modificações quando o assunto é mecânica. Assim como já foi adiantado, o oferecimento dos propulsores irá ser composto por motores de 2000 mil cilindradas, este que é o mesmo utilizado no Focus, que gera uma potência de até 178 cavalos e com injeção direta. Além do inédito motor de 1500 cilindradas em seus três cilindros, gerando 137 cavalos de potência, o qual irá substituir o 1.6 atual. A transmissão, que contava com um câmbio automático PowerShift, não estará mais disponível e agora passa a dar a posição para um modelo convencional automático com seis velocidades.

A montadora americana ainda não deu informações referentes aos valores e também nem quais serão as versões de acabamentos que serão comercializadas.

FILIPE R SILVA


Ford EcoSport 2018 terá Produção no Brasil


Modelo começará a ser produzido no país a partir de junho de 2017.

Já foi revelada pela Ford a nova linha do EcoSport, em novembro, no Salão de Los Angeles, nos Estados Unidos. A linha 2018 será lançada primeiramente no Brasil e ao que tudo indica a produção da mesma terá início na planta de Camaçari (BA), no mês de junho deste ano. A informação é do jornalista Fernando Calmon, que contou alguns detalhes.

As limitações financeiras e as condições atuais do mercado, que não são nada boas, são os pricipais entraves da Ford, que no acumulado de 2016 vendeu 28,1 mil unidades do EcoSport, contra a venda de 55,7 mil unidades vendidas do Honda HR-V e 51,5 mil unidades do Jeep Renegade. Ou seja, com as concorrentes, quando o assunto é crossovers compactos, a Ford não vem se garantindo muito bem.

A verdade é que o novo Ford EcoSport será repaginado com algumas atualizações, seguindo algumas diretrizes padrões dos carros mais recentes da Ford. Algumas alterações foram feitas na tentativa de emplacar a venda do veículo. Alguns itens serão totalmente redesenhados, como os faróis, a grade dianteira, os para-choques e as rodas de liga-leve. O novo Ford EcoSport também contará com um painel inédito no interior, o novo modelo EcoSport ficará ainda mais moderno, dando destaque ao sistema SYNC 3, que possui tela sensível ao toque.

O motor atual do veículo, o 1.6 litro Sigma, será trocado pelo inédito 1.5 litro Dragon de três cilindros e 12 válvulas, o motor deverá render algo em torno de 130 cv e 16 kgfm. Jà o motor 2.0 litro Duratec deve passar a gerar cerca de 178 cv e 22 kgfm, com injeção de combustível direta, seguindo os passos do usado no Focus. A expectativa da montadora é aumentar a eficiência dos veículos.

O câmbio automatizado ainda é um mistério se será ou não substituído, o atual PowerShift de seis marchas e de dupla embreagem através de uma caixa automática convencional, recebeu bastante reclamação a seu respeito. A tração dianteira e a transmissão de cinco marchas continuarão fazendo parte do EcoSport.

Augusto Leão


Nova EcoSport 2017 – Modelos, Preços, Modelos e Fotos


Confira aqui mais detalhes sobre a nova versão da Ford EcoSport 2017.

O Novo Ford EcoSport chegará às concessionárias apenas no começo de 2017. O modelo ganhou uma transformação radical e bem aceita pelos usuários, com a frente robusta que lembra a do Ford Edge e com uma traseira mais esportiva para o modelo, lembrando a grande Ford Everest. Além de uma revitalização no design, o modelo ganha um novo motor 1.5 Dragon com aspiração original e no interior um novo computador de bordo na plataforma já conhecida Sync, com tela sensível ao toque e com uma facilidade de utilização mais simples para os proprietários.

Motor

Como já dito anteriormente, o modelo trás consigo o novo motor 1.5 Dragon aspirado, que vem com a promessa de ser o único em sua categoria. Com três cilindros, cada vez mais a Ford vem adequando seus veículos a fase tricilíndrica do mercado automobilístico. O carro terá um motor feito em alumínio e comando de válvulas variáveis, o que lhe renderá aproximadamente 130 cavalos de potência, além de um poderoso torque de 15 kgfm.

Com os motores 2.0 da linha, a empresa deu alguns indícios de que a versão deve ganhar injeção direta, tornando assim o motor mais forte, atingindo a casa dos 178 cavalos, semelhante ao modelo Ford Focus, que possui as mesmas características mecânicas.

Os modelos 1.6 devem ser abolidos aos poucos, de acordo com aceitação do novo motor 1.5, mais moderno e mais eficiente que os atuais 1.6 da linha.

Consumo

Pouco se especula sobre o consumo desse veículo, mas conhecendo a nova linha da Ford, os compradores podem ficar tranquilos, pois certamente o carro andará bem e seu consumo será bastante moderado.

Modelos e preços

  • EcoSport SE 1.6: R$ 65.900
  • EcoSport FreeStyle 1.6: R$ 71.900
  • EcoSport FreeStyle 4WD 2.0: R$ 82.500
  • EcoSport SE 1.6 automático: R$ 71.900
  • EcoSport FreeStyle 1.6 automático: R$ 76.900
  • EcoSport FreeStyle PLUS 1.6 automático: R$ 80.300
  • EcoSport TITANIUM 2.0 automático: R$ 85.900
  • EcoSport SE Direct 1.6 automático: R$ 68.900

Vale lembrar de que o Ford EcoSport chegou no mercado brasileiro em 2003 e foi uma grande revelação dos SUVs Compactos. O novo modelo, com um design luxuoso, vem como uma forma de levar o modelo novamente ao topo da categoria.

Wendel Dias Quaresma


Ford EcoSport alcança a marca de 1 Milhão de Unidades Fabricadas no Brasil


Modelo é produzido na fábrica da montadora em Camaçari (BA). Do total de unidades fabricadas 600 mil devem estar rodando pelo Brasil, enquanto que outras 400 mil estão circulando pelos outros países da América Latina.

Apesar da crise financeira que vem assolando o país, a grande e renomada fabricante de veículos automotivos Ford está encerrando o ano de 2015 com um motivo para comemorar. Nesta última semana foi comemorada, na unidade da empresa em Camaçari (BA), a confecção da unidade de número 1 milhão do conhecido  EcoSport. Após 12 anos e meio do seu lançamento, este modelo conseguiu assumir o posto de um dos produtos mais importantes da marca aqui no Brasil.

Mas vale ressaltar que os veículos EcoSport produzidos nessa unidade bahiana da Ford não abastecem somente o mercado nacional, pois uma parcela da produção é exportada para outros países da América Latina. Segundo os dados estatísticos da empresa, destes 1 milhão já produzidos estima-se que 600 mil exemplares estejam rondado aqui no país, enquanto as outras 400 mil unidade oriunda da fábrica de Camaçari estejam circulando por outros países, tais como Chile, Argentina, Colômbia, Peru, Equador, México e Venezuela.

O EcoSport foi um marco muito importante para a Ford aqui do Brasil, sendo que o veículo é uma derivação do mesmo projeto que deu origem a minivan Fusion na Europa. O mais importante de tudo isso é que aqui no país, logo de cara o EcoSport, devido a sua proposta inovadora, fez muito sucesso, principalmente por ser um veículo que possui características de um SUV, mas com porte compacto e preço mais relativo se comparado com os demais da categoria.

Por anos ele liderou o mercado sem a presença de concorrentes diretos, contudo, após o lançamento de sua segunda geração no ano de 2012, as outras empresas vieram com concorrentes de peso, tais como o Honda HR-V, o Renault Duster e o Jeep Renegade, os quais conseguiram interromper, aos poucos, a supremacia do EcoSport que outrora liderava esse mercado isoladamente.

Atualmente, o EcoSport ocupa a quarta colocação entre os SUVs compactos mais vendidos no Brasil. A Ford já anunciou que o seu objetivo no ano de 2016 é dar um fôlego ao modelo por meio de uma reestilização da linhagem.

Por Adriano Oliveira


Ford EcoSport Plus 2.0 Powershift – Lançamento no Brasil


Ford apresenta novo EcoSport Plus 2.0 Powershift. Veículo traz novidades para concorrer com Novo Duster e HR-V.

O mercado de SUVs está super aquecido e as montadoras correm atrás dos seus concorrentes com unhas e dentes. Esse é o caso da Ford, que de olho nos seus rivais, lançou a nona versão do EcoSport.

Apesar de ter o EcoSport como atual líder de vendas no segmento, a montadora norte-americana já está lançando esse novo modelo, que agora conta com uma nova opção, a Plus 2.0 PowerShift. Isso significa que essa versão contará com itens que só vinham na versão Titanium, que era a top da linha. Esse itens incluem o banco de couro e os seis airbags.

Com preço de R$ 82.900,00, seu valor será o mesmo do EcoSport FreeStyle 2.0 4WD, com tração integral e transmissão manual.

Esse motor 2.0 que virá com o novo EcoSport tem potência de 141 cavalos rodando na gasolina e 147 cv quando anda com etanol, além de torque de 18,9 kgfm e 19,7 kgfm, respectivamente. O câmbio é automático com a dupla embreagem PowerShift com seis velocidades.

Entre os itens que vêm nesse novo modelo estão: assistente de partida em rampa, controle eletrônico de estabilidade e tração, computador de bordo, piloto automático, alarme, sensor de estacionamento traseiro, ar condicionado, sistema com comando de voz, assistência de emergência, vidros elétricos, direção elétrica, retrovisores elétricos e rodas de liga leve com aro de 16 polegadas. Todos esses itens justificam o valor do novo veículo da Ford.

A marca lança esse modelo para bater de frente com o novo Renault Duster, que deve ser lançado na próxima segunda-feira, mas que tem valor inicial bem inferior, de R$ 78.490,00. Outro concorrente que entra na briga é o Honda HR-V (em sua versão intermediária) e o Jeep Renegade (também em sua versão intermediária).

O valor do modelo mais simples da EcoSport é de R$ 66.900,00, porém, a montadora afirma que as versões mais vendidas são as intermediárias.

Sobre o Ford EcoSport:

O Ford EcoSport foi lançado no ano de 2003 e foi baseado na segunda geração nacional do Fiesta. Este SUV caiu no gosto dos brasileiros, que em seu primeiro ano alcançou a marca de 27.237 unidades vendidas. Atualmente o veículo é produzido em Camaçari (BA), no Complexo Industrial Ford Nordeste. Este complexo já foi responsável por produzir o Fiesta Rocam (que já saiu de linha) e o Novo Ka.

Por Felipe Villares


Ford EcoSport FreeStyle 2.0 – Nova versão com câmbio sequencial PowerShift


Visando ampliar a gama de opções para a EcoSport e tentar manter a liderança de seu utilitário compacto no segmento, onde viu a boa aproximação do Renault Duster no mês de junho, a Ford lançou uma a versão FreeStyle 2.0 equipada com a transmissão sequencial PowerShift, com preço sugerido de R$ 73.990.

O câmbio sequencial PowerShift com dupla embreagem e seis velocidades era oferecido apenas nas versões SE 2.0 e Titanium 2.0, mas agora também passa a estar disponível para a versão FreeStyle 2.0. A opção de acabamento FreeStyle é a configuração mais vendida da EcoSport e tinha a opção de vir com o motor 1.6 ou o motor 2.0 com tração integral (AWD), sendo ambas dotadas de um câmbio manual.

A EcoSport FreeStyle 2.0 PowerShift conta com os mesmos equipamentos de série da versão SE 2.0 (espelhos retrovisores externos com repetidores de setas integrados, assistente de partidas em aclive, piloto automático, Sync Media System, airbag duplo, freios ABS com EBD, controle eletrônico de tração e estabilidade, direção elétrica, vidros com acionamento elétrico, entre outros), acrescidos de volante e manopla do câmbio revestido em couro, ajuste lombar do banco do motorista, sistema de som com quatro alto-falantes e dois tweeters, sensor de estacionamento traseiro com indicação sonora e gráfica, computador de bordo, alarme volumético, abertura e fechamento global das portas e dos vidros, bagageiro de teto com barras transversais, grade dianteira, moldura do farol de neblina e retrovisores externos pintados na cor London Grey, para-brisa degradê e rodas de liga leve de 16 polegadas.

Com exceção da adoção da transmissão sequencial PowerShift, que possui três modos de condução (manual sequencial, automático e esportivo), mecanicamente não há novidades e, portanto, a nova opção do EcoSport vem com o já conhecido motor 2.0 Duratec que entrega até 147 cv e torque de 19,6 kgfm, quando abastecido com etanol. 

Por Caio Polo

Ford EcoSport FreeStyle 2.0

Foto: Divulgação


Novo Ford EcoSport 2015 – Linha conta com bons itens de série


A Ford divulgou nesta semana a nova linha do EcoSport 2015. Serão seis versões oferecidas. Três modelos vão chegar com o motor 1.6 Sigma Flex que são a SE, FreeStyle e a Titanium. Elas também contam com transmissão manual.

Ford EcoSport 2015.
Ford EcoSport 2015.

Ford-ecosport-2015-1

Ainda terão mais três versões com o propulsor 2.0 Duratec Flex que são a PowerShift SE, Titanium e a FreeStyle 4WD. As duas primeiras são com transmissão automática e a última tem transmissão manual de seis velocidades.

O modelo de entrada do Ford EcoSport agora é o SE, deixando de lado a S. Como itens de série, a linha chega com rodas de liga leve, maçanetas externas pintadas, espelhos retrovisores com pisca integrado e bagageiro incluso.

O modelo do EcoSport 1.6 SE 2015 chegará pelo preço de R$ 62.990. Ele também tem direção elétrica, vidros, espelhos e travas elétricas, ar-condicionado, sistema de conectitivadade SYNC, freios ABS com EBD e também airbags.

A versão PowerShift com motor 2.0 chega por R$ 71.490.  A versão top de linha é a 2.0 Titanium por R$ 81.890 que conta com bancos em couro, airbags na lateral e de cortina, ar-condicionado digital, partida sem utilizar chave e sistema de acesso inteligente, entre outros. Ainda há a versão Titanium 1.6 por R$ 75.390.

O Ford EcoSport FreeStyle 1.6, que sai por R$ 67.100, conta com todos os itens da versão SE, além do sistema Advance Trac (controle eletrônico de estabilidade e tração), rodas de aro 16, assistente de partida em rampas, grades e bagageiro com as cores London Grey.


Novo Ford EcoSport 2014 – Novidades e Lançamento na Europa


Após iniciar em fevereiro deste ano o processo de pré-venda do novo EcoSport em países do mercado europeu (Alemanha, França e Portugal), a Ford confirmou nesta semana que a chegada do utilitário esportivo compacto às concessionárias da marca na Europa ocorrerá em junho.

Nick Fitzgerald, um dos responsáveis pelo desenvolvimento do crossover compacto da Ford, anunciou que os veículos destinados ao mercado europeu sairão unicamente da Índia e terão mais 300 modificações em comparação à versão vendida no mercado indiano.

Essas tais mudanças vão além da inclusão de equipamentos de segurança de série, como os freios ABS e airbags. As alterações também envolvem a troca do volante para o lado esquerdo e outros detalhes para adequar o carro aos gostos dos consumidores do Velho Continente. Entre as principais modificações está a troca dos plásticos que compõe o acabamento do painel por um material de melhor qualidade, mas, principalmente, a adoção de reforços na estrutura da carroceria do veículo.

A intenção da Ford é tornar o novo EcoSport um crossover compacto seguro o suficiente para registrar nota máxima nos rígidos testes de colisão realizados para o mercado europeu. Avaliado em novembro do ano passado, o utilitário esportivo obteve quatro estrelas nas provas, uma boa nota, mas que não agrada aos executivos da marca para as expectativas do mercado em questão.

O Ford EcoSport chamou atenção quando foi exposto no Salão de Genebra do ano passado. Na época, o veículo era o único modelo exposto no evento que já rodava no Brasil e ainda não era oferecida aos consumidores europeus.

A marca estadunidense decidiu oferecer o modelo na Europa para competir diretamente com o Renault Captur e o Peugeot 2008. Assim como no Brasil, o segmento agrada pelas características que o veículo oferece, como altura maior em relação ao solo, amplo espaço interno, boa capacidade de carga, além do conforto.

Além das modificações da versão indiana com a europeia, quando comparado ao modelo vendido no Brasil a grande diferença fica por conta do motor mais avançado do modelo europeu. Enquanto no Brasil temos o bloco Sigma 1.6 16V de 115 cv e torque de 15,9 kgfm, os consumidores europeus terão o novo motor três cilindros 1.0 EcoBoost Turbo, capaz de entregar 125 cv e 20,4 kgfm de torque. 

Por Caio Polo


Ford Ecosport é reprovado em teste de Longa Duração nas ruas


Na primeira edição deste ano do teste de Longa Duração da revista Quatro Rodas, encontramos um dos desmontes dos mais controversos já vistos na história do mesmo. Com 60 mil quilômetros rodados, o Ford Ecosport foi desmontado e reprovado, uma coisa que não ocorria desde o ano de 2009.

A matéria que foi assinada na revista Quatro Rodas pelo editor Péricles Malheiros, aponta vários motivos que prejudicaram o desempenho do SUV neste teste. O T6, utilitário da JAC, também foi testado e ele deve chegar no mercado no segmento das SUVs no final deste ano.

No caso do Mercedes Benz A 45 AMG, o veículo com 360 cavalos de potência tem um motor com quatro cilindros, sendo o mais potente do mundo. O teste também contou com o novo Audi A3 Sedan, que deve ser fabricado no Brasil até 2015.

Clique aqui e confira os testes. 

Automóveis.

Som alto dará multa em São Paulo

Em São Paulo, os veículos estacionados em ruas, calçadas particulares e postos de gasolina, e os quais estiverem emitindo sons altos, serão multados na cidade paulista.

A nova regulamentação foi publicada no Diário Oficial do Município nesta terça, dia 31 de dezembro de 2013. Toda a fiscalização será feita por agentes da Companhia de Engenharia de Tráfego (CET), das subprefeituras paulistanas e do Programa de Silêncio Urbano (Psiu).

O limite para os carros será de 50 decibéis no período das 07 às 22 horas e 45 decibéis no período restante. Entre as fontes de som que foram citadas, estão os aparelhos de rádio, televisão, MP3, CD/DVD, celulares, instrumentos musicais, entre outros.

O valor para a atuação é de R$ 1 mil e poderá ser duplicado em caso de reincidência, até o máximo de R$ 4 mil. Se o proprietário do veículo se recusar a abaixar o volume, o carro poderá ser guinchado.

BMW X4 no Salão de Nova Iorque

Na próxima edição do Salão de Nova Iorque, que acontece em abril de 2014, uma grande novidade automotiva está confirmada para o evento.

Trata-se do lançamento global do BMW X4. A informação foi divulgada pelo site Autocar. A publicação também aponta que o X6 deve receber o facelift, com previsão de apresentação ao público durante o Salão de Moscou, no mês de agosto.

As versões do modelo M do X5 e do X6 devem chegar no próximo ano, as duas com um motor 4.4 V8 biturbo com 555 cavalos de potência. 


Novo Ford EcoSport 2014 é Apresentado na Indonésia


O novo Ford EcoSport foi apresentado recentemente no mercado automotor da Indonésia, um dos mais movimentados do mundo. A estreia do veículo ocorreu na realização de um salão do segmento, que ocorre na capital Jacarta e termina no dia 29 do mês de setembro.

De acordo com a empresa Ford, o veículo esportivo tem cumprido a sua missão de ser um modelo diferenciado no setor de carros compactos em todas as nações em que foi introduzido. Ainda segundo a companhia, a capacidade do auto para chamar novos consumidores para a Ford tem sido uma das melhores entre os últimos lançamentos.

No mercado automotor da África do Sul, por exemplo, o novo veículo auxiliou as comercializações da Ford em um crescimento de 67% no mês de agosto. Já na Índia, o modelo contribuiu no crescimento de 7% referente às vendas. No Brasil o carro detém a posição líder isolado do setor, vendendo 6 mil unidades por mês. Outra prova da boa receptividade do EcoSport em outras regiões é uma indicação para finalista do prêmio Carro do Ano 2014, que será realizado na Europa.

Em todas as partes do mundo que tem a presença do modelo, sustentabilidade é a sua palavra de ordem. No Salão da Indonésia, conhecido como um dos maiores do Sudeste da Ásia, A Ford fez uso da temática "Smart Vehicle Mobility" no objetivo de introduzir suas novas tecnologias focadas em economia e diminuição de emissões de poluentes.

Por Marcelo Araújo


Ford EcoSport – Lançamento de edição limitada na Europa


Ford EcoSport com sistema SYNCA Ford anunciou o lançamento de uma série limitada do EcoSport na Europa. O modelo foi anunciado na IFA 2013, feira de tecnologia que está sendo realizada em Berlim, capital da Alemanha.

Com apenas 500 carros (sendo que 120 deles serão vendidos no Reino Unido, um dos maiores mercados da companhia na região), o novo EcoSport tem como grande atrativo o sistema de entretenimento SYNC, dotado de um aplicativo que permite que os ocupantes do veículo acessem funções por meio de celulares com tecnologia de comando de voz. O modelo sairá de fábrica ainda com interior revestido em couro e rodas de liga leve de 17 polegadas. Outra novidade é a possibilidade de se fazer downloads de audiobooks gratuitos diretamente pelo modelo, usando o aplicativo Audioteka.

Os preços dos modelos partirão, na Europa, de R$ 61.500, para a versão com motor 1.0 EcoBoost, a gasolina, com 125 cavalos de potência, ou a variante a diesel com tanque de 1.5 litro e 91 cavalos. Por mil libras a mais, cerca de R$ 3,6 mil, o comprador poderá acrescentar à versão o pacote Titanium X, com rodas de liga leve de desenho exclusivo, sensores de chuva e luminosidade, controle de cruzeiro e espelho interno fotocrômico.

Por Jorge Souza


Ford EcoSport 2014 – Vendas na Europa


Ford EcoSport 2014A Ford anunciou o lançamento da nova EcoSport 2014 que será somente comercializada na Europa a partir do ano que vem. 

A EcoSport feita para o mercado europeu e é muito parecida com o veículo que é fabricado aqui em nosso país, só muda o motor que é um 1.0 EcoBoost com três cilindros que proporciona 120 cavalos de potência e é ecologicamente correto, com baixa emissão de poluentes.

A EcoSport terá uma versão com motor 1.6 TDCI turbodiesel que tem 95 cavalos de potência super econômica e com baixa emissão de poluentes. 

A nova EcoSport foi criada no Brasil para ser vendida lá fora. As mudanças da EcoSport que será vendida na Europa, com relação a brasileira, são as rodas de liga leve aro 16’ (que foram totalmente redesenhadas), o comprimento de 4,23 metros e a largura de 1,76 metros. 

As linhas externas são iguais ao modelo 2013, e o que mudara na versão europeia são as cores. A parte Interna está bem completa com itens de série, como ar condicionado, trio elétrico, freios ABS e muitos outros.

Por Mariana Rodrigues


Ford EcoSport 2013 – Novas versões


Uma das grandes novidades deste final do ano de 2012 foi a renovação quase absoluta do Ford EcoSport que veio com um novo design e inovações tecnológicas muito interessantes.

Mas os incrementos neste modelo não param por aí porque a Ford – montadora responsável pela sua produção e comércio em todo o mundo – fez alterações nas versões deste veículo que estão disponíveis no mercado poucos meses depois do carro ter iniciado as suas vendas.

Na sua nova divisão os interessados em adquirir o novo Ford EcoSport 2013 pode escolher este modelo utilitário em uma das suas quatro versões que estão à disposição para compra e que são:

– EcoSport S

– EcoSport Freestyle

– EcoSport Titanium

– EcoSport SE

Nestes tipos de veículo, o Ford EcoSport pode vir equipado com motor do tipo 1.6 litros ou 2.0 litros, retrovisor interno fotocrômico, bancos revestidos em couro, ar-condicionado automático além de outros itens opcionais para melhorar a estética e beleza deste automóvel.

Para quem deseja adquirir o novo Ford EcoSport é preciso desembolsar uma boa quantia em dinheiro, pois os seus valores disponíveis no mercado estão com preços a partir de R$ 64.000,00 e chegando a mais de R$ 71.000,00 com todos os opcionais ofertados.

Por Ana Camila Neves Morais


Ford EcoSport – Nova versão lançada na Europa


A nova versão do EcoSport já conquistou inúmeros usuários no Brasil e a Ford está pretendendo alcançar esse sucesso também na Europa. O anúncio oficial foi feito na cidade de São Paulo, no mês passado.

O carro que foi projetado em terras tupiniquins, mais precisamente na Bahia, está passando por reformulações a fim de conquistar espaço no Reino Unido.A nova geração do modelo está prestes a chegar ao Velho Continente portando um propulsor TDCi 1.6 movido a diesel, além do EcoBoost 1.0 de três cilindros, motor que também equipa o Ford Fusion europeu, intitulado de Mondeo.

Segundo fontes da Ford, inicialmente o EcoSport será lançado nas nações européias emergentes e isso deve ocorrer ainda em 2013. O lançamento no Reino Unido, por sua vez, ocorrerá somente após o período de adaptação do carro nos outros países, estando previsto para 2014.

Vale acrescentar, que não só a motorização foi alterada, mas também outros detalhes estéticos e mecânicos foram mudados, a fim de agradar os consumidores europeus, que apresentam níveis de competitividade e exigência muito altos. A principal modificação consiste nas matérias primas utilizadas, que para a nova versão, são mais modernas, melhores e mais duráveis. Os preços de venda na Europa não foram divulgados.

Por Larissa Mendes de Oliveira


Ford EcoSport – Versão brasileira entrará na Europa


De acordo com informações da Ford, o modelo EcoSport desenvolvido e produzido no Brasil entrará no mercado de veículos europeu. A previsão para a entrada do modelo na Europa está entre os próximos dezoito meses, mas a empresa ainda na chegou a definir uma data.

A notícia foi anunciada em primeira mão pelo presidente da marca no Brasil, Steven Armstrong. No país, o veículo está na segunda geração e teve seu lançamento em agosto. A unidade fabril responsável pela produção do EcoSport fica localizada em Camaçari, na Bahia. Além disso, o carro já é comercializado na Ásia e a Ford tem planos para que o automóvel chegue a atender um total de cem mercados no mundo todo.

A marca não confirmou os locais da Europa onde pretende inserir o EcoSport, mas adiantou que o veículo entrará nos países de toda a EU (União Europeia). Outras informações como preços do veículo e também os locais onde será produzido não foram reveladas.

Porém, no Brasil, o modelo sai pelo valor de 53.490 reais. No mercado europeu, o EcoSport apresentará motorização EcoBoost 1.0 e seguirá o método de downsizing, que prega a maior potência e um menor  volume.

Por Marcelo Araújo


Pré-Venda do Novo Ford EcoSport 2013


Comprar um carro sem saber quanto ele vai custar e nem quando você irá recebê-lo parece um absurdo? Para a Ford, não!

No próximo dia 14, inicia-se a pré-venda do novo EcoSport. Nessa primeira fase, 2.500 unidades serão disponibilizadas. Apesar de não ter divulgado o preço do automóvel, o cliente que desejar ser um dos primeiros a ter o novo veículo deverá desembolsar R$ 5.000,00 de sinal para a montadora.

Apesar de todo mistério envolvendo o novo SUV, a Ford já compartilhou alguns segredos. Com motor Sigma 1.6 bicombustível, o carro possui 115 cv e deverá ser vendido na versão com câmbio manual. Faróis em LED, Bluetooth, airbag duplo, freios ABS, travas e espelhos elétricos também estarão presentes na nova versão do carro.

A segunda geração do EcoSport foi desenvolvida em Camaçari, na Bahia, e o carro será um modelo global, ou seja, será produzido e comercializado em outros países.

Tem interesse em adquirir o novo EcoSport? Acesse o site www.novoecosport.com.br e faça seu cadastro. Após a confirmação do mesmo (via e-mail), será necessário dirigir-se até um distribuidor Ford e realizar o pagamento do sinal, no valor de R$ 5.000,00.

Por Rodrigo Alves de Oliveira


Novo Ford EcoSport Titanium 2.0 – Informações


A Ford finalmente revelou a versão de produção do novo EcoSport, segunda geração do utilitário esportivo que deverá ser lançada até o mês de junho. O modelo, desenvolvido em grande parte pela filial brasileira da montadora norte-americana, estará nas concessionárias de mais de 100 mercados em todo o mundo, com foco nos países emergentes.

Para já começar a chamar a atenção do público, a Ford revelou a versão top de linha, conhecida como “EcoSport Titanium 2.0”, que traz muitos equipamentos de alta tecnologia e um design bastante robusto. O novo carro global da marca, nesta configuração, vai contar com direção elétrica, ar condicionado digital, sistema de partida sem chave e rodas de alumínio aro 16.

Outros itens de destaque são os sensores de estacionamento, grade frontal cromada, sensores de chuva, duplo airbag, assistência de partida em rampas, controle de estabilidade, freios ABS, faróis com acendimento automático e o sistema multimídia SYNC, com Bluetooth, USB, entrada auxiliar, tela de 3,5 polegadas e comando de voz.

O novo EcoSport carrega o motor Duratec de 2.0 litros (que rende 148 cv de potência), mas a gama vai contar também com o bloco Sigma de 1.6 litro (capaz de entregar 115 cv de potência). Ambos os propulsores serão bicombustíveis e gerenciados pela transmissão manual de cinco velocidades, única versão de câmbio que estará disponível, a princípio.

Com relação aos preços, a Ford ainda não revelou maiores detalhes.

Por André Gonçalves


Novo Ford EcoSport 2013 – Lançamento no Brasil


No início do ano, a Ford divulgou o protótipo da nova versão do EcoSport, um dos carros mais vendidos da montadora na atualidade. O automóvel já estava quase finalizado em janeiro, entretanto, no final desse mês, mais especificamente no dia 22 de abril, é que o crossover será apresentado oficialmente.

O evento de lançamento ocorrerá na Bahia e coincidentemente, no mesmo final de semana, a Ford revelará no Salão de Pequim o modelo correspondente ao novo EcoSport no mercado automobilístico chinês.

Foi possível verificar através de imagens disponibilizadas pela Ford que o carro não foge do conceito visual das versões anteriores, porém, contará com alguns detalhes diferenciados, a exemplo do teto, que antes era preto e agora passará a ter a mesma cor da carroceria. Além disso, o visual chega mais ousado e imponente.

Em termos de propulsão, a previsão é de que o Novo EcoSport conte com duas opções de motor, o Duratec 2.0 e o Sigma 1.6, com a satisfatória potência de 148 cavalos.

Vale destacar que o preço de venda do automóvel ainda não foi divulgado pela Ford.

Por Larissa Mendes de Oliveira


Ford EcoSport 2012 – Mudanças no design e motor


O Ford EcoSport – que no Brasil foi desde 2003 (ano em que foi lançado) um campeão de vendas – surge neste ano de 2012 com grandes alterações no que diz respeito ao seu design.

Estas alterações devem-se principalmente ao fato de a concorrência estar investindo forte no lançamento de modelos mais arrojados que vão certamente fazer frente ao EcoSport.

Além das modificações no visual, o EcoSport sofrerá também mudanças relacionadas ao motor, sendo previsível que venha equipado com o motor Sigma, de fabricação brasileira.

Receberá ainda uma suspensão mais resistente, mas a Ford compromete-se a manter o conforto dos passageiros.

O EcoSport também será lançado nos Estados Unidos (que será fabricado no México), mas ele será ligeiramente diferente do modelo que será vendido na América do Sul (a ser fabricado em Camaçari, na Bahia). Por exemplo, um dos detalhes exclusivos do mercado sul-americano será o seu estepe da parte traseira, já que no mercado norte-americano e europeu o estepe ficará localizado sob o assoalho.

Quanto ao preço, resta-nos esperar para ver.


Ford Ecosport – Expectativas para o lançamento da nova geração


“Prepare-se, pois o futuro lançamento global da Ford está por vir”. É mais ou menos assim que a empresa está anunciando o Novo Ecosport que será fabricado inteiramente no Brasil e em apenas outros dois países.

São várias as promessas na área de tecnologia e conforto deste novo modelo. Com um design inovador, ele possuí linhas modernas e formas robustas pelo que se pode notar nas fotos e noticias que estão sendo divulgadas no site da Ford.

O SUV está em destaque nas redes sociais, mesmo sem a Ford ter anunciado a data de lançamento do veículo e nem seu valor inicial, porém o Novo Ecosport já está dando o que falar na mídia. Também não foram dados detalhes sobre o interior do carro e o seu motor, mas o boato que corre no mercado é de que o veículo contará com motor 1.0 EcoBoost de 3 cilindros. Ele também conta com a plataforma New Fiesta e é o primeiro a trazer o DNA “One Ford”.

Este é o lançamento mais esperado do ano de 2012 e será vendido em mais de 100 países, sendo fabricado primeiramente no Brasil, Índia e Tailândia.

Por Jéssica Severo


Renault Duster x Ford Ecosport – Comparativo – Qual é o Melhor SUV?


O lançamento do Renault Duster acabou deixando muitos motoristas interessados em comprar um SUV na dúvida de qual carro comprar. Para ajudar a você a se decidir qual é o melhor modelo, preparamos aqui um comparativo entre o Renault Duster e o seu principal rival na atualidade, o Ford Ecosport.

Nesta matéria buscaremos apontar os lados positivos e negativos de cada carro, para que assim possamos chegar ao veredito de qual é a melhor escolha.

Vamos começar falando um pouco do Ford Ecosport. Entre os pontos positivos do carro podemos listar a questão da manutenção (como o veículo está a mais tempo no mercado, encontrar peças para ele é bem mais fácil). Além disso, o Ecosport tem a vantagem de ser um carro que desvaloriza pouco e é muito bem visto no mercado de seminovos. O carro também possui um visual mais aventureiro devido ao seu estepe na tampa traseira, não bastasse isso, ele também  é alto, confortável e bem fácil de dirigir.

Se por um lado temos todos estes pontos positivos no Ecosport, como não poderia deixar de ser, também temos várias questõezinhas não tão agradáveis do veículo. Primeiramente podemos listar o seu preço (que é bem mais caro que o Duster, mesmo sendo a versão mais básica do veículo da Ford). Além disso, seu acabamento também já está meio ultrapassado, além de apresentar rebarbas aparentes. Agora vem um dos principais defeitos do carro, o carro apresenta pouco espaço tanto do porta-malas (apenas 296 litros), quanto para os passageiros da parte de trás (que acabam tendo pouco espaço para as pernas).

Feita uma breve análise do Ecosport, chegou a vez de falarmos do novíssimo Renault Duster. Começaremos então falando dos seus pontos positivos. Primeiramente podemos destacar o seu visual robusto e moderno. Além disso, ele possui uma cabine com aparência bem mais agradável que seu concorrente da Ford. No quesito porta-malas o Renault Duster também dá show com seus 475 litros de capacidade. Por fim, podemos destacar ainda o desempenho do motor 1.6 do veículo, capaz de entregar 115 cv.

Citadas as qualidades do Duster, chegou a hora de falarmos de seus defeitinhos. O primeiro deles é o seu consumo, o veículo faz apenas 5,8 km/litro (quando abastecido com etanol). Além disso, alguns comandos do veículo estão bem mal posicionados na cabine (como exemplo disso podemos citar os seus retrovisores). Um outro ponto fraco foi relacionado ao seu sistema de som, nele o seletor de estações parece ser o do volume (mas nada que com o tempo você também não possa acostumar).

Citadas as qualidades e defeitos dos dois carros, chegou a hora de compararmos alguns detalhes dos dois. Começaremos com o banco do motorista. Neste quisito vemos que no Ford Ecosport é bem mais fácil de encontrarmos uma posição agradável para se dirigir. Já no Duster, constatamos que a empunhadura do volante poderia ser um pouquinho melhor, assim como os engates do câmbio (que as vezes mostrou-se impreciso).

Um detalhe interessante a ser mencionado sobre os dois veículos é que no Ecosport temos um porta-objetos de teto bem menor que do Duster. Além disso, a tampa do tanque de combustível do Ecosport precisa de chave para abrir, coisa que no Duster não é necessário.

Por fim, um último ponto a ser resaltado é a presença de encosto para a cabeça para quem vai no meio da parte de trás do Duster, coisa que o Ecosport não possui.

Conclusão: Apesar de ter os seus defeitos, o Renault Duster acaba se destacando um pouquinho que o Ecosport. O modelo da Renault, além de ser mais barato (cerca de R$4 mil a menos), também se destaca pelo seu visual moderno eespaço interno. Já o Ford Ecosport, apesar de começar a apresentar sinais do longo tempo de vida, continua sendo uma ótima escolha, principalmente por tem uma manutenção mais barata e por sem bem visto no mercado de seminovos.

Vale ressaltar, que talvez quando for lançada a nova versão do SUV (no próximo ano) o veículo até consiga desbancar o Duster, mas para isso precisará vir mais equipado e com seu preço um pouquinho mais baixo.



Novo Ford EcoSport – Novidades do Projeto B515


A Ford pretende lançar, no primeiro semestre de 2012, a nova geração do EcoSport. A versão que será vendida no Brasil já faz os primeiros testes. Mas por enquanto, apenas nas dependências da fábrica de Camaçari, na Bahia.

Segundo notícias que tem circulado na imprensa especializada do país, a nova versão do utilitário esportivo, ainda conhecida pelo codinome “projeto B515”, terá uma dianteira totalmente modificada, seguindo os novos padrões da marca, com mudanças nos faróis e no capô. A grade, em formato de “V”, será acompanhada de duas entradas de ar nas laterais, onde ficarão os faróis de neblina.

Na traseira, as renovações de estilo passam pelos faróis, para-choque e demais componentes. O estepe deve continuar na tampa do porta-malas, pelo menos na versão nacional.

Já no interior, as novidades devem ser parecidas às que virão na nova geração do New Fiesta, também prevista para 2012. O console central, o painel de instrumentos, o volante e os bancos serão bastante modificados.

Com relação à parte mecânica, o motor flex 2.0 deve continuar a ser oferecido. Também estará presente o motor Sigma 1.6, juntamente com os câmbios manual (de 5 marchas) e o automático (de dupla embreagem).

Por André Gonçalves


Recall Ford Fiesta e Ecosport – Problemas na Trava das Portas


No dia 24 de janeiro deste ano de 2011, a Ford Motor Company Brasil Ltda. iniciou o recall dos veículos Ford Fiesta Rocam, modelos 2008 / 2009, com os seis últimos dígitos do Chassis entre 107522 e 423122, e Ford Ecosport modelos 2007 / 2008 /2009, Chassis entre 500004 e 999999.

O recall deve-se ao mecânismo da trava de segurança das portas traseiras, apontando-se como razão técnica a possibilidade de ocorrerem variações dimensionais nestas travas, que podem ocasionar a abertura das portas, ainda que estejam travadas.

Pretende-se com o recall inspecionar os veículos e, comprovando-se a necessidade de substituição da fechadura das portas traseiras, realizá-la gratuitamente.

Os proprietários dos veículos envolvidos devem entrar em contato com o CAF – Centro de Atendimento Ford para agendar a inspeção, através do telefone 0800 703 3673.

Para maiores informações, consulte o site da Ford: www.ford.com.br.

Por Laura Skws.